CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO"

Transcrição

1 CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO Plano de Acção Agro-Florestal para a Fileira Vitivinícola na Região Demarcada do Dão JORGE BRITES, VANDA PEDROSO, SÉRGIO MARTINS e CARLOS SILVEIRA DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão (Nelas)

2 CASTAS DA REGIÃO DO DÃO Malvasia Fina Bical Gouveio Cerceal Branco Barcelo Rabo Ovelha Uva Cão Touriga Nacional Jaen Alfrocheiro Tinta Roriz Rufete Trincadeira Tinto Cão Alvarelhão Bastardo Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

3 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS NÍVEL PRODUTIVO ALTO MÉDIO/ ALTO MÉDIO BAIXO Cerceal Branco Malvasia Fina Rabo Ovelha Barcelo Gouveio Uva Cão Bical Jaen Alfrocheiro Rufete Bastardo Tinta Roriz Trincadeira Tinto Cão Touriga Alvarelhão Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

4 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE AO DESAVINHO MENOS Cerceal Branco Rabo Ovelha Gouveio Malvasia Fina Barcelo Uva Cão MAIS Bical Alfrocheiro Tinta Roriz Trincadeira Tinto Cão Jaen Rufete Touriga Alvarelhão Bastardo Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

5 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS PORTE ERECTO SEMI-ERECTO A HORIZONTAL RETOMBANTE Cerceal Branco Gouveio Uva Cão Rabo Ovelha Malvasia Fina Barcelo Bical Rufete Tinta Roriz Alvarelhão Trincadeira Jaen Bastardo Tinto Cão Touriga Nacional Alfrocheiro Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

6 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE A DOENÇAS E PRAGAS MENOS PODRIDÃO CINZENTA MAIS Malvasia Fina (1) Cerceal Branco Barcelo Rabo Ovelha Uva Cão Bical Gouveio Malvasia Fina (2) Touriga Tinto Cão Alvarelhão Tinta Roriz Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007 Bastardo Jaen Alfrocheiro Rufete Trincadeira (1) - à maturação (2) - à pré-floração

7 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE A DOENÇAS E PRAGAS MENOS MÍLDIO MAIS Cerceal Branco Malvasia Fina Bical Barcelo Gouveio Rabo Ovelha Uva Cão Touriga Bastardo Alfrocheiro Tinta Roriz Tinto Cão Rufete Trincadeira Alvarelhão Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007 Jaen

8 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE A DOENÇAS E PRAGAS MENOS OÍDIO MAIS Malvasia Fina Barcelo Bical Cerceal Branco Uva Cão Gouveio Rabo Ovelha Touriga Bastardo Jaen Tinta Roriz Tinto Cão Alfrocheiro Rufete Alvarelhão Trincadeira Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

9 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE A DOENÇAS E PRAGAS MENOS CIGARRINHA VERDE MAIS Cerceal Branco Gouveio Malvasia Fina Barcelo Touriga Jaen Alfrocheiro Tinta Roriz Alvarelhão Tinto Cão Rufete Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

10 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS SUSCEPTIBILIDADE AO STRESS HÍDRICO MENOS Cerceal Branco Rabo Ovelha Gouveio Barcelo Uva Cão MAIS Malvasia Fina Alvarelhão Jaen Tinta Roriz Touriga Alfrocheiro Tinto Cão Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

11 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS ÉPOCA DE ABROLHAMENTO PRECOCE MÉDIA/ PRECOCE MÉDIA MÉDIA/ TARDIA TARDIA Bical Gouveio Uva Cão Malvasia Fina Barcelo Rabo Ovelha Cerceal Branco Alfrocheiro Jaen Touriga Rufete Bastardo Trincadeira Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007 Tinto Cão Alvarelhão Tinta Roriz

12 CARACTERÍSTICAS DAS CASTAS ÉPOCA DE MATURAÇÃO PRECOCE MÉDIA/ PRECOCE MÉDIA MÉDIA/ TARDIA TARDIA Bical Malvasia Fina Cerceal Branco Gouveio Barcelo Uva Cão Rabo Ovelha Bastardo Alfrocheiro Rufete Tinto Cão Jaen Touriga Trincadeira Alvarelhão Tinta Roriz Centro Estudos Vitivinícolas do Dão - Plano de Acção do Dão. 9 Maio 2007

13 Álcool Provável (% V/V) Malvazia Fina Bical Cercial Gouveio Barcelo Uva Cão Rabo de Ovelha DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

14 Acidez Total (g. ác. tart./l) Malvazia Fina Bical Cercial Gouveio Barcelo Uva Cão Rabo de Ovelha DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

15 ph Malvazia Fina Bical Cercial Gouveio Barcelo Uva Cão Rabo de Ovelha DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

16 Álcool / Acidez Total UC A c i d e z T o t a l ( g. á c. t a r t. / L ) C TZ RO E MF B V BI ÁLCOOL (%v/v) DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

17 Álcool / ph 3.4 p H C RO TZ E MF B V BI 2.8 UC ÁLCOOL (%v/v) DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

18 Álcool Provável (% V/V) Touriga Nacional Jaen Alfrocheiro Rufete Trincadeira Alvarelhão Tinto Cão Bastardo DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

19 Acidez Total (g. ác. tart./l) Touriga Nacional Jaen Alfrocheiro Rufete Trincadeira Alvarelhão Tinto Cão Bastardo DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

20 ph Touriga Nacional Jaen Alfrocheiro Rufete Trincadeira Alvarelhão Tinto Cão Bastardo DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão ( ) Nelas

21 CASTAS RECOMENDADAS Á L C O O L ( % V / V ) B A RU TR TC AP TN J RZ ÍNDICE DE FOLIN DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão (Nelas)

22 DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão (Nelas)

23 CLASSIFICAÇÃO DE PROVA P ON TU AÇ ÃO T N J A F R Z R U T C A T R B T 20 VINHOS ELEMENTARES DRAPC Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão (Nelas)

Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes. Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços

Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes. Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços Colecção Uma Agricultura com Norte Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços Mário Sousa Carlos Pereira Joaquim Guerra

Leia mais

CATÁLOGO DAS CASTAS REGIONAIS DA BAIRRADA

CATÁLOGO DAS CASTAS REGIONAIS DA BAIRRADA CATÁLOGO DAS CASTAS REGIONAIS DA BAIRRADA INTRODUÇÃO Este catálogo das castas regionais da Bairrada tem por finalidade, de uma forma simples mas objectiva, possibilitar a identificação e caracterização

Leia mais

INTRODUÇÃO. Colaboradores:

INTRODUÇÃO. Colaboradores: INTRODUÇÃO Este catálogo agora editado, é o resultado de inúmeros ensaios e observações efectuadas nos campos experimentais do Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão e em vinhas da região, no período 1957-2000.

Leia mais

SELECÇÃO DA VIDEIRA. Guia para escolha de materiais (clones)a plantar

SELECÇÃO DA VIDEIRA. Guia para escolha de materiais (clones)a plantar SELECÇÃO DA VIDEIRA Guia para escolha de materiais (clones)a plantar SELECÇÃO GENÉTICA E SANITÁRIA EM FAVOR DA VITICULTURA PORTUGUESA: 4ª DÉCADA A Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira (PORVID)

Leia mais

Forum Anual dos Vinhos de Portugal A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES)

Forum Anual dos Vinhos de Portugal A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES) Forum Anual dos Vinhos de Portugal Palácio da Bolsa, Porto A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES) J.E. Eiras Dias, A. Graça, A. Martins 28 de Novembro de 2012 Variedades

Leia mais

As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira

As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira Workshop Viticultura com futuro Auditório do Solar do IVDP - Régua, 06/03/2015 As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira Elsa

Leia mais

ESPUMANTES. QUINTA DAS BÁGEIRAS Bruto Natural 2013... 16.00

ESPUMANTES. QUINTA DAS BÁGEIRAS Bruto Natural 2013... 16.00 ESPUMANTES QUINTA DAS BÁGEIRAS Bruto Natural 2013... 16.00 Branco. Castas: Maria Gomes, Baga. Alc: 12% Enólogo: Mário Sérgio Alves Nuno. Como todos os espumantes da Quinta das Bágeiras (Bairrada), este

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO

CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO ESTUDO DA EVOLUÇÃO DA MATURAÇÃO - 2009 CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO José Joaquim Guerra Enologia - 10 de Dezembro de 2009 ÍNDICE A. Introdução. Objectivos... 3 B. Material e Métodos... 3 C.

Leia mais

MUX MUX MUXAGAT TINTA BARROCA

MUX MUX MUXAGAT TINTA BARROCA MUX BRANCO / WHITE Castas/Grape Varieties: Rabigato, Field Blend de Castas antigas. Enólogo/Winemaker: Mateus Nicolau de Almeida Álcool / Alcohol: 13% MUX TINTO / RED Ano/Year : 2009 Castas/Grape Varieties

Leia mais

A VINHA E O VINHO: Inovação e Competitividade do Sector. As Castas dos Vinhos do Alentejo

A VINHA E O VINHO: Inovação e Competitividade do Sector. As Castas dos Vinhos do Alentejo ATEVA Associação Técnica dos Viticultores do Alentejo VINIPAX Experiências a Sul A VINHA E O VINHO: Inovação e Competitividade do Sector As Castas dos Vinhos do Alentejo Francisco Mata Parque de Feiras

Leia mais

O ano vitícola na região. As castas na sub região do AVE. Mesa Redonda. IV Jornadas Técnicas Ano Vitivinícola 2008 3 de Dezembro de 2008

O ano vitícola na região. As castas na sub região do AVE. Mesa Redonda. IV Jornadas Técnicas Ano Vitivinícola 2008 3 de Dezembro de 2008 O ano vitícola na região Mesa Redonda As castas na sub região do AVE IV Jornadas Técnicas Ano Vitivinícola 2008 3 de Dezembro de 2008 EVAG Área de acção : Sub região do AVE, concelhos de V. N. Famalicão,

Leia mais

A Casa de Cello é uma empresa familiar que se dedica à exploração vitícola das suas quintas há 4 gerações.

A Casa de Cello é uma empresa familiar que se dedica à exploração vitícola das suas quintas há 4 gerações. A Casa de Cello é uma empresa familiar que se dedica à exploração vitícola das suas quintas há 4 gerações. Foi nos anos 80, que um dos proprietários, João Pedro Araujo, deu início à profissionalização

Leia mais

Importância da utilização de plantas de qualidade

Importância da utilização de plantas de qualidade DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO Importância da utilização de plantas de qualidade Anabela Andrade DAAP, Divisão de Apoio à Agricultura e Pescas, 2014 Com uma área total de 240.000 hectares

Leia mais

REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES. Nuno Magalhães

REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES. Nuno Magalhães REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES Nuno Magalhães 01.03.2012 REGIÕES VITIVINÍCOLAS MINHO,TRANSMONTANO, DURIENSE BEIRAS (DO DÃO e DO LAFÕES) TEJO, LISBOA,ALENTEJANO PENINSULA DE SETUBAL,

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS 2416 Diário da República, 1.ª série N.º 79 23 de Abril de 2009 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS Portaria n.º 426/2009 de 23 de Abril Ainda que os vinhos com direito ao uso

Leia mais

*Acresce taxa de IVA em vigor 1

*Acresce taxa de IVA em vigor 1 QS 04 TINTO DOC DOURO CONSENSUAL GRANDE RESERVA 2003 É um vinho com boa concentração e muito bonito na cor. Aroma fino, com fruto limpo de amora e figo, fresco e floral com ligeiras notas balsâmicas. A

Leia mais

ÍNDICE GRANDE DEGUSTAÇÃO DOS DE PORTUGAL 2016 PORTO ALEGRE - 13 DE ABRIL NOME DO PRODUTOR NÚMERO DE MESA AVELEDA 1 20 CAMINHOS CRUZADOS 2 21 PÁGINA CASA SANTOS LIMA - COMPANHIA DAS VINHAS 3 22 ESPORÃO

Leia mais

Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior

Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior BEIRA INTERIOR Prospeção e conservação em larga escala da diversidade das castas antigas de videira em Portugal BEIRA INTERIOR AREA DE INFLUÊNCIA

Leia mais

Vertice Reserva Bruto 10 Trás-Os-Montes 25,00

Vertice Reserva Bruto 10 Trás-Os-Montes 25,00 GRANDES ESCOLHAS VINHO BRANCO Soalheiro Reserva Alvarinho 13 Minho 45,00 Redoma Rabigato, Códega, Viosinho, Donzelinho & Gouveio 14 Douro 31,00 Campolargo Cerceal 14 Bairrada 40,00 Qta dos Carvalhais Reserva

Leia mais

CASTAS PORTUGUESAS um património único!

CASTAS PORTUGUESAS um património único! CASTAS PORTUGUESAS um património único! UTAD Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Vila Real I 19 de abril de 2012 Paulo Costa I paulo.costa@advid.pt Sumário: A ADVID, breves referências Evolução

Leia mais

Manual do Apreciador de Vinhos

Manual do Apreciador de Vinhos Manual do Apreciador de Vinhos Este manual pretende permitir que todos os interessados e apreciadores de vinhos e seus derivados conheçam algumas regras e conceitos básicos, para que possam tirar todas

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Diário da República, 1.ª série N.º 225 21 de novembro de 2012 6705 Artigo 49.º Regulamentação A regulamentação prevista no presente decreto -lei é aprovada no prazo de 180 dias a contar da publicação deste.

Leia mais

Título da apresentação. Lisboa, Fevereiro 2009

Título da apresentação. Lisboa, Fevereiro 2009 Título da apresentação Lisboa, Fevereiro 2009 Principais castas portuguesas Espadeiro Tintas Trincadeira Touriga Nacional Jaen Castelão Touriga Franca Baga Alfroncheiro Moreto Tinta Negra Tinta Barroca

Leia mais

Manual em caixas de 15 Kg Vinificação. cubas de aço inox. Estágio Maturação em cubas de aço inox durante 3 meses.

Manual em caixas de 15 Kg Vinificação. cubas de aço inox. Estágio Maturação em cubas de aço inox durante 3 meses. A Serenada Enoturismo integra duas parcelas de vinha: a vinha velha, plantada em 1961 e a nova em 2008. Os vinhos são frescos, minerais, complexos e elegantes. As vinhas situam-se a cerca de 10 km da orla

Leia mais

O Vinho do Porto. Eduardo Abade. Wine - Karen Kauffman. Simple. Wine. Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro. Anadia 07Set06

O Vinho do Porto. Eduardo Abade. Wine - Karen Kauffman. Simple. Wine. Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro. Anadia 07Set06 O Vinho do Porto Eduardo Abade Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro Simple Wine Wine - Karen Kauffman Anadia 07Set06 Região Demarcada do Douro 1ª REGIÃO DEMARCADA E REGULAMENTADA DO MUNDO 1ª REGIÃO

Leia mais

PORTA-ENXERTOS RESULTADOS DA EXPERIMENTAÇÃO NA REGIÃO DO DÃO

PORTA-ENXERTOS RESULTADOS DA EXPERIMENTAÇÃO NA REGIÃO DO DÃO PORTA-ENXERTOS RESULTADOS DA EXPERIMENTAÇÃO NA REGIÃO DO DÃO Vanda PEDROSO (1) ; Sérgio MARTINS (1) ; Jorge BRITES (1) ; Alberto VILHENA (1) ; Isabel ANDRADE (2) ; João Paulo GOUVEIA (3) ; Carlos LOPES

Leia mais

Vinho Verde Quinta de Gomariz Trás-os-Montes Encostas do Trogão Douro Vinilourenço Quinta de Cottas. Vinhos de Quinta

Vinho Verde Quinta de Gomariz Trás-os-Montes Encostas do Trogão Douro Vinilourenço Quinta de Cottas. Vinhos de Quinta Catálogo 2013 Projectos Pessoais Vinho Verde Astronauta Maria Saudade Sonhador Dão Quinta da Giesta Lisboa Escondido Fonte das Moças Astronauta Alentejo Vinhos de Quinta Vinho Verde Quinta de Gomariz Trás-os-Montes

Leia mais

Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos

Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos Campos de Xisto e Granito - Numão Eduardo Abade Novembro 2009 ÍNDICE Índice de Gráficos... 3 INTRODUÇÃO... 4 1. MATERIAL E MÉTODOS... 5 1.1. Campos Experimentais...

Leia mais

CARTA DE VINHOS WINE LIST. O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma.

CARTA DE VINHOS WINE LIST. O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma. CARTA DE VINHOS WINE LIST O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma. Wine brings in its essence, what his mentor carries in the soul. VIDAGO PALACE HOTEL SN-08/2014 CARTA DE VINHOS Ìndice

Leia mais

PODA MECÂNICA NA VINHA

PODA MECÂNICA NA VINHA PODA MECÂNICA NA VINHA EFEITOS NO RENDIMENTO E NA QUALIDADE Rogério de CASTRO (1) ; Aurélio CLARO (2) ; Ana RODRIGUES (2) ; António TEIXEIRA (3) ; José MACHADO (3) ; Chiara PIOVENE (1,4) ; Amândio CRUZ

Leia mais

Herdade da Figueirinha

Herdade da Figueirinha Pinot Noir 2009 O Pinot Noir 2009 é um Vinho Regional Alentejano produzido a partir da casta Pinot Noir, de uvas provenientes da, situada na região de Beja. Apresenta cor rubi intensa, aroma frutado, menta,

Leia mais

POTENCIAL AGRONÓMICO DA CASTA TOURIGA NACIONAL

POTENCIAL AGRONÓMICO DA CASTA TOURIGA NACIONAL POTENCIAL AGRONÓMICO DA CASTA TOURIGA NACIONAL NUNO MAGALHÃES ANA ALEXANDRA OLIVEIRA UTAD AS REFERÊNCIAS AO CULTIVO DA CASTA TOURIGA NACIONAL SURGEM A PARTIR DO SEC. XVIII Lacerda Lobo (1790) faz referência

Leia mais

ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO

ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO Clique aqui e conheça os prêmios desse produtor ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO Teor Alcoólico: 12,50 %vol. Acidez Total: 5,30 g/l Ácido Tartárico. Açucares redutores: 2,00 g/dm³ PH: 3,33. Castas: Malvasia

Leia mais

EVOLUÇÃO DO ENCEPAMENTO DA REGIÃO DO DÃO

EVOLUÇÃO DO ENCEPAMENTO DA REGIÃO DO DÃO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL DOS VINHOS DO DÂO EVOLUÇÃO DO ENCEPAMENTO DA REGIÃO DO DÃO L.C. CARNEIRO (1) ; Antero MARTINS (2) ; Vanda PEDROSO (3) 1. Instituto Nacional de Recursos Biológicos, I.P./L-INIA

Leia mais

Região Vitivinícola do Algarve

Região Vitivinícola do Algarve Região Vitivinícola do Algarve Região Vitivinícola do Algarve 1 Índice 1. Introdução pág. 3 2. Caracterização da região pág. 3 3. Castas pág. 4 4. Tipos de vinhos pág. 4 5. Rótulos premiados pág. 5 6.

Leia mais

Antes de adquirir a Herdade do Peso, a Sogrape Vinhos tinha realizado já em 1992 um contrato para a compra das uvas da propriedade.

Antes de adquirir a Herdade do Peso, a Sogrape Vinhos tinha realizado já em 1992 um contrato para a compra das uvas da propriedade. HERDADE DO PESO Profundamente Alentejano INDICADORES Herdade do Peso é a marca especialista da Sogrape Vinhos na produção de vinhos do Alentejo. Com uma gama atractiva e alargada que vai ao encontro das

Leia mais

Nós provámos e pode confiar!! We tasted and you can trust us!!

Nós provámos e pode confiar!! We tasted and you can trust us!! Nós provámos e pode confiar!! We tasted and you can trust us!! Nesta página, apresentamos algumas sugestões de vinhos que nos surpreenderam e que acreditamos serem excelentes parceiros para acompanhar

Leia mais

Workshop Viticultura com Futuro. Régua Antero Martins

Workshop Viticultura com Futuro. Régua Antero Martins Workshop Viticultura com Futuro. Régua 06.03.2015 Antero Martins Do título: Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira, o actor institucional das acções alvo deste worshop Associação dos Viticultores

Leia mais

CARTA DE VINHOS WINE LIST. O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma.

CARTA DE VINHOS WINE LIST. O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma. CARTA DE VINHOS WINE LIST O Vinho traz na essência, o que o seu mentor carrega na alma. Wine brings in its essence, what his mentor carries in the soul. VIDAGO PALACE HOTEL SN-11/2013 CARTA DE VINHOS Ìndice

Leia mais

Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE ABREVIATURAS. Colaboração

Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE ABREVIATURAS. Colaboração Caracterização Enológica de Castas Autóctones da Região do DOURO Joaquim Guerra Eduardo Abade DRAPN - Dezembro 8 Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE. INTRODUÇÃO... 3. MATERIAL

Leia mais

Alinhamento dos Sistemas de Informação: O caso de pequenas e médias empresas portuguesas no setor Vitivinícola Português

Alinhamento dos Sistemas de Informação: O caso de pequenas e médias empresas portuguesas no setor Vitivinícola Português Alinhamento dos Sistemas de Informação: O caso de pequenas e médias empresas portuguesas no setor Vitivinícola Português Paulo António do Nascimento Ferreira Salvador Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

Custos associados a uma viticultura sustentável

Custos associados a uma viticultura sustentável Custos associados a uma viticultura sustentável João Garrido & Teresa Mota JORNADAS REGIONAIS, 13 de Abril de 2011 Viticultura sustentável conservação do solo, da água e de recursos genéticos não degradação

Leia mais

EFEITO DO PORTA-ENXERTO NO VIGOR, RENDIMENTO E QUALIDADE DO MOSTO DA CASTA JAEN, NUM TERROIR DO DÃO

EFEITO DO PORTA-ENXERTO NO VIGOR, RENDIMENTO E QUALIDADE DO MOSTO DA CASTA JAEN, NUM TERROIR DO DÃO EFEITO DO PORTA-ENXERTO NO VIGOR, RENDIMENTO E QUALIDADE DO MOSTO DA CASTA JAEN, NUM TERROIR DO DÃO Vanda PEDROSO (1) ; Sérgio MARTINS (1) ; Jorge BRITES (1) ; Isabel ANDRADE (2) ; Carlos LOPES (3) (1)

Leia mais

VITICULTURA NA CASTA BAGA ANABELA ANDRADE

VITICULTURA NA CASTA BAGA ANABELA ANDRADE VITICULTURA NA CASTA BAGA ANABELA ANDRADE 13 de Novembro de 2010 Com uma área total de 243.000 hectares de vinha (IVV, 2009), Portugal vitivinícola dispõe de dois factores que o caracterizam e projectam

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO POTENCIAL DE PRODUÇÃO DO SECTOR VIVEIRISTA VITÍCOLA

CARACTERIZAÇÃO DO POTENCIAL DE PRODUÇÃO DO SECTOR VIVEIRISTA VITÍCOLA CARACTERIZAÇÃO DO POTENCIAL DE PRODUÇÃO DO SECTOR VIVEIRISTA VITÍCOLA Ricardo ANDRADE VITICERT Rua Cândido dos Reis, 1 Polígono do IVV 2560-312 TORRES VEDRAS geral@viticert.mail.pt RESUMO O sector viveirista

Leia mais

DECRETO LEI Nº. Os vinhos produzidos na região do Dão desfrutam de renome já secular, tendo a sua tipicidade sido legalmente reconhecida pela Carta

DECRETO LEI Nº. Os vinhos produzidos na região do Dão desfrutam de renome já secular, tendo a sua tipicidade sido legalmente reconhecida pela Carta DECRETO LEI Nº. Os vinhos produzidos na região do Dão desfrutam de renome já secular, tendo a sua tipicidade sido legalmente reconhecida pela Carta de Lei de 18 de Setembro de 1908, que delimitou a sua

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DOS BIÓTIPOS GOUVEIO E VERDELHO

CARACTERIZAÇÃO DOS BIÓTIPOS GOUVEIO E VERDELHO CARACTERIZAÇÃO DOS BIÓTIPOS GOUVEIO E VERDELHO J.E. EIRAS-DIAS 1, J. CUNHA 1, J. BRAZÃO 1, VANDA PEDROSO 2 1) INRB, L-INIA DOIS PORTOS, EX-ESTAÇÃO VITIVINÍCOLA NACIONAL, QUINTA D ALMOINHA, 2565-191 DOIS

Leia mais

QUINTA DO POÇO DO LOBO RESERVA. COLHEITA 2009 Região Bairrada DOC. Castas Baga (35%), Touriga Nacional (50%) e Cabernet Sauvignon (15%)

QUINTA DO POÇO DO LOBO RESERVA. COLHEITA 2009 Região Bairrada DOC. Castas Baga (35%), Touriga Nacional (50%) e Cabernet Sauvignon (15%) QUINTA DO POÇO DO LOBO RESERVA COLHEITA 2009 Bairrada DOC Baga (35%), Touriga Nacional (50%) e Cabernet Sauvignon (15%) As melhores uvas criadas na nossa Quinta do Poço do Lobo foram vindimadas manualmente,

Leia mais

o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l

o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l Visconte i m p o r t a ç ã o, e x p o r t a ç ã o e d i s t r i b u i ç ã o d e v i n h o s t e l : ( + 5 5 6 1 ) 3 3 4 0

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: DO - Caderno Especificações DO Vinho Verde - final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: DO - Caderno Especificações DO Vinho Verde - final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Vinho Verde II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS 620 Diário da República, 1.ª série N.º 45 5 de Março de 2010 aquisição de serviços de prestação de cuidados de saúde, nas áreas da urologia, cirurgia cardiotorácica, ortopedia, cirurgia vascular e oftalmologia,

Leia mais

A TRAÇA DA UVA NA REGIÃO DEMARCADA DA BAIRRADA - CONTRIBUTO PARA UMA ESTRATÉGIA DE LUTA

A TRAÇA DA UVA NA REGIÃO DEMARCADA DA BAIRRADA - CONTRIBUTO PARA UMA ESTRATÉGIA DE LUTA A TRAÇA DA UVA NA REGIÃO DEMARCADA DA BAIRRADA - CONTRIBUTO PARA UMA ESTRATÉGIA DE LUTA NEVES, Madalena; LEITE, Sónia; ALVES, Susana RESUMO A traça da uva é uma praga-chave na Região Demarcada da Bairrada,

Leia mais

VINHOS VERDES. Alvarinho Deu la Deu 0,75l. Areal Arinto 0,75l. Quinta da Aveleda 0,75l. Caves São Félix Hotel (Terras de Amares) 0,75l

VINHOS VERDES. Alvarinho Deu la Deu 0,75l. Areal Arinto 0,75l. Quinta da Aveleda 0,75l. Caves São Félix Hotel (Terras de Amares) 0,75l VINHOS VERDES O Vinho Verde é único no mundo. Um vinho naturalmente leve e fresco, produzido na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, no noroeste de Portugal, uma região costeira geograficamente bem localizada

Leia mais

Caderno de Especificações DO Bairrada PDO-PT-A1537. I. NOME(S) A REGISTAR: Bairrada

Caderno de Especificações DO Bairrada PDO-PT-A1537. I. NOME(S) A REGISTAR: Bairrada I. NOME(S) A REGISTAR: Bairrada II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

Espumantes Sparkling Wine. Champagnes

Espumantes Sparkling Wine. Champagnes Rei das Praias Rosé Filipa Pato Brut 3B Soalheiro Brut Rei das Praias Magnum Brut Espumantes Sparkling Wine Paul Bara Grand Rosé de Bouzy Paul Bara Spécial Club 2004 Paul Bara Spécial Club Rosé 2009 Champagnes

Leia mais

QUINTA DA PACHECA RESERVA

QUINTA DA PACHECA RESERVA \ Tipo Tinto V.Q.P.R.D. Douro Argilo calcário e arenoso Ficha Técnica QUINTA DA PACHECA RESERVA 12.10 2004 Predominância de Touriga Nacional; Tinta Roriz e Touriga Francesa Uvas com desengace (80%) fermentadas

Leia mais

wine list 10 November 2014

wine list 10 November 2014 wine list 10 November 2014 Wines by the Glass White / bottle Arca Nova... 4.00 / 16.20 Vinho Verde - Loureiro / Arinto / Trajadura QN Pomares White... 4.50 / 18.00 Douro - Viosinho / Gouveio / Rabigato

Leia mais

Caderno de Especificações IG Transmontano PGI-PT-A1467. I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano

Caderno de Especificações IG Transmontano PGI-PT-A1467. I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua

Leia mais

Caderno de Especificações DO DoTejo PDO-PT-A1544. I. NOME(S) A REGISTAR: DoTejo

Caderno de Especificações DO DoTejo PDO-PT-A1544. I. NOME(S) A REGISTAR: DoTejo I. NOME(S) A REGISTAR: DoTejo II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

Controlo de Maturação e Clarificação do Mosto

Controlo de Maturação e Clarificação do Mosto Controlo de Maturação e Clarificação do Mosto Relatório de Estágio Afonso Maria Pereira Leite de Meireles Mestrado Engenharia Agronómica Departamento de Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território

Leia mais

Vinhos Brancos White Wines. Vinhos Tintos Red Wines

Vinhos Brancos White Wines. Vinhos Tintos Red Wines Sabemos que a criação de uma Carta de Vinhos de excelência é uma tarefa difícil. É com enorme orgulho que apresentamos a nossa selecção, depois de um cuidadoso processo de prova dos melhores vinhos produzidos

Leia mais

I. NOMES(S) A REGISTAR: Península de Setúbal

I. NOMES(S) A REGISTAR: Península de Setúbal I. NOMES(S) A REGISTAR: Península de Setúbal II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal

Leia mais

UM PORTUGUÊS NO CHATEAU. DOSSIER TÉCNICO Podridão Negra ou Black rot. Entrevista - CAVES MURGANHEIRA MONITORIZAÇÃO DA TRAÇA DA BATATEIRA

UM PORTUGUÊS NO CHATEAU. DOSSIER TÉCNICO Podridão Negra ou Black rot. Entrevista - CAVES MURGANHEIRA MONITORIZAÇÃO DA TRAÇA DA BATATEIRA INFOSELECTIS nº 21 Junho 2012 Entrevista - CAVES MURGANHEIRA Marta Lourenço No sector dos espumantes, hoje em dia, já é sabido que temos nesta região condições para produzir espumantes de topo e aptos

Leia mais

Herdade dos Pelados. Baixo Alentejo

Herdade dos Pelados. Baixo Alentejo Herdade dos Pelados Baixo Alentejo A Herdade A Herdade dos Pelados, situada em pleno Baixo Alentejo, desfruta de uma das mais antigas vinhas da região, cuja plantação remonta, em grande parte, ao ano de

Leia mais

M alva Real Portug al 1

M alva Real Portug al 1 1 2 WINE OF DOURO (Portugal) QUINTA DA FONTE NOVA D.O.C. O GRUPO MALVA REAL representa e distribui os vinhos do Douro QUINTA DA FONTE NOVA DOC. Trata-se de vinhos premiados e de alta qualidade, revelando

Leia mais

MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013

MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013 FICHAS TÉCNICAS MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013 Tipo: Branco Castas: Antão Vaz e Arinto Prova: apresenta cor amarelo citrino aroma citrino e frutos tropicais,com toque mineral, suave e fresco, com

Leia mais

Quinta dos Termos, Lda. Carvalhal Formoso Belmonte Portugal Tel.: (+351) Fax: (+351)

Quinta dos Termos, Lda. Carvalhal Formoso Belmonte Portugal Tel.: (+351) Fax: (+351) Localização A Quinta dos Termos está situada no centro de Portugal, nas faldas da encosta Sul da Serra da Estrela (montanha mais alta de Portugal Continental 2.000 m), assim resguardada dos ventos frios

Leia mais

CVRVV A REGIÃO DEMARCADA DOS VINHOS VERDES UM SÉCULO DE HISTÓRIA 48/72

CVRVV A REGIÃO DEMARCADA DOS VINHOS VERDES UM SÉCULO DE HISTÓRIA 48/72 CVRVV A REGIÃO DEMARCADA DOS VINHOS VERDES UM SÉCULO DE HISTÓRIA 48/72 À custa da sua antiguidade nesta Região e pelo facto de serem apenas cultivadas no NW ibérico, são consideradas autóctones. Por um

Leia mais

ALENTEJO. PORTUGAL 2011-2012

ALENTEJO. PORTUGAL 2011-2012 ALENTEJO. PORTUGAL 2011-2012 estimado cliente É com o maior prazer que a Francisco B. Fino Sociedade Agrícola, Lda apresenta os seus vinhos Monte da Penha e as suas embalagens especiais para oferta. Temos

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu Mestrado em Finanças Empresariais O JUSTO VALOR DO ACTIVO BIOLOGICO A VINHA" NA REGIÃO DEMARCADA DO DÃO António Carlos Gomes

Leia mais

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos.

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos. Quem Somos A nova geração de uma família tradicional Portuguesa que sempre nutriu uma enorme paixão pelo vinho. Foi na Quinta do Cruzeiro Mangualde, Dão - que nasceu essa paixão. Foi também na Quinta do

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO HASTA PÚBLICA N.º 03-HP/DSA/DF/AC/2016

DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO HASTA PÚBLICA N.º 03-HP/DSA/DF/AC/2016 DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO HASTA PÚBLICA N.º 03-HP/DSA/DF/AC/2016 VENDA EM HASTA PÚBLICA DE UVAS DA ESTAÇÃO VITIVINÍCOLA DA BAIRRADA (EVB) PROGRAMA DE PROCEDIMENTO Página 1 de 8

Leia mais

BOLETIM - ANO VITÍCOLA 2016 BALANÇO FINAL

BOLETIM - ANO VITÍCOLA 2016 BALANÇO FINAL BOLETIM - ANO VITÍCOLA 216 BALANÇO FINAL Resumo O ano vitícola de 215/216 caracterizou-se por uma elevada atipicidade em termos climáticos, com um Inverno quente e chuvoso, Primavera fria e extremamente

Leia mais

PATO FRIO SELECTION. 37,5 cl: ,0 cl: 13.50

PATO FRIO SELECTION. 37,5 cl: ,0 cl: 13.50 PATO FRIO SELECTION Tipo: Branco Colheita: 2014 Região: Vidigueira Alentejo Portugal Castas: Antão Vaz, Arinto, Síria Enólogo: Paulo Laureano Produtor: Ribafreixo Engarrafado em : 2015 Produção: 40.000

Leia mais

Uma familia no Douro com 200 anos de história a produzir vinhos de qualidade. Apresentação

Uma familia no Douro com 200 anos de história a produzir vinhos de qualidade. Apresentação Uma familia no Douro com 200 anos de história a produzir vinhos de qualidade Apresentação ! O nectar dos Deuses é oferecido aos nossos sentidos pela mão do enólogo! A Natureza dá, o enólogo transforma!

Leia mais

EFEITO DA DESFOLHA PRECOCE NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA CASTA LOUREIRO (Vitis Vinifera L.) NA REGIÃO DOS VINHOS VERDES

EFEITO DA DESFOLHA PRECOCE NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA CASTA LOUREIRO (Vitis Vinifera L.) NA REGIÃO DOS VINHOS VERDES EFEITO DA DESFOLHA PRECOCE NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA CASTA LOUREIRO (Vitis Vinifera L.) NA REGIÃO DOS VINHOS VERDES EDUARDO DE MESQUITA ROSINHAS Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em ENGENHARIA

Leia mais

A S S O C I A Ç Ã O P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O D A V I T I C U L T U R A D U R I E N S E

A S S O C I A Ç Ã O P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O D A V I T I C U L T U R A D U R I E N S E A D V I D A S S O C I A Ç Ã O P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O D A V I T I C U L T U R A D U R I E N S E Cluster dos vinhos da Região do Douro Relatório de Actividades e Contas 2009 A D V I D -

Leia mais

Balanço Fitossanitário Alentejo 2016

Balanço Fitossanitário Alentejo 2016 Balanço Fitossanitário Alentejo 2016 Do ano vitícola de 2015/2016 destacam-se as condições meteorológicas verificando-se este verão o mais quente desde que existem registos (135 anos). As temperaturas

Leia mais

Índice. AS REGIÕES VITINÍCOLAS Vinhos generosos. Porto Madeira Setúbal Carcavelos. Outros vinhos

Índice. AS REGIÕES VITINÍCOLAS Vinhos generosos. Porto Madeira Setúbal Carcavelos. Outros vinhos Índice VINHOS PORTUGUESES Um vocabulário indispensável AS REGIÕES VITINÍCOLAS Vinhos generosos Porto Madeira Setúbal Carcavelos Outros vinhos Vinho Verde Douro Bairrada Dão Lisboa Península de Setúbal

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVR Lisboa-Caderno Especificações DO ÓBIDOS final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVR Lisboa-Caderno Especificações DO ÓBIDOS final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Óbidos II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua Mouzinho

Leia mais

INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2013

INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2013 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO AGROALIMENTAR, RURAL E LICENCIAMENTO - DIVISÃO DE APOIO À AGRICULTURA E PESCAS INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2013 Autores: Anabela Andrade, Fernando Carranca,

Leia mais

Vinhos de Altitude com atitude

Vinhos de Altitude com atitude Vinhos de Altitude com atitude 1 Terras De Alter C.V. Fundada em 2004, Terras De Alter está orgulhosamente situada em pleno Alto Alentejo e é constituída por duas empresas de grande tradição agrícola na

Leia mais

Caracterização Enológica de Castas Autóctones

Caracterização Enológica de Castas Autóctones Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro Caracterização Enológica de Castas Autóctones Região Demarcada do Douro Vindima de 2008 Enologia Nov. 2009 Joaquim Guerra ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 3 2. MATERIAL E MÉTODOS

Leia mais

INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2014

INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2014 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO AGROALIMENTAR, RURAL E LICENCIAMENTO - DIVISÃO DE APOIO À AGRICULTURA E PESCAS INSPEÇÃO DE MATERIAIS VITÍCOLAS SINOPSE -2014 Autores: Anabela Andrade, Fernando Carranca,

Leia mais

PATO FRIO SELECTION. 37,5 cl: ,0 cl: 13.00

PATO FRIO SELECTION. 37,5 cl: ,0 cl: 13.00 PATO FRIO SELECTION Tipo: Branco Colheita: 2012 Região: Vidigueira Alentejo Portugal Castas: Antão Vaz, Arinto, Síria Enólogo: Paulo Laureano Produtor: Ribafreixo Engarrafado em : 2013 Produção: 40.000

Leia mais

DESCUBRA A DIVERSIDADE E A QUALIDADE DOS VINHOS PORTUGUESES

DESCUBRA A DIVERSIDADE E A QUALIDADE DOS VINHOS PORTUGUESES Adega Alentejana. 17 anos de muitas conquistas. Em 1998, a Adega Alentejana abriu as portas do Brasil para os melhores produtos enogastronômicos de Portugal. 17 anos depois a empresa se tranformou na maior

Leia mais

TOURIGA NACIONAL: Fonte de Diversidade e de Identidade Ana Catarina Gomes

TOURIGA NACIONAL: Fonte de Diversidade e de Identidade Ana Catarina Gomes TOURIGA NACIONAL: Fonte de Diversidade e de Identidade Ana Catarina Gomes BIOTECNOLOGIA para a VINHA e o VINHO Ana Catarina Gomes Visão Abordagem integradora no eixo Vinha-Uva-Vinho Kits de Detecção

Leia mais

GRANDE DEGUSTAÇÃO DOS VINHOS DE PORTUGAL

GRANDE DEGUSTAÇÃO DOS VINHOS DE PORTUGAL GRANDE DEGUSTAÇÃO DOS DE PORTUGAL 2014 São Paulo - SP 26 de Agosto ESQUEÇA O COMUM APROVEITE Indicações Geográficas & DOCs EUROPA 250 CASTAS AUTÓCTONES LISBOA 9 DOC Encostas de Aire 10 DOC Óbidos 11 DOC

Leia mais

Implantação e manutenção da vinha após a plantação

Implantação e manutenção da vinha após a plantação Implantação e manutenção da vinha após a plantação João Garrido & Teresa Mota EVAG / CVRVV Abril de 2015 ASPECTOS A CONSIDERAR 1. Escolha do terreno 2. Preparação do terreno 3. Adubação de fundo 4. Mobilização

Leia mais

N. o 280 4 de Dezembro de 2003 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 8203

N. o 280 4 de Dezembro de 2003 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 8203 N. o 280 4 de Dezembro de 2003 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 8203 Grupos de produtos e exemplos de produtos a que se aplicam os limites máximos de resíduos Picolinafena Piraflufenaetilo Prossulfurão Sulfossulfurão

Leia mais

Menos mas melhores tintos e brancos

Menos mas melhores tintos e brancos Menos mas melhores tintos e brancos Começaram esta semana as vindimas na Vidigueira. Até ao final do mês, a Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito está a receber o fruto de uma produção bastante

Leia mais

Porquê entre 2 e 5 euros?

Porquê entre 2 e 5 euros? Introdução Um guia de vinhos deve ser prático, fácil de consultar e rico em propostas e comentários úteis para a seleção do vinho adequado à situação de consumo. Errei ao insistir na excessiva valorização

Leia mais

PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL

PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL Escola Secundária do Padrão da Légua (402412) Curso Profissional de Técnico de Processamento e Controlo de Qualidade Alimentar Ano lectivo 2010 / 2011 PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL Caracterização dos Vinhos

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: Cad. especificações IG Alentejano final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: Cad. especificações IG Alentejano final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Alentejano II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA MELHORAR A SUSTENTABILIDADE DA VITICULTURA PORTUGUESA

ESTRATÉGIAS PARA MELHORAR A SUSTENTABILIDADE DA VITICULTURA PORTUGUESA ESTRATÉGIAS PARA MELHORAR A SUSTENTABILIDADE DA VITICULTURA PORTUGUESA Carlos Lopes Dep. Ciências e Engenharia de Biossistemas Instituto Superior de Agronomia/Univ. Lisboa Simp. Viticultura Sustentável,

Leia mais

Se falta vinho, falta tudo!.p R O V É R B I O L AT I N O

Se falta vinho, falta tudo!.p R O V É R B I O L AT I N O UM SONHO I Se falta vinho, falta tudo!.p R O V É R B I O L AT I N O À cabeça de um grupo que se tornou, ao fim de 50 anos, líder da moda infantil, Roger Zannier está hoje igualmente presente em várias

Leia mais

CARACTERIZACAO QUIMICA E SENSORIAL DE VINHOS PROVENIENTES DE CASTAS NOBRES DA REGIAO DO MAO

CARACTERIZACAO QUIMICA E SENSORIAL DE VINHOS PROVENIENTES DE CASTAS NOBRES DA REGIAO DO MAO CARACTERIZACAO QUIMICA E SENSORIAL DE VINHOS PROVENIENTES DE CASTAS NOBRES DA REGIAO DO MAO P. Guedes', C. Pina', C. Santos', S. Santos', I. Vasconcelos', L. Cabral, M. Vieira 2, e T. Hogg' ' Escola Superior

Leia mais

Carta de Bebidas Maio Agosto Pág. 1

Carta de Bebidas Maio Agosto Pág. 1 Carta de Bebidas Maio Agosto 2016 Pág. 1 Carta de Vinhos Esta carta foi elaborada a pensar na gastronomia praticada no LOCO. Uma gastronomia que valoriza os sabores e as micro- estações. Uma carta que

Leia mais

Comportamiento de la variedade "Touriga Nacional" en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas

Comportamiento de la variedade Touriga Nacional en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas Comportamiento de la variedade "Touriga Nacional" en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas Oliveira, Ana Alexandra; Magalhães, Nuno Departamento de Fitotécnia e

Leia mais