Química. Resolução das atividades complementares. Q49 Polaridade das moléculas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Química. Resolução das atividades complementares. Q49 Polaridade das moléculas"

Transcrição

1 Resolução das atividades complementares 4 Química Q49 Polaridade das moléculas p 7 1 Em relação à polaridade das moléculas, responda: a) Quais as condições para que uma molécula seja polar? b) Uma molécula pode ser apolar mesmo que as ligações entre os átomos que a constituem sejam polares ou, ao contrário, pode ser polar mesmo que as ligações entre os átomos que a constituem sejam apolares? a) Há duas condições necessárias para que uma molécula seja polar Primeira: deve haver diferença de eletronegatividade entre os átomos que formam a molécula de modo que as ligações estabelecidas sejam polares dando origem à formação de um vetor momento dipolar, Segunda: a geometria da molécula deve ser tal que a soma de todos os vetores momento dipolar formados nas ligações entre os átomos seja diferente de zero b) É possível que uma molécula seja apolar mesmo tendo ligações polares: basta que a soma de todos os vetores momento dipolar seja igual a zero O contrário não ocorre, ou seja, uma molécula com todas as ligações apolares será necessariamente apolar 2 Indique a molécula que possui ao mesmo tempo ligações polares e ligações apolares: a) H 2 O c) CH 3 C, e) H 2 O 2 b) CH 4 d) BeC, 2 No peróxido de hidrogênio, H O O H, as ligações entre oxigênio e hidrogênio são polares e a ligação entre os átomos de oxigênio é apolar

2 3 (UFES) A molécula do OF 2 é polar e a molécula do BeF 2 é não-polar Isto se deve à (ao): a) diferença de eletronegatividade entre os átomos nas respectivas moléculas b) geometria molecular c) tamanho dos átomos ligados ao flúor d) grande reatividade do oxigênio em relação ao flúor e) fato de o oxigênio e o flúor serem gases Como o OF 2 é angular, a molécula é polar No caso do BeF 2, que é linear (o berílio sofre hibridização sp), a molécula é apolar 4 (UFSC) Considerando as polaridades das ligações e as estruturas moleculares, é correto afirmar que: 01 O percentual de ligações iônicas é maior nas moléculas de HBr do que nas moléculas de HF 02 A molécula de H 2 O tem menor caráter polar que a molécula de H 2 S 04 A molécula de H 2 O é polar, enquanto a molécula de CO 2 é apolar 08 A molécula de BF 3 tem três ligações polares, porém a molécula é apolar 16 A molécula de NH 3 é mais polar que a de CH 4 32 A molécula de CC, 4 é apolar e a de CHC, 3 é polar São corretos os itens 04, 08, 16 e 32 O item 01 é errado porque no HF a diferença de eletronegatividade entre os átomos é maior que no HBr Logo, o HF apresenta um caráter iônico maior O item 02 é errado porque, como o oxigênio é mais eletronegativo que o enxofre, a molécula de H 2 O tem maior caráter polar que a molécula de H 2 S Resposta: soma 5 60

3 5 (Fatec-SP) Assinale a alternativa que contém apenas moléculas polares a) HC, e CH 4 c) O 2 e HCC, 3 e) CH 2 C, 2 e CC, 4 b) H 2 O e NH 3 d) CO 2 e H 2 O 2 Os compostos CH 4, O 2, CO 2, CH 2 C, 2 e CC, 4 são apolares O composto HCC, 3 é praticamente apolar Os compostos HC,, H 2 O e NH 3 são polares 6 (Fuvest-SP) Qual das moléculas tem maior momento dipolar? Justifique a) H 2 O ou H 2 S b) CH 4 ou NH 3 a) A molécula de água, pois a diferença de eletronegatividade entre o oxigênio e o hidrogênio é maior do que entre o enxofre e o hidrogênio b) A molécula de amônia, pois a diferença de eletronegatividade entre o nitrogênio e o hidrogênio é maior do que entre o carbono e o hidrogênio 7 (ITA-SP) Assinale a opção que contém a afirmação errada a respeito das seguintes espécies químicas, todas na fase gasosa: hidrogênio, H 2 ; cloreto de hidrogênio, HC,; fluoreto de hidrogênio, HF; tricloreto de fósforo, PC, 3 ; pentacloreto de fósforo, PC, 5 a) A ligação no H 2 é a mais covalente e a no HF é a mais iônica b) O H 2 e o HC, são, ambos, diamagnéticos c) O PC, 5 tem um momento de dipolo elétrico maior do que o PC, 3 d) O H 2 e o PC, 5 não possuem momento de dipolo elétrico permanente e) O H 2 pode ter momento de dipolo elétrico induzido O momento de dipolo elétrico no PC, 3 é maior do que no PC, 5 devido à presença do par de elétrons livres do fósforo no PC, 3

4 p 8 8 (UFRJ) O dióxido de carbono, CO 2, solidificado, o gelo-seco, é usado como agente refrigerante para temperaturas da ordem de 278 C a) Qual a fase de agregação do dióxido de carbono a 25 C e 1 atm? b) O dióxido de carbono é uma molécula apolar, apesar de ser constituído por ligações covalentes polares Justifique a afirmativa a) O dióxido de carbono a 25 C e 1 atm é um gás (gás carbônico) b) Os momentos dipolares referentes às polaridades das ligações do dióxido de carbono se cancelam O momento dipolar resultante é nulo O l C l O 9 (Vunesp-SP) Entre as substâncias: gás amoníaco, NH 3(g), metano, CH 4(g), cloreto de hidrogênio, HC, (g), nitrogênio, N 2(g) e água, H 2 O (,), indique qual apresenta molécula do tipo: a) tetraédrica e apolar b) angular e polar a) Metano, CH 4(g) b) Água, H 2 O (,) 10 (Esam-RN) A molécula apolar que apresenta ligações covalentes polares é: a) C, 2 c) NH 3 e) CC, 4 b) CO d) O 3 O CC, 4 apresenta molécula tetraédrica (apolar) com ligações covalentes polares entre o C e o C,

5 11 (Vunesp-SP) Se uma solução que contém iodo manchar uma camiseta branca de algodão, o procedimento correto para retirar a mancha de iodo consiste, antes da lavagem, em aplicar sobre a mancha: a) clorofórmio, CHC, 3, ou tetracloreto de carbono, CC, 4 b) vinagre ou suco de limão c) talco (silicato de magnésio) d) farinha de trigo ou amido e) água ou álcool Como o iodo é apolar, ele é solúvel em solventes apolares como o tetracloreto de carbono e o clorofórmio (cuja polaridade pode ser considerada desprezível) 12 (UFRGS-RS) Em vazamentos ocorridos em refinarias de petróleo, que extravasam para rios, lagos e oceanos, verifica-se a utilização de barreiras de contenção para evitar a dispersão do óleo Nesses casos, observa-se a formação de um sistema heterogêneo onde o petróleo fica na superfície desses recursos hídricos Sobre o sistema acima descrito é correto afirmar que a água e o petróleo não se misturam porque: a) se apresentam em fases de agregação diferentes b) apresentam densidades diferentes, e o petróleo fica na superfície devido a sua maior densidade c) apresentam moléculas com polaridades diferentes, e o petróleo fica na superfície devido a sua menor densidade d) a viscosidade da água é maior que a do petróleo e) a elevada volatilidade do petróleo faz com que este fique na superfície

6 13 (UnB-DF) Ao estudar alguns aspectos da ciência e da tecnologia dos alimentos, em especial a dissolução, um estudante, trabalhando em laboratório com quatro amostras de substâncias sólidas, obteve os resultados apresentados na tabela seguinte: Substâncias Solvente I II III IV Água solúvel solúvel insolúvel solúvel Óleo pouco solúvel pouco solúvel solúvel pouco solúvel A partir da análise dos dados contidos na tabela, julgue os itens a seguir: V 1 As substâncias I, II e IV são polares F 2 A propriedade analisada pelo estudante independe da temperatura do sistema V 3 A separação da substância II do material obtido com o solvente água pode ser realizada por destilação; a da substância III, por filtração F 4 Os resultados obtidos pelo estudante demonstram que I e IV correspondem a uma mesma substância 1 Verdadeira 2 Falsa A solubilidade depende da temperatura do sistema 3 Verdadeira 4 Falsa Podem existir várias substâncias diferentes e que apresentam essas mesmas propriedades

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

QUÍMICA. LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES

QUÍMICA. LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES QUÍMICA Prof. Daniel Pires LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES 1. Considere as seguintes moléculas: H O; PC؃; BHƒ; SF e CO. a) Indique

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE POLAR ELEMENTOS COM ELETRONEGATIVIDADES DIFERENTES MOLÉCULA APOLAR VETORES SE ANULAM ///// µ R = 0 MOLÉCULA APOLAR VETORES

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR É o estudo de como os átomos estão distribuídos espacialmente em uma molécula. Dependendo dos átomos que a

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda.

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda. 1. (G1 - ifba 2014) A respeito da geometria, polaridade e ligações químicas das moléculas dos compostos, previstas por suas estruturas de Lewis, pode-se afirmar corretamente que a) a molécula do PC 3 é

Leia mais

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nova Friburgo, de de 2014. Aluno (a): Gabarito Professor(a): ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nº: Turma:100 Assuntos: Estrutura atômica; Tabela Periódica; Propriedades periódicas;

Leia mais

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: 01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais Alcalinos e) Gases Nobres 02) (UFF-RJ)

Leia mais

PROFESSOR LOURIVAL NETO

PROFESSOR LOURIVAL NETO QUÍMICA EM 1 DIA PROFESSOR LOURIVAL NETO UBERLÂNDIA LIGAÇÕES QUÍMICAS Iônica: Ocorre devido a transferência de elétrons! Ìons mantêmse em um cristal Retículo cristalino. A força eletrostática mantém os

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q53 Ácidos de Arrhenius

Química. Resolução das atividades complementares. Q53 Ácidos de Arrhenius Resolução das atividades complementares 4 Química Q53 Ácidos de Arrhenius p 35 1 (UFRGS-RS) Admitindo-se 100% de ionização para o ácido clorídrico em solução diluída, pode-se afirmar que essa solução não

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica Resolução das atividades complementares 3 Química Q42 Ligação metálica p. 59 1 (Cefet-PR) Analise as afirmações a seguir: I. O metal X é leve, sofre pouca corrosão e é bastante utilizado na construção

Leia mais

QUÍMICA DESCOMPLICADA

QUÍMICA DESCOMPLICADA DISCIPLINA DE QUÍMICA SISTEMAS MATERIAIS 1. (UFRGS/01) - Analise os sistemas materiais abaixo, estando ambos na temperatura ambiente. I - Mistura de 10 g de sal de cozinha, 30 g de areia fina, 20 ml de

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares 01 I. H 2, linear (a) II. O 2, linear (a) III. H 2 O, angular (b) IV. NH 3, piramidal (c) V. CH 4, tetraédrica (e) VI. CO 2, linear (a) VII. BF 3, trigonal (d) VIII. H 2 S, angular (b) IX. CCl 4, tetraédrica

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira MODELOS DE LIGAÇÕES QUÍMICAS E PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS 1 Os conceitos

Leia mais

16. (VUNESP/BARRETOS/2014) Leia o texto para responder a questão a seguir. Brócolis pode prevenir e evitar avanço da artrose

16. (VUNESP/BARRETOS/2014) Leia o texto para responder a questão a seguir. Brócolis pode prevenir e evitar avanço da artrose 16. (VUNEP/BARRET/2014) Leia o texto para responder a questão a seguir. Brócolis pode prevenir e evitar avanço da artrose 17. (UNICAMP/2014) Na tirinha abaixo, o autor explora a questão do uso apropriado

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

GEOMETRIA MOLECULAR. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 GEOMETRIA MOLECULAR Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 RESUMO COMPLETO GEOMETRIA VSEPR Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 2 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01

Leia mais

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS REGRA DO OCTETO Cada átomo tem um número de elétrons diferente e estes e - (elétrons) estão distribuídos

Leia mais

Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo

Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo Ligação Química e Estudo do Átomo de Carbono Aula 1 1- INTRODUÇÃO Os átomos são formados por nêutrons, prótons e elétrons.

Leia mais

OS SEMELHANTES SE ATRAEM?

OS SEMELHANTES SE ATRAEM? OS SEMELHANTES SE ATRAEM? Objetivo Analisar a solubilidade de substâncias de uso doméstico. Descrição A solubilidade de substâncias se dá em função de uma afinidade eletrônica existente entre as espécies

Leia mais

A) a existência do oceano líquido é uma hipótese possível, pois um sal solúvel só forma uma mistura homogênea com a água, quando ela está líquida.

A) a existência do oceano líquido é uma hipótese possível, pois um sal solúvel só forma uma mistura homogênea com a água, quando ela está líquida. TEXTO PARA A QUESTÃO 1. Sonda espacial detecta sal de cozinha em lua de Saturno A análise da composição química do anel mais externo de Saturno revelou a presença de 98% de água, 1% de cloreto de sódio,

Leia mais

Resolução Comentada - Química

Resolução Comentada - Química Resolução Comentada - Química UFTM 2013 1 Fase Vestibular UFTM 2013 1 Resolução Prova de Química Tipo 1 Questão 76 A soja é considerada um dos alimentos mais completos em termos de propriedades nutricionais,

Leia mais

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R Lista de Exercícios de Geometria e Ligações 1) Numere a segunda coluna (estruturas geométricas) de acordo com a primeira coluna (compostos químicos). 1. NH 3 ( ) linear 2. CO 2 ( ) angular 3. H 2 O ( )

Leia mais

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu. Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu. Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I OBS: Sua lista semanal deverá ser respondida em folha de papel almaço, copiando

Leia mais

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP CURSO: Agronomia DISCIPLINA: Química Geral ASSUNTO: Soluções e Unidades de Concentração 1 1. TIPOS MAIS COMUNS DE SOLUÇÃO Solução

Leia mais

Fração. Página 2 de 6

Fração. Página 2 de 6 1. (Fgv 2014) De acordo com dados da Agência Internacional de Energia (AIE), aproximadamente 87% de todo o combustível consumido no mundo são de origem fóssil. Essas substâncias são encontradas em diversas

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014

RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014 RESOLUÇÃO COMENTADA DA PROVA DA UNESP DE 2014 1-Alguns historiadores da Ciência atribuem ao filósofo pré-socrático Empédocles a Teoria dos Quatro Elementos. Segundo essa teoria, a constituição de tudo

Leia mais

Prova de Recuperação Bimestral de Ciências Nome Completo: Data: / /2010

Prova de Recuperação Bimestral de Ciências Nome Completo: Data: / /2010 COLÉGIO MARIA IMACULADA QI 05 ch. 72 LAGO SUL BRASÍLIA DF E-MAIL: cmidf@cmidf.com.br FONE: 248 4768 SITE: www.cmidf.com.br VALOR:10 pontos. NOTA: 9ºano 2º PERÍODO Prova de Recuperação Bimestral de Ciências

Leia mais

5. Unifor-CE) Considere a tabela de pontos de fusão e pontos de ebulição das substâncias a seguir, a um atmosfera de pressão:

5. Unifor-CE) Considere a tabela de pontos de fusão e pontos de ebulição das substâncias a seguir, a um atmosfera de pressão: CURSO PREPARATÓRIO PARA BOMBEIRO - COMBATENTE GRANCURSOS DISCIPLINA QUÍMICA PROF. MARCUS VINÍCIUS DIAS DE OLIVEIRA AULA 1 1. (UNB) Os diagramas representam modelos de substâncias simples, compostas e/ou

Leia mais

~ 1 ~ Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2012

~ 1 ~ Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2012 Questão 02: Ao nosso redor vemos diversos materiais assumindo os estados sólido, líquido ou gasoso. Abaixo você vê uma imagem mostrando água pura nos três estados físicos mais comuns. MODALIDADE EM-1 Nº

Leia mais

SUSPENSÕES E SOLUÇÕES

SUSPENSÕES E SOLUÇÕES SUSPENSÕES E SOLUÇÕES Definições SUSPENSÃO Mistura heterogênea de substâncias Ex.: sangue (suspensão de plasma e células) água e óleo; água e areia, água e açúcar SOLUÇÃO Mistura homogênea de substâncias

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

Exercícios de Química Geometria Molecular

Exercícios de Química Geometria Molecular Exercícios de Química Geometria Molecular 1) (PUC-MG-2002) Um elemento X (Z = 1) combina com Y (Z = 7). O composto formado tem, respectivamente, fórmula molecular e forma geométrica: a) XY 3 : trigonal

Leia mais

de comportamento entre o dióxido de carbono e o dióxido de nitrogênio. Números atômicos: C = 6; N = 7; O = 8.

de comportamento entre o dióxido de carbono e o dióxido de nitrogênio. Números atômicos: C = 6; N = 7; O = 8. Geometria Molecular 1) (ITA) Considere as seguintes espécies no estado gasoso: NF, BeF, BCl, ClF, KrF4 e SeO4. Quais delas apresentam momento de dipolo elétrico? A) Apenas NF e SeO4. B) Apenas BeF, ClF

Leia mais

2. Assinale a alternativa que apresenta, na seqüência, os termos corretos que preenchem as lacunas da seguinte afirmativa:

2. Assinale a alternativa que apresenta, na seqüência, os termos corretos que preenchem as lacunas da seguinte afirmativa: COLÉGIO JOÃO PAULO I QUÍMICA 8ª Série Nome: Turma: Data: Professor (a): Nota Máxima: 6,0 Nota: 1. Assinale a ÚNICA proposição CORRETA que contém o melhor método para separar os três componentes de uma

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final Disciplina: Química Ano: 2012 Professor (a): Elisa Landim Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista

Leia mais

POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.

POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com. POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 (UFSCAR-SP) É molécula polar: a) C 2H 6 b) 1,2-dicloroetano c)

Leia mais

SEPARAÇÃO DE MISTURAS

SEPARAÇÃO DE MISTURAS SEPARAÇÃO DE MISTURAS Os seguintes processos permitem a separação dos vários constituintes de uma mistura. Cada um destes processos tem uma utilização bem definida, dependendo do tipo e das propriedades

Leia mais

QUÍMICA. Questão 31. Questão 32

QUÍMICA. Questão 31. Questão 32 QUÍMICA Questão 3 Em 9,9 g de um sal de cálcio encontra-se 0,5 mol desse elemento. Qual a massa molar do ânion trivalente que forma esse sal? Dado: Ca 40 g/mol. (A) 39 g/mol. (B) 278 g/mol. (C) 63,3 g/mol.

Leia mais

SEPARAÇÃO DE MISTURAS Exercícios

SEPARAÇÃO DE MISTURAS Exercícios SEI Ensina - MILITAR Química SEPARAÇÃO DE MISTURAS Exercícios 1.A água potável é um recurso natural considerado escasso em diversas regiões do nosso planeta. Mesmo em locais onde a água é relativamente

Leia mais

PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES

PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA VIII OLIMPÍADA DE QUÍMICA DA LIBERATO OQL DATA: 24/08/2013 MODALIDADE: EM-1 Nº DE INSCRIÇÃO: INFORMAÇÕES Escrever o NÚMERO DE INSCRIÇÃO na grade

Leia mais

química 2 Questão 37 Questão 38 Questão 39 alternativa C na alternativa B. Sabendo-se que a amônia (NH 3)

química 2 Questão 37 Questão 38 Questão 39 alternativa C na alternativa B. Sabendo-se que a amônia (NH 3) química 2 Questão 37 Questão 38 abendo-se que a amônia (N 3) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (2 2) não possui isômeros. ua molécula apresenta polaridade,

Leia mais

Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica

Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica Aula 3 Estudo funcional Alcanos e cicloalcanos Polaridade das ligações covalentes e das moléculas Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Introdução:

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 1ª série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 1ª série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 1ª série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

MÓDULO 4 Estudo Físico dos Gases... 13 Transformações Gasosas Equação de Estado Hipótese de Avogrado

MÓDULO 4 Estudo Físico dos Gases... 13 Transformações Gasosas Equação de Estado Hipótese de Avogrado Química SUMÁRIO Química 1 MÓDULO 3 Ligações Químicas... 3 Ligações Iônica, ovalente, ovalente Dativa e Metálica Eletrólitos e não Eletrólitos Soluções Eletrolíticas e Soluções não Eletrolíticas Química

Leia mais

e hexafluoreto de enxofre

e hexafluoreto de enxofre 4. (Mackenzie 05) Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Estes gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação

Leia mais

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA 97. A solubilidade do oxalato de cálcio a 20 C é de 33,0 g por 100 g de água. Qual a massa, em gramas, de CaC 2 O 4 depositada no fundo do recipiente quando 100 g de CaC 2 O 4

Leia mais

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos.

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos. ITS Química do Petróleo 3 Módulo: Prof.ª Mônica Fonseca Química Orgânica: É a parte da Química que estuda os compostos do carbono. Compostos orgânicos naturais: as principais fontes de compostos orgânicos

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA Hibridização Revisão - Química Orgânica Básica 1 Tabela Periódica 2 Moléculas Diatômicas 3 Moléculas Poliatômicas 4 Eletronegatividade 5 A interação da luz e a matéria 6 Hibridização

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE NORMAL

LIGAÇÃO COVALENTE NORMAL LIGAÇÃO COVALENTE NORMAL Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UFSCAR-SP) Apresentam somente ligações covalentes: a) NaCl e H 2SO 4 b) Mn 2O 3 e MgH

Leia mais

Energias de ionização (ev) 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª X 5,4 75,6 122,4 Y 13,6 35,2 54,9 77,4 113,9 138,1 739,1 871,1

Energias de ionização (ev) 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª X 5,4 75,6 122,4 Y 13,6 35,2 54,9 77,4 113,9 138,1 739,1 871,1 1. (Cefet MG 2014) Na tabela a seguir, estão representadas as energias de ionização de dois elementos X e Y pertencentes ao segundo período do quadro periódico. Elementos Energias de ionização (ev) 1ª

Leia mais

O interesse da Química é analisar as...

O interesse da Química é analisar as... O interesse da Química é analisar as... PROPRIEDADES CONSTITUINTES SUBSTÂNCIAS E MATERIAIS TRANSFORMAÇÕES ESTADOS FÍSICOS DOS MATERIAIS Os materiais podem se apresentar na natureza em 3 estados físicos

Leia mais

NÚMERO DE OXIDAÇÃO. Porém, nem todos os compostos que existem são formados por íons. Observe a seguinte estrutura: METANO H C

NÚMERO DE OXIDAÇÃO. Porém, nem todos os compostos que existem são formados por íons. Observe a seguinte estrutura: METANO H C NÚMER DE XIDAÇÃ INTRDUÇÃ Na química há reações chamadas reações de óxido-redução que são de extrema importância no nosso dia-a-dia. Essas reações (que serão estudadas na próxima unidade) podem apresentar

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE COORDENADA OU DATIVA

LIGAÇÃO COVALENTE COORDENADA OU DATIVA LIGAÇÃO COVALENTE COORDENADA OU DATIVA LIGAÇÃO METÁLICA Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXCEÇÕES À REGRA DO OCTETO Na Regra do octeto nas ligações químicas a maioria das substâncias

Leia mais

Gabarito Química - Grupo A. 1 a QUESTÃO: (1,0 ponto) Avaliador Revisor

Gabarito Química - Grupo A. 1 a QUESTÃO: (1,0 ponto) Avaliador Revisor VESTIB LAR Gabarito Química - Grupo A 1 a QUESTÃO: (1,0 ponto) Avaliador Revisor Muitos álcoois, como o butanol (C 4 H 10 O), têm importância comercial como solventes e matériasprimas na produção industrial

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

03 - (Fuvest SP/2007) A figura mostra modelos de algumas moléculas com ligações covalentes entre seus átomos.

03 - (Fuvest SP/2007) A figura mostra modelos de algumas moléculas com ligações covalentes entre seus átomos. 0 - (Uem PR/007) Assinale a alternativa correta. a) A molécula C 4 é apolar e formada por ligações apolares. b) Toda molécula polar é formada por ligações apolares. c) A molécula B 3 possui geometria piramidal

Leia mais

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo I 1 a série do ensino médio Fase 01 Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO

Leia mais

Resumo Teórico. Fala Gás Nobre! Tudo bem?

Resumo Teórico. Fala Gás Nobre! Tudo bem? Resumo Teórico 2 Fala Gás Nobre! Tudo bem? Já assistimos todos os vídeos sobre a Poluição da Água. Estamos cada vez mais próximos do sucesso. Por isso quero te entregar esse material que contém o resumo

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas.

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas. Unidade III Ligações químicas e funções inorgânicas. 2 Aula 12.1 Conteúdo: Geometria molecular Polaridade das moléculas 3 Habilidades: Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem

Leia mais

Aluno (a): Nº. Disciplina: Química Goiânia, / / 2014

Aluno (a): Nº. Disciplina: Química Goiânia, / / 2014 Lista de Exercícios Aluno (a): Nº. Professora: Núbia de Andrade Série: 1º ano (Ensino médio) Turma: Disciplina: Química Goiânia, / / 2014 01) A mudança de fase denominada sublimação ocorre quando a) o

Leia mais

SUBSTÂNCIAS E MISTURAS

SUBSTÂNCIAS E MISTURAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS 1. ELEMENTO QUÍMICO É um conjunto de átomos de mesmo número atômico(z). 1 2 3 H H H 1 1 1 2. SUBSTÂNCIA Z Todo material formado por um tipo apenas de componente (molécula ou aglomerado

Leia mais

Apostila de Química Geral

Apostila de Química Geral Cursinho Vitoriano UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Câmpus de São José do Rio Preto Apostila de Química Geral Período noturno Ligações químicas interatômicas Vanessa R.

Leia mais

Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE

Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE Questão 1 Considerando os íons NO 2+ e NO 2-, faça o que se pede: a. Represente cada um dos íons através de um número adequado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Introdução. Gerais. Funcionais. Propriedades. da Matéria Organolépticas. Específicas. Químicas. Físicas. Química. Rômulo

Introdução. Gerais. Funcionais. Propriedades. da Matéria Organolépticas. Específicas. Químicas. Físicas. Química. Rômulo Introdução Gerais Propriedades Funcionais da Matéria Organolépticas Específicas s Físicas Propriedades Gerais São propriedades comuns a todo tipo de matéria massa extensão impenetrabilidade divisibilidade

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa)

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) HISTÓRICO Teoria da Força Vital - teoria postulada por Berzelius (1779-1848) na qual afirmava que era necessária uma força especial, desconhecida, somente presentes nos

Leia mais

Nº máximo 2 8 18 32 32 18 2. Camadas K L M N O P Q 20 Ca (Z=20) 2 8??

Nº máximo 2 8 18 32 32 18 2. Camadas K L M N O P Q 20 Ca (Z=20) 2 8?? Ligações químicas Na natureza, todos os sistemas tendem a adquirir a maior estabilidade possível. Os átomos ligam-se uns aos outros para aumentar a sua estabilidade. Os gases nobres são as únicas substâncias

Leia mais

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares

Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares Sólidos, Líquidos e Forças intermoleculares #Fases da matéria Fase é qualquer forma na qual a matéria pode existir, sólido, líquido, gás, plasma, dependendo da temperatura e da pressão. É a parte homogênea

Leia mais

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier Respostas da terceira lista de exercícios de química Prof a. Marcia M. Meier 1) O íon brometo não aceita mais de um elétron, pois este segundo elétron ocupará numeros quânticos maiores quando comparado

Leia mais

- LIGAÇÕES IÔNICAS: Na (1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 ) + Cl (1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 ) Na + (1s 2 2s 2 2p 6 ) + Cl - (1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 )

- LIGAÇÕES IÔNICAS: Na (1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 ) + Cl (1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 ) Na + (1s 2 2s 2 2p 6 ) + Cl - (1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 ) - LIGAÇÕES IÔNICAS: A ligação iônica é a ligação química formada pela atração eletrostática entre íons positivos e íons negativos. A ligação se dá entre dois átomos quando um elétron, ou mais um, se transfere

Leia mais

QUÍMICA. Forças Intermoleculares

QUÍMICA. Forças Intermoleculares Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 4R Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA Forças Intermoleculares DEFINIÇÃO: As forças intermoleculares são forças de atração que ocorrem entre as moléculas,

Leia mais

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 2 o EM QUÍMICA 2º TRIMESTRE 08 07 15 LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 1. (Enem 2000) Para compreender o processo de exploração e o consumo dos recursos petrolíferos, é fundamental conhecer a gênese e

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 1- Dois elementos químicos X e Y combinam-se formando uma substância molecular XY 3. X e Y podem ter números atômicos, respectivamente: A)1 e 7 B) 2 e 9 C) 13 e 16 D) 15 e 35 E)

Leia mais

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada apixaba de Química 2011 Prova do Grupo III 3 a série do ensino médio Fase 01 Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: oordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRIO

Leia mais

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução Química QUESTÃO 1 Um recipiente contém 100 ml de uma solução aquosa de H SO 4 de concentração 0,1 mol/l. Duas placas de platina são inseridas na solução e conectadas a um LED (diodo emissor de luz) e a

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 Nome: Gabarito Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Constantes: R 8,314 J mol -1 K -1 0,0821

Leia mais

EXAME GERAL EM QUÍMICA EDITAL N 118/2009. Seleção para o 1º Semestre de 2010 07 de Dezembro de 2009 CANDIDATO: Assinatura: INSTRUÇÕES

EXAME GERAL EM QUÍMICA EDITAL N 118/2009. Seleção para o 1º Semestre de 2010 07 de Dezembro de 2009 CANDIDATO: Assinatura: INSTRUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA R. José Moreira Sobrinho, s/n, CEP: 45506-191 Jequié-BA Tel / FAX: 73 3528-9630 e-mail: mestrado.quimica@uesb.br Reservado

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação 01. (Cesgranrio) Sendo dadas as seguintes entalpias de reação: C (s) C (g) H = + 170,9 kcal/mol 2 H 2 (g) 4H (g) H = + 208,4 kcal/mol C (s) + 2 H 2 (g)

Leia mais

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos 13. (ENEM 2014) O principal processo industrial utilizado na produção de fenol é a oxidação do cumeno (isopropilbenzeno). A equação mostra que esse processo envolve a formação do hidroperóxido de cumila,

Leia mais

Propriedades físicas e químicas das substâncias

Propriedades físicas e químicas das substâncias Propriedades físicas e químicas das substâncias Na Natureza há uma grande diversidade de materais. Muitos desses materais são substâncias mas será que são puras? Há substâncias que, mesmo misturadas com

Leia mais

Prof: René dos Reis Borges

Prof: René dos Reis Borges OS MATERIAIS E SUAS PROPRIEDADES 01) (FATEC) Um estudante recebeu uma amostra na forma de um pó branco, constituída por mistura das substâncias sólidas A e B, que frente à água comportam-se como registra

Leia mais

Propriedades Físicas de alguns compostos

Propriedades Físicas de alguns compostos Propriedades Físicas de alguns compostos Tipo de ligação e temperatura de fusão COMPOSTO Tipo de ligação T fusão / o C NaCl iónica 801 Cu metálica 1083 Si covalente 1410 H 2 O intermolecular 0 C 6 H 6

Leia mais

Roteiro de Estudos 2 trimestre 2015 Disciplina: Química 9º ANOS

Roteiro de Estudos 2 trimestre 2015 Disciplina: Química 9º ANOS Roteiro de Estudos 2 trimestre 2015 Disciplina: Química 9º ANOS Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa O que devo saber: UNIDADE 2 Os estados físicos da matéria. Estados físicos da matéria e suas

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

ANEXO IV. II- um armário para armazenagem de solventes, com construção resistente ao fogo.

ANEXO IV. II- um armário para armazenagem de solventes, com construção resistente ao fogo. ANEXO IV ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUÍMICOS. No laboratório, almoxarifado e em locais em que se tenha que armazenar ou manipular substâncias químicas, deve-se ter em conta sua composição, pois muitas delas

Leia mais

10/02/2014. O Processo de Dissolução. Solução: é uma mistura homogênea de soluto e solvente. Solvente: Componente cujo estado físico é preservado.

10/02/2014. O Processo de Dissolução. Solução: é uma mistura homogênea de soluto e solvente. Solvente: Componente cujo estado físico é preservado. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Bacharelado em Ciência e Tecnologia Diamantina - MG Solução: é uma mistura homogênea de soluto e solvente. Solvente: Componente cujo estado físico

Leia mais

Propriedades Físicas das Soluções

Propriedades Físicas das Soluções Propriedades Físicas das Soluções Solução (def): é uma mistura homogénea de duas ou mais substâncias. Solvente: componente da solução do mesmo estado físico, por exemplo água numa solução aquosa Soluto:

Leia mais

Ligações. III. Todas as ligações em A e B são, predominantemente, iônicas.

Ligações. III. Todas as ligações em A e B são, predominantemente, iônicas. Ligações 1) (UFMG) A curva abaixo mostra a variação da energia potencial Ep em função da distância entre os átomos, durante a formação da molécula 2 a partir de dois átomos de hidrogênio, inicialmente

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES

LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES Ligações Químicas INTRAmoleculares INTERmoleculares Tipo de Ligação Química INTERMOLECULAR INTRAMOLECULAR Magnitude Comparativamente FRACA FORTE Polaridade em Ligações

Leia mais

ELETROQUÍMICA (Parte II)

ELETROQUÍMICA (Parte II) ELETROQUÍMICA (Parte II) I ELETRÓLISE A eletrólise é um processo de oxirredução não espontâneo, em que a passagem da corrente elétrica em uma solução eletrolítica (solução com íons), produz reações químicas.

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. MATERIAIS: DIVERSIDADE E CONSTITUIÇÃO 1.1 Materiais 1.1.1 Materiais

Leia mais

Exercícios de Revisão - 2

Exercícios de Revisão - 2 Exercícios de Revisão - 2 1. Na tentativa de explicar a origem dos seres vivos, Müller reproduziu, em seu experimento, as condições atmosféricas primitivas, que continham os gases metano (CH4); amônia

Leia mais

Conteúdo: Substancias e misturas

Conteúdo: Substancias e misturas LISTA 1º. ANO - Substâncias Conteúdo: Substancias e misturas 1- Com relação ao número de fases, os sistemas podem ser classificados como homogêneos ou heterogêneos. As alternativas correlacionam adequadamente

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas.

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. 1 Parte I - Considere as informações abaixo: Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. Núcleo: Prótons e nêutrons. Eletrosfera: elétrons Os átomos

Leia mais

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g (ACAFE) Foi dissolvida uma determinada massa de etanol puro em 200 g de acetona acarretando em um aumento de 0,86 C na temperatura de ebulição da acetona. Dados: H: 1 g/mol, C: 12 g/mol, O: 16 g/mol. Constante

Leia mais