D O N D O M Ê N I C O

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "D O N D O M Ê N I C O"

Transcrição

1 FACULDADE DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E LETRAS DON DOMÊNICO. REGULAMENTO PARA CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE BOLSAS Art. 1º - Fica instituído o Regulamento para concessão de bolsas de estudo aos alunos da Don Domênico, no primeiro semestre letivo de Art. 2º - As bolsas de estudos dividem-se em três categorias: I Bolsas por mérito, concedidas em caráter excepcional, a critério da Diretoria da Faculdade de Educação, Ciências e Letras Don Domênico; II Bolsas concedidas a funcionários e/ou seus dependentes, em cumprimento às normas estabelecidas na Convenção Coletiva de Trabalho do SINPRO e na Convenção Coletiva do Trabalho dos Auxiliares de Administração Escolar; III Bolsas concedidas a alunos que atendam ao perfil socioeconômico, conforme Lei nº /2009, alterada pela Lei de 2013, a saber: a- A bolsa de estudo integral (100%) será concedida via PROUNI a aluno cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de 1 1/2 (um e meio) salário mínimo, que tenha cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou que tenha sido bolsista integral em escola privada e que não seja portador de diploma de ensino superior (inscrições via site do PROUNI). b- A bolsa de estudo parcial (50%) será concedida a aluno cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de 3 (três) salários mínimos, que tenha cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou que tenha sido bolsista integral em escola privada e que não seja portador de diploma de ensino superior.

2 Art. 3º - O requerimento de pedido de Bolsa de estudo deve ser preenchido junto à Secretaria da Faculdade, devendo a ele ser anexado: I Ficha informativa devidamente preenchida 2 vias (anexo I); II CPF do aluno e de todos os integrantes da família 2 vias (cópia simples); III RG do aluno e de todos os integrantes da família 2 vias (cópia simples); IV Comprovante de residência em nome do aluno ou responsável conta de energia, telefone fixo ou água 2 vias (cópia simples); V Comprovantes de rendimentos de todos os integrantes da família 2 vias (cópia simples): a- Assalariados comprovante de rendimentos; b- Autônomos declaração do contador (DECORE) ou declaração manuscrita com firma reconhecida informando o valor do rendimento mensal; c- Aposentados ou pensionistas comprovante do benefício; d- Se desempregado - comprovante de baixas na Carteira Profissional onde conste a saída e a próxima página do registro. VI Carteira de Trabalho folha identificação, folha do último registro e a seguinte em branco 2 vias (cópia simples). VII Declaração, com firma reconhecida, preenchida pelo beneficiário da bolsa para responsabilidade legal sobre a veracidade e autenticidade das informações socioeconômicas prestadas 2 vias (anexo II).

3 Art. 4º - Todos os documentos anexados ao requerimento de pedido de Bolsa, previstos no Art. 3º, devem estar acompanhados dos respectivos originais para conferência pela Secretaria da Don Domênico e devem ter data de emissão ou vencimento de, no máximo, 60 dias da data de entrega do processo. Art. 5º - A Secretaria da Don Domênico receberá o requerimento para solicitação da bolsa de estudos e respectiva documentação até o dia 18 de fevereiro de I Caso a documentação não esteja correta o processo será arquivado e a solicitação indeferida automaticamente. Art. 6º - A data limite para solicitação das bolsas de estudos é 18 de fevereiro de Art. 7º - Os contemplados com bolsas de estudos serão informados até o dia 27 de fevereiro de 2014 e deverão no ato da matrícula preencher a declaração de recebimento de bolsa (Anexo III) Art. 8º - Os contemplados com bolsa de estudos parcial e que ainda não estejam matriculados podem realizar o pagamento das mensalidades de janeiro e fevereiro até o dia 28 de fevereiro de 2014 (impreterivelmente), em espécie (ou débito) na secretaria da FECLE, utilizando como referência o valor da bolsa de estudos do 5º dia útil. Art. 9º - Os contemplados com bolsa de estudos parcial e que estejam matriculados terão a compensação dos valores pagos acima do limite da bolsa de estudos nas parcelas do semestre (pendentes e/ou a vencer). Art. 10º - Os não contemplados com Bolsa de Estudos e que ainda não estejam matriculados podem realizar o pagamento das mensalidades de janeiro e fevereiro até o dia 28 de fevereiro de 2014 (impreterivelmente), em espécie (ou débito) na secretaria da FECLE, pelo valor do 5º dia útil (Plano B - 6 pagamentos).

4 Art. 11º - As bolsas de estudo poderão ser canceladas a qualquer tempo, em caso de constatação de falsidade da informação prestada pelo bolsista ou seu responsável, ou de inidoneidade de documento apresentado, sem prejuízo das demais sanções cíveis e criminais cabíveis. Art. 12º - As bolsas de estudos são concedidas semestralmente. Fica estabelecido que: I - Alunos que não sejam bolsistas e possuem nota inferior a 7 (sete) no semestre (média do primeiro e segundo bimestres, não considerada a nota de exame), em pelo menos uma disciplina, estão impedidos de solicitar bolsas de estudos. II - Alunos bolsistas que tenham nota inferior a 7 (sete) no semestre (média do primeiro e segundo bimestres, não considerada a nota de exame), em pelo menos uma disciplina, perdem o benefício e estão impedidos de solicitar a renovação da bolsa de estudos. III - Alunos bolsistas que não se enquadrem no item II acima poderão ter renovada a bolsa, com as seguintes observações: a) Ficam obrigados a todos os procedimentos deste regulamento. b) As bolsas que eram de 100% serão convertidas em bolsas de 50%. Art. 13º - As mensalidades resultantes da concessão de bolsas parciais devem ser pagas pelo aluno, até o 5º (quinto) dia útil de cada mês. (sábado é considerado dia útil). O não pagamento na data retro estipulada acarreta na perda da bolsa de estudos. Art. 14º - Para efeito de garantir a gratuidade de 20% para a Associação Amparo aos Praianos do Guarujá, são consideradas, apenas, as bolsas de estudos que estejam em conformidade com o item III do artigo 2º deste regulamento.

5 Art. 15º - Após ser atingida a proporção no PROUNI de 1 (uma) bolsa integral para cada 9 alunos pagantes a Instituição não está obrigada a conceder bolsa de estudos integrais, ainda que sejam apresentados documentos que estejam em conformidade com o item III do artigo 2º deste regulamento. Parágrafo Único - No caso de não ser atingida a gratuidade de 20% através das bolsas integrais do PROUNI na proporção de 1 (uma) bolsa integral para cada 9 alunos pagantes, a gratuidade pode ser complementada com bolsas de estudos parciais (50%) na Faculdade e/ou bolsas de estudos no Colégio Don Domênico e/ou através de outros projetos sociais realizados pela Instituição. Art. 16º - Após ser atingido teto de 20% da gratuidade para a Associação Amparo aos Praianos do Guarujá, esta não está obrigada a conceder qualquer tipo de Bolsa de Estudos, ainda que sejam apresentados documentos que estejam em conformidade com o item III do artigo 2º deste regulamento. Art. 17º - No caso de haver mais alunos em condições de receber o benefício da bolsa de estudos do que o disponibilizado pela Instituição, os critérios para escolha dos contemplados são: I Aluno com menor renda; II Menor renda per capita ; III Aluno mais velho; IV Sorteio. Art. 18º - As bolsas de estudos serão distribuídas, por curso, sendo permitido, no máximo, a concentração de 20% do total de bolsas a serem ofertadas, devendo ser observado:

6 I - O percentual de concentração de bolsas por curso poderá ser alterado pela Instituição em função da demanda de cada curso. II - As turmas novas ou em andamento devem, obrigatoriamente, ser compostas por, no mínimo, de 80% de alunos pagantes. Art. 19º - Não é permitido ao aluno beneficiado com bolsa de estudos parcial ou integral transferir a bolsa para curso diferente do que foi concedido. Art. 20º - Este regulamento é válido para o primeiro semestre letivo de Guarujá, 07 de fevereiro de Manoel Fernando Passaes Administrador da FECLE

7 ANEXO I BOLSA NOVA ( ) RENOVAÇÃO DE BOLSA ( ) Domênico. Ilmo. Sr. Administrador da Don O abaixo assinado, com as formalidades legais e administrativas vem, respeitosamente requerer a V. S.ª, que se digne conceder-lhe Bolsa de Estudos para o semestre letivo de 20. FICHA INFORMATIVA Aluno: RM: Curso: Responsável financeiro: Nacionalidade: Estado civil: Nº de filhos menores de 18 anos: Renda bruta familiar mensal (R$): Renda do aluno (R$): Local de trabalho (nome da empresa): Endereço: Telefone: Fax: Local de trabalho do cônjuge (nome da empresa): Endereço: Telefone: Fax: Mora em residência: ( ) própria ( ) alugada Telefone: Possui veículo: ( ) sim ( ) não Marca: Ano: Número de integrantes da família: Seguem em anexo os comprovantes mencionados no artigo 3º do Regulamento para Concessão de Bolsa. Guarujá, de de 20 Assinatura do aluno

8 ANEXO II DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE. Referência: Eu,, RM, portador da cédula de identidade RG nº, CPF nº, residente e domiciliado à Rua, Bairro, na cidade de, Estado de São Paulo, CEP, regularmente matriculado no semestre do curso de da Don Domênico, mantida pela Associação Amparo aos Praianos do Guarujá, declaro ser responsável acerca da veracidade de todas as informações e documentos apresentados no processo de solicitação de bolsa de estudos e estou ciente que responderei cívil e criminalmente em caso de fraudes documentais, além de ter cancelada a bolsa de estudos. Guarujá, de de 20. Aluno

9 ANEXO III DECLARAÇÃO DE RECEBIMENTO DE BOLSA DE ESTUDOS. Referência: Eu,, RM, portador da cédula de identidade RG nº, CPF nº, residente e domiciliado à Rua, Bairro, na cidade de, Estado de São Paulo, CEP, regularmente matriculado no semestre do curso de da Don Domênico, mantida pela Associação Amparo aos Praianos do Guarujá, declaro para o fim especial de registro de bolsa de estudos que recebi para o período de a de 20, bolsa de estudos no percentual de % sobre o valor da mensalidade escolar de R$, totalizando o montante de R$. Declaro, ainda, que estou ciente sobre o regulamento para concessão de bolsa de estudos e que a mesma deve ser renovada semestralmente. Guarujá, de de 20. Aluno

D O N D O M Ê N I C O

D O N D O M Ê N I C O FACULDADE DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E LETRAS DON DOMÊNICO. REGULAMENTO PARA CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE BOLSAS 2014-2 Art. 1º - Fica instituído o Regulamento para concessão de bolsas de estudo aos alunos da Don

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

EDITAL n.º 01 / 2015 INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSAS EDUCACIONAIS PARA 2016

EDITAL n.º 01 / 2015 INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSAS EDUCACIONAIS PARA 2016 EDITAL n.º 01 / 2015 INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSAS EDUCACIONAIS PARA 2016 O COLÉGIO SÃO BENTO, situado à Rua Santo Antônio, 247 Centro, em Criciúma SC, torna Público, para conhecimento

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 A Diretoria de Colégios da ABEU Colégios, no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais destinadas a estudantes regularmente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS 2016 NOVOS ALUNOS

PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS 2016 NOVOS ALUNOS EDITAL nº 2/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS 2016 NOVOS ALUNOS O Diretor Geral da Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa, Professor Alexandre Loures Barbosa,

Leia mais

Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12.br

Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12.br Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12.br EDITAL nº 001/2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDOS O Pe. Eduardo

Leia mais

EDITAL BOLSA SOCIAL DOM ADÉLIO TOMASIN

EDITAL BOLSA SOCIAL DOM ADÉLIO TOMASIN EDITAL BOLSA SOCIAL DOM ADÉLIO TOMASIN A CISNE Faculdade de Quixadá e a CISNE Faculdade Tecnológica de Quixadá informam a abertura do Edital da Bolsa Social Dom Adélio Tomasin para todos os cursos de graduação

Leia mais

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016 EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016 O colégio Salesiano Dom Bosco, Instituição educacional, de caráter filantrópico e de Assistência Social, inscrita

Leia mais

REQUERIMENTO DE SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO - 2014

REQUERIMENTO DE SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO - 2014 REQUERIMENTO DE SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO - 2014 A Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa acredita que, ao conceder uma bolsa de estudo, está investindo no aluno, na família e no

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO O Reitor no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais. O Programa de Bolsas Sociais

Leia mais

EDITAL 008/2015 DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO

EDITAL 008/2015 DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO EDITAL 008/2015 LUIZ MARIO SILVEIRA SPINELLI, Reitor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI, no uso de suas atribuições estatutárias e atendendo ao disposto na Lei nº 12.101

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS - FPTE 2015

PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS - FPTE 2015 PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS - FPTE 2015 A FUNDAÇÃO PAULISTA DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO, define os procedimentos, critérios e normas para a seleção de candidatos e renovação às bolsas de estudo integrais

Leia mais

1.3 Em nenhuma hipótese a Bolsa de Estudos será convertida em dinheiro para o aluno e/ou seu responsável financeiro.

1.3 Em nenhuma hipótese a Bolsa de Estudos será convertida em dinheiro para o aluno e/ou seu responsável financeiro. EDITAL Nº 03, de 17 de dezembro de 2014 A DIRETORA do INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO NOSSA SENHORA DE SION, no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno da instituição, e em conformidade

Leia mais

EDITAL FEMC N 01/2012

EDITAL FEMC N 01/2012 EDITAL FEMC N 01/2012 REGULAMENTA O PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO PARA AS UNIDADES DE ENSINO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTES CLAROS O Presidente do Conselho de Administração da Fundação Educacional

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA 1- DAS INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 - O presente regulamento disciplina o processo de inscrição e seleção de candidatos para o PROGRAMA DE CONCESSÃO

Leia mais

O período de solicitação de bolsa é anual e ocorre sempre nas duas primeiras semanas de dezembro

O período de solicitação de bolsa é anual e ocorre sempre nas duas primeiras semanas de dezembro 1 O programa de bolsas de estudos é voltado para alunos em situação de carência econômica conforme legislação vigente. É um benefício concedido na forma de desconto parcial ou integral, através da análise

Leia mais

EDITAL Nº 003/2015 BOLSA DE ESTUDO INSTITUCIONAL

EDITAL Nº 003/2015 BOLSA DE ESTUDO INSTITUCIONAL EDITAL Nº 003/2015 BOLSA DE ESTUDO INSTITUCIONAL A Fundação Educacional Unificada Campograndense FEUC faz saber aos interessados que, de acordo com a legislação vigente e com o Programa de Bolsa de Estudo

Leia mais

EDITAL-Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Estudo-2016

EDITAL-Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Estudo-2016 A Santa Casa de Misericórdia do Recife, mantenedora do Educandário São Joaquim situado no Povoado Frei Caneca, S/N - Zona Rural Jaqueira/PE, no uso de suas atribuições previstas no Estatuto Social, em

Leia mais

SELEÇÃO. As bolsas para os GRUPOS A e B serão concedidas conforme tabela:

SELEÇÃO. As bolsas para os GRUPOS A e B serão concedidas conforme tabela: Fundação CSN Para o Desenvolvimento Social e a Construção da Cidadania (Fundação CSN), comunica que promoverá exame seletivo para os Cursos da Escola Técnica Pandiá Calógeras (ETPC), referente ao ano letivo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE LINS - UNILINS

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE LINS - UNILINS CENTRO UNIVERSITÁRIO DE LINS - UNILINS Regulamentação do Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Estudo Gratuidade. O presente documento regulamenta os procedimentos e os critérios empregados na seleção

Leia mais

Colégio Nossa Senhora Auxiliadora CNPJ: 56.012.131/0001-43

Colégio Nossa Senhora Auxiliadora CNPJ: 56.012.131/0001-43 Edital 2016 PROCESSO SELETIVO PARA RENOVAÇÃO E/OU CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO 1. DO PROCESSO SELETIVO ANO LETIVO / 2016 1.1 O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora,, por seu representante legal, no uso de

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 I DO CONCEITO Art. 1º. Entende-se como Bolsa de Estudo Social, a concessão de descontos, em virtude da situação financeira momentânea do aluno, de até 40% (quarenta

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS CAPÍTULO I DO OBJETIVO 1º - O Programa de Bolsas de Estudo faz parte das atividades

Leia mais

IMA INSTITUTO MARIA AUXILIADORA

IMA INSTITUTO MARIA AUXILIADORA IMA INSTITUTO MARIA AUXILIADORA EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2016 Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e suas alterações Lei 12.868 de 15/10/2013 O Instituto Maria Auxiliadora,

Leia mais

Faculdades EST Setor de Bolsas e Financiamento

Faculdades EST Setor de Bolsas e Financiamento Faculdades EST Setor de Bolsas e Financiamento ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS À CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO NA EST 2013/2 EDITAL Nº 01/2013 Mais Informações: Site: est.edu.br/bolsas-e-financiamentos

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 07/2014

RESOLUÇÃO N. 07/2014 RESOLUÇÃO N. 07/2014 Estabelece regras para o Programa de Assistência Educacional em Cursos de Graduação, da Faculdade Palotina. Art. 1º. O Programa de Assistência Educacional da Faculdade Palotina, será

Leia mais

EDITAL PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE LAVRAS

EDITAL PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE LAVRAS EDITAL PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE LAVRAS 01- DAS INFORMAÇÕES GERAIS 1.1. Constitui objeto do presente edital a normatização dos procedimentos para solicitação

Leia mais

EDITAL DE REQUERIMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA ALUNOS DE CURSOS SUPERIORES E TÉCNICOS DA FEA PARA O ANO 2013

EDITAL DE REQUERIMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA ALUNOS DE CURSOS SUPERIORES E TÉCNICOS DA FEA PARA O ANO 2013 Fundação Educacional de Andradina Edital nº 8-2012 EDITAL DE REQUERIMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA ALUNOS DE CURSOS SUPERIORES E TÉCNICOS DA FEA PARA O ANO 2013 A Comissão Permanente de Análise de Bolsa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA CHAMADA PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSAS EDITAL 04/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA CHAMADA PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSAS EDITAL 04/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA CHAMADA PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSAS EDITAL 04/2015 A Comissão de Bolsas do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

INSTITUTO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rua Coronel Melo de Oliveira, 221 Pompéia São Paulo SP - CNPJ: 61.015.

INSTITUTO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rua Coronel Melo de Oliveira, 221 Pompéia São Paulo SP - CNPJ: 61.015. INSTITUTO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rua Coronel Melo de Oliveira, 221 Pompéia São Paulo SP - CNPJ: 61.015.087/0001-65 UNIDADE EXECUTORA: COLÉGIO COR JESU AV. L2 SUL /SGAS 615 - BRASÍLIA/DF

Leia mais

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA O Conselho Universitário da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, regulamenta

Leia mais

Serão concedidas bolsas de estudos em três Grupos: A, B e C, de acordo com as seguintes condições:

Serão concedidas bolsas de estudos em três Grupos: A, B e C, de acordo com as seguintes condições: A Fundação CSN Para o Desenvolvimento Social e a Construção da Cidadania comunica que promoverá Processo Seletivo para os Cursos da ETPC, referente ao ano letivo de 2016, de acordo com as instruções abaixo.

Leia mais

EDITAL No. 03 /2010 - MANTENEDORA

EDITAL No. 03 /2010 - MANTENEDORA EDITAL No. 03 /2010 - MANTENEDORA Edital de Seleção Bolsa de Estudos com recursos decorrentes da condição de Entidade Beneficente de Assistência Social Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009,

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 213, DE 10 DE SETEMBRO DE 2004.

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 213, DE 10 DE SETEMBRO DE 2004. MEDIDA PROVISÓRIA Nº 213, DE 10 DE SETEMBRO DE 2004. Institui o Programa Universidade para Todos - PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior, e dá outras

Leia mais

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO O programa de bolsas de estudos é voltado para alunos em situação de carência econômica conforme legislação vigente. É um benefício concedido na forma de desconto parcial

Leia mais

ARTIGO 171- Bolsa Estudo

ARTIGO 171- Bolsa Estudo E D I T A L Nº. 001/2010 ARTIGO 171- Bolsa Estudo Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos desta IES para bolsas de estudo concedidas pelo Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção

Leia mais

EDITAL Nº 001/COR - 2016 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS

EDITAL Nº 001/COR - 2016 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS EDITAL Nº 001/COR - 2016 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS CÍRCULO OPERÁRIO RIOGRANDINO, Associação filantrópica, reconhecida de utilidade pública, com sede em Rio Grande, RS, `a Rua Dr. Augusto Duprat

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008

PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008 1 de 7 02/03/2012 12:09 PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008 Dispõe sobre procedimentos de manutenção de bolsas do Programa Universidade para Todos - ProUni pelas instituições de ensino

Leia mais

A Bolsa de Estudo não está condicionada a nenhuma forma de desembolso monetário ou assunção de compromissos de prestação de serviços.

A Bolsa de Estudo não está condicionada a nenhuma forma de desembolso monetário ou assunção de compromissos de prestação de serviços. EDITAL - 2010 A União Brasileira de Educação e Ensino UBEE e a União Norte Brasileira de Educação e Cultura - UNBEC mantenedoras dos Colégios e Faculdades Maristas, no uso de suas atribuições previstas

Leia mais

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES?

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? ThaO que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

EDITAL Nº 38/2014, DE 21 DE MAIO DE

EDITAL Nº 38/2014, DE 21 DE MAIO DE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO DO VESTIBULAR UFT/ 2014.2 EDITAL Nº 38/2014, DE 21 DE MAIO DE 2014 A Universidade Federal do Tocantins torna público

Leia mais

Análise Social para redução de mensalidade 2015

Análise Social para redução de mensalidade 2015 Análise Social para redução de mensalidade 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Das disposições preliminares 1.1 As bolsas de estudo serão concedidas a alunos selecionados pela Comissão de Bolsas. 1.2 A seleção

Leia mais

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO O Reitor do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL EDITAL DE SELEÇÃO PARA BENEFÍCIÁRIOS DE BOLSA DE ESTUDO DO COLÉGIO AGRÍCOLA CEDUP VIDAL RAMOS 2014. N.º 002/2014 O Prefeito

Leia mais

FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA

FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA Edital de Solicitação de Bolsa Social de Estudos com recursos decorrentes da condição de Entidade Beneficente de Assistência Social Lei Federal nº 12.101

Leia mais

EDITAL Nº 001/CNSA - 2015 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS

EDITAL Nº 001/CNSA - 2015 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS EDITAL Nº 001/CNSA - 2015 DO PROGRAMA DE BOLSA SOCIAL - CEBAS O Colégio Nossa Senhora do Amparo, inscrito no CNPJ 28.683.811/0001-53, respeitando o que rege a Lei 12.101/09 seção III a e b, art 14 1º e

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública

INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública O Fundo de Bolsas foi criado em 1965, com a finalidade de conceder bolsas

Leia mais

FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA Processo nº... / 2016 (para uso do Colégio)

FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA Processo nº... / 2016 (para uso do Colégio) FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA Processo nº... / 2016 (para uso do Colégio) PREZADO(A) RESPONSÁVEL, Esclarecemos que este Formulário somente será avaliado com todas as informações preenchidas

Leia mais

EDITAL N.º 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS

EDITAL N.º 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS EDITAL N.º 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE 2016 (Em conformidade com a Lei nº 12.101/2009, Lei nº 12.868/2013 e Decreto nº 8.242/2014) A Associação Antônio

Leia mais

ANEXO I. FICHA DE INSCRIÇÃO - Processo Seletivo para Renovação da Bolsa Universitária para o ano de 2014

ANEXO I. FICHA DE INSCRIÇÃO - Processo Seletivo para Renovação da Bolsa Universitária para o ano de 2014 ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO - Processo Seletivo para Renovação da Bolsa Universitária para o ano de 2014 Nome do Estudante: Data do Nascimento: Curso: Matrícula: CPF: RG: Filiação: Mãe: Pai: Órgão Expedidor:

Leia mais

Política de Bolsa de Estudos e Descontos da Cena Hum Academia de Artes Cênicas

Política de Bolsa de Estudos e Descontos da Cena Hum Academia de Artes Cênicas Política de Bolsa de Estudos e Descontos da Cena Hum Academia de Artes Cênicas O PROGRAMA O Programa de Bolsa de Estudos e Descontos existe para regular a política de descontos de funcionários, bem como,

Leia mais

EDITAL COPEPS Nº 25/2014

EDITAL COPEPS Nº 25/2014 EDITAL COPEPS Nº 25/2014 Retifica Edital COPEPS Nº 23/2014 que dispõe sobre a comprovação da condição de beneficiário das vagas reservadas, conforme as modalidades de concorrência, referente ao Processo

Leia mais

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL EDITAL Nº 01 /2014/FABEL O Presidente da SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR PROFESSORA FERNANDA BICCHIERI SOARES, SESPFBS no uso de suas atribuições Estatutárias, RESOLVE: Art. 1º Tornar público o processo de

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL. Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL. Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010 Torna público o processo de seleção da Bolsa de Estudo da Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS). O Presidente da Fundação

Leia mais

Edital UnC 002/2014. 1.1 Estar regularmente matriculado em curso de graduação da Universidade do Contestado-UnC.

Edital UnC 002/2014. 1.1 Estar regularmente matriculado em curso de graduação da Universidade do Contestado-UnC. Edital UnC 002/2014 Dispõe sobre critérios para inscrição e seleção de estudantes dos Cursos de Graduação da Universidade do Contestado-UnC, para concessão de Bolsas de Estudos e de Pesquisa 1º e 2º semestre

Leia mais

ANEXO I. DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA BRUTA FAMILIAR MENSAL (cópia)

ANEXO I. DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA BRUTA FAMILIAR MENSAL (cópia) ANEXO I DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA BRUTA FAMILIAR MENSAL (cópia) 1) Declaração de participação na política de cotas, assinada pelo candidato (obrigatório) 2) Termo de responsabilidade, assinada

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA

REGULAMENTO DE MONITORIA INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO CNPJ: 63.083.869/0001-67 FACULDADE DE TAQUARITINGA REGULAMENTO DE MONITORIA 2015 REGULAMENTO DA FUNÇÃO DE MONITORIA A função de Monitor está previsto no artigo

Leia mais

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos regularmente matriculados nesta IES para bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, instituída pela lei complementar

Leia mais

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos regularmente matriculados nesta IES para bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, instituída pela lei complementar

Leia mais

EDITAL Referente a Concessão de Bolsa Filantrópica ano letivo 2016. 3.1. Colégios Americanos de Guarapari, Vila Velha, Vitória e Serra:

EDITAL Referente a Concessão de Bolsa Filantrópica ano letivo 2016. 3.1. Colégios Americanos de Guarapari, Vila Velha, Vitória e Serra: EDITAL Referente a Concessão de Bolsa Filantrópica ano letivo 2016 Edital de seleção bolsa de estudos para o Ensino Infantil, Médio e Fundamental com recursos decorrentes da condição de Entidade Filantrópica

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1

EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1 EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1 Gilceia Maria Lodi, Diretora Geral da Faculdade São Camilo Rio de Janeiro, inscrita no CNPJ nº 58.250.689/0009-40, situada na Rua Dr.

Leia mais

Edição Número 227 de 21/11/2008 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008

Edição Número 227 de 21/11/2008 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008 Edição Número 227 de 21/11/2008 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008 Dispõe sobre procedimentos de manutenção de bolsas do Programa Universidade

Leia mais

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS MANUAL DO BOLSISTA Núcleo de Atenção Solidária NAS Sumário 1 - Bolsa de Estudo... 2 2 - Tipos de Bolsas de Estudo... 2 - ProUni... 2 Eventuais Programas de Bolsas de Estudo:... 2 - Vestibular Social....

Leia mais

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização:

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização: O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos

Leia mais

PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS (CEBAS/MEC) ANO 2016

PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS (CEBAS/MEC) ANO 2016 EDITAL nº 001/2015 PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS (CEBAS/MEC) ANO 2016 O Pe. Eduardo Beltramini, SJ., Diretor Geral do Colégio São Francisco Xavier, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

REGULAMENTO DE RENOVAÇÃO DA BOLSA DE ESTUDO DOAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2013 FINALIDADE

REGULAMENTO DE RENOVAÇÃO DA BOLSA DE ESTUDO DOAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2013 FINALIDADE REGULAMENTO DE RENOVAÇÃO DA BOLSA DE ESTUDO DOAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2013 FINALIDADE Art. 1º. O Programa de Bolsa de Estudo Doação, instituído pela Fundação Dom Aguirre, Entidade Mantenedora da Universidade

Leia mais

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos:

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos: EDITAL 002/2014-SE Dispõe sobre as diretrizes do processo de seleção e matrícula da Educação Infantil para o ano letivo de 2015, nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de Joinville. O Secretário

Leia mais

Edital Bolsa Paulo Freire Regulamenta a concessão de bolsas de estudo para o período 2016.

Edital Bolsa Paulo Freire Regulamenta a concessão de bolsas de estudo para o período 2016. 1 Edital Bolsa Paulo Freire Regulamenta a concessão de bolsas de estudo para o período 2016. A administração do Curso Pré Vestibular Paulo Freire, no uso de suas atribuições, anuncia que estarão abertas,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS DIVISÃO DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL BR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS DIVISÃO DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL BR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS DIVISÃO DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL BR 465, km 7, Seropédica, RJ. Tel.: (21) 2681-4687 sere@ufrrj.br

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 CAPÍTULO I - FINALIDADE Art. 1º. O Programa de Bolsa de Estudo Doação, instituído pela Fundação Dom Aguirre, Entidade Mantenedora do Colégio Dom Aguirre, tem como objetivo

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA ASSOCIAÇÃO DE ENSINO COLÉGIO SÃO JOSÉ CNPJ 85.604.098/0001-49 R José Boiteux, 676 Porto União-SC 89400.000 Registro no CNAS:34.147/48 Certificado de Fins Filantrópicos proc.: 71010.006149/2008-97 Inscrição

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ENDEREÇO: PONTO DE REFERÊNCIA:

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ENDEREÇO: PONTO DE REFERÊNCIA: UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA COMUNITÁRIA DIVISÃO DE AÇÃO SOCIAL FICHA DE INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS (APENAS PARA O PRIMEIRO CURSO DE GRADUAÇÃO) ATENÇÃO: - O(a) candidato(a) deverá

Leia mais

FICHA SOCIOECONÔMICA 2016. Nome: Idade: Estado Civil : End.: Bairro: Cidade: Fone: Nome: Idade: Data de Nascimento: / /.

FICHA SOCIOECONÔMICA 2016. Nome: Idade: Estado Civil : End.: Bairro: Cidade: Fone: Nome: Idade: Data de Nascimento: / /. Rua Coronel Melo de Oliveira, 221 Pompéia - São Paulo/SP CNPJ: 61.015.087/0001-65 UNIDADE EXECUTORA: IASCJ Colégio São Geraldo Praça da Matriz, 739 Centro / Paraíso do Tocantins -TO CNPJ: 61.015.087/0032-61

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO 2016

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO 2016 EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO 2016 A Diretora do Colégio Dom Bosco, no exercício das atribuições que lhe conferem o seu Regimento Escolar: - considerando o que determina a Lei 12.101/2009, lei

Leia mais

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I.

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I. PROPOSTA DE EDITAL O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano, fundado aos 09 (nove) dias do mês de Maio de 2007, tendo como objetivo promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos,

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA EVANGÉLICA

ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA EVANGÉLICA PORTARIA nº. 004 Presidência AEE Biênio 2012-2014, de 27 de abril de 2012. Normatiza concessão da bolsa filantropia e descontos no âmbito da Associação educativa Evangélica. O Presidente da Associação

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS

EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS 1. ABERTURA EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS 1.1 O Diretor Geral do Campus São Carlos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC Fixa normas para a oferta de Bolsas de Estudo de Graduação no âmbito da Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC mantida

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO 2014

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO 2014 EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO A Diretora da Escola de Ensino Medianeira, no exercício das atribuições que lhe conferem no Regimento Escolar, - considerando a necessidade de estabelecer normas que

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL - AUXILIO TRANSPORTE APROVADO PELA RESOLUÇÃO N.º 022/2011 DO CONSELHO SUPERIOR/IFMA

PROCESSO SELETIVO PARA A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL - AUXILIO TRANSPORTE APROVADO PELA RESOLUÇÃO N.º 022/2011 DO CONSELHO SUPERIOR/IFMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO CAMPUS ALCÂNTARA NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO EDUCANDO PROCESSO SELETIVO PARA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL EDITAL INTERNO Nº01/2015/DG - IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS A Direção Geral

Leia mais

PROCESSO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE

PROCESSO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE EDITAL N 03/2015 PROCESSO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE 2016 (Em conformidade com a Lei n 12.101/2009, Lei n 12.868/2013 e Decreto n 8.242/2014) O Diretor Geral do Colégio dos

Leia mais

Aluno: ( )Reavaliação ( )Veterano ( ) Ingressante

Aluno: ( )Reavaliação ( )Veterano ( ) Ingressante PROGRAMA DE APOIO AO ESTUDANTE CARENTE DO ITES REQUERIMENTO E QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO 2016 Aluno: ( )Reavaliação ( )Veterano ( ) Ingressante Nome: Curso: Data:

Leia mais

Crédito Estudantil Ibmec

Crédito Estudantil Ibmec Crédito Estudantil Ibmec Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que ter uma

Leia mais

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 1. DISPONIBILIZAÇÃO DOS FORMULÁRIOS A FUNESO, por meio da Comissão de Responsabilidade Social e Filantropia, faz saber aos alunos,

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE - PCG EDITAL 005/2015 EDITAL DE REMATRÍCULAS PROCEDIMENTOS DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO

PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE - PCG EDITAL 005/2015 EDITAL DE REMATRÍCULAS PROCEDIMENTOS DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE - PCG EDITAL 005/2015 EDITAL DE REMATRÍCULAS PROCEDIMENTOS DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO O Diretor do Departamento Regional do Serviço Social do Comércio / Sesc Administração

Leia mais

PROJETO DE LEI N 504/2013

PROJETO DE LEI N 504/2013 PROJETO DE LEI N 504/2013 AUTORIZA A CONCESSÃO DE AUXÍLIO TRANSPORTE AOS ESTUDANTES DE CURSO SUPERIOR E CURSO TÉCNICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de Nepomuceno, Minas Gerais, por seus

Leia mais

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil)

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) 1 - O QUE É É um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Leia mais