Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto ahilton@cos.ufrj.br"

Transcrição

1 Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto Orientadores: Márcio de Oliveira Barros e Cláudia Maria Lima Werner {marcio, COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro Caixa Postal CEP Rio de Janeiro, Brasil Dissertação de Mestrado Curso iniciado em Março de 2003 Previsão de conclusão em Março de 2005 Proposta de Tese aprovada em: Esta atividade não existe formalmente na COPPE Resumo O desenvolvimento de software é um processo onde cada pessoa envolvida constantemente toma decisões, tanto técnicas quanto gerenciais. Um gerente de projetos tem um grande conjunto de fatores a considerar, várias atividades para planejar e controlar e diferentes decisões a tomar. Uma das principais decisões que precisa ser tomada pelo gerente é como alocar pessoas a cada atividade dos projetos. Este trabalho apresenta uma proposta de ferramenta de apoio à decisão gerencial na alocação de pessoal em um projeto de desenvolvimento de software. Serão consideradas as competências (habilidades, conhecimentos e experiências) e a formação acadêmica necessárias para a execução de cada atividade, as competências e formação possuídas por cada profissional e um conjunto de restrições associadas a fatores como custo, experiência e tamanho da equipe. A partir destas informações serão sugeridas ao gerente alocações que satisfaçam ao maior número possível de restrições e, eventualmente, priorizem algum dos fatores selecionados. Palavras-chave: Gerência de Projetos, Apoio à Decisão, Alocação de Recursos Humanos.

2 1. Caracterização do Problema Apesar de já ser possível identificar melhorias importantes na taxa de sucesso de projetos de software, ainda há muito a ser feito para que aumente ainda mais o número de projetos bem sucedidos, ou seja, concluídos no prazo, no orçamento, com as funcionalidades e a qualidade desejadas [1]. Uma das possíveis maneiras de aumentar esse número é atentar para a gerência de projetos de software. Esta, quando inadequada, pode gerar diversos problemas no desenvolvimento de software, influenciando negativamente o sucesso dos projetos. Em [2] são descritas as áreas de conhecimento envolvidas na gerência de projetos. São elas as gerências de integração, de escopo, de tempo, de custo, de qualidade, de recursos humanos, de comunicações, de riscos e de aquisições do projeto. Dentre essas, iremos abordar a gerência de recursos humanos, mais especificamente, a alocação de recursos humanos em atividades que componham projetos de software. Pessoas são um dos fatores menos formalizados nos processos de desenvolvimento de software atuais. No entanto, sua importância é evidente: as pessoas se comportam de forma não determinística e subjetiva, influenciando muito a produtividade no desenvolvimento de software, que é fundamentalmente uma atividade intelectual e social [3]. Na atividade de alocação de recursos humanos algumas decisões precisam ser tomadas pelo gerente de projetos. Entre elas, o gerente deve decidir quem alocar a cada atividade. Para isso, é preciso determinar quais as competências (conhecimentos, habilidades e experiências) e formação acadêmica necessárias para a realização de cada atividade, buscar na organização quais são os profissionais que possuem a qualificação necessária e que estejam disponíveis no momento e, finalmente, atribuir da melhor forma possível os profissionais para as atividades a serem desempenhadas. Essa tarefa não é simples, uma vez que geralmente há uma série de diferentes combinações de alocação possíveis. Além disso, nem todas as alocações possibilitam que para o maior número de atividades seja alocado algum profissional. Assim, é interessante que o gerente seja apoiado nessa complexa atividade, de forma a reduzir o esforço necessário para sua realização. Nesse contexto, este trabalho pretende desenvolver uma ferramenta de apoio à tomada de decisão gerencial no que diz respeito à alocação de recursos humanos em um processo de desenvolvimento de software. Especificamente, se pretende fornecer ao gerente um mecanismo que o apóie no planejamento da alocação de recursos humanos, através do uso de uma ferramenta que consulte os dados dos profissionais da organização (competências e formação que possuem, intervalos em que estão disponíveis, valor da hora de trabalho, etc), os dados do projeto (atividades a serem desempenhadas, as competências e formação necessárias para a realização de cada tarefa, o período em que a atividade precisa ser feita, etc) e retorne opções de alocação dos profissionais às atividades de forma a atender às restrições existentes. Além disso, a ferramenta deverá ser capaz de sugerir a melhor alocação em relação a alguns fatores, tais como: Menor custo ou custo limite: Muitas vezes um projeto possui um orçamento que determina um valor máximo que pode ser gasto. Assim, a ferramenta deverá ser capaz de sugerir a alocação que satisfaça a todas as restrições e não ultrapasse um custo determinado ou represente o menor custo para o projeto;

3 Menor sub-alocação: Algumas vezes profissionais são alocados a atividades que exigem qualificações menores do que as que possuem. Isso normalmente gera um custo adicional desnecessário ao projeto e pode levar à insatisfação do profissional. Portanto, a ferramenta deverá ser capaz de sugerir a alocação que satisfaça a todas as restrições e minimize a subalocação no projeto; Melhor qualificação: Ao contrário da situação anterior, é possível que algum projeto seja tão estratégico para uma empresa que se deseje alocar a suas atividades os profissionais mais qualificados disponíveis. Assim, a ferramenta deverá ser capaz de sugerir a alocação que satisfaça a todas as restrições e aloque os melhores profissionais; Menor equipe: Há estudos que sugerem que quanto maior o número de profissionais em uma equipe, maior o número de linhas de comunicação e, possivelmente, problemas. Assim, a ferramenta deverá também ser capaz de sugerir a alocação que satisfaça a todas as restrições e minimize o tamanho da equipe. Finalmente, a ferramenta deverá ser independente, mas passível de integração com outras ferramentas via XML. Para avaliar esta capacidade de integração, pretende-se integrá-la à Estação TABA, uma vez que esta dispõe de todas as informações necessárias para o funcionamento da ferramenta. A Estação TABA é um meta-ambiente capaz de gerar, através de instanciação, ambientes de desenvolvimento de software adequados às particularidades de processos de desenvolvimento e projetos específicos. Desta forma, a Estação TABA possui facilidades para a definição de processos, métodos e ferramentas CASE a serem utilizadas no processo de desenvolvimento e manutenção de software. Além disso, a Estação TABA vem sendo usada atualmente em diversas empresas de desenvolvimento de software. 2. Fundamentação Teórica A tomada de decisão é uma atividade importante e complexa na engenharia de software. Normalmente é um processo não sistemático, uma vez que tipicamente se baseia em experiência pessoal sem o uso de modelos explícitos. O desenvolvimento de software é um processo onde cada pessoa envolvida constantemente toma decisões, tanto técnicas quanto gerenciais. Um gerente de projetos, por exemplo, tem um grande conjunto de fatores a considerar, várias atividades para planejar e controlar e diferentes decisões a tomar [4]. Para o auxiliar em suas decisões, um gerente pode recorrer a diversas fontes. Há livros, artigos, publicações na Internet e grupos de discussão disponíveis, mas o gerente pode não dispor do tempo necessário para investigar esses recursos. Assim, seria interessante que houvesse formas de ajudar e guiar os gerentes em suas decisões [4]. Uma das principais decisões que precisa ser tomada pelo gerente é como alocar pessoas a cada atividade de um projeto. As questões relativas a pessoas ganharam reconhecimento nos últimos anos como sendo centrais no gerenciamento de projetos de software. Dada a importância das pessoas no desenvolvimento de software, muitos estudos têm sido feitos buscando entender melhor como as pessoas se comportam, o que esperam, do que gostam, o que as faz trabalhar mais e melhor [5][6][7]. Uma vez que as pessoas representam um fator tão determinante nos processos de desenvolvimento de software, atribuir tarefas adequadas à capacidade de cada profissional é de grande importância para que se possam atingir os níveis de produtividade e qualidade desejados em cada atividade. Atribuir pessoas com menos qualificações do que as exigidas pela atividade pode fazer com que esta não seja concluída, que seja concluída fora do prazo ou com menor qualidade. Por outro lado, atribuir pessoas com qualificações muito maiores do

4 que as exigidas pela atividade pode levar a um aumento desnecessário no custo do projeto ou até mesmo à frustração do profissional. Em [8] foi definido um processo de gerência de recursos humanos em projetos de desenvolvimento de software. Esse processo se caracteriza por ser contínuo, tratando sistematicamente a alocação de recursos humanos ao longo de todo o ciclo de vida de um projeto. Considerando que uma gerência de recursos humanos em projetos de software eficaz consiste, basicamente, em selecionar e alocar recursos humanos de acordo com as habilidades, conhecimentos, formação acadêmica e experiência necessários à execução de cada atividade do projeto, seu objetivo principal é selecionar os profissionais mais adequados para realizar cada atividade do projeto. Além disso, a gerência deve monitorá-los e avaliá-los ininterruptamente de forma a minimizar o impacto de desempenhos potencialmente negativos, que ameacem o sucesso do projeto como um todo. O processo é composto pelos seguintes processos: Planejamento da Alocação de Recursos Humanos, que tem por objetivo planejar a alocação dos profissionais necessários à execução do projeto de desenvolvimento de software em questão; Monitoração da Alocação de Recursos Humanos, que tem por objetivo executar, gerenciar e monitorar a alocação dos recursos humanos que participam de um projeto de desenvolvimento de software; Avaliação de Recursos Humanos, que objetiva avaliar os profissionais que participam de um projeto em relação a habilidades e conhecimentos, além de registrar as experiências adquiridas ao longo da execução de suas atividades no projeto. Neste trabalho, iremos focar no processo de planejamento da alocação de recursos humanos definido em [8]. Neste processo, devem ser definidos os perfis de competências que serão necessários à execução das várias atividades do projeto visando à identificação de profissionais na organização que poderão ser alocados para executá-las. Esta atividade requer uma visão específica dos perfis de competência necessários à adequada execução de cada atividade do projeto, assim como uma visão global do perfil de competência de cada profissional da organização, sendo fortemente centrada na experiência e conhecimento do gerente do projeto. Na atividade selecionar equipe deste processo são selecionados os profissionais a serem alocados a cada atividade do projeto, levando em consideração os perfis de competência. Em algumas situações, essa atividade pode ser complexa, pois é necessário alocar profissionais a um grande número de atividades, levando-se em conta os requisitos da atividade e o período em que esta precisa ser feita, bem como as características dos profissionais e os períodos em que estarão disponíveis para alocação, além das restrições impostas pela organização. 3. Metodologia de Trabalho e Estado Atual do Trabalho O trabalho aqui descrito foi iniciado mais efetivamente no final do ano de 2003, após conclusão do período de créditos. Em seguida, foi feita uma busca na literatura procurando identificar fatores relevantes à questão da alocação de recursos humanos em projetos de software. Depois disso, foi feita uma análise procurando identificar o que poderia ser melhorado no que diz respeito à gerência de recursos humanos na estação TABA, e definiu-se o escopo do trabalho: desenvolver uma ferramenta de apoio à decisão gerencial para auxiliar na execução da atividade de selecionar equipe no processo de planejamento da alocação de recursos humanos.

5 Essa ferramenta deverá receber como entrada as informações relativas às atividades a serem realizadas no projeto, tais como as competências (conhecimentos, habilidades e experiências) e formação necessárias para a execução da atividade e o período em que a atividade deverá ser executada. Além disso, informações sobre os profissionais da empresa, tais como as competências e formação possuídas, períodos em que estarão disponíveis para alocação e custo da hora de trabalho. Com essas informações, a ferramenta irá retornar ao gerente uma sugestão da melhor alocação possível entre desenvolvedores e atividades considerando as restrições impostas. Foram levantados os seguintes requisitos para a técnica proposta: A ferramenta deverá ser capaz de retornar uma alocação total qualquer, caso exista alguma; A ferramenta deverá retornar uma melhor alocação parcial qualquer, caso não seja possível retornar uma alocação total. Melhor alocação parcial é aquela em que pessoas foram alocadas ao maior número possível de atividades; Toda vez que for retornada uma sugestão de alocação parcial será dada a opção de diminuir as exigências de cada atividade como forma de conseguir fazer a alocação total. Caso o usuário deseje diminuir essas exigências, será gerada uma nova sugestão considerando as novas restrições impostas; A ferramenta deverá poder sugerir a alocação de algumas atividades, estando a alocação de outras já definidas. É possível que para alguma atividade o gerente já tenha definido por algum motivo quem vai alocar. Assim, o planejamento parcial é passado para a ferramenta que deve completar a alocação que foi iniciada; A ferramenta deverá ser capaz, além de simplesmente alocar respeitando as restrições de tempo, das atividades e dos profissionais, sugerir a melhor alocação considerando também outros fatores: menor custo, custo limite, menor sub-alocação, melhores profissionais e menores equipes. A ferramenta deverá ser capaz de importar os dados necessários para seu funcionamento e exportar o resultado, em arquivos em formato ainda a ser definido. No estágio atual do trabalho estão sendo analisados os algoritmos que podem ser utilizados na ferramenta. Como próximos passos podemos destacar a formalização do problema da alocação de recursos humanos em projetos de desenvolvimento de software, a implementação da ferramenta proposta, o planejamento e execução de um estudo experimental procurando avaliar a efetividade da técnica proposta. 4. Trabalhos Relacionados No contexto deste trabalho, merece destaque a ferramenta RHPlan [8], que é responsável pela alocação de recursos humanos em um projeto, seguindo o processo de gerência de recursos humanos em projetos de software também definido em [8] e fornecendo apoio às atividades dos processos envolvidos (planejamento, monitoração e avaliação). A integração da ferramenta proposta neste trabalho com a Estação TABA se dará através da ferramenta RHPlan, o que oferecerá uma alternativa para a atividade de selecionar a equipe responsável por um projeto de software. Neste momento, dados os profissionais e suas características, as atividades e suas exigências, o gerente poderia usar a RHPlan ou ser auxiliado pela ferramenta aqui proposta. A diferença é que a RHPlan não sugere alocações, apenas exibe as informações das atividades e profissionais, no máximo listando, para cada atividade, quem na organização a pode realizar. Assim, todo o trabalho de montagem da equipe fica a cargo do gerente. Essa montagem é que será apoiada pela ferramenta proposta neste trabalho.

6 Em [9], descreve-se uma alternativa para representação da distribuição das habilidades, conhecimentos e experiências detidos por cada indivíduo através da estrutura de uma organização. Há ainda trabalhos que procuram resolver o problema da alocação de pessoal em outras áreas que não o desenvolvimento de software. Em [10] é proposto um algoritmo genético indireto para a alocação de pessoal, especificamente na alocação de enfermeiras em hospitais. Em [11] se propõe uma abordagem integrada de simulação, heurísticas e otimização para alocação de pessoal na alfândega em aeroportos. Em [12] é proposto o desenvolvimento e aplicação de hiper-heurísticas na alocação de pessoal. 5. Resultados Esperados As contribuições esperadas deste trabalho serão: (i) a proposta de uma técnica que procura reunir conceitos da Engenharia de Software com técnicas e conceitos de otimização; (ii) a definição e implementação de uma ferramenta de apoio à decisão gerencial, que auxiliará na atividade de selecionar a equipe para um projeto, aumentando a eficiência e efetividade desta atividade; (iii) a integração dessa ferramenta com a estação TABA, que passará a contar com mais essa funcionalidade; (iv) a definição formal do problema da alocação de recursos humanos em um projeto de desenvolvimento de software; (v) um estudo experimental procurando avaliar a efetividade do uso da técnica proposta. Referências [1] STANDISH GROUP, 2003, Latest Standish Group CHAOS Report Shows Project Success Rate Have Improved By 50%, Online: (verificado em fevereiro, 2004). [2] PMBOK, Project Management Body of Knowledge, Project Management Institute, [3] SOMMERVILLE, I; RODDEN, T., Human, social and organisational influences on the software process, Lancaster University, Computing Department, Cooperative Systems Engineering Group, Technical Report: CSEG/2/1995, 1995, [4] RUS, I.; BIFFL, S.; HALLING, M., Systematically Combining Process Simulation and Empirical Data in Support of Decision Analysis in Software Development, SEKE, Itália, Julho [5] ACUÑA, S.T.; JURISTO, N., Modelling Human Competencies in the Software Process, ProSim 03, Portland, Estados Unidos, Maio [6] AGARWAL, R.; FERRAT, T.W., Retention and the career motives of IT professionals, Proceedings of the 2000 ACM SIGCPR conference on Computer personnel research, April, [7] LEE, P.C.B., The social context of turnover among information technology professionals, Proceedings of the 2002 ACM SIGCPR conference on Computer personnel research, May [8] SCHNAIDER, L.R.C., 2003, Planejamento da alocação de recursos humanos em ambientes de desenvolvimento de software orientados à organização, Tese de M. Sc., COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. [9] SOUZA, G.S., 2003, Representação da Distribuição do Conhecimento, habilidades e experiências através da estrutura organizacional, Tese de M. Sc., COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. [10] AICKELIN, U.; DOWSLAND,K., An Indirect Genetic Algorithm for a Nurse Scheduling Problem, Computers & Operations Research, 31(5): , [11] MASON, A.M.; RYAN, D.M.; PANTON, D.M., Integrated simulation, heuristic and optimisation approaches to staff scheduling. Operations Research 46: , [12] SOUBEIGA, E., Development and Application of Hyperheuristics to Personnel Scheduling, PhD Thesis, Department of Computer Science, University of Nottingham, UK, June 2003.

RELATÓRIO EXECUTIVO O USO DE TECNOLOGIAS MÓVEIS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EVERTON ROBERTO COMIN

RELATÓRIO EXECUTIVO O USO DE TECNOLOGIAS MÓVEIS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EVERTON ROBERTO COMIN RELATÓRIO EXECUTIVO O USO DE TECNOLOGIAS MÓVEIS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EVERTON ROBERTO COMIN SÃO LEOPOLDO 2014 Introdução Este relatório apresenta os resultados da pesquisa O uso de tecnologias móveis

Leia mais

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam tratar da identificação bem como do estabelecimento de uma estrutura organizacional apropriada ao

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software de Software Gerenciamento de de Software Dedica-se a assegurar que o nível requerido de qualidade seja atingido Em um produto de software Envolve a definição de padrões e procedimentos apropriados de qualidade

Leia mais

Auditoria como ferramenta de gestão de fornecedores durante o desenvolvimento de produtos

Auditoria como ferramenta de gestão de fornecedores durante o desenvolvimento de produtos Auditoria como ferramenta de gestão de fornecedores durante o desenvolvimento de produtos Giovani faria Muniz (FEG Unesp) giovanifaria@directnet.com.br Jorge Muniz (FEG Unesp) jorgemuniz@feg.unesp.br Eduardo

Leia mais

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás Planejamento e Gerência de Projetos de Software Prof.: Ivon Rodrigues Canedo PUC Goiás Projeto É um trabalho que visa a criação de um produto ou de serviço específico, temporário, não repetitivo e que

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo

Leia mais

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos Planejamento de Projeto Gestão de Projetos O gerenciamento de projetos consiste na aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas adequadas às atividades do projeto, a fim de cumprir seus

Leia mais

Porque estudar Gestão de Projetos?

Porque estudar Gestão de Projetos? Versão 2000 - Última Revisão 07/08/2006 Porque estudar Gestão de Projetos? Segundo o Standish Group, entidade americana de consultoria empresarial, através de um estudo chamado "Chaos Report", para projetos

Leia mais

Project Management Body of Knowledge

Project Management Body of Knowledge PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PUCMINAS (UNIDADE BARREIRO) CURSOS: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS / LOGÍSTICA Project Management Body of Knowledge Definição Também conhecido como PMBOK é um

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

Proposta de um Mecanismo de Apoio a Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Através de Políticas Baseadas em Casos Reais

Proposta de um Mecanismo de Apoio a Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Através de Políticas Baseadas em Casos Reais Proposta de um Mecanismo de Apoio a Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Através de Políticas Baseadas em Casos Reais Patrícia Matias Lopes, Carla Alessandra Lima Reis Programa de Pós Graduação

Leia mais

Gestão de Riscos em Projetos de Software

Gestão de Riscos em Projetos de Software Gestão de Riscos em Projetos de Software Júlio Venâncio jvmj@cin.ufpe.br 2 Roteiro Conceitos Iniciais Abordagens de Gestão de Riscos PMBOK CMMI RUP 3 Risco - Definição Evento ou condição incerta que, se

Leia mais

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Antonio Mendes da Silva Filho * The most important thing in communication is to hear what isn't being said. Peter Drucker

Leia mais

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO Estevanir Sausen¹, Patricia Mozzaquatro² ¹Acadêmico do Curso de Ciência da Computação ²Professor(a) do Curso de Ciência da Computação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

Planejamento de Desenvolvimento de Software Everson Santos Araujo everson@por.com.br

Planejamento de Desenvolvimento de Software Everson Santos Araujo everson@por.com.br Planejamento de Desenvolvimento de Software Everson Santos Araujo everson@por.com.br Introdução O planejamento para o desenvolvimento de um software é fator preponderante para que se tenham resultados

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Riscos Parte 2 Leandro Loss, Dr. Eng. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Introdução Conceitos básicos Riscos Tipos de

Leia mais

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Uma abordagem voltada para a qualidade de processos e produtos Prof. Paulo Ricardo B. Betencourt pbetencourt@urisan.tche.br Adaptação do Original de: José Ignácio Jaeger

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo QUALIDADE DE SOFTWARE (30h) Introdução: desenvolvimento

Leia mais

APOIO À ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SOFTWARE: UMA ABORDAGEM BASEADA EM SATISFAÇÃO DE RESTRIÇÕES. Ahilton Silva Barreto

APOIO À ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SOFTWARE: UMA ABORDAGEM BASEADA EM SATISFAÇÃO DE RESTRIÇÕES. Ahilton Silva Barreto APOIO À ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SOFTWARE: UMA ABORDAGEM BASEADA EM SATISFAÇÃO DE RESTRIÇÕES Ahilton Silva Barreto DISSERTAÇÃO SUBMETIDA AO CORPO DOCENTE DA COORDENAÇÃO DOS PROGRAMAS

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

O USO E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS* THE USE AND DEVELOPMENT OF SOFTWARE IN MICRO AND SMALL ENTERPRISES

O USO E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS* THE USE AND DEVELOPMENT OF SOFTWARE IN MICRO AND SMALL ENTERPRISES O USO E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS* THE USE AND DEVELOPMENT OF SOFTWARE IN MICRO AND SMALL ENTERPRISES Rodolfo Miranda Pereira 1 Tania Fatima Calvi Tait 2 Donizete Carlos

Leia mais

Renata Miranda Pires Boente

Renata Miranda Pires Boente Uso do Modelo Qualitativo de Análise de Risco (Karolak) na Gestão de Projetos de TI: Um estudo de caso na Justiça Federal de Primeiro Grau Seção Judiciária do Rio de Janeiro Renata Miranda Pires Boente

Leia mais

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Adler Diniz de Souza 1,2, Ana Regina Rocha 1, Gleison Santos 1, Tiago Vinícius Paiva do Carmo 2, Douglas Batista Alexandre

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Tutorial de Gerenciamento de Projetos Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Apresentação Erika Yamagishi Engenheira de Computação pela UNICAMP Consultora associada

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos

Leia mais

MBA EM GESTÃO DE PROJETOS PÓS-GRADUAÇÃO 2013. DESAFIO PROFISSIONAL Módulo C

MBA EM GESTÃO DE PROJETOS PÓS-GRADUAÇÃO 2013. DESAFIO PROFISSIONAL Módulo C MBA EM GESTÃO DE PROJETOS PÓS-GRADUAÇÃO 13 DESAFIO PROFISSIONAL Módulo C Ferramentas de Software para Gestão de Projetos Gestão de Custos Gestão de Aquisições e Contratações Autor: Prof. Dr. Valter Castelhano

Leia mais

MODELO DE DECISÃO PARA ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MODELO DE DECISÃO PARA ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MODELO DE DECISÃO PARA ALOCAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM PROJETOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ana Paula Cabral Seixas Costa (UFPE) apcabral@ufpe.br Lúcio Camara

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ana Paula Chaves 1, Jocimara Segantini Ferranti 1, Alexandre L Erário 1, Rogério

Leia mais

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir. 1. A administração de recursos humanos, historicamente conhecida como administração de pessoal, lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização. A administração de recursos humanos

Leia mais

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO Aula 0 Olá, pessoal! Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO DE PROJETOS E GESTÃO SOCIAL para o concurso de ANALISTA DE POLÍTICAS SOCIAIS do MPOG. Esta é uma carreira nova,

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Planejamento e Gerenciamento Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução; Pessoas, Produto, Processo e Projeto; Gerência de

Leia mais

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Emerson Augusto Priamo Moraes (UFF) Resumo Os projetos fazem parte do cotidiano de diversas organizações, públicas e privadas, dos mais diversos

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE ENGENHARIA DE SOFTWARE Material de apoio para a disciplina Engenharia de Software - versão 1.2 1º. Semestre de 2005 - Ronaldo Barbosa - dinobrasilis@yahoo.com.br Bibliografia: CARVALHO, A M B R Introdução

Leia mais

Análise da incorporação do gerenciamento de riscos em projetos de delineamento de experimentos

Análise da incorporação do gerenciamento de riscos em projetos de delineamento de experimentos Análise da incorporação do gerenciamento de riscos em projetos de delineamento de Eduardo da Silva Oliveira (Unifei) edu@yahoo.com.br Carlos Eduardo Sanches da Silva, Dr. (Unifei) sanches@unifei.edu.br

Leia mais

ALTERNATIVA PARA SIMPLIFICAÇÃO NA ESTRUTURA DE EXECUÇÃO DE PROJETOS SEIS-SIGMA

ALTERNATIVA PARA SIMPLIFICAÇÃO NA ESTRUTURA DE EXECUÇÃO DE PROJETOS SEIS-SIGMA Blucher Engineering Proceedings Agosto de 2014, Número 2, Volume 1 ALTERNATIVA PARA SIMPLIFICAÇÃO NA ESTRUTURA DE EXECUÇÃO DE PROJETOS SEIS-SIGMA Cristiano Marques de Oliveira 1 1 Delphi Automotive Systems

Leia mais

Palestra 03. O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do

Palestra 03. O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do Palestra 03 O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do Gerente de Projetos O ICBV3 DA IPMA COMO INSTRUMENTO PARA A AUTO AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO GERENTE DE

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS

Leia mais

Ministério Público do Estado de Goiás

Ministério Público do Estado de Goiás Ministério Público do Estado de Goiás Apresentação Inicial PMO Institucional MP-GO 1 Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Em muitos casos

Leia mais

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Por Allan J. Albrecht Proc. Joint SHARE/GUIDE/IBM Application Development Symposium (October, 1979), 83-92 IBM Corporation, White Plains, New York

Leia mais

A VISÃO DO GERENCIAMENTO DE CUSTOS EM EMPRESAS DE SAÚDE

A VISÃO DO GERENCIAMENTO DE CUSTOS EM EMPRESAS DE SAÚDE ROSADAS, L.A. da S.; MACEDO, M.A. da S. 1 A VISÃO DO GERENCIAMENTO DE CUSTOS EM EMPRESAS DE SAÚDE LEANDRO AZEVEDO DA SILVA ROSADAS¹ MARCELO ALVARO DA SILVA MACEDO² 1. Aluno do 7ª período do curso de Ciências

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento

Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Uma Abordagem para Tratamento de Regras de Negócio nas Fases Iniciais do Desenvolvimento Marco Antonio De Grandi, Valter Vieira de Camargo, Edmundo Sérgio Spoto Centro Universitário Eurípides de Marília

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC 1. CONCEITOS E DEFINIÇÕES 1.1 Políticas de Gestão de Pessoas são o conjunto de estratégias ou políticas específicas

Leia mais

TI - GESTÃO DE PROJETOS

TI - GESTÃO DE PROJETOS TI - GESTÃO DE PROJETOS BISCAIA, R RESUMO: Atualmente o mercado competitivo faz com que empresas busquem constantemente inovações para se manterem competitivas, e nesse cenário tempo, custo e qualidade,

Leia mais

* Categoria I (profissionais com 3º grau completo): 4.500 horas e 36 meses de experiência nos últimos 6 anos;

* Categoria I (profissionais com 3º grau completo): 4.500 horas e 36 meses de experiência nos últimos 6 anos; Desde 1984, o Project Management Institute tem se dedicado ao desenvolvimento e manutenção de um rigoroso Programa de Certificação Profissional, com base em um exame, visando o avanço da profissão de Gerenciamento

Leia mais

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge)

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) Governança de TI AULA 08 2011-1sem Governança de TI 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos HISTÓRIA PMI Project Management Institute: Associação

Leia mais

Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos

Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos Emanuel Ferreira Coutinho¹, Daniele de Oliveira Farias¹ {emanuel.coutinho, daniele.farias}@serpro.gov.br

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

! "! # " # $ "! $ %& %

! ! #  # $ ! $ %& % !"#"$! %& O CHAOS Empresas americanas gastam mais de US$275 bilhões a cada ano em projetos de desenvolvimento de software aplicativo. Muitos desses projetos falharão, mas não por falta de dinheiro ou tecnologia;

Leia mais

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) O PMBoK diz que: O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar

Leia mais

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO Jorge Luiz Maria Junior 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Resumo Através dos sistemas de informação, as organizações mundiais buscam práticas

Leia mais

Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br

Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br Modelos de Processo Pessoal e de Equipe na Melhoria da Qualidade em Produção de Software Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br Agenda Importância das Pessoas / Constatações Compromisso

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno: Marcus

Leia mais

INTRODUÇÃO A PROJETOS

INTRODUÇÃO A PROJETOS INTRODUÇÃO A PROJETOS Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GESTÃO DE PROJETOS Gestão Ágil de projetos Gestão de projetos com PMBOK GESTÃO ÁGIL DE PROJETOS GESTÃO ÁGIL

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA

COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Minimize os impactos de um projeto em crise com a expertise de quem realmente conhece o assunto. A Macrosolutions

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO)

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) MBA em Gestão de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) Flávio Feitosa Costa, MSc. PMP (flaviopmp@gmail.com) MBA em Gerência de Projetos Escritório de Gerenciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CI 221 DISCIPLINA: Engenharia de Software AULA NÚMERO: 5 DATA: / / PROFESSOR: Andrey APRESENTAÇÃO Nesta aula serão apresentados e discutidos os conceitos de Gestão de projetos de software, riscos de software,

Leia mais

Caroline Maria Guimaraes Beasley, Dulce Maria Baptista

Caroline Maria Guimaraes Beasley, Dulce Maria Baptista [X ] PÔSTER A GESTÃO DA INFORMAÇÃO EM ORGANIZAÇÕES NÃO- GOVERNAMENTAIS (ONG): UM ESTUDO DE CASO EM ONGS AMBIENTAIS FINANCIADAS PELA AGÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS PARA DESENVOLVIMENTO INTERNACIONAL - USAID

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS DE SI E SUA INFLUÊNCIA NO DESEMPENHO DE CUSTO

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS DE SI E SUA INFLUÊNCIA NO DESEMPENHO DE CUSTO GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS DE SI E SUA INFLUÊNCIA NO DESEMPENHO DE CUSTO Resumo Bruno Rego Salomé Universidade de São Paulo bruno.salome@usp.br Edmir Parada Vasques Prado Universidade de São Paulo

Leia mais

METODOLOGIA DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE PELO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

METODOLOGIA DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE PELO GERENCIAMENTO DE PROJETOS METODOLOGIA DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE PELO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Débora Noronha¹; Jasmin Lemke¹; Carolina Vergnano¹ ¹Concremat Engenharia e Tecnologia S/A, Diretoria Técnica de Estudos, Projetos

Leia mais

Certificação em Gerenciamento de Projetos

Certificação em Gerenciamento de Projetos Certificação em Gerenciamento de Projetos Existe um ponto muito importante para as organizações, que é a certificação, que vem trazer ao profissional as melhores práticas para o Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Page 1 of 5 As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Por Rossano Tavares ( rossano.tavares@dm2tavares.com.br) Novas edições ou versões de manuais, programas, sistemas operacionais, livros,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos IMPORTÂNCIA DO GUIA PMBOK [01] Grandes organizações, notadamente aquelas que chamamos de multinacionais, trabalham

Leia mais

Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 2012. Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira

Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 2012. Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 12 Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira 1 DESAFIO PROFISSIONAL Disciplinas: Ferramentas de Software para Gestão de Projetos. Gestão de

Leia mais

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas 10 Minutos sobre práticas de gestão de projetos Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas Destaques Os CEOs de setores que enfrentam mudanças bruscas exigem inovação

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK Cleber Lecheta Franchini 1 Resumo:

Leia mais

GERENCIAMENTO DE OBRAS

GERENCIAMENTO DE OBRAS GERENCIAMENTO DE OBRAS APRESENTAÇÃO A CGRADIN é uma empresa de consultoria em engenharia especializada em gerenciamento e planejamento de obras, sediada em Salvador e com atuação em todo território nacional.

Leia mais

Orientações iniciais

Orientações iniciais 1 Dê preferência ao uso de uma conexão de banda larga O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior O evento terá

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais

Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais Planejamento e Gerenciamento de Projetos Centro de Informática UFPE Estruturas Organizacionais Objetivo Estudar aspectos da estrutura administrativa e

Leia mais

Residência em Arquitetura de Software. O Modelo PMBOK. srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo. Gerência de Desenvolvimento 2008.2

Residência em Arquitetura de Software. O Modelo PMBOK. srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo. Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Residência em Arquitetura de Software O Modelo PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação Instituto de Ciências

Leia mais

Gerentes de projetos e gerentes

Gerentes de projetos e gerentes Biblioteca Virtual PMI 2010 Jarno Marchetto O duplo papel do Gerente de Projeto/Gerente Funcional: Funciona? Por Jarno Marchetto, MSc, PMP Resumo Em uma ampla gama de organizações, uma pessoa pode ser

Leia mais

Segurança Patrimonial - Sistema de Informações para Proteção Patrimonial

Segurança Patrimonial - Sistema de Informações para Proteção Patrimonial Segurança Patrimonial - Sistema de Informações para Proteção Patrimonial Conheça mais sobre a coleta de dados por meio de bastão de rondas, entrevistas e auditorias. Artigo Publicado no Jornal da Segurança

Leia mais

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Objetivos da disciplina Descrever o processo de Gerenciamento e Engenharia de Requisitos para projetos Treinar alunos no Gerenciamento de Requisitos Apresentar estudos de caso

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Motivações Gerenciamento de projetos, vem sendo desenvolvido como disciplina desde a década de 60; Nasceu na indústria bélica

Leia mais

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde Luis Augusto dos Santos 1, Heimar de Fátima Marin 2 1 Engenheiro Eletricista, membro do NIEn e pós-graduando pela

Leia mais

mascarenhas@jacarei.sp.gov.br ramalho@vdr.cta.br gladis@directnet.com.br TÓPICOS DE PLANEJAMENTO DE PROJETOS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESUMO ABSTRACT

mascarenhas@jacarei.sp.gov.br ramalho@vdr.cta.br gladis@directnet.com.br TÓPICOS DE PLANEJAMENTO DE PROJETOS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESUMO ABSTRACT Mestrando CARLOS C. MASCARENHAS - PG Mestrando ANTONIO RAMALHO DE S. CARVALHO - PG Orientadora Profa. Dra. GLADIS CAMARINI mascarenhas@jacarei.sp.gov.br ramalho@vdr.cta.br gladis@directnet.com.br UNIVERSIDADE

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR A UTILIZAÇÃO DO PROJECT MODEL CANVAS

UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR A UTILIZAÇÃO DO PROJECT MODEL CANVAS ISSN 1984-9354 UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR A UTILIZAÇÃO DO PROJECT MODEL CANVAS Área temática: Gestão pela Qualidade Simone Vasconcelos Silva simonevsinfo@gmail.com Leonardo Barroso da Silva leo.barroso.silva@gmail.com

Leia mais

10º ENCONTRO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO RODOVIÁRIA

10º ENCONTRO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO RODOVIÁRIA 10º ENCONTRO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO RODOVIÁRIA JOINVILLE/SC - BRASIL - 4 a 7 de outubro de 2005 Local: Centreventos Cau Hansen PADRÕES INTERNACIONAIS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS APLICADOS À CONSERVAÇÃO

Leia mais

Gestão de Pessoas - Ênfase em Recrutamento, Seleção e Integração de novos funcionários.

Gestão de Pessoas - Ênfase em Recrutamento, Seleção e Integração de novos funcionários. Gestão de Pessoas - Ênfase em Recrutamento, Seleção e Integração de novos funcionários. Módulo 3: Etapa 1 Treinamento e qualificação O Processo de Qualificação / Treinamento e Desenvolvimento Até agora

Leia mais

Gestão de Risco - PMBOK

Gestão de Risco - PMBOK Gestão de Risco - PMBOK Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Conceito e tipos de risco Segundo GRAY (2000), dentro do contexto de Projetos, risco é a chance que um evento indesejável pode ocorrer e suas possíveis

Leia mais

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Objetivos Gerência de Projeto PMI PMBOK PMP Gerenciamento de Projetos É a aplicação de conhecimento, habilidades,

Leia mais

Curso de Especialização em Tecnologia da Informação. Engenharia de Software

Curso de Especialização em Tecnologia da Informação. Engenharia de Software Universidade Federal de Pernambuco Departamento de Informática Curso de Especialização em Tecnologia da Informação Engenharia de Software Questionário para Discussão e Reflexão Aluna: Danielle Novaes de

Leia mais