O Impacto da. Política Pública sobre Oferta e Demanda. Copyright 2004 South-Western

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Impacto da. Política Pública sobre Oferta e Demanda. Copyright 2004 South-Western"

Transcrição

1 O Impacto da 6 Política Pública sobre Oferta e Demanda Copyright 2004 South-Western

2 Oferta, Demanda e Política Pública Em um mercado livre e desregulado, as forças de mercado determinam os preços de equilíbrio e as quantidades produzidas, trocadas e consumidas. Quando a alocação de mercado é ineficiente, há espaço para intervenção da política pública. Mesmo que o equilíbrio seja eficiente (não há desperdício), pode haver pessoas em uma situação econômica ruim.

3 Controles de Preços São usados quando o preço de mercado parece injusto para compradores ou vendedores. Podem ser mínimos ou máximos.

4 Controles de Preços Teto Um máximo legal ao qual o produto pode ser vendido. Piso Um mínimo legal ao qual o produto pode ser vendido.

5 Impacto do Teto sobre o Equilíbrio Há dois resultados possíveis em um mercado competitivo: Não há impacto se o teto está acima do preço de equilíbrio. Há excesso de demanda (escassez) se o teto estiver abaixo do preço de equilíbrio.

6 Impacto do Teto sobre o Equilíbrio Efeitos de Teto para preços: Escassez, pois Q D > Q S. Exemplo: energia elétrica racionamento Filas ou seleção de compradores

7 Exemplo: Controle de Aluguel Controle de aluguel é um teto no valor do aluguel que os proprietários podem cobrar. O objetivo é facilitar o acesso dos mais pobres a moradia.

8 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Controle de Aluguel no Curto Prazo Valor do Aluguel (a) Controle de Aluguel no curto prazo (oferta e demanda são inelásticas) Oferta Teto Escassez Demanda 0 Quantidade de residências

9 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Controle de Aluguel no Longo Prazo Valor do Aluguel (b) Controle de Aluguel no longo prazo (oferta e demanda são elásticas) Oferta Teto Escassez Demanda 0 Quantidade de Residências

10 Impacto do Piso sobre o Equilíbrio Analogamente, o Piso para preços gera excedente quando estiver acima do preço de equilíbrio. Nesse caso, Q D < Q S. Exemplo: preços mínimos para agricultura. Não há impacto se o preço mínimo estiver abaixo do preço de equilíbrio.

11 Salário Mínimo Como visto, um dos principais exemplos de piso para preços é o salário mínimo: valor mínimo para o trabalho. Como o trabalho é um fator de produção (ou seja, um bem intermediário, e não um bem final), os compradores são as firmas, e os vendedores são os indivíduos. Nesse caso, portanto, as firmas estão do lado da demanda, e os trabalhadores estão do lado da oferta.

12 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Salário Mínimo Salário Salário mínimo Excesso de Oferta (desemprego) Oferta de trabalho (trabalhadores) Demanda por trabalho (firmas) 0 Quantity demanded Quantity supplied Trabalho

13 Tributação O objetivo da tributação é arrecadar recursos para projetos públicos. A motivação pode ser melhorar o equilíbrio de mercado em relação a eficiência ou a equidade.

14 Impacto de Tributos sobre Compradores ou Vendedores Tributos desestimulam o mercado. A quantidade transacionada diminui quando um imposto é implementado. Compradores e vendedores dividem o tributo mesmo que, formalmente, a incidência recaia sobre apenas um deles.

15 Elasticidade e Incidência Tributária Incidência Tributária é a distribuição do tributo arrecadado entre os participantes do mercado. Há um novo equilíbrio de mercado sob tributação. Os compradores pagam mais e os vendedores recebem menos em relação ao equilíbrio anterior.

16 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Tributo sobre compradores Preço Preço ao Comprador Oferta, S 1 Preço sem tributo Preço ao vendedor $ Tributo ($0.50) Equilíbrio com tributo Equilíbrio sem tributo O tributo sobre compradores desloca a para baixo em ($0.50). D 1 D Quantidade

17 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Tributo sobre vendedores Preço ao comprador Preço Preço Sem tributo $ Equilíbrio com tributo Tributo ($0.50) S 2 S 1 Oferta desloca para cima com o tributo Equilíbrio sem tributo Preço ao vendedor Demanda, D Quantidade

18 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Imposto sobre salário Salário Oferta de Trabalho Salário pago Salário sem tributo Diferença Salário recebido Demanda por trabalho 0 Quantidade

19 Elasticidade e Incidência Tributária Qual é a proporção da tributação sobre compradores e vendedores? Qual é a diferença entre tributos sobre compradores e sobre vendedores? As respostas dependem da elasticidade da oferta e da demanda.

20 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Indicência Tributária (a) Oferta Elástica, Demanda Inelástica Preço Preço ao consumidor 1. Oferta mais elástica Oferta Preço sem tributo Preço ao vendedor Tributo 2. A incidência é maior sobre consumidores 3. Que sobre produtores Demanda 0 Quantidade

21 Copyright 2003 Southwestern/Thomson Learning Incidência Tributária (b) Oferta inelástica, demanda elástica Preço 1. Demanda mais elástica Preço ao consumidor Preço sem tributo Tributo Oferta 3. Que sobre consumidores. Preço ao vendedor 2. Incidência do tributo é maior sobre vendedores Demanda 0 Quantidade

22 Elasticidade e Incidência Tributária A maior parte da incidência tributária recai sobre o lado do mercado menos elástico, pois há menos espaço para ajustes.

Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo

Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 6 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work

Leia mais

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western Elasticidade 5 Copyright 2004 South-Western Copyright 2004 South-Western/Thomson Learning Elasticidade Permite analisar oferta e demanda com precisão. Mede o quanto compradores e vendedores respondem a

Leia mais

3 Mercados e Bem-Estar Econômico

3 Mercados e Bem-Estar Econômico 3 Mercados e Bem-Estar Econômico Eficiência e 7 Bem-Estar Revendo o Equilíbrio de Mercado O equilíbrio de mercado maximiza o bem-estar total de compradores e vendedores? O equilíbrio reflete a alocação

Leia mais

MERCADO: OFERTA X DEMANDA EXCEDENTE DO CONSUMIDOR E DO PRODUTOR

MERCADO: OFERTA X DEMANDA EXCEDENTE DO CONSUMIDOR E DO PRODUTOR MERCADO: OFERTA X DEMANDA EXCEDENTE DO CONSUMIDOR E DO PRODUTOR 2º SEMESTRE 2011 Excedente do Consumidor e Curva de Demanda Excedente do consumidor individual é o ganho líquido que o comprador individual

Leia mais

Capítulo 6 Oferta, Demanda e Políticas do Governo

Capítulo 6 Oferta, Demanda e Políticas do Governo Capítulo 6 Oferta, emanda e Políticas do Governo Lista de Exercícios 1. O preço máximo é obrigatório quando estabelecido a. acima do preço de equlíbrio, causando escassez. b. acima do preço de equlíbrio,

Leia mais

ão: Custos da Tributação

ão: Custos da Tributação Aplicação ão: Custos da Tributação Introdução à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 8 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work should

Leia mais

Microeconomia. Mercados Competitivos e Eficiência Econômica. Prof.: Antonio Carlos Assumpção

Microeconomia. Mercados Competitivos e Eficiência Econômica. Prof.: Antonio Carlos Assumpção Microeconomia Mercados Competitivos e Eficiência Econômica Prof.: Antonio Carlos Assumpção Análise de Mercados Competitivos A análise de mercados competitivos Os excedentes do produtor e consumidor Calculando

Leia mais

Introdução a Economia Cap 4

Introdução a Economia Cap 4 Introdução a Economia Cap 4 Feliciano Azuaga Departamento de Economia Unemat Sinop Mercado odução a Economia Aula 1 Oferta e demanda são duas palavras que os economistas usam muito Oferta e demanda são

Leia mais

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia As forças de mercado: oferta e demanda Danilo Igliori (digliori@usp.br) As Forças de Mercado de Oferta e Demanda Oferta e demanda estão entre as palavras que os economistas utilizam

Leia mais

PENSANDO COMO UM ECONOMISTA

PENSANDO COMO UM ECONOMISTA PENSANDO COMO UM ECONOMISTA à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 2 Pensando como um Economista Cada campo de estudo tem sua própria linguagem... Matemáticos integrais, axiomas, espaços vetoriais etc. Psicólogos

Leia mais

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES OBJETIVO GERAL Introduzir o conceito de elasticidade e suas aplicações como forma de entender melhor e específica os efeitos de mudanças nos preços sobre a oferta e a demanda.

Leia mais

RACIONALIDADE ECONÔMICA DO GOVERNO Questão 37: Acerca da intervenção do Estado na economia, assinale a opção correta. a) A existência de bens

RACIONALIDADE ECONÔMICA DO GOVERNO Questão 37: Acerca da intervenção do Estado na economia, assinale a opção correta. a) A existência de bens RACIONALIDADE ECONÔMICA DO GOVERNO Questão 37: Acerca da intervenção do Estado na economia, assinale a opção correta. a) A existência de bens públicos, tais como as escolas públicas e privadas, justifica

Leia mais

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico Economia dos Recursos Naturais Agentes e Circuito Económico Agentes Económicos numa economia simplificada Famílias Empresas Engloba as famílias enquanto unidades de consumo e de fornecimento de trabalho

Leia mais

Elasticidade. 5. Elasticidade e Suas Aplicações. Determinantes da Elasticidade- Preço da Demanda. Elasticidade-Preço da Demanda

Elasticidade. 5. Elasticidade e Suas Aplicações. Determinantes da Elasticidade- Preço da Demanda. Elasticidade-Preço da Demanda 5. Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade é uma medida de como compradores e vendedores reajem a uma mudança s preços s permite analisar a oferta e a demanda com muito mais precisão Elasticidade-

Leia mais

preço das matérias primas e dos fatores de

preço das matérias primas e dos fatores de Oferta Individual versus Oferta de Mercado A oferta de determinado bem depende de vários fatores: preço do próprio bem preço das matérias primas e dos fatores de produção tecnologia utilizada Oferta Individual

Leia mais

Finanças Públicas: Incidência Tributária Notas de Aula Prof. Giácomo Balbinotto

Finanças Públicas: Incidência Tributária Notas de Aula Prof. Giácomo Balbinotto Finanças Públicas: Incidência Tributária Notas de Aula Prof. Giácomo Balbinotto Alguns fatos estilizados Carga Tributária Nacional (em R$ bilhões) 2001 2002 PIB corrente 1.200 1.321 Tributos federais 278

Leia mais

Desemprego. Copyright 2004 South-Western

Desemprego. Copyright 2004 South-Western Desemprego 20 Desemprego Há dois tipos de desemprego: de curto prazo e de longo prazo. Desemprego de longo prazo: taxa natural de desemprego na economia. Por exemplo: tempo médio que leva para uma pessoa

Leia mais

Elasticidade e Suas Aplicações

Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade e Suas Aplicações à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 5 Motivação A Embrapa lança um novo híbrido de milho que aumenta em 20% a produtividade (kg/ha). Como reagir a essa notícia? Será que deve

Leia mais

Parte III Mercados. Concorrência Perfeita. Roberto Guena de Oliveira 28 de abril de 2017 USP

Parte III Mercados. Concorrência Perfeita. Roberto Guena de Oliveira 28 de abril de 2017 USP Parte III Mercados Concorrência Perfeita Roberto Guena de Oliveira 28 de abril de 2017 USP Sumário 1 Hipóteses 2 A demanda de mercado 3 Equilíbrio de curto prazo Oferta de curto prazo 4 Oferta da indústria

Leia mais

DFB ECONOMIA PARA ADVOGADOS Segunda Prova, modelo: A

DFB ECONOMIA PARA ADVOGADOS Segunda Prova, modelo: A DFB2006 2 ECONOMIA PARA ADVOGADOS Segunda Prova, modelo: A Nome: Número: Assinatura: I. Questões de múltipla escolha valor 5 Em cada questão assinale a única alternativa correta. 1. Pat e Kris são colegas

Leia mais

Finanças Públicas Receita Federal SLIDES 2

Finanças Públicas Receita Federal SLIDES 2 Finanças Públicas Receita Federal SLIDES 2 Prof: Francisco C. E. Mariotti e-mail: fcem90@gmail.com Os impactos pertinentes à tributação sobre o consumidor e a indústria geram resultados diretos na eficiência

Leia mais

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Lista de Exercícios: 1. Quando se estuda como determinado evento ou política afeta o mercado, a elasticidade fornece informações quanto: a. aos efeitos da equidade

Leia mais

Sumário, aula 13. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios

Sumário, aula 13. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios. Impostos/subsídios Sumário, aula 13 Intervenções do Governo Exercícios sobre Subsídios e Impostos Distribuição dos benefícios Efeito dos I/S em função da elasticidade Em equilíbrio de mercado O preço de venda é igual ao

Leia mais

Fundamentos de Microeconomia

Fundamentos de Microeconomia Fundamentos de Microeconomia Capítulo 4. Análise de mercados competitivos Ciclo Básico 2 período / 2012 Graduação em Ciências Econômicas V. Filipe Martins-da-Rocha (FGV) Fundamentos de Microeconomia 2

Leia mais

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Graduação em economia Exercícios para entrega 08 de junho de 2016 Exercício 1. Uma empresa produz bolas de gude e possui a seguinte função de produção: Q = 2(KL) 0.5,

Leia mais

TEORIA MICROECONÔMICA I N

TEORIA MICROECONÔMICA I N CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA ECO 1113 TEORIA MICROECONÔMICA I N PROFESSOR: JULIANO ASSUNÇÃO TURMA: 2JA Monopólio 1. Indique se as afirmações a seguir são verdadeiras ou falsas e

Leia mais

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda Sistema de preços Prof. Regis Augusto Ely Agosto de 2011 - Revisão Novembro de 2012 1 Oferta e demanda 1.1 Curva de demanda A curva de demanda descreve a relação entre preço e quantidade demandada. Aumentando

Leia mais

Monopólio. Copyright 2004 South-Western

Monopólio. Copyright 2004 South-Western Monopólio 15 Copyright 2004 South-Western Definição Enquanto a firma competitive é tomadora de preço (price taker), o monopólio é um fazedor de preço (má tradução para price maker). A firma é um monopólio

Leia mais

Sistema Financeiro. Copyright 2004 South-Western

Sistema Financeiro. Copyright 2004 South-Western Sistema Financeiro 18 Sistema Financeiro O sistema financeiro é o grupo de instituições da economia que faz a intermediação entre poupança de quem guarda recursos e o investimento de quem precisa de recursos.

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA

INTRODUÇÃO À ECONOMIA INTRODUÇÃO À ECONOMIA Capítulo I ESCASSEZ A escassez ocorre porque os desejos humanos excedem as quantidades de produção possíveis com período e recursos disponíveis, porém limitados. ESCASSEZ A escassez

Leia mais

Introdução à. Macroeconomia

Introdução à. Macroeconomia Introdução à Prof. Fabini Hoelz Bargas Alvarez IBMEC-RJ / UCP O que é? É o estudo da economia como um todo, pois analisa a economia através de suas variáveis fortemente agregadas. Abrange o comportamento

Leia mais

Qte depois da entrada

Qte depois da entrada CAPÍTULO 3 OFERTA E DEMANDA 1 MERCADO COMPETITIVO muitos compradores e vendedores, ações de qualquer indivíduo não tem efeito perceptível sobre o preço. Ex. de merc não competitivo coca-cola. O merc competitivo

Leia mais

A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos.

A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos. IMPORTANTE: Tratando-se de uma representação esquematizada das aulas previstas, o material que integra esse Desenvolvimento Programático não é suficiente para o acompanhamento do curso. Sua leitura, sem

Leia mais

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura 1. Motivação O Mercado de Milho nos EUA 2. Definição de Mercados Competitivos 3. A Curva de Demanda de Mercado 4. A Curva de Oferta de Mercado 5. Equilíbrio 6.

Leia mais

Oferta e Demanda II: mercados e bem-estar

Oferta e Demanda II: mercados e bem-estar Consumidores, produtores e eficiência dos mercados Produtores sempre desejam receber mais por seus produtos... Consumidores sempre reclama dos preços e desejam pagar menos... Qual o preço certo do ponto

Leia mais

4 Economia do Setor Público

4 Economia do Setor Público 4 Economia do Setor Público Externalidades 10 Copyright 2004 South-Western Maximização de Benefício Agregado Relembrando: a mão invisível de Adam Smith faz com que compradores e vendedores interessados

Leia mais

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia Elasticidades Danilo Igliori (digliori@usp.br) Elasticidade (sensibilidade de resposta à mudança de uma variavel) Noção de elasticidade: Por exemplo, se a oferta aumentar, o

Leia mais

Introdução à Economia. - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio

Introdução à Economia. - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio Introdução à Economia - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio O que é Economia? Definição: Economia é uma ciência social que estuda como a sociedade administra seus recursos escassos. Por que é uma ciência

Leia mais

2.1 - SISTEMA ECONÔMICO

2.1 - SISTEMA ECONÔMICO Sistemas Econômicos 2.1 - SISTEMA ECONÔMICO Um sistema econômico pode ser definido como a forma na qual uma sociedade está organizada em termos políticos, econômicos e sociais para desenvolver as atividades

Leia mais

Microeconomia. Aspectos preliminares. Tópicos para Discussão. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares

Microeconomia. Aspectos preliminares. Tópicos para Discussão. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares Microeconomia Aspectos preliminares Tópicos para Discussão O que é um mercado? Preços reais versus preços nominais PINDYCK, R. e RUBINFELD, D. Microeconomia. São Paulo: Prentice Hall. 2008. Slide 2 A Microeconomia

Leia mais

Lista de Exercícios # 2 - Questões

Lista de Exercícios # 2 - Questões EAE0110 - Fundamentos de Microeconomia Professor: Sergio Almeida Lista de Exercícios # 2 - Questões Níveis de Dificuldade: D1 (Básico), D2 (Intermediário) e D3 (Avançado) Questão 1 (D1): Escreva a fórmula

Leia mais

Concorrência Perfeita

Concorrência Perfeita UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Disciplina: Teoria Microeconômica II Professor: Sabino da Silva Porto Junior Lista 1-2007/01 Concorrência Perfeita (ANPEC 97)

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez. Lista de Exercícios 1 - Gabarito

Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez. Lista de Exercícios 1 - Gabarito Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez Lista de Exercícios 1 - Gabarito 1. Você ganhou R$ 100 em um bolão e pode escolher entre gastar o dinheiro

Leia mais

09/02/2014. Prévia. Vantagem comparativa e custo de oportunidade. Introdução

09/02/2014. Prévia. Vantagem comparativa e custo de oportunidade. Introdução Capítulo 3 Produtividade do trabalho e vantagem comparativa: o modelo ricardiano Prévia Custos de oportunidade e vantagem comparativa O modelo ricardiano de um só fator Possibilidades de produção Ganhos

Leia mais

Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda

Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Lista de Exercícios: 1. Em um mercado competitivo, a quantidade produzida e o preço do produto são determinados pelo(s): a. compradores. b. vendedores.

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA PARA ENGENHEIROS CAPÍTULO 2 - OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA - PINDYCK

INTRODUÇÃO À ECONOMIA PARA ENGENHEIROS CAPÍTULO 2 - OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA - PINDYCK INTROUÇÃO À ECONOMIA ARA ENGENHEIRO CAÍTULO 2 - O FUNAMENTO A OFERTA E A EMANA - INYCK 1 uponhamos que um clima excepcionalmente quente ocasione um deslocamento para a direita na curva da demanda de sorvete

Leia mais

Fundamentos de Microeconomia

Fundamentos de Microeconomia Fundamentos de Microeconomia Prof. Danilo Igliori Lista 1 1. Existem dois conceitos similares muito utilizados em Economia. Eles são a Fronteira de Possibilidade de Produção e a Restrição Orçamentária.

Leia mais

Economia para Engenharia

Economia para Engenharia Economia para Engenharia Eng. Telecomunicações Aula 03 rev. 01 abrul/16 Roteiro» Introdução» Estrutura de mercado» Sistemas econômicos Capitalismo; Socialismo; Economia Mista;» Divisão do estudo econômico»

Leia mais

Mercados e Políticas Agrícolas

Mercados e Políticas Agrícolas Mercados e Políticas Agrícolas Aula 7: Introdução às Políticas Agrárias. Objetivos das Políticas Agrárias. Tipos de Políticas Agrárias. Análise dos efeitos das políticas de suporte de preços e rendimentos,

Leia mais

PRO 2208 Introdução à Economia

PRO 2208 Introdução à Economia PRO 2208 Introdução à Economia Introdução Prof. Regina Meyer Branski Slides cedidos pelo Professor David Nakano 2015 Objetivos Apresentar Princípios básicos de Economia Alguns Modelos Econômicos Princípios

Leia mais

Finanças Públicas. Provisionamento Público: SAÚDE CAP. 12 STIGLITZ

Finanças Públicas. Provisionamento Público: SAÚDE CAP. 12 STIGLITZ Finanças Públicas Provisionamento Público: SAÚDE CAP. 12 STIGLITZ 1. INTRODUÇÃO Saúde não é um bem público puro No contexto de economia do bem estar, governo pode intervir em determinador setor por duas

Leia mais

Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda. Mankiw (Cap 4)

Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda. Mankiw (Cap 4) Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda Mankiw (Cap 4) 1 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Oferta e demanda são duas palavras que quem trabalha com economia usa frequentemente. Oferta e demanda

Leia mais

Monopólio. Varian cap. 24

Monopólio. Varian cap. 24 Monopólio Varian cap. 24 Introdução Definição: Uma empresa produz uma mercadoria sem substitutos próximos. Monopolista pode obter lucro econômico puro, mesmo no longo prazo. Mas, e novas empresas não são

Leia mais

Microeconomia Discriminação de Preços

Microeconomia Discriminação de Preços Microeconomia Discriminação de reços rof. Antonio Carlos Assumpção Discriminação de reços: Monopólio Discriminação de preço é a prática de cobrar, pelo mesmo produto, preços diferentes de consumidores

Leia mais

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Macroeconomia Fundamentos 1. O Mercado e o Estado Francisco Lima 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Plano As sociedades d e a actividade id d económica: produzir

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez. Regras

Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez. Regras Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Direito e Economia Professor Rodrigo Nobre Fernandez Regras - A avaliação deverá ser preenchida com caneta esferográfica preta ou azul. - Os grupos devem conter

Leia mais

TP043 Microeconomia 11/11/2009 AULA 19 Bibliografia: PINDYCK capítulo 10

TP043 Microeconomia 11/11/2009 AULA 19 Bibliografia: PINDYCK capítulo 10 TP043 Microeconomia 11/11/2009 AULA 19 Bibliografia: PINDYCK capítulo 10 DESLOCAMENTOS DA DEMANDA: No mercado monopolista não existe uma curva de oferta. A cada movimentação da demanda a oferta se modifica,

Leia mais

Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia.

Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia. 38 3081.1201 2 Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia. A partir da energia produzida na residência, tudo o que for

Leia mais

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Macroeconomia Fundamentos 1. O Mercado e o Estado Francisco Lima 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Plano As sociedades d e a actividade id d económica: produzir

Leia mais

Curso: Administração Período 2º Ano/Sem: 2011/2. Disciplina: Microeconomia CH. Semanal: 4 h/aula CH Total: 64 h/aula

Curso: Administração Período 2º Ano/Sem: 2011/2. Disciplina: Microeconomia CH. Semanal: 4 h/aula CH Total: 64 h/aula MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Curso: Administração Período 2º Ano/Sem:

Leia mais

Objeto da ciência econômica: é a questão da escassez, ou seja, economizar recursos.

Objeto da ciência econômica: é a questão da escassez, ou seja, economizar recursos. Escassez e Curvas de Produção Como visto anteriormente, a economia é uma ciência social uma vez que objetiva atender às necessidade humanas: como o indivíduo e a sociedade utilizam os recursos, na produção

Leia mais

SISTEMAS ECONÔMICOS. Capitalista Socialista Misto

SISTEMAS ECONÔMICOS. Capitalista Socialista Misto SISTEMAS ECONÔMICOS Capitalista Socialista Misto 1 Sistema Econômico / Organização Econômica Principais formas:. Economia de Mercado (ou descentralizada, tipo capitalista) Sistema de concorrência pura

Leia mais

Externalidades. Mas falhas de mercado ainda podem ocorrer. Falhas de Mercado: Externalidades. Capítulo 10. Eficiência do Mercado e Falhas de Mercado

Externalidades. Mas falhas de mercado ainda podem ocorrer. Falhas de Mercado: Externalidades. Capítulo 10. Eficiência do Mercado e Falhas de Mercado Externalidades Introdução à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 10 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work should be mailed to: Permissions

Leia mais

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas.

- Desenvolver no aluno aluno a capacidade de raciocinar criticamente por meio das análises microeconômicas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia

Leia mais

A Agenda da Reforma: Financiamento. Apresentação para o Seminário Reforma da Previdência: uma Oportunidade para o Brasil

A Agenda da Reforma: Financiamento. Apresentação para o Seminário Reforma da Previdência: uma Oportunidade para o Brasil A Agenda da Reforma: Financiamento Apresentação para o Seminário Reforma da Previdência: uma Oportunidade para o Brasil Bernard Appy 04/04/2016 Financiamento 2 Problemas do modelo de financiamento Síntese

Leia mais

Capítulo Introdução à Economia Mankiw, N.G. Copyright 2001 by Harcourt, Inc.

Capítulo Introdução à Economia Mankiw, N.G. Copyright 2001 by Harcourt, Inc. Monopólio. Introdução à Economia Mankiw, N.G Capítulo 15 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work should be mailed to: Permissions

Leia mais

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul [Ano] Estruturas de Mercado e Decisão Estruturas de Mercado e Decisão MATERIAL TEÓRICO Responsável pelo Conteúdo: Prof. Ms. Andressa Guimarães Rego Revisão Textual: Profa. Ms. Alessandra Fabiana Cavalcante

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia I CHS: 64

PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia I CHS: 64 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO Disciplina: Fundamentos de Economia

Leia mais

Curso de Difusão FDRP/USP Fashion Law Direito e Moda

Curso de Difusão FDRP/USP Fashion Law Direito e Moda 1- O critério de classificação será socioeconômico; BOLSA DE ESTUDOS - ORIENTAÇÕES GERAIS 2- A solicitação da Bolsa somente será efetivada mediante o preenchimento e envio, do formulário socioeconômico

Leia mais

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 1. Constitui um bem de capital: ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 a) os bens e serviços que se destinam ao atendimento direto das necessidades humanas. b) os bens que aumentam a eficiência do trabalho humano.

Leia mais

UNIDADE III TRIBUTAÇÃO RECEITA PÚBLICA ORÇAMENTO PÚBLICO. Orçamento Público. Orçamento Público

UNIDADE III TRIBUTAÇÃO RECEITA PÚBLICA ORÇAMENTO PÚBLICO. Orçamento Público. Orçamento Público ORÇAMENTO PÚBLICO UNIDADE III TRIBUTAÇÃO RECEITA PÚBLICA 112 Principais categorias de tributos Do ponto de vista da base econômica, os tributos podem ser classificados em três grandes categorias: Impostos

Leia mais

DOS MAIORES DE 23 ANOS NOME:

DOS MAIORES DE 23 ANOS NOME: Notas: Apresente o seu documento de identificação. Coloque o nome em todas as folhas. Leia atentamente cada questão antes de iniciar a sua resposta. Grupo 1 [10 VALORES] Relativamente a cada questão, assinale

Leia mais

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A.

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A. A lei da oferta e Parte 1: Oferta, e equilíbrio de mercado Parte 2: Elasticidades Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br BLOG: www.marcoarbex.wordpress.com Dois reais......e noventa centavos

Leia mais

DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B

DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B Roberto Guena de Oliveira 18 de maio de 2010 1. Suponha que o governo queira aumentar sua arrecadação tributária e que, para esse fim,

Leia mais

Exercícios Avançados. Prof. César Rissete Finanças Públicas 55

Exercícios Avançados. Prof. César Rissete Finanças Públicas 55 01. Do ponto de vista das finanças públicas, diz-se, em relação ao princípio do benefício, que: a) cada um deve pagar proporcionalmente às suas condições. b) este princípio é o mais adotado, sendo as despesas

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio.

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA II ESTÁGIO DOCÊNCIA: VÍVIAN DOS SANTOS QUEIROZ PROFESSOR:

Leia mais

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 Microeconomia I Arilton Teixeira arilton@fucape.br 2012 1 Bibliografia Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 2 Mercado Definição: É o conjunto de agentes, compradores e vendedores, que negociam

Leia mais

ECONOMIA CONCURSO AUDITOR DO ESTADO CAGE AULA 01 BLOCO 1. Professor Christian de Azevedo

ECONOMIA CONCURSO AUDITOR DO ESTADO CAGE AULA 01 BLOCO 1. Professor Christian de Azevedo ECONOMIA CONCURSO AUDITOR DO ESTADO CAGE AULA 01 BLOCO 1 Professor Christian de Azevedo Economia Ciência da Escassez e da Escolha Economia Ciência da Escassez e da Escolha Recurso Escassez + Necessidade/Desejo

Leia mais

ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1

ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1 ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1 Conceito de elasticidade Elasticidade é uma medida de sensibilidade de resposta das pessoas a mudanças em variáveis econômicas. 3-2 Conceito de elasticidade

Leia mais

Qdx= Px, que é a simples multiplicação da função para mil indivíduos.

Qdx= Px, que é a simples multiplicação da função para mil indivíduos. Aula 9 Microeconomia 29/03/2010 Mankiw (2007) Cap 4 e Pinho; Vasconcellos (2006) cap 4 Continuação da teoria elementar da demanda: Exercício: Imagine que a demanda de uma pessoa pelo bem x é dada por:

Leia mais

Concentração de renda

Concentração de renda economia Concentração de renda Nos últimos seis anos houve uma surpreendente redução da concentração de renda no Brasil. Contudo, as alternativas para a continuidade dessa redução não são favoráveis por

Leia mais

Malthus to Solow. 1. Introdução. Tópicos Especiais em Economia Aplicada - Crescimento Econômico 5/9/2005

Malthus to Solow. 1. Introdução. Tópicos Especiais em Economia Aplicada - Crescimento Econômico 5/9/2005 Malthus to Solow Gary D. Hansen (UCLA) Edward C. Prescott (Federal Reserve Bank of Minn.) NBER Working Paper 6858 Apresentação: Edilean Kleber da Silva Curso de Crescimento Econômico Professor: Sabino

Leia mais

Auditoria no TCU. A contribuição das análises quantitativas. Outubro de 2008

Auditoria no TCU. A contribuição das análises quantitativas. Outubro de 2008 Auditoria no TCU A contribuição das análises quantitativas Outubro de 28 Como um Juiz/Magistrado Auditoria Conformidade de Como um auditor público De acordo com a Lei De acordo com as regras e regulamentos

Leia mais

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado Gestão Empresarial e Economia Economia Microeconomia Sumário Mercado e concorrência perfeita Procura o Procura individual o Procura de mercado Oferta o Oferta individual o Oferta de mercado Equilíbrio

Leia mais

QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL

QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL LEITURA OBRIGATÓRIA CAPÍTULO 22 QUANTIFICANDO A RENDA NACIONAL Mankiw, N. Gregory Introdução à Economia: princípios de micro e macroeconomia, 2ª Edição. Rio de Janeiro, Editora Campus Ltda, 2001 CAPÍTULO

Leia mais

ECONOMIA EMPRESARIAL

ECONOMIA EMPRESARIAL Parte 1 ECONOMIA EMPRESARIAL Profa. Ms. Sandra Costa OBJETIVO capacitar executivos capazes de compreender os impactos da política econômica nas organizações e atuar nas decisões estratégicas das empresas;

Leia mais

I. Conceitos Básicos

I. Conceitos Básicos I. Conceitos Básicos Escolha Múltipla 1. A economia foca-se em a) Indivíduos e como os recursos são utilizados para satisfazer as necessidades humanas. b) Dinheiro. c) Bancos d) Control 2. Um recurso é

Leia mais

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior AULA SOBRE ELASTICIDADE a) CONCEITO: Elasticidade se refere à um tipo de sensibilidade, tem a ver com variações co-relacionadas. Por exemplo: Se eu digo que a demanda

Leia mais

Transcrição. Apresentador: Olá você em todo o Brasil, eu sou o Luciano Seixas e começa agora mais um Café com a Presidenta Dilma. Bom dia, presidenta!

Transcrição. Apresentador: Olá você em todo o Brasil, eu sou o Luciano Seixas e começa agora mais um Café com a Presidenta Dilma. Bom dia, presidenta! A conta de luz das residências vai ficar 16,2% mais barata, enquanto que, para as indústrias, a redução pode chegar a 28%, dependendo do nível de tensão. Segundo a presidenta Dilma Rousseff, a medida é

Leia mais

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA Disciplina: Economia e Mercado Professora: Karina Cabrini Zampronio Micro e Macroeconomia Microeconomia é o ramo da Teoria Econômica que estuda o funcionamento do mercado

Leia mais

NOME COMPLETO Nº INFORMÁTICO: TURMA: BOM TRABALHO

NOME COMPLETO Nº INFORMÁTICO: TURMA: BOM TRABALHO CURSOS: COMÉRCIO INTERNACIONAL E MARKETING Economia I Exame de época normal: 9 de Fevereiro de 2013 V2 - Tempo de duração da prova: 2 horas. - Explicite todos os cálculos que tiver de efetuar, bem como

Leia mais

ECONOMIA DA INFORMAÇÃO 2/3/2009

ECONOMIA DA INFORMAÇÃO 2/3/2009 O Problema de Seleção Adversa O Prof. Giácomo Balbinotto Neto ECONOMIA DA INFORMAÇÃO Modelo de Pashigian (1998, p.520-532) Uma análise informal - Assumimos uma situação na qual os vendedores estão melhor

Leia mais

Elasticidade e Suas Aplicações

Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade e Suas Aplicações Um dos conceitos mais importantes em economia Mankiw (Cap 5) Elasticidade...... é uma medida do quanto que compradores e vendedores respondem a mudanças nas condições de

Leia mais

Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais

Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais Apresentação para o Seminário Insper: Previdência Social: Problemas e Soluções Bernard Appy 10/06/2016

Leia mais

Preço natural e Preço de Mercado

Preço natural e Preço de Mercado Preço natural e Preço de Mercado Taxas Naturais e Preço natural Taxas de remuneração comuns, médias no tempo e lugar em que comumente vigoram. Preço natural: exatamente o que a mercadoria vale, o que ela

Leia mais

EXERCÍCIOS DE EPR 002 Profª Gleicilene Siqueira de Mello

EXERCÍCIOS DE EPR 002 Profª Gleicilene Siqueira de Mello EXERCÍCIOS DE EPR 002 Profª Gleicilene Siqueira de Mello 1) Questão: João é proprietário de uma empresa geradora e distribuidora de energia termoelétrico em sua pequena cidade natal. João vende seu produto

Leia mais

Unidade II FORMAÇÃO DE PREÇOS DE VENDA. Prof. Me. Livaldo Dos Santos

Unidade II FORMAÇÃO DE PREÇOS DE VENDA. Prof. Me. Livaldo Dos Santos Unidade II FORMAÇÃO DE PREÇOS DE VENDA Prof. Me. Livaldo Dos Santos Objetivos Estudar preços e concorrência o macroambiente o ambiente setorial Analisar a estrutura de mercado determinação da capacidade

Leia mais

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1 Administração AULA- 8 1 Economia Prof. Isnard Martins Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas 2006 Robert Heilbroner Micro Economia N.Gregory Mankiw Isnard Martins Pag - 1 As curvas apresentam

Leia mais

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta Economia Carlos Nemer 3ª Ed. Capítulo 6: Elasticidade da Demanda e da Oferta Poli-UFRJ Copyright 2005. Direitos Autorais reservados ao II-6-1 43/01 05 Sumário 1. Conceito; 2. ; 3. Elasticidade- Cruzada

Leia mais

ESTRUTURAS DE MERCADO. Fundamentos de Economia e Mercado

ESTRUTURAS DE MERCADO. Fundamentos de Economia e Mercado ESTRUTURAS DE MERCADO Fundamentos de Economia e Mercado ESTRUTURAS DE MERCADO As várias formas ou estruturas de mercados dependem fundamentalmente de três características: 1. Número de empresas que compõe

Leia mais