Sumário. Serviço Público e Administração Pública

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. Serviço Público e Administração Pública"

Transcrição

1 Sumário Capítulo 1 Contabilidade Pública 1.1 Conceito 1.2 Objeto 1.3 Objetivo 1.4 Campo de Aplicação 1.5 Exercício Financeiro 1.6 Regime Orçamentário e Regime Contábil Regime de Caixa Regime de Competência 1.7 Contabilidade Pública X Contabilidade Geral 1.8 Princípios de Contabilidade Princípios Aplicados à Contabilidade Pública Entidade Continuidade Oportunidade Registro pelo Valor Original Competência Prudência Atualização Monetária 1.9 Questões de Concursos Públicos Capítulo 2 Serviço Público e Administração Pública 2.1 Serviço Público Serviços Privativos do Estado Serviços de Utilidade Pública Por Concessão Por Permissão Prestação de Serviço Mista 2.2 Administração Pública Organização Político-Administrativa Brasileira Organização da Administração Pública Estruturação Administração Direta Administração Indireta Entidades que Compõem a Administração Indireta

2 Autarquias Entidades Paraestatais Empresas Públicas Fundações Sociedades de Economia Mista 2.3 Questões de Concursos Públicos Capítulo 3 Orçamento Público 3.1 Conceito 3.2 Tipos de Orçamento 3.3 Aspectos do Orçamento 3.4 Classificação do Orçamento Orçamento Tradicional Orçamento Base-Zero Orçamento-Programa 3.5 Ciclo Orçamentário 3.6 Instrumentos de Planejamento e Orçamento Plano Plurianual (PPA) Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) Lei Orçamentária Anual (LOA) 3.7 Princípios Orçamentários 3.8 Questões de Concursos Públicos Capítulo 4 Créditos Adicionais 4.1 Conceito 4.2 Classificação dos Créditos Adicionais 4.3 Características dos Créditos Adicionais Crédito Suplementar Crédito Especial Crédito Extraordinário 4.4 Fontes de Abertura de Crédito Adicional 4.5 Questões de Concursos Públicos Capítulo 5 Receita Pública 5.1 Conceito 5.2 Classificação da Receita Pública Quanto à Natureza (Orçamentárias e Extraorçamentárias) Quanto à Categoria Econômica (Correntes e de Capital) Receitas Correntes Receitas de Capital Quanto à Afetação Patrimonial (Efetivas e Não Efetivas) Quanto à Regularidade (Ordinárias e Extraordinárias) Quanto à Coercitividade (Originárias e Derivadas) Quanto ao Poder de Tributar (Federal, Estadual e Municipal)

3 5.3 Etapas da Receita Pública 5.4 Codificação Econômica da Receita 5.5 Questões de Concursos Públicos Capítulo 6 Despesa Pública 6.1 Conceito 6.2 Classificação da Despesa Pública Orçamentárias e Extraorçamentárias Quanto à Categoria Econômica (Correntes e de Capital) Quanto à Afetação Patrimonial (Efetivas e Não Efetivas) Quanto à Regularidade (Ordinárias e Extraordinárias) 6.3 Etapas da Despesa Orçamentária Modalidades de Empenho 6.4 Codificação da Despesa 6.5 Questões de Concursos Públicos Capítulo 7 Restos a Pagar Despesas de Exercícios Anteriores Suprimento de Fundos 7.1 Restos a Pagar Conceito Classificação Inscrição, Prescrição e Pagamento 7.2 Despesas de Exercícios Anteriores Conceito 7.3 Suprimento de Fundos Conceito Concessão de Suprimento Limite para Concessão do Suprimento Limite para Despesas de Pequeno Vulto Proibição de Concessão de Suprimento Prestação de Contas 7.4 Questões de Concursos Públicos Capítulo 8 Licitação 8.1 Conceito 8.2 Definição dos Princípios 8.3 Características e Finalidades 8.4 Definições Relacionados às Licitações 8.5 Modalidades de Licitação 8.6 Tipos de Licitação 8.7 Prazos de Divulgação 8.8 Definição da Modalidade 8.9 Dispensa de Licitação Licitação Dispensável

4 8.10 Inexigibilidade de Licitação Licitação Inexigível 8.11 Habilitação Nas Licitações Habilitação Jurídica Qualificação Técnica Qualificação Econômico-Financeira Regularidade Fiscal 8.12 Do Procedimento e Julgamento 8.13 Adjudicação 8.14 Garantia Contratual 8.15 Questões de Concursos Públicos Capítulo 9 Plano de Contas 9.1 Conceito 9.2 Objetivo 9.3 Conta Contábil Agrupamento das Contas por Função Teoria das Contas Classificação das Contas 9.4 Aspectos Gerais do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Diretrizes Diretrizes do PCASP Objetivos Responsabilidades Campo de Aplicação 9.5 Sistema Contábil 9.6 Registro Contábil Lógica do Registro Contábil Contas Financeiras e Permanentes Controle em Liquidação 9.7 Formalidades do Registro Contábil Características do Registro e da Informação Contábil 9.8 Estrutura 9.9 Questões de Concursos Públicos Capítulo 10 Escrituração 10.1 Introdução 10.2 Registro de Operações Típicas Abertura do Orçamento da Receita (Previsão) Abertura do Orçamento da Despesa (Fixação) Reconhecimento de Crédito Tributário Arrecadação de Receita Corrente Tributária Empenho, Liquidação e Pagamento de Despesa Aquisição de Bens Móveis

5 Aquisição de Material de Consumo Recebimento de depósitos (Cauções, Recursos, Garantias etc.) Créditos Adicionais Abertos por Anulação de Dotação Orçamentária Contratação de Valores Referentes a Operações de Crédito de Curto Prazo Dívida Ativa Inscrição de Restos a Pagar Processados (31/12) Execução de Restos a Pagar Processados (01/01 do Exercício Seguinte) 10.3 Questões de Concursos Públicos Capítulo 11 Demonstrações Contábeis 11.1 Introdução 11.2 Balanço Orçamentário Estrutura do Balanço Orçamentário Exemplo Resumido do Balanço Orçamentário Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a Edição Análise Resultados evidenciados no Balanço Orçamentário 11.3 Balanço Financeiro Estrutura do Balanço Financeiro Exemplo Resumido do Balanço Financeiro Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a Edição Análise Resultados Evidenciados no Balanço Financeiro 11.4 Demonstração das Variações Patrimoniais DVP Estrutura da Demonstração das Variações Patrimoniais Exemplo Resumido da Demonstração das Variações Patrimoniais Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a Edição Análise Resultados Evidenciados na Demonstração das Variações Patrimoniais 11.5 Balanço Patrimonial Estrutura do Balanço Patrimonial Exemplo Resumido do Balanço Patrimonial Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a Edição Análise Resultados Evidenciados no Balanço Patrimonial 11.6 Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Estrutura da Demonstração do Fluxo de Caixa Exemplo Resumido da Demonstração do Fluxo de Caixa Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a Edição Análise 11.7 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL Exemplo Resumido da Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido Elaborado de Acordo com o MCASP 5 a edição Análise

6 11.8 Questões de Concursos Públicos Capítulo 12 Controle Interno e Externo 12.1 Introdução 12.2 Controle Interno 12.3 O Controle Externo Tribunal de Contas da União TCU Competências Constitucionais do TCU 12.4 Auditoria Governamental Tipos de Auditoria Formas de Auditoria Certificados de Auditoria Tipos de Certificados de Auditoria 12.5 Questões de Concursos Públicos Capítulo 13 Lei de Responsabilidade Fiscal LRF 13.1 Introdução A Lei de Responsabilidade Fiscal se Apoia em Quatro Eixos 13.2 Definições Responsabilidade na Gestão Fiscal Ente da Federação Empresa Controlada Empresa Estatal Dependente Renúncia de Receita Despesa Obrigatória de Caráter Continuado Despesa Total com Pessoal Transferência Voluntária Dívida Pública Consolidada ou Fundada Dívida Pública Mobiliária Operação de Crédito Concessão de Garantia Refinanciamento da Dívida Mobiliária 13.3 Receita Corrente Líquida 13.4 Planejamento Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO Anexo de Metas Fiscais AMF Anexo de Riscos Fiscais ARF Lei Orçamentária Anual LOA O Projeto de LOA conterá em anexo A Lei Orçamentária Anual não poderá conter Execução Orçamentária 13.5 Receita Pública Previsões de Receitas

7 Renúncia de Receita 13.6 Despesa Pública Despesas com Pessoal Repartição dos Limites Controle da Despesa com Pessoal Limite Prudencial 13.7 Dívida Pública Classificação Conceitos e Limites da Dívida Pública Conceitos Limites Recondução da Dívida aos Limites Operações de Crédito Vedações Operações de Crédito por Antecipação de Receita Orçamentária Garantias Contragarantias 13.8 Restos a Pagar 13.9 Disponibilidade de Caixa Empresas Controladas pelo Setor Público Transparência, Controle e Fiscalização da Gestão Fiscal Audiências Públicas Transparência da Gestão Fiscal Relatório Resumido da Execução Orçamentária Relatório de Gestão Fiscal Prestação de Contas Fiscalização da Gestão Fiscal Questões de Concursos Públicos Questões Discursivas LRF (Elaboradas pelo Autor) Anexo I Lei n o 4.320, de 17 de Março de 1964 Anexo II Lei Complementar n o 101, de 4 de Maio de 2000 Anexo III Gabarito Referências

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais

CAPÍTULO IV CRÉDITOS ADICIONAIS 1. Introdução 2. Créditos suplementares 3. Créditos especiais SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito

CAPÍTULO VI VEDAÇÕES CONSTITUCIONAIS EM MATÉRIA ORÇAMENTÁRIA Questões de concursos anteriores Gabarito SUMÁRIO CAPÍTULO I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 1.1 O Direito Financeiro e a Administração Financeira e Orçamentária 1.2 Normas gerais de Direito Financeiro 2. A atividade financeira

Leia mais

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01 Sumário Capítulo 1 Disposições Gerais... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Objetivo da obra... 6 1.3. Apresentando a LRF... 6 1.4. Origem da LRF... 7 1.5. Previsão constitucional para implementação da LRF...

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Orçamento Público Atividade financeira do Estado 1.2. Aspectos gerais do Orçamento Público 1.3. Conceitos 1.4. Tipos/Técnicas orçamentárias 1.4.1. Orçamento Tradicional/Clássico 1.4.2.

Leia mais

Sumário. Prefácio à Décima Quinta Edição, xv. Prefácio à Décima Quarta Edição, xvi. Prefácio à Décima Terceira Edição, xvii

Sumário. Prefácio à Décima Quinta Edição, xv. Prefácio à Décima Quarta Edição, xvi. Prefácio à Décima Terceira Edição, xvii Sumário Prefácio à Décima Quinta Edição, xv Prefácio à Décima Quarta Edição, xvi Prefácio à Décima Terceira Edição, xvii Prefácio à Décima Segunda Edição, xviii Prefácio à Décima Primeira Edição, xix Prefácio

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ Pacote I Área Nº Disciplinas Horas / Aula 03 Procedimentos Contábeis Orçamentários I PCO I Procedimentos Contábeis Orçamentários II PCO II 05 Procedimentos Contábeis Patrimoniais I PCP I Fundamentos 06

Leia mais

TJ-BA Analista Área Administrativa

TJ-BA Analista Área Administrativa TJ-BA Analista Área Administrativa Pessoal, vou comentar as questões da prova da área administrativa. Conhecimentos Específicos 41 Em um determinado ente da Federação, foi implantado um sistema de controle

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A ATIVIDADE FINANCEIRA DO ESTADO E O DIREITO FINANCEIRO CAPÍTULO 2 ORÇAMENTO PÚBLICO... 71

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A ATIVIDADE FINANCEIRA DO ESTADO E O DIREITO FINANCEIRO CAPÍTULO 2 ORÇAMENTO PÚBLICO... 71 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A ATIVIDADE FINANCEIRA DO ESTADO E O DIREITO FINANCEIRO... 27 1. Atividade Financeira do Estado... 27 2. Direito Financeiro... 29 2.1. Autonomia do Direito Financeiro... 30 2.2. Fontes

Leia mais

CARLOS ALBERTO DE MORAES RAMOS FILHO. ~~~~~T~ ~~~A~t~~~~ , .. ~ ,r"" I. ~~f! I'.,~.. o.esaraiva

CARLOS ALBERTO DE MORAES RAMOS FILHO. ~~~~~T~ ~~~A~t~~~~ , .. ~ ,r I. ~~f! I'.,~.. o.esaraiva CARLOS ALBERTO DE MORAES RAMOS FILHO ~~~~~T~ ~~~A~t~~~~ ------, 2015.. ~ o.esaraiva '. ~~f! I'.,~..,r"" I SUMÁRIO '.. Homenagem... 9 Ag'radecimentos...:... 11 Metodologia esquematizado... 13. Apresentação...:...

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 2. Apresentação. Aula 2. Orçamento Público. O orçamento nacional deve ser equilibrado

Contabilidade Pública. Aula 2. Apresentação. Aula 2. Orçamento Público. O orçamento nacional deve ser equilibrado Contabilidade Pública Aula 2 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Aula 2 Orçamento Público: conceito e finalidades. O orçamento nacional deve ser equilibrado As dívidas públicas devem ser reduzidas...

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I DOUTRINA BÁSICA DE DIREITO FINANCEIRO

SUMÁRIO CAPÍTULO I DOUTRINA BÁSICA DE DIREITO FINANCEIRO Direito Financeiro SUMÁRIO CAPÍTULO I DOUTRINA BÁSICA DE DIREITO FINANCEIRO 1 O DIREITO FINANCEIRO NOÇÕES INTRODUTÓRIAS... 21 1.1 O Estado e a atividade financeira... 21 1.2 Necessidades que não podem

Leia mais

TRT-MG Analista Especialidade Contabilidade

TRT-MG Analista Especialidade Contabilidade TRT-MG Analista Especialidade Contabilidade Pessoal, vou comentar as questões da prova. 29. Dentre outras, são entidades que aplicam integralmente a contabilidade aplicada ao setor público: (A) os órgãos

Leia mais

Contabilidade Governamental p/ CNMP Analista Apoio Técnico Especializado: Contabilidade Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 18

Contabilidade Governamental p/ CNMP Analista Apoio Técnico Especializado: Contabilidade Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 18 CNMP Pessoal, vou comentar as questões da prova. 34. Determinado ente público arrecadou, no mês de fevereiro de 2015, receita de impostos no valor de R$ 180.000,00, concomitante ao fato gerador. Considere

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 05/A

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 05/A 9 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 05/A QUESTÃO 16 A proposta orçamentária que o Poder Executivo encaminhará ao Poder Legislativo nos prazos estabelecidos nas Constituições e Leis Orgânicas dos

Leia mais

4 - A LOA compreende, entre outros, o orçamento de investimento de todas as empresas de que a União participe.

4 - A LOA compreende, entre outros, o orçamento de investimento de todas as empresas de que a União participe. Orçamento Público CF/88 (CESPE SAD/PE Analista de Controle Interno Especialidade: Finanças Públicas/2010) - A seção II do capítulo referente às finanças públicas, estabelecido na CF, regula os denominados

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC) 1 Ortografia oficial. GRAMÁTICA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação)

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) III. VEDAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS A vedação, tratada pelo art. 167, da CF, é dividida em 2 tópicos: a) Execução Orçamentária (limitações a serem aplicadas no

Leia mais

CONSÓRCIOS PÚBLICOS REGULAMENTAÇÃO CONTÁBIL. Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação CCONF

CONSÓRCIOS PÚBLICOS REGULAMENTAÇÃO CONTÁBIL. Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação CCONF CONSÓRCIOS PÚBLICOS REGULAMENTAÇÃO CONTÁBIL Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação CCONF 1 Consórcios Públicos Legislação Aplicável Lei 11.107/05 Regras de direito financeiro

Leia mais

Resumo Aula-tema 01: Introdução: Serviço Público. Administração Pública. Contabilidade Pública. Regimes Contábeis.

Resumo Aula-tema 01: Introdução: Serviço Público. Administração Pública. Contabilidade Pública. Regimes Contábeis. Resumo Aula-tema 01: Introdução: Serviço Público. Administração Pública. Contabilidade Pública. Regimes Contábeis. Ainda hoje no Brasil, são raras as pesquisas e publicações na área da Contabilidade Pública

Leia mais

Sumário EDITAL SISTEMATIZADO CONTABILIDADE APRESENTAÇÃO DO LIVRO... 23

Sumário EDITAL SISTEMATIZADO CONTABILIDADE APRESENTAÇÃO DO LIVRO... 23 EDITAL SISTEMATIZADO CONTABILIDADE... 19 APRESENTAÇÃO DO LIVRO... 23 PARTE I CONTABILIDADE GERAL CAPÍTULO I NOÇÕES DE CONTABILIDADE... 27 1. Noções de Contabilidade... 27 1.1. Conceitos, objetivos, campo

Leia mais

3.0 DOS BALANÇOS 3.1. BALANÇO ORÇAMENTÁRIO

3.0 DOS BALANÇOS 3.1. BALANÇO ORÇAMENTÁRIO 3.0 DOS BALANÇOS 3.1. BALANÇO ORÇAMENTÁRIO O Balanço Orçamentário é a Demonstração sintética do confronto entre a Receita Prevista, a Despesa Fixada e o que foi realizado no exercício, tanto em receitas

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO UNIDADE: ÁGUAS CLARAS

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO UNIDADE: ÁGUAS CLARAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO UNIDADE: ÁGUAS CLARAS AFO II Administração Financeira e Orçamentária - Pública 1 AFO II Administração Financeira e Orçamentária Pública 1º/2013 UNIDADE III ORÇAMENTO E PLANEJAMENTO

Leia mais

L D O e L O A. Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual

L D O e L O A. Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual L D O e L O A Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual L D O e L O A COMUNICADO SICAP Com o objetivo de assegurar o completo funcionamento do SICAP, o Tribunal de Contas vem reiterar, que

Leia mais

Entendendo a Contabilidade Orçamentária Aplicada ao Setor Público

Entendendo a Contabilidade Orçamentária Aplicada ao Setor Público Paulo Henrique Feijó Jorge Pinto de Carvalho Júnior Carlos Eduardo Ribeiro Entendendo a Contabilidade Orçamentária Aplicada ao Setor Público Brasília - 2015 Editora ~estão Pública SUMÁRIO Prefácio Apresentação

Leia mais

Administração Pública Brasileira II Manual Técnico de Orçamento - MTO-2014. Fabio Furtado O Manual Técnico de Orçamento - MTO é um instrumento de apoio aos processos orçamentários da União. Conforme proposição

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS ESTADO DO PARÁ A N E X O I I D O E D I T A L N º 0 1 / 2 0 1 2 D O S C O N T E Ú D O S P R O G R A M Á T I C O S CARGO 401: SUBPROCURADOR DE CONTAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

Leia mais

LEI DE ORÇAMENTÁRIAS

LEI DE ORÇAMENTÁRIAS LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 1. Introdução A Lei de Diretrizes Orçamentárias foi instituída pela Constituição de 1988 e funciona como um elo entre o PPA e a LOA, estabelecendo ano a ano o que deve constar

Leia mais

ORÇAMENTO PÚBLICO E FINANÇAS FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 04 PROVAS 16 QUESTÕES ( )

ORÇAMENTO PÚBLICO E FINANÇAS FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 04 PROVAS 16 QUESTÕES ( ) ORÇAMENTO PÚBLICO E FINANÇAS FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 04 PROVAS 16 QUESTÕES (2012 2010) A apostila contém provas de Orçamento Público e Finanças de concursos da Fundação Carlos Chagas

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão de texto contemporâneo... 3 Reconhecimento de modos de organização de diferentes gêneros de texto...9 Reconhecimento do uso significativo dos diferentes recursos gramaticais

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CÂMARA MUNICIPAL DE OURO BRANCO MG EXERCÍCIO DE 2014

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CÂMARA MUNICIPAL DE OURO BRANCO MG EXERCÍCIO DE 2014 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CÂMARA MUNICIPAL DE OURO BRANCO MG EXERCÍCIO DE 2014 DIRETRIZES CONTÁBEIS Tendo em vista as inovações da Contabilidade no Setor Público, o Poder Legislativo

Leia mais

Finanças Públicas Brasileiras Experiências Recentes entre 1970/

Finanças Públicas Brasileiras Experiências Recentes entre 1970/ Capítulo 2 Bens Públicos, Externalidades, Falhas de Mercado 39 2.1. Bens públicos... 39 2.2 Monopólios naturais... 41 2.3 Externalidades... 42 2.4. Mercados incompletos e assimetria de informações... 43

Leia mais

RELATÓRIO QUADRIMESTRAL

RELATÓRIO QUADRIMESTRAL Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação - CCONF Gerência de Normas e Procedimentos de Gestão Fiscal - GENOP RELATÓRIO QUADRIMESTRAL RELATÓRIO QUADRIMESTRAL Proposta de orientação

Leia mais

Contabilidade Pública p/ AFCE do TCU. Prof. Msc. Giovanni Pacelli

Contabilidade Pública p/ AFCE do TCU. Prof. Msc. Giovanni Pacelli Contabilidade Pública p/ AFCE do TCU Prof. Msc. Giovanni Pacelli Prof. Msc. Giovanni Pacelli Doutorando (em andamento) e Mestre em Contabilidade - 2011 (UnB). Especialista em Operações Militares - 2008

Leia mais

DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA

DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA O Município de (Nome do Município), CNPJ nº. 00.000.000/0000-00, representado nesta declaração por (Nome do Representante), CPF nº. 000.000.000-

Leia mais

Curso Contabilidade Pública

Curso Contabilidade Pública Associação Brasileira de Formação e Desenvolvimento Social - ABRAFORDES www.cursosabrafordes.com.br DICA: Tecle Ctrl+s para salvar este PDF no seu computador. Curso Contabilidade Pública Lição 01: Noções

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA

CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA REGIMENTO INTERNO 1 Organização e composição do TRF 1ª Região: órgãos jurisdicionais, Corregedoria-Regional,

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO RECEITAS PÚBLICAS

DIREITO FINANCEIRO RECEITAS PÚBLICAS DIREITO FINANCEIRO RECEITAS PÚBLICAS I. ENTRADAS 1. O conceito de receitas públicas não se confunde com o conceito de entradas (cauções, fianças, depósitos, empréstimos contraídos pelo poder público, etc).

Leia mais

CONTABILIDADE PÚBLICA (NBCT 16) Objeto, Objetivo e Campo de Aplicação (NBCT 16.1)

CONTABILIDADE PÚBLICA (NBCT 16) Objeto, Objetivo e Campo de Aplicação (NBCT 16.1) Conceito (NBCT 16.1) CONTABILIDADE PÚBLICA PROF THIAGO CONSTANTINO CONTABILIDADE PÚBLICA (NBCT 16) Ciência que estuda o patrimônio público e suas variações num determinado período de tempo para fornecer

Leia mais

PAINEL 3: "Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais"

PAINEL 3: Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais PAINEL 3: "Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais" PLS 229: Inovações, Riscos e oportunidades NATAL - RN 20 de Outubro de 2016

Leia mais

COMUNICADO SDG Nº 48/2013

COMUNICADO SDG Nº 48/2013 COMUNICADO SDG Nº 48/2013 O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo comunica o calendário para 2014 das providências a cargo das Prefeituras, Câmaras, Fundos, Institutos de Previdência, Autarquias, Fundações

Leia mais

Instrumentos Constitucionais do Planejamento Público

Instrumentos Constitucionais do Planejamento Público Instrumentos Constitucionais do Planejamento Público Art. 165. Leis de iniciativa do Poder Executivo estabelecerão: I - o plano plurianual; II - as diretrizes orçamentárias; III - os orçamentos anuais.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 63-COU/UNICENTRO, DE 29 DE MAIO DE 2009. Altera o art. 2º e anexo da Resolução nº 037- COU/UNICENTRO, de 28 de dezembro de 2006, e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO TCM/RJ TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO

CONTROLE DE CONTEÚDO TCM/RJ TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO CONTROLE DE CONTEÚDO TCM/RJ TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO 1 Compreensão de texto contemporâneo. LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO AULA LEITURA LEITURA QUESTÕES REVISÃO 2 Reconhecimento de modos de

Leia mais

AULA 12: DESPESA PÚBLICA

AULA 12: DESPESA PÚBLICA 1 AULA 12: DESPESA PÚBLICA João Pessoa 2016 Profª Ma. Ana Karla Lucena aklucenagomes@gmail.com Introdução 2 Glossário do Tesouro Nacional: Despesa pública é a aplicação (em dinheiro) de recursos do Estado

Leia mais

Ramo da ciência contábil que aplica, no. prestação de contas; e o necessário suporte para a instrumentalização do

Ramo da ciência contábil que aplica, no. prestação de contas; e o necessário suporte para a instrumentalização do NBC TSP 16.1 - Conceituação, Objeto e Campo de Aplicação - CASP CONCEITO OBJETIVO ABRANGÊNCIA ENTIDADES DO OBJETO SETOR PÚBLICO Ramo da ciência contábil que aplica, no processo Fornecer gerador informações

Leia mais

Execução Orçamentária, Financeira e Contábil de forma integrada na Adm. Pública

Execução Orçamentária, Financeira e Contábil de forma integrada na Adm. Pública Curso: Execução Orçamentária, Financeira e Contábil de forma integrada na Adm. Pública De acordo com o Manual da Receita, Despesa Pública e Port. Conjunta 3 da SOF/STN de 2008, Port. 163 atualizada, Port.

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA LEI DE DIRETRIZES EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2016

AUDIÊNCIA PÚBLICA LEI DE DIRETRIZES EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2016 AUDIÊNCIA PÚBLICA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS LDO EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2016 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E TECNOLOGIA DIRETORIA DE ORÇAMENTO

Leia mais

Contabilidade Aplicada ao Setor Público p/ Auditor Interno/SP

Contabilidade Aplicada ao Setor Público p/ Auditor Interno/SP Contabilidade Aplicada ao Setor Público p/ Pessoal, vou comentar as questões da prova. 16. Observe o demonstrativo consolidado geral a seguir. O demonstrativo consolidado geral apresentado pela Prefeitura

Leia mais

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo:

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo: Curso: Execução Orçamentária, Financeira e Contábil de forma integrada na Administração Pública De acordo com o Manual da Receita, Despesa Pública e Port. Conjunta 3 da SOF/STN de 2008, Port. 163 atualizada,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL BALANÇO FINANCEIRO - TODOS OS ORÇAMENTOS 1 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO 2014 ESPECIFICAÇÃO 2014 Receitas Orçamentárias - - Despesas Orçamentárias 7.583.637,48 - Ordinárias - - Ordinárias 2.011.924,00

Leia mais

Questões de concursos públicos 2016 RECEITA PÚBLICA. para a conquista de seus sonhos e o pleno alcance de suas metas.

Questões de concursos públicos 2016 RECEITA PÚBLICA. para a conquista de seus sonhos e o pleno alcance de suas metas. Questões de concursos públicos 2016 RECEITA PÚBLICA Prezado estudante, concursando! Desejo-lhe inspiração para a conquista de seus sonhos e o pleno alcance de suas metas. Dica! Saia da zona de conforto

Leia mais

O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO. Ari Vainer Outubro de 2012

O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO. Ari Vainer Outubro de 2012 O PAPEL DO LEGISLATIVO NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO Ari Vainer Outubro de 2012 I - INTRODUÇÃO AS FASES DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO 1 Elaboração da Proposta Orçamentária; 2 Análise, Votação e Aprovação da Lei

Leia mais

Siglas deste documento:

Siglas deste documento: O Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC) possui 13 itens a serem observados para a efetivação de uma transferência voluntária. Veja adiante a legislação relativa a cada

Leia mais

ALINHAMENTO TÉCNICO E PEDAGÓGICO - ATP. E D I T A L - d e z e m b r o /

ALINHAMENTO TÉCNICO E PEDAGÓGICO - ATP. E D I T A L - d e z e m b r o / ALINHAMENTO TÉCNICO E PEDAGÓGICO - ATP E D I T A L - d e z e m b r o / 2 0 1 5 A Secretaria do Tesouro Nacional (STN), por meio da Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação (CCONF),

Leia mais

Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo

Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo 2012 Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo 1º Material divulgado em atendimento às disposições de que trata a Portaria nº 407 da Secretaria do Tesouro Nacional, de 20 de junho de 2011 e o estabelecido

Leia mais

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos...1 1. Contabilidade: Conceitos, Objeto, Objetivo, Finalidade e Campo de Aplicação...1 2. Usuários da Informação Contábil...2 3. Principais Tipos de Sociedades Existentes

Leia mais

Organização da Aula 2. Gestão do Orçamento Público. Aula 2. Contextualização

Organização da Aula 2. Gestão do Orçamento Público. Aula 2. Contextualização Organização da Aula 2 Gestão do Orçamento Público Aula 2 Base legal e orçamento público Princípios Constitucionais; Legislação e instrumentos legais de planejamento público orçamentário. Prof. Nivaldo

Leia mais

PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE SILVA JARDIM ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017. RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017

PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE SILVA JARDIM ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017. RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017 CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2017 RETIFICAÇÃO Nº 01 Ao Edital 01/2017 A Comissão Organizadora do Concurso Público e o INSTITUTO IBDO, tornam pública a RETIFICAÇÃO Nº 01 ao Edital 01/2017, que passa a ter a inclusão

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 O Tribunal de Contas do Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático 1. Introdução 1.1 Objetivos do capítulo 1.2 Conceitos fundamentais de economia 1.2.1 Conceito de economia 1.2.2 A escassez da teoria econômica 1.2.3 Os bens econômicos 1.2.4 A curva

Leia mais

COMUNICADO SDG Nº 05/2012

COMUNICADO SDG Nº 05/2012 COMUNICADO SDG Nº 05/2012 O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo comunica o calendário para 2012 das providências a cargo das Prefeituras, Câmaras, Fundos, Institutos de Previdência, Autarquias, Fundações

Leia mais

Previsão da receita e fixação da despesa referente à aprovação do orçamento com base na Lei Orçamentária Anual, no valor de R$ 50.000.

Previsão da receita e fixação da despesa referente à aprovação do orçamento com base na Lei Orçamentária Anual, no valor de R$ 50.000. Olá, pessoal! Comento neste toque as questões de Contabilidade Pública que caíram no concurso para conselheiro substituto do TCE-CE. A banca foi a Fundação Carlos Chagas. Aproveito a oportunidade para

Leia mais

O sistema orçamentário como parte do sistema de planejamento

O sistema orçamentário como parte do sistema de planejamento O sistema orçamentário como parte do sistema de planejamento Eleições Programas partidários Coalisão Plataforma eleitoral Plano de Desenvolvimento e outros em andamento na Administração Pública Médio prazo

Leia mais

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei: Estima a Receita e fixa a Despesa do Município de Belém, para o exercício de 2016. O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º

Leia mais

RESTOS A PAGAR. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado

RESTOS A PAGAR. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado RESTOS A PAGAR Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado CONCEITO Consideram-se restos a pagar as despesas empenhadas e não pagas até o dia 31 de dezembro (Lei 4.320/1964, art. 36) Pertencem ao exercício financeiro

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL 1 Ordenação de frases (compreensão textual). 2 Sintaxe: termos da oração. Pontuação. 3 Sintaxe: período composto por coordenação. Pontuação. 4 Sintaxe: período composto por subordinação. Pontuação. 5 Sintaxe:

Leia mais

Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 20 de janeiro de MEMO nº03/2017. Confira as principais responsabilidades!

Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 20 de janeiro de MEMO nº03/2017. Confira as principais responsabilidades! Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã,SP, 20 de janeiro de 2017. MEMO nº03/2017. Assunto: ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO DE 2016. Confira as principais responsabilidades! Prezados (as) Senhores (as): Encerrado

Leia mais

Secretaria do Tesouro Nacional. ABOP Slide 1

Secretaria do Tesouro Nacional. ABOP Slide 1 Entendendo a Lei de Responsabilidade Fiscal Secretaria do Tesouro Nacional 2013 ABOP Slide 1 1 Entendendo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) CH: 04 h Conteúdo: Introdução: O significado das palavras;

Leia mais

CONTROLE INTERNO DE ACORDO COM AS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO NBCASP.

CONTROLE INTERNO DE ACORDO COM AS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO NBCASP. XV Convenção de Contabilidade do Rio Grande do Sul - 2015 CONTROLE INTERNO DE ACORDO COM AS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO NBCASP. Palestrante: Prof. Milton Mendes Botelho

Leia mais

DECRETO Nº 8.598, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2016.

DECRETO Nº 8.598, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2016. DECRETO Nº 8.598, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2016. Dispõe sobre o empenho de despesas, a inscrição de restos a pagar e o encerramento das atividades com repercussão orçamentária, financeira e patrimonial do

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CFC. Exame de Suficiência Edição nº 1/2016. Contabilidade Aplicada ao Setor Público

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CFC. Exame de Suficiência Edição nº 1/2016. Contabilidade Aplicada ao Setor Público CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CFC Exame de Suficiência Edição nº 1/2016 Contabilidade Aplicada ao Setor Público Aula 06 Prof. Marcio José Assumpção 1 Despesa pública: conceito, etapas, estágios e categorias

Leia mais

Março/2011. Sumário PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM...1

Março/2011. Sumário PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM...1 Março/2011 Sumário PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM...1 2 RELATÓRIO CONCLUSIVO DE CONTROLE INTERNO - BALANÇO ANUAL 2010 Com fulcro no artigo 70 da Constituição Federal; artigo 75 da Lei

Leia mais

Instrumentos Constitucionais do Planejamento PúblicoP

Instrumentos Constitucionais do Planejamento PúblicoP Instrumentos Constitucionais do Planejamento PúblicoP Constituição Brasileira 1988 - Art. 165 Leis de iniciativa do Poder Executivo estabelecerão: I o Plano Plurianual II as Diretrizes Orçament amentárias

Leia mais

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE CENÁRIO ANTERIOR Gestão Dívida Financeira Pública ORÇAMENTO PUBLICO Contabilidade Receita e Despesa Demonstrativos Contábeis:

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO CONCURSOS LEGISLATIVOS ÁREA ADMINISTRATIVA

CONTROLE DE CONTEÚDO CONCURSOS LEGISLATIVOS ÁREA ADMINISTRATIVA 1 Domínio da Ortografia Oficial. Emprego das Letras. Emprego da Acentuação Gráfica. 2 Estrutura, Formação e Representação das Palavras. 3 Emprego das Classes de Palavras. 4 Relações de coordenação e de

Leia mais

Manual de Navegação. Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte:

Manual de Navegação. Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte: 1 Menu na barra cinza 1.1 Itens localizados no Menu na barra cinza Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte: - Site da Prefeitura: link

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARATINGA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARATINGA RREO - ANEXO 1 (LRF, Art 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) RECEITAS RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A

Leia mais

Pulo do Gato Receita Federal. Graciano Rocha

Pulo do Gato Receita Federal. Graciano Rocha Pulo do Gato Receita Federal Graciano Rocha Edital RFB 2012 e 2014 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA:1. Organização do Estado e da Administração Pública. 2. Modelos teóricos de Administração Pública: patrimonialista,

Leia mais

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO de transparência

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO de transparência A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO de transparência Prof. Ms. Valmir Leôncio da Silva Conselheiro do CRCSP Coordenador Técnico da Escola de Contas do TCMSP O livro: A Arte da Guerra A) Desconheça o inimigo

Leia mais

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA JANEIRO A ABRIL DE 2015 LRF, art. 55, Inciso III, alínea "a" - Anexo V R$ 1,00 ATIVO VALOR PASSIVO VALOR DISPONIBILIDADE FINANCEIRA

Leia mais

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4 Sumário Capítulo 1 Breves Noções Históricas...1 1.1. Breves Noções Históricas...1 1.2. A Contabilidade no Brasil...3 1.3. O Símbolo da Contabilidade...4 Capítulo 2 Conceitos Iniciais...5 2.1. A Definição

Leia mais

O que é orçamento público?

O que é orçamento público? O que é orçamento público? É a previsão de arrecadação de receitas e a fixação de despesas para um período determinado. É computar, avaliar, calcular a previsão da arrecadação de tributos e o gasto de

Leia mais

Capacitação em Contabilidade Aplicada ao Setor Público e Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF

Capacitação em Contabilidade Aplicada ao Setor Público e Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF Capacitação em Contabilidade Aplicada ao Setor Público e Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF /CE 1. OBJETIVO Aperfeiçoar e gerar conhecimentos em Lei de Responsabilidade Fiscal e contabilidade aplicada

Leia mais

Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 4ª.ed./2013

Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 4ª.ed./2013 Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 4ª.ed./2013 ORÇAMENTO PÚBLICO porque tem tudo o que é importante sobre Orçamento Público; ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 5ª.ed./2015

Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 5ª.ed./2015 Livro ORÇAMENTO PÚBLICO, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA e Lei de Responsabilidade Fiscal - 5ª.ed./2015 ORÇAMENTO PÚBLICO porque tem tudo o que é importante sobre Orçamento Público; ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE INSTITUTO SOCIAL IRIS

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE INSTITUTO SOCIAL IRIS CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE INSTITUTO SOCIAL IRIS I Seminário Potiguar sobre Contabilidade, Custos e Qualidade do Gasto Público GT DAS NBC T SP GT DA CONVERGÊNCIA DA ÁREA PÚBLICA Há mudança no Brasil.

Leia mais

RELATÓRIO E PARECER DO CONTROLE INTERNO REFERENTE À PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL DE ARATIBA EXERCÍCIO 2016

RELATÓRIO E PARECER DO CONTROLE INTERNO REFERENTE À PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL DE ARATIBA EXERCÍCIO 2016 RELATÓRIO E PARECER DO CONTROLE INTERNO REFERENTE À PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL DE ARATIBA EXERCÍCIO 2016 Na qualidade de responsável pelo órgão de Controle Interno do Município

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Alexandre Henrique Salema Ferreira Ana Maria da Paixão Duarte OBJETIVO Discorrer acerca do Planejamento Tributário no campo

Leia mais

22 Considere as seguintes dotações financeiras e suas destinações:

22 Considere as seguintes dotações financeiras e suas destinações: Questões Comentadas de AFO (Administração Financeira e Orçamentária) Tribunal Regional Federal 5ª Região Prova de Analista Judiciário Área Administrativa Tipo 001-2008 Olá, pessoal! No último domingo,

Leia mais

1 - O GRUPO DE TRABALHO INICIALMENTE ESTUDARAM AS NORMAS E CONVERGIRAM O NOVO PLANO DE CONTAS

1 - O GRUPO DE TRABALHO INICIALMENTE ESTUDARAM AS NORMAS E CONVERGIRAM O NOVO PLANO DE CONTAS 1 - O GRUPO DE TRABALHO INICIALMENTE ESTUDARAM AS NORMAS E CONVERGIRAM O NOVO PLANO DE CONTAS 2 ASSOCIAÇÃO DE CONTAS E TESTES SIMULANDO BALANCETES NO NOVO PADRÃO. 3 DESENVOLVIMENTO DE TODOS OS EVENTOS

Leia mais

Treinamento para o Setor Público é na casp online!

Treinamento para o Setor Público é na casp online! S DE ATUAÇÃO: - Contabilidade Aplicada ao Setor Público - Administração Financeira e Orçamentária (Patrimônio, Almoxarifado e Custos) Legislativo Saúde Tributário Fiscal Comunicação O objetivo da Online

Leia mais

CONTABILIDADE PÚBLICA

CONTABILIDADE PÚBLICA CONTABILIDADE PÚBLICA (PECULIARIDADES, VARIAÇÕES, PLANO DE CONTAS) AUTOR: PROF. FRANCISCO GLAUBER LIMA MOTA E-MAIL: motaglauber@gmail.com www.financaspublicas.com.br VENDAS: ESTEFANIA 61-9221-1027 E 3368-6110

Leia mais

CHECK LIST DA TRANSIÇÃO DE GORVERNO

CHECK LIST DA TRANSIÇÃO DE GORVERNO CHECK LIST DA TRANSIÇÃO DE GORVERNO Missão: Evitar a descontinuidade Administrativa. Objetivo: Garantir o funcionamento contínuo das ações e serviços prestados à coletividade. Permitir a instituição de

Leia mais

Unidade II CONTABILIDADE PÚBLICA E. Prof. Walter Dominas

Unidade II CONTABILIDADE PÚBLICA E. Prof. Walter Dominas Unidade II CONTABILIDADE PÚBLICA E GOVERNAMENTAL Prof. Walter Dominas Conteúdo programático Unidade I 1. Objetivo e ambiente da contabilidade pública e governamental 2. Breve histórico do controle orçamentário

Leia mais

TRT- PE 6ª Região Contabilidade Pública Material de Apoio Alexandre Américo

TRT- PE 6ª Região Contabilidade Pública Material de Apoio Alexandre Américo TRT- PE 6ª Região Contabilidade Pública Material de Apoio Alexandre Américo 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. AVALIAÇÃO DE ITENS PATRIMONIAIS (ARTIGO 106 DA

Leia mais

OFICIO N. 1986/2012 Franca, em 23 de Julho de NOVA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO Estudos Iniciais

OFICIO N. 1986/2012 Franca, em 23 de Julho de NOVA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO Estudos Iniciais OFICIO N. 1986/2012 Franca, em 23 de Julho de 2012 NOVA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO Estudos Iniciais Parte I - Registro do Orçamento 1. Previsão da Receita Orçamentária O Orçamento para o exercício

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL DO TRABALHO 12ª REGIÃO (TJAA - TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL DO TRABALHO 12ª REGIÃO (TJAA - TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL DO TRABALHO 12ª REGIÃO (TJAA - TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA) 1 Emprego de tempos e modos verbais. PORTUGUÊS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO AULA LEITURA LEITURA QUESTÕES

Leia mais

CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA

CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA CONTROLE INTERNO LEI MUNICIPAL MÍNIMA Constituição Federal Art. 31. A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno

Leia mais

Orçamento e Financiamento da Assistência Social

Orçamento e Financiamento da Assistência Social Orçamento e Financiamento da Assistência Social Orçamento e Financiamento: Definições O Orçamento Público é um Planejamento que gera um compromisso de um governo em relação às políticas públicas; Ele reflete

Leia mais