MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES"

Transcrição

1 MANUAL DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Curitiba, OUTUBRO de 2005

2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO REGISTRO CADASTRAL DO SESC I FICHA CADASTRAL Finalidade PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE FORNECEDORES NO REGISTRO CADASTRAL DO SESC...05 I - Inscrição II - Validade III - Documentos Habilitação Jurídica Regularidade Fiscal Qualificação Econômico-Financeira Qualificação Técnica Documentos Adicionais para Categoria Específica Empresas de Engenharia IV - Ficha Cadastral DOS PROCEDIMENTOS DA COMISSÃO DE CADASTRO DE FORNECEDORES DO SESC P ARANÁ Renovação/Atualização do Registro Cadastral Disposições Finais FICHA CADASTRAL CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL

3 APRESENTAÇÃO O SESC PARANÁ, em sintonia com as constantes mudanças incentivadoras da atualização e dinamização do Processo de Licitação, apresenta este Manual de Cadastramento de Fornecedores. O presente Manual objetiva orientar as empresas quanto aos procedimentos necessários para a obtenção do Certificado de Registro Cadastral do SESC CRC, servindo como instrumento executivo-normativo, em que deverão ser seguidas todas as suas fases para a devida obtenção do documento. Ainda que a empresa que não possuir o CRC do SESC possa participar das licitações, com a apresentação de toda a documentação exigida em cada processo, deverá ser incentivada a sua obtenção por todos os Fornecedores atuais da entidade e os demais que desejarem participar de licitações no SESC, no SENAC e na Federação do Comércio, considerando que o mesmo substitui a apresentação dos Documentos de Habilitação, na 1ª fase de cada certame, assim facilitando sua participação e abreviando em muito a tramitação e a burocracia até então existentes. DARCI PIANA Presidente 3

4 REGISTRO CADASTRAL DO SESC I FICHA CADASTRAL Sistema criado para inscrição de empresas mediante banco de dados informatizado, com o objetivo de desburocratizar, facilitar e agilizar o Cadastramento de Fornecedores no Registro Cadastral do SESC. O Cadastro consiste em um conjunto de arquivos que documentam a situação jurídica, técnica, financeira e fiscal das empresas que participam de licitações no SESC. Efetiva-se o exame das condições do direito de licitar, independentemente da realização de alguma licitação específica. Sob este ângulo, o Registro Cadastral permite à Entidade obter informações importantes, inclusive acerca do universo de eventuais licitantes em condições de executar certas prestações. O fornecedor inscrito no Registro Cadastral, com atividade vinculada e pertinente ao objeto licitado, poderá participar de licitações na Entidade, apresentando somente o Certificado de Registro Cadastral - CRC vigente, e, sendo o caso, os demais Documentos ESPECÍFICOS de Habilitação, considerando as particularidades de cada certame e o que dispuser cada Instrumento Convocatório. Finalidade O Registro Cadastral no SESC Paraná tem por finalidade regulamentar a inscrição de empresas, por estabelecimento, em conformidade com as exigências das Resoluções do SESC, avaliando-se a habilitação jurídica, a regularidade fiscal, a qualificação técnica e a qualificação econômico-financeira, habilitando o fornecedor a participar de licitações na Entidade, sem prejuízo da apresentação de documentação específica, conforme exigência do Instrumento Convocatório. 4

5 PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE FORNECEDORES NO REGISTRO CADASTRAL DO SESC I - Inscrição As empresas interessadas poderão acessar o Manual de Cadastramento de Fornecedores do SESC Paraná e seus anexos, através do site da Entidade, para preenchimento dos formulários e envio, juntamente com os Documentos de Habilitação exigidos, à Comissão de Cadastro de Fornecedores, no endereço abaixo, em conformidade com as instruções do presente Manual: SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO - SESC-PR À Comissão de Cadastro de Fornecedores Rua Visconde do Rio Branco, 931, 1º andar Centro Fone: (41) Fax: (41) CEP Curitiba - Paraná II - Validade Analisada e aprovada a documentação, a Comissão expedirá o Certificado de Registro Cadastral no SESC Paraná, com prazo de validade de 12 (doze) meses. O SESC, através da Comissão de Cadastro, poderá a qualquer tempo solicitar informações, complementação ou renovação de documentos às empresas cadastradas, mesmo dentro do prazo de validade. III - Documentos a) Os documentos, a seguir relacionados, deverão ser entregues em fotocópias autenticadas, ou poderão ser autenticados pela Comissão de Cadastro, desde que em cotejo com os originais apresentados pela interessada. b) A Ficha Cadastral será preenchida em 01 (uma) via, digitada ou em letra de forma, sem rasuras ou emendas, datada e assinada pelo responsável legal da empresa, encaminhando-se à Comissão via Correio ou pessoalmente. c) A documentação apresentada ficará de posse da Comissão de Cadastro do SESC, até o decurso do prazo de validade do Registro Cadastral, após sendo destruída ou substituída pela nova documentação, se renovado o registro pela empresa. d) A documentação exigida é genérica a todos os processos licitatórios. e) O interessado deve comprovar o preenchimento das condições gerais da legislação de regência da matéria, no caso, a Resolução SESC/CN nº 1012/01, o Manual de 5

6 Procedimentos para Licitações no SESC e este Manual de Cadastramento de Fornecedores. f) As peculiaridades existentes no caso concreto deverão constar no respectivo Instrumento Convocatório, por ocasião de licitação específica, quando poderá ser exigida a apresentação de outros documentos, além do CRC. g) Todos os documentos apresentados deverão estar com vigência plena. Documentos omissos quanto ao prazo de validade serão aceitos apenas se estiverem dentro do prazo de sessenta (60) dias, inclusive, contados a partir da data de sua expedição, exceto os que forem obtidos via Internet, os quais serão verificados pela Comissão quanto à autenticidade e regularidade: 1 - Habilitação Jurídica a) Cédula de Identidade do Representante Legal da empresa; b) Certidão de inscrição no Registro Público de Empresas Mercantis, no caso de Empresário ; c) Certidão Simplificada da Junta Comercial, do ato constitutivo da empresa, em vigor, expedida no modelo oficial, no caso de Sociedade Empresária ; d) Estatutos ou outro Ato Constitutivo, registrado no Registro Civil das Pessoas Jurídicas ou Cartório de Títulos e Documentos, no caso de Sociedade Simples ; e, Ata de eleição e posse da atual diretoria e de seus administradores, no caso de Sociedades por Ações ; e) Decreto de autorização para funcionamento no país, do Poder Executivo, no caso de Sociedade Estrangeira ou Sociedade Nacional. 2 - Regularidade Fiscal a) Prova de inscrição no CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica ou no CPF - Cadastro de Pessoas Físicas; b) Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, relativa ao domicilio ou sede da empresa/estabelecimento, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual estabelecido em seu Ato Constitutivo; c) Certidão Conjunta Negativa de Débitos de Tributos Federais e Dívida Ativa da União; d) Certidão Negativa de Contribuições Previdenciárias (INSS); e) Certificado de Regularidade de Situação CRF, do FGTS; 6

7 f) Certidões Negativas de Débitos das Fazendas Estadual e Municipal, do domicílio ou sede da empresa, ou Certidão de Isenção de inscrição; 3 Qualificação Econômico-Financeira a) Certidão Negativa de Falências ou de Recuperação Judicial ou Extrajudicial de empresas, do distribuidor judicial da sede da empresa, expedida com antecedência máxima de 30 (trinta) dias da data de apresentação; 4 - Qualificação Técnica a) Prova do Registro ou Inscrição na entidade profissional competente, quando for o caso, com prova da anuidade relativa ao exercício. 5 - Documentos Adicionais para Categoria Específica Empresas de Engenharia a) Certificado de Registro e Regularidade da empresa junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CREA, contendo o ramo de atividade e os responsáveis técnicos da empresa. As empresas sediadas em outra jurisdição devem apresentar o visto do CREA/PR; b) Certidão de Registro da Pessoa Jurídica no CREA/PR, com a prova da quitação da anuidade relativa ao exercício; c) Certidão de Registro dos Responsáveis Técnicos expedida pelo CREA/PR com prova da quitação da anuidade relativa ao exercício. IV - Ficha Cadastral de Fornecedor Preencher com os dados da empresa, especificando os ramos de atividades e o Responsável Legal, informando ainda os dados bancários para depósito em conta corrente, quando vencedora/adjudicatária em licitações na entidade. Quando se tratar de filial, fazer a indicação de filial, no campo da Razão Social. 7

8 DOS PROCEDIMENTOS DA COMISSÃO DE CADASTRO DE FORNECEDORES DO SESC/PARANÁ a) A análise e julgamento dos pedidos de inscrição, renovação e alteração no Registro Cadastral estarão a cargo da Comissão de Cadastro de Fornecedores. b) A Comissão de Cadastro de Fornecedores diligenciará, para complementação e/ou renovação de validade dos documentos, junto à interessada e/ou órgãos expedidores; no caso de não atendimento ao exigido, num prazo razoável, o pedido será indeferido, devolvendo-se os documentos à interessada, admitindo-se que seja renovado o pedido, com a apresentação de nova documentação, atualizada e vigente. Renovação / Atualização do Registro Cadastral Deverá ser renovado ou atualizado o registro cadastral, com a expedição de novo Certificado de Registro Cadastral no SESC Paraná, mediante solicitação da empresa após o término da validade, ou, em qualquer época, quando solicitado pelo SESC, com a apresentação de todos os documentos exigidos no cadastro inicial, cujas validades tenham expirado, utilizando-se os demais dados. Disposições Finais O fornecimento do Certificado de Registro Cadastral no SESC Paraná CRC, a uma empresa dar-se-á somente quando em perfeita concordância com estas normas e documentação exigida, não atribuindo à mesma nenhum direito, além de sua inscrição para fins de participação em licitações no SESC Paraná, desde que atendidas as demais exigências de cada Instrumento Convocatório, inclusive documentos adicionais para casos específicos. As empresas Optantes pelo SIMPLES deverão apresentar a documentação de acordo com as leis vigentes. 8

9 FICHA CADASTRAL IIDENTIFICAÇÃO Razão Social/Nome: Optante pelo SIMPLES Nome Fantasia: ( ) Sim ( ) Não CNPJ / CPF: Insc. Estadual / R.G.: Atividade(s) Principal(is): Atividade(s) Secundária(s): Endereço: Bairro: Cidade: Estado: CEP: Fone: ( ) Fax: ( ) Home Page: Contato Comercial: Cobrança: v FONTES DE REFERÊNCIA Em presa/firma: Fone: ( ) Empresa/Firma: Fone: ( ) Empresa/Firma: Fone: ( ) Banco: Agência: Banco: Agência: RESPONSÁVEIS PELA EMPRESA ( JURÍDICA ) Nome: Nome: Nome: Cargo: Cargo: Cargo: Local, data,... Assinatura Representante Legal O cadastro deverá ser atualizado quando solicitado pelo SESC e renovado após o término da validade. 9

10 CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CADASTRO DE LICITANTES Certificado n. Q Válido até CNPJ/CPF Nome/Razão Social Inscrição Estadual Endereço CEP Município UF Telefone Fax Capital Social Habilitada para Objeto Social ou Ramo de Atividade Expedido Gratuitamente Certifico que a empresa supra identificada está inscrita no CADASTRO DE FORNECEDORES, e, em conseqüência, habilitada a participar de licitações em que se inscrever, perante a FECOMÉRCIO/PR, o SESC/PR e o SENAC/PR, nos termos da legislação vigente, ressalvadas outras exigências do respectivo Instrumento Convocatório. Data: Assinatura Presidente Comissão: 10

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES Requeremos por meio desta, junto ao Setor de Compras e Licitações Registro n.º EMPRESA Inscrição ( ) Revalidação ( ) Razão Social:...

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 A Comissão de Licitação do Conselho Nacional do SESI vem por meio desta

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

NÚMERO DA PÁGINA 01/06

NÚMERO DA PÁGINA 01/06 01/06 JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO GONÇALVES NUNES, Diretor Presidente da ÁGUAS E ESGOTOS DO PIAUÍ S/A - AGESPISA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social da Empresa e, CONSIDERANDO a conveniência

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 Raul Camilo Isotton, Prefeito em exercício de Dois Vizinhos/PR, no uso de suas atribuições, em especial o contido na Lei Federal n.º

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDITAL Nº 02/2015 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A Caixa Escolar Escola Estadual de Tapira, de Ensino Médio, inscrita no CNPJ 06.269.078/0001-92, localizada à rua Francisco Rosa Pires, nº 93, centro, município

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES, MATERIAIS E SERVIÇOS ORIENTAÇÕES INICIAIS Como se tornar um

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS

ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE MENCIONA ABAIXO, POR PREÇO GLOBAL

Leia mais

LICITAÇÃO N.º 005/2013 CONVITE N.º 003/2013 Menor Preço Global

LICITAÇÃO N.º 005/2013 CONVITE N.º 003/2013 Menor Preço Global LICITAÇÃO N.º 005/2013 CONVITE N.º 003/2013 Menor Preço Global A Câmara Municipal de Centenário do Sul, Estado do Paraná, em conformidade com a Lei nº 8.666/93 de 21 de Junho de 1993, suas alterações e

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Diretoria de Planejamento e Administração Departamento de Materiais e Patrimônio ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DE MARCAS DE TUBOS E CONEXÕES DE PVC

HOMOLOGAÇÃO DE MARCAS DE TUBOS E CONEXÕES DE PVC PROCEDIMENTO GERÊNCIA DE LOGÍSTICA DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Data de Aprovação: 11.10.2006 Doc. de Aprovação:Res. nº 4720/2006 HOMOLOGAÇÃO DE MARCAS DE TUBOS E CONEXÕES DE PVC SUMÁRIO 1- OBJETIVO...02 2-

Leia mais

CONVITE PARA LICITAÇÃO

CONVITE PARA LICITAÇÃO CONVITE PARA LICITAÇÃO A Caixa Escolar Padre José Maria Xavier, convida a empresa para participar do processo licitatório, cujo objeto é a Contratação de Empresa de Consultoria e Eventos, para a Maratona

Leia mais

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES:

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES: Cotação Prévia de Preço n 28/2016 Convênio nº 792864/2012 MTE/CAMP. Projeto: Fortalecimento e Expansão das Iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul Critério: Menor Preço e Melhor Técnica. Cotação

Leia mais

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento

Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento 1 Documentação Exigida Por Nível de Cadastramento Instituto Federal Catarinense Novembro de 2014 2 Sumário 1- Pessoa Física...3 2- Pessoa Jurídica...4 2.1- Órgão Público...4 2.2- Autarquias e Fundações

Leia mais

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017.

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017. Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.:(24)2257-399 Cep.: 25.845-000 E-mail: governo@areal.rj.gov.br DECRETO Nº.508 DE 02 DE JANEIRO 207. Altera 3º do Artigo 2 do Decreto nº 86, de

Leia mais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha 525 Belo Horizonte MG NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE A COMPANHIA DE

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Certificado de Registro Cadastral - CRC (Instituído pelo art. 34 da Lei 8.666, de 1993 e regulamentado pelo art. 1 do Decreto n 3.722, de 2001) CNPJ / CPF: 02.037.069/0001-15 Razão Social / Nome: G REFRIGERACAO

Leia mais

PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999

PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999 PORTARIA N 126, DE 30 DE JULHO DE 1999 Estabelece a regulamentação para a atividade de produção ou importação de óleo lubrificante acabado a ser exercida por pessoa jurídica sediada no País, organizada

Leia mais

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE 2016. Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO Desejo receber comunicações da GEOS/SAS, via Correios, no endereço da sede social da empresa.

Leia mais

PORTARIA ANP Nº 202, DE DOU REPUBLICADA DOU

PORTARIA ANP Nº 202, DE DOU REPUBLICADA DOU PORTARIA ANP Nº 202, DE 30.12.1999 - DOU 31.12.1999 - REPUBLICADA DOU 3.5.2004 Estabelece os requisitos a serem cumpridos para acesso a atividade de distribuição de combustíveis líquidos derivados de petróleo,

Leia mais

CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013

CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013 CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013 A Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC), com sede na cidade de Brasília, no SCN, quadra 1, bloco C Ed. Brasília

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ - PESSOA JURÍDICA -

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ - PESSOA JURÍDICA - ANEXO XIV - NOVO: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ 1. HABILITAÇÃO JURÍDICA - PESSOA JURÍDICA - 1.1 Registro Comercial, no caso de empresa

Leia mais

Critério: MENOR PREÇO GLOBAL.

Critério: MENOR PREÇO GLOBAL. Cotação Prévia de Preço n 25/2016 Convênio nº 775707/2012 MTE/SENAES Projeto: Centro de Formação e Apoio a Assessoria Técnica em Economia Solidária da Região Sul CFES Regional Sul. Critério: MENOR PREÇO

Leia mais

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Escola de Pós-graduação em Saúde Instituição Civil Filantrópica

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Escola de Pós-graduação em Saúde Instituição Civil Filantrópica Cotação Eletrônica Prévia de Preços nº 019/2016 Convênio nº 797441/2013 DSEI/MA Termo do Convênio: Executar Ações Complementares de Saúde dos Povos Indígenas. Critério de Julgamento: Menor Preço por item

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM PEDIATRIA E UTI NEONATAL

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM PEDIATRIA E UTI NEONATAL CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM PEDIATRIA E UTI NEONATAL O HNSG HOSPITAL PROVIDÊNCIA MATERNO INFANTIL, pessoa jurídica de direito privado, de fins não econômicos, de caráter beneficente

Leia mais

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992

D.O.U. de 05/10/1992. INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 D.O.U. de 05/10/1992 INSTRUÇÃO NORMATIVA DpRF Nº 109, DE 2 DE OUTUBRO DE 1992 O Diretor do Departamento da Receita Federal, no uso de suas atribuições, e tendo em vista a necessidade de uniformizar os

Leia mais

ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO

ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO O MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA URTIGA-RS, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ sob nº 90.483.082/0001-65, com sede na Avenida Professor Zeferino, n.

Leia mais

saber-fazer a partir da inclusão socioeconômica e

saber-fazer a partir da inclusão socioeconômica e Cotação Prévia de Preço Nº. 27/2016 Convênio Nº 811902/2014 - MTE/SENAES CAMP Projeto: Economia Solidária e População em Situação de Rua: estratégias de valorização do saber-fazer a partir da inclusão

Leia mais

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba

Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba Governo do Estado da Paraíba Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba Programa de Artesanato da Paraíba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 02/2016. CADASTRAR EXPOSITORES PARA

Leia mais

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Guia Rápido Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Rapidez, celeridade e segurança empresarial em contratações Para começar... Este guia foi elaborado como orientação de cadastramento de fornecedor

Leia mais

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde AÇÕES E SERVIÇOS EM SAÚDE, NAS ÁREAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR, DE ATENÇÃO AMBULATORIAL, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO, DE CARÁTER ELETIVO E URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de INFORMÁTICA, AUDIVISUAL, MÍDIA DESK E EQUIPAMENTOS DE TRADUÇÃO

Leia mais

EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº

EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 013/2016 Tipo de julgamento: menor preço por item Processo Administrativo nº045.2016 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PSICOLOGO(A) PARA ATUAR JUNTO AO PROGRAMA NAAB- Nucleo De Apoio

Leia mais

EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 07/2011

EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 07/2011 EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 07/2011 A ASSOCIAÇÃO PARAENSE DE APOIO ÀS COMUNIDADES CARENTES APACC torna público que fará realizar COTAÇÃO PRÉVIA, do tipo MENOR PREÇO, no âmbito do convênio nº

Leia mais

ANEXO IV COMO APRESENTAR A DOCUMENTAÇÃO

ANEXO IV COMO APRESENTAR A DOCUMENTAÇÃO ANEXO IV COMO APRESENTAR A DOCUMENTAÇÃO ENVELOPE 1: Pessoa Física 1. Cópia de Cédula de Identidade (cópia autenticada em cartório); 2. Prova de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas ou cópia do CPF

Leia mais

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE 2017.

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE 2017. DECRETO Nº 19.700, DE 13 DE MARÇO DE 2017. Regulamenta a Lei Municipal nº 12.162, de 9 de dezembro de 2016, que dispõe sobre o serviço de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros. O PREFEITO

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA 2016 ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO INSCRIÇÃO MUNICIPAL CPF/CNPJ 54125003 06.042.030/0001-47 RAZÃO

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SETOR DE LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 009/2011 Secretaria Municipal de Administração Processos: 100094/2011 ROMILDO BOLZAN

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária Regulamento do Serviço de Empréstimo entre Bibliotecas Externas (SEEBE/UFLA) Art. 1. O presente regulamento dispõe sobre o funcionamento do Serviço de Empréstimo entre Bibliotecas Externas, doravante denominado

Leia mais

LOCAL DE ENTREGA-ENDEREÇO CÓDIGO LOCAL DE ENTREGA ENDEREÇO CEP CIDADE ESTADO INFORMAÇÕES/EXIGÊNCIAS COMPLEMENTARES

LOCAL DE ENTREGA-ENDEREÇO CÓDIGO LOCAL DE ENTREGA ENDEREÇO CEP CIDADE ESTADO INFORMAÇÕES/EXIGÊNCIAS COMPLEMENTARES 31.10.2011 PAGINA 1 LISTA DE COMPRAS-SIMPLIFICADA Dispensa de Licitação :11/20038 Objeto: ADM CENTRAL - AQUISIÇÃO DE SUPORTE METÁLICO PARA PASTA SUSPENSA. CONDIÇÕES GERAIS DA LICITAÇÃO Validade da Proposta:

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS a EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS I) Dados cadastrais a) Razão Social: b) CNPJ: c) Inscrição Estadual: d) Inscrição Municipal: e) Endereço: f) Cidade:

Leia mais

Exigências para cadastro de parceiros, que deverão ser numeradas e enviadas completas ao gestor responsável:

Exigências para cadastro de parceiros, que deverão ser numeradas e enviadas completas ao gestor responsável: Caro Parceiro, Os documentos e informações na lista abaixo são indispensáveis para aprovação do jurídico no cadastro de novos parceiros. Na ausência de qualquer informação, por favor, contate imediatamente

Leia mais

ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO

ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO Ao Diretor-Geral do SENADO FEDERAL A empresa (nome / razão social), CNPJ nº, com logradouro à (endereço completo), fones de contato nºs /, por intermédio de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville. Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville. Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Fundo Municipal de Saúde de Joinville Edital de Chamamento Público nº 001/2013 Credenciamento Universal A Prefeitura Municipal de Joinville/SC, através da Secretaria Municipal

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas 1. O microempreendedor individual pode participar de compras públicas? Sim, o Microempreendedor (MEI), pode participar de licitações. A Administração deverá

Leia mais

EDITAL PARA O CADASTRO TÉCNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS

EDITAL PARA O CADASTRO TÉCNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS EDITAL PARA O CADASTRO TÉCNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS ANO 2015 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Considerando facilitar e agilizar o processo de licenciamento ambiental de empreendimentos e atividades

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 027/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições torna pública

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Declaração Declaramos para os fins previstos na Lei nº 8.666, de 1993, conforme documentação apresentada para registro no SICAF e arquivada na UASG Cadastradora, que a situação do fornecedor no momento

Leia mais

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA 2015 ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO ATIVIDADE: 020128 - Taxa TLVLF Outras Atividades - Pequeno Porte

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPRESSÃO DO LIVRO COMO GERIR UM MUSEU: UM GUIA PRÁTICO E MUSEU: MANUAL DO INSTRUTOR

CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPRESSÃO DO LIVRO COMO GERIR UM MUSEU: UM GUIA PRÁTICO E MUSEU: MANUAL DO INSTRUTOR Brodowski, 22 de janeiro de 2015. COTAÇÃO DE PREÇO CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPRESSÃO DO LIVRO COMO GERIR UM MUSEU: UM GUIA PRÁTICO E MUSEU: MANUAL DO INSTRUTOR A Associação Cultural

Leia mais

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS SUMÁRIO APÊNDICES 1 - Objetivo A - Solicitação de Cadastro de Pessoa Jurídica 2 - Referências normativas B - Solicitação de Cadastro de Pessoa

Leia mais

Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014

Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014 Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014 Norma Estadual - Mato Grosso do Sul Publicado no DOE em 24 out 2014 Regulamenta dispositivos da Lei n. 11.959, de 29 de junho de 2009 relativo ao registro dos pescadores

Leia mais

Normas - Sistema Gestão da Informação

Normas - Sistema Gestão da Informação Página 1 de 6 Normas - Sistema Gestão da Informação Visão Anotada PORTARIA RFB Nº 1384, DE 09 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 14/09/2016, seção 1, pág. 17) Disciplina a disponibilização, pela

Leia mais

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR RESOLUÇÃO ANP Nº41, DE 06/11/2013 Exclusiva para pedido de autorização 1/2 01 TIPO DE VAREJISTA 02 INSCRIÇÃO CNPJ COMBUSTÍVEL LÍQUIDO GNV AMBOS / - 04 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA NOME ( firma, razão social

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO NA MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO NA MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO NA MODALIDADE CONVITE Convite 01/2009 Processo 2009/118 A CÂMARA MUNICIPAL DE CANOAS comunica que no dia 19 (dezenove) de junho de 2009 (dois mil e nove), às (14) quatorze horas, no

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA DAC N o 192/DGAC, DE 14 DE MARÇO DE 2002 Aprova a Instrução de Aviação Civil que dispõe sobre os Procedimentos para Celebração

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 057/2008 Data: 24/06/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 057/2008 Data: 24/06/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 057/2008 Data: 24/06/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

a) Verificar nas páginas 02, 03, 04 e 05 os documentos a serem apresentados em sua totalidade, de acordo com a natureza jurídica;

a) Verificar nas páginas 02, 03, 04 e 05 os documentos a serem apresentados em sua totalidade, de acordo com a natureza jurídica; DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE CONTRATAÇÕES E SUPRIMENTOS DEGCS DIVISÃO DE EDITAIS ECONTRATOS -DVTT SEÇÃO DE GESTÃO FORMAL DE CONTRATOS - SEGF Cadastro de Fornecedores Instruções para Cadastramento: a) Verificar

Leia mais

ATO CONVOCATORIO Nº. 157/2017

ATO CONVOCATORIO Nº. 157/2017 ATO CONVOCATORIO Nº. 157/2017 A ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO PROJETO GURI, organização social de cultura, inscrita no CNPJ sob nº. 01.891.025/0001-95 com endereço na Rua Fidalga, nº 92, Pinheiros São Paulo/SP

Leia mais

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO.

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. A lei nº 12.440, de 07 de julho de 2011, publicada no D.O.U do dia 08/07/2011 que acrescenta Título VII-A à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT),

Leia mais

Concorrência nº 002/2011 EDITAL DE CONTRATAÇÃO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICO-OPERACIONAL

Concorrência nº 002/2011 EDITAL DE CONTRATAÇÃO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICO-OPERACIONAL Concorrência nº 002/2011 EDITAL DE CONTRATAÇÃO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICO-OPERACIONAL A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TÊNIS, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO EDITAL Nº 147/2012

JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO EDITAL Nº 147/2012 JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO EDITAL Nº 147/2012 OBJETO: Execução dos serviços de manutenção rodoviária conservação e recuperação LOTE: Único; RODOVIA: BR-158/SP; TRECHO: Divisa MS/SP Divisa SP/PR; SUBTRECHO:

Leia mais

CONVITE Nº 030E/2015

CONVITE Nº 030E/2015 Processo nº 0668.1511/14-0 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 030E/2015 DATA DA ABERTURA: 19/06/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL

O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL AUTORIDADE DE REGISTRO CERTIFICA PRESENTE NO XXVI CONBRAT O QUE É NECESSÁRIO PARA A EMISSÃO DO SEU CERTIFICADO DIGITAL CERTIFICADO DIGITAL PARA PESSOA JURÍDICA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS A etapa de validação

Leia mais

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Dispensa de Licitação nº 00/0000 Processo nº RECIBO

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Dispensa de Licitação nº 00/0000 Processo nº RECIBO cia RECIBO Pessoa Jurídica Endereço Completo CNPJ Telefone FAX e-mail Contato Retirei pela INTERNET na home-page da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (www.portoalegre.rs.gov.br/licitacao), cópia da

Leia mais

EDITAL Nº 04/ PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

EDITAL Nº 04/ PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDITAL Nº 04/ 25 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A Caixa Escolar Pe. José Maria Xavier, inscrita no CNPJ 19.664.978/00-86, localizada à rua Pe. José Maria Xavier, nº 164, bairro Centro, município de São João del-rei,

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA De acordo com a Lei Federal 6.839/1980, é obrigatório o registro das entidades prestadoras de serviços nos órgãos competentes para a fiscalização.

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES N.º 01/16 de 06/05/2016

EDITAL DE CHAMAMENTO PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES N.º 01/16 de 06/05/2016 AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO - SAAE CNPJ: 21.260.443/0001-91 - Inscrição Estadual: isento Rua Nonô Ventura, 394, CEP 35680-205, Bairro Lourdes - Itaúna/MG EDITAL DE CHAMAMENTO PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO. Edital de Licitação

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 22/02/2012 Numero...:0006/12 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 13/03/2012 HORARIO...: 15:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física)

Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física) Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física) Para dar continuidade ao seu processo de aquisição de imóvel pelo Consórcio Itaú, é importante que você siga

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 1. OBJETO Constitui objeto desta Chamada Pública a seleção de INTERESSADOS na realização

Leia mais

Atenciosamente, Tayla Marinho

Atenciosamente, Tayla Marinho imbra https://mail.tjam.jus.br/h/printmessage?id=c:-9259&tz=america/guyana 1 de 1 18/02/2014 08:35 Zimbra marcos.candido@tjam.jus.br Documentação do Pregão 052014 De : VEDAMAX

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 1 INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 2 INTRODUÇÃO O Cadastro de Fornecedores está voltado para o registro prévio e acompanhamento dos fornecedores de bens, obras e serviços

Leia mais

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 002/2016 TIPO: MENOR PREÇO

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 002/2016 TIPO: MENOR PREÇO PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 002/2016 TIPO: MENOR PREÇO O INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda sob o nº CNPJ 05.408.004/0001-27, associação

Leia mais

EDITAL Nº 018/2014 CONVITE 005/2014 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE DETONAÇÃO, ESCAVADEIRA E CAMINHÃO

EDITAL Nº 018/2014 CONVITE 005/2014 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE DETONAÇÃO, ESCAVADEIRA E CAMINHÃO EDITAL Nº 018/2014 CONVITE 005/2014 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE DETONAÇÃO, ESCAVADEIRA E CAMINHÃO O Prefeito Municipal de Vespasiano Corrêa/RS, no uso legal de suas atribuições e de conformidade com a Lei

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO

REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO A SUA EMPRESA NA ABF Obrigado pelo seu interesse em associar a ABF. Este documento contém o Regulamento do Processo de Associação e a descrição detalhada

Leia mais

Prefeitura Municipal de Júlio de Castilhos Setor de Licitações

Prefeitura Municipal de Júlio de Castilhos Setor de Licitações Fls: 17 AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL N.º 55/2013 Modalidade: CONVITE Tipo: MENOR PREÇO POR ITEM Objeto: AQUISIÇÃO DE BANDEIRAS Vera Maria Schornes Dalcin, Prefeita do Município de JÚLIO DE CASTILHOS, Estado

Leia mais

AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL

AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL AVISO DE PROCURA DE IMÓVEL A União, por intermédio do Delegado da Receita Federal do Brasil em Feira de Santana/BA, torna público que necessita locar imóvel, pelo prazo de 60 (sessenta) meses, para instalar

Leia mais

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013.

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. ABRE PROCESSO PARA INGRESSO DIPLOMADO NOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA E NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE SUBSEQUENTE DO CÂMPUS RESTINGA DO IFRS O do Instituto

Leia mais

ALVARÁ/2016 DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. Código de Certificação. Publicidade NÃO. Inscr. Estadual MANTER AFIXADO EM LOCAL VISÍVEL

ALVARÁ/2016 DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. Código de Certificação. Publicidade NÃO. Inscr. Estadual MANTER AFIXADO EM LOCAL VISÍVEL CNPJ/CPF 01.657.467/0001-71 Razão Social VICTOR ADAUTO SALMAZO EPP ALVARÁ/2016 DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO Código de Certificação CM 108816 Identificador 175675 Nome Fantasia NTI SOLUCOES INTEGRADAS

Leia mais

EDITAL Nº 03/2016 AVISO DE LICITAÇÃO

EDITAL Nº 03/2016 AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 03/2016 AVISO DE LICITAÇÃO MODALIDADE: DISPENSA TIPO: MENOR PREÇO ABERTURA: PLENÁRIO VER. GASPAR DA SILVEIRA MARTINS, DIA 14/04/2016, ÀS 10H. OBJETO: AQUISIÇÃO DE (01) NOTEBOOK PARA EQUIPAR A

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 DOU de 20.3.2006 Aprova o Programa Gerador de Documentos do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica -

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, no uso da atribuição

Leia mais

PORTARIA RFB Nº 1384, DE 09 DE SETEMBRO DE 2016

PORTARIA RFB Nº 1384, DE 09 DE SETEMBRO DE 2016 PORTARIA RFB Nº 1384, DE 09 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 12/09/2016, seção 1, pág. 21) Disciplina a disponibilização, pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, de dados não protegidos

Leia mais