Programação Científica da SPA para Medicred: novo posto de atendimento junto à SPA/Copan

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação Científica da SPA para 2009. Medicred: novo posto de atendimento junto à SPA/Copan"

Transcrição

1 Ano XII - nº JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO Sociedade Paranaense de Anestesiologia Rua Itupava, Curitiba PR Fone: CNPJ / Programação Científica da SPA para 2009 Medicred: novo posto de atendimento junto à SPA/Copan Pacotes especiais do Mabu Thermas & Resort para a Jornada Paranaense de Anestesiologia

2 PALAVRAS DO PRESIDENTE É com grande satisfação e responsabilidade para com o dever que presidirei a SPA neste biênio que inicia. Trabalharemos em equipe composta pelos colegas Ricardo, Paulo, Mohamad, Angel, Simoni, Beatriz e Matheus. Contaremos ainda com a participação do amigo e conselheiro Clovis e com o inestimável auxílio do nosso secretário Thiago e da funcionária Marilza. Nossa passagem pela diretoria da sociedade será balizada pelos bons exemplos do excelente trabalho daqueles que nos antecederam. Pessoas que em nome dos interesses da coletividade muito abdicaram, inclusive no âmbito pessoal. Podemos dizer que, de certo modo, o presidente da SPA acaba dando à gestão certa feição de sua própria formação. Isto em um ambiente democrático, procurando junto com seus pares atender aos anseios dos sócios de Curitiba e das diferentes regiões do Paraná. Neste sentido aproveito a oportunidade para agradecer às pessoas que de algum modo participaram de minha formação. Em primeiro plano à minha família que desde cedo me ensinou a ver na educação o mais valioso de todos os bens, o único que jamais poderia ser retirado por quem quer que fosse. Ao Dr. Sérgio Bernardo Tenório por um dia ter dito a um doutorando preocupado com o mercado de trabalho para o médico: Para o profissional qualificado não faltam oportunidades e algum tempo depois ter participado ativamente na capacitação do mesmo. Aos anestesiologistas do CET do Hospital de Clínicas da UFPR e em especial ao saudoso Dr. Iran José Bittencourt, in memorian, por tornar aquele período agradável com sua sabedoria. Ao Dr. Antônio Leite Oliva Filho por ter organizado uma equipe segundo princípios e critérios justos de relacionamento e remuneração, bem como por estimular o associativismo e o aperfeiçoamento científico. Aos colegas da equipe de anestesiologia dos Hospitais Vita Curitiba e Vita Batel que frente a todos os desafios do dia-a- dia se esforçam em manter vivos aqueles mesmos princípios e critérios. Fato este que me possibilitou assumir a presente função com o apoio e o suporte necessários. Aos amigos Eduardo Ferreira de Oliveira Filho, Roberto Bastos da Serra Freire e Rohnelt Machado de Oliveira, que me auxiliaram com seus conhecimentos acerca do cooperativismo e bem me receberam na diretoria da Copan. Dedico este período de minha vida profissional aos amigos Pedro Paulo Tanaka e Maria Aparecida de Almeida Tanaka cujo convívio diário me faz muita falta, com seus conselhos e apoio. É bem verdade que quem encontra um amigo encontra um tesouro. Bem, hora de trabalhar! E posso dizer que nossa equipe está com toda a programação científica para 2009 delineada e em andamento. Procuraremos, na medida do possível, atender eventuais incrementos na mesma. Os projetos Jornada Paranaense e Josulbra 2010 estão adiantados e certamente os sócios que participarem terão grande retorno. Para 2009 teremos muitas novidades, inclusive no que tange à nossa sede, que serão reveladas em momento oportuno. Será um ano de alinhamento ainda maior a nossa entidade mãe SBA, com orientação segundo a missão, visão e objetivos estratégicos desta. Lembramos que a SPA está de portas abertas para receber críticas e sugestões, e esperamos que todos participem de nossas atividades. Um grande abraço a todos e até breve. Dr. Fábio Maurício Topolski Presidente da Sociedade Paranaense de Anestesiologia Gestão 2009/2010 EXPEDIENTE Presidente: Dr. Fábio Maurício Topolski Vice-Presidente: Dra. Angel Oliveira Serra Zanetti Diretor Científico: Dr. Ricardo Lopes da Silva Vice-Diretor Científico: Dr. Mohamad Charif Mohamad Youssef Secretário: Dr. Matheus Felipe Oliveira Salvalaggio Segundo Secretário: Dra. Beatriz Garcia Sluminsky Tesoureiro: Dr. Paulo Bayer Tuleski Segundo Tesoureiro: Dra. Simoni Ramos Shiomi Edição e Revisão de Textos: Davi Perez Diagramação: Cecilia Yojo Tiragem: 700 exemplares Impressão: Freegraf Sociedade Paranaense de Anestesiologia Rua Itupava, Curitiba - PR Fone: CNPJ /

3 Diretoria da SBA No dia 10 de janeiro de 2009 tomou posse oficialmente a nova Diretoria da Sociedade Brasileira de Anestesiologia para a Gestão de 2009: Presidente Vice-Presidente Tesoureiro Diretor DO DEPARTAMENTO DE DEFESA PROFISSIONAL Secretário GERAL Diretor DO DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Luiz Antonio Vane Carlos Eduardo Lopes Nunes Henri Braustein José Mariano Soares de Moraes Márcio de Pinho Martins Airton Bagatini SC SP rj MG RJ rs Diretoria da SPA No dia 11 de fevereiro de 2009 foi empossada oficialmente a Diretoria da SPA, durante a Assembléia Geral Ordinária. Na ocasião foram ainda apresentados os balanços do ano de 2008, relatórios da Diretoria anterior, previsão do orçamento 2009, inclusive com estabelecimento do valor da anuidade do ano corrente no valor de R$ 460,00 com vencimento para 30 de maio de Finalizando a Assembléia foram indicados pela Diretoria os nomes dos doutores Octaviano Baptistini Júnior e Débora de Oliveira Cumino para a outorgação do Título de Sócios Honorários da SPA, levando-se em consideração os serviços prestados à entidade. Diretoria SPA Biênio Diretor DO DEPARTAMENTO Científico Nádia M. da Conceição Duarte PE Presidente Dr. Fábio Maurício Topolski Consulta sobre a festa do Dia do Anestesiologista Com o intuito de atender às expectativas dos sócios da SPA quanto à Festa em comemoração ao Dia do Anestesiologista, a Diretoria está iniciando uma consulta aos membros para saber as suas impressões e suas sugestões sobre a melhor forma de promovermos uma confraternização que agrade a todos. As perguntas abordarão, por exemplo, a preferência por comemorações diurnas ou um jantares, por festas formais ou descontraídas, questões sobre o traje, dentre outras. Nos próximos dias, enviaremos via um pequeno questionário, cujas respostas balizarão a formatação da Festa nos próximos anos. Para participar, além da resposta através do correio eletrônico, é possível a manifestação por telefone (41) , com Thiago, ou por questionários impressos que estarão disponíveis no balcão de atendimento da Copan, na sede da SPA. Não deixe de Vice-Presidente Diretor Científico Vice-Diretor Científico Secretário Segundo Secretário Tesoureiro Segundo Tesoureiro Dra. Angel Oliveira Serra Zanetti Dr. Ricardo Lopes da Silva Dr. Mohamad Charif Mohamad Youssef Dr. Matheus Felipe Oliveira Salvalaggio Dra. Beatriz Garcia Sluminsky Dr. Paulo Bayer Tuleski ATENÇÃO A DATA LIMITE PARA O PAGAMENTO DA ANUIDADE DA SPA É DIA 30 DE MAIO. PROGRAME-SE! NOTA DA TESOURARIA Na última Assembléia Geral, ficaram definidos os valores e as formas de pagamento da anuidade da SPA para o ano de Para os médicos residentes, o valor da anuidade será de R$ 200,00 para pagamento à vista, ou R$ 230,00 parcelados em até 4 vezes, com data de pagamento prevista para o dia 30 de março. Para os sócios ativos e adjuntos, o valor da anuidade 2009 será de R$ 400,00 para pagamento à vista, ou R$ 460,00 parcelados em até 4 vezes, com data de pagamento prevista para o dia 30 de maio. Lembramos ainda que, dos sócios inadimplentes, será cobrada uma taxa de readmissão no valor de R$ 50,00. Informamos, também, que os boletos de cobrança serão enviados a todos os sócios no primeiro dia útil do mês de abril. No boleto estará descrita a possibilidade do pagamento integral da anuidade ou apenas da primeira parcela. Se o sócio optar pelo pagamento parcelado, os demais boletos serão enviados via Correios nos meses seguintes. Qualquer informação adicional pode ser obtida com Thiago, na sede da SPA. Solicitamos aos sócios, manterem seus cadastros atualizados junto à SPA/Copan e SBA. Dr. Paulo Bayer Tuleski e Dra. Simoni Ramos Shiomi Tesouraria SPA 3

4 Programação Científica SPA 2009 CURITIBA 7 de março Sábado da Raqui 3 e 4 de abril Módulo de Anestesia Pediátrica 7 de maio Módulo Arritmias e Marcapasso 5 e 6 de junho Módulo de Anestesia em Cirurgia Plástica 18 e 19 de julho Sava (a confirmar) 7 e 8 de agosto Módulo de Ventilação Mecânica em Anestesia 2 e 3 de outubro Módulo de Anestesia em Cirurgia Cardíaca INTERIOR 21 e 22 de março Cascavel e Foz do Iguaçu Módulo de Atualização 25 de abril Ponta Grossa 20 de junho Paranavaí 21 de agosto Maringá 22 de agosto Guarapuava 16 e 17 de outubro Londrina 5 a 7 de setembro Foz do Iguaçu iii Jornada Paranaense de Anestesiologia Presença das Diretorias da SPA / Copan na JONNA Estiveram presentes na XXXIII Jornada Norte-Nordeste de Anestesiologia, em Belém do Pará, entre os dias 26 e 28 de março de 2009, os doutores Fábio Maurício Topolski, Presidente da SPA representando a SPA e Copan, Ricardo Lopes da Silva, Diretor Científico da SPA, também representando a Sociedade, e Eduardo Ferreira de Oliveira Filho, Presidente e representando a Copan. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar os colegas paraenses pelo sucesso na realização do evento. As Diretorias da SPA e Copan pretendem manter a representação de seus sócios-cooperados e do Estado do Justificativa da Stanford University Workshop de Anestesia Regional Guiada por Ultrassom Por motivos alheios à vontade da Diretoria da SPA, lamentamos informar que o Simpósio Internacional de Anestesia Regional Guiada por Ultrassom, que seria realizado em parceria com o Departamento de Anestesiologia da Universidade de Stanford foi temporariamente cancelado. Já estávamos com a estrutura pronta, com os convidados nacionais confirmados e com todos os equipamentos providenciados, quando fomos informados do cancelamento. Os representantes da Universidade alegaram que com a antecipação da inauguração do Centro Cirúrgico Ambulatorial do Hospital da Universidade de Stanford, não haveria disponibilidade do número necessário de anestesiologistas para a aplicação do Curso na data prevista, o que comprometeria a qualidade com que é habitualmente executado. Devido à importância do assunto, estamos tentando viabilizar a realização do mesmo curso em parceria com outra universidade americana. Caso se confirme a sua realização, a SPA comunicará imediatamente aos seus associados. Aos que já efetuaram a inscrição, entraremos em contato para devolvermos o valor pago; e se for possível realizar o curso ainda neste ano, manteremos a reserva de vaga daqueles que já estavam inscritos para este simpósio, por ora cancelado. Pedimos desculpas por eventuais transtornos que este fato possa ter causado aos nossos sócios. A SPA no interior do estado A SPA esteve, nos dias 22 e 23 de março, nas cidades de Cascavel e Foz do Iguaçu, respectivamente. Na oportunidade, os doutores Ricardo Lopes da Silva e Clovis M. Corso ministraram aulas com temas solicitados pelos colegas das duas cidades. Um expressivo número de anestesiologistas compareceu às duas atividades científicas, que associaram atualização e confraternização. Destacamos a participação dos doutores Luciano Simm (Cascavel) e Andréa L. Kraemer (Foz do Iguaçu), membros da Comissão Científica e representantes da SPA para estas cidades, que não mediram esforços em organizar com esmero as atividades junto aos seus pares. 4

5 Sábado da Raqui No dia 7 de março ocorreu mais uma edição do Sábado da Raqui, no Hotel Quality em Curitiba-PR. O evento foi muito prestigiado por nossos associados. Cento e dez pessoas compareceram para assistir as aulas, durante todo o dia, deste importante tema que faz parte da rotina de milhares de anestesiologistas brasileiros. Agradecemos a participação de todos, e em especial aos palestrantes que vieram abrilhantar este grande evento da SPA. 5

6 CONHEÇA O SÓCIO DA SPA Dr. Octaviano Baptistini Júnior O tempo passa, as recordações ficam, e os fatos são esquecidos... Este pensamento nos foi trazido pelo próprio Dr. Octaviano, protagonista da coluna Conheça os Sócios da SPA desta edição, e cabe bem a um dos nossos propósitos, o de não deixar cair no esquecimento as valiosas contribuições de sócios que trabalham para o fortalecimento da anestesiologia paranaense. Aos 65 anos de idade o Dr. Octaviano é um respeitado anestesiologista e destaca-se por sua constante atuação em prol da coletividade, conforme podemos constatar em seu extenso currículo. Diz que uma pessoa só se faz através do trabalho em equipe, e, ao nos contar algumas passagens de sua trajetória, ele faz questão de ressaltar a importância dos amigos e colegas. Desde cedo, no ginásio, o então menino Octaviano percebeu a força da ação cooperativa. Ele trabalhava em uma livraria e observando o sistema de compras deu-se conta de que também poderia comprar os livros diretamente dos fornecedores e distribuir a preço de custo aos colegas. Uniu-se aos professores e alunos e fundou a Primeira Cooperativa do Livro Escolar do Instituto de Educação Bento de Abreu, em Araraquara - SP, sua terra natal. Entre 1987 e 1988 assumiu a presidência da SPA e decidiu quebrar a hegemonia das duas maiores regionais da SBA. Para dar voz a todos no cenário nacional da anestesiologia promoveu a união das pequenas em um movimento que posteriormente veio a ser denominado Partidão. Com isso as relações foram democratizadas, as regionais ganharam mais representatividade e também todos os paranaenses foram colocados em destaque. O ano de 1989 tem um lugar especial na memória do Dr. Octaviano pelo sucesso da Jornada Sul-Brasileira de Anestesiologia de Foz do Iguaçu, na qual ele participou da organização; recorda-se saudoso da apresentação de Luiz Arruda Paes Coral e Orquestra, no palco montado à beira da piscina do Hotel Internacional Foz; e do grande alcance do evento que atingiu mais de dois mil participantes e foi amplamente patrocinado. O Dr. Octaviano sente-se orgulhoso do espírito associativo, científico e cultural da SPA. E nós sentimo-nos honrados por tê-lo conosco participando ativamente dessa construção coletiva Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná Residência em Anestesiologia no Hospital de Clínicas Universidade Federal do Paraná. 1976/1977 Primeiro Secretário da SPA Sociedade Paranaense de Anestesiologia Idealizador da Central de Luto do Município de Curitiba PR 1978/1979 Primeiro Secretário da SPA. 1980/1982 Tesoureiro da Comissão Organizadora do XXIX CBA Congresso Brasileiro de Anestesiologia. 1980/1982 Diretor Secretário Geral da AHOPAR Associação dos Hospitais do Estado do Paraná e do Sindicato dos Hospitais de Curitiba e Região Metropolitana Sócio Fundador da Copan Cooperativa Paranaense dos Anestesiologistas Membro do Conselho Consultivo e Fiscal da SPA 1983/1984 Primeiro Tesoureiro da SPA. 1983/1988 Conselheiro do CRM Conselho Regional de Medicina Regional Paraná. 1983/1988 Membro da Comissão de Fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Estado do Paraná. 1984/2000 Membro do Conselho Fiscal da SBA Sociedade Brasileira de Anestesiologia. 1987/1988 Presidente da SPA. 1987/1988 Membro do Conselho Fiscal da Copan. 1988/1989 Membro Suplente do Conselho Consultivo e Fiscal da Copan. 1988/1991 Conselheiro do CRM Regional Paraná. 1989/1990 Membro do Conselho Consultivo e Fiscal da SPA. 1991/1998 Fundador e Diretor Executivo da Diretoria Administrativa da FEBRACAN Federação Brasileira das Cooperativas de Anestesiologia. 1991/2001 Diretor Financeiro da Copan. 1992/1995 Diretor Secretário Geral da AHOPAR Associação dos Hospitais do Estado do Paraná. 1993/1995 Fundador e Superintendente da Cooperativa de Prestadores de Serviços na Área de Saúde do Paraná. 1975/1999 Diretor Administrativo da Casa de Saúde São Francisco de Curitiba Ltda. 2000/2001 Coordenador Médico de Assistência ao Prestador da UNIMED Curitiba e auditor de Intercâmbio. 2000/2001 Membro da Comissão de Reforma Estatutária da UNIMED Curitiba. 2000/2001 Membro da Comissão de Reforma Estatutária da Federação das UNIMEDs do Estado do Paraná. 2001/2002 Membro do Conselho Fiscal da Federação das UNIMEDs do Paraná. 2001/2002 Membro do Conselho Fiscal e da Comissão de Ética na Defesa Profissional da SPA. 2001/2003 Diretor Presidente da Copan. 2003/2004 Coordenador do Conselho Fiscal da Copan. 1998/2006 Diretor Presidente e Fundador da MEDICRED Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Profissionais Médicos de Curitiba e Região Metropolitana Curso de Normas Técnicas e Micro-Finanças promovido pelo Banco Central do Brasil até a presente data Médico Auditor da Unimed Curitiba e Revisor do Manual de Auditoria Médica e de Enfermagem da Unimed Curitiba. 6

7 O Bom Filho à Casa Torna Parodiando a parábola do Filho Pródigo, após um período de maturação, aprendizado e desenvolvimento, a Medicred volta a se integrar a sua origem. A Cooperativa de Crédito nasceu do empenho das administrações da SPA e da Copan, nos anos 90, quando alguns colegas começaram a se preocupar com o futuro incerto do trabalho autônomo. Aqueles com um pouco mais de idade se davam conta que a Previdência Social, isolada, não daria sustento ao futuro, o que prenunciava quebra de padrão de vida quando o passar do tempo trouxesse a incapacidade produtiva. Logicamente, pelo rito legal e estatutário, seria impossível inventar aposentaria em trabalho Cooperativo (na Copan), mesmo que alguns auxílios tivessem sido criados para pausas temporárias de produção, por acidente ou doença, como o Plano Copan ANO X, ou pausas definitivas, como PIM, na Copan, e o PAM na FEBRACAN. De qualquer forma, com o registro do anseio, contratouse assessoria para estudar alternativas. Os planos de previdência privada ainda eram incipientes e os montepios já tinham se esvaído com o processo inflacionário da época. Dentro das normativas do Banco Central então vigentes, vislumbrou-se a possibilidade de atingir o intento com a criação de uma Cooperativa de Crédito. Amadureceu-se a idéia com a contratação de um ex-funcionário do Banco do Brasil e irmão de colega, o Sr. José Bernardo V. Araújo, que se aprofundou no tema e organizou todo o processo da criação, em trabalho conjunto no qual se envolveram diretamente os doutores Octaviano Baptistini Júnior, Roberto Bastos da Serra Freire e Eduardo Ferreira de Oliveira Filho. O propósito seria a constituição de Capital Social, com capitalização individual progressiva, incrementada anualmente com a distribuição das sobras da Cooperativa de Crédito. Quando fosse necessário, o associado que se decidisse pela aposentadoria poderia utilizar aquele montante por ele capitalizado, à medida de sua necessidade. Assim começamos, todos juntos, na mesma sede, na Manoel dos Santos Barreto, 10. Em 27 de julho de 1998, nascia formalmente, em Assembléia, a Medicred, com a proposta de extensão para toda a classe médica da Região Metropolitana. Como a sede ficou pequena após 3 anos de intensa atividade, a Medicred mudou-se para um imóvel na mesma rua, em frente, mas sempre com o plano de, num dia futuro, termos um imóvel que pudesse nos abrigar a todos: SPA, Copan e Medicred. O sonho foi perturbado. Novas regulamentações do Banco Central impediram o uso do Capital Social como investimento. O conceito inicial da fundação foi estremecido. Mas a Cooperativa de Crédito já era uma realidade com toda a assistência financeira aos associados, de forma a obter todos os serviços a custos mais baixos que a rede bancária. E ainda que não se pudesse fazer uso do capital social para o objetivo original, surgiram os fundos de Previdência Privada e outras aplicações que também são serviços oferecidos pela cooperativa de crédito. Por necessidades e oportunidades, a SPA e Copan mudaram-se para a Rua Itupava, 71, e a Medicred as acompanhou em 2002, transferindo-se para a mesma quadra, no número 157. Embora em imóveis separados, mantinha-se a proximidade. Nesta ocasião também se detectou que a atividade como cooperativa independente implicava custos maiores e alguma carência de suporte para ampliar serviços, pelo que deliberamos, em Assembléia, a filiação ao Sicredi. A Sicredi Medicred cresceu e diante da abrangência das atividades, o cooperado original passou a se ressentir da perda da privacidade histórica. Pessoas diferentes, usuárias do Sistema, passaram a compartilhar do espaço que era originalmente só nosso. Agora, em 2009, a necessidade de ampliação de espaço e de visibilidade induziu nova mudança de endereço, mais próxima da área de maior concentração de hospitais, clínicas, consultórios e Casas de Saúde, público-alvo principal da Instituição. Fomos atrás do imóvel que nos atendesse e já estamos muito bem instalados à Alameda Princesa Isabel, 1398, Loja 1. Convidamos você, que ainda não veio, para conhecer nosso novo espaço. Mas (ainda bem que sempre tem um mas) Um filho pródigo não pode esquecer a casa paterna. Com o apoio das Diretorias da SPA e Copan, a Medicred criou (e ainda vai melhorar) um Posto Avançado de Atendimento instalado na mesma área física onde está tudo o que é nosso agora estão juntas, novamente, nossas áreas associativo-científica, econômica e, de novo, a financeira. Voltamos às origens e a casa é sua. Antonio L. Oliva Filho Presidente da Sicredi-Medicred 7

8 A diretoria da SPA e seus associados desejam boas-vindas aos novos membros Dra. Gisele Borges ME2 em Anestesiologia da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba Membro Ativo Dra. Úrsula Bueno do Prado Guirro CRM PR Dr. Mauro Schiffl Mattia CRM PR Dr. Murilo Monaci Sabino CRM PR Membro Aspirante Dra. Carolina B. de Mello Lefévre CRM PR Dr. Luiz Roberto Maia CRM PR Dra. Adrianna C. de Vasconcelos CRM PR Dra. Renata Koda Konishi CRM PR Dra. Melina Pampuch CRM PR Dr. Gustavo Marcinko CRM PR Dra. Thays Aparecida Zich CRM PR Membro Aspirante/Adjunto Dra. Maria Carolina C. Canejo CRM PR Dr. Marcos Lúcio Milanez Filho CRM PR Dra. Suellen Criminácio CRM PR Dr. Ângelo Joan N. Roman Neto CRM PR Dr. Hevandro H. Yamane Pacheco CRM PR Membro Adjunto Dra. Dinamene de Oliveira N. Otani CRM PR Dra. Daniela de Andrade CRM PR Dr. Luciano Bornia Ortega CRM PR Dantrolene Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, a SPA disponibiliza para os anestesiologistas curitibanos o DANTROLENE SÓDICO para os casos suspeitos ou comprovados de Hipertermia Maligna. Os kits ficam à disposição dos sócios na sede da SPA, de segunda a sexta-feira, em horário comercial, e a solicitação deve ser feita com Thiago, pelos telefones (41) ou Nas situações de emergência, o contato deve ser feito com o plantonista do Hospital Universitário Cajurú pelo telefone (41) ou com o plantonista do Hospital Infantil Pequeno Príncipe, através do telefone (41) Estima-se que 7% da população adulta mundial seja obesa. A classificação quantitativa da obesidade faz-se, dentre outros métodos, pelo índice de Quetelet (IMC= kg/m2). Segundo esse índice, a OMS classifica como obesidade grau I os portadores de IMC entre 30 a 34,9; grau II entre 35 a 39,9, com risco muito elevado para doenças associadas e grau III IMC>40. Na atualidade, a cirurgia bariátrica constitui o tratamento mais efetivo para os pacientes com IMC de 35, ou mais, e comorbidades relacionadas com a obesidade, ou aqueles com IMC acima de 40. A avaliação pré-anestésica dos pacientes que serão submetidos à cirurgia bariátrica deve incluir história clínica completa, enfocando principalmente os distúrbios ventilatórios (síndrome de Pickwickian, DPOC e síndrome da apnéia obstrutiva do sono) e cardiovasculares (angina, infarto do miocárdio, HAS, insuficiência cardíaca). O exame físico completo dando ênfase para as vias aéreas superiores, Mallampati e distância esterno-mento como preditivos de dificuldade de entubação orotraqueal. Os exames complementares são solicitados de acordo com as comorbidades do paciente: diabetes e doenças cardiovasculares principalmente. Devido à ansiedade e ao estresse cirúrgico, as medicações pré-anestésicas são de real importância. A clonidina (0,30 mg VO) na noite anterior e 1 hora antes da operação propicia ansiólise sem depressão respiratória. Todos os pacientes também devem receber profilaxia contra a regurgitação e aspiração gástrica (ranitidina 150mg VO 12 horas antes e metoclopramida 10 mg 2 horas antes da operação), pois muitos apresentam refluxo gástrico e hérnia de hiato esofágico. Durante o manejo anestésico-cirúrgico, equipamentos convencionais devem ser adaptados a fim de minimizar lesões cutâneas e nervosas, através de acolchoamento de regiões de compressão. A monitorizarão não invasiva completa faz-se necessária, sendo a braçadeira de pressão arterial de tamanho regular colocada no antebraço mais efetiva do que a maior no braço. A entubação traqueal 8

9 COLUNA DO RESIDENTE Anestesia para cirurgia bariátrica pode ser difícil, recomenda-se a posição inclinada com a colocação de coxim sob a parte superior do tórax. Deve-se dispor de variado tamanho de lâminas de laringoscópio, máscara laríngea e tubos traqueais com guia, além de medicamentos para IOT em sequência rápida A técnica anestésica mais adequada é aquela que promove suave indução, boa estabilidade hemodinâmica, rápido despertar, deambular precoce e pós-operatório sem dor. O remifentanil, o propofol, o sevoflurano e os bloqueadores neuromusculares de curta e média duração são as drogas que melhor atendem a essas características. Pode-se utilizar a anestesia geral balanceada, venosa total, associada ou não aos bloqueios espinhais. O uso de anestesia peridural em combinação com anestesia geral superficial é vantajosa por propiciar melhor controle hemodinâmico, menor consumo de anestésicos e superior controle da analgesia pós-operatória com menor risco de sedação excessiva com opióides, entretanto essa técnica pode apresentar-se como um desafio devido à dificuldade de identificar-se as referências anatômicas e a necessidade a agulhas longas (12,5 cm). É necessário diminuir o volume de anestésico injetado devido à diminuição do espaço peridural. A dosagem dos fármacos é de difícil estimativa devido a alterações na fisiologia basal e nos parâmetros farmacocinéticos. Os pacientes obesos podem ter redução da atividade da pseudocolinesterase, as doses de succinilcolina devem basear-se no peso corpóreo verdadeiro, assim como o propofol; mas as dos opióides devem ser baseadas no peso corpóreo ideal. Os obesos mórbidos apresentam maior redução do volume pulmonar, isso promove mais atelectasias, fechamento das vias aéreas e hipóxemia. O colapso alveolar pode ser tratado com recrutamento alveolar e PEEP. A cirurgia bariátrica videolaparoscópica pode ser realizada com segurança, desde que seja respeitado o limite de pressão intra-abdominal (15mmHg) e que as variações no posicionamento do paciente no per-operatório não ultrapasse os 30 graus. O anestesista deve atentar ao fato de que a realização do pneumoperitôneo pode seletivar o tubo traqueal. A analgesia pós-operatória eficaz diminui complicações e é conseguida com uso concomitante de infiltração da ferida cirúrgica com anestésico local de longa duração, o uso de antiinflamatórios não hormonais e uso de opióides parenteral ou em cateter epidural com ou sem anestésico local. A maioria das complicações pós-operatórias está relacionada com hipóxemia, depressão cardiorres-piratória, acidente tromboembolítico e infecção. A extubação deve ser retardada até que o paciente esteja totalmente acordado. A profilaxia de tromboembolismo deve ser feita com 40 mg de heparina de baixo peso molecular injetada por via subcutânea. Os pacientes com coronariopatia grave, diabetes mal controlado e apnéia do sono grave necessitam de UTI para POI. REFERÊNCIAS 1. Cheah MH. Kam PC. Obesity: basic science and medical aspects relevant to anaesthetists. Anaesthesia. 60(10): , 2005 Oct 2. Sprung J. Whalen FX. Alveolar recruitment and arterial desflurane concentration during bariatric surgery. Anesthesia & Analgesia. 108(1):120-7, 2009 Jan. 3. Ahmad S. Nagle A. Postoperative hypoxemia in morbidly obese patients with and without obstructive sleep apnea undergoing laparoscopic bariatric surgery. Anesthesia & Analgesia. 107(1):138-43, 2008 Jul. 4. Gugliotti DV. What is the optimal venous thromboembolism prophylaxis for patients undergoing bariatric surgery? Cleveland Clinic Journal of Medicine. 73 Electronic Suppl 1:S17-8, 2006 Sep Jean J. Compere V. The risk of pulmonary aspiration in patients after weight loss due to bariatric surgery. Anesthesia & Analgesia. 107(4):1257-9, 2008 Oct. 6. Tratado de Anestesiologia. SAESP, 6. edição 9

10 Vagas Para Anestesiologistas Lembramos aos colegas que a SPA não se responsabiliza pelas informações contidas nos anúncios. Estas informações são de total responsabilidade do anunciante, o qual deverá ser contactado para eventuais esclarecimentos. O Hospital São José, localizado em São José dos Pinhais, voltado ao atendimento de trauma, está disponibilizando vagas em regime de plantão. Plantão: R$ 900,00 bruto passando para aproximadamente R$ 730,00 líquido (já descontados os tributos). Contato: Sra. Andréa Piantini Fone: (41) Precisa-se de Anestesiologista para trabalhar em Clínica que realiza procedimentos de Endoscopia em Curitiba. Contato: Dra. Alzira Tokie Fone: (41) Precisa-se de Anestesiologistas para trabalhar no Hospital Municipal de Araucária, plantões diurnos de 12 horas nas terças, quartas ou sextas-feiras no valor de R$ 570,00. Hospital com excelente estrutura e equipamentos novos, e possibilidade de progredir com o hospital que foi aberto em setembro de Contato: Eric D. Samaha Fone: (41) Necessitamos de dois anestesiologistas nas cidades de Dois Vizinhos e Pato Branco localizadas no sudoeste do Paraná, salários fixos a combinar, com tetos especiais e bons hospitais para trabalhar. Aguardamos contatos e pedimos a gentileza de divulgar nos cursos de residência de anestesiologia. Contato: Antonieta T. Chioquetta Fone: (46) ou (46) Proposta de trabalho em anestesiologia na cidade de Ivaiporã, próximo a Londrina. Oferta para entrar no grupo da cidade que atende em três hospitais, sendo dois privados e um municipal. A cidade conta com regional de saúde que atende o vale do Ivaí. Boas condições de trabalho. Contatos: Dr. Anderson Garcia (43) Secretária Helena (43) Precisa-se de Anestesiologista para trabalhar em Clínica de Cirurgia Plástica na cidade de São Paulo-SP. Necessário ter experiência em anestesia peridural para procedimentos. Os anestesiologistas são os donos da própria clínica. O salário inicial é de R$ ,00 durante 6 meses, após a adaptação passa a ser de R$ ,00 de 6 meses a 1 ano, logo após este período passa a ser R$ ,00. A Jornada de trabalho é de 24 horas trabalhadas e 24 horas em folga. Um mês de férias remuneradas ao ano. Contato: Dr. César 10

11 5 a 7 de setembro Pacote de Hospedagem Mabu Thermas e Resort Valores cobrados por apartamento OPÇÃO 1 OPÇÃO 2 4 a 7 de Setembro 3 noites 4 a 8 de Setembro 4 noites Apto SINGLE R$ 1.368,00 R$ 1.824,00 Apto CASAL/DUPLO* R$ 1.716,00 R$ 2.288,00 Apto TRIPO R$ 2.232,00 R$ 2.976,00 * Duas crianças de até 12 anos FREE, no mesmo apartamento dos pais. AS Diárias incluem... Café da manhã Almoço Buffet Sugestão Du Chef Jantar Buffet Sugestão Du Chef Welcome drink (batida de frutas tropicais) Transfer in/out (aeroporto/hotel/aeroporto) Taxas de serviço e ISS PASSAGENS AÉREAS GOL até 14% de desconto TAM até 18% de desconto Informações e reservas: (41) (41) Promoção de Cupons de Pedágio Hotel Mabu Foz do Iguaçu Informamos aos colegas que pretendem ir a Foz do Iguaçu com seus veículos, que o Hotel Mabu está promovendo a troca dos cupons de Pedágio por brindes do Hotel, na Loja Gift Mabu, durante a III Jornada Paranaense de Anestesiologia. Promoção válida apenas com a apresentação do cupom. 11

12

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 Abril 2012 NATAL www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DESTAQUES DESTA EDIÇÃO: Convenção da Uniodonto Nordeste... pág. 03 Assembleia dos cooperados reelege a atual Diretoria... pág.

Leia mais

SERVIÇO DE ANESTESIOLOGIA

SERVIÇO DE ANESTESIOLOGIA SERVIÇO DE ANESTESIOLOGIA PROTOCOLO ASSISTENCIAL 2: CUIDADOS PERIOPERATÓRIOS E ANESTESIA PARA CIRURGIA BARIÁTRICA AUTORES: Lorena Antonia Sales Vasconcelos Oliveira Antônio Rubens Cordeiro Filho Cláudia

Leia mais

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP DIRETORIA NACIONAL Presidente: JOÃO DE MORAES PRADO NETO - SP 1º Vice-Presidente: NÍVEO STEFFEN - RS 2º Vice-Presidente: DENIS CALAZANS LOMA - SP Secretário

Leia mais

EDUARDO ERNESTO CHINAGLIA PRESIDENTE

EDUARDO ERNESTO CHINAGLIA PRESIDENTE EDUARDO ERNESTO CHINAGLIA PRESIDENTE MÉDICO CRM 27962 Graduação em Medicina no ano de 1976 Faculdade de Medicina de Itajubá Itajubá MG Cargos Administrativos: Diretor Presidente da Unimed Leste Paulista

Leia mais

Estruturação dos Projetos SERVIÇOS CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Problema / Oportunidade

Estruturação dos Projetos SERVIÇOS CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Problema / Oportunidade CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Dificuldade do associado, quando questionado juridicamente ou com a possibilidade de uma situação de solução através da justiça; muitas vezes não sabe a que área do direito recorrer.

Leia mais

HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA. Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica

HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA. Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica Programa de Pós-Graduação 2014 Caracterização do curso: Instituições: Instituto D Or de Pesquisa e

Leia mais

Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade

Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Falta de estrutura física para o sócio estar presente na SAESP e espaço próprio para realização de eventos e cursos de aperfeiçoamento de pequeno e médio porte. Não temos

Leia mais

PLANO DE SEDAÇÃO POR ANESTESISTAS NORMA Nº 641

PLANO DE SEDAÇÃO POR ANESTESISTAS NORMA Nº 641 Página: 1/10 1- OBJETIVO 1.1- Estabelecer as regras para a prática de sedação na instituição visando redução do risco e aumento da segurança aos pacientes do Sistema de Saúde Mãe de Deus. 1.2- Fornecer

Leia mais

TARDE Das 13:00 às 19:00 horas, para todos os MEs exceto os primeiros plantonistas ( ME-1 e ME-2 ) e o plantonista ME-3 do dia anterior.

TARDE Das 13:00 às 19:00 horas, para todos os MEs exceto os primeiros plantonistas ( ME-1 e ME-2 ) e o plantonista ME-3 do dia anterior. CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO EM ANESTESIOLOGIA DA CLINICA DE ANESTESIOLOGIA RIBEIRÃO PRETO (CARP) - SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANESTESIOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ANESTESIOLOGIA RESPONSÁVEL: DR. PAULO

Leia mais

PROGRAMA DE PONTUAÇÃO PARTICIPATIVA

PROGRAMA DE PONTUAÇÃO PARTICIPATIVA PROGRAMA DE PONTUAÇÃO PARTICIPATIVA 1 INTRODUÇÃO O desenvolvimento das ações promovidas no decorrer deste projeto, terão como resultado o estreitamento dos laços Cooperado\Cooperativa que vai integrar

Leia mais

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com.

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com. Outubro 2012 NATAL www.unirn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 30 anos de história no RN www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE ANS - n.º 34531-8 Palavra

Leia mais

Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa. Nova York, 12 a 21/setembro/2014

Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa. Nova York, 12 a 21/setembro/2014 Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa Nova York, 12 a 21/setembro/2014 1. Por que devo participar? Conhecer experiências internacionais é uma das mais eficazes formas de expandir os horizontes

Leia mais

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 (CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA) R1, R2, R3 HSF Residência em Medicina Intensiva Introdução: A Residência em Medicina Intensiva foi criada nesta instituição

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Número da Ação (Para

Leia mais

Informativo www.unicred.com.br

Informativo www.unicred.com.br Informativo www.unicred.com.br ano 5 nº 40 2011 Editorial Unicred do Brasil Definido o tema da IX Convenção Nacional Unicred A Comissão Organizadora da Convenção Nacional Unicred, que se realizará na cidade

Leia mais

Criação da Associação

Criação da Associação Primeira Edição 02/08/2013 ASPREVIC ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA PREVIC BOLETIM INFORMATIVO Nesta edição: Associe-se 2 Prestação de Contas 2 CNPJ 3 Desconto em Folha 3 Festa de final de ano 3 Site em Construção

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Instituto Unimed-Rio Hospital Unimed-Rio Coordenação de Ensino e Pesquisa PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Versão

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO Unidade Dias

Leia mais

M A N U A L D O ALUNO

M A N U A L D O ALUNO CURSOS TÉCNICOS EM ENFERMAGEM (TURMAS 17, 20 e 21). CALENDÁRIO DO ALUNO 1º SEMESTRE DE 2015: 09/03 (Segunda) INÍCIO DO SEMESTRE LETIVO 19/03 (Quinta) FERIADO 20/03 (Sexta) PONTE Início das aulas do 1º

Leia mais

Página1. 23 a 24 de Março de 2012 Pré-Congresso 22 de Março Expo Unimed - Curitiba/PR PROPOSTA DE COMERCIAL

Página1. 23 a 24 de Março de 2012 Pré-Congresso 22 de Março Expo Unimed - Curitiba/PR PROPOSTA DE COMERCIAL Página1 23 a 24 de Março de 2012 Pré-Congresso 22 de Março Expo Unimed - Curitiba/PR PROPOSTA DE COMERCIAL Página2 APRESENTAÇÃO A Associação Paranaense de Oftalmologia (APO) confirma a realização do seu

Leia mais

Golden Tulip e Royal Tulip Brasília Alvorada, dois anos de boas conquistas!

Golden Tulip e Royal Tulip Brasília Alvorada, dois anos de boas conquistas! Julho / Agosto 2011 - nº 10 Golden Tulip e Royal Tulip Brasília Alvorada, dois anos de boas conquistas! A bandeira Golden Tulip completou, em 1º de agosto, dois anos à frente da administração do Golden

Leia mais

Informações sobre anestesia

Informações sobre anestesia Informações sobre anestesia Estamos fornecendo este documento para ajudar os pacientes que serão submetidos a anestesia, para melhor entendimento do processo. Leia-o cuidadosamente e entenda o conteúdo.

Leia mais

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 1.400,00 PROJETO CURSOS 2015 EDITAL I: CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR 1. OBJETIVO Promover uma atualização em Reabilitação Pulmonar

Leia mais

ELABORAÇÃO VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: Cirurgia Bariátrica AGOSTO/2009

ELABORAÇÃO VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: Cirurgia Bariátrica AGOSTO/2009 ELABORAÇÃO VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: Cirurgia Bariátrica AGOSTO/2009 ELABORAÇÃO VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: CIRURGIA BARIÁTRICA AGOSTO DE 2009 GOVERNADOR DO ESTADO JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 Define e regulamenta as atividades da sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

IRCULANDO CONGRESSO EM DESTAQUE VITÓRIA - ES DE 12 A 14 DE NOVEMBRO Nº 31. Hotel Golden Tulip

IRCULANDO CONGRESSO EM DESTAQUE VITÓRIA - ES DE 12 A 14 DE NOVEMBRO Nº 31. Hotel Golden Tulip Nº 31 IRCULANDO R E V I S TA S E M E S T R A L INFORMATIVO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA - XVII - 1º SEMESTRE 2015 PATROCINADOR CONGRESSO 2 0 1 5 DE 12 A 14 DE NOVEMBRO VITÓRIA -

Leia mais

IV FÓRUM NACIONAL DE COOPERATIVISMO MÉDICO Parceria do Cooperativismo Médico Unimed e Entidades Médicas: avanços e perspectivas

IV FÓRUM NACIONAL DE COOPERATIVISMO MÉDICO Parceria do Cooperativismo Médico Unimed e Entidades Médicas: avanços e perspectivas IV FÓRUM NACIONAL DE COOPERATIVISMO MÉDICO Parceria do Cooperativismo Médico Unimed e Entidades Médicas: avanços e perspectivas Mario Fernando da Silva Lins Cardiologista Membro da Comissão Nacional de

Leia mais

ESTATUTO DA SOCIEDADE PARANAENSE DE ANESTESIOLOGIA. CAPÍTULO I Composição e finalidade:

ESTATUTO DA SOCIEDADE PARANAENSE DE ANESTESIOLOGIA. CAPÍTULO I Composição e finalidade: ESTATUTO DA SOCIEDADE PARANAENSE DE ANESTESIOLOGIA CAPÍTULO I Composição e finalidade: Art. 1º - A Sociedade Paranaense de Anestesiologia (SPA) é uma associação civil, sem fins econômicos, fundada em dezesseis

Leia mais

Boletim Informativo 1

Boletim Informativo 1 Boletim Informativo 1 Ver. 6/2/2015 - 21º Congresso Nacional Escoteiro - 20º Fórum Nacional de Jovens Líderes - 22ª Reunião Ordinária da Assembleia Nacional Escoteira 1. MENSAGEM São Bernardo do Campo

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA PARA MÉDICOS

Leia mais

EDITAL PUCPR / 2013. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR. A. OBJETIVOS:

EDITAL PUCPR / 2013. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR. A. OBJETIVOS: PROGRAMA ENGLISH AS A SECOND LANGUAGE FOR HEALTH SCIENCES STUDENTS ENTRE A PUCPR E A UNIVERSITY OF NORTH CAROLINA WILMINGTON, USA DE 12 DE JANEIRO E 01 DE FEVEREIRO DE 2014 EDITAL PUCPR / 2013 O PROGRAMA

Leia mais

Urologia Pediátrica Dr. Eulálio Damazio

Urologia Pediátrica Dr. Eulálio Damazio Orientações anestésicas para cirurgias pediátricas urológicas Meu filho vai ser operado. Como será a cirurgia? E a anestesia? São seguras? Ele vai acordar logo? E o jejum? Estas questões são muito comuns

Leia mais

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I Boletim Informativo Nossa Missão: Promover assistência segura à saúde, com respeito e ética aos usuários, desenvolvendo o ensino e pesquisa na busca

Leia mais

Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL

Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL Hospital de Clínicas de Porto Alegre Ministério da Educação Responsável: Sérgio Carlos Eduardo Pinto

Leia mais

Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015

Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015 Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015 A COREME- Comissão de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas comunica que estarão

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Luciana Nascimento Martins

CURRICULUM VITAE. Luciana Nascimento Martins CURRICULUM VITAE Luciana Nascimento Martins CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS Nome: LUCIANA NASCIMENTO MARTINS Idade: 25 anos Data de nascimento: 27 de maio de 1980 Naturalidade: Caxias do Sul, Rio Grande

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA COOPERATIVA CASTROLANDA AFCC

PLANO DE AÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA COOPERATIVA CASTROLANDA AFCC ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA COOPERATIVA CASTROLANDA AFCC PLANO DE AÇÃO GESTÃO 2012/2013 Apresentação A Diretoria Executiva da Associação dos Funcionários da Cooperativa Castrolanda AFCC objetiva apresentar

Leia mais

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS Além de disponibilizar uma ampla rede de recursos credenciados, a SABESPREV ainda possibilita aos seus BENEFICIÁRIOS o reembolso de despesas com serviços de saúde em regime de livre escolha. O beneficiário

Leia mais

TARIFÁRIO CONFIDENCIAL

TARIFÁRIO CONFIDENCIAL TARIFÁRIO CONFIDENCIAL Cliente: Magistrados Mercado: Nacional Período: 01 de Julho a 31 de Dezembro de 2012 Paraná Superior Baixa 1 * 253 291 Suíte Premier Baixa 1 * 423 423 Suíte Classic Baixa 1 * 582

Leia mais

Guia Prático de Utilização do Plano

Guia Prático de Utilização do Plano Guia Prático de Utilização do Plano Aqui você tem o que há de melhor para a sua saúde. O QUE É A UNIMED APRESENTAÇÃO Sua finalidade é prestar assistência médica e hospitalar de alto padrão, dentro do sistema

Leia mais

Aos servidores públicos atuantes nas áreas do secretariado e assessoramento e/ou aos demais interessados

Aos servidores públicos atuantes nas áreas do secretariado e assessoramento e/ou aos demais interessados EDITAL Nº 67/2013 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EAD GESTÃO DE ROTINAS PARA PROFISSIONAS DE SECRETARIADO E ASSESSORES NA GESTÃO PÚBLICA - EAD 1. APRESENTAÇÃO DO CURSO Atualmente

Leia mais

Revista Corretora do Futuro 1

Revista Corretora do Futuro 1 Revista Corretora do Futuro 1 INAUGURAÇÃO É inaugurada a nova Unidade Regional e de Negócios Lojacorr em Santa Catarina e firmou a identidade da Lojacorr em Florianópolis (SC). Com instalações modernas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR III- SERVIÇOS DA REDE HOSPITALAR: UNIDADE DE RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA PORTO ALEGRE

Leia mais

Processo Único de Federação- PUF

Processo Único de Federação- PUF Processo Único de Federação- PUF 1 1. O que é a FEJEPAR? A Federação das Empresas Juniores do Estado do Paraná FEJEPAR, fundada no ano de 1996 na cidade de Curitiba, é uma instituição sem fins lucrativos,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ Belém - PA 2014 PROJETO SÓCRATES SAÚDE 2014 Coordenação e Elaboração: Aírton Oliveira Santos

Leia mais

PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013

PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013 PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC nº 10242/2013 ASSUNTO: ADMINISTRAÇÃO DE HIDRATO DE CLORAL A CRIANÇAS PARA REALIZAÇÃO DE EXAME EEG PARECERISTA: CONSELHEIRO JOSÉ

Leia mais

Por: Leonardo Alex Passo de Paulo PLANO DE ENSINO 1 - INSTITUIÇÃO DE ENSINO: SOLVET DIAGNÓSTICOS VETERINÁRIOS

Por: Leonardo Alex Passo de Paulo PLANO DE ENSINO 1 - INSTITUIÇÃO DE ENSINO: SOLVET DIAGNÓSTICOS VETERINÁRIOS Por: Leonardo Alex Passo de Paulo PLANO DE ENSINO 1 - INSTITUIÇÃO DE ENSINO: SOLVET DIAGNÓSTICOS VETERINÁRIOS Estilo do curso: Curso de extensão para capacitação profissional CURSO: Título do curso: "Curso

Leia mais

Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015

Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015 Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015 Associação com destaque nacional e internacional, voltada para a conservação de fauna, bem-estar animal e preservação ambiental, a Associação Brasileira de Veterinários

Leia mais

CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS

CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS www.emergenciasclinicas.com.br HISTÓRICO DO EVENTO Em virtude da carência no ensino de urgências e emergências em algumas Faculdades de Medicina de

Leia mais

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados.

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados. APRESENTAÇÃO O FDJUR - Fórum de Departamentos Jurídicos tem como objetivo disseminar modelos e ferramentas de gestão para o mercado jurídico empresarial e incentivar os associados ao estudo, desenvolvimento,

Leia mais

Paralisação docente na UFU alerta para o pacote de maldades do Governo Federal

Paralisação docente na UFU alerta para o pacote de maldades do Governo Federal Edição Eletrônica nº 11 28/09/2015 Produção Assessoria de Imprensa ADUFU SS www.adufu.org.br Paralisação docente na UFU alerta para o pacote de maldades do Governo Federal A Assembleia da ADUFU SS realizada

Leia mais

Fórum Paranaense de ONG AIDS.

Fórum Paranaense de ONG AIDS. RELATÓRIA TRABALHO DE SUBTEMAS XVII ERONG PR SUL 2013 REGIÃO SUL CURITIBA. ERONG PR SUL 2013 Cidade: CURITIBA UF: PARANÁ Pessoa/s de contato:amauri Instituição/es: Fórum Paranaense de ONG AIDS, Ferreira

Leia mais

TÍTULO I DA LIGA E SUA FINALIDADE CAPÍTULO I CAPÍTULO II

TÍTULO I DA LIGA E SUA FINALIDADE CAPÍTULO I CAPÍTULO II TÍTULO I DA LIGA E SUA FINALIDADE CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, NATUREZA E DURAÇÃO Art. 1 - A Liga Acadêmica de Medicina Legal, fundada na cidade de Araguaína no estado do Tocantins, no dia 07 de dezembro

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: : PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional:Técnico em enfermagem Qualificação:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PESQUISADORES EM ARTES PLÁSTICAS. Regimento Interno da ANPAP

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PESQUISADORES EM ARTES PLÁSTICAS. Regimento Interno da ANPAP ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PESQUISADORES EM ARTES PLÁSTICAS Regimento Interno da ANPAP Aprovado na Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 19 de outubro de 2013, durante o XXII Encontro Nacional

Leia mais

Auxiliar de enfermagem

Auxiliar de enfermagem Auxiliar de enfermagem Nome da instituição: Biocoop, Cooperativa dos profissionais da área da saúde. CNPJ: 09.087.152/0001-48, grande São Paulo e ABC. Quantidade de vagas: 25 Jornada semanal /escala: plantões

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DATA: 1 a 3 de SETEMBRO LOCAL: HOTEL GOLDEN TULIP / VITÓRIA-ES Realização: Tema: O Envolvimento Interdisciplinar na Qualidade de Assistência e na Segurança do Paciente COMISSÃO ORGANIZADORA

Leia mais

37 º ENCONTRO CATARINENSE DE HOSPITAIS

37 º ENCONTRO CATARINENSE DE HOSPITAIS 37 º ENCONTRO CATARINENSE DE HOSPITAIS 26 A 28 DE AGOSTO DE 2015 I N S C R I Ç Õ E S A B E R T A S WWW.AHESC-FEHOESC.COM.BR/ECH I N S C R E V A - S E P E L O S I T E 2 6 A 2 8 D E D E 2 0 1 5 C E N T R

Leia mais

Remuneração Hospitalar. Modelo com Diária e Atendimento Semi-Global

Remuneração Hospitalar. Modelo com Diária e Atendimento Semi-Global Remuneração Hospitalar Modelo com Diária e Atendimento Semi-Global Sobre a Unimed Vitória UNIMED VITÓRIA / ES 310.000 CLIENTES, SENDO DESTES, 20.000 EM ATENÇÃO PRIMÁRIA; 2.380 MÉDICOS COOPERADOS; 208 PRESTADORES

Leia mais

Guia. do beneficiário. Aqui você encontra informações sobre seu plano.

Guia. do beneficiário. Aqui você encontra informações sobre seu plano. Guia do beneficiário Aqui você encontra informações sobre seu plano. BEM VINDO À UNIMED SETE LAGOAS! A partir de agora você e sua família podem contar com uma operadora do maior sistema cooperativista de

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha.

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. Qualidade máxima e confiança são fundamentais no momento de escolher um hospital, e você precisa do que há de melhor na área médica. Por isso, prepare-se para

Leia mais

MEMÓRIA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA. Inquérito Civil Público MPPR n 0046.11.0001019-9

MEMÓRIA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA. Inquérito Civil Público MPPR n 0046.11.0001019-9 MEMÓRIA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA Inquérito Civil Público MPPR n 0046.11.0001019-9 Aos 04 dias do mês de julho de 2011, às 14h30, presentes o Procurador de Justiça Ciro Expedito Scheraiber e o Promotor de Justiça

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS PARTE I Passo a Passo PARTE II Manual para Apresentação de Projetos PARTE III Modelo de Projeto para Execução PROPOSTA DE

Leia mais

qualidade do cuidado em saúde A segurança

qualidade do cuidado em saúde A segurança A Segurança nos serviços de saúde é um problema tão grande e as causas tão diversas e complexas que não é mais possível não separar as práticas da Qualidade e as práticas da Segurança. A qualidade do cuidado

Leia mais

ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA

ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA Local: Sala de Reunião do Conselho de Consumidores, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DIRETORIA

APRESENTAÇÃO DIRETORIA APRESENTAÇÃO Com mais de 50 anos de dedicação á SAÚDE, o Hospital São Marcos se tornou referência no assunto. Aliamos a vanguarda tecnológica com a tradição do maior e melhor corpo de profissionais do

Leia mais

Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo. GAZETA SIEMESP Junho 2015

Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo. GAZETA SIEMESP Junho 2015 Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo GAZETA SIEMESP Junho 2015 SIEMESP Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo CNPJ: 50.680.719/0001-99 Fundado em 09.02.90

Leia mais

Enfermagem PROGRAMAÇÃO

Enfermagem PROGRAMAÇÃO Enfermagem Hipotermia Terapêutica Pós Parada Cardiorrespiratória Aplicação do feed-back controlada Marcos Antonio da Silva Graduado em Enfermagem Mestrando em Enfermagem/UEL Cuidados com Inserção de Cateter

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA 1 de 8 Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 25/11/2012 1.00 Proposta inicial LCR, DSR,MGO 1 Objetivo Agilizar o processo de transferência seguro do paciente/cliente, para

Leia mais

Os resultados de 2013 e as perspectivas para 2014

Os resultados de 2013 e as perspectivas para 2014 w w w. f u n b e p. c o m. b r Informativo bimestral do FUNBEP - Fundo de Pensão Multipatrocinado março/abril 2014 ano12 nº64 Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT. Os resultados de 2013 e as

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM Informativo Eletrônico n. 63

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM Informativo Eletrônico n. 63 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM Informativo Eletrônico n. 63 Fevereiro de 2011 Caros(as) Sócios(as) Neste primeiro informativo de 2011, saudamos a todos(as), com o sincero desejo que tenham

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017 INTRODUÇÃO O Plano de Ação do Sindicato-Apase adota como referencial de elaboração as Teses aprovadas no XI Fórum Sindical/2015, referendadas na Assembleia Geral Extraordinária Deliberativa de 11/12/2015.

Leia mais

Sistema Unimed DR. SIZENANDO DA SILVA CAMPOS JÚNIOR DIRETOR PRESIDENTE DA UNIMED GOIÂNIA

Sistema Unimed DR. SIZENANDO DA SILVA CAMPOS JÚNIOR DIRETOR PRESIDENTE DA UNIMED GOIÂNIA Sistema Unimed DR. SIZENANDO DA SILVA CAMPOS JÚNIOR DIRETOR PRESIDENTE DA UNIMED GOIÂNIA Lei 5764/71 de 16/12/1971 COOPERATIVA DE 3º GRAU Confederação COOPERATIVA DE 2º GRAU Federação ou Central COOPERATIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 DO 9-E, de 12/1/01 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria SAS/MS nº 224, de

Leia mais

Pré-curso SAG 2015 1

Pré-curso SAG 2015 1 Pré-curso SAG 2015 1 Objetivo do Pré-Curso PREPARAR o participante para o curso de Agentes do SAG, segundo os Critérios do Sistema de Avaliação da Gestão do PGQP. 2 APRESENTAÇÃO O Programa Gaúcho da Qualidade

Leia mais

CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES ABC: UMA APLICAÇÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIA. Ernani Mendes Botelho

CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES ABC: UMA APLICAÇÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIA. Ernani Mendes Botelho UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES ABC: UMA APLICAÇÃO

Leia mais

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ 3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ Windsor Barra Hotel & Congressos Av. Sernambetiba, 2630 Barra da Tijuca José Gomes Temporão Presidente de Honra Marcos Moraes Presidente do Congresso Luiz

Leia mais

A pauta da reunião seguiu a seguinte ordem: 1. ISE 2. ANBIMA 3. 13º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais 4. Outros Assuntos em Andamento:

A pauta da reunião seguiu a seguinte ordem: 1. ISE 2. ANBIMA 3. 13º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais 4. Outros Assuntos em Andamento: ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IBRI INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES REALIZADA NO DIA 25 DE FEVEREIRO DE 2011, ÀS 09h00, NA SEDE DO IBRI-INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES

Leia mais

EDITAL Nº 52/2014 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE RETENÇÃO DO INSS DE 11% PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA COM ÊNFASE AS NOVAS REGRAS DO ESOCIAL

EDITAL Nº 52/2014 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE RETENÇÃO DO INSS DE 11% PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA COM ÊNFASE AS NOVAS REGRAS DO ESOCIAL EDITAL Nº 52/2014 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE RETENÇÃO DO INSS DE 11% PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA COM ÊNFASE AS NOVAS REGRAS DO ESOCIAL 1. OBJETIVO DO CURSO Propiciar conhecimento sobre a

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

Amil%Paraná. Resumo PROTOCOLO DE CIRURGIA BARIÁTRICA AMIL-PARANÁ

Amil%Paraná. Resumo PROTOCOLO DE CIRURGIA BARIÁTRICA AMIL-PARANÁ Amil%Paraná PROTOCOLO DE CIRURGIA BARIÁTRICA AMIL-PARANÁ por Fátima Corrêa Sandmann Afonso, Patricia Piana Presas, Rubens Zenobio Darwich e Samir Bazzi Fatima Corrêa Sandmann Afonso Médica Endocrinologista

Leia mais

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA 2009/2010 COMISSÃO CIENTÍFICA Celínia Antunes Cristina Baião Fernanda Príncipe Henrique Dias Jorge Coelho José Alberto Martins José David Ferreira Marcos Pacheco Nuno Tavares Lopes Paulo Amorim Paulo Figueiredo

Leia mais

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Unimed Brasil. A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil:

Unimed Brasil. A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil: Unimed Brasil A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil: Presente em 83% território nacional; 375 cooperativas

Leia mais

, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao (à) Médico (a)

, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao (à) Médico (a) TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

- PROJETO CUIDADOR IPC (INSTITUTO PAULISTA DE CANCEROLOGIA)

- PROJETO CUIDADOR IPC (INSTITUTO PAULISTA DE CANCEROLOGIA) - PROJETO CUIDADOR IPC (INSTITUTO PAULISTA DE CANCEROLOGIA) Vera Anita Bifulco ministrou a aula: Quem é o cuidador? Quem cuida do cuidador? Cuidados paliativos no Projeto Cuidador, em 02 de Junho de 2009,

Leia mais

para cobrir suas despesas de utilização. Resultado: para manter em dia o pagamento aos tem sido coberta pelas reservas do Plano Pleno,

para cobrir suas despesas de utilização. Resultado: para manter em dia o pagamento aos tem sido coberta pelas reservas do Plano Pleno, A Fundação tem sempre alertado sobre o crescente déficit dos planos Especial e Básico: mais de R$ 3 milhões em 2003. Administrar planos de autogestão como os da Sabesprev, sem fins lucrativos mas sujeitos

Leia mais

www.feirahospitalmed.com.br

www.feirahospitalmed.com.br www.feirahospitalmed.com.br O maior encontro médico-hospitalar do norte-nordeste do Brasil A HOSPITALMED - Feira de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Clínicas

Leia mais

Pacto Nacional pela Saúde. Mais hospitais e unidades de saúde Mais Médicos Mais Formação

Pacto Nacional pela Saúde. Mais hospitais e unidades de saúde Mais Médicos Mais Formação Pacto Nacional pela Saúde Mais hospitais e unidades de saúde Mais Médicos Mais Formação 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Conheça mais: Programa Mais Médicos Faltam médicos no Brasil De 2003 a 2011, o número de postos

Leia mais

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Além do atendimento especializado que somente a UTI Neonatal pode oferecer aos bebês prematuros, o leite materno é fundamental para que se desenvolvam

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA Curso de Extensão ASSISTÊNCIA AO PACIENTE GRAVE PARA TÉCNICOS EM ENFERMAGEM PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA Docentes: Thiago Christel Truppel, Adriano Yoshio Shimbo, Giulianno Tkaczuk de Souza, Cleberson Ribeiro

Leia mais

Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba:

Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba: Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba: Tem por objetivo prestar atendimento aos pacientes internados ou de forma ambulatorial no Hospital, bem como aos seus familiares,

Leia mais

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Data: 15 de janeiro Hora: 12 horas Local: Sede do Conselho Regional de Economia

Leia mais

ATIVIDADES DA DIRETORIA DA SARGS GESTÃO/2006 DEZEMBRO/2005

ATIVIDADES DA DIRETORIA DA SARGS GESTÃO/2006 DEZEMBRO/2005 ATIVIDADES DA DIRETORIA DA SARGS GESTÃO/2006 DEZEMBRO/2005 14/12/05 - Eleição e posse da Diretoria gestão/2006 14/12/05-1ª reunião da nova Diretoria/2006 + Sra. Mariana da Enfato apresentação de planos

Leia mais

A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias

A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias CULTURA A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias 01/10/2014 Drª Monica Pinheiro Enfª Karina Tomassini HOSPITAL ESTADUAL DE SAPOPEMBA Liderança Superintendente Maria

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais