Mídia Impressa X Mídia Eletrônica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mídia Impressa X Mídia Eletrônica"

Transcrição

1 Diferenças entre Mídia Impressa e Eletrônica Resolução Web >> 72dpi Impressão >> 300dpi Padrão de cores Web >> RGB Impressão >> CMYK Tipos de Arquivos Web >> GIF / JPEG Impressão >> TIF / EPS Tamanho dos Arquivos (formato e compactação) A mesma imagem tem um tamanho de arquivo menor quando configurada para uso na web, do que se fosse configurada para impressão. 01

2 Digitalização de Originais Resolução da Imagem >> DPI >> Quantidade de Pixels utilizado na imagem. Resolução do Monitor >> Definição >> Nº de pontos na horizontal por quantidade de linhas na vertical. Ex.: 1024x760 >> 1024 pontos por linha horizontal dispostos 768 vezes Monitor PC >> 96dpi Monitor MAC >> 72dpi Resolução de Impressão >> Quanto mais DPI + Qualidade Laser >> 300 ou 600dpi Imagesetter >> 1200, 2400 ou + 02

3 Tipos de Scanners Scanners de Mesa Atendem bem aos escritórios; Podem escanear negativos e transparências; Os scanners mais simples, não possuem densidade nem resolução ótica suficientes para capturar imagens em alta qualidade. Existem scanners de mesa profissinais com densidade ótica de até 4.2 DO. Scanners de Leitura de Filmes Extremamente úteis quando se trabalha com uma grande quantidade de slides ou filmes negativos. Possuem densidade ótica e resolução capazes de gerar arquivos de boa qualidade, se o fator de ampliação não for muito grande. 03

4 Tipos de Scanners Scanners de Cilindro São melhores que os de mesa; Possuem maior densidade ótica e altíssima resolução de captura; Custo bem mais elevado; Alcançam resoluções óticas de até 9000dpi; Scaneiam originais opacos ou transparentes maiores que um formato A3. Scanner cilíndrico virtual dpis 04

5 Fatores que determinam o tamanho do arquivo Dimensões da Imagem A Profundidade de Bits (=de cor ou de pixels) Nº de cores que uma imagem pode ter Formato do Arquivo Obs.: >> Quanto maior a imagem, maior o arquivo. >> Quanto maior a profundidade de bits, maior o arquivo. 05

6 Profundidade de Bits Quanto maior profundidade de bits, melhor a qualidade de cor da imagem. >> 8 bits cores >> 10 bits cores >> 12 bits cores >> 24 bits - 16,7 milhoes de cores Quanto maior a profundidade de cor, maior a fidelidade de cor. As aplicações de editoração eletrônica geralmente utilizam arquivos de 24 bits para criar 16,7 milhões de cores, e para a Net apenas 256 cores. O que é feito com o bilião de cores criadas a 30 bits? Simplesmente: escolhem-se as melhores e descarta-se o resto. 06

7 Profundidade de bits X tamanho do arquivo CMYK 48 bits/pixel 375Kb RGB 24 bits/pixel 214Kb TONS DE CINZA 8 bits/pixel 134Kb PB 1 bit/pixel 13Kb 07

8 Densidade Ótica ou DMAX Máxima (Tons) A densidade óptica máxima ou Dmax é um importante fator de medida que determina a riqueza dos detalhes e das áreas de sombras das imagens, ou seja, é a habilidade do scanner registrar diferentes tons ou passagens de uma cor. É a informação mais importante para avaliar a qualidade de um scanner. Quanto maior o Dmax, maior será a gama de tons reconhecido pelo scanner. Exemplo: 3.2 Dmax é igual a 1600 tons de uma cor e 3.6 Dmax é igual a 4000 tons. O ideal para cada tipo de trabalho é: Monitor / Web à 3.4 Dmax Jornal à 3.4 Dmax Revista à 4.9 Dmax Bons scanners tem densidade ótica de no mínimo 3.0 DO. 08

9 Resolução (DPI >> arquivos, câmeras ou scanners) Resolução Ótica >> Capacidade de leitura em dpi s nos eixos H e V, em uma detreminada área de leitura. Mínima resolução para um bom trabalho 600x1200dpi. Resolução Interpolada >> É um processo que pode ser gerado pelo scanner ou pelo software utilizado para o tratamento das imagens. Cria valores intermediários entre dois ou mais valores óticos, ou seja cria pixels onde não existiam, com um valor de cor aproximada entre esses pontos. Percebe-se a perda de qualidade. 09

10 Digitalização A imagem deve ser alinhada com as bordas do scanner. Só digitalize a imagem desalinhada se quiser isso como efeito. Só há um caso em que uma leve rotação na imagem e bem utilizada, e é na digitalização de uma imagem impressa (de uma revista ou livro por exemplo), ou seja, quando uma imagem já é reticulada. Ângulo Padrão de Inclinação da Retícula: o o Cyan 15 ou105 o o Yellow 0 ou90 o Magenta 75 o Preto 45 10

11 Digitalização 01 11

12 De quantos pixels realmente precisamos? 640x480 0,3 Megapixel 800x600 0,48 Megapixel 1024x768 0,8 Megapixel 1280x960 1,2 Megapixel 1600x1200 2,0 Megapixel 2048x1536 3,1 Megapixel 2240x1680 4,0 Megapixel 2560x1920 5,0 Megapixel 3092x2008 6,0 Megapixel * Depende da qualidade do conjunto (objetiva, sensibilidade, iluminação, etc.) Equivalência de Megapixels com Tamanho em cm Tabela de Ampliação da Imagem Digital (cm) Resolução da Imagem 7x10 10x15 13x18 15x21 18x24 20x25 24x30 38x35 30x40 * Qualidade FOTO FOTO* EXCELENTE MUITO BOM BOM * RUIM 12

13 Cálculo (conversão) de Resolução e tamanho Ex.: Câmera de 2,0 Megapixels (MP) 2MP =1600x1200 pixels 1600 / 300 = 5,33 polegadas >> (converter para cm) 1200/300 = 4,0 polegadas >> (converter para cm) >> 5,33 x 2,54 = 13,55cm >> 4,0 x 2,54 = 10,16cm Para impressão com qualidade fotográfica no máximo no tamanho de 13,5 x 10cm. Ex.: Câmera de 14,0 Megapixels 14mp = 4500x3000 pixels 4500 / 300 = 15 x 2,54 = 38,10cm 3000 / 300 = 10 x 2,54 = 25,40cm >> 38x25cm c/ 300dpi 13

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5 A cor e o computador Introdução A formação da imagem num Computador depende de dois factores: do Hardware, componentes físicas que processam a imagem e nos permitem vê-la, e do Software, aplicações que

Leia mais

Imagens Digitais Tratamento de Imagens

Imagens Digitais Tratamento de Imagens Imagens Digitais Imagens de Bitmap Bitmap = Mapa de Bits ou Imagens Raster São as imagens formadas por pixels em oposição às imagens vetoriais. Imagens de Bitmap Imagem de bitmap Imagem vetorial Imagens

Leia mais

ferramentas da imagem digital

ferramentas da imagem digital ferramentas da imagem digital illustrator X photoshop aplicativo ilustração vetorial aplicativo imagem digital 02. 16 imagem vetorial X imagem de rastreio imagem vetorial traduz a imagem recorrendo a instrumentos

Leia mais

Manual de Utilização do Software de Leitura de Bitmap. Rev. 1.01

Manual de Utilização do Software de Leitura de Bitmap. Rev. 1.01 Manual de Utilização do Software de Leitura de Bitmap Rev. 1.01 Visão Geral Este manual tem por objetivo explicar o processo de conversão dos dados gráficos impressos nas Reduções Z, também referido às

Leia mais

Imagem digital 2. Resolução x dimensão da imagem

Imagem digital 2. Resolução x dimensão da imagem Uma imagem bitmapeada é formada por um conjunto de pixels. gerados no momento da digitalização da imagem (através do scanner ou câmera digital). PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital 2 Resolução x dimensão

Leia mais

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Também conhecido por digitalizador Scanner é um periférico de entrada Leitura de textos e imagens

Leia mais

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos.

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Scanners Manual Básico Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Tipos de Scanners Diferentes tipos de scanners funcionam de diferentes maneiras. Conheça

Leia mais

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL GERENCIAMENTO DE COR CONFORME ISO 12647-2:2004 Buscando qualidade, agilidade e fidelidade nas cores dos materiais impressos aos nossos clientes, a Dinâmica

Leia mais

COMO PREPARAR/ENVIAR SEU ARQUIVO PARA IMPRESSÃO EM COREL DRAW E PHOTOSHOP

COMO PREPARAR/ENVIAR SEU ARQUIVO PARA IMPRESSÃO EM COREL DRAW E PHOTOSHOP COMO PREPARAR/ENVIAR SEU ARQUIVO PARA IMPRESSÃO EM COREL DRAW E PHOTOSHOP ÍNDICE EXPORTANTO EM COREL DRAW 1 - definindo o tamanho pág. 3 2 - padrão (sistema de cores - cmyk) pág. 3 3 - resolução pág. 4

Leia mais

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada reprodução de tom reprodução de cor resolução ruído e luz parasita aberrações e erros de registo. Principais parâmetros na definição

Leia mais

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K GCR Photoshop CS3 Cores Digitais Primeiramente, vamos entender como é possível substituir o CMY por preto apenas nas áreas cinzas e escuras sem influenciar nas outras cores da foto. Quando um scanner captura

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3) Introdução A possibilidade de utilizarmos imagens, gráficos, desenhos e textos artísticos

Leia mais

Aula 2 Aquisição de Imagens

Aula 2 Aquisição de Imagens Processamento Digital de Imagens Aula 2 Aquisição de Imagens Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira mvieira@sc.usp.br EESC/USP Fundamentos de Imagens Digitais Ocorre a formação de uma imagem quando

Leia mais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais Esse artigo sobre Formatos de Arquivos Digitais é parte da Tese de Doutoramento do autor apresentada para a obtenção do titulo de Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Thales Trigo

Leia mais

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Fundamentos da fotografia digital: Câmeras digitais CCD e CMOS Resolução Armazenamento Softwares para edição e manipulação de imagens digitais: Photoshop e Lightroom

Leia mais

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica A natureza da imagem fotográfica PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital - 1 Antes do desenvolvimento das câmeras digitais, tínhamos a fotografia convencional, registrada em papel ou filme, através de um processo

Leia mais

Tamanho e resolução da imagem

Tamanho e resolução da imagem Tamanho e resolução da imagem Para se produzir imagens de alta qualidade, é importante compreender como é que os dados dos pixels da imagem são medidos e mostrados. Dimensões dos pixels O número de pixels

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Este tutorial tem por finalidade esclarecer algumas dúvidas sobre arquivos abertos e arquivos fechados. Leia e entenda um pouco mais sobre PDF, diferenças

Leia mais

Fotografia Digital. Aula 1

Fotografia Digital. Aula 1 Fotografia Digital Aula 1 FOTOGRAFIA DIGITAL Tema da aula: A Fotografia 2 A FOTOGRAFIA A palavra Fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage FormatosdeImagens ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger FormatosdeImagens Índice 1 FORMATOS

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA RESOLUÇÃO Associada à quantidade e a qualidade de

Leia mais

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Conceitos do Photoshop Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Bitmap Image Conceito de pixel Imagem bitmap x imagem vetorial Pixel x bits Resolução de tela e imagem 72 pixel/inch 300

Leia mais

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA.

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. Imagem digital é a representação de uma imagem bidimensional usando números binários codificados de modo a permitir seu armazenamento, transferência, impressão ou reprodução,

Leia mais

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF TUTORIAL DE DIGITALIZAÇÃO DIRIGIDO AO USO DO PROCESSO ELETRÔNICO Adaptado do tutorial elaborado pelo colega MAICON FALCÃO, operador de computador da subseção judiciária de Rio Grande. Introdução Este tutorial

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

Conceitos Básicos de Fotografia Digital. Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br

Conceitos Básicos de Fotografia Digital. Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br Conceitos Básicos de Fotografia Digital Marcus Ramos marcus@marcusramos.com.br www.marcusramos.com.br Compreender as características, as possibilidades e as limitações da fotografia digital e seus instrumentos;

Leia mais

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S -

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S - Produção Gráfica 2 FORMATOS DE ARQUIVOS A R Q U I V O S D I G I T A I S - FORMATOS DE ARQUIVOS PARA IMAGEM BITMAPEADAS Uma imagem bitmapeada, uma ilustração vetorial ou um texto são armazenados no computador

Leia mais

Operações Geométricas com Imagens

Operações Geométricas com Imagens Introdução ao PID Processamento de Imagens Digitais Operações Geométricas com Imagens Glaucius Décio Duarte Instituto Federal Sul-rio-grandense : Campus Pelotas Engenharia Elétrica Atualizado em 17mar2015

Leia mais

Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade

Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade Lisboa, 20 de Agosto de 2007- A Canon anuncia o lançamento de dois novos modelos na gama CanoScan: o CanoScan 8800F e o CanoScan

Leia mais

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Conteúdo s: Aspetos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais. Imagens computacionais e programas que criam ou manipulam esse tipo de imagens.

Leia mais

Fotografia digital. Aspectos técnicos

Fotografia digital. Aspectos técnicos Fotografia digital Aspectos técnicos Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade

Leia mais

Sidnei Costa Souza sid.nat@zaz.com.br RESOLUÇÃO

Sidnei Costa Souza sid.nat@zaz.com.br RESOLUÇÃO Sidnei Costa Sza sid.nat@zaz.com.br RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO A imagem está em alta baixa resolução? Vai serrilhar/pixealizar a imagem? Estas são perguntas muito comuns em um bureau de saída de fotolito. Estas

Leia mais

P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e

P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e eventual correção anteriormente à impressão final. Existem vários tipos de prova de impressão e cada tipo recebe um nome

Leia mais

Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos

Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos Gazeta do Povo -vs02- Recomendações para preparação da arte final Segue abaixo algumas dicas

Leia mais

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material MANUAL DE ENVIO DE MATERIAL 2013 Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material Resolução Formatos Conteúdo Prova de cor Layout Marcas de corte Cores Clique no número

Leia mais

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas:

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas: PHOTOSHOP Universidade de Caxias do Sul O Photoshop 5.0 é um programa grande e complexo, é o mais usado e preferido pelos especialistas em editoração e computação gráfica para linha PC. Outros programas

Leia mais

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático.

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. Prof. Reginaldo Brito Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA Joseph-Nicéphore Niepce * França, (1765-1833) James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. 1826,

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010.

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010. 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2010. ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 2 ESCOPO DO FORNECIMENTO 1. Constitui o objeto desta

Leia mais

Manual do. Peticionamento Eletrônico

Manual do. Peticionamento Eletrônico Manual do Peticionamento Eletrônico Este documento contém orientações sobre como gerar documentos para o serviço de Peticionamento Eletrônico no Portal e-saj Tribunal de Justiça de São Paulo. Resumo Os

Leia mais

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 4 José Manuel Russo 2005 24 A Imagem Bitmap (Raster) As imagens digitais ou Bitmap (Raster image do inglês) são desenhadas por um conjunto de pontos quadrangulares Pixel alinhados

Leia mais

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1 Linhas de Orientação de Media GS1 Portugal 1 Índice Introdução... 3 Especificações Gerais de Imagens... 4 Propriedades da imagem... 5 Cor e Qualidade... 5 Clipping Paths... 5 Fundo... 6 Borda... 6 Formato

Leia mais

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB Bons web sites necessitam de uma correta integração entre textos e imagens. Este artigo contém o mínimo que você precisa saber sobre imagens para a web. Introdução

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009 16 a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. 17 Marca Dinâmica e evolutiva, a marca Bematech é formada pelo símbolo e logotipo. Suas elipses simbolizam a essência de uma empresa empreendedora.

Leia mais

Manual de utilização do programa

Manual de utilização do programa PCIToGCode Manual de utilização do programa PCIToGCode O PCITOGCODE é um aplicativo desenvolvido para converter imagem de uma placa de circuito impresso em um arquivo de códigos G. Com o arquivo de códigos

Leia mais

KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING

KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO KIP 720 Scanner de imagens KIP 720 O scanner monocromático e colorido KIP 720 apresenta

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-5530C2 Funções Digitalização de 50 páginas / 100 imagens por minuto Driver e software de captura renovados PaperStream IP PaperStream Capture Gerenciamento centralizado de vários scanners Opcional:

Leia mais

Fotografia Digital Básica

Fotografia Digital Básica Escola de Belas Artes EBA UFMG Cursos de Extensão Alexandre Cruz Leão www.fotodearte.com.br/cursos/fotodigital e-mail: alexandre@fotodearte.com.br Maio 2014 Lançamento de câmeras digitais / ano 178 172

Leia mais

Simplificando a obtenção e a utilização de imagens digitais - scanners e câmeras digitais

Simplificando a obtenção e a utilização de imagens digitais - scanners e câmeras digitais T Ó P I C O E S P E C I A L Simplificando a obtenção e a utilização de imagens digitais - scanners e câmeras digitais André Wilson MACHADO*, Bernardo Quiroga SOUKI** Resumo Um dos grandes benefícios que

Leia mais

Digitalizar Processos ou Documentos Físicos

Digitalizar Processos ou Documentos Físicos Sistema Eletrônico de Informações Digitalizar Processos ou Documentos Físicos Prepare os documentos para digitalização: Verificar todas as folhas do processo que serão digitalizadas. As folhas não podem

Leia mais

Desafios arquivísticos contemporâneos: seminário em torno dos 40 anos do CPDOC Sessão 1: Arquivos, metadados, nuvens: os desafios do mundo digital

Desafios arquivísticos contemporâneos: seminário em torno dos 40 anos do CPDOC Sessão 1: Arquivos, metadados, nuvens: os desafios do mundo digital Desafios arquivísticos contemporâneos: seminário em torno dos 40 anos do CPDOC Sessão 1: Arquivos, metadados, nuvens: os desafios do mundo digital 29 de agosto de 2013 Coordenação de Documentação do CPDOC

Leia mais

Através de sólidas parcerias com fabricantes de renome mundial e especializados em

Através de sólidas parcerias com fabricantes de renome mundial e especializados em Através de sólidas parcerias com fabricantes de renome mundial e especializados em Soluções para digitalização de documentação histórica e rara, como a Konica Minolta, i2s Digibook e Microtek, a Macrosolution

Leia mais

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo 3 Este manual tem como objetivo recomendar a forma mais adequada de criação, tratamento de imagem, fechamento de arquivos e envio de anúncios que serão impressos no sistema de impressão Offset Web Cold

Leia mais

FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007

FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007 FOTOGRAFIA DIGITAL Conceitos básicos e aplicações práticas Alexandre Cruz Leão 1 Paulo Baptista 2 revisado em Fevereiro/2007 1 Doutorando em Artes pela UFMG 2 Professor do Departamento de Fotografia, Teatro

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Item Unidade Qtd Objeto da proposta Valor máximo aceitável SCANNER TIPO PLANETÁRIO MARCA ZEUTCHEL MODELO OS 12002 C

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Item Unidade Qtd Objeto da proposta Valor máximo aceitável SCANNER TIPO PLANETÁRIO MARCA ZEUTCHEL MODELO OS 12002 C ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento de scanner para a Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul FABICO/UFRGS, situada na Rua Ramiro Barcelos n. 2705,

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED Preparação de documentos 1 Preparação de Documentos Quais documentos digitalizar? Eliminação: remoção e destruição de duplicatas, materiais sem importância

Leia mais

DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet

DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet DICAS DE FOTOGRAFIAS Material retirado do curso da National Geographic e de diversos materiais disponibilizados na Internet 1 Usar a regra dos 2 3 da imagem. 2 - Lembre-se que o flash tem um alcance limitado,

Leia mais

Publisher. Publisher. versão 2012.2

Publisher. Publisher. versão 2012.2 versão 2012.2 Publisher Publisher Para diagramar, vamos utilizar o Publisher, do pacote de programas Microsoft Office. As instruções valem para as versões 2003, 2007 e 2010 do pacote. Vamos aprender através

Leia mais

Publisher. Publisher. versão 2012.2

Publisher. Publisher. versão 2012.2 versão 2012.2 Publisher Publisher Para diagramar, vamos utilizar o Publisher, do pacote de programas Microsoft Office. As instruções valem para as versões 2003, 2007 e 2010 do pacote. Vamos aprender através

Leia mais

Especificações / SCANNER

Especificações / SCANNER Especificações / SCANNER S.O. Windows 7 (32 bits e 64 bits) Windows 8 (32 bits e 64 bits) Windows 8 (32 bits e 64 bits) Volume diário recomendado A partir de 12.000 páginas por dia (varia com volume de

Leia mais

Imagem digital. Unidade 3

Imagem digital. Unidade 3 Imagem digital Unidade 3 Objectivos Reconhecer o potencial comunicativo/ expressivo das imagens; Reconhecer as potencialidades narrativas de uma imagem; A criação de sentido nas associações de imagens

Leia mais

#25. CRIDI / UFBa - Fotográfico Institucional - 2005-2007 COMPLETA 1 / 9 PÁGINA 2

#25. CRIDI / UFBa - Fotográfico Institucional - 2005-2007 COMPLETA 1 / 9 PÁGINA 2 #25 COMPLETA Coletor: Web Link (Link da Web) Iniciado: sexta-feira 10 de outubro de 2014 14:59:20 Última modificação: segunda-feira 27 de outubro de 2014 08:50:20 Tempo gasto: Mais de uma semana Endereço

Leia mais

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Glossário 2004 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos das Avisos de caráter legal deste produto. 45044849

Leia mais

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Sistemas e Conteúdos Multimédia 4.1. Imagem Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Cores O que é a cor? Distribuição espectral do sinal de excitação. Função da reflectância e da iluminação

Leia mais

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros http://publicidade.abril.com.br/revistas/espe_tecnicas/rev _recomenda.shtml Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros Recomendações que evitam os erros mais freqüentes Nunca utilize quadricromia

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS GED MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br

Leia mais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais Curso Técnico em Multimídia ETI - Edição e tratamento de imagens digitais 2 Fundamentos "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus." 2 Timóteo 1:13

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-6770 Funções Capaz de digitalizar documentos a 90 ppm / 180 ipm Equipado com funções inteligentes para operação eficiente AAD ergonômico Funções Veloz e equipado com Flatbed O fi-6770 equipado

Leia mais

O objetivo deste manual é auxiliar e esclarecer algumas dúvidas que possam surgir durante o processo de fechamento dos arquivos a serem enviados para

O objetivo deste manual é auxiliar e esclarecer algumas dúvidas que possam surgir durante o processo de fechamento dos arquivos a serem enviados para O objetivo deste manual é auxiliar e esclarecer algumas dúvidas que possam surgir durante o processo de fechamento dos arquivos a serem enviados para impressão, evitando assim atrasos e possíveis erros

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

Operações Geométricas com Imagens

Operações Geométricas com Imagens Processamento de Imagens Digitais Operações Geométricas com Imagens PARTE 3 Glaucius Décio Duarte Instituto Federal Sul-rio-grandense : Campus Pelotas Engenharia Elétrica Atualizado em 24mai2016 1 de 7

Leia mais

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP?

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? 66.393 Visualizações Por Daniele Starck Disponível em: www.tecmundo.com.br/imagem/5866 quais as diferencas entre os formatos de

Leia mais

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB.

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. O Portal Art3 é um sistema que permite uma grande flexibilidade na entrega e aprovação de seus

Leia mais

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress O pacote BrOffice é um pacote de escritório muito similar ao já conhecido Microsoft Office e ao longo do tempo vem evoluindo e cada vez mais ampliando as possibilidades

Leia mais

Apresentação do Projeto Gráfico

Apresentação do Projeto Gráfico Arte-final Arquivo feito no computador utilizando softwares específicos que permitem a produção de um fotolito para impressão gráfica. Programas Utilizados para a Produção de Arte-final. Dependendo das

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.: Lillian Alvares Aspectos Gerais O uso da tecnologia digital traz grandes perspectivas de trabalho para os arquivos

Leia mais

Controlando o trabalho impresso 1

Controlando o trabalho impresso 1 Controlando o trabalho impresso 1 O seu driver da impressora fornece a melhor qualidade de saída para vários tipos de necessidades de impressão. No entanto, você pode desejar ter mais controle sobre a

Leia mais

SISTEMÁTICA DA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

SISTEMÁTICA DA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA SISTEMÁTICA DA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA RECIFE,

Leia mais

_PTBR. Guia de configuração de digitalização para aplicativos TWAIN

_PTBR. Guia de configuração de digitalização para aplicativos TWAIN _PTBR Guia de configuração de digitalização para aplicativos TWAIN Como usar a fonte de dados TWAIN Como iniciar a Ferramenta de validação de scanner... 2 A caixa de diálogo Ferramenta de validação de

Leia mais

Scanners. série i900. Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS. A-61734_pt-br

Scanners. série i900. Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS. A-61734_pt-br Scanners série i900 Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS A-61734_pt-br Guia de configuração de digitalização para o driver ISIS Sumário Caixa de diálogo Ferramenta de validação de

Leia mais

A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade

A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade Ao início de 2009, a HP lançou sua nova geração de tecnologia de impressão: um inovador sistema de 4 ou 5 tintas que oferece melhor qualidade

Leia mais

Alguns métodos utilizados

Alguns métodos utilizados Alguns métodos utilizados TIF Algumas pessoas exportam o trabalho feito no Corel em formato TIF,que é um procedimento comum para impressão em jornais e publicações impressas. Para exportar desta forma

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA 1. APRESENTAÇÃO Este manual apresenta, documenta e normatiza a utilização da identidade visual do Circo Crescer e Viver e de seu selo comemorativo de 10 anos. É fundamental

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-7280 Funções Altíssima velocidade de digitalização Alimentador de grande volume Equipado com LCD Equipado com função de proteção avançada de papel Redutor de Desvio - mecanismo estável de alimentação

Leia mais

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta TRATAMENTO DE IMAGENS Elisa Maria Pivetta CATEGORIAS DE IMAGENS Distinguem-se geralmente duas grandes: Bitmap (ou raster) - trata-se de imagens "pixelizadas", ou seja, um conjunto de pontos (pixéis) contidos

Leia mais

FOTOGRAMETRIA DIGITAL

FOTOGRAMETRIA DIGITAL FOTOGRAMETRIA DIGITAL Produtos a Obter na Fotogrametria Digital: - Vôo Fotogramétrico + GPS - Fotografias Aéreas Digitais. - Aerotriangulação Digital. - Modelo Digital do Terreno. - Ortofotografia Digital.

Leia mais

Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída

Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída Classificação dos dispositivos (ou periféricos) ricos) Entrada Teclado Rato, touchpad, pointing device, track ball Scanner Câmaras digitais (fotográficas

Leia mais

Generalidades sobre Imagem Digital

Generalidades sobre Imagem Digital Generalidades sobre Imagem Digital Com o computador pode adquirir, tratar, gerir e criar imagens. Neste bloco serão abordados: Conceitos gerais sobre imagem digital Aquisição de imagens (inclui digitalização)

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa Multifuncionais PIXMA MP550 e PIXMA MP560 oferecem impressão inteligente e de elevada qualidade a utilizadores domésticos e amantes de fotografia PIXMA MP550 PIXMA MP560 Lisboa,

Leia mais

Scanner Compacto SnapScan S1300i

Scanner Compacto SnapScan S1300i Scanner Compacto SnapScan S1300i Especificações Funcionais Velocidade de digitalização melhorada (12 páginas por minuto) Sincronize facilmente com dispositivos ipad/iphone e Android Conecte-se facilmente

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica Aula 3

Sistemas de Informação Geográfica Aula 3 Sistemas de Informação Geográfica Aula 3 Introdução Equipamentos de entrada de dados são dispositivos que convertem dados analógicos e mapas impressos no papel em mídia m eletrônica ou digital para serem

Leia mais

Atualização: JULHO/2011

Atualização: JULHO/2011 Uso do logo Teuto Pfizer Este material também é conhecido por manual da marca Teuto Pfizer. Ele é destinado a profissionais de comunicação, agências de publicidade, fornecedores e usuários em geral que

Leia mais

Representação de Imagens

Representação de Imagens Representação de Imagens Primitivas Gráficas As primitivas gráficas são os elementos básicos que formam um desenho. Exemplos: Ponto, segmento, polilinha, polígono, arco de elipse, etc. Primitivas já definidas

Leia mais

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento 1 Antes de mais nada, é extremamente necessário lembrar que para tratar uma imagem é necessário que o monitor de seu computador esteja calibrado

Leia mais

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros Utilização do Sistema Multimédia 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens 2.1. Compressão Formatos com e sem compressão Técnicas de compressão (reduzem tamanho) de 2 tipos: Compressão

Leia mais

ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA. versão 1.0. Criação. Aprovação. Produção. Desenvolvido por

ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA. versão 1.0. Criação. Aprovação. Produção. Desenvolvido por ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA versão 1.0 Criação Produção Aprovação Entrega Desenvolvido por EQUIPE : Daniel Augusto Design, Diagramação e Conteúdo Larissa Lopez Direção de arte e Conteúdo Planejar, Conceber

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário Apresentação 3 Logotipo - Versões Cromáticas 4 Diagrama de Construção, Área de Reserva e Redução 5 Convivência com Outras Marcas 6 Patrocínio 7 Aplicações sobre Fundos 8 Aplicações Incorretas 9

Leia mais