HISTÓRICO DE REVISÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HISTÓRICO DE REVISÕES"

Transcrição

1 PÁGINA: 1/11 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE COMPRAS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: CADASTRAR/ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONG S) SICAF/SICONV ELABORADO EM: 08/06/2016 REVISADO EM: 09/08/2016 APROVADO EM: 09/08/2016 Responsável: PRISCILA DO VALE DA SILVA Responsável: JOSÉ CARLOS FERREIRA PINTO Responsável: PAULO ROBERTO BARCELOS SILVA ASSINATURA: DOCUMENTO ORIGINAL ASSINADO ASSINATURA: DOCUMENTO ORIGINAL ASSINADO ASSINATURA: DOCUMENTO ORIGINAL ASSINADO VIGÊNCIA: JUNHO/ JUNHO/2021 N da Revisão Item alterado HISTÓRICO DE REVISÕES Descritivo da Alteração 00 Todos Criação do processo. REVISÃO: 02/2016 Rubrica 01 Todos Processo passou do QPR para o Bizagi. 02 Todos Revisão do Processo (metodologia e atividades). 1

2 Índice HISTÓRICO DE REVISÕES CADASTRAR/ ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONGS) - SICAF/ SICONV CADASTRAR/ ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONGS) - SICAF/ SICONV ELEMENTOS DO PROCESSO Solicitação Analisar solicitação de cadastro ou atualização do fornecedor/ entidade Desvio exclusivo Conferir informações lançadas e documentação do fornecedor/entidade Desvio exclusivo Validar cadastro Abrir dossiê da empresa/ entidade Desvio exclusivo Manter dossiê no arquivo corrente durante 1 ano Dossiê encaminhado para SAM/Dirad Arquivar no arquivo corrente/ Seção de Cadastro de Fornecedores Dossiê aquivado na SCAF Devolver documentação para correção Documentação devolvida para correção e nova solicitação Verificar documentação para atualização Desvio exclusivo Devolver documentos para correção Documentação devolvida para correção e nova solicitação Atualizar cadastro

3 Incluir no dossiê do fornecedor/ entidade Atores Áreas de interação FORNECEDOR

4 1 C A D A S T R A R / AT U A L I Z A R F O R N E C E D O R ( P E S S O A F Í S I C A, J U R Í D I C A E O N G S ) - S I C A F / S I C O N V 4

5 Processo: Gestão de Compras. Sub-Processo: Cadastrar/ Atualizar Fornecedor (Pessoa Física, Jurídica e ONGS) - SICAF/ SICONV Fornecedores: Seção de Cadastro de fornecedores. Responsáveis: Fornecedor (Pessoa Física, Jurídica e ONGS) e Seção de Cadastro de Fornecedores. Clientes: Fornecedor (Pessoa Física, Jurídica e ONGS). REGRAS DO NEGÓCIO: Manual do SICAF. 5

6 1. 1 C A D A S T R A R / A T U A L I Z A R F O R N E C E D O R ( P E S S O A F Í S I C A, J U R Í D I C A E O N G S ) - S I C A F / S I C O N V ELEMENTOS DO PROCESSO Solicitação Para o recebimento da solicitação SICAF/SICONV, o fornecedor ou entidade já deverá ter cadastrado as informações no SICAF/SICONV Analisar solicitação de cadastro ou atualização do fornecedor/ entidade Para realização do cadastro, os fornecedores, os órgãos ou entidades públicas ou sem fins lucrativos deverão entrar no Portal Compras do Governo Federal (ComprasNet) ou no Portal de Convênios ( ) e fazer o credenciamento e o cadastramento. Obs: o credenciamento gerará uma senha para o interessado. Após o credenciamento e cadastramento o interessado fará contato com a Seção de Cadastro de Fornecedores para confirmação dos dados lançados no sistema. Em seguida deverá juntar a documentação e procurar a Seção de Cadastro de Fornecedores para aprovar o registro no SICAF ou no SICONV. Entrada: Solicitação com documentação Desvio exclusivo Item que indica mais de um caminho a seguir no processo ou decisão: atualização ou cadastro. 6

7 Conferir informações lançadas e documentação do fornecedor/entidade. A Seção de Cadastro irá verificar se fornecedor/entidade realizou o registro no SICAF/SICONV. Serão conferidas as informações lançadas e a documentação do fornecedor/entidade. No caso do SICAF, a documentação será de acordo com a natureza jurídica. As principais são: Pessoa física, empresário individual, Sociedade Limitada, Microempresa, microempreendedor individual, conforme Manual do SICAF. No caso do SICONV, a documentação necessária para cadastro dos Órgãos ou Entidades Públicas será: Carta solicitando o cadastro no SICONV; Procuração, com firma reconhecida, assinada pelo dirigente máximo, quando for o caso; Cópias autenticadas dos documentos pessoais do responsável/representante, em especial, carteira de identidade e CPF; Cópia autenticada do diploma eleitoral, acompanhada da publicação da portaria de nomeação ou outro instrumento equivalente, que delegue competência para representar o ente, órgão ou entidade pública, quando for o caso;e Cópia autenticada da ata da assembléia que elegeu o corpo dirigente da entidade, devidamente registrada no cartório competente. A documentação para cadastro de entidades privadas sem fins lucrativos será: Carta solicitando o cadastro no SICONV; Procuração, com firma reconhecida, assinada pelo dirigente máximo, quando for o caso; Cópia autenticada do estatuto ou contrato social registrado no cartório competente e suas alterações; Cópia autenticada da Ata de Eleição, Nomeação e ou Termo de Posse que comprove o Mandato da Atual Diretoria. Relação nominal atualizada dos dirigentes da entidade, com CPF; 7

8 Declaração do dirigente máximo da entidade acerca da inexistência de dívida com o Poder Público e de inscrição nos bancos de dados públicos ou privados de proteção ao crédito, com firma reconhecida em cartório; Declaração da autoridade máxima da entidade informando que nenhum dos dirigentes é agente político de Poder ou do Ministério Público, tanto quanto dirigente de órgão ou entidade da administração pública, de qualquer esfera governamental, ou respectivo cônjuge ou companheiro, bem como parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o segundo grau, com firma reconhecida em cartório; Prova de inscrição da entidade no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas - CNPJ pelo prazo mínimo de três anos; Prova de regularidade com as Fazendas Federal (originais da Internet ), Estadual e Municipal ( cópias autenticadas ) e com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS ( original da Internet ), na forma da Lei; e Comprovação da qualificação técnica e da capacidade operacional, mediante declaração de funcionamento regular nos 3 (três) anos anteriores ao credenciamento, emitida por 3 (três) autoridades públicas do local de sua sede. Obs: nas ações voltadas à educação, à assistência social e à saúde, as exigências previstas quanto ao CNPJ e às declarações de funcionamento regular poderão ser atendidas somente em relação ao exercício anterior. Obs: no ato do cadastramento o cadastrador alterará os perfis do responsável/ representante, incluindo Cadastrador de Usuários do Ente /Entidade Desvio exclusivo Item que indica mais de um caminho a seguir no processo ou decisão: Caso seja Documentação irregular ou informações não cadastradas ou fornecedor registrado e documentação correta. 8

9 Validar cadastro Caso o fornecedor tenha registrado as informações e a documentação esteja correta, o cadastro será validado no SICAF/SICONV Abrir dossiê da empresa/ entidade Abrir dossiê da empresa/ entidade para a guarda da documentação Desvio exclusivo Item que indica mais de um caminho a seguir no processo ou decisão: SICAF ou SICONV. Após todo o procedimento de cadastro ou atualização, para documentação do SICAF o dossiê será mantido no arquivo corrente por 1 (um) ano e logo após enviado para o SAM. Para cadastro no SICONV, a documentação será arquivada no arquivo corrente, na Seção de cadastro de Fornecedores Manter dossiê no arquivo corrente durante 1 ano Dossiê encaminhado para SAM/Dirad Dossiê encaminhado para arquivo no SAM. Saída: dossiê Arquivar no arquivo corrente/ Seção de Cadastro de Fornecedores Dossiê arquivado na SCAF 9

10 Devolver documentação para correção No momento da entrega, havendo documentação incorreta a mesma é devolvida para correção do fornecedor. Saída: documentação Documentação devolvida para correção e nova solicitação Saída: documentação devolvida Verificar documentação para atualização Verificar documentação para atualização do fornecedor/ entidade. Fornecedor/entidade deverá manter seu cadastro sempre atualizado Desvio exclusivo Item que indica mais de um caminho a seguir no processo ou decisão: Documentação incorreta ou Documentação correta Atualizar cadastro Atualizar cadastro da empresa/entidade com as informações apresentadas na documentação Incluir no dossiê do fornecedor/ entidade Incluir documentação de atualização no dossiê do fornecedor/entidade. 10

11 Devolver documentos para correção Nos casos de documentação incorreta, os documentos serão devolvidos para correção do fornecedor/ entidade. Saída: documentação Documentação devolvida para correção e nova solicitação Saída: documentação Atores Analista de Gestão e Saúde Cadastrador Áreas de interação Fornecedor (Pessoa Física, Jurídica, ONGS e Prefeitura) Seção de Cadastro de Fornecedores - SCAF 1. 2 F O R N E C E D O R Para validação do cadastro/atualização no SICAF/SICONV, o fornecedor/entidade deverá comparecer a Seção de Cadastro de fornecedor com a documentação necessária. 11

Aprovação de Cadastro de Proponente Unidade Cadastradora

Aprovação de Cadastro de Proponente Unidade Cadastradora MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Aprovação de Cadastro de Proponente

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/10 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SUPRIMENTOS FPB/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ANALISAR PROCESSO PARA PAGAMENTO FPB (Medicamentos, Materiais e Permanentes).

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/8 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: PAGAR FOLHA DE PESSOAL ELABORADO EM:29/05/2014 REVISADO EM:

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Cadastramento de Proponente, Consórcio

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/7 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SECON/SAREC QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO:CADASTRAR E ATUALIZAR INSCRIÇÃO ESTADUAL ELABORADO EM:14/10/2015 REVISADO EM:30/11/2015

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/8 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: OPERACIONALIZAR CONTA VINCULADA ELABORADO EM:29/07/2014 REVISADO

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/15 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE CONTRATOS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: APLICAR PENALIDADE ELABORADO EM:15/08/2014 REVISADO EM: 10/12/2014 APROVADO

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/10 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SIEX/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ANALISAR PROCESSO PARA CONTRATAÇÃO CAMBIAL ELABORADO EM: 12/02/2014 REVISADO EM: 12/03/2014

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/7 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS GESTÃO PATRIMONIAL/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: REGULARIZAR BENS IMÓVEIS ELABORADO EM:28/08/2014 REVISADO EM:29/09/2014

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/12 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SIEX/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ANALISAR PROCESSO PARA PAGAMENTO DE SERVIÇOS COM OU SEM RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Credenciamento do Proponente Manual

Leia mais

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento 1 Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento Instituto Federal Catarinense Novembro de 2014 2 Sumário 1- Pessoa Física...3 2- Pessoa Jurídica...4 2.1- Órgão Público...4 2.2- Autarquias e Fundações

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/7 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SECON/SAREC QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: REALIZAR CONCILIAÇÃO DOS RECOLHIMENTOS DO INSS ELABORADO EM:20/10/2015 REVISADO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS. Cadastramento de Entidades e Inscrição de Candidatos

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS. Cadastramento de Entidades e Inscrição de Candidatos SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA SEEC Eleição dos representantes da sociedade civil no Conselho Estadual de Cultura CONSEC MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

Documentação necessária para alteração cadastral

Documentação necessária para alteração cadastral Documentação necessária para alteração cadastral Segunda via de cadastro Preencher requerimento de 2ª via de cadastro Cópia da taxa paga de 2ª via (requerer nas unidades dos rápidos) Alteração de sócio:

Leia mais

6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA

6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA 6. PROCESSO PARA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA Após finalizado o curso, o aluno deve solicitar seu diploma à secretaria do Programa, que providenciará a abertura de um processo de solicitação de expedição de diploma,

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/11 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE CONTRATOS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ANALISAR PROCESSO PARA PAGAMENTO DE CONTRATOS - COPIADORAS ELABORADO EM:10/07/2014

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/2014 - DS/CMDCA Dispõe sobre a seleção do Projeto EDUCAGENTE Núcleo Comunitário da São Martinho, apresentado pela Entidade

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA DE CALOUROS 2017/1

EDITAL DE MATRÍCULA DE CALOUROS 2017/1 Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone: 63'

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

PORTARIA Nº. 20, DE 15 DE ABRIL DE 2016 (DOU DE )

PORTARIA Nº. 20, DE 15 DE ABRIL DE 2016 (DOU DE ) PORTARIA Nº. 20, DE 15 DE ABRIL DE 2016 (DOU DE 18.04.2016) Altera a Portaria nº 02, de 22 de fevereiro de 2013 e dá outras providências. O SECRETÁRIO DE RELAÇÕES DO TRABALHO, no uso das atribuições que

Leia mais

Documentos do vendedor Pessoa Jurídica. Certidão Simplificada do Registro da Empresa na Junta Comercial.

Documentos do vendedor Pessoa Jurídica. Certidão Simplificada do Registro da Empresa na Junta Comercial. Documentos do vendedor Pessoa Jurídica Certidão Simplificada do Registro da Empresa na Junta Comercial. Cópia do Contrato Social ou Estatuto Social, registrado na Junta Comercial e respectivas alterações

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento SEAB Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável DEAGRO MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA INFORMATIZADO DA SEAB/PR PARA GERENCIAMENTO DE CADASTRO DE

Leia mais

Considerando: Resolve:

Considerando: Resolve: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA COLEGIADO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CEPE/IFSC

Leia mais

PORTAL DE CONVÊNIOS Acesse www.convenios.gov.br. LEGISLAÇÃO SOBRE CONVÊNIOS Acesse http://www.convênios.gov.br/portal/legislacao.

PORTAL DE CONVÊNIOS Acesse www.convenios.gov.br. LEGISLAÇÃO SOBRE CONVÊNIOS Acesse http://www.convênios.gov.br/portal/legislacao. PORTAL DE CONVÊNIOS www.convenios.gov.br LEGISLAÇÃO SOBRE CONVÊNIOS http://www.convênios.gov.br/portal/legislacao.html ORIENTAÇÕES AOS PROPONENTES www.convênios.gov.br/portal/avisos/orientacoes_utilizacao_portal_convenios

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES, MATERIAIS E SERVIÇOS ORIENTAÇÕES INICIAIS Como se tornar um

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/13 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS GESTÃO DE SUPRIMENTOS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: DISTRIBUIR MATERIAIS ELABORADO EM:03/06/2014 REVISADO EM:11/06/2014

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 009/2011 Secretaria Municipal de Administração Processos: 100094/2011 ROMILDO BOLZAN

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 02/2016. CADASTRAR EXPOSITORES PARA

Leia mais

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO PARA IMPRESSÃO DE DOCUMENTO FISCAL ELETRÔNICO AIDF-e

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO PARA IMPRESSÃO DE DOCUMENTO FISCAL ELETRÔNICO AIDF-e MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO PARA IMPRESSÃO DE DOCUMENTO FISCAL ELETRÔNICO AIDF-e Sumário 1. Introdução... 3 2. Solicitação da AIDF-e... 3 3. Formulário Solicitação de AIDF-e e Assinatura Eletrônica...

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/13 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SIEX/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: IMPORTAR COM COBERTURA CAMBIAL ELABORADO EM: 11/02/2014 REVISADO EM: 12/02/2014 APROVADO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 Regulamenta a Transferência Interna, externa e Ingresso de Portador de Diploma nos cursos de graduação da Faculdade Guanambi. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS PROPONENTE

MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS PROPONENTE GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA Secretaria de Estado da Fazenda Diretoria de Auditoria Geral MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS PROPONENTE Cadastro Proponente janeiro/2013 DIRETORIA DE AUDITORIA GERAL

Leia mais

MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS CONCEDENTE

MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS CONCEDENTE GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA Secretaria de Estado da Fazenda Diretoria de Auditoria Geral MANUAL MÓDULO DE TRANSFERÊNCIAS CONCEDENTE Validação Cadastros de Proponentes e Relacionar Documentos de

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

REGISTRO DE OPERADORA DE PLANO DE SAÚDE - FILANTRÓPICA. Pedro Pereira Atuário MIBA nº. 850

REGISTRO DE OPERADORA DE PLANO DE SAÚDE - FILANTRÓPICA. Pedro Pereira Atuário MIBA nº. 850 REGISTRO DE OPERADORA DE PLANO DE SAÚDE - FILANTRÓPICA Pedro Pereira Atuário MIBA nº. 850 Base legal: RN n.º 85, de 2004 e posteriores alterações, dispõe sobre os procedimentos para solicitação de autorização

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL ª EDIÇÃO

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL ª EDIÇÃO ANEXO VI: FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL 2014 7ª EDIÇÃO REGULAMENTO - DESENVOLVIMENTO DE ROTEIROS 1. DO OBJETO DA PREMIAÇÃO 1.1 Serão analisadas propostas de desenvolvimento de roteiros

Leia mais

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE PROCEDIMENTOS PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO/TESE E DIPLOMAÇÃO STRICTO SENSU 1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE Aluno: Após integralizar os requisitos necessários para obtenção do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 30 DE ABRIL DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 30 DE ABRIL DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 30 DE ABRIL DE 2007 O PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 26 inciso

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS LOCAÇÃO: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA LOCAÇÃO DE UM IMÓVEL - PESSOA FÍSICA INQUILINO. Cópia dos documentos de Identidade e CPF (Se casado, do marido e esposa). Cópia da Certidão

Leia mais

I- Contrato de Concessão, à partir da 7ª Rodada de Licitações

I- Contrato de Concessão, à partir da 7ª Rodada de Licitações CREDENCIAMENTO COMO SE TORNAR UMA CERTIFICADORA DE CONTEÚDO LOCAL Coordenadoria de Conteúdo Local ANP Credenciamento de Empresas para Certificação de Conteúdo Local Base Legal: I- Contrato de Concessão,

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

Anexo I, da Portaria nº 142/2014

Anexo I, da Portaria nº 142/2014 Anexo I, da Portaria nº 142/2014 MANUAL DE USO DO CADASTRO DE VEÍCULOS DE DIVULGAÇÃO DA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (Midiacad) Conteúdo OBJETIVO:... 2 USUÁRIOS DO MIDIACAD:...

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO

PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO PROCEDIMENTO PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO 1. Abertura de processo pelo COORDENADOR DO PROJETO, sendo juntados os seguintes documentos: 1.1. Ofício de encaminhamento do projeto, assinado por seu COORDENADOR,

Leia mais

FATEC-CARAPICUÍBA. Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

FATEC-CARAPICUÍBA. Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO FATEC-CARAPICUÍBA Doc. 1 REGIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO ASTI (Jogos, Segurança, Bacharel, SI) CURSO ADS (Análise e Desenvolvimento de Sistemas) 2 1. DA NATUREZA DO ESTÁGIO 1.1 O estágio curricular

Leia mais

Inscrição. COMO REQUERER: Protocolar obrigatoriamente na sede ou seccionais, o que segue.

Inscrição. COMO REQUERER: Protocolar obrigatoriamente na sede ou seccionais, o que segue. Inscrição Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após a realização da etapa anterior (1ª) e registros em Cartório/Junta Comercial deverão

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR RESOLUÇÃO ANP Nº41, DE 06/11/2013 Exclusiva para pedido de autorização 1/2 01 TIPO DE VAREJISTA 02 INSCRIÇÃO CNPJ COMBUSTÍVEL LÍQUIDO GNV AMBOS / - 04 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA NOME ( firma, razão social

Leia mais

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X CESSÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES PESSOA FÍSICA E JURÍDICA NOME: CONTRATO: DN: ORIENTAÇÕES IMPORTANTES: Informamos que para ceder e transferir a terceiros os direitos e as obrigações do contrato será necessária

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1-Nº 116, segunda-feira, 18 de junho de 2012

Diário Oficial da União Seção 1-Nº 116, segunda-feira, 18 de junho de 2012 Secretaria da Receita Federal do Brasil revoga instrução normativa que tratava a respeito dos procedimentos para ratificação de erros no preenchimento de Guia da Previdência Social (GPS) Para conhecimento,

Leia mais

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES:

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES: Cotação Prévia de Preço n 28/2016 Convênio nº 792864/2012 MTE/CAMP. Projeto: Fortalecimento e Expansão das Iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul Critério: Menor Preço e Melhor Técnica. Cotação

Leia mais

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo)

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) Nº DO PROCESSO: DATA: ALUNO: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: QUANTIDADE DE MEM- BROS: DOCUMENTOS

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB Rua Francílio Dourado, 11 - Sala 10 Água Fria - Fortaleza, Ceará, Brasil CEP: 60813-660 Telefone: +55 (85) 3114.9658 http://abraca.autismobrasil.org/ COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO Aos discentes que concluíram com êxito um dos cursos de pós-graduação em nível de Mestrado na UNILAB, informamos que já é possível solicitar seu diploma

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO. Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO. Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO Art. 1º - O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento, em parceria

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA R.G. e CPF do consorciado e cônjuge Certidão de estado civil Comprovante de residência atualizado Comprovante de renda Ficha Cadastral Declaração

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/8 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SGT/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: Capacitar Servidores Planejamento Anual ELABORADO EM:22/06/2016 REVISADO EM:15/07/2016

Leia mais

ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94

ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94 ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94 1. Sociedades Seguradoras Nacionais, Sociedades de Capitalização e Sociedades de Previdência Privada Aberta com fins lucrativos. 1.1- ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA - AGE

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Declaração Declaramos para os fins previstos na Lei nº 8.666, de 1993, conforme documentação apresentada para registro no SICAF e arquivada na UASG Cadastradora, que a situação do fornecedor no momento

Leia mais

MANUAL PESSAUDE ASSISTÊNCIA Instruções para Seção de Pessoal

MANUAL PESSAUDE ASSISTÊNCIA Instruções para Seção de Pessoal Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal Assessoria Técnica MANUAL PESSAUDE ASSISTÊNCIA Instruções para Seção de Pessoal Belo Horizonte

Leia mais

ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor

ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor Comissão de Direito do Terceiro Setor Danilo Brandani Tiisel Imposto sobre Transmissão "Causa Mortis" e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos ITCMD Conceito

Leia mais

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 Aprova o Regulamento das Câmaras Técnicas do CRF-RJ e dá outras providências. O ESTADO DO RIO DE JANEIRO / CRF-RJ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com

Leia mais

ANO º SEMESTRE

ANO º SEMESTRE EDITAL Nº: 157/2016, de 20/12/2016 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS ESTUDANTES APROVADOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SiSU ANO 2017 1º SEMESTRE ANEXO II DOCUMENTOS EXIGIDOS

Leia mais

PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE QUALIDADE SETOR ADMINISTRATIVO

PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE QUALIDADE SETOR ADMINISTRATIVO SETOR ADMINISTRATIVO PSQ 004-74-05 REVISÃO 00 DATA 01/08/13 REVISADO POR ELABORADO POR APROVADO POR PAG 2 de 6 1.0 - OBJETIVO Este manual tem como objetivo dar ciência sobre os processos, áreas responsáveis

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2012/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2012/2 FAHESA- Faculdade de Ciências Humanas Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC- Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2012/2

Leia mais

CORPORATIVO. Manual do Usuário. Sistema Wiss. Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0

CORPORATIVO. Manual do Usuário. Sistema Wiss. Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0 Manual do Usuário Sistema Wiss Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0 Sumário 1. Introdução 3 2. Login 3 3. Solicitar acesso externo ao Sistema 3 4. Emitir Recibo da Retenção de ISS 4 5. Trocar senha 7

Leia mais

PERGUNTA 1: O Edital do Pregão Eletrônico prevê, em seu item 4.1.1:

PERGUNTA 1: O Edital do Pregão Eletrônico prevê, em seu item 4.1.1: Esclarecimentos I PERGUNTA 1: O Edital do Pregão Eletrônico prevê, em seu item 4.1.1: 4.1.1 Deverão ser protocolados na ANP, Avenida Rio Branco nº 65, 16º andar, Superintendência de Abastecimento, Centro,

Leia mais

Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP

Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP De acordo com a portaria 2.762 de 28 de dezembro de 2008, o DETRAN passou a efetuar o bloqueio de cancelamento

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA R.G. e CPF do consorciado e cônjuge Certidão de estado civil Comprovante de residência atualizado Comprovante de renda Ficha Cadastral Declaração Crédito FGTS, preenchida, assinada e reconhecido firma

Leia mais

- - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA.

- - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

Sub-rogação de Proponente

Sub-rogação de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Sub-rogação de Proponente Perfil

Leia mais

Orientação de cadastro cadsei (cadastro no sei)

Orientação de cadastro cadsei (cadastro no sei) Orientação de cadastro cadsei (cadastro no sei) CADSEI Usuário externo/cadastrado: qualquer pessoa poderá consultar o CADSEI. Após a aprovação do cadastro receberá login e senha para acesso (art.3º, letra

Leia mais

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 DOU de 20.3.2006 Aprova o Programa Gerador de Documentos do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica -

Leia mais

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA Dispõe sobre a Transferência Externa para cursos de graduação da Faculdade Guanambi. A Direção Acadêmica e Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições

Leia mais

Informativo do Comunicado 079/2014 SEBRAE-SP

Informativo do Comunicado 079/2014 SEBRAE-SP São Paulo, 01 de Setembro de 2014 Informativo do Comunicado 079/2014 SEBRAE-SP O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo - SEBRAE SP informa que o item 6 do comunicado 079/2014

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição Inscrição Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após a realização das etapas anteriores (1ª e 2ª) e registros em Cartório/Junta Comercial

Leia mais

aprovação do pleno, ocorrida na sessão ordinária de 7 de outubro de 2014;

aprovação do pleno, ocorrida na sessão ordinária de 7 de outubro de 2014; 1 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 13/2014, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014. Regulamenta o processo de revalidação de diploma de cursos de graduação em Medicina obtido em instituição estrangeira de ensino superior. A Presidente

Leia mais

Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro

Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro O BNDES é hoje o maior patrocinador de ações de preservação do patrimônio histórico e arqueológico brasileiro. Desde 1997,

Leia mais

Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir.

Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir. São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para darmos continuidade ao processo de regulação do seu sinistro, o(a) Senhor(a) deverá proceder conforme as instruções a seguir. Aviso de Sinistro:

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CUIABÁ JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL UNIFICADO EDITAL DE DOAÇÃO DE BENS PÚBLICOS N.

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CUIABÁ JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL UNIFICADO EDITAL DE DOAÇÃO DE BENS PÚBLICOS N. ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CUIABÁ JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL UNIFICADO EDITAL DE DOAÇÃO DE BENS PÚBLICOS N. 001/2016 Ao Exmº Dr. Sr. MÁRIO ROBERTO KONO DE OLIVEIRA, MMº. Juiz de Direito

Leia mais

Deliberação Normativa ad referendum nº 48, de 01 de setembro de 2016.

Deliberação Normativa ad referendum nº 48, de 01 de setembro de 2016. Deliberação Normativa ad referendum nº 48, de 01 de setembro de 2016. Abre e dispõe os critérios do processo eleitoral complementar para preenchimento das vagas em aberto. O Comitê da Bacia Hidrográfica

Leia mais

[01.03.] CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO COM MÃO DE OBRA

[01.03.] CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO COM MÃO DE OBRA [01.03.] CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO COM MÃO DE OBRA www.ifrn.edu.br Atualizado em 08/02/2015 1 ÍNDICE 1 [01.03A.] 7 1.1 [01.03A.] CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS CONTINUADOS - POR SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS...

Leia mais

ANEXO I LISTA DE DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA

ANEXO I LISTA DE DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA ANEXO I LISTA DE DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA A) CANDIDATOS OPTANTES DA AMPLA CONCORRÊNCIA: 1. Fotocópias autenticadas: a) Documento de identidade* b) CPF c) Título de eleitor, para maiores de 18 (dezoito)

Leia mais

UNIVERSIDADE E FEDERAL DO ACRE ÓRGÃO DOS COLEGIADOS SUPERIORES CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2015

UNIVERSIDADE E FEDERAL DO ACRE ÓRGÃO DOS COLEGIADOS SUPERIORES CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2015 EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS EXTERNOS MANDATO 2015 O Presidente do Conselho Universitário (Consu) faz saber à comunidade em geral acerca da realização da eleição de três membros externos, representantes

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA DAC N o 192/DGAC, DE 14 DE MARÇO DE 2002 Aprova a Instrução de Aviação Civil que dispõe sobre os Procedimentos para Celebração

Leia mais