Auxiliar Jurídico. Módulo III. Aula 01

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Auxiliar Jurídico. Módulo III. Aula 01"

Transcrição

1 Auxiliar Jurídico Módulo III Aula 01 1

2 INTRODUÇÃO O 3º módulo correspondente ao Direito Processual do Trabalho que trata de alguns mecanismos processuais dentro da Justiça do Trabalho. Estudaremos ainda, algumas das principais ações e recursos que tramitam na Justiça do Trabalho. DEFINIÇÃO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Um conjunto de normas, princípios, regras e instituições, destinado a regular a atividade dos órgãos competentes na solução de ações individuais e coletivos entre trabalhadores e empregadores. CAPITULO 1 FONTES DO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO F O N T E S D O D I R E I T O P R O C E S S U A L D O T R A B A L H O Fontes ou nascentes como já estudamos no módulo anterior, são onde nascem e podemos encontrar o Direito Processual do Trabalho. Neste caso, podemos encontrar, nas seguintes legislações e situações abaixo: CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO (CLT) CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (CPC) LEI 5584/70, QUE ESTABELECE NORMAS ESPECÍFICAS AO PROCEDIMENTO SUMÁRIO. LEI 6830/80 APLICADA NA EXECUÇÃO TRABALHISTA CAPÍTULO 2 PRINCÍPIOS DO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PRINCÍPIO: Como já vimos, os princípios são pilares da base do ordenamento jurídico, que servem de estrutura para a criação de um direito 2

3 devendo ser seguidos e respeitados dentro do ordenamento jurídico e servindo para fundamentar, para uma decisão ou ato judicial, aplicado por juízes e advogados ou pelos próprios cidadãos, no qual vamos estudar abaixo: PRINCIPIO DA IGUALDADE Esse Princípio tem previsão legal no art. 5º caput da CF, que por sua vez, diz que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza e garantido o direito a vida, liberdade e igualdade. PRINCIPIO DO CONTRADITÓRIO E AMPLA DEFESA Esse princípio está previsto no art. 5º LV da CF e tem como sua principal característica a possibilidade de oferecimento de defesa ou resposta em todos os meios de direito admitidos. Exemplo: Se o empregado ajuizar uma ação na Justiça do Trabalho, a empresa tem o direito de se defender até o encerramento do processo. PRINCIPIO DO LIVRE CONVENCIMENTO Tal princípio significa que o juiz não precisa necessariamente vinculado a lei, podendo formar o próprio convencimento, de acordo com as provas contidas no processo. 3

4 CAPÍTULO 3 AÇÃO TRABALHISTA SEUS ELEMENTOS E FORMA AÇÃO TRABALHISTA- É o exercício de provocar o dever do Estado, para solucionar conflitos existentes entre pessoas jurídicas ou físicas no âmbito trabalhista, ou seja, é a ferramenta pela qual o cidadão exige do Estado a solução sobre os seus direitos. ELEMENTOS DA AÇÃO Uma ação trabalhista é composta de três elementos essenciais, são eles: SUJEITOS Empregado e empregador; CAUSA DE PEDIR Este por sua vez, pressupõe a existência de um direito material a ser pedido, ou seja, a fundamentação do pedido; PEDIDO Obtenção de um pronunciamento jurisdicional, ou seja, o resumo da pretensão exigida na ação; FORMA DA RECLAMAÇÃO De acordo com o art. 840 da CLT, a reclamação trabalhista, poderá ser escrita ou verbal. Sendo escrita, deverá conter o endereçamento, informando a comarca e juiz a quem for dirigida, qualificação do empregado e da empresa e uma breve exposição dos fatos, que resultou na ação. Sendo verbal, será elaborado um termo com 2 (duas) vias, datadas e assinadas pelo escrivão ou chefe da secretaria. Porém, na prática, é mais comum a utilização da Reclamação Trabalhista da forma escrita e através de um advogado, muito embora a lei ampare o trabalhador, caso queira ajuizar uma Reclamação Trabalhista, desacompanhado de advogado. 4

5 CAPÍTULO 4 - PROCEDIMENTOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO O QUE SÃO PROCEDIMENTOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO? PROCEDIMENTO Podemos entender que procedimento, é modo como o processo ira caminhar na Justiça do Trabalho. O procedimento pode variar de acordo com o valor da causa ação, ou seja, se a ação ajuizada, corresponder a um valor menor, o processo será mais simples e o ser resultado será mais rápido, se o valor for maior, será mais complexo e seu resultado será mais demorado. PROCEDIMENTO DE ALÇADA - Está descrito na Lei 5584/70 para causas que não excederem a dois salários mínimos. Em regra não é possível o recurso extraordinário e trata-se de um processo de baixo valor. Principais características Não cabe recurso, exceto se o juiz contrariar a Constituição Federal Valor de causa até dois salários mínimos PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO - É o procedimento no processo trabalhista, cujo valor não ultrapasse 40 salários mínimos. Neste caso, deve ser resolvido no prazo máximo de 15 dias. Se houver recurso, esse terá um tramite especial e célere junto ao tribunal. Principais características É para ser sentenciado no prazo de 15 dias, é possível o cabimento de Recurso Ordinário, porém o cabimento de Recurso de Revista é um pouco mais restrito. Valor de causa acima de 2 salários mínimos, até 40 salários mínimos. Número máximo de testemunhas do empregado e de cada empresa 2 (duas) testemunhas. 5

6 PROCEDIMENTO ORDINÁRIO - Causas que excedam a 40 salários mínimos, neste caso, normalmente os juízes marcam 2 audiências, sendo a primeira uma tentativa de conciliação e a segunda de instrução, sendo ouvido no máximo 3 testemunhas de cada sujeito processual. Esse procedimento por oferecer um valor acima de 40 salários mínimos é mais complexo e consequentemente, mais demorado. Principais características Normalmente, são marcadas duas audiências para esse tipo de processo, sendo a primeira chamada de audiência inicial, onde é feita uma tentativa de acordo. Caso o acordo não seja celebrado, o juiz marca uma segunda audiência, chamada de audiência de instrução, onde serão ouvidas as testemunhas e analisadas as provas contidas nos autos. Valor de causa acima 40 salários mínimos. Numero máximo de testemunhas do empregado e de cada empresa 3 (três) testemunhas. 6

7 CAPITULO 5 ORGANIZAÇÃO NA JUSTIÇA DO TRABALHO seguinte forma: A Justiça do Trabalho organiza-se da TST Tribunal Superior do Trabalho TRT Tribunal Regional do Trabalho VT (Vara do Trabalho) VARA DO TRABALHO São as distribuídas (protocoladas) no Fórum Trabalhista, também conhecido como Justiça do Trabalho. Feita a distribuição (protocolo), a ação é encaminhada para uma das varas trabalhistas existentes no fórum. Havendo mais de uma vara no fórum, no momento da distribuição é realizado um sorteio eletrônico, sobre qual vara deve tramitar o processo. Nas varas do trabalho, também são onde ocorrem as audiências. TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO Tribunal responsável pelos processos existentes no Estado, ou seja, TRT-SP é o Tribunal responsável pelos processos existentes no estado de São Paulo, o mesmo ocorre em TRT- RJ (Rio de Janeiro) TRT-MG (Minas Gerais) dentre outros. TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO Tribunal responsável pelos processos existentes no Brasil. 7

8 Caso o reclamante, não concorde com a decisão de 1ª Instância (Vara do Trabalho), ele oferece um recurso, para que o processo seja analisado por outros juízes do Tribunal Regional do Trabalho 2ª Instância. Caso o reclamante também não concorde com a decisão de 2ª Instância, ele poderá interpor novo recurso, denominado Recurso de Revisa, para que outros juízes analisem o processo, neste caso os juízes do Tribunal Superior do Trabalho, nesta ultima seus aspectos são mais técnicos. 8

9 CAPITULO 6 PRAZOS PROCESSUAIS PRAZOS PROCESSUAIS São os prazos que devem ser respeitados para o andamento de um processo, porém, respectivos prazos, podem ser instituídos de varias formas, como também oferecerem várias consequências, que estudaremos a seguir: PRAZOS INSTITUÍDOS EM LEI São prazos que tem previsão na própria lei, exemplo: Propor reclamação trabalhista: até 2 anos, a partir do encerramento do contrato de trabalho; Recurso Ordinário: 8 dias, a partir da data da publicação da sentença; Embargos de declaração: 5 dias, a partir da data da publicação da sentença; PRAZOS JUDICIAIS: São os prazos estabelecidos pelo juiz. PEREMPTÓRIOS OU PRECLUSIVOS Conhecidos também como prazos fatais e improrrogáveis. A consequência processual do não cumprimento do referido prazo fatal (preclusivo), implica na concordância tácita de quem deveria e não respeitou o prazo, ou seja, se parte interessada não demonstrar interesse de agir no referido prazo concedido a ela, é como se ela tivesse concordado por omissão com as consequências daquele prazo. Via de regra a contestação dos cálculos de liquidação respeita o prazo preclusivo de 10 (dez) dias, exemplo: o reclamante apresenta seus cálculos de liquidação de sentença no valor de R$ ,00, a reclamada tem o prazo de 10 dias, para contestar, porém, se ela não contestar dentro do prazo de 10 dias, é como se ela tivesse concordado com o valor de R$ ,00 (ainda que ele esteja errado). A JUSTIÇA NÃO AMPARA OS QUE DORMEM - Sempre que um prazo terminar em sábado ou domingo ou feriado, será prorrogado para o primeiro dia útil subsequente. Em caso de SUSPENSÃO do prazo, ele será retomado onde parou. No caso de INTERRUPÇÃO, o prazo terá nova contagem a partir do seu retorno. 9

10 CAPÍTULO 7 SENTENÇA E SEUS REQUISITOS Sentença É o ato pelo qual o juiz coloca fim a um processo. Exemplo, o reclamante propõe uma ação na Justiça do Trabalho, pleiteando o pagamento de horas extras. A reclamada se defende sobre os pedidos oferecidos pelo reclamante, e depois das audiências o juiz coloca fim ao processo através de uma sentença. O juiz pode colocar fim ao processo, através de uma sentença, mesmo sem a apresentação da defesa da reclamada. Requisitos da sentença : A) RELATÓRIO: é o resumo dos autos, como as pretensões do autor. A falta do relatório acarreta nulidade da sentença. Se existente o relatório, ainda que muito sucinto, é válida a sentença. É o documento que vai assegurar à parte vencedora o seu direito. B) FUNDAMENTAÇÃO: são as razões que levaram o juiz a decidir o processo. Sua falta também gera nulidade. Imporante O juiz não pode decidir ou indeferir um pedido sem fudamentar. C) DISPOSITIVO: É a conclusão do juiz. IMPORTANTE A demonstração de um direito efetivamente ganho ou não, tem que constar no dispositivo. 10

11 CAPÍTULO 8 PRINCIPAIS RECURSOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO RECURSOS Seu objetivo é modificar uma decisão contraria aos interesses daquele que perdeu. RECURSO ORDINÁRIO Tem como objetivo reformar uma decisão de 1ª Instância, e será sempre encaminhado para a instância superior. Art 895 CLT art. 895 Cabe recurso para a instância superior: a- Das decisões definitivas das varas e juízos, no prazo de 8 dias; RECURSO DE REVISTA ART. 896 E 896A Tem como objetivo, reformar uma decisão, que será encaminhada para o TST Tribunal Superior do Trabalho. 11

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS 1) Pretensão: A pretensão é o desejo de uma pessoa de submeter ao seu o interesse de terceiro, de obter certo benefício, como o recebimento de alguma importância ou a imposição

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de reclamação trabalhista sob o rito ordinário visto que a empresa foi fechada e seus representantes se encontram em local incerto e não sabido, à medida que o art. 825-B, II,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO DISSÍDIO COLETIVO 1. Conceito - Dissídio coletivo é o processo que vai dirimir os conflitos coletivos do trabalho, por meio do pronunciamento do Poder Judiciário, criando ou modificando condições de trabalho

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO.

QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO. www.brunoklippel.com.br QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO. 1. MEUS CURSOS NO ESTRATÉGIA CONCURSOS: Estão disponíveis no site do Estratégia Concursos (www.estrategiaconcursos.com.br),

Leia mais

Aula 11 - Ação e Petição Inicial 1. Conceituações 2. Natureza jurídica 3. Elementos da ação 4. Condições da ação

Aula 11 - Ação e Petição Inicial 1. Conceituações 2. Natureza jurídica 3. Elementos da ação 4. Condições da ação Aula 11 - Ação e Petição Inicial 1. Conceituações O direito de provocar o exercício da tutela jurisdicional pelo Estado para solucionar dado conflito existente entre certas pessoas denomina-se Ação. Dissidio

Leia mais

DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA:

DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA: DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA: São também denominados de órgãos auxiliares do juiz e servem para dar sustentação a todos os órgãos judiciais. Amauri Mascaro Nascimento conclui:

Leia mais

BOLETIM SINDICAL 04 DE TEMA: Acordo coletivo de trabalho. ENVIADO EM 26 de maio de 2009

BOLETIM SINDICAL 04 DE TEMA: Acordo coletivo de trabalho. ENVIADO EM 26 de maio de 2009 BOLETIM SINDICAL 04 DE 2009 TEMA: Acordo coletivo de trabalho ENVIADO EM 26 de maio de 2009 1. Dando continuidade ao boletim sindical nº 003/2009 no qual abordamos a convenção coletiva de trabalho, vamos

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS 2 ÍNDICE I - INTRODUÇÃO...3 II - ESCOPO DOS SERVIÇOS...3 III

Leia mais

RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES

RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES RECURSO DE REVISTA-AIRR REC. ADESIVO EMBARGOS À SDI RECURSO EXTRAORDINÁRIO PROFESSOR LAURO GUIMARÃES NOVA SISTEMÁTICA RECURSAL TRABALHISTA REP. GERAL/REC. REPETITIVOS LEI 13.015/2014 NOVO CPC CPC - ARTS.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

Conflitos entre o Processo do

Conflitos entre o Processo do Conflitos entre o Processo do Trabalho e o Novo CPC Jordão Medeiros Jurídico Ambev AmBev Conflito x Impactos CLT Art. 769 - Nos casos omissos, o direito processual comum será fonte subsidiária do direito

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Antônio pactuou um contrato de empreitada com Armando, engenheiro civil, com o objetivo de promover uma reforma em sua casa residencial.

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

Jurídica JANEIRO /LOCAL 30/11/15 a 30/04/16 Pós-graduação em Gestão Pública Elaboração de TCC e Semipresencial FEVEREIRO /LOCAL 15/02 a 14/03 Direito Material do Básico (Adaptado do TRT12) Carga Horária:

Leia mais

I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito Processual do Trabalho, enfocando a formação humanística com o

I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito Processual do Trabalho, enfocando a formação humanística com o Plano de Ensino Disciplina: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Curso: DIREITO Código: Série: 4ª Obrigatória ( X ) Optativa ( ) CH Teórica: 34 CH Prática: 34 CH Total:68 I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 07 PROVAS 34 QUESTÕES (2012 2010) A apostila contém provas de Direito Processual Civil de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC),

Leia mais

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho.

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. Convenção Coletiva de Trabalho É um ato jurídico pactuado

Leia mais

EDITAL VERTICALIZADO - TÉCNICO JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA

EDITAL VERTICALIZADO - TÉCNICO JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA CONCURSO DO TRT 4a REGIÃO - RIO GRANDE DO SUL EDITAL VERTICALIZADO - TÉCNICO JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA CONHECIMENTOS BÁSICOS PORTUGUÊS Ortografia Oficial Acentuação Gráfica Flexão nominal e verbal

Leia mais

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT Elizabeth Homsi 10-02-2012 CNDT E BNDT I DA BASE LEGAL - CNDT E BNDT 1.1 CNDT LEI 12.440, DE 07.07.2011 (ENTROU

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 João Pedro, antigo sócio da empresa BC Ltda., desligou-se da sociedade no ano de 1998, tendo sido o ato devidamente formalizado perante a Junta Comercial,

Leia mais

RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO

RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO Curso de RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO Turma 5 LOCAL: Pelotas - RS PÚBLICO-ALVO: SERVIDORES LOTADOS NAS VARAS DO TRABALHO DE: Arroio Grande, Bagé, Camaquã, Cachoeira do Sul, Pelotas, Rio Grande, Santa

Leia mais

REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA

REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA Este trabalho tem por finalidade estudar os aspectos da representação processual trabalhista em foco da representação do empregador

Leia mais

Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota

Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ( FCC - 2012 - TRT - 6ª Região) Quanto às regras

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Renato trabalhou como motorista para o Restaurante Amargo Ltda., tendo sempre recebido salário fixo no valor de R$ 1.600,00 mensais. Diariamente dirigia o veículo

Leia mais

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo.

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo. DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS DO NCPC NOS PROCESSOS EM CURSO NO JEF Dra. Fiorella Ignacio Bartalo fiorella@aasp.org.br Artigo 985: Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Julgado o incidente, a tese jurídica

Leia mais

PARTES E PROCURADORES DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Aula 5 Partes e procuradores. Professora: Maria Inês Gerardo. Site: mariainesgerardo.com.

PARTES E PROCURADORES DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Aula 5 Partes e procuradores. Professora: Maria Inês Gerardo. Site: mariainesgerardo.com. DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Aula 5 Partes e procuradores. Professora: Maria Inês Gerardo Site: mariainesgerardo.com.br Facebook: Maria Inês Gerardo Conteúdo Programático desta aula Partes e Procuradores

Leia mais

2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS. Processo:

2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS. Processo: 2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS Processo:0000527-17.2014.5.02.0442 Autor: SINDICATO DOS TRABALHADORES NA MOVIMENTAÇÃO DE MERCADORIAS EM GERAL E DOS ARRUMADORES DE SANTOS, SÃO VICENTE, GUARUJÁ, CUBATÃO E

Leia mais

Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho.

Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho. Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho. Documental: é a forma de uma coisa poder ser conhecida por alguém, de modo a reproduzir certa manifestação de pensamento. O documento vai representar um

Leia mais

1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que :

1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que : 1 1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que : a) Os atos e termos do processo serão datilografados ou escritos com tinta escura indelével, assinado-os as pessoas

Leia mais

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS.

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal!

Leia mais

Teoria Geral do Processo

Teoria Geral do Processo Arno Melo Schlichting Teoria Geral do Processo Concreta - Objetiva - Atual Livro 2 3 a Edição SUMÁRIO Apresentação 9 Identificação 11 Natureza... 13 Objetivo... 13 1 Teoria Geral das Ações 15 1.1 Ação,

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Espera-se que o(a) examinando(a) elabore recurso de apelação, dirigido ao próprio juízo que prolatou a decisão (art. 475-M, 3.º, do CPC, art. 496, inciso I, c/c os arts. 513-521 do CPC),

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula 1. Fontes materiais e formais. 2. Normas Jurídicas de Direito do Trabalho. Constituição, Leis, Atos do Poder Executivo, Sentença normativa, Convenções e Acordos Coletivos, Regulamentos de empresa, Disposições

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA NORMATIVA SOBRE ACOMPANHAMENTO DISCENTE DE AUDIÊNCIAS E SESSÕES NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PORTO ALEGRE 2014 SUMÁRIO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

Pratica Especial Civil 10 sem

Pratica Especial Civil 10 sem AULA 04 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

Direito do Trabalho Teoria Geral dos Recursos Trabalhistas Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito do Trabalho Teoria Geral dos Recursos Trabalhistas Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito do Trabalho Teoria Geral dos Recursos Trabalhistas Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. TEORIA GERAL DOS RECURSOS TRABALHISTAS Prof.: Konrad

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E www.questoesdeconcursos.com.br DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Antenor Silva foi contratado como auxiliar de serviços gerais pela empresa Mar Azul Ltda. Ao se pactuar

Leia mais

Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA E O DESEMBARGADOR

Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA E O DESEMBARGADOR PROVIMENTO CONJUNTO Nº CGJ/CCI-011/2013 Dispõe sobre o Serviço de Protocolo Postal no âmbito do Poder Judiciário do Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL

Leia mais

ATOS, TERMOS E PRAZOS PROCESSUAIS (artigos 770 a 782, CLT) DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

ATOS, TERMOS E PRAZOS PROCESSUAIS (artigos 770 a 782, CLT) DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Aula 4 Atos, termos e Prazos processuais. Nulidades processuais. Professora: Maria Inês Gerardo Site: Facebook: Maria Inês Gerardo Atos processuais: Conceito Classificação

Leia mais

SIMULADO DIREITO DO TRABALHO VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PEÇA PROFISSIONAL

SIMULADO DIREITO DO TRABALHO VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PEÇA PROFISSIONAL SIMULADO DIREITO DO TRABALHO VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PEÇA PROFISSIONAL Cláudia Nogueira foi contratada, na data de 09 de outubro de 2007, pela empresa Grande Irmãos LTDA. para trabalhar na filial

Leia mais

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Olá pessoal! A prova do TRT/ES está próxima então vamos dar continuidade a nossa aula de recursos no processo do trabalho. Hoje a nossa aula será sobre recursos em espécie

Leia mais

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: PROCESSO DE CONHECIMENTO (CÓD. ENEX 60123) ETAPA: 4ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos,

Leia mais

Estágio Supervisionado I

Estágio Supervisionado I Estágio Supervisionado I 5ª etapa TRABALHO Nº 01 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Ministério Público Estadual ou Federal TRABALHO Nº 02 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Advocacia Geral da União

Leia mais

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de Formosa GO, pertencente à 18.ª Região. No processo, o reclamante declarou

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º.

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. 20-02-16 Sábado 08:30h 02-04-16 - Sábado 08:30h ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período * As aulas práticas têm início às 08:30h, impreterivelmente, não sendo tolerados atrasos. A aprovação. Em caso de reprovação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro Henrique Gustavo Guimaraes Jose Isaias Fonseca Rafael Moreira Campos Gomes Ronaldo José Santana ANÁLISE CASO

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Posição legal Momento processual Necessidade, finalidade, objeto e limites Natureza jurídica Liquidação na pendência de recurso Liquidação concomitante com execução Modalidades Liquidação de sentença Sumário

Leia mais

Reconhece o direito solicitado

Reconhece o direito solicitado 1 Requerimento INSS Indeferido O INSS dá ciência ao interessado do motivo pelo qual não foi atendida a sua pretensão, que tem prazo de 30 dias para recorrer. Protocolo Recurso INSS revisa o processo Recurso

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015 Data: 20/09/2015 Versão: Original 01 SISTEMA ADMINISTRATIVO SJU - SISTEMA JURÍDICO 02 ASSUNTO SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUSTIÇA COMUM CÍVEL E JUIZADO ESPECIAL

Leia mais

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DE DIREITO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL 2013 EMENTA PROCESSO DO TRABALHO: Noções gerais. Análise de casos hipotéticos (direito material e processual). Prática Trabalhista. Estudo e redação de peças

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Sumário Capítulo 1 A Situação Concreta... 1 1.1. Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Capítulo 2 Petições Cíveis: Procedimento Comum... 7 2.1. Petição Inicial...7

Leia mais

Dr. Adriano M Pinheiro Direitos Trabalhistas. (11) INTRODUÇÃO

Dr. Adriano M Pinheiro Direitos Trabalhistas. (11) INTRODUÇÃO Dr. Adriano M Pinheiro Direitos Trabalhistas (11) 2737-1742 www.adrianopinheiroadvocacia.com.br INTRODUÇÃO Este artigo busca esclarecer os direitos dos bancários. O texto mostra-se como um verdadeiro manual

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para verificar e atualizar cálculos.

Estabelecer critérios e procedimentos para verificar e atualizar cálculos. Proposto por: Diretores de Secretaria de Vara do Trabalho Analisado por: Diretor Geral de Coordenação Judiciária Aprovado por: Presidente TRT/RJ ATENÇÃO: Cópias impressas não são controladas. 1 OBJETIVO

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 5ª Série Direito Processual Civil III Direito A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO.

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. A lei nº 12.440, de 07 de julho de 2011, publicada no D.O.U do dia 08/07/2011 que acrescenta Título VII-A à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT),

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 2ª REGIÃO PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 5ª TURMA PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA

Leia mais

Adoto o relatório da r. sentença de fs. 142/145, que julgou a ação improcedente. Embargos de declaração (fs. 149), julgou improcedente.

Adoto o relatório da r. sentença de fs. 142/145, que julgou a ação improcedente. Embargos de declaração (fs. 149), julgou improcedente. PROCESSO TRT/SP Nº 00558.2006.084.02.00-1 9ª Turma RECURSO ORDINÁRIO ORIGEM: 84ª Vara do Trabalho de São Paulo RECORRENTE: RENATA AMARAL FERNANDES DAS SILVA RECORRIDO: ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA REITORIA

Leia mais

RECURSOS TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ

RECURSOS TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ TRABALHISTAS MONITOR JEAN LUIZ Efeitos dos recursos Conceito- é a forma pela qual a parte pode obter o reexame de uma decisão. Efeitos: Devolutivo- é inerente a todos recurso. Suspensivo- suspende os efeitos

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Lauro, representante legal da empresa Rápido Distribuidora de Alimentos Ltda., procurou auxílio de profissional de advocacia, ao qual relatou ter sido citado para

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO CAPÍTULO 2 CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO... 29

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO CAPÍTULO 2 CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO... 29 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO... 15 1.1 FONTES DO DIREITO DO TRABALHO...15 1.1.1 Classificação...15 1.1.2 Hierarquia entre as fontes justrabalhistas...16 1.2 Princípios do direito do

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 8 Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. META 8 LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CF, art. 5 o, LXIX e LXX;

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd DIVISOR DO SALÁRIO-HORA. JORNADA DE TRABALHO DE 30 HORAS. DIVISOR 150. Para as jornadas de 30 horas semanais de trabalho aplica-se o divisor 150 sobre o valor do salário-hora do empregado. Entendimento

Leia mais

Processo Trabalho Prova Corrigida AV2

Processo Trabalho Prova Corrigida AV2 Processo Trabalho Prova Corrigida AV2 Fonte: Universidade Estácio de Sá 1a Questão: (134o Exame OAB/SP) Nos dissídios de alçada exclusiva da vara do trabalho, apenas cabe recurso no caso de a questão decidida:

Leia mais

PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL

PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL Art. 791 - Os empregados e os empregadores poderão reclamar pessoalmente perante a Justiça do Trabalho e acompanhar as suas reclamações até o final. 1º -

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Artigos 1.022 a 1.026 do Código de Processo Civil 1. Conceito Os embargos declaratórios são opostos contra qualquer decisão que contenha obscuridade, omissão,

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0030633-38.2013.8.19.0000 Agravante: DELVINA CÂNDIDA DE OLIVEIRA. Agravados:ELIANE

Leia mais

Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012. Elaborado por Ana Carla Teixeira

Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012. Elaborado por Ana Carla Teixeira Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012 Elaborado por Ana Carla Teixeira 1 Nesta conferência, o Dr. Rui Assis, abordou com uma enorme clareza os seguintes temas: I- A

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA 1 Respostas do Réu - Contestação INTRODUÇÃO - Princípio da bilateralidade: AÇÃO E REAÇÃO - juiz só pode decidir nos autos após ter ouvido as duas partes, a

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE MEDIDAS DISCIPLINARES

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE MEDIDAS DISCIPLINARES 7/05/203. INTRODUÇÃO O Procedimento de Medidas Disciplinares tem por objetivo estabelecer as regras para garantir os padrões de comportamento exigidos pela Melhoramentos CMPC. Deverá ser aplicado em todas

Leia mais

ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO. Maira L. de Souza Melo

ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO. Maira L. de Souza Melo ESPÉCIES NORMATIVAS E PROCESSO LEGISLATIVO Maira L. de Souza Melo ESPÉCIES NORMATIVAS Art.18 da CE: Emenda Constitucional Lei Complementar Lei Ordinária Lei Delegada Decreto Legislativo Resolução NORMAS

Leia mais

A Execução Fiscal e o novo CPC. < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes

A Execução Fiscal e o novo CPC. < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes A Execução Fiscal e o novo CPC < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes LEF, art. 5º A competência para processar e julgar a execução da Dívida Ativa da Fazenda Pública exclui a de qualquer outro juízo,

Leia mais

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Em razão do volume exorbitante de demandas, o Judiciário brasileiro torna-se, naturalmente, incapaz de pacificar

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 09/11/2016

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 09/11/2016 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ Atualizado em 09/11/2016 RESOLUÇÃO STJ/GP N. 1 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2016. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno dos autos no âmbito

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Paulo foi empregado da microempresa Tudo Limpo Ltda. de 22/02/15 a 15/03/16. Trabalhava como auxiliar de serviços gerais, atuando na limpeza de parte da pista de

Leia mais

Petição Inicial - Conceito

Petição Inicial - Conceito Petição Inicial - Conceito A Petição Inicial é um documento escrito (ou digital) elaborado pelo advogado para defender e reivindicar os direitos de um cidadão ou instituição perante o Poder Judiciário,

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO 00232-2007-101-04-00-5 RO Fl.1 EMENTA: CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL. TRABALHADORES ASSOCIADOS E NÃO-ASSOCIADOS. Na expressão do art. 513, e, da CLT, os sindicatos podem "impor contribuições a todos aqueles

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PRINCÍPIO DA UNIRRECORRIBILIDADE PRECLUSÃO CONSUMATIVA. O princípio da unirrecorribilidade, preconiza que o direito da parte de se insurgir contra o julgado que lhe foi desfavorável, se

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Gloria R F Mello Av. Presidente Antonio Carlos,251 7o andar - Gab.34 Castelo Rio de Janeiro 20020-010 RJ

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS RECURSO DE APELAÇÃO Artigos 1.009 a 1.014 do Código de Processo Civil 1. Recurso de Apelação Conceito Cabe recurso de apelação contra a sentença do juiz que põe fim à fase

Leia mais

Faculdade de Direito de Franca

Faculdade de Direito de Franca PRÁTICA JURÍDICA CIVIL I PLANO DE ENSINO 2015 1. INFORMAÇÕES GERAIS: Professor Doutor José Antônio de Faria Martos Departamento: Direito Público Disciplina: Prática Jurídica I série: 4ª Turma (s): A e

Leia mais

VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL

VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ednalva Macedo, assistida por advogado particular, ajuizou reclamação trabalhista, pelo rito ordinário, em face de Pedro de Oliveira (RT nº 0001948-10.2011.5.03.0020),

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA. Preâmbulo

REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA. Preâmbulo REGULAMENTO DE ASSIDUIDADE DOS INVESTIGADORES DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA Preâmbulo O presente regulamento é elaborado ao abrigo do artigo 75º da Lei Geral do Trabalho em Funções Publicas, aprovado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Procedimento Comum e Ordinário Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal PROCEDIMENTO COMUM E ORDINÁRIO LIVRO II Dos Processos em Espécie

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A Cristiano Barreto Zaranza Chefe da Assessoria Jurídica Fev. 2010 Alteração da Lei 5.889/73 Regulamentou o trabalho rural Principais objetivos: - Dar dinamismo ao setor primário

Leia mais

DOS RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO

DOS RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO DOS S NO PROCESSO DO TRABALHO INTRODUÇÃO DOS S NO PROCESSO DO TRABALHO Recurso é a provocação do reexame de determinada decisão pela autoridade prolatora da decisão, objetivando a reforma ou modificação

Leia mais

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP ExFis A C Ó R D Ã O 4ª Turma

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP ExFis A C Ó R D Ã O 4ª Turma Prescrição. Multa administrativa - A multa administrativa, desde sua imposição até a sua cobrança submetese aos princípios do direito público, e assim está sujeita à prescrição quinquenal prevista no art.

Leia mais