Colégio Militar de Brasília - CMB

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colégio Militar de Brasília - CMB"

Transcrição

1 Colégio Militar de Brasília - CMB Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia Professor Vinícius Vanir Venturini

2 Orientação, Rosa dos Ventos 4319 km Boreal Setentrional NW NE Ocidental Poente SW Oriental Nascente SE Austral Meridional

3 Linhas de referência Obs 1.: círculo máximo do Equador; Obs 2.: semi-círculo ou meio círculo de Greenwich;

4 0 0 Paralelos, latitudes 90N Polar N Temperada N S Tropical 0 90S N Polar Temperada Meridianos, longitudes 180

5 Exemplo de arco de paralelo = longitude e arco de meridiano = latitude Obs 1.: Latitudes varia de 0 (Equador paralelo inicial), a 90 N/S; Obs 2.: Longitudes variam de 0 (podendo-se tomar qualquer meridiano como referência inicial), a 180 W/E;

6 Coordenadas Geográficas A latitude (a linha horizontal que passa pelo ponto A) é 20º Norte. A longitude (a linha vertical que passa pelo ponto A) é 30º Oeste; logo sua Coordenada Geográfica é: 20ºN e 30ºW. Ponto Antípoda Vejamos o exemplo: o ponto A tem como coordenada geográfica 20 N e 30 W, logo sua antípoda será 20 S e 150 E. Como: o ponto A 20 N para 20 S e W = 150 E; ou seja a antípoda é 20 S e 150 E.

7 Escala Numérica numerador (fixo, constante) 1 : 1 Escala Realidade denominador divisão Qual das Escalas abaixo é maior: a) 1 : 100 1/100 = 0,01 b) 1 : 10 1/10 = 0,1 mais próxima da realidade c) 1 :1000 1/1000 = 0,001 Obs.: quanto maior o denominador menor será a escala, escala é inversamente proporcional ao denominador; Quanto maior o número (denominador), menor a escala.

8 Escala Numérica Escala Pequena Quanto maior for o denominador menor será a escala; maior será a área abrangida e menos detalhes apresentará. 1 : ou 1 Escala Grande Quanto menor for o denominador maior será a escala; menor será a área abrangida (sendo a maior escala a 1:1) logo terá mais detalhes : 100 ou 1 100

9 Uso da escala Numérica Categoria Grande + detalhes Média Pequena + áreas Escala 1 : 50 a 1 : : 500 a 1 : : a 1 : acima de 1 : Finalidade do Mapa Arq./Eng. Plantas cadastrais (IPTU) Turismo Mapas topográficos Mapas e atlas (planisfério), mapas temáticos

10 Cálculo com escala numérica DR = DM. E Distância Real (constante) Distância no Mapa (geralmente em cm) Escala

11 Cálculo com escala numérica Sendo à distância de Brasília a Abadiânia (Goiás) é de aproximadamente 100 km (DR); pede-se a distância respectiva dessas cidades num mapa de escala 1 : (E). DR = DM. E 100km = DM DM = 100km trocar-se a unidade de km para cm, DM = cm Resposta DM = 10cm 1km vale 1000m ou cm, e 1m vale 100cm.

12 Tabela métrica (medidas de comprimento) x 10 x 10 x 10 x 10 x 10 Km hm dam m dm cm mm zeros Transformando 125 km em cm Centena 1 Dezena 2 Unidade 5 km = cm 1km vale 1000m ou cm, e 1m vale 100cm.

13 Escala Gráfica 100km -1cm cm Escala gráfica 100% das vezes se apresenta centimetreda (divida por centímetros) sendo então lógico o raciocínio que se 4cm vale 100km; dividindo 100km por 4; temos que 1cm vale 25km. 4cm - 100km 1cm - 25km 1cm cm ou 1 :

14 Escala Gráfica Vantagens da escala gráfica: apresenta unidade métrica (km, hec... mm); possibilita a realização de cálculos diretamente sobre o mapa; sendo também uma figura, acompanha a deformação (ampliação, redução da planta, carta ou mapa);

15 Escala Gráfica Original Ampliação 1000 km Redução 1000 km 1000 km

16 Formas de representação cartográfica (hachuras)

17 Formas de representação cartográfica (Tabela de cores - hipsométrica) Profundidade Azul claro Azul Azul Corresponde a região próxima ao nível do mar (zero metros), e identifica as águas superficiais, assim como, as águas subterrâneas e oceânicas; a variação de azul claro para azul escuro representa aumento da profundidade (geralmente). Altitude Branca (mais alto) Marrom Laranja Amarelo Verde (mais baixo) Azul (zero metros) A variação de cores também indica o aumento da altitude, dentro do mapa, sendo esta a seqüência convencionada; onde o verde indica altitudes relativamente baixas (de zero a 100m) e a cor branca altitudes altas (mais de 3000m, cumes nevados, como exemplo).

18 Tabela de cores - hipsométrica

19 Curvas de nível ou isoípsas Eqüidistância: 100m Depressão Os valores diminuem para dentro Elevação os valores aumentam Para dentro.

20 Curvas de nível ou isoípsas Eqüidistância: 50m maior declividade curvas de nível mais próximas (mais abrupto)*. *área de risco

21 Cilíndrica Projeções cartográficas Cônica Azimutal / Polar

22 Projeções de Mercator Eurocentrismo (visão geopolítica discriminatória) Nota: não projeta os pólos; mantém a forma (projeção cilíndrica conforme); variação latitudinal (N/S); paralelos e meridianos formam ângulo retos; preferida por navegadores e aviadores;

23 Projeções de Peter s Nota: não projeta os pólos; paralelos e meridianos formam ângulo retos; reais proporções de áreas continentais (projeção cilíndrica equivalente); despreza a forma; todos os continentes aparecem deformados pois alongam-se a partir do Equador; Utilizada pela UNICEF;

24 Projeções Cônica Nota: apenas um hemisfério; não projeta os pólos; regiões de alta e baixa latitude apresentam as maiores deformações; latitudes formam meios círculos centrípetos;

25 Projeções Azimutal/Polar Nota: ideal para pequenas regiões: projeta os pólos; a ONU utiliza como símbolo a projeção Azimutal do Pólo Norte (idéia de imparcialidade); deformações aumentam à medida que nos afastamos do centro da projeção; latitudes formam círculos centrífugos;

26 Projeções Azimutal/Polar

27 Projeções Mollweide Nota: mais didática a curvatura dos meridianos dá idéia de esfericidade da Terra, não prima por nenhuma correção cartográfica, sendo afilática;

28 Projeções de Goode Nota: relativista representa equivalência (área) das áreas continentais, e as massas oceânicas;

29 Projeções Anamorfose Nota: quantitativa Países mais populosos as relações de quantidade aparecem relativizadas através de áreas geométricas;

30 Projeções Anamorfose Nota: quantitativa Produto Interno Bruto as relações de quantidade aparecem relativizadas através de áreas geométricas;

Geografia. Aula 02. Projeções Cartográficas A arte na construção de mapas. 2. Projeções cartográficas

Geografia. Aula 02. Projeções Cartográficas A arte na construção de mapas. 2. Projeções cartográficas Geografia. Aula 02 Projeções Cartográficas A arte na construção de mapas 2. Projeções cartográficas 2.1. Como representar figuras tridimensionais em um plano sem que ocorra deformidades? É possível eliminar

Leia mais

Geografia Capítulo 2. Cartografia. Introdução

Geografia Capítulo 2. Cartografia. Introdução Geografia Capítulo 2 Cartografia Introdução Cartografia é a ciência voltada para o estudo da construção e interpretação de mapas. Nesta ciência estuda-se como representar uma área geográfica em uma superfície

Leia mais

CARTOGRAFIA LINHA DE APOIO

CARTOGRAFIA LINHA DE APOIO COMEÇO DE CONVERSA PROF. Wagner Atallah CARTOGRAFIA LINHA DE APOIO Chegar a um lugar desconhecido utilizando um mapa requer uma série de conhecimentos que só são adquiridos num processo de alfabetização

Leia mais

Coordenadas Geográficas

Coordenadas Geográficas Orientação A rosa-dos-ventos possibilita encontrar a direção de qualquer ponto da linha do horizonte. Por convenção internacional, a língua inglesa é utilizada como padrão, portanto o Leste muitas vezes

Leia mais

Localização de um lugar relativamente a outros locais, conhecidos.

Localização de um lugar relativamente a outros locais, conhecidos. Localização de um lugar relativamente a outros locais, utilizando pontos de referência conhecidos. Indicação de edifícios/construções conhecidas (da casa de um amigo, de uma Igreja, de uma rotunda, de

Leia mais

PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B

PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B PROVA COMENTADA GEOGRAFIA/ ÍRIS TIPO B Questão 1 A partir de seus conhecimentos sobre projeções cartográficas e analisando a que foi utilizada no mapa a seguir, você pode inferir que se trata da projeção:

Leia mais

Professora Esp. Eliana V. Conquista

Professora Esp. Eliana V. Conquista Professora Esp. Eliana V. Conquista Estudo e elaboração de Mapas: Projeções e Escalas 1-Projeções Cartográficas (Formas: Cilíndrica, Cônica e Plana). 2-Escala (Gráfica e Numérica). Os mapas produzidos

Leia mais

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Junho de 2015 Dados Espaciais são Especiais!

Leia mais

GEOGRAFIA - PISM 1 UNIDADE 1 UNIDADE 1: REPRESENTAÇÕES DO ESPAÇO GEOGRÁFICO

GEOGRAFIA - PISM 1 UNIDADE 1 UNIDADE 1: REPRESENTAÇÕES DO ESPAÇO GEOGRÁFICO GEOGRAFIA - PISM 1 UNIDADE 1 UNIDADE 1: REPRESENTAÇÕES DO ESPAÇO GEOGRÁFICO 1. O Sistema de Coordenadas Terrestres Olhe, detalhadamente para um mapa ou um globo terrestre. Onde os lugares se localizam?

Leia mais

austral leste ocidente

austral leste ocidente 1. Complete as lacunas, utilizando os seguintes termos: Eixo da Terra norte austral leste ocidente Rosa dos ventos boreal bússola oeste setentrional Equador longitude oriente latitude Equador sul poente

Leia mais

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO Para se orientar o homem teve de desenvolver sua capacidade de observação. Observando a natureza o homem percebeu que o Sol aparece todas as manhãs aproximadamente, num mesmo lado

Leia mais

Material de apoio para o exame final

Material de apoio para o exame final Professor Rui Piassini Geografia 1ºEM Material de apoio para o exame final Questão 01) Um transatlântico, navegando pelo Oceano Índico, cruza o Trópico de Capricórnio e segue do Sul para o Norte. Observando

Leia mais

Lista de exercícios de Cartografia Coordenadas Geográficas, Fusos Horários

Lista de exercícios de Cartografia Coordenadas Geográficas, Fusos Horários Lista de exercícios de Cartografia Coordenadas Geográficas, Fusos Horários 1) (UFPE) Assinale, de acordo com o mapa, a alternativa correta. a) Londres é uma cidade localizada em baixa latitudes. b) Guayaquil

Leia mais

Aula 2 LOCALIZAÇÃO, ORIENTAÇÃO E REPRESENTAÇÃO CARTOGRÁFICA

Aula 2 LOCALIZAÇÃO, ORIENTAÇÃO E REPRESENTAÇÃO CARTOGRÁFICA Aula 2 LOCALIZAÇÃO, ORIENTAÇÃO E REPRESENTAÇÃO CARTOGRÁFICA Orientação pelo Sol Leste = Nascente / Oeste = Poente Orientação por instrumentos (bússola) Consiste em uma agulha imantada que gira sobre um

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS. Resolvidos. (Exercício de Apoio à Disciplina de Geomática)

CADERNO DE EXERCÍCIOS. Resolvidos. (Exercício de Apoio à Disciplina de Geomática) CADERNO DE EXERCÍCIOS Resolvidos (Exercício de Apoio à Disciplina de Geomática) Recolhido e Adaptado de diversas fontes por: Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior Profa. Fabiola Ângela Ferrari Vitória

Leia mais

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS PARA TRIMESTRAL 1

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS PARA TRIMESTRAL 1 COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS PARA TRIMESTRAL 1 Professor(a): Richard 1) Sobre as coordenadas geográficas, assinale a alternativa correta. a) A longitude é determinada pelo ângulo formado

Leia mais

Engenharia Civil Topografia e Geodésia. Curso Técnico em Edificações Topografia GEODÉSIA

Engenharia Civil Topografia e Geodésia. Curso Técnico em Edificações Topografia GEODÉSIA e Geodésia GEODÉSIA e Geodésia GEODÉSIA O termo Geodésia, em grego Geo = terra, désia = 'divisões' ou 'eu divido', foi usado, pela primeira vez, por Aristóteles (384-322 a.c.), e pode significar tanto

Leia mais

2. (UFRN) Analise a figura abaixo e assinale a opção que corresponde, respectivamente, às coordenadas geográficas dos pontos X e Z.

2. (UFRN) Analise a figura abaixo e assinale a opção que corresponde, respectivamente, às coordenadas geográficas dos pontos X e Z. Lista de exercícios de Coordenadas Geográficas Professor: Jair Henrique 1.Examine atentamente as sentenças a seguir e assinale o grupo das que lhe parecerem corretas. 1 - Paralelamente ao Equador ficam

Leia mais

MÓDULO I CARTOGRAFIA E GEODÉSIA

MÓDULO I CARTOGRAFIA E GEODÉSIA PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco/PR Departamento Acadêmico de Agrimensura 0 CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DE CADASTRO

Leia mais

Geografia CARTOGRAFIA

Geografia CARTOGRAFIA Geografia CARTOGRAFIA Professora: Diego CARTOGRAFIA 1 - INTRODUÇÃO: Os Criadores dos mapas possuem o poder de exprimir suas visões de mundo. Ex: Eurocentrismo cartográfico, Emblema da ONU, etc. POR QUE

Leia mais

I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário. Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs

I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário. Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs 1. FORMA DA TERRA Geóide Elipsóide Esfera Modelos de representação da Terra O modelo que mais

Leia mais

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL V2 1ª SÉRIE

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL V2 1ª SÉRIE COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL V2 1ª SÉRIE Professor(a): Richard QUESTÃO 1 Considere a reprodução da obra intitulada La Escuela del Sur de autoria de Joaquin Torres García, artista

Leia mais

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Sistemas de Informação Geográfica Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática Georeferenciamento 1. Conceitos Básicos 2. Georeferências Nomes

Leia mais

GEOGRAFIA DO BRASIL Cartografia

GEOGRAFIA DO BRASIL Cartografia GEOGRAFIA DO BRASIL Cartografia 1 Cartografia Referências Geográficas Grande São Paulo 2 Cartografia Referências Geográficas Porque é importante conhecer? 3 Cartografia Referências Geográficas Porque é

Leia mais

8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM

8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM 8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM Introdução: histórico; definições O Sistema de Projeção UTM é resultado de modificação da projeção Transversa de Mercator (TM) que também é

Leia mais

Figura 4.1: Diagrama de representação de uma função de 2 variáveis

Figura 4.1: Diagrama de representação de uma função de 2 variáveis 1 4.1 Funções de 2 Variáveis Em Cálculo I trabalhamos com funções de uma variável y = f(x). Agora trabalharemos com funções de várias variáveis. Estas funções aparecem naturalmente na natureza, na economia

Leia mais

Observe o mapa múndi e responda.

Observe o mapa múndi e responda. EXERCÍCIOS DE REVISÃO COM RESPOSTAS PARA O EXAME FINAL GEOGRAFIA 5ª SÉRIE 1) Escreva V para verdadeiro e F para falso: ( V ) No globo terrestre, no planisfério e em outros mapas são traçadas linhas que

Leia mais

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V.

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V. Aula 1 1. Atividades A palavra cartografia é relativamente nova, sendo utilizada pela primeira vez em 8 de dezembro de 1839. Seu uso aconteceu na carta escrita em Paris, enviada pelo português Visconde

Leia mais

Encontrando o seu lugar na Terra

Encontrando o seu lugar na Terra Encontrando o seu lugar na Terra A UU L AL A Nesta aula vamos aprender que a Terra tem a forma de uma esfera, e que é possível indicar e localizar qualquer lugar em sua superfície utilizando suas coordenadas

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA Edson Pereira de Souza [1] Universidade Federal de Mato Grosso do Sul edson.souza1984@gmail.com CAMPO GRANDE (MS) 07 / MARÇO / 2016 [1] Professor de Geografia

Leia mais

Matéria: Geografia Assunto: O que é Geografia Prof. Luciano Teixeira

Matéria: Geografia Assunto: O que é Geografia Prof. Luciano Teixeira Matéria: Geografia Assunto: O que é Geografia Prof. Luciano Teixeira Geografia O que é Geografia? Embora possa parecer fácil responder a essa pergunta, muitos alunos ainda pensam quea ciência geográfica

Leia mais

CARTOGRAFIA. Sistemas de Coordenadas. Prof. Luiz Rotta

CARTOGRAFIA. Sistemas de Coordenadas. Prof. Luiz Rotta CARTOGRAFIA Sistemas de Coordenadas Prof. Luiz Rotta SISTEMA DE COORDENADAS Por que os sistemas de coordenadas são necessários? Para expressar a posição de pontos sobre uma superfície É com base em sistemas

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO CFSd- SOLDADO- BATERIA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA PROF: ANDERSON

CURSO PREPARATÓRIO CFSd- SOLDADO- BATERIA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA PROF: ANDERSON CURSO PREPARATÓRIO CFSd- SOLDADO- BATERIA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA PROF: ANDERSON faleconosco@fatimasoares.com.br 1 (UNESP) Sobre um mapa, na escala de 1:500 000, tenciona-se demarcar uma reserva florestal

Leia mais

Evaporação, transpiração, condensação, recipitação, escoamento e infiltração

Evaporação, transpiração, condensação, recipitação, escoamento e infiltração RELAÇÃO DE CONTEUDO JANEIRO DE 2016 MÓDULO GEOGRAFIA 1 TERRA E UNIVERSO 1 CARTOGRAFIA 1.1 COORDENADAS GEOGRÁFICAS - Inclinação do eixo de rotação - Plano equatorial - Paralelos especiais - Meridianos -

Leia mais

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA PROJEÇÃO Universal Transversa de Mercator (UTM) COORDENADAS UTM Elaborado por: Andréia Medinilha Pancher e Maria Isabel Castreghini de Freitas SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA

Leia mais

CONCEITOS DE CARTOGRAFIA ENG. CARTÓGRAFA ANNA CAROLINA CAVALHEIRO

CONCEITOS DE CARTOGRAFIA ENG. CARTÓGRAFA ANNA CAROLINA CAVALHEIRO CONCEITOS DE CARTOGRAFIA ENG. CARTÓGRAFA ANNA CAROLINA CAVALHEIRO CAMPO LARGO, 15 DE ABRIL DE 2013 Cartografia Cartografia é o conjunto de estudos e operações científicas, artísticas e técnicas, baseado

Leia mais

A Humanidade em evolução

A Humanidade em evolução A Humanidade em evolução Há milênios o homem se preocupa em se localizar no espaço. Durante muito tempo os astros foram utilizados como maneira de localização, o problema que eles apresentavam era a indicação

Leia mais

Projeções cartográficas

Projeções cartográficas Projeções cartográficas - Não há como transformar uma superfície esférica em um mapa plano sem que ocorram distorções. - Cada projeção é adequada a um tipo de aplicação -Na impossibilidade de se desenvolver

Leia mais

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos Escola Estadual Desembargador Floriano Cavalcanti PIBID-UFRN Geografia 6º ano O ESTADO DE TEMPO O ESTADO DE TEMPO VARIA: 11H 30M AO LONGO DO DIA

Leia mais

Exercícios de Cartografia II

Exercícios de Cartografia II Exercícios de Cartografia II 1. (UFRN) Um estudante australiano, ao realizar pesquisas sobre o Brasil, considerou importante saber a localização exata de sua capital, a cidade de Brasília. Para isso, consultou

Leia mais

AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA

AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA Objetivos TOPOGRAFIA Gerais Visão geral de Sistemas de Referência Específicos Sistemas de Coordenadas; Sistema de Referência; Datum Geodésico; Sistemas de Referência De acordo

Leia mais

EXERCÍCIOS DE TOPOGRAFIA

EXERCÍCIOS DE TOPOGRAFIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA RURAL Área de Topografia e Geoprocessamento 1 EXERCÍCIOS DE TOPOGRAFIA Professores: Rubens Angulo Filho

Leia mais

GEOGRAFIA Profª. Raquel Matos

GEOGRAFIA Profª. Raquel Matos GEOGRAFIA Profª. Raquel Matos 01. Os jogos da última Copa do Mundo, realizados na Coréia do Sul e no Japão, foram transmitidos no Brasil com uma diferença de 12 horas, devido ao fuso horário. "Trabalhando

Leia mais

QUESTÕES DE CARTOGRAFIA

QUESTÕES DE CARTOGRAFIA QUESTÕES DE CARTOGRAFIA Introdução a cartografia - ficha de aula nº 3 (Questões de1-6) 1. Considere as afirmações sobre os mapas. (Prefeitura do Município de São Paulo / 2004) I. Os mapas resultam da redução

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APOIO ÀS AULAS PRÁTICAS DE TOPOGRAFIA ENGENHARIA CIVIL

EXERCÍCIOS DE APOIO ÀS AULAS PRÁTICAS DE TOPOGRAFIA ENGENHARIA CIVIL EXERCÍCIOS DE APOIO ÀS AULAS PRÁTICAS DE TOPOGRAFIA ENGENHARIA CIVIL INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E ARQUITECTURA DOCENTES (2009/2010) 2009/2010 Ana Paula Falcão Flôr Ricardo

Leia mais

Florianópolis. b) a data em que cada imagem foi produzida:, e

Florianópolis. b) a data em que cada imagem foi produzida:, e PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= A PAISAGEM E AS

Leia mais

Apontamentos de aula: Tópicos Básicos de Cartografia e Sistema Universal Transversal Mercator (UTM)

Apontamentos de aula: Tópicos Básicos de Cartografia e Sistema Universal Transversal Mercator (UTM) Apontamentos de aula: Tópicos Básicos de Cartografia e Sistema Universal Transversal Mercator (UTM) Colaboradores: Emanoel Jr da S. Nunes Érica S. Nakai Pedro Paulo da S. Barros Coordenador: Prof. Peterson

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

CURSO DE COMISSÁRIOS DE VOO

CURSO DE COMISSÁRIOS DE VOO www.academiadoar.com.br tel.:11 2414-3014 11 2414-3803 CURSO DE COMISSÁRIOS DE VOO www.academiadoar.com.br tel.:11 2414-3014 NAVEGAÇÃO AÉREA Prof. Douglas Santarelli Navegação Aérea Navegação Aérea é a

Leia mais

LISTA PARA REVISÃO CARTOGRAFIA PROF. SUMARÉ

LISTA PARA REVISÃO CARTOGRAFIA PROF. SUMARÉ LISTA PARA REVISÃO CARTOGRAFIA PROF. SUMARÉ 1. (Ufrn 2001) Os mapas a seguir expressam a visão de mundo de quem os construiu, possibilitando uma leitura ideológica. Observe atentamente os mapas e explique

Leia mais

3 - Bacias Hidrográficas

3 - Bacias Hidrográficas 3 - Bacias Hidrográficas A bacia hidrográfica é uma região definida topograficamente, drenada por um curso d água ou um sistema interconectado por cursos d água tal qual toda vazão efluente seja descarregada

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS CARTOGRAFIA: PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA E CUVAS DE NÍVEL.

LISTA DE EXERCÍCIOS CARTOGRAFIA: PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA E CUVAS DE NÍVEL. LISTA DE EXERCÍCIOS CARTOGRAFIA: PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA E CUVAS DE NÍVEL. 1) (UFPE) Observe o gráfico e, a seguir, assinale o item que indica uma falha de representação. a) As curvas de nível apresentam

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 46 CARTOGRAFIA: UMA FORMA DE REPRESENTAÇÃO DO PODER

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 46 CARTOGRAFIA: UMA FORMA DE REPRESENTAÇÃO DO PODER GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 46 CARTOGRAFIA: UMA FORMA DE REPRESENTAÇÃO DO PODER Analisadas as figuras acima, é CORRETO afirmar que: a) ambas as projeções são cilíndricas, sendo que a de Mercator é

Leia mais

Sistemas de Coordenadas:

Sistemas de Coordenadas: Necessários para expressar a posição de pontos sobre a superfície (elipsóide, esfera, plano). Î Para o Elipsóide, empregamos o Sistema de Coordenadas Cartesiano e Curvilíneo: PARALELOS E MERIDIANOS. Î

Leia mais

Exercícios de Cartografia I

Exercícios de Cartografia I Exercícios de Cartografia I 1. Veja os mapas a seguir: As diferentes representações cartográficas, como as apresentadas acima, são definidas a partir de: a) Um momento histórico-geográfico b) Uma orientação

Leia mais

OS FUSOS HORÁRIOS E AS ZONAS CLIMÁTICAS DO PLANETA!

OS FUSOS HORÁRIOS E AS ZONAS CLIMÁTICAS DO PLANETA! OS FUSOS HORÁRIOS E AS ZONAS CLIMÁTICAS DO PLANETA! O QUE É FUSO HORÁRIO? A metodologia utilizada para essa divisão partiu do princípio de que são gastos, aproximadamente, 24 horas paraqueaterrarealizeomovimentoderotação,ouseja,

Leia mais

Componente curricular: Topografia e Cartografia. Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli

Componente curricular: Topografia e Cartografia. Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli Componente curricular: Topografia e Cartografia Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli 1. Introdução a Topografia. 1.1. Definição. Como seria uma cidade se os donos de propriedades

Leia mais

2. A A FO F R O M R AÇ A ÃO Ã

2. A A FO F R O M R AÇ A ÃO Ã 2. A FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL 2.3 A cartografia e a definição das fronteiras no Brasil. 2.2 Os grandes eixos de ocupação do território e a cronologia do processo de formação territorial. 1 GPS: Global

Leia mais

A Geografia é uma ciência... [...] Ela permite compreender as transformações promovidas no espaço e tem ajudado os grupos sociais a se posicionarem

A Geografia é uma ciência... [...] Ela permite compreender as transformações promovidas no espaço e tem ajudado os grupos sociais a se posicionarem A Geografia é uma ciência... [...] Ela permite compreender as transformações promovidas no espaço e tem ajudado os grupos sociais a se posicionarem de forma ética e crítica diante de questões ambientais,

Leia mais

Lista de Geografia I Data da entrega: 21/03/2016

Lista de Geografia I Data da entrega: 21/03/2016 Lista de Geografia I Data da entrega: 21/03/2016 Questão 01) Aparecida de Goiânia, / /2016. Aluno(a): 1ª série Professor: Edu Marinho Considerando a posição geográfica do território brasileiro ilustrada

Leia mais

Topografia. Conceitos Básicos. Prof.: Alexandre Villaça Diniz - 2004-

Topografia. Conceitos Básicos. Prof.: Alexandre Villaça Diniz - 2004- Topografia Conceitos Básicos Prof.: Alexandre Villaça Diniz - 2004- 1 ÍNDICE ÍNDICE...1 CAPÍTULO 1 - Conceitos Básicos...2 1. Definição...2 1.1 - A Planta Topográfica...2 1.2 - A Locação da Obra...4 2.

Leia mais

SISTEMAS DE 18 COORDENADAS UTILIZADOS EM ASTRONOMIA NÁUTICA E NAVEGAÇÃO ASTRONÔMICA

SISTEMAS DE 18 COORDENADAS UTILIZADOS EM ASTRONOMIA NÁUTICA E NAVEGAÇÃO ASTRONÔMICA SISTEMAS DE 18 COORDENADAS UTILIZADOS EM ASTRONOMIA NÁUTICA E NAVEGAÇÃO ASTRONÔMICA 18.1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS Conforme visto no capítulo anterior, para determinar a posição de qualquer ponto na superfície

Leia mais

Cartas e Mapas. Planimetria e Altimetria. Fonte: IBGE, Noções de Cartografia, 1999.

Cartas e Mapas. Planimetria e Altimetria. Fonte: IBGE, Noções de Cartografia, 1999. Cartas e Mapas Planimetria e Altimetria Fonte: IBGE, Noções de Cartografia, 1999. Conceito de Mapa " Mapa é a representação no plano, normalmente em escala pequena, dos aspectos geográficos, naturais,

Leia mais

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Aula 02 Componentes de um GIS (SIE, ou SIG) Ideias dependem de pessoas. Pessoas trazem o conhecimento para uma equipe, que engendra ideias.

Leia mais

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE. Professor(a): Richard

COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE. Professor(a): Richard COLÉGIO JOÃO PAULO I GEOGRAFIA - EXERCÍCIOS 1ª PARCIAL 1ª SÉRIE Professor(a): Richard 1) Sabendo-se que as coordenadas geográficas correspondem a um dos elementos básicos das representações cartográficas,

Leia mais

MAIS DE 15 ROTAÇÃO DIAS E NOITES PLANO DA ÓRBITA OU DA ECLÍPTICA TRANSLAÇÃO E CONSEQÜÊNCIAS INCLINAÇÃO DO EIXO ROSA-DOS-VENTOS

MAIS DE 15 ROTAÇÃO DIAS E NOITES PLANO DA ÓRBITA OU DA ECLÍPTICA TRANSLAÇÃO E CONSEQÜÊNCIAS INCLINAÇÃO DO EIXO ROSA-DOS-VENTOS APRESENTAÇÃO PLANETA TERRA MAIS DE 15 ROTAÇÃO DIAS E NOITES PLANO DA ÓRBITA OU DA ECLÍPTICA AFÉLIO E PERIÉLIO INFLUÊNCIA TEMPERATURAS ATMOSFERA MOVIMENTOS DA TERRA TRANSLAÇÃO E CONSEQÜÊNCIAS INCLINAÇÃO

Leia mais

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE. Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves)

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE. Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves) RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves) INTRODUÇÃO A Radiação Solar é a maior fonte de energia para a Terra, sendo o principal elemento meteorológico,

Leia mais

AULA O4 COORDENADAS GEOGRÁFICAS E FUSOS HORÁRIOS

AULA O4 COORDENADAS GEOGRÁFICAS E FUSOS HORÁRIOS AULA O4 COORDENADAS GEOGRÁFICAS E FUSOS HORÁRIOS As coordenadas geográficas são de suma importância pra Geografia, pois a partir delas é possível localizar qualquer ponto na superfície terrestre. Devemos

Leia mais

Geografia Prof. Rose Rodrigues. Força Total módulo zero

Geografia Prof. Rose Rodrigues. Força Total módulo zero 1-(UNESP) Observe o mapa do Brasil. Geografia Prof. Rose Rodrigues Força Total módulo zero Faça o que se pede. a) Sabendo-se que o segmento AB possui 2 cm no mapa e equivale a 1112 km, qual a escala do

Leia mais

ENSINO FUNFAMENTAL. www.ceejamax.com

ENSINO FUNFAMENTAL. www.ceejamax.com ENSINO FUNFAMENTAL www.ceejamax.com 1 ROTEIRO DA UNIDADE FINALIDADE: Esta unidade focaliza noções de orientação (Rosa-dos-ventos), de escala, de convenções, de legenda, de coordenadas geográficas (paralelos

Leia mais

A figura da Terra. Da esfera ao Geóide (passando pelo elipsóide)

A figura da Terra. Da esfera ao Geóide (passando pelo elipsóide) A figura da Terra Da esfera ao Geóide (passando pelo elipsóide) Uma primeira aproximação: a Terra esférica Esfera: Superfície curva fechada cujos pontos se encontram todos a igual distância, R, de um ponto

Leia mais

Geografia Fascículo 12 Fernanda Zuquim Guilherme De Benedictis

Geografia Fascículo 12 Fernanda Zuquim Guilherme De Benedictis Geografia Fascículo 12 Fernanda Zuquim Guilherme De Benedictis Índice Noções de Cartografia e Astronomia Resumo Teórico...1 Exercícios...6 Gabarito...9 Noções de Cartografia e Astronomia Resumo Teórico

Leia mais

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS Orientação e Forma Diversidade = A visibilidade é variável Ordem = As categorias se ordenam espontaneamente Proporcionalidade = relação de proporção visual Cores convencionais

Leia mais

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA COORDENADAS GEOGRÁFICAS FUSOS HORÁRIOS

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA COORDENADAS GEOGRÁFICAS FUSOS HORÁRIOS CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA COORDENADAS GEOGRÁFICAS FUSOS HORÁRIOS Elaboração e Organização: Profa. Dra. Andréia Medinilha Pancher COORDENADAS GEOGRÁFICAS Elaboração e Organização: Profa. Dra. Andréia Medinilha

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS. Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery

SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS. Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery Objetivos Ao final da aula o aluno deve: Comparar os modelos

Leia mais

Estudos Ambientais. Aula 4 - Cartografia

Estudos Ambientais. Aula 4 - Cartografia Estudos Ambientais Aula 4 - Cartografia Objetivos da aula Importância da cartografia; Conceitos cartográficos. O que é cartografia Organização, apresentação, comunicação e utilização da geoinformação nas

Leia mais

Lista de exercícios de Projeções Cartográficas Professor: Jair Henrique

Lista de exercícios de Projeções Cartográficas Professor: Jair Henrique Lista de exercícios de Projeções Cartográficas Professor: Jair Henrique (MACK) 1. http://www.grida.no/prog/global/cgiar/images/twat.gif De acordo com a representação cartográfica acima, está correto afirmar

Leia mais

Aulas Particulares on-line

Aulas Particulares on-line GEOGRAFIA PRÉ-VESTIBULAR LIVRO DO PROFESSOR 2006-2008 IESDE Brasil S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito dos autores e do detentor dos direitos

Leia mais

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos!

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos! EXERCÍCIO DE REVISÃO - GEOGRAFIA 6º ano Profª. Ms. Graziella Fernandes de Castro Queridos alunos, Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento.

Leia mais

Fundamentação Teórica

Fundamentação Teórica Fundamentação Teórica Etimologicamente significa, buscar o oriente. Orientar-se sempre foi uma das preocupações básicas do ser humano e se justificava inicialmente pela busca de e de. No decorrer do tempo

Leia mais

Lista de Exercícios de Topografia Planimetria

Lista de Exercícios de Topografia Planimetria Lista de Exercícios de Topografia Planimetria 1. Cite 3 métodos de levantamento topográfico e uma situação prática onde cada um poderia ser empregado. 2. Verifique se existe erro de fechamento angular

Leia mais

Coordenadas Geográficas e Projeções Cartográficas. Prof. Bruno

Coordenadas Geográficas e Projeções Cartográficas. Prof. Bruno Coordenadas Geográficas e Projeções Cartográficas Prof. Bruno Paralelos Linhas Imaginárias que cortam o mundo no sentido horizontal Latitude É a medida do ângulo dos Paralelos. Varia de 0 a 90 graus, de

Leia mais

Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis

Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis A origem do Universo A teoria do Big Bang foi anunciada em 1948 pelo cientista russo naturalizado estadunidense,

Leia mais

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo GEOGRAFIA Professores: Marcus, Ronaldo Questão que trabalha conceitos de cálculo de escala, um tema comum nas provas da UFPR. O tema foi trabalhado no Módulo 05 da apostila II de Geografia I. Para melhor

Leia mais

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano 60 Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano Caderno 1 UNIDADE 1 Significados das operações (adição e subtração) Capítulo 1 Números naturais O uso dos números naturais Seqüência dos números

Leia mais

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base no gráfico e nas afirmativas referentes ao comércio exterior brasileiro.

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base no gráfico e nas afirmativas referentes ao comércio exterior brasileiro. GEOGRAFIA INSTRUÇÃO: Responder à questão 16 com base no quadro de informações sobre países asiáticos. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base no gráfico e nas afirmativas referentes ao comércio exterior

Leia mais

muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas pilotos possa

muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas pilotos possa Carta Aeronáutica é a mapa projetou ajudar dentro navegação de avião, muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas

Leia mais

1) Unidades de Medida

1) Unidades de Medida CURSO DE INSTRUMENTAÇÃO Conceitos Fundamentais Cedtec 2007/2 Sem equivalente na Apostila 1 Pressão e NívelN 1) Unidades de Medida É necessário saber trabalhar com unidades de medida no Sistema Internacional

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas UTM

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas UTM UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1 Coordenadas UTM Recife, 2014 Modelo Plano Considera a porção da Terra em estudo com sendo plana. É a simplificação

Leia mais

O que é a Projeção UTM?

O que é a Projeção UTM? 1 1 O que é a Projeção UTM? É a projeção Universal Transversa de Mercator. Assim como a Projeção de Mercator, é uma projeção cilíndrica. Como foi visto na aula de projeções, uma projeção transversa é aquela

Leia mais

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2012 PROFª. JULIANA NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

Rotação. Movimentos da Terra. Translação. Estações do Ano. Movimento aparente do Sol. Trópicos: limites da trajetória do Sol

Rotação. Movimentos da Terra. Translação. Estações do Ano. Movimento aparente do Sol. Trópicos: limites da trajetória do Sol Movimentos da Terra Rotação 14 movimentos; Rotação; Translação. Sucessão de dias e noites; Desvio das correntes marítimas; Atração gravitacional; Necessidade de fusos horários. Translação Estações do Ano

Leia mais

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução Exercícios 1) Indique três aspectos diferentes que podem ser medidos num carro. Para cada aspecto identificado, informe a grandeza e a unidade de medida correspondente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Cartografia Sistemática e Temática (IAD319) Prof. pablosantos@ufba.br 07 a Aula CARTA INTERNACIONAL DO

Leia mais

O PROBLEMA GERAL DA NAVEGAÇÃO

O PROBLEMA GERAL DA NAVEGAÇÃO 1 O PROBLEMA GERAL DA NAVEGAÇÃO 1.1 DEFINIÇÃO; FORMAS; SEQÜÊNCIA BÁSICA DAS ATIVIDADES Entre as várias definições de navegação, uma que apresenta com precisão os principais aspectos envolvidos na questão

Leia mais

Aula 12 O SISTEMA UTM, A CARTA INTERNACIONAL AO MILIONÉSIMO E O DESDOBRAMENTO DAS FOLHAS TOPOGRÁFICAS

Aula 12 O SISTEMA UTM, A CARTA INTERNACIONAL AO MILIONÉSIMO E O DESDOBRAMENTO DAS FOLHAS TOPOGRÁFICAS Aula 12 O SISTEMA UTM, A CARTA INTERNACIONAL AO MILIONÉSIMO E O DESDOBRAMENTO DAS FOLHAS TOPOGRÁFICAS META Apresentar o sistema UTM como forma de localização dos elementos terrestres e a composição das

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Breve Introdução à Informação Geográfica. João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt

Breve Introdução à Informação Geográfica. João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt Breve Introdução à Informação Geográfica João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt Resumo 1 Informação Geográfica 2 Características da Informação Geográfica 3 Conceito de Escala 4 Coordenadas, Projecções

Leia mais