Financiamento de Empresas em Recuperação. DIP Financing (Financiación del deudor en posesión )

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Financiamento de Empresas em Recuperação. DIP Financing (Financiación del deudor en posesión )"

Transcrição

1 Educational Session DIP Financing Financiamento de Empresas em Recuperação DIP Financing (Financiación del deudor en posesión )

2

3 EDUCATIONAL SESSION CURRICULUM VITAE Kolja von Bismarck Clifford Chance Frankfurt am Main, Germany Kolja von Bismarck has been a partner at Clifford Chance since 1997 and heads the German Restructuring & Insolvency Group. He was admitted to the Bar in 1989 and spent two years as a management consultant with a leading strategic consultant in Germany, focusing on turnaround situations. His practice focuses on Financial Restructuring and Insolvency with a cross-border element. He is consistently advising either creditors or debtors on in- and out-of-court restructuring issues. Kolja is a member of the insolvency committee of the German Bar Association (Insolvenzrechts-Ausschuss des Deutschen Anwaltsvereins), a regular speaker on national and international conferences focusing on cross-border workout issues and member of a panel of experts advising the German government on insolvency law reforms. He is consistently rated as one of the leading individuals in his field of practice. Recent relevant experience includes advising: Several leading automobile manufacturers (OEMs) against the background of the crisis of core suppliers a leading Hollywood-Studio on issues arising from the insolvency of KirchMedia a leading Energy Supplier on issues arising from the insolvency of the Babcock Group a group of lenders on the debt-restructuring of Primacom AG a leading financial investor on the acquisition and the subsequent sale of a distressed German retail Group a leading Japanese manufacturer of consumer electronics on the winding-down of its German operations leading German insolvency administrators on questions of corporate law in insolvency proceedings and cross-border issues as well as acting as arbitrator in insolvency-related arbitration proceedings. Kolja von Bismarck é um parceiro do Clifford Chance desde 1997 e é chefe do nosso Grupo Alemão de Reestruturação e Insolvência. Ele foi admitido no exame da ordem em 1989 e passou dois anos como consultor gestor dando consultoria estratégica na Alemanha, com o foco em situações de recuperação de empresas. Sua prtica tem ênfase em Insolvência e Reestruturação Financeira com um elemento internacional. Ele presta assessoria tanto a credores como a devedores em casos de reestruturação em juízo ou fora dele. Kolja é membro do comitê da Ordem de Advogados da Alemanha (Insolvenzrechts-Ausschuss des Deutschen Anwaltsvereins), palestra com freqüência em conferências nacionais e internacionais, concentrando-se em trabalhos de negociação entre países. Ele é membro de um painel de especialistas que presta assessoria ao governo alemão para reformas na lei de insolvência. Com freqüência, é classificado como um dos principais profissionais em sua área de atuação. Dentre as experiências mais recentes em assessoria incluem-se: Várias empresas líderes do ramo automobilístico, no contexto da crise dos principais fornecedores Um importante estúdio de Hollywood, em questões relacionadas à insolvência da KirchMedia Um reconhecido Fornecedor de Energia, em questões relacionadas à insolvência do Grupo Babcock Um grupo de credores da reestruturação da dívida de Primacom AG Um investidor financeiro de liderança no Mercado, na aquisição e subseqüente venda de um grupo alemão de varejo desvalorizado. Um importante fabricante de eletrônicos japonês, na ocasião do encerramento das operações na Alemanha. Reconhecidos administradores de insolvência alemães, em questões relacionadas ao direito corporativo, em processos de insolvência e questões internacionais. Ele também atua como árbitro em processos de arbitragem relacionados a insolvência.

4 EDUCATIONAL SESSION Luis de Lucio Alvarez & Marsal São Paolo, Brazil Luis de Lucio, a Managing Director with Alvarez & Marsal Latin America, brings more than 18 years of experience to the firm. He specializes in business evaluations, business plan development and financial strategies for corporate restructurings, turnarounds and mergers and acquisitions. Mr. de Lucio has advised shareholders and lenders in all major Latin American markets across various industry sectors, including infrastructure, transportation, hospitality, telecommunications, technology, financial services, healthcare, manufacturing and consumer products. Most recently, he served as the senior advisor to Brazilian airline Varig in the country's first major corporate restructuring under a new Corporate Recovery Law. He has been involved in numerous restructuring cases such as Parmalat Latin America, Light (utility), AT&T Latin America, a major textile operation in Mexico, a major tannery in Brazil, and the largest airport in Central America. Prior to joining A&M, Mr. de Lucio served as a senior advisor with Darby Overseas Investments Ltd., a venture capital and private equity private investment firm with interests in Latin America. Mr. de Lucio was also a senior member of Ernst & Young's Corporate Finance Group, based in both the U.S. and Latin America, where he oversaw the firm's Corporate Finance practice from Sao Paulo, Brazil. Mr. de Lucio began his career and spent five years as a commercial banker at a predecessor of Bank of America in the U.S. Mr. de Lucio earned a bachelor's degree in economics from the University of Maryland, and holds a master's degree in business administration from the American University in Washington, D.C. Mr. de Lucio speaks fluent English, Spanish and Portuguese. Luis de Lucio, é um Managing Director da Alvarez & Marsal, com mais de 20 anos de experiência assessorando credores e investidores na região. Sua experiência inclui reestruturações financeiras e operacionais no Brasil e nos principais países da América Latina. Sua experiência na A&M inclui a reestruturação da Varig, assessoria ao Conselho de Administração da Usaciga, estratégia de reestruturação de uma das empresas líder na produção de couro no Brasil, Aeroporto Internacional de San Jose (Assessor ao Credor), líder no setor têxtil no México, Parmalat (Brasil, Argentina e Chile), AT&T Latin America e Light. Sr. De Lucio assessorou acionistas e credores nos principais mercados latino-americanos em várias indústrias, incluindo infra-estrutura, transportes, hospitais, telecomunicações, tecnologia, serviços financeiros, healthcare, e bens de consumo. Antes de ingressar na Alvarez & Marsal, Sr. De Lucio era um consultor de reestruturação e assessor de negócios para a Darby Overseas; era um membro do grupo de Corporate Finance da Ernst & Young nos EUA e na América Latina; começou a carreira como um banqueiro numa instituição absorvida pelo Bank of America. Sr. de Lucio é formado em Economia pela University of Maryland, e possui um MBA pela American University in Washington DC. Luis de Lucio fala fluentemente inglês, espanhol e português.

5 EDUCATIONAL SESSION Salvatore Milanese KPMG Corporate Finance São Paulo, Brazil Partner, Restructuring Practice, Brazil - Leader of the practice of restructuring and recovery of companies of KPMG in Brazil - Leader of the practice of NPLs (transactions involving defaulted credit portfolio) of KPMG in Brazil Qualifications: Degree in Finance from the Università Degli Studi di Messina Italy (1997), with MBA in Finance from CUOA Italy (1999). Post-Graduate Degree in Administration Budget and Control in Industries and Banks from the Università Commerciale Luigi Bocconi Italy (2000). Accredited from KPMG as executive of restructuring and recovery of companies, attending formal courses on Financial and Operational Restructuring and Cash and Crises Management from KPMG and other institutions (INSOL and ABI) in Brazil and abroad. Salvatore also attends various lectures and seminars on restructuring and recovery of companies, organized by the Brazilian Institute of Management and Turnaround (IBGT), of which he is a member of the executive committee, and organized by several other organizations in Brazil and abroad (INSOL, ABI etc.). Experience: Before KPMG, Salvatore worked at Bayerische Private Bankers, as credit analyst, with the team of Emerging Markets, and at Duff & Phelps Credit Rating Co., as rating analyst. He also worked at Banca Commerciale Italiana (currently Intesa Sanpaolo), participating in various projects of restructuring and acquisition in the European Union, in East Europe and Latin America. Since May 2002 he has been working full time in the Restructuring department at KPMG in Brazil, leading various financial and operational restructuring processes, crisis management processes to cash management in a financial crisis situation, planning and implementation of turnarounds, restructuring processes in judicial and extrajudicial recovery procedures, renegotiation of debts for the management of communication processes with financial/operational creditors and unions, fund raising and sale of assets. Salvatore has also been leading transactions and operations involving non-performing loan portfolios (NPLs), and KPMG is one of the market leaders in this practice in Brazil. Specialization Sector: Banks, insurance companies, food and beverage, IT, air transport, construction, retail and collection services.

6 EDUCATIONAL SESSION Salvatore Milanese KPMG Corporate Finance São Paulo, Brazil Sócio, Restructuring Practice, Brasil - Líder da pratica de reestruturação e recuperação de empresas da KPMG no Brasil - Líder da pratica de NPLs (transações envolvendo carteiras de créditos inadimplidos) da KPMG no Brasil Qualificações: Formado em Finanças pela Universidade de Messina - Itália (1997) com MBA em Finanças pela CUOA (Consórcio Universidade de Veneza) - Itália (1999). Pós-graduado em Administração - Orçamento e Controle em empresas industriais e bancos pela Universidade Bocconi - Itália (2000). Possui Accreditation pela KPMG como executivo de reestruturação e recuperação de empresas, tendo participado em cursos formais de Reestruturação Financeira, Operacional, Cash and Crises Management pela KPMG e outras instituições (INSOL e ABI) no Brasil e no exterior. Salvatore participa também em varias palestras e seminários sobre reestruturação e recuperação de empresas organizados pelo IBGT (Instituto Brasileiro de Gestão e Turnaround), do qual é membro do comitê executivo e de varias outras organizações no Brasil e no Exterior (INSOL, ABI, etc.). Experiência: Salvatore trabalhou no Bayerische's Private Bankers como analista de credito atuando com o time de Mercados Emergentes e na Duff & Phelps Credit Rating como analista de rating. Atuou na Banca Commerciale Italiana (atualmente Banca Intesa-San Pauloi), participando de vários projetos de reestruturação e aquisição na União Européia, no Leste Europeu e na América Latina. Trabalha desde maio de 2002 full time na área de Restructuring da KPMG no Brasil, tendo liderado inúmeros processos de reestruturação operacional e financeira, processos de gestão de crise a administração de caixa dentro de situação de crise financeira, planejamento e implementação de turnarounds, processos de reestruturação dentro de procedimentos de recuperação judicial e extra-judicial, renegociação de dividas a administração do processos de comunicação com credores financeiros/operacionais e sindicatos, captação de recursos e venda de ativos. Salvatore tem liderado também transações e operações envolvendo soluções para carteiras de créditos inadimplidos (NPLs Non-Performing Loans), pratica na qual a KPMG é líder de mercado no Brasil. Setor especialização: Bancos, seguradoras, alimentos e bebidas, TI e transporte aéreo, construção, varejo, serviços de cobrança.

7 EDUCATIONAL SESSION James H. M. Sprayregen Kirkland Ellis LLP Chicago, USA James Sprayregen is a Restructuring partner in the Chicago and New York offices of Kirkland & Ellis LLP. Mr. Sprayregen is recognized as one of the country's outstanding restructuring lawyers. Mr. Sprayregen has extensive experience representing major U.S. and international companies in and out of court as well as buyers and sellers of assets in distressed situations. He also has experience advising boards of directors, and generally representing domestic and international debtors and creditors in workout, insolvency, restructuring, and bankruptcy matters. Mr. Sprayregen returned to Kirkland & Ellis in December He rejoined the Firm after nearly three years with Goldman Sachs, where he was co-head of Goldman Sach's Americas Restructuring Group and helped lead Goldman Sach's practice advising clients in restructuring and distressed situations. Prior to joining Goldman Sachs, Mr. Sprayregen spent 16 years at Kirkland & Ellis, where he led some of the most complex chapter 11 bankruptcy cases in recent history, including for United Airlines, Conseco, NRG Energy, and TWA Corp., among others. Mr. Sprayregen is a frequent lecturer, speaker, and panel moderator and has also published numerous articles on insolvency, fiduciary duty and distressed M&A issues. He earned a J.D. from the University of Illinois College of Law and a B.A. from the University of Michigan. James Sprayregen é um parceiro de reestruturação nos escritórios da Kirkland & Ellis LLP em Chicago e Nova Iorque. Mr. Sprayregen é reconhecido como um dos mais proeminentes advogados de reestruturação do país. O Sr. Sprayregen tem ampla experiência na representação de grandes empresas americanas e internacionais em juízo ou fora dele, bem como na representação de compradores e vendedores com ativos desvalorizados. Ele possui experiência em assessoria a diretorias de empresas, e também na representação de credores e devedores domésticos e internacionais em questões relacionadas a negociações, insolvências, reestruturações, e falências. O Sr. Sprayregen voltou para a Kirkland & Ellis em dezembro de Ele voltou à empresa após cerca de três anos com a Goldman Sachs, onde dividiu a chefia do Grupo de Reestruturação da Goldman Sachs nas Américas. Lá, ele também trabalhou com assessoria a clientes da Goldman Sachs em situação de reestruturação e de desvalorização. Antes de ser contratado pela Goldman Sachs, o Sr. Sprayregen passou 16 anos na Kirkland & Ellis, onde liderou alguns dos mais complexos casos de falência prevista no Capítulo 11 [da Lei de Falência dos EUA] dos últimos tempos, incluindo empresas como United Airlines, Conseco, NRG Energy, e TWA Corp., dentre outras. O Sr. Sprayregen está sempre atuando como palestrante e moderador de painéis e já publicou diversos artigos sobre insolvência, obrigações fiduciárias e fusões e aquisições de empresas desvalorizadas. Seu título Juris Doctor é da Escola de Direito da Universidade de Illinois (University of Illinois College of Law) e graduou-se como Bacharel na Universidade de Michigan (University of Michigan).

8 EDUCATIONAL SESSION Antonio Toro PricewaterhouseCoopers São Paulo, Brazil Antonio Toro has been the partner responsible for business recovery services at PricewaterhouseCoopers in Brazil since In this role, he has advised debtors, creditors, shareholders and management on several in-court and out-of-court financial and operational restructurings, in industries such as media, telecoms, energy, wood and furniture, textile, food, chemicals and others. His 25-year professional experience with PricewaterhouseCoopers also includes mergers and acquisitions, valuations, due diligence, feasibility studies and auditing. Mr Toro has a degree in accounting from Universidade de São Paulo, and has participated in executive programmes on advanced restructuring at Harvard Business School and INSEAD. He is often invited to lecture at seminars, events and training sessions on corporate restructuring in Brazil. Mr Toro has been appointed in 2004 as a member of Fórum de Líderes Gazeta Mercantil as a leader in the Brazilian services industry following a poll in the Gazeta Mercantil, one of the most prestigious business newspapers in Brazil. Antonio Toro é responsável pelos serviços de recuperação de empresas da Pricewaterhouse Coopers no Brasil desde Nesse papel, assessorou devedores, credores, acionistas e administradores em várias reestruturações operacionais e financeiras, no ambiente judicial ou fora dele. Entre os segmentos com os quais se envolveu estão açúcar e álcool, varejo, siderurgia, têxtil, alimentos, mídia, telecomunicações, energia, madeira e móveis e produtos químicos, entre outros. Sua experiência de mais de 25 anos com a PricewaterhouseCoopers também inclui fusões e aquisições, avaliações, due diligence, estudos de viabilidade e auditoria. Toro é formado em Contabilidade pela Universidade de São Paulo, e participou em programs executivos de reestruturação avançada na Harvard Business Scholl e no INSEAD. Ele é palestrantre requisitado em seminários, eventos e treinamentos sobre reestruturação de empresas no Brasil. Toro foi indicado em 2004 para o Fórum de Líderes Gazeta Mercantil, como um líder do segmento de Serviços Especializados no Brasil através de eleição pelos assinantes da Gazeta Mercantil, um dos mais prestigiados jornais de negócios do Brasil.

9 INSOL International Rio de Janeiro One Day Seminar Bankruptcy Financing in the United States and Abroad James H.M. Sprayregen, P.C. Kirkland & Ellis LLP Discussion Outline Overview of Bankruptcy Financing in the United States Impacts of the Global Credit Crisis on Bankruptcy Financing in the United States Current Lending Landscape in U.S. Brief Survey of Foreign Insolvency Laws and Approach to Bankruptcy Financing Conclusions and 2009 Outlook Questions and Additional Information Brief Overview of U.S. Bankruptcy Law and Debtor-in-Possession Financing 1

10 U.S. Bankruptcy Basics Fundamental goal of U.S. bankruptcy laws is to give debtors a fresh start Bankruptcy Code provides for 6 types of bankruptcy cases traditionally given the names of the chapters that describe them Today s discussion focuses on chapter 11 bankruptcy cases (reorganization cases) Brief Overview of Chapter 11 Chapter 11 refers to chapter 11 of title 11 of the United States Code title 11 is generally referred to as the Bankruptcy Code Chapter 11 is a court supervised restructuring of a company s business and financial obligations permits management to remain in control or in possession of the company s property and business operations the debtor will typically act as his own trustee, called a debtor in possession, and will remain in possession of all estate property Life Cycle of a Distressed Business 2

11 Bankruptcy Financing Generally Debtor-in-possession ( DIP ) financing is the lifeblood that keeps companies running during the bankruptcy case available only to companies in chapter 11 proceeds generally used to fund post-filing obligations and ongoing operating needs also allows companies to put off existing debts while attempting to raise capital and restructure business operations Although DIP financing is pricier and more constrained than traditional commercial financing, it is valued for its availability to limping companies DIP Financing Structures DIP Lending: The Good Old Days DIP lending historically seen as an attractive investment: good position in capital structure superpriority claim status DIP loan either paid in cash upon exit or rolled-up into exit financing facility Traditionally, primary lenders provided DIP financing to protect original loan value Competition often led to reverse bidding war with lower rates (e.g. LIBOR plus 250 bps) and longer terms (e.g months) 3

12 The Global Credit Crisis and Impact on U.S. Markets and Bankruptcy Financing Enter the Global Credit Crisis Financial markets and institutions are facing unprecedented structural change began as systematic liquidity crisis in financial sector deteriorated into global crisis of market confidence regarding ability of large financial institutions to meet obligations and remain solvent The Road to Recession Wall Street: bursting housing bubble helped burst credit bubble,which froze global debt markets banks stuck with large soured mortgage portfolios and highly-leveraged loans battered by multi-billion dollar write-downs and plummeting stock prices, banks cut back on lending in effort to shore up cash reserves Main Street: eventually, effects of credit crisis spilled over from Wall Street into Main Street companies that relied heavily on short-term loans found themselves (1) with severe liquidity issues and (2) unable to meet working capital needs 4

13 Impact on U.S. Financial Markets Its official: the U.S. has been in a recession since December 2007 credit crisis exacerbated by economic downturn growth slowed across virtually all industries Implosion of several financial institutions: Lehman, Bear Sterns, Washington Mutual, AIG U.S. Government Intervention capital injection met with mixed results efforts do not seem to have fundamentally strengthened precarious financial system immediate economic relief is not in sight involvement in U.S. automobile industry seems inevitable but level of bail-out is unknown Effect on U.S. Bankruptcy System Surge in commercial filings: February 2009 filings up 47% from 2008 levels Closure of DIP market over past year due to: severely constricted credit markets plummeting asset values lack of liquidity in the market heightened risk of reorganization failure retreat of nervous lenders Increased filings + limited DIP financing= overly-complicated bankruptcy cases and more companies abandoning rehabilitation in favor of sale process (best case) or fire sale liquidation under a chapter 7 Reorganizing in Tough Markets Lenders generally more cautious about extending credit amidst financial turmoil Today s marketplace also is more complicated now than 10 years ago complex deal structures due to increase in # lenders investing throughout capital structure covenant light second lien loan complications amount of distressed debt on balance sheets makes it harder for any one firm to end up with real control upon emergence 5

14 Current DIP Financing Environment DIP lenders becoming more aggressive, demanding greater security for loans that: are more expensive (e.g. LIBOR bps) contain tighter financial covenants provide for shorter terms (e.g. 2-6 months) include increasingly restrictive operational and control provisions Companies and courts more willing to accept DIP financing containing restrictive covenants Non-traditional lenders becoming DIP lenders to take advantage of high interests rates Unique opportunities for private equity firms to employ loan to own strategies Back From the Dead: Recent DIP Financings Despite widely-publicized frozen credit markets, a handful of recent deals are starting to revive the market defensive or self-help DIP loans (MM): Aleris ($1.5), Lyondell Basell ($8,105), Constar ($75), Propex $60), Pilgrim s Pride ($450), Tronox ($125), WCI ($150) traditional DIP loans (MM): Smurfit Stone Container ($750) bridge-to-sale DIP loans (MM): Chesapeake ($30), Greatwide Logistics ($74), Circuit City ($1,1), Linens N Things ($700) By no means a robust market, but a market is opening up nonetheless Brief Summary of Foreign Insolvency Laws and Bankruptcy Financing 6

15 Survey of Foreign Insolvency Laws Country Australia China Terms and/or Security Interest Country Liquidation. A liquidator can obtain secured and unsecured credit as far as is necessary for the beneficial disposal or winding-up of the company. Administration. An administrator is able to raise loans on security over company assets to carry on the business of the company. Bankruptcy administrator may borrow and give security over debtor s assets, subject to supervision by creditors committee and court. Priority Priority over ordinary unsecured creditors but only in respect of the new funds and to the value of the security. Priority given to this credit, as an expense of the administration, ranks higher than ordinary unsecured creditors. There is no stipulation for special priority for those claims. England France Hong Kong Japan Russia Liquidation. A liquidator has the power to raise any money required on secured and unsecured basis. Administration. An administrator has the power to raise or borrow money on secured and unsecured basis. A debtor may obtain secured or unsecured loans or credit. Liquidation. A liquidator in a winding-up by the court has the power to raise any money required on secured and unsecured basis, subject to the control of the court Reorganization. Currently there is no arrangement whereby loans made during a reorganization would be repaid in priority to other lenders. Liquidation. A trustee in bankruptcy may borrow money on behalf of the debtor only if it is necessary for the preservation and management of the debtor s assets. Reorganization. A debtor or an administrator can borrow money or provide security to a creditor to continue the debtor s business, subject to court approval. Insolvent companies may obtain loans or credits at any stage of bankruptcy proceedings on secured and unsecured basis, subject to the consent of the bankruptcy manager or the creditors committee. Priority over ordinary unsecured creditors as an expense of the liquidation but only in respect of the new funds. Priority over ordinary unsecured creditors as an expense of the administration but only in respect of the new funds. The priority given to such loan or credit depends on whether a liquidation or a reorganization, through a sale or a continuation plan, is ordered by the court. Generally, creditors who extend post-filing credit are granted preferential rights over pre-filing creditors (with certain employee-related exceptions) subordinate to court and other administrative costs. The loans obtained after commencement of a winding-up do not per se enjoy super priority over other debts of the company. Proposed reorganization legislation, however, would allow for the creation of super-priority debt. Not clear. Priority over general unsecured claims. Any claims which arise from such loans or credits outrank all other claims. Conclusions and Questions A Brave New Illiquid World New issue markets remain challenging for the majority of companies Minimal third-party financing has been available for companies seeking to recapitalize, gain access to incremental liquidity or refinance pending maturities Increasing liquidity challenges and degenerating economic outlook has amplified need for DIP financing 7

16 Outlook for 2009 Like the latter part of 2008, 2009 is expected to be a challenging year unemployment levels continue to rise financial institutions are deleveraging credit markets remain tight starting to see collapse of industries Does not mean no upside: for survivors of 2008 financial hurricane, 2009 could be a year of unparalleled opportunities shake-out opportunities in in certain industries distressed debt market offers interesting alternatives to traditional financing Questions & Contact Info. Contact Information James H.M. Sprayregen Kirkland & Ellis LLP Citigroup Center 153 East 53rd New York, NY Telephone: (212) Facsimile: (212)

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Helena McDonnell e Magda Gabriel Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Cambridge Institute Página 1 Especialistas em Consultoria

Leia mais

FREDERICO JOSÉ STRAUBE

FREDERICO JOSÉ STRAUBE FREDERICO JOSÉ STRAUBE R. Xavier de Toledo, 316, 5º andar São Paulo - SP - Brasil Tel.: 55 11 3255-8744 straube@straube.com.br Advogado e Árbitro. Foi Presidente do CAM-CCBC (Centro de Arbitragem e Mediação

Leia mais

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL?

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? Doing Business in Brazil: Pathways to Success, Innovation and Access under the Legal Framework Keynote Speaker: Mr. José Ricardo de Bastos Martins Partner of Peixoto

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Tax. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved.

Tax. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Tax Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Our services The team is fully qualified to meet its clients demands in all areas of tax law. Mattos Filho Tax Practice

Leia mais

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior 7º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento São Paulo, 14 de maio 2013 Daniel Celeghin, Sócio Resumo 1. Quem somos 2. Perspectiva ex-brasil : cinco fatores

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

Enhancing opportunities

Enhancing opportunities www.pwc.com/pt Enhancing opportunities Tourism, Hospitality and Leisure in Portugal and Cape Verde 2 PwC Qualquer que seja o seu posicionamento e objectivos no sector do Turismo e Lazer, estamos habilitados

Leia mais

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES. M&A (Mergers & Acquisitions)

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES. M&A (Mergers & Acquisitions) SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES M&A (Mergers & Acquisitions) AIG M&A Maior e mais experiente seguradora de Seguro de M&A Mais de 1200 apólices emitidas em 23 diferentes jurisdições; 250 apólices apenas

Leia mais

O Jurista na Sociedade de Advogados Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa

O Jurista na Sociedade de Advogados Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa O Jurista na Sociedade de Advogados Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa 13 de Maio de 2009 João de Macedo Vitorino Introdução A Macedo Vitorino & Associados foi fundada em 1996 centrando

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline 26-0 Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Curso de Finanças Corporativas Prof. Edson Pamplona (www.iem.efei.br/edson) CAPÍTULO 27 Administração de Capital de Giro

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

(Translation from the Portuguese original)

(Translation from the Portuguese original) (Translation from the Portuguese original) Appendix to the Proposal to Item 1 of the agenda of the Shareholders Annual General Meeting, to be held on April, 4 th, 2014 P 1 de 6 António Agostinho Cardoso

Leia mais

Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento

Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento Cate Ambrose Presidente e Diretora Executiva Latin American Private Equity & Venture Capital Association Congresso da Anjos do Brasil 2013 LAVCA

Leia mais

RONALDO VEIRANO SÓCIO

RONALDO VEIRANO SÓCIO RONALDO VEIRANO SÓCIO Ronaldo Veirano é o sócio fundador do escritório de advocacia Veirano Advogados, além de um especialista jurídico altamente respeitado, internacionalmente reconhecido por sua diplomacia,

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Consultoria em Direito do Trabalho

Consultoria em Direito do Trabalho Consultoria em Direito do Trabalho A Consultoria em Direito do Trabalho desenvolvida pelo Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados compreende dois serviços distintos: consultoria preventiva (o

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES M&A (Mergers & Acquisitions) AIG Presença Mundial 90 anos de história 66 mil empregados Líder mundial em seguros com 88 milhões de clientes em mais de 90 países Mais de

Leia mais

ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL

ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL UniCEUB Centro Universitário de Brasília Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento Programa de Mestrado em Direito ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL BRASÍLIA -

Leia mais

E:\Grupos\Administrativo\Trabalhos CorelDraw\novos sócios 2010\Novos Sócios_Consultores_2010_Port_English.doc

E:\Grupos\Administrativo\Trabalhos CorelDraw\novos sócios 2010\Novos Sócios_Consultores_2010_Port_English.doc NOVOS SÓCIOS 2010: Marcos de Vicq de Cumptich é integrante desde 1994 e trabalha no escritório do Rio de Janeiro. Atua na área de direito tributário, com ênfase no Consultivo e Contencioso Tributário.

Leia mais

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3 Index: Company s Profile ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. Corporate Taxpayers ID (CNPJ/MF) 02.387.241/0001-60 Companies Registry (NIRE) 413 00 019886 Publicly-held Company REGISTRATION FORM General Information

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 060 Balanços em 31 de Dezembro de 2007 e 2006 Balance at 31 December 2007 and 2006 Activo Assets 2007 2006

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 068 Balanços em 31 de Dezembro de 2008 e 2007 Balance at 31 December 2008 and 2007 Activo Assets 2008 2007

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Qualification Completed By / Qualificação completada por: Country/Region / País/Região: Royal Caribbean LTD Lead Source & Contact Information

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dayves Pereira Fernandes de Souza Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras

Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras Financial Markets and Treasury Services Sector 8 de abril de 2010 Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras Section I. Tendências Mercados Emergentes 2 2009 foi o ano

Leia mais

BCS Expertise para preencher

BCS Expertise para preencher BCS Expertise para preencher papéis-chave do projeto Serviço Symantec que ajuda a Suportar seu Negócio Hugo Saadi Serviços de Informática Itaú BBA Agenda Overview Institucional Business Critical Services

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 ATUADORES e TRAVAS 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo

Leia mais

Capital Markets. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved.

Capital Markets. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Capital Markets Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Our services Best Law Firm in Latin America by Chambers & Partners Awards 2015 Mattos Filho s Capital Market

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO March 2011 DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO CURRICULUM VITAE PERSONAL DATA PLACE OF BIRTH: Oporto DATE OF BIRTH: 31 12 1965 MARRIED TO: Nicole Katharina Gerkrath de Azevedo

Leia mais

Portugal Telecom, SGPS, S.A. ( PT SGPS, S.A. )

Portugal Telecom, SGPS, S.A. ( PT SGPS, S.A. ) Portugal Telecom, SGPS, S.A. ( PT SGPS, S.A. ) Information required pursuant to article 289, paragraph 1, sub-paragraph d) of the Portuguese Companies Code STATUTORY AUDITOR BDO & Associados SROC, Lda.

Leia mais

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES RECURSOS HUMANOS HUMAN RESOURCES . RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO E SELECÇÃO. HUMAN RESOURCES RECRUITMENT AND SELECTION O recrutamento e a situação contratual, no ano em análise, e face ao anterior, caracterizaram-se

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1 1 Nome do curso: Área: O Curso: Objetivos: Diferenciais: Público Alvo: Ementa Disciplinas/Módulos Vantagens em fazer o curso: Investimento 5% Para Pagamento à Vista 10% para ex-alunos da instituição e

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING

WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING Challenging Times: Growth and the New Structure of the Firms Moderator: Ramón Ignacio Moyano Partner, Estudio Beccar Varela Panelists: Fernando C. Alonso Partner, Hunton

Leia mais

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC Dia Nome do Evento Realizador Local Maio 03 ACORE U.S.-China Renewable Energy Industry Forum American Council On Renewable Energy (ACORE) Washington, DC 04 CEO Leadership Series Luncheon Featuring U.S.

Leia mais

Paulo Soares de Pinho. Short CV. Academic Degrees: 1994 PhD in Banking and Finance City University (Cass) Business School, London

Paulo Soares de Pinho. Short CV. Academic Degrees: 1994 PhD in Banking and Finance City University (Cass) Business School, London Paulo Soares de Pinho Short CV Born: Lisbon, Portugal, at 30/08/1962 Married. One child. Nationality: Portuguese Professional Address: Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Rua Marquês de Fronteira,

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

TIM PARTICIPACOES SA

TIM PARTICIPACOES SA TIM PARTICIPACOES SA FORM 6-K (Report of Foreign Issuer) Filed 10/09/13 for the Period Ending 10/09/13 Telephone 551181130582 CIK 0001066116 Symbol TSU SIC Code 4813 - Telephone Communications, Except

Leia mais

Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional:

Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional: Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional: Se você está ativamente envolvido na prática da Cirurgia Plástica ou Reconstrutiva por menos de três (3)

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

RESERVATÓRIOS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

RESERVATÓRIOS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo brasileiro

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

Rating soberano do Brasil

Rating soberano do Brasil Rating soberano do Brasil Regina Nunes Presidente Standard & Poor s no Brasil Outubro 2014 Permission to reprint or distribute any content from this presentation requires the prior written approval of

Leia mais

WORLD CUP BRAZIL 2014

WORLD CUP BRAZIL 2014 WORLD CUP BRAZIL 2014 Match Date Match Stadium City Cat 1 Cat 2 Cat 3/4 VIP 1 12 jun Brazil vs. Croatia Arena De São Paulo Sao Paulo $2,900 $2,500 $1,800 2 13 jun Mexico vs. Cameroon Estadio Das Dunas

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

Brazil 2010-2011 2010-2011 SALARY GUIDE

Brazil 2010-2011 2010-2011 SALARY GUIDE Brazil 2010-2011 2010-2011 SALARY GUIDE Conteúdo Introdução...1 Finance & Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Insurance...8 Robert Half...9 Introdução Este guia

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos.

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Hi, students! Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Além disso, tenho uma super novidade para vocês: minha página no facebook!

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso

Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Alcione Santos Dolavale Riscos na Implantação de Warehouse Management System (WMS) em Centro de Distribuição: Estudo de Caso Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 INTERNATIONAL CRIMINAL COURT Article 98 Agreement between the UNITED STATES OF AMERICA and CAPE VERDE Signed at Washington April 16, 2004 NOTE BY THE

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman Overview of the GHG Protocol - Rachel Biderman O Greenhouse Gas Protocol O GHG Protocol foi lançado em 1998 por Parceria multi-stakeholder entre empresários, ONGs, governos e outros Objetivos Simplificar

Leia mais

Paulo Soares de Pinho. CV abreviado. Curriculum Académico: 1994 Doutoramento em Banking and Finance City University (Cass) Business School, Londres

Paulo Soares de Pinho. CV abreviado. Curriculum Académico: 1994 Doutoramento em Banking and Finance City University (Cass) Business School, Londres Paulo Soares de Pinho CV abreviado Data e local de nascimento: Lisboa, Portugal, a 30/08/1962 Casado. Um filho. Nacionalidade: Portuguesa Endereço Profissional: Faculdade de Economia Universidade Nova

Leia mais

PORTUGAL LEAPINGFORWARD

PORTUGAL LEAPINGFORWARD PORTUGAL LEAPINGFORWARD Discussing Portugalʼs future development routes Conferência - 16. 03. 2012-09.00h Lisboa - CCB - Centro Cultural De Belém Sala Almada Negreiros Parceiros - The Business School for

Leia mais

Insolvência www.felsberg.com.br

Insolvência www.felsberg.com.br Insolvência www.felsberg.com.br Uma Tradição Sólida Felsberg e Associados é um escritório fullservice com vasta experiência na estruturação de negócios complexos como privatizações, financiamentos de

Leia mais

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET 2015 1 e-mail:mario@labma.ufrj.br Tables BR-EMS, mortality experience of the Brazilian Insurance Market, were constructed,

Leia mais

Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas PwC Brasil

Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas PwC Brasil www.pwc.com/br Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas Brasil Março de 2013 Presença da no Mundo A é um network global de firmas, presente em 158 países. Mais de 180 mil profissionais em

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Diálogos da MEI III. Albert T. Keyack Cônsul de Propriedade Intelectual pela América do Sul

Diálogos da MEI III. Albert T. Keyack Cônsul de Propriedade Intelectual pela América do Sul Diálogos da MEI III Propriedade Intelectual Acordos Internacionais de Cooperação para Exame de Patentes Albert T. Keyack Cônsul de Propriedade Intelectual pela América do Sul 10 de otubro 2014 Summary

Leia mais

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1)

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1) B.0.1 AGREGADOS MONETÁRIOS DA ÁREA DO EURO (a) EURO AREA MONETARY AGGREGATES (a) Saldos em fim de mês End-of-month figures Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank M3 Circulação monetária

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Rafael Campos Laskier A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção

Leia mais

Technical Information

Technical Information Subject Ballast Water Management Plan To whom it may concern Technical Information No. TEC-0648 Date 14 February 2006 In relation to ballast water management plans, we would advise you that according to

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO

SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURAS CRÍTICAS NA PERSPETIVA DA RESILIÊNCIA E CONTINUIDADE DE NEGÓCIO Cristina Alberto KPMG Advisory Consultores de Gestão, SA Agenda 1. Riscos Globais do Século XXI 2. Proteção

Leia mais

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements: ST. PAUL S SCHOOL CHARITY OF THE YEAR APPLICATION FORM How to apply for funding 1. Application - Requirements and Conditions To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy Compartilhando Energia Humana Sharing Human Energy A Chevron Brasil tem como estratégia e valor um plano de investimento social voltado para o incentivo à qualificação profissional e ao empreendedorismo

Leia mais