USO & MANUTENÇÃO DE PNEUS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "USO & MANUTENÇÃO DE PNEUS"

Transcrição

1 USO & MANUTENÇÃO DE PNEUS

2 O QUE É O PNEU... É UM ELO DE LIGAÇÃO ENTRE O VEÍCULO E O SOLO

3 FUNÇÕES DO PNEU SUPORTAR A CARGA ASSEGURAR A TRANSMISSÃO DA FORÇA MOTRIZ GARANTIR A DIRIGIBILIDADE DO VEÍCULO RESPODER COM EFICIÊNCIA AS FRENAGENS CONTRIBUIR COM A SUSPENSÃO

4 PARTES DO PNEU Lonas de Trabalho Revestimento de Butil Flanco ou Lateral Lonas da Carcaça

5 TIPO DE CONSTRUÇÃO PNEU DIAGONAL (CONVENCIONAL) A CARCAÇA É CONSTITUÍDA DE LONAS TÊXTEIS (NYLON) TEM UM CUSTO MAIS BAIXO COMPARADO AO RADIAL É MENOS SUJEITO A DANOS LATERAIS É MAIS LEVE

6 TIPO DE CONSTRUÇÃO PNEU RADIAL A CARCAÇA É CONSTITUÍDA DE CABOS DE AÇO SÃO MAIS FLEXÍVEIS NOS FLANCOS OFERECE MAIOR ECONOMIA DE COMBÚSTIVEL TEM MELHOR ADERÊNCIA AO SOLO

7 DISPOSIÇÃO DAS LONAS PNEU DIAGONAL PNEU RADIAL

8 ANIMAÇÃO DIAGONAL x RADIAL

9 DESGASTES ANORMAIS PRESSÃO DE INFLAGEM Área com contato Área sem contato

10 DESGASTES ANORMAIS O esforço da carcaça durante as manobras, pode provocar arrancamentos na altura da emenda da banda, mas também é comum o rompimento da borracha do pneu e o deslocamento entre as lonas. É possível diminuir estes efeitos através de raios de giros grandes ou, em manobras curtas, avançar e dar marcha à ré. Manobrar com os pneus quentes agrava o problema. O uso de nossa linha exclusiva de anéis com os ombros arredondados atenua muito os danos ao pneu e à banda.

11 DESGASTES ANORMAIS

12 DESGASTES ANORMAIS

13 DESGASTES ANORMAIS PRESSÃO BAIXA 25% MENOS DE QUILOMETRAGEM DESGASTE LOCALIZADO NO OMBRO MAIS DANOS NA CARCAÇA AUMENTO DO CONSUMO TEMPERATURA DE TRABALHO

14 DESGASTES ANORMAIS PRESSÃO EXCESSIVA DESGASTE ACENTUADO NO CENTRO MAIS AGRESSÕES NA BANDA MAIOR RISCO DE DANO NO FLANCO MENOR ADERÊNCIA PERDA DE CONFORTO

15 DESGASTES ANORMAIS RECOMENDAÇÕES PNEU SEM CÂMARA DEVEM SER CONSERTADOS IMEDIATAMENTE SOB PENA DE OCORRER INFILTRAÇÃO DE AR ENTRE AS LONAS VAZAMENTOS DO RODO-AR DEVEM SER ELIMINADOS MEDIR AS PRESSÕES REGULARMENTE E COM O CONJUNTO A FRIO USAR TAMPA DE VÁLVULA DEVIDAMENTE APERTADAS

16 DESGASTES ANORMAIS GEOMETRIA DE DIREÇÃO CONVERGÊNCIA É O FECHAMENTO DAS RODAS NA PARTE DIANTEIRA DO EIXO (A<B) DIVERGÊNCIA É ABERTURA DAS RODAS NA PARTE DIANTEIRA DO EIXO (A>B)

17 DESGASTES ANORMAIS CAMBÊR DE EIXO (Cambagem) É A INCLINAÇÃO DA RODA EM RELAÇÃO AO SOLO POSITIVO E/OU NEGATIVO PROVOCA DESGASTE ACENTUADO DE UM BORDO A OUTRO

18 DESGASTES ANORMAIS BALANCEAMENTO DE RODAS IDENTIFICA ROLAMENTOS DANIFICADOS POSSIBILITA DETECTAR RODAS PRESAS PELO SISTEMA DE FREIO QUANDO NÃO REALIZADO GERA SHIMMY NA DIREÇÃO

19 MOMENTO DE RETIRADA DO PNEU LEGISLAÇÃO Quando restar 1,6 mm de escultura (T.W.I) UTILIZAÇÃO Dianteira: 3mm (segurança) Tração: (+/-) 1/3 da escultura original Eixo livre: 2,0 mm (preservação da carcaça) Obs.: Política da empresa e desgaste irregular.

20 MONTAGEM Usar pneus de esculturas iguais, em todos os eixos Somente geminar pneus de mesma altura e construção Observar o espaçamento entre duplos (existem rodas diferentes para mesmo tipo de veículo) Inspecionar e limpar os materiais que serão usados (pneu, aro, roda, câmara e protetor) Inflar os pneus em gaiola de proteção

21 RODÍZIOS Proporciona uma economia em torno de 5 % Tem como função, equalizar o desgaste dos pneus Deve ser aferido a profundidade do sulco, não excedendo a 3,0 mm em relação ao outro pneu Recomenda-se o rodízio para caminhões e ônibus, seja pneus diagonais ou radiais (em média a cada km)

22 CUSTO DO PNEU FILME

23 CUSTO DO PNEU 1 - Fórmula CUSTO DO PNEU QUILOMETRAGEM CPK = = R$ km

24 CUSTO DO PNEU Exemplo DADOS: Preço Pneu Novo (médio) R$ 1.550,00 km média km Preço Reforma R$ 430,00 PNEU NOVO R$1.550, km 1 Recape R$ 1550,00 + R$ 430, km 2 Recapes R$ 1550,00 + R$ 860, km = 0, % = 0, % = 0, %

25 OS 10 MANDAMENTOS DO MOTORISTA DEFENSIVO 1. CONHECER AS LEIS DO TRÂNSITO E OBEDECER A SINALIZAÇÃO. 2. CONHECER O CARRO QUE ESTÁ DIRIGINDO E SABER COMANDA-LO. 3. PREVER A POSSIBILIDADE DE ACIDENTES E SER CAPAZ DE EVITÁ-LOS. 4. SER CAPAZ DE DECIDIR COM RAPIDEZ E CORRETAMENTE NAS SITUAÇÕES DE PEGIGO. 5. NÃO ACEITAR DESAFIOS, NEM PROVOCAÇÕES. 6. NÃO DIRIGIR CANSADO, NEM SOB EFEITO DE ÁLCOOL OU DROGAS. 7. NÃO ABUSAR DA AUTOCONFIANÇA. 8. DIRIGIR PARA SI E PARA OS OUTROS. 9. ENCARAR O DIRIGIR COMO UMA HABILIDADE A SER APERFEIÇOADA. 10. ORGULHE-SE DE OFERECER UMA VIAGEM CONFORTÁVEL, SEGURA E SUAVE AOS QUE VIAJAREM EM SEU CARRO.

26 OBRIGADO!!!

Presença Mundial Capacidade de produção: 2 milhões anéis /ano.

Presença Mundial Capacidade de produção: 2 milhões anéis /ano. Presença Mundial Capacidade de produção: 2 milhões anéis /ano. E.U.A INGLATERRA ESPANHA ALEMANHA TURQUIA CHINA BRASIL ITALIA ARGENTINA Linha de Produção Escritório Comercial PARTICIPAÇÃO DE MERCADO - Europa

Leia mais

Leia com atenção este termo de garantia, mantenha-o ao seu alcance e consulte-o sempre que surgir dúvidas. TERMO DE GARANTIA

Leia com atenção este termo de garantia, mantenha-o ao seu alcance e consulte-o sempre que surgir dúvidas. TERMO DE GARANTIA Leia com atenção este termo de garantia, mantenha-o ao seu alcance e consulte-o sempre que surgir dúvidas. TERMO DE GARANTIA A Maggion Inds. de Pneus e Máquinas Ltda. garante, por um período de 5 ( cinco

Leia mais

TERMO DE GARANTIA PARA CÂMARAS DE AR E PROTETORES PARA VEÍCULOS DE PASSEIO, CAMIONETAS, VEÍCULOS DE CARGA (CAMINHÕES E ÔNIBUS) E AGRÍCOLAS

TERMO DE GARANTIA PARA CÂMARAS DE AR E PROTETORES PARA VEÍCULOS DE PASSEIO, CAMIONETAS, VEÍCULOS DE CARGA (CAMINHÕES E ÔNIBUS) E AGRÍCOLAS AS CONDIÇÕES DESTA GARANTIA PASSAM A VALER PARA PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA TORTUGA CÂMARAS DE AR ADQUIRIDOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2011. Além da garantia legal, a Tortuga Câmaras de Ar, garante

Leia mais

SOLUÇÕES PARA O TRANSPORTADOR AUTÔNOMO:

SOLUÇÕES PARA O TRANSPORTADOR AUTÔNOMO: SOLUÇÕES PARA O TRANSPORTADOR AUTÔNOMO: Nesta categoria de transportador o motorista é o proprietário do caminhão, desta forma, sente na pele as decisões de compras em todas as áreas do seu veículo. Nos

Leia mais

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO UM

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO UM MANUAL DE REFORMA SEÇÃO UM PNEU RADIAL DE CARGA, BÁSICO Pagina 1 de 7 1.1 MATERIAIS USADOS NA CONSTRUÇÃO DE UM PNEU RADIAL CARGA São usados diferentes tipos de componentes e compostos de borracha para

Leia mais

Segurança dos Pneus. Data de validade

Segurança dos Pneus. Data de validade Segurança dos Pneus Dirigimos diariamente e quase nunca prestamos atenção a uma das partes mais importantes do automóvel, O PNEU. Veja a seguir como ler e entender a fabricação e o uso correto de um pneu.

Leia mais

SOLUÇÕES PARA A TRANSPORTADORA:

SOLUÇÕES PARA A TRANSPORTADORA: SOLUÇÕES PARA A TRANSPORTADORA: O transportador de cargas e passageiros, tem uma frota a administrar e precisa conhecer todos os custos da empresa, pois todos eles compõe o custo do frete que vende aos

Leia mais

FS400 FS400 CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS RECOMENDAÇÃO DE APLICAÇÃO INFORMAÇÕES TÉCNICAS

FS400 FS400 CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS RECOMENDAÇÃO DE APLICAÇÃO INFORMAÇÕES TÉCNICAS FS400 O Firestone FS400 é um pneu radial sem câmara desenvolvido para uso em eixos direcionais, livres e tração moderada de caminhões e ônibus em rodovias pavimentadas de média e longa distância. Ombros

Leia mais

Termos e Condições de Garantia Limitada dos Pneus Kumho

Termos e Condições de Garantia Limitada dos Pneus Kumho Termos e Condições de Garantia Limitada dos Pneus Kumho O presente Termo de Garantia Limitada cobre os pneus da marca Kumho, Marshal e Zetum comercializados no Brasil, pela Kumho Tire do Brasil, bem como

Leia mais

Você economiza e a natureza agradece

Você economiza e a natureza agradece RECAPAGENS SUSTENTÁVEIS HOFF Linha agrícola Você economiza e a natureza agradece Reforma de pneus agrícolas com tecnologia e compostos especiais que prolongam a vida da carcaça, reduzem o custo pneu/safra

Leia mais

Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência.

Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência. Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência. Pneumáticos Industriais da Continental Os pneumáticos industriais da Continental proporcionam conforto em todas as superfícies e, como

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA A quilometragem percorrida pelo veículo é indicada pelo: 1 velocímetro. 2 hodômetro. 3 manômetro. 4 conta-giros. O termômetro é utilizado para indicar a temperatura: 1 do motor. 2 do combustível. 3 no

Leia mais

Prezados clientes, Atenciosamente, AMERICAN PNEUS

Prezados clientes, Atenciosamente, AMERICAN PNEUS Guia de análise Prezados clientes, Para facilitar o atendimento de sua garantia, segue anexo material contendo alguns defeitos e suas possíveis causas que não serão atendidos como reclamação. Informamos

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DE RECONSTRUÇÃO DE PNEU RADIAL E DIAGONAL PARA VEÍCULOS COMERCIAIS

MANUAL TÉCNICO DE RECONSTRUÇÃO DE PNEU RADIAL E DIAGONAL PARA VEÍCULOS COMERCIAIS MANUAL TÉCNICO DE RECONSTRUÇÃO DE PNEU RADIAL E DIAGONAL PARA VEÍCULOS COMERCIAIS www.pirelli.com.br MANUAL TÉCNICO DE RECONSTRUÇÃO NOVATECK ÍNDICE 1. TIPOS DE CONSTRUÇÃO 1.1. Nomenclatura das principais

Leia mais

PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala).

PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala). 1. Ter disciplina e respeito em sala de aula. PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala). 3. Manter a Escola

Leia mais

Programa de Garantia Estendida Bandag

Programa de Garantia Estendida Bandag Programa de Garantia Estendida Bandag Introdução... 03 Política da Garantia Estendida Bandag... 04 1. Condições gerais de garantia... 04 Objetivo... 04 2. O que pode ser garantido... 04 Os 3 níveis da

Leia mais

Elementos constituintes essenciais de um pneu A figura 1 repesenta um pneu e tem por objectivo ilustrar a sua constituição.

Elementos constituintes essenciais de um pneu A figura 1 repesenta um pneu e tem por objectivo ilustrar a sua constituição. Introdução Os pneus constituem o único meio que assegura a transferência de forças entre o pavimento e o veículo. De facto, é nos pneus que se produzem as forças que são necessárias ao controlo do veículo.

Leia mais

12 DICAS IMPORTANTES PARA MELHORAR O DESEMPENHO DOS PNEUS DO SEU CAMINHÃO

12 DICAS IMPORTANTES PARA MELHORAR O DESEMPENHO DOS PNEUS DO SEU CAMINHÃO 12 DICAS IMPORTANTES PARA MELHORAR O DESEMPENHO DOS PNEUS DO SEU CAMINHÃO COMEÇANDO PELOS JÁ FAMOSOS 5 LADRÕES DE KM O custo com pneus é um dos itens mais pesados na planilha de custo de um transportador,

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança) Condução consciente A condução consciente e tranquila depende em grande parte de quem está ao volante. Cada um tem a responsabilidade de melhorar a sua segurança e a dos outros. Basta estar atento e guiar

Leia mais

Manual do Proprietário. Pneus Novos Caminhões e Ônibus

Manual do Proprietário. Pneus Novos Caminhões e Ônibus Manual do Proprietário Pneus Novos Caminhões e Ônibus ÍNDICE COMO ESCOLHER UM PNEU 04 COMO LER O SEU PNEU 08 ÍNDICES DE CARGA E VELOCIDADE 10 CUIDADOS BÁSICOS 12 MANUTENÇÃO DOS PNEUS DICAS PARA PROLONGAR

Leia mais

«Conselhos de segurança» Para utilização de pneus turismo, comerciais e 4x4 na Europa. Grupo Michelin setembro 2004

«Conselhos de segurança» Para utilização de pneus turismo, comerciais e 4x4 na Europa. Grupo Michelin setembro 2004 «Conselhos de segurança» Para utilização de pneus turismo, comerciais e 4x4 na Europa Grupo Michelin setembro 2004 Introdução Os pneus constituem os únicos pontos de contacto entre o veículo e o solo.

Leia mais

BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS. Usuários Finais. www.bfbr.com.br - www.bandag.com.br

BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS. Usuários Finais. www.bfbr.com.br - www.bandag.com.br BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS REVISÃO 03: JANEIRO/2009 BRIDGESTONE BANDAG TIRE SOLUTIONS www.bfbr.com.br - www.bandag.com.br Usuários Finais Programa de Garantia Estendida Introdução... 04 Política

Leia mais

Pneus para caminhões e ônibus

Pneus para caminhões e ônibus Pneus para caminhões e ônibus Fate Tecnologia em pneus Na província de Buenos Aires, em San Fernando, está sediada a principal produtora e exportadora de pneus da Argentina. No país vizinho ao Brasil a

Leia mais

SERVIÇOS SÃO APROVADOS POR TODOS: ÓRGÃOS COMPETENTES E CONSUMIDORES. LINHA DE REFORMA DV-RL. Borrachas Vipal S/A P#01K - 08/06

SERVIÇOS SÃO APROVADOS POR TODOS: ÓRGÃOS COMPETENTES E CONSUMIDORES. LINHA DE REFORMA DV-RL. Borrachas Vipal S/A P#01K - 08/06 VIPAL. À FRENTE EM REFORMA PNEUS. POR DE ISSOPNEUS. NOSSOS VIPAL.SEMPRE SEMPRE À FRENTE EMDEREFORMA SERVIÇOS SÃO APROVADOS POR TODOS: ÓRGÃOS COMPETENTES E CONSUMIDORES. LINHA DE REFORMA P#01K - 08/0 DV-RL

Leia mais

8. RODADOS DE TRATORES AGRÍCOLAS

8. RODADOS DE TRATORES AGRÍCOLAS 8. RODADOS DE TRATORES AGRÍCOLAS 8.1 Introdução - Elemento de interface máquina-solo - Funções: 8.2 Tipos Apoio; Sustentação; Direcionamento; Auto-locomoção; Gerar esforço de tração. - Esteiras - Rodados

Leia mais

0800 709 8000 - www.brasifmaquinas.com.br. Distribuidor exclusivo: Distrito Federal. Espírito Santo. Goiás. Minas Gerais. Paraná

0800 709 8000 - www.brasifmaquinas.com.br. Distribuidor exclusivo: Distrito Federal. Espírito Santo. Goiás. Minas Gerais. Paraná 0800 709 8000 - www.brasifmaquinas.com.br Distribuidor exclusivo: Distrito Federal. Espírito Santo. Goiás. Minas Gerais. Paraná Santa Catarina. São Paulo. Rio Grande do Sul. Tocantins ÍNDICE Confiança

Leia mais

Manual do. Proprietário MICHELIN

Manual do. Proprietário MICHELIN Manual do Proprietário MICHELIN Parabéns Você acaba de adquirir um pneu MICHELIN, sua marca de confiança que agrega a mais alta tecnologia para lhe proporcionar o máximo e m c o n f o r t o, p e r f o

Leia mais

R-2 X-PLY VEJA A LISTA COMPLETA DE MEDIDAS. 1 de 2 27/09/2011 10:33 a.m. MEDIDAS ÍNDICE DE CARGA E CÓDIGO DE VELOCIDADE

R-2 X-PLY VEJA A LISTA COMPLETA DE MEDIDAS. 1 de 2 27/09/2011 10:33 a.m. MEDIDAS ÍNDICE DE CARGA E CÓDIGO DE VELOCIDADE http://www.pirelli.com/tyre/br/pt/agro_otr/agro/pd22_special_lug.print 1 de 2 27/09/2011 10:33 a.m. Pneu para uso em eixos trativos, em culturas de solos alagadiços. R-2 X-PLY EXCELENTE DESEMPENHO EM TERRENOS

Leia mais

Lastragem do trator Agrícola Lastragem Prof. Luiz Atilio

Lastragem do trator Agrícola Lastragem Prof. Luiz Atilio do trator Agrícola FORMAS PARA AUMENTAR A ADERÊNCIA ENTRE O RODADO E O SOLO: - Aumento da área de contato: - Pneu mais largo - Rodagem dupla -: - Lastro Líquido ( água nos pneus) - Lastro metálico ( pesos

Leia mais

Grupo 30.39A - Artigos para Manutenção de Veículos (pneus)

Grupo 30.39A - Artigos para Manutenção de Veículos (pneus) O catálogo do grupo 30.04 contém as especificações de gás e outros materiais engarrafados. Os itens que estão destacados com a mesma coloração significam que possuem a mesma descrição, no entanto, possuem

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE GRUPO CLASSE DE PNEU E CAMARAS DE AR GVE

CLASSIFICAÇÃO DE GRUPO CLASSE DE PNEU E CAMARAS DE AR GVE 7900 PNEUS E CAMARAS DE AR - GVE 7901 PNEUS NOTA: Este grupo abrange pneus e câmaras de ar para veículos e equipamento. 099740 PNEUS PARA MOTOCICLETA 099740003 RESTRITO 099740004 RESTRITO 099740005 RESTRITO

Leia mais

PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala).

PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala). 1. Ter disciplina e respeito em sala de aula. PARA O ALUNO. 2. Não utilizar celular em sala de aula (em caso de urgência pedir licença para o professor e atender a ligação fora da sala). 3. Manter a Escola

Leia mais

Recomendamos esta seção caso queira se familiarizar mais com o mundo dos pneus automotivos.

Recomendamos esta seção caso queira se familiarizar mais com o mundo dos pneus automotivos. Tudo sobre pneus Aprendendo sobre o pneu Pirelli A experiência de mais de cem anos produzindo tecnologias para pneus permitiu à Pirelli combinar em seus produtos níveis máximos de segurança, longevidade,

Leia mais

Painel Setorial Pneus reformados para motocicleta Claudinir Chiomento Caio Rio de Janeiro, 26/11/2012

Painel Setorial Pneus reformados para motocicleta Claudinir Chiomento Caio Rio de Janeiro, 26/11/2012 Painel Setorial Pneus reformados para motocicleta Claudinir Chiomento Caio Rio de Janeiro, 26/11/2012 VIPALTEC GRUPO VIPAL CPT Centro de Pesquisa e Tecnologia Vipal GRUPO VIPAL GRUPO VIPAL Fábrica 1 Borrachas

Leia mais

LINHA PASSEIO 1951_Folder Passeio BS_saida.indd 01 1951_Folder Passeio BS_saida.indd 01 05/11/13 10:43 05/11/13 10:43

LINHA PASSEIO 1951_Folder Passeio BS_saida.indd 01 1951_Folder Passeio BS_saida.indd 01 05/11/13 10:43 05/11/13 10:43 LINHA PASSEIO 1951_Folder Passeio BS_saida.indd 01 05/11/13 10:43 POTENZA RE760 SPORT Não adianta ter um veículo de alta performance se os pneus não correspondem de maneira adequada. Manobras precisas,

Leia mais

MANUAL BICICLETAS. Número do quadro: ... Nome do Proprietário: ... Data da compra:. ...

MANUAL BICICLETAS. Número do quadro: ... Nome do Proprietário: ... Data da compra:. ... MANUAL BICICLETAS Número do quadro:... Nome do Proprietário:... Data da compra:.... 1 MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL LINHA CONVENCIONAL: ADULTOS E JUVENIL ÍNDICE: INTRODUÇÃO Introdução 03 Manual Linha Convencional

Leia mais

Proposta para o Desenvolvimento do Curso de Reformador de Pneu

Proposta para o Desenvolvimento do Curso de Reformador de Pneu Proposta para o Desenvolvimento do Curso de Reformador de Pneu JUSTIFICATIVA: Devido à grande demanda proveniente do setor da borracha, foi levantada a necessidade da elaboração de um curso de Reformadores

Leia mais

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 Conheça o funcionamento, diagnóstico e reparo do ajustador de freio automático, um componente primordial para segurança, aplicado em veículos pesados. Que a

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO PORTARIA Nº 5, DE 14 DE JANEIRO DE 2000 O PRESIDENTE DO INSTITUTO

Leia mais

Manual de REPARAÇÃO A FRIO

Manual de REPARAÇÃO A FRIO Manual de REPARAÇÃO A FRIO Índice Partes do pneu radial MICHELIN Partes do pneu radial MICHELIN... 03 Dicas de segurança... 04 Reparação com plug em pneus MICHELIN... 05 Ferramentas importantes... 06 Kit

Leia mais

Catálogo de bandas. Conheça as bandas que a FM Pneus Brasil têm a sua disposição

Catálogo de bandas. Conheça as bandas que a FM Pneus Brasil têm a sua disposição Catálogo de bandas Conheça as bandas que a FM Pneus Brasil têm a sua disposição toledo-pr cascavel-pr guarapuava-pr gravataí-rs História A FM Pneus Brasil iniciou suas atividades em 01 de setembro de 1997

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Prova simulada do DETRAN 11 Legislação de Trânsito 1) O julgamento das penalidades de trânsito se dará através de um: a) Identificação do infrator. b) Notificação de autuação. c) Processo administrativo.

Leia mais

Mercedes-Benz Global Training. MANUTENÇÃO DE FREIOS DE CARRETA

Mercedes-Benz Global Training. MANUTENÇÃO DE FREIOS DE CARRETA Mercedes-Benz Global Training. Manutenção de Freios de Carreta.indd 1 23/10/2012 08:54:06 02 Veículos articulados são aqueles compostos de uma unidade motriz (cavalo mecânico) e um ou mais implementos

Leia mais

Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados

Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados Palestra CEDATT Fiscalização e controle do excesso de peso nos veículos de carga nos aspectos relacionados com a segurança viária Eng. Rubem Penteado de Melo, MSc rubem@transtech.com.br 41 30333033-8700

Leia mais

Fora de Estrada. Você economiza e a natureza agradece RECAPAGENS SUSTENTÁVEIS HOFF

Fora de Estrada. Você economiza e a natureza agradece RECAPAGENS SUSTENTÁVEIS HOFF RECAPAGENS SUSTENTÁVEIS HOFF Fora de Estrada Você economiza e a natureza agradece Reforma de pneus fora de estrada com tecnologia e compostos especiais que prolongam a vida da carcaça, reduzem o custo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 133, de 27 de Setembro de 2001. O PRESIDENTE

Leia mais

Gerencie adequadamente os custos da sua frota

Gerencie adequadamente os custos da sua frota Gerencie adequadamente os custos da sua frota O que é gestão de Frota? De acordo com definição encontrada no livro Gerenciamento de Transporte e Frota, o termo gestão de frota representa a atividade de

Leia mais

Geometria da Suspensão

Geometria da Suspensão Geometria da Suspensão Literatura Automotiva ABRAPNEUS Associação Brasileira dos Revendedores de Pneus Reparação Automotiva ABRAPNEUS e SINDIREPA/SP lançam o manual Literatura Automotiva Geometria de

Leia mais

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL Veja 15 dicas para economizar combustível no carro Da maneira de dirigir à escolha da gasolina, saiba o que pode trazer economia de consumo. Não existe mágica.

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR-MDIC Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial-INMETRO Portaria nº 35, de 05 de março de 2001 O Presidente do Instituto

Leia mais

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Segurança nas estradas Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Informação à imprensa 21 de novembro de 2012 Solução integrada da Mercedes-Benz inclui a oferta de itens de avançada

Leia mais

SHE 100. Desmoldante para Envelopes SHE-100. www.nortesul.net/desmoldante/

SHE 100. Desmoldante para Envelopes SHE-100. www.nortesul.net/desmoldante/ SHE 100 Desmoldante para Envelopes SHE-100 1 Desmoldante SHE 100 ÍNDICE Abrangência do produto 3 Requisitos para otimizar o uso 4 Restrições para uso 4 Características do Produto 5 Benefícios 6 Condições

Leia mais

ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER

ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER MANUAL DE OPERAÇÃO ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER REVISÃO 00 SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. MANUTENÇÃO... 3 3. DEFINIÇÃO DOS ÂNGULOS CARACTERÍSTICOS PRINCIPAIS... 4 4. PRÉ-REQUISITOS PARA

Leia mais

DUELER H/T 684/ II/ III/ ECOPIA

DUELER H/T 684/ II/ III/ ECOPIA LINHA CAMINHONETE DUELER H/T 684/ II/ III/ ECOPIA Equipamento original dos mais consagrados veículos no segmento de caminhonetes e utilitários esportivos, a linha DUELER H/T 684 combina a versatilidade

Leia mais

SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO

SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO Obrigado por adquirir este acessório Honda. Por favor, leia o manual do proprietário cuidadosamente antes de usar o sensor de estacionamento e mantenha-o

Leia mais

Benefícios da Reforma de Pneus

Benefícios da Reforma de Pneus BV-P-Po#130 A-09/13 Benefícios da Reforma de Pneus O que é reforma de pneus? É um processo industrializado que consiste na recuperação da carcaça e na reposição da banda de rodagem do pneu desgastado pelo

Leia mais

Outro componente, com a forma de um arco, é denominado talão. Serve para encaixar na jante do veículo.

Outro componente, com a forma de um arco, é denominado talão. Serve para encaixar na jante do veículo. Como um pneu é fabricado COMO UM PNEU É FABRICADO Mistura Matérias-primas, que incluem pigmentos, químicos e até 30 tipos diferentes de borracha são misturados em misturadores gigantes, designados por

Leia mais

1º. Seminário Internacional Sobre Eficiência Energética de Veículos Pesados DESPOLUIR/CNT PNEUS VERDES. 06 de Junho de 2013

1º. Seminário Internacional Sobre Eficiência Energética de Veículos Pesados DESPOLUIR/CNT PNEUS VERDES. 06 de Junho de 2013 01 1º. Seminário Internacional Sobre Eficiência Energética de Veículos Pesados DESPOLUIR/CNT PNEUS VERDES 06 de Junho de 2013 02 Índice A Indústria Brasileira de Pneus ANIP pg 03-09 Pneus Verdes ou Biopneus

Leia mais

1. As Funções do Pneu

1. As Funções do Pneu 1. As Funções do Pneu Entre milhares de partes de um veículo, os pneus são a única parte que entram em contato com a superfície. Não importa o quão caro ou quanta potência seu carro tenha, pois este NUNCA

Leia mais

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho.

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Para que nosso produto tenha um resultado positivo, é de fundamental importância que o Manual

Leia mais

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO 3 RASPAGEM

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO 3 RASPAGEM MANUAL DE REFORMA SEÇÃO 3 RASPAGEM 3.1 TEORIA O objetivo principal da operação de raspagem é remover a banda residual e oxidada da carcaça original, e então deixá-la em condições perfeitas, com a textura

Leia mais

www.techmax.ind.br www.techmax.ind.br (44) 3023 7200 SAC@TECHMAX.IND.BR TECHMAX_SAC MABL2010R01

www.techmax.ind.br www.techmax.ind.br (44) 3023 7200 SAC@TECHMAX.IND.BR TECHMAX_SAC MABL2010R01 PRODUZIDO NO BRASIL TECHMAX@TECHMAX.IND.BR AV PARANAVAI, 2218 BArrAcAo 04 pq industrial BANDEIRANTES cep 87070 130 maringa parana ALINHADOR DE DIRECAO A LASER MABL2010R01 (44) 3023 7200 SAC@TECHMAX.IND.BR

Leia mais

6 Manutenção de Tratores Agrícolas

6 Manutenção de Tratores Agrícolas 6 Manutenção de Tratores Agrícolas 6.1 Introdução Desenvolvimento tecnológico do país Modernização da agricultura Abertura de novas fronteiras agrícolas Aumento no uso de MIA Aumento da produtividade Maiores

Leia mais

REDE OFICIAL SEGMENTO AGRÍCOLA

REDE OFICIAL SEGMENTO AGRÍCOLA SEGMENTO AGRÍCOLA Com sua ampla gama de pneus agrícolas, a Pirelli desenvolve seus produtos visando especialmente atender as necessidades dos profissionais em campo. A busca constante pela excelência na

Leia mais

Vícios e Manias ao Volante

Vícios e Manias ao Volante Vícios e Manias ao Volante EMBREAGEM Muitos brasileiros deixam o pé apoiado sobre o pedal da embreagem quando dirigem. É um dos vícios mais comuns e difícil de ser superado. As alavancas desse sistema

Leia mais

automóveis e caminhonetes Pneus para automóveis e caminhonetes.

automóveis e caminhonetes Pneus para automóveis e caminhonetes. automóveis e caminhonetes Pneus para automóveis e caminhonetes. Fate Tecnologia em pneus Na província de Buenos Aires, em San Fernando, está sediada a principal produtora e exportadora de pneus da Argentina.

Leia mais

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira.

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. 1 OBJETIVO: Definir requisitos mínimos para: Operação; Inspeção; Qualificação do operador. 2 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Existem basicamente

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO. incl. Planos A + B + B1 execução. rotinas + procedimentos FROTA SIM - SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO. incl. Planos A + B + B1 execução. rotinas + procedimentos FROTA SIM - SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO PLANO DE MANUTENÇÃO C incl. Planos A + B + B1 execução rotinas + procedimentos FROTA OPERAÇÃO URBANA 1) Principais objetivos : Avaliação anual (aproxim.) do estado mecânico do veículo Acertos mecânicos

Leia mais

Categoria Desafio IMPORT

Categoria Desafio IMPORT Categoria Desafio IMPORT 1 - NORMAS TÉCNICAS: A categoria Desafio IMPORT deverá seguir as normas técnicas constantes neste regulamento especifico. 2 - DEFINIÇÃO: a) Poderão participar desta categoria veículos

Leia mais

Universidade Estadual Paulista - UNESP TRABALHO DE MANUTENÇÃO E LUBRIFICAÇÃO MANUTENÇÃO DE PNEUS

Universidade Estadual Paulista - UNESP TRABALHO DE MANUTENÇÃO E LUBRIFICAÇÃO MANUTENÇÃO DE PNEUS Universidade Estadual Paulista - UNESP Faculdade de Engenharia da UNESP, campus de Bauru Departamento de Engenharia Mecânica TRABALHO DE MANUTENÇÃO E LUBRIFICAÇÃO MANUTENÇÃO DE PNEUS ALUNOS: DAIANE MIEKO

Leia mais

Plataforma elevadora PE-1000

Plataforma elevadora PE-1000 Plataforma elevadora PE-1000 MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO PLATAFORMA ELEVADORA APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Capacidade de Elevação 130t PÁGINA 01 GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Comprimento da extensão total da lança principal de 60m, perfil U, placa de aço WELDOX de alta resistência.

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 1. Introdução O Alinhador ALD300 foi desenvolvido para verificação e ajuste do sistema de direção de veículos automotivos leves, através do sistema ótico. O sistema

Leia mais

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO A motorização no Exército Brasileiro remonta ao início dos anos 20, recebendo veículos dos mais variados modelos, das mais variadas

Leia mais

CARVEBOARD MOUNTAINBOARD

CARVEBOARD MOUNTAINBOARD MANUAL DO USUÁRIO Dropboards Ind. e Com. Art. Esportivos ltda. Fone: (11) 3586-DROP (3767) CNPJ: 05.729.328/0001-67 www.dropboards.com ATENÇÃO Leia atentamente as instruções deste manual. O usuário deve

Leia mais

ÍNDICE DE APRESENTAÇÃO: -OBJETIVO DO TESTE -METODOS UTILIZADOS -RESULTADOS. www.oter.com.br

ÍNDICE DE APRESENTAÇÃO: -OBJETIVO DO TESTE -METODOS UTILIZADOS -RESULTADOS. www.oter.com.br ÍNDICE DE APRESENTAÇÃO: -OBJETIVO DO TESTE -METODOS UTILIZADOS -RESULTADOS www.oter.com.br OBJETIVOS: Para fixação de Rodas em veículos de transportes utiliza-se de porcas comuns para a fixação da roda

Leia mais

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho 1 ME-01 REV00 13 3 1 2 14 9 10 12 4 5 6 7 11 8 1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho da porta

Leia mais

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais.

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais. GARFO (Comprimento X Largura X Bitola) (mm): 100D7: 1.200 X 200 X 70 / 1.500 X 200 X 75 / 1.650 X 200 X 75 1.800 X 200 X 75 / 2.100 X 200 X 75 / 2.400 X 200 X 75 120D7: 1.200 X 200 X 75 / 1.500 X 200 X

Leia mais

Tratores Agrícolas 1

Tratores Agrícolas 1 Tratores Agrícolas 1 TRATOR AGRÍCOLA 1 DEFINIÇÃO???? Máquina autopropelida provida de meios que, além de lhe conferirem apoio estável sobre uma superfície horizontal, capacitam-no a tracionar, transportar

Leia mais

A.L.A.P.A. «ASSOCIAÇÃO LATINO AMERICANA DE PNEUS E AROS» Manual de Recomendações e Segurança Automóveis e Camionetas

A.L.A.P.A. «ASSOCIAÇÃO LATINO AMERICANA DE PNEUS E AROS» Manual de Recomendações e Segurança Automóveis e Camionetas A.L.A.P.A. «ASSOCIAÇÃO LATINO AMERICANA DE PNEUS E AROS» Manual de Recomendações e Segurança Automóveis e Camionetas PNEUS, CÂMARAS DE AR, PROTETORES, VÁLVULAS, AROS e RODAS RECOMENDAÇÕES SOBRE USO E MANUTENÇÃO

Leia mais

A gente aprendeu na prática: a vida em duas rodas exige muita resistência.

A gente aprendeu na prática: a vida em duas rodas exige muita resistência. A gente aprendeu na prática: a vida em duas rodas exige muita resistência. Fomos pra rua e enfrentamos de tudo: buracos, trânsito pesado, as piores condições climáticas. O resultado? A linha de pneus mais

Leia mais

3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo. 4.3 Interiores (estofado/couro, painéis, comandos, etc.)

3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo. 4.3 Interiores (estofado/couro, painéis, comandos, etc.) Índice 1. Recompra Garantida 2. Agendamento da inspeção 3. Recompra do Veículo 3.1 Estado geral do veículo 3.2 Mecânica 3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo 4. Danos permitidos/não

Leia mais

Recomendamos esta secção se quiser familiarizar-se com o mundo dos pneus para automóveis.

Recomendamos esta secção se quiser familiarizar-se com o mundo dos pneus para automóveis. Tudos Sobre Pneus Conhecimento Do Pneu Da Pirelli Mais de cem anos de experiência em tecnologia do pneu permitiu à Pirelli combinar nos seus produtos níveis máximos de segurança, longevidade, conforto

Leia mais

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE UNP-130408 1 de 6 INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS A vida útil das correntes transportadoras e elevadoras está diretamente ligada aos cuidados com a instalação, lubrificação

Leia mais

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 HELI MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t Painel de Instrumentos Digital Limpo e fácil de ler Leitura instantânea ao ligar Layout ergonômico CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 Torre de ampla visão As empilhadeiras

Leia mais

TRANSPORTADORA ABC. Custos Operacionais dos Pneus. Fonte: truckswallpapers.files.wordpress.com

TRANSPORTADORA ABC. Custos Operacionais dos Pneus. Fonte: truckswallpapers.files.wordpress.com TRANSPORTADORA ABC Custos Operacionais dos Pneus Fonte: truckswallpapers.files.wordpress.com Preparado pelo Prof. Marcus S. Piaskowy, da ESPM SP. Este é um caso fictício, cuja elaboração é de exclusiva

Leia mais

A Felicidade anda de viagem, está em membat. Desfrute da estrada com membat

A Felicidade anda de viagem, está em membat. Desfrute da estrada com membat A Felicidade anda de viagem, está em membat. Desfrute da estrada com membat www.membat-tire.com O mar, o sol e um sorriso. Esses elementos tipicamente mediterrâneos formam nosso logo. E o vento, o Embat.

Leia mais

n 4 ... Bê-á-Bá da Mecânica ... O SISTEMA DE Direitos reservados ao SENAI-PR

n 4 ... Bê-á-Bá da Mecânica ... O SISTEMA DE Direitos reservados ao SENAI-PR ...... O SISTEMA DE Bê-á-Bá da Mecânica n 4 HB Design Novembro 2008 Direitos reservados ao SENAI-PR FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ FIEP SENAI Departamento Regional do Paraná Direção Regional:

Leia mais

HSL650 7A/HSL850-7A CONSTRUINDO UM FUTURO MELHOR. MINI CARREGADEIRA HYUNDAI Motor Tier 3 aplicado

HSL650 7A/HSL850-7A CONSTRUINDO UM FUTURO MELHOR. MINI CARREGADEIRA HYUNDAI Motor Tier 3 aplicado CONSTRUINDO UM FUTURO MELHOR * Algumas fotos podem incluir equipamentos opcionais. MINI CARREGADEIRA HYUNDAI Motor Tier 3 aplicado HSL650 7A/HSL850-7A NOVAS Minicarregadeiras Hyundai HSL650-7A/HSL850-7A

Leia mais

O que é o Direção Positiva?

O que é o Direção Positiva? Abril - 2014 1 2 O que é o Direção Positiva? O novo projeto da Sirtec busca conscientizar os colaboradores sobre a importância das medidas preventivas no trânsito. Objetivos: Contribuir com a redução dos

Leia mais

Sistema de Gestão de Pneus Baseado em Tecnologia RFID

Sistema de Gestão de Pneus Baseado em Tecnologia RFID V1.6 Sistema de Gestão de Pneus Baseado em Tecnologia RFID Apresentação Comercial Mai. 2015 Estrutura leve e enxuta; Equipe multidisciplinar; SaveID Veichle Cadeia de fornecedores nacional; Parcerias estratégicas

Leia mais

TEK LINE geometria veicular www.tekline.com.br

TEK LINE geometria veicular www.tekline.com.br Alguns dos dispositivos mostrados neste manual são opcionais ou específicos podendo não acompanhar seu equipamento.o cliente dentro de suas necessidades é quem descreve o tipo de geometria que deseja fazer

Leia mais

Conselhos de utilização para os pneus BFGoodrich

Conselhos de utilização para os pneus BFGoodrich Conselhos de utilização para os pneus BFGoodrich INTRODUÇÃO 1 Os pneus constituem os únicos pontos de contacto entre o veículo e o solo. Devem ser cuidados a fim de preservar a qualidade das suas performances.

Leia mais

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956 EMTV Elevador de manutenção telescópico vertical MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária

Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária CONFIE NA NOSSA ESTRELA PARA COMPRAR A SUA. No final de seu contrato de financiamento, se a sua opção for a devolução do veículo, faremos esse processo

Leia mais

Motus Cadeira de Rodas Adaptável Artigo número: 480F61=00000_K

Motus Cadeira de Rodas Adaptável Artigo número: 480F61=00000_K Pedido no. Motus Cadeira de Rodas Adaptável Artigo número: 480F61=00000_K Somente orçamento Pedido Anexo para fabricação personalizada Endereço para cobrança/ Número do cliente Endereço para entrega Equipamento

Leia mais

SIM - SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO. Documento RT. Relatório Técnico APRESENTAÇÃO + PROCEDIMENTOS FROTA. OPERAÇÃO URBANA www.webonibus.com.

SIM - SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO. Documento RT. Relatório Técnico APRESENTAÇÃO + PROCEDIMENTOS FROTA. OPERAÇÃO URBANA www.webonibus.com. Documento RT Relatório Técnico APRESENTAÇÃO + PROCEDIMENTOS FROTA OPERAÇÃO URBANA Apresentação Re la tório Técnico - RT Nº Setor Em presa D ata Assunto : C a rro nº C ha ssis C a rroceria Ano KM C om ponente

Leia mais

Instruções para o Motorista

Instruções para o Motorista Eaton Fuller Heavy Duty Transmissions Instruções para o Motorista Fuller Heavy Duty Transmissions FTS- XX108LL Abril 2009 CUIDADOS Leia completamente as instruções para o motorista antes de operar a transmissão.

Leia mais

PLANILHA DE MANUTENÇÃO

PLANILHA DE MANUTENÇÃO PLANILHA DE MANUENÇÃO LEGENDA: A - A cada 8 horas ou diariamente B - A cada 200 horas ou 5 semanas C - A cada 1200 horas ou 6 meses D - A cada 2400 horas ou 1 ano - Inspeção visual, teste e ajuste - luz

Leia mais

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10}

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Quinta-feira, 24 de maio de 2012 Edição Especial Guia de pneus Saiba como identificar a melhor alternativa para seu veículo

Leia mais