Torna simples os caminhos para a computação em nuvem

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Torna simples os caminhos para a computação em nuvem"

Transcrição

1 ENTREVISTA: Cézar Taurion explica como a Computação em Nuvem mudará a maneira de TI operar nas próximas décadas Ano 4 Edição 14 Outubro Novembro Dezembro 2011 Distribuição Gratuita Torna simples os caminhos para a computação em nuvem CASO DE SUCESSO: Boticário adota os mais modernos conceitos de virtualização, consolidação e continuidade de negócios com Power Systems PowerSC oferece segurança para os ambientes virtualizados com PowerVM

2

3 AOS NOSSOS LEITORES E COLABORADORES... Feliz Natal E UM PRÓSPERO A SIMPLIFICAÇÃO DA NUVEM Caro leitor, 2012 Final de ano, esperanças se renovam, as pessoas ficam mais alegres e otimistas, o clima de festa já paira no ar. Mas para TI ainda há muito o que fazer. O planejamento para o próximo ano é vital, buscando trazer recursos e inovações que garantirão a base de apoio para a área de negócios nos próximo três ou cinco anos. É, portanto, o momento de pensarmos fora da caixa, inovando e renovando totalmente os planos para uma nova TI, mais eficiente, econômica, flexível e adaptável às mudanças de mercado. É tempo para pensarmos realmente em uma Infraestrutura mais inteligente. E Power Systems é a plataforma que melhor atende a todos estes requisitos, com a vantagem de continuar com seu roadmap tecnológico (e que procuramos apresentar ao longo destas 14 Edições da Power Channel), trazendo inovações que fazem a diferença para seus clientes. Aliás, inovação é o que não falta quando o assunto é Power. Nesta edição estamos abordando como a computação em nuvem já é uma realidade para as empresas. Nessa seara, veja a ótima entrevista com Cézar Taurion, que tem como tema o momento e as transformações que a computação em EDITORIAL nuvem causará na maneira de TI operar, dos profissionais atuarem e na cadeia de fornecimento. Nosso tema principal também é a computação em nuvem, onde o Starter Kit for Cloud e a solução com o qual a IBM apresenta ao mercado o caminho mais rápido e fácil para as nuvens privadas. E a forma para que as empresas, de qualquer porte, possam facilmente implementá-la e aumentar os recursos em nuvem gradativamente. Alguns estudiosos do assunto apontam que a computação em nuvem apresenta capacidade de uma transformação de negócios potencialmente maior do que a criada com a onda da internet. Tendo como apelo uma alta redução de custo, esta nova tecnologia já começa a movimentar uma nova linha de empregabilidade, atraindo profissionais experientes e também em formação. Outra novidade desta edição está na seção Produtos, na matéria sobre o PowerSC novo integrante da familia de softwares da linha Power, criado para automatizar e criar a base para auditorias da política de segurança em um ambiente virtualizado. E, por falarmos em Software, o banco de dados DB2 9.7 traz como uma de suas principais novidades, funções de compatibilidade com o DB Oracle, tornando muito mais simples e segura a migração Oracle para DB2. Se sua empresa está preocupada com custos de licenciamento de software e se sente aprisionada a um fornecedor, DB2 traz redução de custo e eficiência. Confira também os casos de sucesso nesta última edição do ano, repleta de assuntos interessantes e relevantes para que todos comecem 2012 com várias idéias e informações diferenciadas para os negócios. Gostaria de encerrar desejando a todos que desfrutem de um merecido descanso neste final de ano - ops, mas como disse também no ano passado, isto não existe para os profissinais de TI. Então muita paz, alegria, saúde, força e ideias inovadoras para enfrentarmos com coragem e alegria todos os desafios de Redação Power Channel EXPEDIENTE REDAÇÃO: Rua Azevedo Macedo, 20-7 Andar - Vila Mariana São Paulo SP Tel. (11) COORDENAÇÃO GERAL: Power Channel JORNALISTA RESPONSÁVEL: Cristiane Bottini - MTB Nº DIRETOR DE ARTE: João Marcos Batista COLABORADORES DESTA EDIÇÃO: Alexandre Bicas Caldeira, Jean Cristie Pacanaro, Mohandas Lima da Hora e Sidney Alves COMERCIAL: Orlando Fogaça e Valdeci Junior A REVISTA POWER CHANNEL é uma publicação trimestral destinada aos CIOs ligados aos produtos de hardware e software. Esta revista é distribuída gratuitamente a todos os parceiros e demais pessoas com interesse no seu conteúdo. O conteúdo das matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores e não correspondem, necessariamente, à opinião desta revista e nem de seus editores. PARA CONTATOS, por favor acesse os meios apresentados acima. Faça o DOWNLOAD das matérias apresentadas nesta revista através do site

4 ÍNDICE CAPA IBM STARTER KIT FOR CLOUD POWER EDITION Torna simples os caminhos para a computação em nuvem CURTAS As novidades da área de Tecnologia da Informação e a coluna Nerdvana trazem as novidades do setor 10 PARCEIROS INGRAM MICRO Felício Rocho implanta projeto hospital sem papel com Power AÇÃO INFORMÁTICA Virtualizar Linux em Power foi a solução sob medida para a Canção Nova 14 AÇÃO INFORMÁTICA Copel investe em Power e DB2 para integrar informações e reduzir custos 32 ENTREVISTA COMPUTAÇÃO EM NUVEM MUDA O PERFIL DAS EMPRESAS E DOS PROFISSIONAIS Cézar Taurion explica como a Computação em Nuvem mudará a maneira de TI operar nas próximas décadas TECNOLOGIAS E TENDÊNCIAS 5 IBM anuncia o futuro dos chips com computação cognitiva 16 GESTÃO PRODUTOS OPINIÃO Power Systems CUoD traz mais valor para os negócios 27 Ninguém é insubstituível... Será? 26 IBM DB2 e plataforma POWER oferecem liberdade de escolha 30 Síndrome da pressa prejudica desempenho profissional 34 4 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

5 ENTREVISTA CÉZAR TAURION A Computação em Nuvem começa a se delinear como a tendência de desenho da infraestrutura de TI para as próximas décadas. Bastante discutido e comentado nos últimos 3 anos, este caminho agora parece mais natural, até em função de uma adoção de virtualização de servidores em larga escala pela grande maioria das empresas, o que as credencia como prontas para cloud já que teriam o primeiro passo da base ou fundação de uma cloud implementado. DIVULGAÇÃO COMPUTAÇÃO EM NUVEM MUDA O PERFIL DAS EMPRESAS E DOS PROFISSIONAIS DA PRÓXIMA DÉCADA Além disso, o conceito de cloud privada onde se inicia o trabalho de computação em nuvem dentro da mesma empresa, protegendo seus dados com o firewall e políticas de segurança internas, bem como, uma maior gama de oferta de soluções neste sentido tem incentivado um número maior de empresas a aderir. A nova onda é de clouds setoriais, que visam atender especificamente determinados segmentos, como, por exemplo, servidores de cloud para empresa textil, bolsas de valores, etc. O fato é que se você ainda não dedicou algum tempo para entender as implicações deste novo modelo de negócios, é melhor que o faça. E rapidamente, pois a estimativa é que este desenho seja o principal modelo de infraestrutura nas próximas décadas. E como isto afeta os profissionais de TI e as empresas que hoje atuam na venda e distribuição de infraestrutura? Trouxemos para nos ajudar a entender os novos cenários, Cézar Taurion, Gerente de Novas Tecnologias/Technical Evangelist na IBM e um dos maiores divulgadores dos conceitos de computação em nuvem. Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 5

6 Power Channel: Você realmente acredita que a computação em nuvem será o desenho de infraestrutura para as próximas décadas? Por quê? Cézar Taurion: Na minha opinião, cloud computing é uma mudança irreversível, afetando toda a cadeia de TI, dos fornecedores aos consumidores de recursos e serviços. Mas seu efeito, em médio e longo prazo, ainda é desconhecido. Por outro lado, isso nos obriga a colocar cloud em nossas estratégias, porque seu efeito poderá e deverá ser altamente significativo e, simplesmente, não podemos ignorálo. Um ponto que me chama atenção é o foco excessivo no discurso que cloud afeta apenas TI, reduzindo custos, como se fosse uma simples extensão do processo de virtualização. Mas vejo claramente que, em breve, veremos pela frente o conceito de cloud Business, onde cloud IT vai não apenas tornar a empresa mais eficiente operacionalmente, mas poderá abrir novas oportunidades de negócio, não possíveis sob o modelo atual de TI. Cloud não deve ser visto como um fim em si mesmo, mas como alavancador de novas oportunidades de negócio. Para mim as mudanças vão ocorrer em diversos aspectos da relação Em breve, veremos pela frente o conceito de cloud Business, onde cloud IT vai não apenas tornar a empresa mais eficiente operacionalmente, mas poderá abrir novas oportunidades de negócio, não possíveis sob o modelo atual de TI de TI com o negócio, desde a interface (menos interação face-to-face e mais automatizado), passando por mudanças nos processos de governança e, portanto, se refletindo na organização de TI, seus skills e modelos de funding. Operar sob o modelo de nuvem obrigará TI a repensar a maneira de como opera e entrega os recursos computacionais aos seus usuários. Ao longo do tempo os benefícios com adoção da nuvem vão se destacar: maior flexibilidade e agilidade para provisionar recursos computacionais. A maior padronização e automatização dos processos de provisionamento e alocação de recursos computacionais, que reduz a demanda de trabalho manual, deslocando profissionais de TI para tarefas mais nobres e rentáveis para a empresa. A melhor utilização dos recursos implica em uma melhor relação de custo benefício. O resultado é que a empresa poderá se tornar bem mais ágil e apta a desenvolver novas oportunidades de negócio. PC: E do ponto de vista de distribuição e vendas de infraestrutura de TI, o que você visualiza como mudança na operação e no perfil destes profissionais? Taurion: Na cadeia de valor atual os canais são fundamentais para o sucesso da operação de qualquer grande empresa que vende hardware e sofware, pois aumenta significativamente sua capilaridade no mercado. Entretanto, o modelo de cloud vai afetar esta cadeia, pois permite criar links diretos entre os fornecedores de tecnologia e seus compradores. Por exemplo, 6 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

7 uma empresa de software pode ofertar seus produtos na modalidade SaaS e não mais demandar um intermediário no processo. Os consumidores acessarão diretamente o site do fornecedor. Neste caso, como fica o canal? Primeiro, está claro que o modelo de cloud computing não vai se disseminar de um dia para o outro. Todo processo de mudança leva tempo e alguns setores de indústria são mais rápidos que outros em adotar novos conceitos. O impacto nos canais, será, portanto, diferente, dependendo do setor de negócios em que o canal atua. Isto significa que os canais terão tempo de se ajustar às mudanças, desde que não ignorem que estas mudanças serão inevitáveis. Para fazer as mudanças, os canais dependem também do apoio dos fornecedores. Algumas empresas, como a IBM, têm estratégias bem definidas para apoiar os canais nessa transição. Por exemplo, lançou recentemente um programa chamado IBM Cloud Computing Specialty, patrocinado pelo IBM Partner World, porque considera que seus parceiros podem atuar em um ou mais de cinco papéis no mundo cloud. Mas os canais terão que sair da inércia. Terão que pensar em como serão daqui a cinco ou dez anos. Se hoje as suas vendas são basicamente de produtos de hardware e software no modelo tradicional, continuarão no mesmo patamar? Por outro lado uma empresa acostumada a só vender hardware e software não passa a ser de serviços de um dia para o outro. Seu DNA corporativo tem de ser modificado genéticamente... Ora, os canais que já têm um pé em serviços poderão se aprofundar mais rapidamente nestes tópicos e criar expertise de modo a oferecer serviços consultivos, muito mais lucrativos que os Um ponto importante é que os canais construiram uma relação bem intensa com seus clientes e essa pode ser a chave para eles oferecerem os novos serviços em cloud atuais. Um ponto importante é que os canais construiram uma relação bem intensa com seus clientes e essa pode ser a chave para eles oferecerem os novos serviços em cloud. O modelo de negócios atual, onde o VAR compra produtos mais baratos e os revende com uma margem adicional pelos seus serviços, está começando a dar sinais de erosão, provocados pela crescente disseminação da computação em nuvem. Para que no futuro não fiquem marginalizados na cadeia de valor, seu negócio terá de ser reinventado. Um novo ecossistema baseado no modelo de cloud computing será criado. PC: A IBM tem oferecido ofertas como o IBM Starter Kit for Cloud baseado em Power Systems. Qual a intenção de uma oferta desse tipo? Taurion: Está claro que o conceito de cloud não é mais visto como um hype de mercado, mas como um novo modelo de aquisição, entrega e consumo de recursos de TI (em todas suas variantes, como IaaS, PaaS e SaaS) que provocarão transformações significativas, tanto nas empresas produtoras, como nas consumidoras de TI. Cloud não é uma invenção tecnológica, mas um conceito construído em cima de Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 7

8 Cloud não é uma invenção tecnológica, mas um conceito construído em cima de tecnologias já provadas há muito tempo, como virtualização, software como serviço, intensa disseminação da Internet, outsourcing de infraestrutura e terceirização dos ambientes de desenvolvimento e testes cação de ambientes de , colaboração e ferramentas de produtividade em nuvens. Também veremos atividades como ambiente de desenvolvimento e testes, bem como aplicações específicas de BI em nuvens. À medida que os cases de sucesso se espalhem e os tecnologias já provadas há muito tempo, como virtualização, software como serviço (lembram-se do ASP?), intensa disseminação da Internet (todos usam Internet Banking), outsourcing de infraestrutura (até bancos fazem isso) e terceirização dos ambientes de desenvolvimento e testes muitas empresas de grande porte já terceirizam intensamente estes processos. Portanto, cloud é uma mudança no modelo de entrega e consumo de TI, mas não um conjunto de tecnologias e conceitos não testados. O que facilita as coisas. Além disso, o sempre presente mantra do fazer mais com menos continua presente e as empresas estão continuamente em busca de reduzir e racionalizar seus custos de TI, obter maior flexibilidade e velocidade na obtenção dos recursos necessários a desenvolver alguma ação de negócio. E Cloud é a resposta. Juntando tudo, vemos que (mais cedo ou mais tarde) cloud vai decolar, pois é realmente uma grande ideia. Assim, acredito que já em 2012 ou 2013 cloud computing vai ser adotado de forma mais acelerada, com as empresas fazendo cada vez mais provas de conceito e implementações piloto. Estas primeiras experimentações serão a coloresultados obtidos, como maior agilidade e flexibilidade no provisionamento e alocação dos recursos computacionais sejam realmente comprovados, cloud vai ser adotado com mais intensidade. Já veremos cloud nos budgets de muitas empresas a partir de Os resultados positivos vão demandar novos projetos e criará um efeito virtuoso. Creio que em torno de 2020, ou seja, daqui a dez anos, o termo cloud computing deixará de existir, e será apenas computing, pois cloud será o nosso modelo mental de pensarmos aquisição e uso de TI. Assim, estas iniciativas da IBM ajudam muito o cliente a entrar no mundo da computação em nuvem. Ele possibilita a queima de etapas, conseguindo com isso vantagens competitivas inestimáveis. PC: Qual a recomendação para empresas que já adotaram algum estágio de virtualização e pensam futuramente em adotar o desenho de cloud privada? Taurion: Para responder vamos analisar a diferença entre cloud e a infraestrutura de TI tradicional. No modelo atual, os recursos físicos (servidores, storage, etc) são de propriedade ou gerenciados pelas áreas de TI das empresas. De maneira geral os 8 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

9 níveis de utilização são baixos e uma parcela significativa da capacidade computacional fica ociosa. Como resultado temos máquinas e data centers que não são plenamente usados, consequentemente, temos altos custos por unidade de trabalho. Já um ambiente virtualizado, embora os recursos físicos ainda sejam de propriedade da empresa, são virtualizados em multiplos recursos lógicos, aumentando o nível de utilização e baixando os cutos unitários de trabalho. Cloud é basicamente um ambiente virtualizado + padronizado + automatizado e, em conseqüência, não apenas os recursos físicos são melhor utilizados (virtualização), como os processos de gestão (provisionamento, alocação e gerenciamento) são automatizados, reduzindo os custos mais ainda. Claro que existe uma diferença entre nuvens privadas, onde a empresa ainda é proprietária dos recursos cloudificados e as nuvens publicas, onde o custo da infra é do provedor. Mas de maneira geral, seja qual for o modelo de cloud, privada ou pública, ambos tendem a oferecer custos menores que o tradicional. Outro ponto interessante é uma pergunta que volta e meia surge: Cloud privada pode ser considerada uma cloud verdadeira?. Uma empresa para construir uma nuvem privada precisa investir em ativos computacionais e nos softwares que compõem a camada de inteligência da nuvem, que são os componentes que permitem implementar a virtualização, padronização e automação. Também é uma nuvem finita, pois os seus limites são a capacidade instalada de seu data center. Mas, na minha opinião, uma nuvem privada tem inúmeras vantagens em relação ao modelo on-premise atual (um exemplo é a elasticidade e maior flexibilidade para alocação de recursos) e embora não ofereça os benefícios de escala que um grande provedor de nuvem pública pode oferecer, ainda é vantajoso. Além disso, reduz os receios da entrada na nuvem, pois opera sob as políticas e controles de segurança da própria empresa. No fim do dia cloud já está aí. As áreas de TI não podem ignorar esta tendência e devem liderar o processo. O modelo de cloud permite a proliferação do shadow IT, aquelas iniciativas disparadas pelos próprios usuários sem participação de TI. A disseminação descontrolada desta TI invisível pode acarretar problemas futuros em termos de segurança e interoperabilidade. Assim, TI pode e deve aproveitar o modelo de cloud para ser um ator importante e liderar a transfomação da própria TI na organização. Cézar Taurion é Gerente de Novas Tecnologias Aplicadas/Technical Evangelist na IBM. Escreve constantemente para sites e publicações especializadas como Computerworld Brasil, Mundo J e imasters, além de apresentar palestras em eventos e conferências de renome nacional. É autor do livro Cloud Computing /Computação em Nuvem Transformando o Mundo da Tecnologia da Informação, com a editora Brasport. Mantém um blog na comunidade developerwoks, da IBM (https://www.ibm.com/developerworks/mydeveloperworks/blogs/ctaurion/) e recentemente disponibilizou um blogbook, com coletânea de posts sobre Cloud Computing de 2009 até hoje, para download free, em https://www.smashwords.com/books/view/98138 Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 9

10 CURTAS IBM.COM REVISTA ELEGE WATSON O INOVADOR DO ANO No início deste ano, o programa de TV Jeopardy! game show recebeu um concorrente especial: o Watson, que recebeu este nome em homenagem ao fundador da IBM. Este supercomputador, baseado em servidores Power Systems, Banco de Dados DB2 e tecnologia DeepQA, se saiu muito bem em seu primeiro desafio, vencendo os antigos campeões do programa de TV e mostrando sua habilidade para navegar pelos trocadilhos e jogos mentais que ajudam a tornar Jeopardy! um enorme desafio, mesmo para as mentes humanas mais inteligentes. Watson venceu na televisão, mas as realizações verdadeiramente importantes ainda estão por vir, com sua aplicabilidade nas áreas de saúde, leis, finanças e etc.. Em reconhecimento à sua realização os editores da R&D Magazine honraram os criadores do Watson, o Dr. David Ferrucci e os membros de sua equipe de pesquisas, com o prêmio de maior destaque individual: "O inovador do ano". A R&D é uma das revistas líderes de mercado em informações sobre Tecnologia e Inovação, direcionada a executivos, gerentes de projeto, cientistas, engenheiros e todos que buscam informações relevantes e críticas para inovação tecnológica. Dr. David Ferrucci GOOGLE IMAGENS MEGAINVESTIDOR COMPRA 5,5% DO CAPITAL DA IBM De acordo com notícia pública, em novembro, pela revista Isto é Dinheiro, o megainvestidor americano Warren Buffett, através de sua empresa Berkshire Hathaway, acaba de adquirir um lote tamanho família de 64 milhões de ações da IBM, com um investimento de US$ 10,7 bilhões, uma fração dos US$ 185 bilhões de seu valor de mercado. A megatransação proporcionou-lhe uma participação de 5,5% no capital da Big Blue, a segunda maior empresa de tecnologia dos EUA. Em seus 70 anos de atuação no mercado de investimentos, é a primeira aquisição de Buffett na área tecnológica. Segundo Buffet, há 50 anos lê os relatórios anuais da IBM, mas, quando leu o de 2010, enxergou-a sob uma nova luz. A decisão foi também influenciada pelo fato da IBM manter relações duradouras com os clientes, característica cara ao dono da terceira maior fortuna do planeta. Dessa forma, a empresa seria menos suscetível a oscilações bruscas do mercado. O megainvestidor diz que hoje reconhece que deveria ter prestado mais atenção na Big Blue há cinco anos atrás. O atual perfil de operação da fornecedora foi desenhado na década de 1990, quando avaliou que o setor de PCs se tornaria praticamente uma commodity, o que derrubaria as margens de lucro. Foi aí que vendeu essa divisão para a chinesa Lenovo. Na área de serviços, no entan- to, as perspectivas eram as melhores possíveis. Assim, a IBM investiu pesadamente na diversificação de seu portfólio, tendo como outro ponto forte estar antenada com os movimentos do setor de TI, como, por exemplo, a terceirização desses serviços. Nesse contexto, a IBM se coloca como uma alternativa, pois atua em quase todo o processo de TI. FUNCIONÁRIO BRASILEIRO É UM DOS MAIS ENGAJADOS DO MUNDO Em uma lista de 18 países, o trabalhador brasileiro está em 3º lugar quando assunto é ser engajado. Segundo a consultoria responsável pelo estudo, a ORC International, engajado é o funcionário que fala bem da empresa e de seus produtos, tem interesse em continuar sendo parte da organização, em buscar seus objetivos e se esforça para ir além das expectativas básicas da função que exerce. Em um índice de 0 a 100, o engajamento dos brasileiros foi 64, atrás dos chineses (67) e indianos (74). A China foi o país que mais se destacou no ranking, subindo sete posições, comparado ao ano passado, e tirando o Brasil do segundo lugar. No outro extremo, a Grã-Bretanha e a Austrália caíram quatro posições cada uma, passando a ocupar, respectivamente, a 17ª e a 14ª posições. Quem aparece em último é o Japão. 10 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

11 DIVULGAÇÃO AMM PARANÁ, AÇÃO INFORMÁTICA E IBM LEVAM CLIENTES AO STOCK CAR EM LONDRINA, PR FOTOS: DIVULGAÇÃO A equipe reunida num momento de confraternização O carro da equipe recebendo ajustes finais No último dia 2 de Outubro foi realizada a Etapa de Londrina do Stock Car. E os clientes IBM do interior do Paraná puderam acompanhar, de muito perto, essa corrida decisiva na disputa pelo título. A AMM Paraná, Ação Informática e IBM Power Systems levaram seus clientes que viram a vitória de Cacá Bueno, acompanhado no pódio pelos pilotos da equipe da Eurofarma, Ricardo Maurício e Max Wilson. Parabéns ao trio e suas equipes, que assim como os processadores Power, não são apenas velozes, mas formam um conjunto que soma performance e confiabilidade para chegar ao final de cada etapa. NERDVANA - O cantinho do técnico Por MARINA RODRIGUES BATALHA COMO SOLICITAR O TRIAL DA FUNCIONALIDADE AME (ACTIVE MEMORY EXPANSION) O Active Memory Expansion é uma nova funcionalidade dos servidores POWER7 que permite a expansão de memória através de compressão de dados (veja Power Channel Edição 08, matéria IBM Active Memory Expansion). Trata-se de um extraordinário recurso para suportarmos aqueles momentos de pico de memória ou novas demandas inesperadas. A taxa de compressão, e consequentemente o total de memória extra que teremos liberado com esse recurso, dependerá dos ciclos de CPU disponíveis e também da natureza da aplicação, podendo chegar a níveis de até 100% de memória adicional. Mas isso funciona adequadamente em meu ambiente? Bem, a IBM disponibilizou um trial de 60 dias para permitir aos clientes testarem tal funcionalidade. REQUERIMENTOS: - Servidor POWER7; - Micro-código PowerVM ativo; - LPAR (máquina virtual) com sistema operacional AIX 6.1 TL04 SP2 ou superior; - Gerenciamento via console HMC ou SDMC. MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O AME, NO DOCUMENTO ACTIVE MEMORY EXPANSION: OVERVIEW AND USAGE GUIDE DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD EM: ecm/en/pow03037usen/pow03037 USEN.PDF OU NA POWER CHANNEL, EDIÇÃO 08, DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD EM: PARA OBTER A CHAVE PARA O TRIAL DE 60 DIAS SIGA O PROCEDIMENTO: 4Acesse o site: hardware/cod/activations.html 4Clique na opção: Trial Active Memory Expansion How to request 4Acesse o Trial CoD Web site: https://www-912.ibm.com/tcod_reg.nsf/ TrialCod?OpenForm 4Na opção Active Memory Expansion request indentifique a solicitação como Active Memory Expansion e clique em Go. 4Complete o formulário de informações sobre o servidor onde a funcionalidade será habilitada e os dados da empresa solicitante e clique em Submit. UMA VEZ QUE A SOLICITAÇÃO FOR APROVADA, O CÓDIGO DE ATIVAÇÃO SERÁ ENVIADO AO SOLICITANTE VIA . DIVULGAÇÃO MARINA RODRIGUES BATALHA Especialista Técnica de Pré-Venda (FTSS) Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 11

12 PARCEIROS Ingram Micro Felício Rocho implanta projeto hospital sem papel com Power GOOGLE IMAGENS Benefícios incluem maior agilidade de atendimento ao paciente e redução de 40% do consumo anual de energia elétrica DA REDAÇÃO O Hospital Felício Rocho, referência mineira em Medicina de Alta Complexidade, constitui mais um caso de referência para a IBM Brasil. Com o objetivo de automatizar completamente seus processos, com a adoção de prontuário eletrônico e eliminação de documentos físicos (como fichas de atendimento e de controle de pacientes e internações), a entidade teve um projeto exclusivo desenvolvido pela Plano TI, parceira de negócio IBM para todo o Estado de Minas Gerais. Quando buscou a IBM, a principal necessidade do cliente era adequar a infraestrutura para a substituição do ERP em uso, da gaúcha MV, que serviria de base para o projeto Hospital Sem Papel. O maior desafio do projeto era conter o aumento do custo de energia e licenciamento de software, já que seu desenho previa um expressivo investimento. Além do fato disso, a nova infraestrutura de servidores e a solução de armazenamento de dados deveriam ser implementados sem que os antigos fossem desligados. 12 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

13 A solução envolveu a aquisição da solução IBM BladeCenter H com dois servidores PS701 com oito cores baseados no processador POWER7 destinados ao sistema de banco de dados e dez servidores blade com processadores x86, otimizados para melhorar o desempenho, o uso de energia e de refrigeração. Faz parte da solução também um storage DS5020 e uma unidade de armazenamento em fitas TS3200 Tape Library, para automatização do backup. O projeto teve início em julho de 2010 e foi concluído em fevereiro deste ano, tendo como destaque a redução do custo total da solução para o cliente, que ficou 20% mais barata, levando-se em conta o custo total de aquisição de hardware e software. Além disso, os processos estão sendo totalmente automatizados a partir da adoção de prontuário eletrônico e a eliminação de documentos de papel, como fichas de atendimento e de controle de pacientes e internações. O sistema conta com telas de LCD com painéis informativos sobre o atendimento dos pacientes, internações, informações médicas e gerenciais, além dos processos de controle de enfermaria e farmácia. O projeto ainda trouxe diver- sos outros benefícios à entidade. Na área de TI, o consumo anual de energia deverá ser contido em 40% em relação a uma solução com servidores torre ou rack e os custos de licenciamento de software (banco de dados) devem baixar cerca de 50%. Já os benefícios aos processos do hospital devem se estender aos pacientes, pois a solução permitiu melhoria nos processos e maior agilidade no atendimento ao paciente, além de automação do processo de internação/ hotelaria, aplicação de medicamentos e farmácia com integração aos processos da área de enfermagem. INGRAM MICRO INC. PLANO TI 4Maior distribuidor mundial de tecnologia e único com ampla presença global, a Ingram Micro atua em mais de 150 países em seis continentes com o mais abrangente portfólio de produtos e serviços de TI. 4Elemento vital na cadeia de valor de tecnologia, cria oportunidades de vendas e lucratividade para fabricantes e revendedores por meio de programas de marketing exclusivos, soluções de logística terceirizada, suporte técnico e financeiro, e processos de agregação e distribuição de produtos. 4No Brasil desde 1997, a Ingram Micro tem sede em São Paulo e conta com mais de 200 associados, atendendo a uma rede composta por dez mil revendas e distribuindo mais de quinze mil itens de cerca de cinquenta fabricantes. Mais informações: ou pelo telefone (11) Plano TI tem como principal objetivo fornecer aos seus clientes soluções completas em tecnologia da informação, oferecendo sempre produtos e serviços de qualidade. 4Parceira de negócios da IBM Brasil, a Plano TI conta com uma equipe certificada nas plataformas IBM System X, Power e Storage, com capacidade técnica para desenvolver e implementar projetos para as mais variadas necessidades de seus clientes. 4Seu catálogo de soluções foi desenvolvido com foco na simplificação da infraestrutura de TI, na utilização racional dos recursos tecnológicos, na disponibilidade dos serviços e na redução do custo total de propriedade. Mais informações: Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 13

14 PARCEIROS Ação Informática GOOGLE IMAGENS Virtualizar Linux em Power foi a solução sob medida para a Canção Nova Sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista, SP A capacidade de realocação dinâmica de recursos é o grande diferencial para a eficiência em responder às mudanças e novas demandas DA REDAÇÃO Um novo projeto, envolvendo o CRM, a loja virtual e outras aplicações, que demandariam um substancial crescimento e alta disponibilidade dos recursos de Tecnologia da Informação foram os propulsores para a Fundação João Paulo II - Canção Nova adquirir a Plataforma Power da IBM. De acordo com Protásio Soares de Medeiros, gerente de TI da instituição, a iniciativa os levou a adotar a virtualização de servidores Linux, que atendeu totalmente às reais necessidades da Canção Nova. Por exemplo, atender novas demandas e adequar cargas de trabalho ficou muito mais simples e eficiente, graças à realocação dinâmica de recursos do PowerVM. Entre os principais benefícios, destaco o desempenho da plataforma que nos permitiu ter as condições ideais para um crescimento escalonável, declara o executivo. Medeiros destaca que os fatores decisivos para a opção pela plataforma foram o alto desempenho dos processadores POWER7, a escalabilidade oferecida, a segurança e confiabiliade sem iguais na indústria de TI, bem como, a redução de custos que propiciou em espaço físico, baixo consumo de energia e eficiência operacional. O executivo explica que a solução está totalmente alinhada às aspirações da Canção Nova, que tem sede em Cachoeira Paulista/SP e está presente em outras 19 cidades do Brasil e em países como Paraguai, Estados Unidos, Portugal, França, Itália e Israel. A tecnologia tem papel fundamental na missão da instituição, de evangelizar através dos meios de comunicação, como TV, rádio e internet, ressalta Medeiros ao lembrar que o cenário de TI da Canção Nova era composto por servidores x86 em rack, que tomavam um espaço físico considerável, gerando calor, um alto consumo de energia e nenhuma flexibilidade para ajuste de carga. A fim de mudar esse quadro, começaram a usar uma solução Blade da IBM, o que possibilitou a utilização da plataforma Power, com todo o ambiente de virtualização implementado no tempo recorde de apenas duas semanas. Imediatamente após a adoção, gargalos como a velocidade na entrega de serviços e soluções foram resolvidos. 14 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

15 Não ficamos mais dependentes da demora para entregar equipamentos, pois agora nos programamos e temos como calcular a capacidade dos ativos, o que favorece também o planejamento da área financeira, diz o executivo. TRABALHO EM CONJUNTO O sucesso da implantação da plataforma Power se deve também ao envolvimento da equipe da M&F Informática, da distribuidora Ação Informática, do time da IBM e, claro, da Canção Nova. A M&F Informática é especializada em outsourcing de TI, comercialização de equipamentos de tecnologia, projetos de implementação de ERP, soluções para projetos de redução de custos e alta disponibilidade e segurança da informação. Fabiano Sabha Walczak, diretor da M&F, explica que a sua equipe atua como parceira dos clientes, mapeando as reais necessidades e focando na performance do seu parque tecnológico, trabalhando em conjunto para chegar a soluções com melhor relação custo X benefício. Nesse contexto, a M&F e a Ação Informática realizaram uma prova de conceito, através de testes que comprovaram que Power era a melhor opção para virtualizar seu ambiente Linux e atualizar os sistemas de Gestão Eletrônica de Documentos (GED), CRM e banco de dados, com a eficiência e confiabiliade que a Fundação João Paulo II - Canção Nova exigia. Esse objetivo foi cumprido por meio de scripts, levantamento do ambiente e pesquisa de compatibilidade entre as aplicações e o novo ambiente. O trabalho das equipes comprovou a confiabilidade da Tecnologia Power no cenário que envolve alta disponibilidade, aplicações de missão crítica e segurança em todo o ambiente de TI para o funcionamento das aplicações, afirma Walczak. Atualmente a Canção Nova tem um cenário de TI composto por dois links, com duas operadoras, onde seus 25 sites estão conectados por MPLS e as 23 lojas por uma solução de VPN. PROTÁSIO SOARES DE MEDEIROS, gerente de TI da instituição DIVULGAÇÃO M&F INFORMÁTICA Visando prestar o melhor serviço, a M&F Informática busca sempre um diferencial a oferecer e implantar. Sua atuação abrange serviço técnico e especializado em administração de ambientes de TI (total ou parcial) e também alocação de analistas para Help Desk (residentes ou remotos), no qual coloca à disposição dos clientes uma equipe de analistas com experiência nas mais diversas áreas da tecnologia. Acreditando que a excelência na prestação de serviço se faz com uma boa equipe de trabalho, motivada e sempre estimulada, tem como uma das prioridades em seu cronograma a capacitação dos funcionários através de cursos, workshops, reciclagem técnica, especializações e certificações. AÇÃO INFORMÁTICA A AÇÃO Informática, um dos principais distribuidores de valor agregado da América Latina, foi premiada pela IBM Brasil como "Melhor Distribuidor IBM 2010 no Brasil" e "Melhor Distribuidor de Power Systems em 2010 no Brasil". Fundada em 1987, a AÇÃO Informática se destaca como um dos principais distribuidores VAD de fabricantes como IBM, Oracle, VMWare, EMC, HP, Extreme, Dlink, SonicWall, RedHat, Novell e outros. A AÇÃO distribui as soluções da IBM há 21 anos, no Brasil. Os benefícios e diferenciais da AÇÃO são integrantes do AÇÃO Partner Program. CONHEÇA MAIS: Tel. (11) Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 15

16 TECNOLOGIAS E TENDÊNCIAS GOOGLE IMAGENS IBM anuncia processadores que aprendem e se aperfeiçoam de forma similar ao cérebro humano, trazendo o prenúncio de uma nova era computacional DA REDAÇÃO IBM anuncia o futuro dos chips com computação cognitiva Em agosto a IBM anunciou o Projeto SyNAPSE (do inglês Systems of Neuromorphic Adaptive Plastic Scalable Electronics), cujo objetivo é criar uma nova geração de chips que alimentarão sistemas, não apenas capazes de analisar informações complexas sob várias modalidades sensoriais ao mesmo tempo, mas que também reformulem dinamicamente à medida que interagem com seu ambiente. "Essa é uma iniciativa importante para ir além da arquitetura de von Neumann, que vem sendo adotada a mais de meio século", disse Dharmendra Modha, chefe do projeto no IBM Research. "As aplicações estão cada vez mais exigindo funcionalidades que vão além do possível com a arquitetura tradicional. Esses chips cognitivos serão um passo significativo na evolução dos computadores, sinalizando o início de uma nova geração de máquinas e aplicações. Em uma ruptura drástica com os conceitos tradicionais para a concepção e construção de computadores, os chamados computadores cognitivos, não serão programados da mesma forma que os tradicionais são hoje. Ao contrário, espera-se que as máquinas cognitivas sejam capazes de aprender através de experiências, encontrar correlações, criar hipóteses, reprogramando-se e evoluindo com a utilização, imitando a estrutura cerebral e sua plasticidade sináptica. 16 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

17 ARQUITETURA VON NEUMANN GOOGLE IMAGENS Arquitetura de computador em uso há mais de meio século, concebido pelo matemático John von Neumann, constitui o núcleo de quase todos os computadores do sistema em uso hoje em dia, independentemente do tamanho. Em um sistema de von Neumann, o processamento de informações e armazenamento são mantidas separados. Dados viajam entre o processador e memória, mas o computador não consegue processar e armazenar ao mesmo tempo. Pela natureza da arquitetura é um processo linear. É por isso que software é escrito como um conjunto de instruções para um computador seguir. É uma seqüência linear de eventos, construído para um processo linear. Daí vem a importância do clock, pois quanto mais rápido o processador, maior o número de instruções lineares que poderá executar. O modelo tradicional de von Neumann inclui uma unidade central de processamento, ou CPU, Memória RAM e um conjunto de periféricos para E/S. COMO SE COMPARAM AO CÉREBRO HUMANO? A teoria é que os componentes computacionais atuarão como "neurônios", enquanto as unidades de RAM agirão como as "sinapses", que conectam os neurônios. Em um cérebro real, os neurônios recebem impulsos elétricos das sinapses até que uma tensão suficiente se acumula em toda a sua membrana. Os neurônios, então, descarregam-se enviando sinais para outros neurônios através das sinapses. No chip cognitivo, um padrão de sinais da RA leva um elemento computacional a realizar uma operação simples. O resultado dessa operação é encaminhado, via RAM, a outros neurônios computacionais. Desta forma, o chip é "inspirado" pela arquitetura do cérebro, diz Modha. O QUE VIRÁ PELA FRENTE Os dois primeiros chips de protótipo já foram fabricados e estão atualmente em fase de testes. O projeto é apenas o início, contando com 256 neurônios. Para a próxima fase, o SyNAPSE espera expandir o design para de neurônios por chip. Para a Fase 2 desse projeto, a IBM contará com uma equipe de pesquisadores que inclui Columbia University, Cornell University, Universidade da Califórnia, Merced, Universidade de Wisconsin e Madison. Esses futuros chips serão capazes de absorver informações complexas, oriundas do mundo real, através de múltiplas modalidades sensoriais e agir de maneira dependente do contexto. Por exemplo, um sistema de computação cognitiva para monitoramento de nível de água do mundo poderia conter uma rede de sensores e atuadores, registrando e relatando constantemente métricas tais como temperatura, pressão, altura de onda e de maré do oceano, enviando alertas de tsunami preventivos com base na sua tomada de decisão. É VIVER E ESPERAR A IBM é um dos maiores desenvolvedores de processadores e tem uma rica história. Mais recentemente, cientistas do IBM Research criaram o supercomputador Watson, baseado em processadores IBM POWER, que consistiu em um sistema de computação para análise de dados não estruturados, especializado em compreender a linguagem humana natural e fornecer respostas específicas para questões complexas em tempo recorde. Watson representa um avanço tremendo em computadores, com sua habilidade para a compreensão da linguagem natural, ou "linguagem real", que não é concebida ou codificada apenas para uso em computadores, mas sim a linguagem que os humanos usam para obter e comunicar o conhecimento de forma natural. Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 17

18 CAPA Torna realidade a computação em nuvem TI precisa reinventar o datacenter movendo-se em direção a um maior dinamismo na infraestrutura DA REDAÇÃO FOTOMONTAGEM: GOOGLE IMAGENS uitas empresas acabam tendo frustradas suas necessidades de maior agilidade nos negócios em função de limitações e custos impostos pela infraestrutura de TI. Se, por um lado, contar com um número cada vez maior de aplicações e análise de dados de negócios, controles e integração multi-empresas com mobilidade trazem vantagens competitivas, por outro, suportar tudo isso exige uma infraestrutura moderna e inteligente, sob pena de frustrar a expectativa dos negócios. O esgotamento dos recursos de TI e o alto custo para mantê-la depõem contra a necessidade de crescimento das empresas. Estimase que 70% do orçamento de TI são drenados pela necessidade de manutenção do ambiente atual, restando apenas 30% para novas iniciativas. E quais são as tendências de TI para permitir às empresas lidarem adequadamente com este nível de complexidade? Que estratégias estão sendo adotadas nas organizações mais bem-sucedidas, superando as barreiras para o crescimento? RUMO A MENORES CUSTOS Para a maioria das empresas já ficou claro que a adoção de uma infraestrutura dinâmica e virtualizada é o primeiro passo rumo à eficiência operacional e menores custos. Através de uma infraestrutura virtualizada é possível: - reduzir o número de servidores à medida que aumentamos o nível de utilização dos mesmos. Enquanto um servidor commoditie utiliza de 5% a 15% de sua capacidade computacional, a virtualização permitirá obter níveis muito superiores, com consequente redução do número de máquinas necessárias para suportar as aplicações; 18 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

19 - diminuir a quantidade de servidores significa reduzir espaço físico ocupado, consumo de energia, refrigeração, conexões, cabos, pontos de falhas; - potencial redução de custos com licenciamento de software, contratos de manutenção, etc; - facilita implementação de uma política eficaz de alta disponibilidade e redução de paradas. Mas e quanto aos custos de gerenciamento? EFICIÊNCIA A SERVIÇO DE TI Se tempo é dinheiro, tudo que consome tempo consumirá também dinheiro nas empresas. Gerenciar e manter operando as chamadas fazendas de servidores é um dos grandes vilões em um estudo de Custo Total de Propriedade (TCO) em TI. A virtualização pode reduzir dramaticamente o custo de gerenciamento de infraestrutura, à medida que também reduz o número de servidores. Apesar de exigir um maior skill dos operadores, um ambiente centralizado e com ferramentas modernas de gerenciamento permitem uma maior eficiência operacional. Recursos de ajuste dinâmico às alterações de carga aliados a recursos modernos de compartilhamento, como os disponíveis no software de virtualização PowerVM, permite um alto grau de utilização de recursos aliados à alta eficiência de gerenciamento. Mas isso não é tudo quando falamos em aumento da eficiência e redução de custo operacional. Qualquer discussão sobre o operacional em TI precisa começar pelo entendimento de quais são as tarefas associadas à aquisição, implementação e manutenção de servidores. Após dimensionados (e adquiridos via processos de compra em cada empresa), serão disponibilizados para os administradores que irão realizar a configuração, definição de máquinas virtuais, perfis, instalação de hypervisors, sistema operacional, política de segurança e backup, aplicativos, etc. Depois de testado e em produção, a manutenção exige verificação diária e instalação contínua de paches, correções de rotina, monitoramento de funcionalidades e performance, eventuais upgrades, movimentação de cargas, atendimento ao usuário, recuperação de falhas, backups diários, etc. CUSTO OPERACIONAL TI PODEMOS ASSIM, ENTENDER O CUSTO OPERACIONAL EM TI COMO: Custo Operacional com HW Nº de Servidores Custo Operacional com Stack de SW ONDE: Custo Operacional com HW: Setup, Manutenção, Troubleshooting, Upgrades, etc. tudo isso para cada servidor. Fica simples entender que um ambiente composto por vários servidores de baixa utilização trazem um alto custo que aumenta a cada nova adição de servidores. Nº de Servidores: número total de servidores compondo usa infraestrutura. Nº de Imagens Stack de SW Custo Operacional com Stack de Software: todo o conjunto de operações para colocar e manter o conjunto (stack) de software em operação em cada servidor, como Setup, Manutenção, Troubleshooting, Upgrades, etc. Nº de Imagens Stack: número de imagens que cada conjunto de software possui. Por exemplo, se um servidor de produção A e seu servidor de HA B são imagens idênticas do mesmo conjunto de softwares necessários para uma aplicação, teremos o número de imagens stack igual a dois. Veja que se reduzirmos o número de servidores, também baixamos o custo operacional com hardware. E aí a virtualização tem seu grande papel e ganho. Fica claro também que se trabalharmos o stack de software, de forma a termos imagens que atendam o maior número de serviços possíveis, isso implicará em redução do número de imagens e do custo operacional de TI. CUSTO OPERACIONAL TI Custo Operacional com HW Nº de Servidores Custo Operacional com Stack de SW Nº de Imagens Stack de SW/ Fator Clone Introduzimos, dessa forma, um Fator Clone, que corresponde ao número de imagens idênticas que poderão ser replicadas através de clonagem, reduzindo o número total de stacks de software onde se realizaria todo o trabalho de setup, manutenção, troubleshooting, etc. Assim, as principais ferramentas de gerenciamento para virtualização dispõe hoje de capacidade para clonagem de máquinas virtuais, que permitem às áreas de TI reduzir custos com implementação de software Stack, reduzindo assim, o tempo para implementação de novos serviços e o custo operacional relacionado a essa operação. Outubro Novembro Dezembro 2011 Power Channel 19

20 CAPA PORTAIS DE AUTO-SERVIÇO NA COMPUTAÇÃO EM NUVEM SÃO COMPONENTES CRÍTICOS O PORTAL DE AUTO-SERVIÇO E PROVISIONAMENTO USO DO SERVIÇO SERVIÇO USUÁRIOS Stack de SW (OS, Hipervysor, tc) SERVIÇO SERVIÇO Infraestrutura de HW No exemplo da figura os serviços são inicialmente definidos/criados e armazenados em um catálogo de serviços. Os usuários requisitantes podem navegar por esse catálogo para localizar e selecionar o serviço desejado. Depois de submetido, o pedido é encaminhado para aprovação e, em seguida, atendido com o provisionamento da infraestrutura subjacente. O stack de software necessário é implementado de duas maneiras: cópia de imagem (mais rápido) ou via scripts automatizados para a instalação. Quando o serviço não é mais necessário, os recursos provisionados são liberados para que possam ser reivindicados por outras requisições de serviço. Para que tudo isso funcione, de forma integrada e transparente para o usuário, é necessário um software orquestrador que oferece o gerenciamento automatizado e fortalece cada etapa do processo. O provisionamento e controle Para muitos, a computação em nuvem ainda é apenas uma bela teoria, pouco vendo de prático em sua implementação. Mas não há dúvidas que hoje muitas empresas já empregam com sucesso o conceito de cloud privada, obtendo benefícios como maior eficiência operacional, agilidade, flexibilidade para aumento/redução de capacidade e uma significativa redução de custos. Na verdade a computação em nuvem uniu os conceitos das melhores práticas em virtualização, infraestrutura dinâmica e gerenciamento aprimorado com auto-serviços que visam reduzir dramaticamente os custos de infraestrutura e mão de obra associada. SOLICITAÇÃO DO SERVIÇO Captura Implementa Auto-gerencia Portal de Auto-Serviços Catálogo de Serviços DISPONIBILIZAÇÃO VIA: - Clone de imagens - Scripts de instalação automáticos automáticos de configurações permitem a bilhetagem de utilização dos recursos por usuário ou por centro de custo, emissão de relatórios, recursos de auditoria, autenticação, criptografia dos dados em trânsito, controle de acesso por perfil, verificação de conformidade com padrões de segurança e regulamentações. São todos recursos que podem complementar uma solução de nuvem, permitindo atender os requerimentos de automação de serviços, segurança e conformidade com leis e regulamentações. EDIÇÃO POWER SYSTEMS DO IBM STARTER KIT FOR CLOUD Necessidades de negócio cada vez maiores irão impulsionar as empresas em direção à transformação do datacenter. Isso inclui formas para redução de custos e busca por maior eficiência operacional através do uso de virtualização, padronização e automatização de serviços. O conceito de computação em nuvem, como visto no exemplo acima, se sustenta através de um modelo operacional bastante completo e automatizado. Obter os benefícios que a tecnologia promete, depende de criarmos a arquitetura de hardware e software adequados, bem como, criarmos os serviços padrão, que serão utilizados para autoprovisionamento. Mas a sensação generalizada é de que criar uma cloud privada é algo dispendioso, demorado e complicado. Ou seja: apesar de muitas empresas já conhecerem e adotarem virtualização, encontrando-se no estágio que chamamos de pronta para cloud, permanecem relutantes em adotar uma infraestrutura de nuvem privada. A edição Power Systems do IBM Starter Kit for Cloud é uma oferta criada para as empresas que desejam iniciar a implementação de uma cloud privada. Baseada em uma infraestrutura desenvolvida a partir dos servidores Power System, modelo cores POWER7, com os mesmos processadores utilizados no supercomputador Watson ou Blades 16-cores POWER7 PS703. Essa plataforma tem o reconhecimento do mercado em relação à sua extrema confiabilidade, grande performance e tecnologia de virtualização mais flexível e escapável do mercado de TI. Como base de armazenamento de dados, o revolucionário Storwize V7000, um storage que traz funcionalidades de máquinas high-end, como virtualização e thin provisioning. O objetivo dessa oferta é proporcionar o acesso rápido e simples aos benefícios da tecnologia cloud sem um investimento significativo, ajudando as empresas a reduzir as despesas de capital e administração. Como vantagem adicional, permite uma fácil integração com sistemas backend e processos, proporcionando uma plataforma de nuvem aberta e extensível para simples customização às necessidades específicas de seus negócios. E tudo isso em uma cloud privada, protegida por seu sistema existente de firewall. 20 Power Channel Outubro Novembro Dezembro 2011

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Serviços IBM de Resiliência:

Serviços IBM de Resiliência: Serviços IBM de Resiliência: Sempre disponível, em um mundo sempre conectado Como chegamos até aqui? Dois profissionais de TI estão sofrendo com interrupções de negócios frequentes, os problemas estão

Leia mais

Sistema IBM PureApplication

Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistemas de plataforma de aplicativos com conhecimento integrado 2 Sistema IBM PureApplication A TI está vindo para o centro estratégico dos negócios

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Virtualização Microsoft: Data Center a Estação de Trabalho Estudo de Caso de Solução para Cliente Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Visão

Leia mais

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem White paper Para provedores de nuvem Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem Introdução: os novos desafios dos clientes estimulam a adoção da nuvem Em um ambiente de negócios dinâmico,

Leia mais

Estudo de Caso. O Fator Wow! : Um Exemplo Perfeito do Uso de Analítica de Negócios e Computação em Nuvem para Criar Valor de Negócios

Estudo de Caso. O Fator Wow! : Um Exemplo Perfeito do Uso de Analítica de Negócios e Computação em Nuvem para Criar Valor de Negócios Estudo de Caso O Fator Wow! : Um Exemplo Perfeito do Uso de Analítica de Negócios Introdução Este Estudo de Caso é sobre como uma corporação (IBM) encontrou uma maneira de extrair valor de negócios adicional

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

Folheto Acelere sua jornada rumo à nuvem. Serviços HP Cloud Professional

Folheto Acelere sua jornada rumo à nuvem. Serviços HP Cloud Professional Folheto Acelere sua jornada rumo à nuvem Professional Folheto Professional A HP oferece um portfólio abrangente de serviços profissionais em nuvem para aconselhar, transformar e gerenciar sua jornada rumo

Leia mais

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes.

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes. Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes Abril de 2014 Conteúdo Resumo Executivo 3 Introdução 3 IBM recebe alta pontuação

Leia mais

Brochura Como a Hiperconvergência Pode Ajudar a TI

Brochura Como a Hiperconvergência Pode Ajudar a TI Brochura Como a Hiperconvergência Pode Ajudar a TI A próxima onda de virtualização Iniciativas bem intencionadas de TI podem levar a... Brochura Página 2 O que é hiperconvergência? O próximo passo na evolução

Leia mais

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Publicado: 3 de Novembro de 2011 Direitos autorais Este documento foi desenvolvido antes da fabricação do produto, portanto

Leia mais

Plataformas integradas de computação: Opções de infraestrutura para o datacenter do futuro

Plataformas integradas de computação: Opções de infraestrutura para o datacenter do futuro White paper Plataformas integradas de computação: Opções de infraestrutura para o datacenter do futuro Por Mark Bowker, analista sênior, e Perry Laberis, colaborador sênior de pesquisa Março de 2013 Este

Leia mais

Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize

Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize IBM Systems and Technology Junho de 2013 Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize A família IBM Storwize auxilia na entrega do que você precisa de

Leia mais

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA IT Asset Manager como gerenciar o ciclo de vida de ativos, maximizar o valor dos investimentos em TI e obter uma exibição do portfólio de todos os meus ativos? agility made possible

Leia mais

Acelere a sua jornada à nuvem

Acelere a sua jornada à nuvem Boletim técnico Acelere a sua jornada à nuvem Arquitetura de nuvem convergente da HP Índice Uma nova computação para a empresa... 2 Evolua a sua estratégia de TI para incluir serviços da nuvem... 2 A nova

Leia mais

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Virtualização Microsoft: Da Estação de Trabalho ao Data Center Estudo de Caso de Solução de Cliente Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Visão Geral

Leia mais

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com Cloud Computing Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing O

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

CA Automation Suite for Data Centers

CA Automation Suite for Data Centers FOLHA DE PRODUTOS: CA Automation Suite for Data Centers CA Automation Suite for Data Centers agility made possible "A tecnologia ultrapassou a capacidade de gerenciamento manual em todas as grandes empresas

Leia mais

monitoramento unificado

monitoramento unificado DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA monitoramento unificado uma perspectiva de negócios agility made possible sumário resumo executivo 3 Introdução 3 Seção 1: ambientes de computação emergentes atuais 4 Seção 2: desafios

Leia mais

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas BOLETIM INFORMATIVO Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas Oferecido por: HP Gard Little Julho de 2014 Elaina Stergiades OPINIÃO DA IDC Ao planejar a adoção de novas tecnologias

Leia mais

Hospedagem Virtualizada

Hospedagem Virtualizada Conheça também Desenvolvimento de sistemas Soluções de Segurança Soluções com o DNA da Administração Pública Há 43 anos no mercado, a Prodesp tem um profundo conhecimento da administração pública e também

Leia mais

Sistemas IBM Flex & PureFlex

Sistemas IBM Flex & PureFlex Eduardo (Edu) Pacini Líder Plataforma PureFlex Brasil IBM Systems & Technology Group Sistemas IBM Flex & PureFlex A Tecnologia está liderando as mudanças que impactam os negócios 1 Fatores de impacto:

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Cisco Intelligent Automation for Cloud

Cisco Intelligent Automation for Cloud Dados técnicos do produto Cisco Intelligent Automation for Cloud Os primeiros a adotarem serviços com base em nuvem buscavam uma economia de custo maior que a virtualização e abstração de servidores podiam

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Alavancando a segurança a partir da nuvem

Alavancando a segurança a partir da nuvem Serviços Globais de Tecnologia IBM White Paper de Liderança em Pensamento Serviços de Segurança IBM Alavancando a segurança a partir da nuvem O quem, o que, quando, por que e como dos serviços de segurança

Leia mais

Orientado a valor com TI

Orientado a valor com TI Orientado a valor com TI Estudo sobre TCO da SAP: nuvem gerenciada por parceiro da SAP REALTECH Consulting GmbH Matthias Schmitt 13.02.2015 2 Conteúdo Sumário executivo Detalhes sobre economia obtida com

Leia mais

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect Cloud Computing e HP Converged Infrastructure Para fazer uso de uma private cloud, é necessário crescer em maturidade na direção de uma infraestrutura convergente. Por Antonio Couto O que é Cloud Computing?

Leia mais

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Computing: O que é. O que faz. As vantagens. E tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS TM RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS A visão da computação em nuvem por Aad van Schetsen, vicepresidente da Compuware Uniface, que mostra por que

Leia mais

CIOs da região Ásia-Pacífico interessados em. liderar o setor de big data e da nuvem

CIOs da região Ásia-Pacífico interessados em. liderar o setor de big data e da nuvem 8 A pesquisa indica ênfase na criação de valor, mais do que na economia de custos; o investimento em big data, na nuvem e na segurança é predominante CIOs da região Ásia-Pacífico interessados em liderar

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação

Estratégias em Tecnologia da Informação Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 08 Alternativas de Investimento em TI Fábricas de software, Softwarehouses, Virtualização, Computação em Nuvem Datacenter Material de apoio 2 Esclarecimentos

Leia mais

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores NASCIDO PARA NUVEM. INFORME PUBLICITÁRIO Windows Server 2012 março de 2013 COM A NUVEM NO DNA WINDOWS SERVER 2012 É A RESPOSTA DA MICROSOFT PARA O NOVO CENÁRIO DOS DATACENTERS pág. 4 FUTURO Sistema operacional

Leia mais

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Data de publicação: 1 de Dezembro de 2011 Visão Geral do Produto SQL Server 2012 é uma versão significativa do produto, provendo Tranquilidade em ambientes

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM.

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM. O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM O ponto de vista dos executivos sobre a nuvem Janeiro de 2015 Computação em nuvem Mudança da função e da importância das equipes de TI Janeiro de 2015 1 Capacitação

Leia mais

Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação. Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica

Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação. Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica Fernando Bittar Diretor de Novos Negócios ITM IT Management Contexto do Mercado de Cloud Computing

Leia mais

a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible

a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible A transformação da TI e as identidades em evolução Diversas tendências da tecnologia,

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com Planejamento Estratégico de TI Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com VPN Virtual Private Network Permite acesso aos recursos computacionais da empresa via Internet de forma segura Conexão criptografada

Leia mais

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br CLOUD COMPUTING Andrêza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM. Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar)

COMPUTAÇÃO EM NUVEM. Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar) COMPUTAÇÃO EM NUVEM Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil Mih_nai@hotmail.com juliocesar@unipar.br Resumo. Este artigo contém a definição e citação

Leia mais

Symantec NetBackup for VMware

Symantec NetBackup for VMware Visão geral A virtualização de servidor é a maior tendência modificadora na área de TI atual. Os departamentos de TI, que dependem do orçamento, estão se apressando para aderir à virtualização por vários

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS 2009 Introdução Resumo Executivo Apesar das turbulências que marcaram o ano de 2008, com grandes variações nos indicadores econômicos internacionais,

Leia mais

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração WHITE PAPER Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração Patrocinado pela Cisco Systems, Inc setembro de 2013 Resumo executivo As empresas

Leia mais

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Consultoria BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Resumo Executivo Conforme viajamos pelo mundo, muitas vezes encontramos um tipo

Leia mais

Otimização de recursos de TI

Otimização de recursos de TI Otimização de recursos de TI Maurício Affonso da Conceição Executivo de Unidade de Negócio, IBM Brasil mauaff@br.ibm.com 2005 IBM Corporation Agenda Systems Sales Estratégias de Otimização de Recursos

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de ativos de software com o CA IT Asset Manager como posso administrar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade? agility made possible

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

EMC FORUM 2015. Copyright 2015 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1

EMC FORUM 2015. Copyright 2015 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1 EMC FORUM 2015 1 EMC FORUM 2015 Identifying the right kind of hybrid cloud for your business Presenter name 2 O SOFTWARE ESTÁ REDEFININDO TODAS AS EMPRESAS OS NEGÓCIOS ESTÃO MUITO MAIS DINÂMICOS EQUIPE

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Acelerador de Nuvem Privada da CA para Plataformas Vblock com que rapidez sua nuvem privada pode dar suporte à crescente demanda por serviços de negócios e acelerar o tempo levado para

Leia mais

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Desafios de TI Arquitetura da VMware Estratégia da VMware Sucesso

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Ortobom SEGMENTO: Indústria MAIOR INTEGRAÇÃO E FLUXO DE DADOS GARANTE RESULTADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: A empresa buscava maior comunicação e integração

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria Caso de Sucesso Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria As inovações na forma como integramos e gerenciamos a relação com parceiros estão ajudando a reduzir o custo dos relacionamentos

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA Mainframe Chorus posso otimizar as habilidades de nossa equipe de TI e preservar sua experiência para gerenciar mainframes de maneira mais adequada durante as próximas décadas? agility

Leia mais

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios IBM Global Technology Services White Paper IBM Resiliency Services Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios Escolha o provedor de serviços gerenciados certo para mitigar riscos à reputação

Leia mais

Soluções IBM SmartCloud. 2014 IBM Corporation

Soluções IBM SmartCloud. 2014 IBM Corporation Soluções IBM SmartCloud Estratégia de Cloud Computing da IBM Business Process as a Service Software as a Service Platform as a Service Infrastructure as a Service Design Deploy Consume Tecnologias para

Leia mais

Automação do Processo de Instalação de Softwares

Automação do Processo de Instalação de Softwares Automação do Processo de Instalação de Softwares Aislan Nogueira Diogo Avelino João Rafael Azevedo Milene Moreira Companhia Siderúrgica Nacional - CSN RESUMO Este artigo tem como finalidade apresentar

Leia mais

transferência da gestão de atendimento para o modelo SaaS

transferência da gestão de atendimento para o modelo SaaS WHITE PAPER Setembro de 2012 transferência da gestão de atendimento para o modelo SaaS Principais problemas e como o CA Nimsoft Service Desk ajuda a solucioná-los agility made possible Índice resumo executivo

Leia mais

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA BACKUP SYSTEM Com o Nevoa Backup System você garante não só o mais eficiente sistema de backup para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce, seus

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária Publicação: 7 de dezembro de 2009 A Amazon Web Services (AWS) oferece a empresas de todos os tamanhos serviços de rede

Leia mais

Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE

Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE BOLETIM INFORMATIVO Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE Oferecido por: Hewlett Packard Enterprise (HPE) Jed Scaramella Novembro de 2015 OPINIÃO DA IDC

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1 PROPOSTA COMERCIAL Produto: Cloud Server Pro www.locaweb.com.br 1 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRAESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÕES PROPOSTAS 5 BENEFÍCIOS DO CLOUD SERVER PRO LOCAWEB 6 SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

Descrição geral da solução. Eleve o nível de eficiência de seu data center HPE Helion CloudSystem

Descrição geral da solução. Eleve o nível de eficiência de seu data center HPE Helion CloudSystem Descrição geral da solução Eleve o nível de eficiência de seu data center HPE Helion CloudSystem Eleve o nível de eficiência de seu data center Página 2 O que é o HPE Helion HPE Helion é o portfólio de

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

Automatizando o Data Center

Automatizando o Data Center Este artigo examina uma arquitetura alternativa que suporte a automação do data center e o provisionamento dinâmico sem a virtualização do sistema operacional. por Lori MacVittie Gerente Técnico de Marketing,

Leia mais

Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade

Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade Fornecendo insights mais profundos sobre a demanda dos clientes quatro vezes mais rápido com a Solução IBM FlashSystem Visão geral A necessidade

Leia mais

Principais inovações baseadas em nuvem Relatório de início rápido do SAP HANA Enterprise Cloud para [Nome do cliente]

Principais inovações baseadas em nuvem Relatório de início rápido do SAP HANA Enterprise Cloud para [Nome do cliente] Principais inovações baseadas em nuvem Relatório de início rápido do SAP HANA Enterprise Cloud para [Nome do cliente] [Data] Página 1 de 10 DECLARAÇÃO DE CONFIDENCIALIDADE E EXCEÇÕES DA SAP Este documento

Leia mais

EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP. Agosto de 2014

EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP. Agosto de 2014 EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP Agosto de 2014 1 Os clientes SAP estão se transformando Agilidade nos negócios Móvel Percepção e resposta Em tempo real Ágil ITaaS Alta capacidade de resposta Resiliente

Leia mais

Serviços IBM de Site e Facilities

Serviços IBM de Site e Facilities IBM Global Technology Services White Paper Novembro de 2010 Serviços IBM de Site e Facilities Implementando rapidamente Data Centers flexíveis com custo reduzido, para atender mudanças imprevisíveis na

Leia mais

VMware vcloud Suite 5.8

VMware vcloud Suite 5.8 VMware vcloud Suite 5.8 Licenciamento, preços e pacotes WHITE PAPER Índice Resumo executivo.... 3 Visão geral de licenciamento do.... 3 Unidade de licenciamento: por processador (CPU).... 3 Sem limites

Leia mais

Gestão integrada de múltiplos fornecedores. Do Caos ao Domínio. Maio/2009. Nós Fazemos as Empresas Mais Competitivas

Gestão integrada de múltiplos fornecedores. Do Caos ao Domínio. Maio/2009. Nós Fazemos as Empresas Mais Competitivas Gestão integrada de múltiplos fornecedores Do Caos ao Domínio Maio/2009 Nós Fazemos as Empresas Mais Uma página sobre a TGT Pg. 1 Somos dedicados exclusivamente à CONSULTORIA, o que garante aos nossos

Leia mais

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup

Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup CUSTOMER SUCCESS STORY Ingram Micro Brasil garante excelência de backup e contingência com CA ARCserve Backup PERFIL DO CLIENTE Indústria: Distribuição de produtos de tecnologia Empresa: Ingram Micro Brasil

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

CLOUD COMPUTING. Gustavo Matos Rodrigues 1 Leandro Panatta Vissentini 1 Sandy Júnior Sagiorato 1 Victor Daniel Scandolara 1 Eva Lourdes Pires 2

CLOUD COMPUTING. Gustavo Matos Rodrigues 1 Leandro Panatta Vissentini 1 Sandy Júnior Sagiorato 1 Victor Daniel Scandolara 1 Eva Lourdes Pires 2 CLOUD COMPUTING Gustavo Matos Rodrigues 1 Leandro Panatta Vissentini 1 Sandy Júnior Sagiorato 1 Victor Daniel Scandolara 1 Eva Lourdes Pires 2 Resumo: Este artigo tem como objetivo falar da computação

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

Transformando seus desafios em vantagens. Isso é produção inteligente, segura e sustentável

Transformando seus desafios em vantagens. Isso é produção inteligente, segura e sustentável Transformando seus desafios em vantagens Isso é produção inteligente, segura e sustentável Transformando seu negócio As negociações de sempre? Aqueles dias fazem parte do passado. As empresas de hoje devem

Leia mais

PROGRAMA DE CANAIS E FRANQUIA MAILMIX

PROGRAMA DE CANAIS E FRANQUIA MAILMIX PROGRAMA DE CANAIS E FRANQUIA MAILMIX A Infomix Desde 2003 no mercado, a Infomix Comércio de Computadores Ltda, atende seus clientes com excelência, por ter uma equipe altamente qualificada, apresenta

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA Capacity Management and Reporting Suite for Vblock Platforms você pode planejar efetivamente a migração e o gerenciamento de sistemas e aplicativos nas Plataformas Vblock? agility

Leia mais

Cisco Unified Data Center A infraestrutura ideal para ambientes e aplicações da Microsoft

Cisco Unified Data Center A infraestrutura ideal para ambientes e aplicações da Microsoft Cisco Unified Data Center A infraestrutura ideal para ambientes e aplicações da Microsoft SIMPLIFIQUE SUA TI MODERNIZE SUA EMPRESA Ineficiência da equipe de TI Interrupção não programada Gerenciamento

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

O caminho para a nuvem particular. O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock

O caminho para a nuvem particular. O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock O caminho para a nuvem particular O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock Internet Research Group Internet Research Group Junho de 2012 Sobre o Internet Research

Leia mais

Apresentação da Empresa e seus Serviços.

Apresentação da Empresa e seus Serviços. Apresentação da Empresa e seus Serviços. 1 Conteúdo do Documento Sobre a MSCTI... 3 Portfólio de Serviços... 4 O que a consultoria MSCTI faz?... 5 Outros Serviços e Soluções... 6 Certificações... 7 Clientes

Leia mais