TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição."

Transcrição

1 TARIFAS BANCÁRIAS A utilização de bancos é praticamente indispensável aos cidadãos. Contas e impostos, salários e seguros-desemprego são exemplos de transferência de dinheiro normalmente intermediada por um banco, sem que muitas alternativas sejam concedidas aos consumidores. De acordo com a Resolução de 25/07/96, emitida pelo Conselho Monetário Nacional, vários serviços que sempre foram oferecidos gratuitamente podem ser cobrados a preços estipulados pela própria instituição financeira. Conhecer as regras do sistema é essencial para evitar gastos desnecessários. Mas isso não é tudo. A fim de proteger seu nome e crédito na praça, o consumidor deve procurar conhecer melhor os regulamentos bancários. Abertura de conta corrente Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição. Não assine a ficha de proposta sem a leitura prévia, pois neste documento você encontrará informações como:. saldo médio exigido para manutenção da conta;. condições para o fornecimento de talonário de cheques;. disposições legais quanto à emissão de cheques sem fundos;. prazo para recuperação de cheque compensados; Não assine o contrato ou qualquer documento em branco. Exija que sejam preenchidos todos os campos possíveis e inutilizados os demais. Quase todos os serviços têm um custo, portanto, antes de abrir uma conta, o consumidor deve realizar uma pesquisa entre vários bancos e avaliar o que é oferecido e a que preços.

2 Consumidor: exija cópia desse documento tão importante e lembre-se de que a informação adequada e clara sobre produtos e serviços é um direito seu resguardado pelo Código de Defesa do Consumidor. Cuidados com o uso do Cartão Magnético Jamais forneça a sua senha a outras pessoas e não aceite ou solicite ajuda de terceiros, exceto funcionário do banco, para operar os terminais eletrônicos. Ao finalizar qualquer operação pressione a tecla "Anula" antes de deixar o local. O correntista é responsável por todo e qualquer uso que seja feito do cartão magnético até o momento em que a sua perda ou furto sejam comunicados ao banco. Pela legislação vigente, um novo cartão só pode ser cobrado em caso de dano ou extravio (furto, perda, roubo etc.). As regras de cobrança por tarifas: A tarifa é a remuneração do Banco por um serviço prestado ao cliente. Não podem ser cobradas tarifas em contas-salario e, com relação às demais contas, é permitida a cobrança dos serviços previamente informados, com antecedência de 30 dias, em quadros demonstrativos afixados em locais visíveis das agências. As alterações, tanto para inclusão de novas tarifas quanto para reajuste das já cobradas, também terão que ser comunicadas com o mesmo prazo de antecedência. Os quadros deverão conter: - Relação dos serviços cobrados e respectivos valores; - periodicidade da cobrança; - informação de que os valores cobrados foram determinados pelo próprio Banco. Os extratos enviados aos clientes devem informar, claramente, os serviços prestados e as respectivas tarifas. Os bancos não poderão cobrar: - fornecimento, a escolha do cliente, de cartão magnético ou um talão de cheque com pelo menos 10 folhas por mês. O fornecimento de um talão mensal poderá ser suspenso se o cliente ainda não liquidou vinte ou mais folhas já recebidas ou 50% das folhas fornecidas nos últimos três meses.

3 - substituição do cartão magnético no seu vencimento. O Banco só poderá cobrar essa substituição, se o cliente for roubado, perder ou danificar o cartão. - devolução de cheques pelo Serviço de Compensação, com exceção da devolução por falta fundos. Nessa última hipótese, a cobrança deve ser feita do emitente do cheque; -manutenção de contas de poupança, exceto as inativas. São consideradas contas de poupança inativas, aquelas que tenham saldo igual ou inferior a R$ 20,00 e não tenham sido movimentadas no período de seis meses. Como utilizar corretamente o talonário Primeiramente, saiba que o cheque pré-datado não é regulamentado, ou seja, é pagável no dia da apresentação e poderá ser devolvido por insuficiência de fundos caso a conta esteja descoberta. Assim no caso de contratação com cheques pré-datados, forma cada vez mais usada de pagamento parcelado, os cuidados são maiores. Uma vez que o cheque é uma ordem de pagamento a vista, o consumidor que optar pelo cheque pré-datado deve: fazê-lo nominal à loja ou prestador de serviços. Observe, no verso do cheque, a destinação do mesmo e a data de depósito. Exija o recibo, o pedido ou a nota fiscal, no qual deverá constar essa modalidade de pagamento de forma clara e precisa, inclusive com os números dos cheques e as datas para depósito. O Poder Judiciário tem reconhecido a validade dessa forma de contratação determinando inclusive indenizações a consumidores que não tiveram respeitado o que foi ajustado previamente. Ao utilizar cheques para pagamento de aquisições, obrigações, impostos etc., lembrese de discriminar no verso a que se refere a emissão do cheque, anotando dados como nº. de nota fiscal, fatura ou nota cambial, especificando a data de vencimento da conta, imposto, aluguel etc. Saiba que cheques "à ordem", mesmo nominais, podem ser transferidos a outras pessoas por endosso, ou seja, assinando-os no verso. Para que o cheque seja recebido exclusivamente pelo favorecido, o emitente tem que torná-lo nominal nâo a ordem, escrevendo, após o nome do beneficiário, a expressão "não à ordem", ou "não transferível" ou "proibido o endosso". Cuidados na emissão de cheques

4 A segunda apresentação de um cheque sem fundos implica a inclusão do correntista no Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundos (CCF) do Banco Central. No caso de conta conjunta, a penalidade é imposta ao titular. Cabe ao banco a decisão de encerrar ou não a conta do cliente cujo o nome figure no CCF. É também facultada à instituição recusar a abertura de contas nestas condições. Enquanto o correntista figurar no CCF é proibido o fornecimento de talão, podendo utilizar-se de cheque avulso e de cartão magnético. O portador de um cheque sem fundos pode exigir do emitente, judicialmente, além da importância do cheque não pago, os juros legais, despesas incorridas e a correção monetária das importâncias envolvidas. Sustação do pagamento A sustação ou oposição do pagamento é uma ordem imediata, por escrito, feita ao banco, onde constam dia e hora da comunicação. O cheque sustado não inviabiliza a cobrança judicial ou protesto. Em caso de furto, além da sustação dos cheques, o correntista deve registrar o boletim de ocorrência policial e dirigir-se ao Serviço de Distribuição de Títulos para Protestos para as providências necessárias em relação a um eventual protesto de cheques roubados. Prescrição do cheque Se o cheque não for apresentado para pagamento, decorrido seis meses da data de sua emissão (mais 30 dias, se da mesma praça, ou 60 dias se de praças diferentes), será recusado ou devolvido pelo banco. O correntista deverá, portanto, manter fundos disponíveis para aquele cheque nestes períodos. Após o que, embora não esteja desobrigado de honrar os compromissos que originaram o título, não arcará com juros legais e as demais penalidades em que incorrerem os emitentes de cheques sem fundos. A prestação de serviços Os bancos estão autorizados a celebrar convênios para pagamento de tributos, prêmios de seguros, contas de água, luz, telefone etc.

5 Não pode haver discriminação entre clientes e não clientes. Saiba ainda que você tem direito a usufruir de serviços com padrões adequados de qualidade, segurança e eficiência. Escolha a instituição financeira que respeite seus direitos. Fonte: FUNDAÇÃO PROCON/SP

RESOLUÇÃO Nº 2.747. II - endereços residencial e comercial completos; (NR) III - número do telefone e código DDD;

RESOLUÇÃO Nº 2.747. II - endereços residencial e comercial completos; (NR) III - número do telefone e código DDD; RESOLUÇÃO Nº 2.747 Altera normas relativas à abertura e ao encerramento de contas de depósitos, a tarifas de serviços e ao cheque. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES

INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES INFORMAÇÕES SOBRE O USO DE CHEQUES O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser compensado

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 2.303. V - devolução de cheques pelo Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis - SCCOP, exceto por insuficiência de fundos;

RESOLUÇÃO Nº 2.303. V - devolução de cheques pelo Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis - SCCOP, exceto por insuficiência de fundos; RESOLUÇÃO Nº 2.303 Documento normativo revogado, a partir de 30/4/2008, pela Resolução nº 3.518, de 6/12/2007. Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras

Leia mais

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 44 4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 4.1 Cheque O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser

Leia mais

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO DE CHEQUES CHEQUES EM PROVISÃO DE FUNDOS MOT DESCRIÇÃO OBSERVAÇÕES 11 Cheque sem fundos 1º apresentação. 12 Cheque sem fundos 2º reapresentação. 13 Conta encerrada. 14 Prática espúria.

Leia mais

A Fundação Procon-SP elaborou este material para ajudar você a entender e usufruir melhor dos serviços bancários.

A Fundação Procon-SP elaborou este material para ajudar você a entender e usufruir melhor dos serviços bancários. junho/2014 SERVIÇOS BACÁRIOS Os serviços prestados pelos bancos estão presentes no dia a dia dos consumidores. Pagamento de contas, depósitos à vista, cadernetas de poupança, recebimento de salário são

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos.

Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos. Tudo o que você precisa saber sobre o cheque para não correr riscos. Com cautela e informação o cheque é muito seguro. A importância do cheque no comércio é inquestionável. Por isso é fundamental tomar

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.)

RESOLUÇÃO N 2.025. II - endereços residencial e comercial completos; (Redação dada pela Resolução nº 2.747, de 28/6/2000.) RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais

Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais Cartilha Cheque Sumário 1 - Recebendo cheques com segurança 2 - Algumas modalidades de falsificação 3 - Cuidado com fraudes 4 - Informações gerais 5 - Principais motivos de devolução de cheques Caro leitor,

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM.

TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. TARIFAS BANCÁRIAS VOCÊ VALORIZA CADA CENTAVO DO SEU DINHEIRO. E A CAIXA TAMBÉM. Por norma do Conselho Monetário Nacional (CMN), foram padronizados os Serviços Prioritários e os serviços isentos para Pessoa

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. 10. número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

RESOLUÇÃO N 2.025. 10. número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015 SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoas Físicas Vigente a partir de 01/08/2015 Item MODALIDADE/NOMENCLATURA FATO GERADOR DA TARIFA VALOR R$ 1. CONTA DE DEPÓSITOS 1.1 Cadastro 1.2 Cartão 1.1.1. Cadastro

Leia mais

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas Empréstimo e ca rt ã o c o n s i g n a d o d irec io na do s a apos e nta do s e pe ns io nis ta s Todo aquele que recebe benefícios de aposentadoria ou pensão por morte pagos pela Previdência Social,

Leia mais

Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15

Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15 Microsoft Word com Auxiliar Administrativo Aula 15 COMO PREENCHER UM CHEQUE Cheque é uma ordem de pagamento. Existem vários itens importantes que devem ser observados na hora de preencher um cheque, como

Leia mais

Consulta de Cheques Redecard

Consulta de Cheques Redecard Com seu terminal Redecard, você consulta cheques, direto no banco de dados da Serasa Experian. A Redecard ajuda você a vender sempre de forma mais segura. Com o serviço Consulta de Cheques, em parceria

Leia mais

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS Entre os primeiros no ranking de reclamações As instituições financeiras sempre estiveram entre os setores com maior número de queixas por parte do consumidor.

Leia mais

SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS

SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS Através do serviço de extratos do Banrisul Office Banking, o correntista pode consultar e imprimir os movimentos em suas contas (correntes ou poupança),

Leia mais

Empréstimo e cartão consignado

Empréstimo e cartão consignado outubro/2014 Empréstimo e cartão consignado direcionados a aposentados e pensionistas Todo aquele que recebe benefícios de aposentadoria ou pensão por morte pagos pela Previdência Social pode obter crédito

Leia mais

RESOLUÇÃO N 3518. Parágrafo único. Para efeito desta resolução:

RESOLUÇÃO N 3518. Parágrafo único. Para efeito desta resolução: RESOLUÇÃO N 3518 Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. O BANCO CENTRAL

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TABELA DE TARIFAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pessoa Física PF RELAÇÃO DOS SERVIÇOS PRESTADOS Confecção de cadastro para início de relacionamento Fornecimento de 2ª via de cartão com função de débito com

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada.

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada. Regulamento: O presente regulamento estabelece os termos e as condições do Programa Club Red Brasil, bem como a concessão e utilização de créditos através de cartões de débito. Todos os participantes,

Leia mais

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias SAC Credicana: (18) 3321-1700 Ouvidoria Credicana: 0800 940 9360 Banco Central: 0800 979 2345 Estes telefones destinam-se ao atendimento de denúncias ou reclamações Valores vigentes a partir de 02/01/2014.

Leia mais

INADIMPLÊNCIA: E AGORA?

INADIMPLÊNCIA: E AGORA? INADIMPLÊNCIA: INADIMLÊNCIA E AGORA? Inadimplência: E agora? Quantas vezes você já se fez essa pergunta? Já conseguiu resolver este problema? Nesta cartilha iremos orientar, com base na legislação e no

Leia mais

RESOLUÇÃO N 3.518. Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010.

RESOLUÇÃO N 3.518. Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010. RESOLUÇÃO N 3.518 Documento normativo revogado pela Resolução 3.919, de 25/11/2010. Disciplina a cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das instituições financeiras e demais instituições

Leia mais

NORMATIVO SARB 002/2008

NORMATIVO SARB 002/2008 O Conselho de Auto-Regulação Bancária, com base no art. 1 (b), do Código de Auto-Regulação Bancária, sanciona as regras abaixo dispostas, formalizando preceitos comuns a todas as signatárias da auto-regulação

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS a) Este Regulamento faz parte integrante do Contrato de Cartão de Crédito ( Contrato ) e regula as condições aplicáveis ao Programa

Leia mais

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA Veja como funciona, como contratar, quais os seus direitos e como reclamar no caso de problemas. COMO FUNCIONA A transmissão pode ser via cabo, satélite ou microonda, sendo

Leia mais

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. SuMÁRIO EXECUTIVO Este resumo apresenta informações essenciais

Leia mais

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO 1 AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO INTRODUÇÃO Atualmente, existem cerca de 40 títulos de crédito em circulação no país. Os mais conhecidos são a nota promissória, cheque e duplicata. NOTA PROMISSÓRIA

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

ROTEIRO DE ENCERRAMENTO DE CONTAS CORRENTES

ROTEIRO DE ENCERRAMENTO DE CONTAS CORRENTES Como resultado de uma série de reuniões técnicas envolvendo representantes da Febraban, do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor e do Banco Central do Brasil, no sentido de aprimorar ainda mais os procedimentos

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM Para facilitar o seu entendimento, resumimos as Condições Gerais para o SEGURO CARTÃO MAIS PROTEGIDO I CRED-SYSTEM Cartões MAIS e CO-BRANDED, procedimentos e a documentação necessária para liquidação de

Leia mais

Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip

Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip Termo Aditivo ao Contrato de Abertura, Movimentação e Manutenção de Conta de Depósito à Vista Adesão a Serviços de Liquidação Cetip CONTA CORRENTE (uso exclusivo do banco) Razão Social do Titular Endereço

Leia mais

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e.

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e. Cheques Cheque. Saiba como lida r co m ele. Cheque. Saiba como lidar com ele. Depois do dinheiro, o cheque é o meio de pagamento mais utilizado pelas pessoas na hora de fazer negócios. É quase impossível

Leia mais

1.6.5 Extrato Movimento (E) 1,00. Não disponível Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob

1.6.5 Extrato Movimento (E) 1,00. Não disponível Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Conforme Tabela Bancoob Página 2 de 11 RDE nº2013/005 SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoa Física Vigente a partir de 01/11/2013 Item Modalidade/Nomenclatura Fato Gerador R$ 1 CONTA DE DEPÓSITOS 1.1 Cadastro 1.1.1 Cadastro 1.1.2

Leia mais

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010.

TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010. TARIFAS DE SERVIÇOS SICOOB-SC/BLUCREDI Divulgada em: 01/04/2010. Valores vigentes a partir de: 01/05/2010. SERVIÇOS ESSENCIAIS Pessoa Física CONTA CORRENTE DE DEPÓSITO À VISTA SERVIÇO FRANQUIA/MÊS CANAL

Leia mais

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.175, DE 28 DE MARÇO DE 2008 Dispõe sobre o Sistema de Bilhetagem Eletrônica de Transporte Coletivo Urbano no Município de São José dos Pinhais. A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

Quantidade mensal incluida no pacote. Quantidade de serviços gratuitos por mês

Quantidade mensal incluida no pacote. Quantidade de serviços gratuitos por mês Pacote de Serviços - Universitários Confira abaixo a composição do Pacote de Serviços Universitários: gratuitos Valor Total Saque de conta de depósitos à vista - Presencial ou pessoal 6 4 10 2,20 12,60

Leia mais

Os principais motivos que levam o banco sacado a devolver o cheque são:

Os principais motivos que levam o banco sacado a devolver o cheque são: AUTORIZAÇÃO DE COMPRA TERCEIROS E MENORES Pelo presente termo, eu, portador do CPF., abaixo assinado autorizo às pessoas abaixo identificadas a adquirirem bens e produtos em meu nome, reconhecendo como

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral.

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. PACOTES DE SERVIÇOS Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. ÍNDICE PÁG. 3 PÁG. PÁG. 5 501-PACOTE DE SERVIÇOS EM CONTA 5309-CONTA COMBINADA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

Canais Alternativos de Atendimento

Canais Alternativos de Atendimento Canais Alternativos de Atendimento PAGAMENTO DE CONTAS RECEBIMENTO DE BENEFÍCIOS TRANSFERÊNCIA DE DINHEIRO Posso fazer essas operações bancárias nos Canais Alternativos de Atendimento? Veja aqui como fazer

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno INSTRUÇÃO NORMATIVA UCCI Nº 005/2012 VERSÃO 01 ASSUNTO: PROCEDIMENTOS A SEREM CUMPRIDOS NAS ROTINAS

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que a Empresa Associada e o

Leia mais

TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se:

TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se: TERMO DE ADESÃO E USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO VA Legal 1. DEFINIÇÕES: Para interpretação do Termo de Adesão e Uso da Loja Virtual VT URBANO VA Legal considera-se: EMPRESA CONCESSIONÁRIA Viação Atibaia

Leia mais

Cheque. 1) Informações Gerais. Roteiro da Aula. Informações Gerais. Informações Gerais. Informações Gerais

Cheque. 1) Informações Gerais. Roteiro da Aula. Informações Gerais. Informações Gerais. Informações Gerais Professor Luiz Antonio de Carvalho Cheque lac.consultoria@gmail.com Roteiro da Aula 1) Informações Gerais; 2) Requisitos essenciais; 3) Endosso; 4) Cruzamento; 5) Compensação; 6) CCF; 7) Outros. 1 2 Informações

Leia mais

COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS PRODUTORES RURAIS E EMPRESÁRIOS DO INTERIOR PAULISTA - SICOOBCOCRED

COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS PRODUTORES RURAIS E EMPRESÁRIOS DO INTERIOR PAULISTA - SICOOBCOCRED Tarifas por instituição - PESSOA FÍSICA - SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - POSIÇÃO EM 01/04/2010 Produtos e serviços mais usuais 11. CADASTRO Unidade máximo Periodicidade 11.1 - Confecção de cadastro para início

Leia mais

Regulamento da MultiConta Prestige

Regulamento da MultiConta Prestige Regulamento da MultiConta Prestige Mais serviços e mais benefícios feitos para quem recebe seu crédito de salário ou aposentadoria no Itaú Personnalité. A MultiConta Prestige oferece um maior número de

Leia mais

SEGURADORA SUL AMÉRICA COMPANHIA DE SEGURO SAÚDE

SEGURADORA SUL AMÉRICA COMPANHIA DE SEGURO SAÚDE 006246 SEGURADORA SUL AMÉRICA COMPANHIA DE SEGURO SAÚDE ESTIPULANTE Valor da USR R$0,52965 Valor da USR R$0,52965 196,65 307,84 316,22 321,54 331,25 335,77 481,79 489,25 606,67 1.179,93 154,61 242,04 248,61

Leia mais

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*)

TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) TABELA DE TARIFAS PESSOA JURÍDICA Divulgada em 04/02/2015 Vigência a partir de 06/03/2015 (*) PRODUTOS E SERVIÇOS SIGLA NO EXTRATO COBRANÇA POR Conta Salário Cartões e Pagamentos Emissão de Cartão Salário

Leia mais

Condições Gerais. I Informações Iniciais

Condições Gerais. I Informações Iniciais Condições Gerais I Informações Iniciais Sociedade de Capitalização: MAPFRE Capitalização S.A. CNPJ: 09.382.998/0001-00 Nome Fantasia do Produto: Mc-T-04- Pu 12 Meses Modalidade: Tradicional Processo Susep

Leia mais

PROGRAMA DE CAPITALIZAÇÃO SORTE SEMPRE

PROGRAMA DE CAPITALIZAÇÃO SORTE SEMPRE PROGRAMA DE CAPITALIZAÇÃO SORTE SEMPRE DEFINIÇÕES UTILIZADAS NESTE REGULAMENTO I) TÍTULO: Título de Capitalização da Modalidade Tradicional emitido pela APLUB Capitalização S.A. (APLUBCAP) e aprovado pela

Leia mais

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO

Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias. Tarifas Avulsas. CONTA CORRENTE Tipo FORMA DE DÉBITO Tabela de Tarifas e Comissões Bancárias Tarifas Avulsas CONTA CORRENTE Tipo FORMA Confecção de Ficha Cadastral P. Abertura da Conta Sistema R$ 50,00 Confecção de Ficha Cadastral P. Física Abertura da Conta

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos.

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos. MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO DISPOSIÇÕES INICIAIS O manual trás um resumo de algumas normas e rotinas que devem ser seguidas para o bom desempenho das tarefas necessárias para

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE:

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE FÁCIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25

Leia mais

Programa de Educação Tutorial - PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET

Programa de Educação Tutorial - PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O CUSTEIO PET LEGISLAÇÃO Lei nº11.180/2005 O professor tutor, de acordo com o 1º do art. 12 da Lei n o 11.180/2005, receberá semestralmente um montante de recursos equivalente

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST O PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST ( Programa Partners ), desenvolvido pela empresa AGRINVEST COMMODITIES ( AGRINVEST ), inscrita no CNPJ sob o nº 06.348.158/0001-33,

Leia mais

Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008

Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008 Tarifas Bancárias - Pessoa Física Tabela editada e divulgada em 31 de março de 2008 Serviços Essenciais (Gratuitos) I - Conta corrente de depósitos à vista: Fornecimento de cartão com função débito Fornecimento

Leia mais

25 2010, 3.919, 2011, 15% 1) O

25 2010, 3.919, 2011, 15% 1) O O uso do cartão vem crescendo ao longo dos anos, acompanhando o aumento da renda e os avanços em geral conquistados pela sociedade brasileira. Facilidade, segurança e ampliação das possibilidades de compras

Leia mais

Quantidade mensal incluída no pacote (A) Quantidade de serviços gratuitos por mês (B)

Quantidade mensal incluída no pacote (A) Quantidade de serviços gratuitos por mês (B) Pacote de Serviços - Universitários Confira abaixo a composição do Pacote de Serviços Universitários: Saques ³ 6 4 10 12,60 Fornecimento de Folhas de 0 10 10 1,50-2 - 2 11,40 22,80 2 2 4 2,48 4,96 1-1

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DE TAXA DE JUROS NAS MODALIDADES: CRÉDITO PESSOAL, CONSIGNADO E CHEQUE ESPECIAL NA CIDADE DE GOIÂNIA

RELATÓRIO DA PESQUISA DE TAXA DE JUROS NAS MODALIDADES: CRÉDITO PESSOAL, CONSIGNADO E CHEQUE ESPECIAL NA CIDADE DE GOIÂNIA RELATÓRIO DA PESQUISA DE TAXA DE JUROS NAS MODALIDADES: CRÉDITO PESSOAL, CONSIGNADO E CHEQUE ESPECIAL NA CIDADE DE GOIÂNIA Pesquisa realizada pelos técnicos do Procon Goiás, entre os dias 4 e 9 de setembro

Leia mais

Sumário. Recebendo cheques com segurança. Algumas modalidades de falsificação. Cuidado com fraudes. Informações gerais

Sumário. Recebendo cheques com segurança. Algumas modalidades de falsificação. Cuidado com fraudes. Informações gerais CARTILHA CHEQUE Sumário Recebendo cheques com segurança Algumas modalidades de falsificação Cuidado com fraudes Informações gerais Principais motivos de devolução de cheques Caro leitor, Importante ressaltar

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA Art. 1º Este regulamento fixa normas e procedimentos para o serviço circulação das coleções pertencentes às bibliotecas

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO Índice O que é o cartão de crédito? Ficha de Informação Normalizada (FIN) Modalidades de reembolso Custo do crédito Taxas máximas Livre revogação Contrato

Leia mais

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO.

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO. NORMA DE CREDENCIAMENTO DE AGENTES ARRECADADORES PARA A COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG OBJETO - Constitui objeto deste instrumento a prestação de serviço destinada ao recebimento e

Leia mais

Tarifas Bancárias. Política de cobrança de tarifa praticada pelo BNY Mellon Banco S.A.

Tarifas Bancárias. Política de cobrança de tarifa praticada pelo BNY Mellon Banco S.A. Tarifas Bancárias O Conselho Monetário Nacional e o Banco Central do Brasil, através da Resolução 3.919 de 25/11/10, consolid as normas para cobrança de tarifas pela prestação de serviços por parte das

Leia mais

Cartilha de prestação de contas

Cartilha de prestação de contas Cartilha de prestação de contas Identificação e manuseio de documentos fiscais Adequada para entidades que recebem ajuda financeira e necessitam prestar contas. 2012 SUMáRIO 1. Orientações para aquisição

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO 100 II PLANO PU 36/001 B1 - MODALIDADE:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL PLANO PU 15/15 A - MODALIDADE:

Leia mais

8) Qual o papel da administradora?

8) Qual o papel da administradora? 1) Como funciona o consórcio? R= Consórcio é um sistema que reúne em grupo pessoas físicas e/ou jurídicas com interesse comum para compra de bens ou serviços, por meio de autofinanciamento, onde o valor

Leia mais

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04 REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04 A Companhia Nacional de Abastecimento Conab, empresa pública federal vinculada ao Ministério

Leia mais

TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se:

TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU. Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se: TERMO DE ADESÃO DE USO DA LOJA VIRTUAL VT URBANO ITU 1. Definições Para interpretação do Termo de Adesão e Uso do Loja Virtual VT Urbano Itu, considera-se: Empresa Concessionária: Viação Itu Ltda, pessoa

Leia mais

BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card

BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card Conceito e Características do Cartão de Crédito O cartão de crédito Chevrolet Card de uso doméstico e/ou

Leia mais

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E,

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, NAS MODALIDAES PAT- PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DOS TRABALHADORES E/OU PRÊMIO - PREMIAÇÃO E INCENTIVO

Leia mais

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS VEJA COMO UTILIZAR O DE FORMA PRÁTICA E SEGURA. DESBLOQUEIO DO CARTÃO Sua senha foi enviada anteriormente para seu endereço. Caso não a tenha recebido, ligue para a Central

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CONTA CORRENTE, CONTA INVESTIMENTO E CONTA DE POUPANÇA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CONTA CORRENTE, CONTA INVESTIMENTO E CONTA DE POUPANÇA CONTRATANTE(S): As Pessoa(s) - Física(s) ou Jurídica(s) - indicada(s) e qualificada(s) na Proposta/Contrato de Abertura de Conta Corrente, Conta Investimento e Conta de Poupança, adiante denominada(s)

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.902145/2013-85 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

REGULAMENTO DE ACÚMULO DE MILHAS COM O CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO E TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA SMILES

REGULAMENTO DE ACÚMULO DE MILHAS COM O CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO E TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA SMILES REGULAMENTO DE ACÚMULO DE MILHAS COM O CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO E TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA SMILES 1. DO OBJETO 1.1. O objeto do presente regulamento consiste em estabelecer normas gerais para o

Leia mais

CHEQUE. Exemplo para fins didáticos, sem valor! AULA Nº 2. 3) o sacado, que é o banco em que está depositado o dinheiro do emitente.

CHEQUE. Exemplo para fins didáticos, sem valor! AULA Nº 2. 3) o sacado, que é o banco em que está depositado o dinheiro do emitente. AULA Nº 2 CHEQUE Exemplo para fins didáticos, sem valor! Características do cheque O cheque é uma ordem de pagamento a vista, devendo ser pago no momento de sua apresentação ao banco sacado, descontando-se

Leia mais

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade disciplinar o funcionamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA O PAGAMENTO DE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA, EM CARÁTER EVENTUAL, POR MEIO DE RECIBO DE PAGAMENTO A CONTRIBUINTE INDIVIDUAL

Leia mais

SERVIÇO MÓVEL PESSOAL - SMP

SERVIÇO MÓVEL PESSOAL - SMP SERVIÇO MÓVEL PESSOAL - SMP PLANO BÁSICO DE SERVIÇO Nome da Prestadora: BRASIL TELECOM CELULAR S/A ÁREA 5 Número: Página 1 de 8 1. Aplicação Este Plano Básico de Serviço é aplicável pela autorizatária

Leia mais

Cartão BRB Pré-Pago. Como adquirir

Cartão BRB Pré-Pago. Como adquirir Cartão BRB Pré-Pago O Cartão BRB Pré-Pago facilita a sua vida e da sua família. Com ele você tem mais controle dos seus castos, paga pequenas despesas do dia a dia, usa em vários lugares do País e pode

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS BÁNCARIOS

TABELA DE SERVIÇOS BÁNCARIOS SALDOS MÍNIMOS NECESSÁRIOS: Conta Corrente Pessoa Física (PF) $5,000.00 $5,000.00 Pessoa Jurídica (PJ) $10,000.00 $10,000.00 "Money Market" $20,000.00 $20,000.00 Certificado de Depósito $50,000.00 Não

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP Versão: 05/2013 Proc. SUSEP 15414.004330/2012-21 CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP SUMÁRIO I - INFORMAÇÕES

Leia mais

Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC.

Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC. Regulamento Promoção Pague em Dia e concorra a 2 vale viagens CVC. Promovente: São Roque Clube Avenida Antonino Dias Bastos, 368 São Roque SP CNPJ: 50.804.517/0001-01 1 -Objeto da promoção: 2 vales viagem

Leia mais

1.3. Em quais casos é possível solicitar o parcelamento? 1.4. Como saberei se minha empresa possui débitos junto à Anvisa?

1.3. Em quais casos é possível solicitar o parcelamento? 1.4. Como saberei se minha empresa possui débitos junto à Anvisa? Atualizado: 07 / 10 / 2011 - FAQ AI 1. Parcelamento de débitos em cobrança administrativa não inscritos em dívida ativa 1.1. Tipos de parcelamento de débito 1.2. Parcelamento de débito de AFE / AE 1.3.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ: Nº 03.558.096/0001-04 PU 12 MESES - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.292, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 4.292, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 4.292, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Dispõe sobre a portabilidade de operações de crédito realizadas com pessoas naturais, altera a Resolução nº 3.401, de 6 de setembro de 2006, e dá outras providências.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 Página 1 de 7 CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. CNPJ: 33.425.075/0001-73 TC CASH 36 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade.

Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade. Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade. Agora você já pode dizer á todos que tem um fantástico cartão onde poderá realizar todas suas compras sem sair de casa. Stress com filas,

Leia mais