Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal. Sync PT Linhas de Orientação de Media 1"

Transcrição

1 Linhas de Orientação de Media GS1 Portugal 1

2 Índice Introdução... 3 Especificações Gerais de Imagens... 4 Propriedades da imagem... 5 Cor e Qualidade... 5 Clipping Paths... 5 Fundo... 6 Borda... 6 Formato para o utilizador final... 6 Acondicionamento (Packaging)... 6 Requisitos para representações em marketing multicanal... 7 Imagens optimizadas de produtos para Publicidade... 7 Representação... 7 Formato de ficheiro... 7 Modo de cor... 7 Tamanho da imagem (Preferencial)... 8 Resolução (Preferencial)... 8 Imagens especiais de produtos para aplicações web e de e-commerce... 8 Imagens por Campo de Aplicação... 9 Normas de garantia de qualidade para fotografias de produtos para canais de marketing e vendas Nome do Ficheiro Requisitos Técnicos e Definições de Imagens Requisitos para a qualidade de imagem Normas de garantia de qualidade para as fotografias dos produtos para Planogramas Nome do Ficheiro Requisitos Técnicos e Definições de Imagens Requisitos para a qualidade de imagem

3 Introdução A apresentação digital de produtos é um factor crítico de sucesso na venda multicanal. Este documento descreve as especificações para a produção de imagens de produtos e activos de Media, bem como o padrão (standard) para nomear os Ficheiros de Imagem. O documento destina-se a todos aqueles que são responsáveis pelo marketing e tecnologias de informação como forma de garantir o fornecimento de recursos multimédia para a gestão estratégica da marca e marketing de conteúdos, nos sistemas de informação da sua organização. Para produzir a imagem de um produto recomenda-se um processo certificado com a tecnologia mais moderna de câmara, iluminação e gestão de cores. As Imagens do produto devem ser criadas com alta qualidade e resolução. A tecnologia de gravação deve ser consequentemente certificada e calibrada. O tratamento posterior das imagens também deve ser padronizado e automatizado. A nomeação, formatação, corte e otimização dos dados de imagem deve ser feita estritamente com base em predefinições e adequado para a categoria do produto. 3

4 Especificações Gerais de Imagens Dimensão Imagem: número total de pixéis ao longo de uma imagem. É a quantidade de informações captadas por uma câmara. Tamanho do documento impresso: tamanho da imagem impressa em polegadas ou centímetros (apenas para as necessidades de impressão). A resolução: número de pixéis contidos numa polegada de pixéis por polegada (ppp) ou pontos por polegada (dpi). É apenas a ligação entre a dimensão da imagem e do tamanho do documento impresso. É uma informação para a impressora que não afecta a qualidade digital da imagem. Conclusão: a resolução não é uma informação que deva ser incluída nos requisitos É difícil medir com precisão o tamanho de uma imagem, porque existem vários factores que afectam o tamanho do ficheiro: O número de pixéis contidos no ficheiro O formato do ficheiro: devido aos métodos de compressão diferentes usados por JPEG, PNG, TIFF A profundidade de cor: o número de bits utilizados para representar a cor de um pixel 4

5 Propriedades da imagem Nenhum canal alfa ou camadas Sem guias ou rulers Sem bolhas ou zonas claras e escuras Sem função de transferência ou de gestão de cores PostScript Sem impressões Sem impressões digitais ou marcas d'água visíveis Os produtos não podem estar compactados Sem interpolação ("redimensionamento up") Sem digitalização de páginas impressas Sem marcas de poeira ou arranhões Sem produção de sombra Padrões moiré devem ser minimizados Sem informações, tais como: dados do vintage (vinho) Sem informações específicas, como consumir de preferência antes de, códigos de validade, do lote ou de série Sem rótulos específicos de items, como rótulos que contêm um número de validação (check digit) ou um período de validade Recomenda-se a produção de rótulos como um ficheiro gráfico separado, disponível para o utilizador Sem as Menções Obrigatórias de produto (por exemplo: receita da semana, indicações de promoções) Sem reflexo ou brilho Sem representação de relações de tamanho ao nível artigo individual Cor e Qualidade Recomenda-se uma representação dos produtos em conformidade com a identidade corporativa e o design corporativo do respectivo fabricante, independente dos autores da produção das Imagens. Clipping Paths A imagem do produto deve conter somente um caminho de recorte (clipping path). Recomenda-se que este caminho seja nomeado como "Caminho 1". Recomenda-se a ter um valor de tolerância de arredondamento de 1 pixel e um máximo de valores individuais. 5

6 Fundo Todos os produtos devem ser apresentados num fundo neutro. Isto significa que o produto tem de ser isolado a partir do fundo podendo ser aplicado em qualquer fundo. Adereços, ferramentas, pessoas e itens adicionais também não podem aparecer na imagem do produto. Excepções são feitas para produtos nãoalimentares, no qual uma imagem apenas não é suficiente. Borda É recomendado que a imagem tenha uma borda em branco de 5 pixéis em cada lado. Formato para o utilizador final Devido às inúmeras combinações possíveis de formatos, tamanhos e resoluções, nem todas as combinações possíveis estão listadas. As recomendações desta especificação são destinadas à imagem do produto de alta qualidade e baseadas nas últimas opções técnicas. Acondicionamento (Packaging) Devido à grande variedade de produtos e diferentes requisitos não é possível ter uma especificação precisa. A decisão de se mostrar um produto com ou sem embalagem, é deixado ao critério do fabricante. Notas relativas à embalagem podem ser incluídas na meta informação. Resumo Formatos Válidos JPEG TIFF BMP GIF PNG Tamanho Máximo 40 Mb s 6

7 Requisitos para representações em marketing multicanal Para atender aos requisitos de representação de produtos nos mais modernos canais de marketing, recomendamos, dependendo dos objectivos para cada unidade de consumo, as seguintes soluções: Publicidade: Imagens de produtos, optimizadas para as unidades de consumo, incluindo o clipping path 360 de rotação da unidade de consumo Imagem do produto para aplicações web ou de e-commerce Para atender aos requisitos de marketing multicanal, recomenda-se que forneçam quatro imagens optimizadas de promoções de produtos. Se for necessário obter informações mais detalhadas ou uma melhor representação do produto é recomendado que seja fornecida uma representação 360º. O fabricante é responsável pela escolha final das imagens de produto. Imagens optimizadas de produtos para Publicidade Representação Idealmente, os produtos são representados por quatro imagens. Neste caso, recomenda-se uma perspectiva da direita, esquerda, frente e costas. Outra visão frontal adicional é, por exemplo, usada para planogramas. Não é recomendada a distinção das imagens em termos de qualidade ou tamanho. Imagem do produto optimizada para publicidade Formato de ficheiro Para ficheiros no formato JPG é recomendado um factor de compressão de 12 (qualidade máxima). Modo de cor Modo de cor ECI RGB V2 com 8 bits por canal 7

8 Tamanho da imagem (Preferencial) Como requisito mínimo, é recomendado que a imagem tenha 1500 pixéis no lado mais curto. A fim de garantir a capacidade de impressão de formatos A0, é recomendado um valor de 3000 pixéis no lado mais curto (25.5 cm). A decisão final sobre o tamanho da imagem, tendo em conta as questões técnicas, é do fabricante. Resolução (Preferencial) 300 ppi Imagens especiais de produtos para aplicações web e de e-commerce As ilustrações do produto contêm informações adicionais para o consumidor ou características relevantes que podem influenciar uma possível decisão de compra. A figura a seguir mostra um exemplo de uma imagem do produto deste tipo. Imagem do produto mostrando o conteúdo do pacote As ilustrações do produto em relação ao formato, tamanho da imagem, modo de cor e resolução correspondem aos valores especificados. 8

9 Imagens por Campo de Aplicação A imagem do produto pode ser feita a partir de vários pontos de vista diferentes, dependendo do tipo de embalagem e domínio de utilização. A seguir, são especificadas as recomendações e obrigações das imagens dos produtos enviados para a SYNC PT. Imagem do produto para canais de marketing e vendas Como a primeira opção é recomendada uma imagem de perspetiva. A imagem é feita a partir da frente ou obliquamente a partir de cima dependendo do tipo de embalagem. É obrigatória uma imagem da frente (a menos que a arrumação do produto seja diferente). A fotografia é tirada de frente. Imagem obrigatória de Planogramas Uma imagem da frente. A fotografia é tirada de frente. Imagens opcionais para Planogramas 9

10 Normas de garantia de qualidade para fotografias de produtos para canais de marketing e vendas Para a produção de imagens de produtos para marketing e vendas, sombras e reflexos devem ser reais e neutros. Fundo branco (RGB 255/255/255) é recomendado. Nome do Ficheiro As regras para o nome do ficheiro têm como objetivo identificar as imagens de produtos e fazer a distinção entre as várias vistas de cada imagem. O nome pré-definido do ficheiro para download Os 14 primeiros dígitos correspondem ao GTIN do artigo. Os restantes caracteres são destinados à identificação adicional, por exemplo, os diferentes pontos de vista. Para se fazer o download de imagens para fins de Marketing & Vendas o nome do ficheiro deve ser construído da seguinte forma: Posição no Conteúdo: Explicação: Significado: nome: 1-14 GTIN Código de artigo GS1 15 _ underscore 16 A Imagem fixa Tipo de Ficheiro D Modelagem 3D de um produto 3D/CGI 17 1 Frente Vista 2 Esquerda 3 Cima 7 Costas 8 Direita 9 Base 18 C Centro Ângulo L Esquerda R Direita 19 1 Com embalagem 0 Sem embalagem Exemplo de Nome do ficheiro: _A1L1 10

11 Requisitos Técnicos e Definições de Imagens As imagens devem atender aos seguintes requisitos técnicos e definições: Formato de ficheiro: TIFF LZW comprimido ou JPEG Resolução: 300 ppi Tamanho da imagem: um lado da imagem deve ter pelo menos 2480 pixéis Modo de cor RGB (por exemplo, Adobe RGB 1998) Tamanho do ficheiro: máximo 40 Mb Todas as imagens dos produtos devem conter um caminho de recorte (clipping path) activo e devidamente nomeado de "Path 1" Sem canais alfa e camadas Sem linhas (gridlines) Formato do ficheiro deve ser em RGB de 8 bits por canal de cor 11

12 Requisitos para a qualidade de imagem As imagens devem atender aos seguintes requisitos de qualidade: Não pode aparecer consumir antes de nem a data de validade Sem assinaturas, impressões digitais ou marcas d'água visíveis Sem artefactos de compressão. Sem interpolação "sizing-up" Sem imagens digitalizadas de páginas impressas A imagem deve estar em boas condições de fotografia, por exemplo, sem qualquer vestígio de poeira ou arranhões Padrões de moiré devem ser minimizados Cor e contraste devem ser realistas e equilibrados. Sem mudança de cor. Retoques devem ser suaves e não identificáveis até pelo menos 200% de ampliação A imagem deve ser cortada o mais próximo possível do artigo. * Máximo 5% de área a partir das bordas exteriores (páginas de imagem). A imagem deve ser profissional e firmemente fotografada. A imagem não pode ter demasiado contraste no processamento de imagem digital. O produto deve ser fotografado com uma iluminação suave (Profissional). 12

13 Por exemplo, a origem: a imagem da esquerda é cortada logo após bordas externas do produto, e a segunda imagem é cortada com 5% de espaço em branco das bordas externas. Por exemplo, a origem: a esquerda é cortada logo após o produto (incluindo espelhamento) e a imagem da direita é cortada com 5% de espaço em branco de bordas exteriores do produto (incluindo espelho). 13

14 Normas de garantia de qualidade para as fotografias dos produtos para Planogramas Imagens para Planogramas destinam-se principalmente a ser utilizadas como imagens de origem para prateleiras das lojas que são criadas em software para gestão de espaço. Nome do Ficheiro As regras para o nome do ficheiro têm como objectivo identificar as imagens de produtos e fazer a distinção entre as várias vistas de cada imagem. O nome pré-definido do ficheiro para download Os 14 primeiros dígitos é o GTIN do artigo. Os caracteres restantes são destinados à identificação adicional, por exemplo, os diferentes pontos de vista. Para imagens de Planogramas o nome de ficheiro é construído de acordo com: Posição no nome do ficheiro: Conteúdo: Explicação: 1-14 GTIN Código de artigo GS Frente 2 Esquerda 3 Cima 7 Costas 8 Direita 0,9 Base Exemplo de Nome do ficheiro: ,1 14

15 Requisitos Técnicos e Definições de Imagens As imagens devem atender aos seguintes requisitos técnicos e definições: Formatos de ficheiro: PNG Resolução: 300 ppi Tamanho da imagem: um lado da imagem deve ter pelo menos 300 pixéis. Sem nenhum lado a exceder 500 pixels Modo de cor RGB (por exemplo, Adobe RGB 1998) O tamanho do ficheiro: máximo 2 Mb Se a imagem contém um caminho de recorte (clipping path) activo, este deve ter o nome "Path 1" Sem canais alfa e camadas Requisitos para a qualidade de imagem As imagens devem atender aos seguintes requisitos de qualidade: A imagem deve ter um fundo transparente A imagem deve ser feita a partir da frente, a partir de cima ou a partir de qualquer dos lados do produto. (Sem ângulo / perspetiva) A imagem deve ser cortada exactamente nas bordas do produto. Imagem cortada exactamente nas bordas exteriores com fundo transparente 15

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal

Linhas de Orientação de Media. GS1 Portugal GS1 Portugal Índice Introdução... 3 Especificações Gerais de Imagens... 4 1. Propriedades da imagem... 4 2. Cor e Qualidade... 5 3. Clipping Paths... 5 4. Fundo... 5 5. Borda... 5 6. Formato para o utilizador

Leia mais

ferramentas da imagem digital

ferramentas da imagem digital ferramentas da imagem digital illustrator X photoshop aplicativo ilustração vetorial aplicativo imagem digital 02. 16 imagem vetorial X imagem de rastreio imagem vetorial traduz a imagem recorrendo a instrumentos

Leia mais

Tamanho e resolução da imagem

Tamanho e resolução da imagem Tamanho e resolução da imagem Para se produzir imagens de alta qualidade, é importante compreender como é que os dados dos pixels da imagem são medidos e mostrados. Dimensões dos pixels O número de pixels

Leia mais

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros Utilização do Sistema Multimédia 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens 2.1. Compressão Formatos com e sem compressão Técnicas de compressão (reduzem tamanho) de 2 tipos: Compressão

Leia mais

Imagem digital. Unidade 3

Imagem digital. Unidade 3 Imagem digital Unidade 3 Objectivos Reconhecer o potencial comunicativo/ expressivo das imagens; Reconhecer as potencialidades narrativas de uma imagem; A criação de sentido nas associações de imagens

Leia mais

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Sistemas e Conteúdos Multimédia 4.1. Imagem Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Cores O que é a cor? Distribuição espectral do sinal de excitação. Função da reflectância e da iluminação

Leia mais

Fotografia digital. Aspectos técnicos

Fotografia digital. Aspectos técnicos Fotografia digital Aspectos técnicos Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade

Leia mais

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress O pacote BrOffice é um pacote de escritório muito similar ao já conhecido Microsoft Office e ao longo do tempo vem evoluindo e cada vez mais ampliando as possibilidades

Leia mais

Prova Escrita de Aplicações Informáticas B

Prova Escrita de Aplicações Informáticas B EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Aplicações Informáticas B 12.º Ano de Escolaridade Prova 703/2.ª Fase 11 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais Curso Técnico em Multimídia ETI - Edição e tratamento de imagens digitais 2 Fundamentos "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus." 2 Timóteo 1:13

Leia mais

Mídia Impressa X Mídia Eletrônica

Mídia Impressa X Mídia Eletrônica Diferenças entre Mídia Impressa e Eletrônica Resolução Web >> 72dpi Impressão >> 300dpi Padrão de cores Web >> RGB Impressão >> CMYK Tipos de Arquivos Web >> GIF / JPEG Impressão >> TIF / EPS Tamanho dos

Leia mais

Manual de implantação

Manual de implantação Manual de implantação O BioPass ID é um serviço online baseado em nuvem que fornece uma poderosa tecnologia multibiométrica (reconhecimento de impressões digitais e face) para os desenvolvedores de qualquer

Leia mais

Apresentação do Projeto Gráfico

Apresentação do Projeto Gráfico Arte-final Arquivo feito no computador utilizando softwares específicos que permitem a produção de um fotolito para impressão gráfica. Programas Utilizados para a Produção de Arte-final. Dependendo das

Leia mais

DOCBASE. 1. Conceitos gerais. 2. Estrutura da pasta de associações. 3. A área de documentos reservados. 4. Associação de Imagens

DOCBASE. 1. Conceitos gerais. 2. Estrutura da pasta de associações. 3. A área de documentos reservados. 4. Associação de Imagens Documentação, Informática e Desenvolvimento 1 DOCBASE ASSOCIAÇÔES MULTIMÉDIA 1. Conceitos gerais 2. Estrutura da pasta de associações 3. A área de documentos reservados 4. Associação de Imagens 5. Procedimentos

Leia mais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais Esse artigo sobre Formatos de Arquivos Digitais é parte da Tese de Doutoramento do autor apresentada para a obtenção do titulo de Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Thales Trigo

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA RESOLUÇÃO Associada à quantidade e a qualidade de

Leia mais

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP?

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? 66.393 Visualizações Por Daniele Starck Disponível em: www.tecmundo.com.br/imagem/5866 quais as diferencas entre os formatos de

Leia mais

Fluxo de trabalho no Picasa

Fluxo de trabalho no Picasa Fluxo de trabalho no Picasa Neste bloco serão abordados: Download e Instalação Aquisição de imagens Tratamento básico de imagem digital fotográfica Opções de impressão Tratamento para envio para a web

Leia mais

Manual do ContentE CONTENTE. Editor de Conteúdos. Gilberto Pedrosa gfsp@ext.bn.pt Biblioteca Nacional Digital

Manual do ContentE CONTENTE. Editor de Conteúdos. Gilberto Pedrosa gfsp@ext.bn.pt Biblioteca Nacional Digital CONTENTE Editor de Conteúdos Gilberto Pedrosa gfsp@ext.bn.pt Biblioteca Nacional Digital 2 Índice 1. Pré-requisitos...4 2. Como criar uma nova obra?...5 3. Como associar um registo bibliográfico à obra?...7

Leia mais

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica Faturação Eletrónica DHL O que é a Faturação Eletrónica? O serviço de faturação eletrónica da DHL é um método alternativo ao correio e ao fax de receber as suas

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) 1 Classificação da imagem Em relação à sua origem pode-se classificar uma imagem,

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage FormatosdeImagens ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger FormatosdeImagens Índice 1 FORMATOS

Leia mais

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Conceitos do Photoshop Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Bitmap Image Conceito de pixel Imagem bitmap x imagem vetorial Pixel x bits Resolução de tela e imagem 72 pixel/inch 300

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta TRATAMENTO DE IMAGENS Elisa Maria Pivetta CATEGORIAS DE IMAGENS Distinguem-se geralmente duas grandes: Bitmap (ou raster) - trata-se de imagens "pixelizadas", ou seja, um conjunto de pontos (pixéis) contidos

Leia mais

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S -

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S - Produção Gráfica 2 FORMATOS DE ARQUIVOS A R Q U I V O S D I G I T A I S - FORMATOS DE ARQUIVOS PARA IMAGEM BITMAPEADAS Uma imagem bitmapeada, uma ilustração vetorial ou um texto são armazenados no computador

Leia mais

Especificações / SCANNER

Especificações / SCANNER Especificações / SCANNER S.O. Windows 7 (32 bits e 64 bits) Windows 8 (32 bits e 64 bits) Windows 8 (32 bits e 64 bits) Volume diário recomendado A partir de 12.000 páginas por dia (varia com volume de

Leia mais

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Professora Andréia Freitas 2012 7 semestre Aula 02 (1)AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica, Rio de Janeiro: Campus, 2005 (*0) (2) MENEZES, Marco Antonio

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA Editores vetoriais são frequentemente contrastadas com editores de bitmap, e as suas capacidades se complementam. Eles são melhores para leiaute

Leia mais

Técnicas de Cartografia Digital

Técnicas de Cartografia Digital Técnicas de Cartografia Digital Maria Cecília Bonato Brandalize 2011 Aula 8 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens Como são representados

Leia mais

Manual de utilizador

Manual de utilizador Manual de utilizador Índice Introdução... 1 NOTAS IMPORTANTES... 1 Declarações Legais... 3 Instalação e Configuração... 5 Requisitos do Sistema... 5 Instalação... 5 Activação... 7 Actualização Automática...

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon Tecnologias EOS 550D Sensor CMOS Canon Desenhada pela Canon para se conjugar com os processadores DIGIC, a tecnologia CMOS integra circuitos avançados de redução de ruído em cada pixel proporcionando imagens

Leia mais

Manual de utilizador

Manual de utilizador Manual de utilizador INTRODUÇÃO O IRISCompressor Pro é uma ferramenta de compressão útil que permite converter os seus ficheiros de imagem e PDF em ficheiros PDF comprimidos, com apenas alguns cliques

Leia mais

Como Começar? Criação Páginas. Etapas. Apresentação INTERNET

Como Começar? Criação Páginas. Etapas. Apresentação INTERNET Como Começar? Criação Páginas Apresentação Etapas Como começar Para que um site tenha sucesso é necessário um correcto planeamento do mesmo. Todos os aspectos de desenho de um site devem ser pensados de

Leia mais

De posse desses arquivos, podemos escolher o método que será utilizado para inserir a mensagem na imagem. Os métodos mais comuns incluem:

De posse desses arquivos, podemos escolher o método que será utilizado para inserir a mensagem na imagem. Os métodos mais comuns incluem: Postado Em 25/08/2015 [data do post] por Fábio dos Reis [autor do post] em Segurança [categoria do post] Esteganografia é a prática de esconder mensagens, arquivos ou imagens / vídeos dentro de outras

Leia mais

Escola Secundária da Trofa Aplicações Informáticas A 11º Ano Curso Tecnológico de Informática T E S T E T I P O

Escola Secundária da Trofa Aplicações Informáticas A 11º Ano Curso Tecnológico de Informática T E S T E T I P O Grupo I (Utilização de Sistemas Multimédia) 1. Indique os atributos elementares das imagens 2. Complete as seguintes afirmações de forma a torná-las verdadeiras: a. A resolução de uma imagem digital é

Leia mais

Curso de InDesign CS4

Curso de InDesign CS4 Curso de InDesign CS4 especialmente estruturado para utilizadores de QuarkXPress Apresentação do programa O Adobe InDesign é um programa de paginação relativamente recente, que tem vindo a ganhar progressiva

Leia mais

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

Manual do Intermediário: Módulo 3 Digitalização

Manual do Intermediário: Módulo 3 Digitalização Manual do Intermediário Módulo 3 Digitalização Leonel Morgado Jacinta Vilela Isabel Bastos Abril de 2002 1 Índice geral O que é a digitalização?... 3 Como funciona o scâner... 3 Como digitalizar uma imagem...

Leia mais

Capítulo 1: Introdução

Capítulo 1: Introdução Capítulo 1: Introdução 1.1 Conteúdo da embalagem Quando receber a sua TVGo A03, certifique-se que os seguintes itens se encontram na embalagem da Mini Super TV USB. TVGo A03 CD do controlador Controlo

Leia mais

Como enviar fotos de câmeras digitais

Como enviar fotos de câmeras digitais Como enviar fotos de câmeras digitais Se as fotos que você deseja enviar para o Geo-Obras foram capturadas com uma câmera digital, será necessário copiá-las para o computador. A maioria dos modelos utiliza

Leia mais

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF TUTORIAL DE DIGITALIZAÇÃO DIRIGIDO AO USO DO PROCESSO ELETRÔNICO Adaptado do tutorial elaborado pelo colega MAICON FALCÃO, operador de computador da subseção judiciária de Rio Grande. Introdução Este tutorial

Leia mais

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro.

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. Atenção a cor de fundo deve estar definida no antes de criar a nova imagem. Comprovação do trabalho

Leia mais

Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade

Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade Canon permanece na linha da frente com dois novos scanners de alta velocidade Lisboa, 20 de Agosto de 2007- A Canon anuncia o lançamento de dois novos modelos na gama CanoScan: o CanoScan 8800F e o CanoScan

Leia mais

DE JOIAS. Guia de Melhores Práticas FOTOGRAFIA. As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão Impressionar os Seus Clientes

DE JOIAS. Guia de Melhores Práticas FOTOGRAFIA. As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão Impressionar os Seus Clientes FOTOGRAFIA EDIÇÃO Nº 12 GRÁTIS DE JOIAS SOLUÇÕES PARA IMAGENS DE PRODUTO QUE CONQUISTARAM OS LÍDERES DO COMÉRCIO ELETRÔNICO Guia de Melhores Práticas As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS GED MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br

Leia mais

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K GCR Photoshop CS3 Cores Digitais Primeiramente, vamos entender como é possível substituir o CMY por preto apenas nas áreas cinzas e escuras sem influenciar nas outras cores da foto. Quando um scanner captura

Leia mais

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA POrtuguês Portuguese 404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA Suplemento do Manual do Utilizador do ARCHOS 404 Versão 1.1 Visite o site www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente

Leia mais

2. Detalhes do Griaule Forensic Fingerprint

2. Detalhes do Griaule Forensic Fingerprint Índice 1. Requisitos dos Sistema; a. Sistema Operacional; b. DotNET Framework; c. Processador; d. Memória RAM; 2. Detalhes do Griaule Forensic Fingerprint: a. Sobre; b. Funcionalidades; c. Detecção automática

Leia mais

Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento Superintendência de Modernização Institucional Gerência de Escritório de Processos

Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento Superintendência de Modernização Institucional Gerência de Escritório de Processos SUMÁRIO PADRONIZAÇÃO DO DESENHO DE PROCESSOS NO BIZAGI... 2 1. CONFIGURANDO A FERRAMENTA... 2 2. GLOSSÁRIO... 2 3. OBJETIVO... 3 4. NOTAÇÃO... 3 5. REGRAS DE DESENHO... 3 5.1. Macroprocesso... 3 5.2. Sub-processo......

Leia mais

Curso de Adobe Illustrator CS4

Curso de Adobe Illustrator CS4 Curso de Adobe Illustrator CS4 Apresentação do Programa O Adobe Illustrator CS4 é um programa de desenho e ilustração vectorial, que coloca à disposição dos profissionais poderosas ferramentas para a concepção

Leia mais

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 4 José Manuel Russo 2005 24 A Imagem Bitmap (Raster) As imagens digitais ou Bitmap (Raster image do inglês) são desenhadas por um conjunto de pontos quadrangulares Pixel alinhados

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 3) Introdução A possibilidade de utilizarmos imagens, gráficos, desenhos e textos artísticos

Leia mais

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros Recomendações que evitam os erros mais freqüentes Nunca utilize quadricromia para textos em preto, para evitar problemas de registro na impressão. Evite

Leia mais

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital

Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Aula 6 Fundamentos da fotografia digital Fundamentos da fotografia digital: Câmeras digitais CCD e CMOS Resolução Armazenamento Softwares para edição e manipulação de imagens digitais: Photoshop e Lightroom

Leia mais

Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint

Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint Aspectos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais Imagens computacionais e programas que

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB. Professora Andréia Freitas

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB. Professora Andréia Freitas TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB Professora Andréia Freitas 2012 3 semestre Aula 03 MEMORIA, F. Design para a Internet. 1ª Edição. Rio de Janeiro:

Leia mais

Orientações para Solicitantes de Certificados

Orientações para Solicitantes de Certificados Sistema de Gestão de Certificados Eletrônicos Orientações para Solicitantes de Certificados Organizadores de evento Introdução Este material foi elaborado no sentido de informar aos organizadores de eventos

Leia mais

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento 1 Antes de mais nada, é extremamente necessário lembrar que para tratar uma imagem é necessário que o monitor de seu computador esteja calibrado

Leia mais

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material MANUAL DE ENVIO DE MATERIAL 2013 Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material Resolução Formatos Conteúdo Prova de cor Layout Marcas de corte Cores Clique no número

Leia mais

Produção Gráfica. Fechamento de arquivos para impressão

Produção Gráfica. Fechamento de arquivos para impressão Arquivo aberto vs Arquivo fechado Arquivo aberto: Pacote de arquivos Na gráfica: Pacote de arquivos abertura do arquivo checagem de links conferência de imagens conferência de fontes edição de retoques

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

Controlando o trabalho impresso 1

Controlando o trabalho impresso 1 Controlando o trabalho impresso 1 O seu driver da impressora fornece a melhor qualidade de saída para vários tipos de necessidades de impressão. No entanto, você pode desejar ter mais controle sobre a

Leia mais

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador Visão Artificial Para a Indústria Manual do Utilizador Luis Fonseca Carvalho de Matos ( luis.matos@ua.pt ) Julho de 2007 Índice de conteúdos 1. Apresentação......1 1.Conceito de Funcionamento......1 2.

Leia mais

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010 Oficina de Multimédia B ESEQ 12º i 2009/2010 Conceitos gerais Multimédia Hipertexto Hipermédia Texto Tipografia Vídeo Áudio Animação Interface Interacção Multimédia: É uma tecnologia digital de comunicação,

Leia mais

Prof. Daniel J. Melo Brasil

Prof. Daniel J. Melo Brasil CÓDIGO DE BARRAS Objetivos Entender os passos necessários para adoção da tecnologia de código de barras nos itens comerciais, na identificação de pallets, na identificação de endereços, etc. Adoção do

Leia mais

Sumário. 1 - Pacote de instalação... 2. 2 - Conceitos básicos... 2. 3 - Chave de Proteção... 4. 4 - Instalando o Software Compacto...

Sumário. 1 - Pacote de instalação... 2. 2 - Conceitos básicos... 2. 3 - Chave de Proteção... 4. 4 - Instalando o Software Compacto... Sumário 1 - Pacote de instalação... 2 2 - Conceitos básicos... 2 3 - Chave de Proteção... 4 4 - Instalando o Software Compacto... 4 5 - Registrando o Software Compacto... 9 6 - Usando o software Compacto...

Leia mais

GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM

GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Padrões de Proporção... 3 3. Qualidade das Imagens... 6 4. Fotos Panorâmicas... 7 5. Youtube... 8 Página 2 de 9 1. Objetivo

Leia mais

Referência de cores Fiery

Referência de cores Fiery 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 11 de junho de 2014 Conteúdo 3 Conteúdo Introdução à referência de cores

Leia mais

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Exemplos de fluxo de trabalho

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Exemplos de fluxo de trabalho Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Exemplos de fluxo de trabalho 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos

Leia mais

Planificação Anual 2015/2016

Planificação Anual 2015/2016 Planificação Anual 015/01 CURSO: PROFISSIONAL TÉCNICO DE MULTIMÉDIA DISCIPLINA: TÉCNICAS DE MULTIMÉDIA (TM) ANO: 10.º TURMA: I 1º Período º Período 3º Período Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun 3ª

Leia mais

5 passos para. implementação. do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE

5 passos para. implementação. do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE 5 passos para implementação do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE O que é o código de Barras? Os números de identificação de um produto podem ser representados por meio de um código, possibilitando

Leia mais

CALIBRAÇÃO DO SISTEMA - SCANNER MONITOR 2 CLÁUDIO MELO

CALIBRAÇÃO DO SISTEMA - SCANNER MONITOR 2 CLÁUDIO MELO GESTÃO DE CORES - OBJECTIVOS DA GESTÃO DE COR A NECESSIDADE DE UM SISTEMA DE GESTÃO DE COR (CMS) OS PERFIS DE COR A CRIAÇÃO DE PERFIS OS MODELOS DE COR 1 GESTÃO DE CORES - OBJECTIVOS DA GESTÃO DE COR A

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices 2 Índice Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica Art Of Illusion Manual e Guia de exploração do Art Of Illusion para utilização em contexto

Leia mais

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica A natureza da imagem fotográfica PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital - 1 Antes do desenvolvimento das câmeras digitais, tínhamos a fotografia convencional, registrada em papel ou filme, através de um processo

Leia mais

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Métodos de digitalização: São disponibilizadas duas ferramentas de software para digitalização. O Painel do BearPaw é ideal

Leia mais

ESTOQUE E PRODUTO Manual BÁSICO

ESTOQUE E PRODUTO Manual BÁSICO SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br ESTOQUE E PRODUTO Manual BÁSICO Pagina 2 de 13 ÍNDICE Local... 3... 3... 3 Unidade... 4... 4... 4

Leia mais

Kingston Technology Programa de Customização DataTraveler

Kingston Technology Programa de Customização DataTraveler legacy.kingston.com/brasil/flash/cologo Kingston Technology Programa de Customização DataTraveler Envie um fax ou e-mail com o formulário preenchido para o seu Representante de Vendas. Lado A: Logotipo

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Este tutorial tem por finalidade esclarecer algumas dúvidas sobre arquivos abertos e arquivos fechados. Leia e entenda um pouco mais sobre PDF, diferenças

Leia mais

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Conteúdo s: Aspetos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais. Imagens computacionais e programas que criam ou manipulam esse tipo de imagens.

Leia mais

Registro Digital. E Padrões de Digitalização

Registro Digital. E Padrões de Digitalização Registro Digital E Padrões de Digitalização INTRODUÇÃO... 1 SELECIONAR UM SCANNER... 2 PADRÕES DE FORMATOS DE ARQUIVOS... 4 DIRETRIZES PARA DIGITALIZAÇÃO... 5 NOMEAR E ORGANIZAR ARQUIVOS DIGITAIS...11

Leia mais

Guia de fornecedores e negócios M I D I A K I T. Introdução. Como funciona? Custos anuais. Oportunidades adicionais. Orientações ao usuário

Guia de fornecedores e negócios M I D I A K I T. Introdução. Como funciona? Custos anuais. Oportunidades adicionais. Orientações ao usuário Guia de fornecedores e negócios M I D I A K I T Introdução Como funciona? Custos anuais Oportunidades adicionais Orientações ao usuário Introdução Bem vindo ao Mercado Geofísica Brasil Você localizou a

Leia mais

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sistemas Multimédia Ano lectivo 2006-2007 Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sumário Gráficos e imagens bitmap Tipos de dados para gráficos e imagens Imagens de 1-bit Imagens de gray-level

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

Tutorial para utilização de imagens. Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC. Universidade Federal de Santa Catarina

Tutorial para utilização de imagens. Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC. Universidade Federal de Santa Catarina Tutorial para utilização de imagens Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC Universidade Federal de Santa Catarina Florianópolis - SC Outubro/2011 Caro Professor-autor!

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO JANEIRO/2012 Introdução Este guia descreve os padrões, formatos e procedimentos a serem adotados na preparação e fechamento de

Leia mais

Nestes termos e de acordo com o artigo 67.º do Decreto-Lei n.º 72/91, de 8 de Fevereiro, determina-se o seguinte:

Nestes termos e de acordo com o artigo 67.º do Decreto-Lei n.º 72/91, de 8 de Fevereiro, determina-se o seguinte: Define uma nova estrutura de codificação de todos os medicamentos. Revoga os Despachos Normativos n. os 233/82, de 28 de Outubro, e 26/84, de 30 de Janeiro (Revogado pelo Despacho Normativo n.º 1/2003,

Leia mais

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB Bons web sites necessitam de uma correta integração entre textos e imagens. Este artigo contém o mínimo que você precisa saber sobre imagens para a web. Introdução

Leia mais

Orientações para manutenção de Parceiros de Materiais

Orientações para manutenção de Parceiros de Materiais Orientações para manutenção de Parceiros de Materiais Para iniciar o processo de desenvolvimento utilize o sistema criado para este Parceiro. 1. IMPORTANTE: se o sistema não existir, atualizar o Promob

Leia mais

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Cópia Este capítulo inclui: Cópia básica na página 3-2 Ajustando as opções de cópia na página 3-4 Configuração básica na página 3-5 Ajustes de imagem na página 3-9 Ajustes de posicionamento de imagem na

Leia mais

20 Manual Manual do Utilizador Android

20 Manual Manual do Utilizador Android 20 Manual Manual do Utilizador Android Versão 1.1 Conteúdos do Manual do Utilizador A aplicação 20 Manual... 3 I... 3 1. Especificações técnicas... 3 1.1 Especificações mínimas do tablet... 3 1.2 Software

Leia mais

Design para internet. Resolução. - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim.

Design para internet. Resolução. - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim. Resolução - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim. Resolução Exemplo de imagem com diferentes resoluções de Pontos/Pixels por polegada". Em uma imagem digital quanto mais

Leia mais

Formatos Imagem. Apontamentos CG + Edward Angel, Sec. 8.2. Instituto Superior Técnico Computação Gráfica 2009/2010

Formatos Imagem. Apontamentos CG + Edward Angel, Sec. 8.2. Instituto Superior Técnico Computação Gráfica 2009/2010 Formatos Imagem Apontamentos CG + Edward Angel, Sec. 8.2 Instituto Superior Técnico Computação Gráfica 2009/2010 1 Na última aula Ray-Tracing Ferramentas Utilizadas: POV-Ray 3.6 (modelling, texturing,

Leia mais