SISTEMA NERVOSO. FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA Prof. Raul Oliveira SISTEMA NERVOSO. Aulas ENCÉFALO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA NERVOSO. FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008-2009. Prof. Raul Oliveira SISTEMA NERVOSO. Aulas ENCÉFALO."

Transcrição

1 FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA Prof. SISTEMA NERVOSO Aulas ENCÉFALO SISTEMA NERVOSO SN CENTRAL SN PERIFÉRICO Andar superior Córtex cerebral Andar médio Tronco cerebral Cerebelo Tálamo Hipotál Nuc. Base Andar inferior Espinal Medula SN Somático NERVOS SN Autónomo N. craneanos N espinais 1

2 SISTEMA NERVOSO CENTRAL ESTRUTURA GERAL 2

3 CÓRTEX CEREBRAL Parte mais recente do SNC e a que apresenta as funções mais complexas e evoluídas. Corresponde à camada mais superficial do encéfalo e é constituído por SUBSTANCIA CINZENTA. Por baixo do córtex encontra-se a SUBSTANCIA BRANCA que conduz a informação que a ele se dirige ou dele se origina 3

4 CÓRTEX CEREBRAL Como durante o desenvolvimento embrionário, o tamanho do córtex aumenta desproporcionalmente e a caixa craniana limita a sua expansão, a superfície cortical enrola-se sobre si mesma, originando um aspecto enrugado e formando as CIRCUNVOLAÇÕES. SUPERFICIE TOTAL do CÓRTEX cm 2 mas apenas 1/3 é visível e superficial ANÁLISE ANATÓMICA Córtex Cerebral (CC) dividido longitudinalmente pela fenda interhemisférica, em 2 hemisférios. Em cada hemisfério encontramos: 3 faces - interna, externa e inferior 2 pólos 1 frontal ou anterior e outro occipital ou posterior 4

5 CÓRTEX CEREBRAL (CC) 5

6 CÓRTEX CEREBRAL (CC) CÓRTEX CEREBRAL (CC) 6

7 7

8 Face ao enrugamento que se processa durante a evolução, o córtex é atravessado por REGOS e SULCOS: rego de Sylvius, rego de Rolando, rego perpendicular externo e rego perpendicular interno Os regos dividem o CC em 4 lobos: LOBO FRONTAL LOBO PARIETAL LOBO TEMPORAL LOBO OCCIPITAL Cada um destes lobos está dividido pelos sulcos em circunvoluções. 8

9 CÓRTEX CEREBRAL DIVISÃO EM LOBOS CÓRTEX CEREBRAL DIVISÃO EM LOBOS 9

10 CÓRTEX CEREBRAL (CC) Região mais recente, evoluída e complexa do SN 1) Capacidades de memória, consciência, criatividade, abstracção, controlo preciso diversa partes do corpo, especialmente da motricidade fina da mão. CÓRTEX CEREBRAL (CC) Região mais recente, evoluída e complexa do SN 2) Recebe, integra e interpreta a informação sensitiva e sensorial. 3) Organiza os comportamentos motores complexos e armazena na memórias as experiências adquiridas 10

11 CÓRTEX CEREBRAL (CC) Divisões funcionais ÁREAS SENSITIVAS relacionadas com a recepção, integração e análise da informação sensitiva. ÁREAS MOTORAS responsáveis pela programação do controle motor ÁREAS DE ASSOCIAÇÃO relacionadas com o tratamento mais elaborado e com tomadas de decisão. Estudos de Brodmann divisão do Córtex cerebral em 52 áreas funcionais. 11

12 LOBO FRONTAL Córtex Pré-frontal Resolução de problemas, emoções e pensamentos complexos Córtex Motor Associativo Planeamento e coordenação dos movimentos complexos - Área 6 Área Pré-motora Córtex Motor Primário Iniciação do movimento voluntário - Área 4 ÁREA 6 DE BRODMANN ÁREA PRÉ-MOTORA. RELACIONADA com a AQUISIÇÃO de HABILIDADES MOTORAS ESPECÍFICAS e RESPONSÁVEL PELOS MOVIMENTOS COORDENADOS dos OLHOS, pela MOTRICIDADE da FALA e pela HABILIDADE MANUAL. 12

13 HOMÚNCULO MOTOR ÁREAS SENSITIVAS DO CÓRTEX SENSIBILIDADE SOMÁTICA GERAL sentidos do tacto, temperatura, dor, pressão, movimento e posição - áreas corticais 1,2 e 3. SENSIBILIDADE ESPECIAL informação proveniente de receptores especializados da visão, audição, olfacto, paladar e informação vestibular. - áreas corticais específicas para cada uma das sensibilidades. 13

14 LOBO PARIETAL ÁREAS 1,2 e 3 Córtex Somatosensorial Primário: Recebe a informação sensitiva Córtex Somatosensorial Associativo: Processamento de informação somato-sensorial 14

15 HOMÚNCULO SENSITIVO LOBO OCCIPITAL áreas 17, 18 e 19 CÓRTEX VISUAL ASSOCIATIVA Análise e processamento de informação visual complexa CÓRTEX VISUAL PRIMÁRIO - Detecção de simples estímulos visuais 15

16 LOBO TEMPORAL áreas 41,42 Córtex Auditivo Primário - Detecção do nível e qualidade dos sons Córtex Auditivo Associativa - Análise e processamento de informação auditiva complexa. Área de Wernicke - Compreensão da linguagem falada ÁREA VESTIBULAR É provável que este tipo de sensibilidade tenha a sua sede no lobo temporal, próximo da área auditiva. É nesta área que as SENSAÇÕES RELACIONADAS com o EQUILÍBRIO são ANALISADAS, com ESPECIAL INCIDÊNCIA para as SENSAÇÕES VESTIBULARES PROVENIENTES do OUVIDO INTERNO. 16

17 17

18 CÓRTEX CEREBRAL não é uma organização rígida, com localizações funcionais fixas, mas sim uma estrutura que apresenta áreas com capacidade de se associarem, substituírem ou compensarem outras numa dinâmica de inter-relação associativa muito complexa. PLASTICIDADE NEUROMUSCULAR CAPACIDADE de ADAPTABILIDADE COMPETÊNCIA para (re)aprender memória memória memória memória memória memória 18

19 ÁREAS ASSOCIATIVAS do CÓRTEX CEREBRAL AS ÁREAS de ASSOCIAÇÃO do córtex (localizadas nos lobos frontais, parietais, temporais e occipitais) têm um papel essencial na integração das diversas informações relevantes para a acção motora. FUNÇÕES: Reconhecimento, selecção integração e comparação das informações sensoriais e sensitivas relevantes que chegam ao centros corticais superiores com as já existentes. 19

20 20

21 É ainda muito difícil, senão impossível localizar com precisão a sede cortical das funções superiores mais complexas. O SN funciona em interacção e interdependência permanente entre os vários sistemas. ÁREAS DE ASSOCIAÇÃO ÁREA de WERNICKE ocupa parte da região parietooccipito-temporal sendo decisiva para a produção da linguagem e responsável pela interpretação e compreensão da linguagem falada 21

22 Relacionada com a anterior existe a ÁREA de BROCA, (área de associação adjacente ao córtex motor) responsável pelos MECANISMOS MOTORES da PRODUÇÃO de SONS (movimentos dos lábios, da mandíbula, da língua, do véu palatino e das cordas vocais). ÁREA de BROCA 22

23 Nos LOBOS PARIETAIS há áreas de associação ligadas à percepção espacial e à troca de informações entre o cérebro e o resto do corpo LINGUAGEM SIMBÓLICA DO CORPO. 23

24 24

25 Córtex Cerebral N Cinzentos da Base Tálamo Cerebelo Tronco Cerebral Actividade voluntária Actividade reflexa Feixe Cortico- Espinal Feixes Subcorticais Espinal Medula Receptores Sensitivos Músculos Posturas/Movimentos LOBO FRONTAL - ÁREAS PRÉ-FRONTAIS 25

26 ÁREAS PRÉ-FRONTAIS LOBOS FRONTAIS à frente das áreas motoras 4 e 6, há as ÁREAS PRÉ-FRONTAIS que entram em funções importantes como julgar, planear, ambicionar, ter consciência de algo ou pensar de forma abstracta. São áreas intimamente relacionadas com a DELIBERAÇÃO E REGULAÇÃO da ACÇÃO, ao anteciparem as acções futuras, prevendo as suas eventuais consequências. são LOCAIS DE PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE ; CONFEREM à nossa CONDUTA INTENCIONALIDADE. 26

27 SISTEMAS DE PROJECÇÃO OS SISTEMAS de PROJECÇÃO são responsáveis pela determinação da dinâmica geral do movimento necessária a toda a acção. Composto por estruturas corticais (quer sensoriais quer motoras, p.ex córtex motor) e subcorticais (núcleos da base e cerebelo). SUBSTÂNCIA BRANCA As diversas áreas de cada hemisfério funcionam em associação e interdependência funcional de forma a integrarem continuamente a actividade das áreas sensitivas, das motoras e as da associação. TIPOS DE SUBSTANCIA BRANCA = (1) Fibras comissurais; (2) Fibras de associação; (3) Fibras de projecção 27

28 1) FIBRAS COMISSURAIS A) FIBRAS COMISSURAIS 28

29 29

30 Estas pontes de ligação são essenciais para o funcionamento interdependente e complementar dos 2 hemisférios e entre áreas distintas do mesmo hemisfério servindo para TRANSFERIR APRENDIZAGENS e dados armazenados na memória. SISTEMA LÍMBICO A intenção para agir está intimamente relacionada com o SISTEMA LÍMBICO CÉREBRO EMOCIONAL - O SISTEMA LIMBICO (SL) impele-nos a satisfazer as nossas motivações sob a forma de estímulo para a acção. SISTEMA LIMBICO: Amígdala, Fórnix, Corpos mamilares, Hipotálamo e Hipocampo (importante na memória). 30

31 SISTEMA LIMBICO RELACIONADO com as EMOÇÕES, com as APRENDIZAGENS e com COMPORTAMENTOS de AUTO-ESTIMA ESTRUTURAS AMIGDALA HIPOTÁLAMO HIPOCAMPO FORNIX: OUTPUT DO HIPOCAMPO SISTEMA LIMBICO Cérebro emocional Ligados ao SNA e SNE pelo hipotálamo 31

32 SISTEMA LIMBICO AMIGDALA FUNÇÕES 1) Papel central no SNC no processamento das informações aferentes e eferentes relacionadas com o COMPORTAMENTO E/OU INTELIGÊNCIA EMOCIONAL. 2) MEMÓRIA EMOCIONAL - PAPEL NA GESTÃO DA ANSIEDADE 32

33 NUCLEOS CINZENTOS da BASE NÚCLEOS CINZENTOS da BASE Análise e processamento de informação - desempenham um papel essencial na REGULAÇÃO QUANTITATIVA dos PARÂMETROS ESPECÍFICOS do MOVIMENTO (p.ex velocidade, direcção e amplitude) para além de PARTICIPAREM na PREPARAÇÃO da ACÇÃO. Recebem do córtex a grande maioria da informação e reenviam-na ao córtex via Tálamo. 33

34 NUCLEOS CINZENTOS da BASE ou GÂNGLIOS da BASE são um conjunto de 5 grandes núcleos subcorticais, sem ligações directas à espinal medula NÚCLEO CAUDADO 2 núcleos constituindo o NÚCLEO LENTICULAR NÚCLEO SUBTALÂMICO DE LUYS SUBSTANCIA NEGRA ( LOCUS NIGER ) NUCLEOS CINZENTOS da BASE 34

35 NÚCLEOS DA BASE Controlam o início e a execução do movimento. Recebem do córtex a grande maioria da informação e reenviam-na ao córtex via Tálamo. 35

36 NUCLEOS da BASE - FUNÇÕES PRINCIPAIS Relacionadas com as acções motoras Este conjunto de núcleos interligados, forma uma estrutura funcional que é o CORPO ESTRIADO ligado a diversas funções motoras. A seguir ao córtex, o CORPO ESTRIADO é o PRINCIPAL RESPONSÁVEL pelos MOVIMENTOS AUTOMÁTICOS. FUNÇÕES do CORPO ESTRIADO (CE) 1) CONTROLA OS AUTOMATISMOS PRIMÁRIOS (instintivos e inatos como as reacções de fuga e de luta, mímica emocional) e os MOVIMENTOS da MASTIGAÇÃO e da DEGLUTIÇÃO. 2) Embora o cortéx seja quem os determina e inicia, o CE também CONTROLA E REGULA OS AUTOMATISMOS SECUNDÁRIOS, ADQUIRIDOS NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM. 36

37 FUNÇÕES do CORPO ESTRIADO (CE) 3) É um importante CENTRO DO CONTROLE TÓNICO dos MOVIMENTOS INTENCIONAIS, funcionando sem intervenção do cortéx cerebral. 4) O CE tem ainda sido relacionado com a PROGRAMAÇÃO dos MOVIMENTOS (sobretudo na programação da intensidade das contracções). CEREBELO 37

38 Córtex Cerebral N Cinzentos da Base Tálamo Cerebelo Tronco Cerebral Actividade voluntária Actividade reflexa Feixe Cortico- Espinal Feixes Subcorticais Espinal Medula Receptores Sensitivos Músculos Posturas/Movimentos CEREBELO Localização : -na porção postero-inferior da cavidade craniana; -abaixo dos lobos occipitais do córtex cerebral; - inferior e posteriormente nas fossas cerebelosas do occipital. 38

39 FUNÇÕES do CEREBELO A capacidade funcional do cerebelo depende da comunicação com outras estruturas do SN, assegurada por colunas de substância branca, os pedículos cerebelosos, que estabelecem a ligação com os diferentes níveis do tronco cerebral. 1) ACTUA sobre os núcleos do tronco cerebral e funciona como MEDIADOR ENTRE o CORTÉX CEREBRAL e a ESPINAL MEDULA. FUNÇÕES do CEREBELO 2) Papel essencial no CONTROLE do MOVIMENTO e da POSTURA apresentando mecanismos envolvidos na maior parte das acções motoras. 39

40 FUNÇÕES do CEREBELO 3) FUNÇÃO COMPARADORA do CEREBELO Os estímulos para a musculatura responsável pelo movimento voluntário partem do cortéx motor e são conduzidos até aos motoneurónios medulares pelos longos axónios das células piramidais de Betz. Antes de deixarem o encéfalo, estas fibras enviam ramos colaterais aos núcleos da ponte, onde uma CÓPIA da EFERÊNCIA é ENVIADA ao CEREBELO. 3) FUNÇÃO COMPARADORA do CEREBELO 40

41 Estes são MOVIMENTOS PRÉ-PROGRAMADOS e o CEREBELO ESTÁ ASSOCIADO ao CÁLCULO ANTECIPATÓRIO necessário a essa programação prévia. TRONCO CEREBRAL TRONCO CEREBRAL 41

42 TRONCO CEREBRAL Pedúnculos cerebrais Lâmina quadrigémia Protuberância anelar Bulbo raquidiano Todos os núcleos dos nervos cranianos localizam-se no Tronco Cerebral 42

43 TRONCO CEREBRAL Funciona sobretudo como meio de comunicação entre a medula e o encéfalo (essencialmente substancia branca). Envolvidos pela substancia branca, há os corpos celulares e sinapses, quer sob a forma de NÚCLEOS de SUBSTÂNCIA CINZENTA que têm funções específicas, quer duma forma difusa constituindo a SUBSTANCIA RETICULADA (SR). Substância cinzenta do TC = capacidade de análise e tratamento de informação. 43

44 TRONCO CEREBRAL BULBO RAQUIDIANO PIRÂMIDES BULBARES por onde passam as fibras motoras cortico-espinais sofrendo aqui o seu cruzamento motor. NÚCLEOS DE GOLL e BURDACH - veiculam informação proprioceptiva e táctil epicrítica. NÚCLEO OLIVA BULBAR que é retransmissor de inúmeras vias aferentes e eferentes. Dá origem ao feixe olivo-espinal. TRONCO CEREBRAL BULBO RAQUIDIANO NÚCLEOS VESTIBULARES que RECEBEM INFORMAÇÃO SENSORIAL RELACIONADA com o EQUILÍBRIO, incluindo a sensação vestibular do ouvido interno e outros tipos de sensibilidade importantes para este processo. 44

45 TRONCO CEREBRAL BULBO RAQUIDIANO NUCLEOS COCLEARES onde termina o nervo coclear constituído pelas fibras aferentes que tem origem no caracol e conduzem a informação auditiva. Os CENTROS relacionados com o CONTROLE RESPIRATÓRIO e CARDÍACO e com o CONTROLE da TENSÃO ARTERIAL, localizam-se no BULBO TRONCO CEREBRAL - PONTE de VARÓLIO Porção média do TC e situa-se entre o bulbo e os pedúnculos. Liga o bulbo aos centros superiores (substância branca). NÚCLEOS PÔNTICOS (substancia cinzenta) que são um PONTO INTERCALAR na TRANSMISSÃO de IMPULSOS do CORTÉX para o CEREBELO. 45

46 TRONCO CEREBRAL - PEDUNCULOS CEREBRAIS São 2 cordões de substancia branca que saem da ponte e entram em cada um dos hemisférios cerebrais. Há os NÚCLEOS RUBROS que são CENTROS de INTEGRAÇÃO MOTORA ELEMENTAR, com funções de regulação e distribuição tónica, sobretudo em movimentos grosseiros. vasta rede de ligações com o cerebelo SUBSTANCIA RETICULADA (SR) Ampla e complexa rede de neurónios que se estende desde os andares superiores da EM até ao diencéfalo, localizando-se na sua maior parte no TC. Tem uma localização e estrutura difusa apresentando um significado mais funcional do que anatómico. SR por receber estímulos de diversas origens e pela sua grande dispersão no TC funciona como um filtro de informação quer ascendente quer descendente 46

47 SUBSTANCIA RETICULADA (SR) Sistemas SR DESCENDENTE que emite os seus impulsos para a medula, PARTICIPANDO na REGULAÇÃO do TÓNUS MUSCULAR. SR ASCENDENTE cujos axónios se dirigem para o cortéx participando na REGULAÇÃO do seu NÍVEL DE VIGILÂNCIA/VIGILIDADE SUBSTANCIA RETICULADA (SR) 47

48 TÁLAMO CENTRO RETRANSMISSOR e REORGANIZADOR de informação entre diversas áreas do SNC, e em particular com o CC. Formado por um conjunto de núcleos, separados por substância branca, que se localiza de cada lado do III Ventrículo, abaixo do CE. TÁLAMO Participa na RETRANSMISSÃO das vias motoras involuntárias para centros subcorticais com funções motoras e das vias sensitivas que ascendem ao CC. 48

49 TÁLAMO TÁLAMO Ao estabelecer conexões com o CE (enviando-lhe estímulos aferentes sensoriais) contribui para que ele inicie e controle os movimentos automáticos. Recebe aferências hipotalâmicas e amigdalinas que projecta nas áreas pré-frontais do cortéx. PONTO de CONVERGÊNCIA de todas as VIAS SENSITIVAS (excepto com a via olfactiva). 49

50 NÚCLEOS ESPECÍFICOS do TÁLAMO NÚCLEOS RETRANSMISSORES NÚCLEOS DE ASSOCIAÇÃO TÁLAMO e HIPOTÁLAMO 50

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008 2002/2003-2009 Prof. Prof. SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Receptores RECEPTORES E VIAS DA Vias SENSIBILIDADE da Sensibilidade Vias da Motricidade

Leia mais

Sistema neuro-hormonal

Sistema neuro-hormonal Unidade 4 Sistema neuro-hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? + Sistema nervoso Sistema hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? Qualquer alteração no exterior ou no interior do corpo! corresponde

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso Funções: Coordena o funcionamento dos outros sistemas. Controla os movimentos (voluntários e involuntários). É responsável pela recepção de estímulos externos e pela resposta

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO O sistema Nervoso é um todo. Sua divisão em partes tem um significado exclusivamente didático, pois as várias partes estão intimamente

Leia mais

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Introdução O corpo humano é coordenado por dois sistemas: o nervoso e o endócrino. O sistema nervoso é o que coordena, por meio da ação dos neurônios, as respostas fisiológicas, como a ação dos músculos

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4.

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Fisiologia do Sistema Nervoso 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Ritmos Biológicos Sistema Nervoso Motor a) Organização Hierárquica do Movimento Movimentos

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a:

SISTEMA NERVOSO. Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a: SISTEMA NERVOSO Juntamente com o sistema endócrino, capacitam o organismo a: perceber as variações do meio (interno e externo), a difundir as modificações que essas variações produzem executar as respostas

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Tecido Nervoso Compreende basicamente dois tipos celulares Neurônios unidade estrutural e funcional

Leia mais

SISTEMA NERVOSO 2014

SISTEMA NERVOSO 2014 SISTEMA NERVOSO 2014 SISTEMA NERVOSO OBJETIVOS Conhecer a organização do Sistema Nervoso. Descrever a constituição do Tecido Nervoso. Denominar as partes do Sistema Nervoso Central (SNC) e do Sistema Nervoso

Leia mais

Elementos Estruturais e Funcionais do Sistema Nervoso

Elementos Estruturais e Funcionais do Sistema Nervoso CÉREBRO Cérebro O ser humano define-se por uma multiplicidade de caraterísticas que o distinguem dos outros animais. O seu organismo é constituído por um conjunto de orgãos e sistemas que se relacionam

Leia mais

NOÇÕES DE NEUROANATOMIA

NOÇÕES DE NEUROANATOMIA Divisões do Sistema Nervoso Sistema Nervoso Sistema Nervoso Central Encéfalo Medula Espinhal Sistema Nervoso Periférico Nervos Espinhais Nervos Cranianos Gânglios Periféricos 1 Os órgãos do SNC são protegidos

Leia mais

O CÓRTEX MOTOR CÓRTEX MOTOR PRIMÁRIO

O CÓRTEX MOTOR CÓRTEX MOTOR PRIMÁRIO O CÓRTEX MOTOR - Movimentos VOLUNTÁRIOS executados pela ativação cortical de padrões de função armazenados em áreas medulares e encefálicas inferiores na MEDULA ESPINHAL, TRONCO CEREBRAL, GÂNGLIOS DA BASE

Leia mais

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro SISTEMA NERVOSO. Enfermagem. Sistema Nervoso. Prof. Me. Fabio Milioni 17/09/2015 ANATOMIA HUMANA II Enfermagem Sistema Nervoso Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro SISTEMA NERVOSO Conceito Função Divisão Sistema Nervoso Central Tecido Nervoso Cerebelo Diencéfalo Telencéfalo Meninges Líquor

Leia mais

Organização do sistema nervoso

Organização do sistema nervoso Sistema nervoso Organização do sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) O encéfalo: O encéfalo dos mamíferos é dividido em: telencéfalo (cérebro), diencéfalo (tálamo, epitálamo e hipotálamo), mesencéfalo

Leia mais

SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo

SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo SISTEMA NERVOSO 2 Profº Moisés Araújo www.bioloja.com EMBRIOGÊNESE DO SN DIVISÃO DO SN O SISTEMA NERVOSO O SNC recebe, analisa e integra informações. É o local onde ocorre a tomada de decisões e o envio

Leia mais

Sistema Límbico. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br

Sistema Límbico. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Sistema Límbico Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema Nervoso Central Áreas da emoção

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Projeto Medicina Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Neurociência DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema

Leia mais

Sistema Nervoso Organização Geral

Sistema Nervoso Organização Geral Sistema Nervoso Organização Geral O encéfalo é o centro da razão e da inteligência: cognição, percepção, atenção, memória e emoção, Também é responsável pelo controle da postura e movimentos, Permite o

Leia mais

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES Deteta informação sensorial Processa e responde à informação sensorial (integração) Mantém a homeostasia Centro das atividades mentais Controla os movimentos do corpo através dos

Leia mais

Estrutura Funcional do Sistema Nervoso. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Estrutura Funcional do Sistema Nervoso. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Estrutura Funcional do Sistema Nervoso Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Estágios inicias da formação do SN O sistema nervoso humano começa a ser formado logo após a fecundação. À medida que se desenvolve

Leia mais

Divisão anatômica 15/09/2014. Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Função. Sistema Nervoso Estrutura. Cérebro Cerebelo Tronco encefálico ENCÉFALO

Divisão anatômica 15/09/2014. Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Função. Sistema Nervoso Estrutura. Cérebro Cerebelo Tronco encefálico ENCÉFALO Função o sistema nervoso é responsável pelo controle do ambiente interno e seu relacionamento com o ambiente externo (função sensorial), pela programação dos reflexos na medula espinhal, pela assimilação

Leia mais

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo

Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Introdução ao Sistema Nervoso - O Encéfalo Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional V juliana.pinheiro@kroton.com.br O sistema nervoso é um sistema complexo de comunicação e controle no corpo animal.

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso

SISTEMA NERVOSO. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Sistema Nervoso SISTEMA NERVOSO Nos organismos menos complexos as funções de comunicação entre as várias

Leia mais

Coordenação do Organismo

Coordenação do Organismo Sistema Nervoso Coordenação do Organismo Sistema Nervoso Sistema responsável pela transmissão de estímulos de uma zona do corpo para outra. Sistema Hormonal Sistema responsável pela síntese de substâncias

Leia mais

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente.

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e identificar as condições ambientais externas e as condições internas do organismo 1 LOCALIZAÇÃO: SISTEMA NERVOSO - CORPOS CELULARES:

Leia mais

OS GÂNGLIOS DA BASE FUNÇÕES DOS GÂNGLIOS DA BASE

OS GÂNGLIOS DA BASE FUNÇÕES DOS GÂNGLIOS DA BASE OS GÂNGLIOS DA BASE Neurofisiologia Prof. Hélder Mauad FUNÇÕES DOS GÂNGLIOS DA BASE Ajudam a planejar e a controlar padrões complexos do movimento muscular, controlando a intensidade relativa dos movimentos

Leia mais

Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências

Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências Prof. Laila Bekai 7ª série - Ciências SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso central (SNC) Sistema nervoso periférico (SNP) Encéfalo Medula espinhal SNP autônomo SNP somático Parassimpático Simpático Nervos motores

Leia mais

VIAS EFERENTES (DESCENDENTES)

VIAS EFERENTES (DESCENDENTES) VIAS EFERENTES (DESCENDENTES) Colocam em comunicação os centros supra-segmentares com os órgãos efetuadores: 1- Vias eferentes viscerais (vida vegetativa) : Alvos = vísceras e vasos > função dos órgãos

Leia mais

Sistema nervoso I- Introdução à Neuroanatomia

Sistema nervoso I- Introdução à Neuroanatomia ANATOMIA 2012.1 Sistema nervoso I- Introdução à Neuroanatomia Prof. Musse Jereissati, M.D. Aviso: O material disponível no site NÃO substitui o livro e o Atlas. Recomendamos a leitura da bibliografia indicada!

Leia mais

Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças

Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças Funcionamento e coordenação nervosa Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças No Sistema Nervoso as mensagens são

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO Controle do funcionamento do ser humano através de impulsos elétricos Prof. César Lima 1 Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e

Leia mais

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular.

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Neurônio Sistema Nervoso Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Dendritos prolongamentos ramificados que captam os estímulos nervosos. Axônio prolongamento único e responsável

Leia mais

Disciplina Corpo Humano e Saúde: Uma Visão Integrada - Módulo 1

Disciplina Corpo Humano e Saúde: Uma Visão Integrada - Módulo 1 5. O sistema nervoso Introdução O SN é dividido estruturalmente em componentes periféricos e centrais, denominados, respectivamente, Sistema Nervoso Periférico (SNP) e Sistema Nervoso Central (SNC). O

Leia mais

SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) Anatomia e Fisiologia Humana SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) 1ª edição novembro/2006-1 - SISTEMA NERVOSO CENTRAL E SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO SUMÁRIO

Leia mais

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO Sistema nervoso x Sistema hormonal Interpretar estímulos e gerar respostas Percepção das variações do meio (interno e externo) Homeostase = equilíbrio Tecido nervoso

Leia mais

Sistema neuro-hormonal. EPL Hélder Giroto Paiva

Sistema neuro-hormonal. EPL Hélder Giroto Paiva Sistema neuro-hormonal EPL Hélder Giroto Paiva O que é o sistema neuro-hormonal? + Sistema nervoso Sistema hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? Qualquer alteração no exterior ou no interior do corpo

Leia mais

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota

Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Matéria: biologia Assunto: fisiologia humana Sistema NERVOSO Prof. Enrico blota Biologia FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA NERVOSO Tem por função receber, associar, armazenar ou emitir informações garantindo assim

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MOTOR

SISTEMA NERVOSO MOTOR SISTEMA NERVOSO MOTOR CÓRTEX MOTOR O cérebro é o órgão que move os músculos. sculos. Neil R. Carlson 1 CÓRTEX MOTOR ORGANIZAÇÃO DO CÓRTEX MOTOR Córtex motor primário: principal região controladora para

Leia mais

Prof. ÉDER. Sistema Nervoso

Prof. ÉDER. Sistema Nervoso Prof. ÉDER Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições

Leia mais

CLASSES DE MOVIMENTOS

CLASSES DE MOVIMENTOS CLASSES DE MOVIMENTOS ATOS REFLEXOS - considerados involuntários, simples (poucos músculos), estereotipados, em geral ocorrem automaticamente em resposta a um estímulo sensorial. Ex. resposta ao toque

Leia mais

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso Biologia Tema: Sistema Nervoso Estrutura de um neurônio Células de Schawann 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar

Leia mais

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo.

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo. 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do

Leia mais

O sistema nervoso esta dividido em duas partes:

O sistema nervoso esta dividido em duas partes: 1 FISIOLOGIA HUMANA I Neuromuscular Prof. MsC. Fernando Policarpo 2 Conteúdo: Estrutura do Sistema Nervoso Central (SNC) e Periférico (SNP). Elementos do Tecido Nervoso. Mecanismos de Controle Muscular.

Leia mais

Estrutura e Funções do. Telencéfalo PROF. MUSSE JEREISSATI

Estrutura e Funções do. Telencéfalo PROF. MUSSE JEREISSATI EURO ANATOMIA Estrutura e Funções do Telencéfalo PROF. MUSSE JEREISSATI mussejereissati@hotmail.com website: www.mussejereissati.com Feito com Apple Keynote AGORA, NÃO! 3 O Cérebro (Encéfalo) Está dividido

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Sistema Nervoso Central (Cerebelo e Núcleos da Base) Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências

Leia mais

Organização e Estrutura Geral do Sistema Nervoso

Organização e Estrutura Geral do Sistema Nervoso Curso de Pós-graduação - IPUB Neurociências Aplicadas Ciclo Básico Núcleo Comum Disciplina de Neuroanatomia Prof: Alfred Sholl Organização e Estrutura Geral do Sistema Nervoso 08/04/2010 Ementa: Conceitos

Leia mais

Diencéfalo. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br

Diencéfalo. Prof. Gerardo Cristino. Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Diencéfalo Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema Nervoso Telencéfalo Diencéfalo Cérebro

Leia mais

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares:

SISTEMA NERVOSO. Condução do impulso nervoso 11/06/2012. Tipos celulares: SISTEMA NERVOSO Percepção e interpretação de estímulos internos e externos; Tipos celulares: - Neurônios condução de impulsos nervosos - Células da Glia manutenção dos neurônios Elaboração de respostas

Leia mais

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia Fisiologia Humana Sistema Nervoso 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia ! Função: processamento e integração das informações.! Faz a integração do animal ao meio ambiente! Juntamente com

Leia mais

PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS. Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento

PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS. Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento 1 NÍVEL MEDULAR MEDULA ESPINAL Embriologia, Localização e Morfologia Deriva

Leia mais

Professora: Patrícia Ceolin

Professora: Patrícia Ceolin Professora: Patrícia Ceolin DIVISÃO FUNCIONAL DO SN: Sistema nervoso visceral: PORQUE AS INERVAÇÕES DAS ESTRUTURAS VISCERAIS É IMPORTANTE??? Para que aconteça uma integração da atividade das vísceras na

Leia mais

Estrutura e Função do Telencéfalo

Estrutura e Função do Telencéfalo FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Estrutura e Função do Telencéfalo Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos de Aprendizagem

Leia mais

NeuroBiologia da Cognição Como o sistema nervoso decodifica os sinais do ambiente?

NeuroBiologia da Cognição Como o sistema nervoso decodifica os sinais do ambiente? NeuroBiologia da Cognição Como o sistema nervoso decodifica os sinais do ambiente? Profa Silvia Mitiko Nishida As empresas objetivam vender produtos e tentam convencer os consumidores por meio da P R O

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais.

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central Sidney Sato, MSC Encéfalo Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. 1 Áreas de Brodmann Obs: Áreas 1,2,3 : área

Leia mais

Telencéfalo e Núcleos da Base Funções corticais superiores

Telencéfalo e Núcleos da Base Funções corticais superiores Telencéfalo e Núcleos da Base Funções corticais superiores Funções básicas que sustentam a vida são mediadas pela medula, tronco encefálico e diencéfalo No TELENCÉFALO ocorrem os processos psicológicos

Leia mais

Sistema Límbico. Norma M. S. Franco

Sistema Límbico. Norma M. S. Franco Sistema Límbico Norma M. S. Franco Sistema Límbico O sistema é de extrema importância pois controla comportamentos ligados a nossa sobrevivência. O sistema límbico é a unidade responsável pelas emoções.

Leia mais

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Neuroanatomia aula 2. Larissa T Genaro

Neuroanatomia aula 2. Larissa T Genaro Neuroanatomia aula 2 Larissa T Genaro Objetivo Ser capaz de compreender o papel do tronco encefálico no Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico. Telencéfalo Divisão do Encéfalo Corpo Caloso

Leia mais

Sistema Nervoso Central (SNC)

Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Central Sistema Nervoso Periférico Sistema Endócrino O Sistema Nervoso é composto por: Sistema Nervoso Central (SNC) CENTROS NERVOSOS Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos cranianos Constituição

Leia mais

CONTROLE DA MOTRICIDADE SOMÁTICA

CONTROLE DA MOTRICIDADE SOMÁTICA CONTROLE DA MOTRICIDADE SOMÁTICA Medula, Tronco Encefálico & Córtex Motor Cerebelo e Núcleos da Base Profa Silvia Mitiko Nishida Depto de Fisiologia Padrões Básicos de Movimentos do Corpo Movimento de

Leia mais

Introdução ao estudo da. Neuroanatomia. Prof. Musse Jereissati

Introdução ao estudo da. Neuroanatomia. Prof. Musse Jereissati Introdução ao estudo da Neuroanatomia Prof. Musse Jereissati mussejereissati@hotmail.com website: www.mussejereissati.com Feito com Apple Keynote você deverá ser capaz de: Ao final Identificar as principais

Leia mais

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Ementa Apresentar um corpo de conhecimento para melhor entender as respostas fisiológicas mediante a

Leia mais

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016 Sistema Nervoso Cap. 13 Prof. Tatiana Setembro / 2016 Função Responsável pela comunicação entre diferentes partes do corpo e pela coordenação de atividades voluntárias ou involuntárias. Neurônios A célula

Leia mais

Tronco Encefálio e Formação Reticular. Msc. Roberpaulo Anacleto

Tronco Encefálio e Formação Reticular. Msc. Roberpaulo Anacleto Tronco Encefálio e Formação Reticular Msc. Roberpaulo Anacleto TRONCO ENCEFÁLICO -Área do encéfalo que estende-se desde a medula espinhal até o diencéfalo TRONCO ENCEFÁLICO = BULBO + PONTE + MESENCÉFALO

Leia mais

Nervos Cranianos. M.Sc. Profª Viviane Marques

Nervos Cranianos. M.Sc. Profª Viviane Marques Nervos Cranianos M.Sc. Profª Viviane Marques Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia Hospitalar UVA Docente do mestrado de HIV/AIDS e Hepatites Virais UNIRIO Tutora da Residência Multiprofissional

Leia mais

SISTEMA NERVOSO HUMANO

SISTEMA NERVOSO HUMANO SISTEMA NERVOSO Consiste de células que processam e transmitem a informação Células sensoriais: transduzem a informação proveniente do meio ambiente e do corpo e enviam comandos para os efetores,como os

Leia mais

Mapeamento do córtex motor

Mapeamento do córtex motor Motricidade Mapeamento do córtex motor 1. Principal região controladora para início dos movimentos voluntários: Área motora primária- Giro pré-central 2.Área somatossensorial primária (giro pós central)

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso

Fisiologia do Sistema Nervoso Fisiologia do Sistema Nervoso 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Ritmos Biológicos Visão Geral do Sistema Nervoso Central O Sistema Nervoso Central - SNC

Leia mais

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Sempre vivo com eletricidade, o SN é a principal rede de comunicação e coordenação do corpo. É tão vasta e complexa que numa estimativa reservada, todos os nervos de um

Leia mais

Resumo de fisiologia. Sistema Nervoso. Nome: Curso: Data: / /

Resumo de fisiologia. Sistema Nervoso. Nome: Curso: Data: / / Resumo de fisiologia Sistema Nervoso Nome: Curso: Data: / / 1 - Organização dos tecidos biológicos CÉLULA TECIDO ORGÃO SISTEMA - SER 2 - Estrutura Do Sistema Nervoso Características a. Apresenta-se com

Leia mais

Fisiologia do Sistema Motor Somático

Fisiologia do Sistema Motor Somático Fisiologia do Sistema Motor Somático Controle Motor Efetores executam o trabalho (músculos); Ordenadores transmitem aos efetores o comando para a ação (ME, TE e CC); Controladores garantem a execução adequada

Leia mais

Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico

Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico Módulo: Neuroanatomofisiologia da Deglutição e da Comunicação Verbal Conteúdo: Tronco Encefálico M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO encéfalo Sistema nervoso central (SNC) medula espinal nervos Sistema nervoso periférico (SNP) gânglios SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO

Leia mais

Sistema Límbico. Amplificador da informação expressivo-emotiva (por fenómeno de ressonância)

Sistema Límbico. Amplificador da informação expressivo-emotiva (por fenómeno de ressonância) Sistema Límbico Amplificador da informação expressivo-emotiva (por fenómeno de ressonância) SISTEMA LÍMBICO PROPRIAMENTE DITO Girus cingulado A. Olfactivo Hipocampo Septo Fórnice CM Amígdala Bolbo Olfactivo

Leia mais

Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais. (Transcrição da aula vídeo)

Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais. (Transcrição da aula vídeo) Aula III Classificação do Sistema Nervoso segundo Critérios Funcionais (Transcrição da aula vídeo) Hoje vamos estudar uma nova forma de classificação do Sistema Nervoso. Seguiremos os princípios que nortearam

Leia mais

Desenvolvimento Embrionário

Desenvolvimento Embrionário Desenvolvimento Embrionário SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento Embrionário Telencéfalo Cérebro Meninges + Ossos Todo o sistema nervoso central é envolvido por três camadas de tecido conjuntivo, denominadas

Leia mais

Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico

Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico Beneficência Portuguesa de São Paulo Serviços Médicos São Paulo Anatomofisiologia do Sistema Nervoso Central e Autonômico David Ferez david.ferez@uol.com.br Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia

Leia mais

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO INTRODUÇÃO divisões do sistema nervoso DIVISÕES DO SISTEMA NEVOSO Sistema Nervoso Central (SNC): DERIVADO DO TUBO NEURAL consiste em encéfalo e medula espinhal Sistema

Leia mais

Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado. Sistema Nervoso

Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado. Sistema Nervoso Curso: carolinanico@hotmail.com Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Brasílio Machado X Função: Sistema Nervoso Coordenar e integrar as diversas funções do organismo, contribuindo para seu equilíbrio

Leia mais

Fisiologia do sistema nervoso

Fisiologia do sistema nervoso Fisiologia do sistema nervoso Curso de Nutrição CC: Fisiologia Humana I Prof. Leandro Cattelan leandrocattelan@hotmail.com Novembro de 2017 Tópicos a serem abordados Parte I (Aula 1) I. Divisão do sistema

Leia mais

Anatomia Humana SISTEMA NERVOSO. Profª Kátia Nóbrega Rocha

Anatomia Humana SISTEMA NERVOSO. Profª Kátia Nóbrega Rocha Anatomia Humana SISTEMA NERVOSO Profª Kátia Nóbrega Rocha O sistema nervoso de todos os animais funciona para detectar variações dos ambientes externo e interno e produzir as respostas adequadas nos músculos,

Leia mais

Sistema Nervoso. Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica

Sistema Nervoso. Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica Sistema Nervoso Lisboa, 19 de Outubro de 2016 Introdução ao Sistema Nervoso O sistema nervoso

Leia mais

Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos

Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos Curso de Pós-graduação - IPUB Neurociências Aplicadas Ciclo Básico Núcleo Comum Disciplina de Neuroanatomia Prof: Alfred Sholl Células do Sistema Nervoso, Fibras, Nervos, Terminações e Dermátomos 20/04/2010

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. Ao lançar

Leia mais

As direções no SN são normalmente descritas em relação ao neuroeixo;

As direções no SN são normalmente descritas em relação ao neuroeixo; Curso - Psicologia Disciplina: Bases Biológicas do Comportamento Resumo Aula 2- Estrutura e Função do Sistema Nervoso Características Básicas do SN Estrutura complexa como o cérebro, é necessário usar

Leia mais

Sistema Nervoso. Divisão Anatômica e Funcional 10/08/2010. Sistema Nervoso. Divisão. Funções gerais. Sistema nervoso central (SNC)

Sistema Nervoso. Divisão Anatômica e Funcional 10/08/2010. Sistema Nervoso. Divisão. Funções gerais. Sistema nervoso central (SNC) Sistema Nervoso Divisão Anatômica e Funcional Sistema Nervoso Divisão Sistema nervoso central (SNC) Sistema nervoso periférico (SNP) Partes Encéfalo Medula espinhal Nervos Gânglios Funções gerais Processamento

Leia mais

Sistema Nervoso Autônomo

Sistema Nervoso Autônomo FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Sistema Nervoso Autônomo Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos de Aprendizagem

Leia mais

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais.

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. INTRODUÇÃO O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. Atua na coordenação das múltiplas atividades do organismo, na integração das diversas partes

Leia mais

Tecido Nervoso 15/10/2016. Neurônios. Neurônios. Definições e funções. Localização. Componentes. Células da Glia ou neuróglia

Tecido Nervoso 15/10/2016. Neurônios. Neurônios. Definições e funções. Localização. Componentes. Células da Glia ou neuróglia FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Tecido Nervoso Definições e funções Tecido que constitui o sistema nervoso; Função: - Receber e transmitir estímulos;

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso O que é o sistema nervoso? Como é constituído? Quais são suas funções? Qual é a sua importância para o organismo? : Anatomia e Fisiologia Animal É uma rede de comunicações Capacitam animal a se ajustar

Leia mais

Plano de Aula CIÊNCIAS. Sistema nervoso

Plano de Aula CIÊNCIAS. Sistema nervoso Plano de Aula CIÊNCIAS Sistema nervoso Sistema nervoso. 09 p.; il. (Série Plano de Aula; Ciências) ISBN: 1. Ensino Fundamental Ciências 2. Ser humano e saúde 3. Educação Presencial I. Título II. Série

Leia mais

Biologia PLANO DE AULA SISTEMA NERVOSO. Anatomia e Fisiologia Humana

Biologia PLANO DE AULA SISTEMA NERVOSO. Anatomia e Fisiologia Humana PLANO DE AULA Biologia SISTEMA NERVOSO Anatomia e Fisiologia Humana Esta obra está sob a licença Creative Commons Atribuição 2.5 (CC-BY). Mais detalhes em http://creativecommon.org/licenses/by/2.5/br.

Leia mais

SISTEMA NERVOSO NOS INVERTEBRADOS

SISTEMA NERVOSO NOS INVERTEBRADOS COORDENAÇÃO NERVOSA GARANTE A CORRESPONDÊNCIA E HARMONIA ENTRE OS DIVERSOS ELEMENTOS QUE CONSTITUEM AS ATIVIDADES ORGÂNICAS E ESTABELECE UM ADEQUADO RELACIONAMENTO DO ORGANISMO E O MEIO AMBIENTE. SISTEMA

Leia mais