Gustavo Rene Nicolau

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gustavo Rene Nicolau"

Transcrição

1

2 Evolução histórica do cônjuge na legislação brasileira Ordenações Filipinas Código Beviláqua Código Reale

3

4

5 Direito real de habitação Art Ao cônjuge sobrevivente, qualquer que seja o regime de bens, será assegurado, sem prejuízo da participação que lhe caiba na herança, o direito real de habitação relativamente ao imóvel destinado à residência da família, desde que seja o único daquela natureza a inventariar.

6 Conselho da Justiça Federal Enunciado n.º 117: O direito real de habitação deve ser estendido ao companheiro, seja por não ter sido revogada a previsão da Lei n /96, seja em razão da interpretação analógica do art. 1831, informado pelo art. 6º, caput, da CF/88.

7 Art A sucessão legítima defere-se na ordem seguinte: I - aos descendentes, em concorrência com o cônjuge sobrevivente, salvo se casado este com o falecido no regime da comunhão universal, ou no da separação obrigatória de bens (art , parágrafo único); ou se, no regime da comunhão parcial, o autor da herança não houver deixado bens particulares; II - aos ascendentes, em concorrência com o cônjuge; III - ao cônjuge sobrevivente; IV - aos colaterais.

8 Comunhão universal de bens

9 Comunhão universal de bens

10 Separação convencional de bens

11 Separação convencional de bens

12 Comunhão parcial de bens 100

13 Comunhão parcial de bens Filhos

14 Quotas Regra: Como se fosse um filho. Piso da herança: ¼. se for ascendentes dos herdeiros com quem concorrer.

15 Concorrência com ascendentes Não importa o regime de bens...

16 Concorrendo com pai e mãe do de cujus 1/3 1/3 1/3

17 Concorrendo com qualquer outra combinação de ascendentes 1/2 1/2

18 Não há concorrência com colaterais 0% 100%

19 Art A sucessão legítima defere-se na ordem seguinte: I - aos descendentes, em concorrência com o cônjuge sobrevivente, salvo se casado este com o falecido no regime da comunhão universal, ou no da separação obrigatória de bens (art , parágrafo único); ou se, no regime da comunhão parcial, o autor da herança não houver deixado bens particulares; II - aos ascendentes, em concorrência com o cônjuge; III - ao cônjuge sobrevivente; IV - aos colaterais.

20 Sucessão do convivente na União Estável

21 Recurso Extraordinário (RE) Barroso (R), Fachin, Weber, Fux, Celso de Mello e Cármen Lúcia

22 Art Art A companheira ou o companheiro participará da sucessão do outro, quanto aos bens adquiridos onerosamente na vigência da união estável, nas condições seguintes: I - se concorrer com filhos comuns, terá direito a uma quota equivalente à que por lei for atribuída ao filho; II - se concorrer com descendentes só do autor da herança, tocar-lhe-á a metade do que couber a cada um daqueles; III - se concorrer com outros parentes sucessíveis, terá direito a um terço da herança; IV - não havendo parentes sucessíveis, terá direito à totalidade da herança.

23 Companheiro não é herdeiro necessário Art São herdeiros necessários os descendentes, os ascendentes e o cônjuge.

24 Regime de bens na União Estável Art Na união estável, salvo contrato escrito entre os companheiros, aplica-se às relações patrimoniais, no que couber, o regime da comunhão parcial de bens.

25 Regime de bens na união estável 100

26 Herança. Se fosse casamento

27 Herança. Como é união estável

28 R$ 50 mil R$ 2 milhões

29 Meação Sucessão Total Com. Univ. Com. Parcial U.E. Homoafetiva também.

30 Meação Sucessão Total Com. Univ. R$ 1 milhão e 25 mil Zero R$ 1 milhão e 25 mil Com. Parcial R$ 1 milhão R$ 25 mil R$ 1 milhão e 25 mil U.E. Homoafetiva também. R$ 1 milhão R$ 500 mil R$ 1 milhão e 500 mil

A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL

A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL Prof. Dr. Francisco José Cahali CASAMENTO: Convocação p/a Concorrência CC, art. 1829, I: CÔNJUGE HERDA concorrendo CÔNJUGE NÃO HERDA Comunhão parcial com bens

Leia mais

Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima

Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima Ibdfam, agosto de 2012. José Fernando Simão Reformar? Reformar ou não reformar eis a questão? Mario Delgado: é papel do jurista atuar como construtor

Leia mais

Direito Civil. Sucessão em Geral. Professora Alessandra Vieira.

Direito Civil. Sucessão em Geral. Professora Alessandra Vieira. Direito Civil Sucessão em Geral Professora Alessandra Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX DO DIREITO SUCESSÓRIO Considerações Gerais: A abertura da sucessão se dá no exato instante

Leia mais

Sucessão do(a) companheiro(a). Art , CC

Sucessão do(a) companheiro(a). Art , CC Sucessão do(a) companheiro(a). Art. 1.790, CC Sucessão do companheiro(a): CAHALI: A inclusão do direito sucessório decorrente da união estável de forma desconexa, incompleta, como promovida pelo Código

Leia mais

Direito Civil Prof. Conrado Paulino Rosa

Direito Civil Prof. Conrado Paulino Rosa DIREITO DE REPRESENTAÇÃO 1. Direito de representação: Por direito próprio: o Herdeiros descendentes recebem de forma direta, sucedendo por cabeça ou por direito próprio, sem nenhuma representação entre

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Ordem De Vocação Hereditária Gustavo Rene Nicolau[1] 1. INTRODUÇÃO A sucessão legítima foi um aspecto que realmente sofreu alterações com a entrada em vigor do Código Civil (CC)

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O companheiro como herdeiro legítimo no Código Civil de 2002 Rogério Dell Isola Cancio da Cruz * O Código Civil de 2002 tratou da sucessão do companheiro no direito brasileiro de

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 Altera a Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 Código Civil, a Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 Código de Processo Civil, e revoga as Leis nº 8.971, de 29 de

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Decisão sobre Repercussão Geral Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 13 16/04/2015 PLENÁRIO REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 878.694 MINAS GERAIS RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S) : MIN. ROBERTO

Leia mais

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Toda a sucessão legítima observará uma ordem de vocação hereditária que, no Código Civil, está prevista no artigo 1.829. Art. 1.829.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Os direitos dos companheiros na união estável. Sandra Ressel * A União estável é um instituto que consiste na união respeitável, a convivência contínua, duradoura e pública, entre

Leia mais

Problemática da equiparação do Casamento com a União Estável para fins sucessórios

Problemática da equiparação do Casamento com a União Estável para fins sucessórios Problemática da equiparação do Casamento com a União Estável para fins sucessórios Por André Muszkat e Maria Letícia Amorim* Casamento e união estável são dois institutos jurídicos distintos, apesar de

Leia mais

Direito Civil. Direito das Sucessões. Prof. Marcio Pereira

Direito Civil. Direito das Sucessões. Prof. Marcio Pereira Direito Civil Direito das Sucessões Prof. Marcio Pereira Sucessões (art. 1.784 do CC) É a transmissão de bens, direitos e obrigações de uma pessoa para outra que se dá em razão de sua morte. Aberta a successão,

Leia mais

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL Aspectos Relevantes 1 2 Introdução O presente trabalho não tem o intuito de exaurir o tema, haja vista sua extensão e as particularidades de cada caso,

Leia mais

OAB XXI EXAME DE ORDEM 1ª FASE Direito Civil Aula 05 Luciano Figueiredo Sucessões Teoria Geral

OAB XXI EXAME DE ORDEM 1ª FASE Direito Civil Aula 05 Luciano Figueiredo Sucessões Teoria Geral Sucessões Teoria Geral Material para o Curso de Primeira Fase da OAB. Elaboração: Luciano L. Figueiredo 1. 1. Conceitos de Sucessão e Conceitos Importantes - Sucessor x Herdeiro x Legatário 2. Sistema

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE:

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: As consequências patrimoniais dos principais regimes de bens quando da morte de um dos cônjuges. Material produzido por Felipe Pereira Maciel, advogado inscrito na OAB/RJ sob

Leia mais

$VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO

$VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO $VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO $OH[6DQGUR5LEHLUR advogado em São Paulo, pós-graduado em Direito Civil pelo UniFMU Campos férteis em dissidência doutrinária e desinteligência jurisprudencial

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES

DIREITO DAS SUCESSÕES 1) (OAB/PR 28/08/2004) Assinale a alternativa correta, tomando em consideração as afirmativas a seguir: I Na sucessão dos conviventes (união estável), o companheiro sobrevivente que concorrer na herança

Leia mais

Na comunhão parcial, cônjuge só tem direito aos bens adquiridos antes do casamento

Na comunhão parcial, cônjuge só tem direito aos bens adquiridos antes do casamento Curso de Direito - Parte Especial - Livro IV - Do Direito de Família - Prof. Ovídio Mendes - Fundação Santo André 1 / 8 DO REGIME DE COMUNHÃO PARCIAL P A R T E E S P E C I A L LIVRO IV DO DIREITO DE FAMÍLIA

Leia mais

Professora Alessandra Vieira

Professora Alessandra Vieira Sucessão Legítima Conceito: A sucessão legítima ou ab intestato, é a que se opera por força de lei e ocorre quando o de cujus tem herdeiros necessários que, de pleno direito, fazem jus a recolher a cota

Leia mais

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS Turma e Ano: Master A (2015) Matéria/Aula: Direito Civil Família e Sucessões Aula 22 Data: 01.07.2015 Professor: Andréa Amin Conteúdo: Capacidade para testar; Limitações; Testamento: natureza, características,

Leia mais

SUCESSÃO NA UNIÃO ESTÁVEL: A QUESTÃO DA INCONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO DO CÓDIGO CIVIL

SUCESSÃO NA UNIÃO ESTÁVEL: A QUESTÃO DA INCONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO DO CÓDIGO CIVIL 185 SUCESSÃO NA UNIÃO ESTÁVEL: A QUESTÃO DA INCONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO 1.790 DO CÓDIGO CIVIL SUCCESSION IN THE STABLE UNION: THE QUESTION OF THE UNCONSTITUTIONALITY OF ARTICLE 1790 OF THE CIVIL CODE

Leia mais

O DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO E DO CÔNJUGE NO DIREITO BRASILEIRO

O DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO E DO CÔNJUGE NO DIREITO BRASILEIRO O DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO E DO CÔNJUGE NO DIREITO BRASILEIRO Bernardo Henrique Fernandes¹ Valéria Edith Carvalho de Oiliveira 2 RESUMO: O presente artigo busca apresentar as principais diferenças

Leia mais

Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o

Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o União Estável Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o mesmo teto, com o objetivo de constituir

Leia mais

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva Direito Civil VI - Sucessões Prof. Marcos Alves da Silva SUCESSÃO DO CÔNJUGE Herdeiro necessário e concorrente ( concorrente, conforme o regime de bens) Os regimes de matrimoniais de bens e suas implicações

Leia mais

CONVIVENTE: A PERSPECTIVA DE UM NOVO ESTADO CIVIL E SEUS REFLEXOS PARA O RCPN

CONVIVENTE: A PERSPECTIVA DE UM NOVO ESTADO CIVIL E SEUS REFLEXOS PARA O RCPN CONVIVENTE: A PERSPECTIVA DE UM NOVO ESTADO CIVIL E SEUS REFLEXOS PARA O RCPN RODRIGO TOSCANO DE BRITO Doutor e Mestre em Direito Civil pela PUC-SP. Professor de Direito Civil da UFPB e da Escola da Magistratura.

Leia mais

DIREITO CIVIL MARATONA OAB SUPER REVISÃO PARA O XX EXAME DE ORDEM PROFESSORA RAQUEL BUENO DIREITO CIVIL

DIREITO CIVIL MARATONA OAB SUPER REVISÃO PARA O XX EXAME DE ORDEM PROFESSORA RAQUEL BUENO DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL MARATONA OAB SUPER REVISÃO PARA O XX EXAME DE ORDEM PROFESSORA RAQUEL BUENO DIREITO CIVIL 1 2 O DIÁRIO DE LAURA LEDA E ADÃO LANCE ALIMENTOS GRAVÍDICOS LEI 11.804/2008 LAURINHA REGISTRO CIVIL

Leia mais

CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD. DISCIPLINA: Direito Civil. PROFESSORES: Reyvani Jabour

CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD. DISCIPLINA: Direito Civil. PROFESSORES: Reyvani Jabour CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD DISCIPLINA: Direito Civil PROFESSORES: Reyvani Jabour Nome: Nº de Identidade: Reescreva a frase: Atesto para os devidos fins

Leia mais

Inovações e desacertos no novo Direito Sucessório

Inovações e desacertos no novo Direito Sucessório Inovações e desacertos no novo Direito Sucessório Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka Doutora e Livre Docente em Direito pela Faculdade de Direito da USP Professora Associada ao Departamento de Direito

Leia mais

CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL)

CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL) CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL) Edemir de FRANÇA 1 Rômulo Salles LIPKA 2 Waldir aparecido de MORAIS 3 Christina Gouvêa Pereira MENDINA 4

Leia mais

Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais

Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais Da sucessão dos ascendentes Herdam somente se não houver descendente. São herdeiros necessários: 1.845, CC. Chamadosasucederpordireitopróprioeemsegundo

Leia mais

Núcleo de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito NUPEDIR VIII MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) 20 de novembro de 2015

Núcleo de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito NUPEDIR VIII MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) 20 de novembro de 2015 SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO SOBREVIVENTE: BREVE ANÁLISE DAS DIFERENÇAS SUCESSÓRIAS Laura Novak de Souza 1 Liana Maria Feix Suski 2 SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO. 2 DA VOCAÇÃO HEREDITÁRIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE.

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º, DE 2007

PROJETO DE LEI N.º, DE 2007 PROJETO DE LEI N.º, DE 2007 Regulamenta o artigo 226 3º da Constituição Federal, união estável, institui o divórcio de fato. O Congresso Nacional decreta: DA UNIÃO ESTAVEL Art. 1º- É reconhecida como entidade

Leia mais

A sucessão dos companheiros no novo Código Civil

A sucessão dos companheiros no novo Código Civil A sucessão dos companheiros no novo Código Civil Daíze Golnária Garcia de Araújo 1, daizearaujo@ig.com.br 1. Pós-graduanda (especialização) em Direito Civil e Processual Civil na Faculdade de Minas (FAMINAS),

Leia mais

Direito das Sucessões

Direito das Sucessões Direito das Sucessões OBJETIVO Compreender as consequências da ordem de vocação hereditária. ROTEIRO! Da ordem de vocação hereditária! Ordem de vocação hereditária no Código de 1916! Nova ordem de vocação

Leia mais

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO XXII EXAME DE ORDEM DIREITO DE FAMÍLIA Temas recorrentes FAMÍLIA casamento; regime de bens partilha Alteração SUCESSÕES vocação

Leia mais

EFEITOS PATRIMONIAIS NA CONVERSÃO DA UNIÃO ESTÁVEL EM CASAMENTO

EFEITOS PATRIMONIAIS NA CONVERSÃO DA UNIÃO ESTÁVEL EM CASAMENTO EFEITOS PATRIMONIAIS NA CONVERSÃO DA UNIÃO ESTÁVEL EM CASAMENTO FÁTIMA NANCY ANDRIGHI Ministra do Superior Tribunal de Justiça A união estável encontra-se regulada no Código Civil pelos arts. 1.723 a 1.727,

Leia mais

HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE

HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE Luiz Alberto Rossi (*) SUMÁRIO DISTINÇÃO ENTRE HERDEIROS E LEGATÁRIOS. SAISINE. CÔNJUGE: HERDEIRO NECESSÁRIO. QUINHÃO DO CÔNJUGE. TIPOS DE CONCORRÊNCIA. BENS PARTICULARES.

Leia mais

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Civil Professor João Aguirre Data: 24/07/2009

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Civil Professor João Aguirre Data: 24/07/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA 9ª Aula: Sucessão SUCESSÃO 1. Tipos 1.1. Sucessão Legítima: surgiu pela lei (legislador deu a lei) 1.2. Sucessão Testamentária: Surgiu o testamento Em regra vale a legítima quando

Leia mais

A evolucao historica da uniao estavel e do casamento com reflexo na sucessao

A evolucao historica da uniao estavel e do casamento com reflexo na sucessao ISSN 1127-8579 Pubblicato dal 20/07/2016 All'indirizzo http://www.diritto.it/docs/38482-a-evolucao-historica-da-uniao-estavel-e-docasamento-com-reflexo-na-sucessao Autore: Lorrayne Cristhine Carrijo A

Leia mais

ALGUNS ASPECTOS QUE DIFERENCIAM A UNIÃO ESTÁVEL DO CASAMENTO

ALGUNS ASPECTOS QUE DIFERENCIAM A UNIÃO ESTÁVEL DO CASAMENTO ALGUNS ASPECTOS QUE DIFERENCIAM A UNIÃO ESTÁVEL DO CASAMENTO José Ricardo Afonso Mota: Titular do Ofício do Registro Civil e Tabelionato de Notas da cidade de Bom Jesus do Amparo (MG) A união estável,

Leia mais

OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO PROJETO DE LEI 699/2011 RESUMO

OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO PROJETO DE LEI 699/2011 RESUMO 1 OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO PROJETO DE LEI 699/2011 Camila Camargo Costa¹ Nilo Gonçalves Santos Filho² RESUMO O deputado Arnaldo Faria de Sá é o autor do projeto de lei 699/2011

Leia mais

2ª Fase OAB/FGV Direito Civil

2ª Fase OAB/FGV Direito Civil 2ª Fase OAB/FGV Direito Civil Professor Fabio Alves fabio@ferreiraecamposadv.com DIREITO DAS SUCESSÕES PRINCÍPIO DA SAISINE ART. 1784 RESERVA DE LEGITIMA Art. 1.789. Havendo herdeiros necessários, o testador

Leia mais

2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO

2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO 2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO 5LFDUGR$XJXVWRGH2;DYLHU$UDXMR advogado em Santa Catarina, coordenador de serviços administrativos, presidente do Conselho de Contribuintes do Município de Timbó (SC)

Leia mais

UNIÃO ESTÁVEL E A SUCESSÃO DO COMPANHEIRO SOBREVIVENTE À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA

UNIÃO ESTÁVEL E A SUCESSÃO DO COMPANHEIRO SOBREVIVENTE À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA UNIÃO ESTÁVEL E A SUCESSÃO DO COMPANHEIRO SOBREVIVENTE À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA * JOÃO BOSCO ARAUJO Possui graduação em Bacharel Em Direito pela Faculdade de Direito de Ipatinga (1981) Pós-graduado

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES. (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais

DIREITO DAS SUCESSÕES. (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais DIREITO DAS SUCESSÕES (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) Profa. Dra. Zamira de Assis TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 2131.º (Abertura da sucessão legítima)

Leia mais

CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS

CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS Provas Normais e a ultima vale 5,0, pois terá a divisão com seminários. 1 - dissertativa. Caso prático, alguém morreu, o outro renuncia à herança e bla bla.

Leia mais

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Direito sucessório na união estável a luz do novo código civil brasileiro

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Direito sucessório na união estável a luz do novo código civil brasileiro SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Direito sucessório na união estável a luz do novo código civil brasileiro Luana Nayara Lopes Mamedes Carvalho da Silva Bacharel em

Leia mais

INCONSTITUCIONALIDADE DE DIREITOS SUCESSÓRIOS DIFERENCIADOS PARA CÔNJUGE E COMPANHEIRO: UMA ABORDAGEM A PARTIR DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: 878.

INCONSTITUCIONALIDADE DE DIREITOS SUCESSÓRIOS DIFERENCIADOS PARA CÔNJUGE E COMPANHEIRO: UMA ABORDAGEM A PARTIR DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: 878. INCONSTITUCIONALIDADE DE DIREITOS SUCESSÓRIOS DIFERENCIADOS PARA CÔNJUGE E COMPANHEIRO: UMA ABORDAGEM A PARTIR DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: 878.694-MG Rayanne Moreira dos Santos Dantas 1 RESUMO: Sentença

Leia mais

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Sucessão dos Descendentes (art. 1833, CC) É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Neto 1 Neto

Leia mais

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES I. SUCESSÃO EM GERAL II. III. IV. SUCESSÃO LEGÍTIMA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA INVENTÁRIO E PARTILHA SUCESSÃO LEGÍTIMA 1. Conceito 2. Parentesco 3. Sucessão por direito próprio e por

Leia mais

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO Tiago Ribeiro 1 RESUMO O objetivo principal deste trabalho é tratar da evolução histórica do direito sucessório do companheiro no que tangencia as

Leia mais

UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA SUCESSÃO DO CONJUGE E DO COMPANHEIRO: SUA EVOLUÇÃO JURÍDICA A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DE RESUMO

UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA SUCESSÃO DO CONJUGE E DO COMPANHEIRO: SUA EVOLUÇÃO JURÍDICA A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DE RESUMO UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA SUCESSÃO DO CONJUGE E DO COMPANHEIRO: SUA EVOLUÇÃO JURÍDICA A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DE 1988 1 RESUMO Angelita Maria Pamplona Rodrigues 2 Leonardo do Amaral pinheiro da silva

Leia mais

UNIÃO ESTÁVEL. 2) A coabitação não é elemento indispensável à caracterização da união estável.

UNIÃO ESTÁVEL. 2) A coabitação não é elemento indispensável à caracterização da união estável. Edição n. 50 Brasília, 11 de fevereiro de 2016 As teses aqui resumidas foram elaboradas pela Secretaria de Jurisprudência, mediante exaustiva pesquisa na base de jurisprudência do Superior Tribunal de

Leia mais

DA INOPONIBILIDADE DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO A TERCEIROS COPROPRIETÁRIOS ANTERIORES DO IMÓVEL.

DA INOPONIBILIDADE DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO A TERCEIROS COPROPRIETÁRIOS ANTERIORES DO IMÓVEL. DA INOPONIBILIDADE DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO A TERCEIROS COPROPRIETÁRIOS ANTERIORES DO IMÓVEL. Nelson Yoshiaki Kato 1 RESUMO: O presente artigo aborda, sob a ótica jurisprudencial, a questão da inoponibilidade

Leia mais

Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV. Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar. Apresentação 10.08.

Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV. Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar. Apresentação 10.08. Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar Apresentação 10.08.10 Luiz Kignel Karime Costalunga F 1 F 2 F 3 F 1 F 2 F 3 F 4 Fundador

Leia mais

CONTRATO DE CONVIVÊNCIA E SUAS REPERCUSSÕES NO DIREITO SUCESSÓRIO

CONTRATO DE CONVIVÊNCIA E SUAS REPERCUSSÕES NO DIREITO SUCESSÓRIO CONTRATO DE CONVIVÊNCIA E SUAS REPERCUSSÕES NO DIREITO SUCESSÓRIO Edgard Borba Fróes Neto 1 Resumo A possibilidade dos companheiros livremente estipularem regras de cunho patrimonial, mediante celebração

Leia mais

Equiparação dos direitos sucessórios dos conviventes aos dos cônjuges

Equiparação dos direitos sucessórios dos conviventes aos dos cônjuges Equiparação dos direitos sucessórios dos conviventes aos dos cônjuges Resumo Andréia de Abreu Lima 2 O presente artigo tem por finalidade discutir o direito sucessório dos conviventes à luz das Leis 8.971/1994,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 4.121, DE 27 DE AGOSTO DE 1962. Dispõe sôbre a situação jurídica da mulher casada. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que

Leia mais

SUCESSÃO DO CÔNJUGE NO NOVO CÓDIGO CIVIL

SUCESSÃO DO CÔNJUGE NO NOVO CÓDIGO CIVIL SUCESSÃO DO CÔNJUGE NO NOVO CÓDIGO CIVIL Zeno Veloso 1 No palco em que se desenrolam as relações jurídicas da sucessão legítima, um personagem ganhou papel de grande destaque, podendo-se afirmar que é

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A sucessão do cônjuge sobrevivente no novo Código Civil Frederico de Ávila Miguel* Desde janeiro de 2003 o direito sucessório brasileiro está significativamente alterado, em razão

Leia mais

NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO *

NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO * 1 NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO * Inacio de Carvalho Neto ** RESUMO: O texto noticia a propositura, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei nº. 4.908/12,

Leia mais

A inconstitucionalidade do tratamento diferenciado na sucessao do conjuge

A inconstitucionalidade do tratamento diferenciado na sucessao do conjuge ISSN 1127-8579 Pubblicato dal 19/07/2016 All'indirizzo http://www.diritto.it/docs/38481-a-inconstitucionalidade-do-tratamentodiferenciado-na-sucessao-do-conjuge Autore: Lorrayne Cristhine Carrijo A inconstitucionalidade

Leia mais

A UNIÃO ESTÁVEL NO NOVO CÓDIGO CIVIL

A UNIÃO ESTÁVEL NO NOVO CÓDIGO CIVIL 76 A UNIÃO ESTÁVEL NO NOVO CÓDIGO CIVIL CLAUDIA NASCIMENTO VIEIRA¹ O artigo 226 da Constituição Federal equiparou a união estável entre homem e mulher ao casamento, dispondo em seu parágrafo 3º que é reconhecida

Leia mais

DIREITOS PATRIMONIAIS: CASO DE MORTE X CASO DE DIVÓRCIO

DIREITOS PATRIMONIAIS: CASO DE MORTE X CASO DE DIVÓRCIO DIREITOS PATRIMONIAIS: CASO DE MORTE X CASO DE DIVÓRCIO (O Estado de S.Paulo 21/12/2016) Regina Beatriz Tavares da Silva Neste artigo explicarei como o patrimônio é partilhado em caso de divórcio e em

Leia mais

NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO

NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NOVO PROJETO DE LEI PRETENDE CORRIGIR A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NEW BILL OF LAW INTEND TO CORRECT THE SUCCESSION OF THE SPOUSE AND FELLOW Inácio de Carvalho Neto Possui graduação em Direito

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. AGRAVO DE INSTRUMENTO n /9-00, da Comarca de SÃO

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. AGRAVO DE INSTRUMENTO n /9-00, da Comarca de SÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA ACÓRDÃO REGISTRADOfA) SOB N Vistos, relatados e discutidos estes autos de AGRAVO DE INSTRUMENTO n 633.472-4/9-00,

Leia mais

Revista Brasileira de Direito Civil

Revista Brasileira de Direito Civil Revista Brasileira de Direito Civil ISSN 2358-6974 Volume 9 Jul / Set 2016 Qualis B1 Doutrina Nacional / Carlos Edison do Rêgo Monteiro Filho / Joyceane Bezerra de Menezes / Ana Carolina Brochado Teixeira

Leia mais

A SUCESSÃO DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE EM CONCORRÊNCIA COM OS DESCENDENTES OCORRENDO A HIBRIDEZ FAMILIAR RESUMO

A SUCESSÃO DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE EM CONCORRÊNCIA COM OS DESCENDENTES OCORRENDO A HIBRIDEZ FAMILIAR RESUMO A SUCESSÃO DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE EM CONCORRÊNCIA COM OS DESCENDENTES OCORRENDO A HIBRIDEZ FAMILIAR Rodrigo Schenckel da Silva 1 Rachel Marques da Silva 2 RESUMO Com a entrada em vigor do Código Civil

Leia mais

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS Turma e Ano: Master A (2015) Matéria/Aula: Direito Civil Família e Sucessões Aula 18 Data: 18.06.2015 Professor: Andréa Amin Conteúdo: Sucessão (introdução); Espécies de sucessão; Lei aplicável; Saisine

Leia mais

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Toda a sucessão legítima observará uma ordem de vocação hereditária que, no Código Civil, está prevista no artigo 1.829. Art. 1.829.

Leia mais

OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE SUPÉRSTITE. Introdução

OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE SUPÉRSTITE. Introdução Alexandre de Oliveira Fistarol * Caroline Zattera ** Denise Frizzo Ribeiro *** Elisandra de Souza Moreira **** Gleici Carenhato ***** Odir Berlatto ****** OS DIREITOS SUCESSÓRIOS DO CÔNJUGE SUPÉRSTITE

Leia mais

Direito Civil. Do Regime de Bens. Prof. Marcio Pereira

Direito Civil. Do Regime de Bens. Prof. Marcio Pereira Direito Civil Do Regime de Bens Prof. Marcio Pereira Regime de Bens É o estatuto patrimonial que vigora entre os cônjuges durante o casamento. São aplicáveis os seguintes princípios: Princípio da variedade

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Caso de usufruto que não se extingue por morte no direito brasileiro Sandro Alexander Ferreira* INTRODUÇÃO É assente, na doutrina e jurisprudência brasileira, que o usufruto é direito

Leia mais

Sumário. Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação) Apresentação Prefácio... 27

Sumário. Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação) Apresentação Prefácio... 27 Sumário Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação)... 19 Apresentação... 25 Prefácio... 27 Capítulo I Introdução ao direito das sucessões... 29 1. A sucessão enquanto fenômeno jurídico... 30

Leia mais

UMA VISÃO CRÍTICA DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO RESUMO

UMA VISÃO CRÍTICA DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO RESUMO 52 UMA VISÃO CRÍTICA DO DIREITO REAL DE HABITAÇÃO Eniopaulo Batista Pieroni Professor de Direito Civil VII-Direito das Sucessões no UNIFOR Luciana Ribeiro Iunes Aluna do 9º período do Curso de Direito

Leia mais

COMISSÃO de Seguridade Social e Família. PROJETO DE LEI N o 508, DE 2007 (Apensos os PLs 2.528, de 2007, e 3.075, de 2008)

COMISSÃO de Seguridade Social e Família. PROJETO DE LEI N o 508, DE 2007 (Apensos os PLs 2.528, de 2007, e 3.075, de 2008) COMISSÃO de Seguridade Social e Família PROJETO DE LEI N o 508, DE 2007 (Apensos os PLs 2.528, de 2007, e 3.075, de 2008) Altera dispositivos do Código Civil, dispondo sobre igualdade de direitos sucessórios

Leia mais

O direito sucessório do companheiro: uma análise acerca da inconstitucionalidade do artigo do Código Civil

O direito sucessório do companheiro: uma análise acerca da inconstitucionalidade do artigo do Código Civil Clederson Cristiano dos Santos* Marcelo Loeblein dos Santos**c O direito sucessório do companheiro: uma análise acerca da inconstitucionalidade do artigo 1.790 do Código Civil Resumo: Este artigo aborda

Leia mais

A sucessão do cônjuge e do companheiro no novo código civil

A sucessão do cônjuge e do companheiro no novo código civil A sucessão do cônjuge e do companheiro no novo código civil 1. Intróito Inacio de Carvalho Neto Professor de Direito Civil da Unifoz, da Unipar, do CIES, da Escola do Ministério Público e da Escola da

Leia mais

A SUCESSÃO DECORRENTE DA UNIÃO ESTÁVEL E SEU ARCAÍCO E INCONSTITUCIONAL PROCESSO SUCESSÓRIO

A SUCESSÃO DECORRENTE DA UNIÃO ESTÁVEL E SEU ARCAÍCO E INCONSTITUCIONAL PROCESSO SUCESSÓRIO 139 REVISTA FACTHUS JURÍDICA 1(1):139-156 (2016) A SUCESSÃO DECORRENTE DA UNIÃO ESTÁVEL E SEU ARCAÍCO E INCONSTITUCIONAL PROCESSO SUCESSÓRIO Succession Arising Out of Common-law Marriage and its Archaic

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Análise do artigo 1830 do Código Civil e a possibilidade de concorrência do cônjuge e do companheiro sobre a herança do de cujus Sara Ferraz* Introdução Com o advento Código Civil

Leia mais

SUCESSÃO E DIREITOS NA UNIÃO ESTÁVEL

SUCESSÃO E DIREITOS NA UNIÃO ESTÁVEL SUCESSÃO E DIREITOS NA UNIÃO ESTÁVEL Ariane Fernandes de OLIVEIRA 1 Bruno Loamy Alves RAMOS 2 Willyan SARI 3 RESUMO: O presente artigo compreende um estudo sobre o instituto da união estável nas relações

Leia mais

ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DOS DIREITOS SUCESSÓRIOS NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CASAMENTO: AVANÇO OU INSEGURANÇA JURÍDICA?

ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DOS DIREITOS SUCESSÓRIOS NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CASAMENTO: AVANÇO OU INSEGURANÇA JURÍDICA? ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DOS DIREITOS SUCESSÓRIOS NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CASAMENTO: AVANÇO OU INSEGURANÇA JURÍDICA? Alex Cadier Mestrando em Direito pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP), Petrópolis,

Leia mais

SUCESSÃO LEGÍTIMA DO CÔNJUGE: CONCORRÊNCIA COM DESCENDENTES COMUNS E EXCLUSIVOS DO AUTOR DA HERANÇA

SUCESSÃO LEGÍTIMA DO CÔNJUGE: CONCORRÊNCIA COM DESCENDENTES COMUNS E EXCLUSIVOS DO AUTOR DA HERANÇA Sucessão legítima do cônjuge: Concorrência com descendentes comuns e exclusivos do autor da herança Revista Científica da Faculdade de Balsas, Ano II, n.2, 2011. SUCESSÃO LEGÍTIMA DO CÔNJUGE: CONCORRÊNCIA

Leia mais

União Estável: Direitos Sucessórios dos Companheiros no Código Civil

União Estável: Direitos Sucessórios dos Companheiros no Código Civil direito União Estável: Direitos Sucessórios dos Companheiros no Código Civil Jacqueline Paiva da Silva 1 Jorge Batista Calado Filho 2 Jorge Maia 3 Resumo: Com o advento do Código Civil de 2002 os direitos

Leia mais

DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO: CONSTITUCIONALIDADE OU INCONSTITUCIONALIDADE FRENTE À EQUIPARAÇÃO AO DIREITO SUCESSÓRIO DO CÔNJUGE

DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO: CONSTITUCIONALIDADE OU INCONSTITUCIONALIDADE FRENTE À EQUIPARAÇÃO AO DIREITO SUCESSÓRIO DO CÔNJUGE DIREITO SUCESSÓRIO DO COMPANHEIRO: CONSTITUCIONALIDADE OU INCONSTITUCIONALIDADE FRENTE À EQUIPARAÇÃO AO DIREITO SUCESSÓRIO DO CÔNJUGE Bianca de Melo Hartfil 1 Vânia Janice David Lima 2 RESUMO: Com alteração

Leia mais

Modificações no Estatuto das Famílias

Modificações no Estatuto das Famílias Modificações no Estatuto das Famílias Projeto de Lei 2.285/2007, apensado ao PL 675/2007 PROJETO ORIGINAL deputado Sérgio Barradas (PT-BA) Art. 91 Constituindo os pais nova entidade familiar os direitos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE DIREITO LETÍCIA RODRIGUES MUSTAFÁ 11/

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE DIREITO LETÍCIA RODRIGUES MUSTAFÁ 11/ UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE DIREITO LETÍCIA RODRIGUES MUSTAFÁ 11/0127927 A CONCORRÊNCIA SUCESSÓRIA ENTRE O CÔNJUGE SUPÉRSTITE E OS DESCENDENTES Brasília Julho, 2016 LETÍCIA RODRIGUES MUSTAFÁ

Leia mais

Regime de bens e divisão da herança

Regime de bens e divisão da herança Regime de bens e divisão da herança Antes da celebração do casamento, os noivos têm a possibilidade de escolher o regime de bens a ser adotado, que determinará se haverá ou não a comunicação (compartilhamento)

Leia mais

AS DIVERGÊNCIAS ENTRE CÔNJUGE E COMPANHEIRO NO DIREITO SUCESSÓRIO BRASILEIRO

AS DIVERGÊNCIAS ENTRE CÔNJUGE E COMPANHEIRO NO DIREITO SUCESSÓRIO BRASILEIRO AS DIVERGÊNCIAS ENTRE CÔNJUGE E COMPANHEIRO NO DIREITO SUCESSÓRIO BRASILEIRO Leandro De Deus Lopes 1 João Marcos da Cunha 2 Juliana Flávia Dalla Costa 3 RESUMO Expor as divergências constantes entre o

Leia mais

Com a edição da Lei nº de , o cônjuge passou a ocupar lugar de destaque sendo-lhe atribuída a qualidade de herdeiro necessário.

Com a edição da Lei nº de , o cônjuge passou a ocupar lugar de destaque sendo-lhe atribuída a qualidade de herdeiro necessário. INTRODUÇÃO Com a edição da Lei nº. 10.406 de 10-01-2002, o cônjuge passou a ocupar lugar de destaque sendo-lhe atribuída a qualidade de herdeiro necessário. Além disto, o Código trouxe para nosso direito

Leia mais

O inc. I do art do CC: algumas interrogações

O inc. I do art do CC: algumas interrogações O inc. I do art. 1.829 do CC: algumas interrogações Maria Berenice Dias www.mbdias.com.br www.mariaberenice.com.br www.direitohomoafetivo.com.br Depois de pouco mais de três anos de vigência do atual Código

Leia mais

NOTAS SOBRE OS DIREITOS DOS CÔNJUGES E COMPANHEIROS EM MATÉRIA DE SUCESSÕES NOTAS SOBRE LOS DERECHOS DE LOS CÓNYUGUES Y COMPAÑEROS EM LA SUCESIÓN

NOTAS SOBRE OS DIREITOS DOS CÔNJUGES E COMPANHEIROS EM MATÉRIA DE SUCESSÕES NOTAS SOBRE LOS DERECHOS DE LOS CÓNYUGUES Y COMPAÑEROS EM LA SUCESIÓN NOTAS SOBRE OS DIREITOS DOS CÔNJUGES E COMPANHEIROS EM MATÉRIA DE SUCESSÕES NOTAS SOBRE LOS DERECHOS DE LOS CÓNYUGUES Y COMPAÑEROS EM LA SUCESIÓN Geny Marques Pinheiro Valter Moura do Carmo RESUMO A união

Leia mais

A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO NOVO CÓDIGO CIVIL

A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO NOVO CÓDIGO CIVIL REVISTA JURÍDICA da UniFil, Ano I - nº 1 105 A SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO NO NOVO CÓDIGO CIVIL 1 Inacio de Carvalho Neto * RESUMO O presente artigo aborda as alterações ocorridas no âmbito do

Leia mais

DA SUCESSÃO DO COMPANHEIRO. O POLÊMICO ART DO CC E SUAS CONTROVÉRSIAS PRINCIPAIS

DA SUCESSÃO DO COMPANHEIRO. O POLÊMICO ART DO CC E SUAS CONTROVÉRSIAS PRINCIPAIS DA SUCESSÃO DO COMPANHEIRO. O POLÊMICO ART. 1.790 DO CC E SUAS CONTROVÉRSIAS PRINCIPAIS À Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka. Pela titularidade. Flávio Tartuce 1 Um dos dispositivos mais criticados

Leia mais

Gabinete do Presidente DESPACHO N 013

Gabinete do Presidente DESPACHO N 013 Gabinete do Presidente DESPACHO N 013 _.,.---~._--' I. A. B. -- ----'1 PROTOCOL0 N.e/~_ ""'---. Trata-se de matéria relevante, razão pela qual converto em Indicação sobre o tema "Modificação e acréscimo

Leia mais

PROF. MS. FABIO TRUBILHANO

PROF. MS. FABIO TRUBILHANO 3 PROF. MS. FABIO TRUBILHANO ASPECTOS POLÊMICOS DA SUCESSÃO DO CÔNJUGE E DO COMPANHEIRO A primeira questão polêmica sobre a qual nos debruçaremos envolve os arts. 1.641, 1.687 e 1.829 do Código Civil brasileiro.

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.878-A, DE 2011 (Da Sra. Janete Rocha Pietá)

PROJETO DE LEI N.º 1.878-A, DE 2011 (Da Sra. Janete Rocha Pietá) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.878-A, DE 2011 (Da Sra. Janete Rocha Pietá) Altera o inciso I do art. 1.829 da Lei nº 10.406 de 10 de janeiro de 2002; tendo parecer da Comissão de Seguridade

Leia mais

Marcos Puglisi de Assumpção 4. A SUCESSÃO NO CASAMENTO, NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CONCUBINATO

Marcos Puglisi de Assumpção 4. A SUCESSÃO NO CASAMENTO, NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CONCUBINATO Marcos Puglisi de Assumpção 4. A SUCESSÃO NO CASAMENTO, NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CONCUBINATO 2010 A SUCESSÃO NO CASAMENTO, NA UNIÃO ESTÁVEL E NO CONCUBINATO Para se obter um bom entendimento como se processa

Leia mais

JUÍZA DE DIREITO - DRA. MARISA GATELLI PROLATOR: DATA: 23/04/2014

JUÍZA DE DIREITO - DRA. MARISA GATELLI PROLATOR: DATA: 23/04/2014 COMARCA DE FELIZ VARA JUDICIAL RUA TIRADENTES, 700 PROCESSO 146/1.11.0001806-8 (CNJ:.0003041- Nº: 80.2011.8.21.0146) NATUREZA: IMISSÃO DE POSSE PARTE ESPÓLIO AUTORA: RÉ: N. M. M. JUIZ JUÍZA DE DIREITO

Leia mais