RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário"

Transcrição

1 RECURSO ORDINÁRIO Conceito: Os recursos ordinários são os recursos cabíveis para impugnar decisões havidas nos casos previstos no art do CPC. Apesar de serem julgados pelo Supremo Tribunal Federal (art. 102, II, a da CR/88) ou pelo Superior Tribunal de Justiça (art. 105, II, a, da CR/88), os requisitos necessários para a sua interposição são àqueles previsto para qualquer outro recurso em geral, e não àqueles relativos aos Recursos Especiais ou Extraordinários (Art do CPC). 1

2 Conforme determina o art do CPC, os requisitos de admissibilidade e o procedimento no juízo de origem observarão as mesmas regras utilizadas para a apelação e o agravo. Na instância superior, observarão os regimentos internos do STF e STJ, dependendo da situação. Só as decisões coletivas dos tribunais é que desafiam a interposição de ; ou seja, ele não é cabível contra as decisões singulares de relatores e presidentes dos tribunais. Não importa a natureza da questão jurídica discutida no acórdão; deve observar, apenas, as hipóteses de cabimento. 2

3 Hipóteses de cabimento Será julgado pelo Supremo Tribunal Federal Quando denegatória a decisão decorrente de mandados de segurança, habeas data ou mandados de injunção decididos em única instância (matéria de competência originária) pelos Tribunais superiores (TST, TSE, STM e STJ). Será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça: Quando denegatória a decisão decorrente dos mandados de segurança decididos em única instância (matéria de competência originária) pelos Tribunais Regionais Federais ou pelos Tribunais dos Estados e do Distrito Federal e Territórios Causas em que tenham como partes, de um lado, Estado estrangeiro ou Organismo Internacional, e de outro, o Município ou Pessoa residente ou domiciliada no País. 3

4 A interposição do se faz no Tribunal de origem (a quo), em petição fundamentada com as razões que embasam o pedido Depende de preparo, quando for o caso Será debatida toda a matéria impugnada Via de regra terá efeito suspensivo, a não ser nos casos expressos em que a própria apelação não possui esse efeito Pode o relator julgá-lo monocraticamente (632, III a V) Regras de interposição: Art , incisos I e II, a e b Petição endereçado ao Tribunal de origem Contrarrazões em 15 dias Remessa ao Tribunal competente, independente de juízo de admissibilidade Aplicam-se as normas regimentais e Lei 8.038/90 Art , 1º Segue regras do agravo dos Arts a Aplicam-se as normas regimentais e Lei 8.038/90 4

5 Regimentos internos do STJ TÍTULO IX DOS RECURSOS CAPÍTULO I Dos Recursos Ordinários SEÇÃO I Do em Habeas Corpus Art O recurso ordinário em habeas corpus será interposto na forma e no prazo estabelecidos na legislação processual vigente. Art Distribuído o recurso, a Secretaria fará os autos com vista ao Ministério Público pelo prazo de dois dias. Parágrafo único. Conclusos os autos ao relator, este submeterá o feito a julgamento na primeira sessão que se seguir à data da conclusão. Art Será aplicado, no que couber, ao processo e julgamento do recurso, o disposto com relação ao pedido originário de habeas corpus (artigos 201 e seguintes). Regimentos internos do STJ SEÇÃO II Do em Mandado de Segurança Art Aplicam-se ao recurso ordinário em mandado de segurança, quanto aos requisitos de admissibilidade e ao procedimento no Tribunal recorrido, as regras do art do Código de Processo Civil. Art Distribuído o recurso, a Secretaria fará os autos com vista ao Ministério Público pelo prazo de cinco dias. Parágrafo único. Conclusos os autos ao relator, este pedirá dia para julgamento. 5

6 Regimentos internos do STJ SEÇÃO III Do em processos em que for parte estado estrangeiro Art Aplicam-se ao recurso ordinário, quanto aos requisitos de admissibilidade e ao procedimento no Juízo de origem, as normas do Código de Processo Civil relativas à apelação, no que couber. Art Distribuído o recurso ordinário, será aberta vista ao Ministério Público pelo prazo de vinte dias. Parágrafo único. Conclusos os autos ao relator, este pedirá dia para julgamento. Art O recurso ordinário não será incluído em pauta antes do agravo de instrumento interposto do mesmo processo. Regimentos internos do STF Capítulo II DOS RECURSOS CRIMINAIS Seção I DOS RECURSOS ORDINÁRIOS Art Caberá recurso ordinário para o Tribunal, no prazo de três dias (art. 565 do Código de Processo Penal Militar), de decisão de única ou de última instância da Justiça Militar, nos casos do art. 129, 1º e 2º, da Constituição. Art Recebido o recurso, abrir-se-á vista às partes, sucessivamente, por cinco dias, para o oferecimento de razões, na instância de origem (art. 566 do Código de Processo Penal Militar). Art Distribuído o recurso, a Secretaria, imediatamente, fará os autos com vista ao Procurador-Geral. Devolvidos e conclusos ao Relator, este pedirá dia para julgamento, no Plenário ou na Turma, conforme o caso. Parágrafo único. Na hipótese do art. 6º, III, c, lançado o relatório, passará os autos ao Revisor que pedirá dia para julgamento. Logo após, a Secretaria remeterá cópia do relatório aos Ministros. 6

7 Regimentos internos do STF Seção II DO RECURSO DE HABEAS CORPUS Art O recurso ordinário para o Tribunal, das decisões denegatórias de habeas corpus, será interposto no prazo de cinco dias, nos próprios autos em que se houver proferido a decisão recorrida, com as razões do pedido de reforma. Art Distribuído o recurso, a Secretaria, imediatamente, fará os autos com vista ao Procurador- Geral, pelo prazo de dois dias. Conclusos ao Relator, este submeterá o feito a julgamento do Plenário ou da Turma, conforme o caso. Art Aplicar-se-á, no que couber, ao processamento do recurso o disposto com relação ao pedido de habeas corpus. Lei 8.038/90 CAPÍTULO II em Habeas Corpus Art O recurso ordinário para o Superior Tribunal de Justiça, das decisões denegatórias de Habeas Corpus, proferidas pelos Tribunais Regionais Federais ou pelos Tribunais dos Estados e do Distrito Federal, será interposto no prazo de cinco dias, com as razões do pedido de reforma. Art Distribuído o recurso, a Secretaria, imediatamente, fará os autos com vista ao Ministério Público, pelo prazo de dois dias. Parágrafo único - Conclusos os autos ao relator, este submeterá o feito a julgamento independentemente de pauta. Art Será aplicado, no que couber, ao processo e julgamento do recurso, o disposto com relação ao pedido originário de Habeas Corpus. 7

8 Lei 8.038/90 em Mandado de Segurança Art O recurso ordinário para o Superior Tribunal de Justiça, das decisões denegatórias de mandado de segurança, proferidas em única instância pelos Tribunais Regionais Federais ou pelos Tribunais de Estados e do Distrito Federal, será interposto no prazo de quinze dias, com as razões do pedido de reforma. Art Serão aplicadas, quanto aos requisitos de admissibilidade e ao procedimento no Tribunal recorrido, as regras do Código de Processo Civil relativas à apelação. Art Distribuído o recurso, a Secretaria, imediatamente, fará os autos com vista ao Ministério Público, pelo prazo de cinco dias. Parágrafo único - Conclusos os autos ao relator, este pedirá dia para julgamento. 8

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Artigos 1.022 a 1.026 do Código de Processo Civil 1. Conceito Os embargos declaratórios são opostos contra qualquer decisão que contenha obscuridade, omissão,

Leia mais

Aula 12. Art Compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, cabendo-lhe:

Aula 12. Art Compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, cabendo-lhe: Turma e Ano: Curso de Direito Processual Civil 2015 módulo B Matéria / Aula: ROC/RESP Aula 12 Professor: Edward Carlyle (Juiz Federal) Monitor: Lino Ribeiro Aula 12 RECURSO ORDINÁRIO CONSTITUCIONAL A palavra

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.215.895 - MT (2010/0183418-1) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : ESTADO DE MATO GROSSO PROCURADOR : ANA CRISTINA COSTA DE ALMEIDA B TEIXEIRA E OUTRO(S) RECORRIDO : TRANSPORTES

Leia mais

LEI Nº 8.038, DE 28 DE MAIO DE 1990.

LEI Nº 8.038, DE 28 DE MAIO DE 1990. LEI Nº 8.038, DE 28 DE MAIO DE 1990. Institui normas procedimentais para os processos que especifica, perante o Superior Tribunal de Justiça e o Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço

Leia mais

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo.

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo. DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS DO NCPC NOS PROCESSOS EM CURSO NO JEF Dra. Fiorella Ignacio Bartalo fiorella@aasp.org.br Artigo 985: Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Julgado o incidente, a tese jurídica

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO O Recurso Especial é interposto contra acórdão que desrespeita matéria infraconstitucional. O Recurso Extraordinário, contra acórdão que violar a Constituição Federal.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MANDADO DE SEGURANÇA 33.121 SÃO PAULO RELATORA IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :DONISETE GIMENES ANGELO :ELIANE MARTINS DE OLIVEIRA :PRESIDENTE DA 2ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS

Leia mais

Recurso Especial. Superior Tribunal de Justiça - STJ

Recurso Especial. Superior Tribunal de Justiça - STJ Recurso Especial Superior Tribunal de Justiça - STJ Recurso especial Fonte: Portal do Supremo Tribunal Federal www.stf.jus.br. Descrição do Verbete: Recurso ao Superior Tribunal de Justiça, de caráter

Leia mais

TEORIA GERAL DOS RECURSOS

TEORIA GERAL DOS RECURSOS TEORIA GERAL DOS RECURSOS FUNDAMENTO, CONCEITO E NATUREZA JURIDICA Fundamentos: A necessidade psicológica do vencido irresignação natural da parte A falibidade humana do julgador Razões históricas do próprio

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.511.655 - MG (2014/0298242-0) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RECORRIDO : BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO ADVOGADO : SEM REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Sumário RECURSOS CÍVEIS

Sumário RECURSOS CÍVEIS Sumário RECURSOS CÍVEIS 1. Conceito de recurso......................... 25 2. Recurso adesivo (art. 500 do CPC).......... 29 3. Recurso adesivo (art. 500 do CPC)- (Modelo 2)................. 32 4. Desistência

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESTÁCIO-CERS DIREITO PROCESSUAL CIVIL Prof. André Mota deomotaadv@yahoo.com.br (F) Professor André Mota (IG) @profandremota.am (TW) profandremota TEORIA GERAL DOS RECURSOS 1. DEFINIÇÃO

Leia mais

TÍTULO I DO RECURSO ESPECIAL

TÍTULO I DO RECURSO ESPECIAL ÍNDICE SISTEMÁTICO Obras do Autor... XIII Abreviaturas e Siglas Usadas... XV Apresentação da 7ª edição... XVII Exposição Preliminar... 1 TÍTULO I DO RECURSO ESPECIAL Capítulo I Dos Recursos e seu Desdobramento

Leia mais

RECURSO DE APELAÇÃO. Pode ser interposto contra qualquer sentença, seja ou não de mérito;

RECURSO DE APELAÇÃO. Pode ser interposto contra qualquer sentença, seja ou não de mérito; RECURSO DE APELAÇÃO O recurso de apelação é a modalidade recursal mais importante no sistema jurídico brasileiro. Através dele se atua o princípio do duplo grau de jurisdição. O Código de Processo Civil

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Diário da Justiça de 01/06/2007 15/05/2007 PRIMEIRA TURMA RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI AGRAVANTE(S) : JOSÉ BERNARDO RAMIRES CARAVELAS E ADVOGADO(A/S) : EDUARDO JERONIMO PERES E AGRAVADO(A/S) : CARMELINA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO GABINETE DA VICE-PRESIDÊNCIA PORTARIA Nº 02/2009-GVP

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO GABINETE DA VICE-PRESIDÊNCIA PORTARIA Nº 02/2009-GVP PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO GABINETE DA VICE-PRESIDÊNCIA PORTARIA Nº 02/2009-GVP EMENTA: Edita Enunciados, com as respectivas justificativas, a fim de orientar e uniformizar

Leia mais

Teoria Geral do Processo

Teoria Geral do Processo Arno Melo Schlichting Teoria Geral do Processo Concreta - Objetiva - Atual Livro 2 3 a Edição SUMÁRIO Apresentação 9 Identificação 11 Natureza... 13 Objetivo... 13 1 Teoria Geral das Ações 15 1.1 Ação,

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS. Capítulo I Teoria geral dos recursos Modalidades recursais e competência legislativa...

SUMÁRIO. Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS. Capítulo I Teoria geral dos recursos Modalidades recursais e competência legislativa... SIGLAS... 25 INTRODUÇÃO... 27 Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS Capítulo I Teoria geral dos recursos... 31 1. Introdução e conceito... 31 2. Modalidades recursais e competência legislativa... 32 3. Características...

Leia mais

SUMÁRIO. Direito_Constitucional_2aFaseOAB_3ed.indb 7 04/11/ :41:40

SUMÁRIO. Direito_Constitucional_2aFaseOAB_3ed.indb 7 04/11/ :41:40 SUMÁRIO 1. RAIO-X DA OAB 2ª FASE CONSTITUCIONAL... 15 1.1. Breve introdução... 15 1.2. Peças práticas... 15 1.3. Questões dissertativas... 19 1.4. Leitura programada... 21 2. PETIÇÃO INICIAL... 25 2.1.

Leia mais

APOSTILA DE RECURSOS EM ESPÉCIE. Recurso de Apelação Agravo de instrumento Embargos Infringentes do art. 34 da Lei 6830/80. falsidade documental;

APOSTILA DE RECURSOS EM ESPÉCIE. Recurso de Apelação Agravo de instrumento Embargos Infringentes do art. 34 da Lei 6830/80. falsidade documental; 1 APOSTILA DE RECURSOS EM ESPÉCIE a) Apelação: Cabível tanto contra sentença de mérito como contra sentença terminativa (que acolhe questões processuais). Nos Juizados, embora seja usual utilizar o termo

Leia mais

PROVA UNIFICADA II UNIDADE. 01) Em relação ao tema Recursos da competência dos tribunais superiores, escolha a alternativa VERDADEIRA:

PROVA UNIFICADA II UNIDADE. 01) Em relação ao tema Recursos da competência dos tribunais superiores, escolha a alternativa VERDADEIRA: CURSO: BACHARELADO EM DIREITO DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL II CÓD. DISCIPLINA: 305613 PROFESSOR (A): CLÍSTENES BEZERRA DE HOLANDA PERÍODO DA DISCIPLINA: 6º PERÍODO TURNO: MANHÃ SEMESTRE: 2016.2

Leia mais

RECURSOS TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ

RECURSOS TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ Efeitos dos recursos Conceito- é a forma pela qual a parte pode obter o reexame de uma decisão. Efeitos: Devolutivo- é inerente a todos recurso. Suspensivo- suspende os efeitos

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 09/11/2016

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 09/11/2016 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ Atualizado em 09/11/2016 RESOLUÇÃO STJ/GP N. 1 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2016. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno dos autos no âmbito

Leia mais

Questão 1 (FCC TJ-PE - Técnico Judiciário - Área Judiciária - e Administrativa)

Questão 1 (FCC TJ-PE - Técnico Judiciário - Área Judiciária - e Administrativa) CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 10 RECURSOS. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo módulo. No módulo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO STJ N. 4 DE 1º DE FEVEREIRO DE 2013. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno de autos no âmbito do Superior Tribunal de Justiça. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL

Leia mais

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - STF

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - STF SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - STF Atualizado em 09/11/2016 RESOLUÇÃO Nº 581, DE 8 DE JUNHO DE 2016 Dispõe sobre as Tabelas de Custas e a Tabela de Porte de Remessa e Retorno dos Autos e dá outras providências.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 831.699 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :EDVALDO BORGES DE ARAÚJO ADV.(A/S) :ANTONIO DANIEL CUNHA RODRIGUES DE SOUZA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :CELIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 21.205 - SP (2006/0009180-5) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI IMPETRADO : JUIZ FEDERAL DA 13A VARA CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO EMENTA PROCESSUAL

Leia mais

Quesito avaliado. 5. Fundamentos: Cabimento do recurso: art. 102, III, a e foi interposto tempestivamente (art. 508 do CPC) (0,30);

Quesito avaliado. 5. Fundamentos: Cabimento do recurso: art. 102, III, a e foi interposto tempestivamente (art. 508 do CPC) (0,30); Peça prática Foi proposta uma ação direta de inconstitucionalidade pelo prefeito de um município do Estado X. O Tribunal de Justiça do Estado X julgou tal ação improcedente, tendo o acórdão declarado constitucional

Leia mais

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Olá pessoal! A prova do TRT/ES está próxima então vamos dar continuidade a nossa aula de recursos no processo do trabalho. Hoje a nossa aula será sobre recursos em espécie

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 11 23/02/2016 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NA RECLAMAÇÃO 17.222 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO AGTE.(S) :ESPÓLIO DE ALVIR JASKO ADV.(A/S)

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Revisão Criminal Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal REVISÃO CRIMINAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL CAPÍTULO III DO PODER JUDICIÁRIO Seção

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS RECURSO DE APELAÇÃO Artigos 1.009 a 1.014 do Código de Processo Civil 1. Recurso de Apelação Conceito Cabe recurso de apelação contra a sentença do juiz que põe fim à fase

Leia mais

23/09/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

23/09/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 7 23/09/2016 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 972.904 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Nº 25.662/CS HABEAS CORPUS N. 135.921 SANTA CATARINA IMPETRANTE: EUNICE ANISETE DE SOUZA TRAJANO E OUTRO(A/S) PACIENTE: PEDRO FERNANDES GUERREIRO JUNIOR COATOR: SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RELATORA: MINISTRA

Leia mais

28/10/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI MARÍLIA

28/10/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI MARÍLIA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 28/10/2016 SEGUNDA TURMA EMB.DECL. NOS EMB.DECL. NO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 927.136 DISTRITO FEDERAL RELATOR EMBTE.(S) INTDO.(A/S)

Leia mais

ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL

ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL ENUNCIADOS ASSESSORIA CÍVEL O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o que consta nos autos do procedimento MPRJ nº 201100985004, FAZ SABER aos Membros do Ministério

Leia mais

28/05/2015 PLENÁRIO : MINISTRO PRESIDENTE

28/05/2015 PLENÁRIO : MINISTRO PRESIDENTE Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :BRASIL TELECOM S/A : SANDRA REGINA RODRIGUES E OUTRO(A/S) : JIRO UGUMA E OUTRO(A/S) :VILMA THOMAL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 05/04/2016 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 940.470 BAHIA RELATORA AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 51.579 - SP (2016/0192832-6) RELATORA : MINISTRA REGINA HELENA COSTA RECORRENTE : DIONEL JOSE FERREIRA DE MELLO ADVOGADO : PAULO LOPES DE ORNELLAS E OUTRO(S) - SP103484

Leia mais

Recurso ordinário1 1. Conceito e cabimento final terminativa recurso ordinário Tobias Damião Corrêa Bruna Fernanda Bronzatti

Recurso ordinário1 1. Conceito e cabimento final terminativa recurso ordinário Tobias Damião Corrêa Bruna Fernanda Bronzatti Recurso ordinário 1 1. Conceito e cabimento Através do recurso ordinário se impugna a decisão proferida pela Vara, consoante o art. 895 da CLT. Por decisões definitivas das Varas, deve-se entender a final

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

RECURSOS NOÇÕES GERAIS

RECURSOS NOÇÕES GERAIS RECURSOS NOÇÕES GERAIS Rosinete Cavalcante da costa Mestre em Direito: Relações Privadas e Constituição Profa. da Faculdade de Direito de Linhares (FACELI) Profa. da Faculdade Batista de Vitória (FABAVI)

Leia mais

: MIN. GILMAR MENDES

: MIN. GILMAR MENDES RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 949.410 RIO DE JANEIRO RELATOR RECTE.(S) : MIN. GILMAR MENDES :JANDIRA COSTA VIEIRA :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL :UNIÃO :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO :ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

: MIN. TEORI ZAVASCKI

: MIN. TEORI ZAVASCKI RECLAMAÇÃO 22.727 SÃO PAULO RELATOR RECLTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECLDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. TEORI ZAVASCKI :ESTADO DE SÃO PAULO :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO :COLÉGIO RECURSAL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 753.503 RIO DE JANEIRO RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. LUIZ FUX :ANDREA DE ALMEIDA ANDRE : CRISTIANO DA COSTA DE MORAES E OUTRO(A/S) :FUNDO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.247.606 - SP (2011/0081765-9) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : UNIÃO : JOSÉ FERREIRA DE SOUZA : CARLOS ALBERTO SILVA E OUTRO(S) RELATÓRIO

Leia mais

RECURSO ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO

RECURSO ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO RECURSO ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO Os recursos Especiais e Extraordinários são aqueles denominados de estrito direito, excepcionais, através dos quais se busca o prevalecimento da ordem constitucional (no

Leia mais

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO 1)Cabe recurso de apelação das decisões em que a) julgarem procedentes as exceções, salvo a de suspeição b) decretar a prescrição ou julgar, por outro modo, extinta

Leia mais

CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho.

CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. José Alberto Couto Maciel. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. O Tribunal Superior do Trabalho, em decisão

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: Ag/Rg 117-46.2013.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: DEZESSEIS DE NOVEMBRO AGRAVANTES: ADEMIR JOSÉ ANDRIOLI GONZATTO, ADÃO ALMEIDA DE BARROS E OILSON DE MATOS ALBRING AGRAVADA: JUSTIÇA ELEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO E RECURSO ESPECIAL I e II Nº

RECURSO EXTRAORDINÁRIO E RECURSO ESPECIAL I e II Nº RECURSO EXTRAORDINÁRIO N 0029634-19.2012.8.19.0001 Recorrente: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Recorridos: FARID HABIB E OUTRO RECURSO ESPECIAL Nº 0029634-19.2012.8.19.0001 Recorrente: ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 23/02/2016 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 783.522 SANTA RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO AGTE.(S) :CENTRO DE FORMAÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. LEGITIMIDADE ATIVA. ACÓRDÃO BASEADO EM FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL. INVIABILIDADE DE EXAME. USURPAÇÃO

Leia mais

informando o código 0F1A F06A.D126FB35.

informando o código 0F1A F06A.D126FB35. Nº 193322/2015 PGR - RJMB - Eletrônico Relator: Ministro Celso de Mello Agravante: J. F. Motéis Ltda. Agravado: Caixa Econômica Federal CEF RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇÃO DOS

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO DISSÍDIO COLETIVO 1. Conceito - Dissídio coletivo é o processo que vai dirimir os conflitos coletivos do trabalho, por meio do pronunciamento do Poder Judiciário, criando ou modificando condições de trabalho

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO ESPÍRITO :JOSE PORFIRIO DE BESSA :EVANDRO DE CASTRO BASTOS

: MIN. DIAS TOFFOLI :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO ESPÍRITO :JOSE PORFIRIO DE BESSA :EVANDRO DE CASTRO BASTOS AGRAVO DE INSTRUMENTO 822.235 ESPÍRITO SANTO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :ESTADO DO ESPÍRITO SANTO :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO :JOSE PORFIRIO

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

ANDAMENTO SIGNIFICADO O QUE DEVO FAZER? O processo está na fase inicial, ganhou um número e foi distribuído a um Juiz. Está no início.

ANDAMENTO SIGNIFICADO O QUE DEVO FAZER? O processo está na fase inicial, ganhou um número e foi distribuído a um Juiz. Está no início. ANDAMENTO SIGNIFICADO O QUE DEVO FAZER? Distribuição /Atribuição Ordinária Instantânea Recebimento do Setor de Distribuição Autos Com (conclusão) Juiz Para Ato Ordinatório (Registro Terminal) Expedido/Extraído/Lavrado

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 1981/2014 - PGGB RECURDO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO Nº 743052/DF AGRTE : PÉ DE FERRO CALÇADOS E ARTEFATOS DE COURO LTDA. AGRDO : UNIÃO ADVOGADO:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PRINCÍPIO DA UNIRRECORRIBILIDADE PRECLUSÃO CONSUMATIVA. O princípio da unirrecorribilidade, preconiza que o direito da parte de se insurgir contra o julgado que lhe foi desfavorável, se

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA EMENTA PROCESSO CIVIL. IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO. PREQUESTIONAMENTO. SÚMULAS 282 E 356/STF. 1. Ausência de prequestionamento suposta dos arts. 111 e 178 do CTN. Incidência das

Leia mais

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013 OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL S Plano de apresentação S I. INTRODUÇÃO S II. RECURSO ORDINÁRIO DE INCONSTITUCIONALIDADE S III. RECURSO EXTRAORDINÁRIO S IV. REGIME COMPARADO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº / DF

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº / DF Procuradoria Geral da República Nº 6584 RJMB / pc RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº 639.566 / DF RELATOR : Ministro LUIZ FUX RECORRENTE: Companhia Vale do Rio Santo Antônio de Minérios VALERISA RECORRIDA : União

Leia mais

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SERGIPE ACÓRDÃO: 862/2008 RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 PROCESSO: 2008900809 RECORRENTE SUL AMERICA CIA. NACIONAL DE SEGUROS VANESSA RODRIGUES DE

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 858.952 RIO GRANDE DO SUL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL RECDO.(A/S) :MARIA JUCIELI

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 17/09/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 28/08/2012 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 856.071 MINAS GERAIS RELATOR : MIN. GILMAR MENDES AGTE.(S) :VALDIR DO CARMO

Leia mais

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL 25ª Sessão DA REFORMA DOS RECURSOS EM PROCESSO CIVIL Carla de Sousa Advogada 1º Curso de Estágio 2011 1 Enquadramento legal DL nº 303/2007 de 24 de Agosto Rectificado pela: Declaração

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : ESDRAS DOS SANTOS CARVALHO - DEFENSOR PÚBLICO DA UNIÃO EMENTA PENAL E PROCESSO PENAL. AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. NEGATIVA DE VIGÊNCIA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.459.072 - SP (2014/0130356-4) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES AGRAVANTE : USINA GOIANESIA S/A AGRAVADO : FAZENDA NACIONAL ADVOGADO : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 20.315 - MT (2005/0111638-6) RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA RECORRENTE : ROZENIL PEREIRA IBANHEZ ADVOGADO : WESLEY LEANDRO DE CAMPOS E OUTRO T. ORIGEM : TRIBUNAL

Leia mais

MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO

MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO (2ª Edição Revisada e Atualizada) Roberto Ignácio dos Santos Seção Judiciária do Rio de Janeiro Hylton Pereira Assessor da Coordenação-Geral do Conselho da Justiça Federal

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 849.115 SÃO PAULO RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :ARNALDO SERGIO KUTNER : MARIA JOSÉ GIANNELLA CATALDI E OUTRO(A/S) :INSTITUTO

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível EMBARGOS DE DECLARAÇÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 0046297-12.2013.8.19.0000 PARTE EMBARGANTE: CONMEDH CONVÊNIOS MÉDICOS HOSPITALARES LTDA. PARTE EMBARGADA: CLÁUDIA COUTINHO GUIMARÃES MANES RELATOR: DES. MARCO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 720.943 SÃO PAULO RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :MUNICÍPIO DE ITAQUAQUECETUBA PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE ITAQUAQUECETUBA RECDO.(A/S) :MÁRCIA

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. META 8 LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CF, art. 5 o, LXIX e LXX;

Leia mais

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE 2009

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE 2009 LEI Nº 12.016, DE 7 DE AGOSTO DE 2009 Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. O PRESIDENTE DE REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0194.09.096338-1/001 Númeração 0963381- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Mota e Silva Des.(a) Mota e Silva 09/06/2009 30/06/2009 EMENTA: DIREITO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES

RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES NOVA SISTEMÁTICA RECURSAL TRABALHISTA REP. GERAL/REC. REPETITIVOS LEI 13.015/2014 NOVO CPC CPC - ARTS.

Leia mais

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB Teoria Geral dos Recurso / Embargos de Declaração / Recurso Ordinário Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 790.867 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA : JOSÉ EVANGELISTA SILVA E OUTRO(A/S) : FERNANDO VIEIRA SERTÃO E OUTRO(A/S)

Leia mais

25/06/2015 PLENÁRIO : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

25/06/2015 PLENÁRIO : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Decisão sobre Repercussão Geral Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 11 25/06/2015 PLENÁRIO REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 851.108 SÃO PAULO RELATOR RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S)

Leia mais

Aula 13. Art Caberá recurso em sentido em estrito, da decisão, despacho ou sentença:

Aula 13. Art Caberá recurso em sentido em estrito, da decisão, despacho ou sentença: Turma e Ano: Regular 2015 / Master B Matéria / Aula: Direito Processual Penal / Aula 13 Professor: Elisa Pittaro Monitora: Kelly Soraia Aula 13 RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (RSE) Art. 581, CPP. Art. 581.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :CRED - SYSTEM ADMINISTRADORA DE CARTOES DE CREDITO LTDA :FRANCISCO ANTONIO FRAGATA JUNIOR :MARIANA

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória Turma e Ano: Master A (2015) 06/07/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 23 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol CONTEÚDO DA AULA: Tutela provisória : AULA 23 12.7) Competência

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.087.509 - RJ (2008/0205400-1) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES AGRAVANTE : TRANSRETA LOGÍSTICA E LOCAÇÃO DE GUINDASTES LTDA : JOSÉ OSWALDO CORREA E OUTRO(S) AGRAVADO

Leia mais

1 Elaborado em: 06/04/2016

1 Elaborado em: 06/04/2016 SIMPLIFICANDO O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 1º Resumo Elaborado por Beatriz Galindo Conteúdo: explicações informais e descontraídas sobre o CPC/15, extraídas da página: www.facebook.com/beatrizgalindocpc

Leia mais

28/10/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

28/10/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 8 28/10/2014 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 736.365 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS

Leia mais

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências.

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. LEI Nº 12.016, DE 7 DE AGOSTO DE 2009. Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 09/08/2016 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 971.301 SÃO PAULO RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO AGTE.(S) :FUNDACAO CENTRO

Leia mais

Preparo é o recolhimento das custas judiciais e do porte de remessa e retorno dos autos ( art. 7º da

Preparo é o recolhimento das custas judiciais e do porte de remessa e retorno dos autos ( art. 7º da Perguntas Frequentes Custas Processuais O que é preparo? Preparo é o recolhimento das custas judiciais e do porte de remessa e retorno dos autos ( art. 7º da Resolução n. 1 de 4/2/2014 - DJe de 5/2/2014)

Leia mais

LEI N o , DE 7 DE AGOSTO DE 2009 Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências.

LEI N o , DE 7 DE AGOSTO DE 2009 Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. c Publicada no DOU de 10-8-2009. LEI N o 12.016, DE 7 DE AGOSTO DE 2009 Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. c Arts. 5 o, LXIX e LXX, 102, I, d, e II, a, 105,

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ESTRANGEIRA: ART. 483 1 CPC. ART. 15 2 LINDB (onde está escrito STF leia-se STJ); ART. 35 3, LEI 9307/96; ART. 105 4 CF/88.

HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ESTRANGEIRA: ART. 483 1 CPC. ART. 15 2 LINDB (onde está escrito STF leia-se STJ); ART. 35 3, LEI 9307/96; ART. 105 4 CF/88. DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO INTERNACIONAL PONTO 1: HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ESTRANGEIRA PONTO 2: REQUISITOS; PROCEDIMENTO PONTO 3: CARTA ROGATÓRIA HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ESTRANGEIRA: ART. 483

Leia mais

Com a citada modificação, o artigo 544, do CPC, passa a vigorar com a seguinte redação:

Com a citada modificação, o artigo 544, do CPC, passa a vigorar com a seguinte redação: O NOVO AGRAVO CONTRA DESPACHO DENEGATÓRIO DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO E ESPECIAL 2011-06-15 Alexandre Poletti A Lei nº 12.322/2010, que alterou os artigos 544 e 545 do CPC, acabou com o tão conhecido e utilizado

Leia mais

Curso de Processo Penal Eugênio Pacelli 20ª edição NOTA DO AUTOR

Curso de Processo Penal Eugênio Pacelli 20ª edição NOTA DO AUTOR NOTA DO AUTOR Em nossa edição mais recente do Curso de Processo Penal (20ª), defendemos que as recentes alterações nos procedimentos do Recurso Extraordinário e do Recurso Especial promovidas pelo novo

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 910.603 MINAS GERAIS RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :MARLUCIA BARBOSA OTONI ADV.(A/S) :ALESSANDRA COIMBRA DE CASTRO E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

Leia mais

Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal

Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal AACRIMESC - Ordem dos Advogados do Brasil e IBCCRIM Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal Gustavo Badaró Florianópolis 11.04.2016 PLANO DA EXPOSIÇÃO 1. Simples mudanças de remissão

Leia mais