O Vinho do Porto. Eduardo Abade. Wine - Karen Kauffman. Simple. Wine. Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro. Anadia 07Set06

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Vinho do Porto. Eduardo Abade. Wine - Karen Kauffman. Simple. Wine. Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro. Anadia 07Set06"

Transcrição

1 O Vinho do Porto Eduardo Abade Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro Simple Wine Wine - Karen Kauffman Anadia 07Set06

2 Região Demarcada do Douro 1ª REGIÃO DEMARCADA E REGULAMENTADA DO MUNDO 1ª REGIÃO DEMAR. E REGUL. DO MUNDO REINADO D. JOSÉ PRIMEIRO MINISTRO - MARQUÊS DE POMBAL

3 Região Demarcada do Douro

4 Região Demarcada do Douro Área total Área de Vinha ha ha Número de Viticultores Número de Propriedades

5 Vinho do Porto Vinho do Porto Produção RDD N Gen Gen Total Pipas Gráfico Produção Fonte: CD / IVDP

6 Região Demarcada do Douro Sub- Regiões Baixo Corgo Cima Corgo Douro Superior

7 Região Demarcada do Douro 32% 46% 22% R D Douro Área das Sub- Regiões BC 18% CC 38% DS 44% Fonte: Casa do Douro Jul2006

8 SOLO Murça Vila Real Régua Lamego Pinhão Pesqueira Fozcôa F E Cinta Xistoso Granítico Meda

9 Factores Climáticos Temperatura Insolação Precipitação

10 Factores Climáticos Temperatura Insolação Precipitação

11 Factores Climáticos Temperatura Insolação Precipitação

12 CASTAS Brancas Arinto Boal Cerceal Donzelinho Branco Esgana Cão Folgasão Gouveio ou Verdelho Malvasia Fina Moscatel Galego Rabigato Samarrinho Síria Viosinho Vital Branco sem Nome, Dona Branca, Fernão Pires, Malvasia Parda e Rabo de Ovelha Tintas Bastardo Cornifesto Donzelinho Tinto Malvasia Preta Mourisco Tinto Periquita Rufete Tinta Amarela Tinta da Barca Tinta Barroca Tinta Francisca Tinta Roriz Tinto Cão Touriga Franca Touriga Nacional Alvarelhão, Sousão e Tinta Carvalha

13 CASTAS Castas com maior expressão na RDD 4,25 3,44 3,35 2,96 2,71 2,16 4,9 6, ,14 12,18 12,77 Touriga Franca Tinta Roriz Tinta Barroca Códega Tinta Amarela Mourisco Malvasia Fina Rabigato Malvasia Rei Malvasia Preta Touriga Nacional Tinta Carvalha Fonte: Casa do Douro

14 O Vinho do Porto Vinificação Vinhos Brancos e Tintos Vinhos Muito Doces a Extra-Secos Vinhos para consumir enquanto jovens ou para envelhecer Envelhecimento

15 O Vinho do Porto Colheita Vinificação Desengace / Esmagamento Fermentação com Intensa maceração Aguardente vínica Encuba Prensagem Mosto Mosto Prensa Vinho Generoso Bagaços

16 O Vinho do Porto Vinificação Dias Fermentação

17 O Vinho do Porto Extracção matéria corante Tinta Roriz Vinificação Antoc (mg/l) Antoc (mg/l) Cuba 1 Lagar 1 T Franca Cuba 3 Cuba 4 Lagar 2

18 O Vinho do Porto Vinificação Extracção polifenóis is totais Tinta Roriz T Franca IPT IPT 0 Cuba 1 Lagar 1 Cuba 3 Cuba 4 Lagar 2

19 Vinificação O Vinho do Porto Adição do mosto de prensa Vinho Generoso A - Mosto B - Mosto + Prensa

20 O Vinho do Porto Vinificação D Bé L AD 8 Bé 90 L AD 6 Bé 2Bé Vinho 4.5 Bé 3 Bé 0 Bé L AD Dias Fermentação

21 Vinho do Porto Aguardente utilizada nos últimos anos Litros Fonte:CD / IVDP

22 Anexo III CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS E FÍSICO-QUÍMICAS Características da Aguardente Controlo Qualitativo e Quantitativo do IVDP (Reg. 37/2005) Análise Físico-Química Análise Sensorial a) Características organolépticas: Limpidez límpido; Cor incolor; Aroma e sabor sem quaisquer outros estranhos à matéria-prima. b) Características físico-químicas: Parâmetro Valor limite Limpidez Límpido Cor Incolor Título alcoométrico bruto 77,0 ± 0,5 % vol. a 20 C Acidez total 300 mg de ácido acético/ dm 3 de álcool a 100% vol. Álcoois superiores 210 a 300 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. Metanol 100 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. 2-Butanol 4 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. n-butanol 1,7 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. Relação n-propanol / iso-butanol 0,8 Relação álcoois amílicos / iso- 2,5 Butanol Álcool alílico 1,5 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. Etanal 70 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. Acetato de etilo 120 mg/100 cm 3 de álcool a 100% vol. Cobre 1 mg/ dm 3 de Aguardente Ferro 1 mg/ dm 3 de Aguardente Cálcio 3 mg/ dm 3 de Aguardente Acido cianídrico 0,2 mg/ dm 3 de Aguardente Carbamato de etilo 120 µg/ dm 3 Notas: I) O resíduo correspondente ao extracto seco total deverá ser incolor ou branco, não deverá revelar qualquer anormalidade relativamente ao resíduo típico obtido na evaporação de aguardente vínica. II) A proveniência vínica da aguardente será verificada pela relação 13 C / 12 C, pela abundância de 14 C e pelas Razões Isotópicas de Deutério/Hidrogénio.

23 O Vinho do Porto Envelhecimento Oxidativo Redutivo

24 O Vinho do Porto Tintos Ruby Tawny Oxidativo Menções (Velho, Reserva, Especial..) Redutivo Vintage LBV (Late Bottled Vintage

25 O Vinho do Porto Tintos Com Data de Colheita Com Indicação de Idade Tawny 10 Anos 20 Anos 30 Anos +40 Anos (40 anos)

26 O Vinho do Porto A Análise Sensorial Controlo da Qualidade pelo IVDP

27 O Vinho do Porto Evolução da cor Tintos Brancos

28 O Vinho do Porto Evolução da Cor - Brancos Novos Branco palha Velhos Branco dourado Alourado com tonalidade acobreada

29 O Vinho do Porto 60 Evolução da Cor - Tintos 25 Novos Vermelha Rubi violácea 8 Tinto alourado - Tawny 1 Alourado - Tawny Velhos Alourado com tonalidade acobreada

30 O Vinho do Porto Evolução do Aroma e Sabor Vinhos Tintos Novos Frutos vermelhos (framboesa, cereja, ) Frutos pretos (amora, ameixa, ginja, compota, uva passa, ) Floral (violeta, rosmaninho, esteva, )

31 O Vinho do Porto Evolução do Aroma e Sabor Vinhos Velhos Frutos secos (nozes, amêndoas, avelãs, caju, ) Torrefação ão,, café,, tostado, tabaco, Cacau, chocolate preto Mel Especiarias (canela, )

32 Região Demarcada do Douro

33 Região Demarcada do Douro Turismo

34 Região Demarcada do Douro Turismo

35 Região Demarcada do Douro Turismo

36 O Vinho do Porto Wine Elegance - Karen Karen Kauffman

37 O Vinho do Porto Wine Elegance - Karen Karen Kauffman

38 O Vinho do Porto Quanto à Cor Vinhos brancos Branco pálido Branco palha Branco dourado Vinhos Tintos Retinto Tinto Tinto alourado Alourado Alourado claro Fonte IVDP

39 O Vinho do Porto Quanto à Doçura Designação M. Volum (g/dm3) Baumé Açucar (g/l) Extra-seco < 0, < 40 Seco 0,9800 1, , Meio Seco 1,0080 1,0179 1,4 2, Doce 1,0180 1,0339 2,8 5, Muito Doce > 1,0340 > 5,0 > 130 Fonte IVDP

BRANCO VINHO BRANCO FERNÃO DE MAGALHÃES 2015 DOURO DOC. CELESTE MARQUES Gouveio, Viosinho, Rabigato e Fernão Pires Citrina. Floral e Frutos tropicais

BRANCO VINHO BRANCO FERNÃO DE MAGALHÃES 2015 DOURO DOC. CELESTE MARQUES Gouveio, Viosinho, Rabigato e Fernão Pires Citrina. Floral e Frutos tropicais V i nh os BRANCO VINHO BRANCO 2015 DOC 12,5% VOL. Gouveio, Viosinho, Rabigato e Fernão Pires Citrina Floral e Frutos tropicais Beber frio entre 7ºC e 10ºC Acompanham pratos de peixe e marisco ROSÉ 2015

Leia mais

Tipos de Vinho. Vinhos Tranquilos. Conheça os vários tipos de vinho e as suas características.

Tipos de Vinho. Vinhos Tranquilos. Conheça os vários tipos de vinho e as suas características. Tipos de Vinho Conheça os vários tipos de vinho e as suas características. Vinhos Tranquilos São vinhos com ausência total de gás, ao contrário dos vinhos espumantes. Podem ser brancos, tintos, ou ainda

Leia mais

Vallado Douro Branco. Aroma: Floral e fruta bem madura com algumas notas de melão.

Vallado Douro Branco. Aroma: Floral e fruta bem madura com algumas notas de melão. Vallado Douro Branco Aroma: Floral e fruta bem madura com algumas notas de melão. Sabor: Vinho muito mineral e fresco, com sabor equilibrado e persistente com notas cítricas. Vinificação: As uvas, provenientes

Leia mais

LITEL LITOGRAFIA E EMBALAGENS, LDA.

LITEL LITOGRAFIA E EMBALAGENS, LDA. www.ribadouro.pt LITEL LITOGRAFIA E EMBALAGENS, LDA. A continuidade da tradição A Cooperativa Ribadouro situa-se na região de Trás-os-Montes, próxima da cidade de Miranda do Douro na Vila de Sendim. Com

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO

CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO ESTUDO DA EVOLUÇÃO DA MATURAÇÃO - 2009 CENTRO DE ESTUDOS VITIVINÍCOLAS DO DOURO José Joaquim Guerra Enologia - 10 de Dezembro de 2009 ÍNDICE A. Introdução. Objectivos... 3 B. Material e Métodos... 3 C.

Leia mais

Vinhos do Porto. White Dry White White 10 Anos. Ruby Dum Ruby Junior Tinto LBV 2005 Vintage 2007 Pisca Vintage 2007

Vinhos do Porto. White Dry White White 10 Anos. Ruby Dum Ruby Junior Tinto LBV 2005 Vintage 2007 Pisca Vintage 2007 Vinhos do Porto White Dry White White 10 Anos Ruby Dum Ruby Junior Tinto LBV 2005 Vintage 2007 Pisca Vintage 2007 Tawny Dee Tawny Senior Tawny 10 Years Old Tawny 20 Years Old Tawny 30 Years Old Tawny Colheita

Leia mais

Alvarinho Reserva Alvarinho

Alvarinho Reserva Alvarinho Dona Paterna Alvarinho e Trajadura Alvarinho e Trajadura Dona Paterna Alvarinho Alvarinho Dona Paterna Alvarinho Reserva Alvarinho Aguardente Dona Paterna Alvarinho Aguardente Dona Paterna Alvarinho Velhíssima

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Região: Douro. Sub-Região: Douro Superior Ano: Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz.

FICHA TÉCNICA. Região: Douro. Sub-Região: Douro Superior Ano: Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. CASTELL US TINTO DOC Da congregação das diversas castas desta região, nasce um vinho de cor intensa com um aroma a frutos vermelhos, verdadeiro néctar de alta qualidade. Região: Douro FICHA TÉCNICA Sub-Região:

Leia mais

PROSPECÇÃO DAS CASTAS ANTIGAS DA REGIÃO DEMARCADA DO DOURO, REGIÃO DEMARCADA TÁVORA-VAROSA E REGIÃO VITIVINÍCOLA DE TRÁS-OS-MONTES

PROSPECÇÃO DAS CASTAS ANTIGAS DA REGIÃO DEMARCADA DO DOURO, REGIÃO DEMARCADA TÁVORA-VAROSA E REGIÃO VITIVINÍCOLA DE TRÁS-OS-MONTES PROSPECÇÃO DAS CASTAS ANTIGAS DA REGIÃO DEMARCADA DO DOURO, REGIÃO DEMARCADA TÁVORA-VAROSA E REGIÃO VITIVINÍCOLA DE TRÁS-OS-MONTES Caracterização da RDD Região Demarcada do Douro Portugal, Trás-os-Montes

Leia mais

Região Vitivinícola do Algarve

Região Vitivinícola do Algarve Região Vitivinícola do Algarve Região Vitivinícola do Algarve 1 Índice 1. Introdução pág. 3 2. Caracterização da região pág. 3 3. Castas pág. 4 4. Tipos de vinhos pág. 4 5. Rótulos premiados pág. 5 6.

Leia mais

INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO

INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO Página 1 de 5 Considerando que no domínio da certificação e controlo da Denominação de Origem (DO) tem sido política do IVDP reforçar da sua intervenção em fases a jusante do processo produtivo de forma

Leia mais

Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos

Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos Contributo para o Estudo de Castas e Porta-Enxertos Campos de Xisto e Granito - Numão Eduardo Abade Novembro 2009 ÍNDICE Índice de Gráficos... 3 INTRODUÇÃO... 4 1. MATERIAL E MÉTODOS... 5 1.1. Campos Experimentais...

Leia mais

Título da apresentação. Lisboa, Fevereiro 2009

Título da apresentação. Lisboa, Fevereiro 2009 Título da apresentação Lisboa, Fevereiro 2009 Principais castas portuguesas Espadeiro Tintas Trincadeira Touriga Nacional Jaen Castelão Touriga Franca Baga Alfroncheiro Moreto Tinta Negra Tinta Barroca

Leia mais

Vale Pereiro Branco 2013

Vale Pereiro Branco 2013 TERRAS DO SUL TINTO EMBALAGEM: Bag in Box (5 e 15 Lt) Vinho de Mesa CARACTERÍSTICAS DO VINHO: Grau Álcool: 12 % vol. Vinificação: Em auto-vinificadores com remontagens programadas. Estágio: Vinho do ano.

Leia mais

Somos uma parceria, uma ideia, uma ligação entre a produção e o prazer de saborear um copo de vinho. Somos o conceito de homenagem e gratidão.

Somos uma parceria, uma ideia, uma ligação entre a produção e o prazer de saborear um copo de vinho. Somos o conceito de homenagem e gratidão. A W4U Wine Concept S.A. nasce de um sonho empreendedor, de uma paixão pela natureza e por aquilo que ela nos oferece livremente, pelo eterno gosto do mundo dos vinhos e pelo árduo foco no mercado patente

Leia mais

Redescubra Portugal. Viva os sabores deste país pelos vinhos da GRK. Onde comprar: GRK Products

Redescubra Portugal. Viva os sabores deste país pelos vinhos da GRK. Onde comprar: GRK Products Redescubra Portugal. Viva os sabores deste país pelos vinhos da GRK. Intimista Branco Riqueza de sabor com a tipicidade da região. Ótimo para os dias quentes de verão. Adega de Penalva Dão Franco-arenoso

Leia mais

Vertice Reserva Bruto 10 Trás-Os-Montes 25,00

Vertice Reserva Bruto 10 Trás-Os-Montes 25,00 GRANDES ESCOLHAS VINHO BRANCO Soalheiro Reserva Alvarinho 13 Minho 45,00 Redoma Rabigato, Códega, Viosinho, Donzelinho & Gouveio 14 Douro 31,00 Campolargo Cerceal 14 Bairrada 40,00 Qta dos Carvalhais Reserva

Leia mais

Small producer, big wines.

Small producer, big wines. Small producer, big wines. DOURO PORTUGAL Quem somos A Quinta do Javali é uma pequena propriedade de cerca de 18ha destinados a plantação de vinha. Localiza se junto à margem esquerda do rio Douro na freguesia

Leia mais

!!!! Grande Escolha Herdade Fonte Paredes 2012 Regional Alentejano Vinho Branco! Região: Alentejo. Colheita: Castas: 100% Chardonnay.

!!!! Grande Escolha Herdade Fonte Paredes 2012 Regional Alentejano Vinho Branco! Região: Alentejo. Colheita: Castas: 100% Chardonnay. Grande Escolha Herdade Fonte Paredes 2012 Regional Alentejano Vinho Branco Colheita: 2012 Castas: 100% Chardonnay. Prova organoléptica: Cor citrina. Excelente intensidade e complexidade aromática lembrando

Leia mais

Manual em caixas de 15 Kg Vinificação. cubas de aço inox. Estágio Maturação em cubas de aço inox durante 3 meses.

Manual em caixas de 15 Kg Vinificação. cubas de aço inox. Estágio Maturação em cubas de aço inox durante 3 meses. A Serenada Enoturismo integra duas parcelas de vinha: a vinha velha, plantada em 1961 e a nova em 2008. Os vinhos são frescos, minerais, complexos e elegantes. As vinhas situam-se a cerca de 10 km da orla

Leia mais

QUINTA DA PACHECA RESERVA

QUINTA DA PACHECA RESERVA \ Tipo Tinto V.Q.P.R.D. Douro Argilo calcário e arenoso Ficha Técnica QUINTA DA PACHECA RESERVA 12.10 2004 Predominância de Touriga Nacional; Tinta Roriz e Touriga Francesa Uvas com desengace (80%) fermentadas

Leia mais

O clube de vinhos Seleção de Janeiro/2017

O clube de vinhos Seleção de Janeiro/2017 O clube de vinhos Seleção de Janeiro/2017 A Guerra do Douro A primeira seleção do EnoClube de 2017 traz uma inovação: vamos promover uma pacífica guerra entre dois produtores do Douro e quem vai decidir

Leia mais

As vinhas estendem-se por uma área de 20 ha, o que nos permite obter uma produção de garrafas ano.

As vinhas estendem-se por uma área de 20 ha, o que nos permite obter uma produção de garrafas ano. A Quinta de Carapeços, Lda., produtora de Vinho Verde, é uma empresa familiar estabelecida apenas em 2003, apesar da produção de uvas de altíssima qualidade se verificar na propriedade há mais de 200 anos.

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PORTO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PORTO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PORTO 1. Nome a proteger: «Porto», incluindo as designações «vinho do Porto», «vin de Porto», «Port wine», «Port», e seus equivalentes em outras línguas.

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS 3248-(2) Diário da República, 1.ª série N.º 115 16 de Junho de 2011 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS Portaria n.º 238-A/2011 de 16 de Junho A Portaria n.º 166/2005, de 11

Leia mais

o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l

o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l o m e l h o r v i n h o p o s s í v e l a o m e n o r p r e ç o p o s s í v e l Visconte i m p o r t a ç ã o, e x p o r t a ç ã o e d i s t r i b u i ç ã o d e v i n h o s t e l : ( + 5 5 6 1 ) 3 3 4 0

Leia mais

Caderno de Especificações IG AÇORES PGI-PT- A1447. I. NOME(S) A REGISTAR: Açores

Caderno de Especificações IG AÇORES PGI-PT- A1447. I. NOME(S) A REGISTAR: Açores I. NOME(S) A REGISTAR: Açores II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua Mouzinho

Leia mais

Manda o Governo, pelo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pesca, o seguinte:

Manda o Governo, pelo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pesca, o seguinte: A Portaria n.º 370/99, de 20 de Maio, e a Portaria n.º 424/2001, de 19 de Abril, reconheceram aos vinhos de mesa tinto, branco e rosado ou rosé da região do Ribatejo a possibilidade de usarem a menção

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: Cad. especificações IG Alentejano final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: Cad. especificações IG Alentejano final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Alentejano II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

Herdade da Figueirinha

Herdade da Figueirinha Pinot Noir 2009 O Pinot Noir 2009 é um Vinho Regional Alentejano produzido a partir da casta Pinot Noir, de uvas provenientes da, situada na região de Beja. Apresenta cor rubi intensa, aroma frutado, menta,

Leia mais

Espumantes. Descrição: Coloração amarelo dourado, aroma de frutas brancas como pêssego e abacaxi. Sabor apresenta um agradável equilíbrio e frescor.

Espumantes. Descrição: Coloração amarelo dourado, aroma de frutas brancas como pêssego e abacaxi. Sabor apresenta um agradável equilíbrio e frescor. Espumantes & Vinhos Espumantes Argentina Tamari Brut Descrição: Coloração amarelo dourado, aroma de frutas brancas como pêssego e abacaxi. Sabor apresenta um agradável equilíbrio e frescor. Alta Vista

Leia mais

Jantar Vínico No Restaurante O Parreirinha. Terça Feira, 30 de Abril às 20h30

Jantar Vínico No Restaurante O Parreirinha. Terça Feira, 30 de Abril às 20h30 Jantar Vínico No Restaurante O Parreirinha Terça Feira, 30 de Abril às 20h30 CASA FERREIRINHA VINHA GRANDE BRANCO 2010 TIPO: Tranquilo COR: Branco TONALIDADE: Esverdeado DESIGNAÇÃO DE ORIGEM: DOP Douro

Leia mais

LABORATÓRIO DA CVRVV Lista de Ensaios Acreditados

LABORATÓRIO DA CVRVV Lista de Ensaios Acreditados ALIMENTOS E AGRO-ALIMENTAR FOOD AND AGRI-FOOD PRODUCTS 1 Aguardente Vínica e 2 Aguardente Vínica e 3 Aguardente Vínica e 4 Aguardente Vínica e 5 Aguardente Vínica e 6 Aguardente Vínica e 7 Aguardente Vínica

Leia mais

LABORATÓRIO DA CVRVV Lista de Ensaios Acreditados

LABORATÓRIO DA CVRVV Lista de Ensaios Acreditados ALIMENTOS E AGRO-ALIMENTAR FOOD AND AGRI-FOOD PRODUCTS 1 Aguardente Vínica e 2 Aguardente Vínica e 3 Aguardente Vínica e 4 Aguardente Vínica e 5 Aguardente Vínica e 6 Aguardente Vínica e 7 Aguardente Vínica

Leia mais

Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE ABREVIATURAS. Colaboração

Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE ABREVIATURAS. Colaboração Caracterização Enológica de Castas Autóctones da Região do DOURO Joaquim Guerra Eduardo Abade DRAPN - Dezembro 8 Caracterização Enológica de Castas Autóctones do Douro ÍNDICE. INTRODUÇÃO... 3. MATERIAL

Leia mais

Com a missão de explorar este tesouro

Com a missão de explorar este tesouro DOURO PORTUGAL Quem somos A Quinta do Javali é uma pequena propriedade de cerca de 20 ha dos quais dez são destinados a plantação de vinha. Localiza se junto à margem esquerda do rio Douro na freguesia

Leia mais

Tel Fax

Tel Fax WINE PORTFOLIO PREMIUM VINHO DO PORTO ADEGA DE COLARES A SERENADA HERDADE DA AJUDA QUINTA PENEDO DO SALTO QUINTA DO SOBREIRÓ DE CIMA QUINTA DA FIRMIDÃO HERDADE DA AMENDOEIRA ALENTEJO & DOURO PORTO SINTRA

Leia mais

As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira

As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira Workshop Viticultura com futuro Auditório do Solar do IVDP - Régua, 06/03/2015 As mais-valias actuais e potenciais para as empresas resultantes da utilização da diversidade intravarietal da videira Elsa

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: Caderno especificações DOP Madeirense IVBAM final.

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: Caderno especificações DOP Madeirense IVBAM final. I. NOME(S) A REGISTAR: Madeirense II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua

Leia mais

Batuta 2008 Charme 2008 Redoma Tinto 2008 Redoma Branco 2009 Redoma Reserva Branco 2009 Redoma Rosé 2009 Tiara 2009 Girosol 2009 Doda 2007 Vertente

Batuta 2008 Charme 2008 Redoma Tinto 2008 Redoma Branco 2009 Redoma Reserva Branco 2009 Redoma Rosé 2009 Tiara 2009 Girosol 2009 Doda 2007 Vertente Batuta 2008 Charme 2008 Redoma Tinto 2008 Redoma Branco 2009 Redoma Reserva Branco 2009 Redoma Rosé 2009 Tiara 2009 Girosol 2009 Doda 2007 Vertente 2008 Batuta 2008 O Batuta é um vinho de extremos, dos

Leia mais

AVINHEZ. Tipo: Vinho Branco 5 L Graduação: 9 % Vol. Observações Exame Visual: Exame Olfativo: Exame Gustativo:

AVINHEZ. Tipo: Vinho Branco 5 L Graduação: 9 % Vol. Observações Exame Visual: Exame Olfativo: Exame Gustativo: AVINHEZ Tipo: Vinho Branco 5 L Graduação: 9 % Vol. Engarrafador: JDA Jarros D`Alegria Vinhos Lda. Castas: Brancas Tradicionais Portuguesas. Vinificação: Vinificado partir das castas brancas tradicionais

Leia mais

I. Preâmbulo fatores que influenciam as taxas de rendimento e as quebras

I. Preâmbulo fatores que influenciam as taxas de rendimento e as quebras Notas técnicas relativas às taxas de rendimento e quebras admissíveis na produção dos vinhos da Região Demarcada do Douro I. Preâmbulo fatores que influenciam as taxas de rendimento e as quebras É objeto

Leia mais

maria saudade verde branco verde rosé 3,65 3,65 Tipo: Rosé Tipo: Branco Ano: 2016 Castas: Vinhão e Alvarelhão

maria saudade verde branco verde rosé 3,65 3,65 Tipo: Rosé Tipo: Branco Ano: 2016 Castas: Vinhão e Alvarelhão Catálogo 2017 2 maria saudade 3,65 verde branco Ano: 2016 Castas:Alvarinho, Loureiro e Trajadura Região: Vinhos Verdes Enólogo: Nelson Carvalho/Jorge Sousa Pinto Teor de Álcool: 10,50% 3,65 verde rosé

Leia mais

I. NOME(S) A REGISTAR:

I. NOME(S) A REGISTAR: I. NOME(S) A REGISTAR: Porto (pt); Port (en); vinho do Porto (pt); Port Wine (en); vin du Porto (fr) ; Oporto (es); Portvin (da); Portwein (de); Portwijn (nl) II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e

Leia mais

Nomes de Vinhos Existentes Ficheiro técnico

Nomes de Vinhos Existentes Ficheiro técnico FICHEIRO TÉCNICO 1 /16 Número do processo: PDO-PT-A1540 Nomes de Vinhos Existentes Ficheiro técnico Projecto - Última acção «guardar» em 23/12/2011 18:29 por w0153579 I. NOME(S) A REGISTAR Porto (pt) Port

Leia mais

ALENTEJO. PORTUGAL

ALENTEJO. PORTUGAL ALENTEJO. PORTUGAL 2012-2013 estimado cliente É com o maior prazer que a Francisco B. Fino Sociedade Agrícola, Lda apresenta os seus vinhos Monte da Penha e as suas embalagens especiais para oferta. Temos

Leia mais

ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO

ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO Clique aqui e conheça os prêmios desse produtor ARROJO 2011 BRANCO DOC DOURO Teor Alcoólico: 12,50 %vol. Acidez Total: 5,30 g/l Ácido Tartárico. Açucares redutores: 2,00 g/dm³ PH: 3,33. Castas: Malvasia

Leia mais

*Acresce taxa de IVA em vigor 1

*Acresce taxa de IVA em vigor 1 QS 04 TINTO DOC DOURO CONSENSUAL GRANDE RESERVA 2003 É um vinho com boa concentração e muito bonito na cor. Aroma fino, com fruto limpo de amora e figo, fresco e floral com ligeiras notas balsâmicas. A

Leia mais

MUX MUX MUXAGAT TINTA BARROCA

MUX MUX MUXAGAT TINTA BARROCA MUX BRANCO / WHITE Castas/Grape Varieties: Rabigato, Field Blend de Castas antigas. Enólogo/Winemaker: Mateus Nicolau de Almeida Álcool / Alcohol: 13% MUX TINTO / RED Ano/Year : 2009 Castas/Grape Varieties

Leia mais

Viñas Don Martin SA pertence aos acionistas suíços e possui 60 hectares de vinhas a 1000 metros de altitude no Alto Agrelo, Mendoza na Argentina, uma zona privilegiada para o cultivo de variedades e excelentes

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO TABELA DE PREÇOS DE VENDA DE BENS

DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO TABELA DE PREÇOS DE VENDA DE BENS DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO TABELA DE PREÇOS DE VENDA DE BENS - 2012 (AO ABRIGO DA LEI Nº 2/2004, DE 15 DE JANEIRO, COM A NOVA REDACÇÃO DADA PELA LEI Nº 51/2005, DE 30 DE AGOSTO)

Leia mais

PONTVAL Vinhos. PONTVAL Vinhos

PONTVAL Vinhos. PONTVAL Vinhos PONTVAL Vinhos PONTVAL Vinhos Índice 1. A Companhia de Vinhos do Alandroal 3 2. Produção Vinícola 6 3. Vinhos 8 2 1. PLC - Companhia de Vinhos do Alandroal A PLC - Companhia de Vinhos do Alandroal A PLC

Leia mais

Caderno de Especificações

Caderno de Especificações Caderno de Especificações 1. Identificação do Nome: DÃO 1.1. Tipo de indicação geográfica Denominação de Origem Protegida (DOP) 2. Descrição do Vinho 2.1. Características do Produto Os vinhos com direito

Leia mais

REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES. Nuno Magalhães

REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES. Nuno Magalhães REGIÕES VITÍCOLAS PORTUGUESAS E PRINCIPAIS VARIEDADES Nuno Magalhães 01.03.2012 REGIÕES VITIVINÍCOLAS MINHO,TRANSMONTANO, DURIENSE BEIRAS (DO DÃO e DO LAFÕES) TEJO, LISBOA,ALENTEJANO PENINSULA DE SETUBAL,

Leia mais

Quinta da Bacalhôa. Bacalhôa. Tinto. Regional. Peninsula de Setúbal. 16 a 18ºC. Cabernet Sauvignon e Merlot. 14,5% vol

Quinta da Bacalhôa. Bacalhôa. Tinto. Regional. Peninsula de Setúbal. 16 a 18ºC. Cabernet Sauvignon e Merlot. 14,5% vol Quinta da Bacalhôa Peninsula 16 a 18ºC 14,5% vol Cabernet Sauvignon e Merlot Medalha de Bronze, Decanter World Wine Awards, 2013; Medalha de Bronze, International Wine Challenge, 2012; Medalha de Bronze,

Leia mais

ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO

ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO - 2007 CLASSIFICAÇÃO: Regional Ribatejano SUBREGIÃO: Tomar TIPO: Branco ANO: 2007 CASTAS: Fernão Pires (40%), Arinto (40%), Malvasia (20%) ANÁLISE SUMÁRIA: Teor alcoólico

Leia mais

ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO

ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO ENCOSTA DO SOBRAL VINHO BRANCO - 2007 CLASSIFICAÇÃO: Regional Ribatejano SUBREGIÃO: Tomar TIPO: Branco ANO: 2007 CASTAS: Fernão Pires (40%), Arinto (40%), Malvasia (20%) ANÁLISE SUMÁRIA: Teor alcoólico

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVR Lisboa-Caderno Especificações DO ÓBIDOS final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVR Lisboa-Caderno Especificações DO ÓBIDOS final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Óbidos II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua Mouzinho

Leia mais

DONA PATERNA ALVARINHO

DONA PATERNA ALVARINHO DONA PATERNA ALVARINHO Tipo: Branco Região: Monção Casta: 100% Alvarinho Teor Alcoólico: 13% Amadurecimento: Tanques de inox Cor: Palha Aroma: Fruta Branca, flores secas e notas herbáceas Paladar: Fresco,

Leia mais

ADEGA DE BORBA BRANCO

ADEGA DE BORBA BRANCO ADEGA DE BORBA BRANCO Especificações Técnicas Região:Borba Alentejo Portugal Classificação:D.O.C. Alentejo Tipo:Branco Colheita:2014 Castas: Roupeiro, Arinto e Antão Vaz Solos:Argilo-calcários e xistosos

Leia mais

Alicante Bouschet, Aragonez and Cabernet Sauvignon 2013 Tinto 90.5 Alentejo

Alicante Bouschet, Aragonez and Cabernet Sauvignon 2013 Tinto 90.5 Alentejo MEDALHA DE OURO Vinho Castas Ano Cor / Tipo Pontuação Região Sottal Moscatel, Arinto, Vital 2015 Branco 90.8 Lisboa Monólogo Arinto P24 Arinto 2015 Branco 90.5 Vinhos Verdes Touriga Nacional Touriga Franca,

Leia mais

Caderno de Especificações IG Transmontano PGI-PT-A1467. I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano

Caderno de Especificações IG Transmontano PGI-PT-A1467. I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano I. NOME(S) A REGISTAR: Transmontano II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua

Leia mais

Tipos de Vinho e Métodos de Vinificação

Tipos de Vinho e Métodos de Vinificação Disciplina LAN 1616 Tecnologia de Bebidas Tipos de Vinho e Métodos de Vinificação Thiago Sfreddo Hunoff Mestrando em Ciência e Tecnologia de Alimentos Piracicaba, 28 de março de 2017 Fonte: ExpoVinis

Leia mais

Caderno de Especificações - DO Beira Interior PDO-PT-A I. NOME(S) A REGISTAR: Beira Interior

Caderno de Especificações - DO Beira Interior PDO-PT-A I. NOME(S) A REGISTAR: Beira Interior I. NOME(S) A REGISTAR: Beira Interior II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

I. NOMES(S) A REGISTAR: Setúbal

I. NOMES(S) A REGISTAR: Setúbal I. NOMES(S) A REGISTAR: Setúbal II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço:

Leia mais

Quinta da Bacalhôa. Bacalhôa. Tinto. Regional. Peninsula de Setúbal. 16 a 18ºC. Cabernet Sauvignon e Merlot. 14,5% vol

Quinta da Bacalhôa. Bacalhôa. Tinto. Regional. Peninsula de Setúbal. 16 a 18ºC. Cabernet Sauvignon e Merlot. 14,5% vol Quinta da Bacalhôa Peninsula 16 a 18ºC 14,5% vol Cabernet Sauvignon e Merlot Medalha de Bronze, Decanter World Wine Awards, 2013; Medalha de Bronze, International Wine Challenge, 2012; Medalha de Bronze,

Leia mais

Concurso de Vinhos Douro & Porto REGULAMENTO

Concurso de Vinhos Douro & Porto REGULAMENTO REGULAMENTO O Concurso de Vinhos Engarrafados da Região Demarcada do Douro, vai realizar-se no dia 1 de Junho de, e terá uma periodicidade anual, tendo como: 1. OBJECTIVOS a) Estimular a produção de Vinhos

Leia mais

tel: fax:

tel: fax: ENCOSTA DO SOBRAL - VINHO BRANCO 2008 CLASSIFICAÇÃO: Regional Tejo SUBREGIÃO: Tomar Tipo: Branco Ano: 2008 CASTAS: Fernão Pires (40%), Arinto (40%), Malvasia (20%) ANÁLISE SUMÁRIA: Teor alcoólico - 13%

Leia mais

Caderno de Especificações IG Algarve PGI-PT-A1448. I. NOME(S) A REGISTAR: Algarve

Caderno de Especificações IG Algarve PGI-PT-A1448. I. NOME(S) A REGISTAR: Algarve I. NOME(S) A REGISTAR: Algarve II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Portugal Endereço: 5,

Leia mais

Requisitos Organolépticos Mínimos dos Produtos Vitivinícolas da Região de Lisboa

Requisitos Organolépticos Mínimos dos Produtos Vitivinícolas da Região de Lisboa Pag: 1 / 9 INTRODUÇÃO A Portaria n.º 739/2008, de 4 de Agosto designa a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVRLx) como entidade certificadora para exercer funções de controlo da produção e comércio

Leia mais

Castas. Castas. Noção de Terroir. O aroma varietal da casta. As castas representam diferentes variedades de videiras das quais o vinho é produzido.

Castas. Castas. Noção de Terroir. O aroma varietal da casta. As castas representam diferentes variedades de videiras das quais o vinho é produzido. Castas As castas representam diferentes variedades de videiras das quais o vinho é produzido. O termo casta tem a sua origem no latim significando pura, sem misturas. A casta é uma característica comum

Leia mais

M alva Real Portug al 1

M alva Real Portug al 1 1 2 WINE OF DOURO (Portugal) QUINTA DA FONTE NOVA D.O.C. O GRUPO MALVA REAL representa e distribui os vinhos do Douro QUINTA DA FONTE NOVA DOC. Trata-se de vinhos premiados e de alta qualidade, revelando

Leia mais

Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, Avintes Portugal

Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, Avintes Portugal Vinho Tinto Douro Papa Figos Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, 4527 4430-852 Avintes Consumir a: 16-18 C Teor Alcoólico: 13% Contém Sulfitos Não aconselhável a grávidas Vinho Tinto Douro Vallado Quinta

Leia mais

Espumantes. Frisante. Champagne. Brancos. Grand Reale (Doce) (Alc.9,5%) Asso (Doce) (Alc.7%) Raposeira ( Bruto / Meio Seco) (Alc.

Espumantes. Frisante. Champagne. Brancos. Grand Reale (Doce) (Alc.9,5%) Asso (Doce) (Alc.7%) Raposeira ( Bruto / Meio Seco) (Alc. Espumantes Grand Reale (Doce) (Alc.9,5%) Asso (Doce) (Alc.7%) Raposeira ( Bruto / Meio Seco) (Alc.12%) Adega Mãe (Bruto) (Alc.12%) Frisante Lambrusco Branco (Alc.8%) Lambrusco Rosé (Alc.8%) Champagne Piper-Heidsieck

Leia mais

PRODUCT PORTFOLIO PORTFOLIO PRODUTOS

PRODUCT PORTFOLIO PORTFOLIO PRODUTOS PRODUCT PORTFOLIO PORTFOLIO PRODUTOS APRESENTAÇÃO Fundada em 1978, a Adigeste Trading Lda. é uma empresa especializada no Comércio Internacional de Produtos Alimentares com sede em Vila Nova de Famalicão,

Leia mais

LISTA DE CONTROLO DE DOCUMENTOS LBPV - Acreditação Flexível Intermédia Ed. nº1 Anexo Técnico de Acreditação Nº L Ed nº23 de 29/07/2016

LISTA DE CONTROLO DE DOCUMENTOS LBPV - Acreditação Flexível Intermédia Ed. nº1 Anexo Técnico de Acreditação Nº L Ed nº23 de 29/07/2016 LISTA DE CONTROLO DE DOCUMENTOS LBPV - Acreditação Flexível Intermédia Ed. nº1 Anexo Técnico de Acreditação Nº L0209 - Ed nº23 de 29/07/2016 Nº Ensaio Produto Ensaio Metodologia Doc.Referência Edição Data

Leia mais

Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, Avintes Portugal

Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, Avintes Portugal Vinho Tinto Douro Papa Figos Sogrape Vinhos S.A. Rua 5 de Outubro, 4527 4430-852 Avintes Consumir a: 16-18 C Teor Alcoólico: 13% Contém Sulfitos Não aconselhável a grávidas Vinho Tinto Douro Vallado Quinta

Leia mais

Comportamiento de la variedade "Touriga Nacional" en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas

Comportamiento de la variedade Touriga Nacional en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas Comportamiento de la variedade "Touriga Nacional" en la Región Demarcada del Douro, en diferentes condiciones climáticas y edáficas Oliveira, Ana Alexandra; Magalhães, Nuno Departamento de Fitotécnia e

Leia mais

INTRODUÇÃO. Colaboradores:

INTRODUÇÃO. Colaboradores: INTRODUÇÃO Este catálogo agora editado, é o resultado de inúmeros ensaios e observações efectuadas nos campos experimentais do Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão e em vinhas da região, no período 1957-2000.

Leia mais

RÁPIDA HISTÓRIA DAS QUINTAS E BREVE ESTUDO ECONÔMICO

RÁPIDA HISTÓRIA DAS QUINTAS E BREVE ESTUDO ECONÔMICO RÁPIDA HISTÓRIA DAS QUINTAS E BREVE ESTUDO ECONÔMICO As Quintas, são pluricentenárias e foram adquiridas pela Família há perto de 30 anos. Ambas se situam em locais muitíssimo privilegiados. O seu negócio,

Leia mais

Vinhos brancos. - Agentes de transformação da uva - Maturação - Vinificação

Vinhos brancos. - Agentes de transformação da uva - Maturação - Vinificação Vinhos brancos - Agentes de transformação da uva - Maturação - Vinificação XIV Curso de Prova de Vinhos Vinhos Brancos António Luís Cerdeira Vinhos Verdes Vinificação em branco Recepção Desengace Esmagamento

Leia mais

Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior

Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior Prospecção das castas antigas na região da Beira Interior BEIRA INTERIOR Prospeção e conservação em larga escala da diversidade das castas antigas de videira em Portugal BEIRA INTERIOR AREA DE INFLUÊNCIA

Leia mais

Forum Anual dos Vinhos de Portugal A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES)

Forum Anual dos Vinhos de Portugal A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES) Forum Anual dos Vinhos de Portugal Palácio da Bolsa, Porto A BIODIVERSIDADE NAS CULTURAS-BASE DA CADEIA ALIMENTAR (CASTAS E CLONES) J.E. Eiras Dias, A. Graça, A. Martins 28 de Novembro de 2012 Variedades

Leia mais

Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes. Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços

Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes. Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços Colecção Uma Agricultura com Norte Caracterização de Castas Cultivadas na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes Sub-regiões de Chaves, Planalto Mirandês e Valpaços Mário Sousa Carlos Pereira Joaquim Guerra

Leia mais

Índice. Index. Conceito 02. O Vinho 03. Vinho do Mês 04. Vinhos a Copo 05. Espumantes e Champagnes 07. Vinhos Biológicos 08

Índice. Index. Conceito 02. O Vinho 03. Vinho do Mês 04. Vinhos a Copo 05. Espumantes e Champagnes 07. Vinhos Biológicos 08 CARTA DE VINHOS Índice. Index Conceito 02 Concept O Vinho 03 The Wine Vinho do Mês 04 Wine of the month Vinhos a Copo 05 Wine by Glass Espumantes e Champagnes 07 Sparkling Wine and Champagnes Vinhos Biológicos

Leia mais

DOURO & PORTO. uma nova estrela está a nascer no Douro

DOURO & PORTO. uma nova estrela está a nascer no Douro DOURO & PORTO uma nova estrela está a nascer no Douro DOURO Património da Humanidade A Região do Douro é a mais antiga região vinícola demarcada e regulamentada do mundo, havendo vestígios de cultivo da

Leia mais

Ciência para Vida - Curso de Degustação Embrapa

Ciência para Vida - Curso de Degustação Embrapa Ciência para Vida - Curso de Degustação Embrapa Celito Crivellaro Guerra Mauro Celso Zanus Conceito de qualidade Vinho de qualidade é aquele que possui bom equilíbrio entre suas características organolépticas

Leia mais

P O R T F O L I O 2013

P O R T F O L I O 2013 2013 P O R T F O L I O P O R T F O L I O PRODUTOR ENGARRAFADOR José Francisco Lopes Preto DENOMINAÇÃO DOC Trás-os-Montes REGIÃO E SUB-REGIÃO Trás-os-Montes, Planalto Mirandês SELECÇÃO DE CASTAS Touriga

Leia mais

VINHOS TINTOS FRANÇA PORTUGAL OLARIA SUAVE TERRAS DEL REI ÁFRICA DO SUL ESPANHA

VINHOS TINTOS FRANÇA PORTUGAL OLARIA SUAVE TERRAS DEL REI ÁFRICA DO SUL ESPANHA CARTA DE VINHOS VINHOS TINTOS CÔTES DU RHÔNE Abel Pinchard Rhône De cor vermelha rubi brilhante, jovem e de corpo médio. Aroma de frutas vermelhas, como ameixas e amoras. São ótimos para acompanhar pizzas.

Leia mais

MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013

MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013 FICHAS TÉCNICAS MONTE AMARELO BRANCO VINHO BRANCO 2013 Tipo: Branco Castas: Antão Vaz e Arinto Prova: apresenta cor amarelo citrino aroma citrino e frutos tropicais,com toque mineral, suave e fresco, com

Leia mais

Vinhos. Carta. devinhos

Vinhos. Carta. devinhos Vinhos Carta devinhos o vinho é o medicamento que rejuvenesce os velhos, cura os enfermos e enriquece os pobres (Platão) Espumantes Chandon Brut Caracteriza-se por sua delicada cor amarela com reflexos

Leia mais

Caderno de Encargos DO Portimão PDO-PT- A1452. I. NOME(S) A REGISTAR: Portimão

Caderno de Encargos DO Portimão PDO-PT- A1452. I. NOME(S) A REGISTAR: Portimão I. NOME(S) A REGISTAR: Portimão II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua

Leia mais

Como servir: Ideal para acompanhar pratos de carne, grelhados, queijos e pastas. Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC a 16º C.

Como servir: Ideal para acompanhar pratos de carne, grelhados, queijos e pastas. Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC a 16º C. Alentejo-pt sãopaulo-br ALENTEJO Syrah, Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional e Alicante Bouschet Grau de Teor Alcoólico: 13,5% Vinificação em depósitos de aço inox com controle da temperatura. Todas as

Leia mais

A Reg ão Demarcada do Douro

A Reg ão Demarcada do Douro A Reg ão Demarcada do Douro A Região Demarcada do Douro situa-se nos vales do rio de mesmo nome e de alguns de seus afluentes, tais como: Corgo, Távora, Pinhão, Tua, Torto, Côa e Sabor. A Região estende-se

Leia mais

CABEÇO DA PEDRA VINHO TINTO 2007

CABEÇO DA PEDRA VINHO TINTO 2007 CABEÇO DA PEDRA VINHO TINTO 2007 CLASSIFICAÇÃO : Vinho Regional Ribatejano SUBREGIÃO : Tomar CASTAS: Castelão (60%), Tinta Roriz (40%) CLIMA: Mediterrânico Temperado ANÁLISE SUMÁRIA : Teor Alcoólico 13%

Leia mais

LEVEDURAS CHALLENGE. São 3 as características que distinguem a gama de leveduras Challenge:

LEVEDURAS CHALLENGE. São 3 as características que distinguem a gama de leveduras Challenge: LEVEDURAS São as características que distinguem a gama de leveduras Challenge: Segurança: o primeiro requisito que devem possuir as leveduras seleccionadas para a gama Challenge é assegurar uma fermentação

Leia mais

CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO

CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO CASTAS DO DÃO POTENCIAL VITÍCOLA E ENOLÓGICO Plano de Acção Agro-Florestal para a Fileira Vitivinícola na Região Demarcada do Dão JORGE BRITES, VANDA PEDROSO, SÉRGIO MARTINS e CARLOS SILVEIRA DRAPC Centro

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: caderno especificações IGP Terras Madeirenses IVBAMfinal.

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES Estatuto: Em anexo Nome do processo: caderno especificações IGP Terras Madeirenses IVBAMfinal. I. NOME(S) A REGISTAR: Terras Madeirenses II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE: Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, I.P. Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço:

Leia mais

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVRLisboa-Caderno Especificações DO ALENQUER final.pdf

III. CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES: Estatuto: Em anexo Nome do processo: CVRLisboa-Caderno Especificações DO ALENQUER final.pdf I. NOME(S) A REGISTAR: Alenquer II. DADOS RELATIVOS AO REQUERENTE Nome e título do requerente: Instituto da Vinha e do Vinho, IP Estatuto jurídico: Instituto Público Nacionalidade: Endereço: 5, Rua Mouzinho

Leia mais