HERMENÊUTICA CONSTITUCIONAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HERMENÊUTICA CONSTITUCIONAL"

Transcrição

1 HERMENÊUTICA CONSTITUCIONAL Objetivo final do estudo da Herm. Jurídica Ponto de encontro entre o social e o jurídico Dinamismo da sociedade desafia o intérprete Novo padrão interpretativo: norma + contexto + formação jurídica do intérprete (#sentido exato) Circularidade da interpretação (CF legislação) Tríplice fronteira: HJ, Soc. Jur., Dir. Const. Novo constitucionalismo (visão de conjunto)

2 SISTEMA CONSTITUCIONAL Cf Paulo Bonavides, atualmente Constituição = sistema constitucional, formado por: CF+leis comp., ord., normas diversas, sentenças, partidos, org.sociais, sindicatos, mov.populares CF 88 modelo do Estado Democrático de Direito legalidade material, não formal Cf art. 3º sociedade livre, justa, solidária Mais intervenção do Estado na sociedade Constitucionalização do Direito

3 JURISDIÇÃO CONSTITUCIONAL Procedimento para garantir a efetividade da CF Exercida pelo Supremo Tribunal Federal Flexibilização da separação dos poderes De acordo com a heterogeneidade cultural Instrumentos da JC: ADI, ADC, ADPF, Súmulas Vinculantes e Repercussão Geral Tríplice dimensão do texto: jurídico-técnico, político-ideológico, axiológico-cultural Metainterpretação normas para outros casos

4 SÚMULAS VINCULANTES EC 45/2004 Lei n /2006 Inspirada nos sistemas jurídicos 'common law' Criação da s.não vinculante 1963 RISTF Instituto de natureza sobretudo processual Não vincula o juiz de modo absoluto, só a Administração Pública Exige quorum qualificado de dois terços Reformável e segue nova numeração

5 REPERCUSSÃO GERAL EC 45/2004 Lei n /2006 Preliminar a ser arguída nos R.E. Decisão irrecorrível plenário virtual do STF Efeito de sobrestamento dos demais processos Tribunais fazem triagem para remessa STJ tem figura similar para recursos repetitivos em matéria infraconstitucional (Lei n /2008)

6 MEDIDAS CONTRA MOROSIDADE Efeito prático das Súmulas Vinculantes e da Repercussão Geral Complementado pela Lei n /2006 processo judicial eletrônico (Pje) Fase de implantação em todo o Brasil Abrangerá todo o Poder Judiciário Fim dos processos convencionais em papel Agilidade, transparência e segurança jurídica

7 HERMÊUTICA CONSTITUCIONAL O novo constitucionalismo trouxe a necessidade de um novo método de interpretação da constituição Nova compreensão das normas jurídicas: tanto as legislativas quanto as constitucionais, não carregam apenas um único sentido, podendo ser interpretadas sob diversas perspectivas Isso fez modificar a compreensão do que seja norma, problema e intérprete, configurando uma postura hermenêutica que se denomina de póspositivista.

8 HERMÊUTICA CONSTITUCIONAL A norma não traz pronta a solução do problema, mas aponta para um início de solução e mesmo assim, havendo a necessidade da colaboração pessoal do intérprete O problema deixa de ser um simples contexto fático sobre o qual a norma será aplicada, passando a ser compreendido como um co-fornecedor dos elementos jurídicos O intérprete deixou de ter função meramente técnica (como era na teoria positivista), para tornar-se um participante ativo no processo de criação do Direito

9 PRINCÍPIOS E REGRAS De acordo com a doutrina clássica, os princípios se constituíam-se 'conselhos' ao legislador; atualmente prevalece o entendimento de que o sistema jurídico ideal deve fundar-se numa distribuição equilibrada de princípios e regras, no qual as regras fundamentam o aspecto da segurança jurídica, enquanto os princípios fundamentam a efetivação da justiça no caso concreto. Isso demonstra que há uma unidade normativa na Constituição, surgindo a necessidade de um esclarecimento conceitual sobre a especificidade das normas jurídicas, através da distinção entre princípios e regras.

10 PRINCÍPIOS E REGRAS A expressão normas forma o gênero, da qual são espécies os princípios e as regras. As normas-princípios, ou simplesmente princípios, são aquelas de conteúdo mais abstrato e de maior abrangência no sistema; as normas-disposição, ou simplesmente regras, são aquelas de conteúdo mais prático e se aplicam a situações mais específicas. Regra - A aula começa às 7:30 da manhã. O aluno que chegar à sala depois desse horário terá falta ; Princípio - A aula começará bem cedo. O aluno deve chegar o mais cedo possível.

11 PRINCÍPIOS E REGRAS CONSITUCIONAIS a) princípios jurídicos razoabilidade, publicidade, impessoalidade, legalidade, livre acesso à justiça, duração razoável do processo; b) princípios políticos formas de estado e de governo, ordem econômica, ordem social, direitos fundamentais; c) princípios de garantia juízo natural, direito adquirido, reserva legal. a) regras de organização estatal b) regras de competência c) regras procedimentais (processos judicial, legislativo) d) regras de proteção da família, do casamento, da maternidade.

12 PRINCÍPIOS E PROPORCIONALIDADE O sistema jurídico não tolera duas ou mais regras incompatíveis entre si; mas entre princípios é possível haver colisão. A direito à segurança colide com a liberdade individual; o direito de informação colide com o direito de proteção à privacidade; a promoção do desenvolvimento colide com a proteção ambiental. O intérprete aplicará o conjunto de suas potências intelectuais, de modo a viabilizar a solução jurídica que mais efetive a justiça no caso concreto. A isso dá-se o nome de ponderação ou princípio da proporcionalidade.

13 INTERPRETAÇÃO CONSTITUCIONAL Como lei fundamental do Estado e da sociedade, a Constituição contém, além de sua essencial dimensão jurídica, duas outras dimensões: uma dimensão política (ideológica) e outra axiológica (cultural). Embora seja inegável a relevância do componente político, ele não é o único nem o mais importante, pois os outros componentes também devem influir nesse processo. Por isso, o juiz constitucional, ao obter critérios hermenêuticos no exercício de sua função, deve sempre cuidar que suas opções não se distanciem das escolhas que o povo, soberanamente, positivou na Constituição, princípio e fim de toda atividade do intérprete.

14 UNIDADE AXIOLÓGICA DA CONSTITUIÇÃO O verdadeiro sentido do texto constitucional somente pode ser alcançado quando ele é compreendido de acordo com uma visão de unidade, na qual os elementos valorativos presentes na cultura se integram com os elementos políticos e jurídicos, devendo ser considerado o melhor método de interpretação constitucional exatamente aquele que tiver a capacidade de encontrar e viabilizar esses três elementos básicos. No artigo 1.º da CF/88, encontram-se delineados os paradigmas da sua unidade axiológica: a opção pela forma do Estado Democrático de Direito, tendo como valores fundamentais 1) a soberania, 2) a cidadania, 3) a dignidade da pessoa humana, 4) os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

15 UNIDADE AXIOLÓGICA DA CONSTITUIÇÃO Se bem observarmos, desses quatro valores básicos, o valor primordial é a dignidade da pessoa humana, pois os outros três são condições para sua viabilização. A dignidade da pessoa humana constitui-se no valor central em torno do qual giram todos os demais, porque ele não decorre de uma mera decisão dos constituintes, mas de um reconhecimento de ser essa uma exigência da própria natureza humana, de modo que a razão de ser da sociedade e do Estado se fundamenta no fato de serem eles meios para a sua realização. Ao mesmo tempo que este princípio estabelece o eixo central do texto constitucional, a melhor interpretação da Constituição será aquela que mais se ajustar a essa finalidade.

16 SÍNTESE CONCLUSIVA a) A interpretação constitucional é o princípio e o fim de toda a hermenêutica jurídica, porque é através dela que se realiza a melhor aplicação prática das normas do ordenamento; b) A interpretação constitucional é o ponto culminante da atividade do intérprete do Direito, seja o(a) advogado(a), o (a) magistrado(a) ou o membro do Ministério Público, porque assim estará realizando a autêntica função social do Direito. c) A interpretação constitucional é o ponto de partida de todo o processo da interpretação integradora do Direito d) A interpretação constitucional é o ponto de interseção onde se cruzam os interesses sociais com os paradigmas jurídicos que os protegem, servindo assim como instrumento de equilíbrio da atividade jurídico-social, em obediência ao princípio da proporcionalidade.

1 Direito processual constitucional, 7

1 Direito processual constitucional, 7 1 Direito processual constitucional, 7 1.1 Esclarecimentos iniciais, 7 1.2 Direito processual constitucional: objeto de estudo, 8 1.3 Jurisdição, processo, ação e defesa, 10 1.4 Constituição e processo,

Leia mais

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA 1 / N A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO DO RETROCESSO Liliane Sonsol Gondim Bacharela em Direito, Especialista em Direito Constitucional e em Direito Ambiental, Universidade

Leia mais

AULA 03 TEORIA DA CONSTITUIÇÃO

AULA 03 TEORIA DA CONSTITUIÇÃO 1 AULA 03 TEORIA DA CONSTITUIÇÃO Movimento teórico de revalorização do direito constitucional, de uma nova abordagem do papel da constituição no sistema jurídico 2 Surgiu a partir da segunda metade do

Leia mais

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas Luís Fernando de Souza Pastana 1 RESUMO: Nosso ordenamento jurídico estabelece a supremacia da Constituição Federal e, para que esta supremacia

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO CONSTITUCIONAL

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO CONSTITUCIONAL 1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO CONSTITUCIONAL P á g i n a 1 QUESTÃO 1 - Em relação às emendas à constituição é verdadeiro: I. No sistema brasileiro cabe a sua propositura ao presidente da república, aos

Leia mais

Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO. Prof. Me. Edson Guedes

Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO. Prof. Me. Edson Guedes Unidade I INSTITUIÇÕES DO DIREITO Prof. Me. Edson Guedes 1. Introdução ao Direito 1.1 Origem do Direito: Conflitos humanos; Evitar a luta de todos contra todos; 1. Introdução ao Direito 1.2 Conceito de

Leia mais

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes 1. CONTEXTUALIZAÇÃO QUAL FONTE VOCÊ PRECISA? 2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Expressão designa todas as representações que, de fato, influenciam a função criadora e aplicadora do Direito.

Leia mais

HERMENÊUTICA. Elementos de interpretação tradicionais. Princípios de interpretação constitucional

HERMENÊUTICA. Elementos de interpretação tradicionais. Princípios de interpretação constitucional HERMENÊUTICA Barroso sugere três planos ou prismas: PLANO JURÍDICO OU DOGMÁTICO Regras de hermenêutica Elementos de interpretação tradicionais Princípios de interpretação constitucional PLANO TEÓRICO OU

Leia mais

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA 01) Não se enquadra na subdivisão de "Público" o direito: a) Constitucional b) Administrativo. c) Judiciário / processual. d) Penal. e) Comercial. 02) Não

Leia mais

Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal

Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal BuscaLegis.ccj.ufsc.br Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal João Fernando Vieira da Silva salermolima@hotmail.com O exercício

Leia mais

Das Normas Fundamentais do Processo Civil

Das Normas Fundamentais do Processo Civil Das Normas Fundamentais do Processo Civil UMA ANÁLISE LUSO-BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA 2015 Artur César de Souza \11X ALMEDINA DAS NORMAS FUNDAMENTAIS DO PROCESSO CIVIL UMA ANÁLISE LUSO-BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

Leia mais

Lei de Parcerias - Lei nº /14. Fundamentos Princípios Diretrizes

Lei de Parcerias - Lei nº /14. Fundamentos Princípios Diretrizes Lei de Parcerias - Lei nº 13.019/14 Fundamentos Princípios Diretrizes Lei nº 13.019/14 Estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias, envolvendo ou não transferências de recursos financeiros,

Leia mais

DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES. Prof. Eduardo Casassanta

DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES. Prof. Eduardo Casassanta DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES Prof. Eduardo Casassanta Ementa Separação das funções Estatais Poder Legislativo Poder Executivo Poder Judiciário Funções Essenciais à Justiça Organização dos Poderes Separação

Leia mais

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS

Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Hugo Goes Direito Previdenciário Módulo 02 Aula 001-005 Direito Previdenciário para o Concurso do INSS Fontes Hierarquia (ordem de graduação) Autonomia (entre os diversos ramos) Aplicação (conflitos entre

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DO PROCESSO E O ESTADO DE DIREITO. CONCEITO DE PROCESSO

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DO PROCESSO E O ESTADO DE DIREITO. CONCEITO DE PROCESSO ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DO CEARÁ ESMEC ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL MÓDULO: PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DO PROCESSO Profa. Ms. Ana Paula Lima de Melo EMENTA: PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS

Leia mais

CAPÍTULO 1 DIREITO MARÍTIMO E PROCESSO CIVIL UM DIÁLOGO NECESSÁRIO

CAPÍTULO 1 DIREITO MARÍTIMO E PROCESSO CIVIL UM DIÁLOGO NECESSÁRIO PREFÁCIO CAPÍTULO 1 DIREITO MARÍTIMO E PROCESSO CIVIL UM DIÁLOGO NECESSÁRIO É clássica a afirmação de que o Estado, no exercício do seu poder soberano, exerce três funções: legislativa, administrativa

Leia mais

Questão 1. Em relação ao controle repressivo de constitucionalidade das leis é correto afirmar:

Questão 1. Em relação ao controle repressivo de constitucionalidade das leis é correto afirmar: PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO CONSTITUCIONAL P á g i n a 1 Questão 1. Em relação ao controle repressivo de constitucionalidade das leis é correto afirmar: I. No sistema brasileiro é abstrato

Leia mais

Direito Constitucional PARA CONCURSO DE. Juiz do Trabalho

Direito Constitucional PARA CONCURSO DE. Juiz do Trabalho Direito Constitucional PARA CONCURSO DE Juiz do Trabalho Direito Constitucional PARA CONCURSO DE Juiz do Trabalho Janice Helena Ferreri Morbidelli con cursos Direito Constitucional para concurso de Juiz

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS GERAIS:

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS GERAIS: PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais CURSO: Direito Período: 3 DEPARTAMENTO: Ano: 2016 DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo CARGA HORÁRIA: 80 horas PRÉ-REQUISITO: não há.

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE As normas elaboradas pelo Poder Constituinte Originário são colocadas acima de todas as outras manifestações de direito. A própria Constituição Federal determina um procedimento

Leia mais

Sumário. CAPÍTULO 3 INTERPRETAÇÃO CONSTITUCIONAL 1. Introdução

Sumário. CAPÍTULO 3 INTERPRETAÇÃO CONSTITUCIONAL 1. Introdução Sumário CAPÍTULO 1 CONSTITUIÇÃO E DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Direito Constitucional 2. Constitucionalismo moderno 3. Constituição 3.1. Conceito ideal de Constituição (Constituição ideal) 3.2. Concepção

Leia mais

Noções de Direito Administrativo e Constitucional

Noções de Direito Administrativo e Constitucional Considerações iniciais Considera-se Direito como um sistema normativo do qual são extraídos imperativos de conduta. Embora seja único e indivisível, a subdivisão se torna uma prática importante para o

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO I. Constituição Federal... 002 II. Dos Direitos e Garantias Fundamentais... 009 III. Da Organização Político-Administrativa... 053 IV. Organização dos

Leia mais

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira.

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira. DISCIPLINA: CONSTITUCIONAL I CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 CRÉDITOS: 04 CÓDIGO: DIR 02-07411 Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Autonomia e controle no setor público Controlar é qualquer ação tomada pela administração pública com o objetivo de atingir metas preestabelecidas. A administração

Leia mais

DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II. Professor Juliano Napoleão

DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II. Professor Juliano Napoleão DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II Professor Juliano Napoleão UNIDADE 1 O controle de constitucionalidade no Brasil 1.1 Considerações iniciais: conceito, pressupostos e objetivos do

Leia mais

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 Sumário CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 1. Introdução...1 2. Pressupostos Teóricos do Controle de Constitucionalidade...2 3. Supremacia Constitucional Fundamento do Mecanismo de Controle de Constitucionalidade...2

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1 SUMÁRIO Capítulo I Teoria da Constituição...1 1. Constituição...1 1.1 Conceito...1 1.2. Classificação das Constituições...1 1.3. Interpretação das Normas Constitucionais...3 1.4. Preâmbulo Constitucional...5

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina DIREITO CONSTITUCIONAL

Leia mais

Acelino Rodrigues Carvalho. CONSTITUiÇÃO. JURISDiÇÃO. Legitimidade etutela dos Direitos Sociais. Curitiba Juruá Editora 2015

Acelino Rodrigues Carvalho. CONSTITUiÇÃO. JURISDiÇÃO. Legitimidade etutela dos Direitos Sociais. Curitiba Juruá Editora 2015 Acelino Rodrigues Carvalho CONSTITUiÇÃO E JURISDiÇÃO Legitimidade etutela dos Direitos Sociais Curitiba Juruá Editora 2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO................. 23 Parte 1 UM OLHAR SOBRE A RELAÇÃO ENTRE

Leia mais

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que:

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que: Principio da Publicidade. O Presente Trabalho vem elucidar dois princípios da suma importância para o Estado democrático de direito ao qual estamos inseridos, freqüentemente ouvimos falar sobre esses princípios,

Leia mais

Natureza Jurídica. Características. Gerações.

Natureza Jurídica. Características. Gerações. Natureza Jurídica. Características. Gerações. Direitos humanos estão relacionados com a importância da própria pessoa humana. A pessoa humana, que é o bem mais valioso da humanidade, estará acima de qualquer

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Vigência e validade da lei Luiz Flávio Gomes * O Estado constitucional e democrático de Direito, que é muito mais complexo e garantista que o antigo Estado de Direito, caracteriza-se

Leia mais

SUMÁRIO SUMÁRIO. 1. A evolução do MS no sistema constitucional Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27

SUMÁRIO SUMÁRIO. 1. A evolução do MS no sistema constitucional Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27 SUMÁRIO SUMÁRIO..................... 1. A evolução do MS no sistema constitucional... 25 2. Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27... 1. MS como tutela jurisdicional diferenciada com cognição

Leia mais

I A LEI DE INTRODUÇÃO AO CÓDIGO CIVIL (LICC)

I A LEI DE INTRODUÇÃO AO CÓDIGO CIVIL (LICC) SUMÁRIO Agradecimentos... 19 Nota do autor... 21 Prefácio... 23 Capítulo I A LEI DE INTRODUÇÃO AO CÓDIGO CIVIL (LICC) 1. Introdução ao estudo do Direito... 25 2. Características, conteúdo e funções da

Leia mais

PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente 1. PODER CONSTITUINTE NATUREZA DO PODER CONSTITUINTE:...

PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente 1. PODER CONSTITUINTE NATUREZA DO PODER CONSTITUINTE:... 1 DIREITO CONSTITUCIONAL PONTO 1: Poder Constituinte PONTO 2: Poder Reformador PONTO 3: Poder Constituinte Decorrente Precedentes: RExt 466.343 RExt 349.703 HC 87.585 1. PODER CONSTITUINTE Poder de elaborar

Leia mais

AULA 1) Ementa. Disposições administrativas:

AULA 1) Ementa. Disposições administrativas: Curso: DIREITO Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO (Matutino) quinta-feira 10:10 a 12:40 hs Ementa Direito Material e Direito Processual: conceito, natureza, posição enciclopédica, divisão. Fontes do

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir

Leia mais

1. CLASSIFICAÇÃO DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS QUANTO A SUA EFICÁCIA. Traz a classificação das normas do direito norte-americano.

1. CLASSIFICAÇÃO DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS QUANTO A SUA EFICÁCIA. Traz a classificação das normas do direito norte-americano. 1 DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL PONTO 1: Classificação das Normas Constitucionais quanto a sua eficácia PONTO 2: Interpretação da Constituição PONTO 3: Tipologia das Normas Constitucionais

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR: Fábio Ramos 2015 FGV TJ/PI Analista Judiciário Escrivão Judicial 1. A Constituição de 1988, ao enunciar os seus princípios fundamentais, fez menção, em seu art. 1º, à

Leia mais

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS... 21 INTRODUÇÃO... 23 Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 1. Processo e procedimento... 25 1.1. Procedimentos legislativos... 26 2. Princípios

Leia mais

PROF. RAUL DE MELLO FRANCO JR. UNIARA

PROF. RAUL DE MELLO FRANCO JR. UNIARA PROF. RAUL DE MELLO FRANCO JR. UNIARA Conceito Controlar a constitucionalidade de lei ou ato normativo significa: a) impedir a subsistência da eficácia de norma contrária à Constituição (incompatibilidade

Leia mais

A vinculação dos Tribunais Administrativos à jurisprudência do STF e do STJ: perspectivas trazidas pelo novo CPC

A vinculação dos Tribunais Administrativos à jurisprudência do STF e do STJ: perspectivas trazidas pelo novo CPC A vinculação dos Tribunais Administrativos à jurisprudência do STF e do STJ: perspectivas trazidas pelo novo CPC Rodrigo Dalla Pria Doutor em Direito Processual Civil PUC/SP Mestre em Direito Tributário

Leia mais

Direito Tributário. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 20 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL I. Princípios Constitucionais e Infraconstitucionais do Processo Civil. Jurisdição... 002 II. Ação... 013 III. Competência... 015 IV. Processo... 021 V. Sujeitos do Processo...

Leia mais

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS... 21 INTRODUÇÃO... 23 Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 1. Processo e procedimento... 25 1.1. Procedimentos legislativos... 26 2. Princípios

Leia mais

Programa da disciplina de Direitos Fundamentais. Ano lectivo de 2011/2012

Programa da disciplina de Direitos Fundamentais. Ano lectivo de 2011/2012 Programa da disciplina de Direitos Fundamentais Ano lectivo de 2011/2012 Regente: Jorge Reis Novais 1- Apresentação da disciplina: programa, bibliografia, aulas e método de avaliação. O objectivo da disciplina:

Leia mais

28/05/2015 ANA CLÁUDIA CAMPOS ASSUNTOS:

28/05/2015 ANA CLÁUDIA CAMPOS ASSUNTOS: ASSUNTOS: 1. Regime Jurídico-Administrativo. Princípios Básicos da Administração pública. 2. Deveres e Poderes administrativos. 3. Atos Administrativos: conceito; requisitos; atributos; classificação;

Leia mais

Programa da disciplina de Direitos Fundamentais Ano letivo de 2014/15

Programa da disciplina de Direitos Fundamentais Ano letivo de 2014/15 Programa da disciplina de Direitos Fundamentais Ano letivo de 2014/15 Regente: Jorge Reis Novais Colaboradores: Prof. Doutor Domingos Soares Farinho Mestre Tiago Fidalgo de Freitas Mestre Tiago Antunes

Leia mais

Sumário CAPÍTULO I TEORIA DA CONSTITUIÇÃO E DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS... 13

Sumário CAPÍTULO I TEORIA DA CONSTITUIÇÃO E DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS... 13 Sumário 7 Sumário CAPÍTULO I TEORIA DA CONSTITUIÇÃO E DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS... 13 QUESTÕES... 13 I.1. Constitucionalismo e história das Constituições... 13 I.2. Conceito e concepções de Constituição...

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 3.203 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO REQTE.(S) :CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTES - CNT : ADMAR GONZAGA E OUTRO(A/S) :JUTAHY MAGALHÃES NETO :UNIÃO

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL - GARANTIAS FUNDAMENTAIS. Professor Murillo Sapia Gutier.

DIREITO PROCESSUAL PENAL - GARANTIAS FUNDAMENTAIS. Professor Murillo Sapia Gutier. 1 DIREITO PROCESSUAL PENAL - GARANTIAS FUNDAMENTAIS Professor Murillo Sapia Gutier www.murillogutier.com.br E-mail: murillo@gutier.com.br PROCESSO PENAL PARA QUÊ (M) Por que estudar Direito Processual

Leia mais

Sumário. Prefácio Introdução Considerações Relativas à Implantação dos Juizados. Especiais da Fazenda Pública Estadual e Municipal

Sumário. Prefácio Introdução Considerações Relativas à Implantação dos Juizados. Especiais da Fazenda Pública Estadual e Municipal Sumário Prefácio... 17 Introdução... 19 Parte I Considerações Relativas à Implantação dos Juizados Especiais da Fazenda Pública Estadual e Municipal... 23 Pressupostos da instituição dos Juizados Especiais

Leia mais

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ESTADO Conjunto de regras, pessoas e organizações que se separam da sociedade para organizá-la. - Só passa a existir quando o comando da comunidade

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima MARATONA DO PONTO CESPE Foco na Banca FCC Estudo das Leis e seus principais artigos / atualização jurisprudencial Aulas ao vivo (1h40 min de

Leia mais

Dicas de Direito Constitucional

Dicas de Direito Constitucional Dicas de Direito Constitucional Olá Concursando, Hoje vamos estudar um pouco de Direito Constitucional, passando pela Teoria do Direito Constitucional e abarcando também o art. 1º da Constituição Federal

Leia mais

Noções de Estado. Organização da Federação e Poderes do Estado

Noções de Estado. Organização da Federação e Poderes do Estado Noções de Estado Noções de Estado Organização da Federação e Poderes do Estado Estado É a sociedade política e juridicamente organizada, dotada de soberania, dentro de um território, sob um governo, para

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL 01. Considere as seguintes normas constitucionais: I. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando

Leia mais

Teoria do Estado e da Constituição Prof. Dr. João Miguel da Luz Rivero ENTRADA EM VIGOR DE UMA NOVA CONSTITUIÇÃO

Teoria do Estado e da Constituição Prof. Dr. João Miguel da Luz Rivero ENTRADA EM VIGOR DE UMA NOVA CONSTITUIÇÃO Teoria do Estado e da Constituição Prof. Dr. João Miguel da Luz Rivero jmlrivero@gmail.com ENTRADA EM VIGOR DE UMA NOVA CONSTITUIÇÃO Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino As normas de uma nova Constituição

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO ESTRUTURA CURRICULAR STRICTO SENSU (por área de concentração-baseada na Res. Vigente do CCEPE)

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO ESTRUTURA CURRICULAR STRICTO SENSU (por área de concentração-baseada na Res. Vigente do CCEPE) NOME DO CURSO: DIREITO NÍVEL: [ x ] MESTRADO [ ] DOUTORADO LINHA DE PESQUISA: 1 ESTADO, CONSTITUCIONALIZAÇÃO E DIREITOS HUMANOS PERÍODO DE VIGÊNCIA: para alunos MATRICULADOS a partir de 03 / 2013 DO CURSO

Leia mais

CPC 2015 X PLC Nº 168/2015

CPC 2015 X PLC Nº 168/2015 CPC 2015 X PLC Nº 168/2015 QUADRO COMPARATIVO Janeiro/2016 CPC/2015- LEI Nº 13.105 16/03/2015 PLC Nº 168, DE 2015 Art. 12. Os juízes e os tribunais deverão obedecer à ordem cronológica de conclusão para

Leia mais

Sociológico Político Jurídico

Sociológico Político Jurídico A CONSTITUIÇÃO Sociológico Político Jurídico Ferdinand Lassalle; Soma dos fatores reais de poder; A Essência da Constituição / O Que é Constituição? Constituição escrita é uma simples folha de papel. Carl

Leia mais

Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21

Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21 Índice geral Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21 1ª P A R T E O Sistema dos Direitos Fundamentais na Constituição:

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Princípios constitucionais da Administração Pública Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br (Artigos) poder normativo do juiz Newton Garcia Faustino Sabemos que o juiz é um agente político que detém parcela do poder do Estado e que possui ampla liberdade de atuação funcional,

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE AULA 6. Prof. Eduardo Casassanta

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE AULA 6. Prof. Eduardo Casassanta CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE AULA 6 Prof. Eduardo Casassanta ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Previsão constitucional e infraconstitucional A ADPF está prevista no art. 102, 1º da

Leia mais

- Jurisdição - Competência é o limite dentro do qual juízes e tribunais exercem jurisdição.

- Jurisdição - Competência é o limite dentro do qual juízes e tribunais exercem jurisdição. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Processo Penal / Aula 09 Professor: Elisa Pittaro Conteúdo: Princípios da Jurisdição: Aderência. Competência: Natureza Jurídica; Competência Absoluta x Relativa;

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 SUMÁRIO Capítulo I CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 1. Previsão normativa... 23 1.1. A tradição individualista na tutela dos direitos... 23 1.2. Surgimento e consolidação da tutela

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL (02308)

Leia mais

EIXO FUNDAMENTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA

EIXO FUNDAMENTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA Direito Constitucional e Teoria Geral do Estado * O Poder Constituinte * Processo Legislativo

Leia mais

TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58

TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58 AULA AO VIVO TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58 Prisão: é a privação da liberdade de locomoção. Pode ser praticado por particular, pode ser provocada por vontade própria e

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais CURSO: Direito Período: 3 o DEPARTAMENTO: Ano: 2016 DISCIPLINA: Direito Constitucional (Teoria Geral da Constituição) CARGA HORÁRIA:

Leia mais

O PRINCÍPIO DO CONTRADITÓRIO DENTRO DO PROCESSO CONSTITUCIONAL. Palavras-Chave: Estado Democrático de Direito, contraditório, processo constitucional.

O PRINCÍPIO DO CONTRADITÓRIO DENTRO DO PROCESSO CONSTITUCIONAL. Palavras-Chave: Estado Democrático de Direito, contraditório, processo constitucional. O PRINCÍPIO DO CONTRADITÓRIO DENTRO DO PROCESSO CONSTITUCIONAL. Sabrina Gomes Martins 1 Resumo: O presente artigo defende uma posição democrática do princípio do contraditório sob a ótica do Estado Democrático

Leia mais

Período. 3º Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

Período. 3º Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Página 1 de 5 Disciplina DE GRADUACÃO Curso Semestral Código DIREITO CONSTITUCIONAL II 072 Curso Graduação Período 3º Período Turma (s) A, B e D Carga Horária 64 horas-relógio 77 horas-aula Eixo de Formação

Leia mais

1) INTERPRETAÇÃO DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS: Quando se promulga a Constituição, a soberania popular se converte em supremacia da Constituição.

1) INTERPRETAÇÃO DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS: Quando se promulga a Constituição, a soberania popular se converte em supremacia da Constituição. 1 DIREITO CONSTITUCIONAL PONTO 1: Interpretação das normas constitucionais. PONTO 2: Tipologia das normas constitucionais. PONTO 3: Teoria geral dos direitos e garantias fundamentais. 1) INTERPRETAÇÃO

Leia mais

AULA 1: ORGANIZAÇÃO DOS PODERES

AULA 1: ORGANIZAÇÃO DOS PODERES AULA 1: ORGANIZAÇÃO DOS PODERES EMENTÁRIO DE TEMAS: São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário (Art. 2º, da CRFB/88) Organização dos Poderes: separação

Leia mais

Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro LINDB (decreto lei nº 4657/42)

Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro LINDB (decreto lei nº 4657/42) Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 02 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro

Leia mais

ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL

ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o que consta nos autos do procedimento MPRJ nº 201100985004, FAZ SABER aos Membros do Ministério

Leia mais

ADVOCACIA PÚBLICA. CLAUDIO MADUREIRA Autor. Formato: 14,5x21,5 cm CÓDIGO: Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso

ADVOCACIA PÚBLICA. CLAUDIO MADUREIRA Autor. Formato: 14,5x21,5 cm CÓDIGO: Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso CLAUDIO MADUREIRA Autor ADVOCACIA PÚBLICA Prefácio Carlos Mário da Silva Velloso Área específica Direito Administrativo. Este livro é sobre a advocacia pública; sobre o papel dos procuradores na conformação

Leia mais

AULA A primeira classificação decorre da própria localização dos direitos fundamentais na Constituição: Direitos individuais e coletivos

AULA A primeira classificação decorre da própria localização dos direitos fundamentais na Constituição: Direitos individuais e coletivos Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Constitucional / Aula 21 Professor: Marcelo Leonardo Tavares Monitora: Mariana Simas de Oliveira Conteúdo da aula: Direitos Fundamentais (cont.). AULA

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 1 - Quanto aos princípios constitucionais da Administração Pública, assinale a alternativa correta. A. O princípio da supremacia

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N.º, DE (do Sr. Deputado Zé Geraldo e outros)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N.º, DE (do Sr. Deputado Zé Geraldo e outros) 1 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N.º, DE 2013. (do Sr. Deputado Zé Geraldo e outros) Altera dispositivos constitucionais, instituindo mandato com duração de 10 anos, vedando a recondução para os Ministros

Leia mais

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Davi Furtado Meirelles Resultado Negativo da Negociação - Mediação - é mais uma tentativa de conciliação, após o insucesso da negociação direta, porém, desta feita,

Leia mais

História do Direito Português Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem. Introdução

História do Direito Português Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem. Introdução História do Direito Português 2015-2016 Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem Introdução Capítulo 1 Idade Média Capítulo 2 Idade Moderna Capítulo 3 Idade Contemporânea: século XIX (1820-1910)

Leia mais

Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de Processo Penal...8. Sistema Acusatório...

Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de Processo Penal...8. Sistema Acusatório... Sumário Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de 1988...2 Contexto Político e Histórico... 2 Características da Constituição de 1937... 4 Código de Processo Penal de

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA

CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA Direito Constitucional e Teoria Geral do Estado *Aspectos de Direito Eleitoral *Controle

Leia mais

Sumário. A. Delimitação do tema I B. Objetivo da investigação 3 C. Objeto e método do presente trabalho 11. D. Especificidades e plano da pesquisa 12

Sumário. A. Delimitação do tema I B. Objetivo da investigação 3 C. Objeto e método do presente trabalho 11. D. Especificidades e plano da pesquisa 12 Sumário Trabalhos do Autor Nota à 3 g edição Nota à 2 g edição Nota à edição brasileira Abreviaturas Apresentação... Prefácio VII XIII XV XVII XIX XXXV XXXVII I. Introdução... I A. Delimitação do tema

Leia mais

Documento: Versão 2.0 Dia 01/05/2011

Documento:  Versão 2.0 Dia 01/05/2011 DIREITO CONSTITUCIONAL Estude gratuitamente pela internet Compilação: Aldemario Araujo Castro Professor da Universidade Católica de Brasília Procurador da Fazenda Nacional Mestre em Direito Documento:

Leia mais

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ 1 01. A Constituição Federal de 1988 consagra diversos princípios, os quais exercem papel extremamente importante no ordenamento

Leia mais

CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto

CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS Marcos Juruena Villela Souto REGULAÇÃO A regulação é uma atividade administrativa de intervenção do Estado no domínio econômico, mediante

Leia mais

CURSO EM PDF CONTROLE EXTERNO CGM-SP 2015 Prof. Alexandre Teshima

CURSO EM PDF CONTROLE EXTERNO CGM-SP 2015 Prof. Alexandre Teshima AULA 1 DEMONSTRATIVA APRESENTAÇÃO Saudações queridos alunos, eu sou o PROF. ALEXANDRE TESHIMA e estou aqui para ajudá-los com a disciplina CONTROLE EXTERNO para o concurso de AUDITOR MUNICIPAL DE CONTROLE

Leia mais

Processo Legislativo II. Prof. ª Bruna Vieira

Processo Legislativo II. Prof. ª Bruna Vieira Processo Legislativo II Prof. ª Bruna Vieira 1.4. Espécies normativas (art. 59 da CF) a) emendas à Constituição b) leis complementares c) leis ordinárias d) leis delegadas e) medidas provisórias f) decretos

Leia mais

Classificação Dicotômica Jean Domat PLÚBLICO X PRIVADO

Classificação Dicotômica Jean Domat PLÚBLICO X PRIVADO STF SABER DIREITO CONSTITUCIONALISMO Alocação do Direito Constitucional Aula 5: Soberania popular, a criação de municípios e a perspectiva de um novo ativismo judicial RAMOS do DIREITO PÚBLICO PRIVADO

Leia mais

Noções de Direito Constitucional - Conhecendo a Constituição Federal de Parte 1 -

Noções de Direito Constitucional - Conhecendo a Constituição Federal de Parte 1 - INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Noções de Direito Constitucional - Conhecendo a Constituição Federal de 1988 - Parte 1 - Objetivo: - Conhecer a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (CRFB/88);

Leia mais

Evolução da Disciplina. Direito Constitucional CONTEXTUALIZAÇÃO INSTRUMENTALIZAÇÃO

Evolução da Disciplina. Direito Constitucional CONTEXTUALIZAÇÃO INSTRUMENTALIZAÇÃO Evolução da Disciplina Direito Constitucional Aula 1: Evolução histórica das constituições brasileiras Aula 2: Princípios fundamentais Aula 3: Direitos e garantias fundamentais Prof. Silvano Alves Alcantara

Leia mais

Sumário. Apresentação Supremo Tribunal Federal: Entre A Soberania Popular e o Contramajoritarianismo? André Fellet CONSTITUIÇÃO E POLÍTICA

Sumário. Apresentação Supremo Tribunal Federal: Entre A Soberania Popular e o Contramajoritarianismo? André Fellet CONSTITUIÇÃO E POLÍTICA Sumário Apresentação Supremo Tribunal Federal: Entre A Soberania Popular e o Contramajoritarianismo?... 15 André Fellet CONSTITUIÇÃO E POLÍTICA 1. Direitos Fundamentais, Democracia e Claúsulas Pétreas

Leia mais

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii Nota, xi Nota à 9a edição, xiii 1 Direito Administrativo, 1 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo, 1 1.2 Ramo do direito público, 3 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo,

Leia mais

HERMENÊUTICA JURÍDICA: Alguns aspectos relevantes da hermenêutica constitucional.

HERMENÊUTICA JURÍDICA: Alguns aspectos relevantes da hermenêutica constitucional. 23 HERMENÊUTICA JURÍDICA: Alguns aspectos relevantes da hermenêutica constitucional. Renata Coelho Padilha Gera Juíza Federal Substituta no Espírito Santo; Mestre em Direito Constitucional; Especialista

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL. a DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS

DIREITO CONSTITUCIONAL. a DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS a 1 SUMÁRIO I. Constituição e Constitucionalismo... 003 II. Poder Constituinte... 008 III. Princípios Fundamentais... 011 IV. Os Direitos e Garantias Fundamentais... 013 V. Da Organização do Estado...

Leia mais