TC / Natureza: Representação Unidade Jurisdicionada: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. DESPACHO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TC 016.148/2011-8 Natureza: Representação Unidade Jurisdicionada: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. DESPACHO"

Transcrição

1 MINS-ASC Fls. TC / Natureza: Representação Unidade Jurisdicionada: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. DESPACHO Trata-se de representação formulada a este Tribunal pela empresa Siemens Enterprise Communications - Tecnologia da Informação e Comunicações Corporativas Ltda., com pedido de medida cautelar inaudita altera pars, em face de supostas irregularidades no Pregão Eletrônico SRP 137/2010, conduzido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios - TJDFT, cujo objetivo consistiu no registro de preços para contratação de ampliação e atualização tecnológica da planta de telecomunicações daquele órgão, por meio de serviços com fornecimento, instalação e configuração de materiais e equipamentos. 2. As irregularidades apontadas na exordial se referiram, em síntese, a suposto direcionamento das especificações constantes do edital para permitir a aquisição dos equipamentos da empresa Cisco, sob o argumento da padronização, em que pese, no entendimento da representante, não se tratar de ampliação e atualização tecnológica, mas de verdadeira aquisição de uma rede completamente nova, bem assim, à existência de sobrepreço nos valores dos itens licitados. 3. De início, a secretaria havia entendido não restar configurada a presença do fumus boni juris, de modo que opinou pela negativa de concessão da cautelar inaudita altera parte pleiteada pela representante, além da realização de diligências (DE nº 5). 4. Em despacho exarado nos autos, entretanto, entendi que as questões deveriam ser objeto de esclarecimento prévio, antes de se decidir pela adoção ou não da medida, razão pela qual determinei a oitiva prévia do pregoeiro e a realização de uma série de diligências, as quais são objeto de exame nesta oportunidade, em cognição não exauriente sobre a matéria, haja vista ainda discutir-se a adoção ou não de medida cautelar (DE nº 8). 5. O pregão em questão foi realizado para contratação dos seguintes itens de fornecimento, a seguir resumidos: bens permanentes: a) item 01: aparelhos telefônicos tipo I (básico); b) item 02: 400 aparelhos telefônicos tipo II (intermediário); c) item 03: 200 aparelhos telefônicos tipo III (avançado); d) item 04: 100 aparelhos telefônicos tipo IV (wireless); e) item 05: 100 aparelhos telefônicos tipo V (videoconferência); f) item 06: 150 equipamentos ATA, conforme descritos no anexo VII do edital; g) item 07: 50 aparelhos videofônicos IP bens de consumo: a) item 08: 100 unidades de fornecimento de software e licença de direito de uso para software softphone;

2 b) item 09: 100 unidades de fornecimento de software e licença de direito de uso integrado entre smartphones e a central telefônica VoIP Cisco CALL MANAGER V. 8.0; c) item 10: unidades de fornecimento para liberação e funcionamento de aparelho telefônico, softphone, cliente de smartphone ou ATA na central telefônica Cisco CALL MANAGER v.8.0; serviços (item 11): a) item 11.1: fornecimento e instalação de roteador de dados/voz/vídeo do tipo I, especificados no edital; b) item 11.2: fornecimento e instalação de roteador de dados/voz/vídeo do tipo II, especificados no edital; c) item 11.3: fornecimento e instalação de central telefônica VoIP, conforme especificado no edital; d) item 11.4: fornecimento e instalação de solução de gravação de voz. 6. Desta feita, a unidade técnica, após o exame dos elementos apresentados, entendeu que o TJDFT demonstrou que a opção de padronização de marca do parque tecnológico de telefonia estava devidamente amparada em estudos, laudos e pareceres que discriminam as vantagens econômicas e as necessidades técnicas e estratégias para atender à demanda do órgão (DE nº 27), todavia, em face da constatação de indícios de sobrepreço e irregularidades no exame de propostas e na elaboração do orçamento-base, propõe a adoção de medida cautelar para determinar a suspensão das atas de registro de preços publicadas. 7. Acerca das especificações constantes do edital, entendeu a secretaria que o tribunal licitante demonstrou que, para atingir o máximo das funcionalidades pretendidas, seria imprescindível assegurar a completa compatibilidade de especificações técnicas e de desempenho entre os equipamentos existentes, legados da extinta Nortel, e os licitados, sob pena de se tornar uma aquisição ainda que menos dispendiosa, absolutamente antieconômica, quando considerada a sua capacidade de atendimento em relação aos objetivos negociais a que se destinam, ou seja, não resguardar a compatibilidade em 100% de funcionalidades, poderia implicar em sérios prejuízos à operação dos terminais. 8. Consoante síntese das alegações do TJDFT, até o ano de 2008 o parque de telefonia corporativa daquele órgão, avaliado em mais de R$ 6 milhões, era 100% da marca Nortel, e já se utilizava da tecnologia IP em vários fóruns citados. Com o declínio e extinção de tal empresa, buscouse preservar o legado lá existente com alternativas técnicas que buscassem integração de soluções novas e antigas. Naquele ano, adquiriam equipamento central IP da marca Siemens que jamais conseguiu se integrar ao legado em funcionamento. Relatam que no fim de 2009 obtiveram êxito na integração dos sistemas Nortel e Cisco. 9. A opção pela manutenção da planta de telefonia com a solução Cisco buscou então evitar a perda de funcionalidades e o impacto em todo o investimento já realizado naquele tribunal. Assim, justificam os responsáveis que não haverá substituição da solução já existente, mas ampliação de capacidade, haja vista a possibilidade que esse sistema possui de somar as novas aquisições de licenças ao sistema já existente, permitindo, com a padronização, preservar-se o investimento feito em equipamentos Nortel (da ordem de R$ 6 milhões) e equipamentos Cisco lá em funcionamento (R$ 1 milhão, até então investido). 10. No procedimento examinado, o alto nível de detalhamento das especificações técnicas dos equipamentos foi acolhido, pela unidade técnica deste Tribunal, em função da demonstração da necessidade de manter-se plena compatibilidade com o parque tecnológico de telecomunicações já existente no órgão em tela, posicionamento que em princípio apoio, neste exame de cognição sumária,

3 próprio das medidas ad cautelaum. Entretanto, considero ser mais provável que a mesma condição não se repita em outros órgãos ou entidades da Administração Pública. 11. Ou seja, se a justificativa, na hipótese, é cabível para o TJDFT, dificilmente o será para outro órgão ou entidade, ao menos não para que utilize o mesmo nível de detalhamento de especificações. Assim, já vislumbro indicativos de que a adesão de outros órgãos e entidades às atas de registro de preços do TJDFT deva ser vedada. Eventual medida definitiva em relação a tal aspecto, contudo, somente poderá ser adotada quando da apreciação do mérito destes autos pelo Tribunal. Entretanto, a presença de tais indícios e o fato de eventuais adesões poderem ocorrer a qualquer momento, já que as atas de registro de preços encontram-se vigentes, conduzem a que também se identifique, aqui, a presença tanto da fumaça do bom direito quanto do perigo na demora. Considero, assim, que a possibilidade de adesão a tais atas deva ser objeto de suspensão cautelar, até que a questão seja devidamente examinada. 12. De outro modo, entendeu a secretaria que há fortes indícios de sobrepreço em alguns itens cotados e registrados nas atas de registro de preços, situação que ganha maior preocupação não apenas em função de virem a ser adquiridos pelo órgão licitante, mas também porque o pregão se destinou ao registro de preços, com possibilidade de adesão de outros órgãos e entidades da Administração Pública, situação que, conforme parecer da unidade técnica, demanda a suspensão cautelar das atas. 13. Tal juízo foi efetuado com base na comparação dos modelos de equipamentos Cisco constantes das atas de registro de preços com preços do fabricante encontrados em seu sítio, para vendas a varejo, bem assim, em relação aos verificados em concorrência realizada pela Caixa Econômica Federal, descartando-se, assim, os parâmetros de preços indicados pela representante, porquanto os equipamentos lá apontados não guardavam identidade de funcionalidades e especificações. 14. Ademais, pela documentação encaminhada, foi possível constatar indícios de irregularidades na estimativa dos valores de referência, na aceitação de proposta da licitante A. Telecom, a quem foram adjudicados os preços objeto de registro na Ata de Registro de Preços 050/2011, na ausência de detalhamento de custos para o item de serviços, e na desconsideração do menor preço e adequabilidade da proposta para o item 01 do pregão, apresentado pela empresa Show Tecnologia da Informação Ltda., conforme observações constantes do item 31 da instrução técnica (DE nº 27). Esses indícios apontados pela secretaria, atinentes ao sobrepreço, estimativas de preço-base para a licitação e aceitação de propostas de preços, constituíram razão suficiente para que a unidade alvitrasse a este Tribunal a adoção de medida cautelar com vistas à suspensão das atas de registro de preços publicadas. 15. Acompanho as conclusões da 3ª Secex em relação à presença, ao menos até o momento, de fortes indícios de sobrepreço nas propostas declaradas vencedoras. Os elementos até aqui disponíveis sinalizam, portanto, para a possibilidade de prejuízos à Administração, configurando-se, no caso sob exame, o preenchimento do requisito do fumus boni juris. 16. Além disso, há notícia nos autos da publicação das Atas de Registro de Preços 50 e 51/2011, o que evidencia o encerramento da fase externa do certame e a iminência da celebração de contrato com as empresas vencedoras A. Telecom Teleinformática Ltda. e Show Tecnologia da Informação Ltda., não se podendo sequer precisar se essa assinatura já ocorreu. O momento se mostra oportuno, portanto, para pronta atuação desta Casa, no sentido de evitar a eventual configuração de prejuízos para o Erário, enquanto não afastados os indicativos de sobrepreço e demais irregularidades indicadas. 17. Quanto ao periculum in mora, há que se ressaltar, ainda, o aspecto de se tratar de procedimento destinado à lavratura de Ata de Registro de Preços, à qual poderão aderir outros órgãos

4 ou entidades da Administração Pública, sendo que, no caso, tal etapa já foi implementada, por intermédio da formalização das atas de registro de preços. Portanto, resta evidente o preenchimento de tal requisito necessário à adoção da medida acautelatória. 18 Em respeito ao princípio da mais ampla defesa, em que pese ter sido realizada a oitiva prévia do TJDFT, nos termos do art. 276, 2º, do Regimento Interno/TCU, há necessidade de abrir-se nova oportunidade de manifestação desse órgão, além é claro, das empresas adjudicatárias do certame, já que a cautelar findou por fundar-se em motivos diversos daqueles enfocados nas oitivas prévias realizadas. Desta feita, então, entendo deva ser realizada conforme o 3º do citado dispositivo, concedendo-se-lhes o prazo de quinze dias para resposta, ocasião em que já deverão aduzir os elementos pertinentes ao exame de mérito desta representação. 19. Finalmente, penso ser apropriado autorizar à 3ª Secex, desde logo, a solicitar o pronunciamento da Sefti, caso necessário ao entendimento de aspectos técnicos que envolvam o mérito desta representação, nada obstante o seu posicionamento inicial acerca das especificações constantes do edital. 20. Ante o exposto, determino: a) cautelarmente ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios - TJDFT, com fulcro no art. 71, inciso IX, da CF/88, no art. 45 da Lei 8.443/92 e no art. 276, caput, do Regimento Interno do TCU, que: a.1) adote as providências necessárias à imediata suspensão das Atas de Registro de Preços 050/2011 e 051/2011, originadas do Pregão Eletrônico 137/ SRP; a.2) se abstenha de praticar atos que impliquem na celebração ou execução de contratos decorrentes da referida ata, mantendo-os suspensos até que este Tribunal delibere definitivamente sobre a matéria tratada nestes autos; a.3) adote providências necessárias no sentido de coibir a adesão de outros órgãos e entidades às referidas atas de registro de preços, até que este Tribunal delibere definitivamente sobre a matéria tratada nestes autos; b) com fundamento no art. 276, 3º, do Regimento Interno/TCU, a fixação do prazo de prazo de 15 (quinze) dias para que o pregoeiro e demais responsáveis pelo Pregão Eletrônico 137/ SRP, no âmbito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, se manifestem sobre as irregularidades apontadas nestes autos, em especial, sobre as seguintes constatações que evidenciam irregularidades no procedimento: b.1) o aparelho telefônico Cisco 6921, que consta da ata de registro de preços para o item 1 do Pregão Eletrônico 137/2010 é diferente daquele cotado na fase de levantamento de preços (modelo Cisco 7942); b.2) o equipamento Cisco 6921 é inferior ao Cisco 7942 e conforme levantamento efetuado no sítio da fabricante o seu preço de venda no varejo é R$ 606,21 (seiscentos e seis reais e vinte e um centavos) (peça 26 dos autos), ou seja, 16,96% mais barato em relação ao preço final alcançado no certame; b.3) o preço do mesmo equipamento Cisco 6921 atingiu a cifra de R$ 510,54 (quinhentos e dez reais e cinquenta e quatro centavos) em concorrência conduzida pela Caixa Econômica Federal - Caixa, realizada no mesmo período do certame analisado, conforme se observa da Ata de Registro de Preços resultante do Pregão Eletrônico 75/ Caixa (peça 26), ou seja, 30,06 % inferior ao preço atingido no certame; b.4) pelo que consta dos autos, o Pregoeiro deveria ter rejeitado a proposta da concorrente A. Telecom, uma vez que o modelo Cisco 6921 supostamente não atende as características técnicas exigidas no anexo II do Edital, como se pode observar pelas fotos dos aparelhos juntados à peça 26,

5 sendo que a empresa A. Telecom não informou expressamente no campo descrição detalhada do objeto ofertado o modelo do aparelho ofertado na disputa, e a recusa da proposta da empresa A.Telecom para o item 1 do pregão deveria ter acontecido após o envio da proposta final ajustada ao lance final; b.5) a empresa Show Tecnologia da Informação Ltda. foi a concorrente que apresentou o melhor preço para o aparelho Cisco 7942, tendo, inclusive, informado expressamente na descrição detalhada do objeto ofertado que estava disputando o item 1 do certame com o mencionado modelo; b.6) consta do PA 19759/2010 previsão de custo médio estimado que considera preços bastante inferiores aos praticados pelas empresas que atenderam à pesquisa de preço realizada pelo órgão (itens 5, 6, 7, 9 e 11, peça 20, p. 28/35), todos a serem fornecidos pela empresa A.Telecom em valores superiores aos estimados; b.7) no PA 19759/2010 é mencionado que o valor estimado foi adotado com base em Ata de Registro de Preços do TRT 9ª Região, sem contudo ter sido identificado o procedimento, nem tampouco anexado tal documento ao Projeto ou, ainda, haver sido considerada a opção de adesão à ata; b.8) os custos médios estimados pelo TJDFT, baseados na Ata de Registro de Preços do TRT, não foram considerados para efeito de composição do preço médio dos equipamentos licitados, nem existem evidências de que os potenciais fornecedores foram convidados a participar da pesquisa de preços; b.9) não existem evidências nos autos de que a pesquisa de preços levada a efeito pelo TJDFT constante do anexo III (peça 21, p. 193/197) tenha incluído as empresas Damovo do Brasil S.A., Vertax Redes e Telecomunicações Ltda., Redisul Ltda. e BK Tecnologia da Informação Ltda., sugeridas no PA 19759/2010 (peça 20, p.42); b.10) o lance vencedor para aquisição do aparelho telefônico Cisco 7921G, (item 4, do Pregão Eletrônico 137/2010) registrou o valor unitário de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais), enquanto o mesmo produto, conforme levantamento efetuado no sítio da fabricante Cisco (peça 26), está cotado para venda no varejo a R$ 1.215,12 (mil duzentos e quinze reais e doze centavos), ou seja, 18,99% inferior ao praticado no presente certame; b.11) o lance vencedor para aquisição do aparelho Cisco 9971 (item 5) registrou o valor unitário de R$ 3.750,00 (três mil e setecentos e cinquenta reais), enquanto o mesmo produto no Pregão Eletrônico 75/ , levado a efeito pela Caixa (peça 26), atingiu o valor unitário de R$ 2.534,56 (dois mil quinhentos e trinta e quatro reais e cinquenta e seis centavos), ou seja, 32,41% inferior ao praticado no presente certame, que, por sua vez, é ainda superior ao valor estimado no PA 19759/2010; b.12) o lance vencedor para aquisição do equipamento ATA 187 (item 6) registrou o valor unitário de R$ 1.020,00 (mil e vinte reais), enquanto o mesmo produto no sítio do fabricante Cisco está sendo comercializado no varejo a R$ 782,21 (setecentos e oitenta e dois reais e vinte e um centavos) (peça 26), e na Ata de Registro de Preços resultante do Pregão Eletrônico 75/ Caixa, por R$ 551,81 (quinhentos e cinquenta e um reais e oitenta e um centavos) (peça 26), ou seja, valores 23,31% e 45,90%, respectivamente, inferiores ao praticado no presente certame; b.13) consta do item 11, na composição dos custos, a cobrança de valores referentes à instalação, configuração e fornecimento de insumos, sem detalhamento dos custos, em que pese esse detalhamento, principalmente do custo relativo aos insumos, seja essencial para efeito de comparação com o preço dos equipamentos pretendidos no mercado e identificação de suposto sobrepreço; b.14) as peculiaridades encontradas no TJDFT, as quais resultaram nas especificações constantes do edital, podem não ser encontradas em outros órgãos, razão pela qual a replicação das atas de registro de preços para toda a Administração parece não ser medida que traga vantagens a esses, devendo, se for o caso, manter-se restrita aos fornecimentos requeridos pelo próprio TJDFT;

6 c) com fundamento no art. 276, 3º, do Regimento Interno/TCU, a fixação do prazo de prazo de 15 (quinze) dias, para que as empresas A. Telecom Teleinformática Ltda. e Show Tecnologia da Informação Ltda. se manifestem, se assim desejarem, sobre as irregularidades apontadas nestes autos, especialmente, sobre aquelas indicadas nos itens b.1 a b.14 retro; d) a realização de diligência ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, com fulcro no art. 157 do RI/TCU, com vistas a que, no prazo de quinze dias, contado da ciência deste despacho: d.1) forneça a este Tribunal o detalhamento da composição de custos dos serviços que compõem o item 11 da Ata de Registro de Preços 050/2011; 21. Determino, ainda, à 3ª Secex, com a urgência requerida pelo caso, que: a) providencie as comunicações cabíveis para a implementação das medidas indicadas no parágrafo precedente, encaminhando, juntamente com os expedientes, cópia em meio digital dos autos ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios - TJDFT e às empresas A. Telecom Teleinformática Ltda. e Show Tecnologia da Informação Ltda., como subsídio a suas manifestações; b) após o cumprimento de tais medidas, providencie nova instrução do feito em relação à manutenção, ou não, da medida cautelar adotada, restituindo-o a este Gabinete. 22. Fica a 3ª Secex autorizada, desde já, a solicitar, caso entenda necessário, quando da posterior análise de mérito destes autos, o pronunciamento da Sefti a respeito dos aspectos técnicos envolvidos no exame destes autos, devendo, nessa hipótese, especificar, da melhor forma possível, as matérias sobre as quais deseja tal manifestação. Gabinete, em 16 de agosto de Augusto Sherman Relator

DESPACHO. MINS-ASC Fls. 1. TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Gabinete do Ministro-Substituto Augusto Sherman Cavalcanti

DESPACHO. MINS-ASC Fls. 1. TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Gabinete do Ministro-Substituto Augusto Sherman Cavalcanti MINS-ASC Fls. 1 TC-014.271/2011-7 (Processo Eletrônico) Natureza: Representação. Unidade: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJDFT Interessada: Seal Telecom Comércio e Serviços de Telecomunicações

Leia mais

COMUNICAÇÃO. Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Procurador-Geral,

COMUNICAÇÃO. Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Procurador-Geral, COMUNICAÇÃO Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Procurador-Geral, Comunico a este Colegiado que, na data de ontem, 13/4/2010, ao examinar o Processo TC-007.573/2010-3, que trata de representação

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda.

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda. Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0255-19/99-P Identidade do documento: Decisão 255/1999 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Relatório de Demandas Externas n 00190.012047/2013-59 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações

Leia mais

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Interessados: Interessado: Ministério das Comunicações, Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0483-30/01-P Identidade do documento: Decisão 483/2001 - Plenário Ementa: Acompanhamento. ANATEL. Licitação. Outorga de direito de concessão para a exploração

Leia mais

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade.

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 323/94 - Segunda Câmara - Ata 44/94 Processo nº TC 625.141/94-6 Responsável: Dra. Marga Inge Barth Tessler, Juiza Federal Diretora do Foro. Órgão: Justiça

Leia mais

Gabinete do Conselheiro Renato Costa Dias

Gabinete do Conselheiro Renato Costa Dias PROCESSO Nº: 3342/2015-TC. INTERESSADO: Prefeitura Municipal de Mossoró ASSUNTO: Dispensa de Licitação RESPONSÁVEL: Abertura de Processo Seletivo Locação de Veículos RELATOR: Conselheiro Renato Costa Dias

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 GABINETE DO GOVERNADOR D E C R E T O Nº 1.093, DE 29 DE JUNHO DE 2004 Institui, no âmbito da Administração Pública Estadual, o Sistema de Registro de Preços

Leia mais

RELATÓRIO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 030.196/2014-0

RELATÓRIO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 030.196/2014-0 GRUPO I CLASSE VII Plenário TC 030.196/2014-0. Natureza: Representação. Órgão: Ministério da Cultura (MinC). Interessado: Tribunal de Contas da União (TCU). Advogado constituído nos autos: não há. SUMÁRIO:

Leia mais

Ferramentas do Sistema de Registro de Preços. Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão

Ferramentas do Sistema de Registro de Preços. Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão Ferramentas do Sistema de Registro de Preços Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão OBJETIVO Divulgar ferramentas e alternativas que auxiliam os gestores no planejamento e execução das despesas:

Leia mais

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Robson Marinho

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Robson Marinho Segunda Câmara Sessão: 19/2/2013 01 TC-014557/026/10 - INSTRUMENTOS CONTRATUAIS Contratante: Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP. Contratada: VS Telecom Ltda. Autoridade(s) Responsável(is)

Leia mais

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Número: 00190.010534/2012-04 Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.010534/2012-04 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

ACÓRDÃO Nº 1.081/2004 - TCU - Plenário

ACÓRDÃO Nº 1.081/2004 - TCU - Plenário ACÓRDÃO Nº 1.081/004 - TCU - Plenário 1. Processo TC-006.936/004-.. Grupo I - Classe V: Levantamento. 3. Entidade: Companhia Energética do Amazonas CEAM. 4. Interessado: Congresso Nacional. 5. Relator:

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 490, DE 24 DE JANEIRO DE 2008 REGULAMENTO DE CONSELHO DE USUÁRIOS DO STFC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras básicas para implantação,

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0337-31/99-1. Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0337-31/99-1. Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0337-31/99-1 Identidade do documento: Acórdão 337/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FAE. Prefeitura Municipal de Magé

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV Control Teleinformática Ltda SRTV/Sul Qd. 701 Conj. L Bloco 1, 38 Sobreloja sala 24 Pag. 1 de 10 Brasília, setembro

Leia mais

TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487.

TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487. MIN-JJ Fls. TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487.765-09 DESPACHO Trata-se de representação formulada

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 86/11-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 86/11-CEPE RESOLUÇÃO Nº 86/11-CEPE Cria as Comissões de Ética no Uso de Animais da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão normativo, consultivo e deliberativo da administração

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS TJDFT

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS TJDFT CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS TJDFT Control Teleinformática Ltda SRTV/Sul Qd. 701 Conj. L Bloco 1, 38 Sobreloja sala 24 Pag. 1 de 10

Leia mais

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin.

Outros Representantes do Ministério Público: Dra. Maria Alzira Ferreira e Dr. Paulo Soares Bugarin. Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0569-42/00-1 Identidade do documento: Acórdão 569/2000 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Convênio. FNDE. Prefeitura Municipal de Bom

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000 PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000 Requerente: Associaçao dos Magistrados do Estado de Pernambuco - Amepe Requerido: Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco Advogado(s):

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA DECRETO N.º 2356/2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e dá outras providências. Rosane Minetto Selig, Prefeita Municipal de Ouro

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57 PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57 TC-039329/026/12 Contratante: Empresa de Transporte Coletivo de Diadema ETCD. Contratada: Ipiranga Produtos de Petróleo S/A. Autoridade Responsável pela Abertura

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

ESTADO DO MARANHÃO MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Referente: PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 6622AD/2009, V.1 a 12. Interessado: COORDENADORIA DE ENGENHARIA DA PGJ/MA. Assunto: LICITAÇÃO CONSTRUÇÃO SEDE DA PGJ/MA. RELATÓRIO DA MOVIMENTAÇÃO DO PROCESSO ADMINISTRATIVO

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO POPULAR VIVA CIDADÃO

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO POPULAR VIVA CIDADÃO Folha nº Processo nº Rubrica: Matrícula: Processo n.º 148030/2015 Assunto: Análise do pedido de impugnação do Edital do Pregão nº 13/2015 referente à contratação de empresa especializada na aquisição e

Leia mais

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica;

INDEXAÇÃO Representação; Licitação; INPI; Concorrência; Edital; Capacidade Técnica; Atestado; Prestação de Serviços; Assistência Médica; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-1027-47/00-P Identidade do documento: Decisão 1027/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

Decisão do Pregoeiro n.º 25 /2007-SLC/ANEEL. Em 12 de dezembro de 2007.

Decisão do Pregoeiro n.º 25 /2007-SLC/ANEEL. Em 12 de dezembro de 2007. Decisão do Pregoeiro n.º 25 /2007-SLC/ANEEL Em 12 de dezembro de 2007. Processo: Processo nº 48500.006284/2007-18 Licitação: Pregão Eletrônico nº 77/2007 Ementa: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034.001954/2008-11 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se de contratação, mediante

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO EXAME PRÉVIO DE EDITAL RELATOR CONSELHEIRO SIDNEY ESTANISLAU BERALDO TRIBUNAL PLENO - SESSÃO DE 26-03-2014 MUNICIPAL REFERENDO ============================================================ Processo: TC-001177.989.14-2

Leia mais

Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC

Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC 1 Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC Capítulo I Da Natureza, Finalidade e Composição Art. 1 - O Conselho Fiscal é o

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO EDUARDO BITTENCOURT CARVALHO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO EDUARDO BITTENCOURT CARVALHO PROCESSO: CONTRATANTE: FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FDE RESPONSÁVEIS PELA CONTRATANTE: ARY JAMES PISSINATTO, DIRETOR ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO; MÁRCIA ESTEVES MONTEIRO, RESPONDENDO PELA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 1 Ref.: PA Nº 1255/2012 Manifestação da Pregoeira em face da Impugnação apresentada pela empresa EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A. - EMBRATEL, referentes ao Edital do Pregão Eletrônico nº 069/2012.

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO I V S E M I N Á R I O D E E X E C U Ç Ã O F I N A N C E I R A D E P R O J E T O S F I N A N C I A D O S C O M R E C U R S O S E X T E R N O S MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. Acresce o 7 ao artigo 9º da Instrução Normativa nº 003, de 23 de setembro de 2009, que estabelece

Leia mais

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação.

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação. Bateria Licitações e Contratos Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com/blog http://twitter.com/timasters http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/ CESPE/TCU2007 A necessidade de implementação de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD Disciplina no âmbito da UDESC os procedimentos

Leia mais

Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br

Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT. A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Solução de Telecomunicação IP Case - TJDFT A.TELECOM TELEINFORMÁTICA LTDA www.atelecom.com.br Introdução A A.Telecom participou da licitação de atualização da planta de telecomunicação do TJDFT (Tribunal

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE N.º 57-A, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE N.º 57-A, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE N.º 57-A, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno) Propõe ato de fiscalização, com o auxílio do Tribunal de Contas da União, sobre contratação por parte do

Leia mais

TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL

TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL (M-003) EXPEDIENTE: TC - 005074.989.14-6. REPRESENTANTE: CONTE & CONTE COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA. REPRESENTADA: PREFEITURA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. INSTRUÇÃO Nº 112 - CLASSE 12ª - DISTRITO FEDERAL (Brasília).

RESOLUÇÃO Nº. INSTRUÇÃO Nº 112 - CLASSE 12ª - DISTRITO FEDERAL (Brasília). RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 112 - CLASSE 12ª - DISTRITO FEDERAL (Brasília). Relator: Ministro Ari Pargendler. Dispõe sobre pesquisas eleitorais. O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, usando das atribuições que

Leia mais

VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910

VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910 VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA VULCABRAS AZALEIA S. A. DE 31 DE JANEIRO DE 2011. O

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 004/2007 Assunto: Recorrente: JOY ENGENHARIA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA. JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO PROPOSTA COMERCIAL Os membros da Comissão Permanente de Licitação

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

INDEXAÇÃO Representação; MRE; Contrato; Pagamento Antecipado; Auditoria; Diárias; Passagem Aérea;

INDEXAÇÃO Representação; MRE; Contrato; Pagamento Antecipado; Auditoria; Diárias; Passagem Aérea; Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0245-12/00-P Identidade do documento: Decisão 245/2000 - Plenário Ementa: Representação formulada por Equipe de Auditoria do TCU. Possíveis irregularidades

Leia mais

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005.

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no artigo 15, 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e artigo 11 da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 492/92 - Segunda Câmara - Ata 37/92 Processo nº TC 005.648/88-2 Responsáveis: JOÃO JOSÉ LAMARQUE e IVANEI CANHOLA DE SOUZA Órgão: Superintendência Regional

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível fls. 1 Autos n 0324833-09.2014.8.24.0023 Ação: Cautelar Inominada/PROC Requerente: Associação dos Servidores Civis da Segurança Pública de santa Catarina - ASSESP/SC Requerido: IBBCA 2008 Gestão em Saúde

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 470/93 - Plenário - Ata 53/93 Processo nº TC 014.861/93-3 Entidade: Ministério da Justiça Relator: Ministra Élvia L. Castello Branco Redator da Decisão

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 7400.011101/201-6 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra decisão denegatória

Leia mais

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se do Pregão Eletrônico para Formação de Registro de Preços para futura contratação de

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON Processo: PREGÃO ELETRÔNICO N.º 060/2008 Objeto: Contratação de Empresa Especializada para a Prestação de Serviços de Comunicação de Dados/Voz/lmagens, serviços que englobam a conservação da Intranet baseada

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4 205 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4 PROCESSO REP- 08/00692748 UNIDADE GESTORA Companhia Águas de Joinville INTERESSADO

Leia mais

ATA Nº 134/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 061/7076-2010 PROCESSO 7076.01.1857.0/2010

ATA Nº 134/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 061/7076-2010 PROCESSO 7076.01.1857.0/2010 ATA Nº 134/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 061/7076-2010 PROCESSO 7076.01.1857.0/2010 Aos quinze dias do mês de junho de dois mil e dez, às 09:00 horas, o Pregoeiro Tadeu Landin de Castro, que abaixo subscreve,

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e

PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e a atuação da Secretaria de Controle Interno e dá outras

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15.

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15. Aos 13 dias do mês de maio de 2015, o Município de Roca Sales, entidade de direito público, situada na Rua Eliseu Orlandini, nº 51, nesta

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº

Leia mais

Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A

Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A Necessidade de Separação dos Subtipos de Ligações VC2 e VC3 TELEFÔNICA BRASIL S/A 1) Planilha de formação de preços. Falta de Minutagem dos sub-tipos de ligações vc1, vc2 e vc3. O Anexo V do Termo de Referência

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM COTAÇÕES E PREGÕES ELETRÔNICOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Procedimento para cadastro... 2 3. Conhecendo o Sistema de Compras Eletrônicas da

Leia mais

DECRETO Nº28.087, de 10 de janeiro 2006.

DECRETO Nº28.087, de 10 de janeiro 2006. DECRETO Nº28.087, de 10 de janeiro 2006. Dispõe sobre a regulamentação do uso do Sistema de Registro de Preços de que trata o artigo 15 da Lei Federal nº 8.666 de 21 de julho de 1993, e o artigo 11 da

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS REF. Pregão Eletrônico Sistema de Registro de Preços 002/2012, sediada a Rua Vicentina Coutinho Camargos,

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Levantamento de Auditoria. Colegiado: Plenário. Classe: Classe V

Tribunal de Contas da União. Assunto: Levantamento de Auditoria. Colegiado: Plenário. Classe: Classe V Tribunal de Contas da União Assunto: Levantamento de Auditoria Colegiado: Plenário Classe: Classe V Sumário: Fiscobras 2001. Obras de construção de contornos rodoviários no corredor Leste/BR- 259/ES. Irregularidades.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO que as entidades da Administração Pública Federal indireta

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI PROCESSO: 0007733-93.2015.4.02.5110 (2015.51.10.007733-0) AUTOR: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL REU: MUNICIPIO DE BELFORD ROXO Fls

Leia mais

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas.

Assunto: Tomada de Contas Especial instaurada em razão da omissão no dever de prestar contas. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 309/96 - Primeira Câmara - Ata 31/96 Processo nº TC 450.133/95-8 Responsável: Raimundo Pereira Barbosa, Prefeito. Unidade: Prefeitura Municipal de Palestina

Leia mais

À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER

À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER Ref. Impugnação ao Edital de licitação Pregão presencial nº 021/2010 COMPANHIA DE INFORMATICA DE JUNDIAÍ CIJUN, neste

Leia mais

I DOS FATOS II DO PLEITO

I DOS FATOS II DO PLEITO Referência: Processo n.º 48500.000357/05-71 Edital de Pregão nº 07/2005 Contratação de Serviços Assistência Médica Ementa: Análise dos recursos interpostos pela UNIMED - Confederação das Cooperativas Médicas

Leia mais

Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi) E ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi) E ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Processo Judicial Eletrônico: 1 CAUTELAR INOMINADA Autos de nº 0800490-42.2014.4.05.8400 Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi)

Leia mais

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS.

À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO À SRA. ÁUREA COUTENS DE MENEZES, DIRETORA DA SECRETARIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS. Ao SR. PREGOEIRO. PROCESSO LICITATÓRIO TRT/DSAA/029/2014 PREGÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS

REGULAMENTO DE COMPRAS REGULAMENTO DE COMPRAS A SPDM /PAIS Associação Paulista Para O Desenvolvimento da Medicina, vem por meio deste dar publicidade ao Regulamento Próprio utilizado contendo os procedimentos que adotará para

Leia mais

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0237-21/99-1 Identidade do documento: Acórdão 237/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral

Leia mais

Aprovado na 54ª reunião do Conselho de Administração e Assembleia. Geral Ordinária do dia 03/04/2014

Aprovado na 54ª reunião do Conselho de Administração e Assembleia. Geral Ordinária do dia 03/04/2014 REGULAMENTO PARA CONTRATAÇÕES,, COMPRAS DE BENS E SERVIÇOS,, OBRAS E ALIENAÇÕES.. Aprovado na 54ª reunião do Conselho de Administração e Assembleia Geral Ordinária do dia 03/04/2014 0 DAS CONTRATAÇÕES

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009 PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009 Propõe que a Comissão de Defesa do Consumidor fiscalize os atos de gestão praticados pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP em relação à conduta

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEIS: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO REINSTRUÇÃO: DE ELC-14/00549369

Leia mais

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 1/6 Processo: A 06/166 Interessado: Gerência Administrativa Assunto: Aquisição de Toner Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 A empresa JDM dos Anjos Cartuchos ME, inscrita

Leia mais

RELATÓRIO. Os documentos obrigatórios de prestação de contas deram entrada dentro do

RELATÓRIO. Os documentos obrigatórios de prestação de contas deram entrada dentro do Processo : Nº630042009-00 Origem : Fundo Municipal de Saúde de Rio Maria Assunto: Prestação de Contas Anuais de Gestão exercício de 2009 Instrução: 6ªControladoria Ordenador: Edimilson Batista Alves Procuradoria:

Leia mais

7- No que diz respeito ao valor do salário da secretária, devemos cotar o salário da secretária executiva ou secretária executiva bilíngue?

7- No que diz respeito ao valor do salário da secretária, devemos cotar o salário da secretária executiva ou secretária executiva bilíngue? Assunto: Pedido de Esclarecimentos Referência: 14/2013 PERGUNTAS 1 - No item 3.10 consta um valor estimado para a contratação de R$2.119.625,92, INFORMANDO QUE NÃO SERÁ ACEITO VALOR SUPERIOR A ESTE. Em

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES Relatório Voto : REV - G.ICN - 00901/2011 PROCESSO TC/MS : 6107/2008 PROTOCOLO : 908430 ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ALVORADA DO SUL ORDENADOR (A) DE : ARLEI SILVA BARBOSA DESPESAS CARGO DO ORDENADOR

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : NÚCLEO ESTADUAL DO MINISTÉRIO DA SAÚDE/PE CÓDIGO UG : 250029 RELATÓRIO Nº : 189831 UCI EXECUTORA : 170063 Chefe da CGU-Regional/PE, RELATÓRIO

Leia mais

REEXAMINADO PELO PARECER: CNE/CES Nº 087/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

REEXAMINADO PELO PARECER: CNE/CES Nº 087/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO REEXAMINADO PELO PARECER: CNE/CES Nº 087/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Organização Brasileira de Cultura e Educação UF: RJ ASSUNTO: Solicitação de revisão do Parecer

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE TÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS CAPÍTULO I - DA COMPOSIÇÃO Art. 1º O CONSEPE é o órgão colegiado superior que supervisiona e

Leia mais

ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS, contra o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS em possível descumprimento de norma federal.

ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS, contra o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS em possível descumprimento de norma federal. Autos: PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS 0001505 65.2014.2.00.0000 Requerente: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO MINAS GERAIS e outros Requerido: CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS RELATÓRIO

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 563/97 - Plenário - Ata 35/97 Processo nº TC 003.561/94-1 Interessado: Murílio de Avellar Hingel, Ministro de Estado da Educação e do Desporto Órgão:

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Processo n.º 0.00.002.001198/2014-32 Edital do Pregão Eletrônico nº 43/2014 Contratação de serviços técnicos continuados de operação do sistema de automação, remanejamento e instalação de equipamentos

Leia mais

Unidade Central de Controle Interno

Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno NOTIFICAÇÃO UCCI N 014/04 ÓRGÃO: Gabinete do Prefeito C/c Secretaria

Leia mais

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Regulamenta o oferecimento e a aceitação do seguro garantia judicial para execução fiscal e seguro garantia parcelamento administrativo fiscal para

Leia mais

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Rio de Janeiro, 01 de julho de 2011 PREGÃO ELETRÔNICO AA 25/2011 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSOS 1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Foram apresentados recursos pelas licitantes ALLEN RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS

Leia mais

TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL. Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293.

TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL. Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293. TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL Processo: 1929.989.13-5 Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293.204 Representada: Prefeito: Assunto: Prefeitura

Leia mais