Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues"

Transcrição

1

2 Metodologias ativas na EaD Sandra Rodrigues

3 Metodologias ativas na EaD EaD no Brasil principais características Caminhos naturais para aprendizagem ativa nessa modalidade Participação e engajamento como fatores de evasão Ação da tutoria na aplicação das metodologias ativas Aprendizagem por projetos e aprendizagem colaborativa na EaD

4 Ensino Superior - Brasil alunos matriculados presencial + a distância, público e privado. EaD: alunos matriculados 86,6% na educação privada e 13,4% na pública. Três maiores cursos em número de matrículas: Pedagogia, Administração, Serviço Social. Do 4º ao 10º no ranking, cinco são tecnológicos. Análise Setorial Hoper, com base em informações do MEC

5 Características da EaD brasileira 1. Apoiada na Internet e no uso de tecnologia, em diferentes níveis. 2. Perfil dos alunos já se equipara ao presencial. 3. Diferentes combinações entre concepção pedagógica, entrega de conteúdo e presença polos: desde programas autoinstrucionais exclusivamente a distância até cursos em que o aluno vai frequentemente ao polo, onde realiza a maioria das atividades. 4. A maioria dos cursos regulados (MEC) está na faixa intermediária. 5. Convergência de portfólios, de tecnologias e de metodologias.

6 Alunos não tradicionais na EaD... Alunos mais velhos buscando requalificação para voltar ao mercado de trabalho. Alunos de graduação que precisam trabalhar período integral. Graduados buscando especialização. Público mais exigente. Estudantes chegam com opinião formada sobre disponibilidade pessoal e sobre o local em que desejam realizar atividades do curso. Tecnologia faz parte do seu dia-a-dia, usada com diferentes finalidades, especialmente comunicação.

7 ...IES são tradicionais (também na EaD) Muitas instituições oferecem cursos estruturados com base na entrega de conteúdo e suporte... Desenho para atender ao aluno tradicional: ações do aluno são orientadas por prazos e recompensas; flexibilidade apenas quanto ao local e momento para realização de atividades; atividades são muito estruturadas (pouca possibilidade de intervenção por parte do aluno); limitações quanto ao uso de tecnologia.

8 Aprendizagem ativa É a que ocorre mediante o envolvimento do aprendiz com uma atividade que o obrigue a refletir sobre as próprias ideias e como estão sendo utilizadas.

9 Aprendizagem ativa Os alunos devem fazer algo além de ouvir o professor e tomar notas; A atividade a ser realizada deve corresponder aos objetivos de aprendizagem para determinado conteúdo. (Anastassis Kozanitis)

10 Aprendizagem ativa Significativa. Colaborativa. É relacionada ao pensamento de ordem superior Taxonomia de Bloom. Ligada ao mundo real. Pensamento de ordem superior Pensamento de ordem inferior Criar Avaliar Analisar Aplicar Compreender Recordar

11 Conceitos relacionados Protagonismo tomar para si a responsabilidade de aprender. Autonomia relacionada à liberdade para tomar decisões. Foco na aprendizagem atividades voltadas para o aluno e não para o professor. Metacognição aluno reflete sobre o que está pensando. Professor orientador do conhecimento, professor-mentor. Participação, Engajamento.

12 Participação e engajamento como fatores de retenção ou evasão Participação Ter oportunidades para expressar ideias próprias. Interagir com colegas e professores. Sentir-se integrante de um grupo com um objetivo comum. Engajamento Relacionado a motivação, comprometimento; envolvimento emocional. Considerar objetivos e interesses pessoais dos estudantes estimula seu engajamento cognitivo - quando percebem a relevância do tema para seus objetivos os estudantes tendem a dar mais atenção para a aprendizagem (Wang e Eccles, 2013)

13 Participação e engajamento como fatores de retenção ou evasão Principais razões para evasão no presencial e no EaD Financeiras Atendimento da Instituição Gestão administrativa Gestão pedagógica

14 Participação e engajamento como fatores de retenção ou evasão Gestão pedagógica Qualidade do curso Conteúdo Metodologia Estrutura

15 Participação e engajamento como fatores de retenção ou evasão Gestão pedagógica Relacionamento professor/aluno Aulas ao vivo Ação da tutoria

16 Ação da tutoria na aplicação na aprendizagem ativa Provocação, desafio Oferecer elementos que interessem e despertem a motivação. Timming das ações e intervenções Oferecer o tempo para que o estudante pesquise (se for o caso), reflita e desenvolva uma contribuição; Saber em que momento deve intervir. Feedback Fornecer referenciais para a autoavaliação constante do aluno.

17 Ação da tutoria na aplicação na aprendizagem ativa Estou confortável abrindo mão do controle em favor dos alunos?

18 Caminhos naturais para aprendizagem ativa na EaD Possibilidade de oferta de informação em diferentes formatos. Fóruns são acolhidos com naturalidade pelos alunos e podem se tornar poderosas ferramentas para aprendizagem colaborativa e uma via importante para avaliação da aprendizagem. Da mesma forma, os chats ou bate-papos fazem parte do contexto EaD e podem ser utilizados, por exemplo: para promover a interação dentro do grupo todo ou entre membros de uma equipe; para incentivar a participação durante uma palestra ou para conectar alunos com professor durante uma aula ao vivo; para promover uma discussão em tempo real.

19 Caminhos naturais para aprendizagem ativa na EaD Facilidade de obter feedback dos tutores, dos colegas. Relativa facilidade para gerenciar tarefas colaborativas e demais atividades dos alunos gestão pedagógica do curso. O sucesso das tarefas colaborativas de um curso a distância reside na disposição do docente de dar poder aos estudantes na realização de um trabalho, fornecendo-lhes expectativas claras sobre a sua realização e saindo, assim, do caminho. Pallof e Pratti

20 Aprendizagem colaborativa O conhecimento é resultante de um consenso entre membros de uma comunidade de conhecimento; As pessoas o constroem no diálogo, trabalhando juntas direta ou indiretamente. Behrens e Zem

21 Aprendizagem colaborativa Alunos são responsáveis pela aprendizagem uns dos outros. Favorece o desenvolvimento da capacidade crítica. Bases: Construtivismo e teorias socioculturais. Cabe ao programa de EaD: Oferecer oportunidades de interação. Incentivar a participação alunos, provocar a exposição de ideias e dúvidas.

22 Aprendizagem colaborativa Google docs Wikis Fóruns Chats Redes sociais Blogs Projetos Resolução de problemas Aprendizagem por equipes Estudo de caso

23 Aprendizagem colaborativa Cabe ao programa de EaD: Oferecer oportunidades de interação. Incentivar a participação alunos, provocar a exposição de ideias e dúvidas.

24 Metodologias Ativas - exemplos Aprendizagem por projetos Aprendizagem pela resolução de problemas Estudo de caso

25 Projetos Questão complexa multidisciplinar, tema vinculado a contexto real. Pesquisa discussão seleção do que é relevante construção de conhecimento em torno do tema inicial. Professores sabem prever sequência mais adequada para seu desenvolvimento/aquisição de conhecimentos. O resultado é geralmente um produto tangível. Mais em:

26 Aprendizagem por Projeto: fases conforme Behrens

27 Projetos Professores/Tutoria Estudo prévio do assunto e da viabilidade de possíveis temáticas. Discussão e escolha de temas trazidos pelos alunos. Discussão do projeto com os alunos, esclarecendo as fases. Ajuda para que os alunos aprendam a lidar com a ausência de respostas prontas eles vão construir as respostas.

28 Projetos Desafio Produção de projeto para criação de Núcleo de Justiça Restaurativa (Serviço Social) Pesquisa sobre o tema Legislação Profissionais envolvidos Estrutura física Instituições, parcerias Funcionamento Implantação?

29 Desafios O aluno não está preparado para aprender como protagonista. Alunos não sabem administrar o tempo. Conhecer previamente os estilos de aprendizagem da turma. Disciplina exigida de alunos e professores é maior. Requer habilidade nas relações interpessoais, hábito de leitura e capacidade para cooperar (em vez de competir) tudo ao mesmo tempo característica pouco frequente.

30 Curso Metodologias Ativas para EaD primeira conferência: 27/09/2016 Especialização em Metodologias Ativas Programa de pós-graduação lato sensu

31

32 Obrigada!

33

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Área profissional: Educação Segmento tecnológico: Educação a Distância Qualificação profissional: Tutor de Cursos de Educação a Distância

Leia mais

Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Marketing na modalidade EaD

Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Marketing na modalidade EaD Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Marketing na modalidade EaD A presente pesquisa foi realizada em junho de 2016, no Polo

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

Profa Dra.: Adriana Azevedo

Profa Dra.: Adriana Azevedo EAD Cenário e Possibilidades Profa Dra.: Adriana Azevedo Definição de EAD A Educação a Distância é a modalidade educacional na qual a mediação didático pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem MANUAL DO ALUNO

Ambiente Virtual de Aprendizagem MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual de Aprendizagem MANUAL DO ALUNO Bem-vindo (a) ao curso de Ambiente Virtual de Aprendizagem! Parceria entre a Uaitec e a Universidade Federal de Viçosa (UFV), o curso Ambiente Virtual de

Leia mais

Débora Pereira Laurino Ivete Martins Pinto Universidade Federal do Rio Grande FURG

Débora Pereira Laurino Ivete Martins Pinto Universidade Federal do Rio Grande FURG Universidade Federal de Santa Catarina III Seminário de Pesquisa EAD: Experiências e reflexões sobre a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e seus efeitos no ensino superior brasileiro Débora Pereira Laurino

Leia mais

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS GET GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHADOR SESI/DRMG MINAS GERAIS 2015 www.fiemg.com.br SUMÁRIO 1. PALESTRAS 1.1 MAIS INFORMAÇÕES... 4 2. OFICINAS 2.1 ÉTICA

Leia mais

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores:

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Prezado Professor, Sou sobrevivente de um campo de concentração. Meus olhos

Leia mais

O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD?

O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD? O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD? Educação à distância A educação a distância (EaD) é definida como [...] o aprendizado planejado que ocorre normalmente em

Leia mais

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC.

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC. Seminário Andifes Eficiência e Qualidade na ocupação de Vagas Discentes nas Universidades Federais Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Acadêmico. COGRAD GT Evasão e Retenção Prof.

Leia mais

Ensino sem fronteira

Ensino sem fronteira Ensino sem fronteira VISÃO DA EAD O QUE É EAD? Modalidade educacional na qual a mediação didático pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE

NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE REGULAMENTO DO NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico aos

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas. Cássio Ricardo Fares Riedo Elisabete Monteiro De Aguiar Pereira Joyce Wassem Marta Fernandes Garcia

Universidade Estadual de Campinas. Cássio Ricardo Fares Riedo Elisabete Monteiro De Aguiar Pereira Joyce Wassem Marta Fernandes Garcia O DESENVOLVIMENTO DE UM MOOC (MASSIVE OPEN ONLINE COURSE) DE EDUCAÇÃO GERAL VOLTADO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: UMA BREVE ANÁLISE DE ASPECTOS TECNOLÓGICOS, ECONÔMICOS, SOCIAIS E PEDAGÓGICOS

Leia mais

Aprendizado online. Aluno: José Morista Disciplina: Computação e sociedade

Aprendizado online. Aluno: José Morista Disciplina: Computação e sociedade Aprendizado online Aluno: José Morista Disciplina: Computação e sociedade 2017.2 O que é o ensino online? Introdução Ensino online, também conhecido como educação a distância (EAD), é uma modalidade de

Leia mais

EDITAL N.º 17/2016 ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC. Competência: Visão Estratégica

EDITAL N.º 17/2016 ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC. Competência: Visão Estratégica 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS JOÃO PESSOA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE GESTORES

Leia mais

UNIDADE 1 Ambientes virtuais de aprendizagem

UNIDADE 1 Ambientes virtuais de aprendizagem Olá! Vamos conhecer essa que será a plataforma na qual você fará a sua graduação em EaD. UNIDADE 1 Ambientes virtuais de aprendizagem A plataforma Moodle e suas ferramentas O que são AVAs? De forma bastante

Leia mais

Projetos educacionais inovadores com metodologias ativas. José Moran www2.eca.usp.br/moran

Projetos educacionais inovadores com metodologias ativas. José Moran www2.eca.usp.br/moran Projetos educacionais inovadores com metodologias ativas José Moran www2.eca.usp.br/moran moran10@gmail.com www2.eca.usp.br/moran Educação Inovadora www2.eca.usp.br/moran/?page_id=29 Universidades defasadas

Leia mais

Nome do Curso Gestão de equipes. Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon

Nome do Curso Gestão de equipes. Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon Nome do Curso Gestão de equipes Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon Objetivo: Fornecer ao aluno o conhecimento holístico de Gestão de Equipes,

Leia mais

LISTA DE TRABALHOS APROVADOS

LISTA DE TRABALHOS APROVADOS Comunicações orais LISTA DE TRABALHOS APROVADOS O USO DE PLANILHAS GOOGLE DOCS NO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO AMBIENTE VIRTUAL DE ENSINO-APRENDIZAGEM LIVRE NA INTEGRAÇÃO E CONVERGÊNCIA DAS MODALIDADES

Leia mais

A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SOB A ÓTICA CONSTRUTIVISTA: UMA ANÁLISE DO CURSO DE TURISMO DA CATÓLICA VIRTUAL

A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SOB A ÓTICA CONSTRUTIVISTA: UMA ANÁLISE DO CURSO DE TURISMO DA CATÓLICA VIRTUAL A MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SOB A ÓTICA CONSTRUTIVISTA: UMA ANÁLISE DO CURSO DE TURISMO DA CATÓLICA VIRTUAL Camila Carvalho Sandra Bessa ESTRUTURA INTRODUÇÃO REFERENCIAL TEÓRICO METODOLOGIA

Leia mais

PLANO DE AULAS Curso: Marketing, Negócios Imobiliários, Gestão Financeira, Processos Gerenciais, Recursos Humanos, Logística, Gestão

PLANO DE AULAS Curso: Marketing, Negócios Imobiliários, Gestão Financeira, Processos Gerenciais, Recursos Humanos, Logística, Gestão Curso: Marketing, Negócios Imobiliários, Gestão Financeira, Processos Gerenciais, Recursos Humanos, Logística, Gestão Data: 13/02/2017 Comercial, Administração e Ciências Contábeis Disciplina: Comportamento

Leia mais

NOME DO CURSO:O uso do sistema de FM no ambiente escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial

NOME DO CURSO:O uso do sistema de FM no ambiente escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial NOME DO CURSO:O uso do sistema de FM no ambiente escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação Especial

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTER Portaria do MEC 688, de 25 de maio de 2012.

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTER Portaria do MEC 688, de 25 de maio de 2012. CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTER Portaria do MEC 688, de 25 de maio de 2012. PLANO DE AÇÃO E MELHORIAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL MODALIDADE A DISTÂNCIA CURITIBA 2015 1 Plano de de Melhorias

Leia mais

5 DICAS PARA FAZER PÓS-GRADUAÇÃO EAD

5 DICAS PARA FAZER PÓS-GRADUAÇÃO EAD 5 DICAS PARA FAZER PÓS-GRADUAÇÃO EAD Fazer uma pós-graduação EAD é a melhor opção para quem deseja ter acesso a uma forma de qualificação conveniente, prática e que se adapte à rotina. Entretanto, para

Leia mais

AVALIAÇÃO FORMATIVA NO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM DIGITAL: UMA EXPERIÊNCIA NO FACEBOOK

AVALIAÇÃO FORMATIVA NO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM DIGITAL: UMA EXPERIÊNCIA NO FACEBOOK Pavilhão do Conhecimento, Parque das Nações Lisboa, 6 e 7 de Dezembro de 2013 AVALIAÇÃO FORMATIVA NO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM DIGITAL: UMA EXPERIÊNCIA NO FACEBOOK Aline Silva de Bona, Cristiane Koehler Programa

Leia mais

A Docência no contexto da Ead online

A Docência no contexto da Ead online A Docência no contexto da Ead online Há uma inovação como modalidade de ensino e aprendizagem em que o aluno e o professor desenvolvem atividades em lugares e tempos diferentes; esta é a chamada Educação

Leia mais

Manual do Aluno Engenharia Insper i

Manual do Aluno Engenharia Insper i Manual do Aluno Engenharia Insper i Capítulo 1 A visão do Insper para a Engenharia A missão dos cursos de engenharia do Insper é: Desenvolver jovens engenheiros que estarão preparados para reconhecer as

Leia mais

A PROMOÇÃO DA DIALÓGICA ATRAVÉS DA INTERATIVIDADE NA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA NO CURSO TÉCNICO EM MANUTENÇÃO AUTOMOTIVAS NA MODALIDADE À DISTÂNCIA.

A PROMOÇÃO DA DIALÓGICA ATRAVÉS DA INTERATIVIDADE NA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA NO CURSO TÉCNICO EM MANUTENÇÃO AUTOMOTIVAS NA MODALIDADE À DISTÂNCIA. A PROMOÇÃO DA DIALÓGICA ATRAVÉS DA INTERATIVIDADE NA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA NO CURSO TÉCNICO EM MANUTENÇÃO AUTOMOTIVAS NA MODALIDADE À DISTÂNCIA. Autor: EBER GUSTAVO DA SILVA GOMES Introdução. A Educação

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

Profa. Maria Wilda Fernandes

Profa. Maria Wilda Fernandes UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE SECRETARIA DE APOIO AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS - SATE Universidade Aberta do Brasil - UAB Profa. Maria Wilda Fernandes Maio/2015 Roteiro Conceitos Ambientes Virtuais

Leia mais

Primeiros Passos na Liderança Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Primeiros Passos na Liderança Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 A Cruzeiro do Sul S/A, por meio da Pró-Reitoria de Educação

Leia mais

EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD

EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA COMPLEMENTAR DE CURSISTAS PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO POLO IBAITI A Universidade Federal do Paraná (UFPR),

Leia mais

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Processo de Rematrículas para 2017/01 Informativo para os cursos de graduação: Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Com base na Portaria 1134/2016 (DOU nº 196, terça-feira, 11 de outubro de

Leia mais

METODOLOGIAS ATIVAS o que elas têm em comum? Material desenvolvido pelo Núcleo de Práticas Pedagógicas

METODOLOGIAS ATIVAS o que elas têm em comum? Material desenvolvido pelo Núcleo de Práticas Pedagógicas METODOLOGIAS ATIVAS o que elas têm em comum? Material desenvolvido pelo Núcleo de Práticas Pedagógicas O ensino pautado em conteúdo escaneado tem futuro? Metodologias Ativas: o que ela têm em comum? 1.

Leia mais

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM FACULDADE DO NORTE GOIANO OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Objetivos do curso O Curso de Graduação em Enfermagem tem por objetivo formar bacharel em enfermagem (enfermeiro) capaz de influenciar na construção

Leia mais

Programas de Atendimento aos Estudantes

Programas de Atendimento aos Estudantes Programas de Atendimento aos Estudantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Câmpus Guarulhos 1. Integração dos Ingressantes O atendimento ao estudante no IFSP Guarulhos

Leia mais

9 dicas. para melhorar a captação e reter alunos na sua Instituição de Ensino

9 dicas. para melhorar a captação e reter alunos na sua Instituição de Ensino 9 dicas para melhorar a captação e reter alunos na sua Instituição de Ensino Introdução Tendo em vista o cenário atual que o Brasil se encontra de crise e instabilidade financeira, as Instituições de Ensino

Leia mais

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios lição de casa F1 o que é? É um recurso didático que o professor propõe aos alunos para potencializar a relação dele com o objeto de conhecimento. A lição pode ter vários objetivos: Resgatar um conteúdo

Leia mais

NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial

NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina

Leia mais

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR GESTÃO EM FOCO Programa de Fortalecimento da Gestão Escolar Secretaria de Estado da Educação do Paraná Governo do Paraná Atribuições do professor-tutor da Seed/PR Pauta da Reunião a) Edital de seleção

Leia mais

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial NOME DO CURSO: O Ensino de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos e/ou com deficiência auditiva Nível: Especialização Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código

Leia mais

Pós-graduação EAD. Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento. (2º semestre de 2013)

Pós-graduação EAD. Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento. (2º semestre de 2013) Pós-graduação EAD Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento (2º semestre de 2013) Abril/2014 Período de aplicação FICHA TÉCNICA De 19 de novembro a 10 de dezembro de 2013. Formato On-line, por meio

Leia mais

Políticas Públicas para EAD e Inovação Pedagógica no Ensino Superior: o percurso da UFPE. Auxiliadora Padilha UFPE

Políticas Públicas para EAD e Inovação Pedagógica no Ensino Superior: o percurso da UFPE. Auxiliadora Padilha UFPE Políticas Públicas para EAD e Inovação Pedagógica no Ensino Superior: o percurso da UFPE. Auxiliadora Padilha UFPE Novos papéis da Universidade; Nova compreensão do pilar ensino no projeto de formação

Leia mais

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Ações Realizadas ou em Andamento - no ano de 2016:

Ações Realizadas ou em Andamento - no ano de 2016: Ações Realizadas ou em Andamento - no ano de 2016: Apresentamos, a seguir, as ações destinadas ao desenvolvimento da IES ou a correções e melhoria dos processos e atividades acadêmicas e administrativas,

Leia mais

Dinâmica de Mercados e Produtos Financeiros Porque Educação Executiva Insper Sobre o Instituto Educacional BM&FBOVESPA

Dinâmica de Mercados e Produtos Financeiros Porque Educação Executiva Insper Sobre o Instituto Educacional BM&FBOVESPA 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Manual do Aluno EaD. Esclareça suas dúvidas e conheça a EaD da UMC Universidade.

Manual do Aluno EaD. Esclareça suas dúvidas e conheça a EaD da UMC Universidade. Manual do Aluno EaD Esclareça suas dúvidas e conheça a EaD da UMC Universidade. Sumário 1. O que é educação a distância?... 4 2. Requisitos... 4 3. Dicas para seu estudo... 5 4. O que é Ambiente EaD?...

Leia mais

Avaliação da Educação a Distância

Avaliação da Educação a Distância I Fórum Especial EAD UFRGS Avaliação da Educação a Distância Equipe do Projeto: Profª. Drª. Cláudia Medianeira Cruz Rodrigues (Coord.)/DEPROT Prof. Dr. José Luis Duarte Ribeiro/ DEPROT Profª. Drª. Denise

Leia mais

ENSINO ONLINE Aprendizagem Acessível. Maria Irce Gomes de Sousa

ENSINO ONLINE Aprendizagem Acessível. Maria Irce Gomes de Sousa ENSINO ONLINE Aprendizagem Acessível Maria Irce Gomes de Sousa ENSINO ONLINE- Aprendizagem Acessível É visível em nossos dias percebermos um acentuado crescimento nas atuações em educação a distancia,

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade:

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade: Resolução n 225, de 21 de junho 2016. Aprova emendas ao Regimento Geral da Universidade, cria setores e dá outras providências. O Conselho Universitário CONSUNI, da Universidade do Planalto Catarinense

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO

APRESENTAÇÃO DO CURSO Pós-Graduação em Comunicação e Design Digital - EAD APRESENTAÇÃO DO CURSO Informações Central de Relacionamento: (11) 4007 2375 De segunda a sexta feira: das 9h às 20h30 relacionamentoead@espm.br Skype:

Leia mais

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Missão Visão Valores VALORES INOVAÇÃO RESULTADO ÉTICA FOCO NO ALUNO QUALIDADE SIMPLICIDADE GENTE E MERITOCRACIA

Missão Visão Valores VALORES INOVAÇÃO RESULTADO ÉTICA FOCO NO ALUNO QUALIDADE SIMPLICIDADE GENTE E MERITOCRACIA Missão Visão Valores Promover a formação e ascensão profissional dos nossos alunos através de uma educação de qualidade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável das comunidades onde atuamos Ser

Leia mais

GUIA DO CURSISTA. Apresentação

GUIA DO CURSISTA. Apresentação GUIA DO CURSISTA Apresentação Cara (o) Cursista, Seja bem-vinda (o) a mais um curso de extensão Novas Tecnologias e Metodologias na Educação (NTME), elaborado pela equipe Núcleo de Tecnologias Educacionais

Leia mais

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Pró-Reitoria de Ensino NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação:

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE Nota Final: Para uso do RH Nome do Avaliado: Cargo: Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Nome do Avaliador: Cargo: ASSIDUIDADE

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA. Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA. Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO Campo Limpo Paulista 2016 1 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO

Leia mais

Evasão, retenção e conclusão na Rede Federal

Evasão, retenção e conclusão na Rede Federal Evasão, retenção e conclusão na Rede Federal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Anna Catharina da Costa Dantas dpept.setec@mec.gov.br Maceió/AL, 04 de setembro de

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Coordenação Prof. Dra. Sílvia Dotta Equipe Érica Jorge, Camila Areias, Camila Nastari, Lays Fitaroni, Nívio Dolfini, Paulo Aguiar, Regina Carteano, Ronaldo Tedesco. Os cursos do

Leia mais

A EDUCAÇÃO INCLUSIVA SOB A ÓTICA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

A EDUCAÇÃO INCLUSIVA SOB A ÓTICA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO A EDUCAÇÃO INCLUSIVA SOB A ÓTICA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO PAULINO, Paulo Cesar 1 paulino@utfpr.edu.br MASCHIO, Marcelina Teruko Fujii 2 marcelina.maschio@ifms.edu.br RESUMO O presente trabalho buscou

Leia mais

PROGRAMA DE MENTORIA DO NÚCLEO UNIVERSITÁRIO DE EMPREENDEDORISMO NUVEM

PROGRAMA DE MENTORIA DO NÚCLEO UNIVERSITÁRIO DE EMPREENDEDORISMO NUVEM PROGRAMA DE MENTORIA DO NÚCLEO UNIVERSITÁRIO DE EMPREENDEDORISMO NUVEM APRESENTAÇÃO É notória a importância da iniciativa empreendedora para o desenvolvimento social e econômico. Vetores de mudança como

Leia mais

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO S U M Á R I O O CURSO...3 COORDENAÇÃO...3 OBJETIVO DO CURSO...3 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

OBJETIVOS DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA. Docente: Dra. Eduarda Maria Schneider

OBJETIVOS DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA. Docente: Dra. Eduarda Maria Schneider OBJETIVOS DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA Docente: Dra. Eduarda Maria Schneider E-mail: emschneider@utfpr.edu.br O que são objetivos de ensino/aprendizagem? O que espero que meu aluno aprenda?

Leia mais

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender DICAS Para a sua leitura: Os itens do índice são clicáveis, então sinta-se à vontade para ler o conteúdo que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL Guia Didático da Disciplina Mercado de Capitais José Thadeu Paulo Henriques

Leia mais

Palavras-chave: Formação de professores; Educação de jovens e adultos; Políticas públicas.

Palavras-chave: Formação de professores; Educação de jovens e adultos; Políticas públicas. A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DA EJA: INSTITUIÇÕES E POLÍTICAS Thamyres Xavier Moreira Universidade Federal de Ouro Preto Resumo: O presente trabalho trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa com a aplicação

Leia mais

Programa de Gestão da Performance

Programa de Gestão da Performance Programa de Gestão da Performance O impulso para ir mais longe está em suas mãos. Cada dia do ano é um passo à frente no seu desenvolvimento. Movimente-se! Quer ir mais longe? O primeiro passo é ler este

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

DESENHO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA (COMPLEMENTAÇÃO) PARA ATENDER A DEMANDA VIZIVALI

DESENHO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA (COMPLEMENTAÇÃO) PARA ATENDER A DEMANDA VIZIVALI DESENHO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA (COMPLEMENTAÇÃO) PARA ATENDER A DEMANDA VIZIVALI PROFESSORA ZULEIKA APARECIDA CLARO PIASSA (COORDENADORA DO CURSO) A OFERTA VIZIVALI QUEM PÔDE PARTICIPAR? Professores

Leia mais

DIAGNÓSTICO QUALITATIVO. Nível de Ensino: Educação Básica

DIAGNÓSTICO QUALITATIVO. Nível de Ensino: Educação Básica Plano Estratégico de Intervenção e Monitoramento para Superação da Evasão e Retenção CÂMPUS REGISTRO DIAGNÓSTICO QUALITATIVO Nível de Ensino: Educação Básica Cursos Principais CAUSAS de Evasão e Retenção

Leia mais

Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da EPT no Brasil até 2024

Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da EPT no Brasil até 2024 Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da EPT no Brasil até 2024 Marcelo Machado Feres Secretário de Educação Profissional e Tecnológica SETEC Ministério da Educação XXXIX edição da Reunião dos

Leia mais

APÊNDICE D PRODUTO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS- UFAM

APÊNDICE D PRODUTO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS- UFAM APÊNDICE D PRODUTO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS- UFAM PROPOSTA DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU PARA OS FORMADORES Apresentação A Residência é

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA

IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA João Vianney Doutor em Ciências Humanas PPGICH-UFSC Diretor de Educação a Distância do IESB Membro do Conselho de Ética da ABED Tá tudo muito bom... Tá tudo muito

Leia mais

CHECKLIST PARA PLANEJAMENTO DE CURSOS ONLINE CHECKLIST Nº 01 - CONTEÚDO

CHECKLIST PARA PLANEJAMENTO DE CURSOS ONLINE CHECKLIST Nº 01 - CONTEÚDO 1 CHECKLIST PARA PLANEJAMENTO DE CURSOS ONLINE CHECKLIST Nº 01 - CONTEÚDO 2 Sumário Essa checklist fornece um roteiro para o planejamento e desenvolvimento de um curso online de alta qualidade. A intenção

Leia mais

JORNADAS DE REFLEXÃO. 6 e 7 de Setembro 2012

JORNADAS DE REFLEXÃO. 6 e 7 de Setembro 2012 JORNADAS DE REFLEXÃO 6 e 7 de Setembro 2012 Formação Científica Sólida BOM POFESSOR Competências Pedagógicas Envolvimento e Sucesso dos Alunos CONCEITO DE ANDRAGOGIA PEDAGOGIA ANDRAGOGIA Educação de Adultos

Leia mais

PEB I - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I (Ensino Fundamental 1ª. Fase) (Professores de Anos Iniciais)

PEB I - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I (Ensino Fundamental 1ª. Fase) (Professores de Anos Iniciais) PEB I - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I (Ensino Fundamental 1ª. Fase) (Professores de Anos Iniciais) 01. Num plano de aula o último item a ser realizado pelo professor é: (A) a metodologia; (B) o conteúdo;

Leia mais

ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA

ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA Professor Formador e Professor Mediador a Distância DISCIPLINA 1. Ambientação em Educação a Distância FORMAÇÃO REQUERIDA Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo na área de computação;

Leia mais

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP O processo de criação de um Centro de Educação a Distância Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP Planejamento Integrado Gestão de mudança Suporte às Atividades Fim Instituição Vontade

Leia mais

Aulas: Sumário / Resumo

Aulas: Sumário / Resumo Aulas: Sumário / Resumo a. Aula 1 (05-03-07) Aula em que foi apresentada a disciplina, e a plataforma que será usada na disciplina (teleduc); (aula em que não estive presente). b. Aula 2 (12-03-07) Aula

Leia mais

FAQ. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% PDI 20% 10%

FAQ. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% PDI 20% 10% FAQ Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% 10% PDI 20% 1 1 Qual o conceito de PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)? O PDI é um plano de desenvolvimento individual que sistematiza ações a serem

Leia mais

Café da Manhã Morgan Stanley - Abril 2015

Café da Manhã Morgan Stanley - Abril 2015 Café da Manhã Morgan Stanley - Abril 2015 CONTEÚDO MAURÍCIO FANGANIELLO 58 mn de alunos PÚBLICO LEITOR DISTRIBUIÇÃO DE ALUNOS POR ETAPA DE ENSINO Educação por Modalidade e Etapa de Ensino (Básico Superior)

Leia mais

DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO

DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. EMENTA... 2 3. OBJETIVO... 4 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO... 4 5. PROPOSTA METODOLÓGICA... 6 6. PROPOSTA AVALIATIVA... 7 7. APROVAÇÃO

Leia mais

Os candidatos devem atender os seguintes requisitos:

Os candidatos devem atender os seguintes requisitos: EDITAL Nº 15/2017 DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES - POLO DE CURITIBA - PR CURSO DE PEDAGOGIA MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL A Universidade Federal do Paraná (UFPR),

Leia mais

Programa EaD em REDE

Programa EaD em REDE Programa EaD em REDE Regulamento Interno Regulamenta o Programa EaD em Rede da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais - ABRUEM. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art.

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA REGULAMENTO DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS SUPERIORES DE LICENCIATURA Normatiza a realização dos estágios supervisionados previstos nas Matrizes Curriculares dos Cursos Superiores de Licenciatura

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP

CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP 1 CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP Ouro Preto MG Abril de 2014 Luciano Miguel Moreira

Leia mais

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing Curso do Superior de Tecnologia em Objetivos do curso 1.5.1 Objetivo Geral O Curso Superior de Tecnologia em na modalidade EaD da universidade Unigranrio, tem por objetivos gerais capacitar o profissional

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA POSSIBILIDADES E CAMINHOS

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA POSSIBILIDADES E CAMINHOS EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA POSSIBILIDADES E CAMINHOS Universidade Federal de Juiz de Fora 11 de Dezembro de 2009 Celso Costa Diretor de Educação a Distância DED CAPES MEC SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. AVA: treinaremcasa.com.br/ava

MANUAL DO ALUNO. AVA: treinaremcasa.com.br/ava MANUAL DO ALUNO A Treinar é uma escola com tradição na área de cursos de Informática, Tecnologia, Desenvolvimento Profissional e Educação a Distância. Oferece cursos do nível básico ao avançado, visando

Leia mais

Prof. Renato da Anunciação REITOR Profª Aurina Oliveira Santana DIRETORA GERAL Prof. Durval de Almeida Souza DIRETOR DE ENSINO Prof.

Prof. Renato da Anunciação REITOR Profª Aurina Oliveira Santana DIRETORA GERAL Prof. Durval de Almeida Souza DIRETOR DE ENSINO Prof. Prof. Renato da Anunciação REITOR Profª Aurina Oliveira Santana DIRETORA GERAL Prof. Durval de Almeida Souza DIRETOR DE ENSINO Prof. Juliano Marques de Aguilar DIRETOR ADMINISTRATIVO Cursos FIC Os Cursos

Leia mais

ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD.

ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD. Processo CONSUN Nº 009-2011 ASSUNTO: REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD. PROTOCOLADO EM: 24/03/2011 INTERESSADO: Universidade do Contestado PROCEDÊNCIA: Reitoria COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO

Leia mais

Desafios que se colocam ao Ensino Universitário no século XXI uma reflexão a partir de várias vozes.

Desafios que se colocam ao Ensino Universitário no século XXI uma reflexão a partir de várias vozes. Desafios que se colocam ao Ensino Universitário no século XXI uma reflexão a partir de várias vozes nilzacosta@ua.pt ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO (1) ENSINO SUPERIOR SEC. XXI 1ª 2ª PROPOSTAS ORIENTADORAS

Leia mais

EAD COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Significado do Trabalho. Prof. Joel Dutra aula de

EAD COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Significado do Trabalho. Prof. Joel Dutra aula de EAD 521 - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Significado do Trabalho Prof. Joel Dutra aula de 29.03.17 Objetivo Estimular a reflexão sobre o significado do trabalho a partir de referenciais teóricos e da vivência

Leia mais

Claudia Reyes Setembro, 2012

Claudia Reyes Setembro, 2012 Claudia Reyes Setembro, 2012 Apresentar informações sobre o papel da Secretaria de Educação a Distância (SEaD) na UFSCar e de suas coordenadorias para a organização, qualidade e sustentabilidade Apontar

Leia mais