CRMA Professional Experience Recognition (PER) Application Packet For Certification Agreement Institutes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRMA Professional Experience Recognition (PER) Application Packet For Certification Agreement Institutes"

Transcrição

1

2 ÍNDICE Introdução O que é o Requerimento de Reconhecimento de Experiência Profissional (PER) CRMA... 2 Como funciona o PER CRMA?... 2 Como funciona a pontuação?... 2 Quanto custa se candidatar ao PER CRMA?... 3 Onde devo buscar respostas a outras questões?... 3 Como funciona o processo para se candidatar ao PER CRMA?... 3 Página 1 do Requerimento... 4 Página 2 do Requerimento... 5 Página 3 do Requerimento... 6 Página 4 do Requerimento... 7 Página 5 do Requerimento... 8 Introdução: Certification in Risk Management Assurance (CRMA ) O Institute of Internal Auditors tem o prazer de anunciar o desenvolvimento da nova certificação de especialidade Certification in Risk Management Assurance (CRMA ). A CRMA é mais uma marca de distinção profissional para profissionais que atuam em Auditoria Interna. Obtendo a certificação CRMA vai auxiliá-lo na demostração de sua habilidade de: Fornecer avaliação nos processos de negócios de gerenciamento de riscos e governança. Ensinar à Administração e o Comitê de Auditoria sobre riscos e nos conceitos de gerenciamento de riscos. Foco na Estratégia Organizacional de Riscos. Adicionar valor à sua Organização. 2 Version: 1.0

3 Perguntas Frequentes O que é o Professional Experience Recognition (PER) CRMA? O Professional Experience Recognition (PER) CRMA é a oportunidade para indivíduos qualificados obterem a designação CRMA anteriormente ao lançamento do programa CRMA em Os indivíduos que tenham experiência profissional comprovada nas cinco áreas do CRMA, assim como qualificação acadêmica e/ou outras certificações RELACIONADAS À AUDITORIA, são incentivados a se candidatar ao PER CRMA. Os 5 domínios do CRMA são: Atividades de Avaliação / Validação de Gerenciamento de Risco Fundamentos de Gerenciamento de Risco Elementos de Gerenciamento de Risco Teoria de Controle e Aplicação Objetivos de Negócio e Desempenho Organizacional Este documento contém requisitos importantes do programa e do processo e informações que devem ser seguidas para se candidatar ao PER CRMA. Como Funciona o PER CRMA? Os candidatos deverão submeter o formulário de requerimento com informações detalhadas sobre sua formação, certificações atualmente detidas e experiência profissional nas 5 áreas do CRMA. Os candidatos receberão pontos pela experiência profissional e por suas credenciais. Os candidatos que obtiverem MAIS do que 155 pontos poderão obter a designação antes do lançamento do exame de CRMA. Como funciona a Pontuação? Para receber uma designação CRMA por meio do PER, os candidatos deverão obter MAIS de 155 pontos por meio do processo de requerimento PER. O requerimento está dividido em três seções (Formação, Certificações Atuais Ativas e Experiência Profissional). Os candidatos deverão submeter, separadamente, um formulário de verificação de experiência, atestado por alguém que possua atualmente as certificações CIA, CCSA, CFSA, CGAP ou que seja o supervisor anterior/atual de CADA EMPREGADOR para quem você trabalhou/trabalha. Segue a pontuação para cada seção: Formação Máximo de 25 pontos (pontos concedidos somente para a mais alta titulação) Nível Técnico (2 anos de estudo universitário) 15 pontos ou Nível de Graduação (4 anos de estudo universitário) 20 pontos - ou Título de Mestre (6 anos de estudo universitário) 25 pontos 3 Version: 1.0

4 Certificações Atuais Máximo de 30 pontos (pontos concedidos somente para a mais alta titulação) CIA ou CCSA ATIVO junto ao IIA 30 pontos ou Outros Certificados Atuais e Ativos Relativos à Auditoria - 20 pontos Experiência Profissional nas áreas da CRMA - Máximo de 140 pontos (experiência cumulativa válida para todas as áreas e empregadores) Menos de 120 meses de experiência pontos Entre 120 e 130 meses de experiência pontos Mais de 300 meses de experiência pontos Quanto custa se candidatar ao PER CRMA? O valor é determinado pelo Instituto local. Onde devo buscar respostas a outras questões? Os candidatos deverão contatar o Instituto local em caso de questões adicionais não respondidas por este guia. Como funciona o processo para se candidatar ao PER CRMA? Obtenha a documentação para requerimento através do instituto local, disponível por meio do link Preencha o requerimento, incluindo a verificação de experiência profissional. Entregue a documentação de requerimento preenchida ao Instituto local para revisão por meio do Inclua documentação acadêmica, outras certificações ativas relacionadas à auditoria caso o instituto ainda não tenha estas informações em arquivo. Efetue o pagamento ao Instituto local. O Instituto local irá revisar o seu requerimento e enviará toda a documentação para a Sede do IIA Global para revisão final e aprovação. A sede do IIA Global irá informar o Instituto local sobre o resultado de seu requerimento. O Instituto local irá fornecer-lhe o resultado final de seu requerimento. Depois de receber aprovação de seu requerimento e completer todos os requisites do programa, você vai estar apto a utilizar sua designação CRMA e receber seu certificado. 4 Version: 1.0

5 Requerimento de Reconhecimento de Experiência Profissional Formulário de Inscrição Página 1 Selecione o nível Acadêmico mais alto obtido. Nível Técnico (2 anos de estudo universitário) 15 pontos Nível de Graduação (4 anos de estudo universitário) 20 pontos Título de Mestre (6 anos de estudo universitário) 25 pontos Selecione as Certificações Ativas que você possui Não possui nenhuma outra certificação ativa - 0 Ponto O CIA e/ou CCSA - 30 pontos Outros 20 Pontos Indique as outras certificações no quadro abaixo. Caso selecione OUTRAS CERTIFICAÇÕES, informe quais certificações ativas e atuais você possui. Observação Será exigido o envio de documentos que comprovem que a certificação está ativa atualmente. 5 Version: 1.0

6 Formulário de Inscrição Página 2 Por favor usar quantas cópias desta página for necessário Nome do Empregador: Cargo: Data de Início: Data de Término: Selecione todas as áreas em que teve experiência no que se refere a este empregador. Atividades de Avaliação / Validação de Gerenciamento de Risco Fundamentos de Gerenciamento de Risco Elementos de Gerenciamento de Risco Teoria de Controle e Aplicação Objetivos de Negócio e Desempenho Organizacional Por favor selecione todos os domínios que você teve experiência enquanto trabalhava nesta empresa. Detalhes deverão ser informados abaixo. Por favor atenção: Você deverá ter experiência no primeiro domínio (Atividades de Avaliação / Validação de Gerenciamento de Risco ) e experiência em pelo menos 2 domínios adicionais para ter a experiência mínima que é de 3 domínios no total. Domínio 1 - Atividades de Avaliação / Validação de Gerenciamento de Risco Garantir estruturas de gerenciamento de risco, programas, modelos Avaliar o processo para identificação e mensuração dos riscos-chave Garantir que os riscos sejam corretamente mensurados Assegurar projetos e estratégias de mitigação de gerenciamento de risco Avaliar a divulgação de riscos-chave Número Total de Meses de Experiência Profissional: Texto de 100 palavras descrevendo sua experiência nesta área: obrigatório 6 Version: 1.0

7 Formulário de Inscrição Página 3 Domínio 2 Fundamentos de Gerenciamento de Risco Liderança no estabelecimento de ERM (Enterprise Risk Management) Assistência à gerência no estabelecimento de metodologia ERM Facilitação da identificação e mensuração de riscos pelo Conselho e pela gerência Gerenciamento de formação e coaching para identificação e resposta aos riscos Coordenação de atividades ERM Manutenção e desenvolvimento da estrutura ERM Desenvolvimento de estratégia de ERM para a aprovação do Conselho Número total de meses de Experiência Profissional: Texto de 100 palavras descrevendo sua experiência nesta área: 7 Version: 1.0

8 Formulário de Inscrição Página 4 Domínio 3 Elementos de Risco Teoria de risco Modelos / estruturas de risco Entendimento dos riscos inerentes em práticas de negócio comuns Aplicação de técnicas de avaliação e identificação de risco Técnicas de gerenciamento de risco / análise custo-benefício Número total de meses de Experiência Profissional: Texto de 100 palavras descrevendo sua experiência nesta área: Domínio 4 Teoria de Controle e Aplicação Governança corporativa, teoria do controle e modelos Métodos para julgamento e comunicação da efetividade global do sistema de controle interno Relações entre controles formais e informais Técnicas para avaliação de controles Técnicas de controle de documentação Técnicas de controle e aplicação Número total de meses de Experiência Profissional: Texto de 100 palavras descrevendo sua experiência nesta área: 8 Version: 1.0

9 Formulário de Inscrição Página 5 Área 5 - Objetivos de Negócio e Desempenho Organizacional Processos de planejamento estratégico e operacional Configuração objetiva, incluindo alinhamento à missão e aos valores da organização Medidas de desempenho Gerenciamento de desempenho Coleta de dados e técnicas de validação (ex: benchmarking, auditoria, teste de consenso) Número total de meses de Experiência Profissional _ Texto de 100 palavras descrevendo sua experiência nesta área: Os dados abaixo devem ser preenchidos pelo CANDIDATO que esteja requerendo a certificação CRMA ANTES da impressão do requerimento. Nome do Verificador: Título/Cargo do Verificador: do Verificador: Telefone do Verificador: Número de Sócio do IIA (N/D caso não seja sócio): Eu sou (assinale o que for pertinente) CIA CCSA CGAP CFSA o Supervisor do Candidato (atual ou prévio) Tenho/tive um cargo relacionado ao candidato e estou apto a verificar sua experiência de trabalho. Sim Não N/D 9 Version: 1.0

10 Formulário de Inscrição Página 6 Posso atestar o tempo de experiência de trabalho do candidato neste requerimento junto à organização da qual faço parte. Sim Não Outro Se OUTRO, insira as datas de início e término que podem ser atestadas. Posso atestar o tempo de experiência de trabalho do candidato neste requerimento anteriormente à sua entrada na organização da qual faço parte: Sim Não N/D Posso atestar que a tarefa desempenhada pelo candidato conforme indicado acima está correta segundo o meu conhecimento. Sim Não N/D Posso atestar que a competência do candidato quanto ao desempenho das tarefas conforme indicado acima é adequada segundo o meu conhecimento. Sim Não N/D Assinatura do Verificador: Data: 10 Version: 1.0

11 Formulário de Inscrição Página 7 Venho, por meio deste instrumento, requerer a Certification in Risk Management Assurance (CRMA) do IIA de acordo com e sujeito aos procedimentos e regulamentações do IIA. Li e concordo com as condições estabelecidas neste formulário, em vigência quando de meu requerimento, abrangendo o processo de certificação e as políticas de educação continuada. Concordo e certifico que li e que cumprirei as cláusulas do Código de Ética (conforme descrito no manual do Candidato ou disponível online) e que aceito todas as condições do programa de certificação. Autorizo o IIA a realizar quaisquer pesquisas e investigações que considere necessárias para verificar minhas credenciais e minha situação profissional. Neste instrumento, concordo em isentar o IIA, seus dirigentes, examinadores, funcionários e agentes de qualquer reclamação, reivindicação ou dano resultante de qualquer ação ou omissão de qualquer um deles com referência a este requerimento, o processo de requerimento, a não emissão de qualquer certificado. Entendo que a taxa de requerimento para o Professional Experience Recognition (PER) CRMA não será restituída caso meu requerimento não seja aprovado. ENTENDO QUE A DECISÃO QUANTO À MINHA QUALIFICAÇÃO À CERTIFICAÇÃO CABE APENAS E EXCLUSIVAMENTE AO IIA. LI E ENTENDI ESTAS DECLARAÇÕES, ÀS QUAIS PRETENDO ESTAR LEGALMENTE VINCULADO. Entendo e concordo com a declaração acima. Assinatura do Candidato: Data: Somente para uso do Instituto (preencha antes de enviar ao Departamento de Certificação do IIA Global) Data em que o Requerimento foi recebido no Instituto: Recebido por: Data de Revisão pelo Instituto: Recomendação do Instituto: Aprovação Reprovação Data de envio ao IIA: Comentários/ Justificativas para a aprovação ou reprovação do requerimento: Revisado por: 11 Version: 1.0

Educação Profissional Continuada (Continuing Professional Education CPE)

Educação Profissional Continuada (Continuing Professional Education CPE) Diretriz Administrativa de Requisitos de Educação Profissional Continuada nº 4: 2011 Educação Profissional Continuada (Continuing Professional Education CPE) Objetivo Este documento contém os requisitos

Leia mais

14/03/2014. A importância da aplicação de metodologia na geração de resultados em Auditoria Interna Como as certificações podem ajudar?

14/03/2014. A importância da aplicação de metodologia na geração de resultados em Auditoria Interna Como as certificações podem ajudar? 14/03/2014 A importância da aplicação de metodologia na geração de resultados em Auditoria Interna Como as certificações podem ajudar? Eduardo da Costa Azevedo Gerente Executivo de Auditoria Interna Tegma

Leia mais

NOME: Primeiro Nome Nome do Meio Último Sobrenome Você é um associado ou já é cliente do IIA? Sim - ID # Você já tentou algum exame do IIA? Quando?

NOME: Primeiro Nome Nome do Meio Último Sobrenome Você é um associado ou já é cliente do IIA? Sim - ID # Você já tentou algum exame do IIA? Quando? FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ESPECIALIDADES CCSA, CFSA, CGAP NOME: Você é um associado ou já é cliente do IIA? Sim - ID # Você já tentou algum exame do IIA? Quando? DATA DE NASCIMENTO (dd/mm/aaaa): NOME DA

Leia mais

EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA

EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA Curso de Preparação para o EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA Certified Internal Auditor pelo IIA Institute of Internal Auditors Pós-Laboral RAZÃO DE SER O IIA conta com 67 000 CIAs Certified Internal

Leia mais

CHAMADA PARA INSCRIÇÃO NO CURSO DE EXTENSÃO O PROJETO DE PESQUISA EM LITERATURA

CHAMADA PARA INSCRIÇÃO NO CURSO DE EXTENSÃO O PROJETO DE PESQUISA EM LITERATURA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS VERNÁCULAS CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ESTUDOS LITERÁRIOS CHAMADA PARA

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014 Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014 Alterado em 30 de Outubro de 2014 Abertura de Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Pós-

Leia mais

The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL

The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL Certificações Internacionais 1 Manual do Candidato Apresentação: O IIA Global oferece aos profissionais de auditoria interna, no mundo inteiro, a possibilidade

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Departamento de Sistemas e Processos Gerenciais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Departamento de Sistemas e Processos Gerenciais EDITAL INTERNO Nº 01/2012 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE POR TEMPO DETERMINADO O Chefe do da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia UFBA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 521 Edição 1.0, 2015-02 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre Equipamentos para utilização em Atmosferas Explosivas (Sistema IECEx) Esquema IECEx

Leia mais

IPPF Guia Prático A Interação com o Conselho. Índice

IPPF Guia Prático A Interação com o Conselho. Índice Índice Sumário Executivo... 1 Introdução... 1 1000 Propósito, Autoridade e Responsabilidade... 1 A Relação da Auditoria Interna com o Conselho... 3 A. Comunicação Frequente com os Membros do Conselho entre

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto Agência: PNUD

Leia mais

A Função de Controles Internos em Instituições Financeiras

A Função de Controles Internos em Instituições Financeiras Seminário IIA Brasil - Os Desafios da Auditoria Interna frente aos processos de Gestão de Riscos, Controles e Governança Corporativa Belém, 21 de junho de 2013 A Função de Controles Internos em Instituições

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC 1. CONTEXTO A Catho Educação Executiva é focada no desenvolvimento de talentos, na melhora do desempenho das organizações e na criação de processos

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA EDITAL GABINETE/DEPEN BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para Formulação de Modelo de Gestão de Inteligência Penitenciária BRASÍLIA, AGOSTO DE 2015 TERMO

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

FORMULÁRIO ONLINE DE CADASTRO INSTITUCIONAL

FORMULÁRIO ONLINE DE CADASTRO INSTITUCIONAL ACESSO AO PATRIMÔNIO GENÉTICO FORMULÁRIO ONLINE DE CADASTRO INSTITUCIONAL INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO Sumário 1. Informações importantes... 1 2. Quem pode preencher o Formulário Online?... 1 3. Acessando

Leia mais

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS DO FUNBIO

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS DO FUNBIO POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS DO FUNBIO P-32 /2014 Área Responsável: Auditoria Interna OBJETIVO: Descrever a metodologia do FUNBIO à gestão de riscos, documentar os papéis e responsabilidades da

Leia mais

Vivendi SEC Settlement Fund Administration P.O. Box 9000 #6371 Merrick, NY 11566-9000 U.S.A.

Vivendi SEC Settlement Fund Administration P.O. Box 9000 #6371 Merrick, NY 11566-9000 U.S.A. Prazo para apresentação: 12 de Junho de 2007 PEDIDO DE INDEMNIZAÇÃO: Número de reivindicação: VIV Vivendi SEC Settlement Fund Administration P.O. Box 9000 #6371 Merrick, NY 11566-9000 U.S.A. *P-VIV$F-APOC/1*

Leia mais

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 276:2011) - OTS NORMA Nº NIT-DICOR-011 APROVADA EM MAR/2013 Nº 01/46 SUMÁRIO

Leia mais

ISO/IEC 17050-1. Avaliação da conformidade Declaração de conformidade do fornecedor Parte 1: Requisitos gerais

ISO/IEC 17050-1. Avaliação da conformidade Declaração de conformidade do fornecedor Parte 1: Requisitos gerais QSP Informe Reservado Nº 42 Janeiro/2005 ISO/IEC 17050-1 Avaliação da conformidade Declaração de conformidade do fornecedor Parte 1: Requisitos gerais Tradução livre especialmente preparada para os Associados

Leia mais

5. É altamente recomendado que Rotaract Clubs mencionem após seu nome, patrocinado pelo Rotary Club de (nome).

5. É altamente recomendado que Rotaract Clubs mencionem após seu nome, patrocinado pelo Rotary Club de (nome). Declaração de Normas do Rotaract 1. O programa Rotaract foi desenvolvido e estabelecido pelo Rotary International. A autoridade pela elaboração e execução dos dispositivos estatutários, requisitos de organização,

Leia mais

Política Gestão de Configuração e Mudança

Política Gestão de Configuração e Mudança Política Gestão de Configuração Histórico de Alteração Data Versão Descrição Autor 20/08/2011 1 Versão Inicial Danilo Costa Versão 1 Pág. 2 de 7 Índice 1. POLÍTICA 4 1.1 Aplicabilidade 4 2. CONCEITUAÇÃO

Leia mais

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Em vigor a partir de 01/04/2016 RINA Via Corsica 12 16128 Genova - Itália tel. +39 010 53851 fax +39 010 5351000 website : www.rina.org Normas

Leia mais

Modelo de Gestão de Riscos para Instituições Federais de Ensino Superior visando a realização de Auditoria Baseada em Riscos

Modelo de Gestão de Riscos para Instituições Federais de Ensino Superior visando a realização de Auditoria Baseada em Riscos Modelo de Gestão de Riscos para Instituições Federais de Ensino Superior visando a realização de Auditoria Baseada em Riscos Bruno Silva Auditor Interno Estrutura da Apresentação I. Definições II. III.

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas

Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas O CONSELHO DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO COM PESSOAS INSTITUI REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DOS SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO / UNIFESP PARA CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO CAPÍTULO I DOS CONCEITOS

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional), pelo e-mail:

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE 1. DO CONCURSO 1.1. Fica instituído o Concurso Gata do Vale realizado pelo Portal Aconteceu no Vale e TV em Foco, para eleger a garota mais linda dos Vales do Jequitinhonha,

Leia mais

ANEXO D - RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DO SERVIÇO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

ANEXO D - RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DO SERVIÇO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO ANEXO D - RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DO SERVIÇO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Este Anexo é preenchido por estabelecimento. Nota importante: O preenchimento deste Anexo é obrigatório para todos os

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 006/2014 EMENTA: Aprova Normas da Política de

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE EDITAL

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE EDITAL DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE EDITAL A Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino da Região São Vicente, em atendimento às disposições da Resolução SE 3, de 28-01-2011 e Resolução SE-75/2012,

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO CNPQ MODALIDADES: PIBIC E PIBITI / 2013 2014 EDITAL Nº 65/PROPESP/IFRO, DE 22 DE JULHO DE

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012. Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012. Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012 Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS Nos últimos anos tem havido evolução dos conceitos econômicos, sociais e

Leia mais

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR R E G U L A M E N T O 1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 1.1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR é uma iniciativa do Comitê Consultivo

Leia mais

Pró Reitoria de Extensão Universitária. Reitoria

Pró Reitoria de Extensão Universitária. Reitoria EDITAL N 004/2015 PROEX/Central de Cursos de Inovação e da UNESP Apoio para Cursos de em temas ambientais Seleção de propostas de cursos de extensão universitária em temas ambientais no âmbito da PROEX

Leia mais

REGULAMENTO 10 KM EDP DISTRIBUIÇÃO (CORRIDA)

REGULAMENTO 10 KM EDP DISTRIBUIÇÃO (CORRIDA) REGULAMENTO 10 KM EDP DISTRIBUIÇÃO (CORRIDA) 1. PARTICIPAÇÃO Podem participar atletas populares e federados masculinos e femininos desde que se encontrem de boa saúde e em boa condição física. A condição

Leia mais

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015 MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 08/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DO IFPB CAMPUS JOÃO PESSOA PROGRAMA

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 2º edição de 2013 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2013/2 Chamada complementar

Edital do Processo Seletivo 2013/2 Chamada complementar C.E.S.A.R.EDU Unidade de Educação do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA DE SOFTWARE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Recomendação MEC/CAPES N o. 234_6/2006/CTC/CAPES

Leia mais

Endereço para correspondência: Rua Von Martius, 325, apartamento 505, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, RJ, CEP: 22.460-040 BRASIL

Endereço para correspondência: Rua Von Martius, 325, apartamento 505, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, RJ, CEP: 22.460-040 BRASIL ATENÇÃO: O ENVIO DESTE FORMULÁRIO DE CANDIDATURA NÃO GARANTE AO EMITENTE A PARTICIPAÇÃO NO UB515 BRASIL ULTRA TRIATHLON 2015 Cole aqui sua fotografia 3X4 Endereço para correspondência: Rua Von Martius,

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. O PROCESSO LICITATÓRIO a. A avaliação das propostas será feita segundo a tipologia melhores técnicas / menor preço, ou seja: numa 1ª etapa são analisadas todas as propostas técnicas;

Leia mais

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO Normatiza as atividades relacionadas à defesa de dissertação e estabelece

Leia mais

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil O futuro é (deveria ser) o sucesso Como estar preparado? O que você NÃO verá nesta apresentação Voltar

Leia mais

CERTIFICADOS DE APTIDÃO PROFISSIONAL (CAP) PARA:

CERTIFICADOS DE APTIDÃO PROFISSIONAL (CAP) PARA: CIRCULAR DE INFORMAÇÃO AERONÁUTICA PORTUGAL INSTITUTO NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL TELEFONE 218423502 INFORMAÇÃO AERONÁUTICA AFTN - LPPTYAYI AEROPORTO DA PORTELA 14/06 TELEX 12120 - AERCIV P 1749-034 LISBOA

Leia mais

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) O DIRETOR DE IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL N 186/2013 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO E SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR UNIVERSITÁRIO EM CARÁTER TEMPORÁRIO

EDITAL N 186/2013 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO E SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR UNIVERSITÁRIO EM CARÁTER TEMPORÁRIO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DE PROFESSOR UNIVERSITÁRIO EM CARÁTER TEMPORÁRIO A Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB, através da Pró- Reitoria de Administração e Divisão de Gestão

Leia mais

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação.

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação. Curso Formação Efetiva de Analístas de Processos Curso Gerenciamento da Qualidade Curso Como implantar um sistema de Gestão de Qualidade ISO 9001 Formação Profissional em Auditoria de Qualidade 24 horas

Leia mais

Curso Avaliação da Conformidade: Contextos, Fundamentos e Práticas. Certificação de Pessoas na Área de Turismo

Curso Avaliação da Conformidade: Contextos, Fundamentos e Práticas. Certificação de Pessoas na Área de Turismo Curso Avaliação da Conformidade: Contextos, Fundamentos e Práticas Certificação de Pessoas na Área de Turismo Maria Regina Alves de Souza Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Inmetro 15.05.2009

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA

REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA O processo de credenciamento acontecerá de acordo com as etapas abaixo, a serem aplicadas a

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE COORDENAÇÃO DA QUALIDADE

GESTÃO DA QUALIDADE COORDENAÇÃO DA QUALIDADE GESTÃO DA COORDENAÇÃO DA Primeira 1/12 CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Marcelo de Sousa Marcelo de Sousa Marcelo de Sousa Silvia Helena Correia Vidal Aloísio Barbosa de Carvalho Neto

Leia mais

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional...

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional... SUMÁRIO 1. Registro Profissional... 2 2. Isenção de Anuidade... 3 3. Transferência de Regional... 4 4. Cancelamento de Registro (Pessoa Física)... 5 5. Reativação de Registro Profissional... 6 6. Parcelamento

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1 A Faculdade Unida da Paraíba, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura ASPEC com sede em João Pessoa, PB, torna públicas as regras de funcionamento do sistema de Monitoria no Curso de Graduação,

Leia mais

ABNT NBR ISO. Introdução à ABNT NBR ISO 14001:2015

ABNT NBR ISO. Introdução à ABNT NBR ISO 14001:2015 ABNT NBR ISO 14001 Introdução à ABNT NBR ISO 14001:2015 A ABNT NBR ISO 14001 é uma norma aceita internacionalmente que define os requisitos para colocar um sistema da gestão ambiental em vigor. Ela ajuda

Leia mais

Conselho de Administração

Conselho de Administração O Instituto dos Auditores Internos do Brasil é uma entidade civil sem fins econômicos que tem como objetivo proporcionar informações que agreguem valor à carreira dos seus associados. Oferecemos conhecimento,

Leia mais

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação.

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação. DIRETRIZES E NORMAS PARA O ESTÁGIO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL DOS OBJETIVOS Art. 1 O Sistema de Estágio da FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL terá por objetivos gerais:

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK. PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos PROJECT MANAGEMENT PMI AND PMBOK PMI e PMBOK Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Objetivos Gerência de Projeto PMI PMBOK PMP Gerenciamento de Projetos É a aplicação de conhecimento, habilidades,

Leia mais

Guia da Auditoria do Exame PMP

Guia da Auditoria do Exame PMP Guia da Auditoria do Exame PMP Você está com receio de cair na auditoria ao se inscrever para o exame de certificação Project Management Professional (PMP ) do Project Management Institute (PMI )? Então

Leia mais

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância Edital Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância 1. OBJETIVO 1.1. Este edital tem o objetivo de apoiar financeiramente projetos de extensão universitária voltados a ações para o desenvolvimento

Leia mais

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP

CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2014/2015 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FUNCAP CHAMADA Nº. 13/2013 DETALHAMENTO GERAL INTRODUÇÃO A (FUNCAP), vinculada

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Edital 02/2015 - PPgCC/UERN PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO

Leia mais

INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS

INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS O Incentivo à Qualificação é um benefício, na forma de retribuição financeira, calculado sobre o padrão de vencimento percebido pelo servidor,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO PARA CURSOS FIC 2016/1. Cronograma

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO PARA CURSOS FIC 2016/1. Cronograma MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Rodovia ES-010, Km 6,5 Manguinhos 29173-087 Serra ES 27 3348-9208 EDITAL DE SELEÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 122/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 122/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 122/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 419 de 01/07/2011, torno público

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (61) 2025 3376 / 3114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO

Leia mais

PRÊMIO INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO CONTÁBIL TÉCNICO-CIENTÍFICA PROF. DR. ANTÔNIO LOPES DE SÁ

PRÊMIO INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO CONTÁBIL TÉCNICO-CIENTÍFICA PROF. DR. ANTÔNIO LOPES DE SÁ R E G U L A M E N T O 2009 PRÊMIO INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO CONTÁBIL TÉCNICO-CIENTÍFICA PROF. DR. ANTÔNIO LOPES DE SÁ Informação contábil: agregando valor ao capital Prêmio Internacional de Produção Contábil

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO 2 Sumário 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 1.1 Atividade acadêmica... 3 1.2 Estruturação... 3 1.3 Localização

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 2º semestre de 2015,

Leia mais

DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO

DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos

Leia mais

FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012

FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012 GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE CULTURA CENTRO DE CULTURAS POPULARES E IDENTITÁRIAS FUNDO DE CULTURA Nº. PROTOCOLO (Uso exclusivo da SECULT) FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012

Leia mais

Programas e Serviços Acadêmicos do PMI. Guia de Recursos Para Educação e Pesquisa Acadêmica em Gerenciamento de Projetos

Programas e Serviços Acadêmicos do PMI. Guia de Recursos Para Educação e Pesquisa Acadêmica em Gerenciamento de Projetos Guia de Recursos Para Educação e Pesquisa Acadêmica em Gerenciamento de Projetos Sobre o PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE O Project Management Institute (PMI) é a maior associação profissional de membros global,

Leia mais

2. DAS MODALIDADES E DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA

2. DAS MODALIDADES E DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA C AM PUS II Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Tel: 18 3229 2077 / 2078 / 2079 E-mail: posgrad@unoeste.br www.unoeste.br Campus I Campus II Rua José Bongiovani, 700 Cidade Universitária CEP 19050

Leia mais

EDITAL PRGDP Nº 29/2014

EDITAL PRGDP Nº 29/2014 EDITAL PRGDP Nº 29/2014 A PRGDP/UFLA, no uso de suas atribuições, e considerando a Lei nº 11.091, de 12/01/2005, Decreto nº 5.707, de 23/02/2006 e a Resolução CUNI nº 56 de 29/10/2013, torna público que

Leia mais

Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos

Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos Março de 2010 UM NOVO PARADIGMA PARA AS AUDITORIAS INTERNAS Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos por Francesco De Cicco 1 O foco do trabalho dos auditores internos

Leia mais

COMO SE PREPARAR PARA A CERTIFICAÇÃO PMP

COMO SE PREPARAR PARA A CERTIFICAÇÃO PMP COMO SE PREPARAR PARA A CERTIFICAÇÃO PMP Programa 2013 OBJETIVOS: A atividade de gerenciamento de projetos tem assumido um papel de destaque cada vez maior dentro das organizações em decorrência do aumento

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 12 BRA/14/011 Contratação de consultoria nacional especializada para produção de subsídios visando ao fortalecimento das ações de saúde

Leia mais

FAC PERGUNTAS FREQUENTES

FAC PERGUNTAS FREQUENTES FAC PERGUNTAS FREQUENTES Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Divisão de Temas Educacionais (DCE) Departamento Cultural

Leia mais

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA Permissão obtida junto ao proprietário dos direitos autorais, The Institute of Internal Auditors, 247 Maitland Avenue, Altamonte Springs, Florida 32701-4201, USA, para publicar esta tradução, a qual reflete

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE N. 57, DE 11/02/2016.

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE N. 57, DE 11/02/2016. EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE N. 57, DE 11/02/2016. A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (FUB), nos termos da Portaria Interministerial n. 313, de 04/08/2015, publicada no DOU de 05/08/2015,

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014 EDITAL Nº 001/2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CONTOS E POEMAS 1º CONCURSO NACIONAL DE CONTOS & POEMAS - ANTOLOGIA 2015 Prêmio FLOR DO IPÊ O DEPECAC d o C a m p u s Catalão da e o Departamento de Letras

Leia mais

QUALITY ASSURANCE. Com a Auditoria Interna da Telefônica Vivo se Estruturou para Obter a Certificação Internacional do IIA

QUALITY ASSURANCE. Com a Auditoria Interna da Telefônica Vivo se Estruturou para Obter a Certificação Internacional do IIA QUALITY ASSURANCE Com a Auditoria Interna da Telefônica Vivo se Estruturou para Obter a Certificação Internacional do IIA Viviane Souza Miranda CCSA Diretora de Auditoria Interna Telefônica Vivo Índice

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Capítulo I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Capítulo I Disposições Preliminares REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Capítulo I Disposições Preliminares Art. 1º O presente regulamento estabelece as normas para a efetivação do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ O Diretor Geral do Campus JI-PARANÁ, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia IFRO, no uso de

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

Perguntas mais frequentes Certificações PMI

Perguntas mais frequentes Certificações PMI 1. O que é a certificação PMP? E quais seus benefícios? Project Management Professional, ou Profissional de Gerenciamento de Projetos, é a certificação profissional para aqueles que lideram e dirigem times

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CULTURA CAPIXABA FACULDADE CAPIXABA DE ADMINISTRAÇÃO E EDUCAÇÃO Credenciada pela Portaria nº 554 de 22/03/2001 - MEC

INSTITUTO SUPERIOR DE CULTURA CAPIXABA FACULDADE CAPIXABA DE ADMINISTRAÇÃO E EDUCAÇÃO Credenciada pela Portaria nº 554 de 22/03/2001 - MEC INSTITUTO SUPERIOR DE CULTURA CAPIXABA FACULDADE CAPIXABA DE ADMINISTRAÇÃO E EDUCAÇÃO Credenciada pela Portaria nº 554 de 22/03/2001 - MEC EDITAL N.º 05/2011 PROCESSO SELETIVO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE

Leia mais

FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO

FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO NRP / (A atribuir pelo IEFP) UNIDADE ORGÂNICA RECEPTORA Data de Recepção - - Técnicos Responsáveis: O Técnico Receptor PREENCHER ESTA PÁGINA COM LETRAS MAIÚSCULAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO AGENDA EDITAL Nº 41/2014/PRG/UFLA SELEÇÃO PARA PROGRAMA DE BOLSA INSTITUCIONAL DE ENSINO E APRENDIZAGEM SUBMODALIDADE ENSINO E APRENDIZAGEM / MENTORIA PARA CALOUROS PROMEC AMPLA CONCORRÊNCIA 21/7 a 1/8

Leia mais

1 DO PROGRAMA DE MONITORIA DO IFPE 1.1 OBJETIVO GERAL

1 DO PROGRAMA DE MONITORIA DO IFPE 1.1 OBJETIVO GERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIREÇÃO DE ENSINO DO CAMPUS RECIFE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA DOS CURSOS TÉCNICOS CAMPUS RECIFE EDITALn

Leia mais

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE REGULAMENTO Um olhar para o futuro I PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A. O Concurso de Fotografia da FAE é uma iniciativa promovida pela Coordenação do Núcleo Cultural do Programa de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS EDITAL DE SELEÇÃO INTERNA CODAI/UFRPE/PRONATEC Nº 002/2016 SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Edital Nº 14/2015 - PROPA PROGRAMA DE APOIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA (UFSB) EM CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Londrina, quarta-feira, 02 de Setembro de 2015 Regulamento do Concurso para Criação

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 314-2 Edição 1.0 2013-07 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre atmosferas explosivas (Sistema IECEx) IEC System for Certification to Standards relating

Leia mais

Ciclo de Estudos Contábeis de Curitiba CECOC 2º Prêmio Científico Cecoc

Ciclo de Estudos Contábeis de Curitiba CECOC 2º Prêmio Científico Cecoc DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO PARA O PRÊMIO CIENTÍFICO CECOC Art. 1º- O Prêmio instituído pelo CECOC será denominado Prêmio Científico Cecoc. Art. 2º- O concurso está aberto a alunos (graduação,

Leia mais