ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO"

Transcrição

1 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Diretoria de Planejamento e Administração Departamento de Materiais e Patrimônio ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO O Sistema de Cadastramento Único de Fornecedor - SICAF tem como finalidade cadastrar e habilitar parcialmente as pessoas físicas ou jurídicas, interessadas em participar de licitações, abrangendo todas as modalidades licitatórias. O uso do SICAF é obrigatório para a Administração Pública, não podendo contratar serviços ou adquirir produtos de empresas não cadastradas no sistema (exceto em raros casos, previstos em lei). Com o intuito de simplificar a atual legislação e repassar as informações de forma prática, elaboramos este manual com os principais esclarecimentos e passos para o cadastramento. 1. UNIDADES CADASTRADORAS As Unidades Cadastradoras representam as localidades habilitadas em validar e atualizar cadastros no sistema SICAF, como por exemplo, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR Câmpus Pato Branco. Demais Câmpus da UTFPR também estão habilitados para a prestação do serviço, sendo que o FORNECEDOR deverá escolher a localidade conforme sua conveniência e proximidade geográfica. No entanto, deve-se atentar para o fato de que, uma vez escolhida a Unidade Cadastradora, todas as atualizações e apresentação de documentos devem ser realizadas na mesma Unidade. No caso da necessidade de utilização ou transferência para uma nova Unidade Cadastradora, todos os documentos do cadastro devem ser reapresentados na nova localidade. 2. NÍVEIS DE CREDENCIAMENTO O Sistema SICAF possui 6 (seis) níveis de cadastramento. Recomendamos o cadastramento de todos os níveis, dispensando-se apenas o Nivel V (da qualificação técnica), sendo exigido apenas em casos específicos. 3. PRÉ-CADASTRO NO SISTEMA (DEVER DO FORNECEDOR) É de responsabilidade/dever do fornecedor realizar o pré-cadastro das informações do SICAF. Esse procedimento é realizado por meio do site:

2 Acesse o item: SICAF / Produção / Acesso Restrito / Fornecedor. A partir do cadastramento de um login e senha, inicia-se o cadastramento das informações por meio dos níveis. O login e senha são de uso pessoal, portanto, não repasse tais informações. Por meio desse acesso, o fornecedor poderá, após o cadastro já validado, emitir certidões de regularidade e acompanhar a validade de sua documentação. Outras informações podem ser obtidas por meio dos Manuais lançados pelo Governo para orientar seus usuários. Consulte o Manual do Fornecedor SICAF. Acesse: SICAF / Produção / Publicações / Manual SICAF Fornecedor. 4. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA Após o pré-cadastro das informações no Sistema SICAF, dirija-se a uma Unidade Cadastradora portando a documentação abaixo, devidamente autenticada ou cópias e originais para autenticação por semelhança Pessoa Jurídica Nível I Credenciamento: ( ) Cédula de Identidade e CPF do(s) dirigente(es), sócio(s) e representante(s) legal(is); ( ) Cédula de Identidade e CPF dos cônjuges/companheiros(as) do(s) dirigente(es), sócio(s) e representante(s) legal(is), quando for o caso; ( ) Certidão de Casamento, de União Estável, de Separação Judicial, de óbito etc ou Declaração, sob as penas da lei, manifestando o estado civil 1 dos dirigente(es), sócio(s) e representante(s) legal(is), quando for o caso; ( ) Contrato Social e suas alterações (quando não for o caso, consulte o item 4.1.1); ( ) Inscrição CNPJ. Nível II Habilitação Jurídica: Equivale a mesma documentação do Nível I, não necessitando de sua duplicação. Nível III Regularidade Fiscal Federal e Trabalhista: ( ) Prova de Quitação com a Fazenda Federal (Certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União), contendo Certidão Negativa de Contribuições Sociais (INSS). ( ) Certidão Negativa do FGTS; ( ) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT). Nível IV Regularidade Fiscal Estadual e Municipal: ( ) Prova de Inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, se for o caso. ( ) Prova de Quitação com a Fazenda Estadual; 1 A comprovação de estado civil pode ser entregue em cópia simples, não necessitando a autenticação. 2

3 ( ) Prova de Quitação com a Fazenda Municipal. Nível V Qualificação Técnica (opcional): ( ) Registro ou Inscrição na Entidade de Classe Competente, quando for o caso. Nível VI Qualificação Econômico-Financeira: ( ) Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis (vedada substituição por balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada encerramento de exercício social, contendo: Termo de Abertura, Encerramento, Ativo, Passivo e DRE Registrado em Junta Comercial *. ( ) Certidão Negativa de Pedido de Falência e Concordata, expedida por órgão competente. ATENÇÃO: TODA A DOCUMENTAÇÃO MENCIONADA (DO NÍVEL I ATÉ O NÍVEL VI) DEVE ESTAR AUTENTICADA POR CARTÓRIO COMPETENTE, OU POR SERVIDOR DA UNIDADE CADASTRADORA, DESDE QUE APRESENTADAS AS CÓPIAS E ORIGINAIS. * No caso do uso Sistema Público de Escrituração Digital SPED a obrigatoriedade do Selo da Junta Comercial deverá ser substituída por rubrica e assinatura do contador responsável, devidamente identificado por meio de seu nº do Conselho Regional de Contabilidade - CRC Documentação Adicional, conforme a Natureza Jurídica: O item Contrato Social e suas alterações do Nível I Cadastramento, quando inexistente, deve ser substituído por documentação equivalente, permitido em lei, conforme a Natureza Jurídica. Seguem abaixo as alterações documentais exigidas em virtude do enquadramento jurídico: Cooperativa Substituir por: Estatuto arquivado no Órgão Competente, e Última Ata de Eleição dos Administradores, registrada no Órgão Competente. Empresário Individual, Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI e Microempreendedor Individual MEI Substituir por: Registro Comercial da Firma. Sociedade Anônima Substituir por: Estatuto arquivado na Junta Comercial, e Última Ata de Eleição dos Administradores, registrada na Junta Comercial. Sociedade Simples Pura, Fundação Privada, Associação Privada Substituir por: Ato Constitutivo registrado no Cartório Competente e suas alterações. Órgãos Públicos; Autarquias e Fundações Públicas; Sociedades de Economia Mista e Empresas Públicas: Favor entrar em contato com uma Unidade Cadastradora para verificar a documentação específica. 3

4 4.2. Pessoa Física Após o pré-cadastro das informações no Sistema SICAF, dirija-se a uma Unidade Cadastradora portando a documentação abaixo, devidamente autenticada ou cópias e originais para autenticação por semelhança. Nível I Credenciamento: ( ) Cédula de Identidade e CPF do Fornecedor; ( ) Cédula de Identidade e CPF dos cônjuge/companheiro do fornecedor, quando for o caso; ( ) Certidão de casamento, de União Estável, de Separação Judicial, de óbito etc ou Declaração, sob as penas da lei, manifestando o estado civil do Fornecedor, quando for o caso. Nível II Habilitação Jurídica: Equivale a mesma documentação do Nível I, não necessitando de sua duplicação. Nível III Regularidade Fiscal Federal e Trabalhista: ( ) Prova de Quitação com a Fazenda Federal (Certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União), ( ) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT). Nível V Qualificação Técnica: ( ) Registro ou Inscrição na Entidade de Classe Competente, quando for o caso. 5. ATUALIZAÇÃO DE CERTIDÕES E DEMAIS DOCUMENTAÇÃO É responsabilidade/dever do fornecedor, manter seu cadastro atualizado. Após a efetivação do cadastro no SICAF, o envio das certidões negativas pertencentes aos Níveis III e IV, quando emitidas diretamente de sites oficiais, podem ser enviadas para atualização por meio do A atualização de demais informações como Alterações Contratuais e Balanços Patrimoniais (Níveis I e VI), não poderão ser aceitas por , mas sim, por meio da apresentação ou envio da documentação adequada e autenticada. 6. VALIDADE DO SICAF O registro cadastral no SICAF é válido, em âmbito nacional, pelo prazo de um ano. Caso o Fornecedor não acesse ou atualize suas certidões pelo menos uma vez ao ano, o cadastro torna-se inativo, necessitando da reapresentação de toda a documentação para reativá-lo. A atualização regular do Cadastro do SICAF o mantém válido/vigente por período indeterminado. 4

5 7. PARA PARTICIPAR DE PROCESSOS LICITATÓRIOS ELETRÔNICOS Após o cadastro e validação do SICAF pela Unidade Cadastradora, é necessário cadastrar uma nova senha, específica para participação de licitações eletrônicas. Acesse o site: clique no item FORNECEDOR / Cadastro (localizado bem abaixo no site). Após isso, clique em Aqui para iniciar o cadastro da nova senha, conforme a imagem abaixo: Ou, diretamente no link: https://comprasnet.gov.br/acesso.asp?url=/cadastro/cadastronovo.asp. Outras informações relacionadas ao cadastro da senha e o passo a passo de como cadastrar propostas em Pregões Eletrônicos podem ser obtidas por meio dos manuais disponíveis na própria plataforma do Compras Governamentais. Consulte o item Publicações / Manual / Pregão Eletrônico Fornecedor. 8. DÚVIDAS DOS FORNECEDORES A principal fonte de informações e legislações pertinentes ao SICAF e Licitações está disponível no site: Constando inclusive manuais específicos para Fornecedores atuarem em Licitações. Dúvidas relacionadas ao funcionamento do sistema, senhas e questionamentos específicos devem ser dirimidas com a leitura dos manuais disponibilizados, ou ainda por meio da Central de Serviços SERPRO (CSS): pelo formulário eletrônico (Acesse o site: / Serviços / Contato) pelo ou pelo telefone Quanto à documentação e demais informações, a UTFPR Câmpus Pato Branco está disponível: pelos telefones: (46) ou (46) pelo ou no endereço: Via do Conhecimento, Km 01, Bairro: Fraron, CEP: , Pato Branco Paraná. Atualizado em 27/01/

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento 1 Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento Instituto Federal Catarinense Novembro de 2014 2 Sumário 1- Pessoa Física...3 2- Pessoa Jurídica...4 2.1- Órgão Público...4 2.2- Autarquias e Fundações

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas 1. O microempreendedor individual pode participar de compras públicas? Sim, o Microempreendedor (MEI), pode participar de licitações. A Administração deverá

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" DO MUNICÍPIO DE PARAÚNA/GO, PARA CADASTRO DE FORNECEDORES/PRESTADORES DE SERVIÇOS. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax:

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DADOS DO FORNECEDOR RAZÃO SOCIAL: CNPJ: INSC. EST.: Endereço: Bairro: Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: e-mail: Site: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA Endereço: Bairro: Cep:

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" CISSUL - CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE PARA GERENCIAMENTO DA REDE DE Página 1 de 5 SETOR DE LICITAÇÕES INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES

Leia mais

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE (SEÇÃO III DOS REGISTROS CADASTRAIS ART. 34 AO 37 DA LEI Nº 8.666/93 E ALTERAÇÕES POSTERIORES.) 1 Requerimento do interessado: a) Conforme modelo

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES, MATERIAIS E SERVIÇOS ORIENTAÇÕES INICIAIS Como se tornar um

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO

PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO Para estar apto a fornecer produtos ou serviços à Saneago, o interessado deve protocolar, simultaneamente, duas solicitações: CRC + CHF/M

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/11 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE COMPRAS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: CADASTRAR/ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONG S) SICAF/SICONV

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DO CÂMPUS DE ASSIS DA UNESP Emissão de Certificado de Registro Cadastral nos

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES Requeremos por meio desta, junto ao Setor de Compras e Licitações Registro n.º EMPRESA Inscrição ( ) Revalidação ( ) Razão Social:...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA CADASTRO DE FORNECEDORES INSTRUÇÕES GERAIS. 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para efeito de habilitação em licitações da Prefeitura Municipal de Porto Ferreira, nos termos da Lei Federal

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 Raul Camilo Isotton, Prefeito em exercício de Dois Vizinhos/PR, no uso de suas atribuições, em especial o contido na Lei Federal n.º

Leia mais

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017.

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017. Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.:(24)2257-399 Cep.: 25.845-000 E-mail: governo@areal.rj.gov.br DECRETO Nº.508 DE 02 DE JANEIRO 207. Altera 3º do Artigo 2 do Decreto nº 86, de

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

NÚMERO DA PÁGINA 01/06

NÚMERO DA PÁGINA 01/06 01/06 JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO GONÇALVES NUNES, Diretor Presidente da ÁGUAS E ESGOTOS DO PIAUÍ S/A - AGESPISA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social da Empresa e, CONSIDERANDO a conveniência

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

1. Por meio deste aditamento, foram feitas as seguintes alterações: No referido edital no item Da Qualificação Econômico-Financeira

1. Por meio deste aditamento, foram feitas as seguintes alterações: No referido edital no item Da Qualificação Econômico-Financeira Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/03531 Objeto: Celesc Distribuição S.A. Aquisição de Alicate Terrômetro Digital e caixas de papelão para medidores. Data: 18/08/2015 1. Por meio deste aditamento,

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA DAC N o 192/DGAC, DE 14 DE MARÇO DE 2002 Aprova a Instrução de Aviação Civil que dispõe sobre os Procedimentos para Celebração

Leia mais

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde AÇÕES E SERVIÇOS EM SAÚDE, NAS ÁREAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR, DE ATENÇÃO AMBULATORIAL, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO, DE CARÁTER ELETIVO E URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

CONVITE PARA LICITAÇÃO

CONVITE PARA LICITAÇÃO CONVITE PARA LICITAÇÃO A Caixa Escolar Padre José Maria Xavier, convida a empresa para participar do processo licitatório, cujo objeto é a Contratação de Empresa de Consultoria e Eventos, para a Maratona

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

Montagem do processo de Dispensa e Inexigibilidade

Montagem do processo de Dispensa e Inexigibilidade Montagem do processo de Dispensa e Inexigibilidade Capa do Processo Modalidade; Número sequencial; Objeto a ser contratado ou adquirido; Campus; Número de protocolo. Solicitação de compra Verificar a classificação

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69.

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69. Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69. 1. PESSOA FÍSICA ASSALARIADO CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*;

Leia mais

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO 1. PESSOA FÍSICA CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*; Cópia de RG e CPF; Comprovante de

Leia mais

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA a partir do Grupo 70.

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA a partir do Grupo 70. Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA a partir do Grupo 70. 1. PESSOA FÍSICA ASSALARIADO CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*;

Leia mais

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO 1. PESSOA FÍSICA CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*; Cópia de RG e CPF; Comprovante de

Leia mais

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69.

Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69. Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO e para TRANSFERÊNCIA DE COTA até o Grupo 69. 1. PESSOA FÍSICA ASSALARIADO CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*;

Leia mais

SICAF. Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores Execução / Consulta Oficina 39. Instrutora: Ana Claudia da Cunha Alves.

SICAF. Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores Execução / Consulta Oficina 39. Instrutora: Ana Claudia da Cunha Alves. SICAF Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores Execução / Consulta Oficina 39 Instrutora: Ana Claudia da Cunha Alves Slide 1 O Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, é um sistema

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 A Comissão de Licitação do Conselho Nacional do SESI vem por meio desta

Leia mais

COMO PARTICIPAR DE LICITAÇÕES DE ORGÃOS E ENTIDADES FEDERAIS

COMO PARTICIPAR DE LICITAÇÕES DE ORGÃOS E ENTIDADES FEDERAIS COMO PARTICIPAR DE LICITAÇÕES DE ORGÃOS E ENTIDADES FEDERAIS Você, fornecedor, sabia que pode vender seus produtos para o Gabinete da Presidência da República, para o IFPR Campus Ivaiporã ou para qualquer

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES

MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Curitiba, OUTUBRO de 2005 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 03 REGISTRO CADASTRAL DO SESC I FICHA CADASTRAL... 04 Finalidade... 04 PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE FORNECEDORES

Leia mais

Aprovação de Cadastro de Proponente Unidade Cadastradora

Aprovação de Cadastro de Proponente Unidade Cadastradora MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Aprovação de Cadastro de Proponente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 13 DE 28 DE ABRIL DE 2008 Estabelece os documentos necessários à comprovação de regularidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 007 DE 24 DE ABRIL DE 2007 Estabelece os documentos necessários à comprovação de regularidade

Leia mais

4. Se Prestador de serviço ou fornecedor de bem tipo PESSOA FÍSICA:

4. Se Prestador de serviço ou fornecedor de bem tipo PESSOA FÍSICA: INSTRUÇÃO NORMATIVA PROAD Nº 001/2017 Estabelece novos procedimentos para formalização de processos de Reconhecimentos de Débito para PRESTADORES DE SERVIÇO ou FORNECEDORES DE BENS e OUTROS SEM VÍNCULO

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A Caixa Escolar Escola Estadual de Tapira, de Ensino Médio, inscrita no CNPJ 06.269.078/0001-92, localizada à rua Francisco Rosa Pires, nº 93, centro, município

Leia mais

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Guia Rápido Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Rapidez, celeridade e segurança empresarial em contratações Para começar... Este guia foi elaborado como orientação de cadastramento de fornecedor

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha 525 Belo Horizonte MG NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE A COMPANHIA DE

Leia mais

ANEXO I CHECK LIST PÓS CONTEMPLAÇÃO. A liberação do crédito está condicionada à apresentação dos documentos listados abaixo.

ANEXO I CHECK LIST PÓS CONTEMPLAÇÃO. A liberação do crédito está condicionada à apresentação dos documentos listados abaixo. ANEXO I CHECK LIST PÓS CONTEMPLAÇÃO A liberação do crédito está condicionada à apresentação dos documentos listados abaixo. DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS DO CONSORCIADO Consorciado Pessoa Física: Ficha

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO O Movimento Brasil Competitivo, organização da sociedade civil de interesse público e associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com sede estabelecida

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 1 INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 2 INTRODUÇÃO O Cadastro de Fornecedores está voltado para o registro prévio e acompanhamento dos fornecedores de bens, obras e serviços

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS. Cadastramento de Entidades e Inscrição de Candidatos

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS. Cadastramento de Entidades e Inscrição de Candidatos SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA SEEC Eleição dos representantes da sociedade civil no Conselho Estadual de Cultura CONSEC MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS ÁREAS ARTÍSTICO-CULTURAIS

Leia mais

FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR

FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR Dados da Empresa Razão Social Nº CNPJ/MF Nº Inscrição Estadual Sede Cidade UF CEP Fone Fax Ramo de Atividade Fundação Nº Registro da Firma Data Órgão

Leia mais

Rua Santa Casa, 164 Bairro Santa Casa CEP:

Rua Santa Casa, 164 Bairro Santa Casa CEP: EDITAL Nº 01263/ 2012 A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PASSOS, inscrita no CNPJ 23.278.898/0001-60 localizada à rua Santa Casa, 164, bairro Santa Casa, município de Passos/MG, informa que realizará processo

Leia mais

DOS CRITÉRIOS OBJETIVOS PARA PARTICIPAÇÃO

DOS CRITÉRIOS OBJETIVOS PARA PARTICIPAÇÃO Ofício Nº. 195/2017 - FPMA Araucária, 22 de setembro de 2017. Dispensa de licitação, em caráter emergencial, para contratação de assessoria contábil pelo período de 180 (cento e oitenta) dias. Ilustríssimo

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições torna pública

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MAIO/2013 1. INTRODUÇÃO O cadastro de fornecedores é uma instituição da Lei 8.666/93, e tem por finalidade a emissão do Certificado

Leia mais

Formulário de Credenciamento

Formulário de Credenciamento Formulário de Credenciamento Este formulário tem por objetivo colher informações para o credenciamento de administradores, gestores e o cadastramento dos distribuidores de fundos de investimentos para

Leia mais

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 D.O.U. de 05/10/1992 INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 O Diretor do Departamento da Receita Federal, no uso de suas atribuições, e tendo em vista a necessidade de uniformizar os

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Declaração Declaramos para os fins previstos na Lei nº 8.666, de 1993, conforme documentação apresentada para registro no SICAF e arquivada na UASG Cadastradora, que a situação do fornecedor no momento

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ANEXO COPLI - HABILITAÇÃO - ENGEMIL HABILITAÇÃO DA LICITANTE:

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ANEXO COPLI - HABILITAÇÃO - ENGEMIL HABILITAÇÃO DA LICITANTE: Página 1 de 6 1893614 08084.000383/2015-30 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ANEXO COPLI - HABILITAÇÃO - ENGEMIL HABILITAÇÃO DA LICITANTE: ENGEMIL - ENGENHARIA, EMPREENDIMENTOS, MANUTENÇÃO E INSTALAÇÃO LTDA- CNPJ

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO

CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2017 Credenciamento de Imobiliária para Locação de Sala Comercial do CORECON-SC O CONSELHO

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL. Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas.

PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL. Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas. PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas. O certificado digital será utilizado no envio das declarações junto à

Leia mais

Documentação necessária para alteração cadastral

Documentação necessária para alteração cadastral Documentação necessária para alteração cadastral Segunda via de cadastro Preencher requerimento de 2ª via de cadastro Cópia da taxa paga de 2ª via (requerer nas unidades dos rápidos) Alteração de sócio:

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville. Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville. Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal A Prefeitura Municipal de Joinville/SC, através da Secretaria Municipal

Leia mais

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento 1- Pessoa Física 2- Pessoas Jurídicas: 2.1- Órgão Público 2.2- Autarquias e Fundações Públicas 2.3- Sociedade de Economia Mista 2.4-

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

MANUAL DO FORNECEDOR DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. MANUAL DO FORNECEDOR DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO www.compras.rj.gov.br MANUAL DO FORNECEDOR DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1) Apresentação 2) Compras Públicas 2.1) Modalidades de Licitação

Leia mais

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL AUTORIDADE DE REGISTRO CERTIFICA PRESENTE NO XXVI CONBRAT O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL CERTIFICADO DIGITAL PARA PESSOA JURÍDICA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS A etapa de validação

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N.º 002/2015

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N.º 002/2015 Referência: Tomada de Preços nº 002/2015 Objeto: Construção de 10(dez) subestações para a UNIFAP. Processo: 23125.004393/2013-42 Licitante(s): ELETRON CONSTRUÇÃO ELETRICAS LTDA, CNPJ Nº 05.434.021/0001-39;

Leia mais

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de titularidade de sua cota de maneira ágil e fácil.

Leia mais

DDC DOMICÍLIO DIGITAL DO CONTRIBUINTE.

DDC DOMICÍLIO DIGITAL DO CONTRIBUINTE. DDC DOMICÍLIO DIGITAL DO CONTRIBUINTE. MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO CADASTRAMENTO NO DDC DOMICÍLIO DIGITAL DO CONTRIBUINTE Este Manual tem por finalidade informar os procedimentos a serem adotados

Leia mais

COMÉRCIO Revisão: 02/08/2016

COMÉRCIO Revisão: 02/08/2016 O cadastro de fornecedores na CELESC é unificado, sendo válido para Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A, Celesc Distribuição S/A e Celesc Geração S/A. Poderão se inscrever no cadastro de fornecedores

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 1. OBJETO Constitui objeto desta Chamada Pública a seleção de INTERESSADOS na realização

Leia mais

Exigências para cadastro de parceiros, que deverão ser numeradas e enviadas completas ao gestor responsável:

Exigências para cadastro de parceiros, que deverão ser numeradas e enviadas completas ao gestor responsável: Caro Parceiro, Os documentos e informações na lista abaixo são indispensáveis para aprovação do jurídico no cadastro de novos parceiros. Na ausência de qualquer informação, por favor, contate imediatamente

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SUPORTE À GESTÃO DOS PROJETOS DO ONS SAGER E SAAT. Ref: Aviso de Edital nº DGL 001/2015 publicado em 19/02/2015. 1 1. OBJETO 1.1. A presente

Leia mais

Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras ANEXO

Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras ANEXO POLÍTICA ANTITRUSTE DAS EMPRESAS ELETROBRAS Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras ANEXO Versão 2.0 19/05/2014 1 A proposta de patrocínio deverá ser apresentada à Eletrobras, preferencialmente,

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO

PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO Este documento dará uma breve descrição dos passos que deverão ser seguidos para a aquisição dos certificados digitais do SERPRO. Informações

Leia mais

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE 2016. Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO Desejo receber comunicações da GEOS/SAS, via Correios, no endereço da sede social da empresa.

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Cadastramento de Proponente, Consórcio

Leia mais

Cadastro de Imóvel Rural Atualização e Inclusão SNCR-Web. Murilo Zibetti Analista de Cadastro Incra/Sp

Cadastro de Imóvel Rural Atualização e Inclusão SNCR-Web. Murilo Zibetti Analista de Cadastro Incra/Sp Cadastro de Imóvel Rural Atualização e Inclusão SNCR-Web Murilo Zibetti Analista de Cadastro Incra/Sp Definição de Imóvel Rural Imóvel rural, segundo a legislação agrária, é a área formada por uma ou mais

Leia mais

EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017

EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017 EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017 Dispõe sobre a abertura de CHAMADA PÚBLICA para preenchimento da vaga remanescente L1 do processo seletivo do 2º semestre 2017 para o curso superior de

Leia mais

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 02/2016. CADASTRAR EXPOSITORES PARA

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL E EMISSÃO DE CRC PELO IPRESF

INSTRUÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL E EMISSÃO DE CRC PELO IPRESF INSTRUÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL E EMISSÃO DE CRC PELO IPRESF LEI FEDERAL N. 8.666/93 E ALTERAÇÕES POSTERIORES 1. DAS CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1. Os interessados, sejam pessoas físicas ou jurídicas,

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6 FORNECEDORES Página 1/6 Para cadastramento no CPqD, os fornecedores deverão apresentar a seguinte documentação: Ficha de Inscrição Cadastral, fornecida pelo CPqD, devidamente preenchida; Comprovante dos

Leia mais

Anexo I Análise Técnica (POI nº 27) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado.

Anexo I Análise Técnica (POI nº 27) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado. Anexo I Análise Técnica (POI nº 7) Legislação: Resolução ANP nº 0, de 9/06/009. Requerente: CNPJ: Processo nº: Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou

Leia mais

09/11/ :24:09 Manual do Portal de Serviços

09/11/ :24:09 Manual do Portal de Serviços ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão)

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) Conteúdo: 1. Dados do responsável e contabilista 2. Emissão de balancete para conferência 3. Gerando arquivo ECD no sistema JOTEC 4. Utilizando o programa validador

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Certificado de Registro Cadastral - CRC (Instituído pelo art. 34 da Lei 8.666, de 1993 e regulamentado pelo art. 1 do Decreto n 3.722, de 2001) CNPJ / CPF: 02.037.069/0001-15 Razão Social / Nome: G REFRIGERACAO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO COMISSÃO ELEITORAL PORTARIA Nº. 235/2015-SEHAB.G EDITAL Nº01 CADASTRAMENTO DOS REPRESENTANTES DE ENTIDADES COMUNITÁRIAS E ORGANIZAÇÕES

Leia mais

COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA

COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA PUBLICADO EM 30/01/2017 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas

Leia mais