Nasce em razão da violação de um dever jurídico, mas depende da configuração de elementos.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nasce em razão da violação de um dever jurídico, mas depende da configuração de elementos."

Transcrição

1 OAB EXTENSIVO SEMANAL Disciplina: Direito Civil Prof.: Brunno Giancoli Data: Aula n 04 TEMAS TRATADOS EM AULA RESPONSABILIDADE CIVIL Nasce em razão da violação de um dever jurídico, mas depende da configuração de elementos. ELEMENTOS ESSENCIAIS DA RESPONSABILIDADE CIVIL Conduta do agente: ação ou omissão voluntária. Conduta própria: aquele que praticou a conduta ser responsável por ela. O incapaz responde por sua conduta? Sim, de acordo com o art. 928 CC, ou seja, incapaz por ato próprio subsidiaria quando: as pessoas por ele responsáveis não tiverem obrigação ou não dispuserem de meios. Ex. pródigo, pais sem patrimônio, mas incapaz recebe uma herança. Responsabilidade por conduta de terceiro: art. 932 e 933 do CC. Ex.: motorista conduta dirigir dano passageiro Empresa de transporte que contratou, também é responsável. Na responsabilidade por ato de terceiro, alguém que não praticou a conduta danosa, será também responsabilizado por ela. Terceira pessoa que não praticou a conduta (art. 933 CC) possui uma responsabilidade objetiva. Ou seja, independente da apuração da culpa. Terceiro + autor da conduta responsabilidade solidária. Responsabilidade pelo fato da coisa: Art. 936 CC responsável pelo fato do animal. A responsabilidade é do dono ou do detentor. Excludentes de responsabilidade: culpa exclusiva da vitima e força maior. Art. 937 CC responsabilidade por ruína de edifício em razão da falha de reparos. Art. 938 CC - responsabilidade pelos objetos que caem ou são lançados de edifícios.

2 Nexo causal: ligação entre uma conduta imputável e o dano experimentado pela vitima. Dano: prejuízo ou uma lesão a um bem jurídico da vitima. Dano Material (patrimonial) Moral (extra patrimonial) Dimensões: Dano Emergente (teoria da diferença) Lucro Cessante Doutrina: trata-se de um prejuízo aos direitos da Personalidade da vitima (honra, imagem, vida privada, estética, etc) Na apuração do dano moral os tribunais levam em consideração a extensão do dano e as condições pessoais da vitima e do infrator, logo, não existe critério objetivo para a apuração do dano moral. ELEMENTOS REGULADRES DA RESPONSABILIDADE CIVIL Culpa: trata-se de um elemento próprio da responsabilidade civil subjetiva Conceito: desvio de um padrão de conduta. O grau da culpa é irrelevante Regra (Código Civil): subjetiva Exceção: responsabilidade objetiva. Obs.: o risco é própria atividade!! Nesse caso o autor assume a responsabilidade. ART. 188 EXCLUDENTES DE RESPONSABILIDADE CIVIL Legitima Defesa A jurisprudência não aceita a legitima defesa putativa. Estado de Necessidade Exercício Regular de Direito EXCLUDENTES DE TIPICAMENTE CIVIS Caso fortuito Força maior Culpa exclusiva da vitima Ato de terceiro CONTRATO: É uma espécie de relacionamento social com efeitos jurídicos Negocio jurídico Relação obrigacional É necessário atender a função social (art. 421 CC)

3 Principio da liberdade contratual: sofre uma limitação em razão da função social Principio da boa-fé objetiva (art. 422 CC): se traduz num padrão de lealdade (ético) entre os contratantes. Permite o surgimento dos deveres meros (literais) resulta da lei. Exemplos: dever de informação, de assistência, de cooperação. Formação contratual: pressupõe um ajuste de interesses Fases: Negociações preliminares doutrina fase de puntuação Existe apenas uma expectativa contratual Obs. As negociações preliminares não geram efeitos contratuais Importante!!! A violação abusiva na expectativa contratual pode gerar o rever de indenização Proposta doutrina: oferta. Negocio unilateral Fase de aceitação: a doutrina também fala em oblação No direito brasileiro os contratos são formados a partir da aceitação teoria da argüição contratual. Obs.: se o oblado alterar/reduzir ou ampliar a proposta qual será o efeito jurídico? Com a alteração/redução/ampliação à aceitação passara a condição de uma nova proposta (contra proposta) Proposta + aceitação = contrato Efeitos segurança Relacionamento VICIO REDIBITÓRIO Art. 441 CC É uma falha que torna impróprio ou reduz o valor da coisa objeto de contrato Vicio oculta (não pode ser notado num primeiro momento) Alegação (prazo) redibir o contrato decadencial (rejeitar a coisa) Ou (reclamar o abatimento do preço) Contrato comutativo Se o vicio oculto for de difícil constatação a contagem do prazo realizasse a partir da constatação do mesmo. No caso dos bens moveis passa para 180 dias. Já os imóveis, mantém o mesmo prazo de um ano.

4 Evicção: ocorre com a perda do bem em razão a sentença judicial. Ex.: carro Vendedor (alienante) transfere comprador (adquirente) coisa proprietário evicto reinvidica a propriedade do bem (ação) evictor pleitear a restituição da quantia paga pela coisa + danos morais EXTINÇÃO DOS CONTRATOS regular ocorre com o comprimento da prestação contratual irregular - os interesses contratuais não são plenamente satisfeito. Três hipóteses Resiliação: por falta de interesse na continuidade do contrato unilateral ou bilateral *distrato Resolução: fato ou ato externo que inviabiliza o cumprimento da prestação Rescisão: falta de cumprimento em razão da culpa de contratante.

5 Questões sobre o tema: 1. (OAB.CESPE/2008.1) No que diz respeito ao condomínio e aos direitos e deveres dos condôminos, assinale a opção correta. a) É direito dos condôminos requerer a divisão da coisa comum, porém é possível instituir-se a indivisibilidade convencional por prazo não superior a cinco anos, suscetível de prorrogação ulterior. b) No condomínio edilício, o pagamento das despesas relativas às partes comuns do edifício, ainda que de uso exclusivo de um condômino ou de alguns deles, deve ser rateado entre todos os consortes. c) Se um dos consortes contrair dívida em proveito da comunhão, ele não responderá pessoalmente pelo compromisso assumido, devendo todos os condôminos responder pela dívida contraída em benefício de todos. d) No condomínio edilício, resolvendo o condômino alugar a sua unidade ou a sua garagem, ele deverá dar preferência, em condições iguais, aos demais consortes 2. (OAB.CESPE/2008.1) Assinale a opção correta com relação aos contratos. a) No contrato de empreitada global a preço fixo, não poderá o empreiteiro exigir alteração do valor do preço pelo serviço extraordinário executado às claras, inclusive sob a supervisão do dono da obra. b) Na doação com cláusula de reversão, o bem doado não volta ao patrimônio do doador se este sobreviver ao donatário, salvo quando tenha ocorrido a alienação da coisa doada. c) O contrato preliminar gera uma obrigação de fazer, no entanto não comporta a execução específica, resolvendo-se o seu descumprimento em perdas e danos. d) No contrato de transporte cumulativo, em que vários transportadores efetuam, sucessivamente, o deslocamento de coisas, cada transportador se obriga a cumprir o contrato relativamente ao respectivo percurso; se, em tal percurso, a coisa transportada for danificada, o transportador deverá responder pelo dano. 3. (OAB.CESPE/2008.3) Com relação aos defeitos dos negócios jurídicos, assinale a opção correta. A) Configura-se vício da vontade de estado de perigo o fato de uma pessoa emitir declaração de vontade premida pela necessidade de salvar-se, ou a seu cônjuge, descendente, ascendente, ou mesmo alguém a ela ligada por laços de extrema afetividade, assumindo obrigação excessivamente onerosa, ciente a outra parte. B) A desconformidade da declaração de vontade do agente com o ordenamento jurídico ou com a vontade real produz negócio jurídico inexistente. C) A declaração da vontade eivada por erro substancial e determinante implica a nulidade do negócio jurídico. D) Na simulação relativa, ou dissimulação, a declaração de vontade do agente deveria produzir um resultado, mas o agente não pretende resultado algum. Gabarito 1. A 2. D 3. A

EXERCÍCIO 1. EXERCÍCIO 1 Continuação

EXERCÍCIO 1. EXERCÍCIO 1 Continuação Direito Civil Contratos Aula 1 Exercícios Professora Consuelo Huebra EXERCÍCIO 1 Assinale a opção correta com relação aos contratos. a) O contrato preliminar gera uma obrigação de fazer, no entanto não

Leia mais

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA Sumário PARTE GERAL 1. LINDB, DAS PESSOAS, DOS BENS E DO NEGÓCIO JURÍDICO 1. Introdução (DL 4.657/1942 da LINDB) 2. Direito objetivo e subjetivo 3. Fontes do Direito 4. Lacuna da lei (art. 4.º da LINDB)

Leia mais

Classificação da pessoa jurídica quanto à estrutura interna:

Classificação da pessoa jurídica quanto à estrutura interna: Classificação da pessoa jurídica quanto à estrutura interna: São consideradas universitas personarum, quando forem uma associação de pessoas, atenderem aos fins e interesses dos sócios. (fins mutáveis)

Leia mais

NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos)

NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos) NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos) INTERPRETAÇÃO Boa-fé e usos do lugar CC113 Os negócios jurídicos devem

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR TURMA EXTENSIVA AOS SÁBADOS Disciplina: Direito Civil Professor: Cristiano Chaves Data: 12.12.2009 MATERIAL DE APOIO PROFESSOR CONTRATOS EM ESPÉCIE II Prof. Cristiano Chaves de Farias O CONTRATO DE DOAÇÃO

Leia mais

OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior

OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CONTRATOS EM ESPÉCIE COMPRA E VENDA Arts. 481 a 532 NECESSIDADE

Leia mais

OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009

OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009 4ª Aula: Teoria Geral dos Contratos e Extinção Contratual, Espécies de Contrato.

Leia mais

Responsabilidade Civil

Responsabilidade Civil Responsabilidade Civil Responsabilidade civil, dano e Regimes de Responsabilidade: A responsabilidade civil pode ser classificada em responsabilidade por culpa, pelo risco ou pelo sacrifício, dependendo

Leia mais

1. Defeitos do Negócio Jurídico continuação:

1. Defeitos do Negócio Jurídico continuação: 1 PONTO 1: Defeitos do Negócio Jurídico - continuação PONTO 2: Erro ou Ignorância PONTO 3: Dolo PONTO 4: Coação PONTO 5: Estado de perigo PONTO 6: Lesão PONTO 7: Fraude Contra Credores PONTO 8: Simulação

Leia mais

DIREITO CIVIL. 1. Cláusula Penal:

DIREITO CIVIL. 1. Cláusula Penal: 1 PONTO 1: Cláusula Penal PONTO 2: Formação dos contratos PONTO 3: Arras PONTO 4: Extinção PONTO 5: Classificação dos contratos PONTO 6: Vícios redibitórios 1. Cláusula Penal: Estrutura da cláusula penal:

Leia mais

CONTRATUAL Obrigação de meio X Obrigação de Resultado. EXTRACONTRATUAL (ex. direito de vizinhança, passagem, águas, etc)

CONTRATUAL Obrigação de meio X Obrigação de Resultado. EXTRACONTRATUAL (ex. direito de vizinhança, passagem, águas, etc) Artigo 186, do Código Civil: Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito. CONTRATUAL

Leia mais

À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii. 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3

À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii. 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3 À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3 2 Posição do direito das obrigações no Código Civil brasileiro, 4 1 Código

Leia mais

Dano Moral no Direito do Consumidor. HÉCTOR VALVERDE SANTANA hvs jur@ho tm ail.c o m

Dano Moral no Direito do Consumidor. HÉCTOR VALVERDE SANTANA hvs jur@ho tm ail.c o m Dano Moral no Direito do Consumidor HÉCTOR VALVERDE SANTANA hvs jur@ho tm ail.c o m RELAÇÃO JURÍDICA DE CONSUMO Consumidor padrão ou standard : art. 2º, caput Consumidor por equiparação: arts. 2º, parágrafo

Leia mais

Direito do Consumidor: Responsabilidade Civil e o Dever de Indenizar

Direito do Consumidor: Responsabilidade Civil e o Dever de Indenizar Direito do Consumidor: Responsabilidade Civil e o Dever de Indenizar Formação de Servidores do PROCON RJ - 2012 RESUMO Finalidade da Responsabilidade Civil Segurança Jurídica Sistema de Garantias Tutela

Leia mais

OAB 1ª Fase Direito Civil Responsabilidade Civil Duarte Júnior

OAB 1ª Fase Direito Civil Responsabilidade Civil Duarte Júnior OAB 1ª Fase Direito Civil Responsabilidade Civil Duarte Júnior 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. RESPONSABILIDADE CIVIL É A OBRIGAÇÃO QUE INCUMBE A ALGUÉM DE

Leia mais

DA DOAÇÃO. É o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens e vantagens para o de outra

DA DOAÇÃO. É o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens e vantagens para o de outra DAS VÁRIAS ESPÉCIES DE CONTRATO DA DOAÇÃO É o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens e vantagens para o de outra Unilateral, porque envolve prestação de uma só das

Leia mais

Prof. Adilson Crepaldi

Prof. Adilson Crepaldi Aula nº 2 RESPONSABILIDADE CIVIL Prof. Adilson Crepaldi CONCEITO DE RESPONSABILIDADE: É a obrigação que pode incumbir uma pessoa a reparar o prejuízo causado à outra, por fato próprio, ou por fato de pessoas

Leia mais

A previsibilidade legal da evicção consiste numa garantia de segurança do adquirente.

A previsibilidade legal da evicção consiste numa garantia de segurança do adquirente. 12 - EVICÇÃO O termo evicção traduz idéia de perda, ser vencido, perder e ocorre quando o adquirente de um bem perde a posse e a propriedade do mesmo em virtude de ato judicial ou administrativo que reconhece

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE DEPARTAMENTO DE DIREITO Área, matéria ou disciplina: Direito Civil. Número de vagas: 01. Regime de trabalho: Horista. Titulação mínima

Leia mais

Sumário. Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27

Sumário. Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27 PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27 Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL Capítulo I INTRODUÇÃO A TEORIA GERAL DOS CONTRATOS... 31 1. O Direito Civil Constitucional... 31 1.1. O Direito Civil na Feição

Leia mais

Este estudo foi elaborado pelo DEJUR - Departamento Jurídico do CREA-PR

Este estudo foi elaborado pelo DEJUR - Departamento Jurídico do CREA-PR MÓDULO 01 AULA 03 RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL Temos a satisfação de apresentar o módulo de RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL em nosso Programa de Excelência em Projetos. Nele será possível entender as obrigações

Leia mais

E-mail do professor: rafaeldamota@gmail.com

E-mail do professor: rafaeldamota@gmail.com Turma e Ano: Delegado Civil (2013) Matéria / Aula: Direito Civil / Aula 1 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitor: Marcelo Coimbra E-mail do professor: rafaeldamota@gmail.com Parte Geral do Direito

Leia mais

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP Curso: Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Ética e Legislação Profissional Assunto: Responsabilidades do Profissional Prof. Ederaldo

Leia mais

Direito de Família. Consuelo Huebra

Direito de Família. Consuelo Huebra Direito de Família Consuelo Huebra Casamento A lei só admite o casamento civil, mas o casamento religioso pode produzir efeitos civis na forma dos arts.1515 e 1516, C.C. Parentesco Natural pessoas que

Leia mais

1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1. 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais do contrato de compra e venda, 5

1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1. 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais do contrato de compra e venda, 5 1 Introdução ao direito especial dos contratos, 1 1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1 1.2 Evolução da técnica contratual, 3 2 Compra e venda, 5 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais

Leia mais

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS Assistência técnica Responsabilidades Carlos Pinto Del Mar Entrega das chaves/manuais Construção Vida útil Garantia Assistência técnica A NBR 15575 ESTABELECE: Os requisitos mínimos

Leia mais

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC 2014) QUESTÃO 54 Analise as seguintes assertivas sobre as causas de exclusão de ilicitude no Direito Civil: I. A legítima defesa de terceiro não atua como

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL NO EXAME DA ORDEM

RESPONSABILIDADE CIVIL NO EXAME DA ORDEM RESPONSABILIDADE CIVIL NO EXAME DA ORDEM [001 - CESPE - 2006 - OAB - Exame da Ordem] A respeito da responsabilidade civil, assinale a opção correta. a) A fixação judicial do valor da indenização a título

Leia mais

DOS FATOS JURÍDICOS. FATO JURÍDICO = é todo acontecimento da vida relevante para o direito, mesmo que seja fato ilícito.

DOS FATOS JURÍDICOS. FATO JURÍDICO = é todo acontecimento da vida relevante para o direito, mesmo que seja fato ilícito. DOS FATOS JURÍDICOS CICLO VITAL: O direito nasce, desenvolve-se e extingue-se. Essas fases ou os chamados momentos decorrem de fatos, denominados de fatos jurídicos, exatamente por produzirem efeitos jurídicos.

Leia mais

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23 Sumário Nota do autor à 1ª edição... 15 Nota do autor à 3ª edição... 19 Apresentação... 21 Prefácio da Obra... 23 Capítulo I Princípios Constitucionais no Direito Civil Contemporâneo... 25 1. Introdução...

Leia mais

Direito Civil III Contratos

Direito Civil III Contratos Direito Civil III Contratos Doação Art. 538 à 564 Prof. Andrei Brettas Grunwald 2011.1 1 Conceito Artigo 538 Considera-se doação o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio

Leia mais

ROJETO DE LEI Nº, de 2015. (Do Sr. Deputado Marcos Rotta)

ROJETO DE LEI Nº, de 2015. (Do Sr. Deputado Marcos Rotta) ROJETO DE LEI Nº, de 2015 (Do Sr. Deputado Marcos Rotta) Dispõe sobre segurança, danos materiais, furtos e indenizações, correspondentes a veículos nos estacionamento de estabelecimentos comerciais, shoppings

Leia mais

2.013. Direito Civil IV. Rodrigo Barros Prof. Elke Brondi 2.013

2.013. Direito Civil IV. Rodrigo Barros Prof. Elke Brondi 2.013 2.013 Direito Civil IV Rodrigo Barros Prof. Elke Brondi 2.013 Inicio da aula 07/08/13 Contratos Parte Geral Personalidade Civil nascimento Nascimento Proteção - Direitos Animais Proteção Termino Morte

Leia mais

X CONGRESSO DE DIREITO DO SEGURO E PREVIDÊNCIA Vitória, 04 a 05 de março de 2016. Reunião do GNT Garantia

X CONGRESSO DE DIREITO DO SEGURO E PREVIDÊNCIA Vitória, 04 a 05 de março de 2016. Reunião do GNT Garantia X CONGRESSO DE DIREITO DO SEGURO E PREVIDÊNCIA Vitória, 04 a 05 de março de 2016 Reunião do GNT Garantia MARÇO DE 2016 Reunião do GNT Garantia Comparativo do seguro garantia entre o Brasil e alguns países

Leia mais

a) Verificar o direito real do promitente comprador;

a) Verificar o direito real do promitente comprador; PROMESSA DE COMPRA E VENDA 1 Lindiara Antunes Do Nascimento 2, Carlos Guilherme Probst 3. 1 TRABALHO DE CURSO - TC 2 AUTOR- Aluna do curso de Direito pela UNIJUI 3 COUATOR - Mestre em Educação nas Ciências

Leia mais

go to http://www.speculumscriptum.com

go to http://www.speculumscriptum.com go to http://www.speculumscriptum.com CONTRATO DE EMPREITADA - Conceito: Empreitada é o contrato em que uma das partes (empreiteiro) se obriga, sem subordinação ou dependência, a realizar certo trabalho

Leia mais

Termos e Condições Gerais de Vendas

Termos e Condições Gerais de Vendas Termos e Condições Gerais de Vendas 1º Escopo da aplicação (1) As condições a seguir são aplicáveis a todos os fornecimentos e serviços (por exemplo, instalações, projetos) da BrasALPLA. Estas condições

Leia mais

Art. 538. Considera-se doação o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens ou vantagens para o de outra.

Art. 538. Considera-se doação o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens ou vantagens para o de outra. Lição 14. Doação Art. 538. Considera-se doação o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens ou vantagens para o de outra. Na doação deve haver, como em qualquer outro

Leia mais

Contrato Unilateral - gera obrigações para apenas uma das partes. Contrato Bilateral - gera obrigações para ambas as partes.

Contrato Unilateral - gera obrigações para apenas uma das partes. Contrato Bilateral - gera obrigações para ambas as partes. Turma e Ano: Flex B (2013) Matéria / Aula: Civil (Contratos) / Aula 13 Professor: Rafael da Motta Mendonça Conteúdo: Teoria Geral dos Contratos: 3- Classificação; 4 - Princípios. 3. Classificação: 3.1

Leia mais

TRANSPORTE. 1. Referência legal do assunto. Arts. 730 a 756 do CC. 2. Conceito de transporte

TRANSPORTE. 1. Referência legal do assunto. Arts. 730 a 756 do CC. 2. Conceito de transporte 1. Referência legal do assunto Arts. 730 a 756 do CC. 2. Conceito de transporte TRANSPORTE O CC define o contrato de transporte no art. 730: Pelo contrato de transporte alguém se obriga, mediante retribuição,

Leia mais

DIREITO CIVIL Comentários Prova CETRO ISS/SP 2014 Prof. Lauro Escobar

DIREITO CIVIL Comentários Prova CETRO ISS/SP 2014 Prof. Lauro Escobar ISS/SP 2014) No que tange aos institutos da Prescrição e da Decadência, marque V para verdadeiro ou F para falso e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA. ( ) O princípio

Leia mais

INDENIZAÇÕES POR ACIDENTE DO TRABALHO OU DOENÇA OCUPACIONAL

INDENIZAÇÕES POR ACIDENTE DO TRABALHO OU DOENÇA OCUPACIONAL SEBASTIÃO GERALDO DE OLIVEIRA Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. Mestre em Direito pela UFMG. Professor do Curso de Especialização em Direito do Trabalho da PUC-MG. INDENIZAÇÕES

Leia mais

7. Tópicos Especiais em Responsabilidade Civil. Tópicos Especiais em Direito Civil

7. Tópicos Especiais em Responsabilidade Civil. Tópicos Especiais em Direito Civil 7. Tópicos Especiais em Responsabilidade Civil Tópicos Especiais em Direito Civil Introdução A Responsabilidade Civil surge em face de um descumprimento obrigacional pela desobediência de uma regra estabelecida

Leia mais

O PAPEL DO CONSELHEIRO DE ADMINISTRAÇÃO DEVERES E RESPONSABILIDADES. APIMEC SUL Valéria Kasabkojian Schramm POA, junho de 2009

O PAPEL DO CONSELHEIRO DE ADMINISTRAÇÃO DEVERES E RESPONSABILIDADES. APIMEC SUL Valéria Kasabkojian Schramm POA, junho de 2009 O PAPEL DO CONSELHEIRO DE ADMINISTRAÇÃO DEVERES E RESPONSABILIDADES APIMEC SUL Valéria Kasabkojian Schramm POA, junho de 2009 2 Conselho de Administração Órgão de deliberação colegiada. Tem como objetivo

Leia mais

Responsabilidade civil do médico e processo civil

Responsabilidade civil do médico e processo civil SIMPÓSIO MEDICINA E DIREITO Responsabilidade civil do médico e processo civil Jorge R. Ribas Timi 1, Patrick G. Mercer 2 Atualmente, a responsabilidade civil do médico é um tema que preocupa tanto médicos

Leia mais

Mini Curículo: Graduado pela UNIT (2002), pós-graduado em Direito

Mini Curículo: Graduado pela UNIT (2002), pós-graduado em Direito Contatos: Site: www.diogocalasans.com E-mail: contato@diogocalasans.com Facebook: www.facebook.com/ diogocalasans Twitter: http://twitter.com/@diogocalasans 1 Mini Curículo: Graduado pela UNIT (2002),

Leia mais

DIREITO CIVIL CONTRATOS 1 Danilo D. Oyan

DIREITO CIVIL CONTRATOS 1 Danilo D. Oyan DIREITO CIVIL CONTRATOS 1 Danilo D. Oyan 1. COMPRA E VENDA, 7 Terc. 459, 317, Lei 8078 1.1 Conceito.Efeitos obrigacionais do contrato de compra e vendas, 7 481, 1226, 1245, 1227, 585 II CPC, 621 a 628

Leia mais

Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST

Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional PRODIST Módulo 9 Ressarcimento de Danos Elétricos Revisão Motivo da Revisão Primeira

Leia mais

Direito Civil Dr. Márcio André Lopes Cavalcante Juiz Federal

Direito Civil Dr. Márcio André Lopes Cavalcante Juiz Federal Direito Civil Dr. Márcio André Lopes Cavalcante Juiz Federal Escola Brasileira de Ensino Jurídico na Internet (EBEJI). Todos os direitos reservados. 1 Principais julgados do 1 o Semestre de 2013 Julgados

Leia mais

DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo

DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo FORMAÇÃO DOS CONTRATOS Vontade contratual e consentimento das partes: a) CONCEITO: mais que mero elemento contratual, a vontade representa pressuposto à relação

Leia mais

Direito Civil: parte geral. Prof. Thiago Caversan Antunes

Direito Civil: parte geral. Prof. Thiago Caversan Antunes Direito Civil: parte geral Prof. Thiago Caversan Antunes FEMPAR Londrina V Turma de Pós-Graduação Ano 2012 Parte Geral do Código Civil de 2002 - Das pessoas (art. 1º a 69); - Do domicílio (art. 70 a 78);

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL NO DIREITO AMBIENTAL

RESPONSABILIDADE CIVIL NO DIREITO AMBIENTAL RESPONSABILIDADE CIVIL NO DIREITO AMBIENTAL O ordenamento jurídico pátrio, em matéria ambiental, adota a teoria da responsabilidade civil objetiva, prevista tanto no art. 14, parágrafo 1º da Lei 6.938/81

Leia mais

DA RESPOSABILIDADE CIVIL DO ESTADO (PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS)

DA RESPOSABILIDADE CIVIL DO ESTADO (PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS) DA RESPOSABILIDADE CIVIL DO ESTADO (PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS) Toda lesão de direito deve ser reparada. A lesão pode decorrer de ato ou omissão de uma pessoa física ou jurídica. Quando o autor da lesão

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição...

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... Sumário Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... 17 Capítulo I OPÇÃO METODOLÓGICA... 19 Parte I DIREITO DAS OBRIGAÇÕES

Leia mais

Processo nº 0024.12.301.686-7 Ação de Indenização Autor: Émerson Gil Tremea e outros Réu : Educadora Itapoã Ltda

Processo nº 0024.12.301.686-7 Ação de Indenização Autor: Émerson Gil Tremea e outros Réu : Educadora Itapoã Ltda 1 Processo nº 0024.12.301.686-7 Ação de Indenização Autor: Émerson Gil Tremea e outros Réu : Educadora Itapoã Ltda Vistos, etc. Ementa: Escola particular. Aluno reprovado em teste de seleção, por insuficiência

Leia mais

1. Noções gerais: evolução social e o momento de formação do contrato de compra e venda (CC 482)

1. Noções gerais: evolução social e o momento de formação do contrato de compra e venda (CC 482) TURMA EXTENSIVA SEMANAL Disciplina: Direito Civil Professor: Cristiano Chaves Data: 15.12.2009 MATERIAL DE APOIO PROFESSOR CONTRATOS EM ESPÉCIE Prof. Cristiano Chaves de Farias O CONTRATO DE COMPRA E VENDA

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR O DANO MORAL

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR O DANO MORAL Profa. Dra. Débora Vanessa Caús Brandão Doutora e Mestre em Direito Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Professora Titular de Direito Civil da Faculdade de Direito de São Bernardo

Leia mais

Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito

Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito Faculdade de Direito da Universidade de Macau Plano de Curso de Direito das Obrigações Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito Ano Lectivo 2010/2011 Regente: Manuel M. E. Trigo Assistente: João

Leia mais

OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01

OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01 OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01 TEMAS TRATADOS EM AULA 1. ATIVIDADE EMPRESARIAL X ATIVIDADE NÃO EMPRESARIAL O CC/02 adota

Leia mais

www.direitofacil.com axz v É ]âü w vé @ `öüv t cxä áátü DIREITO CIVIL DO NEGÓCIO JURÍDICO

www.direitofacil.com axz v É ]âü w vé @ `öüv t cxä áátü DIREITO CIVIL DO NEGÓCIO JURÍDICO DIREITO CIVIL DO NEGÓCIO JURÍDICO 01 Quanto aos Negócios Jurídicos, podemos dizer que: a) são seus elementos essenciais: agente capaz, objeto lícito, possível determinado ou determinável, consentimento

Leia mais

DIREITO CIVIL Espécies de Contratos

DIREITO CIVIL Espécies de Contratos DIREITO CIVIL Espécies de Contratos Espécies de Contratos a serem estudadas: 1) Compra e venda e contrato estimatório; 2) Doação; 3) Depósito; 4) Mandato; 5) Seguro; 6) Fiança; 7) Empréstimo (mútuo e comodato);

Leia mais

ABANDONO INTELECTUAL DE FILHO E A INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS

ABANDONO INTELECTUAL DE FILHO E A INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS ABANDONO INTELECTUAL DE FILHO E A INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS Daniela Galvão de Araujo Mestre em Teoria do Direito e do Estado Especialista em Direito Processual Civil, Penal e Trabalhista Docente do

Leia mais

Convenção de Condomínio. Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com

Convenção de Condomínio. Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com Convenção de Condomínio Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com Conceito A convenção de condomínio é documento escrito que A convenção de condomínio é documento escrito que estabelece as regras de convivência

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00

CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00 CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00 Pelo presente instrumento particular de contrato de compra e venda, entre partes, a saber, de um lado, (VENDEDORA), doravante denominada VENDEDORA, com sede na, Bairro,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DA NEFAB (tradução para Português)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DA NEFAB (tradução para Português) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DA NEFAB (tradução para Português) Válidas desde 10-10-2005 Em caso de discrepância entre a versão inglesa e a tradução portuguesa das condições gerais de venda, ou em caso de

Leia mais

MARATONA DE EXERCÍCIOS DA OAB

MARATONA DE EXERCÍCIOS DA OAB 1. Paulo, motorista de táxi, pai de dois filhos, presenteou Marcelo, seu melhor amigo, com um relógio de ouro no valor de R$ 17.000,00, adquirido a título hereditário, por ocasião do falecimento do pai

Leia mais

Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades Administrador Administrador é a pessoa a quem se comete a direção ou gerência de qualquer negócio ou serviço, seja de caráter público ou privado,

Leia mais

Regulamento para Concessão do Selo Plantamos Árvores para reduzir os efeitos das emissões de CO 2 - Fundação SOS Mata Atlântica e Instituto Totum

Regulamento para Concessão do Selo Plantamos Árvores para reduzir os efeitos das emissões de CO 2 - Fundação SOS Mata Atlântica e Instituto Totum Controle de alterações 10 de março de 2008 emissão inicial 1 ÍNDICE 0. Condições Gerais... 3 1. Condições de Admissão e Visão Geral do Processo... 4 2. Abertura de Processo... 5 3. Processo Técnico Reconhecimento

Leia mais

SENTENÇA. Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda

SENTENÇA. Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda fls. 1 SENTENÇA Processo nº: 0008740-84.2013.8.26.0100 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Perdas e Danos Requerente: Fernando Albieri Requerido: Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda Juiz(a)

Leia mais

CÓDIGO CIVIL. Livro III. Dos Fatos Jurídicos TÍTULO III. Dos Atos Ilícitos

CÓDIGO CIVIL. Livro III. Dos Fatos Jurídicos TÍTULO III. Dos Atos Ilícitos CÓDIGO CIVIL Livro III Dos Fatos Jurídicos TÍTULO III Dos Atos Ilícitos Art. 186. Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que

Leia mais

CONTRATOS ELETRÔNICOS RESPONSABILIDADE CIVIL. Ana Amelia Menna Barreto

CONTRATOS ELETRÔNICOS RESPONSABILIDADE CIVIL. Ana Amelia Menna Barreto CONTRATOS ELETRÔNICOS RESPONSABILIDADE CIVIL Ana Amelia Menna Barreto AMBIENTE DIGITAL IMATERIALIDADE DAS OPERAÇÕES Novas aplicações molde concretização Dispensa presença e registro físicos Documentos

Leia mais

A inserção injusta causa às pessoas / consumidores danos de ordem moral e em algumas vezes patrimonial, que, reconhecida gera o direito à reparação.

A inserção injusta causa às pessoas / consumidores danos de ordem moral e em algumas vezes patrimonial, que, reconhecida gera o direito à reparação. 1.1 - Introdução Infelizmente o ajuizamento de ações de indenização por danos materiais e principalmente morais em face de empresas por inclusão indevida do nome de seus clientes em órgãos de proteção

Leia mais

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito das obrigações; Introdução; Divisão patrimonial; Distinção entre os direitos reais e pessoais; Direitos mistos; Obrigações propter

Leia mais

Da Responsabilidade Civil do Profissional da Contabilidade

Da Responsabilidade Civil do Profissional da Contabilidade Da Responsabilidade Civil do Profissional da Contabilidade Prof. Roberta Schneider Westphal Prof. Odair Barros www.rsw.adv.br A responsabilização profissional surge juntamente com qualquer manifestação

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 35 Registro: 2016.0000031880 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0003042-68.2011.8.26.0003, da Comarca de, em que é apelante/apelado JOSUÉ ALEXANDRE ALMEIDA (JUSTIÇA

Leia mais

Excludentes de Responsabilidade Civil e sua aplicação no fornecimento de energia elétrica.

Excludentes de Responsabilidade Civil e sua aplicação no fornecimento de energia elétrica. Excludentes de Responsabilidade Civil e sua aplicação no fornecimento de energia elétrica. Art. 14, parágrafo 3º, II do Código de Defesa do Consumidor e art. 5º da Resolução ANEEL nº 61. Responsabilidade

Leia mais

Jornada de Direito Civil aprova 46 enunciados Por Tadeu Rover

Jornada de Direito Civil aprova 46 enunciados Por Tadeu Rover Jornada de Direito Civil aprova 46 enunciados Por Tadeu Rover No ano em que o Código Civil completa 10 anos de vigência, o Conselho da Justiça Federal aprovou 46 novos enunciados que definem as interpretações

Leia mais

Sumário PARTE I TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL

Sumário PARTE I TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL Sumário Palavras Prévias 3ª edição... 23 Prefácio... 29 PARTE I TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL Capítulo I Conceito da Responsabilidade Civil... 33 Capítulo II Princípios da Responsabilidade Civil...

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução.

Copyright Proibida Reprodução. RESPONSABILDADE CIVIL DO DANO AMBIENTAL Prof. Éder Responsabilidade Clementino dos civil Santos INTRODUÇÃO Evolução da sociedade: séc. XX (novas tecnologias x modelo de vida); Inércia do Estado: auto-tutela;

Leia mais

EPC / TURN-KEY. Caio F. Rodriguez

EPC / TURN-KEY. Caio F. Rodriguez EPC / TURN-KEY Caio F. Rodriguez O PROBLEMA (ou a solução) DO CONTRATO CRUZAMENTO ENTRE 3 LINGUAGENS (PELO MENOS): LINGUAGEM DA PRODUÇÃO/CONSTRUÇÃO LINGUAGEM DA ECONOMIA LINGUAGEM DO DIREITO tradução INSTRUMENTO

Leia mais

ATO ILÍCITO E RESPONSABILIDADE CIVIL

ATO ILÍCITO E RESPONSABILIDADE CIVIL ATO ILÍCITO E RESPONSABILIDADE CIVIL Professor Dicler ATO ILÍCITO E RESPONSABILIDADE CIVIL Ato ilícito é o ato praticado em desacordo com a ordem jurídica, violando um direito (art. 186 do CC) ou abusando

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS

RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS Atividade de intermediação de negócios imobiliários relativos à compra e venda e locação Moira de Toledo Alkessuani Mercado Imobiliário Importância

Leia mais

DIREITO CIVIL ALIMENTOS

DIREITO CIVIL ALIMENTOS DIREITO CIVIL ALIMENTOS Atualizado em 27/10/2015 Direito Civil Aula Professor André Barros 1 União Estável: 1. Conceito: Art. 1.723, CC: É reconhecida como entidade familiar a união estável entre o homem

Leia mais

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável:

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável: 1 PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos 1. União estável: - Leis 8971/94 e 9278/96. - Lei 10.406/2002 e art. 1723 e seguintes. - Art. 226, 3 1, CF. União entre homem e mulher pública (notoriedade),

Leia mais

DANO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE CIVIL

DANO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE CIVIL DANO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE CIVIL DANO AMBIENTAL PODE TRAZER CONSEQUÊNCIAS DE ORDEM CIVIL ADMINISTRATIVA E PENAL DANO É O PREJUÍZO CAUSADO A ALGUÉM PELA DETERIORAÇÃO OU INUTILIZAÇÃO DE BENS SEUS

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2014.1

PLANO DE ENSINO 2014.1 FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA CENTRO DE CIENCIAS JURIDICAS PLANO DE ENSINO 2014.1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Disciplina/Módulo: Responsabilidade Civil Código/Turma: J774-81 Pré-requisito:J557

Leia mais

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015.

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015. DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015. Introdução: Tão antigo quanto a troca, anterior a compra e venda. Transferência de Patrimônio

Leia mais

Fraude contra credores (continuação)

Fraude contra credores (continuação) Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 13 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva Fraude contra credores (continuação) OBS1: Fraude

Leia mais

Abril/2011. Prof a. Mestre Helisia Góes

Abril/2011. Prof a. Mestre Helisia Góes Contrato de Locação de Coisas Abril/2011 Prof a. Mestre Helisia Góes Definição:Éonegóciojurídicopormeiodoqualumadas partes(locador) se obriga a ceder à outra(locatário), por tempo determinado ou não, o

Leia mais

Resumo. Responsabilidade civil (continuação):

Resumo. Responsabilidade civil (continuação): Resumo Responsabilidade civil (continuação): Responsabilidade civil: questões importantes a) Súmula 492, STF: A empresa locadora de veículos responde, civil e solidariamente com o locatário, pelos danos

Leia mais

PROVA ORAL PONTO II DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1

PROVA ORAL PONTO II DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1 Discorra sobre a utilização da usucapião como instrumento de defesa em ações petitórias e possessórias. DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 2 Considere que um indivíduo,

Leia mais

Responsabilidade Civil

Responsabilidade Civil Responsabilidade Civil Trabalho de Direito Civil Curso Gestão Nocturno Realizado por: 28457 Marco Filipe Silva 16832 Rui Gomes 1 Definição: Começando, de forma, pelo essencial, existe uma situação de responsabilidade

Leia mais

PARTE PRIMEIRA CONDOMÍNIO EDILÍCIO

PARTE PRIMEIRA CONDOMÍNIO EDILÍCIO Índice sistemático Obras do autor Nota de introdução PARTE PRIMEIRA CONDOMÍNIO EDILÍCIO 1. Do condomínio geral ao condomínio edilício ou em edificações 2. Condomínio voluntário, condomínio necessário e

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Do contrato de troca ou permuta Maíra Santos Antunes da Silva Conceito Na permuta um dos contratantes promete uma coisa em troca de outra, ou seja, uma parte se obriga a dar uma

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SMS (TORPEDOS DE TEXTO PARA TELEFONES MÓVEIS) E SISTEMA DE GERENCIAMENTO

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SMS (TORPEDOS DE TEXTO PARA TELEFONES MÓVEIS) E SISTEMA DE GERENCIAMENTO CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SMS (TORPEDOS DE TEXTO PARA TELEFONES MÓVEIS) E SISTEMA DE GERENCIAMENTO Pelo presente instrumento particular de Contrato de Fornecimento de SMS (doravante designado simplesmente

Leia mais

ACÓRDÃO. apelante CAMARGO CORREA - RODOBENS EMPREENDIMENTOS. IMOBILIARIOS SPE LTDA., são apelados ISAAC (Omitido) e outra.

ACÓRDÃO. apelante CAMARGO CORREA - RODOBENS EMPREENDIMENTOS. IMOBILIARIOS SPE LTDA., são apelados ISAAC (Omitido) e outra. Registro: 2014.0000707XXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº XXXXXXX-55.2013.8.26.0405, da Comarca de Osasco, em que é apelante CAMARGO CORREA - RODOBENS EMPREENDIMENTOS

Leia mais

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC).

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC). 01 Profª Helisia Góes Disciplina: DIREITO CIVIL VI SUCESSÕES Turmas: 8ºDIV, 8ºDIN-1 e 8º DIN-2 Data: 21/08/12 AULA 07 II - SUCESSÃO EM GERAL (Cont...) 11. Herança Jacente e Vacante (arts. 1.819 a 1.823,

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

RESPONSABILIDADE CIVIL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RESPONSABILIDADE CIVIL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 Suponha se que Maria estivesse conduzindo o seu veículo quando sofreu um acidente de trânsito causado por um ônibus da concessionária do serviço público

Leia mais

CONTRATOS. Os contratos são figuras principais do direito civil. O contrato está para o direito civil, assim como o crime está para o direito penal.

CONTRATOS. Os contratos são figuras principais do direito civil. O contrato está para o direito civil, assim como o crime está para o direito penal. CONTRATOS Se quisermos entender contratos, temos de sair do isolamento intelectual que nos impusemos e absorver algumas verdades básicas. Contratos sem as necessidades e gostos comuns criados somente pela

Leia mais