RELATÓRIO DE ACTIVIDADES (2013)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE ACTIVIDADES (2013)"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES (2013)

2 Relatório de actividades

3 Associação BUS Paragem Cultural ÍNDICE 1. MENSAGEM AOS ASSOCIADOS 4 2. INSTITUCIONAL Apresentação da Associação Missão, Visão, Valores e Objectivos 7 3. ORGÃOS E ESTRUTURA Órgãos Sociais 8 4. ATIVIDADES E PROJETOS DESENVOLVIDOS EM Formação Musical Dança Classes Terapias WorkShops Exposições Apresentações Feira Alternativa - TomaLáDáCá Diversos 17 Associação BUS Paragem Cultural 3

4 Relatório de actividades MENSAGEM AOS ASSOCIADOS Como referiu uma vez o pensador japonês Masaharu Taniguchi: Não há satisfação maior do que aquela que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros. É precisamente neste sentido que a Associação BUS Paragem Cultural tem levado a cabo um conjunto de iniciativas para promover as artes e a cultura junto das pessoas. O Relatório de Actividades do ano 2013 da BUS, por completar o 1º ano de existência da mesma, é uma boa oportunidade para se fazer um balanço desta breve existência e perspectivar o futuro. A BUS teve ao longo deste primeiro ano elementos activos e fortemente entusiastas, um projecto bem definido (dar vida ao bairro, e consolidar o bairro dos Anjos como uma referência cultural na cidade de Lisboa) e, nas várias Secções e Órgãos Sociais elementos mobilizadores, apaixonados e com muita capacidade de trabalho. É por vezes usual dizer-se que, para além do realizado se poderia fazer mais. Não, afirmativamente e em consciência dizemos que não. Não era possível fazer mais. A disponibilidade está sempre em função do trabalho profissional que todos desenvolvemos, os recursos humanos são limitados e os financeiros poucos ou nenhuns. Temos perfeita consciência que nem sempre as decisões tomadas foram perfeitas. Contudo, procurámos sempre actuar na defesa dos interesses culturais, da imagem, credibilidade e transparência que nos tem marcado neste primeiro ano de existência. Foram realizadas com grande empenho diversas actividades (que vamos listar mais abaixo) cumprindo criteriosamente todos os objectivos a que nos fomos propondo. Apoiámos outras associações através da cedência de espaços para ensaios, reuniões e colaborações em trabalhos desenvolvidos. (Associação Miau, Associação Sons à Margem, etc.), apoiámos vários artistas com novos projectos através da cedência de salas para ensaios, formação, apoio técnico e divulgação dos mesmos. Procedeu-se à reparação do piso do estúdio nº1, que devido ao estado de degradação impedia a realização de classes tais como dança, ioga, teatro, expressão dramática, etc. No capítulo da formação, a Escola de Música e Dança ganharam novos alunos, bem como novos professores, esperamos durante 2014 iniciar a nossa Companhia de Teatro. No capítulo recreativo novas actividades foram lançadas (Quiz, Jogos Tabuleiro, etc.). Será sempre necessário muito empenho e dedicação. Este é o nosso compromisso e a forma como encaramos o nosso dia-a-dia. Tudo isto só é possível graças ao apoio dos nossos mecenas, associados, voluntários e todas as entidades que se envolvem diariamente connosco nesta causa. Obrigado pela vossa confiança e por nos permitirem continuar realizar este trabalho tão compensador. A todos o nosso obrigado. A Direcção. 4

5 Associação BUS Paragem Cultural Associação BUS Paragem Cultural 5

6 Relatório de actividades INSTITUCIONAL 2.1 APRESENTAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO A BUS é uma associação cultural sem fins lucrativos que pretende estabelecer um espaço físico e virtual destinado à produção de actividades, acções de formação e discussões que promovam, através do contacto com as artes e outras formas de conhecimento, um melhor entendimento sobre questões intimamente ligadas à nossa sociedade. Formalizada em Janeiro de 2013, desenvolve e divulga projectos artísticos no campo das artes literárias, visuais, audiovisuais, musicais e de palco. Tendo como principal missão constituir-se como uma plataforma comunicante entre artistas, ideias, linguagens, visões, manifestações, ética e estética, alicerçadas nos princípios da responsabilidade cultural. Pretende contribuir para a criação do valor positivo da mudança social através da arte. 6

7 Associação BUS Paragem Cultural 2.2 MISSÃO, VISÃO, VALORES E OBJECTIVOS Promover o intercâmbio e a cooperação com pessoas singulares, grupos informais, associações e organismos nacionais e estrangeiros que prossigam os mesmos objectivos. Ser uma referência por excelência, no apoio ao tecido cultural local, com vista ao progresso da região e do país. VISÃO MISSÃO VALORES OBJECTIVO Competência, Profissionalismo, Atitude, Dedicação, Empenho, Servir de interlocutor perante organismos públicos ou privados com vista à obtenção de meios para realizar o nosso propósito social e cultural. Conceber, produzir e divulgar projectos artísticos. Realizar iniciativas culturais que englobem diversas formas de expressão. Impulsionar artisticamente o panorama sócio cultural, através de parcerias com entidades nacionais e estrangeiras que prossigam os mesmos objectivos. Compromisso, Lealdade, Espírito de Equipa, Integridade, Ética, Criatividade e Inovação Associação BUS Paragem Cultural 7

8 Relatório de actividades ORGÃOS E ESTRUTURA 3.1 ORGÃOS SOCIAIS ASSEMBLEIA GERAL CONSELHO FISCAL DIRECÇÃO Presidente Miguel Serzedello Presidente Gustavo Soares Presidente Margarida Moser Secretário Rita Alves Secretário Dolores Furtado Vice-Presidente Mário Vinagre Secretário Anderson Silva Tesoureiro Filipe Cabral 8

9 Associação BUS Paragem Cultural 4. ACTIVIDADES E PROJECTOS DESENVOLVIDOS EM FORMAÇÃO MUSICAL Viola e Guitarra Piano Acordeão Bateria Ukulele DANÇA Lindy Hop Tango Dança Contemporânea Authentic Solo Jazz Dança para Crianças 4.2 CLASSES Yoga Chi Kung Português para Estrangeiros 4.3 TERAPIAS Shiatsu Reiki Leitura de Aura Acupunctura Tuina Associação BUS Paragem Cultural 9

10 Relatório de actividades WORKSHOPS - MUDA - Marketing Pessoal. - MUDA Resoluções para o Ano Novo. - Movimento e Consciência Corporal. - Curso de Expressão Dramática e Storytelling. - IRIS Oficina de Expressão Corporal. - Iniciação Capoeira. - Dança em Família. - Movimento. - O Meu Livro-Fole. - Dança Oriental. - PatchWork. - Encadernação Chinesa. - Português para Estrangeiros. - Introdução ao Mandarim. 10

11 Associação BUS Paragem Cultural 4.5 EXPOSIÇÕES - Sementes do Severiano (Pintura) Short Waves (Cinema). - Augusto Fernandes (Fotografia). - Vasco Rodrigues (Pintura). - Carlos Farinha (Pintura). - Mário Cruz (Pintura). - Descobrir Açores com Artistas (Vários) - Must be Dreaming - Francisco Legatheaux (Pintura) Associação BUS Paragem Cultural 11

12 Relatório de actividades APRESENTAÇÕES - Betty M. & João Bengala (Música). - Braima Galissá (Música). - Blue Like a Lula (Música). - Fado Lelé (Música). - Grutera (Música). - A Caravana (Música). - Quarteto Moderno (Música). - André Gago e Carlos Barreto (Música). - Ana Stiwell (Música). - Cacharolete (Teatro). - Guisy (Música). - Anita vai à Sexta (Teatro). - Pedro Carneiro e Gabriel Geszti (Música). - Nataniel Melo (Música). - Cluedo (Teatro). - Os Cozinheiros D Oz (Teatro/Música). 12

13 Associação BUS Paragem Cultural - Pedro Salvador (Música). - Quarto Escuro (Música). - 2 Dedos de Comédia (Teatro). - Nano Contos (Teatro). - Isabella s Bop (Música). - Ardósia (Música). - Diogo Ferreira (Música). - TranSamba (Música). - Triskel (Dança). - Pop Session (Música). - Johnny Blues (Música). - Kotas Gang Band (Música). - Fado Reguila (Música). - Kundonde (Música). - A Ida ao Teatro (Teatro). - Concerto de Violino e Guitarra (Música). - Blended Acoustic Reserch (Música). - Guaramiranga (Música). - Original Bandalheira (Música). - Combusnit (Música). - TrioLogia (Música). - O pequeno Nó (Música). - 8º Esquerdo (Música). Associação BUS Paragem Cultural 13

14 Relatório de actividades André Boavida (Música). - Biusfera (Música). - Miguel Graça (Música). - Stomping at Six (Música). - Symbiotic Cube (Música). - Stout (Música). - Lavoisier (Música). - João e a Sombra (Música). - Orlando Santos & the Bagattels (Música). - SôZé (Música). - Os Compotas (Música). - (Stand up Comedy) - Fósforos (Teatro). - L'Escargot (Música). - Teatro do Improviso (Teatro). - Veludos (Música). - Til (Música). - Arnaldo (Música). - Gás Magenta (Música). - Director Fusão (Música). - Nuno Tavares Trio (Música). - Caixa de Pandora (Música). - V1ruz (Música). - Satguru (Música). - Eddie Slap (Música). - Polmighty (Música). - Vasco Viena (Música). 14

15 Associação BUS Paragem Cultural 4.7 TOMALÁDÁCÁ A Feira Alternativa Toma Lá, Dá Cá, é um evento que conta com várias actividades das 11 horas às 21 horas, acompanhadas pela actuação musical de diversos artistas e também de quem quiser trazer o seu próprio instrumento. Oferecidos pela associação BUS, os interessados podem participar em variados workshops sobre tango, yoga ou krav maga, e relaxar com sessões de reiki e shiatsu. Existem ainda exposições, artesanato, vários espaços com comida caseira para os mais gulosos e também artigos em segunda mão, desde livros a roupa. A entrada é livre para todos os que quiserem visitar a Feira Alternativa. Associação BUS Paragem Cultural 15

16 Relatório de actividades

17 Associação BUS Paragem Cultural 4.8 DIVERSOS - Gravação da Curta Metragem Ciao Bambino. - Encontros da Academia Cidadã. - Frogs Party (Encontro Francófono). - Lindy Hop in Lisbon. - O Meu Instrumento é uma Pulga - Encontro Nacional de Ukuleles (Anual). - Lindy Hop (Mensal). - Cinema no Sofá (Semanal). - Quiz (Semanal). - Jam Session (Semanal). - Cinema no Sofá (Festival do Cano). - Festa de Natal. - Festa Santos Populares. Associação BUS Paragem Cultural 17

18 Relatório de actividades Festa Temática Espanhola. - Festa Temática Indiana. - Festa Temática Italiana. - Festa Temática Chinesa. 18

19 Associação BUS Paragem Cultural Associação BUS Paragem Cultural 19

20 Relatório de actividades 2013 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES (2013) 20

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA OLHAR PARA VER OBJECTIVOS O desafio passa por analisar o meio construído segundo as suas

Leia mais

Regulamento da Raízes para o voluntariado

Regulamento da Raízes para o voluntariado Regulamento da Raízes para o voluntariado Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito de Aplicação O presente Regulamento visa definir as regras de actuação do voluntariado, nas actividades desenvolvidas

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096 Eventos Culturais PROGRAMA Nº - 096 Levar cultura à população através de shows musicais, espetáculos teatrais, poesia, oficinas de teatro, música, artesanato, artes plásticas e outros. Contratar empresas

Leia mais

ShareFest Porto Alegre Economia Colaborativa.

ShareFest Porto Alegre Economia Colaborativa. Economia Colaborativa. Cidade Inteligente! Imagem shareable.net Há 5 anos é um hub que conecta e compartilha conhecimentos e promove ações para a transformação pela colaboração. Tem como missão o empoderamento

Leia mais

Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de

Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de Associação Distrital de Taekwondo de Coimbra (D.R. 108 Serie de 11-05-1998, revisão de estatutos a 30-12-2009) Filiada em: Federação Portuguesa de Taekwondo, Instituto do Desporto de Portugal Relatório

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR INDÍCE A) Noção... 2 B) Objetivos... 2 C) Destinatários... 2 D) Serviços do Centro de Atividades e Recursos (C.A.R.)... 2 E) Atividades... 3 F) Condições

Leia mais

ABM BLUE CONVÊNIO E PUBLICIDADE - LTDA CNPJ: 22.153.768/0001-38 Endereço: Rua C-5, lote 09, sala 101, Taguatinga - Centro Brasília / Distrito Federal

ABM BLUE CONVÊNIO E PUBLICIDADE - LTDA CNPJ: 22.153.768/0001-38 Endereço: Rua C-5, lote 09, sala 101, Taguatinga - Centro Brasília / Distrito Federal Sumário A. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA... 3 1. Sobre Nós... 3 1.1. - Missão... 3 1.2. - Visão... 3 1.3. - Valores... 3 2. Serviços... 4 2.1. Das atividades da BLUE CONVÊNIO: seus objetivos e finalidade...

Leia mais

as s FESTIVAL DE ARTES

as s FESTIVAL DE ARTES as s ARTES MÚSICA WORKSHOPS SOLIDÁRIO FESTIVAL DE ARTES Festival ASAS Apresentação: ATB e Município de Penela Conceito Método Objetivos Cronograma/programação Projetos de intervenção social A região de

Leia mais

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 197.º da Constituição,

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Secretário de Estado do Desporto e Juventude Dr. Emídio Guerreiro Aveiro - Dia 29 de Outubro 2014 PROGRAMA 09h30m - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados

Leia mais

Serviço Comunitário na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos

Serviço Comunitário na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos 1.º Congresso Nacional da Ordem dos Psicólogos 18 a 21 abril 2012 Luísa Ribeiro Trigo*,

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais

ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS

ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS CENTRO CULTURAL VILA FLOR A programação do Centro Cultural Vila Flor deverá assentar em critérios de qualidade, diversidade, contemporaneidade

Leia mais

www.sescoopsp.coop.br

www.sescoopsp.coop.br Gerência: Mario Cesar Ralise PROMOÇÃO E SAÚDE, BEM ESTAR E QUALIDADE DE VIDA SESCOOP CULTURAL COOPERATIVIDADE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO PROGRAMAS DE PROMOÇÃO SOCIAL CAMPANHAS EDUCAÇÃO COOPERATIVA CICLO

Leia mais

EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital

EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital Em 17 edições o Circuito Cultural Ribeira ativou a participação de mais de 500 atrações culturais parceiras e a visita de mais

Leia mais

Despertar os sentidos!

Despertar os sentidos! Despertar os sentidos! Tudo o que conhecemos chega-nos, de uma forma ou de outra, através de sensações sobre as realidades que nos rodeiam. Esta consciência sensorial pode e deve ser estimulada! Quanto

Leia mais

Lista para os Orgãos Sociais do RCP! ( 2015 / 2016 / 2017)

Lista para os Orgãos Sociais do RCP! ( 2015 / 2016 / 2017) Lista para os Orgãos Sociais do RCP Motivações e pressupostos Uma vez mais, concorrer aos Órgãos Sociais do Rottweiler Clube de Portugal é encarado como um ato de paixão, dedicação e respeito pela raça

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

Educação Musical Professor Hector Teixeira

Educação Musical Professor Hector Teixeira SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO SERVIÇO TÉCNICO DE ACTIVIDADES OCUPACIONAIS CENTRO DAS ACTIVIDADES OCUPACIONAIS DE SÃO VICENTE PLANO ANUAL EDUCAÇÃO

Leia mais

Projectos aprovados recebem um apoio de dois milhões de euros

Projectos aprovados recebem um apoio de dois milhões de euros NOTA DE IMPRENSA Projectos aprovados recebem um apoio de dois milhões de euros PROGRAMAÇÃO CULTURAL EM REDE A NORTE RECEBE NOVOS APOIOS DO ON.2 A autoridade de gestão do ON.2 O Novo Norte (Programa Operacional

Leia mais

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio.

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. Os pequenos nadas Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. "Teatro artesanal (...) Tudo em vista: a máquina de cinema minúscula, que eles resgataram do desmantelamento, os

Leia mais

Mostra gastronómica do Brasil. 18h00 / 19h30 Saber Ouvir - Curso Livre de História da Música

Mostra gastronómica do Brasil. 18h00 / 19h30 Saber Ouvir - Curso Livre de História da Música PROGRAMAÇÃO OUTUBRO DE 2009 1 de Outubro de 2009-5ª Feira Dia Mundial da Música e do Idoso 18h30 Palestra: O Apoio Social nas Organizações não Governamentais Oradores: Cristina Soares, Raquel Nascimento,

Leia mais

Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060

Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060 REFERÊNCIA: 058 DESIGNAÇÃO: Casa Comunitária da Mouraria BIP/ZIP em que pretende intervir: 44. Mouraria ENTIDADES: Promotora: Associação Renovar a Mouraria Parceira: Saúde para Todos TEMÁTICA PREFERENCIAL:

Leia mais

Memorando Rock no Sado. Conceito

Memorando Rock no Sado. Conceito Memorando Rock no Sado Conceito O festival Rock no Sado teve origem no ano de 2013 e foi pensado com diversos intuitos em mente. Colmatar a falta de eventos do mesmo tipo e/ou dimensão na região fazendo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL. G. Oliveira Penna 1. L. Maria Filipetto 2. C. Souza 3. E. Carpes Camargo 4

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL. G. Oliveira Penna 1. L. Maria Filipetto 2. C. Souza 3. E. Carpes Camargo 4 NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL G. Oliveira Penna 1 L. Maria Filipetto 2 C. Souza 3 E. Carpes Camargo 4 RESUMO: O Projeto NuCA Núcleo de Cultura e Arte tem como objetivo levar a cultura para

Leia mais

Plano de Comunicação Reestruturação 2014. Comunicação e Marketing

Plano de Comunicação Reestruturação 2014. Comunicação e Marketing Plano de Comunicação Reestruturação 2014 Comunicação e Marketing Sumário Executivo 1. Conhecer a Macif Portugal Companhia de Seguros, S.A. A. Valores B. Missão C. Visão D. Posicionamento E. Públicos 2.

Leia mais

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL G. Oliveira Penna 1 L. Maria Filipetto 2 C. Souza 3 E. Carpes Camargo 4 RESUMO: O Projeto NuCA Núcleo de Cultura e Arte tem como objetivo levar a cultura para

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural 1 1. Apresentação // 4 2. Objetivos e metas // 8 3. Estratégia - Música e Economia criativa // 9 4. Temáticas // 9 5. Programas // 10 6. Projetos Especiais // 10 7. Conselho gestor // 11 1. Apresentação

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA ESCOLAS A Som Livre Escola de Artes oferece para as escolas infantis uma proposta inovadora : Cursos de Artes, especialmente voltado para crianças. Através de praticas e vivencias

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA

COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA em LISBOA ESPECTÁCULO FINAL 28 de Junho de 2006 Página 1/7 COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA Juvenil Local: TEATRO DO CAMPO ALEGRE PORTO

Leia mais

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020»

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» 29.Abril.2014 Idanha-a-Nova DUECEIRA GAL/ELOZ. Entre serra da LOusã e Zêzere Histórico > projecto cooperação

Leia mais

TÉCNICO DE ARTES GRÁFICAS

TÉCNICO DE ARTES GRÁFICAS Saída Profissional 03.01 TÉCNICO DE ARTES GRÁFICAS O Técnico de Artes Gráficas é um profissional qualificado, conhecedor do fluxo de produção gráfica, e apto para o exercício de profissões ligadas à composição,

Leia mais

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Lisboa, 20 de Maio 2011 ECOTECA DE OLHÃO Fátima Monteiro . Auxiliar de Serviços Gerais.Técnica Administrativa.

Leia mais

Arte e solidariedade aos olhos das crianças

Arte e solidariedade aos olhos das crianças Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais Plano de Atividades Componente de Apoio à Família 2012/2013 Arte e solidariedade aos olhos das crianças Se a criança não receber a devida atenção, em geral,

Leia mais

20 Junho 2008. 13.Outubro.2008

20 Junho 2008. 13.Outubro.2008 20 Junho 2008 13.Outubro.2008 A Pool-net tem como objecto principal a Gestão e Coordenação do Pólo de Competitividade Engineering & Tooling, enquanto instrumento de operacionalização do Plano Estratégico

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas Visita de estudo Geografia Conhecer o funcionamento de uma unidade industrial; Reconhecer a importância da atividade industrial na economia. Geografia e Alunos do 9º Ano Unidade Industrial 2ºPeríodo Visita

Leia mais

ARTS SUMMER SCHOOL Colónia de férias artísticas

ARTS SUMMER SCHOOL Colónia de férias artísticas Apresenta ARTS SUMMER SCHOOL Colónia de férias artísticas Março 2011 Apresentação Arts Summer School consiste num estágio/formação destinada a todos os jovens, dos 10 aos 17 anos, com interesse pelas artes

Leia mais

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio Créateur d échanges + Dossiê de Patrocínio Apresentação Rio Accueil: Integração Rio Accueil é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é acolher os recém-chegados de língua francesa no

Leia mais

PÚBLICO-ALVO O público-alvo da MOITAMOSTRA inclui os jovens, os artistas, a população rural e urbana.

PÚBLICO-ALVO O público-alvo da MOITAMOSTRA inclui os jovens, os artistas, a população rural e urbana. O QUE É A MOITAMOSTRA? A «MOITAMOSTRA Encontro D'Artes em Meio Rural» é um conjunto de eventos no domínio das Artes Plásticas, Teatro, Música, Literatura e Audiovisuais e outras de âmbito artístico e cultural.

Leia mais

Guia do Voluntário a

Guia do Voluntário a Guia do Voluntário a 1. A AIDGLOBAL A AIDGLOBAL é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), sem fins lucrativos, com sede em Loures, que promove Acções nos domínios da Integração

Leia mais

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual)

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) Agrupamento de Escolas de Santo André, Santiago do Cacém Código: 135513 NIFPC: 600075907 Escola Secundária Padre António Macedo Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) 2007/2014 Luísa Maria

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

PAO 2013 Assembleia Geral 13 de Novembro de 2012

PAO 2013 Assembleia Geral 13 de Novembro de 2012 PAO 2013 Assembleia Geral 13 de Novembro de 2012 PAO 2013 1. NOTA DOS FUNDADORES 2. OBJECTIVOS 2013 a) INTERVENÇÃO SOCIAL b) ANGARIAÇÃO DE FUNDOS c) COMUNICAÇÃO d) VOLUNTÁRIOS ABO e) GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 Sumário 1. Apresentação 2. Projetos e ações 3. Gestão participativa 4. Comunicação institucional 5. Resultados 6. Planejamento 2013/2014 7. Agradecimentos 1. Apresentação A

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação. Lisboa, 8 de Julho de 2009

Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação. Lisboa, 8 de Julho de 2009 Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação Lisboa, 8 de Julho de 2009 Índice 1. Enquadramento 2. Proposta O Projecto Missão e Princípios Fases do Projecto O Nosso Desafio A Nossa Resposta O Conceito

Leia mais

Associação de Residentes do Alto do Lumiar. Associação de Apoio ao Estudante Africano Em parceria com a Associação Espaço Mundo. 28 de Novembro 2011

Associação de Residentes do Alto do Lumiar. Associação de Apoio ao Estudante Africano Em parceria com a Associação Espaço Mundo. 28 de Novembro 2011 Promovido por: Associação de Residentes do Alto do Lumiar Associação de Pais e EE do Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar Associação de Apoio ao Estudante Africano Em parceria com a Associação Espaço

Leia mais

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar Junho Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi de ninguém. [ ] (F. Pessoa

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

CÂMARA SETORIAL DA DANÇA

CÂMARA SETORIAL DA DANÇA CÂMARA SETORIAL DA DANÇA MAPEAMENTO 2015 GRUPOS E CIAS CADASTRADOS 1- CHEEK TO CHEEK DANÇA DE SALÃO 12 2- CIA DANÇA GISA CARVALHO 3- EQUILIBRIUS 170 4- FILHOS DO FORRÓ 60 5- IMPACTUS DANCE GROUP 07 6-

Leia mais

Candidatura do Fado à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade

Candidatura do Fado à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade Candidatura do Fado à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade A Câmara Municipal de Lisboa escolheu a apresentação de Sombras, de Ricardo Pais para apresentar oficialmente a

Leia mais

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO N.º ORIENTAÇÃO PARA RESULTADOS: Capacidade para concretizar eficiência os objectivos do serviço e as tarefas e que lhe são solicitadas. com eficácia e 1

Leia mais

Apresentação. O Ser nasce com o conhecimento de si mesmo...

Apresentação. O Ser nasce com o conhecimento de si mesmo... Apresentação Apresentação O Ser nasce com o conhecimento de si mesmo... O nome Akademia provém das escolas fundadas pelo filósofo grego Platão em 387 a.c., vocacionadas para a aprendizagem e promoção de

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais Intervenção de SEXA o Secretário de Estado Adjunto do Ministro

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae In pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada Institucional Rosa, Julieta Alves () Faculdade de Economia CIEO 8005 139 Faro Telefone(s) 289 800 900 (ext. 7161) 289 244 406

Leia mais

LIGA DOS COMBATENTES. Newsletter. Forte do Bom Sucesso / Museu do Combatente. Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS

LIGA DOS COMBATENTES. Newsletter. Forte do Bom Sucesso / Museu do Combatente. Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS Newsletter Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS A partir de Março de 2014 estará patente no Museu do Combatente a exposição temática A Trincheira, com cenários hiper-realistas de luz

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL CADERNOS DE MUSEOLOGIA Nº 28 2007 135 GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL INTRODUÇÃO Os Sistemas da Qualidade

Leia mais

AS ENTIDADES CASA DE HARINA

AS ENTIDADES CASA DE HARINA O PROJECTO Laboratório Transfronteiriço de Criação Artística Movimento, Arte e Tecnologia Do Contacto entre pessoas nascem e crescem propostas. Do contacto entre pessoas nascem e crescem propostas. Do

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA DA U.PORTO Outubro de 2012 Enquadramento do programa na Estratégia Nacional de Formação Financeira Plano Nacional de Formação Financeira

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte LittleShadow InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias Organização Vo Arte Co-produção São Luiz Teatro Municipal www.voarte.com/pt/festvoarte/inshadow Vo Arte O Festival InShadow

Leia mais

O GRUPO DE EMRC E OS FRUTOS DO PROJETO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL COLÉGIO AMIGO (2013.2014)

O GRUPO DE EMRC E OS FRUTOS DO PROJETO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL COLÉGIO AMIGO (2013.2014) O GRUPO DE EMRC E OS FRUTOS DO PROJETO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL COLÉGIO AMIGO (2013.2014) Recolha de Alimentos: Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza (mês de outubro) No ano letivo que se encerra,

Leia mais

Sonhar com a Solidariedade

Sonhar com a Solidariedade Sonhar com a Solidariedade Projeto de Voluntariado dos SALESIANOS com o CRID Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes Um projeto O projeto que nos propomos desenvolver em parceria com uma Instituição

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA Laurinda da Conceição C. Grosso Socióloga e colaboradora do Centro de Investigação em Sociologia e Antropologia Augusto da Silva (CISA-AS), Universidade

Leia mais

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011 NEWSLETTER Nº 9/11 PRODUTOS DA QUINTA Apresentamos os "Produtos da Quinta" à venda esta semana. Relembramos que os nossos produtos têm certificação biológica. As encomendas poderão ser feitas na Sede da

Leia mais

24 Horas pelo Combate à Pobreza e Exclusão Social. 6 de Outubro 2010 reúne ONG s no combate à pobreza

24 Horas pelo Combate à Pobreza e Exclusão Social. 6 de Outubro 2010 reúne ONG s no combate à pobreza 24 Horas pelo Combate à Pobreza e Exclusão Social 6 de Outubro 2010 reúne ONG s no combate à pobreza O Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (AECPES) tem como objectivo reafirmar e reforçar

Leia mais

As pessoas são a base de tudo.

As pessoas são a base de tudo. As pessoas são a base de tudo. Em tempos difíceis como os que estamos a viver, é o momento ideal para que a sua empresa obtenha dos seus colaboradores o máximo do seu desempenho, e logo, de sua motivação.

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA FUNDAÇÃO ARPAD SZENES VIEIRA DA SILVA 2014. Capítulo I. Introdução

PLANO DE ACTIVIDADES DA FUNDAÇÃO ARPAD SZENES VIEIRA DA SILVA 2014. Capítulo I. Introdução PLANO DE ACTIVIDADES DA FUNDAÇÃO ARPAD SZENES VIEIRA DA SILVA 2014 Capítulo I Introdução 1. O Plano de actividades que agora se apresenta insere-se na estratégia aprovada, no ano passado, pelo Conselho

Leia mais

Entrevista com Tetrafarma. Nelson Henriques. Director Gerente. Luísa Teixeira. Directora. Com quality media press para Expresso & El Economista

Entrevista com Tetrafarma. Nelson Henriques. Director Gerente. Luísa Teixeira. Directora. Com quality media press para Expresso & El Economista Entrevista com Tetrafarma Nelson Henriques Director Gerente Luísa Teixeira Directora Com quality media press para Expresso & El Economista Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As

Leia mais

Produção Multimédia Interactiva

Produção Multimédia Interactiva Produção Multimédia Interactiva Candidaturas 2012/13 secretaria@ipa.univ.pt http://pmi.ipa.univ.pt www.ipa.univ.pt IPA Instituto Superior Autónomo de Estudos Politécnicos No IPA prosseguimos os seguintes

Leia mais

UMA PUBLICAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MARIA HELEN DREXEL ANO 13 NÚMERO 3 SETEMBRO DE 2014

UMA PUBLICAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MARIA HELEN DREXEL ANO 13 NÚMERO 3 SETEMBRO DE 2014 UMA PUBLICAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO MARIA HELEN DREXEL ANO 13 NÚMERO 3 SETEMBRO DE 2014 Dar de si antes de pensar em si inspirada neste princípio, lema principal dos rotarianos resolvi, há doze anos atrás, trabalhar

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá distinguir e recriar

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2011

PLANO DE ACTIVIDADES 2011 PLANO DE 2011 ACTIVIDADES Federação Portuguesa das Associações, Centros e Clubes UNESCO Julho de 2011 FICHA TÉCNICA TÍTULO: PLANO DE ACTIVIDADES 2011 AUTOR: Federação Portuguesa das Associações, Centros

Leia mais

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA 19 e 20 Março 2011 10h00 > 13h00 14h30 > 17h30 Sinopse Muitos são os artistas para quem as fronteiras entre o corpo e a obra se esbatem, usando a Performance

Leia mais

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique DESCRIÇÃO DO TRABALHO Título de posição: Responde a: Supervisiona: Localização: Gestor de Comunicação Directora Nacional, WWF Moçambique Todo pessoal de comunicações Maputo, Moçambique Data: 19 de Agosto

Leia mais

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORDEM DE TRABALHOS.6ª reunião CME Leitura e aprovação da ata da reunião anterior; Balanço do 1º período do ano letivo 2011/12; Intervenção do representante do Ministério

Leia mais

Gestão e Certificação de Serviços de TI

Gestão e Certificação de Serviços de TI Gestão e Certificação de Serviços de TI Luís Vidigal itsmf Portugal Lisboa 8 de Abril de 2010 itsmf Portugal 1 Agenda 1. O que é a itsmf? 2. Situação do ITSM em Portugal 3. O que vamos fazer em 2010 itsmf

Leia mais

Projeto Festival Clube da Viola. Resumo do Projeto

Projeto Festival Clube da Viola. Resumo do Projeto Projeto Festival Clube da Viola Resumo do Projeto A música brasileira é um dos elementos culturais que contribuem para a criação e o fortalecimento de uma idéia de pertencimento nacional, promovendo uma

Leia mais

Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha. Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços

Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha. Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha Publicação, road-show com missão

Leia mais

SEMANAS TEMÁTICAS Praça Luís Ribeiro Quarta-feira a Domingo Pelas 21h30

SEMANAS TEMÁTICAS Praça Luís Ribeiro Quarta-feira a Domingo Pelas 21h30 SEMANAS TEMÁTICAS Praça Luís Ribeiro Quarta-feira a Domingo Pelas 21h30 Semana Portuguesa 8 a 12 09 Dia 8 Toni Santos Dia 9 Gaiteiros do Liz + Vitor Sérgio e Comp.ª Dia 10 Grupo de Baile Medley Dia 11

Leia mais

Vantagens em ser parceiro do TEDxSãoTomé

Vantagens em ser parceiro do TEDxSãoTomé Vantagens em ser parceiro do TEDxSãoTomé 2013 Sumário O TEDxSãoTomé, evento organizado de forma independente e sem fins lucrativos, a realizar a 20 de Junho de 2013 na cidade de São Tomé, dedicado ao tema

Leia mais

Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O?

Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O? Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O? Da importância do desenvolvimento de competências interpessoais na prática, da necessidade de uma formação mais humana, da crescente consciencialização da injustiça

Leia mais

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013 Política de Responsabilidade Corporativa Março 2013 Ao serviço do cliente Dedicamos os nossos esforços a conhecer e satisfazer as necessidades dos nossos clientes. Queremos ter a capacidade de dar uma

Leia mais

3º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade WORKSHOP RESPONSABILIDADE SOCIAL

3º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade WORKSHOP RESPONSABILIDADE SOCIAL 3º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade WORKSHOP RESPONSABILIDADE SOCIAL João de Sá Nogueira Administrador / Director Executivo Fundação Infantil Ronald McDonald joao.sanogueira@pt.mcd.com

Leia mais

INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A partir de meados do século xx a actividade de planeamento passou a estar intimamente relacionada com o modelo racional. Uma das propostas que distinguia este do anterior paradigma era a integração

Leia mais

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015 0 a 9 de outubro de 05 Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social * I Descrição do Projeto O Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social (AECPES), celebrado em 00, teve como objetivo reafirmar

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO RANCHO FOLCLÓRICO SAMPAENSE

REGULAMENTO INTERNO RANCHO FOLCLÓRICO SAMPAENSE REGULAMENTO INTERNO RANCHO FOLCLÓRICO SAMPAENSE CAPITULO I ENQUADRAMENTO Artigo 1º. Denominação No âmbito das actividades e ao abrigo dos antigos estatutos sociais da S.R.L.S., foi fundado e organizado

Leia mais

Newsletters PROGRAMA FESTA DE NATAL NO SBCD

Newsletters PROGRAMA FESTA DE NATAL NO SBCD AMRT ENTIDADE PROMOTORA Newsletters PROJETO SAI DO BAIRRO CÁ DENTRO - EDIÇÃO Nº20, DEZEMBRO 12 TRAVESSA DE VINHA, Nº172B, R/C DTº - CATUJAL TLF: 219419233 O U T R O S D E S T A Q U E S Festa de natal interna

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL

Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL 1 Sendo uma IPSS, que: Não tem fins lucrativos; Fornece serviços para melhorar a qualidade de vida dos clientes; Os lucros, se houverem,

Leia mais