Fotografia digital. Aspectos técnicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fotografia digital. Aspectos técnicos"

Transcrição

1 Fotografia digital Aspectos técnicos

2 Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade de obturação

3 Captura

4 Resolução da imagem O pixel (picture element) é o menor elemento da imagem digital. É o mais pequeno elemento de uma imagem digital e contém informação acerca da luminosidade e cor. Quanto mais pixéis uma imagem tiver melhor é a sua resolução e qualidade.

5 Resolução da imagem A resolução e o tamanho da imagem têm directamente a ver com a capacidade do CCD que regista a imagem.

6 Resolução da imagem O CCD é composto de milhões de pequenos recipientes. Quando captam a luz, transmitem a informação na forma de imagem para a memória. Cada recipiente é responsável por um pixel da imagem, que é actualizada constantemente, podendo ser vista através do visor de cristal líquido.

7 Resolução da imagem Uma câmara digital com resolução máxima de 12MP, tem o CCD com 12 milhões de pixéis com três canais de cores (RGB). Se reduzimos a resolução para 5MP estamos a agrupar os pixéis, a transformar o espaço para 5MP. Deste modo, os pixéis ficam maiores e em menor quantidade, reduzindo o tamanho imagem.

8 Resolução da imagem

9 Formatos de imagem O formato de uma imagem diz respeito ao método usado para a gravação dessa imagem. Podemos referir formatos que usam algoritmos de compressão e formatos sem compressão

10 Formatos de imagem Os formatos têm como objectivo armazenar o máximo de informações no mínimo de espaço. Cada formato possui vantagens e desvantagens diferentes e deve ser escolhido de acordo com o fim a que se destina. Cada formato usa um esquema de compressão diferente.

11 Formatos de imagem Os formatos com compressão, como o jpg ou jpeg, perdem dados na gravação. São optimizados com vista a um compromisso entre qualidade perceptiva da imagem e tamanho

12 Formatos de imagem Quanto maior a compressão menor a qualidade da imagem. Há perda de dados, logo degradação da imagem. A degradação é proporcional à qualidade da compressão.

13 Formatos de imagem Os formatos sem compressão, como o raw, o tiff e o psd, não perdem dados na gravação. São formatos que preservam a qualidade da imagem. No entanto originam ficheiros maiores, com mais pixeis.

14 Formatos de imagem Os formatos mais usados nas câmaras digitais são o jpeg (com compressão), o tiff e o raw (sem compressão) A qualidade do jpeg depende da qualidade da compressão. É um formato de imagem próprio para pequenas impressões, CDs e Web.

15 Formatos de imagem Os formatos tiff e raw, preservam a resolução e não reduzem a qualidade do ficheiro. O tiff codifica o ficheiro sem perder dados, o raw guarda o ficheiro em estado bruto, em pré-formato. Geram ficheiros maiores, próprios para edição e impressão em grande formato.

16 Profundidade de cor Profundidade de cor, ou color depth, é um termo da computação gráfica que descreve a quantidade de bits usados para representar a cor de um único pixel numa imagem bitmap. Quanto maior a quantidade da profundidade da cor presente na imagem, maior é a escala de cores disponível.

17 Profundidade de cor

18 Modelos de cor Um modelo de cor descreve as cores visíveis e trabalha com essas cores em imagens digitais. Cada modelo de cor, como RGB, CMYK ou HSB, representa um método diferente (geralmente, numérico) para descrever a cor.

19 Modos de cor O modo de cor de um documento determina o método de cor usado para exibir e imprimir a imagem.

20 Modos de cor Os modos de cores determinam o número de cores, o número de canais e o tamanho do arquivo de uma imagem. A escolha do modo de cor determina também as ferramentas e os formatos de arquivo disponíveis.

21 Modos de cor O Photoshop pode trabalhar com RGB (Vermelho, Verde e Azul), CMYK (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto), Cores Lab e Tons de Cinza. Inclui, também, modos para saídas de cores especializadas, como Cores Indexadas e Duo tone.

22 ISO Serve para determinar a sensibilidade do CCD à luz. Pode ser definido como automático ou manual. Pode ser ajustado, em câmaras correntes, entre 80 e 3400 ISO. Desde cenas no exterior com muita luz a imagens com pouca luminosidade.

23 Modo de exposição Determina a quantidade de luz que forma a imagem. Resulta da combinação entre o diafragma e obturador.

24 Modo de exposição Modo Automático: a câmara faz os ajustes automaticamente. Modo Manual: o utilizador faz o ajuste da velocidade do obturador e diafragma. Prioridade à abertura ou ao obturador: o utilizador pode interagir com a velocidade e o diafragma. Modo Programa: o utilizador escolhe a programa conforme a cena.

25 Medição da luz Multi-pontos: avaliação de exposição em toda a cena. Central: avaliação de exposição na região central da cena. Pontual: avaliação de exposição no centro da cena.

26 Focagem Existem duas posições de ajuste: auto ou manual. Multi-zona: avaliação da focagem em toda a cena. Central: avaliação da focagem na região central da cena. Pontual: avaliação da focagem no centro da cena.

27 Balanço de brancos Calibrar o branco em relação às diversas fontes de iluminação, equilibrando as cores das imagens Os ajustes podem ser: Auto Luz diurna Tungstênio Fluorescente Nublado Manual

28 Histograma Histograma é um gráfico de luminosidade da imagem que permite determinar com exactidão a exposição da foto em tons de cinza. Na edição da imagem o histograma é muito importante para a utilização dos comandos de ajuste de cor e tonalidade.

29 Histograma, tons A região onde a maioria dos valores tonais se encontra é chamada de "gama tonal". Imagens onde a maioria dos tons está na região das baixas luzes (ou sombras) são chamadas de 'low key' imagens com 'high key' têm a maioria dos tons nos brilhos.

30 Histograma, contraste Um histograma também pode descrever o contraste de uma imagem. Contraste é uma medida da diferença de brilho entre as áreas claras e escuras de uma cena. Histogramas largos são típicos de cenas com bastante contraste, enquanto histogramas estreitos são de imagens com menos contraste.

31 Profundidade de campo A profundidade de campo resulta da relação entre a região nítida da imagem e os elementos fora da área de nitidez, entre a lente da câmara e o fundo, que, ficarão, em maior ou menor grau, desfocados. Este é um dos elementos essenciais para dar à imagem a sensação de tridimensionalidade. A profundidade de Campo depende da abertura do diafragma e da proximidade que se está do objecto.

32 Diafragma O diafragma fotográfico é o dispositivo que regula a abertura de um sistema óptico. É composto por um conjunto de lâminas justapostas localizadas dentro da objectiva e que permitem a regulação da intensidade de luz.

33 Diafragma O valor do diafragma dá-se em números, conhecidos como números f ou f-stop, que seguem um padrão numérico universal. Esta escala inicia-se em 1, 1.4, 2, 2.8, 4, 5.6, 8, 11, 16, 22, 32, 44, 64 etc., sendo que, quanto menor for o número f, maior a quantidade que luz que ele permite passar e, quanto maior o número f, menor a quantidade de luz que passará pelo diafragma.

34 Diafragma

35 Obturador O obturador é um dispositivo mecânico que abre e fecha, controlando o tempo de exposição de uma câmara fotográfica à luz. É uma espécie de cortina que protege a câmara da luz. Abre-se quando é accionado o disparador. Quanto mais tempo aberto, mais luz entra.

36 Obturador

37 Exposição compensada EV: compensação da exposição clareando ou escurecendo a imagem antes do disparo. A câmara calcula automaticamente a exposição ideal para cada situação combinando abertura, velocidade e ISO, ajustando o EV pode-se aumentar ou reduzir esta exposição, pré-visualizando no LCD da câmara o resultado.

38 Exposição compensada EV (exposure value) Normalmente possibilita alterar a exposição em até 2 valores positivos e negativos de exposição, ou seja, -2 EV a + 2 EV.

39 Exposição compensada

40 Fim

Imagem digital. Unidade 3

Imagem digital. Unidade 3 Imagem digital Unidade 3 Objectivos Reconhecer o potencial comunicativo/ expressivo das imagens; Reconhecer as potencialidades narrativas de uma imagem; A criação de sentido nas associações de imagens

Leia mais

A câmera As lentes A exposição

A câmera As lentes A exposição A câmera As lentes A exposição 1 Corpo da câmera: a caixa sem as objetivas e os demais acessórios. Objetiva: as lentes intercambiáveis. Diafragma: dispositivo que controla a quantidade de luz que passa

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Fundamentos da fotografia digital: Câmeras digitais CCD e CMOS Resolução Armazenamento Softwares para edição e manipulação de imagens digitais: Photoshop e Lightroom

Leia mais

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon Tecnologias EOS 550D Sensor CMOS Canon Desenhada pela Canon para se conjugar com os processadores DIGIC, a tecnologia CMOS integra circuitos avançados de redução de ruído em cada pixel proporcionando imagens

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS:

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: EXISTEM TRÊS TIPOS DE SENSORES UTILIZADOS NAS CÂMARAS DIGITAIS: CCD - Charge Coupled Device CMOS - Complimentary

Leia mais

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1 DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1 Mauricio Baggio ÍRIS / DIAFRAGMA Dispositivo que permite o controle da quantidade de luz que atinge o filme ou o sensor no interior da câmera. Este controle é realizado definindo-se

Leia mais

Aula 2 Aquisição de Imagens

Aula 2 Aquisição de Imagens Processamento Digital de Imagens Aula 2 Aquisição de Imagens Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira mvieira@sc.usp.br EESC/USP Fundamentos de Imagens Digitais Ocorre a formação de uma imagem quando

Leia mais

Dia 21 (sábado de manhã, das 10 às 13h00) Saida para exterior Aula práctica de Fotografia num local a escolher)

Dia 21 (sábado de manhã, das 10 às 13h00) Saida para exterior Aula práctica de Fotografia num local a escolher) Local: Évora Hotel Av. Tulio Espanca, Apartado 93 Évora Tel: 266 403 315 Inscrições e Informações: Contactar Pedro Vilhena Site: Pedro Vilhena Fotografia Tm: 96 807 61 81 email: pedrovilhena.fotografo@gmail.com

Leia mais

E-410. Especificações. Tipo. Visor ótico. Sensor de Imagem. Processador. Filtro

E-410. Especificações. Tipo. Visor ótico. Sensor de Imagem. Processador. Filtro E-410 Ultra-leve. Ultra-compacta Excelente sistema antipoeiras LCD HyperCrystal 6.4cm / 2.5'' Excepcional facilidade de uso Imagem ao Vivo (Live View) Sensor Live MOS com 10 megapixeis Novo processador

Leia mais

Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico)

Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico) CÂMERA FOTOGRÁFICA Foto analógica Foto digital Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico) O DIAFRAGMA OBJETO DIAFRAGMA EM IRIS OBJETO IRIS RETINA ABERTURA PUPILA LENTE CRISTANILO

Leia mais

CÂMERAS. fotográficas

CÂMERAS. fotográficas CÂMERAS fotográficas Quanto ao suporte: Digital Analógico Como classificar e diferenciar os tipos de Câmeras? Quanto a automação: Automáticas Semi-automáticas Auto e manual Quanto ao visor: Visor direto

Leia mais

Partes da Câmara. Vantagens. Características mais Importantes. Especificações. Versão Portuguesa. Versão Portuguesa WWW.SWEEX.COM.

Partes da Câmara. Vantagens. Características mais Importantes. Especificações. Versão Portuguesa. Versão Portuguesa WWW.SWEEX.COM. Partes da Câmara JB000120 Sweex 3.2 Megapixel digital camera Frente Flash Visor de imagem Vantagens Câmara multi-funcional 5 em 1: Câmara digital com a possibilidade de efectuar gravações vídeo e áudio,

Leia mais

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático.

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. Prof. Reginaldo Brito Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA Joseph-Nicéphore Niepce * França, (1765-1833) James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. 1826,

Leia mais

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA POrtuguês Portuguese 404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA Suplemento do Manual do Utilizador do ARCHOS 404 Versão 1.1 Visite o site www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente

Leia mais

Aprender a fotografar não é difícil quando temos um material de apoio e muita vontade de pesquisar e treinar. Este é somente um ponto de partida!

Aprender a fotografar não é difícil quando temos um material de apoio e muita vontade de pesquisar e treinar. Este é somente um ponto de partida! Introdução e índice Eu sou a Claudia Regina (www.claudiaregina.com) e resolvi criar este pequeno Manual Básico de Fotografia para ajudar quem procura por bom conteúdo para iniciantes, em português. Aprender

Leia mais

A primeira câmara digital com telémetro do mundo

A primeira câmara digital com telémetro do mundo A primeira câmara digital com telémetro do mundo Você leva a fotografia a sério. E a qualidade da imagem é a nossa paixão. Digitalização, impressão e projecção o processamento de imagens digitais está

Leia mais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais Esse artigo sobre Formatos de Arquivos Digitais é parte da Tese de Doutoramento do autor apresentada para a obtenção do titulo de Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Thales Trigo

Leia mais

Design Cerâmico Adaptado à Impressão Digital

Design Cerâmico Adaptado à Impressão Digital http://dx.doi.org/10.4322/cerind.2014.013 Design Cerâmico Adaptado à Impressão Digital J. J. Clausell a, L. Ortiz a, J. Mira a a Instituto de Tecnología Cerámica ITC, Asociación de Investigación de las

Leia mais

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica A natureza da imagem fotográfica PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital - 1 Antes do desenvolvimento das câmeras digitais, tínhamos a fotografia convencional, registrada em papel ou filme, através de um processo

Leia mais

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros Utilização do Sistema Multimédia 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens 2.1. Compressão Formatos com e sem compressão Técnicas de compressão (reduzem tamanho) de 2 tipos: Compressão

Leia mais

Primeiras Informações

Primeiras Informações Primeiras Informações Para que um trabalho escolar fique com melhor qualidade é importante registrálo, não apenas para ser apresentado aos pais, mas principalmente como arquivo. Guardar o registro de trabalhos

Leia mais

FOTOGRAFIA. Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui

FOTOGRAFIA. Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui FOTOGRAFIA Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui 1500-1800 A evolução da câmera obscura Conhecida pelos árabes desde a antiguidade, a câmera obscura evoluiu de maneira constante a partir do

Leia mais

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas:

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas: PHOTOSHOP Universidade de Caxias do Sul O Photoshop 5.0 é um programa grande e complexo, é o mais usado e preferido pelos especialistas em editoração e computação gráfica para linha PC. Outros programas

Leia mais

Câmera Digital. Autor: Darllene Negri Nicioli

Câmera Digital. Autor: Darllene Negri Nicioli Câmera Digital Autor: Darllene Negri Nicioli 2 OBJETIVO Têm como objetivo este trabalho mostrar o princípio de funcionamento geral de uma câmera digital até as vantagens e desvantagens do produto final,

Leia mais

E-510. Especificações. Tipo. Sensor de Imagem. Processador. Filtro. Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras

E-510. Especificações. Tipo. Sensor de Imagem. Processador. Filtro. Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras E-510 Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras LCD HyperCrystal 6.4cm / 2.5'' Novo processador de imagem Imagem ao Vivo (Live View) Sensor Live MOS com 10 megapixeis Funções profissionais

Leia mais

Technologies Explained LEGRIA HF R series

Technologies Explained LEGRIA HF R series Technologies Explained LEGRIA HF R series Sistema de Câmara HD da Canon Para assegurar uma boa qualidade de imagem nas suas câmaras de vídeo HD, a Canon desenvolve e fabrica três componentes de imagem

Leia mais

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Sistemas e Conteúdos Multimédia 4.1. Imagem Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Cores O que é a cor? Distribuição espectral do sinal de excitação. Função da reflectância e da iluminação

Leia mais

Ficha técnica CANON PowerShot D30

Ficha técnica CANON PowerShot D30 Ficha técnica CANON PowerShot D30 Tipo de produto Tipo de sensor óptico Dimensão do sensor óptico Zoom óptico Zoom digital Processador de Imagem Estabilizador de imagem Auto-foco Controle AE/AF Câmara

Leia mais

Fotografia: conceitos e técnicas

Fotografia: conceitos e técnicas ca leo Carlos Leonardo S Mendes wwwcaleocombr caleo Carlos Leonardo dos S Mendes Fotografia: conceitos e técnicas Exposição Setembro de 2008 Versão 10 Nota: os textos ou fotos contidos neste material não

Leia mais

Fotografia Digital Básica

Fotografia Digital Básica Escola de Belas Artes EBA UFMG Cursos de Extensão Alexandre Cruz Leão www.fotodearte.com.br/cursos/fotodigital e-mail: alexandre@fotodearte.com.br Maio 2014 Lançamento de câmeras digitais / ano 178 172

Leia mais

Tecnologias IXUS 210. Ecrã Táctil LCD PureColor II

Tecnologias IXUS 210. Ecrã Táctil LCD PureColor II Tecnologias IXUS 210 Interface Táctil Avançada A IXUS 210 inclui o ecrã táctil IXUS com a interface de utilizador mais avançada até hoje, proporcionando acesso ao menu principal da câmara, bem como ícones

Leia mais

Entenda as diferenças entre câmeras de vídeo analógicas e digitais

Entenda as diferenças entre câmeras de vídeo analógicas e digitais PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS 1 MOURA LACERDA Entenda as diferenças entre câmeras de vídeo analógicas e digitais As câmeras de vídeo ganharam popularidade muito rápido. A primeira foi patenteada nos

Leia mais

Fotografia Digital. Aula 1

Fotografia Digital. Aula 1 Fotografia Digital Aula 1 FOTOGRAFIA DIGITAL Tema da aula: A Fotografia 2 A FOTOGRAFIA A palavra Fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa

Leia mais

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Conceitos do Photoshop Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Bitmap Image Conceito de pixel Imagem bitmap x imagem vetorial Pixel x bits Resolução de tela e imagem 72 pixel/inch 300

Leia mais

FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO

FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO GRAPHOS LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM JORNALISMO GRÁFICO FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO FOTOGRAFIA BÁSICA: EQUIPAMENTOS Controles básicos da câmera OBTURADOR Tempo de exposição velocidade de disparo AFETA

Leia mais

O OBTURADOR 1. FUNCIONAMENTO:

O OBTURADOR 1. FUNCIONAMENTO: Esse anexo é um complemento do material didático exclusivo do Curso de Fotografia Digital - A fotografia sob uma nova óptica e função, com Célio Ricardo, constituindo uma parte que completa o total de

Leia mais

Conceitos Básicos de Fotografia Digital. Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br

Conceitos Básicos de Fotografia Digital. Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br Conceitos Básicos de Fotografia Digital Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br Compreender as características, as possibilidades e as limitações da fotografia digital e seus instrumentos;

Leia mais

Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe

Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe DSC-H300 Câmara digital compacta Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe Obtenha facilmente imagens espantosas com um zoom ótico de 35x, sensor de 20 MP, vídeo HD e efeitos criativos

Leia mais

Guia para fotografar com pouca luz. Versão 1. Texto e fotografias de Christian Camilo. 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015

Guia para fotografar com pouca luz. Versão 1. Texto e fotografias de Christian Camilo. 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015 1 Christian Camilo Camiloart.com 2015 1 2 Guia para fotografar com pouca luz Versão 1 Texto e fotografias de Christian Camilo T 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015 3 Índice FOTOGRAFANDO EM AMBIENTES

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO Módulos 1. Câmaras e Imagens Digitais. 2. Controlar a Exposição. 3. Controlar a Nitidez. 4. Captar Luz e Cor. 5. Compreender as Objectivas. 6. Fotografia com o Flash

Leia mais

GLOSSÁRIO DE TERMOS DE FOTOGRAFIA

GLOSSÁRIO DE TERMOS DE FOTOGRAFIA GLOSSÁRIO DE TERMOS DE FOTOGRAFIA ABERTURA - Toda objetiva possui um sistema similar á pupila do olho humano, em forma de íris. O tamanho é variável e ajustado pelo controle número f/, quanto maior o número

Leia mais

Glossário de Fotopublicidade

Glossário de Fotopublicidade Glossário de Fotopublicidade Câmera analógica: câmera que captura as imagens em filme/película. Câmera digital: câmera que salva imagens como arquivos digitais em algum tipo de disco de memória em vez

Leia mais

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5 A cor e o computador Introdução A formação da imagem num Computador depende de dois factores: do Hardware, componentes físicas que processam a imagem e nos permitem vê-la, e do Software, aplicações que

Leia mais

Fundamentos de Imagens Digitais. Aquisição e Digitalização de Imagens. Aquisição e Digitalização de Imagens. Aquisição e Digitalização de Imagens

Fundamentos de Imagens Digitais. Aquisição e Digitalização de Imagens. Aquisição e Digitalização de Imagens. Aquisição e Digitalização de Imagens Fundamentos de Imagens Digitais Aquisição e Serão apresentadas as principais características de uma imagem digital: imagem do ponto de vista matemático processo de aquisição e digitalização de uma imagem

Leia mais

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Glossário 2004 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos das Avisos de caráter legal deste produto. 45044849

Leia mais

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta TRATAMENTO DE IMAGENS Elisa Maria Pivetta CATEGORIAS DE IMAGENS Distinguem-se geralmente duas grandes: Bitmap (ou raster) - trata-se de imagens "pixelizadas", ou seja, um conjunto de pontos (pixéis) contidos

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL

REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL Representação da imagem Uma imagem é uma função de intensidade luminosa bidimensional f(x,y) que combina uma fonte de iluminação e a reflexão ou absorção de energia a partir

Leia mais

TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP

TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP Docente: Bruno Duarte Fev 2010 O que é uma imagem digital? Uma imagem diz-se digital quando existe um ficheiro em computador que guarda a informação gráfica desta

Leia mais

1/1.7'' CMOS Modo deteção de face / olho Modo focagem (RGB) Exibição de enquadramento Área e rácio de imagem

1/1.7'' CMOS Modo deteção de face / olho Modo focagem (RGB) Exibição de enquadramento Área e rácio de imagem XZ-2 Objetiva i.zuiko DIGITAL 24-112mm 1:1.8-2.5 (equiv. em 35 mm) Processador de TruePic VI Sistema de focagem automática ultra-rápido Filtro ND para controlo da exposição Sensor CMOS de alta sensibilidade

Leia mais

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sistemas Multimédia Ano lectivo 2006-2007 Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sumário Gráficos e imagens bitmap Tipos de dados para gráficos e imagens Imagens de 1-bit Imagens de gray-level

Leia mais

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA História da Fotografia 1727 - Na Alemanha - John Heinrich. Inventou a fotossensibilidade em sais de prata. 1826 Na França Joseph Nicéphore Nièpce. Inventa a Héliohraphia. Morreu

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) «21. Numa determinada cena, um fotógrafo ajusta a velocidade de obturação de sua câmera em 125 e a abertura do diafragma em f=11 (125/11). Se quiser

Leia mais

Tecnologias PowerShot G12

Tecnologias PowerShot G12 Tecnologias PowerShot G12 EMBARGO: 14 th September, 2010, 10:00 (CEST) Objectiva grande angular de 28mm com zoom óptico de 5x Desenvolvida com os mesmos processos e standards de qualidade aplicados no

Leia mais

Representação de Imagens

Representação de Imagens Representação de Imagens Primitivas Gráficas As primitivas gráficas são os elementos básicos que formam um desenho. Exemplos: Ponto, segmento, polilinha, polígono, arco de elipse, etc. Primitivas já definidas

Leia mais

DC-521 Máquina fotográfica à prova de água

DC-521 Máquina fotográfica à prova de água DC-521 Máquina fotográfica à prova de água Manual do Usuário www.lenco.eu 1. Conheça a Câmera 3M de design impermeável Sensor de resolução de 5.0 mega pixels Câmara fotográfica digital Câmara de vídeo

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. * O leitor consente,

Leia mais

LUZ. Esses três elementos combinados permitem que o fotógrafo escolha como a imagem será feita.

LUZ. Esses três elementos combinados permitem que o fotógrafo escolha como a imagem será feita. FOTOGRAFIA LUZ A luz é o elemento primordial de uma imagem. Para ter controle na entrada de luz na câmera, o fotógrafo controla o ISO, a velocidade da cortina e o diafragma da lente. Esses três elementos

Leia mais

Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO. 1.1. A Fotografi a é Necessária

Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO. 1.1. A Fotografi a é Necessária Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Fotografi a é Necessária 1.2. Problema Léxico: Câmera ou Câmara Fotográfica? 1.3. Da Prata ao Silício 2. DICAS 2.1. 25 Questões Básicas sobre Fotografi a Digital

Leia mais

EOS 600D e EOS 1100D - Tecnologias

EOS 600D e EOS 1100D - Tecnologias EOS 600D e EOS 1100D - Tecnologias Sensor CMOS Canon Desenhada pela Canon para se conjugar com os processadores DIGIC, a tecnologia CMOS integra circuitos avançados de redução de ruído em cada pixel proporcionando

Leia mais

Índice. Temos o Apoio:

Índice. Temos o Apoio: Página 2 de 18 Índice Historinha... 2 Definição... 4 Criação da Imagem... 4 Cores/Tons... 6 Dynamic Range... 7 Ruído (Noise)... 9 Recuperação... 10 Perda de Qualidade... 12 Balanço de Brancos (White Balance)...

Leia mais

Conceito Técnico de Fotografia

Conceito Técnico de Fotografia Fotografia Digital Conceito Técnico de Fotografia Fotografar é, por princípio, registrar a luz refletida pelo assunto (entende-se por assunto o que está sendo fotografado). Na câmara digital, como na convencional,

Leia mais

Imagens Digitais Tratamento de Imagens

Imagens Digitais Tratamento de Imagens Imagens Digitais Imagens de Bitmap Bitmap = Mapa de Bits ou Imagens Raster São as imagens formadas por pixels em oposição às imagens vetoriais. Imagens de Bitmap Imagem de bitmap Imagem vetorial Imagens

Leia mais

DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet

DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet 1 Usar a regra dos 2 3 da imagem. 2 - Lembre-se que o flash tem um alcance limitado,

Leia mais

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada reprodução de tom reprodução de cor resolução ruído e luz parasita aberrações e erros de registo. Principais parâmetros na definição

Leia mais

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Conteúdo s: Aspetos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais. Imagens computacionais e programas que criam ou manipulam esse tipo de imagens.

Leia mais

Foto de Henri Cartier-Bresson, Place de l Europe, 1932.

Foto de Henri Cartier-Bresson, Place de l Europe, 1932. Guia Fotográfico 1 Este guia fornece a base do conhecimento técnico necessário para o aproveitamento deste curso básico de fotografia. A necessária expansão do conhecimento enunciado nestas páginas passa

Leia mais

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA Editores vetoriais são frequentemente contrastadas com editores de bitmap, e as suas capacidades se complementam. Eles são melhores para leiaute

Leia mais

Gravação de Áudio WAVE (Mono) Tipo de Lente Lente Zoom Canon. Zoom Ótico 4x

Gravação de Áudio WAVE (Mono) Tipo de Lente Lente Zoom Canon. Zoom Ótico 4x Tipo de Câmera Câmera Digital "Aponte & Dispare" Compacta Sensor de Imagem CCD de 1/1,8" e 10.4 Megapixels Resolução Efetiva 10 milhões de pixels Profundidade de Cor RGB de 24 bits Modos de Cor Vívida,

Leia mais

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Também conhecido por digitalizador Scanner é um periférico de entrada Leitura de textos e imagens

Leia mais

Gama do monitor. Michael v.ostheim Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga

Gama do monitor. Michael v.ostheim Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga Michael v.ostheim Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga 2 Conteúdo 1 Introdução 4 2 Usando as imagens de teste 4 2.1 Imagem de teste da escala de cinza............................ 4 2.2

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

Capítulo II Imagem Digital

Capítulo II Imagem Digital Capítulo II Imagem Digital Proc. Sinal e Imagem Mestrado em Informática Médica Miguel Tavares Coimbra Resumo 1. Formação de uma imagem 2. Representação digital de uma imagem 3. Cor 4. Histogramas 5. Ruído

Leia mais

Foco e profundidade de campo

Foco e profundidade de campo Foco e profundidade de campo Foco Quando tiramos uma foto queremos que nosso destaque, no geral, esteja nítido e visível. O foco pode ser manual ou automático. Manualmente você gira o anel da sua lente.

Leia mais

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S -

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S - Produção Gráfica 2 FORMATOS DE ARQUIVOS A R Q U I V O S D I G I T A I S - FORMATOS DE ARQUIVOS PARA IMAGEM BITMAPEADAS Uma imagem bitmapeada, uma ilustração vetorial ou um texto são armazenados no computador

Leia mais

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1 Linhas de Orientação de Media GS1 Portugal 1 Índice Introdução... 3 Especificações Gerais de Imagens... 4 Propriedades da imagem... 5 Cor e Qualidade... 5 Clipping Paths... 5 Fundo... 6 Borda... 6 Formato

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS GED MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br

Leia mais

FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007

FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007 FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007 1 Doutorando em Artes pela UFMG 2 Professor do Departamento de Fotografia, Teatro

Leia mais

Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS

Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS Tipo de produto Tipo de sensor óptico Dimensão do sensor óptico Ligação sem fios Zoom óptico Zoom digital Processador de Imagem Estabilizador de imagem Auto-foco

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) 1 Classificação da imagem Em relação à sua origem pode-se classificar uma imagem,

Leia mais

Guião fotográfico. Instituto Politécnico da Guarda. Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto. Discente: Joana Nunes

Guião fotográfico. Instituto Politécnico da Guarda. Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto. Discente: Joana Nunes Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto Guião fotográfico Discente: Joana Nunes Número de Aluno: 5007996 Ano Letivo: 2013/2014 Curso de Especialização Tecnológica

Leia mais

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR facebook.com/denverelectronics PT-1 Parte da câmara de vídeo Preparar para usar 1. Porta HDMI 6. Ecrã 11. Protetor 16. PARA CIMA 2. Ranhura para 7. Luz do indicador 12. Coluna

Leia mais

NOVA DSLR α200 TORNA AS IMAGENS DE QUALIDADE SUPERLATIVA AINDA MAIS ACESSÍVEIS

NOVA DSLR α200 TORNA AS IMAGENS DE QUALIDADE SUPERLATIVA AINDA MAIS ACESSÍVEIS Lisboa, Janeiro de 2008 NOVA DSLR α200 TORNA AS IMAGENS DE QUALIDADE SUPERLATIVA AINDA MAIS ACESSÍVEIS Sensor de 10.2 megapixeis efectivos com elevada Redução de Ruído ISO Elevada Sensibilidade até ISO3200

Leia mais

Caracteristicas. www.sony-europe.com 1. Sweep Panorama com 3D Sweep Panorama. 24,3 megapixeis efectivos. Gama de sensibilidade ampla (ISO 50-16000)

Caracteristicas. www.sony-europe.com 1. Sweep Panorama com 3D Sweep Panorama. 24,3 megapixeis efectivos. Gama de sensibilidade ampla (ISO 50-16000) Caracteristicas 24,3 megapixeis efectivos Sensor CMOS Exmor APS HD de resolução muito alta e redução do ruído em dois incrementos para a obtenção de imagens e vídeo HD impecáveis e de baixo ruído Processador

Leia mais

Breve introdução. Attilio Grecchi

Breve introdução. Attilio Grecchi 1 Breve introdução Por ocasião da montagem de uma de minhas exposições fotográficas, fiz a seguinte afirmação: O ato de fotografar é, antes de tudo, um exercício de aprender a ver. É um aprendizado que

Leia mais

Alguns métodos utilizados

Alguns métodos utilizados Alguns métodos utilizados TIF Algumas pessoas exportam o trabalho feito no Corel em formato TIF,que é um procedimento comum para impressão em jornais e publicações impressas. Para exportar desta forma

Leia mais

Sumário. 1. Imagens de alta resolução com a D800E... 30 2. Abertura e assuntos complexos... 32 3. Graduação Gráfica de cor e ondulado...

Sumário. 1. Imagens de alta resolução com a D800E... 30 2. Abertura e assuntos complexos... 32 3. Graduação Gráfica de cor e ondulado... Guia Técnico Apresentação Este Guia Técnico detalha as principais técnicas usadas para criar duas das fotografias tecnicamente mais avançadas da brochura D800/D800E. Aproveite esta oportunidade para admirar

Leia mais

Tecnologias - EOS 650D

Tecnologias - EOS 650D Tecnologias - EOS 650D EMBARGO: 8 Junho, 2012, 06:00 CEST Sensor CMOS Canon Desenhado e fabricado exclusivamente pela Canon para funcionar em combinação com os seus processadores DIGIC, a tecnologia CMOS

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 01

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 01 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 01 Histórico da Fotografia A fotografia surgiu do desejo do homem retratar o mundo a sua volta. Desde os primórdios, com a

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

ferramentas da imagem digital

ferramentas da imagem digital ferramentas da imagem digital illustrator X photoshop aplicativo ilustração vetorial aplicativo imagem digital 02. 16 imagem vetorial X imagem de rastreio imagem vetorial traduz a imagem recorrendo a instrumentos

Leia mais

Câmara Cyber-shot leve, compacta e fácil de usar

Câmara Cyber-shot leve, compacta e fácil de usar Câmara Cyber-shot leve, compacta e fácil de usar 16,1 MP, zoom 6x, vídeo HD de 720p, LCD de 6,7 cm, Sweep Panorama e iauto Zoom óptico 6x potente Capte imagens extra-amplas com o 360 Sweep Panorama Gravação

Leia mais

ALCANCE DINÂMICO CCD CMOS

ALCANCE DINÂMICO CCD CMOS ALCANCE DINÂMICO Nos sensores de imagem CCD (charge-coupled device) ou CMOS (complementary metal oxide semiconductor), o alcance dinâmico (ou dinâmica) é especificado tipicamente como a razão entre o sinal

Leia mais

Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS

Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS Hi-res versions of these and other images can be downloaded from www.canon-erc.com/gen Lisboa, 20 de Agosto de 2007 A Canon

Leia mais

Mídia Impressa X Mídia Eletrônica

Mídia Impressa X Mídia Eletrônica Diferenças entre Mídia Impressa e Eletrônica Resolução Web >> 72dpi Impressão >> 300dpi Padrão de cores Web >> RGB Impressão >> CMYK Tipos de Arquivos Web >> GIF / JPEG Impressão >> TIF / EPS Tamanho dos

Leia mais

Cores em Computação Gráfica

Cores em Computação Gráfica Cores em Computação Gráfica Uso de cores permite melhorar a legibilidade da informação, possibilita gerar imagens realistas, focar atenção do observador, passar emoções e muito mais. Colorimetria Conjunto

Leia mais

Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável

Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável 4-257-862-72(1) Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável Manual da Handycam Índice Imagens Menu Índice 2010 Sony Corporation PT NEX-VG10/VG10E Notas sobre a utilização da câmara de vídeo Como

Leia mais

CALIBRAÇÃO DO SISTEMA - SCANNER MONITOR 2 CLÁUDIO MELO

CALIBRAÇÃO DO SISTEMA - SCANNER MONITOR 2 CLÁUDIO MELO GESTÃO DE CORES - OBJECTIVOS DA GESTÃO DE COR A NECESSIDADE DE UM SISTEMA DE GESTÃO DE COR (CMS) OS PERFIS DE COR A CRIAÇÃO DE PERFIS OS MODELOS DE COR 1 GESTÃO DE CORES - OBJECTIVOS DA GESTÃO DE COR A

Leia mais