CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO"

Transcrição

1 MARINHA DO BRASIL COM4 DN Núcleo do Serviço de Assistência Integrada ao Pessoal da Marinha CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO PÚBLICA E DESBUROCRATIZAÇÃO GESPÚBLICA

2 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 2 SUMÁRIO PÁG. 1- APRESENTAÇÃO 3 2- MISSÃO 4 3- INFORMAÇÕES GERAIS 4 4- REGULAMENTAÇÃO DOS SERVIÇOS 5 5- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA 5 ASSISTÊNCIA SOCIAL 6- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA 6 ASSISTÊNCIA PSICOLÓGICA 7- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA 7 ASSISTÊNCIA JURIDICA 8- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA 7 ASSISTÊNCIA RELIGIOSA 9- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA 8 CAIXA DE CONSTRUÇÕES DE CASAS PARA O PESSOAL DA MARINHA 10- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELO 10 SETOR DE INATIVOS MILITAR E CIVIL 11- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO 14 PELO POSTO LOCAL DE IDENTIFICAÇÃO DA MARINHA - PLIM 12- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELO 15 ABRIGO DO MARINHEIRO -SEGURO DE AUTOMOVEIS ASSISTÊNCIA MÉDICA 13- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 18

3 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 3 1- APRESENTAÇÃO A ao Cidadão foi instituída pelo Decreto n de 11 de agosto de 2009 e tem por objetivo informar ao cidadão acerca dos serviços prestados pelo órgão ou entidade, das formas de acesso a esses serviços e dos respectivos compromissos e padrões de qualidade de atendimento ao público. Dentro do processo de reestruturação e da melhoria constante da qualidade do atendimento ao público, o Núcleo do Serviço de Assistência Integrada ao Pessoal da Marinha (N-SAIPM) apresenta a sua ao Cidadão, acreditando que esse canal de comunicação ampliado com seus usuários seja uma medida de extrema importância para dar transparência e visibilidade aos serviços que executa. A Carta divulga todos os serviços que o N-SAIPM oferece e orienta quanto aos seus requisitos e como cada serviço é tratado, antes de acessados pelo público alvo. Por reconhecer o usuário como cliente parceiro, a do N-SAIPM também indica como emitir sugestões ou enviar reclamações, assegurando a efetiva participação do usuário na avaliação dos serviços prestados. Ao divulgar os seus compromissos de atendimento, o N-SAIPM mantém o seu objetivo estratégico na direção da melhoria continua de suas ações, visando sempre à busca da excelência no atendimento ao público. Fernando Augusto Câmara Capitão-de-Fragada (RM1) Encarregado do N-SAIPM

4 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 4 2- MISSÃO Atender os militares, ativos e inativos, seus dependentes e pensionistas da Marinha de maneira integrada e humanizada, a fim de promover a prevenção de situações e/ou dificuldades apresentadas pelo cotidiano. 3- INFORMAÇÕES GERAIS 4- I Atendimento ao Público: De 2ª a 6ª, das 08h05min às 16h00min. Ao chegar ao N-SAIPM, o usuário é recebido por um recepcionista, o qual vai identificar a necessidade do usuário e orientá-lo ao Setor prestador de serviço correspondente, que poderá ser: - Assistência Social; - Assistência Psicológica; - Assistência Jurídica; - Assistência Religiosa; - Caixa de construção; - Setor de Inativos militar e civil - Posto Local de Identificação da Marinha - PLIM; - Seguro de Automóveis e Seguro de Plano de Saúde. Para melhor trânsito dos usuários, as salas que compõe o N-SAIPM são sinalizadas por meio de placas indicativas. Os atendimentos, independente do tipo de serviço, são realizados por ordem de chegada, utilizando-se senhas obtidas na recepção, de acordo com o tipo de serviço desejado. Terão prioridade no atendimento: Pessoas portadoras de necessidades especiais, idosos com idade igual o superior a 60 anos, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas de criança de colo.

5 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 5 Os usuários com prioridade no atendimento dispõe de vagas especiais para estacionamento de veículos e acesso facilitado às dependências do N-SAIPM. O N-SAIPM possui sala de espera e salas de atendimento climatizadas. A sala de espera conta com 27 cadeiras, 3 sanitários (masculino, feminino e para portadores de necessidades especiais). O tempo previsto de espera para atendimento é de 15min, porém esse tempo varia de acordo com a procura pelos atendimentos por parte dos usuários e do tipo de serviço. O prazo para cumprimento dos serviços depende do tipo de serviço procurado. No primeiro atendimento o usuário poderá obter uma previsão do tempo de execução do mesmo. 4- REGULAMENTAÇÃO DO SERVIÇO 5- O N-SAIPM o qual é subordinado diretamente à Chefia Geral dos Serviços do Com4 DN, pertence a Marinha do Brasil, sediado na cidade de Belém-PA. São elas: Todos os seus serviços são regulamentados por Normas específicas para cada setor. - DGPM-501, 4ª Rev.; - DGPM-303, - DGPM- 304, 2ª Rev. 5- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA ASSISTÊNCIA SOCIAL O Serviço Social é uma atividade técnica, que atua na realidade social dos usuários, por meio do atendimento de demandas, elaboração de pesquisas e construção de propostas. O Assistente Social presta atendimento de Serviço Social aos usuários; elabora, implementa e avalia projetos sociais; presta orientação social e encaminhar providências

6 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 6 para o atendimento das demandas da Família Naval; elabora documentação técnica do Serviço Social; orienta o processo de participação dos usuários nos Programas e Projetos, de forma a promover o emprego adequado dos recursos institucionais; realiza estudos sócio-econômicos com os usuários para avaliar a necessidade de acesso aos Programas e Projetos; elabora Parecer Social relativos aos processos de solicitação de Licença para Tratamento de Saúde de Pessoa da Família (LTSPF) para militares, de Licença por Motivo de Doença em Pessoa da Família (LMDPF) para servidores civis e Movimentação ou Remoção por Motivo Social. I- Programas do Serviço Social (PSS) Para viabilizar a execução do Serviço Social na MB, foram elaborados os PSS. De execução privativa dos Assistentes Sociais, poderão ser atualizados, substituídos ou extintos pela DASM (Diretoria de Assistência Social), com base nos dados coletados pelo Serviço Social, de modo a adequá-los às demandas apresentadas pelos usuários. Estão em vigor os seguintes PSS: a) Programa de Orientação Social; b) Programa Educacional; c) Programa de Assistência Financeira; e d) Programa de Movimentação ou Remoção por Motivo Social; e) Programa de Atendimento Especial; f) Programa de Missões Especiais; e g) Programa Qualidade de Vida. 6- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA ASSISTÊNCIA PSICOLÓGICA Assistência Psicológica é a promoção do bem-estar psicossocial. Dar-se por meio do desenvolvimento de atividades preventivas e pelo atendimento psicoterápico, empregandose terapias de curta duração. O usuário que necessitar de atendimento de longa duração será encaminhado ao HNBe. O Psicólogo no N-SAIPM realiza atendimento individual e de grupo; promove palestras abordando temas variados, previamente identificados no âmbito da Assistência

7 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 7 Integrada; participa do planejamento e de execução de atividades preventivas, que visem a promoção do bem-estar do usuário; elabora e executa, em conjunto com os demais integrantes do SAIPM, projetos em atendimento aos diversos programas da assistência integrada (Dependência química, maturidade saudável e outros); e presta orientação profissional para os dependentes de militares e servidores civis. 7- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA ASSISTÊNCIA JURÍDICA A Assistência Jurídica é a orientação técnica prestada diretamente ao usuário do SAIPM, a fim de esclarecer direitos e deveres perante a justiça. O Assistente Jurídico presta orientação técnica imprescindível à defesa dos interesses dos usuários, em quaisquer das áreas do direito; encaminha os casos que necessitem de representação judicial às Defensorias Públicas, Escritórios-Modelo, Faculdades de Direito e Associações que prestam Assistência Jurídica gratuita, com quais a Marinha tenha convênio; promove palestras sobre os temas de maior incidência na sua área de atuação e colabora com outros profissionais, em palestras que envolvam assuntos e áreas de interesse da Assistência Integrada; e atua no distrato ou no cancelamento do Termo de Acordo de Pensão Alimentícia. 8- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA ASSISTÊNCIA RELIGIOSA 9- A Assistência Religiosa é o apoio e orientação espiritual prestada aos militares, aos civis e as suas famílias pelo Capelão Naval, incluindo o controle das atividades religiosas, orientação de processos de habilitação ao matrimônio e programação e execução de celebrações litúrgicas. Naval: Algumas atividades da Capelania Católica do Comando do 4 DN para a Família a) Celebrações dominicais: 08:00 e às 18:00 na Igreja Santo Amaro e Nossa Senhora dos Navegantes, na Vila Naval. b) Celebrações semanais: 4ª feira: 19:00h Capela do CIABA e 5ª feira: 09:00h Centro de Estudo do HNBe

8 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 8 c) Catequese: Domingo 9:00h d) Batismo: 2 sábado de cada mês (marcar com Capelão) e) Louvor e Adoração (Hora-Santa): 1ª quinta feira do mês- 19:00h 9- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELA CAIXA DE CONSTRUÇÕES DE CASAS PARA O PESSOAL DA MARINHA É o serviço oferecido para aquisição, via financiamento, por parte do usuário, de terreno e simultânea construção de imóvel. Com o financiamento o usuário consegue 100% do valor necessário para a realização da casa própria bastando apresentar solicitação na Caixa de Construções de Casas para o Pessoal da Marinha (CCCPM). I- PROMORAR Programa de Moradia da Marinha Com o PROMORAR o usuário realiza o sonho da casa própria e consegue ate 100% do valor necessário para seu financiamento, dependendo da capacidade de pagamento. O primeiro passo é preencher o requerimento, o qual pode ser impresso diretamente do site da CCCPM. O prazo máximo de financiamento é de 300 meses, dependendo das restrições estabelecidas pela seguradora contratada, quanto a idade do mutuário. O valor máximo de financiamento é de 400 mil reais. Com esse financiamento o usuário pode: - Comprar seu imóvel novo ou usado (mesmo já possuindo outro imóvel); - Construir seu imóvel em terreno próprio ou ampliação do seu atual imóvel; - Quitar seu financiamento com outro agente financeiro; e - Comprar terreno com construção simultânea do móvel.

9 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 9 II- PROHABITAR É o financiamento destinado à aquisição de imóvel. Utiliza recursos do FGTS, por meio de convênio com a CEF. Financia ate 100% do valor necessário, observada a capacidade de pagamento do usuário. É um serviço exclusivo para usuários que possuem renda bruta familiar de até R$ 4.900,00 e que não seja proprietário de imóvel. Para adquirir o serviço é necessário comprovar residência ou trabalho na localidade pretendida, há mais de 1 ano. O prazo máximo de financiamento é de 300 meses, dependendo das restrições estabelecidas pela seguradora contratada, quanto a idade do mutuário. O valor máximo de financiamento é de 130 mil reais. III- PREAMAR É o financiamento até o valor Maximo de 50 salários mínimos (Federal), destinado a beneficiários que comprovadamente residam em áreas de risco, causado pela violência urbana. IV- ERAP empréstimo rápido imobiliário O serviço oferece ao usuário crédito de ate 35 mil reais para: - complementar o valor para comprar sua casa; - reformar ou ampliar sua residência; - comprar material para sua obra; - Prazo de até 48 meses. O usuário pode fazer uma simulação através do site e ver todas as condições oferecidas pelos serviços da CCCPM. V- Empréstimo Emergencial O serviço é referente a obras em residências danificadas por ações da natureza. O prazo máximo para quitação é de 300 meses ou até o beneficiário completar 80 anos.

10 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 10 VI- Bolsa de Imóvel A Caixa de Construções disponibiliza aos seus beneficiários a Bolsa de Imóveis, onde o usuário poderá divulgar ou pesquisar seu imóvel para a venda, aluguel ou transferência de financiamento. 10- SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELO SETOR DE INATIVOS MILITAR E CIVIL I) Recadastramento: O serviço de recadastramento deve ser realizado anualmente no mês do aniversário do inativo/pensionista. O usuário deve comparecer ao SAIPM munido do documento necessário. O processo de recadastramento é automatizado no SIPEM (Sistema de Inativos e Pensionistas da Marinha), atualizando ou regularizando a situação do inativo/pensionista no ato do atendimento. Caso o inativo/pensionista estiver impossibilitado de locomover-se até os setores de atendimento, poderá ser solicitado a visita domiciliar. Os inativos e pensionistas que não se recadastrarem no mês do aniversário poderão vir a ter seu pagamento bloqueado. II) Habilitação e Pagamento de Pensão Militar e de Ex-Combatente: O direito a pensão inicia-se com o óbito do (a) militar ou ex-combatente. O primeiro passo para a habilitação do(s) beneficiário(s) da pensão é a comunicação do falecimento do(a) militar ou ex-combatente, mediante a apresentação da certidão de óbito. Os documentos devem ser apresentados deforma original (legível). Caso não esteja em bom estado de conservação, recomenda-se que seja tirada uma 2ª via. O SIPM poderá exigir a apresentação de outros documentos não mencionados, mas que necessários para habilitação. Mais informações estão disponíveis no GUIA rápido da Pensão Militar (GIRAPEM) no site: III) Pagamento de Pensão Civil O direito a pensão inicia-se com o óbito do (a) servido (a) civil, que deve ser

11 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 11 comunicado para que possa ser dada entrada no processo de habilitação do(s) beneficiários da pensão civil. IV) Declaração de Dependente (DD) A Declaração de Dependentes legitima o recebimento dos seguintes benefícios: Auxilio Funeral, Assistência Médico-hospitalar da Marinha (AMH), Identificação no Serviço de Identificação da Marinha (SIM) e IRDF. Mediante a apresentação da documentação necessária, é elaborada a DD para conferencia e assinatura do requerente, sendo-lhe entregue uma via, com validade de 90 dias, para fim de utilização da assistência médico-hospitalar em caráter temporário. O processo é encaminhado à Diretoria de Pessoal Militar da Marinha (DPMM) para análise e inclusão no cadastro de dependentes da MB. Após publicação em Boletim da MB, o dependente poderá ser identificado no SIM e fazer uso regular da AMH. A documentação devera ser apresentados os original de forma legível ou em copia autenticada recente. Alterações de dados a) Alteração de endereço: ocorre quando houver mudança de endereço, ou se por algum motivo o usuário ainda não estiver cadastrado. b) Alteração de Conta Corrente: quando o inativo/pensionista muda a conta bancária para recebimento do pagamento. c) Alterações de dados cadastrais: quando houver erro nos dados cadastrais (nome, filiação, data de nascimento, CPF, NIP). É necessário o preenchimento de formulário no setor de atendimento, visando a correção dos dados no SIPEM, SIAPE, SISPAG. V- Inspeção de Saúde É utilizado pelo usuário inativo militar ou seu dependente quando objetivar: - Auxilio invalidez; - Isenção de pagamento de Imposto de Renda na Fonte; - Reforma por incapacidade definitiva para o Serviço Ativo da Marinha (SAM) ; - Revisão de Reforma por doença relacionada ao serviço; - Revisão de Reforma por idade limite; - Revisão de preexistência de doença especificada na lei e incapacidade; e

12 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 12 - Revisão de preexistência de invalidez. Ou quando o pensionista/dependente de ex-combatente objetivarem: - Concessão de isenção do pagamento do Imposto de Renda na Fonte; e - Verificação de preexistência de doença. É necessário o preenchimento de formulário próprio no setor de atendimento, encaminhado para à DPMM, quando se tratar de inativo militar e seu dependente, ou ao setor responsável do SIPM, quando se tratar de pensionista, ex-combatente e seu dependente. O inativo/pensionista é contatado para comparecer ao órgão de saúde determinado a fim de iniciar procedimento de inspeção. Concluída a inspeção, DPMM e o SIPM são informados do resultado por meio do Termo de Inspeção de Saúde (TIS). VI) Fundo de Saúde da Marinha (FUSMA) O serviço é procurado pelo usuário quando há a necessidade de requerer o desconto da parcela FUSMA para fim de direito à assistência médico-hospitalar, caso não tenha sido implantado em BP automaticamente; ou necessidade de solicitar a emissão do Cartão de Habilitação de Assistência Médico-Hospitalar, para dependente interdito, impossibilitado de ser identificado no SIM. VII) Benefício de Assistência a Saúde (BAS) Consiste no ressarcimento percentual do que foi pago pelo inativo civil e pensionista, a título de plano de saúde para o próprio e dependente. Cadastro de Procurador É quando o inativo/pensionista nomear procurador para representá-lo ao N-SAIPM. A documentação apresentada é gerada requisição no SIPEM, inserindo os dados do procurador. Para recadastramento a procuração tem prazo de validade de 1 ano, devendo ser revalidada em cada ato, se for o caso; para os demais procedimentos os prazos de validade exigidos são variáveis, o que será informado no atendimento. IX) Auxílio e Custeio Funeral a) Auxílio Funeral: quando do falecimento de dependente de militar.

13 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 13 b) Custeio Funeral: quando um terceiro busca ser ressarcido por ter custeado o funeral do militar/viúva (o). X ) Auxílio-Invalidez O Auxílio-invalidez é um direito pecuniário devido ao militar na inatividade, reformado como inválido, por incapacidade para o serviço ativo, devendo, para sua manutenção, ser apresentada anualmente declaração de que não exerce nenhuma atividade remunerada, publica ou privada. Para requerimento do beneficio será preenchido um formulário, que sera encaminhado à DPMM. O militar será contatado para comparecer ao órgão de saúde determinado, para iniciar procedimento e inspeção. Adicional de Natalidade O militar faz jus a receber um soldo de seu posto ou graduação por motivo de nascimento de filho. Auxilio Pré-Escolar O Auxílio pré-escolar consiste no pagamento de benefício, cujo valor é fixado pela Secretaria da Administração Federal, com objetivo de propiciar assistência pré-escolar à dependente de servidor militar e civil desde o nascimento até 5 anos de idade. Bloqueio/Desbloqueio para consignação de empréstimo É quando os militares e pensionistas desejam solicitar o bloqueio/ desbloqueio das respectivas matrículas financeiras, visando evitar/autorizar a implantação de novos descontos referentes a empréstimos em BP. Senha SIAPEnet Para acessar o SIAPE (Sistema Integrado de Administração de Pessoal) para consulta ao bilhete de pagamento, ao formulário de comunicação de irregularidades nas consignações e as informações pertinentes aos inativos e pensionistas civis, por meio de uma senha e um código de segurança.

14 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 14 No primeiro momento, o usuário preencherá o requerimento próprio de desbloqueio de senha nos setores de atendimento. Após tramitação, o usuário receberá, via , a informação de desbloqueio de senha, possibilitando-lhe o acesso. O acesso ao site só será possível após confirmação de pelo servidor inativo. Quando houver erro na informação dos dados cadastrais e a senha de acesso for bloqueada, o desbloqueio será realizado no SAIPM, no setor de Inativos militar e civil. A relação com documentação necessária para a habilitação dos serviços acima estão disponíveis no N-SAIPM ou pelo telefone: (91) / SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELO PLIM Compete ao PLIM a identificação de todo pessoal da área de jurisdição do Com4 DN. Os militares da ativa deverão comparecer ao PLIM devidamente uniformizados e seus dependentes e servidores civis deverão estar trajados com vestimentas condizentes com o ambiente militar. Os militares embarcados e meios operativos com movimentação prevista terão prioridade no atendimento, nos casos de extravios, desde que a OM solicite formalmente, com antecedência de 72 horas, de modo haver tempo hábil para identificação. Para os Aquaviários, o atendimento deverá ser feito mediante apresentação por Oficio das Capitanias e da DelSantarém. A classificação sanguínea deverá ser apresentada ao PLIM e documento contendo NOME, ASSINATURA E N DO REGISTRO DO MÉDICO, FARMACÊUTICO OU BIÓLOGO NO CONSELHO REGIONAL DA CLASSE. Os cartões de identidade não procurados no período de 120 dias, contados partir da data de prontificação, serão enviados ao SIM para destruição, não tendo o identificado direito à restituição da importância paga. O cartão de identidade somente será entregue ao interessado ou pessoa por este autorizada, mediante apresentação do recibo fornecido pelo PLIM quando da identificação, devidamente autorizado e assinado no verso deste ou em qualquer documento hábil e após

15 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 15 assinatura em livro de registro próprio. Excepcionalmente, o PLIM atenderá em outros locais as pessoas que, por motivo de saúde ou idade avançada, estejam impossibilitadas de locomoção SERVIÇOS OFERECIDOS AO PÚBLICO PELO ABRIGO DO MARINHEIRO SEGURO DE AUTOMÓVEIS I) Seguro de Automóveis: o Abrigo do Marinheiro junto com a empresa conveniada oferece o serviço de seguro para os militares, servidores civis e pensionistas da MB. O Pagamento do seguro pode ser feito de quatro formas: cartão de crédito, contacorrente, boleto bancário ou bilhete de pagamento (BP). Nesta última, o desconto será processado somente de 42 a 72 dias depois da emissão da apólice, o que pode significar quase oitenta dias depois de fazer a proposta. É importante ressaltar que parte do valor arrecadado é retornado para o Abrigo do Marinheiro (AMN), para ser empregado em projetos sociais voltados exclusivamente para a Família Naval. O serviço oferecido terá o prazo de um ano, a contar das 24 horas do dia da ocorrência de um dos fatos abaixo, até as 24 horas do mesmo dia do ano seguinte: -do dia da vistoria prévia, se a contratação ocorrer após esse dia; -do dia da contratação, se a vistoria prévia for concomitante; e -do dia da retirada do veículo "Zero Km" da Revendedora, observados os demais parâmetros que regem o seu seguro. As coberturas oferecidas são: colisão, furto/ roubo e incêndio (perda parcial e perda total). A cobertura compreensiva abrange colisão, incêndio e roubo/furto. A cobertura do seguro de automóvel pode, ainda, ser conjugada com cobertura de responsabilidade civil facultativa de veículos (RCF-V) e de acidentes pessoais para passageiros (APP). II) Seguro de vida: Através do Abrigo do Marinheiro (AMN), é oferecido seguro de vida para todo o pessoal da MB, inclusive os inativos, com idade até 60 anos.

16 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 16 a) Morte natural - os beneficiários recebem 100% do capital segurado; b) Indenização Especial por Acidente (IEA) - os beneficiários recebem 200% do capital segurado em caso de morte acidental; c) Invalidez permanente total ou parcial por acidente (IAP) - o segurado recebe até 100% do capital segurado; d) Auxílio Financeiro - o segurado recebe pela morte de filhos, enteados, tutelados e outros menores dependentes, amparados pela legislação do Imposto de Renda, 10% do capital segurado, limitado a R$ 3.691,50 para os planos Básico, Opcional e Especial, não sendo acumulativas as indenizações, e R$ 3.876,08 para o plano único. Quando do falecimento do titular do Seguro de Vida, os beneficiários cadastrados no Sistema do AMN, terão que comparecer ao posto de atendimento para receber uma lista de documentos necessários para ser realizado o processo de Decujus. Após, será enviada a documentação para a seguradora que fará os depósitos nas contas dos beneficiários. III) Seguro de Acidentes Pessoais: o Abrigo do Marinheiro e a seguradora conveniada criaram esse seguro para atender os militares ativos e inativos, servidores civis e pensionistas da MB e os seus dependentes. O serviço custa R$ 4,74 debitados mensalmente no bilhete de pagamento. Além de contar com todas as coberturas do Seguro, o usuário concorre a prêmios em dinheiro toda semana. Cobertura: - Morte Acidental; - Invalidez Permanente, total ou parcial por acidente. ASSISTÊNCIA MÉDICA O serviço é destinado aos militares, servidores civis, ativo e inativo, pensionistas e ex-combatentes e seus dependentes. A assistência destina-se a prevenção da doença e a recuperação da saúde, observando a legislação em vigor, os termos do contrato com a empresa conveniada e a cobertura prevista no produto escolhido. O valor a ser pago pelo usuário varia de acordo com sua faixa etária.

17 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 17 Os usuários poderão obter mais informações sobre todos os serviços oferecidos através do site do Abrigo do Marinheiro ou pelo telefone REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

18 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 18 - ao Cidadão de Serviços de Inativos e Pensionistas da Marinha - DGPM 501-4Rev. - DGPM 502-3Rev. - Guia para elaboração da ao Cidadão Gespública

19 Núcleo Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha 19 Realização: Núcleo - Serviço de Assistência Integrada do Pessoal da Marinha Rodovia Arthur Bernardes, s/n - Val-de-Cães- Belém-PA Fone:

Carta de Serviços ao Cidadão CPPE 23SET2014

Carta de Serviços ao Cidadão CPPE 23SET2014 1 23SET2014 2 Comandante da Marinha Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira Comandante de Operações Navais Almirante-de-Esquadra Elis Treidler Öberg Comandante do Terceiro Distrito Naval Vice-Almirante

Leia mais

PLANO DE IDENTIFICAÇÃO 2013

PLANO DE IDENTIFICAÇÃO 2013 MARINHA DO BRASIL ESCOLA DE APRENDIZES-MARINHEIROS DO CEARÁ DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DIVISÃO DO PESSOAL MILITAR SEÇÃO DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE IDENTIFICAÇÃO 2013 1ª FASE-VERIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS

Leia mais

INFORMATIVO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE (BAS)

INFORMATIVO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE (BAS) INFORMATIVO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE (BAS) Com o intuito esclarecer possíveis dúvidas em relação ao Benefício de Assistência à Saúde (BAS) dos servidores inativos e pensionistas civis e, estando

Leia mais

Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha

Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha MARINHA DO BRASIL Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha Ministério do Planejamento Secretaria de Gestão Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GESPUBLICA Carta de Serviços ao Cidadão

Leia mais

Documentos necessários à Identificação/Reidentificação

Documentos necessários à Identificação/Reidentificação Documentos necessários à /Reidentificação Relembra-se de que, antes de comparecer para identificação, seus dados deverão estar atualizados no respectivo Banco de Dados da MB (BDPes, GEPEC, SIGEP e SISAQUA).

Leia mais

MARINHA DO BRASIL COLÉGIO NAVAL

MARINHA DO BRASIL COLÉGIO NAVAL MARINHA DO BRASIL COLÉGIO NAVAL CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO www.cn.mar.mil.br 1 Carta de Serviços ao Cidadão CN SUMÁRIO Identidade Institucional... Apresentação Compromissos e Padrão de Qualidade Informações

Leia mais

1º EDITAL UNIFICADO PARA EDUCAÇÃO BÁSICA CONCESSÃO DA BOLSA SOCIAL DE ESTUDO PARA O ANO LETIVO DE 2016

1º EDITAL UNIFICADO PARA EDUCAÇÃO BÁSICA CONCESSÃO DA BOLSA SOCIAL DE ESTUDO PARA O ANO LETIVO DE 2016 CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (Concessão) Nº DO PROCESSO: DATA: ALUNO: MATRÍCULA: SÉRIE: Quantidade de Membros: ANO: DOCUMENTOS RG e CPF De todos os membros maiores de 18 anos.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL INFORMAÇÕES ÚTEIS SOBRE CONSIGNADO EMPRÉSTIMO, CARTÃO DE CRÉDITO E/OU SERVIÇOS CONTRATADOS - ANO 2015. 1) O que é Margem Consignável? Resposta: É o dado que indica os limites estabelecidos por lei específica

Leia mais

CARTA SERVIÇOS AO CIDADÃO SASM SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA. www.sasm.mar.mil.br

CARTA SERVIÇOS AO CIDADÃO SASM SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA. www.sasm.mar.mil.br SASM SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA www.sasm.mar.mil.br CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO MARINHA DO BRASIL SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA Comissão para Elaboração a Carta de Serviços ao

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015

Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015 Roteiro Operacional Última atualização 30/03/2015 Produto disponibilizado pela Agiplan Financeira S.A- CFI para conceder crédito pessoal em débito em conta corrente denominado Agidébito. 1. Público Alvo.

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 39 RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1. Categorias de

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO PROUNI 2013.1 1º CHAMADA

EDITAL DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO PROUNI 2013.1 1º CHAMADA EDITAL DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO PROUNI 2013.1 1º CHAMADA A Faculdade Baiana de Direito e Gestão faz saber que realizará processo seletivo, destinado ao ingresso de estudantes beneficiários do ProUni

Leia mais

REVOGADO PELO ATO Nº 37/09 ATO Nº 34/2006

REVOGADO PELO ATO Nº 37/09 ATO Nº 34/2006 REVOGADO PELO ATO Nº 37/09 ATO Nº 34/2006 Dispõe sobre as consignações em folha de pagamento dos magistrados e servidores ativos e inativos e dos pensionistas do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região.

Leia mais

General de Exército ENZO MARTINS PERI Comandante do Exército. General de Exército AMÉRICO SALVADOR DE OLVIEIRA Comandante Militar do Nordeste

General de Exército ENZO MARTINS PERI Comandante do Exército. General de Exército AMÉRICO SALVADOR DE OLVIEIRA Comandante Militar do Nordeste General de Exército ENZO MARTINS PERI Comandante do Exército General de Exército AMÉRICO SALVADOR DE OLVIEIRA Comandante Militar do Nordeste General de Divisão HÉLIO CHAGAS DE MACÊDO JUNIOR Comandante

Leia mais

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO DE INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA Este formulário deve ser preenchido exclusivamente com dados do beneficiário da indenização do Seguro

Leia mais

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde 3 Benefícios O Processo de Benefícios atua como agente visando minimizar as situações problemas existentes na relação homem-trabalho, através de orientações e esclarecimentos aos empregados sobre os benefícios

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Será concedida a Bolsa Filantrópica com base nos critérios básicos consignados nos

Leia mais

1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? 3. Como funciona o parcelamento?

1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? 3. Como funciona o parcelamento? 1. Qual o limite de idade para o empréstimo pessoal? De 18 anos a 90 anos, 11 meses e 29 dias. 2. Qual é o valor mínimo e máximo do empréstimo? Mínimo: R$ 200,00 Máximo: R$ 10.000,00 3. Como funciona o

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO EDITAL N.º 001/2012 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE INCLUSÃO SOCIAL UNIVERSIDADE PARA TODOS FACULDADE DA PREFEITURA, N.º 001 de 27 de julho de 2012 A Prefeitura do Município de Porto Velho, por meio

Leia mais

FAM - Fundo de Apoio à Moradia. Manual do Participante FAM

FAM - Fundo de Apoio à Moradia. Manual do Participante FAM - Fundo de Apoio à Moradia Manual do Participante FAM As presentes instruções normativas revogam todas as demais publicadas anteriormente. 25/09/2009 FAM - Fundo de Apoio à Moradia Manual do Participante

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC -

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - ORIENTAÇÕES: a) Apresentar cópia simples dos documentos de todos os membros do grupo familiar (pessoas que vivem na mesma casa,

Leia mais

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócio Versão: 01 10 2012 *Últimas atualizações destacadas em vermelho POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites

Leia mais

BENEFICIOS CONCEDIDOS PELA CODEVASF. Junho / 2010

BENEFICIOS CONCEDIDOS PELA CODEVASF. Junho / 2010 Ministério da Integração Nacional - M I Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - CODEVASF Área de Gestão Administrativa e Suporte Logístico - AA Gerência de Gestão de Pessoas

Leia mais

Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você.

Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você. Coberturas completas para seu automóvel e o Compromisso MAPFRE com você. Seu carro é um patrimônio que você conquistou e ele merece atenção e proteção. Nós, da MAPFRE, queremos cuidar dele como se fosse

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 7PENSÃO CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública. A

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009 FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS NORMA OPERACIONAL Nº 001/2009 DIREH, DE 17 DE SETEMBRO DE 2009 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados para o ressarcimento, mediante auxílio

Leia mais

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 1. DISPONIBILIZAÇÃO DOS FORMULÁRIOS A FUNESO, por meio da Comissão de Responsabilidade Social e Filantropia, faz saber aos alunos,

Leia mais

O Governador do Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições constitucionais e legais e

O Governador do Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições constitucionais e legais e DECRETO N 25.547 - DE 30 DE AGOSTO DE 1999 DISPÕE SOBRE A AVERBAÇÃO DE CONSIGNAÇÕES FACULTATIVAS EM FOLHA DE PAGAMENTO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Governador do Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Os candidatos pré-selecionados deverão entregar cópia simples dos documentos adiante solicitados de todos aqueles que compõem a família.

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA EDITAL Nº 01 / 2015 PARA ISENÇÃO DA QUOTA MENSAL ESCOLAR PARA ALUNOS CARENTES O Comandante e Diretor de Ensino

Leia mais

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA A liquidação do sinistro começa com o AVISO DO SINISTRO à Seguradora. No caso de Evento(s) que possa(m) acarretar responsabilidade à Sociedade

Leia mais

Guia Rápido da Pensão Militar - GIRAPEM. Guia Rápido da Pensão Militar GIRAPEM

Guia Rápido da Pensão Militar - GIRAPEM. Guia Rápido da Pensão Militar GIRAPEM Guia Rápido da Pensão Militar - GIRAPEM 1 Guia Rápido da Pensão Militar GIRAPEM 2013 2 Guia Rápido da Pensão Militar - GIRAPEM IMPORTANTE Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha (SIPM) Atendimento

Leia mais

CFIAe. CFIAe:Um sonho, um ideal, uma moradia digna 1

CFIAe. CFIAe:Um sonho, um ideal, uma moradia digna 1 CFIAe 1 SUMÁRIO I CATEGORIA E FINALIDADE DA CFIAe 3 II MISSÃO DA CFIAe 3 III VISÃO DE FUTURO 3 IV VALORES 4 V PRODUTOS CFIAe 5 VI BENEFICIÁRIOS CFIAe 5 VII FACILIDADES ENCONTRADAS NO SITE CFIAe 6 VIII

Leia mais

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É um benefício concedido ao servidor, ativo ou inativo,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DAP/GEPE/UFF

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DAP/GEPE/UFF DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DAP/GEPE/UFF AGOSTO de 2014 Direção: Marlette Rose Galvão Alves Organograma elaborado com base na Portaria nº 45.242,de 21/07/2011-BS nº 117/2011 Departamento de

Leia mais

1 - DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA PARA CADA AMPARO:

1 - DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA PARA CADA AMPARO: MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA ANEXO II 1 - DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA PARA CADA AMPARO: a. MOVIMENTAÇÃO Cópia autenticada do Bol DGP que publicou

Leia mais

Somente poderá solicitar o benefício da Isenção da Taxa o Candidato que:

Somente poderá solicitar o benefício da Isenção da Taxa o Candidato que: EDITAL Nº 29 DO PROGRAMA DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO DO 1º VESTIBULAR E EXAME DE SELEÇÃO DE 2012 DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS O Reitor do Instituto Federal

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 29 Exclusivo para Uso Interno Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1.

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE No ato de entrega dos documentos o candidato deve apresentar os originais e as cópias para conferência. 1.Documentos Diversos a) Cópia de documento de identificação (ou certidão de nascimento, quando menor

Leia mais

Região Metropolitana de São Paulo

Região Metropolitana de São Paulo MA-GCF-002 Versão: 02 Vigência: 2015 Página: 1 / 14 2015 Região Metropolitana de São Paulo MA-GCF-002 Versão: 02 Vigência: 2015 Página: 2 / 14 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização...

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar)

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar) PROGRAMA AUXÍLIO PERMANÊNCIA - PAPE/UNIFESP CALOUROS 2012 INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! 1. O Programa Auxílio Permanência- PAPE destina-se aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL Os programas de assistência estudantil da UFRPE

Leia mais

EDITAL DE VAGAS. A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL

EDITAL DE VAGAS. A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL EDITAL DE VAGAS A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL Para determinar os procedimentos necessários para pleitear vaga(s) para a

Leia mais

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada.

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada. Regulamento: O presente regulamento estabelece os termos e as condições do Programa Club Red Brasil, bem como a concessão e utilização de créditos através de cartões de débito. Todos os participantes,

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI -

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - Os candidatos pré-selecionados devem entrar em contato com o SAE (Serviço de Assistência ao Estudante) para agendar a entrevista. Telefone: 35-3299-3044 Segue abaixo a relação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE DO PREFEITO PUBLICADO EM PLACAR Em 16_/_04_/_07 MARIA NEIDE FREIRE DA SILVA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS DECRETO Nº 52, DE 16 DE ABRIL DE 2007. Regulamenta o art. 39 da Lei Complementar nº 008, de 16 de novembro

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO OPERACIONAL

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO OPERACIONAL PÚBLICO ALVO Servidores Ativos, Aposentados e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Acessar o site (www.intergrall.com.br). PORCENTUAL DA MARGEM A UTILIZADA 100% da margem. QUANTIDADE DE EMPRÉSTIMO POR SERVIDOR

Leia mais

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 DISTRIBUIÇÃO A TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 1. A CAEFE Caixa de Assistência dos Empregados de FURNAS e ELETRONUCLEAR renovou com a SUL AMÉRICA Seguros, a Apólice Coletiva de Seguro de Veículos,

Leia mais

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 3º DISTRITO NAVAL

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 3º DISTRITO NAVAL MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 3º DISTRITO NAVAL CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO Almirante-de-Esquadra JULIO SOARES DE MOURA NETO COMANDANTE DA MARINHA Almirante-de-Esquadra LUIZ FERNANDO PALMER FONSECA COMANDANTE

Leia mais

Regras de Negócios SIAPE. Versão 04062012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócios SIAPE. Versão 04062012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócios SIAPE Versão 04062012 *Últimas atualizações destacadas em vermelho POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas vitalícios

Leia mais

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009;

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009; REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece orientações sobre a LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E RESSARCIMENTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR dos servidores do Instituto Federal

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Súmula: Estabelece normas e procedimentos para a realização de inscrição dos mutuários, relaciona os documentos necessários a instruir

Leia mais

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC.

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. A Escola Superior de Gestão Comercial e Marketing ESIC, mantido pela Associação

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA FAQ Atualizado em 16/10/2014-1 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS O que é o Clube Correio do Povo de Vantagens? O Correio do Povo volta a proporcionar aos seus assinantes,

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes 1) Quem passará a receber por meio de conta no BRADESCO e quem deverá providenciar a sua formalização? a. Magistrados, bem como, seus pensionistas e cotistas b. Serventuários ativos

Leia mais

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos:

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos: EDITAL 002/2014-SE Dispõe sobre as diretrizes do processo de seleção e matrícula da Educação Infantil para o ano letivo de 2015, nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de Joinville. O Secretário

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PÚBLICO ALVO Servidores Ativos, Aposentados e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Utilizar a margem disponível no site ou contracheque. PORCENTUAL DA MARGEM A UTILIZADA Deixar R$ 1,00 (um real) de margem de

Leia mais

3 Há alguma carência na adaptação de contrato, ou seja, quando o beneficiário já possui um plano?

3 Há alguma carência na adaptação de contrato, ou seja, quando o beneficiário já possui um plano? Navegue pelas perguntas mais frequentes respondidas pelo Santa Casa Saúde. Se sua dúvida não estiver nesta página ou as respostas não forem esclarecedoras, procure orientações no site através do link Atendimento,

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO DIADEF DIVISÃO DE ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO DIADEF DIVISÃO DE ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 66 DIADEF DIVISÃO DE ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 03 IDENTIDADE ORGANIZACIONAL... 04 4. DIVISÃO DE ATENDIMENTO ÀS PCD's - DIADEF... 05 4.1. Inscrição e Pedido do Benefício

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Brastra.gif (4376 bytes) Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 4.961, DE 20 DE JANEIRO DE 2004. Regulamenta o art. 45 da Lei n o 8.112, de 11 de dezembro de 1990,

Leia mais

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato):

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato): Atenção Candidato! DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI Na Fase de Comprovação você deverá apresentar cópia, acompanhada dos documentos originais abaixo solicitados. Para

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

PERGUNTAS E RESPOSTAS: PERGUNTAS E RESPOSTAS: 1. Na falta de algum documento por ocasião do Registro Acadêmico perderei minha vaga? R.: Sim, porém, excepcionalmente, mediante justificativa fundamentada e comprovada (Boletim

Leia mais

Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas. Agosto/2015

Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas. Agosto/2015 Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas Agosto/2015 O que administramos? A Prevdata é entidade de Previdência Complementar, que administra planos de benefícios previdenciários e plano de gestão

Leia mais

OUVIDORIA DO SIPM NA INTERNET

OUVIDORIA DO SIPM NA INTERNET JORNAL DOS INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA JIPE Servir com Qualidade a quem nos serviu com Dedicação DEZ 2010 - Nº 20 OUVIDORIA DO SIPM NA INTERNET Página 06 DIA DO INATIVO CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

Leia mais

Instruções específicas para os candidatos às vagas do sistema de cotas para pós-graduação instituído pela Lei 6.914/2014.

Instruções específicas para os candidatos às vagas do sistema de cotas para pós-graduação instituído pela Lei 6.914/2014. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ SUB-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA SR2 Instruções específicas para os candidatos às vagas do sistema de cotas para pós-graduação instituído pela Lei

Leia mais

MAURO LUIZ RABELO Diretor-Geral do CESPE/UnB

MAURO LUIZ RABELO Diretor-Geral do CESPE/UnB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (CESPE/UnB) PROGRAMA DE AVALIAÇÃO SERIADA (PAS) E 1.º VESTIBULAR DE 2008 EDITAL N.º 1 PAS/1.º VEST

Leia mais

INFORMATIVO DA SUBGERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL SOBRE MUDANÇAS NO PLANSERV

INFORMATIVO DA SUBGERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL SOBRE MUDANÇAS NO PLANSERV Universidade Estadual de Feira de Santana Autorizada pelo Decreto Federal n.º 77.496 de 27/04/76 Reconhecida pela Portaria Ministerial n.º 874/86 de 19/12/86 INFORMATIVO DA SUBGERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ARTIGO 171- Bolsa Estudo

ARTIGO 171- Bolsa Estudo E D I T A L Nº. 001/2010 ARTIGO 171- Bolsa Estudo Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos desta IES para bolsas de estudo concedidas pelo Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 07/2014

RESOLUÇÃO N. 07/2014 RESOLUÇÃO N. 07/2014 Estabelece regras para o Programa de Assistência Educacional em Cursos de Graduação, da Faculdade Palotina. Art. 1º. O Programa de Assistência Educacional da Faculdade Palotina, será

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 34 Exclusivo para Uso Interno 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS

Leia mais

1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010

1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010 1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010 Índice Como tramita o processo...6 e 7 Abono Pecuniário... 8 Abono de Permanência... 8 Aposentadoria... 9 Auxílio Funeral...10 Auxílio Natalidade...11 Averbação

Leia mais

LEI Nº 2004 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015

LEI Nº 2004 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 LEI Nº 2004 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre benefícios eventuais concedidos pela Assistência Social do Município de São Gonçalo do Rio Abaixo e dá outras providências. O povo do Município de São

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. Capítulo I Do Objetivo

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. Capítulo I Do Objetivo REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Capítulo I Do Objetivo Art. 1º - O programa de Assistência Educacional do Instituto

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO FICHA PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO 2016 Informações Pessoais do Candidato Nome do Candidato: Data de Nasc: Naturalidade: CPF: RG: Período: Grupo/Ano: Frequenta outro curso? Descreva Qual: Valor

Leia mais

Seguro de Acidentes Pessoais Coletivo para Eventos Resumo das Condições Contratuais

Seguro de Acidentes Pessoais Coletivo para Eventos Resumo das Condições Contratuais Seguro de Acidentes Pessoais Coletivo para Eventos Resumo das Condições Contratuais Fica determinado que as condições específicas, estabelecidas na Proposta de Contratação e nessas Condições Contratuais,

Leia mais

Procedimentos Operacionais do Convênio EXÉRCITO BRASILEIRO. (Código 453)*

Procedimentos Operacionais do Convênio EXÉRCITO BRASILEIRO. (Código 453)* Procedimentos Operacionais do Convênio EXÉRCITO BRASILEIRO (Código 453)* Versão Atualizada: 14/12/2010 Abrangência do Convênio Militares ativos, inativos e pensionistas de militares com vencimentos pagos

Leia mais

Anexo III - Requisição de Documentos

Anexo III - Requisição de Documentos Anexo III - Requisição de Documentos I - Identificação Documentos de identificação do candidato/aluno e dos membros de seu grupo familiar: 1. Documento de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança

Leia mais

FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO

FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO LEIA COM ATENÇÃO! O PROGRAMA DE DESCONTO DAS MENSALIDADES DA CENTRAL DE LÍNGUAS-CELIN destina-se exclusivamente aos estudantes matriculados nos cursos oferecidos pela CELIN, provenientes das camadas de

Leia mais

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo 1. Definições 1.1. Apólice: é o documento emitido pela Seguradora que expressa o contrato celebrado entre a Seguradora

Leia mais

EDITAL 01/2013. 1.3.1. Somente estudantes maiores de 18 anos poderão ocupar os alojamentos.

EDITAL 01/2013. 1.3.1. Somente estudantes maiores de 18 anos poderão ocupar os alojamentos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS SETOR DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL BR 465, km 7, Seropédica, RJ. Tel.: (21) 2681-4687 EDITAL 01/2013

Leia mais

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL O responsável legal pelo educando deverá apresentar os documentos abaixo relacionados; de todo os membros do grupo familiar onde o aluno esta inserido,

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO O Reitor no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais. O Programa de Bolsas Sociais

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 A Diretoria de Colégios da ABEU Colégios, no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais destinadas a estudantes regularmente

Leia mais

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011.

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. Regulamenta o art. 54 da Lei Complementar nº 392, de 17/12/2008, Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Uberaba e dá outras providências.

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR COORDENAÇÃO GERAL DE BENEFÍCIOS E QUALIDADE DE VIDA CGBQV

MANUAL DO SERVIDOR COORDENAÇÃO GERAL DE BENEFÍCIOS E QUALIDADE DE VIDA CGBQV MANUAL DO SERVIDOR COORDENAÇÃO GERAL DE BENEFÍCIOS E QUALIDADE DE VIDA CGBQV Responsáveis: ADAM MARCEL ALMEIDA PINTO ALINE SILVA DE SOUZA Contato: (92) 3306-0031 / cbqv@ifam.edu.br C o o r d e n a ç ã

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado).

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado). Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS Rua Egberto Ferreira de Arruda Camargo nº 151 Bairro Notre Dame Campinas - SP INFORMAÇÕES IMPORTANTES: Os documentos relacionados,

Leia mais

FAM - Fundo de Apoio à Moradia

FAM - Fundo de Apoio à Moradia FAM - Fundo de Apoio à Moradia O Seguro Coletivo de Pessoas descrito neste material foi estipulado pela FHE com um grupo de seguradoras por ela selecionadas, em uma operação de cosseguro, tendo como líder

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 Define os procedimentos relativos à concessão de auxílio-moradia

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

Plataforma CSG Santander

Plataforma CSG Santander Crédito Consignado Plataforma CSG Santander Porto Alegre, Maio 2012 Brasil Índice 2 I. Portal de Sistemas versus Sistema CSG II. Conhecendo o CSG Portal de Sistemas versus CSG Santander 3 Nova Plataforma

Leia mais

Para extinção das dívidas e/ou saldos devedores do contrato com fundamento no art. 7º da MP nº 496/2010:

Para extinção das dívidas e/ou saldos devedores do contrato com fundamento no art. 7º da MP nº 496/2010: DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Extinção de dívidas do contrato Compra do imóvel com base no art. 12 da Lei nº 11.483/2007 Substituição do beneficiário do contrato de compra e venda ou cessão de direitos Emissão

Leia mais