Sistema Somestésico. Submodalidades: Tato. Subsistema epicrítico. Propriocepção. Termocepção. Subsistema protopático. Dor

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema Somestésico. Submodalidades: Tato. Subsistema epicrítico. Propriocepção. Termocepção. Subsistema protopático. Dor"

Transcrição

1 SOMESTESIA E DOR

2 Sistema Somestésico Submodalidades: Tato Propriocepção Termocepção Dor Subsistema epicrítico Subsistema protopático

3 Estímulo Receptores Fibras Sensoriais SNC Toque Pressão Temperatura Ag. químicos Mecanoceptores Quimioceptores Termoceptores Nociceptores CODIFICAÇÃO TRANSDUÇÃO

4 Receptores Somestésicos

5 Receptores Somestésicos

6 Vias Aferentes

7 Axônios Aferentes

8 Tabela 6.3. Os receptores da sensibilidade corporal Tipo morfológico Terminações livres Corpúsculos de Meissner Corpúsculos de Pacini Corpúsculos de Ruffini Discos de Merkel Transdução Mecanoelétrica, Termoelétrica, Quimioelétrica Mecanoelétrica Mecanoelétrica Tipo de fibra* Localização Função Adaptação C, A Toda a pele, órgãos internos, vasos sangüíneos, articulações Epiderme glabra A A Derme, periósteo, paredes das visceras Mecanoelétrica A Toda a derme Mecanoelétrica A Toda a epiderme glabra e pilosa Dor, temperatura, tato grosseiro, propriocepção Tato, pressão vibratória Pressão vibratória Indentação da pele Tato, pressão estática Lenta Rápida Rápida Lenta Lenta Bulbos de Krause Mecanoelétrica? Termoelétrica? A Bordas da pele com as mucosas Tato? Temperatura? Lenta? Folículos pilosos Mecanoelétrica A Pele pilosa Tato Rápida Órgãos tendinosos de Golgi Fusos musculares Mecanoelétrica Ib Tendões Propriocepção Lenta Mecanoelétrica Ia e II Músculos esqueléticos Propriocepção Lenta e rápida

9

10 Organização Topográfica

11 Dermátomos da cabeça Nervo Trigêmio Ramo oftálmico: testa, olhos e a frente do nariz. Ramo maxilar: maçãs do rosto, lábio superior, dentes superiores e cavidades oral e nasal. Ramo mandibular: têmporas, queixo e dentes inferiores.

12 Dermátomos do corpo Medula espinhal Cervical: parte posterior do couro cabeludo, pescoço, ombros e maior parte dos braços. Torácica: tórax e parte do abdome. Lombar: abdome e região anterior das pernas. Sacral: genitais, períneo e face posterior das pernas.

13 Campo Receptor

14 Adaptação do Corpúsculo de Pacini

15 Adaptação dos Receptores Somestésicos

16 Tato

17

18 Propriocepção

19 Proprioceptores Fusos Musculares (músculo esquelético)

20 Proprioceptores Órgãos Tendinosos de Golgi (tendões)

21 Sistema Epicrítico ou Via coluna dorsal-lemnisco Medial

22 Somatotopia

23 Homúnculo Somatotópico

24 Outros Mapas Somatotópicos

25 Córtex Somestésico

26 Córtex Somestésico

27 Tabela 7.2. As características das principais áreas somestésicas corticais Funções Campos receptores Estímulos preferenciais Áreas corticais 3a 3b e 7 Grandes Pequenos* Médios Grandes Muito grandes Toque forte, manipulação de músculos e articulações Toque leve de pequenos objetos Deslocamento de objetos sobre a pele Toque de objetos complexos Movimentos complexos Efeito de lesões restritas Déficits de identificação de posição Déficits de discriminação de forma, tamanho e textura dos objetos Déficits de discriminação de textura Déficits de coordenação digital e na identificação da forma e tamanho de objetos Déficits de coordenação visuomotora

28 Termocepção e Nocicepção

29

30 Termocepção Terminações livres por toda a pele, mucosa e parede de vísceras digestivas e respiratórias Nocicepção Terminações livres por toda o corpo que podem ser ativadas por estímulos mecânicos, térmicos e químicos

31 Termocepção

32 Sistema Protopático ou Via espinotalâmica

33 Nocicepção Dor aguda Dor crônica

34

35 Salix

36 Vias Ascendentes da Dor

37 Dor Referida

38 Analgesia Endógena

39 Vias Analgesicas Endógenas

40 Tabela 7.1. Diferenças entre o sistema epicrítico e o sistema protopático Características Sistema epicrítico Sistema protopático Submodalidades Tato fino, propriocepção consciente Tato grosseiro, termossensibilidade, dor Receptores Mecanorreceptores Mecanorreceptores, termorreceptores, quimiorreceptores Fibras periféricas Ia, Ib, A A e C Velocidade de condução Alta Média e baixa Localização do neurônio de primeira ordem Localização do neurônio de segunda ordem Vias espinhais Vias supraspinhais Gânglios espinhais e gânglio trigêmeo Núcleos da coluna dorsal e núcleo principal do trigêmeo Feixes da coluna dorsal (grácil e cuneiforme) Lemnisco medial, radiações talâmicas Gânglios espinhais e gânglio trigêmeo Corno dorsal e núcleo espinhal do trigêmeo Feixes da coluna ântero-lateral (espinotalâmico e espinorreticular) Lemnisco espinhal, radiações talâmicas Local de cruzamento Tronco encefálico Medula (para as vias espinhais) e tronco encefálico (para as vias trigeminais) Localização do neurônio de terceira ordem Localização do neurônio de quarta ordem Núcleo ventral posterior do tálamo Áreas somestésicas no giro póscentral e outras áreas menos conhecidas Diferentes núcleos do tronco encefálico e do diencéfalo Diferentes núcleos do tronco encefálico e do diencéfalo, e diferentes áreas corticais Somatotopia Precisa Grosseira Propriedades funcionais Campos receptores pequenos e unimodais Campos receptores grandes e polimodais

Fisiologia do Sistema Nervoso

Fisiologia do Sistema Nervoso Fisiologia do Sistema Nervoso 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Ritmos Biológicos Visão Geral do Sistema Nervoso Central O Sistema Nervoso Central - SNC

Leia mais

Sensações somáticas. Classificação dos sentidos somáticos. Profa Geanne Matos de Andrade. Receptores sensoriais

Sensações somáticas. Classificação dos sentidos somáticos. Profa Geanne Matos de Andrade. Receptores sensoriais a Classificação dos sentidos somáticos Sensações somáticas Profa Geanne Matos de Andrade Depto de Fisiologia e Farmacologia- UFC Mecanorreceptivos- - tato, pressão, vibração e cócegas - posição (estática

Leia mais

Estrutura e Função dos Nervos Periféricos

Estrutura e Função dos Nervos Periféricos FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Estrutura e Função dos Nervos Periféricos Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos

Leia mais

Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos

Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos Curso de Pós-graduação - IPUB Neurociências Aplicadas Ciclo Básico Núcleo Comum Disciplina de Neuroanatomia Prof: Alfred Sholl Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos 20/04/2010

Leia mais

SENSIBILIDADE SOMÁTICA

SENSIBILIDADE SOMÁTICA SENSIBILIDADE SOMÁTICA Sensibilidade é a capacidade de detectar e processar a informação sensorial que é gerada por um estímulo proveniente do ambiente interno ou externo ao corpo. Profa. Cláudia Herrera

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

Sensorial. I - Mecanorreceptores

Sensorial. I - Mecanorreceptores Sensorial 35 Tipos de receptores: 1. mecanorreceptores compressão, estiramento 2. termorreceptores frio ou calor 3. nociceptores dor (lesão tecidual, física ou química) 4. eletromagnéticos luz 5. quimiorreceptores

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Fisiologia Sensorial

Fisiologia Sensorial Fisiologia Sensorial Sensibilidade: É a capacidade de detectar e processar a informação sensorial que é gerada por um estímulo proveniente do ambiente interno ou externo ao corpo Para que são utilizadas

Leia mais

SISTEMAS SENSORIAS PROPRIEDADES GERAIS DA RECEPÇÃO SENSORIAL. Profa. Dra. Márcia do Nascimento Brito

SISTEMAS SENSORIAS PROPRIEDADES GERAIS DA RECEPÇÃO SENSORIAL. Profa. Dra. Márcia do Nascimento Brito SISTEMAS SENSORIAS PROPRIEDADES GERAIS DA RECEPÇÃO SENSORIAL Profa. Dra. Márcia do Nascimento Brito SISTEMAS SENSORIAIS Definição: conjunto de estruturas e processos que pode captar e interpretar certos

Leia mais

Sensibilidade. Profa. Daniela Carrogi Vianna

Sensibilidade. Profa. Daniela Carrogi Vianna Sensibilidade Profa. Daniela Carrogi Vianna SENSIBILIDADE Terminações Nervosas: modificações das extremidades das fibras nervosas dos nervos. Sensitivas / Aferentes (RECEPTORES) Motoras / Eferentes RECEPTORES:

Leia mais

PERCEBEMOS O MUNDO PARA AGIR SOBRE ELE

PERCEBEMOS O MUNDO PARA AGIR SOBRE ELE Universidade Federal do Espírito Santo Departamento de Ciências Fisiológicas FISIOLOGIA PSICOLOGIA NEROFISIOLOGIA Introdução ao sistema sensorial Receptores sensoriais Prof. Leonardo dos Santos PERCEBEMOS

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA SAÚDE DO ADULTO E DO IDOSO I

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA SAÚDE DO ADULTO E DO IDOSO I UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA SAÚDE DO ADULTO E DO IDOSO I As informações dos meios interno e externo são fornecidas ao sistema nervoso central

Leia mais

Organização do sistema nervoso

Organização do sistema nervoso Sistema nervoso Organização do sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) O encéfalo: O encéfalo dos mamíferos é dividido em: telencéfalo (cérebro), diencéfalo (tálamo, epitálamo e hipotálamo), mesencéfalo

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

Estrutura e Função da Medula Espinhal

Estrutura e Função da Medula Espinhal FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Estrutura e Função da Medula Espinhal Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos de

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO O sistema Nervoso é um todo. Sua divisão em partes tem um significado exclusivamente didático, pois as várias partes estão intimamente

Leia mais

SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS PARTE I. Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia

SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS PARTE I. Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS PARTE I Prof. Ismar Araújo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia 1 DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO SOB O PONTO DE VISTA ANATÔMICO. CÉREBRO ENCÉFALO... CEREBELO MESENCÉFALO

Leia mais

Sistema Nervoso Autônomo

Sistema Nervoso Autônomo FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Sistema Nervoso Autônomo Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos de Aprendizagem

Leia mais

SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo

SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo www.bioloja.com EMBRIOGÊNESE DO SN DIVISÃO DO SN O SISTEMA NERVOSO O SNC recebe, analisa e integra informações. É o local onde ocorre a tomada de decisões e o envio

Leia mais

Diencéfalo. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br

Diencéfalo. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Diencéfalo Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema Nervoso Telencéfalo Diencéfalo Cérebro

Leia mais

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Projeto Medicina Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Neurociência DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema

Leia mais

Classes de Dor DOR. Estímulos Algogênicas

Classes de Dor DOR. Estímulos Algogênicas Classes de Dor DOR Experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada a lesão real ou potencial dos tecidos. Cada indivíduo aprende a utilizar esse termo através das suas experiências

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Neuroanatomia 2004/2005 Medula Espinhal -Parte II- 6ª aula teórica Leccionada pelo Prof. Dr. Manuel Barbosa Relembrando alguns dos conceitos de que falamos

Leia mais

Sistema Nervoso Organização Geral

Sistema Nervoso Organização Geral Sistema Nervoso Organização Geral O encéfalo é o centro da razão e da inteligência: cognição, percepção, atenção, memória e emoção, Também é responsável pelo controle da postura e movimentos, Permite o

Leia mais

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Biologia FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA NERVOSO Tem por função receber, associar, armazenar ou emitir informações garantindo assim

Leia mais

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente.

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e identificar as condições ambientais externas e as condições internas do organismo 1 LOCALIZAÇÃO: SISTEMA NERVOSO - CORPOS CELULARES:

Leia mais

Sistema Nervoso Aula I. Helena de A Gouveia Ferreira Departamento de Anatomia,, ICB, USP

Sistema Nervoso Aula I. Helena de A Gouveia Ferreira Departamento de Anatomia,, ICB, USP Sistema Nervoso Aula I Profa.. Dra. Cecília Helena de A Gouveia Ferreira Departamento de Anatomia,, ICB, USP Sistema Nervoso Conceito É o sistema que controla e coordena as funções de todos os sistemas

Leia mais

Desenho das fibras musculares 3

Desenho das fibras musculares 3 1 Manipulação Profunda Sensoperceptiva MPS (1984) Dr. Eduardo D. Marchevisky 2 Preconiza o deslizamento nas fibras musculares seguindo o sentido do desenho do musculo. Dra. Adriana Tessitore Doutora em

Leia mais

Objetivo: Como o fluxo de informação sensorial e a hierarquia do controle motor controlam os diversos tipos de movimento?

Objetivo: Como o fluxo de informação sensorial e a hierarquia do controle motor controlam os diversos tipos de movimento? Objetivo: Como o fluxo de informação sensorial e a hierarquia do controle motor controlam os diversos tipos de movimento? Roteiro da aula: 1. Tipos de movimentos gerados pelo sistema motor 2. Funções do

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO Controle do funcionamento do ser humano através de impulsos elétricos Prof. César Lima 1 Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e

Leia mais

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008 2002/2003-2009 Prof. Prof. SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Receptores RECEPTORES E VIAS DA Vias SENSIBILIDADE da Sensibilidade Vias da Motricidade

Leia mais

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Introdução O corpo humano é coordenado por dois sistemas: o nervoso e o endócrino. O sistema nervoso é o que coordena, por meio da ação dos neurônios, as respostas fisiológicas, como a ação dos músculos

Leia mais

SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) Anatomia e Fisiologia Humana SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) 1ª edição novembro/2006-1 - SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO SUMÁRIO

Leia mais

SENTIDO SOMÁTICO MECARRECEPTORES DA PELE

SENTIDO SOMÁTICO MECARRECEPTORES DA PELE 61 SENTIDO SOMÁTICO O sistema sensorial somático geral (ou sistema somatossensorial) é o responsável pelas experiências sensoriais detectadas nos órgãos sensoriais que não pertencem ao sentido especial.

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: Uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a lesão tecidual real ou potencial, ou descrita nestes termos Associação Internacional para

Leia mais

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada SÅo Paulo, 20 de setembro de 2011 Protocolo: 0115/2011 Informo que a partir de 20/09/2011 alguns protocolos de atendimento da especialidade Cirurgia PlÑstica do Hospital das ClÖnicas foram desativados,

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a:

SISTEMA NERVOSO. Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a: SISTEMA NERVOSO Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a: perceber as variações do meio (interno e externo), a difundir as modificações que essas variações produzem executar as respostas

Leia mais

SENSAÇÕES SOMÁTICAS II: DOR

SENSAÇÕES SOMÁTICAS II: DOR SENSAÇÕES SOMÁTICAS II: DOR NEUROFISIOLOGIA Prof. Hélder Mauad DOR - Mecanismo de proteção do organismo Ocorre quando um tecido está sendo lesado Faz com que o indivíduo reaja para remover o estímulo lesivo

Leia mais

CLASSES DE MOVIMENTOS

CLASSES DE MOVIMENTOS CLASSES DE MOVIMENTOS ATOS REFLEXOS - considerados involuntários, simples (poucos músculos), estereotipados, em geral ocorrem automaticamente em resposta a um estímulo sensorial. Ex. resposta ao toque

Leia mais

Como sentimos o mundo?

Como sentimos o mundo? Profa Silvia Mitiko Nishida Depto de Fisiologia Como sentimos o mundo? Introdução à Fisiologia Sensorial Qual mundo é o verdadeiro? - Cada um percebe uma obra musical de maneira diferente - Diferenças

Leia mais

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES Deteta informação sensorial Processa e responde à informação sensorial (integração) Mantém a homeostasia Centro das atividades mentais Controla os movimentos do corpo através dos

Leia mais

Divisão anatômica 15/09/2014. Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Função. Sistema Nervoso Estrutura. Cérebro Cerebelo Tronco encefálico ENCÉFALO

Divisão anatômica 15/09/2014. Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Função. Sistema Nervoso Estrutura. Cérebro Cerebelo Tronco encefálico ENCÉFALO Função o sistema nervoso é responsável pelo controle do ambiente interno e seu relacionamento com o ambiente externo (função sensorial), pela programação dos reflexos na medula espinhal, pela assimilação

Leia mais

RECEPTORES SENSORIAIS

RECEPTORES SENSORIAIS RECEPTORES SENSORIAIS Elio Waichert Júnior Sistema Sensorial Um dos principais desafios do organismo é adaptar-se continuamente ao ambiente em que vive A organização de tais respostas exige um fluxo de

Leia mais

SISTEMA NERVOSO 2014

SISTEMA NERVOSO 2014 SISTEMA NERVOSO 2014 SISTEMA NERVOSO OBJETIVOS Conhecer a organização do Sistema Nervoso. Descrever a constituição do Tecido Nervoso. Denominar as partes do Sistema Nervoso Central (SNC) e do Sistema Nervoso

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia. Reflexos Medulares. Elio waichert

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia. Reflexos Medulares. Elio waichert Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia Reflexos Medulares Elio waichert # Objetivos Apresentar as características da medula espinhal; Classificar os receptores sensoriais

Leia mais

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO INTRODUÇÃO divisões do sistema nervoso DIVISÕES DO SISTEMA NEVOSO Sistema Nervoso Central (SNC): DERIVADO DO TUBO NEURAL consiste em encéfalo e medula espinhal Sistema

Leia mais

AULA 06 SENSAÄÅES SOMÇTICAS Parte 3 DOR & ANALGESIA

AULA 06 SENSAÄÅES SOMÇTICAS Parte 3 DOR & ANALGESIA AULA 06 SENSAÄÅES SOMÇTICAS Parte 3 DOR & ANALGESIA NEUROFISIOLOGIA Prof. HÑlder Mauad DOR o Mecanismo de proteção do organismo: Ocorre quando um tecido está sendo lesado Faz com que o indivíduo reaja

Leia mais

Órgão de revestimento externo do corpo. Responsável pela proteção do organismo. Protege contra a radiação. Metabólicas, como a produção da vitamina D.

Órgão de revestimento externo do corpo. Responsável pela proteção do organismo. Protege contra a radiação. Metabólicas, como a produção da vitamina D. TATO Pele (ou cútis): Órgão de revestimento externo do corpo. O maior órgão do corpo humano e o mais pesado. Responsável pela proteção do organismo. Principal órgão da regulação do calor. Protege contra

Leia mais

Coordenação do Organismo

Coordenação do Organismo Sistema Nervoso Coordenação do Organismo Sistema Nervoso Sistema responsável pela transmissão de estímulos de uma zona do corpo para outra. Sistema Hormonal Sistema responsável pela síntese de substâncias

Leia mais

Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico

Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico Beneficência Portuguesa de São Paulo Serviços Médicos São Paulo Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico David Ferez david.ferez@uol.com.br Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia

Leia mais

NOÇÕES DE NEUROANATOMIA

NOÇÕES DE NEUROANATOMIA Divisões do Sistema Nervoso Sistema Nervoso Sistema Nervoso Central Encéfalo Medula Espinhal Sistema Nervoso Periférico Nervos Espinhais Nervos Cranianos Gânglios Periféricos 1 Os órgãos do SNC são protegidos

Leia mais

S E N T I D O S H U M A N O S

S E N T I D O S H U M A N O S S E N T I D O S H U M A N O S Sentidos Conjunto de funções orgânicas responsáveis pela percepção do mundo Os sentidos são: Visão Audição Olfato Paladar Tato Visão Capacidade dos olhos em transformar o

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares:

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares: SISTEMA NERVOSO Percepção e interpretação de estímulos internos e externos; Tipos celulares: - Neurônios condução de impulsos nervosos - Células da Glia manutenção dos neurônios Elaboração de respostas

Leia mais

CÉLULA NERVOSA OU NEURÔNIOS

CÉLULA NERVOSA OU NEURÔNIOS PARA RECORDAR: NEURÔNIOS, IMPULSO NERVOSO, SISTEMA NERVOSO, PARTES PRINCIPAIS DO ENCÉFALO. CÉLULA NERVOSA OU NEURÔNIOS Eventos em uma transdução sensorial (a) despolarização de uma terminação nervosa leva

Leia mais

Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado. Sistema Nervoso

Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado. Sistema Nervoso Curso: carolinanico@hotmail.com Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado X Função: Sistema Nervoso Coordenar e integrar as diversas funções do organismo, contribuindo para seu equilíbrio

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4.

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Fisiologia do Sistema Nervoso 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Ritmos Biológicos Sistema Nervoso Motor a) Organização Hierárquica do Movimento Movimentos

Leia mais

VIAS EFERENTES (DESCENDENTES)

VIAS EFERENTES (DESCENDENTES) VIAS EFERENTES (DESCENDENTES) Colocam em comunicação os centros supra-segmentares com os órgãos efetuadores: 1- Vias eferentes viscerais (vida vegetativa) : Alvos = vísceras e vasos > função dos órgãos

Leia mais

Universidade Federal do Maranhão Medicina 1 Período Cadeira: Fisiologia Acadêmicos: Carla Virginia Vieira Rollemberg Luiz Antônio Feitosa Bueno

Universidade Federal do Maranhão Medicina 1 Período Cadeira: Fisiologia Acadêmicos: Carla Virginia Vieira Rollemberg Luiz Antônio Feitosa Bueno Universidade Federal do Maranhão Medicina 1 Período Cadeira: Fisiologia Acadêmicos: Carla Virginia Vieira Rollemberg Luiz Antônio Feitosa Bueno Relatório de Fisiologia Temas: Aula Prática: Sensações Somáticas

Leia mais

Considerações Anatomoclínicas - Neuroanatomia Aplicada -

Considerações Anatomoclínicas - Neuroanatomia Aplicada - FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Considerações Anatomoclínicas - Neuroanatomia Aplicada - Apresentações Discentes Prof. Gerardo Cristino www.gerardocristino.com.br

Leia mais

Sistema Límbico. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br

Sistema Límbico. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Sistema Límbico Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema Nervoso Central Áreas da emoção

Leia mais

O CÓRTEX MOTOR CÓRTEX MOTOR PRIMÁRIO

O CÓRTEX MOTOR CÓRTEX MOTOR PRIMÁRIO O CÓRTEX MOTOR - Movimentos VOLUNTÁRIOS executados pela ativação cortical de padrões de função armazenados em áreas medulares e encefálicas inferiores na MEDULA ESPINHAL, TRONCO CEREBRAL, GÂNGLIOS DA BASE

Leia mais

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso Funções: Coordena o funcionamento dos outros sistemas. Controla os movimentos (voluntários e involuntários). É responsável pela recepção de estímulos externos e pela resposta

Leia mais

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015 ANATOMIA HUMANA II Enfermagem Sistema Nervoso Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro SISTEMA NERVOSO Conceito Função Divisão Sistema Nervoso Central Tecido Nervoso Cerebelo Diencéfalo Telencéfalo Meninges Líquor

Leia mais

Biologia PLANO DE AULA SISTEMA NERVOSO. Anatomia e Fisiologia Humana

Biologia PLANO DE AULA SISTEMA NERVOSO. Anatomia e Fisiologia Humana PLANO DE AULA Biologia SISTEMA NERVOSO Anatomia e Fisiologia Humana Esta obra está sob a licença Creative Commons Atribuição 2.5 (CC-BY). Mais detalhes em http://creativecommon.org/licenses/by/2.5/br.

Leia mais

SÍNDROMES NEUROLÓGICAS. Sarah Gomes Diógenes

SÍNDROMES NEUROLÓGICAS. Sarah Gomes Diógenes SÍNDROMES NEUROLÓGICAS Sarah Gomes Diógenes DEFINIÇÃO SINDROMES NEUROLÓGICAS Conjunto de sinais e sintomas com causa em comum Todas as partes relacionadas ao aparelho neurológico SÍNDROMES NEUROLÓGICAS

Leia mais

Sistema Nervoso Considerações Anatomoclínicas sobre a Medula e o Tronco Encefálico Prof. Gerardo Cristino

Sistema Nervoso Considerações Anatomoclínicas sobre a Medula e o Tronco Encefálico Prof. Gerardo Cristino Prof. Gerardo Cristino www.gerardocristino.com.br Alterações da motricidade Paresia Paralisia Hemiparesia Hemiplegia Atonia Hipotonia Hipertonia Arreflexia Hiporreflexia Hiperreflexia Sinal de Babinski

Leia mais

O SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS. Aspectos Anatômicos e Fisiológicos

O SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS. Aspectos Anatômicos e Fisiológicos O SISTEMA NERVOSO DOS ANIMAIS Aspectos Anatômicos e Fisiológicos 1 FUNÇÕES BÁSICAS Função Integradora => Coordenação das funções do vários órgãos ( Pressão arterial Filtração Renal e Freq. Respirat.) Função

Leia mais

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano Anatomia Geral 1 Filogênese e Ontogênese Humanas 1.1 Filogênese Humana 2 1.2 Ontogênese Humana: Visão Geral, Fecundação e Estágios Iniciais do Desenvolvimento 4 1.3 Gastrulação, Neurulação e Formação dos

Leia mais

O SISTEMA NERVOSO FISIOLOGIA HUMANA E DO EXERCÍCIO FUNÇÕES BÁSICAS

O SISTEMA NERVOSO FISIOLOGIA HUMANA E DO EXERCÍCIO FUNÇÕES BÁSICAS FISIOLOGIA HUMANA E DO EXERCÍCIO O SISTEMA NERVOSO Aspectos Anatômicos e Fisiológicos FUNÇÕES BÁSICAS Função Integradora => Coordenação das funções do vários órgãos ( Pressão arterial Filtração Renal e

Leia mais

Plano de Aula CIÊNCIAS. Sistema nervoso

Plano de Aula CIÊNCIAS. Sistema nervoso Plano de Aula CIÊNCIAS Sistema nervoso Sistema nervoso. 09 p.; il. (Série Plano de Aula; Ciências) ISBN: 1. Ensino Fundamental Ciências 2. Ser humano e saúde 3. Educação Presencial I. Título II. Série

Leia mais

Resumo de fisiologia. Sistema Nervoso. Nome: Curso: Data: / /

Resumo de fisiologia. Sistema Nervoso. Nome: Curso: Data: / / Resumo de fisiologia Sistema Nervoso Nome: Curso: Data: / / 1 - Organização dos tecidos biológicos CÉLULA TECIDO ORGÃO SISTEMA - SER 2 - Estrutura Do Sistema Nervoso Características a. Apresenta-se com

Leia mais

Seqüência completa de automassagem

Seqüência completa de automassagem Seqüência completa de automassagem Os exercícios descritos a seguir foram inspirados no livro Curso de Massagem Oriental, de Armando S. B. Austregésilo e podem ser feitos em casa, de manhã ou à tardinha.

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso

SISTEMA NERVOSO. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso SISTEMA NERVOSO Nos organismos menos complexos as funções de comunicação entre as várias

Leia mais

AS SENSAÇÕES EXTEROCEPTIVAS

AS SENSAÇÕES EXTEROCEPTIVAS AS SENSAÇÕES EXTEROCEPTIVAS As sensações exteroceptivas são as que se originam nos receptores periféricos da pele ou das membranas mucosas, decorrentes dos estímulos vindos do ambiente. Existem três tipos

Leia mais

Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais. (Transcrição da aula vídeo)

Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais. (Transcrição da aula vídeo) Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais (Transcrição da aula vídeo) Hoje vamos estudar uma nova forma de classificação do Sistema Nervoso. Seguiremos os princípios que nortearam

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Tecido Nervoso Compreende basicamente dois tipos celulares Neurônios unidade estrutural e funcional

Leia mais

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional V juliana.pinheiro@kroton.com.br O sistema nervoso é um sistema complexo de comunicação e controle no corpo animal.

Leia mais

Nervos Cranianos. M.Sc. Profª Viviane Marques

Nervos Cranianos. M.Sc. Profª Viviane Marques Nervos Cranianos M.Sc. Profª Viviane Marques Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia Hospitalar UVA Docente do mestrado de HIV/AIDS e Hepatites Virais UNIRIO Tutora da Residência Multiprofissional

Leia mais

NEUROLOGIA. Profa Vanessa C Costa da Silva

NEUROLOGIA. Profa Vanessa C Costa da Silva NEUROLOGIA Profa Vanessa C Costa da Silva CONTEÚDO: SNC Sistema piramidal Sistema extrapiramidal SNP Paralisia facial Esclerose lateral amiotrófica Distrofia muscular Síndrome de Brown-Sequard Lesão medular

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008-2009. Prof. Raul Oliveira SISTEMA NERVOSO. Aulas ENCÉFALO.

SISTEMA NERVOSO. FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008-2009. Prof. Raul Oliveira SISTEMA NERVOSO. Aulas ENCÉFALO. FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008-2009 Prof. SISTEMA NERVOSO Aulas ENCÉFALO SISTEMA NERVOSO SN CENTRAL SN PERIFÉRICO Andar superior Córtex cerebral Andar médio Tronco cerebral Cerebelo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC 0 UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ÓRGÃOS DOS SENTIDOS Wilson Junior Weschenfelder Santa Cruz do Sul, junho de 2001. 1 UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC DEPARTAMENTO

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MOTOR

SISTEMA NERVOSO MOTOR SISTEMA NERVOSO MOTOR CÓRTEX MOTOR O cérebro é o órgão que move os músculos. sculos. Neil R. Carlson 1 CÓRTEX MOTOR ORGANIZAÇÃO DO CÓRTEX MOTOR Córtex motor primário: principal região controladora para

Leia mais

Efeitos Neurofisiológicos Da Massagem Terapêutica

Efeitos Neurofisiológicos Da Massagem Terapêutica Efeitos Neurofisiológicos Da Massagem Terapêutica Artigo de conclusão de Curso Técnico de Massoterapia. Email: joelsonfachini@gmail.com; simonekorn@gmail.com Resumo A massagem, por sua eficácia, garantiu

Leia mais

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Sistema Circulatório II Artérias Prof. Adj. Dr. Yuri Karaccas de Carvalho Anatomia Descritiva Animal I 1 Objetivos da Aula Diferenciar: Veia X

Leia mais

FLEXIBILIDADE É A AMPLITUDE DE MOVIMENTO DISPONÍVEL AO REDOR DE UMA ARTICULAÇÃO OU DE UMA SÉRIE DE ARTICULAÇÕES. A FLEXIBILIDADE É IMPORTANTE NÃO

FLEXIBILIDADE É A AMPLITUDE DE MOVIMENTO DISPONÍVEL AO REDOR DE UMA ARTICULAÇÃO OU DE UMA SÉRIE DE ARTICULAÇÕES. A FLEXIBILIDADE É IMPORTANTE NÃO FLEXIBILIDADE É A AMPLITUDE DE MOVIMENTO DISPONÍVEL AO REDOR DE UMA ARTICULAÇÃO OU DE UMA SÉRIE DE ARTICULAÇÕES. A FLEXIBILIDADE É IMPORTANTE NÃO APENAS PARA O SUCESSO NO DESEMPENHO FÍSICO, MAS TAMBÉM

Leia mais

Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências

Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso central (SNC) Sistema nervoso periférico (SNP) Encéfalo Medula espinhal SNP autônomo SNP somático Parassimpático Simpático Nervos motores

Leia mais

Introdução. Importância. Demais componentes 4/1/2013 SISTEMA LINFÁTICO. Componentes do Sistema Linfático CONDUTOS LINFÁTICOS LINFONODOS BAÇO TIMO

Introdução. Importância. Demais componentes 4/1/2013 SISTEMA LINFÁTICO. Componentes do Sistema Linfático CONDUTOS LINFÁTICOS LINFONODOS BAÇO TIMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS CURITIBANOS Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I Introdução SISTEMA LINFÁTICO (SPURGEON; KAINER; MCCRAKEN; 2004) Prof. Dr. Marcello

Leia mais

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular.

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Neurônio Sistema Nervoso Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Dendritos prolongamentos ramificados que captam os estímulos nervosos. Axônio prolongamento único e responsável

Leia mais

Sistema Nervoso Autonômico (SNA)

Sistema Nervoso Autonômico (SNA) Laboratório de Neurofisiologia, DFF, CCB, UFPE 1 Sistema Nervoso Autonômico (SNA) Reginaldo P. Silva 1. Introdução. O SNA é critico para a sobrevivência do indivíduo e da espécie porque regula a homeostasia

Leia mais

Categorias de Músculos

Categorias de Músculos URI Curso de Psicologia Prof. Claudio Alfredo Konrat Aparelho Locomotor: ossos, junturas e músculos Os músculos constituem os elementos ativos do movimento Os ossos constituem os elementos passivos do

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE ESTIMULAÇÃO SENSORIAL: BASE PARA A APRENDIZAGEM Por: Carine Bompet de Campos Orientadora Prof. Dr. Mary Sue Niterói 2010 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

VISÃO GERAL DO SISTEMA SENSITIVO

VISÃO GERAL DO SISTEMA SENSITIVO VISÃO GERAL DO SISTEMA SENSITIVO VISÃO PANORÂMICA Sensibilidade é a capacidade que tem o sistema nervoso (SN) de identificar um estímulo em nível consciente ou inconsciente, vindo de qualquer modalidade

Leia mais

Órgãos dos Sentidos. web.educom.pt. Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental

Órgãos dos Sentidos. web.educom.pt. Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental Órgãos dos Sentidos web.educom.pt Prof. CRISTINO RÊGO 8º ANO Ensino Fundamental TATO dicas-enfermagem.blogspot.com br A pele é o órgão do tato. Nela encontram-se os receptores sensoriais contendo fibras

Leia mais

Mapeamento do córtex motor

Mapeamento do córtex motor Motricidade Mapeamento do córtex motor 1. Principal região controladora para início dos movimentos voluntários: Área motora primária- Giro pré-central 2.Área somatossensorial primária (giro pós central)

Leia mais

Disciplina Corpo Humano e Saúde: Uma Visão Integrada - Módulo 1

Disciplina Corpo Humano e Saúde: Uma Visão Integrada - Módulo 1 5. O sistema nervoso Introdução O SN é dividido estruturalmente em componentes periféricos e centrais, denominados, respectivamente, Sistema Nervoso Periférico (SNP) e Sistema Nervoso Central (SNC). O

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MOTOR

SISTEMA NERVOSO MOTOR SISTEMA NERVOSO MOTOR REFLEXOS MEDULARES A medula possui autonomia para controlar respostas simples a estímulos específicos. 1 REFLEXOS MEDULARES ARCO REFLEXO Arco monossináptico Arco polissináptico REFLEXOS

Leia mais

ESTRUTURA, FUNÇÃO E CONTROLE DO MOVIMENTO

ESTRUTURA, FUNÇÃO E CONTROLE DO MOVIMENTO ESTRUTURA, FUNÇÃO E CONTROLE DO MOVIMENTO Prover um meio de comunicação p/ coordenar o trabalho de bilhões de células Perceber e responder aos eventos nos ambientes externo e interno Controlar os movimentos

Leia mais

CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (NEUROFISIOLOGIA) Educador Silvio Pecoraro

CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (NEUROFISIOLOGIA) Educador Silvio Pecoraro CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (NEUROFISIOLOGIA) Educador Silvio Pecoraro O que é Treinamento Funcional? É um tipo de treinamento que através do exercício físico e de sua especificidade, visa desenvolver

Leia mais