ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE"

Transcrição

1 CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA ESCOLAS A Som Livre Escola de Artes oferece para as escolas infantis uma proposta inovadora : Cursos de Artes, especialmente voltado para crianças. Através de praticas e vivencias lúdicas a criança poderá usufruir da arte como uma forma de comunicar-se e interagir através de formas, cores e sons. Atualmente existem varias pesquisas cientificas que comprovam os ganhos com quem se dedica a arte. seja na auto-estima, relacionamento interpessoal ou como forma de expressão e criatividade. Oferecemos cursos/oficinas de : Musicalização; Educação Artística; Teatro; Arte Terapia; Cada aula terá a duração de 25 a 60 de acordo com o nível de saturação de cada grupo. 1

2 Sobre nosso projeto de Artes: Palavras Introdutórias Entendemos que arte é algo difícil de ser definido precisamente. "Os tratados em geral, dizem que arte é a atividade humana que procura o belo. Isto é, porém, um conceito vago, genérico, e nada mais claro se obteve quando se tentou substituir a palavra"belo"pela expressão "prazer estético". Tem esta expressão um caráter estritamente psicológico e não coincide com todas as possibilidades da arte e com todas as suas manifestações. Nenhuma definição conseguiu jamais, e talvez jamais consiga sintetizar este complexo fenômeno espiritual e material ao mesmo tempo" Objetivos Gerais do Projeto : Utilizar as diferentes linguagens verbal, gráfica, plástica, musical e corporal como meio para produzir, expressar e comunicar suas idéias, interpretar e usufruir das produções culturais e artísticas; Conhecer e cuidar do próprio corpo, valorizando e adotando hábitos saudáveis como um dos aspectos básicos da qualidade de vida e agindo com responsabilidade em relação à sua saúde e a saúde coletiva. Experimentar e explorar as possibilidades de cada linguagem artística. Expressar e saber comunicar-se em artes mantendo uma atitude de busca pessoal e/ou coletiva, articulando a percepção, a imaginação, a emoção, a sensibilidade e a reflexão ao realizar e fluir produções artísticas. Interagir com materiais, instrumentos e procedimentos variados em artes (música, artes visuais, dança e teatro), experimentando-os nos trabalhos pessoais. 2

3 Justificativa : Talvez o mais importante para quem pratica arte seja a diversão, a socialização e o prazer de fazê-la, porém, enquanto nos divertimos desenvolvemos certas habilidades e competências que são úteis em diversos outros departamentos de nossas vidas. Processos da linguagem; Inteligência espacial; Criatividade; Paciência; Lógica; Precisão física e mental; Maior identificação com outras culturas, Concentração; Disciplina; Ajuda a enfrentar desafios e assumir riscos; Metodologia O curso/oficina será organizado de forma educativa, cultural e artística. Os conteúdos das oficinas priorizam a questão do ensino - aprendizagem valorizando a cultura como instrumento de construção de identidade e cidadania.. Técnicas e formas de condução: - O processo será desenvolvido em oficinas de arte onde partindo de um estímulo às experiências serão realizadas, observações serão feitas, pensamentos serão mobilizados e organizados, ocorrendo então, a concretização de um ou mais produtos artísticos. - O processo necessário das atividades artísticas é garantido para a criança quando ele passa pelas experiências de percepção / imaginação para o real e quando os conteúdos das sessões são adequados e de interesse do grupo. - Favorecer a capacidade criativa e de expressão através da pluralidade e diversidade cultural. 3

4 Nossa história : ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE A Escola Som Livre teve inicio em suas atividades exatamente há 15 anos. Em sua primeira modalidade tínhamos como objetivo atender pessoas que gostariam de aprender musica. A partir da expertise de nossos professores entendemos a necessidade de diferenciar nossos serviços e oferecer seminários, palestras, workshops, apresentações e cursos para escolas infantis e empresas com o objetivo principal de fomentar e difundir a arte e a cultura. Nossa Equipe : A Som Livre é composta por profissionais gabaritados e atuantes no mundo da arte são eles : - Assistente de Coordenação e Professor de Musica; Vinicius Aguiar Release : Curso técnico em Musica Som Livre 2007/ Fundação SCS de Artes 2008/ FAAM 2008 Graduando em Música/ Professor de LEM e violão. - Professor de Musica Som Livre; Carlos Alberto Release : Curso Técnico em Música Som Livre 2002/ Fundação SCS de Artes 2003/ Curso de Improvisação e Guitarra CLM 2009/ Participa de Diversos Festivais de Musica no ABC/ Professor de Musicalização infantil e LEM (Linguagem e Escritas Musicais). - Professora de Artes e Arteterapeuta; Monisa Fleming Release : Curso técnico de Musica Som Livre 2009/ Percussão Corporal - Barbatuques 2007/Graduação em Educação Artística FASP 2007/ CEFAS Campinas 2010 Especializanda em Arteterapia. - Estagiário de Musica; Felipe Portela Release : Curso técnico de Musica Som Livre 2007/ Curso de Canto Coral Elis Regina 2009/ Professor de Teclado e LEM. - Professor de Musica; Devanir Barbosa Release : Curso técnico de Musica Som Livre 2005/ Curso de Canto Coral Elis Regina 2007/ FAAM 2008 Graduando em Canto Lírico/ Professor de Tec. Vocal e Musicalizacao. 4

5 - Professor de Teatro; Leandro Lira Release : Curso técnico de Canto Coral 2008/ Curso de técnico de violão Popular 2009/ FASP 2006 Graduação Teatro/ Ator atuante no Circuito SP e Litoral Norte SESC e SESI; - Coordenador Som Livre; Klaus Breit Release : Cursos técnicos de Canto Coral, Regência, Piano, teclado, órgão, violão, solfejo, Kodaly, Dalcroze, Orff/ Flautista Transversal/ FAAM 2004 Graduação em Musica/ Mozarteum 2006 Graduação em Piano/ Anhembi Morumbi 2009 Graduação em Prod. Executiva Cultural/ Anhembi Morumbi Especialização em Produção Musical/ Divisão de Projetos Culturais Avape/ Professor de Musicalizacao Escola CEDE/ Regente do Coral Sinfônico de São Bernardo do Campo. 5

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA ESCOLAS A Som Livre Escola de Artes oferece para as escolas infantis uma proposta inovadora : Cursos de Artes, especialmente voltado para crianças. Através de praticas e vivencias

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE O Curso de Artes na Maturidade, direcionado para o público de 50 anos em diante, se propõe a estimular a criatividade, ampliar o potencial expressivo e a socialização,

Leia mais

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA Rita Bomfati. UNESPAR- FAP ritabomfati1@gmail.com Resumo: A importância da formação musical do musicoterapeuta (conhecimento de ritmos e instrumentos, história da

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1 Agrupamento de Escolas da Madalena Projeto do Clube de Música Ano Lectivo 2012-2013 1 Projectos a desenvolver/participar: Projetos Dinamizado por: 1º Concurso de Flauta Prof. Teresa Santos - Participação

Leia mais

Formação de professores: uma proposta de Oficinas de Música para professores unidocentes

Formação de professores: uma proposta de Oficinas de Música para professores unidocentes Formação de professores: uma proposta de Oficinas de Música para professores unidocentes Isabel Bonat Hirsch (UFPel) 1 Lia Viegas Mariz de Oliveira Pelizzon, Vitor Hugo Rodrigues Manzke, Priscila Kuhn

Leia mais

BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL GEANE SANTANA ROCHA QUIXABEIRA CMEI Criança Feliz geanezinha@gmail.com ANADIR FERREIRA DA SILVA Secretaria Municipal de Educação laurapso@hotmail.co.uk

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTE ANO: 4 º Ano PROFESSORAS: Aline Francyele

Leia mais

Projeto FORMAÇÃO CONTINUADA : Desenvolvimento Profissional e Novas Práxis Educativas.

Projeto FORMAÇÃO CONTINUADA : Desenvolvimento Profissional e Novas Práxis Educativas. Projeto FORMAÇÃO CONTINUADA : Desenvolvimento Profissional e Novas Práxis Educativas. SEMED CASA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Formação e Acompanhamento Pedagógico FORMAÇÃO CONTINUADA Coordenação / Profissionais

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Plano de Ensino Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos Teoricos Metodologicos para o Ensino de Arte Carga Horária: 36h Período: 2º ano Ano: 2011 Turno: noturno

Leia mais

Preparação Corporal para Dança Iniciação ao Piano e Teclado Página 1 de 5

Preparação Corporal para Dança Iniciação ao Piano e Teclado Página 1 de 5 Preparação Corporal para Dança Trabalha as noções básicas do corpo com relação à dança, abordando aspectos físicos e estéticos da linguagem do movimento. 11/11 (Terça-feira) Iniciação ao Piano e Teclado

Leia mais

Projeto: Música na Escola. O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado.

Projeto: Música na Escola. O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado. Projeto: Música na Escola O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado. Justificativa De acordo com as diretrizes curriculares, o som é a matériaprima da música;

Leia mais

musicoterapia Formação do Musicoterapeuta Musicoterapia

musicoterapia Formação do Musicoterapeuta Musicoterapia Musicoterapia A Musicoterapia é a utilização da música e/ou dos elementos musicais (som, silêncio, ritmo, melodia, harmonia) pelo musicoterapeuta e pelo paciente ou grupo, em um processo estruturado para

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA PROJETO: ARTES NA EDUCAÇÃO ESPECIAL O CORPO E A MENTE EM AÇÃO LUCAS DO RIO VERDE 2009 APRESENTAÇÃO Em primeiro lugar é preciso compreender

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERL MINISTÉRIO D EDUCÇÃO INSTITUTO FEDERL DE EDUCÇÃO, CIÊNCI E TECNOLOGI SERTÃO PERNMBUCNO DIREÇÃO DE ENSINO DEPRTMENTO DE ENSINO SUPERIOR CURSO DE LICENCITUR EM MÚSIC 1. Perfil do Curso

Leia mais

PORTFÓLIO DOS CURSOS

PORTFÓLIO DOS CURSOS PORTFÓLIO DOS CURSOS GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Marconi Perillo Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTEC Mauro Faiad Centro Cultural Labibe Faiad Meire Cristina Mendonça APRESENTAÇÃO

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Curso: Pedagogia Carga Horária: 36h Ano: 2011 Professor: José Paulo de Assis Rocha Plano de Ensino Disciplina: Arte e Educação Período: 1º ano Turno: noturno

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARANAGUA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA DE PARANAGUÁ "NELSON DE FREITAS BARBOSA"

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARANAGUA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA DE PARANAGUÁ NELSON DE FREITAS BARBOSA "" APÊNDICE 1 Requisitos e demandas dos segmentos culturais para a proposição de projetos. Os projetos culturais propostos deverão respeitar e se enquadrar nas seguintes determinações dos seus respectivos

Leia mais

GOIÂNIA Basileu França

GOIÂNIA Basileu França GOIÂNIA Basileu França APOIO ADMINISTRATIVO SERVIÇOS GERAIS AA - ASG Atribuições: desenvolver atividades de apoio à gestão, promovendo a organização, conservação, higienização e manutenção de salas de

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA OBJETIVOS

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA OBJETIVOS Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: INFORMÁTICA FORMA/GRAU:( X)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO

TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO TRANSPARÊNCIA INSTITUCIONAL PROJETO BOA SEMENTE OFICINA SEMEANDO MOVIMENTO O Orfanato Evangélico, através do Projeto Boa Semente, desenvolveu atividades direcionadas as crianças de 1 mês a 1 ano de idade,

Leia mais

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br Curso de Capacitação em Música para Professores do Ensino Médio, Fundamental 03 horas / semanais e Musicalização Infantil ( com base no PCN Artes ) VAGAS LIMITADAS FAÇA SUA PRÉ-RESERVA 10 meses ( inicio

Leia mais

INFORMATIVO CURSOS EXTRACURRICULARES 2015 - I PARTE (Alemão, Ballet Clássico, Ponta e Solo, Jazz, Judô, Música, Teatro e Xadrez)

INFORMATIVO CURSOS EXTRACURRICULARES 2015 - I PARTE (Alemão, Ballet Clássico, Ponta e Solo, Jazz, Judô, Música, Teatro e Xadrez) 1 COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT Mantido pela Associação Escolar Benjamin Constant Declarada de Utilidade Pública Federal em 21.07.99 Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio São Paulo, 11 de dezembro

Leia mais

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL. G. Oliveira Penna 1. L. Maria Filipetto 2. C. Souza 3. E. Carpes Camargo 4

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL. G. Oliveira Penna 1. L. Maria Filipetto 2. C. Souza 3. E. Carpes Camargo 4 NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL G. Oliveira Penna 1 L. Maria Filipetto 2 C. Souza 3 E. Carpes Camargo 4 RESUMO: O Projeto NuCA Núcleo de Cultura e Arte tem como objetivo levar a cultura para

Leia mais

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL

NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL NuCA PROJETO CONSTRUTIVISTA E MULTICULTURAL G. Oliveira Penna 1 L. Maria Filipetto 2 C. Souza 3 E. Carpes Camargo 4 RESUMO: O Projeto NuCA Núcleo de Cultura e Arte tem como objetivo levar a cultura para

Leia mais

PROJETO: TEATRO NA EDUCAÇÃO FÍSICA - MULTIPLICIDADE DE MOVIMENTOS E SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES. INTRODUÇÃO

PROJETO: TEATRO NA EDUCAÇÃO FÍSICA - MULTIPLICIDADE DE MOVIMENTOS E SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES. INTRODUÇÃO PROJETO: TEATRO NA EDUCAÇÃO FÍSICA - MULTIPLICIDADE DE MOVIMENTOS E SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES. Priscilla Gaiba INTRODUÇÃO Se em algumas áreas do conhecimento o corpo tem sido o principal instrumento de

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Pintura Mural Releituras Romero Brito Área temática: Inclusão Social 2. Responsável pelo Projeto: ( ) Discente ( X )

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 57/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso Superior em Regência de Bandas

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo CARREIRA EM ARQUITETURA E URBANISMO Os arquitetos recebem uma formação geral que lhes permite trabalhar em diversos campos: em projetos de construções, de

Leia mais

********** É uma instituição destinada ao atendimento de crianças de 0 a 3 anos e faz parte da Educação Infantil. Integra as funções de cuidar e

********** É uma instituição destinada ao atendimento de crianças de 0 a 3 anos e faz parte da Educação Infantil. Integra as funções de cuidar e 1 CONCEPÇÃO DE CRECHE (0 A 3 ANOS): A Constituição Federal de 1988 assegura o reconhecimento do direito da criança a creche, garantindo a permanente atuação no campo educacional, deixando de ser meramente

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II Músicas infantis. Danças, músicas e personagens folclóricos. Conhecer textos e melodias folclóricos; Entoar músicas do folclore brasileiro; Dançar músicas folclóricas; Imitar

Leia mais

A brincadeira na vida da criança

A brincadeira na vida da criança A brincadeira na vida da criança A brincadeira, é parte do crescimento e desenvolvimento da criança, além de ser uma de suas necessidades básicas. 1 A criança precisa brincar porque através da brincadeira,

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Conceição, o estudante aprende e desenvolve habilidades dentro e fora da sala de aula, por meio de atividades esportivas, artísticas, culturais, científicas e de solidariedade.

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE OBJETIVOS GERAIS Conhecimento da Arte enquanto auto expressão e conhecimento, apreensão e comunicação

Leia mais

ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL

ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL Ione Rossi Ribeiro Professora de Artes da APAE de Tupaciguara, graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia e pós-graduada em Educação Especial pelas Faculdades

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO EDUCACIONAL

ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO EDUCACIONAL ORIENTAÇÃO PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO QUALITATIVA DA APRENDIZAGEM SEMESTRAL Educação Infantil Estimulação Essencial e Pré-Escolar O relatório da Educação Infantil - Estimulação Essencial

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

FLADEM 2011. Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento

FLADEM 2011. Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento FLADEM 2011 Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento Sandra Mara da Cunha e Claudia Maradei Freixedas Breve introdução A experiência

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas. Disciplina Prática de Ensino. Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA

Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas. Disciplina Prática de Ensino. Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas Disciplina Prática de Ensino Ano letivo 2011 Série 3ª Carga Horária 72 H/aula Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA Assim como curadores

Leia mais

Instituição. Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp

Instituição. Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp Instituição Organização sem fins lucrativos fundada em 1996, de utilidade pública e integra rede de proteção da criança e do adolescente CMDCA. Mantém,

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Colégio Cenecista Dr. José Ferreira QUADRINHOS NA CIÊNCIAS Área de Concentração: Ciências Naturais Disciplina de Concentração: Ciências Professores: Maria José Lima, Polyana Noronha e Thaianne Lopes Uberaba

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

ATIVIDADES EDUCATIVAS

ATIVIDADES EDUCATIVAS ATIVIDADES EDUCATIVAS 2014/2015 Be Smart Rua Álvares Cabral, 56 1º andar Sala 2 4400-017 Vila Nova de Gaia Tlf.: 220 160 662 E-mail: besmart.es@gmail.com Website: www.besmart-es.com APRESENTAÇÃO A escola

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução

Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1 Introdução A Música e as artes quando praticada como atividade profissional, não é diferente de qualquer outra área de conhecimento. A formação de um músico

Leia mais

INFORMATIVO Nº 1 / 2014. Senhores pais

INFORMATIVO Nº 1 / 2014. Senhores pais INFORMATIVO Nº 1 / 2014 Senhores pais Mais um ano se inicia... Não temos palavras para agradecer a confiança que depositam em nosso trabalho ao matricularem seus filhos na Premier. Após um período de alguns

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL 1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL ANTECEDENTES Art. 210. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum

Leia mais

PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO

PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE FLORESTA ISEF PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO FLORESTA PE 2013 SUMÁRIO I. JUSTIFICATIVA II. OBJETIVO A. GERAIS B. ESPECIFICOS III. DESENVOLVIMENTO IV. CRONOGRAMA

Leia mais

Apresentação. SUPERINTEDÊNCIA GERAL Magda Fonseca Coutinho. COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Mércia Corrêa de Oliveira

Apresentação. SUPERINTEDÊNCIA GERAL Magda Fonseca Coutinho. COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Mércia Corrêa de Oliveira Apresentação SUPERINTEDÊNCIA GERAL Magda Fonseca Coutinho COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Mércia Corrêa de Oliveira Descritivo: "A educação deve possibilitar ao corpo e à alma toda a perfeição e a beleza que podem

Leia mais

P R O J E T O : A R T E N A E S C O L A M Ú S I C A NA E S C O L A

P R O J E T O : A R T E N A E S C O L A M Ú S I C A NA E S C O L A P R O J E T O : A R T E N A E S C O L A M Ú S I C A NA E S C O L A C O R A L F L A U T A F A N F A R R A I N F A N T I L (A L U N O S) A L U N O S 2 OS E 3 OS ANOS CEC - A - UNIDADE EXECUTORA: Direção,

Leia mais

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Brincadeiras que ensinam Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Por que as crianças brincam? A atividade inerente à criança é o brincar. A criança brinca para atribuir significados

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

Como aconteceu essa escuta?

Como aconteceu essa escuta? No mês de aniversário do ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, nada melhor que ouvir o que acham as crianças sobre a atuação em Educação Integral realizada pela Fundação Gol de Letra!! Conheça um

Leia mais

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Andréa Pereira de Souza Gestora da Formação Permanente na Secretaria Municipal de Educação do município de Mogi das Cruzes. Cintia

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA Planificação 1.º Ciclo do Ensino Básico ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA Proposta de Plano Anual 2014/2015 1. Introdução

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO RERRATIFICAÇÃO DE EDITAL PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DAS CARREIRAS DE PROFESSOR DE ARTE E ANALISTA DE GESTÃO ARTÍSTICA, DO

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. ANA PAULA CORDEIRO ARTE ARTE? O QUE É? QUAL SUA NECESSIDADE? QUAL SUA FUNÇÃO? ARTE: O QUE É? ARTE Uma forma de criação de linguagens- a linguagem visual,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015 CLUBE DE MÚSICA 1. JUSTIFICAÇÃO DO PROJETO: O Projeto do Clube de Música nasce da necessidade de se desenvolver com os alunos atividades diferenciadas que não podem ser devidamente exploradas e aprofundadas

Leia mais

História. ADAV: Associação para o Desenvolvimento e a Assistência de Talentos e Vocações

História. ADAV: Associação para o Desenvolvimento e a Assistência de Talentos e Vocações História ADAV: Associação para o Desenvolvimento e a Assistência de Talentos e Vocações Em 1929, convidada a dirigir um dos primeiros laboratórios de psicologia de Minas Gerais, ligado à Escola de Aperfeiçoamento

Leia mais

Descrição do Programa SESI para a Terceira Idade São Paulo - BRASIL. Walid Makin Fahmy

Descrição do Programa SESI para a Terceira Idade São Paulo - BRASIL. Walid Makin Fahmy Descrição do Programa SESI para a Terceira Idade São Paulo - BRASIL Walid Makin Fahmy Sistema SESI SESI - Serviço Social da Indústria Entidade de direito privado, nos termos da lei civil, estruturada em

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

A animação é uma maneira de se criar ilusão, dando vida a objetos inanimados. Perisic,1979

A animação é uma maneira de se criar ilusão, dando vida a objetos inanimados. Perisic,1979 A animação é uma maneira de se criar ilusão, dando vida a objetos inanimados. Perisic,1979 Apresentação Objetivos Equipe Metodologia Experiências Animadas Guia do Animador Iniciante Meu Primeiro Curta-metragem

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA BÁRBARA Departamento Pré-Escolar/1º Ciclo 151 956 Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar Área

Leia mais

Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores.

Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores. Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores. Prof. Ms. Deisily de Quadros (FARESC) deisily@uol.com.br Graduando Mark da Silva Floriano (FARESC) markfloriano@hotmail.com Resumo: Este artigo apresenta

Leia mais

PROJETO CORAL ZARAH TRINDADE TEMA: MÚSICA E INCLUSÃO: DIVERSIDADE QUE CANTA E ENCANTA.

PROJETO CORAL ZARAH TRINDADE TEMA: MÚSICA E INCLUSÃO: DIVERSIDADE QUE CANTA E ENCANTA. PROJETO CORAL ZARAH TRINDADE TEMA: MÚSICA E INCLUSÃO: DIVERSIDADE QUE CANTA E ENCANTA. A música é uma língua e pode ser aprendida como as crianças aprendem qualquer língua: ouvindo e imitando. (Shinishi

Leia mais

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO Magali Deckert Arndt 1 Noemi Boer 2 Marjorie Dariane da Silva Machado³ Ingrid Mello 4 INTRODUÇÃO O teatro é uma das mais antigas manifestações culturais do homem e o tem acompanhado

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) O Desfile a fantasia. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O desfile a

Leia mais

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Rede Salesiana de Escolas. Entusiasmo diante da vida. PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Escola: Nossa Senhora Auxiliadora Níveis de Ensino: Fundamental II Coordenação Pedagógica: Maria das Graças L. N. Ferreira

Leia mais

PRATICA EDUCATIVA: MUSICALIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PRATICA EDUCATIVA: MUSICALIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL PRATICA EDUCATIVA: MUSICALIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Josimara Nascimento Santos Pereira (Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB) Alcione Pereira Santos de Souza (Graduada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático.

Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático. Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático. Mírian Regina Braga Misquiatti. Prefeitura Municipal de Bauru. mquiatti@gmail.com Roberto Vergílio Soares. Prefeitura

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 34, Toledo PR Fone: 377-850 PLANEJAMENTO ANUAL DE MÚSICA SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Educação

Programa de Pós-Graduação em Educação 52 URIARTE, Mônica Zewe. 33 Programa de Pós-Graduação em Educação Resumo: Este artigo apresenta informações sobre a experiência da UNIVALI quanto ao ensino de artes no Curso de Pedagogia, preparado para

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Assunção, o estudante também descobre novos conhecimentos além da sala de aula. Crianças e jovens desenvolvem talentos por meio de atividades artísticas, esportivas e

Leia mais

Expressão Musical II. Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013. Docente: António Neves

Expressão Musical II. Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013. Docente: António Neves Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013 Expressão Musical II Docente: António Neves Discente: Ana Matos nº 53184 A música e o som, enquanto energia, estimulam

Leia mais

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar Colégio La Salle São João Professora Kelen Costa Educação Infantil Educação Infantil- Brincar também é Educar A importância do lúdico na formação docente e nas práticas de sala de aula. A educação lúdica

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO RERRATIFICAÇÃO DE EDITAL PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO

Leia mais

Categoria Pôster 2 O NEI se constitui numa escola de Educação Infantil situada no Campus Central da UFRN- Natal, que

Categoria Pôster 2 O NEI se constitui numa escola de Educação Infantil situada no Campus Central da UFRN- Natal, que ARTE PRESENTE NA CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO: UM RELATO DE CASO 1 PONTES, Gilvânia Maurício Dias de (Mestranda PPGEd-UFRN/ Prof. do NEI-UFRN) PERNAMBUCO, Marta Maria Castanho Almeida (DEPED- CCSA-

Leia mais

A Música No Processo De Aprendizagem

A Música No Processo De Aprendizagem A Música No Processo De Aprendizagem Autora: Jéssica Antonia Schumann (FCSGN) * Coautor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: O presente trabalho tem por objetivo investigar sobre a importância em

Leia mais

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto 1º período Canto Coral A 36 Canto I 54 Consciência Corporal em Performance Musical I 36 Contraponto I 36 Fisiologia

Leia mais

AS AVENTURAS DE NINA E ATOMITO

AS AVENTURAS DE NINA E ATOMITO AS AVENTURAS DE NINA E ATOMITO PROPOSTA DE ENCENAÇÃO Apresentar o espetáculo infantil As Aventuras de Nina e Atomito, criado para o Ano Internacional da Química (2011), com o patrocínio do Ministério da

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO ENSINO REGULAR

ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO ENSINO REGULAR ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO ENSINO REGULAR Luciana Barros Farias Lima e Claudia Regina Pinheiro Machado Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO lucpeda@gmail.com

Leia mais

AS RELAÇÕES ENTRE O BRINCAR E A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A PARTIR DE UMA NOVA CONCEPÇÃO DE SUJEITO

AS RELAÇÕES ENTRE O BRINCAR E A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A PARTIR DE UMA NOVA CONCEPÇÃO DE SUJEITO AS RELAÇÕES ENTRE O BRINCAR E A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A PARTIR DE UMA NOVA CONCEPÇÃO DE SUJEITO Igor Guterres Faria¹ RESUMO: Este estudo é parte integrante do projeto de pesquisa de iniciação científica

Leia mais

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento INTRODUÇÃO Educadores musicais têm manifestado sua preocupação com a observância da Lei nº 11769, que é a lei de inclusão da música no currículo das

Leia mais

ARRASTÃO OFICINAS. APRESENTAçãO NúCLEO BATUNTÃ. Quem somos

ARRASTÃO OFICINAS. APRESENTAçãO NúCLEO BATUNTÃ. Quem somos APRESENTAçãO NúCLEO BATUNTÃ Quem somos Formado em 1999, o Batuntã desenvolve um trabalho de pesquisa e criação musical, tendo o ritmo como fio condutor. O grupo se destaca pela criatividade nas composições

Leia mais