É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo."

Transcrição

1 AGRAVO EM EXECUÇÃO É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo. Uma vez que a Lei de Execução Penal não faz nenhuma referência ao procedimento a ser seguido pelo agravo, este segue o procedimento adotado para o recurso em sentido estrito. Aliás, de acordo com a previsão do artigo 2º, caput da LEP, adota-se subsidiariamente o CPP quando a LEP for omissa. De acordo com o artigo 586 do CPP combinado com a Súmula 700 do STF, o prazo para interposição do agravo é de cinco dias, a contar da ciência da decisão e de dois dias para a apresentação das razões, conforme previsão do artigo 588 do CPP. A petição de interposição será endereçada ao Juiz da Execução Criminal podendo vir acompanhada das razões, ou apresentar as razões do agravo em execução no prazo de 2 dias, conforme regulamenta o art. 588 do CPP. Ato contínuo será aberto vista dos autos ao recorrido por igual prazo, para a apresentação de suas contra-razões. Após a resposta do agravado ou sem ela, o agravo será concluso ao Juiz que, dentro de dois dias, reformará ou sustentará sua decisão. O recurso de agravo em execução em razão do efeito devolutivo inverso ou iterativo submete-se ao juízo de retratação, conforme disciplina o art.589 do CPP. Da decisão que não recebe o agravo ou que denega seguimento caberá a interposição de Carta Testemunhável, no prazo de 48 horas, nos termos dos artigos 639 e seguintes do Código de Processo Penal. Terminologia: AGRAVANTE pessoa que recorre da decisão judicial. AGRAVADO pessoa que figura como recorrido. VERBOS - interpor (interposição) / oferecer (razões)

2 MODELO DE INTERPOSIÇÃO DE AGRAVO EM EXECUÇÃO Prática Jurídica I Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da... Vara das Execuções Criminais da comarca de......, já qualificado nos autos do processo de execução número..., por seu advogado que esta subscreve, não se conformando com a respeitável decisão de folhas..., que... (preencher com a decisão recorrida), vem, respeitosamente à presença de Vossa Excelência interpor o presente AGRAVO EM EXECUÇÃO, com fundamento no artigo 197 da Lei número 7.210/84 Lei de Execução Penal, pelas razões a seguir aduzidas. Caso Vossa Excelência entenda que deva manter a respeitável decisão agravada, requer seja o presente recurso devidamente processado e encaminhado ao Tribunal... (de Justiça ou Regional Federal). Termos em que, Pede deferimento.

3 RAZÕES DE AGRAVO EM EXECUÇÃO AGRAVANTE:... AGRAVADO:... Processo de execução número... MODELO DE RAZÕES DE AGRAVO E EXECUÇÃO Egrégio Tribunal... (de Justiça ou Regional Federal); Colenda Câmara (ou Turma se for TRF); Ínclitos Julgadores; Em que pese o brilhantismo do Meritíssimo Juiz a quo, não agiu com o costumeiro acerto quando... (preencher com a decisão recorrida), impondo-se a reforma da respeitável decisão pelas razões que passa a expor. DOS FATOS Narrar os acontecimentos contidos no problema, sem inventar nenhum dado. Também não é aconselhável copiar o problema. DO DIREITO A defesa, segura do conhecimento de Vossa Excelência, vem aduzir os argumentos que demonstram a... (preencher com a tese) e que, por conseqüência, impedem que a decisão ora recorrida possa prosperar, senão vejamos. que a decisão deve ser alterada). Com efeito,... (desenvolver a argumentação, demonstrando Nesse sentido, cumpre-nos mencionar a lição de... (copiar trecho de doutrina, mencionando o nome do doutrinador; ao final, não se esquecer de citar a bibliografia). (copiar jurisprudência). Outra não é a posição da jurisprudência dominante:... DO PEDIDO Diante do exposto, requer seja dado provimento ao presente recurso, a fim de que, reformando-se a decisão recorrida,... (preencher com o pedido referente ao caso), como medida de Justiça.

4 MODELO DE PETIÇÃO DE JUNTADA DE CONTRA-RAZÕES DE AGRAVO EM EXECUÇÃO Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da... Vara das Execuções Criminais da comarca de......, já qualificado nos autos do processo de execução número..., por seu advogado que esta subscreve, não se conformando com o recurso interposto pela acusação, vem, respeitosamente à presença de Vossa Excelência, requerer a juntada das suas CONTRA-RAZÕES DE AGRAVO EM EXECUÇÃO, pleiteando que a respeitável decisão proferida em favor do agravado seja mantida. Caso Vossa Excelência entenda que deva reformar a respeitável decisão agravada, requer o encaminhamento das presentes ao Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (ou Tribunal Regional Federal da 3ª Região). Termos em que, Pede deferimento.

5 MODELO DE CONTRA-RAZÕES DE AGRAVO EM EXECUÇÃO CONTRA-RAZÕES DE AGRAVO EM EXECUÇÃO AGRAVANTE:... AGRAVADO:... Processo de execução número... Egrégio Tribunal... (de Justiça ou Regional Federal) Colenda Câmara (ou Turma se for TRF); Ínclitos Julgadores; Não se conformando com o recurso interposto contra a respeitável decisão proferida em favor do agravado, vem apresentar CONTRA-RAZÕES, aguardando, ao final, se dignem Vossas Excelências em mantê-la, pelas razões a seguir aduzidas. DOS FATOS Narrar os acontecimentos contidos no problema, sem inventar nenhum dado. Também não é aconselhável copiar o problema. DO DIREITO A defesa, segura do conhecimento de Vossa Excelência, vem aduzir os argumentos que demonstram a... (preencher com a tese) e que, por conseqüência, impedem que a decisão agravada seja reformada, senão vejamos. porque a decisão merece ser mantida). Com efeito,... (desenvolver a argumentação, demonstrando Nesse sentido, cumpre-nos mencionar a lição de... (copiar trecho de doutrina, mencionando o nome do doutrinador; ao final, não se esquecer de citar a bibliografia). (copiar jurisprudência). Outra não é a posição da jurisprudência dominante:... DO PEDIDO Diante do exposto, requer seja negado provimento ao recurso interposto, devendo ser mantida a respeitável decisão proferida em favor do agravado, como medida de justiça.

6 PROBLEMA 1 Márcio, brasileiro, solteiro, pedreiro, atualmente recluso no Centro de Readaptação Penitenciária de Presidente Bernardes SP, foi condenado, pelo juiz da 2.a Vara Criminal de São Paulo SP, a 8 anos de reclusão, em regime fechado, pela prática do crime previsto no art. 157, 2.º, incisos I e II. Recentemente, progrediu ao regime semi-aberto, razão pela qual ainda não faz jus à progressão ao regime aberto. Márcio, que já cumpriu 5 anos do total da pena, tem profissão certa e definida e está trabalhando, com carteira assinada, como pedreiro, demonstra intenção de fixar residência na Colônia Agrícola Águas Lindas, lote 1, Guará DF, em companhia de seus pais, bem como de constituir uma família tão logo seja colocado em liberdade. Em razão disso, por meio da defensoria pública, pleiteou ao juízo competente a concessão do livramento condicional. O juiz indeferiu o pedido de livramento condicional, visto que, no relatório carcerário expedido pelo diretor daquele estabelecimento prisional, consta uma tentativa de fuga em 22/4/2006, na qual Márcio estivera envolvido. Entretanto, no mesmo relatório, a autoridade carcerária informa que, atualmente, o detento, não reincidente em crime doloso, ostenta bom comportamento e exerce trabalho externo. Considerando a situação hipotética descrita, formule, na condição de advogado(a) contratado(a) por Márcio, a peça diversa de habeas corpus que deve ser apresentada no processo. PROBLEMA 2 facultativo João, definitivamente condenado, estava cumprindo pena privativa de liberdade em regime aberto. Foi acusado, em novo processo, ainda não sentenciado, de roubo qualificado pelo emprego de arma e concurso de agentes. Chegando ao conhecimento do Juiz das Execuções Criminais a existência deste processo, ele revogou imediatamente, de ofício, o regime aberto e determinou a regressão de João para regime fechado. João foi intimado da decisão no dia , e, no mesmo dia, deu ciência ao seu advogado. QUESTÃO: Como advogado de João, redija a peça processual mais adequada à sua defesa.

OAB 2ª Fase de Direito Penal Penal Agravo em Execução Emerson Castelo Branco

OAB 2ª Fase de Direito Penal Penal Agravo em Execução Emerson Castelo Branco OAB 2ª Fase de Direito Penal Penal Agravo em Execução Emerson Castelo Branco 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 3. AGRAVO EM EXECUÇÃO 3. 1 HIPÓTESES DE CABIMENTO

Leia mais

Agravo em execução. A) Problema modelo nº 01 (Agravo em execução)

Agravo em execução. A) Problema modelo nº 01 (Agravo em execução) Aula 09 Agravo em execução A) Problema modelo nº 01 (Agravo em execução) Alberto Ramos foi processado e finalmente condenado por violação do artigo 33, caput, da Lei 11.343/06, tendo o magistrado competente

Leia mais

Prática Jurídica Penal 1º Semestre de 2012

Prática Jurídica Penal 1º Semestre de 2012 PROBLEMA: Em 5/9/2011, Felisberto Farias foi condenado, pelo Juízo da 1.ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária de São Paulo, a pena de dois anos de reclusão e multa pela prática do crime previsto

Leia mais

O recurso em sentido estrito serve, via de regra, para impugnação de decisões interlocutórias proferidas pelo juiz singular.

O recurso em sentido estrito serve, via de regra, para impugnação de decisões interlocutórias proferidas pelo juiz singular. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO O recurso em sentido estrito serve, via de regra, para impugnação de decisões interlocutórias proferidas pelo juiz singular. O rol das decisões passíveis de recurso em sentido

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE... AGRAVO DE INSTRUMENTO... (nome completo), já devidamente qualificado no incluso instrumento de mandato,

Leia mais

Ponto 1. Luciano foi denunciado por ter, no dia 5 de junho de 2006, por volta das 00 h 30 min, em frente

Ponto 1. Luciano foi denunciado por ter, no dia 5 de junho de 2006, por volta das 00 h 30 min, em frente DIREITO PENAL PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 Luciano foi denunciado por ter, no dia 5 de junho de 2006, por volta das 00 h 30 min, em frente à Igreja São Judas Tadeu, no bairro Moema, São Paulo SP, desferido,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) DESEMBARGADOR(A) FEDERAL PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA REGIÃO

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) DESEMBARGADOR(A) FEDERAL PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA REGIÃO EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) DESEMBARGADOR(A) FEDERAL PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA REGIÃO Autos nº: Recorrente: Joaquim José da Silva Xavier Recorrido: União Federal Joaquim

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Recursos Criminais Agravo em Execução Prof. Gisela Esposel - O agravo é o instrumento hábil para atacar as decisões proferidas pelo juiz no curso do processo. - O agravo integra

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO CONSTITUCIONAL EM MANDADO DE SEGURANÇA

RECURSO ORDINÁRIO CONSTITUCIONAL EM MANDADO DE SEGURANÇA RECURSO ORDINÁRIO CONSTITUCIONAL EM MANDADO DE SEGURANÇA Em 20/1/2009, foi instaurado procedimento administrativo disciplinar, por portaria publicada no DOU, com descrição suficiente dos fatos, para apurar

Leia mais

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE CONCÓRDIA DO PARÁ EXCELENTÍSSIMA SENHORA JUÍZA DE DIREITO DA COMARCA DE CONCÓRDIA DO PARÁ

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE CONCÓRDIA DO PARÁ EXCELENTÍSSIMA SENHORA JUÍZA DE DIREITO DA COMARCA DE CONCÓRDIA DO PARÁ PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE CONCÓRDIA DO PARÁ EXCELENTÍSSIMA SENHORA JUÍZA DE DIREITO DA COMARCA DE CONCÓRDIA DO PARÁ Autos de Pedido de Progressão Penal Nº. 105.2006.2.000126-0 (apenso à Execução Criminal

Leia mais

Pós Penal e Processo Penal. Legale

Pós Penal e Processo Penal. Legale Pós Penal e Processo Penal Legale PRÁTICA Prática Caso: Após uma discussão, na porta de sua residência, com o vizinho João de Souza, José da Silva efetuou disparos de arma de fogo (a qual tinha o regular

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA... DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DE CIDADE..., ESTADO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA... DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DE CIDADE..., ESTADO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA... DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DE CIDADE..., ESTADO... AUTOS nº... MARTA..., nacionalidade..., estado civil..., profissão..., portadora da cédula

Leia mais

Parte II Prática. * Em regra as petições compõe-se de (cinco) partes, senão vejamos:

Parte II Prática. * Em regra as petições compõe-se de (cinco) partes, senão vejamos: Capítulo I - REDIGINDO UMA PETIÇÃO Parte II Prática * Dois fatores importantes na avaliação de uma petição (peça processual): - capacidade de solucionar juridicamente o problema proposto; - capacidade

Leia mais

Curso Esfera OAB / CONCURSOS

Curso Esfera OAB / CONCURSOS Curso Esfera OAB / CONCURSOS www.cursoesfera.com.br PROFª: MARIA INÊS GERARDO Site: www.mariainesgerardo.com.br Instagram: Maria Inês Gerardo Facebook: Maria Inês Gerardo (Profª Maria Inês) Fanpage: Maria

Leia mais

Prof. Rodrigo Capobianco

Prof. Rodrigo Capobianco Prof. Rodrigo Capobianco AÇÕES DE IMPUGNAÇÃO REVISÃO CRIMINAL A revisão criminal é uma ação de impugnação exclusiva da defesa Após o trânsito em julgado da sentença condenatória, o condenado por si só

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DO DISTRITO FEDERAL

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DO DISTRITO FEDERAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DO DISTRITO FEDERAL PROCESSO: 0034032-34.2011.807.0015 IZAQUIEL VERAS SANTOS, já devidamente qualificado nos autos, vem perante Vossa Excelência,

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática. Professor: Rodrigo J. Capobianco

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática. Professor: Rodrigo J. Capobianco PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática Professor: Rodrigo J. Capobianco PRÁTICA * Análise prévia de crimes contra a honra Honra Calúnia Difamação Injúria Queixa-Crime Queixa-Crime Quando

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ PROPOSTA 22 João utiliza todos os dias, para retornar do trabalho para sua casa, no Rio de Janeiro, o ônibus da linha A, operado por Ômega Transportes Rodoviários Ltda. Certo dia, o ônibus em que João

Leia mais

Prof. Darlan Barroso. Caso Prático 2ª Fase OAB abril 2018

Prof. Darlan Barroso. Caso Prático 2ª Fase OAB abril 2018 Prof. Darlan Barroso Caso Prático 2ª Fase OAB abril 2018 Antoninho, menor, propôs ação de alimentos em face de Antonio, que tramitou perante a 2ª Vara de Família de Campo Grande/MS. Na ação, foi preferida

Leia mais

RECURSOS CIVIS I- AGRAVO DE INSTRUMENTO 13/05/2018 1)INTRODUÇÃO. a) Atos do Juiz

RECURSOS CIVIS I- AGRAVO DE INSTRUMENTO 13/05/2018 1)INTRODUÇÃO. a) Atos do Juiz RECURSOS CIVIS RECURSOS CIVIS Aula 9 Temas: - AGRAVO DE INSTRUMENTO - RECURSO ORDINÁRIO Prof.: Denis Domingues Hermida I- AGRAVO DE INSTRUMENTO a) Atos do Juiz 1)INTRODUÇÃO - art. 203/CPC Sentença (põe-se

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!!

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! PETIÇÃO INICIAL ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! ENDEREÇAMENTO EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CPC QUALIFICAÇÃO

Leia mais

<CABBCBBCCADACABAADBCAADCBAACDBBAACDAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O

<CABBCBBCCADACABAADBCAADCBAACDBBAACDAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O EMENTA: AGRAVO EM EXECUÇÃO PENAL CONDENAÇÃO SUPERVENIENTE HOMOLOGAÇÃO DO ATESTADO DE PENA REGIME ABERTO INCONFORMISMO MINISTERIAL IMPOSIÇÃO DO REGIME SEMIABERTO

Leia mais

DLDT Nº (N CNJ: ) 2014/CRIME AGRAVO EM EXECUÇÃO. VISITA POR

DLDT Nº (N CNJ: ) 2014/CRIME AGRAVO EM EXECUÇÃO. VISITA POR AGRAVO EM EXECUÇÃO. VISITA POR COMPANHEIRA ADOLESCENTE. TRANSFERÊNCIA DE ESTABELECIMENTO PRISIONAL. - Com efeito, o art. 41, inc. X, da Lei de Execuções Penais, prevê o direito do preso de receber visitas

Leia mais

AGRAVO EM EXECUÇÃO. JUÍZO DA EXECUÇÃO DO TOTAL DA PENA EM REGIME FECHADO. DETENÇÃO E DE RECLUSÃO. CUMPRIMENTO DA

AGRAVO EM EXECUÇÃO. JUÍZO DA EXECUÇÃO DO TOTAL DA PENA EM REGIME FECHADO. DETENÇÃO E DE RECLUSÃO. CUMPRIMENTO DA AGRAVO EM EXECUÇÃO PENAL N 0002161-08.2018.8.16.0009, DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA (Vara de Execução de Penas de Réus ou Vítimas Femininas e de Medidas de Segurança).

Leia mais

AG Nº AG/M S P 102 A C Ó R D Ã O

AG Nº AG/M S P 102 A C Ó R D Ã O AG Nº. 70.058.084.393 AG/M 2.161 S 30.01.2014 P 102 AGRAVO DA EXECUÇÃO (ART. 197 DA LEP). PERMISSÃO PARA FREQUENTAR CULTOS RELIGIOSOS AO APENADO EM PRISÃO DOMICILIAR. No cotejo entre o interesse da administração

Leia mais

ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS

ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA XX VARA CRIMINAL DA COMARCA DE CURITIBA / PR. Pular 3 linhas Processo n Pular 10 linhas JORGE,

Leia mais

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal MEMORIAL DEFENSÓRIO DICA: O problema vai falar que trata-se de caso complexo ou com vários réus e o juiz deferiu os memoriais; Ou o problema vai falar que o Promotor de Justiça já apresentou a acusação;

Leia mais

CURSO DE DIREITO PROCESSUAL PENAL. Volume IV

CURSO DE DIREITO PROCESSUAL PENAL. Volume IV LEONIR BATISTI Professor de Direito Processual Penal na Escola da Magistratura-Londrina e Universidade Estadual de Londrina; Promotor de Justiça da Comarca de Londrina; Especializado em Metodologia do

Leia mais

CHECK LIST DAS PEÇAS PROCESSUAIS TRABALHISTAS

CHECK LIST DAS PEÇAS PROCESSUAIS TRABALHISTAS CHECK LIST DAS PEÇAS PROCESSUAIS TRABALHISTAS I - RECLAMAÇÃO TRABALHISTA a) Endereçamento: Juiz do Trabalho da Vara do Trabalho b) Qualificação do reclamante - 12 itens: 1.Nome, 2.nacionalidade, 3.estado

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Recursos Criminais Prof. Gisela Esposel 1) taxatividade dos recursos: os recursos dependem de previsão legal, de modo que o rol dos recursos e as hipóteses de cabimento configuram

Leia mais

Art Cabe agravo de instrumento contra as decisões interlocutórias que versarem sobre:

Art Cabe agravo de instrumento contra as decisões interlocutórias que versarem sobre: PUC-GOIÁS PRÁTICA JURÍDICA IV AS TURMA A01-2017-2 Professora: Leônia Machado Pimenta Bueno AGRAVOS - ORIENTAÇÕES No CPC/1973, existiam quatro agravos: agravo de instrumento, agravo retido, agravo regimental

Leia mais

Nesses termos, pede deferimento. Local e data. Advogado... OAB...

Nesses termos, pede deferimento. Local e data. Advogado... OAB... PROPOSTA APELAÇÃO Em janeiro de 2011, Antonio da Silva Júnior, 7 anos, voltava da escola para casa, caminhando por uma estrada de terra da região rural onde morava, quando foi atingindo pelo coice de um

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2018.0000472375 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Em Sentido Estrito nº 0092099-19.2012.8.26.0050, da Comarca de, em que é recorrente MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO

Leia mais

RECURSOS EM GERAL.

RECURSOS EM GERAL. RECURSOS EM GERAL www.trilhante.com.br ÍNDICE 1. DISPOSIÇÕES GERAIS... 4 2. RECURSOS EM SENTIDO ESTRITO (RESE)...8 3. JULGAMENTO DOS RECURSOS...11 4. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO...15 5. REVISÃO CRIMINAL...

Leia mais

Introdução - Prática Penal IV Revisão Criminal. Aula 1

Introdução - Prática Penal IV Revisão Criminal. Aula 1 Introdução - Prática Penal IV Revisão Criminal Aula 1 PRÁTICA PENAL IV CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Bibliografia da Ementa INTRODUÇÃO AO TEMA A revisão criminal é instrumento processual que pode ser utilizado

Leia mais

REQUERIMENTO JUDICIAL SIMPLES

REQUERIMENTO JUDICIAL SIMPLES REQUERIMENTO JUDICIAL SIMPLES O Requerimento Judicial é aquele feito ao magistrado por uma das partes, solicitando algo. Os Requerimentos Judicias Simples são por exemplo: - Petição de Juntada; - Rol de

Leia mais

AGRAVO EM EXECUÇÃO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL - REGIME DE EXCEÇÃO COMARCA DE JAGUARÃO

AGRAVO EM EXECUÇÃO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL - REGIME DE EXCEÇÃO COMARCA DE JAGUARÃO AGRAVO EM EXECUÇÃO. PLEITO DE REMIÇÃO DE PENA. FAXINA NA PRÓPRIA CELA. INDEFERIMENTO. INSURGÊNCIA DEFENSIVA. Os serviços de limpeza prestados pelo agravante estão inseridos no rol de seus deveres, não

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0035.09.159819-9/001 Númeração 0255279- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Cássio Salomé Des.(a) Cássio Salomé 26/06/2014 04/07/2014 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

Comprova, ao final, o preparo recursal.

Comprova, ao final, o preparo recursal. MERITÍSSIMO JUIZ DE DIREITO DO QUARTO JUÍZO CÍVEL DA COMARCA DE UBERABA/MINAS GERAIS. Autos nº. Quarta Secretaria Cível Recurso de apelação BANCO XXXXX., já qualificado nos autos epigrafados da AÇÃO MONITÓRIA

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0694.10.004212-6/001 Númeração 1034476- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Júlio César Lorens Des.(a) Júlio César Lorens 24/05/2016 02/06/2016 EMENTA:

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

RECURSOS CRIMINAIS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RECURSOS RECURSOS RECURSOS RECURSOS RECURSOS

RECURSOS CRIMINAIS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RECURSOS RECURSOS RECURSOS RECURSOS RECURSOS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL CRIMINAIS Conceito Vem do latim recursos, é o oposto de processo (procedere caminhar para frente), significa caminho de volta, caminhar para trás. É o mecanismo processual destinado

Leia mais

: DESEMBARGADORA FEDERAL ASSUSETE MAGALHÃES

: DESEMBARGADORA FEDERAL ASSUSETE MAGALHÃES HABEAS CORPUS 200901000714451/DF RELATOR(A) IMPETRANTE IMPETRADO PACIENTE : DESEMBARGADORA FEDERAL ASSUSETE MAGALHÃES : JUIZO FEDERAL DA 10A VARA - DF RELATOR(A) : DESEMBARGADORA FEDERAL ASSUSETE MAGALHÃES

Leia mais

4ª CÂMARA CRIMINAL RECURSO DE AGRAVO EM EXECUÇÃO Nº DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DE FOZ DO IGUAÇU RECORRENTE: RECORRIDA:

4ª CÂMARA CRIMINAL RECURSO DE AGRAVO EM EXECUÇÃO Nº DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DE FOZ DO IGUAÇU RECORRENTE: RECORRIDA: 4ª CÂMARA CRIMINAL RECURSO DE AGRAVO EM EXECUÇÃO Nº 1.312.465-9 DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DE FOZ DO IGUAÇU RECORRENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ RECORRIDA: CRISTIANE SOUZA DIAS RELATOR:

Leia mais

Primeiro exercício de Recurso Ordinário

Primeiro exercício de Recurso Ordinário Primeiro exercício de Recurso Ordinário Em audiência de instrução realizada nos autos da reclamação trabalhista promovida por Genivalda da Silva em face da empresa Construíndo Construções Ltda, o Juiz

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000121642 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Execução Penal nº 7011793-70.2015.8.26.0071, da Comarca de Bauru, em que é agravante MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL E EM RECURSO EXTRAORDINÁRIO E EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL E EM RECURSO EXTRAORDINÁRIO E EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL E EM RECURSO EXTRAORDINÁRIO E EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA A palavra agravo significa prejuízo; dano sofrido; ofensa que se faz a alguém; afronta. O termo agravo independente de sua

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. fls. 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO., brasileiro, casado, advogado, portador da cédula de identidade RG nº 17.446.698-5 SSP-

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2016.0000188152 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Habeas Corpus nº 2051945-36.2016.8.26.0000, da Comarca de Mogi-Mirim, em que é impetrante BENEDICTO ANTONIO FRANCO SILVEIRA

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática aula 6. Professor: Rodrigo J. Capobianco

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática aula 6. Professor: Rodrigo J. Capobianco PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática aula 6 Professor: Rodrigo J. Capobianco CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO Devemos considerar que o (Lei 9.503/97) é muito mais que uma lei penal, trazendo

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Meios Autônomos de Impugnação Parte 2 Prof. Gisela Esposel - Da competência : artigo 624 e incisos do CPP - A competência para o julgamento da revisão criminal é sempre dos tribunais,

Leia mais

2º Simulado OAB XXVII Exame de Ordem

2º Simulado OAB XXVII Exame de Ordem 2º Simulado OAB XXVII Exame de Ordem Olá, pessoal! Este é nosso segundo simulado com correção em VÍDEO apenas. A correção do simulado será realizada hoje, dia 12.01.2019, às 14h, no Canal do Estratégia

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Quinta Câmara Criminal

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Quinta Câmara Criminal Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Quinta Câmara Criminal Agravo em Execução nº 0060927-73.2013.8.19.0000 Relator: Desembargador Paulo de Oliveira Lanzellotti Baldez Agravante:

Leia mais

18/03/2019 AULA 5 TUTELA DE URGÊNCIA ANTECEDENTE. Denis Domingues Hermida. Classificação das TUTELAS PROVISÓRIAS quanto ao MOMENTO DA CONCESSÃO

18/03/2019 AULA 5 TUTELA DE URGÊNCIA ANTECEDENTE. Denis Domingues Hermida. Classificação das TUTELAS PROVISÓRIAS quanto ao MOMENTO DA CONCESSÃO PROCESSO CIVIL V AULA 5 TUTELA DE URGÊNCIA Denis Domingues Hermida I INTRODUÇÃO Classificação das TUTELAS PROVISÓRIAS quanto ao MOMENTO DA CONCESSÃO INCIDENTE Na mesma peça processual Em que se formula

Leia mais

SUMÁRIO 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7

SUMÁRIO 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7 SUMÁRIO PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 1. Primeiro passo: identificar qual a peça ou instituto o caso concreto apresenta ou requer, 17 1.1. Peças práticas que podem ser requeridas a qualquer

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIZ ANTONIO DE GODOY (Presidente), RUI CASCALDI E FRANCISCO LOUREIRO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIZ ANTONIO DE GODOY (Presidente), RUI CASCALDI E FRANCISCO LOUREIRO. ACÓRDÃO Registro: 2015.0000618338 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo nº 2098098-64.2015.8.26.0000/50000, da Comarca de, em que são agravantes KAUAN ANDRADE DOS SANTOS e KAUE ANDRADE DOS

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática. Professor: Rodrigo J. Capobianco

PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática. Professor: Rodrigo J. Capobianco PÓS GRADUAÇÃO PENAL E PROCESSO PENAL Legislação e Prática Professor: Rodrigo J. Capobianco TESES DE DEFESA 1. Teses de Defesa - Estrutura 1) Falta de Justa Causa (mérito) 2) Nulidade 3) Extinção da Punibilidade

Leia mais

Agravante: MINISTÉRIO PÚBLICO Agravado: FLÁVIO RODRIGUES SILVA Relator: DES. ANTONIO JOSÉ FERREIRA CARVALHO

Agravante: MINISTÉRIO PÚBLICO Agravado: FLÁVIO RODRIGUES SILVA Relator: DES. ANTONIO JOSÉ FERREIRA CARVALHO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 2ª CÂMARA CRIMINAL Agravante: MINISTÉRIO PÚBLICO Agravado: FLÁVIO RODRIGUES SILVA Relator: DES. ANTONIO JOSÉ FERREIRA CARVALHO EMENTA: AGRAVO EM EXECUÇÃO PENAL IRRESIGNAÇÃO DO PARQUET

Leia mais

Na aula anterior (aula 18), indagou-se: É possível liminar em HC? A resposta é positiva ( o assunto é pacífico nos tribunais ).

Na aula anterior (aula 18), indagou-se: É possível liminar em HC? A resposta é positiva ( o assunto é pacífico nos tribunais ). Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo Penal / Aula 19 (em 19/09/14) Professora: Elisa Pittaro Conteúdo: (cont. questões polêmicas) Habeas Corpus. Execução penal Monitor: Joanes HC - Habeas

Leia mais

ROTEIRO REVISÃO. Prof. Nidal Ahmad

ROTEIRO REVISÃO. Prof. Nidal Ahmad ROTEIRO REVISÃO Prof. Nidal Ahmad 1) RELAXAMENTO DE PRISÃO I) BASE LEGAL: art. 310, inciso I, CPP e art. 5º, LXV da Constituição Federal/88 II) CONTEÚDO: A) DA ILEGALIDADE MATERIAL Exemplos: * Ausência

Leia mais

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO 1)Cabe recurso de apelação das decisões em que a) julgarem procedentes as exceções, salvo a de suspeição b) decretar a prescrição ou julgar, por outro modo, extinta

Leia mais

PRINCIPAIS PEÇAS PENAIS

PRINCIPAIS PEÇAS PENAIS PRINCIPAIS PEÇAS PENAIS QUEIXA CRIME CABIMENTO FUNDAMENTO LEGAL ENDEREÇAMENTO PRAZO PEDIDOS AÇÃO PENAL PRIVADA AÇÃO PENAL PRIVADA SUBSIDIÁRIA DA PÚBLICA ART. 30 E 41, CPP SÓ PODE SER OFERECIDA A UM JUIZ

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2016.0000030787 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Em Sentido Estrito nº 0040311-92.2014.8.26.0050, da Comarca de, em que é recorrente MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO

Leia mais

Processo n

Processo n EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA 4ª VARA DO TRABALHO DE NOVO HAMBURGO/RS. Processo n 0000387-23.2012.5.04.0304 ODEUM EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO DE ARTEFATOS DE COURO LTDA., já qualificado

Leia mais

Conclusão Peças de informação e outros procedimentos investigatórios

Conclusão Peças de informação e outros procedimentos investigatórios Sumário 1 A REDAÇÃO JURÍDICA 1.1 A nova redação jurídica 1.2 Síntese, clareza e objetividade 1.3 Orações intercaladas 1.4 Introdução, desenvolvimento e conclusão 1.5 Redação impessoal 1.6 Copiar e colar

Leia mais

07ª Vara Federal de Execução Fiscal do Rio de Janeiro ( ) E M E N T A

07ª Vara Federal de Execução Fiscal do Rio de Janeiro ( ) E M E N T A Agravo de Instrumento - Turma Espec. II - Tributário Nº CNJ : 0002655-25.2015.4.02.0000 (2015.00.00.002655-0) RELATOR : Desembargador Federal FERREIRA NEVES AGRAVANTE : COLEGIO CASTRO E SILVA LTDA ADVOGADO

Leia mais

Pratica Civil Especial 9 e 10º semestre AULA 1

Pratica Civil Especial 9 e 10º semestre AULA 1 AULA 1 ORIENTAÇÕES INICIAIS PARA A ELABORAÇÃO DAS PEÇAS Cuidados com o vernáculo a) Usar linguajar jurídico e demonstrar técnica profissional, pois é isso que o exame exige. Esta técnica se demonstra expondo

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário RECURSO ORDINÁRIO Conceito: Os recursos ordinários são os recursos cabíveis para impugnar decisões havidas nos casos previstos no art. 1.027 do CPC. Apesar de serem julgados pelo Supremo Tribunal Federal

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Recursos Criminais Parte 2 Prof. Gisela Esposel O alistamento dos jurados está previsto no artigo 425 e 426 do CPP. A lista é publicada pela imprensa até o dia 10 de outubro de

Leia mais

Resolução CSDP 10/2012

Resolução CSDP 10/2012 Resolução CSDP 10/2012 que atuam na área criminal. Disciplina as atribuições dos membros da Defensoria Pública do Estado de Alagoas O DA DEFENSORIA PÚBLICA, no uso da sua atribuição prevista no artigo

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais O documento a seguir foi juntado aos autos do processo de número 0602127-60.2018.6.13.0000 em 15/08/2018 18:18:47

Leia mais

PROVISÓRIA É PRECISO QUE O CANDIDATO ANALISE SE A PRISÃO EM FLAGRANTE FOI OU

PROVISÓRIA É PRECISO QUE O CANDIDATO ANALISE SE A PRISÃO EM FLAGRANTE FOI OU 1 RELAXAMENTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE E LIBERDADE PROVISÓRIA PARA SABER SE É CASO DE PLEITEAR O RELAXAMENTO DO FLAGRANTE OU LIBERDADE PROVISÓRIA É PRECISO QUE O CANDIDATO ANALISE SE A PRISÃO EM FLAGRANTE

Leia mais

DA expedição da guia de recolhimento

DA expedição da guia de recolhimento PROVIMENTO Nº. 02/2007 Dispõe sobre a execução de penas privativas de liberdade na Região Metropolitana de Belém. A Excelentíssima Senhora Desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento Corregedora Geral

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

<CABBCBBCCADACABACBBCDAAADCDAABDAABCAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O

<CABBCBBCCADACABACBBCDAAADCDAABDAABCAA DDADAAAD> A C Ó R D Ã O EMENTA: AGRAVO DE EXECUÇÃO PENAL REMIÇÃO POR ESTUDO PRESCINDIBILIDADE DE COMPROVAÇÃO DE BOM APROVEITAMENTO. - Diante da ausência de disposição legal acerca

Leia mais

Trata-se de recurso de agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo interposto por Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Paraná

Trata-se de recurso de agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo interposto por Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Paraná AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1506259-8, DA 4ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA-PR Agravante: AGÊNCIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ ADAPAR/PR Agravado: RUDMAR

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2015.0000839537 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Execução Penal nº 7008499-10.2015.8.26.0071, da Comarca de Bauru, em que é agravante GEORGE BRITO, é agravado MINISTÉRIO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0035.13.000076-9/001 Númeração 0427799- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Silas Vieira Des.(a) Silas Vieira 01/10/2013 11/10/2013 EMENTA: AGRAVO EM

Leia mais

MODELO QUEIXA-CRIME. (especificar a Vara de acordo com o problema)

MODELO QUEIXA-CRIME. (especificar a Vara de acordo com o problema) Disciplina Processo Penal Aula 10 Professora Beatriz Abraão MODELO DE PETIÇÃO DE INTERPOSIÇÃO E RAZÕES DE APELAÇÃO EM CASO DE CONDENAÇÃO POR CRIME COMUM Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da...

Leia mais

Ementa: PROCESSUAL PENAL. RECLAMAÇÃO. AÇÃO PENAL PÚBLICA INCONDICIONADA. LESÃO CORPORAL /06 (ARTS. 12, I E 16). LEI MARIA DA PENHA.

Ementa: PROCESSUAL PENAL. RECLAMAÇÃO. AÇÃO PENAL PÚBLICA INCONDICIONADA. LESÃO CORPORAL /06 (ARTS. 12, I E 16). LEI MARIA DA PENHA. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Ementa: PROCESSUAL PENAL. RECLAMAÇÃO. AÇÃO PENAL PÚBLICA INCONDICIONADA. LESÃO CORPORAL CONTRA MULHER NO AMBIENTE DOMÉSTICO.

Leia mais

O recurso de apelação está previsto nos arts a do CPC/2015.

O recurso de apelação está previsto nos arts a do CPC/2015. APELAÇÃO RESUMO BASE LEGAL O recurso de apelação está previsto nos arts. 1.009 a 1.014 do CPC/2015. CABIMENTO A apelação é cabível contra sentença e decisão interlocutória não recorrível em separado (art.

Leia mais

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO ACIDENTÁRIO

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO ACIDENTÁRIO LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO ACIDENTÁRIO Recurso de Revista Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante e especializado em Direito Empresarial e Direito do

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Recursos Criminais Apelação Prof. Gisela Esposel - Previsão legal: artigo 593 a 603 do CPP Apelação - Apelação significa dirigir a palavra, do latim appellatio. Autoriza a revisão

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. MÓDULO II 1. Regras de competência 2. Procedimento 3. Pedidos 4. Recurso Ordinário Constitucional

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. MÓDULO II 1. Regras de competência 2. Procedimento 3. Pedidos 4. Recurso Ordinário Constitucional CONTEÚDO PROGRAMÁTICO MÓDULO II 1. Regras de competência 2. Procedimento 3. Pedidos 4. Recurso Ordinário Constitucional 1. REGRAS DE COMPETÊNCIA O habeas corpus deve ser interposto à autoridade judicial

Leia mais

Direito Processual Civil. Recurso Especial e Extraordinário

Direito Processual Civil. Recurso Especial e Extraordinário Direito Processual Civil Recurso Especial e Extraordinário Recurso Especial e Extraordinário Art. 1.029: O recurso extraordinário e o recurso especial, nos casos previstos na Constituição Federal, serão

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA

Leia mais

TERMO DE DISTRIBUIÇÃO COM CONCLUSÃO. Processo nº: Classe Assunto: Agravo de Instrumento - Locação de Imóvel

TERMO DE DISTRIBUIÇÃO COM CONCLUSÃO. Processo nº: Classe Assunto: Agravo de Instrumento - Locação de Imóvel fls. 392 SJ 1.2.4.2 - Serv. de Entrada e Distrib. de Feitos Originários de Dir. Privado 3 Pátio do Colégio, nº 73 - Sala 215 - CEP: 01016-040 TERMO DE DISTRIBUIÇÃO COM CONCLUSÃO Processo nº: 2094658-55.2018.8.26.0000

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0216.14.008448-6/002 Númeração 0109026- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Wanderley Paiva Des.(a) Wanderley Paiva 29/04/2015 06/05/2015 EMENTA:

Leia mais

Nº 4791/ ASJCRIM/SAJ/PGR. Execução Penal n. 1 Relator: Ministro Roberto Barroso Autor: Ministério Público Federal Sentenciado: José Genoíno Neto

Nº 4791/ ASJCRIM/SAJ/PGR. Execução Penal n. 1 Relator: Ministro Roberto Barroso Autor: Ministério Público Federal Sentenciado: José Genoíno Neto Nº 4791/2014 - ASJCRIM/SAJ/PGR Execução Penal n. 1 Relator: Ministro Roberto Barroso Autor: Ministério Público Federal Sentenciado: José Genoíno Neto PENAL. PROCESSO PENAL. EXECUÇÃO PENAL. PROGRES- SÃO

Leia mais

Outros artigos que você também possa se interessar:

Outros artigos que você também possa se interessar: Somos advogados com larga experiência no mundo jurídico e o nosso objetivo é lhe ajudar na advocacia através de informações atualizadas e confiáveis nos mais diversos temas do Direito. Para tanto, publicamos

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SR. PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO Processo número: Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, por meio

EXCELENTÍSSIMO SR. PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO Processo número: Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, por meio EXCELENTÍSSIMO SR. PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO Processo número: Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, perante Vossa Excelência, com fundamento

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal INDULTO OU COMUTAÇÃO NA EXECUÇÃO PENAL 3 DISTRITO FEDERAL RELATOR POLO PAS ADV.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :DELÚBIO SOARES DE CASTRO : CELSO SANCHEZ VILARDI E OUTRO(A/S) DECISÃO: EMENTA: EXECUÇÃO PENAL.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000093697 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0020885-65.2012.8.26.0050, da Comarca de São Paulo, em que é apelante MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N. A, devidamente qualificado, por seu advogado infra-assinado, nos autos do Recurso Especial

Leia mais

05/02/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES TERRITÓRIOS

05/02/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES TERRITÓRIOS Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR : MIN. GILMAR MENDES AGTE.(S) :ANDRE VICENTE DE OLIVEIRA ADV.(A/S) :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO DISTRITO FEDERAL E AGDO.(A/S) :MINISTÉRIO

Leia mais

EXMO. SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª. REGIÃO

EXMO. SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª. REGIÃO EXMO. SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª. REGIÃO Ref.: Autos n...., Vara única de......, brasileiro, solteiro, menor púbere, estudante, CI RG nº..., neste ato assistido

Leia mais

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) 99112-3636 - netobv@hotmail.com Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais ADMISSIBILIDADE Art. 994. São cabíveis os seguintes recursos:

Leia mais

Prática Processual Penal

Prática Processual Penal Material Teórico Prática Processual Penal Aula 1 Elementos fundamentais na prática penal; Elaboração da peça prática no processo penal. Conteudista Responsável: Prof. Ms. Wagner Antonio Alves cod PratProcessPenalCDSG1109_a01

Leia mais