Direito Civil. Direito das Sucessões. Prof. Marcio Pereira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direito Civil. Direito das Sucessões. Prof. Marcio Pereira"

Transcrição

1 Direito Civil Direito das Sucessões Prof. Marcio Pereira

2 Sucessões (art do CC) É a transmissão de bens, direitos e obrigações de uma pessoa para outra que se dá em razão de sua morte. Aberta a successão, a herança transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários (Princípio da Saisine). ATENÇÃO O direito à sucessão aberta por ficção legal é considerado bem imóvel (art. 80, II, CC).

3 Formas de Sucessão Há duas formas de sucessão causa mortis: legítima e testamentária. Havendo testamento, a sucessão testamentária prevalece sobre a legítima. A sucessão legítima é chamada de ab intestato. Na sucessão legítima os herdeiros estão expressamente indicados pela lei, onde se vê uma ordem de vocação hereditária. A sucessão legítima ocorre quando não houver testamento, quando ele caducar ou for anulado, ou ainda quando o testamento não dispuser sobre todos os bens.

4 Formas de Sucessão A sucessão ainda pode ser: -A título universal (herança - herdeiro): ocorre com a transferência da totalidade dos bens ou de percentual do todo. -A título singular (legado - legatário): recai sobre um bem determinado, sobre uma coisa individuada ou quando recebe vários bens individuados, ou ainda quando recebe percentual de um bem determinado.

5 Da Sucessão Legítima A sucessão legítima defere-se na seguinte ordem (art CC): I. Aos descendentes em concorrência com o cônjuge sobrevivente, salvo se casado com o falecido no regime de comunhão universal ou no da separação obrigatória de bens ou se, no regime de comunhão parcial, o autor da herança não houver deixado bens particulares;

6 Da Sucessão Legítima II. Ascendentes, em concorrência com o cônjuge; III. Cônjuge sobrevivente; IV. Colaterais até quarto grau inclusive.

7 Regras à luz da sucessão do cônjuge -Somente é reconhecido o direito sucessório ao cônjuge sobrevivente se, ao tempo da morte do outro, não estavam separados judicialmente, nem separados de fato, há mais de dois anos, salvo, prova, neste caso, de que essa convivência se tornara impossível sem culpa do sobrevivente. -Ao cônjuge sobrevivente, qualquer que seja o regime de bens, será assegurado, sem prejuízo da participação que lhe caiba na herança, o direito real de habitação ao imóvel destinado na residência da família, desde que seja o único daquela natureza a inventariar.

8 Regras à luz da sucessão do cônjuge - Em concorrência com os descendentes, caberá ao cônjuge quinhão igual ao dos que sucederem por cabeça, não podendo a sua quota ser inferior à quarta parte da herança, se for ascendente dos herdeiros com que concorrer. - Ademais, concorrendo com ascendentes em primeiro grau, ao tocará um terço da herança. Agora terá direito à metade se concorrer com um só ascendente ou maior àquele grau.

9 Regras à luz da sucessão dos colaterais Na falta de descendentes, ascendentes e cônjuge serão chamados a suceder os colaterais até o quarto grau. Irmãos são colaterais em segundo grau. Podem ser bilaterais/germanos ou unilaterais. Na classe dos colaterais, o de grau mais próximo exclui o de grau mais remoto, salvo o direito de representação concedido aos filhos dos irmãos.

10 Regras à luz da sucessão dos colaterais Concorrendo irmãos bilaterais e unilaterais, os unilaterais terão direito a metade do valor dos irmãos bilaterais. Não concorrendo à herança irmãos bilaterais, os irmãos unilaterais herdarão em partes iguais. Na falta dos irmãos, herdarão os seus filhos (sobrinhos) e na falta dos filhos, herdarão os tios. Concorrendo tios e sobrinhos, os sobrinhos preferem aos tios.

11 HERDEIROS NECESSÁRIOS São aqueles que têm direito à legítima, salvo quando excluídos do direito à herença. São herdeiros necessários: Descendentes; Ascendentes; Cônjuge sobrevivente.

12 Excludentes do direito à herança São aquelas que excluem os herdeiros necessários, isto é, aqueles que têm direito à legítima (metade da herança líquida). São herdeiros necessários os descendentes, ascendentes e cônjuge sobrevivente. São três formas de excludente: - exclusão voluntária, é a renúncia (art do CC); - exclusão legal, é a indignidade (art do CC); - exclusão testamentária, é a deserdação (art do CC).

13 Direito de Representação (art do CC) Sucessão por estirpe ou representação ocorrequando a lei chama certos parentes do falecido a suceder em todos os direitos em que ele sucederia, se vivo fosse (art do CC). -Ocorre na linha reta descendentes; -Ocorre na linha colateral em favor dos filhos do irmão do falecido; -Na renúncia não há o direito de representação; -Na deserdação não há o direito de representação.

14 Da Sucessão Testamentária (art do CC) É o negócio jurídico unilateral, personalíssimo, gratuito, solene, revogável, onde alguém, na forma da lei, dispõe sobre seus bens, no todo ou em parte, ou faz outras disposições para depois de sua morte. Características: -Negócio jurídico unilateral, pois se aperfeiçoa com uma única vontade, a vontade do testador.

15 Da Sucessão Testamentária (art do CC) -Gratuito, pois implica disposição dos bens sem qualquer contraprestação. -Unipessoal, porque não pode ser feito em conjunto, deve ser feito isoladamente, ou seja, é proibido o testamento realizado em conjunto, em mão comum ou mancomunado, seja simultâneo, recíproco ou correspectivo.

16 Da Sucessão Testamentária (art do CC) ATENÇÃO: Testamento simultâneo é aquele em que os testadores beneficiam uma terceira pessoa. Testamento recíproco é aquele em que os testadores se beneficiam mutuamente, sendo herdeiro aquele que sobreviver. Testamento correspectivo é aquele em que os testadores efetuam disposições em retribuição a outras correspondentes.

17 Da Sucessão Testamentária (art do CC) -Solene, deve obedecer às formalidades previstas na lei. Revogável, ainda que haja cláusula de irrevogabilidade no testamento, pois esta cláusula é nula. Há duas cláusulas de irrevogabilidade que são implícitas: reconhecimento de filho e o perdão do indigno. -É ato causa mortis, pois somente produz efeito após a morte do testador.

18 Da Sucessão Testamentária (art do CC) -É ato personalíssimo, pois não se admite testamento por procuração. - É ato patrimonial e extrapatrimonial, serve para dispor dos bens e tem outras finalidades, por exemplo, reconhecimento de filhos, nomeação de tutor, nomeação de testamenteiro, perdoar o indigno.

19 Formas Testamentárias As formas de se realizar um testamento se subdividem: a)ordinária ou comum: -público (de viva voz); é ditado pelo testador ao tabelião ou seu substituto legal, na presença de duas testemunhas.

20 Formas Testamentárias - cerrado (secreto ou místico); É escrito pelo próprio testador ou por alguém a seu rogo. Tem caráter sigiloso e será aprovado por tabelião na presença de duas testemunhas. - particular (hológrafo); Pode ser escrito em língua nacional ou estrangeira, desde que as testemunhas o entendam.

21 ATENÇÃO: Codicilo é o documento particular escrito e assinado pelo próprio codicilante, dispondo sobre questões relativas ao seu funeral e sobre disposições de pequena monta, como esmolas, móveis, roupas e jóias de pequeno valor de uso pessoal. O codicilo é um documento informal, sem testemunhas. b)especial: - marítimo; - militar; - aeronáutico. Formas Testamentárias

22 QUESTÃO Márcia era viúva e tinha três filhos: Hugo, Aurora e Fiona. Aurora, divorciada, vivia sozinha e tinha dois filhos, Rui e Júlia. Márcia faleceu e Aurora renunciou à herança da mãe. Sobre a divisão da herança de Márcia, assinale a afirmativa correta.

23 A) Diante da renúncia de Aurora, a herança de Márcia deve ser dividida entre Hugo e Fiona, cabendo a cada um metade da herança. B) Diante da renúncia de Aurora, a herança de Márcia deve ser dividida entre Hugo, Fiona, Rui e Júlia, em partes iguais, cabendo a cada um 1/4 da herança. C) Diante da renúncia de Aurora, a herança de Márcia deve ser dividida entre Hugo, Fiona, Rui e Júlia, cabendo a Hugo e Fiona 1/3 da herança, e a Rui e Júlia 1/6 da herança para cada um. D) Aurora não pode renunciar à herança de sua mãe, uma vez que tal faculdade não é admitida quando se tem descendentes de primeiro grau.

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período

Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Professora: Vera Linda Lemos Disciplina: Direito das Sucessões 7º Período Toda a sucessão legítima observará uma ordem de vocação hereditária que, no Código Civil, está prevista no artigo 1.829. Art. 1.829.

Leia mais

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES I. SUCESSÃO EM GERAL II. SUCESSÃO LEGÍTIMA III. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA IV. INVENTÁRIO E PARTILHA SUCESSÃO LEGÍTIMA 1. Conceito 2. Parentesco 3. Sucessão por direito próprio e por

Leia mais

Direito Civil Prof. Conrado Paulino Rosa

Direito Civil Prof. Conrado Paulino Rosa DIREITO DE REPRESENTAÇÃO 1. Direito de representação: Por direito próprio: o Herdeiros descendentes recebem de forma direta, sucedendo por cabeça ou por direito próprio, sem nenhuma representação entre

Leia mais

OAB XXI EXAME DE ORDEM 1ª FASE Direito Civil Aula 05 Luciano Figueiredo Sucessões Teoria Geral

OAB XXI EXAME DE ORDEM 1ª FASE Direito Civil Aula 05 Luciano Figueiredo Sucessões Teoria Geral Sucessões Teoria Geral Material para o Curso de Primeira Fase da OAB. Elaboração: Luciano L. Figueiredo 1. 1. Conceitos de Sucessão e Conceitos Importantes - Sucessor x Herdeiro x Legatário 2. Sistema

Leia mais

Direito Civil. Sucessão em Geral. Professora Alessandra Vieira.

Direito Civil. Sucessão em Geral. Professora Alessandra Vieira. Direito Civil Sucessão em Geral Professora Alessandra Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX DO DIREITO SUCESSÓRIO Considerações Gerais: A abertura da sucessão se dá no exato instante

Leia mais

Direito das Sucessões

Direito das Sucessões Direito das Sucessões OBJETIVO Conhecer o instituto da Sucessão legítima. ROTEIRO! Introdução! Ordem de vocação hereditária! Herdeiros necessários! Sucessão por cabeça e por estirpe! Direito de transmissão

Leia mais

Instituições de Direito Público e Privado. Parte X Herança

Instituições de Direito Público e Privado. Parte X Herança Instituições de Direito Público e Privado Parte X Herança 1. Sucessão Conceito Sucessão A palavra suceder tem o sentido genérico de virem os fatos e fenômenos jurídicos uns depois dos outros (sub + cedere).

Leia mais

1. Ordem de vocação hereditária - Sucessão Legítima:

1. Ordem de vocação hereditária - Sucessão Legítima: 1 PONTO 1: Ordem de vocação hereditária - Sucessão Legítima PONTO 2: Sucessão Testamentária 1. Ordem de vocação hereditária - Sucessão Legítima: Art. 1603 1, CC/16: I Descendentes II Ascendentes III Conjuges

Leia mais

SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Profa. Dra. Cíntia Rosa Pereira de Lima 1 Introdução: Sucessão testamentária = ato de última vontade; Sucessão legítima = supletiva (vontade presumida do de cujus pela lei); Fonte

Leia mais

Gustavo Rene Nicolau

Gustavo Rene Nicolau Evolução histórica do cônjuge na legislação brasileira Ordenações Filipinas Código Beviláqua Código Reale Direito real de habitação Art. 1.831. Ao cônjuge sobrevivente, qualquer que seja o regime de

Leia mais

Noções Introdutórias Abertura da Sucessão. Transmissão da Herança. Aceitação e Renúncia da Herança. Cessão da Herança

Noções Introdutórias Abertura da Sucessão. Transmissão da Herança. Aceitação e Renúncia da Herança. Cessão da Herança Sumário 1. Noções Introdutórias 1.1 Sucessão. Compreensão do Vocábulo. O Direito das Sucessões 1.2 Direito das Sucessões no Direito Romano 1.3 Ideia Central do Direito das Sucessões 1.4 Noção de Herança

Leia mais

DIREITO DE FAMÍLIA ROTEIRO DE AULA Profa. Dra. Maitê Damé Teixeira Lemos

DIREITO DE FAMÍLIA ROTEIRO DE AULA Profa. Dra. Maitê Damé Teixeira Lemos DIREITO DE FAMÍLIA ROTEIRO DE AULA Profa. Dra. Maitê Damé Teixeira Lemos Direito Matrimonial o Conceito: o Natureza jurídica do casamento: o Finalidades do casamento: o Princípios do casamento: o Esponsais

Leia mais

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO XXII EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL: FAMÍLIA E SUCESSÕES PROF.ª CARLA CARVALHO XXII EXAME DE ORDEM DIREITO DE FAMÍLIA Temas recorrentes FAMÍLIA casamento; regime de bens partilha Alteração SUCESSÕES vocação

Leia mais

Sumário. Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação) Apresentação Prefácio... 27

Sumário. Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação) Apresentação Prefácio... 27 Sumário Palavras Prévias 2ª edição (à guisa de apresentação)... 19 Apresentação... 25 Prefácio... 27 Capítulo I Introdução ao direito das sucessões... 29 1. A sucessão enquanto fenômeno jurídico... 30

Leia mais

SUCESSÃO DOS ASCENDENTES - REGRAS DE CONCORRÊNCIA COM O CÔNJUGE

SUCESSÃO DOS ASCENDENTES - REGRAS DE CONCORRÊNCIA COM O CÔNJUGE SUCESSÃO DOS ASCENDENTES - REGRAS DE CONCORRÊNCIA COM O CÔNJUGE Christina Gouvêa Pereira MENDINA Elisangela Samila BATISTA Juliene Barbosa MENDES Rayana Camille LOURENÇO SUCESSÃO DOS ASCENDENTES - REGRAS

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-39 PERÍODO: 8º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL VI CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Direito das

Leia mais

Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (21/08/2017) Continuação de ordem vocacional hereditária.

Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (21/08/2017) Continuação de ordem vocacional hereditária. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CIVIL. Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (21/08/2017) Continuação de ordem vocacional hereditária. Ordem vocacional hereditária. Descendentes; Ascendentes

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Ordem De Vocação Hereditária Gustavo Rene Nicolau[1] 1. INTRODUÇÃO A sucessão legítima foi um aspecto que realmente sofreu alterações com a entrada em vigor do Código Civil (CC)

Leia mais

1 Conceito de Sucessão:

1 Conceito de Sucessão: DIREITO DAS SUCESSÕES: INTRODUÇÃO Profa. Dra. Cíntia Rosa Pereira de Lima 1 Conceito de Sucessão: Origem latim succedere = vir ao lugar de alguém Senso comum continuar, substituir Sucessão inter vivos

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES

DIREITO DAS SUCESSÕES 1) (OAB/PR 28/08/2004) Assinale a alternativa correta, tomando em consideração as afirmativas a seguir: I Na sucessão dos conviventes (união estável), o companheiro sobrevivente que concorrer na herança

Leia mais

Bacharelado em Direito. Direito Civil VI (Sucessões) Semestre: 7.º Carga Horária: 72 h 1. EMENTA

Bacharelado em Direito. Direito Civil VI (Sucessões) Semestre: 7.º Carga Horária: 72 h 1. EMENTA Curso: Disciplina: Bacharelado em Direito Direito Civil VI (Sucessões) Semestre: 7.º Carga Horária: 72 h 1. EMENTA Conceito e princípios do Direito das Sucessões. Sucessão em geral. Sucessão legítima.

Leia mais

DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS

DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕES PROF. FLÁVIO MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito das Sucessões; Conceito; Formas de Sucessão; Abertura da Sucessão; Sucessão Universal e Singular; Da Capacidade para

Leia mais

AULA 02. Etimologicamente a palavra sucessão vem da expressão sub cedere, que descreve a situação onde alguém toma o lugar de outrem (substitui).

AULA 02. Etimologicamente a palavra sucessão vem da expressão sub cedere, que descreve a situação onde alguém toma o lugar de outrem (substitui). 01 Profª Helisia Góes Disciplina: DIREITO CIVIL VI SUCESSÕES Turmas: 8ºDIV e 8DIN-1 (03/08/11) e 8º DIN-2 (04/08/11) AULA 02 I - NOÇÕES INICIAIS CONCEITO: conjunto de normas que disciplinam a transferência

Leia mais

Caderno Eletrônico de Exercícos Direito das Sucessões

Caderno Eletrônico de Exercícos Direito das Sucessões 1) Que é herança jacente: a) Herança que não existe herdeiros, salvo o estado b) Herança que tem que ser dividida entre os pais e cônjuge c) Herança que tem que ser dividida entre irmãos d) Herança deixada

Leia mais

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva Direito Civil VI - Sucessões Prof. Marcos Alves da Silva Direito das Sucessões Sucessão: alteração de titulares em uma dada relação jurídica Sucessão (sentido estrito): causa mortis A sucessão engloba

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES. Prof. EDUARDO DOMINGUES

DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES. Prof. EDUARDO DOMINGUES DIREITO DAS SUCESSÕES Prof. EDUARDO DOMINGUES eduardo.adv@domingues.fm Advogado Professor Universitário (UNIRIO, FACHA) Mestre e Doutor em Direito da Cidade - UERJ DIREITO DAS SUCESSÕES I. SUCESSÃO EM

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES. (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais

DIREITO DAS SUCESSÕES. (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais DIREITO DAS SUCESSÕES (DA SUCESSÃO EM ESPÉCIE - Legítima e Legitimária) Profa. Dra. Zamira de Assis TÍTULO II Da sucessão legítima CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 2131.º (Abertura da sucessão legítima)

Leia mais

A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL

A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL A SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL Prof. Dr. Francisco José Cahali CASAMENTO: Convocação p/a Concorrência CC, art. 1829, I: CÔNJUGE HERDA concorrendo CÔNJUGE NÃO HERDA Comunhão parcial com bens

Leia mais

STJ by Editora Atlas S.A. Capa: Leonardo Hermano Composição: Formato Serviços de Editoração Ltda.

STJ by Editora Atlas S.A. Capa: Leonardo Hermano Composição: Formato Serviços de Editoração Ltda. 2013 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2013; 2. ed. 2015 Capa: Leonardo Hermano Composição: Formato Serviços de Editoração Ltda. ",,

Leia mais

Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais

Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais Sucessão dos ascendentes Sucessão do cônjuge Sucessão dos colaterais Da sucessão dos ascendentes Herdam somente se não houver descendente. São herdeiros necessários: 1.845, CC. Chamadosasucederpordireitopróprioeemsegundo

Leia mais

Direito Civil. Sucessão Testamentária. Professora Alessandra Vieira.

Direito Civil. Sucessão Testamentária. Professora Alessandra Vieira. Direito Civil Sucessão Testamentária Professora Alessandra Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Civil SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Sucessão legítima é quando a sucessão é deferida por lei, às pessoas

Leia mais

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva Direito Civil VI - Sucessões Prof. Marcos Alves da Silva SUCESSÃO DO CÔNJUGE Herdeiro necessário e concorrente ( concorrente, conforme o regime de bens) Os regimes de matrimoniais de bens e suas implicações

Leia mais

Professora Alessandra Vieira

Professora Alessandra Vieira Sucessão Legítima Conceito: A sucessão legítima ou ab intestato, é a que se opera por força de lei e ocorre quando o de cujus tem herdeiros necessários que, de pleno direito, fazem jus a recolher a cota

Leia mais

Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (14/08/2017) Continuação de execução de alimentos, e ordem hereditária.

Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (14/08/2017) Continuação de execução de alimentos, e ordem hereditária. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CIVIL. Aula Ministrada pelo Prof. Nelson Sussumu Shikicima, (14/08/2017) Continuação de execução de alimentos, e ordem hereditária. Execução alimentos Artigo 523 do CPC

Leia mais

CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD. DISCIPLINA: Direito Civil. PROFESSORES: Reyvani Jabour

CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD. DISCIPLINA: Direito Civil. PROFESSORES: Reyvani Jabour CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRAIS EAD DISCIPLINA: Direito Civil PROFESSORES: Reyvani Jabour Nome: Nº de Identidade: Reescreva a frase: Atesto para os devidos fins

Leia mais

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL Aspectos Relevantes 1 2 Introdução O presente trabalho não tem o intuito de exaurir o tema, haja vista sua extensão e as particularidades de cada caso,

Leia mais

Direito das Sucessões

Direito das Sucessões Direito das Sucessões Conteúdo Programático Fundamentos; Conceitos fundamentais; Espécies de Sucessão; Sucessão legítima; Direito de representação; Sucessão e união estável; Sucessão testamentária; Ausência;

Leia mais

Sexta da Família: planejamento sucessório

Sexta da Família: planejamento sucessório Sexta da Família: planejamento sucessório LUIZ KIGNEL Advogado militante; Especialista em Direito Privado pela USP; Membro do IBDFam e do IBGC. Planejamento Sucessório Luiz Kignel kignel@plkc.com.br www.plkc.com.br

Leia mais

CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS

CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS CIVIL V 2 BIMESTRE PROF. RODRIGO GAGO FREITAS Provas Normais e a ultima vale 5,0, pois terá a divisão com seminários. 1 - dissertativa. Caso prático, alguém morreu, o outro renuncia à herança e bla bla.

Leia mais

Sumário DIREITO DAS FAMÍLIAS Planejamento Familiar e Paternidade Responsável Monogamia: Princípio Familiarista?...

Sumário DIREITO DAS FAMÍLIAS Planejamento Familiar e Paternidade Responsável Monogamia: Princípio Familiarista?... DIREITO DAS FAMÍLIAS Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS FAMÍLIAS... 27 1. Conceito Dinamizado pela Perspectiva Histórico-Axiológica... 27 1.1. Qual a Natureza Jurídica da Família? Seria Pessoa Jurídica?..

Leia mais

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES

Sucessão que segue as regras da lei quando: DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES I. SUCESSÃO EM GERAL II. III. IV. SUCESSÃO LEGÍTIMA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA INVENTÁRIO E PARTILHA SUCESSÃO LEGÍTIMA 1. Conceito 2. Parentesco 3. Sucessão por direito próprio e por

Leia mais

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS Turma e Ano: Master A (2015) Matéria/Aula: Direito Civil Família e Sucessões Aula 22 Data: 01.07.2015 Professor: Andréa Amin Conteúdo: Capacidade para testar; Limitações; Testamento: natureza, características,

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE:

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: As consequências patrimoniais dos principais regimes de bens quando da morte de um dos cônjuges. Material produzido por Felipe Pereira Maciel, advogado inscrito na OAB/RJ sob

Leia mais

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO CIVIL VI Código: 468 Pré-requisito: DIREITO CIVIL V Período Letivo: 2016.1 Professor: RONALDO

Leia mais

da CAPACIDADE PARA SUCEDER, aceitação, renúncia e os excluídos da sucessão

da CAPACIDADE PARA SUCEDER, aceitação, renúncia e os excluídos da sucessão da CAPACIDADE PARA SUCEDER, aceitação, renúncia e os excluídos da sucessão DA CAPACIDADE PARA SUCEDER Capacidade para suceder na sucessão legítima (art. 1798). O problema dos embriões crioconservados.

Leia mais

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Civil Professor João Aguirre Data: 24/07/2009

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Civil Professor João Aguirre Data: 24/07/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA 9ª Aula: Sucessão SUCESSÃO 1. Tipos 1.1. Sucessão Legítima: surgiu pela lei (legislador deu a lei) 1.2. Sucessão Testamentária: Surgiu o testamento Em regra vale a legítima quando

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 Altera a Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 Código Civil, a Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 Código de Processo Civil, e revoga as Leis nº 8.971, de 29 de

Leia mais

SUCESSÃO LEGÍTIMA. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Validade do testamento; Liberdade de testar; TRANSMISSÃO DA HERANÇA LEGADOS E FIDEICOMISSOS

SUCESSÃO LEGÍTIMA. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Validade do testamento; Liberdade de testar; TRANSMISSÃO DA HERANÇA LEGADOS E FIDEICOMISSOS SUCESSÃO LEGÍTIMA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Validade do testamento; Liberdade de testar; TRANSMISSÃO DA HERANÇA LEGADOS E FIDEICOMISSOS Significado do vocábulo SUCESSÃO Sentido objetivo Conjunto de bens deixados

Leia mais

Direito das Sucessões

Direito das Sucessões Direito das Sucessões OBJETIVO Conhecer o instituto da herança e da vocação hereditária. ROTEIRO! Da herança! Ordem de vocação hereditária! Quem pode suceder! Quem não pode suceder! Da aceitação e renúncia

Leia mais

Gabinete do Presidente DESPACHO N 013

Gabinete do Presidente DESPACHO N 013 Gabinete do Presidente DESPACHO N 013 _.,.---~._--' I. A. B. -- ----'1 PROTOCOL0 N.e/~_ ""'---. Trata-se de matéria relevante, razão pela qual converto em Indicação sobre o tema "Modificação e acréscimo

Leia mais

$VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO

$VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO $VXFHVVmRQDXQLmRHVWiYHOIDFHDRQRYR&yGLJR&LYLO $OH[6DQGUR5LEHLUR advogado em São Paulo, pós-graduado em Direito Civil pelo UniFMU Campos férteis em dissidência doutrinária e desinteligência jurisprudencial

Leia mais

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITO DAS SUCESSÕES (CÓD.: ENEX 60141) ETAPA: 8ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos,

Leia mais

EXERCÍCIOS SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

EXERCÍCIOS SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Universidade do Sul de Santa Catarina Unidade Ilha Centro Curso: Direito Disciplina: Direito das Sucessões Professor: MSc. Patrícia Fontanella Acadêmico (a): EXERCÍCIOS SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA 01. (MP/SC

Leia mais

Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima

Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima Premissas para Reforma do Código Civil Sucessão Legítima Ibdfam, agosto de 2012. José Fernando Simão Reformar? Reformar ou não reformar eis a questão? Mario Delgado: é papel do jurista atuar como construtor

Leia mais

PONTO 1: Sucessões. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento.

PONTO 1: Sucessões. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento. 1 DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL PONTO 1: Sucessões SUCESSÃO LEGÍTIMA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento. Colação não significa devolução

Leia mais

Nucleo de Aposentados e Pensionistas APRESENTAÇÃO - JURÍDICO

Nucleo de Aposentados e Pensionistas APRESENTAÇÃO - JURÍDICO Nucleo de Aposentados e Pensionistas APRESENTAÇÃO - JURÍDICO Herança O artigo 1784 do Código Civil dispõe: Art. 1.784. Aberta a sucessão, a herança transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários.

Leia mais

Direito das Sucessões Parte II. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direito das Sucessões Parte II. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direito das Sucessões Parte II Abertura da Sucessão Momento da morte do de cujus, devidamente comprovada. Com a abertura da sucessão os herdeiros, legítimos ou testamentários, adquirem, de imediato, a

Leia mais

2ª Fase OAB/FGV Direito Civil

2ª Fase OAB/FGV Direito Civil 2ª Fase OAB/FGV Direito Civil Professor Fabio Alves fabio@ferreiraecamposadv.com DIREITO DAS SUCESSÕES PRINCÍPIO DA SAISINE ART. 1784 RESERVA DE LEGITIMA Art. 1.789. Havendo herdeiros necessários, o testador

Leia mais

Planejamento Patrimonial. Questionamento para mulheres de executivos

Planejamento Patrimonial. Questionamento para mulheres de executivos Planejamento Patrimonial Questionamento para mulheres de executivos Bueno, Mesquita e Advogados O Bueno, Mesquita e Advogados é um escritório de advocacia empresarial com foco em empresas familiares e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: Unidade Acadêmica Especial de Letras, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas da Regional Jataí. Curso: Direito Disciplina: Direito das Sucessões Carga

Leia mais

2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO

2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO 2'LUHLWRGDV6XFHVV}HVQRQRYR&yGLJR&LYLO 5LFDUGR$XJXVWRGH2;DYLHU$UDXMR advogado em Santa Catarina, coordenador de serviços administrativos, presidente do Conselho de Contribuintes do Município de Timbó (SC)

Leia mais

Direito Civil VII. Direito das Sucessões

Direito Civil VII. Direito das Sucessões Direito Civil VII Direito das Sucessões ROTEIRO Introdução Sucessão Hereditária Princípio de Saizine Comoriência Espólio Inventariante Abertura da sucessão ROTEIRO Introdução Sucessão Hereditária Princípio

Leia mais

Registro: DECISÃO MONOCRÁTICA. Agravo de Instrumento Processo nº Relator(a): Fábio Podestá

Registro: DECISÃO MONOCRÁTICA. Agravo de Instrumento Processo nº Relator(a): Fábio Podestá fls. 93 Registro: 2016.0000116063 DECISÃO MONOCRÁTICA Agravo de Instrumento Processo nº 2027718-79.2016.8.26.0000 Relator(a): Fábio Podestá Órgão Julgador: 5ª Câmara de Direito Privado VOTO NÚMERO: 12060

Leia mais

Direito das Sucessões. Sucessão testamentária

Direito das Sucessões. Sucessão testamentária Direito das Sucessões Sucessão testamentária OBJETIVO Conhecer o instituto da Sucessão testamentária e seus elementos constitutivos. ROTEIRO! Direito de acrescer! Das substituições! Redução das disposições

Leia mais

1.2 Origem histórica.

1.2 Origem histórica. 1 Introdução. Sucessão a)inter Vivos Pode ocorrer o título singular ou a título universal b) Causa Mortis Também pode ocorrer a título singular ou a título universal. b1) Legado (ocorre com a sucessão

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES

DIREITO DAS SUCESSÕES Direito Civil Aula 3 Delegado Civil Sandro Gaspar Amaral DIREITO DAS SUCESSÕES PRINCÍPIO DE SAISINE (art. 1784, CC): transmissão da propriedade e da posse no exato momento da morte. NORMA VIGENTE (art.

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES 2.º Ano Turma A (Dia) Exame de Recurso Professor Doutor Luís Menezes Leitão 21 de julho de 2015 Duração da prova: 90 minutos

DIREITO DAS SUCESSÕES 2.º Ano Turma A (Dia) Exame de Recurso Professor Doutor Luís Menezes Leitão 21 de julho de 2015 Duração da prova: 90 minutos DIREITO DAS SUCESSÕES 2.º Ano Turma A (Dia) Exame de Recurso Professor Doutor Luís Menezes Leitão 21 de julho de 2015 Duração da prova: 90 minutos GRELHA DE CORREÇÃO A morte de A desencadeia a abertura

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Os direitos dos companheiros na união estável. Sandra Ressel * A União estável é um instituto que consiste na união respeitável, a convivência contínua, duradoura e pública, entre

Leia mais

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Sucessão dos Descendentes (art. 1833, CC) É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Neto 1 Neto

Leia mais

Direito das Sucessões

Direito das Sucessões Direito das Sucessões OBJETIVO Compreender as consequências da ordem de vocação hereditária. ROTEIRO! Da ordem de vocação hereditária! Ordem de vocação hereditária no Código de 1916! Nova ordem de vocação

Leia mais

Aula 007 Da Sucessão Testamentária Conceito de Direito das Sucessões:

Aula 007 Da Sucessão Testamentária Conceito de Direito das Sucessões: Aula 007 Da Sucessão Testamentária 3.1 Conceito de Sucessão Testamentária 3.2 O Testamento 3.2.1 Definição 3.2.2 características 3.3 Capacidade para testar 3.3.1 Quem pode testar? 3.3.2 Quem pode adquirir

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO DIREITO PATRIMONIAL DA FAMÍLIA E DAS SUCESSÕES DISCIPLINA DO 4 ANO DA LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA PLANO DE CURSO ANO LECTIVO DE 2017/2018 Professor:

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 Disciplina: Direito Civil V Departamento II: Direito Privado Docente Responsável: Daniele Cristina Pavin Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º Ano Objetivos:

Leia mais

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83 1 Noções introdutórias, 1 1.1 Sucessão. Compreensão do vocábulo. O direito das sucessões, 1 1.2 Direito das sucessões no direito romano, 2 1.3 Ideia central do direito das sucessões, 4 1.4 Noção de herança,

Leia mais

Regime de comunhão universal, cláusula de incomunicabilidade, fideicomisso

Regime de comunhão universal, cláusula de incomunicabilidade, fideicomisso Curso de Direito - Parte Especial - Livro IV - Do Direito de Família - Prof. Ovídio Mendes - Fundação Santo André 1 / 5 DO REGIME DE COMUNHÃO UNIVERSAL P A R T E E S P E C I A L LIVRO IV DO DIREITO DE

Leia mais

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS

Caderno de apoio Master MASTER /// JURIS Turma e Ano: Master A (2015) Matéria/Aula: Direito Civil Família e Sucessões Aula 18 Data: 18.06.2015 Professor: Andréa Amin Conteúdo: Sucessão (introdução); Espécies de sucessão; Lei aplicável; Saisine

Leia mais

Conteúdo Programático Aula nº 3 DA SUCESSÃO EM GERAL

Conteúdo Programático Aula nº 3 DA SUCESSÃO EM GERAL Conteúdo Programático Aula nº 3 DA SUCESSÃO EM GERAL 1. Acepção jurídica de sucessão Juridicamente o termo sucessão indica o fato de uma pessoa inserir-se na titularidade de uma relação jurídica que lhe

Leia mais

Princípios Básicos ENTRE OS CÔJUGES. Princípios Básicos. Princípios Básicos

Princípios Básicos ENTRE OS CÔJUGES. Princípios Básicos. Princípios Básicos DO REGIME DE BENS ENTRE OS CÔJUGES 1. Irrevogabilidade ATENÇÃO -> A imutabilidade do regime de bens não é, porém, absoluta no novo Código Civil. O art. 1639, 2º., admite a sua alteração. 1. Irrevogabilidade

Leia mais

ÍNDICE GERAL. prefácio 5

ÍNDICE GERAL. prefácio 5 prefácio 5 LIÇÃO I HISTÓRIA E FUNDAMENTO DO FENÓMENO JURÍDICO SUCESSÓRIO 7 introdução 9 1. Evolução histórica do direito das sucessões 9 2. O fundamento da sucessão 11 2.1. O fundamento do fenómeno sucessório

Leia mais

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha EDUARDO MACHADO ROCHA Juiz de Direito da Vara de Família e Sucessões da Comarca de Dourados (MS). Pós-graduado - Especialização em Direito Processual Civil. Professor de Direito Civil na Unigran - Universidade

Leia mais

INVENTÁRIO E PARTILHA

INVENTÁRIO E PARTILHA INVENTÁRIO E PARTILHA O que é? É o procedimento através do qual são apurados todos os bens, direitos e dívidas da pessoa falecida, a fim de ser partilhado entre os seus herdeiros legítimos e testamentários;

Leia mais

Como citar este material:

Como citar este material: Como citar este material: MARTINS, Alan. Direito e Legislação: Direito de Família e das Sucessões. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2015. Olá! Após vigorar por mais de oitenta anos

Leia mais

Processos de Regularização de Imóveis

Processos de Regularização de Imóveis Processos de Regularização de Imóveis Prof. Weliton Martins Rodrigues ensinar@me.com www.vivadireito.net 5 5.1. Copyright 2013. Todos os direitos reservados. 1 2 A aquisição da propriedade é forma pela

Leia mais

3º ano- Direito das Sucessões Dia: turmas A e B. I Grupo (15 valores)

3º ano- Direito das Sucessões Dia: turmas A e B. I Grupo (15 valores) 3º ano- Direito das Sucessões Dia: turmas A e B Frequência de 5/6/2009 Duração: 2h00m I Grupo (15 valores) Anacleto e Bernandina, casados desde 1978 no regime da separação de bens, tiveram 3 filhos: Cláudio,

Leia mais

DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS:

DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS: DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS: 1. Capacidade para suceder é a aptidão da pessoa para receber os bens deixados pelo de cujus no tempo da abertura da sucessão. Considerando tal afirmação

Leia mais

HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE

HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE HERDEIROS, LEGATÁRIOS E CÔNJUGE Luiz Alberto Rossi (*) SUMÁRIO DISTINÇÃO ENTRE HERDEIROS E LEGATÁRIOS. SAISINE. CÔNJUGE: HERDEIRO NECESSÁRIO. QUINHÃO DO CÔNJUGE. TIPOS DE CONCORRÊNCIA. BENS PARTICULARES.

Leia mais

Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02

Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02 1/7 Profª Helisia Góes Turmas: 7ºDIV e 7ºDIN Disciplina: DIREITO CIVIL SUCESSÕES Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02 I - NOÇÕES INICIAIS CONCEITO: conjunto de normas que disciplinam a transferência

Leia mais

Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02

Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02 1/8 Profª Helisia Góes Turmas: 7ºDIV e 7ºDIN Disciplina: DIREITO CIVIL SUCESSÕES Data: 06/02/13 (7ºDIN) e 07/02/13 (7ºDIV) AULA 02 I - NOÇÕES INICIAIS CONCEITO: conjunto de normas que disciplinam a transferência

Leia mais

Direito das Sucessões Parte I. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direito das Sucessões Parte I. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direito das Sucessões Parte I Sucessão - Etimologia Sucessão Successio, de succedere. Relação de ordem, de continuidade. Uma sequência de fato e de coisas. O que vem em certa ordem ou em certo tempo. Sucessão

Leia mais

Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o

Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o União Estável Conceito: é a relação afetiva ou amorosa entre homem e mulher, não adulterina ou incestuosa, com estabilidade e durabilidade, vivendo ou não sob o mesmo teto, com o objetivo de constituir

Leia mais

Sucessão do(a) companheiro(a). Art , CC

Sucessão do(a) companheiro(a). Art , CC Sucessão do(a) companheiro(a). Art. 1.790, CC Sucessão do companheiro(a): CAHALI: A inclusão do direito sucessório decorrente da união estável de forma desconexa, incompleta, como promovida pelo Código

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES (3) O DIREITO SUCESSÓRIO. Profa. Dra. Zamira de Assis

DIREITO DAS SUCESSÕES (3) O DIREITO SUCESSÓRIO. Profa. Dra. Zamira de Assis DIREITO DAS SUCESSÕES (3) O DIREITO SUCESSÓRIO Profa. Dra. Zamira de Assis ALGUNS DADOS IMPORTANTES QUANDO DA ABERTURA DA SUCESSÃO 1. Data do óbito. 2. Domicilio do de cujus. 3. Existência de cônjuge e

Leia mais

CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL)

CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL) CONCORRÊNCIA DO CÔNJUGE SOBREVIVENTE COM OS DESCENDENTES (ARTIGO 1829, INCISO I DO CÓDIGO CIVIL) Edemir de FRANÇA 1 Rômulo Salles LIPKA 2 Waldir aparecido de MORAIS 3 Christina Gouvêa Pereira MENDINA 4

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR317 Direito de família e sucessões

Programa Analítico de Disciplina DIR317 Direito de família e sucessões Catálogo de Graduação 01 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 5 Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR318 Direito Civil IX - Direito das Sucessões

Programa Analítico de Disciplina DIR318 Direito Civil IX - Direito das Sucessões 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 4 0 4

Leia mais

DIREITO DAS SUCESSÕES (4) DO DIREITO DE REPRESENTAÇÃO. CHAMAMENTO (vocação) ACEITAÇÃO REPÚDIO. Profa. Dra. Zamira de Assis. CAPACIDADE lato sensu

DIREITO DAS SUCESSÕES (4) DO DIREITO DE REPRESENTAÇÃO. CHAMAMENTO (vocação) ACEITAÇÃO REPÚDIO. Profa. Dra. Zamira de Assis. CAPACIDADE lato sensu DIREITO DAS SUCESSÕES (4) DO DIREITO DE REPRESENTAÇÃO Profa. Dra. Zamira de Assis herança jacente DEVOLUÇÃO CHAMAMENTO (vocação) Partilha ACEITAÇÃO REPÚDIO CAPACIDADE lato sensu (in) REPRESENTAÇÃO APTIDÃO

Leia mais

SUCEDER / SUCESSÃO. (2) Glossário DIREITO DAS SUCESSÕES

SUCEDER / SUCESSÃO. (2) Glossário DIREITO DAS SUCESSÕES DIREITO DAS SUCESSÕES (2) Glossário Profa. Dra. Zamira de Assis SUCEDER / SUCESSÃO verbo de origem latim - sub+cadere - que significa subentrar numa posição de outrem (Carvalho Fernandes, p. 55, n.2).

Leia mais

A OBSERVÂNCIA DOS PRINCÍPIOS NOTARIAIS NA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

A OBSERVÂNCIA DOS PRINCÍPIOS NOTARIAIS NA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA A OBSERVÂNCIA DOS PRINCÍPIOS NOTARIAIS NA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Camila Vieira Machado Bacharela pelo Centro Universitário Toledo Araçatuba-SP Conceito: Sucessão testamentária é aquela em que a transmissão

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O companheiro como herdeiro legítimo no Código Civil de 2002 Rogério Dell Isola Cancio da Cruz * O Código Civil de 2002 tratou da sucessão do companheiro no direito brasileiro de

Leia mais

ITCMD para AFR/SP PARTE 1

ITCMD para AFR/SP PARTE 1 "Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais seguro para o sucesso é sempre tentar apenas uma vez mais. (Thomas Edison) ITCMD para AFR/SP PARTE 1 O ITCMD Imposto sobre Transmissão "Causa Mortis"

Leia mais