ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A ESCALABILIDADE DE UM ALGORITMO GENÉTICO PARALELIZADO COM OPENMP. Mateus Fontoura Gomes da Rosa Márcia C.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A ESCALABILIDADE DE UM ALGORITMO GENÉTICO PARALELIZADO COM OPENMP. Mateus Fontoura Gomes da Rosa Márcia C."

Transcrição

1 ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A ESCALABILIDADE DE UM ALGORITMO GENÉTICO PARALELIZADO COM OPENMP Mateus Fontoura Gomes da Rosa Márcia C. Cera

2 Roteiro Introdução Problema de Roteamento de Veículos Objetivos da Pesquisa Algoritmos Genéticos Paralelização do AG Apresentação dos Resultados Preliminares Considerações Finais 2

3 Problema de Roteamento de Veículos Consiste de uma derivação do Problema do Caixeiro Viajante Foi utilizado Algoritmo Genético para solucionar o problema Fonte: Gressler (2012) 3

4 Objetivos da Pesquisa Objetivo Geral: Analisar a escalabilidade do Algoritmo Genético Paralelo conforme o número de threads e núcleos de processamento aumenta Objetivos Específicos: Analisar o desempenho do AG Paralelo conforme aumenta-se o grau de paralelismo; Analisar a escalabilidade do AG Paralelo. 4

5 Roteiro Introdução Algoritmos Genéticos Definição Fluxograma do Algoritmo Genético Paralelização do AG Apresentação dos Resultados Preliminares Considerações Finais 5

6 Algoritmos Genéticos - Definição Consiste de uma proposta baseada no modelo evolutivo de Darwin Possui funções que simulam a genética, como funções de avaliação do indivíduo, cruzamento e mutação Essas funções podem ser facilmente adaptadas a qualquer escopo de problema, visto que o Algoritmo Genético trata soluções parciais como indivíduos e as melhora gradativamente a cada evolução 6

7 Fluxograma do Algoritmo Genético Gressler (2012) 7

8 Fluxograma do Algoritmo Genético Técnicas de cruzamento: Cruzamento 1 ponto; Cruzamento 2 pontos; Cruzamento uniforme; Técnica Híbrida 1; Técnica Híbrida 2; Gressler (2012) 8

9 Fluxograma do Algoritmo Genético Técnicas de Mutação: Troca; Inversão; Inserção; Técnica Híbrida; Gressler (2012) 9

10 Fluxograma do Algoritmo Genético Gressler (2012) 10

11 Roteiro Introdução Algoritmos Genéticos Paralelização do AG Apresentação dos Resultados Preliminares Considerações Finais 11

12 Paralelização do AG Paralelização foi feita da seguinte maneira (GRESSLER, 2012): Foram definidas duas regiões paralelas: Na perpetuação dos melhores indivíduos Diretiva sections/section Nas chamadas às funções Cruzamento e Avaliação na concepção de uma nova geração Diretiva parallel for 12

13 Roteiro Introdução Algoritmos Genéticos Paralelização do AG Apresentação dos Resultados Preliminares Especificação dos Parâmetros Verificação do Impacto das Políticas de Escalonamento de Iterações Análise Preliminar da Escalabilidade do Algoritmo Genético Paralelo Comparação entre os Resultados Obtidos nas Arquiteturas Considerações Finais 13

14 Especificação dos Parâmetros Foram testadas instâncias do Benchmark de Christofides c50 instância com 50 cidades c100 instância com 100 cidades Parâmetros utilizados nos testes (GRESSLER, 2012): Tamanho da população: N x 10; Número de Evoluções: N x N x 10; Técnica de cruzamento: 1 ponto; Taxa de mutação: variação entre 4 a 10%; Técnica de mutação: randômica; 14

15 Especificação dos Parâmetros - i7 Possui um processador Intel Core i7-3517u 1.90GHz com dois núcleos físicos e dois lógicos; Para cada configuração foi executado 30 repetições; Parâmetros do teste: Número de threads: de 2 a 8; Valores da política de escalonamento de iterações: Static 15

16 Especificação dos Parâmetros - Xeon Possui dois processadores Intel Xeon E com frequência de 2.80 GHz, cada um com 8 núcleos físicos e Hyper-threading; A coleta foi repetida 30 vezes para cada configuração; Parâmetros dos testes: Número de threads: 2, 4, 8, 16, 32 e 64; Valor da política de escalonamento de iterações: Static; 16

17 Tempo (s) Xeon: c50 - Análise preliminar da escalabilidade do Algoritmo Genético 16,0 14,0 13,6 12,0 10,0 8,0 6,0 4,0 5,3 4,4 3,2 2,6 1,6 3,1 3,7 2,0 0, Número de Threads 17

18 Tempo (s) Xeon: c50 - Análise preliminar da escalabilidade do Algoritmo Genético 16,0 14,0 0,3 13,6 12,0 10,0 8,0 6,0 4,0 5,3 1,2 4,4 1,6 3,2 2,0 2,6 1,6 1,4 3,1 3,7 2,0 0, Número de Threads 18

19 Tempo(s) Xeon: c100 - Análise preliminar da escalabilidade do Algoritmo Genético Número de Threads 19

20 Tempo(s) Xeon: c100 - Análise preliminar da escalabilidade do Algoritmo Genético , , , ,5 2,6 2, Número de Threads 20

21 Speedup Comparação entre os Resultados Obtidos nas Arquiteturas c50: i7 Xeon 2,50 2,04 2,00 1,63 1,69 1,50 1,43 1,45 1,42 1,00 1,21 0,50 0,55 0,38 0, Número de Threads 21

22 Speedup Comparação entre os Resultados Obtidos nas Arquiteturas c100: i7 Xeon 3 2,5 2,11 2,56 2,64 2,54 2 1,56 1,71 1,5 1,39 1 0,93 0,92 0, Número de Threads 22

23 Roteiro Introdução Algoritmos Genéticos Paralelização do AG Apresentação dos Resultados Obtidos Considerações Finais Conclusões e Trabalhos Futuros Cronograma de Atividades Publicações Aceitas Durante a Elaboração do Trabalho 23

24 Conclusões e Trabalhos Futuros Foi observado um aumento no desempenho quando o AG foi executado numa arquitetura mais robusta; Da mesma forma, é possível ver a influência do overhead de paralelização nas execuções; Para trabalhos futuros: Serão realizados testes com as demais instâncias do benchmark Análise da escalabilidade e de possibilidades de melhoria do desempenho 24

25 Referências CHAPMAN B; JOST B; VAN DER PASS R; Using OpenMP. Cambridge, MA, Estados Unidos: Massachusetts Institute of Technology, ROSA. M. F. G. ; CERA, Márcia C. Análise do desempenho do Algoritmo Genético paralelizado com OpenMP. Anais do XXVI Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnologica em Engenharia, 2014, Alegrete - RS. p LINDEN, R. Algoritmos Genéticos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil: Ciência Moderna, 3ª Edição, Citado 4 vezes nas páginas 17, 20 e 27. GRESSLER, H. O. ; CERA, Márcia C. O Impacto da paralelização com OpenMP no desempenho e na qualidade das soluções de um algoritmo genético. Revista Brasileira de Computação Aplicada, Passo Fundo, v. 6, n. 2, p ,

26 Muito obrigado pela atenção! Perguntas? Mateus Fontoura Gomes da Rosa, Márcia Cristina Cera

Algoritmos Genéticos

Algoritmos Genéticos UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Laboratório de Computação Natural LCoN I ESCOLA DE COMPUTAÇÃO NATURAL Algoritmos Genéticos Rafael Xavier e Willyan Abilhoa Outubro/2012 www.computacaonatural.com.br

Leia mais

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Esse documento é parte integrante do material fornecido pela WEB para a 2ª edição do livro Data Mining: Conceitos, técnicas, algoritmos, orientações e

Leia mais

Inteligência Computacional: resolvendo problemas difíceis da vida real

Inteligência Computacional: resolvendo problemas difíceis da vida real Instituto de Computação Semana Nacional da Ciência e Tecnologia Escola Agrotécnica Federal de Inconfidentes Inteligência Computacional: resolvendo problemas difíceis da vida real Carlos Eduardo de Andrade

Leia mais

Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java

Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java Márcia Cristina Cera, Rodrigo Righi e Marcelo Pasin {cera, rodrigor, pasin}@inf.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Laboratório

Leia mais

Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela

Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela Grupo 17 Raphael Ferras Renan Pagaiane Yule Vaz SSC-0143 Programação

Leia mais

Paralelização de Simuladores de Hardware Descritos em SystemC

Paralelização de Simuladores de Hardware Descritos em SystemC Paralelização de Simuladores de Hardware Descritos em SystemC 18 de maio de 2011 Roteiro Motivação Introdução à SLDL SystemC O Escalonador SystemC Simulação Paralela baseada em Eventos Discretos Suporte

Leia mais

ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA

ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA 136 ALGORITMOS GENÉTICOS: UMA VISÃO EXPLANATÓRIA FILITTO, Danilo 1 Resumo: Os algoritmos Genéticos inspiram-se no processo de evolução natural e são utilizados para resolver problemas de busca e otimização

Leia mais

SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos

SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos Fredson Vieira Costa 1, Fábio Silveira Vidal 1, Claudomiro Moura Gomes André 1 1 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Leia mais

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Universidade Federal de Alfenas Departamento de Ciências

Leia mais

Panorama de Aplicações de Alto Desempenho em Nuvem

Panorama de Aplicações de Alto Desempenho em Nuvem EXTRAÇÃO DE DADOS NO CONTEXTO DE UMA REDE SOCIAL DE CONSUMO Panorama de Aplicações de Alto Desempenho em Nuvem Jonathan Patrick Rosso, Claudio Schepke jonathan.p.rosso@gmail.com, claudioschepke@unipampa.edu.br

Leia mais

Avaliação de Desempenho

Avaliação de Desempenho Avaliação de Desempenho Clock do Sistema Cristal de Quartzo envia onda de sinais constantes que são convertidas em sinais digitais 1GHz = 1 bilhão de pulsos Taxa de pulsos = taxa de clock Incremento de

Leia mais

6 Construção de Cenários

6 Construção de Cenários 6 Construção de Cenários Neste capítulo será mostrada a metodologia utilizada para mensuração dos parâmetros estocásticos (ou incertos) e construção dos cenários com respectivas probabilidades de ocorrência.

Leia mais

Introdução às Redes Neurais Artificiais

Introdução às Redes Neurais Artificiais Introdução às Redes Neurais Artificiais Treinamento via Algoritmos Genéticos Prof. João Marcos Meirelles da Silva http://www.professores.uff.br/jmarcos Departamento de Engenharia de Telecomunicações Escola

Leia mais

4 Implementação e Resultados Experimentais

4 Implementação e Resultados Experimentais 4 Implementação e Resultados Experimentais Com o objetivo de fazer a criação automática de visões materializadas, ou seja, prover uma solução on-the-fly para o problema de seleção de visões materializadas,

Leia mais

Comparação de Desempenho Computacional com Vários Algoritmos Implementados Paralelamente em C

Comparação de Desempenho Computacional com Vários Algoritmos Implementados Paralelamente em C Comparação de Desempenho Computacional com Vários Algoritmos Implementados Paralelamente em C Tiago M. Rohde, Edilaine R. Ferrari, Luciano A. Destefani, Leonardo B. Motyczka, Rogério Martins Departamento

Leia mais

Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11

Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11 Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11 Um artigo Pervasive PSQL Setembro de 2010 Conteúdo Resumo executivo... 3 O impacto das novas arquiteturas de hardware nos aplicativos... 3 O projeto do Pervasive

Leia mais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA CRISTIAN COSMOSKI RANGEL DE ABREU TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR

Leia mais

Problema 8-Puzzle: Análise da solução usando Backtracking e Algoritmos Genéticos

Problema 8-Puzzle: Análise da solução usando Backtracking e Algoritmos Genéticos Problema 8-Puzzle: Análise da solução usando e Nelson Florêncio Junior Orientador: Frederico Gadelha Guimarães Departamento de Computação UFOP 18 de agosto de 2011 Nelson Florêncio Junior (UFOP) PAA 1

Leia mais

Arquiteturas Multi e Many cores baseadas em redes-em-chip

Arquiteturas Multi e Many cores baseadas em redes-em-chip Arquiteturas Multi e Many cores baseadas em redes-em-chip Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores Departamento de Engenharia de Compuatação e Sistemas Digitais Escola Politécnica Universidade

Leia mais

Dinâmicas de Acesso ao Espectro

Dinâmicas de Acesso ao Espectro Redes Cognitivas com Oportunidades Dinâmicas de Acesso ao Espectro Defesa de Tese Marcel William Rocha da Silva Orientador: José Ferreira de Rezende Roteiro Introdução e motivação Rádios cognitivos Oportunidades

Leia mais

Escalonamento de Ordens de Produção Utilizando Algoritmos Genéticos

Escalonamento de Ordens de Produção Utilizando Algoritmos Genéticos Universidade Regional de Blumenau Centro de Ciências Exatas e Naturais Bacharelado em Ciências da Computação Estágio Supervisionado Escalonamento de Ordens de Produção Utilizando Algoritmos Genéticos Acadêmico:

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Ciência da Computação 5ª série Sistemas Operacionais A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA IMPORTAÇÃO DE GRANDES VOLUMES DE DADOS PARA UM SERVIDOR WEB: UM ESTUDO DE CASO

OTIMIZAÇÃO DA IMPORTAÇÃO DE GRANDES VOLUMES DE DADOS PARA UM SERVIDOR WEB: UM ESTUDO DE CASO OTIMIZAÇÃO DA IMPORTAÇÃO DE GRANDES VOLUMES DE DADOS PARA UM SERVIDOR WEB: UM ESTUDO DE CASO Vanessa Barbosa ROLIM **, Marilia Ribeiro da SILVA **, Vilmar SCHMELZER **, Danielly Maria Costa FREIRE **,Iago

Leia mais

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel.

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel. Hardware UCP Unidade Central de Processamento Características dos processadores Intel Disciplina: Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Objetivos

Leia mais

4 Arquitetura básica de um analisador de elementos de redes

4 Arquitetura básica de um analisador de elementos de redes 4 Arquitetura básica de um analisador de elementos de redes Neste capítulo é apresentado o desenvolvimento de um dispositivo analisador de redes e de elementos de redes, utilizando tecnologia FPGA. Conforme

Leia mais

Programação Paralela Híbrida em CPU e GPU: Uma Alternativa na Busca por Desempenho

Programação Paralela Híbrida em CPU e GPU: Uma Alternativa na Busca por Desempenho 124 - Encontro Anual de Tecnologia da Informação Programação Paralela Híbrida em CPU e GPU: Uma Alternativa na Busca por Desempenho André Luís Stefanello¹, Crístian Cleder Machado1, Dioni da Rosa¹, Maurício

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Organização do Projeto Os projetos e o gerenciamento

Leia mais

João Marcelo Uchôa de Alencar

João Marcelo Uchôa de Alencar CENAPAD-UFC João Marcelo Uchôa de Alencar Agenda Missão Serviços Projetos em Andamento Temas de Pesquisa Parque Computacional e Infraestrutura Parcerias Sobre o Passado Quem Somos Contato Missão Centro

Leia mais

Etapas para a Elaboração de Planos de Mobilidade Participativos. Nívea Oppermann Peixoto, Ms Coordenadora Desenvolvimento Urbano EMBARQ Brasil

Etapas para a Elaboração de Planos de Mobilidade Participativos. Nívea Oppermann Peixoto, Ms Coordenadora Desenvolvimento Urbano EMBARQ Brasil Etapas para a Elaboração de Planos de Mobilidade Participativos Nívea Oppermann Peixoto, Ms Coordenadora Desenvolvimento Urbano EMBARQ Brasil Novo cenário da mobilidade urbana Plano de Mobilidade Urbana:

Leia mais

Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web

Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web Autoria: Ricardo Soares Bôaventura, Christina Testa Marques, Keiji

Leia mais

Programação Paralela e Distribuída (DCC/UFRJ)

Programação Paralela e Distribuída (DCC/UFRJ) Programação Paralela e Distribuída (DCC/UFRJ) Aula 7: Programação com memória compartilhada usando OpenMP 1, 8, 10 e 15 de abril de 2015 OpenMP (Open MultiProcessing) Projetado para sistemas de memória

Leia mais

Conceitos Básicos de Algoritmos Genéticos: Teoria e Prática

Conceitos Básicos de Algoritmos Genéticos: Teoria e Prática Conceitos Básicos de Algoritmos Genéticos: Teoria e Prática Thatiane de Oliveira Rosa 1, Hellen Souza Luz 2 1 Curso de Sistemas de Informação Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA) Caixa

Leia mais

Mestranda: Márcia Maria Horn. Orientador: Prof. Dr. Sandro Sawicki

Mestranda: Márcia Maria Horn. Orientador: Prof. Dr. Sandro Sawicki Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Exatas e Engenharias Programa de Mestrado em Modelagem Matemática Grupo de Pesquisa em Computação Aplicada Temática:

Leia mais

Na Terra ou nas Nuvens, onde fica o HPC?

Na Terra ou nas Nuvens, onde fica o HPC? Na Terra ou nas Nuvens, onde fica o HPC? Fábio Andrijauskas e Sidney Pio de Campos Instituto de Física Gleb Wataghin - IFGW Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP 07/Abril/2014 3 o Cinfotec Unicamp

Leia mais

4 Computação Paralela 4.1. Introdução

4 Computação Paralela 4.1. Introdução 4 Computação Paralela 4.1. Introdução Nos últimos anos observa-se uma tendência cada vez maior do aumento da demanda computacional na resolução de grandes problemas. Exemplos de aplicações que exigem alto

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS. Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS. Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO (IC) RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia Henrique Klôh

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 PLANO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 Componente Curricular: Sistemas Concorrentes e Distribuídos Código: ENG - 436 Pré-requisito:

Leia mais

Computação Paralela. Desenvolvimento de Aplicações Paralelas João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho.

Computação Paralela. Desenvolvimento de Aplicações Paralelas João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho. Computação Paralela Desenvolvimento de Aplicações Paralelas João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Outubro 2005 Desenvolvimento de Aplicações Paralelas Uma Metodologia

Leia mais

Imagem retirada de documentações de treinamentos oficiais INTEL

Imagem retirada de documentações de treinamentos oficiais INTEL O que é Hyper-Threading (HT)? Hyper-Threading (HT) é uma tecnologia existe nos processadores que visa explorar com mais eficiência o uso da CPU, o grande foco desta tecnologia é evitar ociosidade de processamento

Leia mais

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Aula 1: Introdução Felipe Campelo http://www.cpdee.ufmg.br/~fcampelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Belo Horizonte Março de 2013 Antes de

Leia mais

Paralelização Introdução a vetorização, OpenMP e MPI

Paralelização Introdução a vetorização, OpenMP e MPI 1/45 Paralelização Introdução a vetorização, OpenMP e MPI 1 Conceitos Paulo Penteado IAG / USP pp.penteado@gmail.com Esta apresentação: Arquivos do curso: Artigo relacionado: http://www.ppenteado.net/ast/pp_para_on/pp_para_on_1.pdf

Leia mais

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO Operação de Software Aplicativo Científica Engenharia da Produção Engenharia de Engenharia de Produção Matemática Aplicada às Matemática Aplicada e Científica Matemática com Tecnologia em - Ênfase em Gestão

Leia mais

COMPUTAÇÃO PARALELA. uma visão geral. Guilherme Galante. v.2.0

COMPUTAÇÃO PARALELA. uma visão geral. Guilherme Galante. v.2.0 COMPUTAÇÃO PARALELA uma visão geral Guilherme Galante v.2.0 Guilherme Galante Bacharel em Informática Unioeste (2003) Mestre em Ciência da Computação UFRGS (2006) Professor Assistente do curso de Informática/Ciência

Leia mais

Em Direção à Comparação do Desempenho das Aplicações Paralelas nas Ferramentas OpenStack e OpenNebula

Em Direção à Comparação do Desempenho das Aplicações Paralelas nas Ferramentas OpenStack e OpenNebula Em Direção à Comparação do Desempenho das Aplicações Paralelas nas Ferramentas OpenStack e OpenNebula Carlos A. F Maron¹, Dalvan Griebler², Adriano Vogel¹, Claudio Schepke³ ¹Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO. Wendrer Carlos Luz Scofield 98.2.4996

DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO. Wendrer Carlos Luz Scofield 98.2.4996 DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO D E C O M Uma Implementação Híbrida e Distribuída do Problema Job-Shop através dos Algoritmos GRASP e Genético Wendrer Carlos Luz Scofield 98.2.4996 Prof. Dr. Carlos Frederico

Leia mais

Exemplo de Arquitetura: Cliente/Servidor com Mestre e Escravos. Interface em IDL. Dynamic Invocation Interface. Exemplo invocação DII em Java

Exemplo de Arquitetura: Cliente/Servidor com Mestre e Escravos. Interface em IDL. Dynamic Invocation Interface. Exemplo invocação DII em Java Exemplo de Arquitetura: Cliente/Servidor com Mestre e s Arquitetura Mestre- Speed-up / Cliente Mestre Prof João Paulo A Almeida (jpalmeida@infufesbr) Cliente 2009/01 - INF02799 Com alguns slides de Parallel

Leia mais

Taxa de Gravação da Memória RAM (MegaBytes / segundo) G5 2.7 Ghz (Mac) Linux Kernel 2.6 2799 1575

Taxa de Gravação da Memória RAM (MegaBytes / segundo) G5 2.7 Ghz (Mac) Linux Kernel 2.6 2799 1575 21 4 Análise É necessária uma análise criteriosa, que busque retornar as questões primordiais sobre o que é realmente preciso para a aquisição de uma plataforma de produção gráfica digital profissional.

Leia mais

4 Estudos de Casos Problema Direto

4 Estudos de Casos Problema Direto 35 4 Estudos de Casos Problema Direto Este capítulo mostra o resultado de simulações feitas a partir do modelo desenvolvido para veículos deformáveis descrito na tese de mestrado de DE CARVALHO, F. A.,

Leia mais

Projeto de Sistemas de Tempo Real

Projeto de Sistemas de Tempo Real Projeto de Sistemas de Tempo Real Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Engenharia da Computação Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br Slides elaborados pelo professor Marcio Cornélio O autor

Leia mais

Aplicando Algoritmos Genéticos na Alocação de Tarefas em Sistemas Distribuídos de Tempo Real

Aplicando Algoritmos Genéticos na Alocação de Tarefas em Sistemas Distribuídos de Tempo Real Aplicando Algoritmos Genéticos na Alocação de Tarefas em Sistemas Distribuídos de Tempo Real André C. Nácul +, Maurício Lima Pilla +, Rômulo Silva de Oliveira * {anacul,pilla}@inf.ufrgs.br, romulo@lcmi.ufsc.br

Leia mais

Big Data Networking. Felipe Santos e Lucas Teixeira

Big Data Networking. Felipe Santos e Lucas Teixeira Big Data Networking Felipe Santos e Lucas Teixeira Roteiro Big Data O que é? Motivação Aplicações Modelagem de comunicação para Big Data Problemas comuns Considerações de design Tecnologias Multipath Demonstração

Leia mais

Mochila Binária com OpenMP

Mochila Binária com OpenMP UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TÉCNOLOGIA CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Mochila Binária com OpenMP Cícero Augusto de Lara Pahins, Cristiano Reis dos Santos. Professora: Profª Andrea Schwertner

Leia mais

Modelagem Climática LAMMA/NACAD/LAMCE Histórico e Projetos Futuros. Marcio Cataldi

Modelagem Climática LAMMA/NACAD/LAMCE Histórico e Projetos Futuros. Marcio Cataldi Estado da Arte da Modelagem Climática no Brasil COPPE/UFRJ- RJ Modelagem Climática LAMMA/NACAD/LAMCE Histórico e Projetos Futuros Marcio Cataldi Operador Nacional do Sistema Elétrico ONS Universidade Federal

Leia mais

Processos de Design de IHC (Parte II)

Processos de Design de IHC (Parte II) Interface Homem/Máquina Aula 8 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-00.184 Roteiro da Aula de Hoje

Leia mais

JinSol, uma interface em Java para solvers lineares.

JinSol, uma interface em Java para solvers lineares. JinSol, uma interface em Java para solvers lineares. Italo C. N. Lima, João Paulo K. Zanardi, Faculdade de Engenharia, PPGEM, UERJ, 20550-900, Rio de Janeiro, RJ E-mail: italonievinski@gmail.com, jpzanardi@gmail.com

Leia mais

**Docentes do Centro Universitário Filadélfia- Unifil. computação@unifil.br

**Docentes do Centro Universitário Filadélfia- Unifil. computação@unifil.br COMPARATIVO DE PRODUTIVIDADE ENTRE UM PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE COM A ABORDAGEM DE LINHA DE PRODUTO DE SOFTWARE COM O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE TRADICIONAL.(2011) **Docentes

Leia mais

Clusterização em Mineração de Dados

Clusterização em Mineração de Dados Clusterização em Mineração de Dados Luiz Satoru Ochi, Carlos Rodrigo Dias, Stênio S. Furtado Soares Programa de Pós Graduação em Computação Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense (IC UFF)

Leia mais

Construindo Sistemas de Gravação e Reprodução de Dados de Áudio, Vídeo e GPS com a Plataforma PXI

Construindo Sistemas de Gravação e Reprodução de Dados de Áudio, Vídeo e GPS com a Plataforma PXI Construindo Sistemas de Gravação e Reprodução de Dados de Áudio, Vídeo e GPS com a Plataforma PXI André Oliveira Engenheiro de Vendas Bruno César Engenheiro de Sistemas 1 Denominador Comum em Sistemas

Leia mais

Engenharia de Software: Introdução. Mestrado em Ciência da Computação 2008 Profa. Itana Gimenes

Engenharia de Software: Introdução. Mestrado em Ciência da Computação 2008 Profa. Itana Gimenes Engenharia de Software: Introdução Mestrado em Ciência da Computação 2008 Profa. Itana Gimenes Programa 1. O processo de engenharia de software 2. UML 3. O Processo Unificado 1. Captura de requisitos 2.

Leia mais

RISC X CISC - Pipeline

RISC X CISC - Pipeline RISC X CISC - Pipeline IFBA Instituto Federal de Educ. Ciencia e Tec Bahia Curso de Analise e Desenvolvimento de Sistemas Arquitetura de Computadores 25 e 26/30 Prof. Msc. Antonio Carlos Souza Referências

Leia mais

Computação BioInspirada

Computação BioInspirada Computação BioInspirada Os Engenheiros da Natureza Fabrício Olivetti de França The reasonable man adapts himself to the world; the unreasonable one persists in trying to adapt the world to himself. Therefore

Leia mais

Computação Heterogênea Programação paralela, clusters e GPUs

Computação Heterogênea Programação paralela, clusters e GPUs Computação Heterogênea Programação paralela, clusters e GPUs Profa. Dra. Denise Stringhini (ICT- Unifesp) Primeiro Encontro do Khronos Chapters Brasil Belo Horizonte, 20/09/2013 Conteúdo Computação heterogênea:

Leia mais

Capítulo 3. Avaliação de Desempenho. 3.1 Definição de Desempenho

Capítulo 3. Avaliação de Desempenho. 3.1 Definição de Desempenho 20 Capítulo 3 Avaliação de Desempenho Este capítulo aborda como medir, informar e documentar aspectos relativos ao desempenho de um computador. Além disso, descreve os principais fatores que influenciam

Leia mais

Capítulo 2 Processos e Threads Prof. Fernando Freitas

Capítulo 2 Processos e Threads Prof. Fernando Freitas slide 1 Capítulo 2 Processos e Threads Prof. Fernando Freitas Material adaptado de: TANENBAUM, Andrew S. Sistemas Operacionais Modernos. 3ª edição. Disponível em: http://www.prenhall.com/tanenbaum_br slide

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA

Leia mais

3.1. Paralelização em CUDA (GPU-PGLIQ)

3.1. Paralelização em CUDA (GPU-PGLIQ) 44 3 3.1. Paralelização em CUDA (GPU-PGLIQ) Aplicação: Aceleração Base No algoritmo serial de PGLIQ, o maior tempo de processamento está na avaliação da função de aptidão, embora este procedimento seja

Leia mais

Evolution of Robustness in an Electronic Design

Evolution of Robustness in an Electronic Design Evolution of Robustness in an Electronic Design MAC0461 - Introdução ao Escalonamento e Aplicações Professor: Alfredo Goldman vel Lejbman Instituto de Matemática e Estatística Universidade de São Paulo

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviços como Base para Implementação de um Algoritmo Evolucionário Paralelo

Arquitetura Orientada a Serviços como Base para Implementação de um Algoritmo Evolucionário Paralelo Arquitetura Orientada a Serviços como Base para Implementação de um Algoritmo Evolucionário Paralelo André de Oliveira Gomes 1, Maury Meirelles Gouvêa Jr. 2 1 Instituto de Ciências Exatas e Informática

Leia mais

Otimização de Recuperação de Informação usando Algoritmos Genéticos

Otimização de Recuperação de Informação usando Algoritmos Genéticos Otimização de Recuperação de Informação usando Algoritmos Genéticos Neide de Oliveira Gomes, M. Sc., nog@inpi.gov.br Prof. Marco Aurélio C. Pacheco, PhD Programa de Doutorado na área de Métodos de Apoio

Leia mais

CAD Trabalho III. PThreads e OpenMP. Pedro Carvalho de Oliveira Rui André Ponte Costa

CAD Trabalho III. PThreads e OpenMP. Pedro Carvalho de Oliveira Rui André Ponte Costa Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências e Tecnologia Departamento de Engenharia Informática CAD Trabalho III PThreads e OpenMP Pedro Carvalho de Oliveira Rui André Ponte Costa Maio 2008 Resumo Neste

Leia mais

Problemas Multi-modais e Distribuições Espaciais em Algoritmos Genéticos.

Problemas Multi-modais e Distribuições Espaciais em Algoritmos Genéticos. Problemas Multi-modais e Distribuições Espaciais em Algoritmos Genéticos. Thiago da Mota Souza Coordenação de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Centro de Tecnologia Universidade Federal do Rio de

Leia mais

Introdução à genética quantitativa usando os recursos do R

Introdução à genética quantitativa usando os recursos do R Introdução à genética quantitativa usando os recursos do R Marisa R. Cantarino 1 Julia M. P. Soler (orientadora) 2 1 Introdução Um dos principais desafios da pesquisa genética atualmente é estabelecer

Leia mais

SISTEMAS INTELIGENTES DE APOIO À DECISÃO

SISTEMAS INTELIGENTES DE APOIO À DECISÃO SISTEMAS INTELIGENTES DE APOIO À DECISÃO As organizações estão ampliando significativamente suas tentativas para auxiliar a inteligência e a produtividade de seus trabalhadores do conhecimento com ferramentas

Leia mais

MELHORAMENTO DE PLANTAS AUTÓGAMAS POR HIBRIDAÇÃO

MELHORAMENTO DE PLANTAS AUTÓGAMAS POR HIBRIDAÇÃO MELHORAMENTO DE PLANTAS AUTÓGAMAS POR HIBRIDAÇÃO 7 INTRODUÇÃO Vimos no capítulo anterior a utilização da seleção no melhoramento de espécies autógamas. O requisito básico para utilizarmos essa técnica

Leia mais

USCS. Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação

USCS. Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação USCS Universidade Municipal de São Caetano do Sul Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação Sub-Projeto de Pesquisa Evolução na Comunicação: estudos em sites da Internet

Leia mais

PARALELIZAÇÃO DE CÁLCULOS NUMÉRICOS DE REAÇÕES NUCLEARES DE PRÉ-EQUILÍBRIO

PARALELIZAÇÃO DE CÁLCULOS NUMÉRICOS DE REAÇÕES NUCLEARES DE PRÉ-EQUILÍBRIO Anais do 14 O Encontro de Iniciação Científica e Pós-Graduação do ITA XIV ENCITA / 2008 Instituto Tecnológico de Aeronáutica São José dos Campos SP Brasil Outubro 20 a 23 2008. PARALELIZAÇÃO DE CÁLCULOS

Leia mais

ALGORITMOS GENÉTICOS

ALGORITMOS GENÉTICOS ALGORITMOS GENÉTICOS INTRODUÇÃO São métodos adaptativos que podem ser usados para resolver problemas de busca e otimização. Na natureza a combinação de boas características provenientes de diferentes indivíduos

Leia mais

NOTA À 2ª EDIÇÃO... VII PREFÁCIO... IX. No Renascimento de uma Nova Era... IX PREÂMBULO... XIII. Organização do livro... xiii. Destinatários...

NOTA À 2ª EDIÇÃO... VII PREFÁCIO... IX. No Renascimento de uma Nova Era... IX PREÂMBULO... XIII. Organização do livro... xiii. Destinatários... NOTA À 2ª EDIÇÃO... VII PREFÁCIO... IX No Renascimento de uma Nova Era... IX Índice PREÂMBULO... XIII Organização do livro... xiii Destinatários... xiv Utilização do livro... xiv Agradecimentos... xiv

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Roteiro Qualidade de Software Produto de Software Processo de Software Modelo de Qualidade CMM Qualidade Qualidade de Software Na visão popular: Luxo Mais caro, complexo = maior

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SISTEMAS JACK SUSLIK POGORELSKY JUNIOR

ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SISTEMAS JACK SUSLIK POGORELSKY JUNIOR ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SISTEMAS JACK SUSLIK POGORELSKY JUNIOR METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA VILA VELHA - ES 2012 ESCOLA SUPERIOR

Leia mais

INF 1771 Inteligência Artificial

INF 1771 Inteligência Artificial Edirlei Soares de Lima INF 1771 Inteligência Artificial Aula 04 Algoritmos Genéticos Introdução Algoritmos genéticos são bons para abordar espaços de buscas muito grandes e navegálos

Leia mais

Design Thinking O que é?

Design Thinking O que é? DESIGN THINKING O que é? É o conjunto de métodos e processos para abordar problemas, relacionados à aquisição de informações, análise de conhecimento e propostas de soluções. Como uma abordagem, é considerada

Leia mais

5.1 Exemplos de uso Mediante a instanciação de componentes específicos, o OiL pode ser configurado

5.1 Exemplos de uso Mediante a instanciação de componentes específicos, o OiL pode ser configurado 5 Avaliação Decidimos avaliar a arquitetura de componentes para o OiL proposta neste trabalho em duas dimensões diferentes. Na primeira, demonstramos a capacidade de configuração do middleware com alguns

Leia mais

Plano de Projeto. 1. Introdução. 2. Escopo do Projeto. Projeto: Biblioteca Central da UFES. Versão: 2.0. Responsável: Ricardo de Almeida Falbo

Plano de Projeto. 1. Introdução. 2. Escopo do Projeto. Projeto: Biblioteca Central da UFES. Versão: 2.0. Responsável: Ricardo de Almeida Falbo Plano de Projeto Projeto: Biblioteca Central da UFES Versão: 2.0 Responsável: Ricardo de Almeida Falbo 1. Introdução Este documento apresenta a versão 2.0 do Plano de Projeto para o projeto de desenvolvimento

Leia mais

Engenharia de Sistemas Computacionais

Engenharia de Sistemas Computacionais Engenharia de Sistemas Detalhes no planejamento UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Curso de Ciência da Computação Engenharia de Software I Prof. Rômulo Nunes de Oliveira Introdução Na aplicação de um sistema

Leia mais

ABORDAGENS PARALELAS PARA O MÉTODO HÍBRIDO CLUSTERING SEARCH

ABORDAGENS PARALELAS PARA O MÉTODO HÍBRIDO CLUSTERING SEARCH ABORDAGENS PARALELAS PARA O MÉTODO HÍBRIDO CLUSTERING SEARCH Felipe Mendes Miranda Universidade Federal de São Paulo São José dos Campos - SP felipe_mendes76@hotmail.com Álvaro Luiz Fazenda Universidade

Leia mais

Paradigmas de Computação

Paradigmas de Computação UCE- Computação Paralela e Distribuída Paradigmas de Computação João Luís Ferreira Sobral www.di.uminho.pt/~jls jls@... http://alba.di.uminho.pt/... 1 Paradigmas de Computação Paralela Resultados da Aprendizagem!

Leia mais

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS

ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ESTUDOS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO ONLINE DE UMA TÉCNICA DE ESTIMAÇÃO DE ENERGIA NO CALORÍMETRO HADRÔNICO DO ATLAS EM CENÁRIOS DE ALTA LUMINOSIDADE ALUNO: MARCOS VINÍCIUS

Leia mais

Simulação Computacional Paralela Baseada em Autômatos Celulares: Estudo de Caso em Simulação da Dinâmica de Nuvens

Simulação Computacional Paralela Baseada em Autômatos Celulares: Estudo de Caso em Simulação da Dinâmica de Nuvens 163 - Encontro Anual de Tecnologia da Informação Simulação Computacional Paralela Baseada em Autômatos Celulares: Estudo de Caso em Simulação da Dinâmica de Nuvens Alisson Rodrigo da Silva, Carlos Augusto

Leia mais

Experimentos com a memória cache do CPU

Experimentos com a memória cache do CPU Experimentos com a memória cache do CPU Alberto Bueno Júnior & Andre Henrique Serafim Casimiro Setembro de 2010 1 Contents 1 Introdução 3 2 Desvendando o cache 3 2.1 Para que serve o cache?.....................

Leia mais

Controle de granularidade de tarefas em OpenMP

Controle de granularidade de tarefas em OpenMP UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MÁRCIO DE OLIVEIRA DA SILVA Controle de granularidade de tarefas em OpenMP Trabalho de Conclusão

Leia mais

ALGORITMOS GENÉTICOS APLICADOS A MAPEAMENTO FÍSICO DE DNA

ALGORITMOS GENÉTICOS APLICADOS A MAPEAMENTO FÍSICO DE DNA ALGORITMOS GENÉTICOS APLICADOS A MAPEAMENTO FÍSICO DE DNA Fábio Ribeiro Cerqueira e Renarde Bergamo Paiva Stelzer Departamento de Ciência da Computação e Informática Faculdade de de Aracruz (UNIARACRUZ)

Leia mais

RouterBricks: Exploiting Parallelism To Scale Software Routers

RouterBricks: Exploiting Parallelism To Scale Software Routers RouterBricks: Exploiting Parallelism To Scale Software Routers 22nd ACM Symposium on Operating Systems Principles October 11-14, 2009 Mihai Dobrescu, Norbert Egi, Katerina Argyraki, Byung-Gon Chun, Kevin

Leia mais

Soluções Heurísticas Simples e Híbrida para o Problema do Caixeiro Viajante: Um Estudo Comparativo

Soluções Heurísticas Simples e Híbrida para o Problema do Caixeiro Viajante: Um Estudo Comparativo Soluções Heurísticas Simples e Híbrida para o Problema do Caixeiro Viajante: Um Estudo Comparativo Marco Antonio Barbosa 1, Renata Neuland 2, Rodrigo Antoniazzi 3 1 Departamento de Informática. Universidade

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Nome_da_Empresa

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Nome_da_Empresa PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Nome_da_Empresa 2008-2009-2010 Conteúdo Introdução... 3 Etapas para a elaboração do Planejamento Estratégico... 3 Análise de Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças... 5 Sugestão

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciência da Computação Mecanismo de Comunicação Assíncrona para Alinhamento Múltiplo de Sequências com Algoritmo Genético Multi-Ilha

Leia mais

3 Modelo Evolucionário para Sustentabilidade Inteligente

3 Modelo Evolucionário para Sustentabilidade Inteligente 3 Modelo Evolucionário para Sustentabilidade Inteligente Este capítulo introduz um modelo evolucionário para a otimização dos parâmetros de uma construção de modo a minimizar o impacto da mesma sobre os

Leia mais

PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM JANELA DE TEMPO

PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM JANELA DE TEMPO PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM JANELA DE TEMPO UNIFAL - MG UFMG Edgar Fonseca FRANCO Jr. (Orientado) Flávio Alves de CARVALHO (Orientado) Humberto C. B. de OLIVEIRA (Orientador) Humberto C. B.

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnologia em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Orientações para o Planejamento e Realização do Projeto Final

Orientações para o Planejamento e Realização do Projeto Final Orientações para o Planejamento e Realização do Projeto Final Simone Diniz Junqueira Barbosa Versão: 1.0.4 Orientações para o Planejamento e Realização do Projeto Final Sumário 1 Introdução... 3 2 Projeto

Leia mais