INFORME FINACAP DTVM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORME FINACAP DTVM"

Transcrição

1 INFORME FINACAP DTVM Histórico de crescimento até a criação da Finacap DTVM Março/97 - A Finacap nasce como empresa de consultoria financeira, a Finacap - Consultoria Financeira e Mercado de Capitais. Especializada na gestão de carteiras, clubes e fundos de investimento. Outubro/03 - Autorização para atuar também como empresa de agentes autônomos, a Finacap - Agente Autônomo de Investimento. Maio/13 - Recebe autorização do Banco Central do Brasil para atuar como Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (DTVM). SETEMBRO 2013 Finacap DTVM: uma proposta conectada com o futuro do mercado financeiro no Brasil O desenvolvimento da prestação de serviços de orientação para alocação de recursos, alicerçada no diagnóstico robusto do perfil de investimento do cliente e considerando a totalidade de seus investimentos financeiros, o que torna possível avaliar e acompanhar de forma integral a vida financeira do cliente, é o ponto futuro no mercado financeiro brasileiro e a Finacap estará inserida desde já neste processo. A criação da mesa de renda fixa, para negociação de títulos públicos e privados e o desenvolvimento das ferramentas para a avaliação e acompanhamento da performance de retorno/risco de todos os investimentos de nossos clientes, criará diferencial competitivo. A estratégia pode ser sintetizada: FOCO NA VIDA FINANCEIRA COMPLETA DO CLIENTE. VENDEMOS ALOCAÇÃO, NÃO PRODUTOS. PRODUTOS ADQUIRIDOS PELO CLIENTE SÃO CONSEQÜÊNCIA DA ALOCAÇÃO

2 Mesa Renda Variável: Ações, Termo e BTC Clubes e Carteiras Visão Integrada: Assessoria e Alocação em Investimentos Clientes PF e PJ Mesa Renda Fixa: Títulos Públicos, Debêntures, LCI, LCA, etc Tesouro Direto Fundos Próprios Finacap DTVM em números Maior gestora independente do norte / nordeste; Gestão de Fundo de Ações com patrimônio líquido de 26,3 milhões (Set/13); Gestão de 10 Clubes de Investimento com patrimônio líquido de R$ 10,0 milhões (Set/13); Gestão de 106 Carteiras Administradas com patrimônio líquido de R$ 61,2 milhões (Set/13); clientes cadastrados e 810 clientes ativos. Estrutura ajustada e enxuta com profissionais capacitados e serviços personalizados; Excelente estrutura física e tecnológica para atendimento a clientes e agentes autônomos. Conta com auditório para 21 pessoas onde são realizados cursos e palestras; Cursos e palestras gratuitas na área de investimentos e finanças reconhecidos pela UFPE; Marca reconhecida e consolidada em Recife; Sócios Diretores: Samuel Emery e Aristides Bezerra;

3 Abaixo gráfico com o patrimônio gerido pela Finacap no final do mês de setembro de R$ Patrimônio Gerido pela Finacap Set Quantidade Quantidade - 10 Cotistas - 82 Quantidade - 1 Cotistas Clubes de Investimentos Fundo de Ações Finacap Carteiras Administradas Total Finacap Fundo de Investimento em Ações Constituído em 1997 como clube de investimento, em 2008, em razão do número de cotistas ter atingido o máximo permitido pela regulamentação, torna-se fundo de investimento enquadrado na modalidade Ações Ibovespa Ativo. O performance histórica de rentabilidade do fundo pode ser vista no gráfico abaixo. R$ Evolução da Rentabilidade Acumulada Aplicação Inicial - R$ 100 Rentabilidade Acumulada até 30/09/13 FIA Finacap: 1.887,60% CDI: 1.048,45% Ibovespa: 362,43% Fundo FINACAP Ibovespa CDI

4 Desde sua criação, quando o fundo atual era um clube de investimento, até o final de setembro de 2013, o fundo rentabilizou a aplicação de seus cotistas, em média, em 19,76% ao ano. No resultado acumulado a rentabilidade alcançou 1.887,60%. A instabilidade do mercado acionário tem repercutido negativamente no número de cotistas do fundo. O número de cotistas caiu em 12 meses encerrados em agosto último cerca de 7,6%, de 392 para 362. A base de clientes é composta quase que em sua totalidade por pessoas físicas, 97,8% do total. 450 Evolução do Número de Cotistas Apesar das dificuldades que o mercado acionário vem apresentando, as médias diária e mensal de captação líquida do fundo nos últimos 12 meses, respectivamente, R$ ,00 e R$ ,00, são positivas. 30,0 R$ Milhões Evolução do Patrimônio Líquido 27,0 24,0 21,0 18,0 15,0 12,0 9,0 6,0 3,0 0,0

5 Resultado Mensal FIA Finacap O Ibovespa marcou a terceira alta consecutiva e a maior desde Dez/2012. A alta novamente ajudou os fundos de ações a diminuírem a distância para os fundos multimercados e de renda fixa. No acumulado em 12 meses a perda agora atinge -11,5%. O Fundo Finacap apresentou variação positiva em setembro de 5,41% acumulando perda em 12 meses de -1,66%. O desempenho de médio e longo prazo mantém-se firme. Se comparado ao seu benchmark, o Ibovespa, o retorno do fundo é muito bom atingindo 1.887,6% desde sua criação. Ativos Set/ Meses Desde 1997* Finacap FIA 5,41% -5,36% -1,66% 1.877,6% Ibovespa 4,65% -14,1% -11,5% 362,4% * Criação do Fundo A Indústria de Fundos no Brasil Categoria do Fundo Patrimônio Líquido Gerido / R$ milhões* % Participação Nº de Fundos Qtd Curto Prazo e Renda Fixa ,6 47,9% Fundos de Investimento Multimercados ,5 20,5% Fundos de Cotas Ações ,2 8,6% Total da Indústria - Brasil Previdência ,3 13,3% FIDC ,2 3,1% Gestores 495 Fundos Imobiliários ,9 1,4% Outros ,4 5,1% Total ,1 100,0% * Até Set/13 A INDÚSTRIA DE FUNDOS NO BRASIL Atualmente no Brasil temos mais de 13 mil fundos ativos distribuídos por quase 500 gestores de todos os portes. Ainda preponderantemente reflexo das altas taxas de juros nominais praticadas no passado (veja tabela baixo) e do viés moderadoconservador que esta anomalia auxiliou a desenvolver nos investidores, somada a recente alta da Selic, os fundos de curto prazo e de renda fixa detém quase 50% do patrimônio líquido gerido pela indústria. Mesmo que lentamente, o percentual alocado em ativos de maior rentabilidade e risco deve crescer. Tanto pela busca de melhor performance como pelo maior acesso a informação financeira e econômica. A educação para investimento de médio e longo prazo deve se tornar regra no mercado.

6 Ano Selic Acumulada IPCA Acumulado Taxa de Juro Real ,07% 3,14% 11,57% Últimos 12 Meses* 7,56% 5,86% 1,61% Até Set/13 Queda na Taxa Real de Juros Apesar da melhora nestes últimos meses no mercado acionário, ainda é cedo para afirmar que a reversão de tendência seja sustentável. As posições até julho deste ano estavam excessivamente negativas. Boas notícias como o adiamento do programa de recompra de títulos pelo Federal Reserve revezam-se com notícias pouco animadoras. O baixo crescimento da economia brasileira e o impacto sobre os lucros corporativos não têm incentivado as companhias a investirem. O peso da tributação excessiva e a visão curto-prazista contaminam as decisões de investimento, já que, a empresa acaba privilegiando o controle de custos e evita o investimento de risco. O lucro no curto prazo aumenta, mas a atitude atrofia o lucro futuro com o menor investimento em capital. Filosofia de Investimento da Finacap DTVM A filosofia de gestão do patrimônio administrado tem por base o investimento de longo prazo. Buscamos empresas que estejam sendo negociadas no mercado abaixo do seu valor intrínseco, sejam bem administradas e que tenham um histórico de respeito ao minoritário. Além disso, apresentem excelente histórico de pagamento de dividendos com taxas semelhantes ou superiores às taxas da renda fixa. Outro ponto importante é a busca por empresas que apresentem um diferencial de competitividade inerente ao país. Tais empresas, por se encontrarem em um ambiente com uma estrutura local privilegiada, não sofrem uma pesada concorrência externa, permitindo, assim, maiores retornos aos seus investidores. Buscamos evitar o giro da carteira, ou seja, nós só vendemos os papéis em que investimos com o surgimento de situações adversas que venham a prejudicar as perspectivas futuras da empresa ou caso o seu potencial de valorização já tenha sido alcançado; com tal atitude, evitamos tendências especulativas do mercado e reduzimos nossos gastos administrativos com corretagens. Logo, apesar de certos papéis, no curto prazo, caírem e subirem com velocidade, o longo prazo corrige as distorções pré-existentes até a obtenção do valor considerado justo para aquele ativo. Também, com o intuito de proteger ao máximo o patrimônio dos cotistas, não investimos em mercados de derivativos, pois tais mercados são constantemente alvo de operações especulativas e, logo, apesar de terem o potencial de alavancar ganhos, também podem gerar perdas substanciais.

7 Sócios-diretores Os atuais sócios-diretores da Finacap são Aristides Bezerra Cavalcanti Neto e Samuel Emery Lopes. Os dois ingressaram na Finacap já como sócios em junho de O primeiro, Aristides Bezerra, é oriundo do mercado financeiro tendo exercido funções executivas no Banco Banorte e na Banorte Corretora de Valores. Formado em economia pela Unicap/PE, tem especialização em administração financeira pela UPE e mestrado em economia pelo programa Pimes/UFPE. Conta ainda com o certificado da CVM para administração de carteira de valores mobiliários. Atualmente é diretor regional da APIMEC/PE. Samuel Emery é médico de formação pela UFPE. Desde sua entrada definitiva no mercado financeiro, realizou diversos cursos na área com destaque para os de análise fundamentalista no IBMEC/RJ. É agente autônomo de investimento certificado pela CVM. Fato recente que coroa mais de duas décadas de atuação no mercado acionário foi sua escolha, junto com outros três investidores no Brasil, como tema do livro Casos de Sucesso no Mercado de Ações escrito por Geraldo Soares, então diretor de relações com investidores do banco Itaú. Contatos Aristides Bezerra Cavalcanti Sócio-Diretor tel.: 0xx Leandro de Lima Strasser Gerente Comercial tel.: 0xx ou 0xx Sofia Siqueira Analista Comercial tel.: 0xx

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar.

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. FUNDO REFERENCIADO DI Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. Para tal, investem no mínimo 80% em títulos públicos federais

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Assessoria em Finanças Corporativas e Estruturação Financeira e MultinvestCapital Administradora

Leia mais

Curso Preparatório CPA20

Curso Preparatório CPA20 Página 1 de 9 Você acessou como Flávio Pereira Lemos - (Sair) Curso Preparatório CPA20 Início Ambiente ) CPA20_130111_1_1 ) Questionários ) Passo 2: Simulado Módulo II ) Revisão da tentativa 1 Iniciado

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundos de Investimento Difusão de Fundos de Investimento BB DTVM e FGV 17/05/2013 Programa. A ANBIMA. O que são Fundos de Investimento. Como se constituem. Governança. Operação. A indústria Brasileira

Leia mais

Relatório Mensal - Novembro de 2013

Relatório Mensal - Novembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor Depois de quatro meses consecutivos de alta, o Ibovespa terminou o mês de novembro com queda de 3,27%, aos 52.842 pontos. No cenário externo, os dados

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Gestão Financeira Prof. Marcelo Cruz Fundos de Investimento 3 Uma modalide de aplicação financeira Decisão de Investimento 1 Vídeo: CVM Um fundo de investimento é um condomínio que reúne recursos de um

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Aplicação de recursos

Aplicação de recursos Aplicação de recursos São 3 os pilares de qualquer investimento Segurança Liquidez Rentabilidade Volatilidade - mede o risco que um fundo ou um título apresenta - maior a volatilidade, maior o risco; Aplicação

Leia mais

Simulado CPA 10 Completo

Simulado CPA 10 Completo Simulado CPA 10 Completo Question 1. O SELIC é um sistema informatizado que cuida da liquidação e custódia de: ( ) Certificado de Depósito Bancário ( ) Contratos de derivativos ( ) Ações negociadas em

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015

DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015 Junho/2015 DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015 ANÁLISE GLOBAL DOS INVESTIMENTOS DO PLANO Os investimentos do Plano BD apresentaram, em junho, rentabilidade de 1,24%, o que representa 101,64%

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital está inserido no mercado financeiro e de capitais que, ao longo das últimas décadas, vem evoluindo e aprimorando os padrões e procedimentos

Leia mais

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A ANBID A ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimentos Criada em 1967, é a maior representante das

Leia mais

Relatório Mensal - Setembro de 2013

Relatório Mensal - Setembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa emplacou o terceiro mês de alta consecutiva e fechou setembro com valorização de 4,65%. Apesar dos indicadores econômicos domésticos ainda

Leia mais

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros;

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros; CREDIT SUISSE HEDGINGGRIFFO 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269.

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269. Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Dezembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

Restrições de Investimento:.

Restrições de Investimento:. Página 1 de 7 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FIC DE FIS EM AÇÕES BRB AÇÕES 500 31.937.303/0001-69 Informações referentes a 11/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O QUELUZ TRADER FIM 09.052.643/0001-53. Informações referentes a Agosto de 2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O QUELUZ TRADER FIM 09.052.643/0001-53. Informações referentes a Agosto de 2015 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O QUELUZ TRADER FIM 09.052.643/0001-53 Informações referentes a Agosto de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o QUELUZ TRADER FUNDO

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES DIVIDENDOS 02.138.442/0001-24 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES DIVIDENDOS 02.138.442/0001-24 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO ACOES. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Investimentos. Plano BD Plano CV I

Investimentos. Plano BD Plano CV I Investimentos Plano BD Plano CV I Julho/2015 DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Julho/2015 ANÁLISE GLOBAL DOS INVESTIMENTOS DO PLANO Os investimentos do Plano BD apresentaram, em julho, rentabilidade

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O Grupo O Grupo MultinvestCapital está inserido no mercado financeiro e de capitais que, ao longo das últimas décadas, vem evoluindo e aprimorando os padrões e procedimentos

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº 10.446.951/0001-42

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº 10.446.951/0001-42 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº Informações referentes à Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

Como funcionam os fundos de investimentos

Como funcionam os fundos de investimentos Como funcionam os fundos de investimentos Fundos de Investimentos: são como condomínios, que reúnem recursos financeiros de um grupo de investidores, chamados de cotistas, e realizam operações no mercado

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 30/04/2015 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Analistas indicam quais cuidados tomar no mercado financeiro em 2012 e quais investimentos oferecem menor probabilidade

Leia mais

Relatório Mensal - Junho de 2013

Relatório Mensal - Junho de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor Junho foi mais um mês bastante negativo para o Ibovespa. O índice fechou em queda pelo sexto mês consecutivo impactado pela forte saída de capital estrangeiro

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento DI Institucional Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20)

Leia mais

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa encerrou o mês de fevereiro com alta de 9,97%, recuperando as perdas do início do ano. Mesmo com o cenário macroeconômico bastante nebuloso

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO

FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO I Curso de Férias do Grupo de Estudos de Direito Empresarial - Direito UFMG EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO Fernanda Valle Versiani Mestranda em Direito Empresarial pela Universidade Federal de Minas Gerais,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CLIC FUNDO DE INVEST. EM ACOES

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CLIC FUNDO DE INVEST. EM ACOES LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 04.787.

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 04.787. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Informações referentes à Julho de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli FIC de FI Referenciado DI. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

Banco do Brasil - Cartilha de Fundos de Investimento Fundos de Investimento

Banco do Brasil - Cartilha de Fundos de Investimento Fundos de Investimento Fundos de Investimento O que é?...2 Tipos de Fundos...2 Fundos de curto prazo...2 Fundos renda fixa...2 Fundos referenciados DI...2 Fundos multimercado...3 Fundos de ações...3 Fundos da dívida externa...3

Leia mais

Fundo multimercado que tem como objetivo buscar rentabilidade acima do Certificado de Depósito Interbancário - CDI.

Fundo multimercado que tem como objetivo buscar rentabilidade acima do Certificado de Depósito Interbancário - CDI. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS 1. Público-alvo dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG VERDE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO.

Leia mais

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional Carta ao Cotista Abril 2015 Ambiente Macroeconômico Internacional O fraco resultado dos indicadores econômicos chineses mostrou que a segunda maior economia mundial continua em desaceleração. Os dados

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte:

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte: Conhecimentos Bancários Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte: Conhecimentos Bancários Item 2.1.4- Fundos de Investimentos: São condomínios, que reúnem aplicações de vários indivíduos para investimento

Leia mais

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV INVESTIMENTOS Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV Uma questão de suma importância para a consolidação e perenidade de um Fundo de Pensão é a sua saúde financeira, que garante

Leia mais

GESTOR DA CARTEIRA DE INVESTIMENTO

GESTOR DA CARTEIRA DE INVESTIMENTO O QUE É? No Brasil um fundo de investimento possui a sua organização jurídica na forma de um condomínio de investidores, portanto o fundo de investimento possui um registro na Receita Federal (CNPJ) pois

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

Se alavancar até o limite de. Concentrar seus ativos em um só emissor que não seja a União Federal até o limite de

Se alavancar até o limite de. Concentrar seus ativos em um só emissor que não seja a União Federal até o limite de LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO DE LONGO PRAZO FRANKLIN GLOBAL ACCESS CNPJ: 09.216.364/0001-88 Informações referentes a Abril de 2016 Esta lâmina contém um resumo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI SOLIDARIEDADE 04.520.220/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI SOLIDARIEDADE 04.520.220/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FICFI REFERENCIADO DI LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Assunto: Informações sobre administradores de carteira previstas na Instrução CVM nº 306/99

Assunto: Informações sobre administradores de carteira previstas na Instrução CVM nº 306/99 OFÍCIO CIRCULAR/CVM/SIN/Nº 003 /2000 Rio de Janeiro, 11 / 05 /2000 Assunto: Informações sobre administradores de carteira previstas na Instrução CVM nº 306/99 Prezados Senhores, O artigo 12 da Instrução

Leia mais

Fundos Garantidores de Risco de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas e em Operações de Crédito Educativo

Fundos Garantidores de Risco de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas e em Operações de Crédito Educativo Fundos res de Risco de Crédito para Micro, Pequenas e Médias Empresas e em Operações de Crédito Educativo A Lei nº 12.087, de 11 de novembro de 2009, autorizou a União a adquirir cotas, até o limite de

Leia mais

Rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV no 1º Trimestre de 2014

Rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV no 1º Trimestre de 2014 Investimentos Rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV no 1º Trimestre de 2014 Como forma de manter os Participantes informados sobre a evolução do seu Plano no que diz respeito à rentabilidade dos

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20 BENCHMARK RF:80.00% ( 100.00%CDI ) + RV:20.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Tema Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Apresentação JOCELI DA SILVA SILVA Analista Administrativo/Gestão Pública Lotado na Assessoria de Coordenação 3ª CCR Especialização UNB Clube

Leia mais

Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA

Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA Renda Variável Cotas de Fundos de Investimento em Ações FIA Cotas de Fundos de Investimento em Ações - FIA Mais uma alternativa na diversificação da carteira de investimento em ações O produto O Fundo

Leia mais

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO 1 FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO Autor: Jonatam César Gebing Abril de 2015 2 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: O GUIA DEFINITIVO MODULO 02 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: PORQUE INVESTIR Fundos Imobiliários, o Guia Definitivo.

Leia mais

INFORME FINACAP. Gestora Finacap AGOSTO 2013

INFORME FINACAP. Gestora Finacap AGOSTO 2013 INFORME FINACAP Gestora Finacap A Finacap é uma empresa de gestão de recursos independente autorizada pela CVM desde 1997 através do Ato Declaratório 4.278 de 24 de março de 1997. Especialista na estruturação

Leia mais

Fundos de Investimentos

Fundos de Investimentos Fundos de Investimentos 1 O que e um fundo de investimentos? Um fundo de investimentos concentra em uma unica entidade juridica, varios investidores com o mesmo objetivo e que compartilham a mesma estrategia

Leia mais

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto *

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * O mercado de capitais brasileiro vai fechar o ano de 2007 consolidando a tendência estrutural

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC DI TITULOS PUBLICOS 00.885.762/0001-12 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO TITULOS. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADUAL IGB-30 FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADUAL IGB-30 FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADUAL IGB-30 FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: Nº 18.048.590/0001-98 Informações referentes a setembro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 O FII BTG Pactual Corporate Office Fund é um fundo de investimento imobiliário do tipo corporativo, ou seja, tem como objetivo investir em ativos imobiliários

Leia mais

PROGRAMA DETALHADO Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10)

PROGRAMA DETALHADO Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10) PROGRAMA DETALHADO Programa da Certificação Detalhado Profissional da Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10) ANBID Série 10 Controle: D.04.08.07 Data da Elaboração: 10/11/2009 Data da Revisão:

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento Ações Petrobras (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de 2014 com Relatório dos Auditores

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

NOVOS TIPOS DE INVESTIDORES E A REGULAÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

NOVOS TIPOS DE INVESTIDORES E A REGULAÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO NOVOS TIPOS DE INVESTIDORES E A REGULAÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO Daniel Sposito Pastore Membro do Comitê de Assuntos Jurídicos da ANBIMA. I Estrutura Normativa CVM Contexto Regulatório Brasileiro Atual

Leia mais

Retorno dos Investimentos 1º semestre 2011

Retorno dos Investimentos 1º semestre 2011 Retorno dos Investimentos 1º semestre 2011 Cesar Soares Barbosa Diretor de Previdência É responsável também pela gestão dos recursos garantidores dos planos de benefícios administrados pela Sabesprev,

Leia mais

As entidades locais no apoio às empresas regionais na retomada dos investimentos e experiência do Instituto Mineiro de Mercado de Capitais

As entidades locais no apoio às empresas regionais na retomada dos investimentos e experiência do Instituto Mineiro de Mercado de Capitais A retomada dos investimentos e o Mercado de Capitais Agosto de 2015 As entidades locais no apoio às empresas regionais na retomada dos investimentos e experiência do Instituto Mineiro de Mercado de Capitais

Leia mais

CLUBE DE INVESTIMENTO. Mais uma maneira de investir no mercado de ações

CLUBE DE INVESTIMENTO. Mais uma maneira de investir no mercado de ações CLUBE DE INVESTIMENTO Mais uma maneira de investir no mercado de ações Clube de Investimento Clube de Investimento É uma associação de pessoas físicas, mínimo de 3 e máximo de 150, com objetivo em comum

Leia mais

Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes

Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes grupos: as ações ordinárias e as ações preferenciais. As

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Programa de Atualização Certificação Profissional ANBIMA Série 10 (CPA-10) Versão 2.2

Programa de Atualização Certificação Profissional ANBIMA Série 10 (CPA-10) Versão 2.2 Programa de Atualização Certificação Profissional ANBIMA Série 10 (CPA-10) Versão 2.2 OBJETIVOS DA ATUALIZAÇÃO DA CPA-10 A Atualização dos profissionais certificados CPA-10 é parte do Código de Regulação

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC ACOES VALE DO RIO DOCE 04.892.107/0001-42 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES VALE. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com Junho 2015 www.fclcapital.com FCL Equities FIA Filosofia de Investimentos - Pág. 4 Estratégia Long-Biased - Pág. 5 Processo de Investimentos - Pág. 6 Gestão de Riscos - Pág. 10 1 Plano de Crescimento Plano

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O K1 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTOS MULTIMERCADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O K1 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTOS MULTIMERCADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O K1 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTOS MULTIMERCADO Informações referentes a Outubro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis BNB Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Renda Fixa Curto Prazo (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de

Leia mais

PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do Instituto

Leia mais

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic

Mercado Financeiro e de Capitais. Taxas de juros reais e expectativas de mercado. Gráfico 3.1 Taxa over/selic III Mercado Financeiro e de Capitais Taxas de juros reais e expectativas de mercado A meta para a taxa Selic foi mantida durante o primeiro trimestre de 21 em 8,75% a.a. Em resposta a pressões inflacionárias

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI VALOR AÇÕES 15.323.164/0001-27 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL

4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL SEMINARIO FIESP REINDUSTRIALIZAÇÃO DO BRASIL: CHAVE PARA UM PROJETO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO 4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL 26 agosto 2013 Carlos

Leia mais

Transferência da administração de recursos e alocação de ativos para profissionais especializados;

Transferência da administração de recursos e alocação de ativos para profissionais especializados; Guia de Fundos de Investimento A CMA desenvolveu o Guia de Fundos de Investimento para você que quer se familiarizar com os princípios básicos do mercado financeiro, ou que tem interesse em aprofundar

Leia mais

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Data da Posição: 28/02/2015 Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Autarquia Municipal de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Composição da Carteira de Investimentos RECIPREV (Gestores)

Leia mais

A seguir, detalhamos as principais posições do trimestre. PACIFICO HEDGE JULHO DE 2015 1

A seguir, detalhamos as principais posições do trimestre. PACIFICO HEDGE JULHO DE 2015 1 No segundo trimestre de 2015, o fundo Pacifico Hedge FIQ FIM apresentou rentabilidade de 3,61%, líquida de taxas. No mesmo período, o CDI apresentou variação de 3,03% e o mercado de bolsa valorizou-se

Leia mais

Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005

Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005 Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005 Altera a Resolução 3.121, de 2003, que estabelece as diretrizes pertinentes à aplicação dos recursos dos

Leia mais

Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras

Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras Veículo: Estadão Data: 26.11.13 Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras Veja qual produto é mais adequado ao seu bolso: até R$ 10 mil, de R$ 10 mil a R$ 100 mil e acima

Leia mais

Consulta Pública de Lâmina de Fundo

Consulta Pública de Lâmina de Fundo Page 1 of 8 Consulta Pública de Lâmina de Fundo Atenção: Estas informações tem por base os documentos enviados à CVM pelas Instituições Administradoras dos Fundos de Investimento e são de exclusiva responsabilidade

Leia mais

Fundos de Investimento Imobiliário - FII

Fundos de Investimento Imobiliário - FII CONCEITO: Instrumento na forma de condomínio fechado, portanto não admitem resgate (saída a qualquer momento), para aplicação em empreendimentos imobiliários: Ativos imobiliários: propriedade direta de

Leia mais

Mensagem da Administradora

Mensagem da Administradora Mensagem da Administradora Prezados Cotistas: Submetemos à apreciação de V.S.as. a demonstração da composição e diversificação das aplicações da CSN Invest Fundo de Investimento em Ações, em 31 de dezembro

Leia mais

Roberto Mendonça Pereira. CVM - Comissão de Valores Mobiliários Brasil

Roberto Mendonça Pereira. CVM - Comissão de Valores Mobiliários Brasil Clasificaciones de productos financieros por riesgo y diferenciación de los inversores. Diferentes niveles de protección y obligaciones que se derivan para las entidades. Roberto Mendonça Pereira CVM -

Leia mais

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004 Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável 1 Objetivo Abordar assuntos que são focados pelos gurus das finanças

Leia mais

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Data da Posição: 20/03/2015 Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Autarquia Municipal de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Composição da Carteira de Investimentos RECIPREV (Gestores)

Leia mais

Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu Lorena Dutra Gerência de Análise de Negócios (GMN)

Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015. Marcos Galileu Lorena Dutra Gerência de Análise de Negócios (GMN) Circuito Universitário Faculdade Sumaré 10 de março de 2015 Marcos Galileu Lorena Dutra Gerência de Análise de Negócios (GMN) As opiniões e conclusões externadas nesta apresentação são de inteira responsabilidade

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: 00.827.

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: 00.827. Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a setembro de 2015. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI REF DI

Leia mais

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8%

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8% Outubro de 2015 INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES O Geral Asset Long Term - GALT FIA é um fundo de investimento que investe em ações, selecionadas pela metodologia de análise

Leia mais

Private Banking. Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões. Destaque do Mês. Evolução das aplicações em Títulos Privados (R$ Bilhões)

Private Banking. Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões. Destaque do Mês. Evolução das aplicações em Títulos Privados (R$ Bilhões) Private Banking Ano IV Nº 5 Fevereiro/214 Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões Em 213, o patrimônio do segmento de Private Banking atingiu R$ 577,2 bilhões, volume 9,5% superior ao de

Leia mais

1. Ementa a) Orçamento Pessoal b) Uso do Crédito c) Finanças Comportamentais d) Avaliação de Investimentos. 2. Carga Horária: 20 horas/aula

1. Ementa a) Orçamento Pessoal b) Uso do Crédito c) Finanças Comportamentais d) Avaliação de Investimentos. 2. Carga Horária: 20 horas/aula 2015.2 1. Ementa a) Orçamento Pessoal b) Uso do Crédito c) Finanças Comportamentais d) Avaliação de Investimentos 2. Carga Horária: 20 horas/aula 3. Horário: 13:00 às 18:00 4. Encontros 21/11 (sábado)-

Leia mais

FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU. Lilian Massena Gallagher

FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU. Lilian Massena Gallagher FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU Lilian Massena Gallagher APRESENTAÇÃO Livros: Minutos de Riqueza, Planeje seu Futuro Financeiro, Como Aumentar seu Patrimônio, Exame de Certificação CPA-10 (teoria

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Quem Somos 2 CTM Investimentos Visão Geral A empresa A CTM Investimentos, fundada em 2012, é uma empresa independente, focada na busca por valor em empresas (Equity Research)

Leia mais