Quinta Lista de Exercícios -

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quinta Lista de Exercícios -"

Transcrição

1 INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO COORDENADORIA DE INFORMÁTICA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO Quinta Lista de Exercícios - INSTRUÇÕES: 1) Nesta lista de exercícios, vamos nos preocupar em implementar o comportamento da janelas implementadas na Quarta Lista de Exercícios. Para tanto, vamos implementar os eventos dos componentes gráficos dessas janelas. 2) Toda janela deve ser criada uma só vez e exibida e ocultada usando setvisible, sempre que necessário. 3) Comece implementando os eventos mais simples. Deixe o tratamento de eventos da tabela e da lista por último. EXERCÍCIOS: 1) Continue usando o projeto da Quarta Lista de Exercícios. 2) Implementação dos eventos do menu da janela Principal (Figura 1). A opção Cadastro de Cliente do menu deve chamar a janela de Cadastro de Cliente. A opção Cadastro de Conta do menu deve chamar a janela Cadastro de Conta. A opção Sair deve terminar a aplicação. Figura 1: Esquema dos eventos do menu principal 3) Implementação dos eventos dos botões e da tabela da janela de Cadastro de Cliente (Figura 2). Da janela de Cadastro de Cliente pode-se acionar a tela de Edição de Cliente para criação de um novo cliente ou para a alteração de um cliente já existente. Quando a tela de edição for para a criação de um novo cliente, ela deve ter como título Criar Cliente. Quando a tela de edição for para a alteração dos dados de um cliente já existente, ela deve ter como título Alterar Dados de Cliente. Ao clicar no botão Excluir deve exibir uma mensagem solicitando a confirmação dessa operação. Ao clicar no botão Fechar, deve-se ocultar a janela. Caso o usuário dê um duplo-clique em um dos registros da tabela, deve ser exibida a janela de Edição de Cliente para alteração dos

2 dados de cliente, ou seja, têm o mesmo comportamento do clique no botão Alterar. Caso o usuário clique no botão Alterar ou no botão Excluir sem que haja um cliente selecionado na tabela, deve se exibida uma mensagem informando que um cliente deve ser selecionado. (Figura 3). Figura 2: Esquema de eventos da janela de "Cadastro de Clientes" 4) Implementação dos eventos dos botões da janela de Edição de Cliente (Figura 3). Quando o botão OK é clicado deve-se verificar se os campos Nome e CPF estão preenchidos. Caso algum desses campos não esteja preenchido uma mensagem deve ser exibida solicitando o preenchimento dos dados. Quando o botão OK for clicado e os dados estiverem preenchidos ele deve imprimir, usando System.out.println, um das duas mensagens: cliente criado com sucesso ou cliente alterado com sucesso. A primeira mensagem será exibida caso a janela tenha sido exibida para criação de cliente e a segunda mensagem, caso a janela tenha sido exibida para alteração de cliente já cadastrado. Ao clicar no botão Cancelar, a janela é ocultada.

3 Figura 3: Esquema de eventos da janela "Edição de Cliente" 5) Implementação dos eventos dos botões e da tabela da janela de Cadastro de Contas. Os eventos dessa janela são semelhantes aos eventos da janela de Cadastro de Clientes. Da janela de Cadastro de Contas pode-se acionar a tela de Edição de Conta Corrente ou a tela de Edição de Conta Poupança. Se o usuário clicar no botão Criar Conta Poupança é exibida a janela de Edição de Conta Poupança para a criação de uma nova conta poupança. O título dessa janela deve ser Criar conta poupança. Se o usuário clicar no botão Criar Conta Corrente Classic é exibida a janela de Edição de Conta Corrente para a criação de uma nova conta corrente classic. O título dessa janela deve ser Criar conta corrente classic. Se o usuário clicar no botão Criar Conta Universitária é exibida a janela de Edição de Conta Corrente para a criação de uma nova conta universitária. O título dessa janela deve ser Criar conta corrente universitária. Quando o botão Alterar for clicado ou quando um registro da tabela receber dois cliques deve ser chamada a janela de edição de conta correspondente ao tipo de conta selecionada na tabela. Por exemplo, se uma conta corrente classic estiver selecionada na tabela, então deve-se abrir a janela de edição de conta corrente para alteração dos dados dessa conta. Se uma conta poupança estiver selecionada, deve-se abrir uma janela de edição de conta poupança. Caso o botão Excluir seja acionado, uma mensagem de confirmação de exclusão é exibida. Caso o usuário clique no botão Alterar ou no botão Excluir sem que haja uma conta selecionada na tabela, deve se exibida uma mensagem informando que uma conta deve ser selecionada. Caso o usuário acione o botão Fechar a janela é ocultada. A Figura 4 apresenta a tela de Cadastro de Contas.

4 Figura 4: Tela de Cadastro de Contas 6) Implementação dos eventos dos botões da janela de Edição de Conta Poupança. Quando o botão OK é clicado deve-se verificar se o campo Titular está preenchido. Caso não esteja, uma mensagem deve ser exibida solicitando o preenchimento. Quando o botão OK for clicado e os dados estiverem preenchidos deve ser impressa, usando System.out.println, uma das duas mensagens: conta poupança criada com sucesso ou conta poupança alterada com sucesso. A primeira mensagem será exibida caso a janela tenha sido exibida para criação de conta poupança e a segunda mensagem, caso a janela tenha sido exibida para alteração de conta poupança já cadastrada. Ao clicar no botão Cancelar, a janela é ocultada. Caso o usuário acesse o botão >>, os objetos selecionados da lista da esquerda serão movidos para a lista da direita. Caso o usuário acesse o botão <<, os objetos selecionados da lista da direita serão movidos para a lista da esquerda. O campo Número não é editável. O número da conta é gerado automaticamente quando um objeto Conta é criado. A Figura 5 apresenta a tela de Edição de Contas Poupança. Figura 5: Tela de Edição de Contas Poupança

5 7) Implementação dos eventos dos botões da janela de Edição de Contas Corrente. Quando o botão OK é clicado deve-se verificar se os campos Titular e Limite estão preenchidos. Caso não estejam, uma mensagem deve ser exibida solicitando o preenchimento. Quando o botão OK for clicado e os dados estiverem preenchidos deve ser impressa, usando System.out.println, uma das quatro mensagens: conta classic criada com sucesso ou conta universitária criada com sucesso ou conta classic alterada com sucesso ou conta universitária alterada com sucesso. Isso vai depender para qual função a janela foi acionada. Ao clicar no botão Cancelar, a janela é ocultada. Caso o usuário acesse o botão >>, os objetos selecionados da lista da esquerda serão movidos para a lista da direita. Caso o usuário acesse o botão <<, os objetos selecionados da lista da direita serão movidos para a lista da esquerda. O campo Número não é editável. O número da conta é gerado automaticamente quando um objeto Conta é criado. A Figura 6 apresenta a tela de Edição de Contas Corrente. Figura 6: Tela de Edição de Contas Corrente (Classic e Universitária) Bom trabalho!

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Para impressão dessas etiquetas, acesse o menu Movimentos opção Etiquetas de Produto. A tela que se abre está ilustrada abaixo:

Para impressão dessas etiquetas, acesse o menu Movimentos opção Etiquetas de Produto. A tela que se abre está ilustrada abaixo: Introdução Este documento oferece uma visão geral sobre emissão de etiquetas nos produtos: Bematech Loja light, Bematech Loja Practico e Bematech Combustível. Este documento compreende a emissão de etiquetas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO.

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO... 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO... 08 5 PROTOCOLO PENDENTE... 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 11 7 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 12 8 RELATÓRIOS,

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO Roteiros do Brasil

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual do Usuário Programa de Avaliação de Desempenho PROAD Versão 1.0 02/09/2009 Índice 1. Introdução 2. Plataforma

Leia mais

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS Novas rotinas para pagamentos de multa. Manual de Procedimentos de Multas TOTVS No verso da boleta Cielo anotar o Registro Acadêmico (RA), data e nome do curso. Para os casos onde o usuário não estiver

Leia mais

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado -

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado - CARTILHA Solicitação de Produtos - Almoxarifado - Elaborada por: DIRETORIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS - DIRPD UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA JUNHO/2007 SOLICITAÇÃO DE PRODUTOS Este procedimento tem

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Gerência de Informática Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Versão 1.1 Novembro de 2015 Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Índice 1 Acesso ao Sistema...3 2 Adicionar

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

NutriScience Manual do Usuário

NutriScience Manual do Usuário NutriScience Manual do Usuário 2 Sumário Configurando o Sistema... 3 Importar banco de dados... 3 Alterar o Idioma... 5 Utilizando o Sistema... 6 Início... 6 Barra de Navegação... 6 Paciente... 6 Avaliação

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

CRASP. Conteúdo Sobre o sistema...

CRASP. Conteúdo Sobre o sistema... CRASP Conteúdo Sobre o sistema...... 2 Acessando o sistema...... 2 Registro de chamados... 3 Anexando arquivos ao chamado aberto... 4 Acompanhamento do chamado... 6 Registrando uma ocorrência no chamado

Leia mais

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE PERÍCIA MÉDICA

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE PERÍCIA MÉDICA Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE PERÍCIA MÉDICA MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE 1.0 OBJETIVO:...3 2.0 ACESSO AO SISTEMA:...3 3.0 CADASTRO:...4 3.1 SOLICITAÇÃO

Leia mais

Cadastro de Corretores Manual do Usuário

Cadastro de Corretores Manual do Usuário susep 2012 Cadastro de Corretores SUSEP - CGETI - COSIM Fevereiro/2012 Conteúdo Apresentação...3 Mapa do Sistema de Cadastro de Corretores...4 Padrões...5 Acesso ao Sistema...6 Menu Principal...6 Informações

Leia mais

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 1 TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 2 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2- Perfil Setor de Precatórios...4 2.1 Cadastro de Usuários...4 2.1.1 Cadastro do Setor de

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ 1. Para registrar-se, na página principal do Portal SAPI clique no banner Registre-se, posicionado logo abaixo dos dados de login. O Sistema pergunta se a instituição

Leia mais

MANUAL ARRECADANET. Nota Fiscal Eletrônica

MANUAL ARRECADANET. Nota Fiscal Eletrônica MANUAL ARRECADANET Nota Fiscal Eletrônica 1 Introdução O Sistema ArrecadaNet, desenvolvido pela empresa Megasoft Informática, tem como objetivo otimizar a declaração dos serviços prestados e / ou contratados,

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

S C M (Sistema de Controle de Contas de Serviços Médicos/Hospitalares) Manual do Usuário. Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229

S C M (Sistema de Controle de Contas de Serviços Médicos/Hospitalares) Manual do Usuário. Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229 S C M () Manual do Usuário Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229 Utilizando o Sistema : Os procedimentos médicos, exames ou procedimentos Hospitalares são cadastrados na opção de Conta

Leia mais

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu.

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu. Manual WebMail 1. Tela inicial... pág. 2 2. Caixa de Entrada... pág. 2 3. A pasta Lidas... pág. 3 4. Criando sua assinatura... pág. 3 5. Enviar Mensagens... pág. 3 6. Anexando arquivos... pág. 4 7. Adicionando

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR)

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) Página 1 de 23 Sumário Tela de Login... 03 Menu Principal... 04 Home...05 Alterar meus dados...06

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA. Módulo Regime Especial Internet

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA. Módulo Regime Especial Internet SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA Módulo Regime Especial Internet ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO REGIME ESPECIAL... 3 2.1 SEGURANÇA... 3 2.2 BOTÕES... 3 2.3 PREENCHIMENTO...

Leia mais

Cadastros e Acessos. Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0

Cadastros e Acessos. Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Cadastros e Acessos Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 1.0 18/08/2010 MT Versão Inicial Índice

Leia mais

BLACKBERRY - PME e PL Passo a Passo Registro Site BIS www.claro.blackberry.com. BlackBerry PME e Profissional Liberal

BLACKBERRY - PME e PL Passo a Passo Registro Site BIS www.claro.blackberry.com. BlackBerry PME e Profissional Liberal BLACKBERRY - PME e PL Passo a Passo Registro www.claro.blackberry.com É essencial que o usuário do BlackBerry faça um registro no site www.claro.blackberry.com O site funciona de forma semelhante a um

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA 1/24 Apresentação O presente manual tem por objetivo orientar os servidores da ADAPAR Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, em relação a utilização

Leia mais

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 PÁGINA INICIAL-CADASTRO DE VISITAS... 3 AGENDA DE VISITAS JANELA PRINCIPAL... 3 CADASTRO DE VISITAS... 3 GERAR SMP PELO ASSISTENTE... 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1 Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico 05/2012 Versão 2.2.14.1 Conteúdo Ferramentas de Edição... 3 1) Barra de ferramentas de edição... 3 2) Inserir uma geometria... 4 2) Ferramenta Snap...

Leia mais

Manual de Férias do Servidor

Manual de Férias do Servidor Manual de Férias do Servidor Sumario: 1 - Acessando o Sistema 1 2 - Auto Cadastro 3 3 - Marcando suas férias 5 4 - Consulta/Alteração/Exclusão de Férias 9 5 - Cronograma de Férias da Unidade 13 1 Acessando

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4. Agenda Online... 10. Reservas de Salas... 26. Tarefas... 42

Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4. Agenda Online... 10. Reservas de Salas... 26. Tarefas... 42 Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4 Passo a passo para visualização de contatos... 5 Passo a passo para filtragem da lista de contatos... 6 Como ordenar a lista de contatos... 7 Como gerar uma

Leia mais

Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida Controle de Contatos Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica I Vida Controle de Contatos Conteúdo Part I Introdução 2 1 Vida Controle... de Contatos Pessoais 2 Part II Configuração 2 1 Configuração...

Leia mais

Manual do Programa de Caixa1

Manual do Programa de Caixa1 Manual do Programa de Caixa1 Para abrir o sistema de Caixa basta cliclar no ícone do programa. Que abrirá a tela conforme imagem abaixo: Como se pode notar, no menu superior as únicas opções ativas são

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 06 4 PROTOCOLO PENDENTE. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO.

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 06 4 PROTOCOLO PENDENTE. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO. ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO... 06 4 PROTOCOLO PENDENTE... 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 10 7 RELATÓRIOS, OFÍCIOS E ETIQUETAS...

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

CAPÍTULO 19 TRABALHANDO COM PROJETOS EMPRESARIAIS

CAPÍTULO 19 TRABALHANDO COM PROJETOS EMPRESARIAIS CAPÍTULO 19 TRABALHANDO COM PROJETOS EMPRESARIAIS 106 PROJETOS EMPRESARIAIS Quando trabalhamos com o Microsoft Office Project no ambiente EPM, temos o conceito de projetos empresariais. Um projeto empresarial

Leia mais

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno Coordenação de Estágio Integrado Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno 7 de Novembro de 04 Acesso ao SGE Ao efetuar o login no Sistema de Gestão Acadêmico (SGA), acesse a aba

Leia mais

1. Acessando o SIGPRH

1. Acessando o SIGPRH 1. Acessando o SIGPRH UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Acesse o endereço www.si3.ufc.br e selecione a opção SIGPRH (Sistema Integrado de Planejamento, Gestão e Recursos Humanos). Seguem algumas informações

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5.

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. MENU DE CADASTROS 1. FORNECEDORES 2. ELEMENTOS DE DESPESA 3. GRUPOS 4. PRODUTOS 5. ESTOQUE

Leia mais

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012 MANUAL DA DIPAM A Versão de 10/05/2012 1 Índice Geral... 3 Configuração Mínima... 3 Instalação... 4 Procedimento pós-instalação para sistemas com Vista ou Windows 7... 8 Uso do Programa DIPAM-A... 10 DIPAM

Leia mais

Módulo Consulta de Contribuinte Internet

Módulo Consulta de Contribuinte Internet SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA Módulo Consulta de Contribuinte Internet ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO CONSULTA DE CONTRIBUINTE... 3 2.1 SEGURANÇA... 3 2.2 BOTÕES...

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE Tefefone: (16)37119000 email: recam@franca.sp.gov. Sumário 1. Endereço para acessar o sistema... 3 2. Tipos de acesso ao sistema... 3 3. Termo de acesso cadastrado

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO Aplicativo Controle de Estoque Mobile

MANUAL DE UTILIZAÇÃO Aplicativo Controle de Estoque Mobile MANUAL DE UTILIZAÇÃO Aplicativo Controle de Estoque Mobile 1 1 INICIANDO O APLICATIVO PELA PRIMEIRA VEZ... 3 2 PÁGINA PRINCIPAL DO APLICATIVO... 4 2.1 INTERFACE INICIAL... 4 2.2 DISPOSITIVO NÃO REGISTRADO...

Leia mais

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN S U M Á R I O 1Tela de Login...2 2 Painel......3 3 Post...4 4 Ferramentas de Post...10 5 Páginas...14 6 Ferramentas de páginas...21 7 Mídias...25 8 Links......30 1 1- TELA DE LOGIN Para ter acesso ao wordpress

Leia mais

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Inventários Página 1 de 6 Utilizado para fazer o inventário de todos os produtos cadastrados no sistema SIGLA Digital 1 Começando o Cadastro 11

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

MANUAL COM PASSO-A-PASSO PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais

MANUAL COM PASSO-A-PASSO PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais MANUAL COM PASSO-A-PASSO PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais 1 CADASTRO EMISSOR NF-e ONLINE Para as empresas que desejarem se credenciar ou forem

Leia mais

Grupo de Apoio Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP

Grupo de Apoio Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Grupo de Apoio Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Manutenção de usuários de apoio... 3 Acesso à funcionalidade... 3 Inclusão de novo usuário... 4 Exclusão de usuários... 8 Acompanhar PC...

Leia mais

Criação de Classes de Atividade Complementar - AC

Criação de Classes de Atividade Complementar - AC Criação de Classes de Atividade Complementar - AC Objetivo Orientar as escolas que trabalham com Atividade complementar, tais como: Mais Educação, Ensino Médio Inovador e Atividade Complementar na execução

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes 1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes Janelas são estruturas do software que guardam todo o conteúdo exibido de um programa, cada vez que um aplicativo é solicitado à janela do sistema

Leia mais

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro Índice 1. Fluxo de Solicitação 2. Acesso ao Aplicativo 3. Alteração de Senha 4. Opções do Menu 5. Pesquisar um item já existente 6. Como criar

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Novembro/2008 Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK 2 O acesso ao Módulo de Atendimento Técnico é feito através da internet (Mozilla)

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

Manual Prescrição Fácil

Manual Prescrição Fácil TH Sistemas Web Manual Prescrição Fácil HTTP:// Sumário Prescrição Fácil... 3 Como cadastrar no sistema?... 3 Tela Inicial... 5 Configuração Parâmetro... 5 Configuração - Alterar Senha... 6 Prescrição

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO EDOutlet (Online e Offline):

MANUAL DE OPERAÇÃO EDOutlet (Online e Offline): MANUAL DE OPERAÇÃO EDOutlet (Online e Offline): Sumário 1 - EDOutletOffline (sem internet):... 1 2 EDOutlet (com internet)... 7 2.1 DIGITANDO AS REFERÊNCIAS:... 9 2.2 IMPORTAÇÃO DE PEDIDOS:... 11 3 ENVIANDO

Leia mais

Manual Sistema Mó vel Msys Cómercial

Manual Sistema Mó vel Msys Cómercial Manual Sistema Mó vel Msys Cómercial Maravilha, 2014. 1 Sumário 1. REQUISITOS MÍNIMOS... 3 2. PRINCIPAIS TELAS E FUNCIONALIDADES... 4 2.1.1. Tela de acesso ao sistema.... 4 2.1.2. Tela Principal do Sistema....

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

JUSTIÇA FEDERAL DO RIO. Fluxus - Controle de Documentos e Processos Administrativos, Físicos e Virtuais

JUSTIÇA FEDERAL DO RIO. Fluxus - Controle de Documentos e Processos Administrativos, Físicos e Virtuais JUSTIÇA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Fluxus - Controle de Documentos e Processos Administrativos, Físicos e Virtuais Existe duas possibilidades de cadastramento de um documento virtual: A partir de um

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais