Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade"

Transcrição

1 IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Falta de estrutura física para o sócio estar presente na SAESP e espaço próprio para realização de eventos e cursos de aperfeiçoamento de pequeno e médio porte. Não temos estrutura para programas de ensino a distancia Líder SAESP: : Dr. Enis e Dr. Marcelo Colaboradores SAESP: Sr. André Parceiros e demais participantes: Cristália como patrocinador Investimento: verificar Implantar auditório na sede da SAESP Implantar um programa de Vídeo Conferência Implantar auditório na sede da SAESP. Prazo: 30/06/14 Implantar programa de ensino a distância Auditório implantado 19

2 CANAL DE COMUNICAÇÃO DOS NÚCLEOS Criar um canal de comunicação entre o associado e os Núcleos da Comissão Científica Líder SAESP: : Dr. Othon e Dra. Maria José Colaboradores SAESP: Sr. André, Sra. Adriana, Coordenadores dos Núcleos Parceiros e demais participantes: n/a Investimento: disponibilidade de tempo de colaborador da SAESP Criar Canal de Comunicação dos Núcleos da Comissão Científica (e.g, arquivo, acesso) Criar plataforma dentro do site SAESP por Núcleo, inserir material e criar fluxo de comunicação para perguntas e respostas. Prazo: 31/03/14 Implantação em

3 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PARA CETs E PRMs Necessidade de maior integração com os residentes. Líder SAESP: : Dra. Maria José e Dr. Othon Colaboradores SAESP:Dr. Eduardo, Dr. Rafael, Dra. Julia, Sr. André, Dra. Irene Abramovitch Parceiros e demais participantes: Editora Manole, Hospitais Santa Catarina, Sírio, Samaritano, HC, Oswaldo Cruz Investimento: R$ Ações para residentes e especializandos dos CETs e PRMs Elaborar programação e aulas que serão ministradas em hospitais Parceiros e demais participantes dos CETs e PRMs em São Paulo. Prazo:07/05/14 Filmagem de aulas e inclusão no site ou disponibilização para CETs / PRMs. Prazo: 07/05/14 Desenvolver parcerias para realização dessas atividades em Santos e interior do Estado. Prazo: 30/06/14 Quantidade de CETs alvo que aderirem a proposta. 21

4 DEFINIÇÃO DE PROGRAMA PARA CURSOS DE ANESTESIA NA GRADUAÇÃO Falta ou ausência de padronização dos cursos e currículos da especialidade Desconhecimento dos padrões dos cursos aplicados nas diversas faculdades Inexistência de recomendação de um programa adequado para a especialidade Valorização da imagem do médico anestesista. Líder SAESP: Dra. Maria José e Dr. Othon Colaboradores SAESP:Dr. Eduardo, Dr. Rafael, Sra. Julia, Sr. André Parceiros e demais participantes: UNICAMP, USP, UNIFESP, STA.CASA E UNESP BOTUCATU Investimento: R$ Definir programa adequado de anestesia para graduandos de medicina e um grupo executivo destas atividades junto as escolas de medicina. Mapear as faculdades, através de questionário, identificando se tem curso ou não, tipo e currículo, em SP e no interior. Prazo: 30/04/14 Pesquisar currículos no exterior (amostra de cinco faculdades de ponta nos EUA e Europa)Prazo:30/05/14 Avaliar resultado da pesquisa e realizar uma oficina com a participação de centros de ensino. 06/08/14 Montar programa adequado para cursos, básico e complementar e publicar no site. Prazo: 31/08/14 Oferecer o programa para as faculdades e negociar a inclusão do programa na grade, disponibilizar aulas a distância e divulgar. Prazo: 31/08/14 % de faculdades com relacionamento estabelecido com a SAESP e quantidade de faculdades que aderiram a proposta (meta) 22

5 CRIAÇÃO E APOIO A LIGAS DE ANESTESIA Desconhecimento da especialidade na graduação e falta de informações para decisão do graduando na escolha da especialidade. Falta de apoio ou indução da criação de Ligas de Anestesia nas Faculdades de Medicina do Estado de São Paulo Líder SAESP: : Dr. Rafael Colaboradores SAESP: Sra. Julia, Sr. André Parceiros e demais participantes: Secretários Regionais, membros da Comissão Científica e faculdades(a definir). Investimento: disponibilidade de tempo de colaborador SAESP Definir modelo de atuação de Ligas de Anestesia e viabilizar sua formação Trazer a participação do Secretário Regional da SAESP como um facilitador e agente ativo das Ligas Definir o modelo de atuação de ligas, identificar os elos de contato e estimular a formação de ligas de anestesia nas faculdades de medicina do Estado de São Paulo. Prazo: 31/10/14 Criação de parcerias entre as Ligas e hospitais de ponta para estágios de reconhecimento. Quantidade de novas Ligas criadas e % de aumento do número de associados a todas as Ligas (meta) 23

6 INCENTIVOS A PALESTRANTES Dificuldade para recrutar palestrantes para atividades científicas (exceto COPA Líder SAESP: Dra. Maria José Colaboradores SAESP: Sr. André Parceiros e demais participantes: n/a Investimento: disponibilidade de recurso SAESP Criar programa de valorização do palestrante Avaliar como pontuar e converter os pontos do palestrante em descontos na anuidade e/ou prioridade para palestrar. Prazo: 30/04/14 Apresentar proposta para diretoria. Prazo: 31/05/14 % de eventos com palestrantes definidos na antecedência ideal 24

7 CURSOS DE GESTÃO E NEGOCIAÇÃO Capacitar o médico anestesista no gerenciamento e negociação dos seus serviços. Líder SAESP: Dr. Enis Colaboradores SAESP: Sr. André Parceiros e demais participantes: Lanto Consultoria Investimento: R$ Criar /oferecer cursos de gestão para anestesistas Criar / oferecer curso de negociação de contratos Levantar e avaliar opções que formem um "currículo" adequado. 31/05/14 Implantação em

8 DISPONIBILIZAÇÃO DE PERIÓDICOS Dificuldade de artigos e/ou resumos para complementar programas de educação continuada, tanto para o associado quanto para graduandos de medicina interessados na nossa especialidade. Líder SAESP: Dra. Maria José Colaboradores SAESP: Dr. Rafael, Sr. André Parceiros e demais participantes: Univadis Investimento: R$ Dentro do programa nacional de educação Continuada, discutir a possibilidade de assinatura de base de dados liberadas para os associados SBA/Regionais Divulgação através de um link da página da SAESP para a página oficial da SBA, onde existe uma lista de periódicos e artigos à disposição Dentro do acordo com a MSD temos um link de conexão entre a página da SAESP e a base de dados contida no programa UNIVADIS Quantidade de periódicos disponibilizados Implantar via site, link para periódicos através da Univadis. Prazo: 31/03/14 Verificar custo do acesso aos periódicos do CAPS e Up To Date. Prazo: 31/03/14 Verificar custo de consultoria bibliotecária para dar suporte à ação. Prazo: 31/03/14 Avaliar processo de compartilhamento de conteúdo. Prazo: 31/04/14 Criar link para a página da SBA. Prazo: 30/05/14 26

9 NOVO TRATADO SAESP Atualização do Tratado SAESP Líder SAESP: Dr. Othon Colaboradores SAESP: Editores Parceiros e demais participantes: Autores e Editora Atheneu Investimento: n/a Atualização e reformulação do Tratado SAESP Definir formato, formato digital, editora e corpo editorial. Prazo: 31/03 Planejamento executivo. 30/04/14 Entrega dos capítulos pelos autores aos editores, Prazo: 31/10/14 Revisão dos capítulos pelos editores. Prazo: 31/03/15 Edição Prazo: 31/08/15 Lançar Tratado no CBA em Florianópolis. 15/11/15 Lançamento no prazo 27

10 NOVO MANUAL SAESP Lançamento de novo Manual Líder SAESP: Dra. Maria José e Dr. Othon Editores SAESP: Drs. Matheus Vane, Francisco Lobo e Gustavo Olivetti Parceiros e demais participantes: Autores e Editora Manole Investimento: R$ e disponibilidade de tempo de recurso SAESP Editar manual de monitorização, evidência clínica e desfecho, em associação com o tema central da JOPA Definir formato, editora e corpo editorial. Prazo: 30/04 Definir planejamento executivo do manual. Prazo: 30/04/14 Editar o manual a tempo para o JOPA. Prazo: 30/09/14 Lançamento no prazo 28

11 CURSOS DE INGLÊS E SERVIÇOS DE TRADUÇÃO Aprimoramento de inglês para os associados Líder SAESP: Dr. Othon e Dra. Maria José Colaboradores SAESP: a definir Parceiros e demais participantes: a definir Investimento: R$ Oferecer curso de inglês e/ou tradução de materiais técnicos Levantar, avaliar opções e divulgar alternativas Prazo: 30/09/14 Aproveitamento de artigos ("de ponta") em inglês Prazo: 30/09/14 Implantação em

Estruturação dos Projetos SERVIÇOS CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Problema / Oportunidade

Estruturação dos Projetos SERVIÇOS CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Problema / Oportunidade CANAL DE SUPORTE JURÍDICO Dificuldade do associado, quando questionado juridicamente ou com a possibilidade de uma situação de solução através da justiça; muitas vezes não sabe a que área do direito recorrer.

Leia mais

Estruturação dos Projetos COMUNICAÇÃO NOVA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Estruturação dos Projetos COMUNICAÇÃO NOVA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Organização de um plano de comunicação com os associados e com a mídia, relativos a imagem da Sociedade, e do médico anestesista, agregando valor à Sociedade e ao médico anestesista. Ações balizadas por

Leia mais

Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios

Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios Curso de Medicina no GHC: A base para nossos desafios Objetivos do Programa a) Diminuir a carência de médicos em regiões prioritárias; b) Reduzir as desigualdades regionais na área da saúde;

Leia mais

Relatório. Sócio Econômico

Relatório. Sócio Econômico Relatório 2014 Sócio Econômico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014/2015 A SAESP, mantendo o seu compromisso de trabalhar em sintonia com o seu tempo e propor novos rumos para a área da anestesia, criou para

Leia mais

Formação de Voluntários em Programas Corporativos. Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011

Formação de Voluntários em Programas Corporativos. Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011 Formação de Voluntários em Programas Corporativos Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011 Questão 1 A empresa tem uma estratégia definida? A empresa planeja a formação dos voluntários? Se sim, qual o

Leia mais

(Publicada no DOU de 27/4/2005, Seção 2, pág. 131)

(Publicada no DOU de 27/4/2005, Seção 2, pág. 131) PORTARIA- Nº 105, DE 25 DE ABRIL DE 2005 Aprova a realização do projeto de Implementação do Processo de Educação a Distância - Pégaso e designa seu gestor. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO,

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

AÇÕES DA EXTENSÃO PROJETOS 2009 - ENCERRADOS. Programa ESAG Sênior. Coordenador: Mário César Barreto Moraes

AÇÕES DA EXTENSÃO PROJETOS 2009 - ENCERRADOS. Programa ESAG Sênior. Coordenador: Mário César Barreto Moraes AÇÕES DA EXTENSÃO PROJETOS 2009 - ENCERRADOS Programa ESAG Sênior Mário César Barreto Moraes Bolsistas: Vanessa Vidal Riso Danielle Cândido Vecchietti Juliana Oliveira Lima de Souza A busca pro metodologias

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Serviços e Cidadania

Mostra de Projetos 2011. Serviços e Cidadania Mostra de Projetos 2011 Serviços e Cidadania Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Instituto GRPCOM Cidade: Londrina.

Leia mais

Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo

Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo A Experiência de Belo Horizonte Claudinéia Ferreira Jacinto Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento, Orçamento e Informação Prefeitura de Belo

Leia mais

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br Psicologia Intensiva uma especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br PSICOLOGIA INTENSIVA O intensivismo é uma especialidade que apresenta um caráter interdisciplinar voltado

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR Dispõe sobre a Política de uso de Softwares Livres no âmbito da UDESC O REITOR da FUNDAÇÃO

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Formação Profissional

Formação Profissional Formação Profissional Gerência - Alexandre Ambrogi Coordenação Flávia Afonso Coordenadora de Cursos Livres e Aprendizagem Lucilla Panacioni Araujo - Coordenadora de Cursos In Company www.sescoopsp.coop.br

Leia mais

Termo de Referência para contratação de consultor na modalidade Produto

Termo de Referência para contratação de consultor na modalidade Produto TÍTULO DO PROJETO: Fortalecimento da capacidade institucional com vistas a melhoria dos processos de monitoramento e avaliação dos programas de fomento voltados para a Educação Básica e para o Ensino Superior

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

International Institute of Business Analysis Capítulo de São Paulo

International Institute of Business Analysis Capítulo de São Paulo International Institute of Business Analysis Capítulo de São Paulo Missão: Desenvolver e manter padrões para a prática de análise de negócio e para a certificação de profissionais Formação de Comitês de

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015

PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015 ESCOLA ESTADUAL PROFª. NAIR PALÁCIO DE SOUZA PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015 NOVA ANDRADINA-MS DEZEMBRO DE 2014 ESCOLA ESTADUAL PROFª. NAIR PALÁCIO DE SOUZA PLANO DE AÇÃO PROGETEC 2015 Planejamento de ações

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

Introdução à Psicoterapia Interpessoal De 06/03 a 16/04 55hs/aula

Introdução à Psicoterapia Interpessoal De 06/03 a 16/04 55hs/aula Introdução à Psicoterapia Interpessoal De 06/03 a 16/04 55hs/aula A terapia interpessoal (TIP) é uma psicoterapia manualizada, tem duração limitada, e foi desenvolvida por Gerald L. Klerman e sua esposa

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS GUARULHOS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS GUARULHOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS GUARULHOS PROJETO ACESSIBILIDADE TIC: ACESSIBILIDADE AO CURRÍCULO POR MEIO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Projeto aprovado

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 INTRODUÇÃO: O presente trabalho apresenta a relação de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu a serem reorganizados no

Leia mais

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil Gestão de Qualidade O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, visando a qualidade assistencial e a satisfação do cliente compromete-se a um entendimento

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1- O QUE É UMA LIGA ACADÊMICA? As Ligas Acadêmicas são entidades sem fins lucrativos. As Ligas Acadêmicas

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES CENTROS DE REFERÊNCIA. 1. O que é ser Centro de Referência (CR) no Projeto Preceptoria ABEM?

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES CENTROS DE REFERÊNCIA. 1. O que é ser Centro de Referência (CR) no Projeto Preceptoria ABEM? PERGUNTAS MAIS FREQUENTES CENTROS DE REFERÊNCIA 1. O que é ser Centro de Referência (CR) no Projeto Preceptoria ABEM? Para ser um CR na Fase II do Projeto Preceptoria ABEM é necessário ter participado

Leia mais

Fundação Universidade Federal de Rondônia. Campus de Guajará-Mirim. Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL. Letras

Fundação Universidade Federal de Rondônia. Campus de Guajará-Mirim. Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL. Letras Fundação Universidade Federal de Rondônia Campus de Guajará-Mirim Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL Letras IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem - DACL

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

Biblioteca Digital do BNDES www.bndes.gov.br/bibliotecadigital

Biblioteca Digital do BNDES www.bndes.gov.br/bibliotecadigital Biblioteca Digital do BNDES www.bndes.gov.br/bibliotecadigital 24 de NOVEMBRO de 2014 AP/DEINCO/COPED Breve histórico Fev. 2010 início do projeto: seleção de software e digitalização de documentos; 2011

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 VISÃO GERAL Objetivo 1 - No âmbito da seção escoteira, apoiar a correta aplicação do método escoteiro, em especial as práticas democráticas previstas

Leia mais

Três pilares de atuação do SEBRAE-SP

Três pilares de atuação do SEBRAE-SP Três pilares de atuação do SEBRAE-SP SUPER MEI é um projeto de âmbito estadual que tem como principal objetivo Formar e Aperfeiçoar os Potenciais Empreendedores e Microempreendedores Individuais MEI do

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP 1. OBJETIVOS Apresentar as diretrizes básicas e os procedimentos institucionais necessários à realização das atividades de treinamento. 2. DEFINIÇÕES 2.1. Treinamento

Leia mais

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação)

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a inclusão digital, instalando computadores nas escolas públicas de ensino fundamental

Leia mais

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES O Coordenador do Curso Superior de

Leia mais

Conservação de Aves Marinhas com Pesca Produtiva

Conservação de Aves Marinhas com Pesca Produtiva No. 003/10 Santos, 26 de março de 2010 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO Serviço de Terceiros Pessoa Jurídica Consultoria de nível superior para processamento e análise

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

Propostas de Participação

Propostas de Participação Propostas de Participação Ações Promocionais 5º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha 17 a 21 de maio de 2015 Hotel Armação Porto de Galinhas, Ipojuca - PE 1 Proposta de participação A abertura oficial

Leia mais

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética Comissão de Ética Introdução As ações desenvolvidas pela Comissão de Ética em 2014 foram pautadas nos parâmetros do Questionário de Avaliação da Ética elaborado pela Comissão de Ética Pública (CEP) que

Leia mais

Aproveitamos também para colocar a nossa equipe à sua disposição para quaisquer dúvidas ou sugestões.

Aproveitamos também para colocar a nossa equipe à sua disposição para quaisquer dúvidas ou sugestões. Este guia é para auxiliar sua empresa para ter 100% de aproveitamento do evento. Peço que leia o manual por completo e tire todas suas dúvidas sobre o evento. Se em um momento você não encontrar o que

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes MISSÃO Somos uma rede nacional escoteira de

Leia mais

ANÁLISE DAS PROPOSTAS APRESENTADAS NO PLANO DE GESTÃO E AVANÇOS REALIZADOS

ANÁLISE DAS PROPOSTAS APRESENTADAS NO PLANO DE GESTÃO E AVANÇOS REALIZADOS RELATÓRIO DE GESTÃO DA DIRETORIA DA FANUT REFERENTE AO PERÍODO DE 2011-2012: Estruturando a Faculdade de Nutrição como Unidade Acadêmica no âmbito da UNIFAL-MG DIRETORIA: Profa. Cristina Garcia Lopes Diretora

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT Rede de Disseminação, Informação e Capacitação

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT Rede de Disseminação, Informação e Capacitação PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria da Micro e Pequena Empresa Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT Rede

Leia mais

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público - alvo Pós Graduação em Organizacional Integrada Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem como para

Leia mais

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado.

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado. PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU posgraduacao@poliseducacional.com.br O QUE É PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU? A pós graduação lato sensu são cursos promovidos pelas faculdades do grupo POLIS EDUCACIONAL com mais de

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis em parceria

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural 1 1. Apresentação // 4 2. Objetivos e metas // 8 3. Estratégia - Música e Economia criativa // 9 4. Temáticas // 9 5. Programas // 10 6. Projetos Especiais // 10 7. Conselho gestor // 11 1. Apresentação

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 A Fundação Aprender, no ano de 2004, procurou cumprir as etapas previstas no Planejamento 2003, levando a efeito iniciativas no sentido de ampliar

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Nível de Especialização (Lato Sensu) MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA EM SAÚDE (Turma 2) Objetivo. Público.

Curso de Pós-Graduação em Nível de Especialização (Lato Sensu) MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA EM SAÚDE (Turma 2) Objetivo. Público. Objetivo Fornecer aos profissionais as ferramentas estratégicas sobre como gerir clínicas, hospitais e outros estabelecimentos da área de saúde, através de técnicas que possibilitem planejar, organizar,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA 1. Atividades Complementares Atividades Complementares são atividades desenvolvidas

Leia mais

GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP

GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP PROGRAMA GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP 2014 PROGRAMA GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP INTRODUÇÃO A Pró-reitoria de graduação (PROGRAD), a Câmara Central de Graduação (CCG), o Núcleo de Educação à Distância

Leia mais

De 16/03 a 24/04 Mais de 50 reuniões Mais de 100 horas de diálogo Duas viagens à Macapá Leitura de 22 relatórios Acompanhamento de processos,

De 16/03 a 24/04 Mais de 50 reuniões Mais de 100 horas de diálogo Duas viagens à Macapá Leitura de 22 relatórios Acompanhamento de processos, EDUARDO MARGARIT De 16/03 a 24/04 Mais de 50 reuniões Mais de 100 horas de diálogo Duas viagens à Macapá Leitura de 22 relatórios Acompanhamento de processos, licitações e obras Mais de 800 alunos Mais

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC

Leia mais

Papel da SBIS na Educação

Papel da SBIS na Educação I Ciclo de Seminários de Tecnologias de Informação em Saúde Educação Continuada, Certificação Profissional e Título de Especialista: o Projeto da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia PASSO A PASSO PARA ATIVIDADES PRÁTICAS COMPLEMENTARES São atividades obrigatórias

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

Programa de Gestão Técnica de Contas

Programa de Gestão Técnica de Contas Programa de Gestão Técnica de Contas Para ajudar os clientes da D2L a maximizar seu investimento na plataforma Brightspace, oferecemos uma experiência de suporte avançada que ultrapassa os benefícios

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DESCENTRALIZADO

REGULAMENTO CURSO DESCENTRALIZADO REGULAMENTO CURSO DESCENTRALIZADO I Nome do curso PROTAGONISMO JUVENIL - GRÊMIO ESTUDANTIL E A FORMAÇÃO CIDADÃ NO ESPAÇO ESCOLAR II Apresentação: descrição do curso O curso capacitará os participantes

Leia mais

FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROJETO INTEGRADOR 1º SEMESTRE DE 2015 1 - APRESENTAÇÃO O projeto integrador possibilita a visão crítica e integrada dos conhecimentos, buscando

Leia mais

Anexo V - A. Proposta de um Novo Programa de Trabalho e Funcionamento da RECYT

Anexo V - A. Proposta de um Novo Programa de Trabalho e Funcionamento da RECYT Anexo V - A Proposta de um Novo Programa de Trabalho e Funcionamento da RECYT Breve Histórico A Reunião Especializada em Ciência e Tecnologia do MERCOSUL RECYT, criada em 1992, realizou a sua primeira

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Escola Técnica de Saúde Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 Proposta de trabalho apresentada como pré-requisito para inscrição no processo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PDTI-PBH

PLANO DE AÇÃO PDTI-PBH 1 PA00 PA00 Preparação para acompanhamento e execução do PDTI Projeto para a criação da instância para acompanhamento e execução do PDTI 2 PA00 Projeto para a criação da metodologia de trabalho 3 PA00

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS IVINHEMA MS AGOSTO/ 2014 ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS Projeto de Formação desenvolvido

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0006/2014) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO A Cáritas Brasileira, organismo da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), em atendimento ao

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Manual com normas para solicitação de produção e publicação de material informativo jornalístico no site, lista de

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Serviços

Pós-Graduação em Marketing de Serviços Pós-Graduação em Marketing de Serviços Público - alvo O Programa de Pós-Graduação em Marketing de Serviços é indicado para profissionais com formação universitária em qualquer área e que demandem desenvolver

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES PLANO DE AÇÃO 2015 Planejamento anual de atividades a serem Desenvolvidas pelos Professores Lotados no Núcleo de Tecnologias Educacionais

Leia mais

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) e o CFC (Conselho Federal de Contabilidade)

Leia mais

Gestão e Marketing Esportivo. Prof. José Carlos Brunoro

Gestão e Marketing Esportivo. Prof. José Carlos Brunoro Gestão e Marketing Esportivo Prof. José Carlos Brunoro O Sucesso depende de 3 pontos importantes 1. CONHECIMENTO 2. LIDERANÇA 3. CONDUTA PESSOAL 1 CONHECIMENTO Estudo Constante Aprender com todos Idioma

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HOSPITAL DE ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO DR. WASHINGTON ANTÔNIO DE BARROS DEZEMBRO DE 2013 SUMÁRIO MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO...

Leia mais

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Proposta de Gestão Marcos Amorielle Furini Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Continuidade, Avanço e Consolidação de uma Gestão Transparente e Participativa. Prezados servidores e alunos.

Leia mais

Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016

Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016 Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016 Público Alvo: Médicos com residência ou especialização completa em Geriatria. Objetivos do Programa Aperfeiçoar os conhecimentos de médicos

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis,

Leia mais

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes:

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes: Fevereiro 2014 Introdução A Escola é hoje um mundo onde todos os atores educativos têm voz por isso a facilidade, a celeridade, a clareza e a abertura são as caraterísticas da comunicação que possibilitam

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Filomena Garcia Sócia-Diretora do Grupo Cherto: Comercial, Expansão de Franquias e Rede de Negócios

Leia mais

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura OEI/TOR/MEC/DTI nº 003/2009 TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR 1. Projeto: OEI/BRA/09/004

Leia mais

Diretrizes Nacionais em Ligas

Diretrizes Nacionais em Ligas Diretrizes Nacionais em Ligas Acadêmicas de Medicina Introdução As Ligas Acadêmicas são entidades constituídas fundamentalmente por estudantes, em que se busca aprofundar temas em uma determinada área

Leia mais

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional COMPILADO DAS SUGESTÕES DE MELHORIAS PARA O IDGP/2011 por critério e indicador 1 LIDERANÇA O critério Liderança aborda como está estruturado o sistema de liderança da organização, ou seja, o papel da liderança

Leia mais

RASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E

RASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E OBJETIVOS Integrar e interagir os médicos e demais Profissionais da Saúde, que no Brasil se interessam por Pneumologia, oferecendo informações e serviços variados. Estimular a atualização, a educação continuada

Leia mais

PÓS-MBA EM GESTÃO DA INOVAÇÃO - 2ª EDIÇÃO

PÓS-MBA EM GESTÃO DA INOVAÇÃO - 2ª EDIÇÃO PÓS-MBA EM GESTÃO DA INOVAÇÃO - 2ª EDIÇÃO Curso disponível em Porto Alegre APRESENTAÇÃO Coordenadores: Sandro Cortezia scortezia@unisinos.br Thaise Graziadio - thaise.graziadio@ielrs.org.br O Pós-MBA da

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

Estimular a atualização, a educação continuada e o desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas de forma dinâmica.

Estimular a atualização, a educação continuada e o desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas de forma dinâmica. OBJETIVOS Integrar e interagir os médicos e demais Profissionais da Saúde, que no Brasil se interessam por Pneumologia, oferecendo informações e serviços variados. Estimular a atualização, a educação continuada

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE

REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE 2013 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE PADI DA FACULDADE DE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÃDO

Leia mais