MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32"

Transcrição

1 MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32

2 1 MANUAL DO SISTEMA - V 1.2 SUPER DVR 32 Server As infrmações cntidas neste dcument estã sujeitas a alterações sem avis prévi. Nenhuma parte deste dcument pde ser reprduzida u transmitida de qualquer frma u pr qualquer mei, eletrônic u mecânic, para qualquer prpósit, sem permissã expressa. Cpyright Tds s direits reservads. Micrsft e Windws sã marcas registradas da Micrsft Crpratin ns Estads Unids e em utrs países. Tdas as utras empresas e nmes de prduts citads pdem ser marcas cmerciais de seus respectivs prprietáris.

3 2 Índice Intrduçã...3 GARANTIA...3 HARDWARE NECESSÁRIO...3 SuperDVR SuperDVR SuperDVR Para transmissã de imagens...4 SOFTWARE NECESSÁRIO...4 Apresentaçã...5 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO SUPERDVR32 SERVER...5 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...6 Instaland Sistema...7 INSTALAÇÃO DO HARDWARE...7 INSTALAÇÃO DO DRIVER...7 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE...10 Instaland Prgrama SuperDVR32 Server...10 Iniciand SuperDVR32 Server...13 CONHECENDO A INTERFACE...13 Btões de cntrle...14 Cnfigurand SuperDVR32 Server...16 GUIA CÂMERAS...16 Guia Gravaçã...16 Habilitad...16 Nme...17 Cres...17 Qualidade...17 Velcidade...17 Tip de Gravaçã...18 Gravaçã pr detecçã de mviment...18 Gravaçã Prgramada...19 Guia Transmissã...20 Habilitad...20 Qualidade...20 Velcidade...20 Guia Dme...21 Habilita Dme...21 Prtcl...21 Prta COM...21 GUIA USUÁRIOS...22 Gerenciament de Usuáris...23 Adicinar um usuári...23 Remver um usuári...23 Alterar a senha de um usuári...23 Definir as permissões de acess...23 GUIA GERAL...24 Padrã de víde...24 Seqüencial DVR...24 Seqüencial Víde Out...24 GUIA SERVIDOR...25 Servidr Web...25 Ativar Transmissã...25 Slicitar nme e senha...25 Endereç IP...25 Prtas...26 Servidr Rede...26 Ativar Transmissã...26 Prta...26 Cntrle de Acess IP...26 Utilizand SuperDVR32 Server...27 MODO DE VISUALIZAÇÃO DE IMAGENS...27 Md de Visualizaçã 1: Uma câmera...27 Md de Visualizaçã 2: Seis câmeras...28 Md de Visualizaçã 3: Oit câmeras...28 Md de Visualizaçã 4: Quatr câmeras...29 Md de Visualizaçã 5: Nve câmeras...30 Md de Visualizaçã 6: Dez câmeras...30 Md de Visualizaçã 7: Treze câmeras...31 Md de Visualizaçã 8: Dezesseis câmeras...32 Md de Visualizaçã 9: Trinta e duas câmeras...32 MODO PLAYER...33 Md Player 1: Uma câmera...33 Md Player 2: Quatr câmeras...34 Md Player 3: Oit câmeras...35 Buscand uma imagem...35 Janela de prcura...36 Cntrle de reprduçã de víde...36 Btões de funçã...36 Salvar Imagem...36 Salvar Víde...37 Imprimir Imagem...38 GUIA DISCOS...21 Habilitar Gravaçã...22 Limite de us d HD...22 Espaç Ttal...22 Espaç Alcad...22 Espaç Ocupad...22 Espaç Livre...22

4 3 Intrduçã GARANTIA É garantida a execuçã substancial das funções descritas neste manual pr 90 dias a cntar da data de entrega d prdut a cnsumidr final. Qualquer hardware SuperDVR32 frnecid que pere dentr das nrmas estabelecidas neste manual, juntamente cm sftware SuperDVR32, terá garantia de 1 (um) an. Nã serã cberts pela garantia prblemas advinds de descargas elétricas u estáticas, bem cm dans casinads pel manusei de prfissinais indevidamente capacitads. Havend n micrcmputadr nde será instalad prdut utrs sistemas instalads, em que diferentes assistentes técnics pderã manusear referid equipament, nã se pderá cmprvar mtiv de quaisquer defeits, bem cm cnfrntar pssíveis avarias riundas de manusei de técnics indevidamente capacitads. Prtant, também neste cas, eventuais dans nã serã cberts pela garantia. O fabricante cmprmete-se a substituir imediatamente s equipaments frnecids em cas de estarem em garantia, levand-se em cnsideraçã sua peraçã dentr das especificações expressas neste manual. Pr se tratar de prdut que pera em cnjunt cm sistema peracinal Windws XP e utrs hardwares de qualidade descnhecida, fica fabricante desbrigad a prestar assessria técnica em sftware e hardware que nã seja prpriamente prduzid. Exclusã da Respnsabilidade pr Prejuízs Indirets: nã é frnecida garantia pr qualquer tip de prejuíz, sejam eles quais frem (perda de negócis, lucrs, rubs, vilações, perda de infrmaçã de negócis, perda de infrmaçã de qualquer natureza u qualquer utr tip de dan). HARDWARE NECESSÁRIO SuperDVR32-8: Micrcmputadr Pentium III 800 MHz Intel cmpatível 256 MB de memória RAM Mnitr SVGA 800x600 32bits cmpatível Placa de víde TNT2 cm 32 MB de memória RAM u cm suprte YUY2 1 Slt PCI Livre Placa de sm Sund Blaster cmpatível HD de 20 GB u mais Drive de CD-ROM 8x (para instalaçã d sftware) Estabilizadr / N-Break

5 4 SuperDVR32-16: Micrcmputadr Pentium III 800 MHz Intel cmpatível 256 MB de memória RAM Mnitr SVGA 800x600 32bits cmpatível Placa de víde TNT2 cm 32 MB de memória RAM u cm suprte YUY2 1 Slt PCI Livre Placa de sm Sund Blaster cmpatível HD de 20 GB u mais Drive de CD-ROM 8x (para instalaçã d sftware) Estabilizadr / N-Break SuperDVR32-32: Micrcmputadr Pentium IV 1.2 GHz Intel cmpatível 256 MB de memória RAM Mnitr SVGA 800x600 32bits cmpatível Placa de víde AGP GeFrce2 cm 32 MB de memória RAM u cm suprte YUY2 02 Slts PCIs Livres Placa de sm Sund Blaster cmpatível HD de 40 GB u mais Drive de CD-ROM 8x (para instalaçã d sftware) Estabilizadr / N-Break Para transmissã de imagens: Placa de Rede 10/100 Mbps Cnexã Internet rápida cm IP fix verdadeir SOFTWARE NECESSÁRIO Sistema peracinal Windws XP DirectX 8.0 u mais recente Observaçã: Para um melhr funcinament d sistema, recmendams a utilizaçã d SuperDVR32 sem nenhum utr prgrama rdand na memória. Este prcediment prvê uma melhr perfrmance e integridade ds dads, garantind assim uma melhr segurança para seu patrimôni.

6 5 Apresentaçã O SuperDVR32 é um sistema de CFTV (circuit fechad de TV) digital de gravaçã de imagens que substitui, pr cmplet, s sistemas de CFTV analógics (multiplex, quad, time lapse). Cm SuperDVR32 é pssível visualizar imagens geradas pr câmeras de víde através de cmands simples e autmatizads, lcalmente u remtamente, utilizand-se ds benefícis da Internet. O sistema é cmpst pr hardware inteligente e sftware, instalads em um cmputadr, numa rede de cmunicaçã usand diferentes prtcls. O SuperDVR32 permite a usuári u a uma central de mnitrament visualizar as imagens em temp real, bem cm buscar imagens armazenadas d lugar mnitrad e, cm estas infrmações, tmar tdas as prvidências necessárias, que previne a mairia ds alarmes falss registrads ns sistemas atuais. Os usuáris pdem estar situads na mesma área nde estã instaladas as câmeras, u em utr prédi, utra cidade, enfim, em qualquer lugar d mund nde exista cmunicaçã pela Internet. As imagens sã armazenadas em mídia digital e cntrladas pr um pders sftware. Este sftware gerencia tds s detalhes cm datas, agendaments, detecçã de mviment, dentre utrs. O SuperDVR32 é ttalmente nacinal, send que seu hardware e sftware sã desenvlvids cm a mais alta tecnlgia. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO SUPERDVR32 SERVER Velcidade de Visualizaçã: 50FPS (16 câmeras) / 100FPS (32 câmeras) Velcidade de Gravaçã: 40FPS (16 câmeras) / 80FPS (32 câmeras) Entrada de víde NTSC e PAL-M (cnectres RCA) Máxima quantidade de câmeras: 32 Ajustes de víde: Brilh, Matiz, Saturaçã, Cntraste (cnfigurável pr câmera) Zm digital em temp real de até 22x Cmpressã: MPEG4 XVID Tamanh das imagens: 0,5 a 4 KB Marca d água digital Prgramaçã de data/hra de gravaçã Seleçã de área de detecçã/gravaçã MOTION-DETECTION Sensibilidade de detecçã cnfigurável Gravaçã durante a busca Qualidade de gravaçã cnfigurável pr câmera Velcidade de gravaçã cnfigurável pr câmera Gravaçã pré/pós detecçã de mviment cm temp cnfigurável Reciclagem autmática das imagens Arranj autmátic das câmeras habilitadas Psicinament cnfigurável das câmeras Rdízi autmátic (seqüencial) das câmeras, cm temp cnfigurável Alarme visual pr detecçã de mviment Acess remt durante a gravaçã Pan, Tilt, Zm e Câmera DOME

7 6 Velcidade e qualidade de transmissã cnfiguráveis pr câmera Cntrle lcal e remt Cntrle de acess remt pr IP u pr usuári Tips de cnexã remta: ADSL, LAN, ISDN, Internet (TCP/IP) Mds de cnexã: SuperDVR Web (Internet Explrer) e SuperDVR Client Operaçã cm prteçã pr senha Relatóri de events crrids n sistema Saída de TV para mnitr analógic Instalaçã autmática das câmeras pr busca de sinal Exprtaçã de víde e imagens Frmat de exprtaçã de víde: AVI Frmats de exprtaçã de imagens: JPEG e BMP Resluçã de exprtaçã de imagens cnfigurável: 320x240 e 640x480 Sftware td em Prtuguês CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS PLACA SUPERDVR32 Placa PCI de cntrle inteligente cm switch de víde integrad Suprte de até duas placas simultâneas ENTRADAS DE VÍDEO POR PLACA Númer ttal de entradas: 16 P&B e/u clridas Cnectr: Padrã RCA 75hms Sinal de víde: 1vpp Sistema: Víde cmpst SAÍDA DE VÍDEO Númer ttal de saídas: 1 saída Cnectr: Padrã RCA 75 Ohms Sinal de víde: 1vpp Sistema: Víde cmpst MODOS DE OPERAÇÃO Operaçã lcal u remta utilizand a Internet/Intranet EXIBIÇÃO DE IMAGENS Resluçã de Captura: 320 x 240 Resluçã de Visualizaçã: 640 x 480 Zm Digital: até 22x cm tratament inteligente da imagem VELOCIDADE Até 50fps pr placa, 100fps n ttal TOTAL DE ENTRADAS DE VÍDEO POR SISTEMA Até 32 câmeras cnectadas simultaneamente

8 7 Instaland Sistema INSTALAÇÃO DO HARDWARE Para instalar SuperDVR32 é necessári que cmputadr pssua um Slt PCI livre para cada placa a ser instalada. Cm cmputadr desligad, encaixe a(s) placa(s) cuidadsamente e parafuse-a(s) a gabinete. Esta peraçã pde ser realizada em qualquer Slt PCI dispnível n cmputadr. Cncluída a instalaçã da(s) placa(s), feche gabinete e ligue cmputadr. INSTALAÇÃO DO DRIVER Após a instalaçã física da(s) placa(s) d SuperDVR32, assim que fr iniciad, Windws irá detectar autmaticamente (s) nv(s) dispsitiv(s), e irá apresentar as infrmações sbre cm prceder para a instalaçã d(s) mesm(s). Para prceder cm a instalaçã d Driver, insira disc que acmpanha SuperDVR32 em sua unidade de CD- ROM e, mantend a pçã Instalar sftware autmaticamente marcada, clique em Avançar.

9 Em seguida Windws irá encntrar s arquivs de instalaçã d Driver n CD-ROM, e irá slicitar uma cnfirmaçã para prsseguir cm a instalaçã. Clique em Cntinuar assim mesm para instalar Driver. 8 A fim deste prcess, primeir cmpnente d Driver estará instalad n sistema. Clique em Cncluir para prsseguir. Psterirmente, Windws irá detectar segund cmpnente d Driver, e deve-se realizar mesm prcediment para a sua instalaçã (acmpanhe as próximas figuras).

10 9

11 10 Este é prcediment cmplet para a instalaçã de uma placa d sistema SuperDVR32. Para sistema cm duas placas, deve-se repetir este mesm prcediment uma segunda vez. INSTALAÇÃO DO SOFTWARE Clque CD d SuperDVR32 n seu leitr de CD-ROM. O prgrama de instalaçã se iniciará autmaticamente. Cas nada apareça na tela, abra Windws Explrer e clique n arquiv setup.exe que cnsta n diretóri raiz d CD- ROM. A seguinte tela deverá surgir: Clique em Server para instalar Prgrama Servidr SuperDVR32 u em Client para instalar Prgrama Cliente SuperDVR32. Clique em OK para dar iníci à instalaçã. Instaland Prgrama SuperDVR32 Server: A clicar em SuperDVR32 Server, deverá aparecer na tela assistente de instalaçã (veja ilustraçã a seguir):

12 11 Para evitar cnflits durante a instalaçã, recmenda-se que vcê feche tds s utrs aplicativs que estiverem aberts. Clique em Next para seguir. Se em algum mment vcê desejar interrmper a instalaçã, basta clicar em Cancel. A tela seguinte é nde devem ser selecinads s atalhs que deverã ser criads pel assistente de instalaçã. O primeir é um atalh na Área de Trabalh e segund serve para a criaçã de um atalh na barra Iniciar Rapidamente (a barra que fica a lad d btã Iniciar). Selecine s atalhs que vcê deseja que instaladr crie e clique nvamente em Next.

13 A próxima tela é apenas uma cnfirmaçã ds atalhs que serã criads. Clique em Install para que a instalaçã d sftware inicie. 12 Após términ da tarefa de instalaçã, assistente irá perguntar se Windws pde ser reiniciad. Clique em Finish para reiniciar Windws e cncluir a instalaçã d sftware. Observaçã: É acnselhável reiniciar Windws para que a instalaçã seja cncluída perfeitamente.

14 13 Iniciand SuperDVR32 Server A iniciar pela primeira vez, prgrama SuperDVR32 abrirá n md de 16 câmeras, cm tdas as câmeras habilitadas. Recmenda-se que a primeira cnfiguraçã efetuada n sistema seja a d cadastrament ds usuáris que terã acess a mesm, assim cm cadastrament das suas respectivas senhas. Após a instalaçã, únic usuári cadastrad é usuári admin (administradr d sistema). Sua senha, pr padrã, é admin. Este usuári nã pde ser excluíd; apenas pde ter sua senha mdificada. O usuári admin é únic que pde adicinar e excluir utrs usuáris e únic que tem ttal cntrle sbre sistema. A ser instalad, sistema pderá ser abert através d menu Iniciar - Prgramas - SuperDVR32, clicand sbre ícne SuperDVR32. CONHECENDO A INTERFACE A imagem a seguir explica a interface d sistema SuperDVR32.

15 14 Câmeras instaladas n sistema Btã para desligar sistema Hrári lcal Menu Player, Cnfigurações, Relatóris e Help Btã para ativar a gravaçã e selecinar tdas as câmeras Barra de seleçã de câmeras Btã próxima seqüência de câmeras e btã habilitaçã seqüencial Menu de módul de visualizaçã Trava e destrava d sistema Cntrle de Pan, Tilt e Zm Digital e para câmeras Dme Btões de cntrle: O sistema SuperDVR32 pssui váris btões de cntrle intuitivs, visand simplificar seu us e facilitar acess às suas funções. Veja figura a seguir.

16 15 Cntrle de Pan, Tilt, Zm e Fc Permite cntrle das funções de Pan, Tilt, Zm e Fc das câmeras cnectadas a sistema. Funcina tant para câmeras simples, nde estas funções sã feitas digitalmente, quant para câmeras Dme, cnectadas à saída serial d cmputadr. Cas nã existam câmeras Dme cnectadas a sistema, s btões de Fc cntrlam filtr de imagem. Cadead Tem funçã de blquear u desblquear sistema, nã permitind a utilizaçã d mesm sem ser um usuári cadastrad. Mds de Visualizaçã Permite visualizar na tela d cmputadr uma u mais câmeras simultâneas. Pssui a funçã de clcar em md Tela Cheia (Full Screen) Md de Visualizaçã selecinad. Btã Próxima Seqüência de Câmeras Mstra na tela a próxima seqüência de câmeras. Btã Gravar Habilita a gravaçã na câmera selecinada. Btã Tdas Selecina tdas as câmeras habilitadas para, em cnjunt cm Btã Gravar, acinar a gravaçã de várias câmeras a mesm temp. Btã Seleçã de Câmeras Permite a seleçã de uma das 32 câmeras permitidas pel sistema.

17 16 Cnfigurand SuperDVR32 Server O SuperDVR32 pssui uma janela de Cnfigurações, nde é pssível persnalizar diverss aspects de funcinament d sistema, cm ajustes de sinal das câmeras, gravaçã, transmissã, etc. Para iss, usuári d sistema deve estar cadastrad cm autrizaçã para acessar tais pções. O acess a esse módul é feit através d btã Cnfigurações na tela de mnitrament d sistema. As características d sistema estã divididas em cinc guias principais: Câmeras, Discs, Usuáris, Geral e Servidres. GUIA CÂMERAS A guia Câmeras pssibilita ajustes diverss e individuais para cada câmera instalada n sistema. Estes ajustes incluem tratament d sinal de víde da câmera (saturaçã, cntraste, brilh e matiz), qualidade e velcidade de gravaçã e transmissã das imagens, pções de câmeras Dme, dentre utrs. A guia Câmeras está dividida em três sub-categrias: Cnfiguraçã d sistema de gravaçã Cnfiguraçã de transmissã das imagens Cnfiguraçã de câmeras Dme Tdas as cnfigurações realizadas nesta guia sã relativas à câmera indicada na caixa de seleçã n tp da janela. Guia Gravaçã: Esta guia define as cnfigurações d cntrle de gravaçã. Habilitad Habilita fisicamente n sistema a câmera selecinada. Nesta pçã é pssível desligar uma u mais câmeras

18 17 cas estas estejam em manutençã u nã cnectadas. Se a câmera estiver habilitada, a sua imagem pderá ser visualizada na tela de mnitrament d sistema. Se a câmera estiver desabilitada, nã serã feitas gravações nem transmissões da mesma. Observaçã: Quant menr númer de câmeras cnectadas a sistema, mair será a taxa de atualizaçã das imagens n víde. Esta característica é autmática e nã requer nenhuma cnfiguraçã extra. Nme Permite ajuste ds nmes das câmeras de víde cnectadas a sistema. Cres Ajustes d sinal de víde (saturaçã, cntraste, brilh e hue) de cada câmera, independentemente. Clicand sbre a palavra Cres, sistema retrna às cnfigurações iniciais de ajuste d cntrle de imagem. Qualidade Ajusta a qualidade de gravaçã das imagens. Este ajuste é feit em temp real e a imagem resultante desta cnfiguraçã é mstrada pel sistema, pssibilitand verificar cm a imagem será armazenada. Quant menr valr da qualidade de gravaçã, mair temp de armazenament (númer de dias) que sistema irá gravar. Da mesma frma, quant mair valr da qualidade de gravaçã, menr temp de armazenament. Observaçã: O valr para a qualidade de gravaçã recmendada é entre 50% e 80%, dependend da qualidade d sinal de cada câmera. Velcidade Esta cnfiguraçã define a quantidade de imagens da câmera a serem gravadas n HD. - Velcidade mínima: um terç das imagens capturadas serã gravadas. - Velcidade média: metade das imagens capturadas será gravada. - Velcidade máxima: grava tdas as imagens da câmera.

19 Um bm exempl de us dessa cnfiguraçã é a definiçã de valres diferentes de acrd cm a priridade da câmera (câmeras cm menr imprtância pdem ser cnfiguradas cm velcidade menr). Observaçã: Quant mair a velcidade de gravaçã, menr temp de armazenament d sistema e mair númer de imagens que serã gravadas. 18 Tip de Gravaçã Habilita e cnfigura tip de gravaçã que será utilizad para a câmera selecinada: - Nã gravar: nenhuma imagem capturada será gravada. - Ininterrupta: grava tdas as imagens ininterruptamente (em tds s períds durante tds s dias). Este md de gravaçã é ideal para câmeras que pssuem um alt grau de imprtância. - Pr detecçã: gravaçã ligada apenas quand sistema detectar mviment na câmera (veja a seguir). - Prgramada: grava a imagem smente pr um períd determinad, u quand fr detectad algum mviment na câmera, u ainda pr cmbinaçã destas pções (veja a seguir). Gravaçã pr detecçã de mviment Define sistema de detecçã de mviment pr sftware. Sensibilidade: - Ajusta nível de sensibilidade de detecçã de mviment via sftware d sistema. A cnfirmaçã da detecçã é feita quand item Mviment fica em vermelh. Áreas de detecçã: - Cada câmera d sistema SuperDVR32 pssui 169 áreas para detecçã de mviment. Estas áreas pdem ser habilitadas u nã e servem para delimitar, selecinar u retirar bjets presentes nas imagens. - Cm esta funcinalidade, é pssível, pr exempl, selecinar uma prta e assciar a detecçã de mviment pr área para iniciar a captura de imagens, quand huver mviment na área da prta.

20 19 Gravaçã Prgramada Permite ajuste das cnfigurações d md de gravaçã prgramada. Pde-se prgramar td sistema de gravaçã das câmeras para hráris determinads, pr detecçã de mviment, pr temp de gravaçã de pré-alarme e pós-alarme em três períds simultânes. Cada prgramaçã pde ser cnfigurada para s sete dias da semana, independentemente. Habilitar: - Habilita a gravaçã pr hráris determinads. Quand esta pçã é ativada, as caixas de iníci e fim também sã ativadas. Iníci: - Cnfigura hrári inicial da gravaçã. Fim: - Cnfigura hrári final da gravaçã. Detecçã: - Cnfigura a gravaçã pr detecçã de mviment pr sftware. Quand esta pçã estiver ativada, smente crrerá a gravaçã quand fr detectad mviment. Cas esta pçã esteja ativada juntamente cm a pçã Habilitar, a gravaçã crrerá entre s hráris inicial e final, quand crrer mviment. Cas esta pçã esteja ativada, mas cm a pçã Habilitar desativada, crrerá gravaçã quand huver detecçã de mviment pr td dia. Duraçã Pré-alarme: - Cnfigura temp de gravaçã a ser efetuad anterir à crrência de detecçã de mviment. Pr exempl, cas seja cnfigurad temp de detecçã pré-alarme para 10 segunds e a pçã Detecçã de Mviment estiver habilitada, sistema irá gravar s 10 segunds anterires a sinal de detecçã de mviment. Duraçã Pós-alarme: - Cnfigura temp de gravaçã a ser efetuad psterir à crrência de detecçã de mviment. Pr exempl, cas seja cnfigurad temp de detecçã pós-alarme para 30 segunds e a pçã Detecçã de Mviment estiver habilitada, sistema irá gravar s 30 segunds psterires a sinal de detecçã pr mviment.

21 20 Períds: - O SuperDVR32 pssui três períds independentes que pdem ser definids pel usuári para habilitar a gravaçã das imagens. Para habilitar a gravaçã pr mais de um períd, basta prceder da mesma frma, tmand cuidad para que hrári inicial d nv períd nã seja menr que hrári final d períd anterir. Guia Transmissã: Permite ajuste das cnfigurações da qualidade de transmissã das imagens pela Internet u Intranet. Habilitad Habilita a transmissã de imagens para a câmera selecinada. Qualidade Esta funçã ajusta a qualidade de transmissã das imagens. Quant menr valr da qualidade de gravaçã, mair a velcidade de transmissã das imagens e menr a velcidade de cnexã necessária para transmiti-la. Observaçã: O valr para a qualidade de transmissã recmendada é entre 30% e 70%, dependend da qualidade d sinal de cada câmera. Velcidade Cnfigura a velcidade de transmissã. - Velcidade mínima: um terç das imagens capturadas serã transmitidas. - Velcidade média: metade das imagens capturadas será transmitida. - Velcidade máxima: transmite tdas as imagens da câmera. Um bm exempl de us dessa cnfiguraçã é a definiçã de valres diferentes de acrd cm a priridade da câmera (câmeras cm menr imprtância pdem ser cnfiguradas cm velcidade menr).

22 21 Observaçã: Quant mair a velcidade, mair a banda de cnexã necessária para a transmissã das imagens. Guia Dme: Cntém as cnfigurações para us de câmeras Dme (câmeras cm funcinalidade de Pan, Tilt e Zm) n sistema. Habilita Dme Habilita cntrle das funcinalidades de mviment e zm desta câmera. Prtcl Define prtcl de cmunicaçã a ser usad para cntrlar a câmera. Selecine prtcl de acrd cm mdel da câmera. Prta COM Prta de cmunicaçã d cmputadr nde a câmera está cnectada. Geralmente a mesma está ligada a um cnversr que, pr sua vez, está ligad a uma prta COM d cmputadr. Observaçã: As funcinalidades de cntrle (mviment, zm e fc) da câmera encntram-se na tela de mnitrament d sistema (tela principal). GUIA DISCOS A guia Discs permite habilitar até quatr HDs n sistema, bem cm cnfigurar limite de us para cada um independentemente. Veja figura a seguir.

23 22 Habilitar Gravaçã Habilita a utilizaçã d HD para a gravaçã das imagens das câmeras. Limite de us d HD Define limite de us d HD para, quand ultrapassad, gerar a exclusã das imagens gravadas. A exclusã de imagens é feita a partir d dia mais antig de gravaçã de tdas as câmeras d sistema. Valr máxim recmendável: 95%. Observaçã: Quant mair fr valr d limite de us, mair será númer de imagens que sistema cnseguirá armazenar para futuras cnsultas. Espaç Ttal Mstra tamanh ttal da unidade de disc (valres em gigabytes). Espaç Alcad Mstra quant d disc está reservad para a gravaçã de imagens. Espaç Ocupad Mstra quant d disc está send utilizad atualmente (imagens e demais arquivs n disc). Espaç Livre Mstra espaç d disc que será mantid livre para us d sistema peracinal e demais arquivs. GUIA USUÁRIOS A guia Usuáris pssibilita gerenciament e cntrle de tds s usuáris d sistema, atribuind-lhes as permissões de acess.

24 O SuperDVR32 gerencia um númer ilimitad de usuáris n sistema, pdend estes ser cnfigurads individualmente. 23 O usuári admin é administradr d sistema e nã pde ser excluíd, pdend smente ter a sua senha alterada. Gerenciament de Usuáris: As seguintes instruções só pderã ser cnfiguradas pel administradr u pr usuáris cnfigurads cm permissã para gerenciar utrs usuáris. Adicinar um usuári Para adicinar um usuári n sistema, deve-se clicar n btã Adicinar na guia Usuáris. Em seguida, cadastrar nme, senha e permissões de acess d nv usuári a ser incluíd. Para cncluir cadastr, deve-se clicar em Cnfirmar. Remver um usuári Para remver um usuári cadastrad n sistema, basta selecinar usuári a ser remvid e clicar n btã Remver. Em seguida, cnfirmar a exclusã d usuári. Alterar a senha de um usuári Para alterar a senha de um usuári cadastrad n sistema, basta selecinar usuári cuja senha será alterada e digitar a nva senha n respectiv camp. Definir as permissões de acess Para definir as permissões de acess de um usuári cadastrad n sistema, basta selecinar usuári que será cnfigurad e esclher quais funcinalidades d sistema ele pderá utilizar.

25 24 As funcinalidades sã as seguintes: - Sair d sistema: dá permissã a usuári para desligar sistema SuperDVR32. - Visualizar imagens gravadas: dá permissã a usuári para recuperar as imagens gravadas. - Travar/Destravar sistema: permite a usuári travar e destravar a tela de mnitrament. - Lg d sistema: pssibilita a usuári visualizar relatóri de events d sistema. - Cnfigurações: permite a usuári visualizar e alterar as cnfigurações d sistema. - Acess via Internet: dá permissã a usuári para cnectar-se remtamente a sistema. - Ativar/desativar gravaçã: permite a usuári ligar e desligar a gravaçã das câmeras na tela de mnitrament. - Gerenciament de usuáris: pssibilita a usuári incluir, remver e alterar utrs usuáris n sistema. GUIA GERAL A guia Geral permite cnfigurar as funcinalidades de seqüencial analógic e digital d sistema, bem cm padrã de víde das câmeras instaladas. Padrã de víde Cnfigura padrã de sinal usad pelas câmeras instaladas n sistema (PAL-M u NTSC). Seqüencial DVR Cnfigura temp da funcinalidade de seqüencial digital d sistema. Seqüencial Víde Out Cnfigura temp entre cada trca de câmera na saída de víde analógic d sistema. Através ds btões cm s númers das câmeras, pde-se ativar u desativar as mesmas na seqüência de câmeras a serem mstradas n mnitr analógic.

26 25 GUIA SERVIDOR O guia Servidr permite cnfigurar s mds de transmissã que serã utilizads cm servidr SuperDVR32. Servidr Web: O SuperDVR32 cnta cm um avançad servidr de Internet (Servidr WEB) integrad a seu sistema, pssibilitand assim um fácil acess às imagens das câmeras e utras infrmações remtamente, de maneira rápida e eficiente. Estas cnfigurações sã válidas para s usuáris que se cnectarem a sistema via Web Brwser Internet Explrer (versã 5.5 u superir). Neste cas, a cnexã é feita sem a necessidade de nenhum prgrama especial, digitand-se diretamente endereç IP u endereç d servidr n Brwser. O SuperDVR32 permite acess de até 30 usuáris simultânes via servidr WEB. Ativar Transmissã Habilita u desabilita servidr WEB, permitind u nã que seja feita a transmissã das imagens das câmeras. Cas servidr WEB esteja desativad, nenhum usuári terá acess a sistema diretamente via Brwser. Slicitar nme e senha Habilita cntrle de senhas para us d sistema, garantind assim uma mair segurança e pssibilitand acess às câmeras para as pessas devidamente autrizadas. Endereç IP Exibe endereç IP para servidr SuperDVR32. Este IP deverá ser digitad pel cliente n Brwser para que sistema seja acessad.

27 26 Prtas Define as prtas para a cnexã via Internet. O padrã é a prta 80 e a prta 1024, respectivamente. Estas prtas sã s pnts de cmunicaçã pr nde serã estabelecidas as cnexões cm s clientes WEB. Para maires detalhes, cnsulte administradr da rede. Servidr Rede: Ativar Transmissã Habilita u desabilita a transmissã para prgrama SuperDVR32 Client, permitind u nã que seja feita a transmissã das imagens das câmeras. Cas a transmissã esteja desativada, nenhum usuári terá acess a sistema via SuperDVR32 Client. Prta Define a prta para a cnexã via SuperDVR32 Client. O padrã é a prta Esta prta é pnt de cmunicaçã pr nde serã estabelecidas as cnexões cm s clientes SuperDVR32. Para maires detalhes, cnsulte administradr da rede. Cntrle de Acess - IP Sistema de cntrle de acess pr IP. Pssibilita alta segurança a sistema pr permitir u negar a cnexã de certs endereçs IP a servidr WEB.

28 27 Utilizand SuperDVR32 Server O sistema SuperDVR32 pssui it mds de visualizaçã a viv e quatr mds de visualizaçã de pesquisa. Observaçã: Em nenhum mment, n md de visualizaçã, cnfiguraçã u pesquisa, sistema deixa de gravar alguma imagem de qualquer câmera, ainda que nã esteja aparecend na tela. O SuperDVR32 grava, reprduz, transmite e busca imagens a mesm temp, sem parar nenhuma das suas funções. MODO DE VISUALIZAÇÃO DE IMAGENS É módul principal d sistema. Permite a esclha d md de mnitrament ideal, pssuind acess a tds s menus e infrmações d sistema. Neste md existem 9 tips de visualizaçã das imagens, permitind assim um melhr acmpanhament das câmeras desejadas. Tdas as câmeras, em tds s mds de visualizaçã de imagens, pssuem cntrle de Zm digital em temp real, através d btã lcalizad na parte superir direita da tela principal. Este cntrle também é utilizad para cntrlar câmeras Dme. Md de Visualizaçã 1: Uma câmera Este md permite a visualizaçã de uma única câmera, cm alta definiçã de imagem. A seleçã da câmera que será visualizada pde ser feita diretamente através ds btões lcalizads na parte inferir direita da tela u através de um dupl clique sbre a imagem ns utrs mds de visualizaçã. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia.

29 Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. 28 Md de Visualizaçã 2: Seis câmeras Este md permite a visualizaçã de seis câmeras simultaneamente dand mair detalhe a apenas uma, denminada Câmera Principal. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. A seleçã da câmera que vai estar na psiçã da Câmera Principal, a imagem mair, é feita através d arraste em uma das câmeras menres. É pssível cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand para iss arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. Md de Visualizaçã 3: Oit câmeras Este md permite a visualizaçã de it câmeras simultaneamente, dand mair detalhe a apenas uma, chamada Câmera Principal. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. Acmpanhe imagem a seguir.

30 29 A seleçã da câmera que vai estar na psiçã da Câmera Principal é feita através d arraste em uma das câmeras menres. Pde-se cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. Md de Visualizaçã 4: Quatr câmeras Permite a visualizaçã de quatr câmeras simultaneamente. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes.

31 Também é pssível cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand para iss arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. 30 Md de Visualizaçã 5: Nve câmeras Este md permite a visualizaçã de nve câmeras simultaneamente. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. Pde-se cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand para iss arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. Md de Visualizaçã 6: Dez câmeras Este md permite a visualizaçã de dez câmeras simultaneamente, dand mair detalhe a duas, denminadas

32 31 Câmeras Principais. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. A seleçã das câmeras que irã estar na psiçã das Câmeras Principais é feita através d arraste em uma das câmeras menres. Pde-se cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá para md 1. Para vltar a md anterir, dê utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. Md de Visualizaçã 7: Treze câmeras Este md permite a visualizaçã de treze câmeras simultaneamente, dand mair detalhe a apenas uma, denminada Câmera Principal. As câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real, de maneira independente.

33 A seleçã da câmera que vai estar na psiçã da Câmera Principal é feita através d arraste em uma das câmeras menres. Pde-se cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. 32 Observaçã: Mesm nã mstrand tdas as câmeras simultaneamente neste md de visualizaçã, nã há interrupçã de gravaçã das imagens em nenhuma das câmeras. Md de Visualizaçã 8: Dezesseis câmeras Este md permite a visualizaçã de dezesseis câmeras simultaneamente. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. Pde-se cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. Md de Visualizaçã 9: Trinta e duas câmeras Este md permite a visualizaçã de trinta e duas câmeras simultaneamente. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital em temp real independentes. Veja ilustraçã a seguir.

34 33 É pssível cnfigurar as câmeras em qualquer psiçã, bastand, para ist, arrastar e sltar a câmera na psiçã desejada. Cm um dupl clique, a imagem clicada irá autmaticamente para md de visualizaçã 1. Para vltar a md anterir, basta dar utr dupl clique. Para clcar este md de visualizaçã em tela cheia (full screen), basta clicar n btã Md Tela Cheia. Clique duas vezes na tela u aperte a tecla ESC para sair d Md Tela Cheia. MODO PLAYER Módul que permite, de frma fácil e rápida, pesquisar e visualizar imagens gravadas anterirmente n sistema para busca de infrmações e crrências. Estas imagens pdem ser impressas, exprtadas para arquivs de víde utilizand as mais mdernas técnicas de cmpactaçã u exprtadas para arquivs de imagens. Neste md existem 3 tips de visualizaçã das imagens, permitind um melhr acmpanhament das câmeras desejadas. Tdas as câmeras, em tds s mds de visualizaçã, estã sincrnizadas pela mesma data e hra de pesquisa indicadas n lad direit da tela. Md Player 1: Uma câmera Este md permite a visualizaçã de uma única câmera. Tdas as câmeras pssuem cntrle de Zm digital independentes. Acmpanhe imagem a seguir.

35 34 A seleçã da câmera que está send visualizada pde ser feita diretamente através ds btões lcalizads na parte superir direita da tela, u através de um dupl clique sbre a imagem ns utrs mds de visualizaçã. Md Player 2: Quatr câmeras Este md permite a visualizaçã de quatr câmeras simultâneas. As câmeras pssuem cntrle de Zm digital independentes. A seleçã da câmera que está send visualizada pde ser feita diretamente através ds btões lcalizads na parte superir direita da tela, u ainda através de um dupl clique sbre a imagem ns utrs mds de visualizaçã.

36 35 Md Player 3: Oit câmeras Permite a visualizaçã de it câmeras simultâneas. As câmeras pssuem cntrle de Zm digital independentes. A seleçã da câmera que está send visualizada pde ser feita diretamente através ds btões lcalizads na parte superir direita da tela u através de um dupl clique sbre a imagem ns utrs mds de visualizaçã. Buscand uma imagem: Para efetuar a busca de alguma imagem armazenada pel sistema, deve-se seguir estas etapas: Clicar n ícne n frmat de um binócul, situad na parte inferir direita da tela; Na janela que se abre a seguir, esclher as câmeras desejadas. Pr padrã, tdas as câmeras que pssuem imagens já estã selecinadas. Para desmarcar uma câmera, clique n btã crrespndente; Definir hrári desejad para a cnsulta; Na janela nde se encntra calendári, esclher dia, mês e an. Os dias que pssuem imagens ficarã marcads em negrit; Clicar n btã Pesquisar. Após iss, sistema autmaticamente realizará a prcura da infrmaçã, clcand as imagens crrespndentes na tela, dependend d md de visualizaçã esclhid. Se nenhuma imagem fr encntrada para hrári exat desejad, será exibida a imagem gravada mais próxima d hrári desejad. Cas nã exista nenhuma imagem gravada n respectiv dia, uma mensagem irá aparecer na tela infrmand que nenhuma imagem fi encntrada. O hrári das imagens exibidas na tela pderá ser acmpanhad pr um marcadr, que se encntra lg acima d cntrle de Zm d sistema, u pela marcaçã que é feita na própria imagem gravada. Para visualizar as imagens anterires u psterires, deve-se usar as ferramentas de cntrle de reprduçã de víde. Observaçã: Mesm nã mstrand nenhuma das câmeras cnectadas a sistema, este módul nã interrmpe a gravaçã das imagens.

37 36 Janela de prcura: - Hrári da Pesquisa: esta funçã define hrári a partir d qual as imagens serã pesquisadas. - Calendári: tal funçã define an, mês e dia para a cnsulta de crrência. - Câmeras: selecina/desmarca a câmera a ser cnsultada. - Pesquisar: inicia a busca utilizand as câmeras, dia, hrári, mês e an esclhid. Cntrle de reprduçã de víde: - Rew: permite retrceder as imagens durante a reprduçã. Cas pause tenha sid pressinad antes, btã REW retrcede as imagens quadr a quadr. - Play: inicia a reprduçã. - Pause: pausa a reprduçã das imagens e mantém quadr atual. - Stp: interrmpe a reprduçã das imagens. - FF: permite avançar as imagens durante a reprduçã. Cas pause tenha sid pressinad antes, btã FF avança as imagens quadr a quadr. Btões de funçã: Salvar Imagem Salva a imagem atual em alguma unidade de disc lcal u de rede n frmat Windws Bitmap (.bmp) u JPEG (.jpg), nas resluções de 320x240 e/u 640x480. Veja ilustraçã a seguir.

38 37 Para salvar a imagem atual em disc: - Clique n btã Salvar; - Esclha diretóri e a unidade de disc; - Na caixa Nme d arquiv, digite nme para a imagem atual; - Na caixa Salvar cm, esclha um frmat e resluçã (640x480 u 320x240) para a imagem; - Clique n btã Salvar. Salvar Víde Salva um víde de backup da câmera selecinada em alguma unidade de disc lcal u de rede n frmat AVI, da Hra Inicial até hrári definid pela Hra Final. Para salvar víde de backup em disc: - Clique n btã OK; - Esclha diretóri e a unidade de disc; - Na caixa Nme d arquiv, digite nme para víde da imagem atual; - Clique n btã Salvar.

39 Após términ, aparecerá na tela uma mensagem infrmand quants frames fram salvs e qual tamanh ttal d arquiv. 38 Imprimir Imagem Imprime a imagem atual selecinada. Para imprimir a imagem: - Clique n btã Imprimir; - Cnfigure a impressra; - Clique n btã OK.

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalaçã Prdut: n-hst Versã d prdut: 4.1 Autr: Aline Della Justina Versã d dcument: 1 Versã d template: Data: 30/07/01 Dcument destinad a: Parceirs NDDigital, técnics de suprte, analistas de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS CONTEÚDO 1. Intrduçã... 3 2. Requisits de Sftware e Hardware:... 3 3. Usuári e Grups:... 3 3.1. Cnfigurand cm Micrsft AD:... 3 3.2. Cnfigurand s Grups e Usuáris:...

Leia mais

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA O prcess de cntrle de estque de gôndla fi desenvlvid cm uma prcess de auxili a cliente que deseja cntrlar a quantidade de cada item deve estar dispnível para venda

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Pnt Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

SMART Document Camera-

SMART Document Camera- Especificações SMART Dcument Camera- Mdel SDC-450 Especificações físicas Tamanh Dbrada Instalada Pes Tamanh para remessa Pes para remessa 25,4 cm L 7 cm A 30,5 cm P (10" L 2 3/4" A 12" P) 20,3 cm L 55

Leia mais

1 Criando uma conta no EndNote

1 Criando uma conta no EndNote O EndNte Basic (anterirmente cnhecid pr EndNte Web), é um sftware gerenciadr de referências desenvlvid pela Editra Thmsn Reuters. Permite rganizar referências bibligráficas para citaçã em artigs, mngrafias,

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Cnfiguraçã Pnt de Venda (PDV) Versã: 1.1 Índice 1 EASYASSIST PONTO DE VENDA (PDV)... 3 1.1 INSTALANDO O TERMINAL EASYASSIST PONTO DE VENDA (PDV)... 3 1.2 CAPTURANDO O NÚMERO DE SÉRIE E O GT DO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Acess Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013.

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013. Serviç de Acess as Móduls d Sistema HK (SAR e SCF) Desenvlvems uma nva ferramenta cm bjetiv de direcinar acess ds usuáris apenas as Móduls que devem ser de direit, levand em cnsideraçã departament de cada

Leia mais

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS Manual d Usuári Elabrad pela W3 Autmaçã e Sistemas Infrmaçã de Prpriedade d Grup Jmóveis Este dcument, cm tdas as infrmações nele cntidas, é cnfidencial e de prpriedade d Grup Jmóveis,

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software).

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software). HARDWARE e SOFTWARE O Cmputadr é cmpst pr duas partes: uma parte física (hardware) e utra parte lógica (sftware). Vcê sabe qual é a diferença entre "Hardware" e "Sftware"? Hardware: é nme dad a cnjunt

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração Manual de Instalaçã e Cnfiguraçã Prdut:n-ReleaserEmbedded fr Lexmark Versã 1.2.1 Versã d Dc.:1.0 Autr: Lucas Machad Santini Data: 14/04/2011 Dcument destinad a: Clientes e Revendas Alterad pr: Release

Leia mais

Sistemas de Alarme. Anunciador de Alarmes Digital e.tool ME3011 view Manual de Software PRODUTOS SERIADOS

Sistemas de Alarme. Anunciador de Alarmes Digital e.tool ME3011 view Manual de Software PRODUTOS SERIADOS Sistemas de Alarme PRODUTOS SERIADOS Anunciadr de Alarmes Digital e.tl ME3011 view Manual de Sftware Manual e.tl ME3011 view 5.06.3_P r08 5.02.1 1/53 1 Infrmações Intrduçã 5 Cnsiderações 6 2 Instaland

Leia mais

Página 1 de 8. DVR (04 canais; mínimo 500 GigaByte de armazenamento) Especificação técnica

Página 1 de 8. DVR (04 canais; mínimo 500 GigaByte de armazenamento) Especificação técnica Sistema Integrad de Administraçã de Materiais e Serviçs - SIAD Catálg de Materiais e Serviçs - CATMAS DVR (04 canais; mínim 500 GigaByte de armazenament) Especificaçã técnica Descriçã O sistema deve ser

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Módulo GPRS/GSM Instalação e Manual do Usuário

Guia de Instalação SIAM. Módulo GPRS/GSM Instalação e Manual do Usuário Guia de Instalaçã SIAM Módul GPRS/GSM Instalaçã e Manual d Usuári Dcument Gerad pr: Amir Bavar Criad em: 02/06/2006 Última mdificaçã: 28/09/2008 SIAM Módul GPRS/GSM Intrduçã: O módul GPRS/GSM é uma pçã

Leia mais

MANUAL DOS GESTORES DAA

MANUAL DOS GESTORES DAA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI MANUAL DOS GESTORES DAA MÓDULOS: M atrícula e P rgramas e C DP [Digite resum d dcument aqui. Em geral, um resum é um apanhad

Leia mais

COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK

COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK Use as instruções de acrd cm a versã d seu Outlk (2010, 2007 u 2003) Para saber a versã de seu Outlk, clique n menu Ajuda > Sbre Micrsft Office

Leia mais

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Mobile Versão 2.2 para Android

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Mobile Versão 2.2 para Android Guia d Usuári Avigiln Cntrl Center Mbile Versã 2.2 para Andrid 2011-2015, Avigiln Crpratin. Tds s direits reservads. A mens que seja expressamente cncedida pr escrit, nenhuma licença será dada cm relaçã

Leia mais

Manual do Usuário. Interface do cliente. Copyright 2012 BroadNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22

Manual do Usuário. Interface do cliente. Copyright 2012 BroadNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22 Manual d Usuári Interface d cliente Cpyright 2012 BradNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22 INDICE INDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 REQUISITOS MÍNIMOS... 3 BENEFÍCIOS... 3 APLICAÇÕES... 4 INICIANDO O APLICATIVO...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO ÍNDICE QUE VALORES [MASTERSAF DFE] TRAZEM PARA VOCÊ? 1. VISÃO GERAL E REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 2 1.1. AMBIENTE... 2 1.2. BANCO DE DADOS... 4 2. BAIXANDO OS INSTALADORES DO DFE MASTERSAF... 5 3. INICIANDO

Leia mais

Processo TCar Balanço Móbile

Processo TCar Balanço Móbile Prcess TCar Balanç Móbile Tecinc Infrmática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centr Cascavel PR 1 Sumári Intrduçã... 3 Funcinalidade... 3 1 Exprtaçã Arquiv Cletr de Dads (Sistema TCar)... 4 1.1 Funcinalidade...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO SIGIO Sistema Integrad de Gestã de Imprensa Oficial MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO S I G I O M A N U A L D O U S U Á R I O P á g i n a 2 Cnteúd 1 Intrduçã... 3 2 Acess restrit a sistema... 4 2.1 Tips de

Leia mais

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas SGCT - Sistema de Gerenciament de Cnferências Tecnlógicas Versã 1.0 09 de Setembr de 2009 Institut de Cmputaçã - UNICAMP Grup 02 Andre Petris Esteve - 070168 Henrique Baggi - 071139 Rafael Ghussn Can -

Leia mais

Win Seta para baixo Win Seta para cima Win Shift Seta para baixo Win Shift Seta para cima Win Seta para direita Win Seta para esquerda Win Shift

Win Seta para baixo Win Seta para cima Win Shift Seta para baixo Win Shift Seta para cima Win Seta para direita Win Seta para esquerda Win Shift ATALHOS DO WINDOWS 1.1 Mvend e redimensinand a janela que está ativa 1.2 Win + Seta para baix Restaura a janela ativa (se estiver maximizada) u miniminiza (se estiver restaurada). Win + Seta para cima

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOGRAFIAS/IMAGENS

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras FKcrreisg2_cp1 - Cmplement Transprtadras Instalaçã d módul Faça dwnlad d arquiv FKcrreisg2_cp1.zip, salvand- em uma pasta em seu cmputadr. Entre na área administrativa de sua lja: Entre n menu Móduls/Móduls.

Leia mais

Event Viewer - Criando um Custom View

Event Viewer - Criando um Custom View Event Viewer - Criand um Custm View Qui, 06 de Nvembr de 2008 18:21 Escrit pr Daniel Dnda Cnhecend Event Viewer Muit imprtante na manutençã e mnitrament de servidres Event Viewer é uma ferramenta que gera

Leia mais

Administração de Redes Servidores de Aplicação

Administração de Redes Servidores de Aplicação 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA Administraçã de Redes Servidres de Aplicaçã

Leia mais

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador Reprts Relatóris à sua Medida Reprts Cpyright 1999-2006 GrupPIE Prtugal, S.A. Reprts 1. WinREST Reprts...5 1.1. Licença...6 1.2. Linguagem...7 1.3. Lgin...7 1.4. Página Web...8 2. Empresas...9 2.1. Cm

Leia mais

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9 Channel Clabradres Tutrial Atualizad cm a versã 3.9 Cpyright 2009 pr JExperts Tecnlgia Ltda. tds direits reservads. É pribida a reprduçã deste manual sem autrizaçã prévia e pr escrit da JExperts Tecnlgia

Leia mais

Tutorial de criação de um blog no Blogger

Tutorial de criação de um blog no Blogger Tutrial de criaçã de um blg n Blgger Bem-vind a Blgger! Este guia pde ajudar vcê a se familiarizar cm s recurss principais d Blgger e cmeçar a escrever seu própri blg. Para cmeçar a usar Blgger acesse

Leia mais

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION Orin Versã 7.74 TABELAS Clientes Na tela de Cadastr de Clientes, fi inserid btã e um camp que apresenta códig que cliente recebeu após cálcul da Curva ABC. Esse btã executa

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE Técnics de Instalaçã e Manutençã de Edifícis e Sistemas (TIMs) NO SISTEMA INFORMÁTICO DO SISTEMA NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS (SCE) 17/07/2014

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

1. Objetivo: Lançar novo produto para bloqueio do veículo via celular GSM e rastreador GSM com localização por GPS.

1. Objetivo: Lançar novo produto para bloqueio do veículo via celular GSM e rastreador GSM com localização por GPS. Históric de Revisões Revisã Data Descriçã da Revisã Mtiv da Revisã 11 20/08/09 Ajustes de hardware dispar Sirene PST 12 14/11/09 AJUSTES SOFTWARE 13 25/11/09 Ajustes de hardware, falha n mdul GSM na trca

Leia mais

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão Manual de Operaçã WEB SisAmil - Gestã Credenciads Médics 1 Índice 1. Acess Gestã SisAmil...01 2. Autrizaçã a. Inclusã de Pedid...01 b. Alteraçã de Pedid...10 c. Cancelament de Pedid...11 d. Anexs d Pedid...12

Leia mais

PDF Livre com o Ghostscript

PDF Livre com o Ghostscript PDF Livre cm Ghstscript Um tutrial para criaçã de um geradr de arquivs PDF em Windws, basead em ferramentas gratuitas. Márci d'ávila, 05 de mai de 2004. Revisã 8, 20 de setembr de 2007. Categria: Text

Leia mais

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas Versã: 3.0.0.48 Empresa: TrucksCntrl Slicitante: Diretria Respnsável: Fernand Marques Frma de Slicitaçã: e-mail/reuniã Analista de Negóci: Fábi Matesc Desenvlvedr: Fabian Suza Data: 24/09/2012 Sistema

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO V2.04 S4 Página 1 de 14 INDICE ALTERAÇÕES IMPLEMENTADAS NA VERSÃO 2.04 DO SST...3 ITENS DE MENU CRIADOS PARA A VERSÃO 2.04...3 PRESTADOR...3 Relatóri de Metas...3 CLIENTE...4 Tela

Leia mais

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RT3 - Avaliação dos resultados do protótipo

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RT3 - Avaliação dos resultados do protótipo GT-ATER: Aceleraçã d Transprte de Dads cm Empreg de Redes de Circuits Dinâmics RT3 - Avaliaçã ds resultads d prtótip Sand Luz Crrêa Kleber Vieira Cards 03/08/2013 1. Apresentaçã d prtótip desenvlvid Nesta

Leia mais

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Eikn Dcuments 2007 Service Pack 5 (2.9.5) Fevereir de 2010 DATA DE REFERÊNCIA DESCRIÇÃO Sftware para implantaçã de sistemas em GED / ECM (Gerenciament Eletrônic

Leia mais

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile F58

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile F58 EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO Windws Mbile F58 Sumári Cnheça seu celular... 3 Abrir a tampa de seu celular... 3 Inserir cartã de memória... 3 Inserçã ds chips... 4 Encaixe da bateria... 5 Encaixe da tampa...

Leia mais

Manual de configuração de equipamento Huawei G73. Huawei G73. Pagina 1

Manual de configuração de equipamento Huawei G73. Huawei G73. Pagina 1 Manual de cnfiguraçã de equipament Huawei G73 Huawei G73 Pagina 1 Índice 1. Breve intrduçã... 3 2. Guia rápid de utilizaçã...errr! Bkmark nt defined. 3. Serviçs e Funcinalidades suprtads...errr! Bkmark

Leia mais

Shavlik Patch para Microsoft System Center

Shavlik Patch para Microsoft System Center Shavlik Patch para Micrsft System Center Guia d Usuári Para us cm Micrsft System Center Cnfiguratin Manager 2012 Cpyright e Marcas cmerciais Cpyright Cpyright 2014 Shavlik. Tds s direits reservads. Este

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilização do conversor RS232/RS485 (PMC712) com controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilização do conversor RS232/RS485 (PMC712) com controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público Ntas de Aplicaçã Utilizaçã d cnversr RS232/RS485 (PMC712) cm cntrladres HI HI Tecnlgia Dcument de acess públic ENA.00034 Versã 1.00 setembr-2010 HI Tecnlgia Utilizaçã d cnversr RS232/RS485 (PMC712) cm

Leia mais

Manual de configuração. Exemplo de instalação e configuração do banco de dados Postgree e ODBC para reconhecimento de imagens no SARA.

Manual de configuração. Exemplo de instalação e configuração do banco de dados Postgree e ODBC para reconhecimento de imagens no SARA. Manual de cnfiguraçã Exempl de instalaçã e cnfiguraçã d banc de dads Pstgree e ODBC para recnheciment de imagens n SARA. Manual de cnfiguraçã Exempl de instalaçã e cnfiguraçã d banc de dads Pstgree e ODBC

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Principais Características... 3

1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Principais Características... 3 Lkbee - Manual d Usuári Cnteúd 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Principais Características... 3 2. Instalaçã d disc rígid e gravadr de DVD... 4 2.1. Instalaçã d disc rígid:... 4 2.2. Instalaçã Gravadr de DVD -

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO - DIVULGAÇÃO DE PESSOAS E OBJETOS

MANUAL DO USUÁRIO - DIVULGAÇÃO DE PESSOAS E OBJETOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Referencia: Help_Online_Divulgaçã_Pessas_Objets.d c Versã: 01.00 Data: 27/08/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã

Leia mais

Todos os direitos reservados Versão 1.2

Todos os direitos reservados Versão 1.2 Guia de Relatóris Tds s direits reservads Versã 1.2 1 Guia de Relatóris Índice 1 Pedids... 3 1.1 Mnitr de Pedids... 3 1.2 Pedids... 4 1.3 Estatísticas de Pedids... 5 1.4 Acess e Cnsum... 7 1.5 Pedids pr

Leia mais

Manual. Autorizador da UNIMED

Manual. Autorizador da UNIMED Manual Prtal Autrizadr da UNIMED Pass a Pass para um jeit simples de trabalhar cm Nv Prtal Unimed 1. Períd de Atualizaçã Prezads Cperads e Rede Credenciada, A Unimed Sul Capixaba irá atualizar seu sistema

Leia mais

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador Unidade 1: Fundaments 1 - Intrduçã a Cmputadr Cnceits básics e Terminlgias O cmputadr é uma máquina eletrônica capaz de realizar uma grande variedade de tarefas cm alta velcidade e precisã, desde que receba

Leia mais

GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL

GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL A Indra, através das Cátedras de Tecnlgias Acessíveis que prmve em clabraçã cm a Fundaçã Adecc e diversas universidades espanhlas, apiu desenvlviment em cnjunt cm a Universidade

Leia mais

Sumário. Configurar o telefone... 4. Acessando o menu... 4. Data e hora local... 4. Mudar Idioma... 4. Calibração de tela... 4

Sumário. Configurar o telefone... 4. Acessando o menu... 4. Data e hora local... 4. Mudar Idioma... 4. Calibração de tela... 4 EMPORIO SHOP Sumári Cnfigurar telefne... 4 Acessand menu.... 4 Data e hra lcal... 4 Mudar Idima... 4 Calibraçã de tela... 4 Sensibilidade da tela tuch screen... 4 Acessand arquivs n cartã de memória...

Leia mais

SMART Sync 2011 Guia do usuário

SMART Sync 2011 Guia do usuário PENSE NO MEIO AMBIENTE ANTES DE IMPRIMIR SMART Sync 2011 Guia d usuári Simplificand extrardinári Infrmações sbre marcas cmerciais SMART Sync, SMART Bard, SMART Ntebk, SMART Classrm Suite, smarttech e ltip

Leia mais

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection)

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection) Prjet de Sexta-feira: Prfessra Lucélia 1º Pass Criar banc de dads u selecinar banc de dads. Ntas: Camps nas tabelas nã pdem cnter caracteres acentuads, especiais e exclusivs de línguas latinas. Nã há necessidade

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundaments de Infrmática 1ºSemestre Aula 4 Prf. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Descrevend Sistemas de um Cmputadr

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOS DOS CONVÊNIOS...

Leia mais

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista Sã Paul, 06 de Julh de 2009. Nº. 341 Divulgar esta infrmaçã para: Diretr Cnselheir Técnic Cnsultres de serviçs Gerente de Serviçs Gerente de Peças Chefe de Oficina Respnsável pela Qualidade Gerente de

Leia mais

Sistema de Comercialização de Radiofármacos - Manual do Cliente

Sistema de Comercialização de Radiofármacos - Manual do Cliente Sistema de Cmercializaçã de Radifármacs - Manual d Cliente O IEN está dispnibilizand para s seus clientes um nv sistema para a slicitaçã ds radifármacs. Este nv sistema permitirá a cliente nã só fazer

Leia mais

DVR Stand Alone 1004/1008/1016

DVR Stand Alone 1004/1008/1016 DVR Stand Alne 1004/1008/1016 IMAGEM ILUSTRATIVA Manual de Referência e Instalaçã Precauções: 1. Este gravadr de víde é alimentad pr energia elétrica através de adaptadr DC12V, verifique a tensã da tmada

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO PARA GESTÃO DE ATENDIMENTO MODELO: SIGA WEB

SISTEMA INTEGRADO PARA GESTÃO DE ATENDIMENTO MODELO: SIGA WEB SISTEMA INTEGRADO PARA GESTÃO DE ATENDIMENTO MODELO: SIGA WEB A SOLUÇÃO SIGA WEB gera e cntrla uma senha para cada cliente, utilizand cnceits WEB, INTRANET e INPOSSUINET em tdas as suas funcinalidades,

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

Microsoft Live Meeting 2007 Manual Para Programar Reuniões

Microsoft Live Meeting 2007 Manual Para Programar Reuniões M A N U A L D O A D M I N I S T R A D O R Micrsft Live Meeting 2007 Manual Para Prgramar Reuniões Intrduçã Esta seçã detalha cm ter acess a sua cnta e estabelecer suas pções predeterminadas de reuniã.

Leia mais

Sistema: Jera Store & Service Versão : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banco de Dados: Firebird - Versão: 2.5.3 Data: 05/04/2015

Sistema: Jera Store & Service Versão : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banco de Dados: Firebird - Versão: 2.5.3 Data: 05/04/2015 Sistema: Jera Stre & Service Versã : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banc de Dads: Firebird - Versã: 2.5.3 Data: 05/04/2015 O sistema cntempla s móduls abaix. Os móduls adicinais (cmercializads a parte) estã destacads:

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

Versão 1.1.1.3. Descrição do produto, 2009. www.graycell.pt

Versão 1.1.1.3. Descrição do produto, 2009. www.graycell.pt Versã 1.1.1.3 Descriçã d prdut, 2009 www.graycell.pt 1 ENQUADRAMENTO A platafrma ask-it! é uma aplicaçã web-based que permite criar inquérits dinâmics e efectuar a sua dispnibilizaçã n-line. A facilidade

Leia mais

CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S

CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S 1 PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS GOIÂNIA CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S Verifique

Leia mais

Manual de BRB FERRAMENTA DE INTERCÂMBIO ELETRÔNICO DE DADOS. BRB Banco de Brasília SA

Manual de BRB FERRAMENTA DE INTERCÂMBIO ELETRÔNICO DE DADOS. BRB Banco de Brasília SA Manual de Instalaçã @EDI BRB FERRAMENTA DE INTERCÂMBIO ELETRÔNICO DE DADOS BRB Banc de Brasília SA SBS Qd. 01, Bl. E Ed. Brasília Brasília/DF Cep: 70.072-900 Fnes: (61) 3120-8143 / 3120-8144 / 3120-8145

Leia mais

SMART Document Camera Modelo SDC-450

SMART Document Camera Modelo SDC-450 Especificações SMART Dcument Camera Mdel SDC-450 Especificações físicas Tamanh Dbrada 25,4 cm L 7 cm A 30,5 cm P Mntada 20,3 cm L 55 cm A 38 cm P Pes Medidas da embalagem Pes da embalagem Cub da realidade

Leia mais

IBOConsole Instalação e Configuração. Ferramenta para gerenciamento do banco de dados.

IBOConsole Instalação e Configuração. Ferramenta para gerenciamento do banco de dados. IBOCnsle Instalaçã e Cnfiguraçã Ferramenta para gerenciament d banc de dads. 2 IBOCnsle ÍNDICE INSTALAÇÃO IBOCONSOLE... 3 CONFIGURAÇÃO IBOCONSOLE... 6 Menu Cnsle... 6 Menu View... 8 Menu Server... 8 Menu

Leia mais

Tutorial Sistema Porto Sem Papel

Tutorial Sistema Porto Sem Papel Tutrial Sistema Prt Sem Papel 8 ESTADIA CONVENCIONAL: A estadia cnvencinal é aquela em que a embarcaçã deseja executar uma peraçã de carga, descarga, carga/descarga, embarque/desembarque de passageirs

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SVMPC1 Manual de Operação Ver 1.0

MANUAL DO USUÁRIO. SVMPC1 Manual de Operação Ver 1.0 MANUAL DO USUÁRIO SVMPC1 Manual de Operaçã Ver 1.0 Jul/2017 INDICE: 1. O que é Cntrle Central SVMPC1...03 2. Primeir acess a SVMPC1...04 3. Cm utilizar SVM...05 4. Tela de iníci explicaçã detalhada...07

Leia mais

Microsoft Live Meeting 2007 Como Gravar uma Reunião

Microsoft Live Meeting 2007 Como Gravar uma Reunião M A N U A L D O A D M I N I S T R A D O R Micrsft Live Meeting 2007 Cm Gravar uma Reuniã O Micrsft Office Live Meeting ferece um recurs de gravaçã que lhe permite capturar td pressinament de teclas, slides

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ)

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) Este case apresenta a aplicaçã da sluçã Elipse E3 para aprimrar mnitrament da temperatura encntrada

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE N prcess de renvaçã de matrículas para an lectiv 2010/2011, e na sequência d plan de melhria cntínua ds serviçs a dispnibilizar as aluns, IPVC ferece, pela

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário CRC-MG Central de Registr Civil de Minas Gerais Certidã Online - Serventia Manual d usuári Prefáci Data: 30/01/2015 Versã dcument: 1.0 1. COMO ACESSAR O MÓDULO DA CERTIDÃO ONLINE... 04 2. OPÇÕES DE PEDIDOS

Leia mais

MS-PAINT. PAINT 1 (Windows7)

MS-PAINT. PAINT 1 (Windows7) PAINT 1 (Windws7) O Paint é uma funcinalidade n Windws 7 que pde ser utilizada para criar desenhs numa área de desenh em branc u em imagens existentes. Muitas das ferramentas utilizadas n Paint estã lcalizadas

Leia mais

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile M68

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile M68 EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO Windws Mbile M68 Sumári Abrind seu aparelh... 5 Fechand seu aparelh... 6 Inserind s CHIP s em seu aparelh... 7 Retirand s CHIP s de seu aparelh... 12 Cnfigurar telefne... 13 Data

Leia mais

BANKSYNC ALGORITMO PARA GERAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS (DLL)

BANKSYNC ALGORITMO PARA GERAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS (DLL) OBJETIVO O algritm para geraçã d códig de barras (dll) utilizad n SAP Business One (SBO) deve ser instalad e cnfigurad adequadamente para pssibilitar a visualizaçã e impressã de blets lcalmente, assim

Leia mais

SERVIDOR INSTALAR BANCO DE DADOS NESTE COMPUTADOR

SERVIDOR INSTALAR BANCO DE DADOS NESTE COMPUTADOR Instaland sistema Em primeir lugar, baixe sistema pel nss site www.tagsft.cm.br u diret pel link Tagcmerci, terminad prcess de dwnlad d aplicativ, execute-. Faça prcess de avançar, até a parte de Selecinar

Leia mais

Como ajustar o projeto para integrá-lo com o Moodle

Como ajustar o projeto para integrá-lo com o Moodle Cm ajustar prjet para integrá-l cm Mdle Prjet Cm cadastrar um prjet de curs presencial u à distância O prcediment para cadastrar um prjet de curs é igual a prcediment de cadastr tradicinal de prjets, cm

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Segue abaixo projeto para desenvolvimento de novo website para loja Virtual

Segue abaixo projeto para desenvolvimento de novo website para loja Virtual Lja Virtual Desenvlviment FrmigaNegócis Orçament: /2012 Cliente: Respnsável: Prjet: Lja virtual Telefne: Frmiga (MG), de de 2012 Intrduçã Segue abaix prjet para desenvlviment de nv website para lja Virtual

Leia mais

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente As Clientes ds Sistemas de Química ADVIA. Referente: Ntificaçã Urgente de Segurança em Camp CHSW 13 03 10816443 Rev. A Data Nvembr / 2013 E-mail assunts.regulatris.br@siemens.cm Internet www.siemens.cm

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nos campos channel description, podemos nomear os canais. O nome será exibido junto ao vídeo. No campo Channel control, selecionando o modo automatic, podemos definir os canais ativos, o tempo de exibição

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA LINUX

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA LINUX GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA LINUX Cnteúd 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CARACTERÍSTICAS DO WINCONNECTION WEB FILTER PARA LINUX... 3 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. REQUISITOS DE SOFTWARE... 4 3.2. REQUISITOS DE HARDWARE...

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Termômetros Portáteis. Termômetro Modelo TM20 com sonda padrão Termômetro Modelo TM25 com sonda de penetração

GUIA DO USUÁRIO. Termômetros Portáteis. Termômetro Modelo TM20 com sonda padrão Termômetro Modelo TM25 com sonda de penetração GUIA DO USUÁRIO Termômetrs Prtáteis Termômetr Mdel TM20 cm snda padrã Termômetr Mdel TM25 cm snda de penetraçã 1 TM20-TM25-EU-PT-br V1.6 4/13 Intrduçã Obrigad pr esclher este Termômetr Prtátil Extech para

Leia mais

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center Guia d Usuári d Cliente d Avigiln Cntrl Center Versã: 4.10 Enterprise PDF-CLIENT-E-E-Rev1_PT Cpyright 2011 Avigiln. Tds s direits reservads. As infrmações apresentadas estã sujeitas a mdificaçã sem avis

Leia mais

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde Cnsulta a Temp e Hras CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativ Centr de Saúde 2013 ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.. Tds s direits reservads. A ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.

Leia mais