POR QUE EMBARCAR COM A LOG-IN? Soluções logísticas que integram Brasil e MERCOSUL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POR QUE EMBARCAR COM A LOG-IN? Soluções logísticas que integram Brasil e MERCOSUL"

Transcrição

1 POR QUE EMBARCAR COM A LOG-IN? Soluções logísticas que integram Brasil e MERCOSUL

2 SOBRE LOG-IN BENEFÍCIOS MONITORAMENTO 24HS DAS CARGAS Monitoramento de risco e informação de todas as viagens; INTERMODALIDADE COM SERVIÇOS PORTA A PORTA Integração dos serviços de transporte marítimo, rodoviário, armazenagem e terminais ÚNICO OPERADOR DE CABOTAGEM COM PROJETOS EM CONSTRUÇÃO NO BRASIL Somos uma empresa de capital aberto com transparência e musculatura para grandes movimentações de carga GESTÃO DO RELACIONAMENTO DO CLIENTE Área interna focada no atendimento ao cliente

3 SOBRE LOG-IN QUEM SOMOS? Quem Somos Números 96% 96% DE REDUÇÃO EM EMISSÕES DE CO 2 EM RELAÇÃO AO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE (MATRIZ MAIS SUSTENTÁVEL) MAIS DE CLIENTES NO MERCOSUL 15 EMBARQUES REGULARES SEMANAIS EM MAIS DE 15 PORTOS NO BRASIL E MERCOSUL 17% CRESCIMENTO DE 17% EM VOLUME AO ANO DE 2008 À 2012 (CAGR) + DE 1,5 MILHÃO 1,5 MILHÃO DE COLETAS E ENTREGAS EM 4 ANOS Fonte: Números Internos

4 TÓPICOS ABORDADOS FOCO NO CLIENTE SERVIÇOS INVESTIMENTOS SOBRE CABOTAGEM CASES

5 FOCO NO CLIENTE Quem Somos Soluções Logísticas A Log-In é pioneira em oferecer o serviço de Planejamento Logístico. Estudamos, redesenhamos e gerenciamos toda operação de movimentação de cargas. Cuidamos da logística da sua empresa para que você possa focar em resultados. Soluções porta-a-porta com serviços de: TRANSPORTE MARÍTIMO (CABOTAGEM) TRANSPORTE RODOVIÁRIO TERMINAIS INTERMODAIS / PORTUÁRIO

6 FOCO NO CLIENTE Oferta Única de Serviços Integrados Navegação Costeira Terminal Portuário (TVV) Transporte Rodoviário Terminal de Camaçari - TERCAM Planejamento Logístico Terminal de SÃO FRANCISCO - SC O portfólio de serviços oferecidos pela Log-In é abrangente e nos permite capturar oportunidades de negócios em diversos segmentos.

7 FOCO NO CLIENTE Central GRI São Paulo A Central de Gerenciamento de Riscos e Informações tem funcionamento 24hs, é homologada nas Principais Seguradoras do Mercado.

8 FOCO NO CLIENTE Funcionamento da Central 24 horas PREPARAÇÃO E MONITORAMENTO DAS VIAGENS Preparação da viagem Roteirização, regras de PGR dos clientes; Monitoramento de risco e informação de todas as viagens; Visibilidade do veículo em todas as etapas do transporte: Porto, Transit Time, Cliente e descarga em tempo real; Gerar alertas e relatórios de não-conformidades em caso de desvios. GESTÃO DA OPERAÇÃO DE TRANSPORTE Aplicar procedimento corretivo para cada evento: - Acionar motorista e/ou transportadora - Acionar a área de relacionamento com o cliente - Comunicar coordenadores e gerentes Indicadores de desempenho em tempo real; - Cliente, Transportadores, Portos, Depots. Coordenar reuniões periódicas para planejar e implantar planos de melhoria (embarcador + transportador + cliente).

9 FOCO NO CLIENTE Segurança Empresarial A Log-In Logística Intermodal conta com uma estrutura corporativa de Segurança Empresarial formada por Especialistas com visão integrada na Gestão de Riscos, atuando em todas as áreas por Macro-Processos. INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL Combate a Fraudes Corporativas Movimentos de Dinâmica Social Relacionamentos Institucional PREVENÇÃO DE PERDAS Análise de Risco Gerenciamento de Risco Diagnóstico Logístico de Segurança SEGURANÇA OPERACIONAL Vigilância Ativa Atendimento a Ocorrências Banco de Dados e Georeferenciamento TECNOLOGIA EM SEGURANÇA CIO Centro de Intlg. Operacional Sistema de Imagens Sistema de Acesso ESTREITO CONTATO COM A SEGURANÇA PÚBLICA

10 FOCO NO CLIENTE GRC Gestão de Relacionamento com Clientes

11 ALGUNS CLIENTES ALIMENTOS E BEBIDAS ELETRO- ELETRÔNICOS CONSTRUÇÃO METALURGIA HIGIENE E LIMPEZA AUTOMOTIVO E 2 RODAS PAPEL, MADEIRA E CELULOSE QUÍMICOS E PETROQUÍMICOS

12 TÓPICOS ABORDADOS FOCO NO CLIENTE SERVIÇOS INVESTIMENTOS SOBRE CABOTAGEM CASES

13 SERVIÇOS Serviços de Cabotagem, Feeder e MERCOSUL SERVIÇO AMAZONAS

14 SERVIÇOS Serviços de Cabotagem, Feeder e MERCOSUL SERVIÇO ATLÂNTICO SUL Melhor Transit Time para a Argentina

15 SERVIÇOS Serviços de Cabotagem, Feeder e MERCOSUL SERVIÇO COSTA NORTE Frequência do serviço QUINZENAL Log-In é a única empresa de navegação a oferecer serviço de cabotagem no PARÁ E MARANHÃO

16 SERVIÇOS Serviços de Cabotagem, Feeder e MERCOSUL SERVIÇO AMAZONAS SERVIÇO ATLÂNTICO SUL Melhor Transit Time para a Argentina SERVIÇO COSTA NORTE

17 SERVIÇOS Serviços de Cabotagem, Feeder e MERCOSUL A Log-In oferece extensa malha logística cobrindo as regiões mais importantes do Brasil e da Argentina, que representam cerca de 80% do PIB nacional

18 SERVIÇOS Terminal Portuário Especializado na movimentação de contêineres e carga geral, localizado no Espírito Santo o Terminal de Vila Velha é uma excelente alternativa para operações de Importação e exportação de cargas, dispondo de uma vasta oferta de armadores e rotas para os principais portos nacionais e internacionais. SERVIÇOS OFERECIDOS Operação portuária e retroportuária; Serviços acessórios de armazenagem de cargas; Armazenagem de produtos alimentícios e saúde não refrigerados (aparelhos de diagnóstico e produtos odontológicos).

19 SERVIÇOS Terminais Intermodais TERCAM Localizado na Bahia no Pólo Logístico de Camaçari, o TERCAM opera como armazém geral para bens de consumo, siderúrgico, veículos e matérias-primas em geral. SERVIÇOS OFERECIDOS Armazém para bens de consumo e produtos químicos; Base de distribuição de cargas da região nordeste; Separação de carga, reexpedição, cross docking e transit point; Pátio para movimentação e armazenagem de contêineres.

20 SERVIÇOS Terminais Intermodais TERMINAL SÃO FRANCISCO DO SUL Localizado A 7KM do Porto de São Francisco do Sul, o terminal é uma excelente opção para empresas que necessitem realizar operações de armazenagem e cross docking próximo ao porto e da principalvia de acesso à região norte e sul do estado de Santa Catarina. SERVIÇOS OFERECIDOS Separação de Carga, reexpedição, crossdocking e transit point Pátio para movimentação e armazenagem de contêineres Integração aos modais rodoviários, maríimo e feroviário

21 TÓPICOS ABORDADOS FOCO NO CLIENTE SERVIÇOS INVESTIMENTOS SOBRE CABOTAGEM CASES

22 INVESTIMENTOS Investimentos A LOG-IN ESTÁ INVESTINDO R$ 1,4BILHÃO NA EXPANSÃO DA CAPACIDADE DE SUA MALHA INTERMODAL.

23 TÓPICOS ABORDADOS FOCO NO CLIENTE SERVIÇOS INVESTIMENTOS SOBRE CABOTAGEM CASES

24 SOBRE CABOTAGEM POR QUE? O BRASIL TEM MAIS DE KM DE COSTA NAVEGÁVEL Incluindo o Rio Amazonas são Km (Eficiência Geoeconômica). MEIO DE TRANSPORTE DE CARGA QUE MENOS INTERFERE NO MEIO AMBIENTE (EFICIÊNCIA AMBIENTAL) Redução da emissão de CO 2 e Nox na atmosfera; Uso de vias naturais, baixo impacto ambiental em sua implantação. BAIXO CONSUMO DE COMBUSTÍVEL POR TONELADA ÚTIL TRANSPORTADA COMPARADO COM OUTROS MODAIS (EFICIÊNCIA ENERGÉTICA) CONTRIBUI PARA UM CRESCIMENTO ECONÔMICO MAIS EFICIENTE E RACIONAL (EFICIÊNCIA SOCIAL) Redução do número de caminhões nas estradas; Redução no número de acidentes, morte e custos relacionados. MENOR ÍNDICE DE AVARIAS

25 SOBRE CABOTAGEM EFICIÊNCIA AMBIENTAL Excluindo-se o desmatamento da Amazônia e outros biomas, o setor de transportes é o principal responsável por emissões de CO 2 no Brasil: Baixo impacto ambiental em sua implantação promovido pelo uso natural das vias navegáveis

26 SOBRE CABOTAGEM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA O transporte por Cabotagem chega a consumir vezes menos combustível para mover 8 a mesma quantidade de carga Além do uso mais eficiente do combustível, o transporte por Cabotagem apresenta: Baixo índice de sinistralidade ( roubo de carga); Consumo de Combustível (Litros por Tku) Racionalidade na aplicação dos recursos públicos ( manutenção de estradas e custos como acidentes de trânsito).

27 SOBRE CABOTAGEM QUANDO? HOJE! O transporte de contêineres na cabotagem brasileira tem crescido de forma sustentável nos últimos 10 anos.

28 TÓPICOS ABORDADOS FOCO NO CLIENTE SERVIÇOS INVESTIMENTOS SOBRE CABOTAGEM CASES

29 CASE MONSANTO KNOW HOW LOG-IN Operação Monsato Na operação existente, fazemos a ponta rodoviária com estoque regulador de vazios e cheios em nosso terminal de Camaçari.

30 CASE MONSANTO KNOW HOW LOG-IN DESENHO DO PROJETO Gestão operacional D2D, focando em: Equipamentos adequados; Envase na origem; Gestão dos estoques (na origem, em trânsito e no destino; Abastecimento na planta no destino; Informações constantes e confiáveis dos status operacionais.

31 OBRIGADO

A NAVEGAÇÃO DE CABOTAGEM COMO SOLUÇÃO DE LOGÍSTICA COSTEIRA PARA O BRASIL Thiago Gonçalves Maio de 2014

A NAVEGAÇÃO DE CABOTAGEM COMO SOLUÇÃO DE LOGÍSTICA COSTEIRA PARA O BRASIL Thiago Gonçalves Maio de 2014 A NAVEGAÇÃO DE CABOTAGEM COMO SOLUÇÃO DE LOGÍSTICA COSTEIRA PARA O BRASIL Thiago Gonçalves Maio de 2014 SOBRE LOG-IN QUEM SOMOS? Quem Somos Números 96% 96% DE REDUÇÃO EM EMISSÕES DE CO 2 EM RELAÇÃO AO

Leia mais

O Desenvolvimento do Transporte de Contêineres na Cabotagem Brasileira

O Desenvolvimento do Transporte de Contêineres na Cabotagem Brasileira O Desenvolvimento do Transporte de Contêineres na Cabotagem Brasileira Mauro Dias Diretor-Presidente 1 Seminário Cabotagem Brasileira Agosto 2009 Mercado de Cabotagem de Contêineres O mercado de contêineres

Leia mais

LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL

LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL Seminário: Terminais, Ferrovias e Contêineres Maio/2009 A Empresa Nossa Atuação Logística de Minério de Ferro Transporte, manuseio e armazenagem de minério de ferro e pelotas

Leia mais

Logística Intermodal de. Luis Fernando Martinez Gerente Geral de Terminais Intermodais

Logística Intermodal de. Luis Fernando Martinez Gerente Geral de Terminais Intermodais Logística Intermodal de Container Luis Fernando Martinez Gerente Geral de Terminais Intermodais A Empresa Nossa História 1962 1998 1999 2001 2002 A Companhia Vale do Rio Doce funda a Docenave Overseas,

Leia mais

APIMEC SP. Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores. 8 de Agosto de 2007

APIMEC SP. Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores. 8 de Agosto de 2007 APIMEC SP Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores 8 de Agosto de 2007 1 Agenda A Log-In Logística Intermodal A Indústria Performance Estratégia 2 A Log-In Logística Intermodal 3 Único

Leia mais

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Câmara de Comércio Brasil-Argentina Julho de 2015 Guilherme Alvisi Gerente Geral de Negócios Carga Geral GUILHERME ALVISI Gerente Geral

Leia mais

Desafio Logístico 2013

Desafio Logístico 2013 1 Desafio Logístico 2013 Índice Introdução 3 A situação O desafio 5 5 Regras gerais 6 2 Introdução O desenvolvimento econômico do Brasil enfrenta inúmeros desafios sendo que um dos mais complexos está

Leia mais

Navegação de Cabotagem no Brasil. João Guilherme Araujo. Novembro/2013

Navegação de Cabotagem no Brasil. João Guilherme Araujo. Novembro/2013 Navegação de Cabotagem no Brasil João Guilherme Araujo Novembro/2013 Agenda Porque falar de Cabotagem? Cabotagem no Brasil Pontos Favoráveis e Desfavoráveis Números da Cabotagem no Brasil Cabotagem de

Leia mais

Apresentação. Signa Consultoria e Sistemas

Apresentação. Signa Consultoria e Sistemas Apresentação Signa Consultoria e Sistemas Perfil Fundada em 1995, a Signa é uma empresa especializada em soluções de sistemas para a gestão de transportes e logística (TMS) Nosso quadro de colaboradores

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte 2ª Edição Revisada e Ampliada em 2014 Apresentação O Panorama ILOS Transporte Rodoviário

Leia mais

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 1 Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 2 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL 3 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL POUCAS SEGURADORAS OPERANDO POUCOS CORRETORES ESPECIALIZADOS SINISTRALIDADE

Leia mais

Seminário de Portos e Vias Navegáveis: Um olhar sobre a infraestrutura Brasília, 22 de setembro de 2011

Seminário de Portos e Vias Navegáveis: Um olhar sobre a infraestrutura Brasília, 22 de setembro de 2011 PAINEL Navegação Marítima de Cabotagem A experiência do armador nacional como investidor em navios no Brasil Seminário de Portos e Vias Navegáveis: Um olhar sobre a infraestrutura Brasília, 22 de setembro

Leia mais

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral Vale no Maranhão AGENDA A Vale O Maior Projeto de Logística da America Latina - Exportação de Minério - Logística da Vale de Carga Geral A Vale no Mundo A Vale tem operações mineradoras, laboratórios de

Leia mais

ASPECTOS DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL SOB A ÓTICA DA LOGÍSTICA. J. G. VANTINE Campinas, 10 de Novembro de 2010

ASPECTOS DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL SOB A ÓTICA DA LOGÍSTICA. J. G. VANTINE Campinas, 10 de Novembro de 2010 ASPECTOS DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL SOB A ÓTICA DA LOGÍSTICA J. G. VANTINE Campinas, 10 de Novembro de 2010 1 GASES DE EFEITO ESTUFA Fonte: Cetesb / Fiesp 2 GEE POR SETOR Fonte: Cetesb / Fiesp 3 EMISSÕES

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes Política de sustentabilidade da Rodorei Transportes A Rodorei Transportes adota, há dez anos, uma política agressiva de

Leia mais

Lei nº 12.619 Regulamentação da Profissão Motorista Case: Estrada Transportes

Lei nº 12.619 Regulamentação da Profissão Motorista Case: Estrada Transportes Lei nº 12.619 Regulamentação da Profissão Motorista Case: Estrada Transportes Agenda de hoje! Estrutura da Organização; Escopo de atuação; As etapas para implantação da lei - Case; As próximas etapas;

Leia mais

PESQUISA CNT DA NAVEGAÇÃO INTERIOR 2013

PESQUISA CNT DA NAVEGAÇÃO INTERIOR 2013 PESQUISA CNT DA NAVEGAÇÃO INTERIOR 2013 Considerando o potencial de expansão do transporte hidroviário, a sua importância para o desenvolvimento econômico, social e ambiental do Brasil e a necessidade

Leia mais

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm ESTUDO DA CNT APONTA QUE INFRAESTRUTURA RUIM AUMENTA CUSTO DO TRANSPORTE DE SOJA E MILHO As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm impacto significativo na movimentação

Leia mais

Câmara Temática de Infraestrutura e Logística CTLOG 10 de junho de 2015 Brasília - DF

Câmara Temática de Infraestrutura e Logística CTLOG 10 de junho de 2015 Brasília - DF Câmara Temática de Infraestrutura e Logística CTLOG 10 de junho de 2015 Brasília - DF André Mello Vice Presidente Executivo da ABAC Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem Junho/2015 Agenda Apresentação

Leia mais

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva Unidade IV GERENCIAMENTO DE TRANSPORTE Prof. Altair da Silva Transporte em area urbana Perceba o volume de caminhões que circulam nas áreas urbanas em nosso país. Quais são os resultados para as empresas

Leia mais

.2.3 HISTÓRICO... 05. MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLíTICA DE QUALIDADE... 06 OPERAÇÃO PORTUÁRIA... 08 ATIVIDADES... 08 QUALIDADE...

.2.3 HISTÓRICO... 05. MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLíTICA DE QUALIDADE... 06 OPERAÇÃO PORTUÁRIA... 08 ATIVIDADES... 08 QUALIDADE... HISTÓRICO... 05 MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLíTICA DE QUALIDADE... 06 OPERAÇÃO PORTUÁRIA... 08 ATIVIDADES... 08 QUALIDADE... 10 EVOLUIR SEMPRE... 12 ALTA TECNOLOGIA PARA GRANDES RESULTADOS... 15 EQUIPAMENTOS...

Leia mais

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 1 Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 2 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL 3 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL POUCAS SEGURADORAS OPERANDO POUCOS CORRETORES ESPECIALIZADOS SINISTRALIDADE

Leia mais

Stephan Gruener Diretor BMS Logística São Paulo. Fazendo um Brasil Multimodal Logística Outbound com utilização da Cabotagem

Stephan Gruener Diretor BMS Logística São Paulo. Fazendo um Brasil Multimodal Logística Outbound com utilização da Cabotagem Stephan Gruener Diretor BMS Logística São Paulo Fazendo um Brasil Multimodal Logística Outbound com utilização da Cabotagem São Paulo, 04.11.2014 Sumário I. Case Overview II. III. IV. Riscos e Oportunidades

Leia mais

A navegação de cabotagem no Brasil

A navegação de cabotagem no Brasil A navegação de cabotagem no Brasil Um imenso potencial com grandes desafios e barreiras João Guilherme Araujo Diretor de Desenvolvimento de Negócios ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain Ultimamente

Leia mais

SISTEMAS DE TRANSPORTES

SISTEMAS DE TRANSPORTES ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS, PRODUÇÃO E LOGÍSTICA SISTEMAS DE TRANSPORTES TRANSPORTES Transportes, para a maioria das firmas, é a atividade logística mais importante, simplesmente porque ela absorve, em

Leia mais

Grupo CARGO. Um jeito inteligente de fazer logística.

Grupo CARGO. Um jeito inteligente de fazer logística. Grupo CARGO Um jeito inteligente de fazer logística. Empresas do Grupo Cargo Iniciou suas atividades em 1.980 em Córdoba Argentina, prestando serviço no segmento de Transporte Nacional e Internacional.

Leia mais

A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira

A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira CARLOS JR. GERENTE DE PLANEJAMENTO INTEGRADO Jun/2013 Jorge Carlos Dória Jr. Votorantim Siderurgia Votorantim Siderurgia O Grupo Votorantim

Leia mais

Bruno Batista Diretor Executivo da CNT Brasília, Abril de 2009

Bruno Batista Diretor Executivo da CNT Brasília, Abril de 2009 Gargalos no Sistema de Transporte de Cargas no Brasil Bruno Batista Diretor Executivo da CNT Brasília, Abril de 2009 Panorama do Transporte Composição da Matriz de Transportes comparação outros países

Leia mais

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Módulo I Conhecimentos Básicos do Setor de Transporte de Cargas O Transporte Rodoviário

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 1 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 2 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL 3 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL POUCAS SEGURADORAS OPERANDO POUCOS CORRETORES ESPECIALIZADOS SINISTRALIDADE ALTA TAXAS CADA

Leia mais

O PAPEL DO OPERADOR LOGÍSTICO O PROCESSO DE AGREGAR VALOR AO CLIE TE ESTUDO DE CASO DA FASSI A

O PAPEL DO OPERADOR LOGÍSTICO O PROCESSO DE AGREGAR VALOR AO CLIE TE ESTUDO DE CASO DA FASSI A O PAPEL DO OPERADOR LOGÍSTICO O PROCESSO DE AGREGAR VALOR AO CLIE TE ESTUDO DE CASO DA FASSI A Thames Richard Silva Dissertação de Mestrado em Gestão de Negócios, Programa de Pós-Graduação em Gestão de

Leia mais

A GAMA TECNOLOGIA E SEGURANÇA PATRIMONIAL

A GAMA TECNOLOGIA E SEGURANÇA PATRIMONIAL A GAMA TECNOLOGIA E SEGURANÇA PATRIMONIAL, entendendo a necessidade do mercado em serviços relacionados a segurança e proteção do patrimônio, reúne as melhores tecnologias em soluções de segurança e geolocalização.

Leia mais

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a Conhecer a evolução do Transporte no mundo, relacionando as características econômicas, sociais e culturais. Compreender a função social do transporte e o papel da circulação de bens e pessoas. Conhecer

Leia mais

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos José Newton Barbosa Gama Assessor Especial Dezembro de 2011 SUMÁRIO Problemática

Leia mais

Projeto Autocenter. PÚBLICO ALVO Concessionárias de veículos da Grande Vitória associadas ao SINCODIVES.

Projeto Autocenter. PÚBLICO ALVO Concessionárias de veículos da Grande Vitória associadas ao SINCODIVES. Projeto Autocenter PÚBLICO ALVO Concessionárias de veículos da Grande Vitória associadas ao SINCODIVES. 2 2 3 QUEM SOMOS Fundada em 1974 com propósito de atuar no segmento de transporte rodoviário de cargas.

Leia mais

PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO

PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO AGENDA PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO O PROGRAMA PROGRAMA PARA DESENVOLVIMENTO DA CABOTAGEMNO BRASIL, COM A PARTICIPAÇÃO DOS ORGÃOS INTERVENIENTES, ATRAVÉS DE UM GRUPO

Leia mais

Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio

Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio Escoamentodaproduçãoagrícoladaregiãocentro-oeste VantagensComparativasdoTransporteHidroviário EstudodeCaso Agência Nacional de Transportes Aquaviários

Leia mais

Logística Integrada na Prestação de Serviços de Cabotagem De Porto-a-Porto a Porta-a-Porta

Logística Integrada na Prestação de Serviços de Cabotagem De Porto-a-Porto a Porta-a-Porta Logística Integrada na Prestação de Serviços de Cabotagem De Porto-a-Porto a Porta-a-Porta Renata de Oliveira Carvalho. Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Negócios da Universidade

Leia mais

A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA. vem apresentar à sua empresa um programa completo de suporte às operações de logística, que atende aos

A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA. vem apresentar à sua empresa um programa completo de suporte às operações de logística, que atende aos 2012 Apresentação Luiz José de Souza Neto Union Modal Logística Integrada Rua Teixeira de Freitas, 72, cj. 23 Santos / SP - Tel.: 13 30613387 luiz@unionmodal.com.br A UNION MODAL LOGÍSTICA INTEGRADA LTDA.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA OS ESTUDOS DE AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES PORTUÁRIAS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA OS ESTUDOS DE AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES PORTUÁRIAS TERMO DE REFERÊNCIA PARA OS ESTUDOS DE AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES PORTUÁRIAS SUMÁRIO 1 OBJETIVO 2 IDENTIFICAÇÃO 3- CARACTERIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO PORTUÁRIA 4 - PLANO DE TRABALHO 4.1 - CONHECIMENTO

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS Vigência: 15/03/2014 a 14/03/2015 ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS OPERAÇÃO PORTUÁRIA - Tarifas devidas pelo armador, agente de navegação ou requisitante - A. OPERAÇÃO

Leia mais

Fundada em 29 de novembro de 1976, a ABTTC congregava empresas que atuavam no seguimento de transporte rodoviário de contêineres Passados 33 anos, a

Fundada em 29 de novembro de 1976, a ABTTC congregava empresas que atuavam no seguimento de transporte rodoviário de contêineres Passados 33 anos, a Fundada em 29 de novembro de 1976, a ABTTC congregava empresas que atuavam no seguimento de transporte rodoviário de contêineres Passados 33 anos, a ABTTC representa um grupo de empresas e profissionais

Leia mais

O Transporte Aquaviário como Solução Logística e Ambiental

O Transporte Aquaviário como Solução Logística e Ambiental O Transporte Aquaviário como Solução Logística e Ambiental Missão Rússia Seminário Portos Fernando Fialho Diretor-Geral da ANTAQ Data: 14/05/2010 Local: Hotel Ritz-Carlton Uma breve visão do Brasil Fatos

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS c Custos Logísticos no Brasil - 2014 - Apresentação O tema custos é uma preocupação recorrente dos executivos de logística no Brasil. Por isso, de dois em dois anos, o ILOS vai

Leia mais

MTL/SAO 1 MTL/SAO, 16/06/2011 1

MTL/SAO 1 MTL/SAO, 16/06/2011 1 MTL/SAO MTL/SAO, 16/06/2011 11 JBSfoods Faz parte do grupo JBS Foi criada a partir da aquisição da Seara Transportes de Longo Percurso (abastecimento e Venda Direta). 10.000 / mês ou Primária 22 1 Qual

Leia mais

Logística e Infra-estrutura

Logística e Infra-estrutura Siderurgia Mineração Cimento Logística e Infra-estrutura CSN apresenta Plataforma Logística CSN em Itaguaí Plataforma Logística CSN em Itaguaí Um projeto alinhado às necessidades do Brasil Plataforma Logística

Leia mais

Armazenagem, Controle e Distribuição. Aula 6. Contextualização. Modais de Transporte. Instrumentalização. Modais de Transporte

Armazenagem, Controle e Distribuição. Aula 6. Contextualização. Modais de Transporte. Instrumentalização. Modais de Transporte Armazenagem, Controle e Distribuição Aula 6 Contextualização Prof. Walmar Rodrigues da Silva Modais de Transporte Característica Comparações Utilização Instrumentalização Multimodalidade e intermodalidade

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

PIC. Projeto de Incentivo à CABOTAGEM. Projeto de Incentivo à Cabotagem PIC

PIC. Projeto de Incentivo à CABOTAGEM. Projeto de Incentivo à Cabotagem PIC Projeto de Incentivo à Cabotagem PIC PORTO DE PELOTAS - RS 08/JULHO/2010 Projeto de Incentivo à CABOTAGEM LUIZ HAMILTON Coordenador Geral de Gestão da Informação do Departamento de Sistemas de Informações

Leia mais

EFICAZ. Conduzindo Soluções

EFICAZ. Conduzindo Soluções MISSÃO Comprometimento com os objetivos de nossos clientes, oferecer-lhes soluções logísticas inovadoras com a percepção de agilidade, qualidade e segurança. VISÃO Investir em tecnologia e aprimoramento

Leia mais

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4 O Nordeste mais perto de você Divisão Logística CDEX_4 A INTERMARÍTIMA A Intermarítima está em atividade desde 1986. Atua com Operação Portuária (portos de Salvador, Aratu e Ilhéus) e Logística (Importação,

Leia mais

Fábrica de. Imperatriz

Fábrica de. Imperatriz Fábrica de Industrial Por que Maranhão? Logística Florestal Fábrica de Por que Maranhão? COMPETITIVIDADE FLORESTAL Nova Fronteira para produção de celulose PA MA PI TO BA FLORESTAL 25 anos de pesquisa

Leia mais

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014)

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) Quem somos? Uma empresa com foco na geração de valor com serviços em Gestão de Riscos associados à Sustentabilidade.

Leia mais

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Objetivo: Capacitar o participante para gerir as rotinas e operações logísticas em um porto ou terminal portuário voltado para a movimentação interna, importação

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Planejamento no Supply Chain - 2015 - Apresentação As empresas devem garantir que suas cadeias de suprimento estejam preparadas para um mercado em constante modificação. Planejar

Leia mais

TRANQUILIDADE. Logística que supera desafios. Escolha o melhor suporte do Mercosul. Mais que movimentar materiais com agilidade,

TRANQUILIDADE. Logística que supera desafios. Escolha o melhor suporte do Mercosul. Mais que movimentar materiais com agilidade, Logística que supera desafios. Mais que movimentar materiais com agilidade, segurança e eficiência, a Transpes oferece um pacote de soluções completas para vários tipos de operações logísticas. Conte com

Leia mais

A Importância do Porto Brasileiro no Desenvolvimento da Cabotagem. Fabrízio Pierdomenico

A Importância do Porto Brasileiro no Desenvolvimento da Cabotagem. Fabrízio Pierdomenico Secretaria Especial de Portos da Presidência da República A Importância do Porto Brasileiro no Desenvolvimento da Cabotagem C- Fabrízio Pierdomenico Sub-Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Portuário

Leia mais

PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015.

PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015. 1 SOCIEDADE DE PORTOS E HIDROVIAS DO PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015. RESOLUÇÃO Nº 4.093-ANTAQ, DE 07/05/2015. (ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviário) PORTO

Leia mais

Professora Danielle Valente Duarte

Professora Danielle Valente Duarte Professora Danielle Valente Duarte TRANSPORTE significa o movimento do produto de um local a outro, partindo do início da cadeia de suprimentos chegando até o cliente Chopra e Meindl, 2006 O Transporte

Leia mais

MULTIMODALIDADE. Agência Nacional de Transportes Aquaviários SETOR AQUAVIÁRIO EVOLUÇÃO / TENDÊNCIAS

MULTIMODALIDADE. Agência Nacional de Transportes Aquaviários SETOR AQUAVIÁRIO EVOLUÇÃO / TENDÊNCIAS Agência Nacional de Transportes Aquaviários MULTIMODALIDADE EVOLUÇÃO / TENDÊNCIAS SETOR AQUAVIÁRIO SEMINÁRIO: TRANSPORTE / ENERGIA PILARES DE SUSTENTAÇÃO DA NOVA ECONOMIA Palestra do Diretor-Geral da ANTAQ,

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS. Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 -

Brochura - Panorama ILOS. Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 - Brochura - Panorama ILOS Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 - Por que adquirir este Panorama ILOS? O Supply Chain Finance é a forma

Leia mais

DRY PORT SÃO PAULO S.A. Bonded Warehouse and Logistics Solutions INSTITUCIONAL

DRY PORT SÃO PAULO S.A. Bonded Warehouse and Logistics Solutions INSTITUCIONAL Dry Port São Paulo Porto Seco e Soluções Logísticas Dados da empresa: Fundado em: 1971 e 1991 alfandegado; Funcionários: 140. Estrutura: 40.000 m2 de alfândega e 200.000m2 pátio automotivo. Clientes Ativos:

Leia mais

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. Agosto de 2013

QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL. Agosto de 2013 QUESTÕES FUNDAMENTAIS DA LOGÍSTICA NO BRASIL Agosto de 2013 PRINCIPAIS CADEIAS PRODUTIVAS Soja, milho e bovinos AGROPECUÁRIA AÇÚCAR E ÁLCOOL Soja, milho e bovinos Cana de açúcar MINERAÇÃO E SIDERURGIA

Leia mais

Imagem Global e Reputação da Indústria Automobilística

Imagem Global e Reputação da Indústria Automobilística Imagem Global e Reputação da Indústria Automobilística Contexto Durante a história recente, as percepções públicas a respeito da indústria automobilística tem reagido de acordo com eventos e marcos globais

Leia mais

A T R E S ASSOCIAÇÃO DO TERMINAIS PORTUÁRIOS E RETROPORTUÁRIOS E DOS USUÁRIOS DOS PORTOS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. www.atres.org.

A T R E S ASSOCIAÇÃO DO TERMINAIS PORTUÁRIOS E RETROPORTUÁRIOS E DOS USUÁRIOS DOS PORTOS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. www.atres.org. A T R E S ASSOCIAÇÃO DO TERMINAIS PORTUÁRIOS E RETROPORTUÁRIOS E DOS USUÁRIOS DOS PORTOS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO A ATRES - Associação dos Terminais Retroportuários, Portuários e dos Usuários dos Portos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.maissolucoeslogisticas.com.br

APRESENTAÇÃO. www.maissolucoeslogisticas.com.br APRESENTAÇÃO www.maissolucoeslogisticas.com.br Acreditamos que as pequenas e médias empresas de transporte, armazenagem, operadores logísticos e empresas de e-commerce podem ter processos eficientes, uma

Leia mais

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014 Logística, Supply Chain e Infraestrutura Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura Paulo Tarso Vilela de Resende Paulo Renato de Sousa Bolsistas Fapemig Gustavo

Leia mais

Log-In registra EBITDA ajustado de R$ 22,4 milhões e margem EBITDA ajustado de 22,6% no 2T08

Log-In registra EBITDA ajustado de R$ 22,4 milhões e margem EBITDA ajustado de 22,6% no 2T08 Log-In registra EBITDA ajustado de R$ 22,4 milhões e margem EBITDA ajustado de 22,6% no 2T08 Rio de Janeiro, 05 de agosto de 2008 A Log-In Logística Intermodal S.A. (Bovespa: LOGN3), a primeira e única

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006.

RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006. RESOLUÇÃO DP Nº 108.2006, DE 16 DE AGOSTO DE 2006. INSTITUI O REGRAMENTO PARA GESTÃO DO TRÁFEGO PORTUÁRIO, SINALIZA E MONITORA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS, ESTABELECE ZONAS DE ESTACIONAMENTOS ROTATIVOS PARA

Leia mais

Navegação de Cabotagem

Navegação de Cabotagem Reunião Conjunta Câmaras Setoriais da Cadeia Produtiva de Milho e Sorgo e da Cadeia Produtiva de Aves e Suínos Identificação das formas de movimentação dos excedentes de milho no Brasil Navegação de Cabotagem

Leia mais

Produzindo o futuro com bases sólidas. Soluções para a sua Indústria

Produzindo o futuro com bases sólidas. Soluções para a sua Indústria Produzindo o futuro com bases sólidas Soluções para a sua Indústria Experiência Global, Soluções Locais Somos uma das maiores Seguradoras do mundo. Fornecemos programas de seguros para a sua indústria

Leia mais

CABOTAGEM COMO ALTERNATIVA LOGÍSTICA

CABOTAGEM COMO ALTERNATIVA LOGÍSTICA CABOTAGEM COMO ALTERNATIVA LOGÍSTICA Fábio Siccherino Novembro de 2013 CABOTAGEM POR QUE? 2 O BRASIL TEM MAIS DE 8.000 KM DE COSTA NAVEGÁVEL Incluindo o Rio Amazonas são 10.000 Km (Eficiência Geoeconômica).

Leia mais

As melhores condições para os seus melhores negócios. www.integracaologistica.com.br. Integração Logística

As melhores condições para os seus melhores negócios. www.integracaologistica.com.br. Integração Logística Transporte e Armazéns e Armazéns Gerais Gerais As melhores condições para os seus melhores negócios www.integracaologistica.com.br Integração Logística A Empresa Transporte e Armazéns Gerais consistência

Leia mais

Logistica e Distribuição. Conceito. Nomenclatura dos Operadores Logísticos

Logistica e Distribuição. Conceito. Nomenclatura dos Operadores Logísticos A terceirização de serviços logísticos se constitui uma das Logística e Distribuição novas tendências da prática empresarial moderna, principalmente dentro dos conceitos da Gestão da Cadeia de Suprimentos

Leia mais

O Supply Chain Evoluiu?

O Supply Chain Evoluiu? O Supply Chain Evoluiu? Apresentação - 24º Simpósio de Supply Chain & Logística 0 A percepção de estagnação do Supply Chain influenciada pela volatilidade do ambiente econômico nos motivou a entender sua

Leia mais

PORTO 24 HORAS. Complexo portuário santista

PORTO 24 HORAS. Complexo portuário santista FIESP/CONSIC PORTO 24 HORAS Complexo portuário santista José Cândido Senna, Coordenador do Comitê de Usuários dos Portos e. Aeroportos do Estado de São Paulo - COMUS São Paulo, 16 de agosto de 2011 Participação

Leia mais

Tabela de preços pag 1. Atracação. TABELA B Tarifa de operação por conteiner Preço (R$)

Tabela de preços pag 1. Atracação. TABELA B Tarifa de operação por conteiner Preço (R$) Tabela de preços pag 1 TABELA A Utilização Instalação e Acostamento Preço (R$) Atracação *Por metro Linear/Navio per de 12h ; A taxa mínima a cobrar será de 60 metros por periodo, por embarcação 5,00 TABELA

Leia mais

SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS

SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS O PULSO VITAL DA ATIVIDADE PORTUÁRIA Cerca de 80% de todo o comércio mundial é despachado por contêineres, de modo que o gerenciamento

Leia mais

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07 1 estaques do 1T07 O EBITDAR consolidado aumentou 60,9% no 1T07, atingindo R$195,3 milhões e a margem de EBITDAR cresceu 17,4 pontos, de 28,2% para 45,6%. O resultado líquido aumentou R$64 milhões no 1T07

Leia mais

Uma Empresa especialista em rastreamento

Uma Empresa especialista em rastreamento Uma Empresa especialista em rastreamento Soluções Profissionais desenhadas para monitorar transporte de carga Paulo Lauand Abril de 2011 paulo@autosat.com.br Quem Somos Ano de fundação: 1994 (+15 anos)

Leia mais

Soluções Inteligentes para um Mercado em Constante Evolução

Soluções Inteligentes para um Mercado em Constante Evolução Soluções Inteligentes para um Mercado em Constante Evolução O MERCADO EXIGE EVOLUÇÃO Com novos desafios surgindo a cada dia, o setor de transporte e logística busca soluções cada vez mais inteligentes

Leia mais

R$ 281 milhões de ebitda 52

R$ 281 milhões de ebitda 52 R$ 281 milhões de ebitda 52 Líder e pioneira em seu mercado, a Ultragaz evoluiu em 2009 na implementação de programas de eficiência operacional destinados ao mercado domiciliar, o UltraLevel, e ao mercado

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

SINDICATO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE COMERCIAL DE CARGA DO LITORAL PAULISTA SINDISAN

SINDICATO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE COMERCIAL DE CARGA DO LITORAL PAULISTA SINDISAN Proposta para Aumento de Eficiência Logística: DEPOTS 24 HORAS SINDICATO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE COMERCIAL DE CARGA DO LITORAL PAULISTA SINDISAN OBJETIVOS MODELO ATUAL Terminais operando em média de

Leia mais

Com estrutura voltada para atendimento no mercado de Óleo e Gás contemplando:

Com estrutura voltada para atendimento no mercado de Óleo e Gás contemplando: A Gavea Logística é uma operadora logística que oferece soluções de logística Portuária, Marítima e Terrestre, em seus terminais localizados no Rio de, e. Com estrutura voltada para atendimento no mercado

Leia mais

Os Sistemas de Agendamento como Ferramenta de Gestão. - Sistema PAMPA. Guillermo Dawson Jr. Porto Alegre, 27 de maio de 2014.

Os Sistemas de Agendamento como Ferramenta de Gestão. - Sistema PAMPA. Guillermo Dawson Jr. Porto Alegre, 27 de maio de 2014. Os Sistemas de Agendamento como Ferramenta de Gestão - Sistema PAMPA Guillermo Dawson Jr. Porto Alegre, 27 de maio de 2014. A CCGL tem a missão de integrar as atividades do agronegócio com sustentabilidade,

Leia mais

www.transplaylog.com.br

www.transplaylog.com.br Soluções integradas para movimentação dos seus produtos. Ligue pra gente! (11) 3588-6868 / 3983-1793 - E-mail: comercial@transplaylog.com.br www.transplaylog.com.br QUEM SOMOS. A Transplay Logística é

Leia mais

TARIFA DO PORTO DE SUAPE

TARIFA DO PORTO DE SUAPE SUAPE COMPLEXO INDUSTRIAL PORTUÁRIO TARIFA DO PORTO DE SUAPE Homologada pela RESOLUÇÃO Nº 4.091, DE 7 DE MAIO DE 2015 (D.O.U. de 08.05.15) TABELA 1 UTILIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA MARÍTIMA (Taxas devidas

Leia mais

PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS

PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS PROGRAMAS MANTIDOS RESULTADOS ALCANÇADOS OBJETIVO DOS PROGRAMAS PREVENIR ATITUDES INSEGURAS NO TRANSPORTE POR MEIO DA CONSCIENTIZAÇÃO DOS MOTORISTAS. META ATINGIR O NÍVEL ZERO EM ACIDENTES SÉRIOS. PRINCIPAL

Leia mais

Agenda. A Vale Logística da Vale. Números Corredores Logísticos. Novos Corredores. FNS Noroeste de MG

Agenda. A Vale Logística da Vale. Números Corredores Logísticos. Novos Corredores. FNS Noroeste de MG Agenda A Vale Logística da Vale Números Corredores Logísticos Novos Corredores FNS Noroeste de MG A Vale Milhares de empregados da Vale participam intensamente do dia-a-dia de mais de 500 comunidades ao

Leia mais

Por tonelada líquida de registro (TLR) de embarcação destinada ao transporte de passageiros, turismo e recreio, na área do Porto Organizado

Por tonelada líquida de registro (TLR) de embarcação destinada ao transporte de passageiros, turismo e recreio, na área do Porto Organizado Tabela I Utilização da Infraestrutura de Acesso Aquaviário (Taxas devidas pelo armador ou agente) No. Espécie Incidência Valor() 1. Carregamento, descarga ou baldeação, por tonelada ou fração 3,73 2. Carregamento,

Leia mais

O PAPEL DA MATRIZ DE TRANSPORTES DE CARGAS NA EFICIÊNCIA DA CADEIA DE LOGÍSTICA DO ESTADO DE SÃO PAULO

O PAPEL DA MATRIZ DE TRANSPORTES DE CARGAS NA EFICIÊNCIA DA CADEIA DE LOGÍSTICA DO ESTADO DE SÃO PAULO Agência Nacional de Transportes Aquaviários O PAPEL DA MATRIZ DE TRANSPORTES DE CARGAS NA EFICIÊNCIA DA CADEIA DE LOGÍSTICA DO ESTADO DE SÃO PAULO FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP

Leia mais

www.nsclogistica.com.br

www.nsclogistica.com.br www.nsclogistica.com.br A Missão, Visão Valores Infra-Estrutura Nossa Frota Soluções Gris A A NSC logística atua no segmento de logística de telecomunicações desde 1988, estrategicamente situada as margens

Leia mais

Por que escolher a Oplay Logística?

Por que escolher a Oplay Logística? Por que escolher a Oplay Logística? Porque a Oplay Logística tem soluções completas e inovadoras que a sua empresa precisa. Porque a Oplay Logística oferece serviços diferenciados desenhados de acordo

Leia mais

Logística integrada promove competitividade

Logística integrada promove competitividade Logística integrada promove competitividade São Luís, Maranhão 30 de novembro de 2011 Andreas Klien andreas@klien.net Link para esta apresentação: http://bit.ly/uesfwf 1. Breve histórico 2. Multiterminais

Leia mais

AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA AULA 05 FILIPE S. MARTINS

AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA AULA 05 FILIPE S. MARTINS AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA AULA 05 FILIPE S. MARTINS AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA ROTEIRO TMS GESTÃO DE TRANSPORTES PRA QUE SERVE? NÍVEIS DE DECISÃO QUAL A UTILIDADE? BENEFÍCIOS MODELOS EXERCÍCIO GESTÃO DE TRANSPORTE

Leia mais

A Logística Brasileira Hoje e Suas Tendências

A Logística Brasileira Hoje e Suas Tendências A Logística Brasileira Hoje e Suas Tendências Prof. Manoel A. S. Reis, PhD I SEMINÁRIO DE INFRAESTRUTURA DA BRITCHAM Segmento de Transportes no Brasil São Paulo 18 de Novembro de 2010 1. Características

Leia mais

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com TMS e Roteirizadores Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Definição TMS (Transportation Management System) é um produto para melhoria da qualidade e produtividade de todo o processo de distribuição. Este

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem

Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem - 2015 - Pré-Venda Pré-Venda Ao garantir o Panorama ILOS Portos Brasileiros Avaliação dos Usuários e Análise de Desempenho 2015

Leia mais