Análise de Desempenho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise de Desempenho"

Transcrição

1 Análise de Desempenho APRESENTAMOS A ANÁLISE DE DESEMPENHO DO BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. RELATIVA AO QUARTO TRIMESTRE E AO EXERCÍCIO DE 2009.

2 Sumário Análise de Desempenho... 1 Destaques Financeiros... 6 Destaques Operacionais... 9 Desempenho do Banrisul no Mercado Acionário Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A Cenário Econômico O Estado do Rio Grande do Sul Market Share Reconhecimentos Indicadores Econômico-Financeiros Balanço Patrimonial Consolidado Dezembro de Ativos Totais Títulos e Valores Mobiliários Relações Interfinanceiras e Interdependências Disponibilidades Consolidadas Operações de Crédito Composição do Crédito por Porte de Empresa Composição do Crédito por Setor de Atividade Composição do Crédito por Carteira Crédito Comercial Composição do Crédito por Rating Provisão para Operações de Crédito Índice de Cobertura Índice de Inadimplência Recursos Captados e Administrados Depósitos à Vista Depósitos de Poupança Depósitos a Prazo Recursos de Terceiros Administrados Custo de Captação Patrimônio Líquido Rentabilidade sobre o Patrimônio Líquido Médio

3 Índice de Basileia Velocidade de Crescimento Demonstração do Resultado Acumulado em Resultado Consolidado Receitas da Intermediação Financeira Resultado de Operações de Tesouraria Receitas de Operações de Crédito e Arrendamento Mercantil Receitas do Crédito Comercial Pessoa Física e Jurídica Despesas da Intermediação Financeira Despesas com Operações de Captação no Mercado Despesas com Provisões para Operações de Crédito Resultado Bruto da Intermediação Financeira Margem Financeira Receitas de Prestação de Serviços Despesas Administrativas Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais Indicadores Econômicos Grau de Alavancagem Custo Operacional Índice de Capitalização Produtividade por Funcionário Índice de Eficiência Margem Analítica Variações nas Receitas e Despesas de Juros: Volumes e Taxas Perspectivas Balanço Patrimonial Consolidado Pro Forma Demonstração de Resultado Pro Forma Índice de Gráficos Gráfico 1: Desempenho Banrisul PNB x Índices de Ações Mercado Brasileiro Gráfico 2: Volume Financeiro, Volume de Negócios e Quantidade de Ações Gráfico 3: Banrisul Ação PNB - Distribuição Geográfica das Ações Gráfico 4: Ativo Total Gráfico 5: Composição dos Ativos Gráfico 6: Títulos e Valores Mobiliários e Aplicações Interfinanceiras de Liquidez.. 29 Gráfico 7: Relações Interfinanceiras e Interdependências Gráfico 8: Operações de Crédito

4 Gráfico 9: Evolução das Operações de Crédito Comercial Pessoa Física e Pessoa Jurídica Gráfico 10: Carteira de Crédito por Níveis de Risco Gráfico 11: Composição da Provisão para Operações de Crédito Gráfico 12: Índice de Cobertura Gráfico 13: Índice de Inadimplência Gráfico 14: Recursos Captados e Administrados Gráfico 15: Custo de Captação em relação à Taxa Selic Gráfico 16: Patrimônio Líquido Gráfico 17: Rentabilidade do Patrimônio Líquido Médio Gráfico 18: Evolução do Índice de Basileia Gráfico 19: Velocidade de Crescimento do Crédito e da Captação Gráfico 20: Lucro Líquido Gráfico 21: Receitas da Intermediação Financeira Gráfico 22: Receitas de Operações de Crédito e de Arrendamento Mercantil Gráfico 23: Despesas da Intermediação Financeira Gráfico 24: Despesas de Captação no Mercado Gráfico 25: Despesas com Provisões para Operações de Crédito Gráfico 26: Margem Financeira Gráfico 27: Receita de Prestação de Serviços Gráfico 28: Despesas de Pessoal e Outras Despesas Administrativas Gráfico 29: Outras Receitas Operacionais Gráfico 30: Outras Despesas Operacionais Gráfico 31: Grau de Alavancagem Gráfico 32: Custo Operacional Gráfico 33: Índice de Capitalização Gráfico 34: Produtividade por Funcionário Gráfico 35: Índice de Eficiência Índice de Tabelas Tabela 1: Ações de Comunicação e Relacionamento Tabela 2: Rede de Atendimento do Banrisul Tabela 3: Dados Econômico-Estatísticos Rio Grande do Sul Tabela 4: Market Share Estadual Tabela 5: Market Share Nacional Tabela 6: O Banrisul no Processo Competitivo Tabela 7: Indicadores Econômico-financeiros Tabela 8: Composição das Disponibilidades Consolidadas

5 Tabela 9: Composição do Crédito Pessoa Jurídica por Porte de Empresa Tabela 10: Composição do Crédito por Setor de Atividade Tabela 11: Composição do Crédito por Carteira Tabela 12: Composição do Crédito Comercial Pessoa Física e Pessoa Jurídica Tabela 13: Saldo das Provisões para Perdas Tabela 14: Composição da Captação de Recursos Tabela 15: Custo de Captação Tabela 16: Receitas do Crédito Comercial - Pessoa Física e Jurídica Tabela 17: Taxas Médias Mensais do Crédito Comercial - Pessoa Física e Jurídica Tabela 18: Margem Analítica Tabela 19: Variações nas Receitas e Despesas de Juros: Volumes e Taxas Tabela 20: Indicadores Macroeconômicos para Projeção de Resultado Tabela 21: Perspectivas

6 Destaques Financeiros O ano de 2009 iniciou sob o impacto do agravamento da crise financeira internacional. A implementação de medidas anticíclicas por parte das autoridades reguladoras domésticas foi suficiente para amenizar, no decorrer do primeiro semestre, a retração de liquidez, manter a solvabilidade do setor bancário e ampliar a confiança dos agentes na recuperação dos níveis de produção e consumo, tendência que, a despeito da elevação da inadimplência no mercado de crédito, se consolidou ao longo do segundo semestre de Um ano que iniciou sob a égide de um ambiente adverso terminou com perspectivas favoráveis. O Banrisul enfrentou o período de crise financeira sem sobressaltos, condição que atesta o nível de amadurecimento alcançado como instituição de varejo. As linhas de crédito permaneceram ativas, as modalidades consignado em folha de pagamento e capital de giro às médias empresas destacaram-se como produtos de melhor desempenho, prazos e preços foram adequados ao ambiente de maior risco, indicadores de inadimplência refletiram o cenário de instabilidade e políticas conservadoras de concessão e de constituição de provisões para perdas foram mantidas. O Banco dispõe de liquidez e margem financeira para alavancar a carteira de crédito e se prepara para ganhar escala diante de expectativas mais favoráveis de crescimento econômico configuradas ao final do ano. O resultado do exercício de 2009 não foi afetado por eventos não recorrentes. O lucro líquido do Banrisul, no acumulado de 2009, foi de R$541,1 milhões, 7,2% ou R$36,4 milhões acima do resultado recorrente registrado no mesmo período de Incluídos os itens não recorrentes de R$86,2 milhões contabilizados nos doze meses de 2008, o lucro líquido acumulado em 2009 reduziu-se 8,4% ou R$49,8 milhões frente ao registrado no ano anterior. O desempenho acumulado nos doze meses de 2009 foi, positivamente, afetado pela elevação das receitas de crédito e com operações de tesouraria e, negativamente, pelo aumento da inadimplência, especialmente na primeira metade do ano, conjuntura que implicou na ampliação de provisão para operações de crédito. 6 O resultado gerado, no exercício de 2009, corresponde a uma rentabilidade de 16,7% calculada sobre o patrimônio líquido médio. Em dezembro de 2009, o patrimônio líquido alcançou R$3.408,5 milhões, com crescimento de 10,7% sobre o saldo registrado em dezembro de 2008 e de 3,3% em relação a setembro de

7 O lucro líquido acumulado no 4T09 somou R$184,3 milhões, 7,2% ou R$12,4 milhões acima do registrado no mesmo trimestre do ano passado e 26,2% ou R$38,2 milhões acima do resultado apurado no 3T09. No último trimestre, a performance foi favorecida pela expansão do crédito, especialmente junto ao segmento empresarial, pela redução da despesa de captação no mercado e pela ampliação da receita de serviços. O resultado bruto da intermediação financeira - RBIF - do exercício de 2009 foi de R$2.119,7 milhões, 23,1% acima do obtido no ano passado. O RBIF do 4T09, R$572,0 milhões, apresentou incremento de R$56,5 milhões frente ao apurado no 4T08 e expansão de R$9,7 milhões em relação ao montante contabilizado no 3T09. O desempenho em 2009 reflete, especialmente, a expansão das receitas de crédito e com títulos e valores mobiliários. No último trimestre, o incremento da receita de crédito e de tarifas constituiu-se no principal fator de ampliação do resultado. Os ativos consolidados alcançaram, em dezembro de 2009, R$29.084,1 milhões, com incremento de 15,4% sobre dezembro de 2008 e de 1,8% em relação a setembro de O crescimento dos ativos, em doze meses, foi motivado pelas operações de tesouraria e de crédito, embora a evolução de ambos os montantes não tenha sido linear ao longo do ano, tendo as aplicações em títulos sido priorizadas no início de 2009 e o crédito a partir do segundo semestre, face à necessidade de administração da exposição a riscos de liquidez e de inadimplência. No último trimestre, especialmente a recuperação do crédito comercial empresarial favoreceu o crescimento dos ativos. As operações de crédito do Banrisul somaram R$13.414,2 milhões ao final de dezembro de 2009, com expansão de 17,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior e de 7,1% no último trimestre. A carteira comercial totalizou R$10.108,6 milhões, com crescimento de 19,6% em doze meses e de 8,3% nos últimos três meses. As operações de crédito comercial com pessoas físicas somaram R$5.421,6 milhões ao final de dezembro de 2009, com expansão de 38,1% comparativamente a dezembro de 2008 e de 5,5% em relação ao saldo alcançado em setembro de As operações com pessoas jurídicas totalizaram R$4.687,0 milhões em dezembro de 2009, com incremento de 3,7% na comparação com dezembro do ano passado e crescimento de 11,7% em relação a setembro de Os recursos captados e administrados atingiram saldo de R$21.902,4 milhões em dezembro de 2009, com crescimento nominal de 14,9% em relação à posição registrada em dezembro de 2008 e de 5,0% sobre setembro de Os depósitos alcançaram, em dezembro de 2009, R$16.369,7 milhões, com expansão de 14,8% sobre dezembro 7

8 de 2008 e de 5,9% sobre setembro de Os recursos de terceiros administrados atingiram R$5.532,7 milhões, posição 15,2% acima da registrada em dezembro de 2008 e 2,6% acima da alcançada em setembro de O Banrisul recolheu e provisionou, em 2009, R$575,6 milhões em impostos e contribuições próprios, enquanto os tributos retidos e repassados, incidentes diretamente sobre a intermediação financeira e demais pagamentos, totalizaram R$451,5 milhões. 8

9 Destaques Operacionais A agência classificadora de risco de crédito Austin Rating afirmou, em outubro de 2009, o grau de classificação de risco de longo prazo A+ e de curto prazo A-2 do Banrisul. A manutenção da classificação fundamenta-se na boa capitalização, pulverização dos ativos e passivos, diversificação das fontes de receita, qualidade de créditos, patamares adequados de liquidez, rentabilidade e expansão da área de atuação com abertura de agências estratégicas fora do Estado. A classificação A+ significa que o Banco apresenta solidez financeira intrínseca, atua de forma segura e apresenta boa situação financeira histórica. O ambiente empresarial pode variar, porém sem afetar as condições de funcionamento da Instituição. A classificação A-2 é dada às instituições que têm boa capacidade de pagamento de obrigações de curto prazo e risco de crédito baixo. No mês de março de 2009, foi aprovado, em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, o pagamento de dividendos complementares do exercício de 2008, no montante total de R$38,5 milhões, e a distribuição de dividendos adicionais para o exercício de 2009, em percentual equivalente a 15% do lucro líquido ajustado, totalizando dividendos de 40%. Na mesma ocasião, reforçando o conceito de governança corporativa no Banrisul, foram eleitos representantes indicados pelos acionistas titulares de ações preferenciais para o Conselho de Administração e para o Conselho Fiscal. No ano de 2009, foram pagos e provisionados R$215,4 milhões a título de juros sobre o capital próprio e dividendos antes da retenção de Imposto de Renda. O Banrisul venceu, em agosto de 2009, o certame realizado pelo Instituto Nacional do Seguro Social INSS, para aquisição do direito de gestão da folha de benefícios concedidos no Estado do Rio Grande do Sul, a partir de janeiro de 2010, pelos próximos cinco anos. A bem-sucedida participação no leilão assegura ao Banco a preferência no pagamento de aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS no Estado. Atualmente, são pagos através do Banrisul um total de 490,0 mil benefícios. A previsão é de que, nos próximos cinco anos, sejam concedidos aproximadamente 31,0 mil novos benefícios mensalmente, contabilizando-se, no final desse período, 1,8 milhão de novos benefícios. Essa conquista representa, portanto, um aumento significativo da base de clientes. O contrato firmado com o INSS cria condições para alavancar negócios com minimização de riscos, além de proporcionar ao Banco a ampliação do market share. 9 9

10 O Banrisul lançou, ao final do 3T09, um novo canal de comunicação corporativa na Internet, atavés do site O espaço virtual oferece ao visitante acesso a vídeos especialmente produzidos para divulgar as facilidades dos produtos e serviços do Banco, ações sociais, educacionais e culturais em cinco programas: Facilidades, Pra Nós, Ser Banrisul, Institucional e Banrisul em Ação. Essa iniciativa é uma forma inovadora da Instituição manter um relacionamento mais próximo com seu cliente e mostrar ao usuário da Internet o que é o Banrisul e qual a sua importância na vida das pessoas. Segundo estudo divulgado pela consultoria Economática, de São Paulo, as ações do Banrisul alcançaram o terceiro melhor rendimento em 2009 do setor bancário da América Latina e dos Estados Unidos. Os papéis do Banco registraram alta de 277,7% em 2009 e um volume médio diário de US$3,429 milhões. No estudo, foram consideradas somente ações com presença superior a 70% nos pregões de 2009 e volume médio diário maior que US$1,0 milhão. A rentabilidade percentual foi calculada com todas as cotações em dólares. Os investimentos em hardware, software e manutenção de bens somaram R$226,8 milhões no ano de Fortalecer os mecanismos de segurança nas transações bancárias e ampliar a eficiência operacional da infraestrutura de sistemas da Instituição constituíram-se nas principais prioridades da política de investimentos em tecnologia. A inserção gradativa do Cartão Múltiplo Banrisul, a aplicação da certificação digital, com geração e gerenciamento de certificados internos por meio de uma autoridade certificadora própria e o aprimoramento dos processos de criptografia nos canais de negócios e na transmissão de dados refletiram em aumento da segurança das transações eletrônicas. Já a estratégia de modernização da infraestrutura de sistemas contemplou mudança de tecnologia da plataforma de grande porte, aquisição de novos equipamentos com maior capacidade de processamento e investimentos na atualização da solução de armazenamento de dados históricos. A modernização do principal data center do Banrisul, a implementação do projeto de virtualização de servidores e a aplicação de uma nova estrutura de rede, contemplando os equipamentos responsáveis pelas funções de centro de rede nos dois data centers, permitem ao Banco atender ao crescimento dos negócios com alta disponibilidade e segurança. 10

11 Desempenho do Banrisul no Mercado Acionário O Banrisul tem aprimorado o processo de comunicação com o mercado desde que aderiu ao Nível 1 de Governança Corporativa da BM&F Bovespa S.A., ao realizar em 2007 oferta pública primária e secundária de ações. A relação transparente com clientes e investidores é construída pela disseminação de dados e informações ao mercado, comunicação que proporciona maior e oportuno conhecimento sobre os negócios do Banco. O site de Relações com Investidores do Banrisul, com versões em língua portuguesa e inglesa, disponibiliza informações claras, detalhadas e oportunas para acionistas, investidores institucionais, pessoas físicas, analistas de mercado e demais interessados. Para ampliar o alcance e aprimorar sua comunicação, adota a prática, no relacionamento com o mercado em geral, de envio permanente de notícias e comunicados relacionados à Empresa, mantendo comunicação ágil e equânime com seu público. No ano de 2009, foram realizadas 47 reuniões, 49 teleconferências, três reuniões APIMEC, uma apresentação na Expo Money e 65 eventos no exterior, totalizando 165 oportunidades de aproximação com analistas de mercado, investidores e acionistas pessoas físicas e jurídicas, nacionais e estrangeiras. No total, cerca de mil participantes estiveram envolvidos em todos os eventos voltados à área de relacionamento com investidores realizados ao longo do ano. Tabela 1 Ações de Comunicação e Relacionamento 4T09 3T09 2T09 1T09 4T08 3T08 2T08 1T08 4T07 Reuniões Teleconfer ências Eventos no Exterior * Expo Money Reuniões APIMEC TOTAL *2007 Boston, Londres e Nova Iorque. *2008 Londres, Madri, Mi lão, Nova Iorque e Stavang er. *2009 Amsterdam, Boston, Dublin, Frankfurt, Genebra, Lausanne, Lisboa, Londres, Los Angeles, Madri, Nova Iorque, Paris, Roterdam, São Francisco e Washington. 1 11

12 A importância desses eventos reflete no volume de negócios dos ativos mobiliários do Banrisul. Ao final de dezembro deste ano, a ação PNB (BRSR6) estava listada na 83ª posição dentre as 100 ações mais negociadas na Bovespa (83ª posição em 12 meses, também). Compondo os índices de Governança Corporativa (IGC) e de Tag Along (ITAG) desde julho de 2007, o índice Small Cap a partir de sua criação, em abril de 2008, e o índice IBRX-100 desde janeiro de 2008, a ação PNB do Banrisul apresentou variação de 162,5% em sua cotação no ano de 2009 (desvalorização de 40,9% no ano de 2008) e de 36,1% no último trimestre (desvalorização de 5,9% no 4T08), desempenho superior ao Índice Bovespa (82,7% e 33,1% no ano e no último trimestre respectivamente) e acima dos demais índices. O desempenho das ações do Banrisul se reflete nas médias diárias registradas, ao longo do ano de 2009, para o volume financeiro, o volume de negócios e a quantidade de ações negociadas. No ano, o volume financeiro médio negociado diariamente foi de R$6,7 milhões, 15,6% acima dos R$5,8 milhões apurados em O volume médio de negócios diários, 238, em 2008 e 752, em 2009, aumentou em 216,0% no período. E o volume médio negociado em 2009, na quantia de ações, foi 8,0% acima do registrado em 2008, ações. 12

13 O valor de mercado do Banrisul, em dezembro de 2009, representado pelo total de suas ações multiplicado pela cotação de fechamento da ação PNB foi 76,4% superior ao patrimônio líquido no mesmo período. Para o exercício de 2009, foi aprovada, em Assembleia de Acionistas, a distribuição de dividendos adicionais em percentual equivalente a 15% do lucro líquido ajustado, totalizando dividendos de 40%. Ao final do ano de 2009, havia cinco instituições realizando cobertura do Banrisul: Credit Suisse, BTG Pactual, BANIF, Banco do Brasil e Banco Fator. 13

14 A distribuição geográfica e a quantidade de ações por acionistas estão representadas no gráfico abaixo. 14

15 Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. O Banco do Estado do Rio Grande do Sul é um banco múltiplo, focado na promoção do desenvolvimento econômico e social do Estado. Possui a maior rede bancária em atuação no Rio Grande do Sul. O Banrisul foi fundado em 12 de setembro de A Instituição é uma empresa de economia mista, constituída sob a forma de sociedade anônima e tem como acionista majoritário o Estado do Rio Grande do Sul, detentor de 57,0% do capital social. Como banco múltiplo, o Banrisul atua nas carteiras comercial, crédito, financiamento e investimento, crédito imobiliário, desenvolvimento e arrendamento mercantil e de investimentos. Através da carteira comercial, o Banrisul oferece serviços e financia o consumo de pessoas físicas, bem como empréstimos para o giro e a viabilização de investimentos a micro, pequenas e médias empresas, atuando também nos segmentos agropecuário, setor público e de grandes empresas. Tabela 2 Rede de Atendimento do Banrisul Agências 434 Rio Grande do Sul 397 Santa Catarina 20 Demais Estados 15 Exterior 2 Postos de Atendimento Bancário 276 Pontos de Atendimento Eletrônico 457 Total Pontos Banrisul Municípios do RS 496 Municípios com Agência Banrisul 294 Municípios com Postos Banrisul 116 Municípios RS com Atendimento Banrisul 410 Abrangência de Atendimento RS 82,66% Abrangência Participação População RS 97,73% Abrangência Participação PIB RS 98,38% Por meio da carteira de desenvolvimento, o Banrisul atua como articulador de negócios e agente de fomento das cadeias produtivas do Estado. Na área social, empenha-se na viabilização de projetos voltados para a expansão da qualidade de vida dos gaúchos, principalmente, nas áreas de educação, cultura, esporte e meio ambiente. 15

16 O Banrisul apresentava, ao final de dezembro de 2009, pontos de venda, distribuídos em 397 agências no Rio Grande do Sul e 37 fora do Estado, 276 postos de atendimento bancário e 457 pontos eletrônicos. Fazem parte do grupo Banrisul o Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A., a Banrisul S.A. Administradora de Consórcios, a Banrisul S.A. Corretora de Valores Mobiliários e Câmbio, a Banrisul Armazéns Gerais S.A. e a Banrisul Serviços Ltda. 16

17 Cenário Econômico O cenário econômico brasileiro caracterizou-se pelo fortalecimento das evidências de retomada da atividade produtiva, depois de um processo recessivo, observado a partir do final de 2008, enfrentado por meio de medidas de política econômica implementadas para amenizar os efeitos da crise financeira internacional. Essa retomada, impulsionada pelo crescimento do Produto Interno Bruto - PIB no segundo e terceiro trimestres do ano e pelo comportamento favorável dos diversos indicadores de conjuntura, é sustentada, em especial, pelo movimento positivo da demanda interna. Dentre os fatores determinantes do desempenho da demanda interna, destaca-se o consumo das famílias, favorecido pela preservação da renda real, em um ambiente de retração da inflação; bem como pela melhora nas condições do mercado de crédito. Quanto à inflação, o exercício de 2009 foi marcado pela desaceleração dos principais índices de preços, com sinais claros de aquecimento a partir do último trimestre. Esse movimento, além de refletir os impactos do aumento no preço do álcool combustível, do restabelecimento parcial da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados IPI sobre automóvel novo, e da elevação sazonal dos preços do grupo vestuário, refletiu, também, o cenário de recuperação da atividade econômica, abatida pela crise internacional, sem interferir, contudo, na convergência natural da inflação à meta anual de 4,5%. Esse último aspecto, aliado à valorização cambial, foi determinante para a manutenção da taxa Selic no patamar de 8,75% ao final do ano. Assim, a análise dos principais indicadores econômicos revela que os impactos mais severos sobre a economia brasileira como um todo já foram superados, tendo em vista que, de modo geral, o cenário no qual está inserida é de retomada da atividade econômica, de ascensão da confiança de consumidores e empresas e de inflação bem comportada, indicando perspectivas bastante favoráveis para o ano de

18 O Estado do Rio Grande do Sul O Estado do Rio Grande do Sul está situado na parte mais meridional do Brasil. Com uma área de 281,7 mil Km², ocupa pouco mais de 3% do território brasileiro e abriga uma população de 10,7 milhões de habitantes (2008), perfazendo aproximadamente 6% da população total do país. O Estado ocupa a quarta posição no ranking dos estados da federação em relação à participação na formação do PIB do país. Segundo estimativas preliminares da Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do Sul para o ano de 2009, o PIB regional deverá alcançar R$203,0 bilhões, o que corresponde a uma taxa de crescimento negativa de 0,8% em relação ao desempenho registrado no ano anterior. Contudo, a evolução dos principais indicadores setoriais da economia gaúcha evidencia a recuperação, embora ainda bastante lenta, da atividade econômica, após os impactos da crise mundial. No setor industrial, conforme dados divulgados pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul FIERGS, houve sinais bem determinados de consolidação da atividade, sobretudo entre os meses de maio a novembro, quando a expansão foi de 6,7%, destacando-se a recuperação do faturamento, beneficiada pela demanda interna e pelo câmbio favorável. Da mesma forma, a Utilização da Capacidade Instalada UCI também expandiu-se no mesmo período, chegando a 83,6%. Na mesma linha, o nível de emprego apresentou sinais de recuperação, bem como a massa salarial, ambos com expansão de 0,7% e de 1,8%, respectivamente, na última medição disponível. Vale mencionar que a retomada da atividade econômica gaúcha é observada em todos os setores de forma generalizada, sem, contudo, restabelecer os padrões de desempenho anteriores à crise. 1818

19 Por outro lado, a safra de grãos do Estado deve apresentar bom desempenho, ainda que materializada a perspectiva de redução de 2,9% em 2009, frente a 2008, sendo menos afetada em relação ao restante do país, cuja projeção de retração anual é de 8,6%. Esse desempenho refletiu, em especial, o recuo nas culturas de milho e de trigo, 20,2% e 14,3%, respectivamente, sendo equilibrado, parcialmente, pela expansão das culturas de feijão e arroz, 22,4% e 7,3% respectivamente. Tabela 3 Dados Econômico-Estatísticos Rio Grande do Sul População Total (2008) habitantes Área (2008) ,5 km² Nº de municípios 496 Densidade Demográfica (2008) 38,1 hab/km² Taxa de Analfabetismo (2 000) 6,65% Expectativa de Vida ao Nascer (2000) Coeficiente de Mortalidade Infantil (2007) 72,05 anos 12,73 por mil nascidos vivos PIBpm (2007) R$ mil PIB per capita (2007) R$ Exportações Totais (2008) U$ FOB ICMS (2008) R$ Fonte: Fundação de Economia e Estatística, RS. 19

20 Market Share O Banrisul está presente em 410 dos 496 municípios do Rio Grande do Sul, abrangência que corresponde a 98,4% do PIB do Estado. A relevância da Instituição no contexto regional é caracterizada pela parcela de mercado absorvida pelo Banrisul em setembro de 2009, última informação disponível: 28,1% dos depósitos a prazo, 20,1% dos depósitos de poupança, 19,8% dos depósitos à vista, 21,0% dos depósitos totais, 17,3% do volume de operações de crédito, e 26,1% do número de agências em atuação no Rio Grande do Sul. Tabela 4 Market Share Estadual Indicadores Dez/2007 Dez/2008 Set/2009 Estado RS Banrisul % Estado RS Banrisul % Estado RS Banrisul % Depósitos Tot ais R$Milhõe s ,08% ,41% ,01% Depósitos a Prazo R$Milhões ,76% ,64% ,06% Poupança R$Milhões ,60% ,09% ,14% Depósitos à Vista R$Milhões ,88% ,34% ,79% Operações de Crédito R$Milhões ,77% ,08% ,34% Nº de Agências ,19% ,99% ,10% Fonte: Banco Central do Brasil - Sisbacen. O market share no mercado nacional está apresentado no quadro a seguir. No último ano, o Banrisul apresentou ganhos de mercado em depósitos a prazo, à vista e no crédito. O saldo das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional, no final do mês de dezembro de 2009, totalizou R$1,410 trilhão, com aumento de 14,9% em relação a dezembro de 2008 e de 4,6% sobre setembro de 2009, posição equivalente a 45,0% do PIB. No Banrisul, as operações de crédito, ao final de dezembro de 2009, superaram em 17,1% a posição registrada no mesmo mês de 2008 e em 7,1% o volume contabilizado em setembro de 2009, evoluções superiores às registradas pelo conjunto das instituições financeiras. 2020

21 Tabela 5 Market Share Nacional Indicadores Brasil Dez/2007 Banrisul % Brasil Dez/2008 Banrisul % Dez/2009 Brasil Banrisul % Depósitos a Prazo R$Milhões ,97% ,37% ,51% Poupança R$Milhões ,97% ,77% ,77% Depósitos à Vista R$Milhões ,23% ,41% ,47% Operações de Crédito R$Milhões ,86% ,93% ,95% Nº de Agências ,27% ,25% ,17% Fonte: Banco Central do Brasil. Informações recentes do Banco Central do Brasil são indicativas da recuperação do mercado de crédito e da estabilidade da inadimplência. No Sistema Financeiro Nacional, a inadimplência dos empréstimos a pessoas físicas, considerados os atrasos superiores a noventa dias, atingiu 7,8% em dezembro de 2009, e 3,8% na pessoa jurídica. No Banrisul, as operações da carteira comercial (recursos livres), considerados os atrasos acima de 60 dias, alcançaram, respectivamente, 4,6% e 2,4%. No ranking das instituições financeiras divulgado pelo Banco Central do Brasil, relativo ao mês de setembro de 2009, as posições ocupadas pelo Banrisul atestam, igualmente, a relevância da Instituição no contexto nacional: 10ª posição em ativo total, 11ª em patrimônio líquido e 7ª em número de agências. Tabela 6 O Banrisul no Processo Competitivo Indicadores De z/2005 De z/2006 Dez/2007 De z/2008 Set/2009 Ativo Total 15º 14º 14º 12º 10º Patrimônio Líquido 19º 18º 14º 13º 11º Lucro Líquido 13º 14º 13º 13º 8º Depósitos Totais 12º 12º 11º 10º 8º Nº de Agências 10º 10º 10º 8º 7º Fonte: Ranking dos 50 maiores bancos, do Banco Central do Brasil - exclui BNDES. 21

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 1T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro Press Release Destaques Operacionais O Banrisul apresentou, nos nove meses de 2011, trajetória ascendente de crescimento no crédito. Os indicadores de inadimplência e de qualidade da carteira mantiveram-se

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Junho 2015 1 SUMÁRIO ANÁLISE DE DESEMPENHO... 4 SUMÁRIO EXECUTIVO 1S15... 6 MERCADO COMPETITIVO... 8 MARGEM ANALÍTICA... 9 Desempenho da Intermediação Financeira... 9 Variações

Leia mais

CONTATO RI. Alexandre Pedro Ponzi. Gerente de RI. Tel: +55 (51) 3215-3232. Email: ri@banrisul-ri.com.br. Website de RI: www.banrisul.com.

CONTATO RI. Alexandre Pedro Ponzi. Gerente de RI. Tel: +55 (51) 3215-3232. Email: ri@banrisul-ri.com.br. Website de RI: www.banrisul.com. 1 ÍNDICE DESTAQUES FINANCEIROS - EXERCÍCIO DE 2007 E 4T07... 4 DESTAQUES OPERACIONAIS - EXERCÍCIO DE 2007 E 4T07... 6 PERSPECTIVAS DE MERCADO... 7 EVENTOS RELEVANTES... 8 INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS...

Leia mais

Informações Financeiras Consolidadas

Informações Financeiras Consolidadas Informações Financeiras Consolidadas 3º trimestre 2007 Dados Cadastrais Denominação Comercial: Banrisul S/A Natureza Jurídica: Banco Múltiplo Público Estadual. Sociedade de Economia Mista, sob forma de

Leia mais

BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15

BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15 BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15 Brasília, 26 de agosto de 2015 O BRB - Banco de Brasília S.A., sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Governo de Brasília, anuncia seus resultados do

Leia mais

REUNIÕES APIMEC 2011

REUNIÕES APIMEC 2011 REUNIÕES APIMEC 2011 Í n d i c e RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Concorrentes Sustentabilidade Projeções e Estimativas 1 RS no Brasil Visão Geral do Estado do Rio Grande

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Henrique de Campos Meirelles Novembro de 20 1 Fundamentos macroeconômicos sólidos e medidas anti-crise 2 % a.a. Inflação na meta 8 6 metas cumpridas

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

2T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

2T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 2T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

Sexta-feira 14.05.2010 Divulgação do Resultado do Primeiro Trimestre de 2010

Sexta-feira 14.05.2010 Divulgação do Resultado do Primeiro Trimestre de 2010 Press Release 9 Bovespa: BRSR3, BRSR5, BRSR6 Este Press Release pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA 5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Os sinais de redução de riscos inflacionários já haviam sido descritos na última Carta de Conjuntura, o que fez com que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidisse

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A.

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A. 4 trimestre de 2010 Sumário Executivo Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco) do quarto trimestre de 2010 e do exercício findo em 31 de dezembro de 2010. (exceto

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0

DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0 DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0 Mensagem do Presidente O Brasil, em 2010, atuou como protagonista no ambiente global pós-crise. Calcado nos marcos da estabilidade e da responsabilidade

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T15

Divulgação dos Resultados 1T15 Divulgação dos Resultados 1T15 Sumário Resultado Itens Patrimoniais Índices Financeiros e Estruturais Guidance 2 Resultado Margem Financeira (em e %) * 1T15 / 1T14 1T15 / 4T14 1T15 / 1T14 21,1% 5,4% 21,1%

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente Assumimos a Diretoria do Banco do Estado do Rio Grande do Sul, no dia de 17 de março de 2011, com um propósito bastante claro: trabalhar pelo fortalecimento do Banrisul, sua solidez,

Leia mais

D e m o n s t r a ç õ e s F i n a n c e i r a s F i n a n c i a l S t a t e m e n t s Dezembro 2 0 1 1 December, 2 0 1 1

D e m o n s t r a ç õ e s F i n a n c e i r a s F i n a n c i a l S t a t e m e n t s Dezembro 2 0 1 1 December, 2 0 1 1 Demonstrações Financeiras Dezembro 2 0 1 1 Mensagem do Presidente 2011 Um ano de grandes desafios! No âmbito externo, a instabilidade financeira global aprofundou-se e, ainda que as economias doméstica

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Anexo VI Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo VI Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo VI Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo à Mensagem da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015, em cumprimento

Leia mais

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Informativo para a Imprensa São Paulo (SP), 21 de fevereiro de 2013. BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Crédito cresce 25% no ano e atinge participação de mercado histórica

Leia mais

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores 59 Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores Estratégia de Atuação 60 60 Balanço Patrimonial Tecnologia vs Eficiência operacional Basileia Desempenho Financeiro

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente Nos últimos anos, o Banco do Estado do Rio Grande do Sul superou metas, transcendeu fronteiras, reorganizou processos, modernizou estruturas, mudou seus próprios paradigmas. E, ao

Leia mais

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Rio de Janeiro, 09 de Agosto 2011 1 Informação importante Esta apresentação foi preparada pelo Banco Santander (Brasil) S.A., eventuais declarações

Leia mais

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído Remuneração aos Nossos Acionistas Na reunião do Conselho de Administração do dia 3 de agosto foi deliberada a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) complementares aos dividendos mensais, a

Leia mais

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 Nota de Crédito PJ Janeiro 2015 Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 mai/11 mai/11 Carteira de Crédito PJ não sustenta recuperação Após a aceleração verificada em outubro, a carteira de crédito pessoa jurídica

Leia mais

em 215% que estão Teleconferência milhões. As Terça Feira, 13 de Data: de de 27,0%

em 215% que estão Teleconferência milhões. As Terça Feira, 13 de Data: de de 27,0% Lucro Líquido Aumenta em 215% Comparado ao Mesmo Período de 2006 Portoo Alegre, 12 de novembro de O Banco do Estado do Rio Grande do Sul S. A. ( Banrisul ) (Bovespa: BRSR3; BRSR5; BRSR6), instituição financeira

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS INSTITUIÇÃO FINANCEIRA Data-Base - 31/12/29 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

II - Evolução do crédito, da taxa de juros e do spread bancário 1

II - Evolução do crédito, da taxa de juros e do spread bancário 1 II - Evolução do crédito, da taxa de juros e do spread bancário 1 Desde março do ano passado, a partir da reversão das expectativas inflacionárias e do início da retomada do crescimento econômico, os juros

Leia mais

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação sumário executivo 3º trimestre de 2013 (Esta página foi deixada em branco intencionalmente) 4 Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco). Destaques (exceto onde indicado)

Leia mais

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 Ações Itaú em foco Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 nº 47 www.itau.com.br/relacoes-com-investidores facebook.com/itauunibancori @itauunibanco_ri Remuneração aos Nossos Acionistas

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14 Caxias do Sul, 12 de maio de 2014 - A Marcopolo S.A. (BM&FBOVESPA: POMO3; POMO4), divulga os resultados do primeiro trimestre de 2014 (1T14). As demonstrações financeiras são apresentadas de acordo com

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13 Sumário do Resultado Resultado Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no O Banco do Brasil apresentou lucro líquido ajustado, sem itens extraordinários, de R$ 2,7 bilhões no trimestre, desempenho

Leia mais

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões.

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões. Última Cotação em 30/09/2013 FBMC4 - R$ 43,90 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2013): R$ 31.893,9 milhões US$ 14.431,7 milhões São Bernardo do Campo,

Leia mais

Evolução Recente das Principais Aplicações Financeiras

Evolução Recente das Principais Aplicações Financeiras Evolução Recente das Principais Aplicações Financeiras As principais modalidades de aplicação financeira disponíveis no mercado doméstico caderneta de poupança, fundos de investimento e depósitos a prazo

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS MARÇO/2015

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS MARÇO/2015 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS MARÇO/2015 1 SUMÁRIO PRESS RELEASE... 6 FATO RELEVANTE... 8 DESTAQUES FINANCEIROS... 8 DESTAQUES OPERACIONAIS... 10 GUIDANCE... 12 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO... 13 CENÁRIO ECONÔMICO...

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Volume de crédito segue em expansão em 2008

Volume de crédito segue em expansão em 2008 Relatório Febraban - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 25-03-2008) Edição de 25 de março de 2008 Volume de crédito segue em expansão em 2008 O ritmo

Leia mais

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010 Café da Manhã Credit Suisse 23 de fevereiro de 2010 Seção I Destaques do 3T09 2 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 008 PIB avança e cresce 6% Avanço do PIB no segundo trimestre foi o maior desde 00 A economia brasileira cresceu mais que o esperado no segundo trimestre, impulsionada

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN Oper. Crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) em julho/2015 O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados somou R$ 3,11 trilhões em julho/15, após alta de 0,3% no

Leia mais

www.panamericano.com.br

www.panamericano.com.br www.panamericano.com.br Agenda Principais dados do Banco Histórico Divulgação das Demonstrações Financeiras Resultado e Balanço Providências e Perspectivas 2 Agenda Principais dados do Banco 3 Composição

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 1 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA, reconhecido pela sua prestação de serviços de câmbio e de tesouraria, assim como pelo financiamento

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN Banco Central do Brasil: Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) em agosto de 2015 O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados somou R$ 3,13 trilhões

Leia mais

Anexo I Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo I Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo I Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial (Art. 4 o, 4 o, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo à Mensagem da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2013, em cumprimento

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2008. Um retrato de sustentabilidade

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2008. Um retrato de sustentabilidade DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2008 Um retrato de sustentabilidade Mensagem do Presidente A solidez de um banco se constrói com fundamentos econômicos sustentados numa gestão estratégica e na credibilidade

Leia mais

Apresentação Bradesco

Apresentação Bradesco Apresentação Bradesco 1 Perspectivas Econômicas 2013 Bradesco 2014 * Consenso do Mercado ** 2015 * 2014 2015 PIB 2,50% 0,50% 1,50% 0,29% 1,01% Juros(SelicFinal) 10,00% 11,00% 11,00% 11,00% 11,38% Inflação(IPCA)

Leia mais

Sumário do Resultado 2T09

Sumário do Resultado 2T09 Sumário do Resultado 1 BB lucra R$ 4,0 bilhões no 1º semestre de 2009 O Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 4.014 milhões no 1S09, resultado que corresponde a retorno sobre Patrimônio Líquido

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Sistema Financeiro Nacional Dinâmica do Mercado Mercado Bancário Conteúdo 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro Nacional (SFN) é composta

Leia mais

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A.

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. 4T15 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. ÍNDICE 03 Análise Gerencial da Operação 05 Sumário Executivo 15 Análise do Resultado e Balanço 16 18 22

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0

DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0 DEMONSTRAÇÕES F I N A N C E I R A S DEZEMBRO 2 0 1 0 Sumário Análise de Desempenho... 5 Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A... 6 Ambiente Econômico e Mercado Competitivo... 7 Economia Nacional...

Leia mais

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 22-10-08) Edição de 27 de Outubro de 08 Crise não teve impacto significativo nas operações

Leia mais

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira São Paulo, 30 de Outubro de 2008 O Banco Sofisa S.A. (Bovespa: SFSA4) anuncia hoje seu resultado do terceiro trimestre de 2008. Todas as informações operacionais e financeiras a seguir, exceto quando indicado

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente Nos últimos anos, o Banco do Estado do Rio Grande do Sul superou metas, transcendeu fronteiras, reorganizou processos, modernizou estruturas, mudou seus próprios paradigmas. E, ao

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Visão. Crédito à pessoa física responde por 27% do crescimento da economia entre 2004 e 2009. do Desenvolvimento. nº 84 6 ago 2010

Visão. Crédito à pessoa física responde por 27% do crescimento da economia entre 2004 e 2009. do Desenvolvimento. nº 84 6 ago 2010 Visão do Desenvolvimento nº 84 6 ago 2010 Crédito à pessoa física responde por 27% do crescimento da economia entre 2004 e 2009 Por Gilberto Borça Jr. e Leandro Coutinho Economista e advogado da APE Expansão

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nacional em fev/2015 O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados somou R$ 3,03 trilhões em fev/15, após alta de 0,5% no mês

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O saldo total das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional atingiu 54,5% do PIB, com aproximadamente 53% do total do saldo destinado a atividades econômicas. A carteira

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

Relatório de Estabilidade Financeira. Banco Central do Brasil Setembro de 2013

Relatório de Estabilidade Financeira. Banco Central do Brasil Setembro de 2013 Relatório de Estabilidade Financeira Banco Central do Brasil Setembro de 2013 Pontos abordados para o Sistema Bancário* Base: 1º semestre de 2013 Risco de liquidez Captações Risco de crédito Portabilidade

Leia mais

2.2 - MOEDA E CRÉDITO

2.2 - MOEDA E CRÉDITO 2.2 - MOEDA E CRÉDITO 2.2.1. Aspectos gerais A evolução dos agregados de moeda e crédito em 2009 esteve condicionada pelos reflexos da recente crise financeira internacional sobre a economia brasileira.

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 4 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA e a SOCOPA - CORRETORA PAULISTA anunciam os resultados do quarto trimestre de 2011. O BANCO PAULISTA

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T09

Teleconferência de Resultados 4T09 Teleconferência de Resultados 4T09 Índice Comentários de Mercado Pág. 3 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 10 Liquidez Pág. 4 Índice de Eficiência Pág. 14 Funding e Carteira de Crédito Pág. 5 Rentabilidade

Leia mais

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Simulado CPA 10 Completo

Simulado CPA 10 Completo Simulado CPA 10 Completo Question 1. O SELIC é um sistema informatizado que cuida da liquidação e custódia de: ( ) Certificado de Depósito Bancário ( ) Contratos de derivativos ( ) Ações negociadas em

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e Fundo de Investimento Imobiliário Península Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e parecer dos auditores independentes 2 3 Balanços patrimoniais em 31 de dezembro Ativo 2009 2008

Leia mais

Romi registra lucro líquido de R$ 83 milhões em 2006, o maior resultado de sua história

Romi registra lucro líquido de R$ 83 milhões em 2006, o maior resultado de sua história Resultados do 4 o Trimestre de 2006 Cotações (28/12/06) ROMI3 - R$ 158,00 ROMI4 - R$ 146,50 Valor de Mercado R$ 999,0 milhões Quantidade de Ações Ordinárias: 3.452.589 Preferenciais.: 3.092.882 Total:

Leia mais

(com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009

(com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009 Relatório Febraban - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 27-05-2009) Edição de 27 de Maio de 2009 Em Abril de 2009, operações de crédito atingiram

Leia mais

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito Portal de Informações FEBRABAN Módulo I Crédito Módulo de dados I: Crédito Sumário Este módulo de dados abrange as operações de crédito com recursos livres e direcionados (taxas de juros administradas)

Leia mais

Teleconferência Resultados 1T10

Teleconferência Resultados 1T10 Teleconferência Resultados 1T10 18 de maio de 2010 Visão Geral da Administração Venda da estrutura de Varejo + Foco no segmento de crédito a Empresas Transferência das atividades de originação e crédito

Leia mais

JSL Arrendamento Mercantil S/A.

JSL Arrendamento Mercantil S/A. JSL Arrendamento Mercantil S/A. Relatório de Gerenciamento de Riscos 2º Trimestre de 2015 JSL Arrendamento Mercantil S/A Introdução A JSL Arrendamento Mercantil S/A. (Companhia) se preocupa com a manutenção

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nacional Dez/14 e 2014 O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados somou R$ 3.022 bilhões em dezembro de 2014, após expansão

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS INSTITUIÇÃO FINANCEIRA Data-Base - 31/12/24 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil

A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil 1 A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil Guido Mantega Outubro de 2008 1 2 Gravidade da Crise Crise mais forte desde 1929 Crise mais grave do que as ocorridas nos anos 1990 (crise de US$ bilhões

Leia mais

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Semestre encerrado em 30.06.2000

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Semestre encerrado em 30.06.2000 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Semestre encerrado em 30.06.2000 Senhores Acionistas e Clientes, O Banco do Brasil apurou lucro de R$ 389,9 milhões no primeiro semestre de 2000, assegurando retorno anualizado

Leia mais

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 1 Ciclo Apimec 2014 Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 Ciclo Ciclo Apimec 2014 2014 Itaú Itaú Unibanco Unibanco Holding Holding

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Agência Bradesco Praça Panamericana

Agência Bradesco Praça Panamericana Agência Bradesco Praça Panamericana Presença em todos os municípios brasileiros A B C D E 03 Crescimento Orgânico dos Canais de Distribuição 4.634 4.650 3.160 3.359 3.454 3.628 2007 2008 2009 2010 2011

Leia mais

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Ebitda consolidado pro-forma com Ripasa atinge US$125 milhões São Paulo, 19 de julho de 2006. Suzano Papel e Celulose

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

ÍNDICE Relatório da Administração... Demonstrações Financeiras... Notas Explicativas...

ÍNDICE Relatório da Administração... Demonstrações Financeiras... Notas Explicativas... 1º TRIMESTRE / 2008 ÍNDICE Relatório da Administração... Demonstrações Financeiras... Balanços Patrimoniais... Demonstrações do Resultado... Demonstrações das Origens e Aplicações de Recursos... Demonstrações

Leia mais

Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito

Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito Nova estrutura de dados de crédito Nota Metodológica 1. Introdução Esta Nota tem por objetivo descrever os principais aprimoramentos incorporados

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

inflação de 2001. Supera a Meta 15 C ONJUNTURA FLÁVIA SANTOS DA SILVA* LUIZ ALBERTO PETITINGA**

inflação de 2001. Supera a Meta 15 C ONJUNTURA FLÁVIA SANTOS DA SILVA* LUIZ ALBERTO PETITINGA** 15 C ONJUNTURA Inflação de 2001 Supera a Meta A inflação em 2001, medida pelo IPCA, atingiu o patamar de 7,67%, superando a meta de 6% estabelecida pelo Banco Central. Choques internos e externos à economia

Leia mais