Receita para ter sucesso em Matemática

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Receita para ter sucesso em Matemática"

Transcrição

1

2 Receita para ter sucesso em Matemática Muita atenção nas aulas + Estudo q. b. + Interesse + Organização + Salpicar com muita brincadeira nos tempos livres + Misturar com a disponibilidade, a exigência e a amizade do(a) teu(tua) professor(a) Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

3 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

4 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

5 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

6 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

7 Números Números que já conheces, 2,,, são números naturais,, 2,, 0,, 2,, são números inteiros A todo o número que se pode representar por uma fração chama-se número racional. Exemplos: 0 = 2, = 2 0 = = 0,() 2 : 2 = 2 : 2 =, 0 : = 0 : = 0, Números primos Apenas têm dois divisores: o e o próprio número. Exemplos: 2,,, 7,,, 7, 9, 2, 29,, 7,,, 7,, O número 2 é o único número primo par. Números compostos Têm mais de dois divisores. Exemplos:, 6, 8, 9, 0, 2,,, 6, 8, 20, 2, 22, 2, 2, Decompõem-se de forma única num produto de fatores primos. Múltiplos naturais de, 0,, 20, 2, 0,, 0, 8 8, 6, 2, 2, 0, m.m.c. (, 8) = 0 Divisores de 6, 2,, 6 2, 2,,, 6, 2 m.d.c. (6, 2) = 6 Potências de base e expoente naturais = Números primos entre si Aqueles cujo máximo divisor comum é. Base Expoente e 7 e 9 e 0... Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

8 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais Frações

9 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

10 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais Retas numéricas

11 Representação de números na reta Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

12 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais Cálculo mental e propriedades

13 Inventar e resolver problemas Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

14 Cálculo com números racionais não negativos Cálculo com números racionais não negativos representados por frações a c + = b b a b c = b a + c b a c b com b 0 a k = b com b 0 k a a a b k b b k k = com b 0 com b 0 = com b 0 a b a b k a a a c a c a c a d = d = b : = b c k b b b b d d com k 0 e b 0 com b 0 e d 0 com b 0, c 0 e d 0 Cálculo com números racionais não negativos representados por numerais mistos = = 6 = = 2 = = Nota: como < 2 deves efetuar o transporte de uma unidade Percentagens Aplicar uma percentagem % de 600 é 600 = 0 00 Calcular uma percentagem Que percentagem é 8 em 0? 8 0 = a a = = 0 É %. Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

15 Descobre a soma, diferença, produto ou quociente. Se a soma ou a diferença for maior que 7 pinta esse triângulo de azul. Se o produto ou 2 quociente for um número natural pinta o círculo de verde ,2 :, : 0, ( + 2) 2,2 : 0, Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

16 0% 0 0% = % 0% % 20% 2% 0% ,0 0,0 0, 0,20 0,2 0, = 0 = 0,0 Percentagens % 0% % 0% % 60% 6% 70% 7% 80% 8% 90% 9% 00% 0% 0% % 20% 2% 0% , 0,0 0, 0,0 0, 0,60 0,6 0,70 0,7 0,80 0,8 0,90 0,9,00,0,0,,20,2, % = = = 0,80 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

17 Ângulos Medir amplitudes dos ângulos. Traçar bissetrizes. Construir o ângulo soma com régua e compasso. Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

18 Ângulos verticalmente opostos Ângulos adjacentes Ângulos complementares Ângulos suplementares Têm o mesmo vértice. Os lados de um ângulo estão no prolongamento dos lados do outro. Ângulos verticalmente opostos têm amplitudes iguais. Têm o mesmo vértice. Têm um lado comum que os separa. Não se intersetam. Exemplo: BOA e COB Dois ângulos dizem-se complementares se a soma das suas amplitudes é 90 o. Exemplo: Dois ângulos dizem-se suplementares se a soma das suas amplitudes é 80 o. Exemplo: Exemplo: BOA e DOC Na figura : ângulos internos: a, b, c e d ângulos externos: e, f, g e h Associando os 8 ângulos dois a dois, temos: ângulos alternos internos: b e d ou a e c ângulos alternos externos: e e h ou f e g ângulos correspondentes: g e d ; a e e ; h e c ; b e f s r t g h a b d c e f Quando e só quando as retas r e s forem paralelas podemos afirmar: os pares de ângulos alternos internos são congruentes. os pares de ângulos alternos externos são congruentes. os pares de ângulos correspondentes são congruentes. os ângulos internos (ou externos) do mesmo lado da secante são suplementares. Nota que: dois ângulos que têm os lados paralelos dois a dois são iguais se forem ambos agudos ou ambos obtusos; se um for agudo e o outro obtuso são suplementares. Relações entre ângulos convexos de lados perpendiculares Dois ângulos de lados perpendiculares, cada um a cada um, são iguais se forem ambos agudos ou ambos obtusos e são suplementares se um for agudo e o outro obtuso. Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

19 Triângulos Equiláteros Escalenos Isósceles Três lados com o mesmo comprimento. Três ângulos congruentes (60 o ). Três eixos de simetria. Três lados com diferentes comprimentos. Três ângulos com diferentes amplitudes. Não têm eixos de simetria. Dois lados com o mesmo comprimento. Dois ângulos congruentes. Um eixo de simetria. Acutângulos Retângulos Obtusângulos Todos os ângulos agudos. Um ângulo reto. Um ângulo obtuso. A soma das amplitudes dos ângulos internos de um triân gulo é 80 o. A soma das amplitudes dos ângulos externos de um triângulo é 60 o. Num triângulo, qualquer lado é menor do que a soma dos outros dois desigualdade triangular. Num triângulo: ao maior lado opõe-se o maior ângulo e vice-versa; ao menor lado opõe-se o menor ângulo e vice-versa; a lados iguais opõem-se ângulos iguais e vice-versa. A amplitude do ângulo externo de um triângulo é igual à soma das amplitudes dos dois ângulos internos não adjacentes. O perímetro de um triângulo é a soma do comprimento dos três lados. Critérios de igualdade de triângulos Dois triângulos são iguais se os três lados de um deles forem respetivamente iguais aos três lados do outro (LLL). Dois triângulos são iguais se tiverem de um para o outro dois lados iguais e o ângulo por eles formado também igual (LAL). Dois triângulos são iguais se tiverem de um para o outro um lado igual e os dois ângulos adjacentes a esse lado iguais (ALA). Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

20 Classificar triângulos. Traçar eixos simetria. Relacionar lados e ângulos. Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

21 Áreas Áreas Quadrado Retângulo A = l l ou A = l 2 A = c l ou A = cl Triângulo Paralelogramo a A = b a 2 ou A = ba 2 b A = b a ou A = ba Unidades de medida de área km 2 hm 2 dam 2 m 2 dm 2 cm 2 mm 2 Unidades agrárias hectare are centiare Nas unidades agrárias hectare = hm 2 are = dam 2 centiare = m 2 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais

22 Matemática. o ano O meu portefólio e os meus materiais Referencial cartesiano

Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos Número de Aulas

Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos Número de Aulas DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E INFORMÁTICA DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 5º Planificação (Conteúdos)... Período Letivo: 1º Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos Número de Aulas Números

Leia mais

Domínio Números e Operações Subdomínio Adição e subtração de números racionais não negativos. Metas/Objetivos Conceitos/Conteúdos Aulas previstas

Domínio Números e Operações Subdomínio Adição e subtração de números racionais não negativos. Metas/Objetivos Conceitos/Conteúdos Aulas previstas Números e Operações Adição e subtração de números racionais não negativos DEPARTAMENTO DE MATEMÀTICA DISCIPLINA: Matemática PLANIFICAÇÃO 1ºperíodo - 5º ANO - Efetuar operações com números racionais não

Leia mais

Expressões algébricas e propriedades das operações; Números naturais

Expressões algébricas e propriedades das operações; Números naturais 1º Período Expressões algébricas e propriedades das operações; naturais Álgebra ALG5 Expressões algébricas Prioridades convencionadas das operações de adição, subtração, multiplicação e divisão; utilização

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 5.º ANO PERFIL DO ALUNO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 5.º ANO PERFIL DO ALUNO DE MATEMÁTICA - 5.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de conhecer e aplicar propriedades dos divisores e efetuar operações com números

Leia mais

Período Conteúdos Metas Curriculares Nº de Aulas

Período Conteúdos Metas Curriculares Nº de Aulas AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE MOURA Agrupamento de Escolas de Moura Planificação de Matemática -5ºAno Período Conteúdos Metas Curriculares Nº de Aulas 1.º Números naturais Critérios de divisibilidade

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE BARROSELAS. Planificação 2017/2018 Matemática 5º Ano. 1º Período

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE BARROSELAS. Planificação 2017/2018 Matemática 5º Ano. 1º Período Planificação 2017/2018 Matemática 5º Ano 1º Período ATIVIDADES DE INÍCIO DE ANO LETIVO Apresentação e divulgação de documentos orientadores da disciplina. Realização e correção de uma ficha de avaliação

Leia mais

Planificação Anual (por unidades)

Planificação Anual (por unidades) Planificação Anual (por unidades) Total de tempos letivos planificados: 10 Disciplina: MATEMÁTICA 5º ANO Ano letivo: 01/015 Período Unidade didática Nº DE TEMPOS PREVISTOS Total - Apresentação. - Atividades

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Domínio Conteúdos Metas Nº de Tempos Previstos Numeros e Operações Números racionais não negativos (Educação Financeira) - Cidadania - Simplificação de frações;

Leia mais

Domínio: Números e operações

Domínio: Números e operações AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2017/2018 Domínio: Números e operações PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 5ºANO Subdomínio/Conteúdos Objetivo Geral Descritores Nº de aulas

Leia mais

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS 1ºPeríodo

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS 1ºPeríodo DISCIPLINA: Matemática ANO DE ESCOLARIDADE: 5º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES PROGRAMA DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS 1ºPeríodo Álgebra - Expressões algébricas

Leia mais

1º período ( 16 de Setembro a 17 de Dezembro) 38 blocos = 76 aulas

1º período ( 16 de Setembro a 17 de Dezembro) 38 blocos = 76 aulas ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIAS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 5 ºANO 1º Período 2º Período 3º

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Benedita. CONTEÚDOS ANUAIS 2º Ciclo - 5º Ano ANO LETIVO 2017/2018 AULAS PREVISTAS

Agrupamento de Escolas da Benedita. CONTEÚDOS ANUAIS 2º Ciclo - 5º Ano ANO LETIVO 2017/2018 AULAS PREVISTAS CONTEÚDOS ANUAIS 2º Ciclo - 5º Ano ANO LETIVO 2017/2018 Disciplina:Matemática AULAS CONTEÚDOS PREVISTAS 5ºA 5ºB 5ºC 5ºD 5ºE 5ºF 5ºG 1ºP 2ºP 3ºP 1ºP 2ºP 3ºP 1ºP 2ºP 3ºP 1ºP 2ºP 3ºP 1ºP 2ºP 3ºP 1ºP 2ºP 3ºP

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2017/2018 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2017/2018 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2017/2018 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programas e Metas Curriculares do Ensino Básico 2º CICLO MATEMÁTICA-5º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2015/2016 5º Ano de escolaridade

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2015/2016 5º Ano de escolaridade Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 05/06 5º Ano de escolaridade

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programas e Metas Curriculares do Ensino Básico 2º CICLO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 MATEMÁTICA-5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programas e Metas Curriculares do Ensino Básico 2º CICLO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

(Matemática e Ciências Naturais) Grupo 230) Ano Letivo 2017 /2018

(Matemática e Ciências Naturais) Grupo 230) Ano Letivo 2017 /2018 1 - PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA 1.1-5º ANO Números Naturais CONTEÚDOS PERÍODO As operações: Adição, subtração, e multiplicação e divisão Expressões numéricas números pelo respetivo máximo divisor

Leia mais

1º Período (15 de Setembro a 16 de Dezembro) 39 blocos = 78 aulas

1º Período (15 de Setembro a 16 de Dezembro) 39 blocos = 78 aulas ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIAS 2016/2017 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 5 ºANO 1º Período 2º Período 3º

Leia mais

1ºPeríodo CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS

1ºPeríodo CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS DOMÍNIOS: NÚMEROS E OPERAÇÕES (NO) e Álgebra (ALG) OBJETIVOS GERAIS: A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D R. V I E I R A D E C A R V A L H O D E P A R T A M E N T O D E M A T E M Á T I C A E C I Ê

Leia mais

MATEMÁTICA - 5.º Ano NÚMEROS NATURAIS. Salesianos de Mogofores /2018

MATEMÁTICA - 5.º Ano NÚMEROS NATURAIS. Salesianos de Mogofores /2018 Salesianos de Mogofores - 2017/2018 MATEMÁTICA - 5.º Ano Rota de aprendizage m NÚMEROS NATURAIS Objetivos Gerais: Conhecer e aplicar as propriedades das operações. Conhecer e aplicar propriedades dos divisores.

Leia mais

Agrupamento de Escolas Cego do Maio Póvoa de Varzim (Cód ) INFORMAÇÃO PROVA - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (PEF)

Agrupamento de Escolas Cego do Maio Póvoa de Varzim (Cód ) INFORMAÇÃO PROVA - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (PEF) INFORMAÇÃO PROVA - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (PEF) Matemática (62) MAIO DE 2019 Prova de 2019 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar informações da prova de equivalência à

Leia mais

O que aprendi neste capítulo 3 POLÍGONOS: TRIÂNGULOS E PARALELOGRAMOS

O que aprendi neste capítulo 3 POLÍGONOS: TRIÂNGULOS E PARALELOGRAMOS O que aprendi neste capítulo 3 POLÍGONOS: TRIÂNGULOS E PARALELOGRAMOS POLÍGONOS: PROPRIEDADES E CLASSIFICAÇÃO se prolongarmos os lados de um polígono obtêm-se os ângulos externos; Num polígono: os ângulos

Leia mais

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS 7º ANO POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS Ângulos e triângulos Nuno Marreiros Antes de começar O Alfabeto Grego O alfabeto utilizado para escrever a Língua grega teve o seu desenvolvimento por volta

Leia mais

Matemática. Fichas de 5MATEMÁTICA 5.º ANO. Sandra Teixeira Filipe Galego. soluções destacáveis. Explora o teu livro com o telemóvel.

Matemática. Fichas de 5MATEMÁTICA 5.º ANO. Sandra Teixeira Filipe Galego. soluções destacáveis. Explora o teu livro com o telemóvel. Fichas de Matemática Sandra Teixeira Filipe Galego 5MTEMÁTIC 5.º NO soluções destacáveis Explora o teu livro com o telemóvel pp EV Smart ook d Índice Números e Operações Geometria e Medida Organização

Leia mais

Números e Operações (NO) Álgebra (ALG) DOMÍNIO SUBDOMÍNIO OBJETIVO GERAL/DESCRITORES RECURSOS. Conhecer e aplicar propriedades dos divisores

Números e Operações (NO) Álgebra (ALG) DOMÍNIO SUBDOMÍNIO OBJETIVO GERAL/DESCRITORES RECURSOS. Conhecer e aplicar propriedades dos divisores ESCOLA BÁSICA CRISTÓVÃO FALCÃO ANO LETIVO: 2016/2017 SERVIÇO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DATA: Set 2016 ASSUNTO PLANIFICAÇÃO ANUAL 5º Ano RESPONSÁVEL: Grupo 230 DOMÍNIO SUBDOMÍNIO

Leia mais

Planificação de Matemática 5ºano Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias

Planificação de Matemática 5ºano Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Planificação de Matemática 5ºano 2015-2016 Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Introdução Apresentação Normas de funcionamento da aula; Organização

Leia mais

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano Geometria Figuras no plano Retas, semirretas e segmentos de reta Ângulos: amplitude e medição Polígonos: propriedades e classificação Círculo e circunferência: propriedades e construção Reflexão, rotação

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Planificação Anual 2013-2014 MATEMÁTICA 2º Ciclo PCA - 5º Ano de Escolaridade

Leia mais

Planificação Anual MATEMÁTICA. 2º Ciclo 5º Ano de Escolaridade CONTEÚDOS E METAS CURRICULARES

Planificação Anual MATEMÁTICA. 2º Ciclo 5º Ano de Escolaridade CONTEÚDOS E METAS CURRICULARES Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Planificação Anual 2015-2016 MATEMÁTICA 2º Ciclo 5º Ano de Escolaridade CONTEÚDOS

Leia mais

RESUMO MATEMÁTICA 6ºANO

RESUMO MATEMÁTICA 6ºANO RESUMO MATEMÁTICA ºANO ESTATÍSTICA MÉDIA para calcular a média de um conjunto de valores, divide-se a soma de todos esses valores pelo número total de dados. MODA é o dado que ocorre com maior frequência,

Leia mais

Previsão dos tempos a lecionar em cada um dos conteúdos

Previsão dos tempos a lecionar em cada um dos conteúdos Planificação Anual 2016-2017 MATEMÁTICA 2º Ciclo 5ºAno de Escolaridade Previsão dos tempos a lecionar em cada um dos conteúdos Período Letivo DOMÍNIO CONTEÚDOS AULAS PREVISTAS TOTAL 1º Período 2º Período

Leia mais

5º ANO DESEMPENHOS FUNDAMENTAIS A EVIDENCIAR

5º ANO DESEMPENHOS FUNDAMENTAIS A EVIDENCIAR EBIAH 5º ANO PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO DESEMPENHOS FUNDAMENTAIS A EVIDENCIAR IDENTIFICAR/DESIGNAR: O aluno deve utilizar corretamente a designação referida, sabendo definir o conceito apresentado como

Leia mais

Planificação matemática 5 º ano

Planificação matemática 5 º ano 1º PERÍODO CONTEÚDOS METAS CURRICULARES ESTRATÉGIAS RECURSOS Conversa com os alunos Quadro APRESENTAÇÃO Comunicação de regras Teste de avaliação diagnóstico TEMPOS LETIVOS 2 1.Números naturais (NO5, ALG5)

Leia mais

Planificação de Matemática 5ºano Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias

Planificação de Matemática 5ºano Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Planificação de Matemática 5ºano 2014-2015 Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Introdução Apresentação Normas de funcionamento da aula; Organização

Leia mais

CURRÍCULO DAS ÁREAS DISCIPLINARES / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CURRÍCULO DAS ÁREAS DISCIPLINARES / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Domínios e subdomínios Metas/Objetivos Objetivos gerais 2º Ciclo Matemática 5º Ano Conteúdos Programáticos Critérios de Avaliação Instrumentos de Avaliação NÚMEROS E OPERAÇÕES/ ÁLGEBRA: -Números naturais

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOSÉ I - VRSA MATEMÁTICA MARÇO DE 2014 NOME

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOSÉ I - VRSA MATEMÁTICA MARÇO DE 2014 NOME AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOSÉ I - VRSA MATEMÁTICA MARÇO DE 2014 NOME 1. Na figura, as retas e têm a mesma direção e. Os pontos estão assinalados com letras maiúsculas e os ângulos com letras minúsculas.

Leia mais

Planificação de Matemática 5ºano Recursos Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias

Planificação de Matemática 5ºano Recursos Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Planificação de Matemática 5ºano 2017-2018 Recursos Domínios e Conteúdos Objetivos Gerais e Descritores Calendarização Atividades / Estratégias Avaliação Didáticos Introdução Apresentação Normas de funcionamento

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOTIRAS

ATIVIDADES COM GEOTIRAS ATIVIDADES COM GEOTIRAS 1. Material: Geotiras i. Represente varias retas paralelas. ii. Represente duas retas concorrentes em um ponto. 2. Material: Geotiras Represente as seguintes poligonais: i. Poligonal

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C. Ano Letivo: 2016/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C. Ano Letivo: 2016/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C Ano Letivo: 206/207. Introdução / Finalidades A disciplina de Matemática tem como finalidade desenvolver: A estruturação do pensamento A apreensão e

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_D. Ano Letivo: 2014/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_D. Ano Letivo: 2014/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_D Ano Letivo: 20/205. Introdução / Finalidades A disciplina de Matemática tem como finalidade desenvolver: A estruturação do pensamento A apreensão e hierarquização

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo:

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: Planificação Anual Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: 2017-2018 Domínio/Objetivos Descritores de Desempenho Atividades/Estratégias Avaliação Números

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Documentos Orientadores: Programa e Metas Curriculares do Ensino Básico,Perfil dos Alunos para o séc. XXI,Aprendizagens Essenciais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Documentos Orientadores: Programa e Metas Curriculares do Ensino Básico,Perfil dos Alunos para o séc. XXI,Aprendizagens Essenciais MATEMÁTICA 5º ANO Página 1 de 11 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documentos Orientadores: Programa e Metas Curriculares do Ensino Básico,Perfil dos Alunos para o séc. XXI,Aprendizagens Essenciais NÚMEROS E OPERAÇÕES

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo:

Planificação Anual. Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: Planificação Anual Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Domínio/Objetivos Descritores de Desempenho Atividades/Estratégias Avaliação Matéria lecionada

Leia mais

Triângulos classificação

Triângulos classificação Triângulos classificação Quanto aos ângulos Acutângulo: possui três ângulos agudos. Quanto aos lados Equilátero: três lados de mesma medida. Obs.: os três ângulos internos têm medidas de 60º. Retângulo:

Leia mais

à situação. à situação.

à situação. à situação. Unidade 1 Números naturais 1. Números naturais 2. Sistemas de numeração 3. Tabela simples Reconhecer os números naturais. Identificar o antecessor e o sucessor numa sequência de números naturais. Identificar

Leia mais

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Números inteiros adição e subtração

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Números inteiros adição e subtração Unidade 1 Números inteiros adição e subtração 1. Números positivos e números negativos Reconhecer o uso de números negativos e positivos no dia a dia. 2. Conjunto dos números inteiros 3. Módulo ou valor

Leia mais

Introdução 2. Comparação entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens Essenciais 4

Introdução 2. Comparação entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens Essenciais 4 Introdução 2 Comparação entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens Essenciais 4 Síntese das diferenças entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens Essenciais 8 Introdução Finalidades do ensino da

Leia mais

O que é triângulo (*)

O que é triângulo (*) Escola SESI Jundiaí Anápolis Disciplina: Matemática Turma: 1º Ano Professor (a) : César Lopes de Assis O que é triângulo (*) Considere três pontos A, B e C não colineares. Chama-se triângulo à figura geométrica

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA:

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

TRIÂNGULOS SEMELHANTES

TRIÂNGULOS SEMELHANTES TRIÂNGULOS SEMELHANTES 1 Soma das amplitudes dos ângulos internos de um triângulo 2 Num triângulo existem três ângulos internos. Em qualquer triângulo, a soma das amplitudes dos seus ângulos internos é

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Ana Luisa Catalão Quintelas Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: A Ano letivo:

Planificação Anual. Professora: Ana Luisa Catalão Quintelas Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: A Ano letivo: Planificação Anual Professora: Ana Luisa Catalão Quintelas Disciplina: Matemática Ano: 5.º Turma: A Ano letivo: 2014-2015 Domínio/Objetivos Descritores de Desempenho Atividades/Estratégias Avaliação Números

Leia mais

PERÍMETRO O perímetro de um triângulo é igual à soma das medidas dos seus lados. Perímetro ABC = AB + AC + BC TRIÂNGULOS

PERÍMETRO O perímetro de um triângulo é igual à soma das medidas dos seus lados. Perímetro ABC = AB + AC + BC TRIÂNGULOS TRIÂNGULOS Conceito: Triângulo é um polígono de três lados. PERÍMETRO O perímetro de um triângulo é igual à soma das medidas dos seus lados. Perímetro ABC = AB + AC + BC CLASSIFICAÇÃO DOS TRIÂNGULOS Quanto

Leia mais

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano 7.º Ano Planificação Matemática 201/2017 Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano Geometria e medida Números e Operações Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números racionais - Simétrico

Leia mais

Critérios de Avaliação Perfil de Aprendizagens Específicas (Aprovado em Conselho Pedagógico a 18 de julho de 2016)

Critérios de Avaliação Perfil de Aprendizagens Específicas (Aprovado em Conselho Pedagógico a 18 de julho de 2016) Escola EB1 João de Deus COD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD. 346 779 Critérios de Avaliação Perfil de Aprendizagens Específicas (Aprovado em Conselho Pedagógico a 18 de julho de

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO Observações. Os pinos ou pregos do geoplano isométrico são chamados de pontos. A menor distância entre dois pontos consecutivos é estabelecida como a unidade de comprimento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Matemática e Ciências Experimentais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Matemática e Ciências Experimentais AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de 5º ano Ano Letivo 2018/2019 Nota

Leia mais

Retas, semirretas e segmentos de reta. Ângulos, paralelismo e perpendicularidade. Critérios de igualdade de triângulos. Ângulos: amplitude e medição

Retas, semirretas e segmentos de reta. Ângulos, paralelismo e perpendicularidade. Critérios de igualdade de triângulos. Ângulos: amplitude e medição GEOMETRIA E MEDIDA Retas, semirretas e segmentos de reta Ângulos, paralelismo e perpendicularidade Triângulos e quadriláteros Critérios de igualdade de triângulos Ângulos: amplitude e medição Unidades

Leia mais

Metas curriculares de Matemática - 2º Ciclo do Ensino Básico 5º ANO 6º ANO

Metas curriculares de Matemática - 2º Ciclo do Ensino Básico 5º ANO 6º ANO Números racionais não negativos Efetuar operações com números racionais não negativos 1. Simplificar frações dividindo ambos os termos por um divisor comum superior à unidade. 2. Reconhecer, dadas duas

Leia mais

Equilátero Isósceles Escaleno

Equilátero Isósceles Escaleno TRIÂNGULOS Triângulo são polígonos formados por três lados. Os polígonos, por sua vez, são figuras geométricas formadas por segmentos de reta que, dois a dois, tocam-se em seus pontos extremos, mas que

Leia mais

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano 60 Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano Caderno 1 UNIDADE 1 Significados das operações (adição e subtração) Capítulo 1 Números naturais O uso dos números naturais Seqüência dos números

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Matemática 5º Ano OBJETIVOS ESPECÍFICOS TÓPICOS SUB-TÓPICOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período Compreender as propriedades das operações e usá-las no cálculo. Interpretar uma

Leia mais

Metas Curriculares Conteúdos Aulas Previstas. - Números primos; - Crivo de Eratóstenes;

Metas Curriculares Conteúdos Aulas Previstas. - Números primos; - Crivo de Eratóstenes; ANO LETIVO 2017/2018... 1º PERÍODO - (13 de setembro a 15 de dezembro) DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA /INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS Metas Curriculares Conteúdos

Leia mais

MATEMÁTICA. Capítulo 2 LIVRO 1. Triângulos. Páginas: 157 à169

MATEMÁTICA. Capítulo 2 LIVRO 1. Triângulos. Páginas: 157 à169 MATEMÁTICA LIVRO 1 Capítulo 2 Triângulos Páginas: 157 à169 I. Soma dos Ângulos Internos Teorema demonstração: a soma das medidas dos ângulos internos de qualquer triângulo vale 180 x B β y r // AC A γ

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICOS. (Aprovados em Conselho Pedagógico a 21 de Outubro de 2014)

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICOS. (Aprovados em Conselho Pedagógico a 21 de Outubro de 2014) ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICOS (Aprovados em Conselho Pedagógico a 21 de Outubro de 2014) No caso específico da disciplina de Matemática, do 5ºAno de escolaridade, a avaliação

Leia mais

OBJETIVOS/DESCRITORES 5.ºano

OBJETIVOS/DESCRITORES 5.ºano Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional de Arte e Imagem Planificação Anual 2015-2016 MATEMÁTICA METAS

Leia mais

SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM GEOTIRAS

SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM GEOTIRAS SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM GEOTIRAS 1. Representação de retas nas seguintes posições: i. Retas paralelas ii. Retas concorrentes 2. Representação de poligonais: i. Aberta simples ii. Aberta não simples

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO. 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO. 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem. ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO 1ª Ficha Informativa MATEMÁTICA - A 10º Ano 2012/2013 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem. Definição:

Leia mais

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano 7º Ano Planificação Matemática 2014/2015 Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Números racionais - Simétrico da soma e da diferença

Leia mais

MATEMÁTICA FRENTE IV. Capítulo 2 LIVRO 1. Triângulos

MATEMÁTICA FRENTE IV. Capítulo 2 LIVRO 1. Triângulos MATEMÁTICA FRENTE IV LIVRO 1 Capítulo 2 Triângulos I. Soma dos Ângulos Internos Teorema demonstração: a soma das medidas dos ângulos internos de qualquer triângulo vale 180 x B β y r // AC A α γ C Deseja-se

Leia mais

Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos Número de Aulas

Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos Número de Aulas COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2018/2019 Planificação (Conteúdos)... Período Letivo: 1.º DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E INFORMÁTICA DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 6.º Metas/Objetivos/Domínios Conteúdos/Competências/Conceitos

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humerto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Planificação Anual 2014-2015 MATEMÁTICA 2º Ciclo 5º Ano de Escolaridade - PCA

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 7.º ANO DE MATEMÁTICA 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de multiplicar e dividir números racionais relativos. No domínio da Geometria e Medida,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO DE MATEMÁTICA - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de multiplicar e dividir números racionais relativos. No domínio da Geometria e Medida,

Leia mais

SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM VARETAS

SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM VARETAS SOLUCÃO DAS ATIVIDADES COM VARETAS Em todas as atividades é usado o Material: Varetas. Nos casos específicos onde o trabalho é realizado com varetas congruentes será especificado como Material: varetas

Leia mais

1.0. Conceitos Utilizar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 5 e Utilizar o algoritmo da divisão de Euclides.

1.0. Conceitos Utilizar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 5 e Utilizar o algoritmo da divisão de Euclides. Conteúdo Básico Comum (CBC) Matemática - do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Os tópicos obrigatórios são numerados em algarismos arábicos Os tópicos complementares são numerados em algarismos romanos

Leia mais

Divisibilidade: múltiplos e divisores

Divisibilidade: múltiplos e divisores DIVISIBILIDADE: MÚLTIPLOS E DIVISORES Divisibilidade: múltiplos e divisores Entender o conceito de múltiplos e divisores; Conhecer as regras de divisibilidade. 1) a) {0, 3, 6, 9...} b) 0, 13 e 26 c) 21,

Leia mais

Matemática Carla Tomé Catarina Coimbra

Matemática Carla Tomé Catarina Coimbra Matemática Carla Tomé (carla.tome@mogofores.salesianos.pt) Catarina Coimbra (catarina.coimbra@mogofores.salesianos.pt) 5.º Ano NÚMEROS NATURAIS Aprendizagens Essenciais: Rota de aprendizage m Salesianos

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Operações e Medida Tratamento de Dados Efetuar com números racionais não negativos. Resolver problemas de vários passos envolvendo com números racionais representados por frações, dízimas,

Leia mais

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013 Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº 2-2012/2013 1. A figura ao lado representa o polígono da base de uma pirâmide. Indica, justificando: 1.1. o nome

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código 150502 Notas prévias 1. Alguns temas referidos nestas planificações podem ser tratados em trabalhos de projeto ou atividades de aprendizagens práticas

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO 5ºANO Destacam-se três grandes finalidades para o Ensino da Matemática: a estruturação do pensamento, a análise do mundo natural e a interpretação da sociedade. 2.º Ciclo Neste ciclo requerem-se os quatros

Leia mais

PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO

PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO EB 2.3 DE SÃO JOÃO DO ESTORIL 2016/17 MATEMÁTICA PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO /DOMÍNIOS NUMEROS E OPERAÇÕES NO5 GEOMETRIA E MEDIDA GM5 ALG5 ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro)

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro) ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro) Números e operações - Números

Leia mais

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I 6º Olímpico Matemática I Sistema de numeração romano. Situações problema com as seis operações com números naturais (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). Expressões numéricas

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 1.º Período - Números naturais Números e operações Contar Estender as regras de construção dos numerais decimais para classes de grandeza indefinida; Conhecer os diferentes

Leia mais

ATIVIDADES COM VARETAS

ATIVIDADES COM VARETAS ATIVIDADES COM VARETAS Em todas as atividades é usado o Material: Varetas. Nos casos específicos onde o trabalho é realizado com varetas congruentes será especificado como Material: varetas do mesmo comprimento.

Leia mais

GEOMETRIA PLANA. Segmentos congruentes: Dois segmentos ou ângulos são congruentes quando têm as mesmas medidas.

GEOMETRIA PLANA. Segmentos congruentes: Dois segmentos ou ângulos são congruentes quando têm as mesmas medidas. PARTE 01 GEOMETRIA PLANA Introdução A Geometria está apoiada sobre alguns postulados, axiomas, definições e teoremas, sendo que essas definições e postulados são usados para demonstrar a validade de cada

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA 1.º Período Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA 7.º ANO ANO LETIVO 2016/17 Números Racionais Números e operações NO7 Números racionais - Simétrico da soma

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA PROVA DE AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS E CAPACIDADES Componente Específica Matemática (Nível 1) Código da Prova /2015

INFORMAÇÃO-PROVA PROVA DE AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS E CAPACIDADES Componente Específica Matemática (Nível 1) Código da Prova /2015 INFORMAÇÃO-PROVA PROVA DE AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS E CAPACIDADES Componente Específica Matemática (Nível ) Código da Prova 3200 204/205 O presente documento divulga informação relativa à Prova de Avaliação

Leia mais

MATEMÁTICA III. Pág 404. Prof. Eloy Machado 2015 EFMN

MATEMÁTICA III. Pág 404. Prof. Eloy Machado 2015 EFMN MATEMÁTICA III Pág 404 2015 EFMN Prof. Eloy Machado ESTRUTURAS NÃO TRIANGULARES ESTRUTURAS NÃO TRIANGULARES ESTRUTURAS NÃO TRIANGULARES TRIÂNGULOS ESTRUTURAS TRIANGULARES O QUE SÃO TRIÂNGULOS CONGRUENTES?

Leia mais

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS 7º ANO POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS Algumas propriedades dos quadriláteros Nuno Marreiros Antes de começar Não te esqueças que o retângulo, o losango e o quadrado são membros da família dos paralelogramos.

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Professor: João Carmo DEFINIÇÃO Triângulo ou trilátero é um polígono de três lados. Observações: a) O triângulo não possui diagonais;

Leia mais

Conteúdos Ideias-Chave Objectivos específicos. múltiplo de outro número, este é divisor do primeiro.

Conteúdos Ideias-Chave Objectivos específicos. múltiplo de outro número, este é divisor do primeiro. Capítulo 1 Números Naturais Múltiplos e Divisores Se um número natural é múltiplo de outro número, este é divisor do primeiro. Números primos e números compostos Decomposição de um número em factores primos

Leia mais

NOME: ANO: 3º Nº: PROFESSOR(A):

NOME: ANO: 3º Nº: PROFESSOR(A): NOME: ANO: º Nº: PROFESSOR(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições Triângulos: REVISÃO Lista 06 Triângulos e Quadriláteros Classificação quanto aos lados: Escaleno (todos os lados diferentes), Isósceles

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

Geometria plana. Índice. Polígonos. Triângulos. Congruência de triângulos. Semelhança de triângulos. Relações métricas no triângulo retângulo

Geometria plana. Índice. Polígonos. Triângulos. Congruência de triângulos. Semelhança de triângulos. Relações métricas no triângulo retângulo Índice Geometria plana Polígonos Triângulos Congruência de triângulos Semelhança de triângulos Relações métricas no triângulo retângulo Quadriláteros Teorema de Tales Esquadros de madeira www.ser.com.br

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 7º ANO LETIVO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: Multiplicar e dividir

Leia mais