Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma"

Transcrição

1 Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma Entrevista, Ministério do Planejamento domingo, 6 de novembro de 2011 Carlos Bafutto O SOS Concurseiro discutiu, com exclusividade, essas e outras questões com Ana Lúcia Amorim de Brito, secretária de Gestão do Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão. Confira a entrevista: SOS Concurseiro: O estudo (veja aqui) indica que o movimento atual de recomposição de pessoal no setor público vem priorizando atividades-fim, que exigem nível superior de escolarização. Além da substituição do grande número de servidores desse segmento aposentados desde 1995, a pesquisa aponta que o novo cenário de

2 crescimento da economia favoreceu o início de uma fase de expansão do quadro de pessoal da administração federal. Ainda segundo o documento, decidiu-se pela reabertura dos concursos públicos dirigidos para pessoal permanente e temporário em áreas prioritárias, incluindo carreiras estratégicas e as agências reguladoras. Tendo em vista as estratégias de crescimento da atual gestão (como o Programa de Aceleração do Crescimento, por exemplo), quais áreas tendem a selecionar mais servidores nos próximos anos? Ana Lúcia Brito: Temos como prioridade as áreas que são focos dos programas da presidenta Dilma, em especial a educação, a saúde, a segurança pública, além, é claro, da parte de infraestrutura em razão do próprio Programa de Aceleração do Crescimento e dos eventos que o Brasil está prestes a sediar, como Copa do Mundo, em 2014, e Olimpíadas, dois anos depois. Também estamos avaliando todas as solicitações de todos os órgãos da Esplanada e cada situação porque temos que cuidar para que os órgãos que estão conseguindo atuar de forma satisfatória tenham sua capacidade operacional mantida, mesmo que não estejam exatamente ligados a essas áreas que citei. Então, cada demanda que chega a nós é analisada em relação às políticas que [o órgão] está tocando, se recebeu atribuições novas ou não, como estão os índices de aposentadoria e vacância, enfim, o que está acontecendo naquele órgão no contexto geral de forma a podermos administrar as situações para que a capacidade que ele já tem não fique prejudicada. SOS: Em relação às carreiras estratégicas mencionadas, a senhora apostaria em alguma como tendência para os próximos anos? Ana Lúcia Brito: Existem excelentes carreiras, mas as pessoas têm que considerar o próprio perfil e área de interesse. Aconselho levarem em consideração o que gostam de fazer e investir em atividades relacionadas a formação escolhida. Temos por exemplo, a educação. O Governo Federal está investindo muito na carreira de professor, sobretudo de nível superior e do ensino técnico profissionalizante. Então temos uma previsão de um número significativo de seleções para profissionais de ensino até 2015 em razão do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). SOS: Ao que se refere à disponibilidade orçamentária para custeio e investimento na ocupação do setor público, o estudo do Ipea conclui que as políticas administrativas, previdenciárias e fiscais não têm sido congruentes entre si e geraram problemas diversos, tais como a corrida para a aposentadoria e a utilização de pessoal terceirizado, apesar dos Termos de Ajuste de Conduta, que tornou a prática da terceirização irregular na administração federal direta e indireta. Ao mesmo tempo, a pesquisa aponta que os gastos com pessoal vêm se mantendo estável. No entanto,

3 ainda há muitos "terceirizados". Como o Ministério do Planejamento pretende contornar essa situação? Ana Lúcia Brito: O Governo Federal já investiu muito nesse processo de substituição de terceirizados irregulares por servidores públicos do quadro permanente, tanto que na administração federal direta alcançamos um índice de 91% de substituição. Então estamos falando agora em tratar dos resquícios, algumas áreas que tivemos dificuldades maiores, das quais trataremos em 2012, tanto que temos uma previsão orçamentária específica a esse tema: a substituição de terceirizados por concursados [a proposta orçamentária de 2012 prevê vagas para este propósito]. Afinal são funções de Estado e não poderiam estar sendo exercidas por pessoas que não são servidores públicos do quadro. Entretanto, não podemos generalizar as situações. Existem serviços que são legítimos de serem terceirizados, como motoristas, copeiros, entre outros. A política de gestão de pessoas hoje já define que para essas funções é mais vantajoso para o país que a administração pública contrate serviços de forma terceirizada. SOS: Mas ainda há muitos terceirizados exercendo atividades fim? Ana Lúcia Brito:Não, nós estamos tratando agora dos cerca de 9% [na administração pública direta] que exercem atividades as quais tivemos dificuldade de levantar os dados exatos para promover a devida substituição, como na Fundação Nacional de Saúde (Funasa) onde sei que ainda há um número grande de terceirizados aos quais temos que substituir. É uma situação bastante complexa, pois não podemos simplesmente retirá-los da função sob pena de deixar o cidadão sem serviços. Essas substituições devem acontecer de forma planejada, pois o pior cenário seria comprometer a prestação de serviços e prejudicar o cidadão que sofreria as conseqüências de uma ação mal implementada. SOS: A pesquisa aponta que houve um esforço por parte do Estado em reforçar as carreiras em áreas estratégicas como advocacia pública, arrecadação e finanças, controle administrativo, planejamento e regulação, por exemplo. Há quanto tempo essa postura vem sendo adotada? Ana Lúcia Brito: Em função da política adotada no governo Lula, houve uma fase de fortalecimento do Estado, como o estudo do Ipea aponta. De 2003 para cá, essa política de revisão e reorganização das carreiras de Estado, ou seja, aquelas fundamentais para que o Estado desempenhe suas funções, vem acontecendo. Ainda não é um processo concluído, ainda temos muito a caminhar. O que percebemos é que existem funções primordiais do Estado que estavam desfalcadas. Por exemplo, o Governo tinha pouquíssimos engenheiros no quadro. Nesse sentido, muitas vezes dependíamos de uma

4 força de trabalho terceirizada ou consultoria, porque simplesmente não havia servidores no quadro. Então algumas carreiras cuja situação estava latente foram priorizadas. O próprio PAC é uma inovação na gestão pública, pois nunca antes os projetos de melhoria da infraestrutura do país foram geridos de forma centralizada e com essa abordagem estratégica de longo prazo. Sua execução ressaltou a deficiência que a administração tinha na carreira de infraestrutura. SOS: Então os engenheiros devem estar atentos a novas seleções... Ana Lúcia Brito: Com certeza, mas estamos procurando priorizar as chamadas carreiras transversais, por exemplo, em vez de contratar um engenheiro para atuar exclusivamente em um determinado ministério, o Governo vem priorizando selecionar analistas de infraestrutura, cuja formação predominante deve ser na área de engenharia e arquitetura. Nessa carreira, o analista poderá atuar em vários órgãos, podendo ser alocado de acordo com as necessidades do país. Suponhamos que agora esse engenheiro trabalhe no Ministério da Integração Nacional, mas daqui a três anos ele já concluiu sua demanda e uma nova surja no Ministério dos Transportes. Esse mesmo analista pode ser alocado então no Ministério dos Transportes. Isso gera uma flexibilidade para a administração prover os quadros necessários onde estão as prioridades de governo. Nesse sentido, as carreiras transversais certamente serão priorizadas. SOS: A taxa de crescimento da ocupação na administração pública (25,2%) é bem menor do que a taxa do conjunto do setor privado (58,6%). Por que isso acontece? Ana Lúcia Brito: Isso se dá porque o Governo tem que conciliar o ajuste fiscal com o aparelhamento do Estado. Existem muitas necessidades, um grande volume de demandas em áreas que precisaríamos reforçar, mas por outro lado, temos que enquadrar isso dentro das metas. É importante lembrar que quando se dá posse a um servidor público, ele tende a fazer parte do quadro por um longo período, talvez até a aposentadoria. Então nós temos sempre que fazer esse provimento com uma visão de longo prazo. Se a economia está aquecida e a arrecadação vai de vento em polpa agora, no ano que vem o cenário pode ser diferente e os custos de folha são fixos. A Administração Pública não pode demitir nos mesmos moldes da iniciativa privada. Então, é sempre importante agir com cautela, atentos às situações econômicas do país e do mundo e sempre pensando em longo prazo. Na iniciativa privada, contratações e demissões se dão de acordo com a demanda. No serviço público isso não pode acontecer, então temos que ser sempre muito cautelosos. SOS: Na opinião da senhora, qual é o perfil do novo servidor? Quem é o novo servidor público?

5 Ana Lúcia Brito: Ele é antes de tudo um cidadão brasileiro que tem noção da necessidade do país e noção da sua importância. Ele deverá ter consciência também de que onde estará atuando, seja como agente administrativo ou como advogado da União, estará atuando para a melhoria e para o crescimento da justiça social no nosso país. Logicamente esse é um caminho de longo prazo, logo o servidor público não pode ter uma visão imediatista, mas deve sempre ter uma de executivo, deve ter noção de que é preciso dar um passo para poder dar outro passo. Não é uma situação em que o profissional fica pensando, elaborando, para em anos implementar. É preciso fazer agora, ou seja, olhar para o futuro, mas sempre agindo no presente. Esse é o servidor que desejamos e é para isso que estaremos trabalhando. Felizmente já contamos com muitos servidores com esse perfil, inclusive servidores antigos, que estão na carreira há muito tempo. Tenho exemplos no ministério de pessoas que estão no serviço público há mais de 15 anos e têm esse pique, essa garra. Por isso digo que o perfil da pessoa é muito importante. O candidato que tem personalidade dinâmica e corre atrás de seus ideais, dificilmente se deixa corromper pelas dificuldades do dia-a-dia e pela, digamos assim, burocracia da máquina.

1) Nome do Projeto Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos do Município de Vitória

1) Nome do Projeto Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos do Município de Vitória 1) Nome do Projeto Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos do Município de Vitória 2) Caracterização da Situação Anterior O Plano de Cargos e Carreira é um estímulo para o servidor. O último plano de Cargos,

Leia mais

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS INTRODUÇÃO Como vai a qualidade de vida dos colaboradores da sua empresa? Existem investimentos para melhorar o clima organizacional e o bem-estar dos seus funcionários? Ações que promovem a qualidade

Leia mais

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui!

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! INFORMATIVO Novas Regras de limites A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! A Datusprev abre espaço para divulgação. Aqui você pode anunciar compra, venda, troca,

Leia mais

Brasília, 5 de agosto de 2003

Brasília, 5 de agosto de 2003 1 Brasília, 5 de agosto de 2003 Pronunciamento da reitora Wrana Maria Panizzi, presidente da Andifes, em reunião dos dirigentes com o sr. presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Senhor Presidente

Leia mais

Remuneração e Avaliação de Desempenho

Remuneração e Avaliação de Desempenho Remuneração e Avaliação de Desempenho Objetivo Apresentar estratégias e etapas para implantação de um Modelo de Avaliação de Desempenho e sua correlação com os programas de remuneração fixa. Programação

Leia mais

Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos

Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos Servidores continuariam a ser admitidos por concurso, mas passariam a ser regidos pela CLT, por exemplo Karine Rodrigues, RIO O Estado de S. Paulo, 31

Leia mais

Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013

Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013 Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013 Olá Pessoal Quero desejar as boas-vindas a todos os nossos estudantes, alunos, alunas,

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

INFORMATIVO. Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para. uma melhor prestação de serviços

INFORMATIVO. Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para. uma melhor prestação de serviços INFORMATIVO GESTÃO DE PESSOAS 2013-2016 Maio - 2016 Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para uma melhor prestação de serviços uma sociedade cada vez mais complexa e dinâmica exige

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

RELATÓRIO MESA DEVOLVER DESIGN (EXTENSÃO) Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa pronta)

RELATÓRIO MESA DEVOLVER DESIGN (EXTENSÃO) Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa pronta) 1ª RODADA RELAÇÃO PRÁTICA E TEORIA Pouca teoria, muitas oficinas Matérias não suprem as necessidades de um designer Falta aplicação teórica (isso pode favorecer o aprendizado já que o aluno não tem a coisa

Leia mais

Cartilha Primeiros Passos``

Cartilha Primeiros Passos`` Cartilha Primeiros Passos`` A diretoria de gestão de pessoas da Colucci Consultoria Jurídica Júnior preparou para você que se inscreveu no processo seletivo, um manual que contêm uma explicação mais elaborada

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC 1. CONCEITOS E DEFINIÇÕES 1.1 Políticas de Gestão de Pessoas são o conjunto de estratégias ou políticas específicas

Leia mais

Atribuições dos Tecnólogos

Atribuições dos Tecnólogos UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL TECNOLOGIA EM CONTRUÇÃO CIVIL EDIFÍCIOS E ESTRADAS Atribuições dos Tecnólogos Prof.ª Me. Fabiana Marques Maio / 2014 SOBRE O TECNÓLOGO Segundo

Leia mais

Plano de gestão 2011-2012. Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - UNIRIO

Plano de gestão 2011-2012. Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - UNIRIO Plano de gestão 2011-2012 Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - UNIRIO Sumário Quem somos Como estamos Para onde queremos ir? Como chegaremos lá? Quem somos DTIC Diretoria de Tecnologia

Leia mais

Como planejar a sua carreira profissional

Como planejar a sua carreira profissional 1 Como planejar a sua carreira profissional Normalmente, as crises e os momentos difíceis pelos quais todos nós vivenciamos, são excelentes momentos para repensarmos as nossas decisões e ações. Talvez

Leia mais

RESENHA resenha resumo resenha crítica Título: Identificação do resenhista: Referência: Dados sobre o(s) autor(es): Dados sobre a obra: Apreciação:

RESENHA resenha resumo resenha crítica Título: Identificação do resenhista: Referência: Dados sobre o(s) autor(es): Dados sobre a obra: Apreciação: RESENHA Resenha é a apreciação crítica sobre uma determinada obra (livro, artigo, texto, filme, etc.). Trata-se de um breve texto, semelhante a um resumo, que visa comentar um trabalho realizado. Será

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br APRESENTAÇÃO COMERCIAL Porque o GrupoSec? Grande parte do combustível das empresas são os seus colaboradores. Para contratá-los e mantê-los treinados e eficientes é trabalhoso e custa caro? E se dissermos

Leia mais

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016 Quanto mais, melhor? A abertura indiscriminada de cursos de Medicina pode prejudicar a formação de futuros médicos e não garante saúde de qualidade para a população A cada ano, as pessoas que desejam se

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers O especialista em inovação Bruno Moreira analisa as dificuldades que impedem um maior nível de colaboração por parte das empresas brasileiras

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO ANÁLISES DO PERÍODO 1996/2014

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO ANÁLISES DO PERÍODO 1996/2014 CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO ANÁLISES DO PERÍODO / BOLETIM: OUTUBRO/2015 PESQUISA DE PRODUTIVIDADE SOBRE A EQUIPE TÉCNICA DA FUNDAÇÃO DOM CABRAL (FDC) COORDENAÇÃO TÉCNICA DA PESQUISA DE PRODUTIVIDADE:

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2016

PLANO DE GESTÃO 2015-2016 PLANO DE GESTÃO 2015-2016 FAUSTO DE MARTTINS NETTO Candidato a Diretor Geral Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Câmpus Muriaé Construção coletiva do caminho

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL Entrevista com Eng.º Victor Sá Carneiro N uma época de grandes transformações na economia dos países, em que a temática do Empreendedorismo assume uma grande relevância

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira Muito já se escreveu sobre gerenciamento de projetos. Mas será que gerenciar projetos de inteligência competitiva (IC)

Leia mais

É recomendável ordenar e responder apenas àquelas perguntas que podem efetivamente contribuir para um aprofundamento da análise da organização.

É recomendável ordenar e responder apenas àquelas perguntas que podem efetivamente contribuir para um aprofundamento da análise da organização. Roteiro de Apoio Análise da Sustentabilidade Institucional Antonio Luiz de Paula e Silva alpsilva@fonte.org.br 1 O presente documento apresenta uma série de perguntas para ajudar no levantamento de dados

Leia mais

POLÍTICA FISCAL E DÍVIDA PÚBLICA O difícil caminho até o Grau de Investimento Jedson César de Oliveira * Guilherme R. S.

POLÍTICA FISCAL E DÍVIDA PÚBLICA O difícil caminho até o Grau de Investimento Jedson César de Oliveira * Guilherme R. S. POLÍTICA FISCAL E DÍVIDA PÚBLICA O difícil caminho até o Grau de Investimento Jedson César de Oliveira * Guilherme R. S. Souza e Silva ** Nos últimos anos, tem crescido a expectativa em torno de uma possível

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE MANUTENÇÃO APLICADO NO IFRN CAMPUS MOSSORÓ

SISTEMA DE GESTÃO DE MANUTENÇÃO APLICADO NO IFRN CAMPUS MOSSORÓ SISTEMA DE GESTÃO DE MANUTENÇÃO APLICADO NO IFRN CAMPUS MOSSORÓ Dayse Duarte Tenorio Diretoria Acadêmica de Eletrotécnica IFRN Campus Mossoró E-mail: dayse_tenoro_d@hotmail.com Lucas Duarte Almeida Departamento

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

A prova no geral foi bem tranquila, e tenho certeza de que meus alunos não tiveram problemas para tratorar as questões de ARM.

A prova no geral foi bem tranquila, e tenho certeza de que meus alunos não tiveram problemas para tratorar as questões de ARM. Questões Comentadas E aqui estamos nós de novo. Recebi vários emails sobre questões específicas que poderiam trazer dúvidas a respeito de seu entendimento. A gente vai ver tudo agora! A prova no geral

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1 Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e à sua agenda de trabalho expressa nos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial 1. Considerando que a promoção da igualdade

Leia mais

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico PREMIO NACIONAL DE QUALIDADE EM SANEAMENTO PNQS 2011 INOVAÇÃO DA GESTÃO EM SANEAMENTO - IGS Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico SETEMBRO/2011 A. OPORTUNIDADE A.1 Qual foi a oportunidade

Leia mais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA CONVIVER COM OS HUMANOS APRIMORADOS? http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-esta-preparado-conviver-humanosaprimorados&id=010850090828 Redação do

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa Ricardo Pereira Antes de começar por Ricardo Pereira Trabalhando na Templum Consultoria eu tive a rara oportunidade

Leia mais

Lembre-se que a vida está pulsando a cada momento, dentro e fora de nós. O tempo não espera ninguém, portanto para de esperar! E já!

Lembre-se que a vida está pulsando a cada momento, dentro e fora de nós. O tempo não espera ninguém, portanto para de esperar! E já! Aos vinte e cinco dias do mês de junho de 2015, às 14:30h, na sede da AFACI, com a presença do Presidente da AFACI, Sr. Domingos Enio Sophia e dos diretores Arnaldo Pereira Pinto, José Cláudio Arouca,

Leia mais

Tema: evasão escolar no ensino superior brasileiro

Tema: evasão escolar no ensino superior brasileiro Entrevista com a professora Maria Beatriz de Carvalho Melo Lobo Vice- presidente do Instituto Lobo para o Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia e Sócia- diretora da Lobo & Associados Consultoria.

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL 21/12/2015

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL 21/12/2015 MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL 21/12/2015 DISCURSO DO MINISTRO NELSON BARBOSA POR OCASIÃO DA SOLENIDADE DE TRANSMISSÃO DE CARGO Senhoras e Senhores, Em primeiro

Leia mais

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 EDITORIAL FIQUE POR DENTRO FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA PELISSARI! Agora você pode acompanhar ainda mais de perto o nosso dia-a-dia. Confira as novidades: Formato

Leia mais

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 3000m 2

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 3000m 2 MINISTÉRIO DA CULTURA Diretoria de Infraestrutura Cultural Secretaria Executiva Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 3000m 2 1. Objetivos A Praça do PAC é de

Leia mais

AEPET AEPET 013/08. Rio de Janeiro, 1 o. de outubro de 2008

AEPET AEPET 013/08. Rio de Janeiro, 1 o. de outubro de 2008 Rio de Janeiro, 1 o. de outubro de 2008 V. 01/10/2008 Z:/2008/AEPET/AEPET-013-08 AEPET 013/08 Ilmo Dr. José Sérgio Gabrielli de Azevedo Presidente da Petróleo Brasileiro SA Petrobrás Avenida Chile, 65,

Leia mais

CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL E DESEMPENHO LOGÍSTICO. Paulo Roberto Guedes (junho de 2015)

CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL E DESEMPENHO LOGÍSTICO. Paulo Roberto Guedes (junho de 2015) CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL E DESEMPENHO LOGÍSTICO Paulo Roberto Guedes (junho de 2015) Como já comentado por diversas vezes, há pelo menos três grandes problemas a ser resolvidos no Brasil, para que a logística

Leia mais

Suplemento Especial. Edição Nº 3068. 21/10/2013. Escolha do curso. preço e localização da universidade pesam na decisão

Suplemento Especial. Edição Nº 3068. 21/10/2013. Escolha do curso. preço e localização da universidade pesam na decisão Suplemento Especial. Edição Nº 3068. 21/10/2013 Escolha do curso preço e localização da universidade pesam na decisão 2 vestibulando Como enfrentar o vestibular O período de provas é uma verdadeira maratona,

Leia mais

Módulo 6 Cultura organizacional, Liderança e Motivação

Módulo 6 Cultura organizacional, Liderança e Motivação Módulo 6 Cultura organizacional, Liderança e Motivação Um ambiente em constante mutação, com alterações cada vez mais rápidas e significativas, exige uma empresa com capacidade de adaptação crescente ao

Leia mais

Opinião N13 O DEBATE SOBRE AÇÕES AFIRMATIVAS NO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL E NA ÁFRICA DO SUL 1

Opinião N13 O DEBATE SOBRE AÇÕES AFIRMATIVAS NO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL E NA ÁFRICA DO SUL 1 Opinião N13 O DEBATE SOBRE AÇÕES AFIRMATIVAS NO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL E NA ÁFRICA DO SUL 1 GRAZIELLA MORAES SILVA 2 O debate sobre ações afirmativas no Brasil é geralmente tratado como uma questão

Leia mais

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO 15.1 Como se Preparar para as Entrevistas É absolutamente essencial treinar-se para as entrevistas. Se você não praticar, poderá cometer todos os tipos

Leia mais

Programa. Erro Zero Atraso Zero

Programa. Erro Zero Atraso Zero Programa Erro Zero Atraso Zero Introdução O caso de sucesso da Fatto Soluções Contábeis em parceria com o Nibo A Fatto iniciou suas atividades em 2012 e, desde o início, tinha como objetivo oferecer um

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

Planejamento Estratégico AESABESP 2009/ 2012. OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público

Planejamento Estratégico AESABESP 2009/ 2012. OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Planejamento Estratégico 2009/ 2012 OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Definição OSCIP é uma qualificação decorrente da lei 9.790 de 23/03/99. São organizações da sociedade civil

Leia mais

Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra

Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra Governo novo, ideias novas. Hoje, dia do médico, nossa saudação a todos os profissionais que exercem a nobre missão de cuidar da vida do próximo. É por

Leia mais

GESTÃO CONFLITUOSA ADMINISTRAÇÃO

GESTÃO CONFLITUOSA ADMINISTRAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO GESTÃO CONFLITUOSA A administração das empresas de transportes de cargas está assentada basicamente, em quatro pés: área operacional; área comercial; área financeira e RH. A departamentalização,

Leia mais

Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação

Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação Casa Civil Diretoria de Recursos Humanos Responsável: Selma Teresa de Castro Roller Quintella, Diretora de

Leia mais

Lista de verificação de aspectos de relevância para o gerenciamento de contratos de gestão na Administração Pública

Lista de verificação de aspectos de relevância para o gerenciamento de contratos de gestão na Administração Pública MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO Lista de verificação de aspectos de relevância para o gerenciamento de contratos de gestão na Administração Pública Banco de Dados/Roteiro

Leia mais

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO A onda de modernização no ambiente econômico mundial, e no brasileiro em particular tem, aparentemente, criado diversos problemas gerenciais para as empresas em geral, independente

Leia mais

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui!

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! INFORMATIVO Novas Regras de limites A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! A Datusprev abre espaço para divulgação. Aqui você pode anunciar compra, venda, troca,

Leia mais

Quando o entardecer chega... o envelhecimento ainda surpreende muitos. Programa de Preparação para a Aposentadoria

Quando o entardecer chega... o envelhecimento ainda surpreende muitos. Programa de Preparação para a Aposentadoria Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Quando o entardecer chega... o envelhecimento ainda surpreende muitos Programa de Preparação para

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL O QUE MUDA COM O NOVO MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL LEI N. 13.019/2014 REALIZAÇÃO INSTITUTO ATUAÇÃO ELABORAÇÃO Porf. Dr. FERNANDO BORGES MÂNICA DISTRIBUIÇÃO INSTITUTO GRPCom O QUE

Leia mais

Pesquisa do IBRI é matéria de capa da revista Exame

Pesquisa do IBRI é matéria de capa da revista Exame Pesquisa do IBRI é matéria de capa da revista Exame Prezados (as) Associados (as), O IBRI realizou pesquisa publicada na revista Exame de 31 de dezembro de 2007 que envolveu 34 principais executivos de

Leia mais

A experiência da Engenharia Clínica no Brasil

A experiência da Engenharia Clínica no Brasil Página 1 de 5 Sobre a Revista Ed 24 - fev 04 Home Medical Infocenter Med Atual Edição Atual Serviços Global Home Brasil Home Busca Mapa do Site Fale Conosco Edição Atual Edição Atual Matéria de Capa Artigo

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS. GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS VOLTADA PARA RECRUTAMENTO E SELEÇÃO E CARGOS E SALÁRIOS. BARBOSA, Roger Eduardo 1 Resumo Neste artigo analisaremos como o planejamento estratégico na gestão de pessoas nas

Leia mais

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE: Quer ganhar dinheiro; Quer uma renda extra; Deseja conhecer pessoas e fazer novas amizades;

Leia mais

PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO

PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense PROJETO DO CURSO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO Pró-reitoria de Desenvolvimento Humano e Social - PRODHS

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

ORGULHO DE DEFENDER A POPULAÇÃO

ORGULHO DE DEFENDER A POPULAÇÃO Página 1 de 6 Página inicial ORGULHO DE DEFENDER A POPULAÇÃO ORGULHO DE DEFENDER A POPULAÇÃO 26/11/2013 18:32 O direito público é uma área almejada, especialmente pela estabilidade de cargos concursados,

Leia mais

1) Currículo e breve histórico.

1) Currículo e breve histórico. Olá futuro ou futura ATI!!! Com a oficialização do concurso do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o Mundo dos Resultado MDR, em mais uma oportunidade, lança o Programa de Estudo Intensivo

Leia mais

Junte-se ao clube ISO 14001!

Junte-se ao clube ISO 14001! Ano 10 Edição nº 94 QUALY DROPS ECS agosto de 2014 ECS Assessoria e Consultoria Técnica S/C Ltda Fones: (11) 2783-0136 / 2614-3262 ecsconsultoria@ecscon.com.br www.ecscon.com.br A norma ISO 14001 é hoje

Leia mais

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO Aula 0 Olá, pessoal! Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO DE PROJETOS E GESTÃO SOCIAL para o concurso de ANALISTA DE POLÍTICAS SOCIAIS do MPOG. Esta é uma carreira nova,

Leia mais

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar especial gestão Padrão exclusivo para sua empresa nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. A frase consagrada de Albert Einstein não poderia ser mais clara: quer

Leia mais

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO Entrevista Cláudia Peixoto de Moura Nós da Comunicação tendemos a trabalhar com métodos qualitativos, porque, acredito, muitos pesquisadores desconhecem os procedimentos metodológicos quantitativos ED

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DA INICIATIVA

DESCRIÇÃO DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DA INICIATIVA DESCRIÇÃO DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DA INICIATIVA Como é sabido existe um consenso de que é necessário imprimir qualidade nas ações realizadas pela administração pública. Para alcançar esse objetivo, pressupõe-se

Leia mais

Desafios de um prefeito: promessas de campanha e a Lei de Responsabilidade Fiscal 1

Desafios de um prefeito: promessas de campanha e a Lei de Responsabilidade Fiscal 1 Desafios de um prefeito: promessas de campanha e a Lei de Responsabilidade Fiscal 1 Elaborado por Leandro Felipe (2014) Contém nota pedagógica Introdução O objetivo principal deste caso é ajudar o Prefeito

Leia mais

Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo Departamento de Competitividade e Tecnologia DECOMTEC / FIESP

Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo Departamento de Competitividade e Tecnologia DECOMTEC / FIESP I WORSHOP SETORIAL DE AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo Departamento de Competitividade e Tecnologia DECOMTEC / FIESP OUTUBRO / 2009 1 I..

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa busca definir ações e diretrizes que atendam aos requisitos de infraestrutura e gestão apropriadas às atividades administrativas e judiciais, de forma

Leia mais

Relatório Percepção das Consultoras acerca do cenário e práticas de Gestão de Pessoas (RH) do Tribunal de Contas

Relatório Percepção das Consultoras acerca do cenário e práticas de Gestão de Pessoas (RH) do Tribunal de Contas Relatório Percepção das Consultoras acerca do cenário e práticas de Gestão de Pessoas (RH) do Tribunal de Contas (Produto 2) TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO

Leia mais

DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO?

DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO? DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO? Escrito em 25 de setembro de 2013 Por Christian Fernandes em. Receba atualizações clicando aqui. Última Atualização em23 de junho de 2015 Introdução Uma das

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico XI de Agosto.

É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico XI de Agosto. Departamento Jurídico XI de Agosto Apresentação: Dr. Antônio Roberto Sandoval Filho 29 de outubro de 2012 Boa noite a todos, É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Janeiro 2011

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Janeiro 2011 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Janeiro 2011 A CONTRATAÇÃO DE EQUIPE DE VENDAS IN HOUSE Eco, MBA Real Estate, Mestre em Eng. Civil, Alfredo Eduardo Abibi Filho No mercado

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção;

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; REGULAMENTO NÚCLEO Versão resumida ETAPAS I. Cadastro de dados específicos do programa; II. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; O Núcleo é uma rede com atividades contínuas

Leia mais

Para se tornar um FRANQUEADO. www.helpdigitalti.com.br

Para se tornar um FRANQUEADO. www.helpdigitalti.com.br OS PRIMEIROS PASSOS OS PRIMEIROS PASSOS Para se tornar um FRANQUEADO www.helpdigitalti.com.br PROCURO UMA FRANQUIA MAS NÃO SEI POR ONDE COMEÇAR Para se tornar um franqueado é necessário avaliar se OS SEUS

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers A economista Fernanda de Negri discute os méritos e deficiências das políticas de inovação brasileiras. Fernanda De Negri é diretora de Estudos

Leia mais

de 8 Que tipo de concurseiro é você? www.concurseirosolitario.com.br

de 8 Que tipo de concurseiro é você? www.concurseirosolitario.com.br de 8 1 Que tipo de concurseiro é você? FASCÍCULO 1 - ABRIL DE 2014 www.concurseirosolitario.com.br [ EDITORIAL] É com muito prazer que o blog do Concurseiro Solitário lança uma nova série de fascículos

Leia mais

Gestão da TI. Os custos escondidos da. Conheça os custos escondidos na gestão amadora da TI e pare de perder dinheiro.

Gestão da TI. Os custos escondidos da. Conheça os custos escondidos na gestão amadora da TI e pare de perder dinheiro. da Gestão da TI Conheça os custos escondidos na gestão amadora da TI e pare de perder dinheiro. Conteúdo Introdução Os custos escondidos - parte 1 Os custos escondidos - parte 2 Os custos escondidos -

Leia mais

Sejam Bem Vindas. Exclusivo para DIQs

Sejam Bem Vindas. Exclusivo para DIQs Sejam Bem Vindas Exclusivo para DIQs Virei DIQ, e agora? Faça suas metas para esse mês Sugestão de Meta Mínima: 10 Inícios na sua futura unidade Sendo pelo menos 5 inícios seus 15.000 pontos Planeje COMO

Leia mais

5 Instrução e integração

5 Instrução e integração SEÇÃO 5 Instrução e integração no meio de trabalho Quando um novo funcionário entra para uma organização, é importante que ele receba um bom apoio para entender sua função e a organização. Instrução é

Leia mais

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Por Allan J. Albrecht Proc. Joint SHARE/GUIDE/IBM Application Development Symposium (October, 1979), 83-92 IBM Corporation, White Plains, New York

Leia mais

NO 4o ENCONTRO VEREMOS OS ITENS 4, 5, 7, 8 e 9 do EDITAL

NO 4o ENCONTRO VEREMOS OS ITENS 4, 5, 7, 8 e 9 do EDITAL NO 4o ENCONTRO VEREMOS OS ITENS 4, 5, 7, 8 e 9 do EDITAL 4. Orçamento-programa. 5 Planejamento no orçamento-programa. 7 Conceituação e classificação de receita pública. 8 Classificação orçamentária de

Leia mais

Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo

Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo 13/09/2010 Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo Israel Guerra tinha cargo comissionado na Anac; irmão dela atuou na Infraero Acusado de atuar como lobista para intermediar interesses

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS.

O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS. O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS. Fernando Toledo Ferraz - ferraz@cybernet.com.br Departamento de Engenharia de Produção Myriam Eugênia R.

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Monteiro, Guimarães e Artese é um Escritório de Advocacia composto de profissionais capacitados para atuar nas mais diversas áreas do Direito. Instalado na capital do Estado de São Paulo, o Escritório

Leia mais

CARTILHA. Previdência. Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO. www.sulamericaonline.com.br

CARTILHA. Previdência. Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO. www.sulamericaonline.com.br CARTILHA Previdência Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO www.sulamericaonline.com.br Índice 1. Os Planos de Previdência Complementar e o Novo Regime Tributário 4 2. Tratamento Tributário Básico 5 3. Características

Leia mais

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes O SR. FRANCISCO BATISTA JÚNIOR (PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes da nossa Mesa que, neste momento, estão dividindo

Leia mais

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DE BPM NO BRASIL: ERROS, APRENDIZADOS E BOAS PRÁTICAS Leandro Jesus INVESTIR EM PROCESSOS:

Leia mais