Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito"

Transcrição

1 Faculdade de Direito da Universidade de Macau Plano de Curso de Direito das Obrigações Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito Ano Lectivo 2010/2011 Regente: Manuel M. E. Trigo Assistente: João Paulo Rocha

2 Bibliografia essencial*: Manuel M. E. Trigo, Lições de Direito das Obrigações, ao 3º ano do Curso de Direito, , actualizadas em 2008/2009 e 2009/2010, policopiadas, Faculdade de Direito da Universidade de Macau. João Paulo Rocha, Direito das Obrigações, Repertório do Direito de Macau, Rui de Alarcão, Direito das Obrigações, texto elaborado pelos Drs J. Sousa Ribeiro, J. Sinde Monteiro, Almeno de Sá e J. C. Proença, com base nas Lições do Prof. Doutor Rui de Alarcão ao 3º Ano Jurídico, Coimbra, 1983, dactilografado e impresso por João Abrantes, Coimbra. Antunes Varela, I, Das Obrigações em Geral, João de Matos Antunes Varela, Volume I, 10ª Edição, Revista e Actualizada, Livraria Almedina, Coimbra, 1994, ou edição posterior. Antunes Varela, II, Das Obrigações em Geral, João de Matos Antunes Varela, Volume II, 8ª Edição, Revista e Actualizada, Livraria Almedina, Coimbra, 1995, ou edição posterior. Almeida e Costa, Direito das Obrigações, Mário Júlio de Almeida Costa, 10 ª Edição Reelaborada, Livraria Almedina, Coimbra, Pires de Lima e Autunes Varela, I, Fernando Andrade Pires de Lima e João de Matos Antunes Varela, Código Civil Anotado, Volume I, 3ª Edição Revista e Actualizada, com a colaboração de Manuel Henrique Mesquita, Coimbra Editora, Limitada, 1982, Coimbra, ou edição posterior. Pires de Lima e Autunes Varela, II, Fernando Andrade Pires de Lima e João de Matos Antunes Varela, Código Civil Anotado, Volume II, 3 ª Edição Revista e Actualizada, com a colaboração de Manuel Henrique Mesquita, Coimbra Editora, Limitada, 1986, Coimbra, ou edição posterior. * Bibliografia complementar será indicada ao longo do curso. 1

3 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO 1. Enquadramento geral 1.1. Direito das obrigações e a importância do seu estudo 1.2. Referência de direito comparado 1.3. O Direito Civil e o Direito das Obrigações de Macau O Direito Civil e o Direito das Obrigações de Macau até 31 de Outubro de A evolução do Direito Civil e a política de localização: o Código Civil e o Direito das Obrigações As fontes do Direito Civil e o Direito das Obrigações de Macau de 1 de Novembro a 19 de Dezembro O Direito Civil e o Direito das Obrigações desde 20 de Dezembro Aplicação no tempo e as normas do direito transitório Princípios Fundamentais do Direito Civil e do Direito das Obrigações 1.4. Noções gerais Obrigação em sentido lato. Dever jurídico, sujeição e ónus jurídico Obrigação em sentido estrito Prestação Conceito Principais modalidades Prestação de facto e prestação de coisa Prestações fungíveis e prestações não fungíveis Prestações instantâneas e prestações duradouras Requisitos da prestação debitória Possibilidade, licitude, determinabilidade O problema da patrimonialidade da prestação Conteúdo da prestação A questão das obrigações não autónomas Relação obrigacional complexa Noção Conteúdo Utilidade dogmática Função da obrigação e do interesse do credor 1.5. Direitos de crédito e direitos reais Afinidades entre os direitos de crédito e os direitos reais As principais diferenças O efeito externo das obrigações 2

4 1.6. Princípios ordenadores do Direito das Obrigações O princípio da autonomia privada Autonomia privada e liberdade contratual. Liberdade de celebração de contratos e liberdade de fixação do seu conteúdo Restrições à livre celebração e à livre conformação dos contratos. A "crise do contrato" O princípio da boa fé Boa fé subjectiva Noção e conteúdo do princípio da boa-fé. Referência ao papel da jurisprudência na sua caracterização Domínio da aplicação O princípio do não enriquecimento sem causa CAPÍTULO II FONTES DAS OBRIGAÇÕES 2.1. Noção e enunciado das fontes das obrigações Relações contratuais de facto 2.2. Contratos Conceito. Sequência Contrato-promessa Introdução. Noção e interesses Introdução e regime transitório Noção e interesses O princípio da equiparação entre o contrato-promessa e o contrato prometido e as suas excepções O regime da forma O regime da eficácia Contrato-promessa e sinal Garantias do promitente fiel perante o incumprimento do contrato-promessa Garantia da execução específica Garantia indemnizatória Indemnização pelo dano excedente e redução da indemnização manifestamente excessiva Direito de retenção Contrato-promessa unilateral Transmissão dos direitos e obrigações dos promitentes Pacto de preferência Noção Regime Preferências convencionais Preferências legais 3

5 Concurso de preferências Cumprimento e não cumprimento da preferência e seus efeitos Extensão do regime a outros contratos Excepção de não cumprimento Noção e função da excepção de não cumprimento nos contratos bilaterais de cumprimento simultâneo Excepção de não cumprimento por quem deva cumprir posteriormente Excepção de não cumprimento por quem deva cumprir em primeiro lugar Excepção de não cumprimento perfeito do contrato ou exceptio non rite adimpleti contractus Outros aspectos do regime da excepção de não cumprimento Extensão da excepção a situações análogas Contratos a favor de terceiros Contrato para pessoa a nomear 2.3. Negócios unilaterais Os negócios unilaterais como fonte de obrigações Negócios jurídicos unilaterais previstos na lei A promessa pública O concurso público Promessa de cumprimento e reconhecimento de dívida 2.4. Gestão de negócios Noção e fundamento Requisitos A direcção de negócio alheio No interesse e por conta do dono do negócio Falta de autorização Obrigações do gestor de negócios Obrigações do dono do negócio Direitos do dominus e do gestor de negócios Gestão de negócio alheio julgado próprio 2.5. Enriquecimento sem causa Noção e exemplos Requisitos Enriquecimento À custa de outrem Sem causa justificativa Ausência de outro meio jurídico Objecto da obrigação de restituir 4

6 2.6. Responsabilidade civil Preliminares Responsabilidade contratual e extracontratual Evolução e variantes da responsabilidade extracontratual A responsabilidade civil no Código Civil de 1999 e o direito transitório Responsabilidade por factos ilícitos Facto Ilicitude Nexo de imputação Imputabilidade Culpa : dolo e negligência e respectivas subespécies Negligência ou mera culpa Culpa em abstrato e culpa em concreto Culpa como deficiência da vontade e como deficiência da conduta Apreciação da gravidade da culpa Prova da culpa. Presunções de culpa Dano Conceito e variantes Ressarcibilidade dos danos não patrimoniais Nexo de causalidade Teoria da causalidade adequada A relevância da causa virtual Outros aspectos do regime da responsabilidade civil por factos ilícitos Sujeito do direito de indemnização Sujeitos da obrigação de indemnizar e o regime de solidariedade Prescrição do direito de indemnização por responsabilidade civil extracontratual por facto ilícito Responsabilidade civil em processo penal A função da responsabilidade civil Responsabilidade pelo risco Enumeração dos casos de responsabilidade pelo risco Responsabilidade do comitente Pressupostos Existência de uma relação de comissão Obrigação de indemnizar do comissário Actuação do comissário no âmbito da comissão 5

7 A responsabilidade do comitente: relações externas e relações internas Natureza e fundamento da responsabilidade do comitente Responsabilidade das pessoas colectivas públicas por actos de gestão privada Responsabilidade por danos causados por animais Responsabilidade procedente de danos causados por veículos de circulação terrestre Sujeitos da responsabilidade Danos indemnizáveis Beneficiários da responsabilidade Exclusão da responsabilidade Limites máximos de responsabilidade Responsabilidade pelo risco na colisão de veículos Responsabilidade solidária Responsabilidade por factos ilícitos culposos em acidente com veículos de circulação terrestre Concorrência de responsabilidades por danos causados em acidente de viação e acidente de trabalho. Responsabilidade civil e criminal Responsabilidade por danos causados por instalações de energia eléctrica ou gás Responsabilidade por factos lícitos Seguros obrigatórios de responsabilidade civil em Macau Seguro obrigatório de responsabilidade civil automóvel em Macau CAPÍTULO III MODALIDADES DAS OBRIGAÇÕES 3. Classificação 3.1. Modalidades das obrigações quanto ao vínculo Obrigações naturais e obrigações civis Conceito e âmbito das obrigações naturais Regime jurídico das obrigações naturais Natureza jurídica das obrigações naturais 3.2. Modalidades das obrigações quanto ao sujeito Enumeração e sequência Obrigações de sujeito activo indeterminado Obrigações plurais Obrigações conjuntas Obrigações solidárias Noção e razões justificativas 6

8 Solidariedade passiva: fontes e efeitos Fontes da solidariedade passiva Efeitos nas relações externas Direito do credor Meios de defesa dos devedores Modos de satisfação do direito do credor Outros efeitos da solidariedade passiva Efeitos nas relações internas 3.3. Modalidades quanto ao objecto Obrigações divisíveis e indivisíveis Obrigações genéricas e obrigações Obrigações alternativas, cumulativas e com faculdade alternativa Obrigações pecuniárias Conceito Modalidades Obrigações de quantidade Obrigações em moeda específica Obrigações em moeda sem curso legal em Macau Obrigações de juros Regime da obrigação de juros Juros legais e convencionais Anatocismo e outros aspectos Obrigações de indemnização: remissão Obrigação de informação e de apresentação de coisas e documentos CAPÍTULO IV TRANSMISSÃO DAS OBRIGAÇÕES 4. Transmissão de créditos e transmissão de dívidas 4.1. Cessão de créditos Noção e admissibilidade Regime de cessão de créditos Aplicação das regras da cessão a outras figuras Sub-rogação 4.2. Transmissão singular de dívidas 4.3. Cessão da posição contratual Noção e regime Distinção de outras figuras CAPÍTULO V GARANTIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES 5. Introdução 5.1. Âmbito da garantia geral 7

9 A garantia geral como garantia comum dos credores: concurso de credores Meios de conservação da garantia patrimonial Declaração de nulidade Sub-rogação do credor ao devedor Carácter geral e requisitos Exercício e efeitos Impugnação Pauliana Noção e Requisitos Actos impugnáveis Efeitos e caducidade Arresto Noção e requisitos Cautelas e efeitos CAPÍTULO VI GARANTIAS ESPECIAIS DAS OBRIGAÇÕES 6. Generalidades sobre as garantias pessoais e reais 6.1. Fiança Relações entre o credor e o fiador Relações entre o devedor e o fiador Extinção da fiança 6.2. Garantias reais Consignação de rendimentos Penhor Hipoteca Privilégios creditórios Direito de retenção A prestação de caução Noção Caução imposta ou autorizada por lei Caução resultante de negócio jurídico ou de determinação do tribunal Falta, insuficiência ou impropriedade de caução. CAPÍTULO VII CUMPRIMENTO E NÃO CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES 7.1. Cumprimento Generalidades Noção de cumprimento Cumprimento e princípio da boa fé Regra da pontualidade 8

10 Requisitos do cumprimento Capacidade do devedor Capacidade do credor Legitimidade do devedor Nulidade e anulação do cumprimento Quem pode fazer e a quem pode ser feita a prestação Quem pode cumprir Direitos de terceiro que efectua a prestação A quem pode ser feita a prestação Lugar da prestação Determinação do lugar da prestação: princípio geral; lugar convencional e lugar legal Regime supletivo: princípio geral Impossibilidade da prestação no lugar fixado Prazo da prestação Classificação das obrigações quanto ao tempo do cumprimento Modalidades de prazos para cumprimento Critérios especiais da fixação indirecta do prazo Perda do benefício do prazo Imputação do cumprimento Imputação pelo devedor Regras supletivas Prova do cumprimento Direito a quitação ou recibo Direito à restituição do título ou à menção do cumprimento 7.2. Não cumprimento Noção e modalidades de não cumprimento O não cumprimento não imputável ao devedor: impossibilidade do cumprimento e mora não imputáveis ao devedor Impossibilidade do cumprimento não imputável ao devedor Impossibilidade objectiva e impossibilidade subjectiva Impossibilidade da prestação, a frustação do fim da prestação e a realização do fim da prestação por outra via Efeitos da impossibilidade não imputável ao devedor Impossibilidade temporária ou mora não imputável ao devedor O não cumprimento imputável ao devedor: falta de cumprimento e mora imputáveis ao devedor Falta de cumprimento Efeitos da falta de cumprimento Obrigação de indemnizar 9

11 Direito de resolução do contrato. Indemnização do interesse contratual negativo ou de confiança Commodum subrogationis ou de representação Impossibilidade parcial Mora do devedor Noção Requisitos Momento da constituição em mora Efeitos da mora 7.3. Cumprimento defeituoso Noção Regime 7.4. Fixação contratual dos direitos do credor Nulidade e admissibilidade das claúsulas de limitação e de exclusão da responsabilidade civil Predeterminação ou reforço das sanções contra o não cumprimento: o sinal e a cláusula penal Noção e modalidades de cláusula penal Regime da cláusula penal ou pena convencional Meios compulsórios ao cumprimento: a sanção pecuniária compulsória Realização coactiva da prestação Acção de cumprimento, execução específica e execução por equivalente A penhora e a venda judicial ao serviço da execução por equivalente 7.6. Cessão de Bens aos credores Noção Regime 7.7. Mora do credor Noção e requisitos Efeitos CAPÍTULO VIII CAUSAS DE EXTINÇÃO DAS OBRIGAÇÕES ALÉM DO CUMPRIMENTO 8. Sequência 8.1. Dação em cumprimento 8.2. Consignação em depósito 8.3. Compensação 8.4. Novação 8.5. Remissão 10

12 8.7. Confusão CAPÍTULO IX REFERÊNCIA AOS CONTRATOS EM ESPECIAL 9. Sequência 9.1. Tipicidade e atipicidade. Distinção entre contratos típicos e atípicos 9.2. Contratos mistos Noção, modalidades e regime Contratos coligados 9.3. Enumeração e caracterização sucinta dos contratos típicos regulados no Código Civil Enumeração dos contratos típicos regulados no Código Civil Caracterização dos contratos regulados no Código Civil O contrato de compra e venda O contrato de doação O contrato de locação O contrato de arrendamento O contrato de comodato O contrato de mútuo Contrato de mútuo com promessas O contrato de trabalho O contrato de prestação de serviço Os contratos de renda perpétua e de renda vitalícia O contrato de transacção 9.4. Jogo e aposta Introdução Os contratos de jogo e aposta na vigência do Código Civil de 1966 em Macau Os contratos de jogo e aposta na vigência do Código Civil de Macau de Nulidade, validade e eficácia Regime geral e regime especial do jogo e aposta Breve referência ao regime especial do jogo Fim do plano de curso 11

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES 2.º Ano Turma B (2014/2015)

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES 2.º Ano Turma B (2014/2015) DIREITO DAS OBRIGAÇÕES 2.º Ano Turma B (2014/2015) Regente: Pedro Romano Martinez INDICAÇÃO BIBLIOGRÁFICA (Obras gerais) CORDEIRO, António Menezes Direito das Obrigações, Tratado de Direito Civil, Vols.

Leia mais

Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito

Plano de Curso de Direito das Obrigações. Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito Faculdade de Direito da Universidade de Macau Plano de Curso de Direito das Obrigações Disciplina do 3º Ano da Licenciatura em Direito Ano Lectivo 2014/2015 Regente: Vera Lúcia Raposo Assistente: Joana

Leia mais

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA Sumário PARTE GERAL 1. LINDB, DAS PESSOAS, DOS BENS E DO NEGÓCIO JURÍDICO 1. Introdução (DL 4.657/1942 da LINDB) 2. Direito objetivo e subjetivo 3. Fontes do Direito 4. Lacuna da lei (art. 4.º da LINDB)

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA GERAL DO NEGÓCIO JURÍDICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA GERAL DO NEGÓCIO JURÍDICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular TEORIA GERAL DO NEGÓCIO JURÍDICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular TEORIA GERAL DO

Leia mais

À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii. 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3

À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii. 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3 À guisa de prefácio (à 1a edição), xvii 1 Âmbito do direito das obrigações, 1 1 Generalidades, 1 2 Âmbito, 2 3 Quadro da matéria, 3 2 Posição do direito das obrigações no Código Civil brasileiro, 4 1 Código

Leia mais

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA B

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA B Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA B Coordenação e regência: Profª Doutora Maria do Rosário Palma Ramalho Colaboradores: Prof. Doutor Pedro Leitão

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL II

DIREITO PROCESSUAL CIVIL II Cândida da Silva Antunes Pires Mestre em Ciências Jurídicas Professora Associada Faculdade de Direito, Universidade de Macau DIREITO PROCESSUAL CIVIL II Disciplina semestral do 4.º ano do Curso de Licenciatura

Leia mais

Teoria Geral do Direito Civil I

Teoria Geral do Direito Civil I Universidade de Macau Faculdade de Direito Teoria Geral do Direito Civil I Programa da disciplina Referências bibliográficas Ano lectivo de 2015/2016 Disciplina semestral do 2 ano jurídico Carga horária:

Leia mais

Programa da disciplina de Direito Comercial I

Programa da disciplina de Direito Comercial I Universidade de Macau Faculdade de Direito Ano lectivo 2010/2011 Programa da disciplina de Direito Comercial I Regente: Mestre Augusto Teixeira Garcia Assistente: Mestre Miguel Quental Programa da disciplina

Leia mais

Responsabilidade Civil

Responsabilidade Civil Responsabilidade Civil Trabalho de Direito Civil Curso Gestão Nocturno Realizado por: 28457 Marco Filipe Silva 16832 Rui Gomes 1 Definição: Começando, de forma, pelo essencial, existe uma situação de responsabilidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO DIREITO DA FAMÍLIA E DAS SUCESSÕES DISCIPLINA DO 4 ANO DA LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA PLANO DE CURSO ANO LECTIVO DE 2014/2015 Regente: Vera Lúcia

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO II

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO II FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO II PLANO DO CURSO SEMESTRAL A MINISTRAR AOS ALUNOS DO 5º ANO JURÍDICO DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE MACAU, NO ANO LECTIVO

Leia mais

Mestrado: Forense. Disciplina: Responsabilidade Civil. Docente: Maria da Graça Trigo. Ano lectivo: 2010/2011. Semestre: 1º Semestre

Mestrado: Forense. Disciplina: Responsabilidade Civil. Docente: Maria da Graça Trigo. Ano lectivo: 2010/2011. Semestre: 1º Semestre Mestrado: Forense Disciplina: Responsabilidade Civil Docente: Maria da Graça Trigo Ano lectivo: 2010/2011 Semestre: 1º Semestre 1. Programa da disciplina [sujeito a alterações] I Parte Geral 1. Introdução

Leia mais

PROGRAMA DE DIREITOS REAIS Luís Menezes Leitão

PROGRAMA DE DIREITOS REAIS Luís Menezes Leitão PROGRAMA DE DIREITOS REAIS Luís Menezes Leitão INTRODUÇÃO Secção I. Os Direitos Reais. 1. A categoria de Direitos Reais. 2. Objecto e características dos Direitos Reais. 3. A tutela constitucional dos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Direito (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Direito 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

DIREITO CIVIL. Obrigações, obrigações contratuais e responsabilidade civil

DIREITO CIVIL. Obrigações, obrigações contratuais e responsabilidade civil DIREITO CIVIL Obrigações, obrigações contratuais e responsabilidade civil 1 2 GILBERTO KERBER Advogado. Conselheiro Estadual OAB/RS. Mestre em Direito pela UFSC. Coordenador do Curso de Direito CNEC-IESA

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Objectivos, métodos de trabalho, programa e bibliografia Ano lectivo de 2015-2016 (1.º Ciclo, 1.º Semestre) Regente: Frederico de Lacerda da Costa Pinto OBJECTIVOS 1. Conhecer

Leia mais

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Privado. Direito Civil. Tema geral: Direito dos Contratos

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Privado. Direito Civil. Tema geral: Direito dos Contratos I Curso de Doutoramento em Direito Ramo de Direito Privado Direito Civil Tema geral: Direito dos Contratos Profª. Doutora Assunção Cristas Prof. Doutor Vítor Neves A) Programa: Módulo I Formação e conteúdo

Leia mais

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23

Sumário. Apresentação... 21. Prefácio da Obra... 23 Sumário Nota do autor à 1ª edição... 15 Nota do autor à 3ª edição... 19 Apresentação... 21 Prefácio da Obra... 23 Capítulo I Princípios Constitucionais no Direito Civil Contemporâneo... 25 1. Introdução...

Leia mais

Processo de arbitragem. Sentença

Processo de arbitragem. Sentença Processo de arbitragem Demandante: A Demandada: B Árbitro único: Jorge Morais Carvalho Sentença I Processo 1. O processo correu os seus termos em conformidade com o Regulamento do Centro Nacional de Informação

Leia mais

A Tutela da Personalidade Humana no Direito Civil - Direitos da Personalidade

A Tutela da Personalidade Humana no Direito Civil - Direitos da Personalidade Direito Civil I I A Tutela da Personalidade Humana no Direito Civil - Direitos da Personalidade 1. 1.1 A opção do Legislador Português pela tutela geral da personalidade (o Direito Geral da Personalidade

Leia mais

Responsabilidade Civil

Responsabilidade Civil Responsabilidade Civil Responsabilidade civil, dano e Regimes de Responsabilidade: A responsabilidade civil pode ser classificada em responsabilidade por culpa, pelo risco ou pelo sacrifício, dependendo

Leia mais

Insolvência e restruturação de empresas - Maria do Rosário Epifânio 2015/2016

Insolvência e restruturação de empresas - Maria do Rosário Epifânio 2015/2016 Insolvência e restruturação de empresas - Maria do Rosário Epifânio 2015/2016 I. Introdução 1. A crise da empresa 2. Mecanismos contratuais e legais 3. Recuperação extrajudicial, judicial e híbrida II.

Leia mais

Contrato de Empreitada

Contrato de Empreitada Contrato de Empreitada anotado Artigos 1207.º a 1230.º do Código Civil Legislação Complementar, Jurisprudência e Anotações José António de França Pitão 2011 Errata Contrato de Empreitada autor José António

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO DA RESPONSABILIDADE Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO DA RESPONSABILIDADE Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO DA RESPONSABILIDADE Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO DA RESPONSABILIDADE

Leia mais

Processo nº 257/2009 Acórdão de: 04-06-2009

Processo nº 257/2009 Acórdão de: 04-06-2009 PDF elaborado pela Datajuris Processo nº 257/2009 Acórdão de: 04-06-2009 Acordam no Supremo Tribunal de Justiça N... P..., SA intentou, no dia 13 de Dezembro de 2005, contra AA, acção declarativa de condenação,

Leia mais

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS

DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS DIREITO CIVIL OBRIGAÇÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito das obrigações; Introdução; Divisão patrimonial; Distinção entre os direitos reais e pessoais; Direitos mistos; Obrigações propter

Leia mais

ÍNDICE GERAL. PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência. PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência

ÍNDICE GERAL. PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência. PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência ÍNDICE GERAL SIGLAS PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência 1O Direito da insolvência 11 2 O processo de insolvência 12 3 Fontes 15 4 Ordem de sequência 15 PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência

Leia mais

Sumário. Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27

Sumário. Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27 PALAVRAS PRÉVIAS 4ª EDIÇÃO... 21 PREFÁCIO... 27 Parte I DOS CONTRATOS EM GERAL Capítulo I INTRODUÇÃO A TEORIA GERAL DOS CONTRATOS... 31 1. O Direito Civil Constitucional... 31 1.1. O Direito Civil na Feição

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS

DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS Germano Marques da Silva Professor da Faculdade de Direito Universidade Católica Portuguesa DIREITO PROCESSUAL PENAL PORTUGUÊS VOL. I Universidade Católica Editora Lisboa, 2013 PREFÁCIO Este livro deveria

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - GARANTIAS CIVIS E COMERCIAIS Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - GARANTIAS CIVIS E COMERCIAIS Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - GARANTIAS CIVIS E COMERCIAIS Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Direito (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Direito 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Alexandra Ludomila Ribeiro Fernandes Leitão. Dados pessoais. Habilitações literárias

CURRICULUM VITAE. Alexandra Ludomila Ribeiro Fernandes Leitão. Dados pessoais. Habilitações literárias CURRICULUM VITAE Alexandra Ludomila Ribeiro Fernandes Leitão Dados pessoais Data de Nascimento: 8 de Abril de 1973 Local de Nascimento: Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Estado Civil: Casada Habilitações

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, de 08-05-2013

Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, de 08-05-2013 Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, de 08-05-2013 Processo: 6686/07.8TBCSC.L1.S1 Relator: BETTENCOURT DE FARIA Meio Processual: REVISTA Decisão: NEGADA A REVISTA Fonte: www.dgsi.pt Sumário I - O promitente

Leia mais

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil.

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. DELIBERAÇÃO N 30/2006 Câmara de Pós-Graduação Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. CONSIDERANDO a solicitação da Coordenação do Curso, conforme processo nº

Leia mais

Como pensa a Cesgranrio?

Como pensa a Cesgranrio? AÇÃO CIVIL PÚBLICA antecipação de tutela coisa julgada competência direitos indisponíveis inquérito civil legitimidade ativa legitimidade ativa da Defensoria Pública legitimidade ativa da União e dos Estados,

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE DEPARTAMENTO DE DIREITO Área, matéria ou disciplina: Direito Civil. Número de vagas: 01. Regime de trabalho: Horista. Titulação mínima

Leia mais

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito.

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito. 1 de 7 06/02/2015 15:58 Detalhes da Disciplina Código JUR3313 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Carga Horária 60 Créditos 4 Ementa Objetivos Gerais Teoria Geral da Execução. Execução de Títulos

Leia mais

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO PROGRAMA ESPECÍFICO DA PROVA ORAL XX CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

Leia mais

DIREITO PENAL II PROGRAMA. 3º Ano, Turma da Noite

DIREITO PENAL II PROGRAMA. 3º Ano, Turma da Noite DIREITO PENAL II PROGRAMA 3º Ano, Turma da Noite Professor Doutor João Curado Neves Professora Doutora Carlota Pizarro Almeida I A. A teoria geral do crime: validade e funções B. Evolução histórica da

Leia mais

Direito Processual Penal Especial

Direito Processual Penal Especial FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA FREDERICO DE LACERDA DA COSTA PINTO Direito Processual Penal Especial Programa (Ano lectivo de 2013-2014, 2.º ciclo, 2.º semestre) Introdução 1. Objecto

Leia mais

Debates. Utilização de diversas técnicas de dinâmica de grupo e de recursos audiovisuais. 03 aulas. Data-show. 02 aulas

Debates. Utilização de diversas técnicas de dinâmica de grupo e de recursos audiovisuais. 03 aulas. Data-show. 02 aulas Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2013/01 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL III PROFESSORA: CRISTINA GROBÉRIO PAZÓ TURMA: 4º EM / FN UNIDADE

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Fase: I Carga Horária: 60 h/a Créditos: 04 A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade

Leia mais

Aviso de abertura do concurso de recrutamento e selecção de juízes de paz

Aviso de abertura do concurso de recrutamento e selecção de juízes de paz Aviso de abertura do concurso de recrutamento e selecção de juízes de paz Nos termos do n.º 1 do artigo 24.º da Lei n.º 78/2001, de 13 de Julho e da Portaria n.º575/2007 que aprova o regulamento do concurso

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 151/IX APROVA O REGIME DA RESPONSABILIDADE PENAL DAS PESSOAS COLECTIVAS. Exposição de motivos

PROPOSTA DE LEI N.º 151/IX APROVA O REGIME DA RESPONSABILIDADE PENAL DAS PESSOAS COLECTIVAS. Exposição de motivos PROPOSTA DE LEI N.º 151/IX APROVA O REGIME DA RESPONSABILIDADE PENAL DAS PESSOAS COLECTIVAS Exposição de motivos Vários instrumentos de direito convencional comunitário, assim como diversas decisões-quadro

Leia mais

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual.

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual. PONTO Nº 01 Hermenêutica: interpretação, integração e aplicação do Direito do Trabalho. Métodos básicos de exegese. O papel da equidade. Eficácia das normas trabalhistas no tempo e no espaço. Revogação.

Leia mais

Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação.

Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação. 1. Execução Resumo A Lei 11.232/05 colocou fim à autonomia do Processo de Execução dos Títulos Judiciais, adotando o processo sincrético (a fusão dos processos de conhecimento e executivo a fim de trazer

Leia mais

REGULAMENTO FINANCEIRO DO CDS/PP

REGULAMENTO FINANCEIRO DO CDS/PP DO CDS/PP (APROVADO EM CONSELHO NACIONAL A 24 DE NOVEMBRO DE 2007) Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º (Âmbito de aplicação) 1. O presente Regulamento aplica-se a todos os órgãos nacionais, regionais

Leia mais

1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1. 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais do contrato de compra e venda, 5

1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1. 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais do contrato de compra e venda, 5 1 Introdução ao direito especial dos contratos, 1 1.1 Direito especial dos contratos ou contratos em espécie, 1 1.2 Evolução da técnica contratual, 3 2 Compra e venda, 5 2.1 Conceito. Efeitos obrigacionais

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Introdução ao Estudo do Direito 1º PERÍODO Direito e perfil da Introdução ao Estudo do Direito. Direito, Estado

Leia mais

Prestação de Serviços Capítulo I. Disposições Gerais. Cláusula 1ª (Objecto)

Prestação de Serviços Capítulo I. Disposições Gerais. Cláusula 1ª (Objecto) Prestação de Serviços Capítulo I Disposições Gerais Cláusula 1ª (Objecto) O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas que têm por objecto principal a Prestação de Serviços de Fiscal Único. Cláusula

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição...

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... Sumário Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... 17 Capítulo I OPÇÃO METODOLÓGICA... 19 Parte I DIREITO DAS OBRIGAÇÕES

Leia mais

Processo n.º 656/2014

Processo n.º 656/2014 Processo n.º 656/2014 (Recurso Laboral) Relator: Data : João Gil de Oliveira 26/Março/2015 ASSUNTOS: - Comodato e mútuo - Prejuízos; liquidação em execução de sentença SUMÁ RIO : 1. Se A empresta a B certas

Leia mais

SUMÁRIO. Introdução... PRIMEIRA PARTE A ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

SUMÁRIO. Introdução... PRIMEIRA PARTE A ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO SUMÁRIO Abreviaturas... Nota à 2 1 edição... xix xxi Prefácio....................................... xxiii Introdução.................................... 1 PRIMEIRA PARTE A ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 101/VIII AUTORIZA O GOVERNO A LEGISLAR EM MATÉRIA DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Exposição de motivos

PROPOSTA DE LEI N.º 101/VIII AUTORIZA O GOVERNO A LEGISLAR EM MATÉRIA DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Exposição de motivos PROPOSTA DE LEI N.º 101/VIII AUTORIZA O GOVERNO A LEGISLAR EM MATÉRIA DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL Exposição de motivos Os sinais de uma nova economia, assentes em processos de globalização e de virtualização

Leia mais

Decreto-Lei n.º 232/2005 de 29 de Dezembro

Decreto-Lei n.º 232/2005 de 29 de Dezembro Decreto-Lei n.º 232/2005 de 29 de Dezembro Os indicadores de pobreza relativos a Portugal evidenciam a necessidade de correcção das intoleráveis assimetrias de rendimento existentes entre os Portugueses,

Leia mais

1. TEORIA GERAL DOS CONTRATOS INTRODUÇÃO. CONCEITOS INICIAIS 1.1 Conceito de contrato. Conceito clássico e conceito contemporâneo 1.

1. TEORIA GERAL DOS CONTRATOS INTRODUÇÃO. CONCEITOS INICIAIS 1.1 Conceito de contrato. Conceito clássico e conceito contemporâneo 1. 1. TEORIA GERAL DOS CONTRATOS INTRODUÇÃO. CONCEITOS INICIAIS 1.1 Conceito de contrato. Conceito clássico e conceito contemporâneo 1.2 A suposta Crise dos Contratos 1.3 A tese do diálogo das fontes. Diálogos

Leia mais

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES Direito Civil Professor Grevi Bôa Morte Júnior Obrigações DIREITO DAS OBRIGAÇÕES CONCEITO DE OBRIGAÇÃO Assinala Washington de Barros Monteiro que obrigação é a relação jurídica, de caráter transitório,

Leia mais

Ofício-Circulado 60009, de 21/05/1999 - Direcção de Serviços de Justiça Tributária

Ofício-Circulado 60009, de 21/05/1999 - Direcção de Serviços de Justiça Tributária Ofício-Circulado 60009, de 21/05/1999 - Direcção de Serviços de Justiça Tributária PLANOS PRESTACIONAIS - DEC-LEI Nº 124/96 REDUÇÃO DA TAXA DE JUROS DE MORA VINCENDOS CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS - DEC-LEI

Leia mais

Programa da disciplina de Direito Comercial II

Programa da disciplina de Direito Comercial II Universidade de Macau Faculdade de Direito Ano lectivo 2010/2011 Programa da disciplina de Direito Comercial II Regente: Mestre Augusto Teixeira Garcia Plano de Curso da Disciplina Direito Comercial II

Leia mais

Fontes das Obrigações: Contratos Especiais, Atos Unilaterais, Responsabilidade Civil e outras Fontes (DCV0311)

Fontes das Obrigações: Contratos Especiais, Atos Unilaterais, Responsabilidade Civil e outras Fontes (DCV0311) Fontes das Obrigações: Contratos Especiais, Atos Unilaterais, Responsabilidade Civil e outras Fontes (DCV0311) Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Departamento de Direito Civil Professor

Leia mais

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL I TURMA B

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL I TURMA B Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2015/2016 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL I TURMA B Coordenação e regência: Profª Doutora Rosário Palma Ramalho Colaboradores: Prof. Doutor Pedro Leitão Pais

Leia mais

ARBITRAGEM VOLUNTÁRIA

ARBITRAGEM VOLUNTÁRIA (Até às alterações do Decreto Lei n.º 38/2003, de 08 de Março) ARBITRAGEM VOLUNTÁRIA CAPÍTULO I Artigo 1.º Convenção de arbitragem 1 - Desde que por lei especial não esteja submetido exclusivamente a tribunal

Leia mais

SUMÁRIOS DESENVOLVIDOS CONTRATOS CIVIS E COMERCIAIS Ano letivo de 2011/2012 Doutor Alexandre Mota Pinto (Com a colab. da Dra. Joana Torres Ereio)

SUMÁRIOS DESENVOLVIDOS CONTRATOS CIVIS E COMERCIAIS Ano letivo de 2011/2012 Doutor Alexandre Mota Pinto (Com a colab. da Dra. Joana Torres Ereio) I. ASSOCIAÇÃO EM PARTICIPAÇÃO 24/02/2012 Bibliografia recomendada: RAÚL VENTURA, Associação em Participação (Anteprojecto), in Boletim do Ministério da Justiça, n.º 189, págs. 15-136 e n.º 190, 1969, págs.

Leia mais

LEI DE COMBATE À CORRUPÇÃO. Lei n.º 06/2004 de 17 de Junho

LEI DE COMBATE À CORRUPÇÃO. Lei n.º 06/2004 de 17 de Junho LEI DE COMBATE À CORRUPÇÃO Lei n.º 06/2004 de 17 de Junho Lei nº 06/2004 de 17 de Junho Havendo necessidade de introduzir mecanismos complementares de combate à corrupção, nos termos do n.º 1 do artigo

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

Derrogação do sigilo bancário em matéria fiscal. Samuel Fernandes de Almeida

Derrogação do sigilo bancário em matéria fiscal. Samuel Fernandes de Almeida Derrogação do sigilo bancário em matéria fiscal Samuel Fernandes de Almeida Introdução O problema político da humanidade écombinar três coisas: eficiência económica, justiça social e liberdade individual

Leia mais

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial ÁREA FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO JUDICIAL/EXTRAJUDICIAL Descrição da Descrição (apenas Ação Civil Pública 65 e Alienação Judicial de Bens 52 Alienação Judicial

Leia mais

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade...

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... Sumário Título I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL Capítulo I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... 35 Capítulo II APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL

Leia mais

OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior

OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior OAB 1ª Fase Direito Civil Contratos em Espécie Duarte Júnior 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CONTRATOS EM ESPÉCIE COMPRA E VENDA Arts. 481 a 532 NECESSIDADE

Leia mais

ORDEM PROFISSIONAL DE AUDITORES E CONTABILISTAS CERTIFICADOS EXAME PARA CONTABILISTA CERTIFICADO 29/10/2014 DIREITO CIVIL

ORDEM PROFISSIONAL DE AUDITORES E CONTABILISTAS CERTIFICADOS EXAME PARA CONTABILISTA CERTIFICADO 29/10/2014 DIREITO CIVIL ORDEM PROFISSIONAL DE AUDITORES E CONTABILISTAS CERTIFICADOS EXAME PARA CONTABILISTA CERTIFICADO 29/10/2014 DIREITO CIVIL NOME: Doc. Identificação: Classificação: I Escolha a resposta correcta entre as

Leia mais

Regulamento do Fundo de Responsabilidade Social do Hospital Vila Franca de Xira

Regulamento do Fundo de Responsabilidade Social do Hospital Vila Franca de Xira Regulamento do Fundo de Responsabilidade Social do Hospital Vila Franca de Xira 1 de 9 Regulamento do Fundo de Responsabilidade Social do Hospital Vila Franca de Xira PREÂMBULO O Hospital Vila Franca de

Leia mais

DIREITO DAS ORGANIZAÇÕES

DIREITO DAS ORGANIZAÇÕES GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Cursos Profissionais Ano Letivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL DIREITO DAS ORGANIZAÇÕES (2º ano de formação) Página 1 de 5 Competências Gerais Utilizar correctamente a terminologia

Leia mais

ÍNDICE. CAPÍTULO III CLASSIFICAÇÃO DAS OBRIGAÇÕES O conceito obrigação Classificação das obrigações 24

ÍNDICE. CAPÍTULO III CLASSIFICAÇÃO DAS OBRIGAÇÕES O conceito obrigação Classificação das obrigações 24 CAPÍTULO I A RELAÇÃO OBRIGACIONAL 5 1. Noção de relação obrigacional 5 2. Conteúdo da relação obrigacional 5 2.1. Direito subjetivo v. dever jurídico 5 2.1.1. Deveres principais de prestação 6 2.1.2. Deveres

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

Novas perspectivas sobre a insolvência

Novas perspectivas sobre a insolvência Novas perspectivas sobre a insolvência Maio de 2006 Miguel Pinto Cardoso António Andrade de Matos Tópicos O objectivo desta apresentação é abordar os riscos e oportunidades que resultam da insolvência

Leia mais

DIREITO PENAL DO TRABALHO

DIREITO PENAL DO TRABALHO DIREITO PENAL DO TRABALHO ÍNDICE Prefácio à 1º Edição Nota à 4º Edição Nota à 3º Edição Nota à 2º Edição 1. CONCEITOS PENAIS APLICÁVEIS AO DIREITO DO TRABALHO 1.1. DoIo 1.1.1. Conceito de dolo 1.1.2. Teorias

Leia mais

Processo de arbitragem. Sentença

Processo de arbitragem. Sentença Processo de arbitragem Demandante: A Demandada: B Árbitro único: Jorge Morais Carvalho Sentença I Processo 1. O processo correu os seus termos em conformidade com o Regulamento do Centro Nacional de Informação

Leia mais

O novo regime de protecção de clientes bancários particulares

O novo regime de protecção de clientes bancários particulares A parte da imagem com o ID de relação rid4 não foi encontrada no ficheiro. O novo regime de protecção de clientes bancários particulares Cristina Catarino Enquadramento legal Decreto-Lei 227/2012, de 25

Leia mais

O NOVO REGIME JURÍDICO DA ATIVIDADE DA CONSTRUÇÃO Ivone Nobre 29 de setembro de 2015 ORDEM DOS ADVOGADOS

O NOVO REGIME JURÍDICO DA ATIVIDADE DA CONSTRUÇÃO Ivone Nobre 29 de setembro de 2015 ORDEM DOS ADVOGADOS O NOVO REGIME JURÍDICO DA ATIVIDADE DA CONSTRUÇÃO Ivone Nobre 29 de setembro de 2015 ORDEM DOS ADVOGADOS Índice I Qual a extensão da nova lei (em número de artigos), face à anterior? II Quem pode ser titular

Leia mais

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com Prime Soluções Empresariais SEDE: Rua de Entrecampos, 28, 1749-076 Lisboa Nº de Pessoa Colectiva 502 M 757 - N' de Matricula 08537 C.R.C.L Capital Social de EUR.; 30 000 000. I/ -I- CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO DE VENDA E INSTALAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DE PROENÇA-A-NOVA

PROJETO DE REGULAMENTO DE VENDA E INSTALAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DE PROENÇA-A-NOVA PROJETO DE REGULAMENTO DE VENDA E INSTALAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DE PROENÇA-A-NOVA PREÂMBULO Considerando que ao Município de Proença-a-Nova é sócio único da empresa municipal Pepa Parque Empresarial

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Processo Penal I PLANO DE ENSINO Código

Leia mais

Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência Decreto-lei nº 7.661, de 21 de junho de 1945 Lei de Falências revogado. Lei nº 11.101, de 09 de fevereiro de

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

CURSO DE INSOLVÊNCIA. Efeitos da declaração de insolvência

CURSO DE INSOLVÊNCIA. Efeitos da declaração de insolvência CURSO DE INSOLVÊNCIA EFEITOS DA DECLARAÇÃO DE INSOLVÊNCIA: Efeitos da declaração de insolvência Considerações gerais: - Na sua maioria são decalcados do C.P.E.R.E.F; - Introdução de alterações no C.I.R.E.

Leia mais

BREVE HISTÓRICO 1. PÚBLICO ALVO 2. METODOLOGIA 3. DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO

BREVE HISTÓRICO 1. PÚBLICO ALVO 2. METODOLOGIA 3. DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU PROJETO PEDAGÓGICO DIREITO IMOBILIÁRIO BREVE HISTÓRICO A Universidade Candido Mendes UCAM, criada e mantida pela Sociedade Brasileira de Instrução SBI, fundada em 1902, tem por

Leia mais

PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO

PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO 12ª Classe 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Área de Ciências Económico-Jurídicas Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Introdução ao Direito - 12ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO:

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS Nome: Raúl Manuel Araújo Portugal de Guichard Alves Nacionalidade: Portuguesa Data de nascimento: 4 de Setembro de 1961 (Sé, Porto) Filiação: Noémia Augusta de Araújo Alves

Leia mais

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES DOCOMENTAÇÃO PARA AS AULAS TEÓRICAS E PRÁTICAS

DIREITO DAS OBRIGAÇÕES DOCOMENTAÇÃO PARA AS AULAS TEÓRICAS E PRÁTICAS DIREITO DAS OBRIGAÇÕES DOCOMENTAÇÃO PARA AS AULAS TEÓRICAS E PRÁTICAS Ano Lectivo de 2010/2011 1 2 Sumário 1. Plano de Curso de Direito das Obrigações 2. Casos Práticos 2.1. Frequências e exames finais

Leia mais

( Até às alterações do Decreto-Lei n.º 20/2008, de 31 de Janeiro) REGISTO AUTOMÓVEL

( Até às alterações do Decreto-Lei n.º 20/2008, de 31 de Janeiro) REGISTO AUTOMÓVEL ( Até às alterações do Decreto-Lei n.º 20/2008, de 31 de Janeiro) REGISTO AUTOMÓVEL Artigo 1.º 1 - O registo de veículos tem essencialmente por fim dar publicidade à situação jurídica dos veículos a motor

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO E FISCAL ANO LECTIVO 2005/2006 PROGRAMA

DIREITO FINANCEIRO E FISCAL ANO LECTIVO 2005/2006 PROGRAMA DIREITO FINANCEIRO E FISCAL ANO LECTIVO 2005/2006 PROGRAMA Introdução I. Aspectos gerais 1. As Finanças Públicas. Questões de ordem geral 2. Fixação de terminologia (Direito Financeiro, Economia Pública,

Leia mais

O NOVO CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL

O NOVO CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL Nº 52 Setembro de 2013 Direcção: Pedro Costa Azevedo Colaboração: Rui Ferreira d Apresentação Sara Félix No início deste mês, entrou em vigor o novo Código do Processo Civil, diploma estrutural da vida

Leia mais

REGIME EXTRAORDINÁRIO DE PROTECÇÃO DE DEVEDORES DE CRÉDITO À HABITAÇÃO EM SITUAÇÃO ECONÓMICA MUITO DIFÍCIL

REGIME EXTRAORDINÁRIO DE PROTECÇÃO DE DEVEDORES DE CRÉDITO À HABITAÇÃO EM SITUAÇÃO ECONÓMICA MUITO DIFÍCIL NOTA INFORMATIVA REGIME EXTRAORDINÁRIO DE PROTECÇÃO DE DEVEDORES DE CRÉDITO À HABITAÇÃO EM SITUAÇÃO ECONÓMICA MUITO DIFÍCIL Fruto da forte pressão social que se foi fazendo junto do Governo e de várias

Leia mais

Índice. 5. A escola moderna alemã 64 6. Outras escolas penais 65

Índice. 5. A escola moderna alemã 64 6. Outras escolas penais 65 Índice Prefácio à 2ª edição Marco Aurélio Costa de Oliveira 7 Apresentação à 2ª edição Marco Antonio Marques da Silva 9 Prefácio à 1ª edição Nelson Jobim 11 Apresentação à 1ª edição Oswaldo Lia Pires 13

Leia mais

ESTRUTURA DO CURSO PREPARATÓRIO PARA PROCESSO SELETIVO

ESTRUTURA DO CURSO PREPARATÓRIO PARA PROCESSO SELETIVO ESTRUTURA DO CURSO PREPARATÓRIO PARA PROCESSO SELETIVO As Aulas serão no Edf. Metrópole, Auditório do Terraço, R. Dr. José Peroba, no Costa Azul. 18/10 18hs às 22hs (total 4hs) PROFESSOR: JOSINALDO LEAL

Leia mais

Município do Funchal

Município do Funchal Concurso público para a aquisição de 1485 sinais de trânsito retroreflectorizados e 40 cones como dispositivos complementares para o Município do Funchal. CADERNO DE ENCARGOS - 1 - CADERNO DE ENCARGOS

Leia mais

Licenciatura 2014-2015

Licenciatura 2014-2015 Licenciatura 2014-2015 DIREITO FISCAL PROFS. DOUTORES ANA PAULA DOURADO PAULA ROSADO PEREIRA GUSTAVO LOPES COURINHA MESTRE NUNO GARCIA Programa 1. Enquadramento geral Objecto da disciplina de Direito Fiscal.

Leia mais