Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento"

Transcrição

1 1 Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento Instituto Federal Catarinense Novembro de 2014

2 2 Sumário 1- Pessoa Física Pessoa Jurídica Órgão Público Autarquias e Fundações Públicas Sociedade de Economia Mista Empresa Pública Empresário Individual Sociedade Anônima Sociedade Empresária Limitada Sociedade Empresária em Nome Coletivo Sociedade Empresária em Comandita Simples Sociedade Empresária em Comandita por Ações Cooperativa Sociedade Simples Pura Sociedade Simples Limitada Sociedade Simples em Nome Coletivo Sociedade Simples em Comandita Simples Estabelecimento, no Brasil, de Sociedade Estrangeira Fundação Privada Associação Privada...18

3 3 1- Pessoa Física Cédula de Identidade do fornecedor; Inscrição no CPF do fornecedor; Cédula de Identidade do cônjuge/companheiro (a) do fornecedor, se for o caso; e Inscrição no CPF do cônjuge/companheiro (a) do fornecedor, se for o caso. Procuradoria Geral da Fazenda Nacional-Dívida Ativa).

4 4 2- Pessoa Jurídica 2.1- Órgão Público Cópia do CNPJ da Instituição; Cópia do ato de criação da instituição, estatuto social e/ou regimento interno; e Declaração de que não participa de certames licitatórios promovidos pela Administração Pública Federal, Estadual e Municipal Autarquias e Fundações Públicas Ato Constitutivo; e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional-Dívida Ativa), se aplicável; Certidão Negativa do FGTS, se aplicável; e Certidão Negativa do INSS, se aplicável Sociedade de Economia Mista

5 5 Estatuto registrado na Junta Comercial e suas alterações; Última Ata de Eleição dos Administradores, registrada na Junta Comercial; Inscrição CNPJ; dias Empresa Pública Ato Constitutivo; Estatuto publicado no Diário Oficial da União;

6 6 balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada dias Empresário Individual Cédula de Identidade do fornecedor; Inscrição no CPF do fornecedor; Cédula de Identidade do cônjuge/companheiro (a) do fornecedor, se for o caso; Inscrição no CPF do cônjuge/companheiro (a) do fornecedor, se for o caso; Registro Comercial da Firma; e

7 7 Certidão Negativa do FGTS e balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada 2.6- Sociedade Anônima Estatuto arquivado na Junta Comercial; Última ata de Eleição dos Administradores, registrada na Junta Comercial;

8 8 balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada 2.7- Sociedade Empresária Limitada Contrato Social e suas alterações e

9 Sociedade Empresária em Nome Coletivo Contrato Social e suas alterações e Inscrição CNPJ (atualizada).

10 10 balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada 2.9- Sociedade Empresária em Comandita Simples Contrato Social e suas alterações e Inscrição CNPJ (atualizada).

11 Sociedade Empresária em Comandita por Ações Contrato Social e suas alterações e Inscrição CNPJ (atualizada).

12 Cooperativa Estatuto Arquivado no Órgão Competente; Última ata de Eleição dos Administradores, registrada no órgão competente; e

13 13 dias Sociedade Simples Pura Ato Constitutivo registrado no Cartório Competente e suas alterações; e

14 14 balancetes/ balanços provisórios), que devem ser atualizados a cada Sociedade Simples Limitada Contrato Social e suas alterações e

15 Sociedade Simples em Nome Coletivo Contrato Social e suas alterações e

16 Sociedade Simples em Comandita Simples Contrato Social e suas alterações e

17 Estabelecimento, no Brasil, de Sociedade Estrangeira. Decreto de Autorização para Funcionamento no País; Documento de Identidade do(s) Dirigente(s); Estatuto, Contrato Social ou Equivalente registrado na Junta Comercial/ DNRC e suas alterações; e Prova de Quitação com a Fazenda Estadual; e dias Fundação Privada Cédula de Identidade e CPF do(s) dirigente(s) e representante(s)

18 18 dirigente(es) e representante(s) legal(is), quando for o caso; Ato Constitutivo registrado no Cartório Competente e suas alterações; e 2.18-Associação Privada Cédula de Identidade e CPF do(s) dirigente(s) e representante(s) dirigente(es) e representante(s) legal(is), quando for o caso; Ato Constitutivo, registrado no Cartório Competente e suas alterações; e

19 19

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento 1- Pessoa Física 2- Pessoas Jurídicas: 2.1- Órgão Público 2.2- Autarquias e Fundações Públicas 2.3- Sociedade de Economia Mista 2.4-

Leia mais

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento 1- Pessoa Física 2- Pessoas Jurídicas: 2.1- Órgão Público 2.2- Autarquias e Fundações Públicas 2.3- Sociedade de Economia Mista 2.4-

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Diretoria de Planejamento e Administração Departamento de Materiais e Patrimônio ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA

Leia mais

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax:

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DADOS DO FORNECEDOR RAZÃO SOCIAL: CNPJ: INSC. EST.: Endereço: Bairro: Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: e-mail: Site: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA Endereço: Bairro: Cep:

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" DO MUNICÍPIO DE PARAÚNA/GO, PARA CADASTRO DE FORNECEDORES/PRESTADORES DE SERVIÇOS. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" CISSUL - CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE PARA GERENCIAMENTO DA REDE DE Página 1 de 5 SETOR DE LICITAÇÕES INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas 1. O microempreendedor individual pode participar de compras públicas? Sim, o Microempreendedor (MEI), pode participar de licitações. A Administração deverá

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE (SEÇÃO III DOS REGISTROS CADASTRAIS ART. 34 AO 37 DA LEI Nº 8.666/93 E ALTERAÇÕES POSTERIORES.) 1 Requerimento do interessado: a) Conforme modelo

Leia mais

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES Requeremos por meio desta, junto ao Setor de Compras e Licitações Registro n.º EMPRESA Inscrição ( ) Revalidação ( ) Razão Social:...

Leia mais

NÚMERO DA PÁGINA 01/06

NÚMERO DA PÁGINA 01/06 01/06 JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO GONÇALVES NUNES, Diretor Presidente da ÁGUAS E ESGOTOS DO PIAUÍ S/A - AGESPISA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social da Empresa e, CONSIDERANDO a conveniência

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA ATA Página 1 Pregão 000015 / 2016 Contratação de empresa e ou empresas para prestação de serviços de laboratório para confecção de próteses dentárias, para usuários do Sistema Único de Saúde do Município

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/11 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA GESTÃO DE COMPRAS/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: CADASTRAR/ATUALIZAR FORNECEDOR (PESSOA FÍSICA, JURÍDICA E ONG S) SICAF/SICONV

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ

Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ 1. Baixa da Inscrição da Entidade (Matriz) Natureza Jurídica (NJ) Data do Evento Ato Extintivo (regra geral) Órgão Público NJs 101-5, 102-3, 103-1, 104-0, 105-8,

Leia mais

ANEXO VIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES. 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) - Eventos 101, 103, 105, 106, 107 e 110

ANEXO VIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES. 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) - Eventos 101, 103, 105, 106, 107 e 110 1. INSCRIÇÃO ANEXO VIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) - Eventos 101, 103, 105, 106, 107 e 110 O nome empresarial a ser cadastrado no CNPJ deve corresponder fielmente

Leia mais

ANEXO XIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES

ANEXO XIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES ANEXO XIII TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES 1. INSCRIÇÃO 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) Eventos 101, 103, 105, 106, 107 e 110 O nome empresarial a ser cadastrado no CNPJ deve corresponder fielmente

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

ANEXO VIII Tabela de Documentos e Orientações

ANEXO VIII Tabela de Documentos e Orientações ANEXO VIII Tabela de Documentos e Orientações 1. INSCRIÇÃO 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) Eventos 101, 105, 106, 107 e 110 O nome empresarial a ser cadastrado no CNPJ deve corresponder fielmente ao

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA DAC N o 192/DGAC, DE 14 DE MARÇO DE 2002 Aprova a Instrução de Aviação Civil que dispõe sobre os Procedimentos para Celebração

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 Raul Camilo Isotton, Prefeito em exercício de Dois Vizinhos/PR, no uso de suas atribuições, em especial o contido na Lei Federal n.º

Leia mais

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL ANEXO ÚNICO (Anexo VIII da Instrução Normativa RFB nº 1.634, de 6 de maio de 2016.) TABELA DE DOCUMENTOS E ORIENTAÇÕES 1. INSCRIÇÃO 1.1 Inscrição da Entidade (Matriz) - Eventos 101, 105, 106, 107 e 110

Leia mais

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017.

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017. Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.:(24)2257-399 Cep.: 25.845-000 E-mail: governo@areal.rj.gov.br DECRETO Nº.508 DE 02 DE JANEIRO 207. Altera 3º do Artigo 2 do Decreto nº 86, de

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/ DS/CMDCA CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 1.098/2014 - DS/CMDCA Dispõe sobre a seleção do Projeto EDUCAGENTE Núcleo Comunitário da São Martinho, apresentado pela Entidade

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS LOCAÇÃO: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA LOCAÇÃO DE UM IMÓVEL - PESSOA FÍSICA INQUILINO. Cópia dos documentos de Identidade e CPF (Se casado, do marido e esposa). Cópia da Certidão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 007 DE 24 DE ABRIL DE 2007 Estabelece os documentos necessários à comprovação de regularidade

Leia mais

ANEXO I. Ato internacional celebrado entre o Brasil e outro(s) país(es), sem necessidade de registro, acom- NJ

ANEXO I. Ato internacional celebrado entre o Brasil e outro(s) país(es), sem necessidade de registro, acom- NJ ANEXO I Tabela de Documentos e Orientações. INSCRIÇÃO. Inscrição da Entidade (Matriz) - Eventos 0, 05, 06, 07 e 0 O nome empresarial a ser cadastrado no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) deve

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

Formulário de Credenciamento

Formulário de Credenciamento Formulário de Credenciamento Este formulário tem por objetivo colher informações para o credenciamento de administradores, gestores e o cadastramento dos distribuidores de fundos de investimentos para

Leia mais

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas;

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; Relação de documentos exigidos para empresa: contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; comprovante de inscrição no

Leia mais

REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017. (*) Em qualquer situação a Proposta deverá atender ao perfil etário máximo de 37 anos

REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017. (*) Em qualquer situação a Proposta deverá atender ao perfil etário máximo de 37 anos REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017 P.M.E. 03 a 99 vidas Formação do Grupo: 03 a 99 vidas Grupo menor de 03 vidas a combinar mediante prévia análise CONDIÇÕES: Mínimo: 01 titular com vínculo formal comprovado.

Leia mais

8 DESCONSTITUIÇÃO- LIQUIDAÇÃO - EXTINÇÃO EXTINÇÃO

8 DESCONSTITUIÇÃO- LIQUIDAÇÃO - EXTINÇÃO EXTINÇÃO 8 DESCONSTITUIÇÃO- LIQUIDAÇÃO - EXTINÇÃO 8. - EXTINÇÃO 8.. - DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA No caso de extinção em que as fases de DESCONSTITUIÇÃO E LIQUIDAÇÃO (com seu encerramento) sejam praticadas em um único

Leia mais

Nº 104, terça-feira, 3 de junho de ISSN

Nº 104, terça-feira, 3 de junho de ISSN Nº 104, terça-feira, 3 de junho de 2014 1 ISSN 1677-7042 27 pelo código 00012014060300027 28 ISSN 1677-7042 1 Nº 104, terça-feira, 3 de junho de 2014 ANEXO V Tabela de Natureza Jurídica x Qualificação

Leia mais

FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR

FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR FICHA DE CADASTRO PESSOA JURÍDICA INQUILINO FIADOR Dados da Empresa Razão Social Nº CNPJ/MF Nº Inscrição Estadual Sede Cidade UF CEP Fone Fax Ramo de Atividade Fundação Nº Registro da Firma Data Órgão

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA ATA Página 1 Pregão 000016 / 2016 AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA E ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE ALEGRIA -RS. Modalidade Pregão Presencial Foi

Leia mais

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Guia Rápido Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Rapidez, celeridade e segurança empresarial em contratações Para começar... Este guia foi elaborado como orientação de cadastramento de fornecedor

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS)

ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS) ANEXO IV DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (PARA TODOS OS CANDIDATOS) a) Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente; b) Histórico Escolar do Ensino Médio ou equivalente; c) Certidão de nascimento

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO COMISSÃO ELEITORAL PORTARIA Nº. 235/2015-SEHAB.G EDITAL Nº01 CADASTRAMENTO DOS REPRESENTANTES DE ENTIDADES COMUNITÁRIAS E ORGANIZAÇÕES

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES

MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Curitiba, OUTUBRO de 2005 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 03 REGISTRO CADASTRAL DO SESC I FICHA CADASTRAL... 04 Finalidade... 04 PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE FORNECEDORES

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6 FORNECEDORES Página 1/6 Para cadastramento no CPqD, os fornecedores deverão apresentar a seguinte documentação: Ficha de Inscrição Cadastral, fornecida pelo CPqD, devidamente preenchida; Comprovante dos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA CADASTRO DE FORNECEDORES INSTRUÇÕES GERAIS. 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para efeito de habilitação em licitações da Prefeitura Municipal de Porto Ferreira, nos termos da Lei Federal

Leia mais

Av. Duque de Caxias, n 300 Fone: (63) Centro de Ananás - TO

Av. Duque de Caxias, n 300 Fone: (63) Centro de Ananás - TO ANEXO I EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 002/2017 CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS PELOS CANDIDATOS HABILITADOS E CONVOCADOS 1) 02 (duas) fotos 3X4; 2) Carteira de Trabalho

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 x ANO BASE 2014

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 x ANO BASE 2014 Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 14/01//2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 13 DE 28 DE ABRIL DE 2008 Estabelece os documentos necessários à comprovação de regularidade

Leia mais

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula.

Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. Os candidatos aprovados devem comparecer para a matrícula respeitando o cronograma e a documentação exigida para matrícula. DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA (TODOS OS CANDIDATOS): a) Certificado de Conclusão

Leia mais

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições torna pública

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999

PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999 PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999 Estabelece a regulamentação para a atividade de produção ou importação de óleo lubrificante acabado a ser exercida por pessoa jurídica sediada no País, organizada

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO

PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO PROCEDIMENTOS PARA FAZER ADESÃO AO CERTIFICADO DIGITAL DO SERPRO Este documento dará uma breve descrição dos passos que deverão ser seguidos para a aquisição dos certificados digitais do SERPRO. Informações

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

Cópia de RG e CPF dos Sócios Termo de Ciência (Declaração e Requerimento preenchidos,

Cópia de RG e CPF dos Sócios Termo de Ciência (Declaração e Requerimento preenchidos, VISTORIA PREVIA Requerimento Preenchido e Assinado pelo representante legal da empresa Declaração a próprio punho informando o ramo de atividade Guia de IPTU ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INÍCIO DE ATIVIDADE)

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTO BÁSICO DE ENTRADA DO CNPJ

ANEXO I DOCUMENTO BÁSICO DE ENTRADA DO CNPJ ANEXO I DOCUMENTO BÁSICO DE ENTRADA DO CNPJ ANEXO II PROTOCOLO DE TRANSMISSÃO DO CNPJ ANEXO IV CERTIDÃO DE BAIXA DE INSCRIÇÃO NO CNPJ ANEXO III COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO E DE SITUAÇÃO CADASTRAL NO CNPJ

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N 001/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL.

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N 001/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL. EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N 001/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR E EMPREENDEDOR FAMILIAR RURAL. A PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO através da SECRETARIA

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO O Movimento Brasil Competitivo, organização da sociedade civil de interesse público e associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com sede estabelecida

Leia mais

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 02/2016. CADASTRAR EXPOSITORES PARA

Leia mais

RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010.

RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010. RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010. Estabelece os critérios necessários para a liberação do Certificado de Reconhecimento dos Circuitos Turísticos a que se refere o Decreto Estadual nº 43.321/2003.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA/ES ATA DE JULGAMENTO DE CADASTRO

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA/ES ATA DE JULGAMENTO DE CADASTRO CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA/ES ATA DE JULGAMENTO DE CADASTRO (CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 002/2017) O Conselho Gestor de Parcerias Público Privadas

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL ª EDIÇÃO

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL ª EDIÇÃO ANEXO VI: FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL 2014 7ª EDIÇÃO REGULAMENTO - DESENVOLVIMENTO DE ROTEIROS 1. DO OBJETO DA PREMIAÇÃO 1.1 Serão analisadas propostas de desenvolvimento de roteiros

Leia mais

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL AUTORIDADE DE REGISTRO CERTIFICA PRESENTE NO XXVI CONBRAT O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL CERTIFICADO DIGITAL PARA PESSOA JURÍDICA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS A etapa de validação

Leia mais

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO 1. PESSOA FÍSICA CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*; Cópia de RG e CPF; Comprovante de

Leia mais

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS a EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS I) Dados cadastrais a) Razão Social: b) CNPJ: c) Inscrição Estadual: d) Inscrição Municipal: e) Endereço: f) Cidade:

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde AÇÕES E SERVIÇOS EM SAÚDE, NAS ÁREAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR, DE ATENÇÃO AMBULATORIAL, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO, DE CARÁTER ELETIVO E URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Leia mais

Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro

Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro Patrocínio a Projetos Relativos ao Patrimônio Histórico e Arqueológico Brasileiro O BNDES é hoje o maior patrocinador de ações de preservação do patrimônio histórico e arqueológico brasileiro. Desde 1997,

Leia mais

(2 CÓPIAS + DOCUMENTO ORIGINAL PARA TODOS OS ITENS DESCRITOS A BAIXO):

(2 CÓPIAS + DOCUMENTO ORIGINAL PARA TODOS OS ITENS DESCRITOS A BAIXO): DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DO CANDIDATO (2 CÓPIAS + DOCUMENTO ORIGINAL PARA TODOS OS ITENS DESCRITOS A BAIXO): 1 Foto 3x4 atual; Cédula de Identidade (RG); Título de Eleitor (obrigatório para os maiores de

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE ANANÁS SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE ANANÁS SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ANEXO I EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2017 CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS PELOS CANDIDATOS HABILITADOS E CONVOCADOS 1) 02 (duas) fotos 3X4; 2) Carteira de Trabalho

Leia mais

Cadastro de Fornecedores

Cadastro de Fornecedores CASA DA MOEDA DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE CONTRATAÇÕES E SUPRIMENTOS DEGCS DIVISÃO DE EDITAIS, CONTRATOS E DESENVOLVIMENTO COMERCIAL DE FORNECEDORES - DVEF SEÇÃO DE QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO

GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO GRUPO DE SERVIÇOS - Documentos necessários para LIBERAÇÃO DO CRÉDITO ao CONSORCIADO CONTEMPLADO 1. PESSOA FÍSICA CONSORCIADO / DOCUMENTAÇÃO Ficha Cadastral atualizada*; Cópia de RG e CPF; Comprovante de

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

CONCEITO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA

CONCEITO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA CONCEITO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA 1 CONCEITO DE SOCIEDADE Código Civil - Art. 981 Celebram contrato de sociedade as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir, com bens ou serviços, para o exercício

Leia mais

Documentação necessária para alteração cadastral

Documentação necessária para alteração cadastral Documentação necessária para alteração cadastral Segunda via de cadastro Preencher requerimento de 2ª via de cadastro Cópia da taxa paga de 2ª via (requerer nas unidades dos rápidos) Alteração de sócio:

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES

CADASTRO DE FORNECEDORES CADASTRO DE FORNECEDORES A FAHECE FUNDAÇÃO DE APOIO AO HEMOSC/CEPON, pessoa jurídica de direito privado, estabelecida na Rua Presidente Coutinho, 160 Florianópolis SC, através de seu Departamento de Compras

Leia mais

EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017

EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017 EDITAL DRG/PTB Nº17/2017, 25 DE SETEMBRO DE 2017 Dispõe sobre a abertura de CHAMADA PÚBLICA para preenchimento da vaga remanescente L1 do processo seletivo do 2º semestre 2017 para o curso superior de

Leia mais

Sociedades 26/10/2010

Sociedades 26/10/2010 Prof. Thiago Gomes Empresariais Feedback aula anterior: Quem é o empresário? Quem é o empresário individual? O que é necessário para ser empresário individual? Impedidos de exercer a atividade empresarial.

Leia mais

Foi dado início ao pregão presencial às 8:30 do dia. Após o credenciamento e cadastramento dos fornecedores foi dado início a rodada de lances.

Foi dado início ao pregão presencial às 8:30 do dia. Após o credenciamento e cadastramento dos fornecedores foi dado início a rodada de lances. ATA Página 1 Pregão 000023 / 2016 AQUISIÇÃO DE ELETRODOMÉSTICOS, CADEIRAS E KIT ANTENA PARABÓLICA PARA O SORTEIO DO PROMOCIONAL DO BOLÃO DE PRÊMIOS DA SEGUNDA EDIÇÃO DE 2016, PARA O PROGRAMA DE FOMENTO

Leia mais

Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere

Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere DECRETO 43321 2003 de 08/05/2003 Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras providências. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere o inciso VII

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS EMPREGADOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MAIO/2013 1. INTRODUÇÃO O cadastro de fornecedores é uma instituição da Lei 8.666/93, e tem por finalidade a emissão do Certificado

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010.

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010. RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010. Dispõe sobre o Regulamento Interno de Credenciamento de Instituições Financeiras junto ao Instituto de Previdência de Prudentópolis nos casos de sua ausência

Leia mais

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de INFORMÁTICA, AUDIVISUAL, MÍDIA DESK E EQUIPAMENTOS DE TRADUÇÃO

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Declaração Declaramos para os fins previstos na Lei nº 8.666, de 1993, conforme documentação apresentada para registro no SICAF e arquivada na UASG Cadastradora, que a situação do fornecedor no momento

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS PARA INCLUSÃO DA CONSULTORIA NA LISTA CURTA

PRÉ-REQUISITOS PARA INCLUSÃO DA CONSULTORIA NA LISTA CURTA PRÉ-REQUISITOS PARA INCLUSÃO DA CONSULTORIA NA LISTA CURTA A etapa pública do processo de licitação se iniciada pelo chamamento público à manifestação de Interesse de consultorias (pessoa jurídica), que

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA Procedência: MMA Processo: 02000.003128/2007-35 Data: julho de 2008 Assunto: Cadastro Nacional de Coletivos Educadores para Territórios

Leia mais

Assunto: Documentos Necessários para Solicitação de Serviços. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Assunto: Documentos Necessários para Solicitação de Serviços. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Assunto: Documentos Necessários para Solicitação de Serviços. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS TODOS OS DOCUMENTOS ABAIXO DEVERÃO SER APRESENTADOS EM ORIGINAL E CÓPIA. LIGAÇÃO NOVA Cópia da planta de situação com

Leia mais

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X CESSÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES PESSOA FÍSICA E JURÍDICA NOME: CONTRATO: DN: ORIENTAÇÕES IMPORTANTES: Informamos que para ceder e transferir a terceiros os direitos e as obrigações do contrato será necessária

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região Rio de Janeiro e Espírito Santo

Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região Rio de Janeiro e Espírito Santo REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA Razão Social: Nome fantasia: Endereço completo: Bairro: Cidade: UF: CEP: - CNPJ: Telefone: Ramal: Fax: E-mail: A entidade acima identificada vem requerer ao

Leia mais

Av. Marechal Rondon, nº 522 Centro CEP: Pontes e Lacerda/MT (65)

Av. Marechal Rondon, nº 522 Centro CEP: Pontes e Lacerda/MT (65) EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 005/2015 SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA O Município

Leia mais