Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006"

Transcrição

1 Terceira Semana Latino-americana de Catequese Secção de Catequese do CELAM Bogotá 01 a 06 de Maio de 2006 Aporte del Pe. Luiz Alves de Lima São Paulo, Brasil I. Antecedentes Na recente história do movimento catequético latino-americano já foram realizadas duas semanas continentais sobre a catequese. Na verdade, antes da denominada primeira semana latinoamericana 1 convocada para repercutir, no âmbito da catequese, a Assembléia de Puebla em 1979, havia sido anteriormente realizada a Semana Internacional de Catequese em Medellín 2, precedendo a importante Assembléia do Episcopado latino-americano que se reuniu logo depois na mesma cidade de Medellín 3. A segunda semana latino-americana realizou-se em Caracas (Venezuela) 4, também como repercussão da Assembléia do Episcopado latino-americano celebrada em Santo Domingo em 1992 com o tema da nova evangelização. Estes dois eventos tiveram características de intensa participação das forças catequéticas que atuam no continente, com documentos de preparação, debates e contribuições nas igrejas locais (países) e particulares (dioceses), para só depois se reunir num grande acontecimento celebrativo, com representantes de todos os países. Pode-se constatar também que as duas primeiras semanas latino-americanas de catequese foram realizadas imediatamente após as importantes reuniões de Puebla e Santo Domingo. O mesmo não se passa com essa terceira semana. Ela está sendo celebrada um ano antes da V Conferência do Episcopado latino-americano e do Caribe, que será em Aparecida em fins de maio de Ela se apresenta, portanto, como uma reflexão, preparação e contribuição ao tema central da V Conferência: Discípulos e missionários de Jesus Cristo, para que nele nossos povos tenham vida. Neste sentido, a equipe preparatória (membros do grupo de assessores da Secção de Catequese do CELAM), havia sugerido que tal encontro tivesse mais a natureza de seminário de estudos em preparação à V Conferência, e não tanto de semana. De fato, a participação, embora bastante representativa, não será por delegação das várias conferências episcopais, como aconteceu nas duas primeiras semanas, mas por convocação de pessoas especializadas, em torno de apenas cinqüenta, que possam contribuir e aprofundar o tema do discipulado. Porém, ao final predominou a opinião que fosse considerada mesmo como terceira semana, na seqüência daquelas duas primeiras. 1 Esta primeira semana realizou-se em Quito (Equador) de 03 a 10 de outubro de 1982 em torno do tema A comunidade catequizadora no presente e no futuro da América Latina, sob particular liderança de Dom Filipe Santiago Benites e coordenação do Pe. Francisco Merlos (México). 2 Esta semana internacional reuniu-se em Medellín (Colômbia) de a 11 a 18 de agosto de 1968, com o tema Onde está a vossa fé? e foi de grande significado e influência na posterior Assembléia Episcopal de Medellín, assim como em toda a catequese continental. 3 Realizou-se de 26 de agosto a 06 de setembro de 1968, com o tema A Igreja na atual transformação da América Latina à luz do Concílio. Tal assembléia foi um marco divisório na história recente da Igreja latino-americana. 4 A segunda semana realizou-se em Caracas (Venezuela) de 18 a 24 de setembro de 1994, organizada pelo Departamento de Catequese (DECAT) do CELAM com o tema rumo a uma catequese inculturada

2 II. Convocação A seguir apresentamos trechos da carta através da qual Dom José Luiz Chavez Botello, Arcebispo de Antequera - Oaxaca (México) e responsável pela Secção de Catequese do CELAM, faz uma ampla apresentação e convocação dessa IIIa. semana latino-americana de catequese: Com satisfação contatamos o amor e a entrega ao ministério da catequese em nosso continente latino-americano. Ao mesmo tempo sentimos a necessidade de fundamentar e estruturar ainda mais a catequese integral dentro de um processo sério de educação da fé. Neste sentido, a Secção de Catequese do CELAM assumiu a tarefa de dinamizar a reflexão e o intercâmbio de experiências sobre o querigma e a iniciação cristã. No ano de 2004 foram realizados encontros regionais sobre o Querigma nos três regionais do CELAM (Nicarágua, Quito e Santiago do Chile). Em 2005 os mesmos encontros regionais trataram do tema da Iniciação Cristã (El Salvador, Lima e Montevidéu). Em tais encontros participara os presidentes das Conferências Episcopais de Evangelização e Catequese com seu secretário ou diretor nacional. Os resultados foram alentadores e pede-se a sua continuação, animando e alimentando esta caminhada. Para o ano de 2006 programamos a IIIa. Semana Latino-americana de Catequese com a finalidade de oferecer uma contribuição, a partir da Catequese, à V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano a ser realizado em 2007, e fortalecer a reflexão e o intercâmbio de experiências sobre o Querigma e a Iniciação Cristã. Esta IIIa. Semana será realizada em Bogotá (Colômbia) de 01 a 06 de maio de 2006; o tema será sobre o discipulado, com abordagens a partir de diferentes aspectos da catequese. O Objetivo proposto para esta Semana exige participantes com sólida reflexão e experiência significativa. Daí o número máximo de 50 convidados, incluídos os representantes das Comissões Episcopais de Catequese dos Estados Unidos e Canadá. A previsão é que participem 12 bispos, 14 sacerdotes, 9 religiosas/os e 11 laicos; destes, são 15 mulheres. Todos são catequetas ou com experiência significativa em catequese. As comissões episcopais de evangelização e catequese sugeriram os possíveis participantes com o perfil requerido. III. Participantes e subsídios Para todos os participantes foi pedido que enviassem previamente uma reflexão a respeito de um sub-tema escolhido entre aqueles abaixo indicado e sob o ponto de vista das próprias especializações ou ainda sobre alguma aspecto do discipulado visto a partir da catequese, como por exemplo o aspecto bíblico, pedagógico, psicológico, litúrgico, metodológico, antropológico, formativo, etc. Tais contribuições serão a base inicial dos trabalhos da semana. Em nova circular em março de 2006, o mesmo D José Luis Chávez Botello apresenta as características especiais que terá esta IIIa. Semana latino-americana de catequese: 1) Ela pretende oferecer uma contribuição de qualidade à V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano; 2) Tem como objetivo também oferecer às comissões episcopais de Evangelização e Catequese do continente um instrumento, caminhos que ajudem a formar autênticos discípulos e missionários para que a educação da fé em nosso continente seja evangélica, eficiente e eficaz; 3) Devido a estas características foram convidados apenas especialistas em catequese com experiência em vista de uma sólida reflexão que dinamize os processos catequéticos no continente.

3 E ainda informa: O Conselho Episcopal Latino-americano recebeu apoio do Secretariado para a América Latina da Conferência Episcopal dos Estados Unidos da América do Norte para este evento. Assim sendo, todos os cinqüenta participantes terão sua viagem e estadia financiados por esta contribuição da Igreja norte-americana. A data desta IIIa. Semana foi fixada para dias 01 a 06 de Maio de 2006 e será realizada no Centro de Espiritualidade Pedro Legaria em Usaquén, Bogotá (Colômbia), bem próximo da sede latino-americana do CELAM. IV. Data, lugar, metodologia e dinâmicas Em reunião havida na sede do CELAM em Bogotá de 7 a 10 de fevereiro deste ano de 2006, o grupo de assessores da Secção de Catequese 5, sob orientação do secretário executivo Pe. Efraín Martinez, estabeleceu a formulação do objetivo geral e seus objetivos específicos, assim como os temas e sub-temas desta IIIa. Semana Latino-americana de Catequese. Também foi estudada e estabelecida a metodologia e a dinâmica do encontro, assim como a divisão dos 50 convidados em quatro grupos de estudos. Dom Jose Luiz Botello não estava presente a esta reunião, porém, aprovou posteriormente toda a organização construída durante esta reunião. Durante o encontro não haverá palestras magisteriais. Durante a primeira manhã será feito apenas um painel, mediado pelo Pe. Francisco Merlos (México), sobre o tema do discipulado sob três pontos de vista: antropológico-histórico (Ir. Enrique García Ahumada), bíblico-teológico (Pe. Luiz Alves de Lima) e pastoral-catequético (Pe. Manuel José Jiménez R.). Ao painel se seguirá a participação do plenário com debates e troca de idéias. Todo o tempo do encontro será empregado para a produção de quatro temas (cf abaixo) numa dinâmica chamada solução em cadeia combinada com grelha ou entrelace, pela qual todos os textos produzidos por cada um dos quatro grupos serão igualmente estudados e emendados também pelos outros três. Ao final do processo pretende-se condensar os grandes textos produzidos em duas ou três páginas, como as grandes proposições ou conclusões da Semana. E será este o texto que será apresentado diretamente à V Assembléia em Aparecida do Norte em maio de Posteriormente pretende-se também publicar as colocações do painel inicial, juntamente com todos os textos produzidos durante o encontro. V. Objetivos, temas e sub-temas 1) O objetivo geral foi assim formulado: Dar uma contribuição, a partir da catequese, para a V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, propondo caminhos que ajudem na formação de autênticos discípulos missionários, para que a educação na fé em nosso continente, seja evangélica, eficiente e eficaz. 2) Os objetivos específicos, daí derivados, são os seguintes: a) Propor o querigma e a iniciação cristã como ações urgentes e indispensáveis para a formação de discípulos missionários. b) Dar novos enfoques para a formação de catequistas como animadores qualificados a serviço de processos para a formação de discípulos missionários. 5 São membros deste grupo latino-americano de reflexão, além do Pe. Efraín Martinez (México): Ir. Enrique Garcia Ahumada, fsc (Chile), Ir. Maria Irene Nesi, fma (Venezuela), Pe. Manuel José Jiménez R. (Colombia), Pe. Luiz Alves de Lima, sdb (Brasil), Pe. Ovídio Burgos (Costa Rica) e Sr. Victor Hugo Escalante (México).

4 c) Indicar critérios claros para que as estruturas e lugares tradicionais e novos da catequese respondam com eficácia à formação de discípulos e missionários. d) Propor estratégias de iniciação cristã para as diferentes idades e circunstâncias para a formação de discípulos missionários. 3) Núcleos temáticos e sub-temas: Cada um dos objetivos específicos foi desdobrado num núcleo temático com alguns subtemas. Assim são 4 grupos temáticos a serem estudados pelos 4 grupos, cada um deles com vários sub-temas: 3.1 Relação entre a iniciação cristã e a formação do discípulo (Grupo 1): a) O fenômeno batizados não iniciados : desafios à pastoral; b) Catequese como conseqüência do anúncio missionário; c) Catecumenato e catequese de inspiração catecumenal: elementos indispensáveis do querigma como fundamento e da iniciação cristã como processo, que conformam a personalidade do discípulo; d) Critérios e sugestões pastorais para a implementação urgente de itinerários que ajudem a formação de discípulos e de autênticas comunidades missionárias. 3.2 O catequista discípulo e educador da fé (Grupo 2): a) O catequista como discípulo: a pessoa do catequista (maturidade humana, espiritual, encontro vivo com Jesus Cristo, adesão, ouvinte da Palavra, vida de comunhão como irmão e discípulo, sentido de justiça social, mística missionária) b) A formação do catequista como discípulo missionário: inspirado em Cristo Mestre, pedagogia do testemunho, conteúdos bíblicos, teológicos e pedagógicos, formação para a dimensão catecumenal: formação litúrgica e estudo-uso do RICA. c) Formação específica para as diversas idades e situações. d) Os formadores de catequistas: critérios para que as escolas catequéticas formem catequistas discípulos Relação comunidade cristã e catequese (Grupo 3) a) A íntima relação que deve existir na catequese entre a comunidade cristã e a iniciação cristã. b) Critérios operativos para ajudar a família a recuperar sua vocação de formadora de discípulos missionários de Jesus Cristo. c) Critérios para assegurar uma verdadeira iniciação cristã que forme discípulos missionários de Jesus Cristo nas diversas formas de catequese na paróquia e pequenas comunidades.

5 d) Critérios pastorais e canônicos para orientar a educação religiosa na escola católica em vista de formar discípulos e missionários de Jesus Cristo. e) Critérios para dinamizar o discipulado a partir dos areópagos modernos. 3.4 Estratégias de iniciação cristã para as diversas idades e circunstâncias (Grupo 4) a) Iniciação e re-iniciação cristã de adultos: critérios e estratégias. O crente adulto na fé, discípulo e missionário. b) Recuperar a unidade da iniciação cristã nos processos de catequese para crianças, adolescentes e jovens: o quê, como, de que modo, onde... Mudança de paradigma e processos novos. Critérios e estratégias. Orientação vocacional e compromisso missionário. Grupos de jovens como comunidade eclesial juvenil: o discipulado juvenil.

Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP

Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP Assembléia dos Bispos Regional Sul 1 junho/julho 2010 Aparecida, SP A MISSÃO CONTINENTAL A V Conferência recordando o mandato de ir e fazer discípulos (Mt 28,20) deseja despertar a Igreja na América Latina

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

Objetivo e proposta evangelizadora

Objetivo e proposta evangelizadora A CAMPANHA DA FRATERNIDADE NA IGREJA DO BRASIL Objetivo e proposta evangelizadora BerçonoConcílioVaticanoII: Começou no Rio Grande do Norte, em 1962, por iniciativa de Dom Eugênio Sales. Era uma ação concreta

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ INTRODUÇÃO GERAL A Assembleia Diocesana de Pastoral, realizada no Centro do Guiúa de 6 a 8 de Dezembro

Leia mais

Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis Nacionais

Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis Nacionais Instrumento de Consulta Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Setor Juventude Pastoral da Juventude do Brasil Relatório da Pastoral da Juventude do Brasil 13 o Encontro Latino Americano de Responsáveis

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016.

1. O 11º PPC terá a validade de cinco anos, iniciando-se em 2012 e terminando em 2016. 11º PPC ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA Estas são as questões que serão votadas na Assembléia Arquidiocesana, sem as emendas que poderão surgir durante a mesma. Cada uma das propostas poderá, deste modo, receber

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

INSTITUTO SECULAR PEQUENAS APOSTOLAS DA CARIDADE

INSTITUTO SECULAR PEQUENAS APOSTOLAS DA CARIDADE INSTITUTO SECULAR INSTITUTO SECULAR a quem se dirigir para saber mais Responsável geral: Giuseppina Pignatelli Via don Luigi Monza, 1 22037 PONTE LAMBRO (Co) ITALY tel. 031.625264 INSTITUTO SECULAR Os

Leia mais

Declaração de Salvador

Declaração de Salvador Declaração de Salvador Os Chefes de Estado da República Federativa do Brasil, da República de Cabo Verde, da República da Guiné, da República Oriental do Uruguai, o Vice-Presidente da República da Colômbia,

Leia mais

V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO. 1. As Conferências Gerais

V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO. 1. As Conferências Gerais V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO 1. As Conferências Gerais Há 50 anos, em 1955, foi realizada a primeira Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano (CfG), no Rio de Janeiro. Naquela

Leia mais

A Pastoral juvenil FMA: um modelo orgânico para uma Vida em abundância para todos segundo as Linhas orientadoras da missião educativa (LOME)

A Pastoral juvenil FMA: um modelo orgânico para uma Vida em abundância para todos segundo as Linhas orientadoras da missião educativa (LOME) ISTITUTO FIGLIE DI MARIA AUSILIATRICE Consigliera generale per la Pastorale giovanile Via dell Ateneo Salesiano, 81-00139 ROMA A Pastoral juvenil FMA: um modelo orgânico para uma Vida em abundância para

Leia mais

Reunião dos Bispos da região da África Caritas sobre a identidade e missão da Caritas

Reunião dos Bispos da região da África Caritas sobre a identidade e missão da Caritas Adresse Postale : 8395 Lomé TOGO Tél. (228) 22.21.29.37 Fax : (228) 22.22.00.26 Email : secaf@caritas-africa.org omptes bancaires: BTCI 9030 63094 01 71 UTB 31 004224 1 004 0 00 ECOBANK 7010181400066601

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

Módulo I O que é a Catequese?

Módulo I O que é a Catequese? Módulo I O que é a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da nossa prática concreta de catequese. Confrontar essa experiência com a forma de agir de Jesus Cristo. Situar a catequese

Leia mais

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS A Igreja se preocupa com a semente da Palavra de Deus (a mensagem) e com o terreno que recebe essa semente (o catequizando), o que a leva

Leia mais

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Conversão Pastoral e Missão continental O Departamento Mission e espiritualidade do Celam na busca

Leia mais

Igreja em estado permanente de missão

Igreja em estado permanente de missão Igreja em estado permanente de missão Igreja : lugar da animação bílblica da vida e da pastoral A conversão pastoral da paróquia Urgência da conversão Pastoral Toda conversão supõe um processo de transformação

Leia mais

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Animador(a): Neste ano, em preparação para as comemorações de seu Centenário, a Diocese de Guaxupé iniciou, na quinta-feira

Leia mais

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã.

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Na sexta-feira, pela manhã, foi a vez do Nordeste 3 - Aracaju - com sua experiência de iniciação à vida cristã

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

Pastoral Vocacional/ Serviço de Animação Vocacional

Pastoral Vocacional/ Serviço de Animação Vocacional CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada Pastoral Vocacional (PV) / Serviço de Animação Vocacional (SAV) CMOVC/ SAV (02) Pastoral

Leia mais

RIIAL. Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013

RIIAL. Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013 RIIAL Rede Informática da Igreja na América Latina Santiago do Chile Abril 2013 Organismos Promotores: Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais Conselho Episcopal Latinoamericano Introdução Capítulo

Leia mais

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO Secretariado Diocesano de Evangelização e Catequese de Coimbra VIVÊNCIA DO ADVENTO DE 2014 baseada na proposta da lectio divina COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO PEQUENO GUIÃO PARA OS CATEQUISTAS

Leia mais

CONCURSO PARA LETRA DO HINO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2012

CONCURSO PARA LETRA DO HINO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2012 1 CONCURSO PARA LETRA DO HINO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2012 Prezado(a) compositor(a) letrista, A paz de Cristo! Brasília-DF, 19 de novembro de 2010 ML 0952 Com alegria e expectativa, estamos lançando

Leia mais

Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16

Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16 Os fundamentos da nossa missão 2013-10 1/16 Índice Introdução. 3 1. Apresentação geral.... 4 2. Os CPM no seio da Igreja......5 3. Os animadores.....7 4. O papel do Assistente Espiritual... 8 5. A equipa

Leia mais

Agenda Pastoral 2016

Agenda Pastoral 2016 Arquidiocese de Ribeirão Preto Agenda Pastoral 2016 Janeiro 03/01 - Domingo - Epifania do Senhor 09/01 - Sábado - Capacitação para Agentes da CFE-2016 - Seminário - Brodowski 10/01 - Domingo - Batismo

Leia mais

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES Aos venerados irmãos no episcopado e a todos os queridos fiéis do mundo inteiro A celebração da Jornada Mundial de Oração

Leia mais

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015]

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Introdução As Organizações da Aliança Global Wycliffe desejam expressar a unidade e a diversidade do Corpo

Leia mais

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE

FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE FORMAÇÃO NAS ESCOLAS DIOCESANAS E MINISTÉRIO DA CATEQUESE Diante de um mundo digital, com os compromissos do dia-a-dia, muitas vezes nossos catequistas acabam sendo engolidos pelos afazeres e tarefas.

Leia mais

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará No dia 04, ocorreu na Casa Cardeal Guarino, em Madalena um evento do governo do Estado do Ceará, o qual consistiu na entrega de uma cisterna de nº 500 mil,

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

Revista HISTEDBR On-line

Revista HISTEDBR On-line FONTES PRIMÁRIAS DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: A PRIMEIRA EDIÇÃO DE AS CONSTITUIÇÕES PRIMEIRAS DO ARCEBISPADO DA BAHIA - 1707. Paulo de Tarso Gomes UNISAL Americana- SP paulo.gomes@am.unisal.br Foto

Leia mais

Projeto de Formação Escola Bíblica com Adolescentes e Crianças Local de execução do projeto: Carmo do Rio Verde Ano: 2016

Projeto de Formação Escola Bíblica com Adolescentes e Crianças Local de execução do projeto: Carmo do Rio Verde Ano: 2016 Projeto de Formação Escola Bíblica com Adolescentes e Crianças Local de execução do projeto: Carmo do Rio Verde Ano: 2016 Entidades proponentes MAC Movimento de Adolescentes e Crianças Carmo do Rio Verde

Leia mais

DECLARAÇÃO DO BRASIL

DECLARAÇÃO DO BRASIL DECLARAÇÃO DO BRASIL Um Marco de Cooperação e Solidariedade Regional para Fortalecer a Proteção Internacional das Pessoas Refugiadas, Deslocadas e Apátridas na América Latina e no Caribe Brasília, 3 de

Leia mais

Curso de Capacitação para Acompanhantes de Adolescentes e Jovens

Curso de Capacitação para Acompanhantes de Adolescentes e Jovens Curso de Capacitação para Acompanhantes de Adolescentes e Jovens Caro(a) aluno(a), Seja bem-vindo(a) ao ambiente virtual da EAD Século. Neste espaço, também chamado de Sala de Aula virtual, você encontrará

Leia mais

Por : Lourdinha Salles e Passos. Apresentação. Sendo assim, aprovo este Diretório para o Sacramento do Batismo, e o torno obrig

Por : Lourdinha Salles e Passos. Apresentação. Sendo assim, aprovo este Diretório para o Sacramento do Batismo, e o torno obrig Diretório do Sacramento do Batismo Por : Lourdinha Salles e Passos Apresentação Era meu desejo, de longa, que nossa Arquidiocese tivesse um Diretório do Sacram O Batismo, entre outros efeitos, incorporando-nos

Leia mais

LINHAS DE AÇÃO E PRIORIDADES DO LXVIII CAPÍTULO GERAL

LINHAS DE AÇÃO E PRIORIDADES DO LXVIII CAPÍTULO GERAL LINHAS DE AÇÃO E PRIORIDADES DO LXVIII CAPÍTULO GERAL I. Introdução O LXVIII Capítulo Geral da Ordem realizado em Fátima (Portugal) sob o lema: "A família de S. João de Deus ao serviço da Hospitalidade",

Leia mais

Prioridades assumidas para 2010. Planejamento estratégico da Equipe Provincial para 2010

Prioridades assumidas para 2010. Planejamento estratégico da Equipe Provincial para 2010 PLANEJAMENTO 2010 Prioridades assumidas para 2010 Formação continuada para líderes, coordenadores de grupo, animadores e assessores. Aprofundar a identidade através da mística e espiritualidade apostólica

Leia mais

ACORDOS POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO: TEMAS PRIORITÁRIOS PARA 2010-2012

ACORDOS POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO: TEMAS PRIORITÁRIOS PARA 2010-2012 1 ACORDOS POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO: TEMAS PRIORITÁRIOS PARA 2010-2012 O Comitê Especial da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe sobre População e Desenvolvimento, na reunião celebrada

Leia mais

RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014

RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014 1 RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014 O XIV Congresso Nacional da Pastoral Familiar realizado nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2014,

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GOLEGÃ

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GOLEGÃ REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GOLEGÃ A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, n.º2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais de

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação

Regimento do Conselho Municipal de Educação Considerando que: 1- No Município do Seixal, a construção de um futuro melhor para os cidadãos tem passado pela promoção de um ensino público de qualidade, através da assunção de um importante conjunto

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para

Leia mais

QUEM É PIERRE VIGNE? PIERRE VIGNE, MESTRE ESPIRITUAL

QUEM É PIERRE VIGNE? PIERRE VIGNE, MESTRE ESPIRITUAL QUEM É PIERRE VIGNE? Pierre Vigne nasceu em Privas, na França, no dia 20 de agosto de 1670. Com a idade de 11 anos, ele é observado pelo seu pároco que já lhe pode confiar responsabilidades em sua paróquia,

Leia mais

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista DEUS NOS BRINDOU COM UM CORAÇÃO MARISTA Herdeiros do carisma marista A vocação como memória do carisma. Dom para acolher e fazer crescer.

Leia mais

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal;

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal; Regimento do Conselho Municipal de Educação Ao abrigo do artigo 8º do Decreto-Lei nº 7/2013, de 15 de janeiro, alterado pela Lei nº 41/2003, de 22 de agosto (objeto da Declaração de Retificação nº 13/2003,

Leia mais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais Seção Relação entre as organizações cristãs e as Conforme discutido na Seção 1, as desempenham um papel na proclamação e na demonstração do evangelho. Entretanto, com muita freqüência, o papel da igreja

Leia mais

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR Da visita de cortesia que o Senhor D. João Lavrador efectuou à nossa Paróquia, teve lugar um encontro com os vários Grupos Paroquiais,

Leia mais

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia ONDE MORAS? Ilustração de Capa, Madalena Matoso, 2009 ONDE MORAS? UMA PROPOSTA Tópicos para a intervenção inicial Maria da Conceição Moita A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

Leia mais

JANEIRO AVISOS. Evento: Recadastramento dos enfermos e agentes janeiro - (Pastoral Saúde)

JANEIRO AVISOS. Evento: Recadastramento dos enfermos e agentes janeiro - (Pastoral Saúde) JANEIRO Evento: Recadastramento dos enfermos e agentes janeiro - (Pastoral Saúde) todas as paróquias - (Pastoral Saúde) 14 Q 15h - Missa de São Camilo (Pastoral Saúde) - Hospital Geral de Carapicuíba 17

Leia mais

ESCOLA DE COMUNICAÇÃO DA ARQUIDIOCESE DE NATAL ECAN

ESCOLA DE COMUNICAÇÃO DA ARQUIDIOCESE DE NATAL ECAN ESCOLA DE COMUNICAÇÃO DA ARQUIDIOCESE DE NATAL ECAN 1 - APRESENTAÇÃO As paróquias, debruçando-se sobre as necessidades impostas pelas mudanças dos tempos e do mundo, nas culturas, nos valores e princípios,

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

Três exemplos de sistematização de experiências

Três exemplos de sistematização de experiências Três exemplos de sistematização de experiências Neste anexo, apresentamos alguns exemplos de propostas de sistematização. Estes exemplos não são reais; foram criados com propósitos puramente didáticos.

Leia mais

ÍNDICE. Apresentação... 03. Decreto... 05. 1. Conselho Diocesano da Ação Evangelizadora (CDAE)... 07

ÍNDICE. Apresentação... 03. Decreto... 05. 1. Conselho Diocesano da Ação Evangelizadora (CDAE)... 07 ÍNDICE Apresentação... 03 Decreto... 05 1. Conselho Diocesano da Ação Evangelizadora (CDAE)... 07 2. Conselho Regional da Ação Evangelizadora (CRAE)... 15 3. Conselho Paroquial da Ação Evangelizadora (CPAE)...

Leia mais

Metodologia da Catequese com Crianças. Ligia Aparecida de Oliveira

Metodologia da Catequese com Crianças. Ligia Aparecida de Oliveira Metodologia da Catequese com Crianças Ligia Aparecida de Oliveira O que é ser Criança? Watson, Piaget ou Freud? Eis a Questão. John B. Watson, psicólogo americano, é o principal responsável pela teoria

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO MAIOR

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO MAIOR Município de Rio Maior CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO MAIOR Regimento Preâmbulo A Lei nº 159/99, de 14 de Setembro, estabelece na alínea b) do nº2, do seu artigo 19, a competência dos órgãos municipais

Leia mais

Cinco marcas da Missão (Conselho Consultivo Anglicano e Conferência de Lambeth até 1988)

Cinco marcas da Missão (Conselho Consultivo Anglicano e Conferência de Lambeth até 1988) Cinco marcas da Missão (Conselho Consultivo Anglicano e Conferência de Lambeth até 1988) Conforme a visão anglicana, a missão da Igreja consiste na proclamação do Evangelho, no ensino, no batismo, na formação

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cinfães A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, nº. 2 alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais

Leia mais

PROJETO NOVOS MODELOS DE ANIMAÇÃO, GOVERNANÇA E GESTÃO

PROJETO NOVOS MODELOS DE ANIMAÇÃO, GOVERNANÇA E GESTÃO PROJETO NOVOS MODELOS DE ANIMAÇÃO, GOVERNANÇA E GESTÃO Instituto dos Irmãos Maristas Irmãos Maristas - FMS Casa Geral, Roma - Escritório de comunicações www.champagnat.org Comissão Internacional de Novos

Leia mais

IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA

IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA IGREJA LUSITANA CATÓLICA APOSTÓLICA EVANGÉLICA COMUNHÃO ANGLICANA UMA IGREJA PORTUGUESA CENTENÁRIA SACRAMENTAL DE PARTILHA E MISSÃO O BISPO DIOCESANO, ELEITO PELO SÍNODO E SAGRADO POR OUTROS BISPOS, É

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM

DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM DESCRIÇÃO DOS CURSOS E ENCONTROS DA PJM 1 Páscoa Jovem 1.1. Descrição A Páscoa Jovem é um encontro vivencial realizado para proporcionar uma experiência reflexiva e celebrativa da Paixão, Morte e Ressurreição

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

PASTORAL É O HOJE DA IGREJA

PASTORAL É O HOJE DA IGREJA PASTORAL É O HOJE DA IGREJA As mudanças sociais são desafios à Evangelização. A atualização da mensagem cristã nas diversas realidades e em diferentes tempos fez surgir a Pastoral. Hoje em nossas paróquias

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL NOS PAÍSES

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL NOS PAÍSES CENTRO CULTURAL DO BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL NOS PAÍSES I. Características e Objetivos: Este programa está destinado a apoiar pequenos projetos que promovam

Leia mais

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Como o Pai me enviou, também Eu vos envio (Jo 20,21) Outubro de 2011 / Ano MMXI 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Com grande alegria que terminamos mais um mês

Leia mais

Objetivos. Objetivos 26/9/2012. Módulo: Fundamentos de Teologia e História Tema: Teologia Latino-Americana: histórico e métodos

Objetivos. Objetivos 26/9/2012. Módulo: Fundamentos de Teologia e História Tema: Teologia Latino-Americana: histórico e métodos Teologia Módulo: Fundamentos de Teologia e História Tema: Teologia Latino-Americana: histórico e métodos Prof. Claudio de Oliveira Ribeiro Objetivos O objetivo desse tema é mostrar como o contexto socioeconômico,

Leia mais

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Deus nos alerta pela profecia de Oséias de que o Povo dele se perde por falta de conhecimento. Cf. Os 4,6 1ª Tm 4,14 Porque meu povo se perde

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL. Indice:

CARTA INTERNACIONAL. Indice: CARTA INTERNACIONAL Indice: Introdução. I. Equipas de Jovens de Nossa Senhora II. A equipa III. As funções na equipa IV. A vida em equipa V. Abertura ao mundo, compromisso VI. O Movimento das E.J.N.S.

Leia mais

Regimento. Conselho Municipal de Educação de Mira

Regimento. Conselho Municipal de Educação de Mira Regimento ÂMBITO A lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, nº 2, alínea b) a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação. A Lei 169/99, de 18 de Setembro,

Leia mais

A DOMINAÇÃO JESUÍTICA E O INÍCIO DA LITERATURA NACIONAL

A DOMINAÇÃO JESUÍTICA E O INÍCIO DA LITERATURA NACIONAL A DOMINAÇÃO JESUÍTICA E O INÍCIO DA LITERATURA NACIONAL Ederson da Paixão (Especialista em Educação Especial: Atendimento às Necessidades Especiais Integrante do Projeto de Pesquisa Os Primeiros Dramas

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação 2 Barra do Choça, 11 de abril de 2015. 1. Contextualização O Projeto Nacional da Pastoral da Comunicação Pascom,

Leia mais

EDITAL DE INTERCÂMBIO REGULAMENTO

EDITAL DE INTERCÂMBIO REGULAMENTO EDITAL DE INTERCÂMBIO Programa IberCultura Viva I EDIÇÃO 2015 O Programa IberCultura Viva, iniciativa intergovernamental para o fortalecimento das culturas e das comunidades da região ibero-americana criado

Leia mais

ADMA Manique Bicesse. Projeto pastoral Ano 2014-2015

ADMA Manique Bicesse. Projeto pastoral Ano 2014-2015 ADMA Manique Bicesse Projeto pastoral Ano 2014-2015 Conselho Animador espiritual: Pe. Luciano Miguel Presidente: Mª dos Anjos Branco Vice-presidente: Mª Ana Martins Secretária: Adelaide Martins Tesoureiro:

Leia mais

Carta Pastoral 2013-2014

Carta Pastoral 2013-2014 Carta Pastoral 2013-2014 O Sínodo Diocesano. Em Comunhão para a Missão: participar e testemunhar Estamos no momento decisivo do Sínodo da nossa diocese de Viseu. Pela sua importância, para o presente e

Leia mais

Segunda Cúpula das Américas Declaração de Santiago

Segunda Cúpula das Américas Declaração de Santiago Segunda Cúpula das Américas Santiago, Chile, 18 e 19 de abril de 1998 Segunda Cúpula das Américas Declaração de Santiago O seguinte documento é o texto completo da Declaração de Santiago assinada pelos

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA DIOCESANA Pré-Catequese, Eucaristia, Perseverança, Crisma, Adultos, Diversidade

ANIMAÇÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA DIOCESANA Pré-Catequese, Eucaristia, Perseverança, Crisma, Adultos, Diversidade ANIMAÇÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA DIOCESANA Pré-Catequese, Eucaristia, Perseverança, Crisma, Adultos, Diversidade GUIA PARA A INSCRIÇÃO NA CATEQUESE E CRISMA Equipe do Projeto Alicerce [2011] Justificativa:

Leia mais

Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo

Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo Normas E DirEtrizEs DiocEsaNas Para a PrEParação E recepção Do sacramento Do Batismo Diocese de Jundiaí - 2 - ÍNDICE Siglas e Abreviaturas... 04 Apresentação... 05 Decreto... 08 1. Fundamentação... 11

Leia mais

Prelazia de São Felix do Araguaia

Prelazia de São Felix do Araguaia Prelazia de São Felix do Araguaia Calendário 2015 JANEIRO 01 Quinta Solenidade Santa Mãe de Deus 02 Sexta 03 Sábado 04 Domingo Solenidade da Epifania do Senhor Todas as Comunidades 05 Segunda Escola de

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE O PROJETO DE FORMAÇÂO HUMANA E PROFISSIONAL PARA O ADOLESCENTE APRENDIZ

REFLEXÕES SOBRE O PROJETO DE FORMAÇÂO HUMANA E PROFISSIONAL PARA O ADOLESCENTE APRENDIZ 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( x ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA REFLEXÕES

Leia mais

FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA

FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS E ASSESSORESCAMINHOS DE ESPERANÇA A beleza de ser um eterno aprendiz. (Gonzaguinha) Por que pensar em formação de lideranças e assessores? A Pastoral da Juventude busca potencializar

Leia mais

RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS

RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS A elaboração de um Ritual de Batismo de Crianças, adaptado para o Brasil, baseia-se, primeiramente em que os Bispos no Concílio Vaticano II reconheceram a utilidade e mesmo

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação!

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação! APRESENTAÇÃO Os Bispos aprovaram, recentemente, as Diretrizes da Ação Evangelizadoras da Igreja do Brasil 2011 2015 e a Arquidiocese de Florianópolis em comunhão com estas quer impulsionar todas as paróquias

Leia mais

9. EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

9. EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA 9. EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA 9.1 ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO INDÍGENA 9.1.1 Objetivos gerais A Constituição Federal assegura às comunidades indígenas o direito de uma educação escolar diferenciada e a utilização

Leia mais

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: Vicente de Paulo foi um homem aberto a Deus e aos homens, daí ser chamado o santo da caridade. Homem humano,

Leia mais

2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO

2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO 2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO Na noite de quarta-feira, 16 agosto de 1815, na oitava da festa da Assunção, nascia o segundo filho de Francisco Bosco e Margarida

Leia mais

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura BOAS VINDAS! Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura Bodas de Ouro da comunicação Miranda Prorsus, Pio XII, 1957 Fonte: Pastoral da Comunicação, diálogo entre fé e cultura, Puntel/Corazza, Paulinas-Sepac,

Leia mais

REALIZAÇÃO: PARCEIROS: APOIO:

REALIZAÇÃO: PARCEIROS: APOIO: REALIZAÇÃO: PARCEIROS: APOIO: PROJETO VIVA A SOLIDARIEDADE! 1. Dados de identificação do projeto 1.1 Título do projeto: Viva a Solidariedade! 1.2 Nome da entidade proponente: Conferência dos Religiosos

Leia mais

Editorial. Bendito Aquele que vem em nome do Senhor! págs. 06 e 07. IV Arrastão do Senhor pág. 09

Editorial. Bendito Aquele que vem em nome do Senhor! págs. 06 e 07. IV Arrastão do Senhor pág. 09 Informativo Diocesano Patos de Minas - Segunda quinzena de outubro de 2008 - n. 176 - ano 12 Órgão Informativo da Diocese de Patos de Minas I Informativo Diocesano Mons. Frei Claudio Editorial Bendito

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE A Paróquia de São João Batista do Tauape foi criada por sua Excia. Revma. Dom Antônio, de Almeida Lustosa, na época Arcebispo de Fortaleza, pelo decreto

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva Ângelo

Leia mais