Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética"

Transcrição

1 Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS

2

3 Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO - CATEQUÉTICA, para o período compreendido entre 2012 a Evangelizar, catequizar e formar, como discípulos missionários, para que todos possam ser introduzidos, mais profundamente, nos mistérios da fé professados, celebrados, rezados e vividos pelos cristãos católicos a fim de que todos tenham vida crescendo na fé, na esperança e no amor. É este o Objetivo Geral do nosso Plano de Animação Bíblico Catequética para o período de 2012 a O Objetivo Geral busca concretizar-se em três grandes metas: 1 - INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ DE INSPIRAÇÃO CATECUMENAL 2 - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS 3 - EVANGELIZAÇÃO E FORMAÇÃO DA FAMÍLIA Neste tempo especial da graça de Deus, vivendo os 50 anos de nossa Igreja Diocesana, e encaminhando-nos para o encerramento do 1º Sínodo Diocesano, somos chamados a crescer sempre no sentido de sermos uma Igreja de Comunhão em Missão. Peço a todos os senhores párocos e vigários paroquiais que promovam em suas Paróquias e Comunidades o estudo e a aplicação do espírito e da letra do presente Plano, fruto de um sério e dedicado trabalho de nossa Comissão Diocesana de Animação Bíblico - Catequética. Que a intercessão votiva de nossos mártires, beatos Manuel e Adílio nos ajude a levar adiante com empenho este Plano de Animação Bíblico - Catequética. Antonio Carlos Rossi Keller Bispo de Frederico Westphalen 4

4 PLANO DIOCESANO DA ANIMAÇÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA A Assembleia Diocesana da Animação Bíblico-Catequética realizada em 09 de novembro de 2011, a partir da avaliação do Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética , das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (Doc 94 CNBB), do Diretório Nacional de Catequese (Doc 84 CNBB) e do Sínodo Diocesano estabeleceu metas, objetivos e atividades para o Plano Diocesano da Animação Bíblico- Catequética OBJETIVO GERAL Evangelizar, catequizar e formar, como discípulos missionários, para que todos possam ser introduzidos, mais profundamente, nos mistérios da fé professados, celebrados, rezados e vividos pelos cristãos católicos a fim de que todos tenham vida crescendo na fé, na esperança e no amor. METAS 1 - INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ DE INSPIRAÇÃO CATECUMENAL 2 - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS 3 - EVANGELIZAÇÃO E FORMAÇÃO DA FAMÍLIA 5

5 META 1 INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ DE INSPIRAÇÃO CATECUMENAL A Igreja está propondo para a e também para toda formação o caminho da iniciação à vida cristã de inspiração catecumenal. Essa foi uma forma de, bem organizada, que floresceu entre os séculos II e V e que, ainda hoje, serve de modelo inspirador para a nossa. A Igreja nos convida a descobrir a riqueza dessa dos primeiros séculos e a têla como fonte de inspiração. Portanto, não se trata de reproduzir o passado, mas de buscar inspiração. Alguns documentos que apresentam a iniciação à vida cristã catecumenal como modelo para a : o Diretório Nacional de Catequese (nº 35-50); o Documento de Aparecida (nº ); Iniciação à vida cristã: um processo de inspiração catecumenal Estudo da CNBB 97; Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (nº 37-43; 85-91). A palavra iniciação significa introdução, ir até dentro, conduzir para dentro, entrar dentro. A palavra catecumenato significa lugar onde ressoa alguma mensagem, fazer ecoar algo que vem do alto, isto é, a Palavra de Deus na vida dos catequizandos. A iniciação à vida cristã de inspiração catecumenal é a introdução progressiva nos mistérios da fé professados, celebrados, rezados e vividos pela Igreja de Cristo. Portanto, é um processo catequético, realizado em etapas, que vai introduzindo os catequizandos nos mistérios cristãos, ou seja, ajudaos a entrar nos mistérios de Deus, revelados por Jesus Cristo. As etapas vão marcando o crescimento na fé e na vivência cristã. O processo catequético de inspiração catecumenal faz a interação entre, liturgia e vida. Por isso, é uma mais evangelizadora, orante, celebrativa e vivencial, ligada ao Ano Litúrgico. Conforme o Diretório Nacional de Catequese, nº 43, a finalidade da é aprofundar o primeiro anúncio do Evangelho: levar o catequizando a conhecer, acolher, celebrar e vivenciar o mistério de Deus, 6

6 manifestado em Jesus Cristo, que nos revela o Pai e nos envia o Espírito Santo. Conduz à entrega do coração a Deus, à comunhão com a Igreja, corpo de Cristo, e à participação em sua missão. É um novo jeito de fazer que repercute na forma de organizar as etapas da caminhada catequética diocesana, nos conteúdos dos livros de, na metodologia do encontro catequético, na formação dos catequistas, na evangelização e formação da família e na adequação do espaço físico para os encontros de. Com a proposta da de estilo catecumenal, a Igreja está nos oferecendo um caminho para melhor evangelizar e catequizar as crianças, adolescentes, jovens, adultos e suas famílias. Ao acolher esse caminho, estamos acolhendo o sopro do Espírito Santo que fala através da Igreja. Por isso, a iniciação à vida cristã de inspiração catecumenal não é opcional. Deve ser assumida por todos. 7

7 Como colocar em prática (Atividades) Para que (Finalidade, objetivo) Para quem (Interlocutores ou responsáveis) 1. Estudo sobre o caminho da iniciação à vida cristã de inspiração catecumenal Compreender o sentido da iniciação à vida cristã e buscar inspiração para a caminhada catequética diocesana Padres Coordenações Equipes de formação Comunidade 2. Criação e adequação do espaço físico para os encontros de (cruz, ambão, vela...) Desescolarizar a criando um ambiente que favoreça o encontro com Cristo CCP e comunidade Padres Coordenação de 3. Leitura orante da Palavra de Deus Escutar, rezar e viver a Palavra de Deus Catequizandos 4. Preparação e entrega dos símbolos da fé, na celebração litúrgica, conforme a caminhada catequética. (Enquanto não houver a reformulação dos livros de, as entregas continuam da seguinte forma) - 1ª etapa: cruz - 2ª etapa: Pai nosso - 3ª etapa: Credo (Creio) - 4ª etapa: Palavra de Deus Receber os símbolos da fé que marcam a caminhada de iniciação à vida cristã Pais e famílias Comunidade Catequizandos 8

8 5. Reformulação dos livros de Adequar ao estilo catecumenal Coordenação diocesana Equipe de elaboração dos livros 6. Formação de catequistas para a com adultos Catequizar de acordo com a necessidade e a faixa etária 7. Estudo sobre a metodologia do encontro catequético Compreender o caminho, os passos do encontro de Coordenação de 8. Catequese e liturgia Aprofundar a interação entre e liturgia Coordenação de META 2 - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS Para uma nova, precisamos de um novo catequista. É importante deixar claro que a Iniciação à Vida Cristã de inspiração catecumenal exige uma nova formação dos catequistas e dos agentes de pastoral, caso contrário não acontecerá a almejada renovação da e da Igreja (CNBB. Iniciação à Vida Cristã, nº 143). Hoje, do catequista se requer alta competência no conhecimento da fé e dos conteúdos centrais contidos na pessoa, mensagem e missão de Jesus Cristo, nas Sagradas Escrituras e nos ensinamentos da Igreja. Mas exige-se também dele intensa vida espiritual, participação na comunidade eclesial, preparo básico em psicologia e comunicação e nos processos pedagógicos 9

9 apropriados para a educação da fé e, ainda, uma ampla cultura geral e compromisso com a transformação evangélica da sociedade (CNBB. Iniciação à Vida Cristã, nº 144). O catequista deve estar preparado para transmitir os conteúdos da fé e introduzir os catequizandos no Mistério de Deus Trindade. Ou o catequista conduz os catequizandos para dentro do Mistério ou simplesmente os ensinará a repetir fórmulas doutrinárias e orações, com pouca repercussão no relacionamento com Deus, com as pessoas, com a comunidade e com o mundo. É necessário que se dê atenção especial aos novos catequistas ou catequistas iniciantes. Não basta fazer um ou dois encontros de formação ou simplesmente encaixá-los na caminhada dos outros. Precisam receber uma formação mais profunda, pelo menos, sobre os seguintes conteúdos: a pessoa do catequista e sua vocação; Jesus Cristo; a Palavra de Deus (voz, rosto, casa, caminho da Palavra); iniciação à vida cristã; o encontro de ; a e os sacramentos da iniciação cristã. Este conteúdo também serve para a formação de todos os catequistas. Como colocar em prática (Atividades) 1. iniciantes (conteúdos: ver fundamentação) Para que (Finalidade, objetivo) Oferecer uma formação que ajude a evangelizar e catequizar com segurança e qualidade diante dos desafios e mudanças do mundo de hoje Para quem (Interlocutores ou responsáveis) Equipe de formação 10

10 2. Continuidade da formação para todos com os conteúdos: 2.1 A pessoa do catequista e sua vocação 2.2 Iniciação à vida cristã 2.3 A e os Sacramentos da iniciação cristã 2.4 Palavra de Deus: a voz, o rosto, a casa, o caminho 2.5 Estudo e experiência da leitura orante da Palavra de Deus (folder com os passos) 2.6 Jesus Cristo 2.7 Credo 2.8 Sacramentos 2.9 Mandamentos e Bemaventuranças 2.10 O encontro de 1. Aprofundar os conteúdos da fé para crescer na vida cristã 2. Preparar-se para transmitir os conteúdos da fé e introduzir os catequizandos nos mistérios da fé 3. Animar a vida e a com a Palavra de Deus Equipe de formação 3. Retiro Alimentar a vida espiritual 4. Psicopedagogia catequética conforme as idades 5. Elaboração de subsídios para a formação dos catequistas Ajudar os catequistas a compreender os catequizandos para melhor iniciá-los nos mistérios da fé Dar continuidade ao processo formativo Coordenação diocesana Equipe de elaboração dos livros 11

11 6. Encontros com as equipes paroquiais de formação dos catequistas Qualificar para dar continuidade ao processo formativo Coordenação diocesana Equipes paroquiais 7. Encontros com os coordenadores paroquiais de Assessorar o trabalho catequético das paróquias Coordenação diocesana Coordenadores paroquiais de 8. Participação na EDIPAL Aprofundar os fundamentos de nossa fé para melhor servir 9. Participação na Escola da fé Aprofundar a doutrina cristã para crescer no testemunho 10. Jornada Catequética Celebrar o Ano da Fé Coordenação Diocesana Padres CCP e Comunidade META 3 EVANGELIZAÇÃO E FORMAÇÃO DA FAMÍLIA A família é a primeira e insubstituível educadora na fé e na vida cristã. Os pais são os primeiros e principais responsáveis pela vida e pela educação de seus filhos; são os primeiros educadores da fé (DNC nº 297). Eles são os primeiros catequistas de seus filhos ao educá-los na fé, na esperança e no amor. Hoje, são muitos os desafios enfrentados pela família, sobretudo quando se trata de viver segundo os ensinamentos do Evangelho de Jesus Cristo, 12

12 mediados pela Igreja. Mas, mesmo assim, a acredita na família como ambiente propício para o desenvolvimento da fé cristã. Na família o processo de crescimento da fé brota da convivência, do clima familiar e do testemunho dos pais. É uma mais vivencial do que sistemática. Os pais são 'os primeiros mestres da fé' (CR 121). Se os filhos não tiverem tais mestres, a necessitará ainda de mais competência e acolhimento para educá-los na fé (DNC nº 299). As reuniões de pais de crianças, adolescentes e jovens da paroquial não responde mais às novas exigências da renovação da Igreja e aos desafios do mundo de hoje. Os pais, agora, passam a integrar o processo de com adultos, que existe não apenas em função dos filhos, mas da complementação da Iniciação por eles iniciada na infância ou de aprofundamento e de compromissos mais abrangentes e eficazes como cristãos (CNBB. Iniciação à vida cristã, nº 134). Por isso, os encontros de formação com os pais, mães ou responsáveis ( familiar) precisam seguir o caminho catecumenal que faz a interação entre (anúncio), celebração e vivência. A partir do conteúdo dos livros de, pais e filhos devem crescer juntos na fé e na vivência cristã. Muitos não foram evangelizados e, menos ainda, iniciados, introduzidos nos mistérios da fé. Os pais, mães ou responsáveis precisam ser ajudados para que possam fazer da família um espaço de educação da fé, de experiência de Deus e de vida cristã. 13

13 Como colocar em prática (Atividades) 1. Explicação sobre o sentido da familiar 2. Elaboração de subsídios para os encontros de formação com pais e mães conforme a caminhada catequética Para que (Finalidade, objetivo) Ajudar a cumprir com a missão de educar na fé e na vida cristã Auxiliar na evangelização da família Para quem (Interlocutores ou responsáveis) Pais e mães dos catequizandos e suas famílias Coordenação Diocesana Equipe de elaboração dos livros 3. Encontro de formação com pais e mães (ou responsáveis) dos catequizandos 4. Preparação das famílias para as celebrações de entrega dos símbolos da fé 5. Experiência da leitura orante da Palavra de Deus Ajudar a família a seguir o caminho catecumenal que faz a interação entre, celebração e vivência Integrar a família no processo catequético de inspiração catecumenal Animar a vida familiar e cotidiana com a Palavra de Deus Pais e mães dos catequizandos Pais e mães dos catequizandos Comunidade Pais e mães dos catequizandos 6. Cuidado com a vida Cuidar da vida pessoal, familiar, dos outros e do planeta Padres Pais e mães dos catequizandos Comunidade Frederico Westphalen, 18 de abril de Coordenação Diocesana da Animação Bíblico-Catequética 14

14

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

Ministério da. Catequese. Programas. livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18

Ministério da. Catequese. Programas. livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18 Ministério da Catequese Programas Pastorais 1 livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18 2 livreto_catequese.indd 2 19/12/13 17:18 Apresentação Um dos valores institucionais da Rede Marista é a audácia, que

Leia mais

LEITURA ORANTE DA PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE 1. O ENCONTRO DE CATEQUESE COM LEITURA ORANTE DA PALAVRA

LEITURA ORANTE DA PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE 1. O ENCONTRO DE CATEQUESE COM LEITURA ORANTE DA PALAVRA LEITURA ORANTE DA PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE 1. O ENCONTRO DE CATEQUESE COM LEITURA ORANTE DA PALAVRA A Bíblia é o livro da fé. Por isso, dever ser o texto principal da catequese (DNC 13e). Segundo o

Leia mais

O que é Catequese? Paróquia Santo Cristo dos Milagres Fonseca Niterói RJ Pastoral da Comunicação

O que é Catequese? Paróquia Santo Cristo dos Milagres Fonseca Niterói RJ Pastoral da Comunicação Paróquia Santo Cristo dos Milagres Fonseca Niterói RJ Pastoral da Comunicação contato@paroquiasantocristodosmilagres.org O que é Catequese? Segundo a exortação apostólica Catechesi Tradendae do Papa João

Leia mais

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA PE. GREGÓRIO LUTZ Certamente o título deste artigo não causa estranheza à grande maioria dos leitores da Revista de Liturgia. Mas mesmo assim me parece conveniente

Leia mais

Prof. Ms. Pe. Antônio Almir Magalhães de Oliveira*

Prof. Ms. Pe. Antônio Almir Magalhães de Oliveira* FACULDADE CATÓLICA DE FORATLEZA (SEMINÁRIO DA PRAINHA) X SEMANA TEOLÓGICA 15 a 18 setembro 2009 LEITURA TEOLÓGICO-PASTORAL DO PAINEL APRESENTADO A situação atual da catequese no Brasil e no Ceará Prof.

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS A Igreja se preocupa com a semente da Palavra de Deus (a mensagem) e com o terreno que recebe essa semente (o catequizando), o que a leva

Leia mais

ESCOLA CATEQUÉTICA EIXOS TEMÁTICOS

ESCOLA CATEQUÉTICA EIXOS TEMÁTICOS ESCOLA CATEQUÉTICA EIXOS TEMÁTICOS Quando falamos de eixos temáticos temos que levar em consideração mais do que a divisão dos conteúdos teóricos a serem oferecidos aos catequistas, mas a vocação catequética

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação 2 Barra do Choça, 11 de abril de 2015. 1. Contextualização O Projeto Nacional da Pastoral da Comunicação Pascom,

Leia mais

18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011)

18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011) 28.10 147 18.02 e 05.10 (Fechamento da Agenda 2011) 148 17.04, 19.06 149 150 151 152 153 e 11.12 (F). 29.05 (A), 06.11 (B), 13.11 (C), 14.11 (D), 21.11 (E) 17.04 (A), 19.09 (B), 23.10 (C) e 20.11 (D).

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã Apresentação Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado (Mt 28,19-20) Jesus enviou

Leia mais

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DEUS SE REVELA Revelação é o diálogo entre Deus e seus filhos, cuja iniciativa vem de Deus (8). A Palavra de Deus não se revela somente para

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Conversão Pastoral e Missão continental O Departamento Mission e espiritualidade do Celam na busca

Leia mais

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 Objetivo A partir das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e do 7º Plano Diocesano de Pastoral (2013-20150,

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

Módulo II Quem é o Catequista?

Módulo II Quem é o Catequista? Módulo II Quem é o Catequista? Diocese de Aveiro Objectivos Descobrir a imagem de catequista que existe na nossa comunidade. Aprofundar a vocação e o ministério do catequista a partir da Bíblia. Com base

Leia mais

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE Diante de um mundo digital, com os compromissos do dia-a-dia, muitas vezes nossos catequistas acabam sendo engolidos pelos afazeres e tarefas.

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

ANIMAÇÃO LITÚRGICA INFORMATIVO DIOCESANO

ANIMAÇÃO LITÚRGICA INFORMATIVO DIOCESANO N O M E D A E M P R E S A INFORMATIVO DIOCESANO S E T E M B R O D E 2 0 1 3 B O L E T I M D O C L E R O - 2 3 1 ª E D I Ç Ã O ANIMAÇÃO LITÚRGICA Cuidar da beleza da liturgia significa ficar atento aos

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã.

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Na sexta-feira, pela manhã, foi a vez do Nordeste 3 - Aracaju - com sua experiência de iniciação à vida cristã

Leia mais

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará No dia 04, ocorreu na Casa Cardeal Guarino, em Madalena um evento do governo do Estado do Ceará, o qual consistiu na entrega de uma cisterna de nº 500 mil,

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1 ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 1 APRESENTAÇÃO GERAL Com o presente texto, em forma de síntese (resumo), desejamos introduzir o tema pastoral que envolverá nossa diocese durante o ano de 2015. As

Leia mais

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II)

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II) Apresentação A Renovação Carismática Católica do Estado do Piauí, movimento eclesial da Igreja Católica, tem por objetivo proporcionar às pessoas uma experiência concreta com Jesus Cristo, através do Batismo

Leia mais

O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009

O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009 O ITINERÁRIO DO CATECUMENATO segundo o Ritual da iniciação cristã dos adultos Pe. Domingos Ormonde, julho de 2007-2009 (A) Introdução ao estudo do Ritual da iniciação cristã dos adultos (RICA) 1. O enfoque

Leia mais

O mais importante na prática da devolução do dízimo não é com o quanto se participa. Mas como se participa.

O mais importante na prática da devolução do dízimo não é com o quanto se participa. Mas como se participa. Dízimo e a catequese Abril 2011 Silma Pontes silmapontes8@hotmail.com Paróquia da Glória - Acolhida O contingente de catequistas voluntários de nossa paróquia é expressivo. Vinte e quatro (24) fieis formadores,

Leia mais

Iniciação para uma vida de DISCIPULADO COM CRISTO. Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa.

Iniciação para uma vida de DISCIPULADO COM CRISTO. Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa. Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa Iniciação para uma vida de DISCIPULADO COM CRISTO na sua comunidade 4 o tempo catequista Ide anunciai a Boa-Nova. (Mateus 28,19) Prefácio

Leia mais

Capa.indd 1 04/03/2015 16:12:12

Capa.indd 1 04/03/2015 16:12:12 Capa.indd 1 04/03/2015 16:12:12 índice APRESENTAÇÃO...9 SECRETARIADO GERAL DO DEPARTAMENTO DE PASTORAL...13 1. Objetivo...13 2. Composição...13 3. Projetos...13 3.1 Articulação...14 3.1.1 Ano da Paz 2015...14

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA Nestes últimos anos tem-se falado em Catequese Renovada e muitos pontos positivos contribuíram para que ela assim fosse chamada. Percebemos que algumas propostas

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo 1 o Curso por Correspondência às Equipes Vocacionais Paroquiais SEXTO TEMA: A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE E A PASTORAL

Leia mais

O curso do ICE era indicado para agentes de pastoral. Os candidatos eram recomendados pelo pároco e CPP da paróquia. O curso iniciou em março de 1975

O curso do ICE era indicado para agentes de pastoral. Os candidatos eram recomendados pelo pároco e CPP da paróquia. O curso iniciou em março de 1975 HISTÓRICO DO ICE Após a abertura ocasionada pelo Concílio Vaticano II, o Regional Sul II fundou o Instituto Superior de Pastoral Catequética (ISPAC). O instituto teve breve trajetória (1968-69). No ano

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 O QUE SÃO? São indicações São pistas São sendas Para toda a Igreja no Brasil; para as Igrejas Particulares, na elaboração dos seus

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

Formação Cristã na Arquidiocese

Formação Cristã na Arquidiocese Formação Cristã na Arquidiocese No quarto aniversário da minha tomada de posse, 18 de Julho, sinto de regressar à Formação como prioridade assumida. Neste pequeno texto estão elaborados alguns princípios

Leia mais

Diretrizes e Orientações Diocesana da. Pastoral Bíblico Catequético. Diocese de Miracema do Tocantins

Diretrizes e Orientações Diocesana da. Pastoral Bíblico Catequético. Diocese de Miracema do Tocantins Diretrizes e Orientações Diocesana da Pastoral Bíblico Catequético Diocese de Miracema do Tocantins 1 Apresentação Caro irmão, cara irmã, Apresento o segundo diretório da catequese. Ele também foi uma

Leia mais

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas CONCURSO: LOGOMARCA COMEMORATIVO AOS 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO DA PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP INTRODUÇÃO

Leia mais

PLANO DIOCESANO DE PASTORAL 2015 2018 IGREJA DE AVEIRO, VIVE A ALEGRIA DA MISERICÓRDIA

PLANO DIOCESANO DE PASTORAL 2015 2018 IGREJA DE AVEIRO, VIVE A ALEGRIA DA MISERICÓRDIA IGREJA DE AVEIRO, VIVE A ALEGRIA DA MISERICÓRDIA O nosso Plano alicerça-se no símbolo do lava-pés (Jo 13, 11-17) O LAVA-PÉS Nele se inspira a espiritualidade de serviço que dá sen do a toda a ação pastoral

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM 1 Páscoa Jovem 1.1. Descrição A Páscoa Jovem é um encontro vivencial realizado para proporcionar uma experiência reflexiva e celebrativa da Paixão, Morte e Ressurreição

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

Diocese de Divinópolis/MG Comissão Bíblico-Catequética Secretariado Diocesano de Catequese RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS 2012-2014

Diocese de Divinópolis/MG Comissão Bíblico-Catequética Secretariado Diocesano de Catequese RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS 2012-2014 Diocese de Divinópolis/MG Comissão Bíblico-Catequética Secretariado Diocesano de Catequese RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS 2012-2014 1 AGOSTO DE 2014. 1 MEMBROS DA COMISSÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA As Diretrizes

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil

3º Congresso Vocacional do Brasil III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Dom Leonardo Ulrich Steiner

Leia mais

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Plano Diocesano de Pastoral para o quinquénio 2008-2013 A PALAVRA DO SR. BISPO PONTO DE PARTIDA 1. INICIAMOS UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia mais

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros DEUS SE REVELA ATRAVÉS DOS OUTROS Ser Marista com os outros: Experimentar caminhos de vida marista comunitariamente INTRODUÇÃO

Leia mais

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO A contribuição das mídias. Como parte constitutiva da atual ambiência comunicacional, elas tornam-se recursos e ambientes para o crescimento pessoal e social. Constituem-se no

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL

PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL PROJETO DIOCESANO DE RENOVAÇÃO PAROQUIAL Texto aprovado na Reunião do Conselho de Presbíteros de 22/05/2014 e ratificado no Conselho Diocesano de Pastoral de 26/05/2014. APRESENTAÇÃO A Assembleia de Revisão

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens,

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens, 1. APRESENTAÇÃO Queridos Jovens, Com grande prazer apresento este projeto 300 anos de bênçãos: com a Mãe Aparecida, Juventude em Missão!. Ele é um passo de aprofundamento de um caminho que vem sendo percorrido

Leia mais

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ Pe. Thiago Henrique Monteiro Muito adultos convertem-se a Cristo e à Igreja Católica. Por exemplo, neste ano, nas dioceses

Leia mais

Paróquia, torna-te o que tu és!

Paróquia, torna-te o que tu és! Paróquia, torna-te o que tu és! Dom Milton Kenan Júnior Bispo Aux. de S. Paulo. Vigário Episcopal para Reg. Brasilândia Numa leitura rápida da Carta Pastoral de Dom Odilo, nosso Cardeal Arcebispo, à Arquidiocese

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva Ângelo

Leia mais

DIRETRIZES PARA A CATEQUESE

DIRETRIZES PARA A CATEQUESE DIRETRIZES PARA A CATEQUESE DIOCESE DE AMPARO SP CONTEÚDO: I A CATEQUESE Considerações Gerais II A CATEQUESE NA DIOCESE III A CATEQUESE NA PARÓQUIA IV CATEQUESE INFANTIL V CATEQUESE DE ADOLESCENTES E JOVENS

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

PSICOLOGIA DAS IDADES

PSICOLOGIA DAS IDADES PSICOLOGIA DAS IDADES Pe. Fausto dos Santos Oliveira Mestre, em obediência à vossa Palavra, lançarei as redes Oração Vocacional Senhor da Messe e Pastor do rebanho, faze ressoar em nossos ouvidos teu forte

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC Bispo Diocesano de Limeira

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC Bispo Diocesano de Limeira Dom Vilson Dias de Oliveira, DC Bispo Diocesano de Limeira (Vídeo) Quando negativas se fazem sentir, principalmente, na família e na educação. A Igreja já tem enfatizado a importância deste complexo fenômeno

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE MANAUS PROJETO DE INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ

ARQUIDIOCESE DE MANAUS PROJETO DE INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ 1 ARQUIDIOCESE DE MANAUS PROJETO DE INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ 1.TITULO : Um Caminho para à Iniciação à Vida Cristã 2. FUNDAMENTAÇÃO ( Vat. II, DA, DNC, 97, DGAE, Ano da Fé, DV, CABP, SÍNODOS, PEAM) Este

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa

Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa Centro de Animação Bíblico-Catequética Diocese de Ponta Grossa Ide anunciai a Boa-Nova. (Mateus 28,19) Prefácio Após mais de quinze anos de utilização da Coleção Sementes manual de catequese elaborado

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

o processo de formação da identidade cristã

o processo de formação da identidade cristã o processo de formação da identidade cristã Coleção CATEQUESE Catequese junto à pessoa com deficiência mental, Ana Shirlei P. Vinhal, Lucy Ângela C. Freitas Catequese e liturgia: Duas faces do mesmo mistério

Leia mais

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico CONGRESSO EUCARÍSTICO 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico O PADRE E A EUCARISTIA Eucaristia e Missão Consequência significativa da tensão escatológica presente na Eucaristia

Leia mais

SDCIA - ISCRA Secretariado Diocesano da Catequese de Infância e Adolescência Instituto Superior de Ciências Religiosas de Aveiro

SDCIA - ISCRA Secretariado Diocesano da Catequese de Infância e Adolescência Instituto Superior de Ciências Religiosas de Aveiro SDCIA - ISCRA Secretariado Diocesano da Catequese de Infância e Adolescência Instituto Superior de Ciências Religiosas de Aveiro Formação para Catequistas Directório Geral da Catequese Janeiro - Março

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Graça de Paz!

APRESENTAÇÃO. Graça de Paz! 1 APRESENTAÇÃO Amados irmãos presbíteros, religiosos e religiosas, lideranças das paróquias, comunidades, pastorais, movimentos, organismos e serviços da Diocese de Tocantinópolis Graça de Paz! Estou encaminhando

Leia mais

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA Estudo 104 CNBB ASPECTOS GERAIS DO DOCUMENTO PERSPECTIVAS PASTORAIS TEXTOS BASES DESAFIOS FUNÇÕES DA PARÓQUIA PERSPECTIVA TEOLÓGICA MÍSTICA DO DOCUMENTO PERSPECTIVA

Leia mais

PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA

PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA PROCESSO CATEQUÉTICO DE ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA Buscando a maturidade em Cristo Sua mãe lhe disse: Meu filho porque você fez isso conosco? Olha que eu e seu pai estávamos

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Casa de Iniciação à Vida Cristã: pastoral da Iniciação em conjunto

Casa de Iniciação à Vida Cristã: pastoral da Iniciação em conjunto Casa de Iniciação à Vida Cristã: pastoral da Iniciação em conjunto Ide e fazei discípulos meus em todos os povos, batizai-os e ensinai-os a guardar tudo o que vos ordenei (cf. Mt 28,19-20). Paróquia Nossa

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

A PEDAGOGIA DA CATEQUESE NOS DOCUMENTOS DA IGREJA E NAS METODOLOGIAS ATUAIS

A PEDAGOGIA DA CATEQUESE NOS DOCUMENTOS DA IGREJA E NAS METODOLOGIAS ATUAIS A PEDAGOGIA DA CATEQUESE NOS DOCUMENTOS DA IGREJA E NAS METODOLOGIAS ATUAIS Frei Flávio Pereira Nolêto, O.F.M INTRODUÇÃO Desde os primórdios, a Igreja sempre se preocupou com a difusão da mensagem de Jesus

Leia mais

1º Plano Bianual Diocesano de Pastoral 2011-2012

1º Plano Bianual Diocesano de Pastoral 2011-2012 - 1 - 1º Plano Bianual Diocesano de Pastoral 2011-2012 Diocese de Santos 21 de novembro de 2010 Festa de Cristo Rei - 2 - Cúria Diocesana de Santos Av. Rodrigues Alves, 254 - Macuco 11015-200 - Santos

Leia mais

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016.

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016. 11º PPC ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA Estas são as questões que serão votadas na Assembléia Arquidiocesana, sem as emendas que poderão surgir durante a mesma. Cada uma das propostas poderá, deste modo, receber

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura BOAS VINDAS! Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura Bodas de Ouro da comunicação Miranda Prorsus, Pio XII, 1957 Fonte: Pastoral da Comunicação, diálogo entre fé e cultura, Puntel/Corazza, Paulinas-Sepac,

Leia mais

Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006

Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006 Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006 Aporte del Pe. Luiz Alves de Lima São Paulo, Brasil I. Antecedentes Na recente história do movimento

Leia mais

Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013

Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013 Texto da Palestra dada pelo Pe. Luiz Alves de Lima SOBRE Iniciação à Vida Cristã, no I Nordestão de Catequese, em novembro de 2013 I Iniciação à Vida Cristã A expressão procura traduzir a comunicação de

Leia mais

Objetivo e proposta evangelizadora

Objetivo e proposta evangelizadora A CAMPANHA DA FRATERNIDADE NA IGREJA DO BRASIL Objetivo e proposta evangelizadora BerçonoConcílioVaticanoII: Começou no Rio Grande do Norte, em 1962, por iniciativa de Dom Eugênio Sales. Era uma ação concreta

Leia mais

ÍNDICE. Introdução. Introdução... 05. PARTE I - Orientações... 08. PARTE II - Orações... 13. PARTE III - Cronograma... 20

ÍNDICE. Introdução. Introdução... 05. PARTE I - Orientações... 08. PARTE II - Orações... 13. PARTE III - Cronograma... 20 ÍNDICE Introdução Introdução... 05 PARTE I - Orientações... 08 PARTE II - Orações... 13 PARTE III - Cronograma... 20 5 INTRODUÇÃO ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA: IGREJA EM MISSÃO Ide pelo mundo inteiro e anunciai

Leia mais

NOVEMBRO Visita Missionária

NOVEMBRO Visita Missionária NOVEMBRO Visita Missionária No dia 03, as Irmãs da Comunidade Casa Cardeal Guarino em Madalena/CE, realizaram visita missionária em São Nicolau, interior de Madalena. Servindo-se da ocasião, as Irmãs realizaram

Leia mais

Linhas de Ação 1ª. LINHA DE AÇÃO: FORMAÇÃO INTEGRAL DO(A) DISCÍPULO(A)

Linhas de Ação 1ª. LINHA DE AÇÃO: FORMAÇÃO INTEGRAL DO(A) DISCÍPULO(A) A Igreja no Brasil está empenhada, sobretudo em, 2013 através da Campanha da Fraternidade e da Jornada Mundial da Juventude, em alavancar a Evangelização da Juventude. De partida queremos dizer que por

Leia mais

NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO

NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA NORMATIVAS PASTORAIS PARA A CELEBRAÇÃO DO BATISMO Para os Párocos e respetivas comunidades Cristãs, especialmente para os Pais e para os Padrinhos 2012 1 A ESCLARECIMENTO PRÉVIO

Leia mais

INFORMATIVO DIOCESANO 27 de outubro a 02 de novembro Ano 2014 n.º 53 www.diocesesjp.org.br / aed@diocesesjp.org.br

INFORMATIVO DIOCESANO 27 de outubro a 02 de novembro Ano 2014 n.º 53 www.diocesesjp.org.br / aed@diocesesjp.org.br VOCAÇÃO À SANTIDADE Na vida íntima de Deus-Trindade as suas relações são pautadas pelo amor e doação de cada uma das Pessoas: o Pai ama o Filho, que recebe esse amor e retribui ao Pai e assim procede o

Leia mais

Processo de Iniciação na RCC. Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL

Processo de Iniciação na RCC. Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO Processo de Iniciação na RCC Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL Conceito Por Iniciação Cristã se entende o processo pelo qual alguém é incorporado ao mistério de

Leia mais

Critérios para a admissão e recondução de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica na diocese de Leiria- Fátima

Critérios para a admissão e recondução de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica na diocese de Leiria- Fátima Critérios para a admissão e recondução de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica na diocese de Leiria- Fátima A. Preâmbulo A missão do professor de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) não

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. Aprova a continuidade do Projeto de Extensão Escola de Teologia para leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de Curso de Extensão, na categoria

Leia mais

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3%

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3% 3º EIXO Dízimo Paróquia/Questionários Distribuídos Devolvidos % Devolv. Miguel Calmon 67 27 40 Piritiba 45 06 13 Tapiramutá 30 19 63 Mundo Novo 20 12 60 Jequitibá 14 10 71 Totais zonal 2 176 74 42% Andaraí

Leia mais

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP Caderno de Estudo: Avaliação 7º Plano de Pastoral Orgânica (20102010-2013) 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP A p r e s e n t a ç ã o Eu vim, ó Deus, para fazer a Vossa

Leia mais

A GEMINAÇÃO 20/10/2013

A GEMINAÇÃO 20/10/2013 A GEMINAÇÃO 20/10/2013 CENTRO DE SANTA BAKHITA BAIRRO KALOSSOMBEKWA BENGUELA ANGOLA REVERENDO E ESTIMADO PE. RÚBENS! Diante dos povos, manifestou Deus a salvação Sl 97 A Providência de Deus, que concorre

Leia mais