Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO"

Transcrição

1 Informativo Trimestral Edição 5 abril - maio - junho de 2007 Kanban Eletrônico, uma realidade na AGCO montadora de tratores e colheitadeiras Massey Ferguson A chegou ao mês de abril totalizando mais de 40 fornecedores atendendo, via EDI, suas chamadas Kanban. Todo esse trabalho começou em novembro do ano passado, com a realização dos primeiros workshops, em conjunto com a Sawluz, para demonstrar aos parceiros da AGCO os detalhes de um projeto com alto índice de adesão. Prova disso é que, no final de abril, todos os participantes previstos inicialmente e até alguns novos estavam devidamente certificados no Kanban Eletrônico, condição atingida após um apurado follow up para comprovar se todos os dados estavam sendo enviados, recebidos e visualizados com total precisão. Foi tudo tranqüilo em termos de sistema, com o trabalho da Sawluz e, também, no tocante à aderência por parte dos nossos fornecedores, avalia o analista de Negócios da montadora, Carlos Borges. Dentre os benefícios percebidos já na fase inicial de produção, ele destaca o aumento significativo da segurança e da agilidade no tráfego das informações. Além disso, ao receber pedidos de Kanban, ficou nitidamente ampliada a capacidade de reação do nosso fornecedor e as diversas etapas de cada pedido em carteira passaram a contar com total rastreabilidade, acrescenta. Aspectos como esses haviam sido antecipados pelo gerente de Materiais e Logística, Ingomar Reinoldo Goltz, ao receber os parceiros da AGCO para os primeiros workshops sobre o tema. Na ocasião, ele ressaltou objetivos básicos como a certeza de entrega e a redução no manuseio no chão de fábrica, frisando ainda a existência de vantagens para o próprio fornecedor com a utilização da nova ferramenta. Além de uma demanda estável, ela garante exclusividade para os itens fornecidos. Em contrapartida, contamos com a capacidade de pronta-entrega, respeitando sempre as quantidades negociadas nos lotes e a qualidade daquilo que é produzido, acrescentou. Segundo Ingomar, a idéia da AGCO é trabalhar com o EDI da mesma forma padronizada com que está tratando o seu sistema ERP, tanto na planta de Canoas, quanto na unidade de Santa Rosa, ambas no Rio Grande do Sul, o mesmo devendo ocorrer em futuro breve com a fábrica localizada na cidade paulista de Mogi das Cruzes. Leia também: Uma arte chamada diagnóstico Profissionais de TI reconhecem: muitas vezes podem estar na infraestrutura problemas que o usuário tende a atribuir, de imediato, ao sistema Pág.: 3 A escalada do SawluzNET Desenvolvida como alternativa ao caro e nem sempre ágil STM-400, a van que usa a Internet segura conquista adeptos por onde passa Pág.: 4 As equipes de AGCO e Sawluz envolvidas no projeto NF-e ao alcance de todos Tida no passado como quase ficção científica, a Nota Fiscal Eletrônica vai ganhando espaço e tem no setor automotivo uma forte adesão Pág.: 7

2 Editorial Resgatando a dignidade Resolvemos abrir de uma forma diferente mais esta edição do nosso SawluzNews. Ao invés de tecnologia e negócios, queremos aproveitar essa oportunidade de comunicação direta com você para falar um pouco de responsabilidade social. Muito mais gratificante do que obter benefícios fiscais ou a imagem institucional positiva que esse tipo de atitude acarreta, é a sensação de estar contribuindo de alguma forma por um mundo melhor. Sentimos isso de perto ao nos tornar parceiros do Programa Brasil Alfabetizado e, mais recentemente, encampando a causa da Associação Lar Resgate, instituição de São Paulo criada para acolher crianças e adolescentes abandonados ou vítimas da violência doméstica. Nossos clientes participam de forma direta dessa atividade, pois sem eles não teríamos condições de ajudar Carlos Gomes e Huda Azevedo a cumprir sua missão tão especial. O trabalho realizado por esse abnegado casal envolve toda a assistência que um menor requer: educação formal e familiar, orientação espiritual e, principalmente, doses maciças e diárias de carinho e amor. Embora sejam bem-vindos os donativos em roupas e alimentos, sem falar na colaboração dada, na medida do possível, pelos voluntários da casa, sua maior necessidade atual é a ampliação dos recursos financeiros, pois só assim poderá acolher mais crianças e também aumentar a qualidade dos muitos serviços que presta, ao contar com o auxílio de profissionais contratados. Afinal, qual pai ou mãe não deseja o melhor para os seus filhos? E é justamente isso que os mentores do Lar Resgate fazem, ao cuidar de seus meninos e meninas como se fossem deles próprios. A sede dessa obra maravilhosa fica no bairro paulistano do Jardim das Oliveiras: Rua Salvador Rodrigues Negrão, 69 - (11) Muito Obrigado! Werter Padilha Cavalcante e Adoniram Judson da Silva O casal Azevedo e algumas das crianças atendidas pelo Lar Resgate Registro Agrale tem pressa O diretor de Suprimentos Edson Martins falando de metas e desafios Durante o último Encontro de Fornecedores, realizado pela Agrale em Caxias do Sul, o novo diretor de Suprimentos da montadora estabeleceu um contraponto entre o próprio enfoque do evento e o emprego de ferramentas eficazes de TI. Após as apresentações dos responsáveis pelos vários departamentos da empresa, realçando a importância de relações marcadas por profissionalismo e espírito de parceria num ambiente de forte competição internacional, Edson Ares Sixto Martins falou à reportagem do SawluzNEWS sobre a força do EDI na transmissão de informações corretas e em tempo real. Na cadeia de fornecimento de uma montadora, segundo ele, independentemente de se tratar do fornecedor do motor ou de um parafuso, não podem haver falhas, e a acuracidade tem que ser total, objetivo em muito facilitado pela Troca Eletrônica de Documentos. As operações têm de ser perfeitas para que não se perca tempo. Boa parte dos nossos fornecedores está em São Paulo e um erro leva no mínimo quatro dias para ser solucionado, podendo até parar uma linha, exemplificou o executivo. Expediente Sawluz Metodologia Aplicada em Informática S/C Ltda. Rua José Secundino da Costa, 245 Interlagos CEP São Paulo/SP Tel (11) Fax (11) Textos e fotos: Reperkut Comunicação SS. Telefax (11) Jornalista responsável: Wagner Fonseca (MTB ) Produção editorial: Zeppelini Editorial Ltda. PABX (11)

3 Gente EDI Caçadores de soluções Dois profissionais de TI explicam como ajudaram a virar o jogo da Troca Eletrônica de Documentos em suas empresas Por mais que o usuário tenda a condenar logo de saída um sistema, ao não ver em sua tela a resposta imediata ao que procura, experientes profissionais em Tecnologia da Informação reconhecem ser bem mais complexa a avaliação exata das causas reais dos problemas. Atualmente com 12 anos de experiência na área, Fabiano Perruolo Storniolo testemunhou isso com toda a clareza em 2004, ao assumir o setor na Jardim Sistemas Automotivos e Industriais S/A, metalúrgica localizada em Mauá (SP), onde trabalhou até há pouco tempo. O coordenador de TI estranhou de imediato o fato de o EDI não funcionar a contento. Eu sabia que muita gente usava o Sawluz com sucesso, diz Fabiano, que acabou adotando essa referência para iniciar uma ampla mudança de rota. Trocamos, a principio, apenas um servidor e tudo mudou, com o sistema funcionando perfeitamente em quatro estações, acrescenta. Antes disso, mesmo possuindo o pacote completo, a Jardim utilizava o EDI apenas para transmitir ASN e receber programações, ou seja, deixava de aproveitar toda a parte de análise, fazendo o mesmo com relação ao processamento das embalagens, que era totalmente manual. Limitações assim foram pródigas em gerar deméritos junto às montadoras para essa conceituada fabricante de tanques de combustível, alavancas de câmbio carters e protetores, dentre outros itens. No entanto, Fabiano pôde comemorar um quadro totalmente diferente, igualmente favorecido pela intensificação das atividades de treinamento em EDI para os profissionais de vendas, faturamento e logística de sua empresa. A substituição do STM-400 pelo SawluzNET ele considera outro avanço expressivo. Conseguimos muito mais velocidade, sem quedas de sinal ou ruídos, e com um custo operacional bem menor, avalia. Evolução História semelhante viveu Alessandro Andrade, coordenador de TI da A Raymond Brasil Ltda., indústria de origem francesa especializada na fabricação de peças para fixação automotiva, cuja operação brasileira se localiza em Vinhedo (SP). Quando eu entrei aqui, em 2002, havia um processo de EDI bem ultrapassado, ainda em versão DOS, recorda-se Andrade, acrescentando que sua admissão esteve diretamente ligada à necessidade de mudança desse quadro, bem como à implementação do ERP, à época também deficiente. No caso específico do EDI, a ampliação no número de parceiros e na variedade de dados trafegados só ocorreria mesmo mediante a atualização de versão e até mesmo mudanças internas de hardware. Foi na esteira dessa evolução que, no primeiro semestre de 2005, a A Raymond aderiu ao SawluzNET como intervan, a partir do que passou a contar com um trabalho completo de consultoria para o seu projeto EDI Fornecedores, englobando treinamentos internos, montagem da estratégia de implementação e divulgação, bem como a construção dos manuais (guide-lines) RND e EDIFACT para a prática do EDI tanto com os seus parceiros nacionais quanto os internacionais. Em complementação a essas atividades, a Sawluz tem realizado pesquisa de aderência dos fornecedores, preparação dos workshops e suporte total para que os parceiros da indústria participem do processo de EDI com o melhor desempenho possível. Foi fundamental nisso tudo o treinamento desenvolvido em conjunto com a Sawluz, reconhece Alessandro, destacando que esse trabalho está prestes a extrapolar os muros da indústria, frente à nova realidade do seu EDI, ou seja, não mais voltado apenas às montadoras, um universo de empresas onde predomina uma certa homogeneidade nos campos tecnológico e de RH. Alessandro, da A Raymond: casa arrumada Fabiano, da Jardim: infra-estrutura fez a diferença

4 Cases SawluzNET continua avançando Agilidade e precisão marcam depoimentos de autopeças Imagine uma grande fornecedora do setor automotivo que necessitasse de duas vans distintas e nada menos do que três diferentes soluções de EDI, tendo em vista as peculiaridades do seu produto e dos mercados por ela atendidos. Pois foi mais ou menos essa a realidade vivida até dois anos atrás pela Zamprogna S/A, empresa sediada em Porto Alegre e que está completando sete décadas, fornecendo aço para as linhas de montagem de ônibus dos modelos leves e também de tratores e grandes máquinas agrícolas. Na ponta do fornecimento, convive com as maiores companhias siderúrgicas estabelecidas no País, um setor onde o Electronic Data Interchange (EDI) Jorge Radke da Zamprogna: Solução única para simplificar o processo sempre se caracterizou por requisitos altamente específicos e um considerável teor de complexidade. Queríamos simplificar as coisas, substituindo os diversos pacotes utilizados até então por uma solução única, que atendesse a todas as nossas necessidades, relata Jorge Alberto Radke, profissional experiente, que acompanhou de perto todo esse processo. Segundo ele, a perspectiva de que a meta seria atingida começou a ganhar corpo a partir de 2005, com a implantação do SawluzNET por força dos agronegócios puxados por grandes empresas do setor como AGCO e John Deere, experiências cujos bons resultados animaram sua empresa a estender o serviço para montadoras de veículos e implementos rodoviários, e também para os seus fornecedores do setor siderúrgico. Ficamos impressionados ao ver um bom produto, customizado e com um custo apreciável, diz ele, ao justificar a aquisição da Suite Sawluz Automotiva completa. Resultados Exemplificando os ganhos obtidos com essa decisão, ele aponta como caso exemplar o da montadora para a qual a Zamprogna emite cerca de 10 notas fiscais diariamente, todas com um volume grande de informações. Acabou a preocupação de pegar os dados do aviso de embarque, de forma manual, sujeita a erros, diz ele, atribuindo a isso maior agilidade e também tranqüilidade em todo o processo. Saiu a nota e sabemos que, no máximo cinco minutos depois, estará postada a informação para o cliente, sem que nos preocupemos em indexar esses dados com as programações, acrescenta. Outro ponto favorável lembrado por Radke foi a facilidade de integração com o ERP da empresa, mesmo em se tratando de uma solução proprietária. A Sawluz faz um trabalho de tradução e dispõe os dados no nosso padrão. Quando precisamos de informações adicionais, diferenciadas, o SawluzNet traduz automaticamente e as coloca no formato que nos interessa. O mesmo acontece no sentido inverso, ou seja, dispomos as informações de uma determinada maneira, e o sistema trata de transformá-las na linguagem com que a montadora trabalha. A idéia é fazer a mesma coisa com as Usinas Siderúrgicas, nossos principais fornecedores, e também com as empresas de transporte, conclui.

5 Em São Leopoldo, também no Rio Grande do Sul, a Rexnord é outro exemplo de mudança no convívio diário com as montadoras do agronegócio após a implantação do SawluzNET. Fornecedora de uma linha considerada crítica, composta por correntes de rolo e de esteira, empregadas nas colheitadeiras, e correntes elevadoras, que conduzem os grãos até o reservatório localizado na parte superior das máquinas, a indústria migrou da versão Lite para a completa do sistema Sawluz, ao mesmo tempo em que substituiu pelo Logix a solução proprietária antes usada como ERP. No caso do EDI, o upgrade tornouse necessário porque a configuração utilizada até então, de acordo com o responsável pela área de Informática da empresa, Wanderley Terra de Siqueira, era suficiente para o atendimento a uma única montadora, mas com a adesão crescente ao SawluzNET no agronegócio o número de itens processados rapidamente triplicou. Fabio e Wanderley: fim das redigitações e conferências manuais Levava em torno de quatro horas para se conferir manualmente um programa que agora é processado de forma automática, exemplifica o assistente de Vendas, Fábio Benevite. Outro ganho expressivo, segundo ele, envolveu as previsões, pois antes as expectativas de compras eram digitadas, operação extremamente trabalhosa ao se buscar uma visão dos negócios para um trimestre, por exemplo. Igualmente pertencente ao passado na Rexnord é a prática de redigitar os pedidos ao migrá-los do EDI para o ERP, rotina que também exigia uma demorada conferência final. Cases Título: Parceria com a SAP tem novidade O lançamento do primeiro ADD-ON para EDI destinado ao SAP Business One coloca no mercado, de forma efetiva, a parceria que uniu a expertise da Sawluz em Electronic Data Interchange à liderança mundial da SAP na área de Enterprise Resource Planning. A nova ferramenta integra o ERP consagrado internacionalmente para a gestão completa de pequenos e médios negócios à Troca Eletrônica de Documentos, solução que os setores automotivo, de transportes, calçados e varejo, entre outros, têm empregado com sucesso em suas rotinas comerciais e logísticas estratégicas. A novidade foi implementada pela Sawluz, em conjunto com a própria Fábrica de Software da SAP no Brasil, unidade considerada um piloto mundial da empresa na área. O lançamento oficial do novo ADD-ON inclui eventos especialmente voltados às VAR s, rede de parceiros responsável pela comercialização do SB1 no Brasil, com a finalidade de demonstrar não apenas aspectos técnicos, mas também a necessidade uma verdadeira imersão no negócio dos players que utilizam o EDI no seu dia-a-dia. Valor agregado Um dos trunfos para o sucesso alcançado pelo SAP Business One em mais de cem países é a capacidade de atuar de forma integral na vida de uma empresa, independentemente do seu ramo de atividade. Essa característica tem permitido aos empreendedores de pequeno e médio portes centrarem sua atuação na essência do negócio, deixando a cargo do ERP os aspectos eminentemente operacionais e administrativos. A parceria firmada com a Sawluz, que desde o ano passado é uma ISV Independent Software Vendor do produto, estende a dimensão do sistema à área logística, agregando ao SB1 o conhecimento de regras de negócios e protocolos praticados em segmentos inteiros, a começar pelas montadoras de veículos e fábricas de autopeças, base sobre a qual a EDI Service edificou seus primeiros 17 anos de atuação.

6 Cases Solução em dose tripla Diferentes desafios atendidos em tempo recorde fizeram a diferença Autopeças como a Keko, de Caxias de Sul, vêm sendo solicitadas por um número crescente de montadoras a aderir ao Direct Shipment, método diferenciado de fornecimento que requer uma forma igualmente distinta de comunicação via EDI. Essa realidade tomou corpo na empresa gaúcha a partir de 2003, quando a Ford resolveu adotar o sistema, também conhecido como DSH, para o Eco Sport, fazendo depois o mesmo com relação ao Fiesta Trail. Hoje, a Volkswagen é outra montadora que envia diretamente para a Keko os pedidos que recebe de suas concessionárias para o fornecimento de bagageiros, estribos, pára-choques de impulsão e outros itens produzidos por essa indústria jovem e dinâmica, João Melo e Itamar: missões críticas resolvidas em conjunto com a Sawluz que acaba de comemorar seus primeiros vinte anos de mercado. Na prática, o DSH faz com que a fábrica de autopeças produza, fature e entregue diretamente para as concessionárias, mas sempre enviando o aviso de embarque para a montadora, possibilitando assim tanto o controle dos pedidos de sua programação normal de montagem quanto os decorrentes do mercado de reposição. É que esse tipo de opcional nem sempre se destina a veículos zero-quilômetro, sendo muitas vezes adquiridos quando o cliente já possui o carro há algum tempo, ou então precisa de substituição emergencial em virtude de reparo. Só no caso da Ford, fornecemos dessa forma para cerca de 500 concessionárias espalhadas pelo País, uma relação diferenciada e muito mais complexa do que o EDI de ponta a ponta, explica o analista de TI da Keko, João Mello. Chegar a esse nível, porém, não foi uma tarefa das mais simples, pois sair do EDI tradicional para uma modalidade tão peculiar de Intercâmbio Eletrônico de Dados demandou a modificação de uma série de rotinas e layouts. A Sawluz, segundo ele, foi inserida nesse processo quando a prioridade da Keko era atender aos novos e urgentes requisitos do EDI da Nissan, após a união mundial da montadora japonesa com a Renault. Foi uma missão crítica, que além da integração plena do Electronic Data Interchange ao nosso sistema corporativo, envolveu a utilização do SawluzNet como van, recorda-se Itamar Gomes, da área de suporte de TI da fábrica gaúcha. Mas rapidamente, segundo ele, a Sawluz resolveu a questão do ERP, num trabalho realizado em conjunto com a própria Keko e a Datasul. Depois, seria a vez de acertos definitivos no DSH da Ford e, em seguida, a adoção do SawluzNET na comunicação com a GM, o que eliminaria um terceiro foco de preocupação em matéria de EDI. Procuramos um parceiro especialista não apenas em Electronic Data Interchange, mas também que entendesse bem a realidade de todas as montadoras, resume Itamar, visivelmente satisfeito pelo fato de três pendências tão significativas terem sido resolvidas em pouco mais de um mês.

7 Serviço Nota Fiscal Eletrônica: Conheça melhor este mundo Os cerca de 60 milhões de documentos fiscais em papel modelos 1 e 1A emitidos mensalmente apenas no Estado de São Paulo já começaram a ser substituídos, gradativamente, pela NF-e. As empresas que estão aderindo a esse processo, segundo a SEFAZ-SP, vão participar de um amplo ganhaganha, envolvendo benefícios diretos para vendedoras e compradores, assim como o Fisco e a própria sociedade. Do ponto de vista prático, as vantagens apontadas incluem a economia de recursos com a aquisição de papel e impressão, o mesmo ocorrendo com o espaço físico que a guarda de documentos por um prazo mínimo de cinco anos sempre requer. Simplificação de obrigações acessórias, como a emissão da AIDF Autorização de Impressão de Documentos Fiscais; redução do tempo de parada de caminhões em postos fiscais de fronteira, eliminação de erros de digitação e incentivo ao uso do relacionamento eletrônico entre as empresas também fazem parte dos pontos positivos destacados pelo governo. A base de todo o processo é a geração de um arquivo eletrônico em formato XML De acordo com Newton Oller de Mello, diretor Adjunto da Diretoria Executiva da Administração Tributária (DEAT) da Secretaria da Fazenda, que vem atuando como líder do Projeto de implementação da NF-e, enquanto as empresas interessadas em participar do projeto aguardam esta oportunidade, elas podem ganhar tempo tendo acesso a toda a documentação técnica do projeto, que está disponível no site da Secretaria da Fazenda (http://www. fazenda.sp.gov.br/nfe/), onde também poderá conhecer um pouco melhor do assunto e encontrar a relação das 18 empresas que aderiram à primeira fase e das mais de 50, em todo o Brasil, que estão participando da segunda. Do ponto de vista técnico, ele lembra que a base da NF-e é a geração de um arquivo eletrônico em formato XML, com a assinatura digital e transmissão para a Fazenda. Mas ressalva que a legislação relativa ao assunto não estabeleceu um procedimento de intercâmbio da nota eletrônica entre o emitente do documento e o comprador da mercadoria. Nós entendemos que isso é uma questão comercial entre as partes, sendo elas que devem verificar qual a melhor forma de agir. Segundo ele, há soluções mais sofisticadas, inclusive podendo as empresas que transacionam um volume maior de notas estabelecer comunicação via EDI. Entrevista Setor automotivo marca presença Autopeças, montadoras e concessionárias dizem sim à NF-e Em entrevista concedida ao Sawluz- NEWS, Marcelo Fernandez, da Equipe Nota Fiscal Eletrônica da SEFAZ-SP, revelou que o segmento automotivo está entre os que melhor têm respondido à idéia da Nota Fiscal Eletrônica em São Paulo. Mas, de uma forma geral, ele também acredita que a iniciativa será bem-sucedida e a Secretaria já se prepara de forma decidida para recepcionar cerca de 30 milhões de NF-e por mês até o final de 2007, documentos a ser emitidos pelas empresas que aderirem às várias etapas do credenciamento. Fernandez informa ainda que, além de se credenciarem perante a SEFAZ do seu Estado, as interessadas em participar devem providenciar Certificação Digital no padrão ICP-Brasil

8 e desenvolver ou adquirir sistemas emissores de NF-e, que passarão obrigatoriamente por testes de validação no ambiente de homologação da respectiva Secretaria No pingue-pongue a seguir você confere mais detalhes sobre um assunto que promete movimentar bastante o setor automotivo nos próximos meses. SEFAZ-SP pretende recepcionar cerca de 30 milhões de NF-e por mês até o final de 2007 SN: Qual importância a Sefaz- SP identifica para o segmento automotivo no projeto da NF-e? Fernandez: O segmento automotivo têm se destacado no projeto da Nota Fiscal Eletrônica por estar presente, desde o início e de forma voluntária, no seu desenvolvimento. No projeto piloto cerca de 30% das empresas são representantes do segmento automotivo ou tinham suas atividades relacionadas a ele. Também na segunda fase do projeto Nota Fiscal Eletrônica no Estado de São Paulo cerca de 15% das novas empresas representam ou tem suas atividades vinculadas ao setor automotivo, seja diretamente montadoras e concessionárias ou ainda como fornecedoras de peças e componentes. No setor automotivo, as montadoras muitas vezes dependem dos componentes de terceiros, sendo um dos segmentos que apresentam investimentos no B2B, Suplly-chain e logística, tendo, portanto, grande afinidade com o conceito da NF-e. É possível que com o uso da NF-e pelas montadoras haja uma rápida disseminação do conceito da NF-e para todo o segmento dessa cadeia de fornecedores e clientes. SN: E qual será o prazo final de adesão? Fernandez: O projeto tem sido implantado de forma gradual e paulatina, contando, sobretudo, com o interesse e a adesão voluntária por parte das empresas. Futuramente, é possível que a SEFAZ venha a tornar obrigatória a emissão de NF-e por parte de determinados setores econômicos. Não há, contudo, um prazo definido para que isso ocorra e, se vier a ocorrer, a legislação irá prever um tempo adequado para adaptação das empresas a esta obrigatoriedade. SN: A Nota Fiscal Eletrônica substitui, atualmente, a Nota Fiscal de circulação de mercadorias Modelo 1 ou 1A, normalmente emitida em operações entre empresas. É possível também a emissão para consumidores pessoas físicas? Fernandez: Em quaisquer circunstâncias a Nota Fiscal modelo 1 ou 1A poderá ser substituída pela Nota Fiscal Eletrônica, sendo que o consumidor final, pessoa física, receberá o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) como representação do documento fiscal, que poderá ter sua existência e validade pesquisada pela Internet. No projeto piloto, cerca de 30% das empresas são representantes do segmento automotivo ou tinham suas atividades relacionadas a ele Também é importante ressaltar que as montadoras de veículos, por exemplo, poderão emitir NF-e para pessoas físicas, já que, por meio da portaria conjunta CAT/Detran-2, de , o DETRAN do Estado de São Paulo reconhece o DANFE relativo à NF-e da operação para fins de registro de veículo novo. SN: Voltando ao setor automotivo de forma particular, quais empresas já estão participando? Fernandez: Do setor automotivo constaram da primeira fase nomes como Ford Motor Company Brasil Ltda; General Motors do Brasil Ltda.; Robert Bosch Limitada; Siemens VDO Automotive Ltda.;Toyota do Brasil; Volkswagen do Brasil Indústria de Veículos Automotores Ltda. A relação completa das participantes do projeto está disponível no site da SEFAZ/SP: Na segunda, temos Bridgestone Firestone do Brasil Indústria e Comércio LTDA; Iveco Latin América LTDA; JMO Indústria Mecânica LTDA; Magnetti Marelli; COFAP Companhia Fabricadora de Peças; Pirelli Pneus S.A e Viamar Veículos Peças e Serviços LTDA. A relação completa das participantes do projeto está disponível no site da SEFAZ/SP, no link sp.gov.br/nfe. SN: E qual cronograma está previsto para a segunda etapa do projeto? Fernandez: Nesta segunda fase do projeto, as empresas iniciaram a emissão de NF-e a partir de 2 de abril, sendo que até esta data realizaram testes de emissão de NF-e junto à Secretaria da Fazenda, durante o período de homologação. Importante ressaltar que as próprias empresas elegerão as operações em que emitirão NF-e, não havendo previsão de quando elas deverão substituir integralmente suas Notas em papel modelos 1 ou 1A pela Nota Fiscal Eletrônica. Na próxima edição vamos mostrar empresas do setor automotivo que já aderiram à NF-e

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica NF-e - Considerações 3,6 bilhões de notas fiscais armazenadas só em SP 26000 campos de futebol 27 voltas ao redor do mundo Podem representar um custo de até 5% no faturamento das

Leia mais

Agenda. Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade Pernambuco 21/04/2007.

Agenda. Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade Pernambuco 21/04/2007. Newton Oller de Mello nomello@fazenda.sp.gov.br Participantes do Projeto: Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade

Leia mais

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail. Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.com Agenda 1. Visão Geral e Situação Atual dos Projetos integrantes do SPED

Leia mais

Introdução. Benefícios para todos

Introdução. Benefícios para todos Introdução Esta cartilha tem a finalidade de guiar as empresas na implantação da Nota Fiscal Eletrônica e demonstrar as facilidades e vantagens do sistema para o contribuinte e para a sociedade A Nota

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Brasil Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Nota Fiscal Eletrônica A Nota Fiscal Eletrônica já é uma realidade e uma tecnologia conhecida. Mas o projeto é contínuo, sempre com novidades. Uma delas é a maximização

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 5: Certificado Digital e Nota

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7)

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Introdução Desde abril de 2008 a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) se tornou obrigatória para diversos setores da economia nacional. A cada 6 meses,

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento A Nota Fiscal Eletrônica SPED FISCAL Fluxo de informações A

Leia mais

Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos

Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos Especialista em Gestão de Documentos Fiscais eletrônicos Especialista A G2KA atua desde 2008 na Gestão de NF-e, acompanhou todos os períodos de obrigatoriedade e evolução dos projetos de CT-e e NFS-e.

Leia mais

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped -

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped - Dealer Suite Motos SIRCPlus - ERP para Gestão de Revendas e Concessionárias SIRCFlow - Gestão de Padronização de Processos para Revendas SIRCSped - Emissor de NF-e Integrado, Sped Fiscal e Sped Contábil

Leia mais

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009 SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA Maio/ 2009 NFe - Objetivo Alteração da sistemática atual de emissão da nota fiscal em papel, por nota fiscal de existência apenas eletrônica. NFs Modelos 1 e 1A NFe - Conceito

Leia mais

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras 77 5 EDI - As montadores e suas distribuidoras No mundo, o setor automobilístico passa por uma forte transformação decorrente do processo de globalização associado à revolução tecnológica, que vem alterando

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR

GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR GUIA ATS INFORMÁTICA: TUDO SOBRE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO CONSUMIDOR SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos para implementação da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica... 12 Vantagens da Nota Fiscal de Consumidor

Leia mais

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística Informativo Trimestral Edição 6 MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade logística Tão global quanto o próprio setor automotivo, o Materials Management Operations Guideline/Logistics Evaluation

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho da Comissão de Normas

Leia mais

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico 1 A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico Nota Fiscal eletrônica - NF-e é um modelo de documento fiscal, de existência apenas digital cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital, que

Leia mais

Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção.

Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção. Descubra aqui os benefícios de possuir um sistema de NF-e integrado com o software de gestão de empresas da Indústria da Construção. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01 OS IMPACTOS GERADOS COM A IMPLANTAÇÃO

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329

ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329 ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329 Estágio II Ciências contábeis 2013 Itapecerica da Serra Maio 2013 Nome do Aluno: LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA

Leia mais

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade

MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade Informativo Trimestral Edição 6 outubro novembro dezembro de 2007 MMOG/LE promete revolucionar avaliação da qualidade Tão global quanto o próprio setor automotivo, o Materials Management Operate Guideline/Logistics

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

NF-e e seu impacto prático

NF-e e seu impacto prático NF-e e seu impacto prático Apresentação e Conceito SPED Instituído pelo Decreto n º 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o projeto do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos

Leia mais

NFS-e AGL Versão X.X.0.26

NFS-e AGL Versão X.X.0.26 NFS-e AGL Versão X.X.0.26 Manual de Instalação e Demonstração AGL Sistemas Corporativos Add-on responsável pela integração do SAP Business One e diversas prefeituras para emissão de notas fiscais de serviços

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

itech Marcelo Luiz Alves Fernandez Supervisor de Fiscalização de Documentos Digitais

itech Marcelo Luiz Alves Fernandez Supervisor de Fiscalização de Documentos Digitais PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico itech Marcelo Luiz Alves Fernandez Supervisor de Fiscalização de Documentos Digitais 27/11/2012 Agenda O projeto SAT-CF-e

Leia mais

Leia também: Presente em 162 países e dona de um faturamento. Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase na troca

Leia também: Presente em 162 países e dona de um faturamento. Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase na troca Informativo Trimestral Edição 3 outubro novembro dezembro Uma das unidades da montadora em Caxias do Sul (RS) Agrale entra na era do SawluzNet Menos de seis meses após decidir pelo início de uma nova fase

Leia mais

Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada

Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada Saiba como a Usiminas executou o Back-to-Standard com a Nota Fiscal de entrada Gerente do Projeto: Antonio Caldas Barbosa Gerente de Faturamento: André Gonçalves Pires Parceria: FH Consulting USIMINAS

Leia mais

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP FORUM 2013 Bruno Ogusuko Gerente de Desenvolvimento de Negócios SPED/NFE Bruno Renzo Gerente de Produto TMF/NFE Cenário Fiscal atual Fisco

Leia mais

PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes

PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes 15/05/2012 Agenda Abertura O projeto SAT-CF-e Motivação

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e MODELO 65 CARTILHA DE ORIENTAÇÕES Esteja pronto para a maior revolução no varejo dos últimos tempos: A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica! 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped.

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped. Introdução O que é esocial? Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais das empresas

Leia mais

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora?

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Tomei conhecimento de um caso bastante comum sobre a Nota Fiscal Eletrônica. Um contador amigo enviou-me seguinte pergunta: Meu cliente recebeu uma mercadoria

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 1. O QUE É NF-e? 2. OBJETIVO DA NF-e 3. LEGISLAÇÃO 4. CONTRIBUINTES OBRIGATÓRIOS 5. ADESÃO VOLUNTÁRIA 6. NECESSIDADES

Leia mais

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010 Nota Fiscal Eletrônica no Rio Grande do Sul Vinicius Pimentel de Freitas Julho de 2010 SPED ECD EFD NF-e CT-e MC-e NFS-e... Contextualizando: Documentos Fiscais Eletrônicos no Brasil Comunicações e Energia

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e

Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e Versão 1.0 Outubro/2009 Manaus/AM Sumário Apresentação... 2 Conceitos Básicos... 3 Requisitos... 5 Credenciamento... 6 Fase de Homologação... 7 o Fase de Testes...

Leia mais

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) 1. Funcionamento do EDI 2. EDI tradicional X WEB EDI 3. EDI Tradicional 4. WEB EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) EDI: Electronic Data Interchange Troca

Leia mais

Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software

Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software 30/05/2012 Agenda Abertura O projeto

Leia mais

ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA

ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA 3ª GERAÇÃO - NOTA FISCAL ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA ROTEIRO BREVE REVISÃO SOBRE NF-e - Conceito, características e modelo operacional. - Processamento da NF-e(autorização/denegação/rejeição). - Cancelamento

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e. Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e. Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT 2 SAT Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos Modelo de funcionamento do SAT Simplificações

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Procedimentos de Configuração no CalcExpress....2 Procedimentos de Configuração no Emissor de Nota Fiscal Eletrônica...3 Gerando Arquivo

Leia mais

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Tecnologia da Administração O que veremos? EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Sintaxe Edifact (ONU) EDI For Administration

Leia mais

Como se Tornar Emissor de NF-e

Como se Tornar Emissor de NF-e SEFAZ-BA Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Como se Tornar Emissor de NF-e Manual Versão 1.9 Salvador - Ba, novembro de 2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...3 2. NF-E INFORMAÇÕES GERAIS...3 2.1. PROJETO

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Hábil Empresarial 2014 by Ltda (0xx46) 3225-6234 I Hábil Empresarial NFC-e Índice 1 Cap. I Introdução 1 O que é... o Hábil NFC-e

Leia mais

O que você precisa saber antes de escolher um sistema de Nota Fiscal Eletrônica.

O que você precisa saber antes de escolher um sistema de Nota Fiscal Eletrônica. O que você precisa saber antes de escolher um sistema de Nota Fiscal Eletrônica. Soluções Fiscais Plataforma de Integração Soluções de Mobilidade Sistemas Bancários Quem somos Nossa sede Curitiba - PR

Leia mais

Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com

Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com 1 1! 2012 Hitachi Data Systems. All rights reserved. Objetivos da NF-e! A Nota Fiscal Eletrônica

Leia mais

Sistema Gestão Comercial 2012

Sistema Gestão Comercial 2012 Sistema Gestão Comercial 2012 Charles Mendonça Analista de Sistemas Charles Informática Tecnologia & Sistemas Charles System Gestão Empresarial O Charles System é um software para empresas ou profissionais

Leia mais

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) é o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, para vincular os documentos fiscais

Leia mais

CT-e. Solução Eletrônica de Documentos Fiscais. Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte. Prefeituras. Datacenter DC NF-e CT-e. Empresas NF-e CT-e NFS-e

CT-e. Solução Eletrônica de Documentos Fiscais. Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte. Prefeituras. Datacenter DC NF-e CT-e. Empresas NF-e CT-e NFS-e Solução Eletrônica de Documentos Fiscais Estados NF-e Gov. CT-e Gov. Consulte Início 2004 Início 2007 Prefeituras NFS-e Local e DC Local Temos OEM Em Desenvolvimento Maior performance Lote de 50 NF-e Processadas

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital

Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital O QUE É NOTA FISCAL ELETRÔNICA É um documento emitido e armazenado eletronicamente, em sistema próprio da Prefeitura ou do Estado, com o intuito de documentar

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

6 Quarta parte logística - Quarterização

6 Quarta parte logística - Quarterização 87 6 Conclusão A concorrência aumentou muito nos últimos anos e com isso os clientes estão recebendo produtos com melhor qualidade e um nível de serviço melhor. As empresas precisam, cada vez mais, melhorar

Leia mais

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 Manual desenvolvido pela OASyS Informática, baseado na versão 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica do SEFAZ. 1 Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Título

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Emissão e autorização da NF-e 2. Quais são as validações realizadas pela Secretaria de Fazenda na autorização de uma NF-e?

Emissão e autorização da NF-e 2. Quais são as validações realizadas pela Secretaria de Fazenda na autorização de uma NF-e? O QUE MUDA COM A NF-e 1. Como funciona o modelo operacional da NF-e? De maneira simplificada, a empresa emissora de NF-e, previamente credenciada segundo as normas ditadas pela Secretaria de Fazenda de

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada Modelo Operacional

Leia mais

Subcomissão de EDI Informativo Envio NF-e as Montadoras

Subcomissão de EDI Informativo Envio NF-e as Montadoras Subcomissão de EDI Informativo Envio as Montadoras b2b@anfavea.com.br Informativo Envio as Montadoras Índice Grupo Responsável... 3 Histórico de Versões... 4 Observações... 5 Tabela Informativa Envio...

Leia mais

ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD

ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD NFC-e ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD NECESSIDADE PERCEBIDA As empresas possuem a necessidade de adequação quanto ao projeto de nível nacional, o qual tem o objetivo

Leia mais

O Frente de Caixa é um programa do sistema Ideia - PME para realizar suas vendas no caixa (PDV/CHECKOUT) e a impressão de cupom fiscal.

O Frente de Caixa é um programa do sistema Ideia - PME para realizar suas vendas no caixa (PDV/CHECKOUT) e a impressão de cupom fiscal. FRENTE DE CAIXA (Ideia ECF) O que é? O Frente de Caixa é um programa do sistema Ideia - PME para realizar suas vendas no caixa (PDV/CHECKOUT) e a impressão de cupom fiscal. Tela com visual clean Mais agilidade

Leia mais

Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e

Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e Versão 1.4 Agosto/2008 Manaus/AM Sumário Apresentação... 2 Requisitos... 3 Credenciamento... 4 Fase de Homologação... 5 o Fase de Testes... 5 o Fase de Emissão

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE COMUNICADO IMPORTANTE Rio de Janeiro, 17 de julho de 2009. Sr. Responsável pelo recebimento das Notas Fiscais REF.: NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e) Prezado Cliente, Informamos que, a partir do dia 1º de

Leia mais

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES (SPT) PARADA OBRIGATÓRIA!!! SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) CONTEÚDO DA AULA

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES (SPT) PARADA OBRIGATÓRIA!!! SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) CONTEÚDO DA AULA PROF.ª MARCIA CRISTINA DOS REIS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 14/08/2012 Aula 4 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) PARADA OBRIGATÓRIA!!! LEITURA DO LIVRO DO TURBAN, RAINER JR E POTTER Sistemas SPT p. 212

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é Benefícios Obrigatoriedade Fluxograma Alterações na emissão Armazenamento Recebimento Contingência Inutilização do Mod.1 Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é... Documento de existência

Leia mais

Credenciamento para Emissão de NF-e

Credenciamento para Emissão de NF-e S SEFAZ-Se Secretaria de Estado da Fazenda de Sergipe Credenciamento para Emissão de NF-e Manual Versão 1.2 Aracaju (Se), 17/12/2007 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...3 2. PROCESSSO DE CREDENCIAMENTO PARA EMISSÃO

Leia mais

ERP CEOSoftware OBJETIVO MISSÃO

ERP CEOSoftware OBJETIVO MISSÃO ERP CEOSoftware OBJETIVO Revolucionar as análises gerenciais buscando produtividade, eficiência e dinamismo na integração dos dados gerados automaticamente com as rotinas diárias de cada setor de uma organização.

Leia mais

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo

www.sistemainfo.com.br Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Processo de transporte e logística Objetivo Há 20 anos desenvolvendo soluções para a gestão de transporte e logística. Agilidade, segurança e flexibilidade nos processos são os compromissos da Sistema Informática com seus clientes. Sediada em Criciúma,

Leia mais

Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e

Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e Manual de Credenciamento para Emissão de NF-e Versão 1.6 Abril/2011 Manaus/AM Sumário Apresentação... 2 Requisitos... 3 Credenciamento... 4 Fase de Homologação... 5 o Fase de Testes... 5 o Fase de Emissão

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER 1 Manual de Instruções Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER Sumário Apresentação:... 2 Exigência para funcionalidade do software:... 3 Instalação:... 4 Utilização... 5 Menu NFE/CTE XML... 7 XML

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Comercial. NF-e Nacional

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Comercial. NF-e Nacional Módulo Comercial NF-e Nacional Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Comercial NF-e Nacional. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no todo ou em partes

Leia mais

Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce

Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Facilitando Negócios Conectando softwares com Magento Plataforma de E-Commerce Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Este documento

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados.

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados. MDF-e - Nota Técnica 2015.001 Produto : Datasul, MFT (Faturamento), TOTVS 12 Projeto : PCREQ-3414 Data da : 23/02/2015 Data da revisão : 23/02/2015 criação Banco(s) de País(es) : Brasil : Todos Dados Implementada

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado em conjunto pelo Grupo de Trabalho da Subcomissão de Novas Tecnologias da ANFAVEA e. Contando com o

Leia mais

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos Luiz Campos 1 Livro de Apuração do IPI - CFOP CFOP DESCRIÇÃO 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL,

Leia mais

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações.

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações. Diadema (SP), 17 de outubro de 2011. CIRCULAR Nº. 12/2011 Referente: SPED Caro(s) Diretor(es), Gerente(s) e Supervisor(es), Saudações! Como é de seu conhecimento os órgãos da administração federal e estadual

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

MANUAL DA CL-e PARA REGISTRO DE PASSAGEM NOS POSTOS FISCAIS

MANUAL DA CL-e PARA REGISTRO DE PASSAGEM NOS POSTOS FISCAIS PROJETO CAPA DE LOTE ELETRÔNICA (CL-e) MANUAL DA CL-e PARA REGISTRO DE PASSAGEM NOS POSTOS FISCAIS Versão 1.00 Abril de 2009 1/14 SUMÁRIO Conceitos... 3 Modelo de Capa de Lote... 4 Módulo de Registro de

Leia mais

E-commerce Fundamentos

E-commerce Fundamentos E-commerce Fundamentos Flávio Augusto Martins Wanderley Professor flavio@mwan.com.br 1 / 65 Conteúdo desta aula Conceitos. Evolução do comércio eletrônico. Modalidades. O que vem no futuro. 2 / 65 Conceito

Leia mais

Conceito de NF-e. Conexão NF-e

Conceito de NF-e. Conexão NF-e WHITE PAPER Sumário Conceito de NF-e... 3 Conexão NF-e... 3 Validador de Arquivos da Nota de Entrada... 4 Importador da Nota de Entrada Para o ERP E M S... 5 Manifesto do Destinatário Eletrônico (MD-e)...

Leia mais

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Palestra SINDISAN Sindicato das Empresas de Transporte

Leia mais