EDITAL Nº 012/2014 QUADRO DE ÁREAS - PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL Nº 012/2014 QUADRO DE ÁREAS - PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA"

Transcrição

1 EDITAL Nº 012/2014 QUADRO DE ÁREAS - PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA ÁREA: Cultura e Sociedade PROGRAMA 1. Teoria e Crítica Cultural na (pós)modernidade; 2. Fronteiras, Territórios e Relações Interétnicas; 3. Questões de identidade cultural na Sociedade Brasileira; 4. Sistemas de Crenças, Rituais e Simbolismo; 5. Estudos Culturais no Brasil e na África; 6. Literatura e processos de mediação cultural na América Latina e na África; 7. Interculturalidade e Etnologia dos povos indígenas e afroamericanos; 8. As relações contemporâneas entre África e América Latina e o desenvolvimento de políticas de Ações Afirmativas na região; 9. Mídia; Estudos Culturais e Literatura nas políticas de ação afirmativa; 10. Cultura e grupos étnicos na formação da nação. BIBLIOGRAFIA 1. ANDERSON, Benedict. Nação e consciência nacional. São Paulo: Ática, ABRAMOWICZ, Anete; GOMES, Nilma Lino (org.). Educação e raça: perspectivas políticas, pedagógicas e estéticas. Belo Horizonte: Autêntica Editora, BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 7ed. São Paulo: Brasiliense, BERMAN, Marshall. Tudo que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. Trad. Carlos Felipe Moisés, Ana Maria L. Ioriatti. São Paulo: Companhia das Letras, BOSI, Alfredo. Dialética da Colonização. São Paulo: Cia das Letras, CHAUÍ, Marilena. Brasil Mito Fundador e Sociedade Autoritária. São Paulo: Perseu Abramo, CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. 2v. São Paulo: Paz e Terra, CUNHA, Eneida L. Estampas do Imaginário: Literatura, História e Identidade Cultural. Belo Horizonte: Editora UFMG, ELIADE,Mircea. Mito e Realidade. São Paulo: Perspectiva, FERREIRA, Aparecida de Jesus (org.). Identidades sociais de raça, etnia, gênero e sexualidade: práticas pedagógicas em sala de aula de línguas e formação de professores/as. Campinas, SP: Pontes Editores, GARCÍA CANCLINI, Néstor. Culturas híbridas. Estratégias para entrar e sair da Modernidade. Trad. Ana Regina Lessa e Heloísa PezzaCintrão. 3ed. São Paulo: EDUSP, GEERTZ, C. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: LTC, GOMES, Renato Cordeiro. Babel do século XXI: do mito às mídias. Compós. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. Volume 11, número 1, 2008 a. Disponível em: <http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/view/285/253>. Último acesso em: 27 março GÓMEZ GARCÍA, Pedro. Las ilusiones de la identidad. La etnia como seudoconcepto. In: Gazeta de Antropología, Granada España, nº 14, Disponível em: <http://www.ugr.es/~pwlac/g14_12pedro_gomez_garcia.html>. 15. GRAÚNA, Graça. Contrapontos da Literatura Indígena Contemporânea. Belo Horizonte: Mazza Edições, HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro. 11ed. Rio de Janeiro: DP&A, HALPERIN DONGHI, Tulio. História da América Latina. 2ed. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Paz e Terra, IANNI, Octavio. O labirinto latino-americano. Rio de Janeiro: Vozes, LARAIA, Roque de Barros. Cultura, um conceito antropológico. Rio de Janeiro, Zahar. 20. MOITA LOPES, L.P. Identidades Fragmentadas: A construção discursiva de raça, gênero e sexualidade em sala de aula. Campinas, SP: Mercado de Letras, ORTIZ, Renato. Cultura Brasileira e Identidade Nacional. São Paulo: Brasiliense, 1994.

2 22. PARÍS POMBO, María Dolores. Estudios sobre el racismo en América Latina. In: Política y Cultura, nº 17, 2002, Universidad Autónoma Metropolitana Unidad Xochimilco, p PIZARRO, Ana. O sul e os trópicos. Ensaios de cultura latino-americana. Trad. Irene Kallina, Liege Rinaldi. Niterói: EdUFF, RAMA, Angel. Cidade das Letras. São Paulo: Brasiliense, SOVIK, Liv Rebecca. Aqui ninguém é branco. Rio de Janeiro: Aeroplano Editora, 2009.

3 ÁREA: Educação Ambiental/CTS/ História e Filosofia da Ciência e Ensino/Formação de Professores 1) Estratégias didáticas para o ensino de ciências/biologia - Aproximação entre pesquisa em ensino de Ciências e o ensino de Ciências. - Conhecimentos contemporâneos em Ciência e Tecnologia. - Divulgação Científica e o ensino de Ciências 2) Ciência, Tecnologia e Sociedade: implicações para o ensino de ciências. - Conceituação e histórico; - Histórico da proposta de abordagem CTS no ensino. - Natureza da Ciência e abordagem CTS. - Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia e Abordagem CTS em seus aspectos educacionais, políticos, econômicos, ambientais, sociais, culturais. - CTS e os autores e ideias em Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia. 3) Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: as implicações das diferentes opções metodológicas para a análise do objeto de pesquisa educacional 4) A questão ambiental e sua abordagem no ensino - Concepções de Educação Ambiental - Interdisciplinaridade em atividades de Educação Ambiental - Planejamento de atividades em Educação Ambiental 5) Perspectivas no Ensino de Ciências - Mudanças necessárias: enfoque naturalístico, Biologia Aplicada, Bioética e Multiculturalidade - Articulação escola-comunidade 1. Aikenhead, G. EducaciónCiencia-Tecnología-Sociedad (Cts): Una Buena Idea Como Quiera Que Se Le Llame. Educación Química 16[2], Abril De Acevedo, J.A.; Vázquez, A.; Paixão, M.F.; Acevedo,P; Oliva J.M.; Manassero, M.A. Mitos Da Didática Das Ciências Acerca Dos Motivos Para Incluir A Natureza Da Ciência No Ensino Das Ciências Ciênc. Educ. (Bauru) [Online]. 2005, Vol.11, N.1, Pp Bazzo, Walter; Lisingen, Irlan Von E Pereira, Luiz T. Do V. Introdução Aos Estudos Cts (Ciência, Tecnologia E Sociedade). Cadernos De Ibero América. Oei - Organização Dos Estados Ibero-Americanos Para A Educação, A Ciência E A Cultura. Espanha: Madrid, Bogdan, R.C.; Biklen, S.K. Investigação Qualitativa Em Educação. Tradutores: Maria João Alvarez, Sara B. Dos Santos E Telmo M. Baptista. Porto Editora Carvalho, A. M. P. (Org). Ensino De Ciências Unindo A Pesquisa E A Prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, DelizoicovD. ;Angotti, J. A.; Pernambuco, M. M. Ensino De Ciências - Fundamentos E Métodos. 3a. Ed. São Paulo: Editora Cortez, González García, M.; López Cerezo, J.A. E Luján, J.A. Ciencia, Tecnologia Y Sociedad Una Introducción Al Estúdio Social De La Ciência Y La Tecnologia. Madrid: Tecnos, Krasilchik, M., Marandino, M. Ensino De Ciências E Cidadania. São Paulo: Ed. Moderna, Lüdke, M. & André, M. E. D. A. Pesquisa Em Educação: Abordagens Qualitativas. São Paulo: Epu, Layrargues, P. P. (Org) Identidades Da Educação Ambiental Brasileira. Brasília: Mma/Diretoria De Educação Ambiental, Marandino, M., Selles, S. E, Ferreira, M. S. Ensino De Biologia: História E Práticas Em Diferentes Espaços Educativos. São Paulo: Editora Cortez, Santos, F. M. T. & Greca, I. M. (Org.) A Pesquisa Em Ensino De Ciências No Brasil E Suas Metodologias. Ijuí: Ed Unijuí, Santos, W. L. P; Auler, D. (Org.). Cts E Educação Científica: Desafios, Tendências E Resultados De Pesquisas.

4 1ed.Brasília: Unb, Trivelato, S.F., Silva, R.L. Ensino De Ciências: Coleção Idéias Em Ação. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

5 ÁREA: Educação Matemática/Formação de Professores 1) Álgebra Linear a) Espaços Vetoriais; b) Transformações Lineares; c) Autovalores e Autovetores; 2) Análise a) Limite e Derivação de Funções de Uma e Várias Variáveis; b) Métodos de Integração; c) Integral Definida; d) Integrais Duplas e Triplas; e) Teoremas de Green, da Divergência e de Stokes; 3) Equações Diferenciais Ordinárias; a) Teorema de Existência e Unicidade; b) Métodos Elementares de Soluções de 1 a e 2 a Ordens; c) Solução de Sistemas Lineares; d) Métodos Numéricos para Soluções de EDO s; 4) Educação Matemática a) Etnomatemática; b) O Uso da Informática no Ensino de Matemática; c) A Formação do Professor de Matemática; 1. APOSTOL, Tom M.; Cálculo volumes 1 e 2, Ed. Reverté, 1ª Edição, ARNOLD, Vladimir I.; Ordinary Differential Equations. MIT Press, 1 st Edition, BARBOSA, Jonei C.; CALDEIRA, Ademir D.; ARAÚJO, Jussara L. (Orgs.). Modelagem matemática na educação matemática brasileira: pesquisas e práticas educacionais. Recife: SociedadeBrasileira de EducaçãoMatemática, BORBA, Marcelo de Carvalho e PENTEADO, Miriam Godoy; Informática e Educação Matemática. Belo Horizonte; Belo Horizonte: AutênticaEditora, CRAIZER, Marcos e TAVARES, Geovan; Cálculo Integral a Várias Variáveis. Rio de Janeiro. Editora PUC- RIO/Loyola, D'AMBROSIO, Ubiratan; Educação Matemática : Da Teoria À Prática.PapirusEditora, D'AMBROSIO, Ubiratan; Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. Belo Horizonte. Belo Horizonte: AutênticaEditora,, DE FIGUEIREDO, Djairo Guedes e NEVES, Aloísio F.; Equações Diferenciais Aplicadas. IMPA, 2ª Edição, DOERING, Claus I., LOPES, Artur O.; Equações Diferenciais Ordinárias. IMPA, 1ª Edição, KREYSZIG, Erwin; Advanced Engineering Mathematics. IE-Wiley, 2 nd Edition, LIMA, Elon Lages; Álgebra Linear. Rio de Janeiro. IMPA, LIMA, Elon Lages; Curso de Análise volume 1. Coleção Euclides. Rio de Janeiro. IMPA, LIMA, Elon Lages; Curso de Análise volume 2. Coleção Euclides. Rio de Janeiro. IMPA, 6ª Edição MALTA, Iaci; PESCO, Sinésio e LOPES, Hélio; Cálculo a uma Variável, Uma Introdução ao Cálculo. Rio de Janeiro. Editora PUC-RIO/Loyola, MOREIRA, Plínio Cavalcanti e DAVID, Maria Manuela M. S.; A formação matemática do professor: licenciatura e prática docente escolar; Belo Horizonte: Autêntica Editora, PINTO, Diomara e MORGADO, Maria Cândida Ferreira; Cálculo Diferencial e Integral de Funções de Várias Variáveis. Editora UFRJ. 17. RUDIN, Walter; Principles of Mathematical Analysis, Ed McGraw-Hill, 3 rd Edition, STEINBRUCH, Alfredo; Introdução à Álgebra Linear. São Paulo. McGraw-Hill. 19. STEWART, James; Cálculo (2 volumes). Editora Thomson Learning, 4 a Edição, 2001.

6 ÁREA: Engenharia Elétrica / Controle e Automação 1. Análise de sistemas de tempo contínuo e discreto, estabilidade 2. Estruturas de controle linear e não-linear 3. Automação industrial 4. Controlador lógico programável, supervisórios 5. Processos industriais 6. Otimização e controle ótimo. 1. Dorf, Richard C., Bishop, Robert H., sistemas de controle modernos, LTC, 8.a ed., Ogata, Katsuhiko..engenharia de controle moderno, 4.a ed, Pearson Brasil, Franklin, G. F., Powell, j. d., Workman, m. digital control of dynamic systems (3rd edition). Addison-Wesley, Khalil H. K., nonlinear systems (3rd edition). Prentice-Hall, Natale, F. automação industrial - série brasileira de tecnologia. editora Érica, Kirk, D. E. optimal control theory an introduction, Dover Publications inc., Slotine, J. J. e., Li, W. applied nonlinear control. Prenctice-Hall, Georgine, M. automação aplicada: descrição e implementação de sistemas sequenciais com plcs. Editora Érica, 6.a edição, Chen, C. T. linear systems theory and design, 3rd edition, Oxford University press, Dias, C. A. técnicas avançadas de instrumentação e controle de processos industriais 2.a edição, editora Technical Books, 2012.

7 ÁREA: Engenharia Mecânica / Modelagem de Ligas com Memória de Forma (Perfil 1) 1. Modelos Constitutivos 2. Comportamento Termomecânico 3. Modelos numéricos 4. Caracterização Termomecânica 5. Aplicações 1. Lagoudas, D.C.; Shape Memory Alloys: Modeling and Engineering Applications, Springer, Abeyyaratne, R. e Knowles, J.K.; Evolution of Phase Transitions: A Continuum Theory, Cambridge, Lemaitre, J. e Chaboche, J.-L.; Mechanics of Solid Materials, Cambridge Press, Besson, Jacques; Cailletaud, Georges; Chabouche, Jean-Louis, Forest, Samuel; Blétry, Marc. Non-Linear Mechanics of Materials. 1a.ed. Springer, Simo, J.C. and Hughes, T.J.R.; Computational Inelasticity, Interdisciplinary Applied Mathematics, Vol.7, Springer, Bathe, K-J.; Finite Element Procedures, Prentice-Hall, 2005

8 ÁREA: Engenharia Mecânica / Materiais Inteligentes (Perfil 2) 1. Modelagem de Materiais Inteligentes 2. Atuadores piezelétricos 3. Atuadores Magnéticos 4. Atuadores com Memória da Forma 5. Comportamento termomecânico de Materiais Inteligentes 6. Uso de Materiais Inteligentes na geração de energia 1. Smith, Ralph C.; Smart Material Systems Model Development, Ed. SIAM, Schwartz, M.; Smart Materials, CRC Press, Leo, D.J.; Engineering Analysis of Smart Material Systems, John Wiley & Sons, Lagoudas, D.C.; Shape Memory Alloys: Modeling and Engineering Applications, Springer, Priya, S. e Inman, D.J.; Energy Harvesting Technologies, Springer, 2009.

9 ÁREA: Engenharia Mecânica / Projeto de Juntas Coladas (Perfil 3) 1. Aplicações industriais da colagem. 2. Análise de tensões em juntas coladas. 3. Modelagem numérica de juntas coladas. 4. Fadiga em juntas coladas. 5. Ensaios e normas. 6. Efeitos da temperatura. 1. DA SILVA, L.F.M., DE MAGALHÃES, A.G., DE MOURA, M.F.S.F. Juntas Adesivas Estruturais, Publindustria, KINLOCH, A. J. Structural Adhesives, Ed. Kluwer Academic Publishers, Packham, D. E. Handbook of Adhesion, Wiley; 2ed., Silva, Lucas F. M.; Öchsner, Andreas; Adams, Robert D. (Eds.) - "Handbook of Adhesion Technology", Springer, Silva, Lucas F. M.; Öchsner, Andreas (Eds) - "Modeling of Adhesively Bonded Joints", Springer, SinaEbnesajjad - "Adhesives Technology Handbook", William Andrew Inc., M. Chaudhury and A.V. Pocius, "Adhesion Science and Engineering", Elsevier, R.D. Adams, J. Comyn, W.C. Wake - "Structural Adhesive Joints in Engineering", Chapman & Hall, Anthony J. Kinloch, "Durability of Structural Adhesives", Springer, DE BARROS, Silvio; CHAMPANEY, Laurent. "Modélisation des asemblagescollés", Sarrebruck: Éditions universitaires européennes, 2010.

10 ÁREA: Engenharia de Produção / Inovação, empreendedorismo e responsabilidade social (Perfil 1) 1. Modelos de inovação 2. Prospecção tecnológica 3. Propriedade intelectual 4. Transferência de tecnologia 5. Plano de negócios 6. Estudos de viabilidade técnico-financeira 7. Políticas públicas de CT&I BIBLIOGRAFIA 1. Assafim, J. A transferência de tecnologia no Brasil. Rio de Janeiro: Lumen Juris, Barbosa, Denis Borges. Direito da Inovação. Rio de Janeiro: Lumen Juris, Chesbrough, Henry. Inovação Aberta: como criar e lucrar com a tecnologia. São Paulo: Bookman, Modelos de Negócios Abertos: como prosperar no novo cenário de inovação. São Paulo: Bookman, Christensen, C. The innovator s dilemma. Cambridge: Harvard Business Review Press, Christensen, C, e M Raynor. The Innovator's Solution: Creating and sustaining successful growth. Cambridge: Harvard Business Review Press, Di Blasi, Gabriel. A propriedade industrial: os sistemas de marcas, patentes e desenho industrial da Lei n. 9279, de 14 de maio de Rio de Janeiro: Forense, Dornelas, J. Empreendedorismo - Transformando ideias em negócios. 5ª. São Paulo: LTC, Grant, E., e G. Ireson. Principles of Engineering Economy. 8th. New York: Wiley, INT Instituto Nacional de Tecnologia, Prospecção Tecnológica: Metodologias e Experiências Nacionais e Internacionais. Projeto CTPetro Tendências Tecnológicas. Nota Técnica 14. Jan. 11. Lastres, H.M.M., J.E. Cassiolato, e A. Arroio. Conhecimento, sistemas de inovação e desenvolvimento. Rio de Janeiro: Editora UFRJ/Contraponto, Lastres, Helena, e Sarita Albagli. Informação e Globalização na Era do Conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Campus, Nero, Patricia Aurelia Del. Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia. Belo Horizonte: Editora Forum, Rossetti, J., e A. Andrade. Governança corporativa: fundamentos, desenvolvimento e tendências. 6ª. São Paulo: Atlas, Tarapanoff, K. Inteligência Organizacional e Competitiva. 1. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, Tidd, J. Managing Innovation. Integrating Technological Market and Organizational Change. New York: Wiley, Tigre, P. Gestão da Inovação. São Paulo: Elsevier, Utterback, James. Mastering the dynamics of innovation. 2nd. Cambridge: Harvard Business Review Press, 1996.

11 ÁREA: Engenharia de Produção / Métodos Quantitativos em Sistemas de Produção (Perfil 2) 1. Controle Estatístico da Qualidade. 2. Gestão de Estoques: Lote econômico de compra e variações; Políticas de gestão de estoques; Controle de estoques; Posicionamento de estoques na cadeia de suprimentos. 3. Sistemas de Produção: Planejamento de vendas e operações; Plano mestre de produção; MRP & MRPII; ERP. 4. Armazenagem: Localização de Centros de Distribuição; Arranjo físico de armazéns; Movimentação de cargas; Controle de materiais. 5. Programação e Sequenciamento da produção: Sequenciamento da produção - Flowshop, Jobshop e Openshop. 6. Sequenciamento de projetos; PERT/CPM, Sequenciamento em serviços. 1. BALLOU, Ronald H. Logística Empresarial: transportes, administração de materiais, distribuição física. São Paulo, Atlas, BALLOU, Ronald H.. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, 4a Edição. Bookman Douglas C. Montgomery, George C. Runger, Applied Statistics and Probability for Engineers, Fifth Edition, CORREA, H.L., GIANESI, I.G.N., CAON, M. Planejamento, programação e controle da produção: MRP II/ERP: conceitos, uso e implantação. 4. ed., São Paulo: Atlas CORRÊA, H.L.; GIANESI, I.G.N. Just in Time, MRPII e OPT: Um Enfoque Estratégico. Atlas, São Paulo, FITZSIMMONS, J.A., FITZSIMMONS, M.J., 2005, Administração de serviços: operações, estratégia e tecnologia da informação. 4.ed. Porto Alegre: Bookman. 7. Nahmias, S. Production and Operations Analysis. McGraw-Hill, TAYLOR, F. W., 1990, Princípios da administração científica. São Paulo, Atlas. 9. Pinedo, M. Planning and scheduling in manufacturing and services. Springer-Verlag, Hillier, F., Lieberman, G. Introduction to operations research, Seventh Edition, McGraw-Hill, 2000.

12 ÁREA: Física Experimental na área de Física atômica e molecular ou na área de Física da matéria condensada 1. Cinemática Vetorial; 2. Dinâmica de uma partícula: Forças, Momento Linear, Trabalho, Energia e Potência; 3. Dinâmica de um sistema de partículas: Forças, Momento Linear, Momento Angular, Torque, Trabalho, Energia e Potência; 4. Dinâmica das rotações; 5. Força Central; 6. Hidrodinâmica; 7. Oscilações e Ondas Mecânicas; 8. Leis Zero e Primeira da Termodinâmica; 9. Segunda Lei da Termodinâmica e Máquinas Térmicas; 10. Eletrostática; 11. Magnetismo; 12. Leis de Faraday e de Ampère-Maxwell; 13. Equações de Maxwell e Ondas Eletromagnéticas; 14. Interferência e Difração de Ondas Eletromagnéticas; 15. Relatividade Restrita; 16. Mecânica Quântica. 1. H. Moysés Nussenzveig, Curso de Física Básica, vols. 1, 2, 3, e 4, Edgard Blücher. 2. Young e Freedman (Sears e Zemansky), Física I, II, III, IV, Addison Wesley 3. Halliday/Resnick/Jearl Walker, Fundamentos de Física, Vols I, II, III, IV Ed. LTC 4. F. Caruso e V. Oguri, Física Moderna: Origens Clássicas & Fundamentos Quânticos, Elsevier. 5. Robert Eisberg, Robert Resnick, Física Quântica, Ed. Campus. 6. Stephen Gasiorowicz, FísicaQuântica. 7. David Park, Introduction to Quantum Theory. 8. R. P. Feynman, Lectures on Physics- Vols. I, II & III.

13 ÁREA: História da África 1. A África como objeto de estudo: A historiografia sobre o continente africano 2. A História da África no Brasil 3. A África antes da chegada dos europeus 4. O comércio atlântico de escravos e suas conseqüências no continente africano 5. O debate historiográfico sobre as conseqüências do comércio atlântico de escravos nas sociedades africanas 6. O fim do comércio atlântico de escravos e a reorganização das sociedades africanas 7. A expansão européia na África 8. As independências africanas e os desafios do pós-independência 9. A África no tempo presente 10. O ensino de História e Cultura Afrobrasileira e Africana no Brasil 1. BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. 2. BRASIL. PLANO NACIONAL DE IMPLEMENTAÇÃO DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ETNICORRACIAIS E PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA AFROBRASILEIRA E AFRICANA. 3. BITTENCOURT, Marcelo. Estamos juntos! O MPLA e a luta anticolonial. Luanda: Kilombelombe, 2008, v.1, p CAMPOS, Adriana e SILVA, Gilvan (ors.). Os reinos africanos na Antiguidade e Idade Média: uma história para ser (re)contada. Vitória: GM Editora, COSTA, Warley ;onato, Nailda Marinho da Costa ; Pinheiro, Diógenes ; Barbosa, A.L.S. ; Bittencourt, Cristiane ; Corenza, Janaína de Azevedo ; Corrêa, Sérgio ; Hora, Dayse Martins ; Maia, Augusto ; Marafon, Giovanna ; Martins, A.M.S. ; Monteiro, Helena Rego ; Santos, Isis Flora ; Sousa, Sandra Cristina Ferreira de ; Souza, Maria Helena Viiana. As imagens da escravidão nos livros de História do ensino fundamental: representações e identidades. In: GuaraciraGouêa; Cristiane Bittencourt; Giovanna Marafon; Helena Rego Monteiro. (Org.). Pesquisas em Educação. 1ªed.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2007, v. 1, p FAGE, John. História da África. Lisboa: Edições 70, FERREIRA, Roquinaldo. Escravidão e revoltas de escravos em Angola ( ). In: Afro-Ásia, Salvador, n.21-22, , p ILIFFE, John. Os africanos: história dum continente. Lisboa: Terramar, LOPES, Carlos. Compasso de espera. O fundamental e o acessório na crise africana. Porto: Afrontamento, LOVEJOY, Paul. A escravidão na África. Uma história de suas transformações. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, MELLO E SOUZA, Marina de. Reis negros no Brasil escravista. História da festa de coroação de rei Congo. Belo Horizonte: Editora UFMG, NASCIMENTO, Augusto, BITTENCOURT, Marcelo, DOMINGOS, Nuno; MELO, Victor Andrade de (orgs.). Esporte e lazer na África: novos olhares. Rio de Janeiro: 7 Letras, SERRA, Carlos (org.). Racismo, Etnicidade e Poder. Maputo: Universidade Eduardo Mondlane, TAVARES, Julio César (de S.). Dança de Guerra: Por uma Teoria da Corporeidade Afrobrasileira. Belo Horizonte: Nandyala, THORNTON, John. A África e os africanos na formação do mundo atlântico. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004

14 ÁREA: História e Filosofia da Ciência e Ensino/CTS e Ensino/Formação de Professores 1. Controvérsias históricas na construção do conhecimento científico: implicações para o ensino de Física. - conceituação de controvérsia histórica; - exemplos de controvérsias históricas; - o uso de controvérsias históricas como caminho para trabalhar conceitos de Física na educação básica. - obstáculos para o trabalho com a História e Filosofia da Ciência na educação básica. 2. Natureza da Ciência e Ensino: questões filosóficas e metodológicas oriundas do trabalho com a visão consensual. - as diferentes conceituações de Natureza da Ciência: lista consensual x semelhança de família; - o estudo explícito da Natureza da Ciência vesus o estudo implícito da Natureza da Ciência: diferenças de abordagens e implicações para a sala de aula. - a legislação brasileira e o estudo da Natureza da Ciência nas aulas de Física. 3. Ciência, Tecnologia e Sociedade: implicações para o ensino de ciências. - conceituação; - histórico da proposta de abordagem CTS no ensino. - Natureza da Ciência versus abordagem CTS. 4. Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: as implicações das diferentes opções metodológicas para a análise do objeto de pesquisa educacional - Diferença de conceituação; - Diferentes opções de metodologia para a pesquisa qualitativa; - Diferentes opções de metodologia para a pesquisa quantitativa; - as implicações das diferentes opções metodológicas para a análise do objeto de pesquisa educacional; - entrevistas a partir da pesquisa qualitativa; - entrevistas a partir da pesquisa qualitativa. 5. As diferentes visões de ciência oriundas da leitura dos trabalhos de Thomas Kuhn e Karl Popper e suas implicações para o ensino de Física. - a visão de ciência de Thomas Kuhn e suas implicações para o ensino de Física; - a visão de ciência de Karl Popper e suas implicações para o ensino de Física; 1. Abd-El Khalick F., Lederman, N The Influence of History of Science Courses on Student s Views of Nature of Science. JournalofResearch in Science Teacher. 37(10), , Abrantes, Paulo. Imagens da natureza, imagens de ciência, Papirus, Campinas, Acevedo, J.A.; Vázquez, A.; Paixão, M.F.; Acevedo,P; Oliva J.M.; Manassero, M.A. Mitos da didática das ciências acerca dos motivos para incluir a natureza da ciência no ensino das ciências Ciênc. educ. (Bauru) [online]. 2005, vol.11, n.1, pp Aikenhead, G. EducaciónCiencia-Tecnología-Sociedad (CTS): una buenaidea como quiera que se lellame. EducaciónQuímica 16[2], Abril de Allchin, D. Evaluating Knowledge of the Nature of (Whole) Science. Science Education. 95 (3), , Bazzo, Walter; Lisingen, Irlan Von E Pereira, Luiz T. Do V. Introdução aos Estudos CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade). Cadernos de Ibero América. OEI - Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura. Espanha: Madrid, Bogdan, R.C.; Biklen, S.K. Investigação Qualitativa em Educação, Porto Editora Braga, M., Guerra, A., & Reis, J. C. The role of historical philosophical controversies in teaching sciences: The debate between Biot and Ampère. Science & Education, 21, , Chalmers, Alan - O que é ciência afinal? Brasiliense, São Paulo, Forato T., Pietrocola, M. Martins, R. History and Nature of Science in High School: Building Up Parameters to Guide Educational Materials and Strategies. Science &Education, 21, , 2012.

15 11. Gil Pérez, D., Montoro, I., Alis, J., Cachapuz, A., & Praia, J. Para uma imagem não deformada do trabalho científico. Ciência &Educacação, 7(2), , González García, M.; López Cerezo, J.A. E Luján, J.A. Ciencia, Tecnologia y Sociedad Una introducción al estúdio social de La ciência y La tecnologia. Madrid: Tecnos, Irzik, G., Nola, R. A Family Resemblance Approach to the Nature of Science for Science Education. Science&Education. 20(7-8), , Kuhn, Thomas - A Estrutura das Revoluções Científicas, Perspectiva, São Paulo, 1975; 15. Kuhn, Thomas S. A Tensão Essencial, Edições 70, Lisboa, s/d. 16. Kuhn, Thomas S. O Caminho desde a Estrutura: Ensaios filosóficos, , com uma entrevista autobiográfica, Unesp, São Paulo, Losee, John - Introdução Histórica à Filosofia da Ciência, Terramar, Lisboa, 1980; 18. Lüdke, Menga & André, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens 19. McComas, W. F. Seeking historical examples to illustrate key aspects of the Nature of science. Science&Education. 17(2-3), , Popper, Karl - Conjecturas e refutações, Editora da UnB, 3a. ed., Brasília, Popper, Karl A lógica da pesquisa científica, Cultrix, São Paulo, Portocarrero, Vera (org) - Filosofia, História e Sociologia da Ciência, Ed. Fiocruz, Rio de Janeiro, 2002; 23. qualitativas. São Paulo: EPU, Santos, F. M. T. & Greca, I. M. (org.) A pesquisa em Ensino de Ciências no Brasil e suas Metodologias. Ijuí: Ed UNIJUÍ, Santos, W. L. P; Auler, D. (org.). CTS e Educação Científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas. 1ed.Brasília: UNB, sciences: The debate between Biot and Ampère. Science &Education, 21, , 2012.

16

17

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 2º ANO Nome da disciplina: Física Geral II Carga horária: 90h Acústica e Ondas. Óptica Física e Geométrica. Lei de Coulomb; Campo Elétrico. Lei de Gauss. Potencial. Capacitância.

Leia mais

Contextualizar alguns dos principais métodos científicos. Conhecer as tendências contemporâneas da pesquisa em educação

Contextualizar alguns dos principais métodos científicos. Conhecer as tendências contemporâneas da pesquisa em educação PLANO DE CURSO 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1 Instituição: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB 1.2 Programa de Pós-Graduação em Educação PPGEd 1.3 Curso: Mestrado em Educação 1.4 Disciplina:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA EMENTAS DA 3ª. ETAPA Núcleo Temático: PROGRAMAÇÃO Disciplina: ESTRUTURA DE DADOS 108 há ( 72 ) Teóricas ( 36 ) Práticas Tipos abstratos de dados. Estudo das estruturas lineares: pilhas, filas e listas

Leia mais

Bibliografias referentes à Transdisciplinaridade e Complexidade

Bibliografias referentes à Transdisciplinaridade e Complexidade Bibliografias referentes à Transdisciplinaridade e Complexidade A ATLAN, H. Teórico da auto-organização, in: PESSIS-PASTERNAK, G., Do caos à inteligência artificial: quando os cientistas se interrogam,

Leia mais

Programa e Bibliografia Edital 100/12

Programa e Bibliografia Edital 100/12 Programa e Bibliografia Edital 100/12 Campus Área Pontos Bibliografia Jaguarão Administração, Cultura e Turismo 1. Administração e Gerência Cultural 2. Gestão de agência de viagens 3. Gestão de recursos

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO DE FINANÇAS E CUSTOS Etapa: 07 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa:

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Teoria Eletromagnética. CÓDIGO: MEE007 Validade: Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Sistemas Elétricos / Formação Básica Ementa: Análise Vetorial. Equações

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS 7ª ETAPA GESTÃO EMPRESARIAL: FOCO SISTEMAS CORPORATIVOS Disciplina: ESTRATÉGIAS EM SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL ENEX00614 (34) Teóricas 34 h/a Conceitos básicos de estratégia

Leia mais

FÍSICA GERAL III - 90 h

FÍSICA GERAL III - 90 h FÍSICA GERAL III - 90 h Em Física Geral III estudam-se os tópicos de Eletricidade, Magnetismo e Eletromagnetismo. A base tecnológica de nossa sociedade é o eletromagnetismo, por essa razão é de fundamental

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Curso de graduação em Pedagogia - Licenciatura Disciplina: Conteúdo e Metodologia em Matemática Carga Horária: 60 Teórica: 60 Prática: Semestre: 2013.2

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1 FACUL DADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMATICA NEGÓGIOS GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ( 68) Teóricas Etapa: 7ª ( ) Práticas Interpretação de Governança e estratégia organizacional:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I 1 Funções de uma variável 2 Funções reais 3 Conceito, cálculo e aplicações de limites, continuidade, derivadas e diferenciais 4 Cálculos de pontos de máximos, mínimos

Leia mais

FIOCRUZ Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Curso de Mestrado em Educação Profissional em Saúde

FIOCRUZ Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Curso de Mestrado em Educação Profissional em Saúde FIOCRUZ Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Curso de Mestrado em Educação Profissional em Saúde Epistemologia Carla Martins / Marco Antonio C. Santos / Virgínia Fontes 1º semestre 2015 3ªs feiras

Leia mais

Disciplina: Metodologia da Pesquisa Prof.Dr. Genilda D Arc Bernardes e Prof.Dra. Mirley Luciene dos Santos Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 2008

Disciplina: Metodologia da Pesquisa Prof.Dr. Genilda D Arc Bernardes e Prof.Dra. Mirley Luciene dos Santos Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 2008 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA PROGRAMA DE MESTRADO MULTIDISCIPLINAR EM SOCIEDADE TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE Disciplina: Metodologia da Pesquisa Prof.Dr. Genilda D Arc Bernardes e Prof.Dra.

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Métodos Numéricos CÓDIGO: PEE-007 Validade: A partir do 1º semestre de 2009. Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Sistemas Elétricos / Módulo de Disciplinas

Leia mais

Designação da Disciplina: Tendências de pesquisas e de práticas em Educação Matemática

Designação da Disciplina: Tendências de pesquisas e de práticas em Educação Matemática Designação da Disciplina: Tendências de pesquisas e de práticas em Educação Matemática Domínio Específico (X) Domínio Conexo ( ) Natureza: Específica da Área de Concentração do Curso (Ensino de Ciências)

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINHA DE PESQUISA: TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINHA DE PESQUISA: TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LINHA DE PESQUISA: TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA SEED-PR PARA

Leia mais

A INFORMÁTICA E O ENSINO DE MATEMÁTICA: ALGUNS ESTUDOS RECENTES

A INFORMÁTICA E O ENSINO DE MATEMÁTICA: ALGUNS ESTUDOS RECENTES A INFORMÁTICA E O ENSINO DE MATEMÁTICA: ALGUNS ESTUDOS RECENTES Silvia Regina Viel Rodrigues - Uni-FACEF Introdução Localizado no Departamento de Matemática, Unesp, Rio Claro, sob a coordenação do professor

Leia mais

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população negra brasileira são fundamentadas historicamente na luta

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO AC-01 Física 1. Movimento em uma e duas dimensões. 2. Dinâmica Newtoniana: leis de Newton; forças dependentes do tempo, posição e velocidade; trabalho e energia; momento linear e colisões; gravitação e

Leia mais

Curso de Administração Informações da Disciplina: Administração da Produção II

Curso de Administração Informações da Disciplina: Administração da Produção II Administração da Produção II Desenvolver os conceitos fundamentais de Administração da Produção no que se refere ao planejamento, programação e controle da produção. Apresentar as ferramentas de melhoria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL Nº 067/2011 CAMPUS SAPUCAIA DO SUL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL Nº 067/2011 CAMPUS SAPUCAIA DO SUL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL Nº 067/2011 CAMPUS SAPUCAIA DO SUL ANEXO 2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ÁREA: 25 EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO

Leia mais

Projetos Acadêmicos de Pesquisa-Ação em Educação

Projetos Acadêmicos de Pesquisa-Ação em Educação BIBLIOGRAFIA AURAUX, Sylvain. (1992). A revolução tecnológica da gramatização. Tradução para Língua Portuguesa. Campinas: UNICAMP. BAUER, Martin; GASKELL, George. (2002). Pesquisa qualitativa com texto,

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA. 45h/3 créditos

DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA. 45h/3 créditos DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA 45h/3 créditos Ementa: A disciplina envolve as seguintes aproximações: a tecnologia e as inovações tecnológicas como instrumentos de defesa

Leia mais

9 Referências bibliográficas

9 Referências bibliográficas 136 9 Referências bibliográficas ALVARENGA, A. C. ; NOVAES, A. G. N. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. 3. ed. 1. reimp. São Paulo: Edgard Blücher, 2000. 194 p. BAÍDYA, T. K. N. ; AIUBE,

Leia mais

IN0997 - Redes Neurais

IN0997 - Redes Neurais IN0997 - Redes Neurais Aluizio Fausto Ribeiro Araújo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática - CIn Departamento de Sistemas da Computação aluizioa@cin.ufpe.br Conteúdo Objetivos Ementa

Leia mais

UNIVERSIDADE DE COIMBRA ENSINO DE QUALIDADE, INOVADOR & DIFERENCIADO

UNIVERSIDADE DE COIMBRA ENSINO DE QUALIDADE, INOVADOR & DIFERENCIADO UNIVERSIDADE DE COIMBRA ENSINO DE QUALIDADE, INOVADOR & DIFERENCIADO UNIVERSIDADE DE COIMBRA Fundada em 1290 pelo rei D. Dinis Possui mais de 300 cursos Válidos a nível europeu Tem ca. 25 000 estudantes

Leia mais

Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada

Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada Dados de identificação Disciplina: MATEMÁTICA APLICADA II Período Letivo: 2015/1 Período de Início de Validade : 2015/1 Professor Responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Escola de Engenharia Curso: Engenharia Eletrônica e Elétrica Disciplina: Engenharia Econômica Código da Disciplina: 25019724 Professor: Doutor Agostinho Celso Pascalicchio Carga

Leia mais

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA A DISTÂNCIA EM DISCUSSÃO

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA A DISTÂNCIA EM DISCUSSÃO 1078 A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA A DISTÂNCIA EM DISCUSSÃO Silvia Regina Viel Rodrigues 1 Resumo Neste trabalho, cujo objetivo é discutir a formação do professor de Matemática a distância, inicialmente

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA 1) Sociologia II A Escola de Ciências Sociais / CPDOC da FGV-RJ informa a abertura de processo seletivo para a contratação de um professor horista para a disciplina

Leia mais

Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209. Eliseu Lucena Neto

Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209. Eliseu Lucena Neto Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209 Eliseu Lucena Neto 2015 Ementa Meio contínuo. O conceito de tensão. Estado de tensão num ponto. Equações de equilíbrio. Capítulo1(12aulas) O conceito de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO

O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO Débora da Silva Soares 1 Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho debbie_mat@yahoo.com.br Nilton Silveira Domingues

Leia mais

RUMO À INOVAÇÃO SISTÊMICA

RUMO À INOVAÇÃO SISTÊMICA RUMO À INOVAÇÃO SISTÊMICA FERRUGEM, Kael 1 ; SANTOS, Rozali Araujo 2 ; FERREIRA, Ana Paula Alf Lima 3. Palavras-chave: sistemas, inovação e inovação sistêmica. 1. Introdução Cada vez mais as evoluções

Leia mais

ESTEREÓTIPOS NA COMUNICAÇÃO INTERCULTURAL: O CASO DO INTERCÂMBIO CULTURAL UNIVERSITÁRIO NA PUCRS.

ESTEREÓTIPOS NA COMUNICAÇÃO INTERCULTURAL: O CASO DO INTERCÂMBIO CULTURAL UNIVERSITÁRIO NA PUCRS. III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS ESTEREÓTIPOS NA COMUNICAÇÃO INTERCULTURAL: O CASO DO INTERCÂMBIO CULTURAL UNIVERSITÁRIO NA PUCRS. Polianne Merie Espindola, Jacques A. Wainberg (orientador)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO SEMIÁRIDO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO SEMIÁRIDO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO SEMIÁRIDO REEDIÇÃO DO EDITAL Nº 001, DE 11 DE MARÇO DE 2009 RETIFICAÇÃO O Diretor pro tempore do Centro de Desenvolvimento

Leia mais

PLANO DE CURSO I EMENTA

PLANO DE CURSO I EMENTA Disciplina: Geografia Regional do Mundo I Carga horária total: 90H PLANO DE CURSO I EMENTA Formas de agrupamento dos países segundo a lógica econômica; Globalização e geopolítica internacional; Questões

Leia mais

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 46 Samuel Souza Evangelista 130 104 Jussara Cândida Soares Desclassificada 45 Bruno José Rupino 130 61 Fabiana Grigógio

Leia mais

Escola de Economia e Gestão. Empresas e Mercados

Escola de Economia e Gestão. Empresas e Mercados Empresas e Mercados Pré-Requisitos: Nenhuns Prerequisites: None Compreender o funcionamento dos mercados e a forma como o mecanismo preço permite a afetação de recursos Compreender e explicar o processo

Leia mais

ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA

ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA Humberto Pinheiro LOPES umpiro@gmail.com Faculdade de Artes Visuais Míriam da Costa Manso

Leia mais

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula 1 8 de março de 2010. Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula 1 8 de março de 2010. Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Pré-Cálculo Humberto José Bortolossi Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Aula 1 8 de março de 2010 Aula 1 Pré-Cálculo 1 Conteúdo do curso Apresentação do curso Conjuntos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

Estratégia Empresarial

Estratégia Empresarial Estratégia Empresarial Adquirir uma visão atualizada e integrada do sistema e contexto de direção estratégica da organização. Compreender o conteúdo da estratégia empresarial. Desenvolver competências

Leia mais

Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC)

Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC) Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC) Rosana Rodrigues da Silva 1 GD5 História da Matemática e Cultura

Leia mais

7 Referências Bibliográficas

7 Referências Bibliográficas 7 Referências Bibliográficas AMORIM, Carlos. Comando Vermelho: a história secreta do crime organizado. 3ª edição. Rio de Janeiro, Record, 1993. ANTUNES, Ricardo. As mutações no mundo do trabalho na era

Leia mais

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa Bacharelado em Engenharia Civil bibliografia complementar ALMEIDA, Márcio de Souza S. Aterros sobre solos moles: projeto e desempenho. 1. reimpr.

Leia mais

Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco. Desenvolvimento Mobile: Padrões, filosofia e ferramentas

Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco. Desenvolvimento Mobile: Padrões, filosofia e ferramentas Nome palestrante Nome palestra Adoniran Coelho Gerenciamento de Riscos Geotécnicos em Obras Subterrâneas de Túneis Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco Alexandre de Oliveira

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA

FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Gestão Social CÓDIGO: GAP038 UNIDADE ACADÊMICA: FACIP PERÍODO/SÉRIE:

Leia mais

Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana

Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana Ana Carla CANDIDO 2 Gabriela Almeida MINGHINI 3 Maria Juliana Gomes de OLIVEIRA 4 Renata Andrade de RAMOS 5 Marcel José CHEIDA 6 Pontifícia

Leia mais

Gestão de Marketing e Ética Empresarial

Gestão de Marketing e Ética Empresarial Escola de Economia e Gestão Gestão de Marketing e Ética Empresarial Reconhecer e explicar os conceitos pilares do marketing e seu ambiente; Reconhecer a estratégia de marketing e aplicar os principais

Leia mais

EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS PEQUENAS: A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES NO CURSO DE PEDAGOGIA. STANGHERLIM, Roberta - UNINOVE - roberta.stan@hotmail.

EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS PEQUENAS: A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES NO CURSO DE PEDAGOGIA. STANGHERLIM, Roberta - UNINOVE - roberta.stan@hotmail. 1 EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS PEQUENAS: A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES NO CURSO DE PEDAGOGIA Autora: STANGHERLIM, Roberta - UNINOVE - roberta.stan@hotmail.com Coautores: VERCELLI, Ligia de Carvalho Abões - UNINOVE

Leia mais

EQUIVALÊNCIA E A MATRIZ COMPANHEIRA P

EQUIVALÊNCIA E A MATRIZ COMPANHEIRA P Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Campus Rio Pomba Coordenação de Cursos de Pós-Graduação e Pesquisa PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA. Característica: Obrigatória. Créditos: 2 (30 h)

METODOLOGIA DA PESQUISA. Característica: Obrigatória. Créditos: 2 (30 h) METODOLOGIA DA PESQUISA Ementa: Pesquisa qualitativa e quantitativa. As técnicas de observação e o trabalho de campo: componentes do trabalho de campo: componentes do trabalho de campo. O método cientifico.

Leia mais

REFERENCIAS. ALVES, Rubem Azevedo. A alegria de ensinar. 5 ed. São Paulo: Ars Poética, 1994.

REFERENCIAS. ALVES, Rubem Azevedo. A alegria de ensinar. 5 ed. São Paulo: Ars Poética, 1994. REFERENCIAS ALVES, Rubem Azevedo. A alegria de ensinar. 5 ed. São Paulo: Ars Poética, 1994.. Conversas com quem gosta de ensinar. (Mais Qualidade Total na Educação). 2 ed. São Paulo: Ars Poética, 1995.

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIOECONÔMICAS - ESAG

CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIOECONÔMICAS - ESAG CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIOECONÔMICAS - ESAG Área de Conhecimento Administração Pública: Fundamentos/Prope dêutica Ementa/Bibliografia Ementa: Cultura política, classes sociais e questões

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO EMENTA: Novas tendências na produção, distribuição e consumo da comunicação com vertentes no jornalismo diante nova reconfiguração capitalista em um cenário neoliberal. AVALIAÇÃO: A avalição será feita

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Referências Bibliográficas AUGRAS, Monique, Imaginária França Antártica. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol.4, n.7, 1991., Alteridade e Dominação no Brasil. Rio de Janeiro: NAU, 1995., O Duplo

Leia mais

PLANO DE ENSINO. ATIVIDADE SEG TER QUA QUI SEX Aulas 10-12 10-12 Atendimento 13-16 13-16 Preparação de aula 14-16 14-16

PLANO DE ENSINO. ATIVIDADE SEG TER QUA QUI SEX Aulas 10-12 10-12 Atendimento 13-16 13-16 Preparação de aula 14-16 14-16 PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Introdução a Otimização Combinatória Código: ICC500 Turma: CB01 URL: http://ioc-ufam.weebly.com Nº de Créditos: 4.4.0 Ano: 2015 Semestre: 1 Carga horária: 60h

Leia mais

Lei nº 10.639/03 Menos Preconceito na Sala de Aula. Palavras-Chave: Educação, Cultura, Preconceito, Lei 10.639, Africano e Afro-brasileiro.

Lei nº 10.639/03 Menos Preconceito na Sala de Aula. Palavras-Chave: Educação, Cultura, Preconceito, Lei 10.639, Africano e Afro-brasileiro. Lei nº 10.639/03 Menos Preconceito na Sala de Aula Palavras-Chave: Educação, Cultura, Preconceito, Lei 10.639, Africano e Afro-brasileiro. Prof.ª Sonia Helena Carneiro Pinto Justificativa: Este projeto

Leia mais

FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07

FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07 FAUEL - ESP. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO POSICAO EM 07.02.07 A pratica estatistica empresarial: como usar dados para tomar decisoes. Rio de Janeiro: LTC, 2006. 519.22-7:658 P912 Ballou, Ronald H. Logistica

Leia mais

Portaria Inep nº 254, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 254, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 254, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO EM PESQUISA OPERACIONAL 2º SEMESTRE/2013 A Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, em Limeira, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

EDITAL Nº 134/2015-GR/UEMA

EDITAL Nº 134/2015-GR/UEMA EDITAL Nº 134/2015-GR/UEMA A Universidade Estadual do Maranhão, torna público, para conhecimento dos interessados, que, no período de 15/10/2015 a 30/11/2015, estarão abertas as inscrições para os Concursos

Leia mais

P L A N ODE C U R S O LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO: CIÊNCIAS DA NATUREZA - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DISCIPLINA ANTROPOLOGIA CAMPONESA

P L A N ODE C U R S O LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO: CIÊNCIAS DA NATUREZA - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DISCIPLINA ANTROPOLOGIA CAMPONESA P L A N ODE C U R S O LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO: CIÊNCIAS DA NATUREZA - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CÓDIGO CSC 03 CRÉDITOS 06 DISCIPLINA ANTROPOLOGIA CAMPONESA CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30

Leia mais

CARGA HORÁRIA: 80 H/A, sendo 72h em sala de aula + 8h AED

CARGA HORÁRIA: 80 H/A, sendo 72h em sala de aula + 8h AED DISCIPLINA: Comunicação Integrada CÓDIGO: COS 1034 CARGA HORÁRIA: 80 H/A, sendo 72h em sala de aula + 8h AED PERÍODO: 5º SEMESTRE: 2012/2 CURRÍCULO: 2010/1 DOCENTE: Ms. Marina Roriz EMENTA Conceito, relevância

Leia mais

PAULO FREIRE E A DESCOLONIZAÇÃO DO SABER

PAULO FREIRE E A DESCOLONIZAÇÃO DO SABER PAULO FREIRE E A DESCOLONIZAÇÃO DO SABER COORDENAÇÃO Prof. Dr. José Eustáquio Romão FINANCIAMENTO: União Europeia ANO DE INÍCIO: 2010 APRESENTAÇÃO Este projeto faz parte de uma Rede Iberoamericana de Investigação

Leia mais

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA Engenharia Logística 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre/Noturno DISCIPLINA: Ciência

Leia mais

26/05 - Convergência de Métodos para Avaliação de Dados: Fatorial, Clusters e Testes Bivariados. 11 02/06 - Regressão Linear Simples e Múltipla

26/05 - Convergência de Métodos para Avaliação de Dados: Fatorial, Clusters e Testes Bivariados. 11 02/06 - Regressão Linear Simples e Múltipla PLANO DE ENSINO Universidade Positivo Curso: MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Área de concentração: Organizações, Gestão e Sociedade Disciplina: Métodos Quantitativos Administração de Pesquisa Carga horária total:

Leia mais

CENTRO FED. DE EDUC. TECNOLOGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA RJ. 11.02.04.99.18 Solicitação de Matrícula( por curso )

CENTRO FED. DE EDUC. TECNOLOGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA RJ. 11.02.04.99.18 Solicitação de Matrícula( por curso ) .0.0.99.8 Solicitação de Matrícula( por curso ) Curso: GFISPET - PET - CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM FÍSICA Período: º Semestre de 0 Data: 8/0/0 Hora: :08 Dt. Dt. Solicit. Disciplina Período Ideal

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO Inscrição GILBRAN COSTA GUIMARÃES 003020851100087 662,64 Cirurgia Geral 1 * MARCELA SILVA VIEIRA 003027851100098 655,49 Cirurgia Geral 2 * GUTENBERG DINIZ BORBOREMA 003021851100096 619,4 Cirurgia Geral

Leia mais

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa Bacharelado em Engenharia Civil Bibliografia básica ÁLGEBRA linear. 3. ed., Revista e ampliada. São Paulo: HARBRA, 1986. 411 p., il. Inclui bibliografia.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO 1 Conteúdos conceituais ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO PSICOLÓGICO Definição dos conceitos de conhecimento científico e de senso comum; Estudo do processo de obtenção

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2009 Programa: Pós-Graduação stricto sensu em Educação/PPGE Área de Concentração: Sociedade,

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Curso: Biologia e Biotecnologia Sara Catarina Oliveira da Silva Curso: Ciência e Tecnologia Alimentar Paulo Sérgio de Carvalho Curso: Engenharia Agronómica Marcelo Filipe da Cunha

Leia mais

Curso de Administração Informações da Disciplina: Comunicação

Curso de Administração Informações da Disciplina: Comunicação Comunicação Cristiane Hengler Corrêa Bernardo Propiciar ao estudante de administração condições para compreender o processo de comunicação empresarial enquanto instrumental para a orientação dos fluxos

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Objetivos

PLANO DE ENSINO. Objetivos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Campus: São Borja Curso: Relações Públicas ênfase em produção cultural Componente

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Tecnologias de Informação e Comunicação MESTRADO Gestão ANO E SEMESTRE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 351 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 01351 História da Matemática Créditos/horas-aula Súmula

Leia mais

9788522114252,00 CARREIRA: Planejamento e Gestão 9788522114665,00 Gestão Estratégica de Negócios - 2ª ed. revista e ampliada 9788522112289,00 ADM*

9788522114252,00 CARREIRA: Planejamento e Gestão 9788522114665,00 Gestão Estratégica de Negócios - 2ª ed. revista e ampliada 9788522112289,00 ADM* ISBN 9788522114252,00 CARREIRA: Planejamento e Gestão Título 9788522114665,00 Gestão Estratégica de Negócios - 2ª ed. revista e ampliada 9788522112289,00 ADM* 9788522122691,00 Administração de Recursos

Leia mais

Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática

Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática Complementação da Bibliografia de Cálculo Numérico : RUGGIERO, M.A.G. e LOPES, V.L.R. Cálculo Numérico, Aspectos Teóricos e Computacionais.

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Disciplina: Administração Estratégica Núcleo Temático: Formação Profissional ENEC00183 Estudo da administração estratégica em seus processos de implantação, desenvolvimento, implantação e monitoramento.

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE. Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE. Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE CONTROLE Semestral 60 horas Sistema de avaliação: I EMENTA Conceitos, definições, classificação, realimentação, descrição, terminologia, procedimentos de projeto e caracterização

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia do Ensino de Matemática Carga Horária Semestral: 80 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo)

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Programa de Pós-Graduação em Educação

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Programa de Pós-Graduação em Educação PROGRAMA DE ENSINO Disciplina Cultura(s), Identidade(s) e Processos Educativos Escolares Semestre Ano Letivo Área de Concentração EDUCAÇÃO Área: CONCENTRAÇÃO (x ) Nível: MESTRADO (X ) DOMÍNIO CONEXO (

Leia mais

PROGRAMA. a) liderança e intenção estratégica para a inovação b) meio inovador interno

PROGRAMA. a) liderança e intenção estratégica para a inovação b) meio inovador interno DEPARTAMENTO... : ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES (POI) CURSO... : ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS PARA GRADUADOS (CEAGR) DISCIPLINA... : INOVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES PROFESSORES... : LUIZ

Leia mais

1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984.

1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984. Bibliografia 1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984. 2. Berger, H., Light Structures, Structures of Light: The Art and Engineering of Tensile

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Sociologia Código: ENGP-191 Pré-requisito: - Período Letivo:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Prática

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Prática Disciplina: MICROECONOMIA III: ECONOMIA INDUSTRIAL Código: CSA Teórica l Ementa: Teoria dos Jogos. Modelos Locacionais. O paradigma estruturaconduta-desempenho: significado e críticas. Teoria dos Mercados

Leia mais

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ABREU, Rosane de Albuquerque.; NICOLACI-DA-COSTA, Ana Maria.; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. A Internet na prática docente novos desafios e conflitos para

Leia mais

Informações sobre disciplinas que compõe a grade curricular dos seguintes cursos: Bacharelado em Humanidades

Informações sobre disciplinas que compõe a grade curricular dos seguintes cursos: Bacharelado em Humanidades Informações sobre disciplinas que compõe a grade curricular dos seguintes cursos: Disciplina Bacharelado em Humanidades Carga Horária Requisito Docente Colonização e Pensamento Antropológico I 40 horas

Leia mais