ANÁLISE DA PROVA DE PORTUGUÊS PARA O CURSO DE AGRONOMIA ATRAVÉS DA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE DA PROVA DE PORTUGUÊS PARA O CURSO DE AGRONOMIA ATRAVÉS DA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM"

Transcrição

1 ANÁLISE DA PROVA DE PORTUGUÊS PARA O CURSO DE AGRONOMIA ATRAVÉS DA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM Fabrícia de Matos Oliveira 1, Eric Batista Ferreira 2, Marcelo Silva de Oliveira 3 INTRODUÇÃO Na área educacional, vem crescendo o interesse em avaliar e selecionar candidatos observando suas habilidades individuais através de um respaldo teórico mais consistente, a Teoria Clássica da Medidas (Andrade, 2000), propõe uma solução à este problema. Mas os resultados encontrados dependem de um conjunto de itens que compõem o instrumento de medida, as análises e interpretações são sempre associadas à prova como um todo, o que é a característica principal desta metodologia, tornando inviável a comparação entre indivíduos que não foram submetidos às mesmas provas. Foi pensando na comparação entre indivíduos que surgiu a teoria da resposta ao item (TRI), que propõe modelos para avaliar as características de um candidato que não podem ser observadas diretamente, permitindo a representação da relação entre a probabilidade de um aluno responder corretamente a um item e a sua habilidade na área de conhecimento avaliada. Uma das principais características da TRI é tratar os itens como elementos centrais, e não a prova como um todo. Esse método permite que populações sejam comparadas, desde que as provas às quais se submetem sejam iguais ou tenham alguns itens em comuns. A construção de modelos para a avaliação de provas permite que se construam indicadores com diversas finalidades, como, por exemplo, elaboração de provas de vestibulares com itens estruturados, estimando-se o grau de dificuldade do item, a habilidade do candidato em relação ao item e também a discriminação. 1 Doutoranda em Estatística e Experimentação Agropecuária DEX/UFLA, 2 Pós-doutorado, Departamento de Ciências Exatas/UFLA. 3 Professor Adjunto do Departamento de Ciências Exatas/UFLA. 1

2 O objetivo deste trabalho é avaliar as questões da prova de Português para os candidatos ao curso de Agronomia, estimando o grau de dificuldade de cada item, a discriminação e a intenção de acertar um item ao acaso. MATERIAL E MÉTODOS Os dados para a realização deste trabalho foram fornecidos pela Comissão Permanente de Processo Seletivo (COPESE) da Universidade Federal de Lavras (UFLA) e referem-se aos resultados do vestibular do segundo semestre de Para estimar os parâmetros, foi desenvolvida uma rotina em linguagem R, usando a função nls (Nonlinear Least Squares). Nessa função, são dados valores iniciais para os parâmetros dos itens e as estimativas são fornecidas pela função após a convergência de um processo iterativo de estimação (BAKER, 2001). Neste trabalho foi utilizado o modelo logístico a 3 parâmetros baseado na TRI, cuja expressão é dada por: P [X = 1 Y = y] = d 1 c(y) + (1 c(y)) exp( a(y b)). em que X ij é a variável dicotômica que pode assumir os valores 1 (quando o examinado j responder corretamente ao item i), ou 0 (quando o examinado responder incorretamente), isto é, indicadora do acerto; y é o nível de habilidade do examinado j, b i é o parâmetro de dificuldade do item i, c(y) a intenção de acerto ao acaso condicionada à habilidade e d 1 é a probabilidade de acerto casual. Todas as rotinas desenvolvidas, parâmetros estimados e gráficos construídos foram feitos no software R, versão (R DEVELOPMENT CORE TEAM, 2007). 2

3 RESULTADOS E DISCUSSÃO Analisando-se a Tabela 1, sobre os dados do curso de Agronomia, tem-se que a prova de Português teve 6 itens difíceis, 2de dificuldade mediana e 2 fáceis. O item 5 apresentou um índice de discriminação bom. Quanto à intenção de acertar um item casualmente, foi baixo em todos aos itens. TABELA 1: Estimativas dos parâmetros dos itens da prova de Português para o curso Agronomia. Disciplina Item a b c 1 0,314 P 5,333 M 0, ,290 P 7,419 D 0, ,397 P 5,580 M 0, ,582 P 9,370 D 0,040 Português 5 1,704 B 10,707 D 0, ,383 P 3,489 F 0, ,363 P 8,392 D 0, ,780 P 9,911 D 0, ,420 P 4,818 F 0, ,329 P 8,657 D 0,001 O: ótima D: difícil M: média. F: fácil. B: boa. P: péssima. Análises gráficas dos itens de Português A título de ilustração, na Figura 1 estão os gráficos dos 4 primeiros dos 10 itens da prova de Português do curso de Agronomia. Os pontos são os grupos que acertaram um determinado item e a linha tracejada é a curva ajustada. De acordo com os gráficos, o modelo logístico de 3 parâmetros foi bem ajustado para os itens em questão. O gráfico referente ao item de número 01 mostra um aumento lento de probabilidade de acerto, verificando, assim que o item é de dificuldade mediana, de acordo com os valores da Tabela 1. De uma maneira geral, os gráficos que seguem confirmam os resultados das tabelas. 3

4 FIGURA 1: Gráficos dos itens 01 a 04 de Português. 4

5 CONCLUSÕES A prova de Português feita pelos candidatos ao curso de Agronomia da UFLA mostrou ter questões de baixa discriminação (o que pode ser melhorado), vários níveis de dificuldade (o que é desejável) e uma baixa probabilidade de acerto das questões ao acaso. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ANDRADE, D.F.; TAVARES, H.R.; VALLE, R.C. Teoria da resposta ao item: conceitos e aplicações. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA, 10., 2000, Caxambu, MG Anais... São Paulo: USP, BAKER, F.B.The basics of item response theory. 2.ed. Wisconsin: of Wisconsin, p. University R DEVELOPMENT CORE TEAM. R: a language and environment for statistical computing. Vienna, Austria: R Foundation for Statistical Computing. 5

Um modelo de TRI para dados do vestibular 2011.2 da Universidade Federal de Uberlândia

Um modelo de TRI para dados do vestibular 2011.2 da Universidade Federal de Uberlândia Um modelo de TRI para dados do vestibular 20.2 da Universidade Federal de Uberlândia Luana Amâncio Terra 2 José Waldemar da Silva 2 Lúcio Borges de Araújo 2 Maria Imaculada de Sousa Silva 2 Introdução

Leia mais

MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R

MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R MODIFICAÇÃO DO TESTE DE NORMALIDADE DE SHAPIRO-WILK MULTIVARIADO DO SOFTWARE ESTATÍSTICO R Roberta Bessa Veloso 1, Daniel Furtado Ferreira 2, Eric Batista Ferreira 3 INTRODUÇÃO A inferência estatística

Leia mais

ESTUDO SOBRE A EVASÃO E O TEMPO ATÉ A FORMATURA DOS ALUNOS DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UFPR

ESTUDO SOBRE A EVASÃO E O TEMPO ATÉ A FORMATURA DOS ALUNOS DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UFPR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA Bruno Rosevics Estevão Batista do Prado ESTUDO SOBRE A EVASÃO E O TEMPO ATÉ A FORMATURA DOS ALUNOS

Leia mais

de Piracicaba-SP: uma abordagem comparativa por meio de modelos probabilísticos

de Piracicaba-SP: uma abordagem comparativa por meio de modelos probabilísticos Descrição da precipitação pluviométrica no munícipio de Piracicaba-SP: uma abordagem comparativa por meio de modelos probabilísticos Idemauro Antonio Rodrigues de Lara 1 Renata Alcarde 2 Sônia Maria De

Leia mais

ESTUDO DO TEMPO ATÉ APOSENTADORIA DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA UFLA VIA MODELO DE COX

ESTUDO DO TEMPO ATÉ APOSENTADORIA DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA UFLA VIA MODELO DE COX ESTUDO DO TEMPO ATÉ APOSENTADORIA DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA UFLA VIA MODELO DE COX Patrícia de Siqueira Ramos 1, Mário Javier Ferrua Vivanco 2 INTRODUÇÃO O servidor técnico-administrativo

Leia mais

TEMPO DE ESPERA NA FILA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS NA CIDADE DE PONTES E LACERDA, MT

TEMPO DE ESPERA NA FILA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS NA CIDADE DE PONTES E LACERDA, MT TEMPO DE ESPERA NA FILA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS NA CIDADE DE PONTES E LACERDA, MT Osvaldo Matins de Souza 1 Eric Batista Ferreira 2 INTRODUÇÃO Neste trabalho pretendeu-se esboçar uma abordagem alternativa

Leia mais

Construção de escalas de proficiência para exames seletivos, por meio da Teoria da Resposta ao Item

Construção de escalas de proficiência para exames seletivos, por meio da Teoria da Resposta ao Item Construção de escalas de proficiência para exames seletivos, por meio da Teoria da Resposta ao Item Edilan de Sant Ana Quaresma 1 Pedro Alberto Barbetta 2 Adriano Ferreti Borgatto 2 Ezequiel Abraham López

Leia mais

Ajuste do modelo logístico ao número de alunos ingressos nos cursos superiores do IFSEMG - Câmpus Rio Pomba

Ajuste do modelo logístico ao número de alunos ingressos nos cursos superiores do IFSEMG - Câmpus Rio Pomba Ajuste do modelo logístico ao número de alunos ingressos nos cursos superiores do IFSEMG - Câmpus Rio Pomba Diánis Ferreira Irias 1 2 Marcos Coutinho Mota 1 2 Flávio Bittencourt 1 2 1 Introdução Os institutos

Leia mais

AJUSTE DO MODELO DE COX A DADOS DE CÂNCER DE MAMA

AJUSTE DO MODELO DE COX A DADOS DE CÂNCER DE MAMA AJUSTE DO MODELO DE COX A DADOS DE CÂNCER DE MAMA Luciene Resende Gonçalves 1, Verônica kataoka 2, Mário Javier Ferrua Vivanco 3, Thelma Sáfadi 4 INTRODUÇÃO O câncer de mama é o tipo de câncer que se manifesta

Leia mais

XVIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 19 a 23 de outubro de 2009

XVIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 19 a 23 de outubro de 2009 REGRESSÃO MÚLTIPLA APLICADA AOS DADOS DE VENDAS DE UMA REDE DE LOJAS DE ELETRODOMÉSTICOS VANESSA SIQUEIRA PERES 1 RESUMO: Esse trabalho foi realizado com o objetivo de ajustar os dados de vendas de uma

Leia mais

Função bayesiana em R para o problema de Behrens-Fisher multivariado

Função bayesiana em R para o problema de Behrens-Fisher multivariado Função bayesiana em R para o problema de Behrens-Fisher multivariado Patrícia de Siqueira Ramos 1 2 Daniel Furtado Ferreira 3 1 Introdução Um dos problemas mais comuns na Estatística aplicada é o de comparar

Leia mais

Vestibular FUVEST 2012: uma abordagem sob o

Vestibular FUVEST 2012: uma abordagem sob o Vestibular FUVEST 2012: uma abordagem sob o enfoque da TRI Entrance examination FUVEST: an approach from the standpoint of TRI Edilan de Sant Ana Quaresma Mestre em Estatística, UFPE Professor Adjunto

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA INFERENCIAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA INFERENCIAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA INFERENCIAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

Análise do vestibular 2009-I da UFLA usando a TRI

Análise do vestibular 2009-I da UFLA usando a TRI Análise do vestibular 2009-I da UFLA usando a TRI MARIA DE LOURDES LIMA BRAGION* JÚLIO SÍLVIO DE SOUSA BUENO FILHO** FÁBIO MATHIAS CORRÊA*** RESUMO Este trabalho teve como objetivo analisar as questões

Leia mais

Avaliação do Nível de Satisfação dos Usuários de um Restaurante Universitário por meio do Modelo Logístico de Dois Parâmetros

Avaliação do Nível de Satisfação dos Usuários de um Restaurante Universitário por meio do Modelo Logístico de Dois Parâmetros Avaliação do Nível de Satisfação dos Usuários de um Restaurante Universitário por meio do Modelo Logístico de Dois Parâmetros Evaluation of User Satisfaction Level of a University Restaurant through the

Leia mais

Nota Técnica LIMC 2015/01

Nota Técnica LIMC 2015/01 Nota Técnica LIMC 2015/01 Estudo dos resultados do ENEM: o desempenho global dos estudantes concluintes na prova de Ciências da Natureza nos exames de 2009 a 2012 Marta Feijó Barroso UFRJ Instituto de

Leia mais

SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE DE FÍGADO EM UM CENTRO MÉDICO DE CURITIBA

SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE DE FÍGADO EM UM CENTRO MÉDICO DE CURITIBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA CURSO DE ESTATÍSTICA Sheila Aparecida Matias Vanessa Mazurek SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE DE FÍGADO

Leia mais

Predição em Modelos de Tempo de Falha Acelerado com Efeito Aleatório para Avaliação de Riscos de Falha em Poços Petrolíferos

Predição em Modelos de Tempo de Falha Acelerado com Efeito Aleatório para Avaliação de Riscos de Falha em Poços Petrolíferos 1 Predição em Modelos de Tempo de Falha Acelerado com Efeito Aleatório para Avaliação de Riscos de Falha em Poços Petrolíferos João Batista Carvalho Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística,

Leia mais

Ajuste de um modelo de TRI aos dados do vestibular 2011.2 do curso de Administração Noturno da Universidade Federal de Uberlândia

Ajuste de um modelo de TRI aos dados do vestibular 2011.2 do curso de Administração Noturno da Universidade Federal de Uberlândia Ajuste de um modelo de TRI aos dados do vestibular 20.2 do curso de Administração Noturno da Universidade Federal de Uberlândia José Waldemar da Silva 2 Mirian Fernandes Carvalho Araújo 2 Lucio Borges

Leia mais

Análise Bayesiana do Sistema de Cotas da UFBA

Análise Bayesiana do Sistema de Cotas da UFBA Análise Bayesiana do Sistema de Cotas da UFBA Lilia Carolina C. da Costa Universidade Federal da Bahia Marina Silva Paez Universidade Federal do Rio de Janeiro Antonio Guimarães, Nadya Araujo Guimarães

Leia mais

Orientações Preliminares. Professor Fábio Vinícius

Orientações Preliminares. Professor Fábio Vinícius Orientações Preliminares Professor Fábio Vinícius O ENEM O ENEM foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), sob a supervisão do Ministério da Educação (MEC), em 1998,

Leia mais

Estudo dos fatores que influenciam no tempo até o transplante renal nos pacientes em tratamento de Hemodiálise

Estudo dos fatores que influenciam no tempo até o transplante renal nos pacientes em tratamento de Hemodiálise Estudo dos fatores que influenciam no tempo até o transplante renal nos pacientes em tratamento de Hemodiálise Carolina Ferreira Barroso 1 Graziela Dutra Rocha Gouvêa 2 1. Introdução A análise de sobrevivência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO: LICENCIATURA EM MATEMÁTICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO: LICENCIATURA EM MATEMÁTICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO: LICENCIATURA EM MATEMÁTICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Lavras MG 2009 INTRODUÇÃO Como parte dos requisitos

Leia mais

Análise bioestatística em fumantes dinamarqueses associado

Análise bioestatística em fumantes dinamarqueses associado Análise bioestatística em fumantes dinamarqueses associado à câncer de esôfago Bárbara Camboim Lopes de Figueirêdo 1 Gustavo Henrique Esteves 2 1 Introdução A Bioestatística surgiu em 1894 quando Karl

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESENÇA DE CÂNCER DE ESÔFAGO COMPARADA COM HÁBITO DE FUMAR E IDADE EM INDIVÍDUOS DA DINAMARCA

ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESENÇA DE CÂNCER DE ESÔFAGO COMPARADA COM HÁBITO DE FUMAR E IDADE EM INDIVÍDUOS DA DINAMARCA ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESENÇA DE CÂNCER DE ESÔFAGO COMPARADA COM HÁBITO DE FUMAR E IDADE EM INDIVÍDUOS DA DINAMARCA Bárbara Camboim Lopes de FIGUEIRÊDO 1, Gustavo Henrique ESTEVES 2 1 Departamento de Estatística

Leia mais

Modelos mistos na análise de dados longitudinais de um experimento para armazenamento de banana

Modelos mistos na análise de dados longitudinais de um experimento para armazenamento de banana Modelos mistos na análise de dados longitudinais de um experimento para armazenamento de banana Simone Silmara Werner Gurgel do Amaral Sara Regina Kulzer 2 Marcus Vinícius Silva Gurgel do Amaral Sílvia

Leia mais

Renzo Joel Flores Ortiz e Ilka Afonso Reis

Renzo Joel Flores Ortiz e Ilka Afonso Reis ESTIMAÇÃO DE POPULAÇÕES HUMANAS VIA IMAGENS DE SATÉLITE: COMPARANDO ABORDAGENS E MODELOS Renzo Joel Flores Ortiz e Ilka Afonso Reis Laboratório de Estatística Espacial (LESTE) Departamento de Estatística

Leia mais

Métodos estatísticos aplicados em saúde pública

Métodos estatísticos aplicados em saúde pública Orientador: Ricardo S. Ehlers Universidade Federal do Paraná October 23, 2007 Introdução Degradação do meio ambiente e os problemas sócio-culturais afetam o cenário epidemiológico. Epidemias de dengue,

Leia mais

IV CONBRATRI, 4º Congresso Brasileiro de Teoria da Resposta ao Item, Brasília, DF, 2-4 de Dezembro de 2015

IV CONBRATRI, 4º Congresso Brasileiro de Teoria da Resposta ao Item, Brasília, DF, 2-4 de Dezembro de 2015 Ciências da Natureza e o Enem: estudos sobre as questões de 2009-2012 1 LIMC/UFRJ e PEMAT/UFRJ 2 IF/UFRJ Gustavo Rubini 1, Marta F. Barroso 2 Resumo O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possui grande

Leia mais

Lavras é um município brasileiro da região do Campo das Vertentes.

Lavras é um município brasileiro da região do Campo das Vertentes. Cidade de Lavras Lavras é um município brasileiro da região do Campo das Vertentes. Todos os setores do transporte (Ferroviário, aéreo, rodoviário e urbano) são considerados muito eficientes e de boa qualidade.

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR. Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR. Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES NA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR Cintia da Silva Araújo, Tiago de Souza Marçal, Magda Aparecida Nogueira 1 Centro de Ciências Agrárias-Universidade Federal do Espírito

Leia mais

Modelagem do total de passageiros transportados no aeroporto internacional de Belém: Um estudo preliminar

Modelagem do total de passageiros transportados no aeroporto internacional de Belém: Um estudo preliminar Modelagem do total de passageiros transportados no aeroporto internacional de Belém: Um estudo preliminar Núbia da Silva Batista ¹ Cássio Pinho dos Reis ² Flávia Ferreira Batista ² 3 Introdução Inaugurado

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E DAS PROVAS DO CENTRO DE FORMAÇÃO INTERDISCIPLINAR/UFOPA VIA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM.

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E DAS PROVAS DO CENTRO DE FORMAÇÃO INTERDISCIPLINAR/UFOPA VIA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM. 1 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E DAS PROVAS DO CENTRO DE FORMAÇÃO INTERDISCIPLINAR/UFOPA VIA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM. Edilan de Sant Ana Quaresma, ICED/UFOPA - USP(equaresm@ufpa.br) Carlos Tadeu dos Santos

Leia mais

Regulamento do Programa de Pós- Graduação em Administração

Regulamento do Programa de Pós- Graduação em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO Regulamento do Programa de Pós- Graduação em Administração PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO Coordenadoria

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA CEFTRU/UNB N 0001/2015

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA CEFTRU/UNB N 0001/2015 CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA CEFTRU/UNB N 0001/2015 O Diretor do Centro Interdisciplinar de Estudos em Transportes (Ceftru), órgão da Universidade de Brasília-UnB, no uso de suas atribuições torna público

Leia mais

Proposta de ajuste de modelos não lineares na descrição de germinação de sementes de café

Proposta de ajuste de modelos não lineares na descrição de germinação de sementes de café Proposta de ajuste de modelos não lineares na descrição de germinação de sementes de café Iábita Fabiana Sousa 1 Joel Augusto Muniz 1 Renato Mendes Guimarães 2 Taciana Villela Savian 3 1 Introdução Um

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA VANDER LAGE MARTINS

INSTITUTO NACIONAL DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA VANDER LAGE MARTINS INSTITUTO NACIONAL DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA VANDER LAGE MARTINS Trabalho de conclusão de Curso do Mestrado Profissional RIO DE JANEIRO - RJ 2014 INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO de ESTUDANTES BRASIL COLÔMBIA (BRACOL) EDITAL DE SELEÇÃO INTERNA - 2015

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO de ESTUDANTES BRASIL COLÔMBIA (BRACOL) EDITAL DE SELEÇÃO INTERNA - 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Caixa Postal 3037 - Lavras - MG - 37200-000 Telefone: (35) 3829-1858 - E-mail: dri@dri.ufla.br EDITAL n o 004/2015/DRI/PRG/UFLA PROGRAMA

Leia mais

1. Do número de vagas para professor pesquisador conteudista para as disciplinas da primeira etapa do Módulo I:

1. Do número de vagas para professor pesquisador conteudista para as disciplinas da primeira etapa do Módulo I: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Edital Nº 06/202 Processo Seletivo para Professor Pesquisador

Leia mais

Especificação do Trabalho

Especificação do Trabalho Especificação do Trabalho I. Introdução O objetivo deste trabalho é abordar a prática da programação orientada a objetos usando a linguagem Java envolvendo os conceitos de classe, objeto, associação, ligação,

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 28 Revisão para a Prova 2 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 28-28/07/2006 1 Matéria para a Prova 2 Gestão de projetos de software Conceitos (Cap. 21) Métricas (Cap.

Leia mais

Coordenação de Pessoal Docente (CPD) Divisão de Gestão da Lotação Docente (DGLD) setembro / 2013

Coordenação de Pessoal Docente (CPD) Divisão de Gestão da Lotação Docente (DGLD) setembro / 2013 Coordenação de Pessoal Docente (CPD) Divisão de Gestão da Lotação Docente (DGLD) A DGLD é a divisão dentro da CPD responsável pela realização de seleção simplificada, concurso público, remoção, redistribuição

Leia mais

INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS SOBRE O EMPREENDEDORISMO DO BRASIL

INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS SOBRE O EMPREENDEDORISMO DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA CURSO DE ESTATÍSTICA Adriano Luiz Antunes Denis Antoniazzi INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS SOBRE O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Análise de componentes independentes aplicada à avaliação de imagens radiográficas de sementes

Análise de componentes independentes aplicada à avaliação de imagens radiográficas de sementes Análise de componentes independentes aplicada à avaliação de imagens radiográficas de sementes Isabel Cristina Costa Leite 1 2 3 Thelma Sáfadi 2 Maria Laene Moreira de Carvalho 4 1 Introdução A análise

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2010/2 UNEMAT DEPARTAMENTO DE LETRAS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TANGARÁ DA SERRA A UNIVERSIDADE

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014 Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014 Alterado em 30 de Outubro de 2014 Abertura de Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Pós-

Leia mais

PROGRAMA COMPUTACIONAL PARA CÁLCULOS ESTATÍSTICOS

PROGRAMA COMPUTACIONAL PARA CÁLCULOS ESTATÍSTICOS PROGRAMA COMPUTACIONAL PARA CÁLCULOS ESTATÍSTICOS Tatiane Lima Batista 1 Paulo Roberto Lacerda Tavares 2 RESUMO: O conhecimento estatístico é fundamental para diversas situações por ser uma ferramenta

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Departamento de Sistemas e Processos Gerenciais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Departamento de Sistemas e Processos Gerenciais EDITAL INTERNO Nº 01/2012 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE POR TEMPO DETERMINADO O Chefe do da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia UFBA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

SIMPROS 2007 02/01/2008. VIII Simpósio Internacional de Melhoria de Processo de Software. Análise da Correlação entre Métricas de Tamanho, Apoio:

SIMPROS 2007 02/01/2008. VIII Simpósio Internacional de Melhoria de Processo de Software. Análise da Correlação entre Métricas de Tamanho, Apoio: Análise da Correlação entre Métricas de Tamanho, Complexidade de Código, Complexidade Funcional e Defeitos de Software Waldo Luis de Lucca wllucca@gmail.com Carolina Fontana carolinacacal@gmail.com Novembro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Departamento de Patologia Básica Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Departamento de Patologia Básica Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Departamento de Patologia Básica Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia (TÍTULO DO PROJETO) Mestrando/Doutorando: Orientador:

Leia mais

EDITAL N 054/2012 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO E SUMÁRIO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO

EDITAL N 054/2012 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO E SUMÁRIO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO EDITAL N 054/2012 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO E SUMÁRIO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO O Reitor da Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB, no uso de suas atribuições e cumprindo

Leia mais

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria 1ª Versão 1 Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO 1ª Versão 2 ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO 2

Leia mais

Alegre-ES, CEP.: 29.500-000, Caixa Postal 16, edreis@cca.ufes.br

Alegre-ES, CEP.: 29.500-000, Caixa Postal 16, edreis@cca.ufes.br ANÁLISE ESTATÍSTICA PARA DETERMINAÇÃO DA NA BACIA DO RIO SÃO MATEUS-ES Eduardo Morgan Uliana 1, Camila Aparecida da Silva Martins 1, José Geraldo Ferreira da Silva 2, Edvaldo Fialho dos Reis 3 1 Universidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas / UNIFAL-MG Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas / UNIFAL-MG Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria EDITAL 003/2014 A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), por meio de sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação faz saber que estarão abertas as inscrições, destinadas aos servidores TAES da UNIFAL-MG,

Leia mais

PROJETO DE ANÁLISE ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL

PROJETO DE ANÁLISE ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE INFORMÁTICA CIN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA PRINCÍPIOS E TÉCNICAS DA ANÁLISE ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL PROJETO DE ANÁLISE ESTATÍSTICA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ESTRANGEIROS NÃO RESIDENTES NO BRASIL À VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN PARA O CURSO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTAMENTO DE FITOPATOLOGIA (DFP) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA FITOPATOLOGIA (PPG-FITO)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTAMENTO DE FITOPATOLOGIA (DFP) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA FITOPATOLOGIA (PPG-FITO) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTAMENTO DE FITOPATOLOGIA (DFP) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA FITOPATOLOGIA (PPG-FITO) ADITIVO AO EDITAL PRP/UFLA N. 0/203 PARA SELEÇÃO DO PPG-FITO DE 202 PARA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Perfis Envolvidos SIGAA GRADUAÇÃO Manual do Administrador Perfil Administrador DAE Administrador de Graduação: Administrador de Graduação (Servidor responsável pelo gerenciamento administrativo, cadastro

Leia mais

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM Prof. Ph. D. João Benedito dos Santos Jr. Prof. M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Leia mais

Engenharia de Software 2006/2

Engenharia de Software 2006/2 Engenharia de Software 2006/2 1 a Lista de Exercícios O projeto SisPousa tem por objetivo desenvolver um sistema de informação para apoiar o controle de uma pousada. Encontra-se, em anexo, o documento

Leia mais

Edital nº 01/2012. Seleção Simplificada de Professores para Atividade de Extensão

Edital nº 01/2012. Seleção Simplificada de Professores para Atividade de Extensão FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS Edital nº 01/2012 Seleção Simplificada de Professores para Atividade de Extensão A Fundação Universidade do Tocantins

Leia mais

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O NÍVEL DE PROFICIÊNCIA DOS ESTUDANTES EM MATEMÁTICA A PARTIR DOS RESULTADOS DO SAEB DE 2003

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O NÍVEL DE PROFICIÊNCIA DOS ESTUDANTES EM MATEMÁTICA A PARTIR DOS RESULTADOS DO SAEB DE 2003 ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O NÍVEL DE PROFICIÊNCIA DOS ESTUDANTES EM MATEMÁTICA A PARTIR DOS RESULTADOS DO SAEB DE 2003 RESUMO Erik Leonardo Pereira Magalhães Os resultados negativos obtidos nos diversos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS PARA REALIZAÇÃO, APRESENTAÇÃO E DEFESA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO SÃO CARLOS,

Leia mais

Comparação dos modelos de Gompertz e Verhulst no ajuste de dados de uma variedade de feijão

Comparação dos modelos de Gompertz e Verhulst no ajuste de dados de uma variedade de feijão Comparação dos modelos de Gompertz e Verhulst no ajuste de dados de uma variedade de feijão 1 Introdução Laís Mesquita Silva 1 Allan Alves Fernandes 2 Filipe Rizzo 3 Augusto Ramalho de Morais 4 O feijoeiro-comum

Leia mais

Resposta de Recurso FSADU/SEMED n.º 157/2008 São Luís/MA, 30 de abril de 2008.

Resposta de Recurso FSADU/SEMED n.º 157/2008 São Luís/MA, 30 de abril de 2008. Resposta de Recurso FSADU/SEMED n.º 157/2008 São Luís/MA, 30 de abril de 2008. CPF n.º: 35150645320 Candidato(a): CARLOS HENRIQUE BATISTA DOS SANTOS Inscrição n.º: 681363 Cargo: 322 Professor Ensino Fundamental

Leia mais

A finalidade dos testes de hipóteses paramétrico é avaliar afirmações sobre os valores dos parâmetros populacionais.

A finalidade dos testes de hipóteses paramétrico é avaliar afirmações sobre os valores dos parâmetros populacionais. Prof. Janete Pereira Amador Introdução Os métodos utilizados para realização de inferências a respeito dos parâmetros pertencem a duas categorias. Pode-se estimar ou prever o valor do parâmetro, através

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2015 EDITAL Nº 199 DIPS/UFLA, de 19 de dezembro de 2014 A Pró-Reitoria de Graduação PRG,

Leia mais

Número de plantas para estimação do plastocrono em feijão guandu

Número de plantas para estimação do plastocrono em feijão guandu Número de plantas para estimação do plastocrono em feijão guandu Alberto Cargnelutti Filho 1 Marcos Toebe 2 Giovani Facco 3 Gustavo Oliveira dos Santos 3 Bruna Mendonça Alves 2 Anderson Bolzan 4 1 - Introdução

Leia mais

Práticas de. Engenharia de Software. Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.

Práticas de. Engenharia de Software. Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu. "Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE." Engenharia de Software Práticas de Engenharia de Software Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Leia mais

Probabilidades e Estatística

Probabilidades e Estatística Trabalho Prático de Avaliação Probabilidades e Estatística Grupo Nº 3 Célia Teixeira ei3636 Mário Serafim ei2300 José Afonso ei2467 João Pereira ei3502 Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Beja Temas

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES E ERROS COMETIDOS POR ALUNOS UNIVERSITÁRIOS NA INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DE CONCEITOS DE ESTATÍSTICA BÁSICA

PRINCIPAIS DIFICULDADES E ERROS COMETIDOS POR ALUNOS UNIVERSITÁRIOS NA INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DE CONCEITOS DE ESTATÍSTICA BÁSICA PRINCIPAIS DIFICULDADES E ERROS COMETIDOS POR ALUNOS UNIVERSITÁRIOS NA INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DE CONCEITOS DE ESTATÍSTICA BÁSICA Arno Bayer bayer@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil, Brasil Simone

Leia mais

Fernando Henrique Ferraz Pereira da Rosa Vagner Aparecido Pedro Júnior 7 de novembro de 2005

Fernando Henrique Ferraz Pereira da Rosa Vagner Aparecido Pedro Júnior 7 de novembro de 2005 MAE514 - Introdução à Análise de Sobrevivência e Aplicações Fernando Henrique Ferraz Pereira da Rosa Vagner Aparecido Pedro Júnior 7 de novembro de 2005 Lista 4 1. Considere um estudo hipotético com duração

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO PRÉDIO DA ENGENHARIA MECÂNICA UFRGS

IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO PRÉDIO DA ENGENHARIA MECÂNICA UFRGS IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO PRÉDIO DA ENGENHARIA MECÂNICA UFRGS Darci Barnech Campani Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Saneamento Ambiental IPH/UFRGS, Professor Adjunto do Departamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 03, de

Leia mais

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 10 (dez) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 10 (dez) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA EDITAL No. /05 DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA PARA O CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO PARA O PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 06. PREÂMBULO.

Leia mais

MINAS, IDEB E PROVA BRASIL

MINAS, IDEB E PROVA BRASIL MINAS, IDEB E PROVA BRASIL Vanessa Guimarães 1 João Filocre 2 I I. SOBRE O 5º ANO DO EF 1. O IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi criado há um ano pelo MEC e adotado como indicador da

Leia mais

A participação do Brasil em estudos e avaliações educacionais comparados internacionais

A participação do Brasil em estudos e avaliações educacionais comparados internacionais A participação do Brasil em estudos e avaliações educacionais comparados internacionais Maria Helena Guimarães de Castro (**) Na década de 90 e com maior intensidade a partir de 1995 o Brasil vem empreendendo

Leia mais

O pacote CEPpt na análise de dados de resfriamento de aves

O pacote CEPpt na análise de dados de resfriamento de aves O pacote CEPpt na análise de dados de resfriamento de aves Rafael Lemos Bastos 1 Eric Batista Ferreira 2 1 Introdução A utilização de pacotes computacionais tem sido cada vez mais frequente nas empresas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO BOLSISTA DO SISTEMA UAB/CAPES CHAMAMENTO EXTERNO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO BOLSISTA DO SISTEMA UAB/CAPES CHAMAMENTO EXTERNO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO BOLSISTA DO SISTEMA UAB/CAPES CHAMAMENTO EXTERNO EDITAL N 010/2013 A Pró-Reitoria de Ensino e Graduação PROGRAD, através do Departamento de Educação à Distância, torna público

Leia mais

EDITAL 45/2015 PARA CONTRATAÇÃO ENFERMEIRO

EDITAL 45/2015 PARA CONTRATAÇÃO ENFERMEIRO EDITAL 45/2015 PARA CONTRATAÇÃO ENFERMEIRO I. DA FUNÇÃO-ATIVIDADE E DA ATRIBUIÇÃO O processo seletivo simplificado destina-se ao preenchimento de 05 (cinco) vagas para cadastro reserva, válido por um ano,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. Ficha de Avaliação Individual do Memorial e Proposta de Trabalho Avaliador Candidato

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016

EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016 EDITAL Nº 01/2015 EDITAL DE PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS PARA O COLÉGIO TRAVESSIA ANO LETIVO DE 2016 O Colégio TRAVESSIA, mantido pela Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas, torna público a realização

Leia mais

Regressão do tipo II em estudos de crescimento relativo de Brachyura (Crustacea, Decapoda)

Regressão do tipo II em estudos de crescimento relativo de Brachyura (Crustacea, Decapoda) Regressão do tipo II em estudos de crescimento relativo de Brachyura (Crustacea, Decapoda) 1 Introdução Carlos Eduardo Rocha Duarte Alencar 1 Fúlvio Aurélio de Morais Freire 1, 2 Historicamente desde a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Seleção 2009. Prova Escrita 06/02/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Seleção 2009. Prova Escrita 06/02/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Seleção 2009 Prova Escrita 06/02/2009 Número de inscrição: Esta prova é composta de três partes: Parte A: conteúdos

Leia mais

Secretaria Especial de Saúde Indígena - SESAI

Secretaria Especial de Saúde Indígena - SESAI EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 02/ 2015 CASA DE SAÚDE DO INDIO/CASAI/DF-DASI/SESAI PROCESSO SELETIVO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO ÂMBITO DA SAÚDE INDÍGENA PERÍODO DE INSCRIÇÃO DE 23/06/2015 A 01/07/2015

Leia mais

Boletim Informativo 1

Boletim Informativo 1 Boletim Informativo 1 ADMISSÃO 1º Vestibular de 2011 teve 24.861 inscritos UnB ofereceu 1.999 vagas em 93 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 18 e 19 de dezembro de 2010 No dia 4 de

Leia mais

O PROJETO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO: aspectos definidores de sua identidade

O PROJETO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO: aspectos definidores de sua identidade O PROJETO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO: aspectos definidores de sua identidade Katia Morosov Alonso* Maria Lúcia Cavalli Neder** O trabalho relativo ao desenvolvimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 02, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 02, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 02, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para avaliação da estratégia

Leia mais

Instituto de Matemática - UFRGS

Instituto de Matemática - UFRGS Considerações sobre a prova de Matemática do ENEM Marcus Vinicius Basso Elisabete Zardo Búrigo Instituto de Matemática - UFRGS Neste texto apresentamos algumas considerações sobre características da prova

Leia mais

Departamento de Computação Relatório de Estágio Curricular THEO IGNEZ PAVAN. Ferramenta APF

Departamento de Computação Relatório de Estágio Curricular THEO IGNEZ PAVAN. Ferramenta APF Departamento de Computação Relatório de Estágio Curricular THEO IGNEZ PAVAN Ferramenta APF Londrina 2004 THEO IGNEZ PAVAN Ferramenta APF Estágio obrigatório desenvolvido durante o 4 o ano do Curso de Graduação

Leia mais

O IMPLANTE COCLEAR E A COMUNIDADE SURDA: DESAFIO OU SOLUÇÃO?

O IMPLANTE COCLEAR E A COMUNIDADE SURDA: DESAFIO OU SOLUÇÃO? O IMPLANTE COCLEAR E A COMUNIDADE SURDA: DESAFIO OU SOLUÇÃO? Ida LICHTIG*, Fabiola F. D. N. MECCA **, Felipe BARBOSA***, Mariana GOMES**** *Livre Docente, Curso de Fonoaudiologia da FMUSP/ São Paulo-SP

Leia mais

COMISSÃO ORGANIZADORA DO 1º PROCESSO SELETIVO PARA O 1 SEMESTRE DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 01 VESTIBULAR 2015/1

COMISSÃO ORGANIZADORA DO 1º PROCESSO SELETIVO PARA O 1 SEMESTRE DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 01 VESTIBULAR 2015/1 COMISSÃO ORGANIZADORA DO 1º PROCESSO SELETIVO PARA O 1 SEMESTRE DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 01 VESTIBULAR 2015/1 A Comissão Organizadora do 1º Processo Seletivo para o ano de 2015 usando da competência que lhe

Leia mais

RESULTADOS DO ENEM 2014

RESULTADOS DO ENEM 2014 RESULTADOS DO ENEM 2014 Boletim IDados da Educação nº 2015-02 Dezembro 2015 RESULTADOS DO ENEM 2014 Boletim IDados da Educação Dezembro 2015 APRESENTAÇÃO O Boletim IDados da Educação é uma publicação do

Leia mais

Estatística e Probabilidade. Aula 8 Cap 05. Distribuição normal de probabilidade

Estatística e Probabilidade. Aula 8 Cap 05. Distribuição normal de probabilidade Estatística e Probabilidade Aula 8 Cap 05 Distribuição normal de probabilidade Estatística e Probabilidade Na aula anterior vimos... Distribuições Binomiais Distribuição Geométrica Distribuição de Poisson

Leia mais

Processo Seletivo Agendado

Processo Seletivo Agendado Processo Seletivo Agendado 1- INFORMAÇÃO PRELIMINAR A Faculdade de Odontologia do INAPÓS, credenciada pela Portaria Ministerial no. 1.769 de 17/12/2009, publicada no Diário Oficial da União de 18/12/2009,

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1. O Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é uma disciplina obrigatória, com carga horária de 180 horas, que pode ser realizada junto a uma

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA VIDA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA VIDA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA VIDA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 89, de 12 de novembro de

Leia mais

EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA

EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA EDITAL PARA TESTE SELETIVO N.º 006/2007 ALTO ARAGUAIA A Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, através do Instituto de Linguagem e do Departamento de Letras torna público o processo de abertura

Leia mais

UM POUCO SOBRE GESTÃO DE RISCO

UM POUCO SOBRE GESTÃO DE RISCO UM POUCO SOBRE GESTÃO DE RISCO Por Hindemburg Melão Jr. http://www.saturnov.com Certa vez o maior trader de todos os tempos, Jesse Livermore, disse que a longo prazo ninguém poderia bater o Mercado. Ele

Leia mais

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE093-LABORATÓRIO A CURSO DE ESTATÍSTICA UFPR

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE093-LABORATÓRIO A CURSO DE ESTATÍSTICA UFPR 1 REGIMENTO DA DISCIPLINA CE093-LABORATÓRIO A CURSO DE ESTATÍSTICA UFPR Os alunos do Curso de Estatística da UFPR regularmente matriculados na disciplina CE093-Laboratório A, deverão realizar as seguintes

Leia mais